Ana Lúcia Londero

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ) em 2013, com ênfase no desenvolvimento da agricultura de forma sustentável. Em 2015 concluiu o mestrado em Ciência do Solo pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo na área de Manejo e Conservação do Solo pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Possui Graduação em Programa Especial de Graduação de Formação de Professores Para a Educação Profissional (PEG), pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em 2018. Em 2019 concluiu o Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo (PPGCS) da UFSM, trabalhando junto ao Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Erosão e Hidrologia de Superfície (GIPEHS). Durante cinco meses realizou doutorado-sanduíche junto ao Le Laboratoire des Sciences du Climat et de l'Environnement (LSCE) na França, com enfase na determinação das taxas de erosão do solo utilizando a técnica de Césio 137 e a Modelagem Matemática. Atualmente é bolsista de Pós - Doutorado junto ao "Projeto Microbacia: Monitoramento da qualidade do solo e da água" , que está sendo realizado no Paraná.

Informações coletadas do Lattes em 27/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Ciência do Solo

2015 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria
Orientador: em Laboratoire des Science du climat et de l"Environnment ( Olivier Evrard)
com Jean Paolo Gomes Minella. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Ciência do Solo

2013 - 2015

Universidade Federal de Santa Maria
Título: PERDAS DE ÁGUA E SEDIMENTO DE BACIAS PAREADAS DE ORDEM ZERO SOB PLANTIO DIRETO COM E SEM TERRAÇO,Ano de Obtenção: 2015
Jean Paolo Gomes Minella.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências AgráriasSetores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.

Graduação em Programa Especial de Graduação de Formação de Professores Para A Educação P

2016 - 2018

Universidade Federal de Santa Maria

Graduação em Agronomia

2006 - 2013

Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul
Título: PRODUÇÃO DE FORRAGEIRAS HIBERNAIS SOBRESSEMEADAS EM TIFTON 85 E CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO SOLO EM FUNÇÃO DO PASTEJO.
Orientador: Leonir Terezinha Udhe
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2019

Pós-Doutorado. , Instituto Agronômico do Paraná, IAPAR, Brasil. , Bolsista do(a): ITAIPÚ/FAPEAGRO, ITAIPÚ/FAPEAGRO, Brasil. , Grande área: Ciências Agrárias

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

LONDERO, A. L. . Dia de Campo de Manejo e Conservação do solo. 2015. (Outro).

LONDERO, A. L. . III Seminário dos Impactos da Agricultura nos Recursos Hídricos e II Fórum de Geo-Bio-Hidrologia,. 2014. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Dia de Campo de Culturas de verão. 2016. (Outra).

Dia de Campo da Fepagro Sementes. 2015. (Outra).

Dia de Campo de Manejo e Conservação do Solo.Conservação do Solo. 2015. (Outra).

XXXV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. Variabilidade espacial da taxa de infiltração em função da posição na encosta. 2015. (Congresso).

Projeto Rondon - Operação Canudos.Agroecossistemas: Uso Manejo e Conservação dos Solos e Água. 2013. (Outra).

SEMINÁRIO SOBRE IMPACTO DA AGRICULTURA NOS RECURSOS HÍDRICOS : MANEJO DO ÁGUA E DE BACIAS HIDROGRÁFICAS, DA. 2013. (Seminário).

Seminário Sobre o Impacto da Agricultura nos Recursos Hídricos : Manejo do Solo, da Àgua e de Bacias HIdrográficasa. 2013. (Seminário).

XXI SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, DA XVIII JORNADA DE PESQUISA , DA XIV JORNADA DE EXTENSÃO, DA III MOSTRA INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR E DO III SEMINÁRIO DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA DA UNÍJUI.PRODUÇÃO DE FORRAGEIRAS HIBERNAIS CONSORCIADAS SOBRE TIFTON 85, MANEJADA SOB PASTEJO. 2013. (Seminário).

XXXIII REUNIÃO DA COMISSÃO BRASILEIRA DE PESQUISA DE AVEIA CXXX ANIVERSÁRIO DA FACULDADE DE AGRONOMIA ELISEU MACIEL. 2013. (Congresso).

I Seminário Internacional em Produção de Leite Orgânico entre Brasil E ALEMANHA SOBRE MANEJO NUTRICIONAL ORGâNICO DE VACAS LEITEIRAS NOS TRÓPICOS E SUBTRÓPICOSNA. 2012. (Seminário).

XX Seminário de Iniciação Científica, da XVII Jornada de Pesquisa, da XIII Jornada de Extensão, da iI Mostra de Iniciação Científica Junior e do II I II Seminário de Inovação e Tecnologia da UNIJUÍ.QUALIDADE QUÍMICA DO SOLO EM PASTAGEM DE TIFTON 85 SOBRESSEMEADA COM ESPÉCIES HIBERNAIS PARA PASTEJO E SUBMETIDA Á FENAÇÃO NO PERÍODO ESTIVAL. 2012. (Seminário).

3 Dia de Campo: Pastagem e Produção de Leite.Desempenho de Forrageiras de Inverno Sobressemeadas em Tifton 85. 2011. (Outra).

XI SEMANA ACADÊMICA DE AGRONOMIA E III SEMANA ACADÊMICA DE MEDICINA VETERINÁRIA. 2011. (Outra).

XIX Seminário de Iniciação Científica, da XVI Jornada de Pesquisa, da XII Jornada de Extensão, da I Mostra de Iniciação Científica Júnior e do I Seminário de Inovação e Tecnologia da Unijuí.Sobressemeadura em Tifton 85 Manejada Sob Pastejo: Estabelecimento e Produção de Forrageiras Hibernais. 2011. (Seminário).

ZOOTEC 2011 Simposio - Forragicultura. Participante. 2011. (Congresso).

10ª SEMANA ACADEMICA DE AGRONOMIA E 2 SEMANA ACADÊMICA DE MEDICINA VETERINÁRIA.PALESTRAS. 2010. (Encontro).

2 DIA DE CAMPO: MERCADO DO LEITE, PASTAGENS E PRODUÇÃO ANIMAL.DESEMPENHO DE FORRAGEIRAS DE INVERNO SOBRESSEMEADA EM TIFTON 85. 2010. (Outra).

XIII FÓRUM DE PRODUÇÃO PECUÁRIA - LEITE. 2010. (Outra).

XIX Congresso de Iniciação Científica. ESTABELECIMENTO DE FORRAGEIRAS HIBERNAIS SOBRESSEMEADAS EM PASTAGEM DE TIFTON 85 MANEJADA SOB PASTEJO. 2010. (Congresso).

XVIII Seminário de Iniciação Científica XV Jornada de Pesquisa XI Jornada de Extensão.ESTABELECIMENTO DE FORRAGEIRAS HIBERNAIS SOBRESSEMEADAS EM PASTAGEM DE TIFTON 85 MANEJADA SOB PASTEJO. 2010. (Seminário).

VI SEMANA ACADÊMICA DE AGRONOMIA. 2006. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Tiago de Andrade Neves Hörbe

Hörbe, T.A.N.; Barros, C.; LOVATO, T.; EVRARD, O.. Perdas de água e sedimento em encostas agrícolas sob sistema plantio direto. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Madalena Boeni

MINELLA, J. P. G.;BOENI, M.; LOVATO, T.; HORBE, T.. Perdas de água e sedimento em encostas agrícolas sob sistema plantio direto. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Thomé Lovato

MINELLA, J. P. G.; MERTEN, G. H.; GUBIANI, P. I.;LOVATO, Thomé. Perdas de solo e água em bacias pareadas de ordem zero sob plantio direto com e sem terraço. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Thomé Lovato

MINELLA, J. P. G.; BARROS, C. A. P.; Boeni, Madalena;LOVATO, Thomé; Horbe, Tiago; EVRARD, O.. Perdas de água e sedimento em encostas agrícolas sob sistema plantio direto. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Paulo Ivonir Gubiani

MINELLA, J. P. G.; MERTEN, Gustavo Enrique;GUBIANI, Paulo Ivonir. Perdas de água e solo em bacias pareadas de ordem zero sob plantio direto com e sem terraço. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Leonir Terezinha Uhde

UHDE, L. T.; SILVA, G. M.. Produção de forrageiras hibernais sobressemeadas em Tifton 85 e características fisicas do solo em função do pastejo. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Curso de Agronomia) - Universidade Regional do Nooroeste do Estado do Rio Grande do Sul.

Cláudia Alessandra Peixoto de Barros

MINELLA, J.P.G.;Barros, Cláudia Alessandra Peixoto de Barros; LOVATO, T.; HORBE, T. A. N.; BOENI, M.. Bacias de ordem zero - sua contribuição para a compreensão dos processos hidrológicos e erosivos em plantio direto. 2017.

Miriam Fernanda Rodrigues

MINELLA, J. P. G.; BOENI, M.; MICHELON, C. J.; HORBE, T. A. N.; SWAROWSKI, A.;RODRIGUES, M.F.; SCHENATO, R. B.. Dinâmica do escoamento superficial e da erosão em encostas sob plantio direto. 2019. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Jean Paolo Gomes Minella

Perdas de solo e água em bacias hidrográficas pareadas com e sem terraços; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Jean Paolo Gomes Minella;

Leonir Terezinha Uhde

Produção de forrageiras hibernais sobressemeadas em tifton 85 e características físicas do solo em função do pastejo; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Curso de Agronomia) - Universidade Regional do Nooroeste do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Leonir Terezinha Uhde;

Leonir Terezinha Uhde

Produção de forragem e qualidade do solo em pastagens perenes de verão, sobressemeadas com forrageiras hibernais e sob formas de utilização (Terceiro e quatro anos de projeto); 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Curso de Agronomia) - Universidade Regional do Nooroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Leonir Terezinha Uhde;

Leonir Terezinha Uhde

Produção de forragem e qualidade do solo em pastagens perenes de verão, sobressemeadas com forrageiras hibernais e sob formas de utilização; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Leonir Terezinha Uhde;

Leonir Terezinha Uhde

Ações multidisciplinares na construção de soluções para o desenvolvimento e sustentabilidade; 2013; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Leonir Terezinha Uhde;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • DIDONÉ, ELIZEU JONAS ; GOMES MINELLA, JEAN PAOLO ; ANDRES SCHNEIDER, FABIO JOSÉ ; LONDERO, ANA LÚCIA ; LEFÈVRE, IRÈNE ; EVRARD, OLIVIER . Quantifying the impact of no-tillage on soil redistribution in a cultivated catchment of Southern Brazil (1964-2016) with 137Cs inventory measurements. AGRICULTURE ECOSYSTEMS & ENVIRONMENT , v. 284, p. 106588, 2019.

  • DEUSCHLE, DINIS ; MINELLA, JEAN P.G. ; HÖRBE, TIAGO DE A.N. ; LONDERO, ANA L. ; SCHNEIDER, FABIO J.A. . Erosion and hydrological response in no-tillage subjected to crop rotation intensification in southern Brazil. GEODERMA , v. 340, p. 157-163, 2019.

  • LONDERO, A. L. ; MINELLA, J. P. G. ; DEUSCHLE, D. ; SCHNEIDER, F. J. A. ; BOENI, M. ; MERTEN, G. H. . Impact of broad-based terraces on water and sediment losses in no-till (paired zero-order) catchments in southern Brazil. JOURNAL OF SOILS AND SEDIMENTS , p. 1159-1175, 2017.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Os sistemas de produção pecuários na Bacia do Rio Ibirapuitã e suas relações com água e a energia na produção de alimentos, Descrição: O Pampa apresenta flora e fauna próprias e grande biodiversidade. O bioma exibe um imenso patrimônio cultural associado à biodiversidade e contempla a maior parte do aquífero Guarani. Além disto, a bacia do Rio Ibirapuitã, foco deste projeto, faz parte da bacia do Rio Ibicuí no Brasil e da bacia transnacional do Rio Uruguai (Brasil, Argentina e Uruguai). Desde a colonização ibérica, a pecuária extensiva (bovinos de corte e ovinos) sobre os campos nativos tem sido a principal atividade econômica da região. A dinâmica econômica mundial resulta na constante necessidade de aumentar a produção e produtividade para atender as demandas internas e externas, resultando na expansão de áreas agrícolas e intensificação das atividades. A progressiva introdução e expansão das monoculturas, principalmente a soja, e das pastagens com espécies exóticas têm levado a uma rápida degradação e descaracterização das paisagens naturais do Pampa. Ao consideramos os serviços ecossistêmicos de provisão, regulação e culturais, os campos nativos propiciam inúmeros serviços, dentre eles: a regulação hídrica, o fornecimento de água limpa, a produção de forragem para a pecuária, o potencial para recreação ao ar livre, a estocagem de carbono no solo. Assim, o serviço ecossistêmico de regulação desempenhado pelos sistemas pecuários encontra-se ameaçado, e o incremento da produção agrícola ameaça diretamente a qualidade e a disponibilidade da água, como já ocorre em diversas regiões do planeta, onde o processo de intensificação da agricultura impactou diretamente o meio-ambiente, principalmente o acesso água. Por outro lado, a disponibilidade de energia elétrica no campo propicia um salto na qualidade de vida (infraestrutura e serviços básicos, iluminação, eletrodomésticos) e o aumento da produtividade rural, que contribuem para uma elevação do nível social e econômico da população local. Na bacia do Ibirapuitã temos contemplados três situações, na parte inicial da bacia permanece os sistemas pecuários, ao centro temos um grande aglomerado urbano e na parte final o cenário do uso intensivo do solo associando a produção pecuária, mas tendo os cultivos como agentes principais deste uso. O Objetivo geral do projeto é de verificar e criar cenários decorrentes dos sistemas de produção agropecuários utilizados na bacia do Rio Ibirapuitã, através da quantificação e descrição dos processos de formação do escoamento superficial e a sua associação com a degradação dos solos pela erosão e a degradação dos recursos hídricos pela produção de sedimentos, dos tipos de energia e a sua forma de consumo pelos moradores e pela análise da produção de alimentos e a sua forma de inserção nos mercados consumidores. O projeto adota como metodologia uma abordagem transdisciplinar e participativa, portanto, refere-se a investigar o que é autêntico e relevante para o mundo real. Assim, delimita-se a bacia do Rio Ibirapuitã como área do estudo e a compreensão da sua realidade como principal foco resultante das interações entre o homem e a natureza. Ao partimos destas premissas podemos explorar fatores ligados a importância da água, da energia e do alimento e suas interrelações, conforme a abordagem multidisciplinar do "Nexus Água-Energia-Alimento" que ressalta que para uma avaliação tenha algum impacto a longo prazo, deve ser realizada como parte de um processo mais amplo de envolvimento e discutido com principais interessados e especialistas. O projeto se constitui de quatro eixos de ações, três ligados diretamente ao foco Água, Energia e Alimento e um quarto que integra os mesmos. O eixo integrador trabalha na perspectiva do Método MESMIS (Marco de Evaluación de Sistemas de Manejo incorporando Indicadores de Sustentabilidade) integrando as ações geradas em cada eixo através da construção de indicadores que represente os sistemas em estudo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Lúcia Londero - Coordenador / Jean Paolo Gomes Minella - Integrante / Rafael Ramon - Integrante / Fabio José Andres Schneide - Integrante / Cláudia Alessandra Peixoto Barros - Integrante / Alexandre Schlesner - Integrante / Vicente Celestino Pires Silveira - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Uso de radionucleotídeos e geoquímica em solos e sedimentos na quantificação das taxas de erosão e na identificação de fontes de sedimentos e poluentes em bacias agrícolas para apoiar o desenvolvimento de medidas de conservação do solo., Descrição: Estudo dos processos de redistribuição de sedimentos em bacias afetadas por erosão. Projeto de cooperação internacional CAPES-COFECUB.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Lúcia Londero - Integrante / Jean Paolo Gomes Minella - Coordenador / Elizeu Jonas Didoné - Integrante / Rafael Ramon - Integrante / Dinis Deuschle - Integrante / Fabio José Andres Schneide - Integrante / Cláudia Alessandra Peixoto Barros - Integrante / Alexandre Schlesner - Integrante / Olivier Evrard - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Monitoramento hidrológico, erosivo e qualidade da água em áreas manejadas sob plantio direto., Descrição: A atividade agrícola no RS está sustentada em pequenas e médias propriedades rurais com produção de grãos, leite e carne. Essas atividades contribuem para geração de uma carga poluente que compromete a qualidade da água. O sistema plantio direto e os sistemas integrados de produção, quando adequadamente implementados e devidamente aliados às técnicas complementares de controle da poluição difusa, são considerados processos efetivos para construir solo fértil e mitigar problemas de contaminação de corpos d'água, decorrentes de atividades agrícolas. No entanto, são necessárias ações efetivas de pesquisa e desenvolvimento para provar, através de unidades de validação e de demonstração, a efetividade dessas práticas, tanto em escala de lavoura como de bacia hidrográfica, uma vez que os resultados obtidos em parcelas experimentais não são diretamente extrapoláveis. O desenvolvimento de pesquisa baseada no monitoramento de macroparcelas e de bacias hidrográficas permitirá compreender e descrever os principais fenômenos que governam a relação entre manejo de solo e processos dinâmicos associados ao movimento e à disponibilidade de água, erosão e qualidade de solo e água, bem como identificar vazios de conhecimento que deverão ser examinados mediante novas pesquisas no âmbito do processo de retroalimentação. Complementarmente, esses estudos possibilitarão a calibração e a validação de modelos matemáticos que poderão ser empregados para avaliar o impacto positivo ou negativo de um número infinito de situações ou cenários de uso e manejo do solo e de clima. Por fim, destaca-se que os resultados desse estudo poderão ser utilizados como instrumento de convencimento, tanto da sociedade como do poder público, quanto à importância da aplicação de tecnologias corretas para a gestão adequada dos recursos solo e água.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Lúcia Londero - Integrante / Jean Paolo Gomes Minella - Coordenador / Rafael Ramon - Integrante / Tiago Canale - Integrante / Dinis Deuschle - Integrante / Fabio José Andres Schneide - Integrante / Cláudia Alessandra Peixoto Barros - Integrante / Alexandre Schlesner - Integrante / Paulo César ramon - Integrante.

  • 2010 - 2015

    Monitoramento e Modelagem dos Fluxos de Água, Solutos e Sedimentos em Bacias Hidrográficas Rurais, Descrição: Esta proposta faz parte de uma linha de pesquisa do Departamento de Solos que aborda as relações entre as atividades agrícolas e seus impactos sobre a melhoria ou a degradação do solo e da água considerando a bacia hidrográfica como unidade de estudo. O entendimento dos fatores relacionados ao uso, manejo e ocupação dos solos na escala de bacia hidrográfica tem sido um dos grandes desafios para o estabelecimento dos impactos das atividades agrícolas sobre os recursos naturais (solo e água) principalmente pela erosão e poluição difusa. Nesse contexto, este grupo de pesquisa tem como estratégia de análise o monitoramento de bacias hidrográficas para a obtenção de um conjunto representativo de dados e informações capazes de caracterizar os processos hidrológicos, erosivos e de qualidade de água em diferentes condições de uso e manejo dos solos, e a partir disto propor medidas de conservação e manejo do solo e água.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Lúcia Londero - Coordenador / Jean Paolo Gomes Minella - Integrante / Rafael Ramon - Integrante / Cláudia Alessandra Peixoto Barros - Integrante / BERNADETE RADIN - Integrante.

  • 2010 - 2014

    Produção de forragem e qualidade do solo em pastagens perenes de verão, sobressemeadas com forrageiras hibernais e sob formas de utilização, Descrição: O Rio Grande do Sul é o segundo maior produtor de leite do Brasil, e a região noroeste responsável pela produção de aproximadamente 16% do leite deste Estado. Os sistemas de produção de leite predominantes podem ser descritos como: a) de pequena escala, com a utilização predominante de mão-de-obra familiar e com pouca capacidade de investimento; b) intensivos, com animais de elevado mérito genético e utilização de alimentação concentrada e pastagens cultivadas); e c) mistos, que, na sua maioria, integram cultivos forrageiros em todo o ano e de grãos, especialmente no verão. O tifton 85 (Cynodon dactylon x C.nlemfuensis) é uma das forrageiras perenes tropicais mais frequentes na maioria das propriedades com produção de leite, sendo responsável pela base alimentar dos rebanhos. Tendo crescimento prostrado, permite a sobressemeadura de espécies hibernais, prática amplamente utilizada pelos produtores. O plantio de espécies hibernais sobre gramíneas tropicais pode trazer grandes vantagens, a citar: a produção de forragem de qualidade numa época de estacionalidade produtiva; a fixação biológica de nitrog~enio, caso sejam usadas leguminosas; e a perenização destas pastagens de invernos, quando usadas espécies capazes e aplicados critérios de manejos que possibilitem a ressemeadura natural. porém, quando se trata de manejar sistemas integrados (mesmo os de sucessão pastagem-pastagem), as tomadas de decisões sobre práticas de manejo em um cultivo podem afetar (positiva ou negativamente) o desempenho do cultivo posterior (tanto no curto quanto no longo prazo). O estudo de alternativas de utilização das pastagens de verão e dos cultivos hibernais sobressemeados, seus desempenhos e consequências, trarão subsídios confiáveis para adoção de práticas que contribuam para a racionalização dos recursos internos aos sistema de produção e, no longo prazo, levem à manutenção produtiva das terras, cultivos e criações e preservação dos recursos naturais. Ao mesmo tempo, o acompanhamento. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (9) . , Integrantes: Ana Lúcia Londero - Integrante / Adriano Rudi Maixner - Integrante / Leonir Terezinha Uhde - Coordenador / Sandra Beatriz Vicenci Fernandes - Integrante / Jorge Berto - Integrante / José Miguel Reichert - Integrante / Gustavo Martins da Silva - Integrante / Daniel Portella Montardo - Integrante / Pedro Urubatan Neto da Costa - Integrante / Fernando Luis Ferreira de Quadros - Integrante / Otoniel Geter Lauz Ferreira - Integrante / Tarcísio Samborski - Integrante / Jairo Diefenbach - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2012

Trabalho Destaque - Co autora, CIC UNIJUÍ.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional