Betina Warmling Barros

Mestranda em Sociologia no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFRGS. Atualmente é bolsista de Mestrado CNPQ. Possui Graduação em Ciências Jurídicas e Sociais da Faculdade de Direito/UFRGS. Participa do Observatório de Pesquisa em Juventude e Violência coordenado pela Profa. Ana Paula Motta Costa, e do Grupo Violência e Cidadania (GPVC), coordenado pelo Prof. José Vicente Tavares dos Santos. Atuação na área da Sociologia da Violência, Criminologia, Direito Penal e Direito Penal Juvenil. Foi Bolsista de Iniciação Científica CNPQ (2017). Foi integrante do projeto de extensão "G10 - Grupo de Assessoria à Juventude Criminalizada" (2012-2016). Foi Bolsista de Extensão UFRGS (2016). Concluiu curso de extensão, em mobilidade acadêmica, de duração de um ano no Institut d'Études Politiques - Sciences Po Rennes-FR (2014-2015). Áreas de interesse: sociologia da violência, juventude e violência, políticas de drogas, trabalho e adolescência, criminologia e direito penal.

Informações coletadas do Lattes em 18/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Sociologia

2018 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Orientador:Melissa Pimenta.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Graduação em Ciências Jurídicas e Sociais

2012 - 2017

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: "Traficante não é vagabundo": trabalho lícito, profissionalização e tráfico de drogas na perspectiva de adolescentes internados.
Orientador: Ana Paula Motta Costa

Ensino Médio (2º grau)

2008 - 2010

Colegio Marista Champagnat

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

Análise de Entrevistas com o Software SONAL. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.

2018 - 2018

Análise de Dados Quantitativos para Ciências Sociais com uso do SPSS. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.

2014 - 2015

Extensão universitária em Certificat d'Études Poltiques. , Institut d'Études Politique, Sciences-Po Toul, França.

2013 - 2013

As Classes Sociais no Brasil Contemporâneo, com Prof. Jessé de Souza. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

2005 - 2008

Curso de Língua Inglesa. (Carga horária: 600h). , Brasas English Course, BRASAS, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público/Especialidade: Direito Penal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

BARROS, B. W. ; COSTA, A. P. M. ; EILBERG, D. D. ; CIFALI, A. C. ; MENEZES, L. G. ; DUARTE, S. F. . II Colóquio Internacional de Justiça Juvenil na Contemporaneidade. 2016. (Congresso).

BARROS, B. W. ; COSTA, A. P. M. ; EILBERG, D. D. . Colóquio Vivo. 2015. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

VII Escola de Verão ILEA. 2018. (Simpósio).

IV Encontro do Grupo Brasileiro de Criminologia Crítica.Adolescentes trabalhadores: o valor social do trabalho e as práticas de tráfico de drogas.. 2017. (Encontro).

Sociology of Law. Os adolescentes em conflito com a lei sob a ótica do Supremo Tribunal Federal: apontamentos quantitativos a partir das decisões sobre a aplicação da medida de internação. 2017. (Congresso).

VIII Congresso da Associação Brasileira de Sociologia do Direito. Profissionalização de socioeducandos e o tráfico de drogas: relações e enfrentamentos.. 2017. (Congresso).

VI Seminário Discente PPGS/UFRGS.Profissionalização de socioeducandos e o tráfico de drogas: relações e enfrentamentos.. 2017. (Seminário).

Debates Metropolitanos. 2016. (Encontro).

VIII Encontro Nacional da ANDHEP. Contrapondo os discursos das câmaras cível e criminal enquanto julgadoras de ato infracional: há diferença?. 2014. (Congresso).

IV Congresso da Abrasd. 2013. (Congresso).

Seminário Internacional Direitos Humanos, Violência e Pobreza: a situação de crianças e adolescentes na Améric a Latinasitu. 2012. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Rochele Fellini Fachinetto

FACHINETTO, R. F.; PIMENTA, Melissa de Mattos; AZEVEDO, R. G.; SCHABBACH, Letícia Maria. Violência letal extrema produzida no contexto de conflitos entre coletivos criminais na cidade de Porto Alegre. 2018. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Letícia Maria Schabbach

PIMENTA, Melissa de; AZEVEDO, Rodrigo G. de.;SCHABBACH, Letícia M.; FACHINETTO, Rochele F.. Violência letal extrema produzida no conflito entre coletivos criminais na cidade de Porto Alegre. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de pós-graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Rodrigo Ghiringhelli de Azevedo

PIMENTA, M. M.;AZEVEDO, Rodrigo Ghiringhelli de; SCHABBACH, L. M.; FACHINETTO, R. F.. Violência Letal Extrema Produzida no Conflito entre Coletivos Criminais na Cidade de Porto Alegre. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Melissa de Mattos Pimenta

PIMENTA, M. M.; AZEVEDO, R. G.; SCHABBACH, L. M.;FACHINETTO, R. F.. Violência letal extrema produzida no conflito entre coletivos criminais na cidade de Porto Alegre. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ana Paula Motta Costa

?TRAFICANTE NÃO É VAGABUNDO?: TRABALHO LÍCITO, PROFISSIONALIZAÇÃO E TRÁFICO DE DROGAS NA PERSPECTIVA DE ADOLESCENTES INTERNADOS; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Direito) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Direito; Orientador: Ana Paula Motta Costa;

Ana Paula Motta Costa

ADOLESCENTES TRABALHADORES: ENTRE O TRÁFICO DE DROGAS E O TRABALHO APRENDIZ; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Jurídicas e Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Direito, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Ana Paula Motta Costa;

Melissa de Mattos Pimenta

Violência letal extrema produzida no contexto de conflitos entre coletivos criminais na cidade de Porto Alegre; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BARROS, B. W. . Resenha: O Interacionismo Radical de Athens em debate (Resenha). DILEMAS: REVISTA DE ESTUDOS DE CONFLITO E CONTROLE SOCIAL , v. 12, p. 210-215, 2019.

  • BARROS, B. W. ; PILAU, L. B. S. . (Res)socialização militarizada: a polícia militar no Brasil e o Estatuto da Criança e do Adolescente. Raízes Jurídicas (Universidade Positivo. Online) , v. 10, p. 84-99, 2018.

  • BARROS, B. W. ; CABISTANI, L.G. . Justa causa no direito penal juvenil. REVISTA LIBERDADES , v. 21, p. 4, 2016.

  • BARROS, B. W. . (Res)socialização militarizada: a polícia militar no Brasil e o Estatuto da Criança e do Adolescente. In: Caroline von Mühlen; Maíra Ines Vendrame; Caiuá Cardoso. (Org.). Criminalidade, violência e justiça: reflexões e novas possibilidades. 1ed.São Leopoldo: Oikos, 2017, v. 1, p. 9-473.

  • BARROS, B. W. . Contrapondo os discursos das câmaras cíveis e criminais enquanto julgadoras de ato infracional: há diferença?. In: COSTA, Ana Paula Motta; EILBERG, Daniela Dora. (Org.). Justiça Juvenil na Contemporaneidade. 158ed.Porto Alegre: DM, 2015, v. 1, p. 9-139.

  • BARROS, B. W. ; BARRETO, R. M. . Audiência de Apresentação. In: LAZAROTTO, Gislei Domingues Romanzini; COSTA, Ana Paula Motta; CRAIDY, Carmen Maria; SZUCHMAN, Karine; OLIVEIRA,Magda Martins de; LUCHESE, Samantha; CORREA, Thayane. (Org.). Medida Socioeducativa entre A e Z. 1ed.Porto Alegre: EVANGRAF, 2014, v. , p. 35-37.

  • BARROS, B. W. ; GERMANO, M. A. . Justiça restaurativa. In: LAZAROTTO, Gislei Domingues Romanzini; COSTA, Ana Paula Motta; CRAIDY, Carmen Maria; SZUCHMAN, Karine; OLIVEIRA,Magda Martins de; LUCHESE, Samantha; CORREA, Thayane. (Org.). Medida Socioeducativa entre A e Z. 1ed.Porto Alegre: EVANGRAF, 2014, v. , p. 150-152.

  • BARROS, B. W. . Resenha: A ascensão econômica, declínio do mercado do crack e violência extrema: a realidade do 'South Bronx' em Nova York. DILEMAS: REVISTA DE ESTUDOS DE CONFLITO E CONTROLE SOCIAL , 2019.

  • COSTA, A. P. M. ; BARROS, B. W. . ?Traficante não é vagabundo?: trabalho e tráfico de drogas na perspectiva de adolescentes internados'. REVISTA DIREITO E PRÁXIS , 2019.

  • BARROS, B. W. . Redução da maioridade penal em debate: consequências e alternativas à proposta. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • BARROS, B. W. . Os conflitos fatais entre coletivos criminais na cidade de Porto Alegre: uma proposta de modelo teórico. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BARROS, B. W. . Facções em Porto Alegre e Região Metropolitana: o que sabemos e o que supomos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • BARROS, B. W. . 'Tem que ter sangue': profissionalização de adolescentes e treinamento no tráfico de drogas.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BARROS, B. W. . Masculinidades marginalizadas e tráfico de drogas. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BARROS, B. W. ; PAMPLONA, R. S. . Os adolescentes em conflito com a lei sob a ótica do Supremo Tribunal Federal: apontamentos quantitativos a partir de decisões sobre a aplicação da medida de internação. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BARROS, B. W. . ?Adolescentes Trabalhadores': o valor social do trabalho e as práticas de tráfico de drogas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • BARROS, B. W. . A profissionalização de socioeducandos e o tráfico de drogas: relações e enfrentamentos. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BARROS, B. W. . A Profissionalização de Socioeducandos: Relações e Enfrentamentos. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BARROS, B. W. . (Res)Socialização Militarizada: A Polícia Militar no Brasil e o Estatuto da Criança e do Adolescente. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BARROS, B. W. . Da participação no tráfico de drogas ao trabalho aprendiz. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • BARROS, B. W. . Contrapondo os discursos das câmaras cíveis e criminais enquanto julgadoras de ato infracional: há diferença?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BARROS, B. W. . Contrapondo os discursos das câmaras cíveis e criminais enquanto julgadoras de ato infracional: há diferença?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

BARROS, B. W. . Ensaios Criminológicos: produções coletivas de resistência. 2018. (Revisão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - 2018

    ADOLESCENTES TRABALHADORES: ENTRE O TRÁFICO DE DROGAS E O TRABALHO APRENDIZ, Descrição: presente trabalho pretende o aprofundamento crítico do funcionamento do tráfico ilícito de drogas, seus modos de adesão por parte dos adolescentes que dele fazem parte e a forma como a criminalização da atividade influi na construção da subjetividade desses sujeitos. Para a sistematização dessa hipótese, optou-se pela escolha da categoria ?trabalho? como termo analítico central. O trabalho aqui analisado, entretanto, ultrapassa a noção jurídica do termo, e encontra âncora na concepção sociológica do labor. Para a sociologia do trabalho, sobretudo aquela calcada nas teorias marxistas, trabalho pode ser entendido como protoforma da vida humana, apresentando-se como fator fundante da subjetividade do ser humano. Entre esses dois pólos - subjetividade e trabalho - há certa inerência indissolúvel (Antunes, 2000, p. 161), a qual justifica a relevância do estudo de todas as formas de trabalho, seja qual for o contexto social. Por outro lado, quando se fala em adolescentes criminalizados pela prática de ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas, unem-se à primeira categoria construída, os temas do sistema de socioeducação - seus pressupostos teóricos, sua historicidade e sua realidade prática - e do tráfico de drogas - organização interna, construção histórica no Brasil e incidência do sistema de justiça. Por essa razão, percebeu-se a necessidade de esmiuçar a literatura referente a esses fenômenos, com o intuito de fortalecer o trabalho empírico posteriormente realizado. Por fim, para que, no momento da investigação empírica, fosse possível trabalhar o tráfico de drogas de forma a pensá-lo como sendo uma atividade laboral, incluiu-se um último parâmetro de análise: o trabalho aprendiz. Assim, somente a partir da experimentação deste trabalho lícito, os adolescentes poderiam narrar suas experiências pretéritas no âmbito do tráfico de drogas, trazendo-nas em forma de comparação com o trabalho lícito experimentado durante (ou após) a socioeducação. Essa abordagem comparativa se realizou através de uma metodologia qualitativa, mais especificamente calcada na construção de grupo focais com esses sujeitos. As conclusões da presente pesquisa, portanto, se fundam nas possibilidades de aproximar os pressupostos teóricos já construídos pela literatura com os dados empíricos coletados... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Betina Warmling Barros - Integrante / ANA PAULA MOTTA COSTA - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Boas Práticas na Implantação e Implementação dos Sistemas de Informação para a Infância e a Adolescência, Descrição: O objeto da parceria do CEGOV/UFRGS, FAURGS, PNUD e MDH é a realização de pesquisa nacional de avaliação da implementação do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), prevista na Lei no 12.594/2012. Espera como resultado o aprofundamento do conhecimento acerca das 4 dimensões do SINASE que constam nos artigos 22, 23, 24 e 25 da Lei 12.594, quais sejam: 1) Gestão, 2) Entidades, 3) Programas e 4) Resultados. A pesquisa esta dividida em 2 etapas: a primeira compreende a entrega dos resultados consolidados após o processo de survey eletrônico, e a segunda etapa compreende os resultados correspondentes à pesquisa de campo, nos 27 estados brasileiros. Ao final, esta previsto seminário para discussão do resultado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (1) . , Integrantes: Betina Warmling Barros - Integrante / ANA PAULA MOTTA COSTA - Integrante / ANA CLÁUDIA CIFALI - Integrante / roberta silveira pamplona - Integrante / Marília Ramos - Coordenador / Aline Hellmann - Integrante / Gabriela Favretto Guimarães - Integrante., Financiador(es): Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil - Cooperação.

  • 2013 - 2017

    A EFETIVIDADE DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS DE ADOLESCENTES ENVOLVIDOS EM SITUACOES DE VIOLENCIA, Descrição: A efetividade dos Direitos Fundamentais é instrumental ao reconhecimento das pessoas e de sua dignidade. Todavia, os direitos tornam-se abstratos se não consideram as pessoas concretas ou suas respectivas realidades culturais e normativas. Desde tal perspectiva, analisa-se as dificuldades de reconhecimento dos adolescentes e de seus direitos fundamentais, seja em perspectiva negativa, no que se refere à limitação da intervenção punitiva do Estado; ou no que se refere à dimensão prestacional, sob o enfoque das políticas públicas voltadas à melhoria das condições de vida deste sujeitos sociais. Tem-se como objetivo identificar e salientar especificidades geracionais e culturais, não abordando a diferença como inferiorização ou discriminação, mas como afirmação de identidade social. Utilizar-se como referencial teórico a perspectiva complexa da sociedade, por meio de uma abordagem interdisciplinar. A efetividade de direitos fundamentais necessita de instrumentalidade jurídica e de fundamentação teórica que sirva à interpretação jurídica em favor das necessidades concretas dos sujeitos sociais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (14) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Betina Warmling Barros - Integrante / ANA PAULA MOTTA COSTA - Coordenador / DANIELA DORA EILBERG - Integrante / LEONARDO GOMES MENEZES - Integrante / Giovanna Araújo - Integrante., Número de produções C, T & A: 4

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

Destaque Geral do XVIII Salão de Iniciação Científica da Faculdade de Direito UFRGS, CAAR.

2015

Proficiência em Língua Francesa Avançada C1, DALF.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional