Kai Michael Kenkel

É Professor Associado 2 no Instituto de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (IRI/PUC-Rio). No ano acadêmico 2022-2023 será Distinguished Visiting Scholar da Dartmouth Initiative for Global Security no John Sloan Dickey Center for International Understanding do Dartmouth College (EUA, pós-doutorado). Desde 2014 é Associated Researcher do German Institute of Global and Areas Studies em Hamburgo, onde completou um período de pós-doutorado em 2016-2017. É bolsista de produtividade Nível 2 do CNPq e Bolsista Cientista do Nosso Estado da FAPERJ . Possui doutorado e mestrado do Institut Universitaire de Hautes Études Internationales (IUHEI, atual IHEID/Graduate Institute) em Genebra, e graduação (com "Departmental Honors") da Johns Hopkins University. Lecionou em universidades renomadas no Brasil, no Canadá, na Alemanha, na Suíça e na República Tcheca. De 2013 a 2016 foi Coordenador da Pós-Graduação do IRI/PUC-Rio e de 2010 a 2013, editor da revista Contexto Internacional. Foi Diretor de Relações Institucionais da Associação Brasileira de Estudos da Defesa de 2014 a 2016. Publica nas áreas de operações de paz, intervenção humanitária, responsabilidade de proteger (R2P), relações cívico-militares, armas leves e Atlântico Sul. Ensina e orienta na área da segurança internacional, com ênfase em questões de intervenção e operações de paz.

Informações coletadas do Lattes em 04/11/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Relações Internacionais

1998 - 2004

Institut Universitaire de Hautes Études Internationales, Genève
Título: Whispering to the Prince: Academic experts and the formulation of security policy at the national level in South Africa, Brazil and Canada
Orientador: Prof. Keith Krause
Palavras-chave: segurança nacional; formulação de políticas; Canadá; Sudafrica; Brasil.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional / Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas / Especialidade: Análise do Processo Decisório.

Mestrado em Relações Internacionais

1996 - 1998

Institut Universitaire de Hautes Études Internationales, Genève
Título: Blue Helmets in Black, Red and Gold--The Security Policy of the Reunified Germany: the Lessons of History and United Nations Peacekeeping, Ano de Obtenção: 1998
Orientador: Prof. Victor-Yves Ghébali
Palavras-chave: Operações de Manutenção da Paz; Política Exterior da Alemanha.

Graduação em Relações Internacionais

1992 - 1996

Johns Hopkins University
Título: Federalist remedies for the European Union's ?democratic deficit?: the German Basic Law and the third tier of government
Orientador: Prof. Thomas U. Berger

Pós-doutorado

2016

Pós-Doutorado. , German Institute of Global and Area Studies, GIGA, Alemanha.

Formação complementar

1998 - 2000

École Doctorale (Metodologia). , Fundo Nacional Suiço de Apoio à Pesquisa Científica, SNF/FNS, Suiça.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Italiano

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Integração Internacional, Conflito, Guerra e Paz.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Organizações Internacionais.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas/Especialidade: Análise do Processo Decisório.

Organização de eventos

KENKEL, K. M. ; GOMES, M. S. ; DARAUJO, M. C. ; VIANA, M. T. ; PARADA, M. ; SCHETTINI, A. ; SANTOS, V. M. S. . Democracia e Forças Armadas: olhares interdisciplinares. 2021. (Outro).

KENKEL, K. M. ; SANTOS, V. M. S. ; FROTA, L. . The future of peace operations: responding to crisis. 2021. (Outro).

KENKEL, K. M. ; GOMES, M. S. . Seminário The Global South and Peace Operations: Contemporary debates on conflict, violence, intervention and reconstruction. 2018. (Outro).

KENKEL, K. M. ; HOFFMANN, B. . Cuba, the U.S., and the Changing Political Landscape in the Americas: a Debate Ahead of the Panama Summit. 2015. (Outro).

KENKEL, K. M. ; HOFFMANN, B. ; GOMES, M. S. . Negotiating normalization: implications of the U.S-Cuba rapprochement. 2015. (Outro).

KENKEL, K. M. ; CUNLIFFE, P. . Rising Powers and Intervention: Contested Norms and Shifts in Global Order. 2014. (Congresso).

KENKEL, K. M. ; CUNLIFFE, P. . Followup Seminar, Rising Powers and Intervention: Contested Norms and Shifts in Global Order. 2014. (Congresso).

KENKEL, K. M. ; MORAES, R. F. . Seminário "As operações de paz e a inserção internacional do Brasil". 2011. (Congresso).

STUENKEL, O. ; KENKEL, K. M. . Workshop "Rising Powers and Global Challenges". 2011. (Congresso).

KENKEL, K. M. ; NOGUEIRA, J. P. . Seminário ?Europe and Latin America in Peace Operations: Comparative Perspectives and Practices?. 2010. (Congresso).

Participação em eventos

ABRI discute: guerra na Ucrânia.ABRI discute: guerra na Ucrânia. 2022. (Simpósio).

Brazil?s Run-off Elections: Democracy at Risk.Brazil?s Run-off Elections: Democracy at Risk. 2022. (Simpósio).

Dickey Center International Relations Seminar Series, session 1. 2022. (Simpósio).

Dickey Center International Relations Seminar Series, session 2. 2022. (Simpósio).

Dickey Center International Relations Seminar Series, session 3.Clash of norms: intervention, small arms and refugees. 2022. (Simpósio).

Sixth Global International Studies Conference. Chair, mesa "Latin American Foreign Policies: Exploring Systemic and Domestic Factors". 2022. (Congresso).

XIX Jornadas de Investigación FCS/UdelaR.Comentários, la contribución uruguaya con operaciones de paz de NNUU (1992-2017). Sus motivaciones y sus impactos, Julián González Guyer. 2022. (Encontro).

62nd Annual Convention of the International Studies Association. Debatedor, mesa. 2021. (Congresso).

62nd Annual Convention of the International Studies Association. Peacemakers: Personnel and Contributions. 2021. (Congresso).

A participação brasileira nas operações de paz e os efeitos para as relações civis-militares em âmbito doméstico.A participação brasileira nas operações de paz e os efeitos para as relações civis-militares em âmbito doméstico. 2021. (Simpósio).

Operações de paz e intervenções humanitárias.Respostas à crise nas operações de paz da ONU. 2021. (Simpósio).

Seminário de pesquisa em Democracia e Forças Armadas.Militarismo: violências e violações. 2021. (Seminário).

The future of peace operations: responding to crisis.Peace operations and their effect on civilian control in Global South contributors. 2021. (Seminário).

A inserção internacional do Brasil -- Fórum Brasileiro de Política Internacional. 2020. (Simpósio).

Brazil beyond Pandemic: Domestic Politics and Foreign Affairs.Democracy and Civil-military Relations: The Military in a Civil Government. 2020. (Oficina).

Conceptualizing and Implementing Security in a Fragile Democracy.Moderação. 2020. (Simpósio).

O Brasil nas Operações de Paz: aprendizagens e perspectivas.Mudanças nas operações de paz e seus efeitos sobre a participação do Brasil. 2020. (Simpósio).

O IRI fala ao Corona.Contágio institucional: diagnósticos sobre a democracia em tempos pandêmicos. 2020. (Seminário).

7o Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais. Debatedor, painel. 2019. (Congresso).

Desafios à paz em sociedades democráticas: segurança pública, crime e violênica.Discussões conceituais em paz, crime e violência. 2019. (Seminário).

GIGA-Forum: Brasilien rückt nach rechts.Innenpolitische Aspekte. 2019. (Simpósio).

III Encontro Regional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa--Norte.Entorno estratégico e geopolítico na Amazônia. 2019. (Encontro).

III Encontro Regional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa--Sudeste.Os Estudos de Paz e a Guerra no Século XXI. 2019. (Encontro).

III Seminário de Pós-Graduação do IRI/PUC-Rio.Debatedor, mesa. 2019. (Seminário).

IV Seminário dos PPGs das EAEM e da ESG.A Agenda Global MIlitar 2019. 2019. (Seminário).

Legitimate Political Authority in an Age of Mobility.Legitimacy in Peacebuilding in the Global South: Haiti and MINUSTAH. 2019. (Simpósio).

Studying humanitarian interventions and other topics in peace and conflict studies: Challenges of methodology and research design.Researching humanitarian intervention:R2P as a norm. 2019. (Simpósio).

10o Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa.Estudos para a Paz e Resolução de Conflitos. 2018. (Encontro).

4o Seminário de Graduação e Pós-Graduação da ABRI.Avanços normativas, intervenção e guerra. 2018. (Seminário).

59th Annual Convention of the International Studies Association. Debatedor, mesa "Looking Past and Forward: Unpacking Principles, Practices, and Impacts of the United Nations Stabilization Mission in Haiti (MINUSTAH)". 2018. (Congresso).

I Encuentro, Grupo de Investigación en Relaciones Internacionales, Associación Latinoamericana de Ciencia Política.La agenda de investigacion en estudios de seguridad internacional y defensa en America Latina. 2018. (Encontro).

III Encontro Brasileiro de Estudos para a Paz.Operações de Paz: Dilemas das Missões de Estabilização. 2018. (Encontro).

II Seminário de Pós-Graduação do IRI/PUC-Rio.Debatedor, mesa. 2018. (Seminário).

II Simpósio REBRALINT do Estado do Rio de Janeiro.Estudar na Alemanha. 2018. (Simpósio).

O Brasil e os desafios atuais das missões de paz.O Brasil e os desafios atuais das missões de paz. 2018. (Oficina).

Peace Operations and Peace Agreements: Experiences from the Global South.Peace operations, humanitarian interventions and the use of force. 2018. (Seminário).

Rethinking South-South Cooperation: India and Brazil in the 21st Century.Brazil and South-South international security governance. 2018. (Simpósio).

Reunião preparatória, XV Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana.Reunião preparatória, XV Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana. 2018. (Oficina).

The Global South and Peace Operations: Contemporary debates on conflict, violence, intervention and reconstruction.Conceptual and normative aspects of sovereignty and the use of force in peace operations. 2018. (Seminário).

Um olhar estrangeiro para as eleições no Brasil.Um olhar estrangeiro para as eleições no Brasil. 2018. (Simpósio).

What can we learn from peace-building in Latin America?.A Role for External Actors?. 2018. (Oficina).

XVI Semana de Relações Internacionais da UNESP.O Brasil e a Cooperação em Defesa no Plano Internacional: Inovações e Reiterações. 2018. (Seminário).

6o Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais. Reconfigurações do poder Global e seus Desdobramentos para as Defesas Nacionais: perspectivas globais e regionais. 2017. (Congresso).

I Seminário de Pós-Graduação do IRI/PUC-Rio.Debatedor, mesa. 2017. (Seminário).

Rede Brasileira de Pesquisa sobre Operações de Paz.A cooperação Sul-Sul do Brasil em treinamento para participação em operações de paz: Equipes Móveis de Treinamento. 2017. (Oficina).

Seminário "13 Anos do Brasil na MINUSTAH: lições aprendidas e novas perspectivas".A MINUSTAH e a questão do uso da força. 2017. (Seminário).

TakingStockofthePasttoShapetheFutureofNormStudies.Understanding complex norms: the case of R2P and its subcomponents. 2017. (Oficina).

8th Halifax International Security Forum. 2016. (Encontro).

Bucerius Summer School on Global Governance.Emerging Powers and Global Governance: BRICS. 2016. (Outra).

Conceptualizing the impact of rising powers on peace operations.Conceptualizing the impact of rising powers on peace operations. 2016. (Oficina).

External Intervention in the Age of Global Transitions. 2016. (Seminário).

GIGA Forum: Brasilien--Not und Spiele.GIGA Forum: Brasilien--Not und Spiele. 2016. (Simpósio).

GIGA Forum: Ende des Aufstiegs? BRICS-Gipfel in Indien.GIGA-Forum: Ende des Aufstiegs? BRICS-Gipfel in Indien. 2016. (Simpósio).

GIGA Talk: Staatskrise und Olympische Spiele in Brasilien.Staatskrise und Olympische Spiele in Brasilien. 2016. (Simpósio).

OTAN Duradoura, Brasil em Ascensão.OTAN Duradoura, Brasil em Ascensão. 2016. (Simpósio).

Responsibility while Protecting (RwP) ? A Brazilian approach to conflict resolution and prevention.Responsibility while Protecting (RwP) ? A Brazilian approach to conflict resolution and prevention. 2016. (Simpósio).

10 Years of the Responsibility to Protect: Strengthening South-South Cooperation to Prevent Mass Atrocities.10 Years of the Responsibility to Protect: Strengthening South-South Cooperation to Prevent Mass Atrocities. 2015. (Simpósio).

4o Seminário de Estudos Estratégicos da Escola Superior de Guerra.A participação do Brasil em operações de paz: situação atual e perspectivas futuras. 2015. (Seminário).

Cuba, the U.S., and the Changing Political Landscape in the Americas: a Debate Ahead of the Panama Summit.Cuba, the U.S., and the Changing Political Landscape in the Americas: a Debate Ahead of the Panama Summit. 2015. (Simpósio).

New configurations of international order: values, principles, alliances and alignments. 2015. (Oficina).

Reunião preparatória, XII Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana.Brazil and coercive action. 2015. (Oficina).

The Future of Responsibility to Protect: Responsibility While Protecting and Implementation Mechanisms.A Case for Responsibility While Protecting. 2015. (Seminário).

The Responsibility to Protect Doctrine at Ten Consolidation and Contestation.Localization and Subsidiarity in Brazil?s Engagement with the Responsibility to Protect. 2015. (Oficina).

Workshop "O Brasil e a Segurança no Atlântico Sul: Política Externa e Estratégia de Defesa".O Brasil e a Segurança no Atlântico Sul: Política Externa e Estratégia de Defesa. 2015. (Oficina).

World Politics of Security.The role of the collective use of force in contemporary world politics. 2015. (Seminário).

XII Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana.The International System, Sovereignty, Territory and the Nation-State. 2015. (Simpósio).

55th Annual Convention of the International Studies Association. The Responsibility to Protect: Moving Forward post-Libya and Syria--the view from the global South. 2014. (Congresso).

A MINUSTAH e o Brasil - Dez anos pela paz no Haiti.O Brasil e as Operações de Paz após a MINUSTAH: visão crítica e perspectivas. 2014. (Seminário).

CEBRI/Stimson Private Roundtable Discussion on Migration and Drug Trafficking.Migration and Drug Trafficking. 2014. (Oficina).

Cooperação Brasil Índia: Dinâmicas e Perspectivas.Debatedor da mesa: relações comerciais Brasil-índia. 2014. (Seminário).

Emerging powers, intervention and responsibility: the case of Brazil.Emerging powers, intervention and responsibility: the case of Brazil. 2014. (Seminário).

Encontro Brasil-Alemanha 2014: Visões e revisões.Brasil e Alemanha, passado, presente futuro: uma visão acadêmica. 2014. (Seminário).

FLACSO-ISA Joint International Conference: Global and Regional Powers in a Changing World. Changing roles for the military in Brazil. 2014. (Congresso).

Followup Seminar, Rising Powers and Intervention: Contested Norms and Shifts in Global Order.Rising Powers and Intervention: Contested Norms and Shifts in Global Order. 2014. (Seminário).

II Seminário de Graduação e Pós-Graduação da ABRI.Debatedor em duas meses sobre operações de paz e R2P. 2014. (Seminário).

Re-examining intervention: Rising powers' approaches to conflict resolution.Conceptual advances in the protection of civilians, R2P and the protection of civilians. 2014. (Simpósio).

Rising Powers and Intervention: Contested Norms and Shifts in Global Order.Rising Powers and Intervention: Contested Norms and Shifts in Global Order. 2014. (Oficina).

Seminário "Pós-Graduação em Segurança e Defesa". 2014. (Seminário).

Small Arms Policy and Practice: Bridging the Research-Policy Divide.Controlling Small Arms: Consolidation, Innovation and Relevance in Research and Policy. 2014. (Seminário).

VIII Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa. 2014. (Encontro).

XI Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana.Brazil in World Affairs: aspirations and perceptions. 2014. (Simpósio).

XIII Ciclo de Estudos Estratégicos.Participação brasileira em Forças de Paz: evolução histórica e perspectivas futuras. 2014. (Simpósio).

4o Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais.Segurança e multilateralismo na América do Sul: uma perspetiva comparada. 2013. (Encontro).

Brazil and the Euro-Atlantic Area: Managing International Security in a Changed Global Order.Brazilian and NATO peacekeeping experience in comparative perspective. 2013. (Simpósio).

Brazil-US Forum. 2013. (Simpósio).

CEBRI Debate Responsabilidade de Proteger (ou de Punir): a questão da Síria.Responsabilidade de Proteger (ou de Punir): a questão da Síria. 2013. (Simpósio).

IIIa Conferência do Desenvolvimento (CODE/IPEA).As operações de paz como nicho diplomático da potência emergente Brasil. 2013. (Encontro).

Latin America: New security configurations in a strategic emerging region.Armed Forces roles in Brazil and participation in peace operations. 2013. (Simpósio).

The Responsibility While Protecting: Emerging Powers and the Future of the Responsibility to Protect.Brazil, the global South, and the normative challenge to R2P. 2013. (Seminário).

VII Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa.Os rumos da África. 2013. (Encontro).

X Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana.Os imperativos e perigos da intervenção: Líbia, Mali e Síria. 2013. (Simpósio).

4th Halifax International Security Forum. 2012. (Encontro).

II Semana de Defesa e Gestão Estratégica Internacional.A Responsabilidade de Proteger: origens e implementação. 2012. (Seminário).

I Simpósio de Política Internacional do Cenário Estratégico.Futuros perfís possíveis: o Brasil e o cenário global de segurança e desenvolvimento. 2012. (Simpósio).

IX Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana.Potential future risks to security in the Atlantic. 2012. (Simpósio).

O Brasil no cenário estratégico: aspectos de segurança e desenvolvimento.O Brasil no cenário estratégico: aspectos de segurança e desenvolvimento. 2012. (Oficina).

Responsibility While Protecting: What?s Next?.Responsibility While Protecting: What?s Next?. 2012. (Oficina).

Seminário Brasileiro de Estudos Estratégicos Internacionais.Os desafios para a segurança regional na América do Sul. 2012. (Seminário).

University of Ottawa Certificate Programme in Public Sector Leadership and Governance.Civil-Military Relations in Brazil. 2012. (Oficina).

3rd Halifax International Security Forum. 2011. (Encontro).

Brazil and Peace Operations: an Emerging Power takes on International Responsibility.Brazil and Peace Operations: an Emerging Power takes on International Responsibility. 2011. (Simpósio).

Inter-American Dialogue, Latin American Working Group.Brazil: Defense and Security. 2011. (Oficina).

Seminário "As operações de paz e a inserção internacional do Brasil".As operações de paz como nicho diplomático da potência emergente Brasil. 2011. (Seminário).

Seminário Internacional Livro Branco de Defesa Nacional (Ministério da Defesa).O futuro papel do Brasil na segurança e no desenvolvimento. 2011. (Seminário).

The New World of UN Peace Operations.Discussão do livto "The New World of UN Peace Operations". 2011. (Oficina).

University of Ottawa Certificate Programme in Public Sector Leadership and Governance.Brazil and Peace Operations. 2011. (Oficina).

VIII Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana.Internal missions for armed forces: perspectives from Europe. 2011. (Simpósio).

Workshop "Rising Powers and Global Challenges".Discussão na mesa "Rising Powers and Peace Operations". 2011. (Seminário).

2a Assembléia Geral da Associação Latinoamericana de Centros de Treinamento para Operções de Paz ALCOPAZ. 2010. (Outra).

Diálogos de Fronteira: Mesa-redonda "Múltiplos olhares sobre o Haiti ? Luta e resistência de um povo".A participação do Brasil na MINUSTAH. 2010. (Outra).

Peace Operations in the 21st century: Preparing future leaders for new challenges and tasks.Educational Programme for Peace Support Operations: A New International Initiative. 2010. (Seminário).

Seminário "Europe and Latin America in Peace Operations: Comparative Perspectives and Practices".Southern troop contributors, peace operations, and norms of intervention. 2010. (Seminário).

UN DPKO/MRE Seminar: A New Horizon for UN Peacekeeping: perspectives from the South.Participação no Grupo de Trabalho "Creating Support for PKOs through Social Communications". 2010. (Seminário).

VII Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana. 2010. (Simpósio).

Seminário de Perspectivas e desafios das Missões de Paz do Século XXI.Mediação de mesa de debate dos palestrantes convidados. 2009. (Seminário).

VI Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana. 2009. (Encontro).

II Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa.Coordenador de Painel, "A Defesa Como Objeto de Estudo Vertical". 2008. (Encontro).

3. Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. 2002. (Encontro).

Research and Education in Defense and Security Studies Seminar. 2002. (Seminário).

Seminário Política de Defesa para o Século XXI. 2002. (Seminário).

Participação em bancas

Aluno: Laís Gama Pinto Bacci Acunha

LIMA, J. S.;KENKEL, K. M.; CIARALLO, G.. Os limites da UNAMIR e suas consequências na evolução das operações de paz. 2022. Dissertação (Mestrado em Análise de Cenários Políticos, Resolução de Conflitos e Negociações para a) - Centro Universitário de Brasília.

Aluno: Matheus Moraes Alves Marreiro

SOUZA NETO, D. M.;KENKEL, K. M.; SILVA, A.R.A.. As representações espaciais e a geopolítica popular no Brasil: o Atlântico Sul como uma Geografia Imaginativa. 2021. Dissertação (Mestrado em SEGURANÇA INTERNACIONAL E DEFESA) - Escola Superior de Guerra.

Aluno: Ana Clara Figueira Guimaraes

FUCCILLE, L. A.;KENKEL, K. M.; SOARES, S. A.. Responsabilidade ao Proteger (RwP): iniciativa empreendedora normativa como forma complementar de contribuição humanitária. 2020. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais (Unesp/Unicamp/Puc-Sp)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Kimberly Alves Digolin

SOARES, S. A.;KENKEL, K. M.; AGUILAR, S. L. C.. Cooperação em operações de paz: atuações e iniciativas conjuntas entre Argentina, Brasil e Chile. 2018. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais (Unesp/Unicamp/Puc-Sp)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Nadia Karodia

KENKEL, K. M.. A Study of the Non-Use of the Veto Power Within the United Nations Security Council. 2018. Dissertação (Mestrado em International Relations) - University of the Witwatersrand.

Aluno: Gabriel Eldridge MAscarenhas

RIBEIRO HOFFMANN, A. R.;KENKEL, K. M.; COELHO, C. F. S.. A garantia dos Direitos Humanos na atuacao de Empresas Militares. 2018. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Juliana Graffunder Barbosa

REZENDE, L.;KENKEL, K. M.; PAGLIARI, G. C.; SANTOS, R. M.. A Brigada de Intervenção da MONUSCO: uma inflexao para o uso da forca em operacoes de paz das Nacoes Unidas?. 2017. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Aluno: Guilherme Alhadeff Camenetsky Engelender

FUENTES J., C.; MELO, C. C.; DALLARI, P. B. A.;KENKEL, K. M.. Localizacao de Normas Internacionais: o direito a verdade e o estabelecimento da comissao da verdade brasileira. 2017. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Hugo Bras Martins da Costa

MILANI, C.R.S.; LIMA, M. R. S.;KENKEL, K. M.. Política Externa Brasileira e Resolução de Conflitos: um estudo da participação brasileira na Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH). 2017. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Natália Sayuri Suzuki

ONUKI, J.;KENKEL, K. M.; GURZA LAVALLE, A.. UNMIK: Sobre o papel de representação das operações de paz e sua produção de legitimidade. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

Aluno: anónimo

KENKEL, K. M.; ANONIMO, N. N.. Processo anônimo. 2016. Dissertação (Mestrado em Master of Arts by Research) - Victoria University (Melbourne).

Aluno: Thauan dos Santos

PINHEIRO, L. A.; PEREIRO JUNIOR, A. O.; MULLER, A. E. S. G.;KENKEL, K. M.. Integração Energética da América do Sul: desdobramentos do desenvolvimento institucional. 2014. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Natalye Gembatiuk de Souza

MORENO, M. R. F. Y. G.; GOMES, M. S.;KENKEL, K. M.. Brasil: uma visão alternativa à falência estatal?. 2014. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Ricardo Oliveira dos Santos

ESTEVES, Paulo L. M. L.; RODRIGUES, T. M. S.;KENKEL, K. M.. Construção e Reconstrução de Estados no Âmago das Operações de Paz Multidimensionais Uma Análise dos Casos da República Democrática do Congo e do Timor-Leste (1999-2012). 2013. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Tamires Maria Alves

MORENO, M. R. F. Y. G.; MEIHY, M. S. B.;KENKEL, K. M.. A ameaça iraniana em xeque: uma leitura pós-colonial sobre o Irã. 2013. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Luiz Gustavo Aversa Franco

VAZ, A. C.; ROCHA, A. J. R.;KENKEL, K. M.. As políticas europeias de segurança e defesa e a intervenção na Líbia. 2013. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade de Brasília.

Aluno: Aline Fernandes Vasconcelos de Abreu

HERZ, M,; DOMINIGUES, J. M. C.;KENKEL, K. M.. O debate internacional sobre a proibição das minas terrestres a partir de uma análise sociológica: os movimentos sociais e construção de um novo esquema de interpretação. 2012. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Danilo Marcondes de Souza Neto

HERZ, M,; ROCHA, A. J. R.;KENKEL, K. M.. A política brasileira para as operações de paz e intervenções humanitárias: normas, ética e regionalização no envolivmento brasileiro na MINUSTAH. 2010. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Estevão Gomes Pinto de Abreu

TEIXEIRA DA SILVA, Francisco Carlos;KENKEL, K. M.; MEDEIROS, S.E.. O uso da força em operações de paz: uma análise comparada entre as missões das Nações Unidas no Haiti (1994-2010). 2010. Dissertação (Mestrado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Mariana Oliveira do Nascimento

HERZ, M,; ROCHA, A. J. R.;KENKEL, K. M.. A aplicação do Artigo Quarto do Tratado de Não-Proliferação Nuclear. 2009. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Isabela Gláucia de Souza Costa Baptista

MEDEIROS, S.E.;KENKEL, K. M.; TEIXEIRA DA SILVA, Francisco Carlos. A construção da imagem do uso da força em intervenções humanitárias no pós Guerra Fria: um estudo comparativo da segunda e da terceira geração de intervenções. 2009. Dissertação (Mestrado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Escoto, Roberto

ROCHA, A. J. R.;KENKEL, K. M.; PLATIAU, A.F.B.. O impacto das intervenções da ONU na construção do Estado e na democratização do Haiti (1993-1996 e 2004-2008): Uma Análise sob o Enfoque da Segurança Humana. 2009. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Universidade de Brasília.

Aluno: Helvécio de Jesus Júnior

SALOMON, M.; ALTEMANI, H.;KENKEL, K. M.. Rumo ao ?Estado normal?: A Política de Defesa do Japão desde o Fim da Guerra Fria. 2008. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Arthur Bernardes do Amaral

HERZ, M,; TEIXEIRA DA SILVA, Francisco Carlos;KENKEL, K. M.. A Guerra ao Terror e a Tríplice Fronteira na agenda de segurança dos Estados Unidos. 2008. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Raphaela Serrador de Almeida

MESSARI, N.; NASSER, R. M.;KENKEL, K. M.. Etnicidade, Estado e Estado da Etnicidade. 2007. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Juliana Sousa de Araujo Mochel

DARAUJO, M. C.; AMORIM NETO, O.; CORTINHAS, J.; PINTO, J. R. L.;KENKEL, K. M.. O orçamento público de Defesa Nacional e suas implicações nas relações civis-militares e na democracia. 2022. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Hugo Bras Martins da Costa

MILANI, C.R.S.; DEVIN, G.; ALBARET, M.;KENKEL, K. M.; LIMA, M. R. S.; PINHEIRO, L. A.. Política Externa Brasileira e as Operações de Manutenção da Paz das Nações Unidas. 2022. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Pablo Victor Fontes Santos

MORENO, M. R. F. Y. G.; HERZ, M,; LESSA, M. L.; SOUZA NETO, D. M.;KENKEL, K. M.; SANTOS, R.O. dos. As representações orientalistas da P(p)olítica E(e)xterna estadunidense durante e no Pós-Crises Humanitárias - os casos da Somália e Ruanda em Perspectiva Comparada. 2022. Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Natalie Zähringer

BROSIG, M.;KENKEL, K. M.; SMITH, K.. Moving beyond international norm emergence ? Diffusion, contestation and adaptation of an international norm: The case of the Responsibility to Protect (R2P). 2020. Tese (Doutorado em International Relations) - University of the Witwatersrand.

Aluno: Anselmo de Oliveira Rodrigues

MIGON, E. X. F. G.;KENKEL, K. M.; SILVA, L. M. A.; TEIXEIRA DA SILVA, Francisco Carlos; COELHO, C. F. S.; FRANCHI, T.. O processo de paz desencadeado em Angola e Moçambique sob uma perspectiva comparada. 2019. Tese (Doutorado em CIÊNCIAS MILITARES) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

Aluno: Gustavo Carlos Macedo

VILLA, R. A. D.;KENKEL, K. M.; BREDA DOS SANTOS, N.; WEIFFEN, B.. A Silent Revolution: Non-intervention and the principle of protection. 2019. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Cauê Rodrigues Pimentel

VILLA, R. A. D.; MOREIRA, W. S.;KENKEL, K. M.; SOARES, S. A.; FUCCILLE, L. A.. Avaliando a Performance Regional do Brasil no Atlantico Sul: Diplomacia, Defesa, Cooperacao e Comercio em perspectiva comparada. 2018. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

Aluno: DANIEL MENDES AGUIAR SANTOS

PEREIRA, A. D.; ONUKI, J.;KENKEL, K. M.; VISENTINI, P. G. F.; GOLDONI, L. R. F.. Conflitos e proteção de civis no Continente Africano: o caso da estratégia da ONU para o uso da força e para a segurança humana no Sudão do Sul (2011-2017). 2018. Tese (Doutorado em CIÊNCIAS MILITARES) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

Aluno: Sylvio de Souza Ferreira

MIGON, E. X. F. G.; TEIXEIRA DA SILVA, Francisco Carlos;KENKEL, K. M.; VISENTINI, P. G. F.; PEREIRA, A. D.. A Participação das Forças Armadas Brasileiras em Operações de Paz no Continente Africano (1990-2014) na Integração das Políticas Externas e de Defesa. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Militares) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

Aluno: Camila de Macedo Braga

VILLA, R. A. D.; LOPES, P. D.;KENKEL, K. M.; BLANCO, R.; REIS, R. R.. Paz, pacificação e proteção: explorando o processo de paz em Timor Leste, 1999-2012. 2017. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Julián González Guyer

CAETANO, G.;KENKEL, K. M.; ZURBRIGGEN, C.; RICO, A.. La contribución uruguaya con operaciones de paz (1992-2015): el cómo y los porque de una trayectoria singular. 2016. Tese (Doutorado em Instituto de Ciencia Politica, FCS) - Universidad de la Republica Uruguay.

Aluno: Fabrício Henricco Chagas Bastos

VILLA, R. A. D.; DAUDELIN, J.; SILVA, A. R. da;KENKEL, K. M.; WEIFFEN, B.; IGLECIAS, W.T.. Modelos de inserção internacional na América Latina do início do século XXI (1990-2014): uma análise comparativa de Brasil e México. 2015. Tese (Doutorado em Integração da América Latina) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Juliana de Paula Bigatão

SAINT-PIERRE, H. L.; VILLA, R. A. D.;KENKEL, K. M.; MATHIAS, S. K.; SOARES, S. A.. Do fracasso à reforma das operações de paz das Nações Unidas (2000-2010). 2015. Tese (Doutorado em Relações Internacionais (Unesp/Unicamp/Puc-Sp)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: MÁRCIO ANTONIO SCALERCIO

HERZ, M,; TEIXEIRA DA SILVA, Francisco Carlos; CEPIK, M.; ESTEVES, Paulo L. M. L.;KENKEL, K. M.. As armas e as consciências. 2015. Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Antônio Ruy de Almeida Silva

HERZ, M,; VAZ, A. C.; ROCHA, A. J. R.; DINIZ, E. P. L.;KENKEL, K. M.. A Diplomacia de Defesa na Sociedade Internacional. 2014. Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Marcos Vinícius Mesquita Antunes de Figueiredo

ESTEVES, Paulo L. M. L.; VILLA, R. A. D.; CEPIK, M.; HERZ, M,;KENKEL, K. M.. Sociedade internacional sul-americana no pós-Guerra Fria: da cultura da rivalidade à cultura da amizade. 2013. Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Carlos Alberto Moutinho Vaz

COSTA, R.P.; REGO, R. C. A.;KENKEL, K. M.; CAVALCANTI, C.A. de M.; FARIAS, A. J.. As relações econômicas e militares entre o Brasil e os países-sede das missões de paz da ONU com participação brasileira: o caso de Angola. 2012. Tese (Doutorado em Ciências Militares) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

Aluno: Ândrei Clauhs

COSTA, R.P.; CASTRO, P.C. de; CAVALCANTI, C.A. de M.; AZEVEDO, A. L. V.;KENKEL, K. M.. Os impactos da formação multiétnica na liderança militar brasileira em missões de paz. 2012. Tese (Doutorado em Ciências Militares) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

Aluno: Marcello Yoshida

COSTA, R.P.; HERZ, M,;KENKEL, K. M.; CAVALCANTI, C.A. de M.; MARTINS, E.T.. Cenário político, social e econômico para a desmobilização do componente militar da MINUSTAH: uma proposta. 2011. Tese (Doutorado em Ciências Militares) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

Aluno: Armando Albuquerque de Oliveira

ZAVERUCHA, J.; SAINT-PIERRE, H. L.;KENKEL, K. M.; BRANDÃO, A.; REZENDE, F. C.. (Des)Controle civil sobre os militares no Brasil: um estudo comparado (1945-1964/1985-2009). 2010. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Jansen Coli Calil Nascimento Almeida de Oliveira

VALENÇA, M.M.;KENKEL, K. M.; ALMEIDA, F. E. A.. A Estratégia Naval Estadunidense para o Atlântico Sul no pós-Guerra Fria: segurança internacional, geopolítica e cenários prospectivos. 2021. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado Profissional em Estudos Marítimos) - Escola de Guerra Naval.

Aluno: Thales Leonardo de Carvalho

LOPES, D.B.;KENKEL, K. M.; SCHENONI, L.L.. Is Security a Matter of State or Government? A Study About How Domestic Variables Produced Effects on Latin American International Security Policies. 2020. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Juliana Sandi Pinheiro

GUIMARAES, L. L.;KENKEL, K. M.; SATO, E.. A atuação militar brasileira na MINUSTAH: Estratégias para remediação da ação das gangues no Haiti. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional) - Universidade de Brasília.

Aluno: Anelise Freitas Pereira Gondar

KENKEL, K. M.; YAMATO, R.V.; FUENTES J., C.. Soberania, Globalização e a Emergência das Cidades: limites e possibilidades da questão urbana em RI. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Márcio Scalércio

KENKEL, K. M.; MIELNICZUK, F.; FERNANDES, L. M. R.. Um estudo sobre alguns aspectos da teoria da segurança internacional. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Thaís Rangel Vieira

KENKEL, K. M.; MIELNICZUK, F.; FERNANDES, L. M. R.. Novos olhares: mudanças e impactos das contribuições de pesquisas empíricas de abordagem reflexivista para a política externa e a política internacional. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: [Nome removido após solicitação do usuário]

KENKEL, K. M.; MIELNICZUK, F.; FERNANDES, L. M. R.. O debate sobre segurança internacional e os fundamentos da identidade e do poder em relação à legitimidade e à soberania através de conflitos armados intra-estatais. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Matheus Moraes Alves Marreiro

SOUZA NETO, D. M.;KENKEL, K. M.; SILVA, A.R.A.. As representações do espaço e a geopolítica do cotidiano no Brasil: o Atlântico Sul como uma geografia imaginada. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em PPGSID) - Escola Superior de Guerra.

Aluno: Márcio Amgno de Farias Franco e Silva

SILVA, A.R.A.;KENKEL, K. M.; SOUZA NETO, D. M.. A Geopolítica Brasileira para o Atlântico Sul: A Cooperação e a Diplomacia de DEfesa como Formas de Desenvolvimento e Paz Regional. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em PPGSID) - Escola Superior de Guerra.

Aluno: Ana Clara Figueira Guimaraes

FUCCILLE, L. A.;KENKEL, K. M.; SOARES, S. A.. Responsabilidade ao Proteger: iniciativa empreendedora normativa do Brasil como forma com-plementar de contribuição à atuação humanitária. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Relações Internacionais (Unesp/Unicamp/Puc-Sp)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Joyce Kelly Costa Silva

MELO, R. B. C. L.;KENKEL, K. M.; FERREIRA, M. A. S. V.. Paz justa quando a guerra termina: o papel da religião na construção da paz pós-conflito. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Relaçoes Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba.

Aluno: Antoine de Souza Cruz

KENKEL, K. M.; MORENO, M. R. F. Y. G.; REZENDE, L.. A participação do Exército Brasileiro nas Operações de Paz da ONU pós-Guerra Fria: um vetor da Diplomacia, por meio da. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Instituto Meira Mattos) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército.

Aluno: João Pedro de Toledo Piza e Moraes Sarmento

GOMES, M. S.;KENKEL, K. M.. Abolição das forças armadas: lições de Costa Rica e Panamá. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Ricardo Oliveira dos Santos

ESTEVES, Paulo L. M. L.;KENKEL, K. M.. A ação humanitária e a construção de Estados liberal-democráticos: o caso do Timor-Leste de 1999 a 2008. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Márcia Cristina de Mattos Lima

VALENÇA, M.M.;KENKEL, K. M.. Segurança Humana e Jogos de Linguagem. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: [Nome removido após solicitação do usuário]

AGUIAR, C. M.;KENKEL, K. M.. Um regime de segurança humana baseado na Responsabilidade de Proteger e no Tribunal Penal Internacional. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Cristiane dos Santos Oliveira

ESTEVES, Paulo L. M. L.;KENKEL, K. M.. A insegurança humanitária: causas do crescimento exponencial da violência contra humanitários na pós-Guerra Fria. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Marco Bastos Júnior

DOS SANTOS, A.;KENKEL, K. M.. Guiné-Bissau: entre o moderno e o arcaico: vácuo institucional e guerra civil. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

ANONIMO, N. N.; MUSEMWA, M.;KENKEL, K. M.. Banca do processo de promoção de Malte Brosig para Full Professor. 2020. University of the Witwatersrand.

DAUVERGNE, P.;KENKEL, K. M.; WILLIAMS, M.. Banca do processo de promoção de Deborah Barros Leal Farias para Senior Lecturer. 2020. University of New South Wales.

Orientou

André Duffles T

Aranega; Shadows in South America: International Relations, Illicit Trade, and Corruption; Início: 2021; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; (Orientador);

Ana Clara Figueira Guimaraes

A dinâmica normativa do ?norm cluster? de proteção humana; Início: 2022; Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Aline Gomes de Albuquerque

As práticas que constituem a insegurança: Analisando os casos de Okinawa e do Havaí; Início: 2021; Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; (Orientador);

Lucía Carolina Quijano Prieto

Cartografías afectivas Entendiendo experiencias artísticas de construcción de la paz para la atención de refugiados; Início: 2021; Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; (Orientador);

Maria Alice Venâncio Albuquerque

A contestação das normas de justiça de transição no processo da Comissão de Verdade no Brasil; Início: 2021; Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; (Orientador);

Aisha Moura Jeanicke

Normas em contestação: abordagens comparativas ao exercício da responsabilidade internacional; Início: 2022; Iniciação científica (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; (Orientador);

Gabriela Azevedo Ribeiro

O Estatuto de Desarmamento salva vidas? Um estudo comparativo internacional da relação entre legislação de controle de armas e mortalidade excedente por armas leves; Início: 2022; Iniciação científica (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; (Orientador);

Maggie Saint-Pierre

How stabilization operations are impacting the protection of civilians? agenda of UNPKO A case study of MINUSMA; 2021; Dissertação (Mestrado em M; I; A; ) - Institut de Hautes Études Internat; et du Developp,; Coorientador: Kai Michael Kenkel;

Lucas Dias Rodrigues dos Santos

SDG16, Brazil and the Securitization of Development: How can a transformative multilateralism enable non-traditional norm shapers?; 2020; Dissertação (Mestrado em M; I; S; ) - Institut de Hautes Études Internat; et du Developp,; Coorientador: Kai Michael Kenkel;

Carolina Corrêa Serra

Securitização do Narcotráfico no Estado do Rio de Janeiro; 2020; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Iago Gama Drumond

Brazil as a peacebuilding norm entrepreneur in Haiti and Guinea-Bissau; 2019; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Flávio Duarte Sette

Paz e controle ? Qual prática deveria ser usada por atores interventores, peacebuilding ou estabilização?; 2019; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Natasha Pinto da Costa

Identidade e Cultura na Politica Externa: o caso da Alemanha; 2018; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Marcelle Trote Martins

Speaking the language of trauma: The politics of remembrance and forgetfulness in East Timor; 2018; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Maria Isabela Rodrigues Plá

Responsibility to Protect and its humanities: a critical analysis of ostensibly universal discourses; 2017; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Tamara Jurberg Salgado

Ação internacional em favelas: desenvolvimento e participação do ?local?; 2016; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Gregory John Ryan

Custom tailored reality: a realist critique of subjective power in world politics; 2016; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Felippe de Rosa Miranda

The Brick Wall: The National Rifle Association and the Arms Trade Treaty as a Case of Framing Effects on Norm Diffusion; 2015; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Luísa Cardoso Guedes de Souza

Peacekeeping economies and the labor market: a gendered perspective; 2015; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Murielle Stéphanie Pereira Lorenz

The solidarist challenge to international society and humanitarian intervention: the cases of Kosovo and Darfur; 2015; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Catherina Bresciane Godeghesi

The Right Inputs in Afghanistan: A Paz Liberal no Afeganistão como Segurança para o Ocidente; 2015; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Gabriela Cavalcanti Romero

Estratégias de Comunicação em Operações de Paz: o caso de Timor-Leste; 2014; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Polyanna Rosa de Medeiros Torres

A Inteligência no Processo Decisório do Conselho de Segurança das Nações Unidas; 2014; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Antoine de Souza Cruz

A participação do Exército Brasileiro nas Operações de Paz da ONU pós-Guerra Fria: um vetor da Diplomacia, por meio da; 2014; Dissertação (Mestrado em Instituto Meira Mattos) - Escola de Comando e Estado Maior do Exército,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Nemayda Furtado

Securitização de Minorias: Os casos do Irã e da China; 2013; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Isabela de Andrade Gama

A atuação da Rússia na Síria: motivações; 2013; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Francine Rossone da Silva

A paz liberal nas operações de peacebuilding: o; 2012; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Daniele Marino Lelles Abib Nepomuceno

O Brasil, a resolução de conflitos e a interdependência entre segurança e desenvolvimento: a ?visão brasileira? como contraproposta à ?visão tradicional"; 2012; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Cristiane dos Santos Oliveira

Alemanha, Brasil, Índia e Responsabilidade de Proteger: Entre o Pragmatismo e o Peso do Passado; 2012; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Lua Carvalho de Souza

As Organizações Não-Governamentais na mediação internacional: vantagens e limitações; 2012; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Natália Rayol Fontoura

Heróis ou vilões? O abuso e a exploração sexual por civis e militares em missões de paz da ONU; 2009; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Luis Fernando De Moraes y Blanco

Parceria estratégica: a linguagem que constitui as relações entre a Rússia e a União Européia; 2009; Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Verônica Fenocchio Azzi

Law and order enforcement operations (Op GLO) and the militarization of public space in Rio de Janeiro: considerations on limits, territoriality, pacification and sovereign practices; 2020; Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Isabela de Andrade Gama

A entre-identidade da Federação Russa à luz do pós-colonialismo; 2019; Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Beatriz Rodrigues Bessa Mattos

Climate Change and Ontological (in)security in the Marshall Islands; 2019; Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Mikelli Marzzini Lucas Alves Ribeiro

Potências Emergentes e a Dinâmica Normativa na Política Internacional: a atuação de Brasil e China face à Responsabilidade de Proteger; 2018; Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade Federal de Pernambuco,; Coorientador: Kai Michael Kenkel;

Julián González Guyer

La contribución uruguaya con operaciones de paz (1992-2015): el cómo y los porque de una trayectoria singular; 2016; Tese (Doutorado em Instituto de Ciencia Politica, FCS) - Universidad de la Republica Uruguay, Agencia Nacional de Investigación y Innovación; Coorientador: Kai Michael Kenkel;

Mathilde Chatin

Brazil: a new powerhouse without military strength? A conceptual and empirical quest about an emerging economic power; 2016; Tese (Doutorado em Brazil Institute) - King's College London,; Coorientador: Kai Michael Kenkel;

Carlos Chagas Vianna braga

Between Absolute War and Absolute Peacekeeping: Searching for a theory of the use of force on behalf of the international community; 2015; Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Marcelo Mello Valença

Novas Guerras, Estudos para a Paz e Escola de Copenhague: uma contribuição para o resgate da violência pela Segurança; 2010; Tese (Doutorado em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Danilo Marcondes de Souza Neto

2017; Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Kai Michael Kenkel;

Sandro Fortes da Silva Ramos

Segurança marítima e energética no Golfo da Guiné; 2013; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Claudia Schama Lellis

Meio ambiente e conflitos violentos no Sahel: a Nigéria e o Darfur; 2012; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Daniele Marino Lelles Abib Nepomuceno

Crianças invisíveis: uma análise sobre as crianças-soldado e os projetos de DDR; 2010; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Sérgio Lineu Vasconcelos Rosário

Guiné-Bissau e Timor Lorosae: a participação da ONU no contexto da cooperação internacional e dos processos de construção do Estado; 2010; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Marcel Peter Michailow

O controle de armas pequenas na República Democrática do Congo: A relevância das medidas de destruição dos excedentes de armamentos; 2010; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Polyanna Rosa de M

Torres Melhado; Turbulência na política mundial: os mundos multicêntrico e estadocêntrico e a convergência das agendas de direitos humanos e segurança internacional; 2010; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Alessandra del Bene

"Heart of Darkness": O estupro usado como arma de guerra nos conflitos armados nas províncias de Kivu Norte e Kivu Sul, República Democrática do Congo; 2010; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Victoria Motta de Lamare França

As violências simbólicas nas práticas cotidianas das Operações de Paz da ONU Uma reflexão centrada na figura do Assistente de Ligação Comunitária na MONUSCO; 2020; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

André Duffles T

Aranega; Estado, Crime Organizado Transnacional (COT) e o Brasil na geopolítica criminal do tráfico de armas de fogo; 2020; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Luan Rodrigo de Freitas Pessanha

Identidade em crise: uma análise sobre a construção de um inimigo interno da identidade nacional brasileira; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Iago Gama Drumond

Pintando a Paz Liberal de verde e amarelo: A participacao brasileira no processo de (re)construcao do Estado de Guine-Bissau e as normas internacionais; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Marcelle Trote Martins

Silenciando as vozes e reproduzindo o Estado moderno em Timor Leste; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Pedro Henrique Motta Uzeda Pereira de Souza

A busca brasileira por uma maior inserção no campo de segurança internacional através de uma estratégia de smart power; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Luis Henrique Reis Dias

Um lugar ao sol: a construção da identidade brasileira de política externa e a busca pelo assento permanente na ONU; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Higor Hebert França da Cunha

Quem é bem-vindo? A securitização da migração e o papel da União Europeia e da Itália; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Barbara Bravo de Moraes Mendes

A securitização da violência urbana: discursos, imagens e percepções do Rio de Janeiro à luz dos megaeventos; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Carolina Valladares Guimarães Taboada

Construindo Estados democráticos: uma análise do statebuilding a partir dos Direitos Humanos, da construção de instituições e da realizaçõa de eleições; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Ariane Dinalli Francisco

O Estado no Kosovo: atores, autoridades e o conceito de soberania; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Rafael Medina

O submarino nuclear na Era Lula: em busca da reafirmação hegemônica regional; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

João Pedro Lacerda de Sá Teles

Bombas Pela Paz: o uso do poder aéreo em intervenções humanitárias; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Gabriela de Carvalho Dutra

A Violência Armada na América Latina: a (in)segurança dos Estado e indivíduos e um olhar sobre o Rio de Janeiro; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Rafaela Mazzone de Oliveira

O Brasil na agenda de segurança internacional do pós-Guerra Fria; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Daniel Pinheiro Rio Tinto de Matos

Atores extraterritoriais e a Resolução de Conflitos na Guerra Civil: a caso angolano; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Thaís Vieira Almeida Pinheiro

Interações cívico-militares na ajuda humanitária ao Haiti, 2004-2010; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Vanessa Gomes Sampaio

As relações cívico-militares no Brasil e na Argentina: o impacto da participação na MINUSTAH; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Tathiany Barros Bonavita de Almeida

A cultura como instrumento de poder no processode operação de paz do Brasil no Haiti; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Rodolpho Valente Bayma

Weapons of Mind Destruction: O processo de securitização do estupro como mecanismo de guerra; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Rafaela Cristina Silva de Souza

O Hamas sob a perspectiva do fenômeno moderno do Islã político: idelogia radical versus pragmatismo; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Thays de Chaffin e Sacramento

A participação brasileira na MINUSTAH à luz da responsabilidade de proteger; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Heloisa Dornelles Marino

Os impasses na resolução do conflito na Abcásia sob o ponto de vista de APAL e deslocamento interno; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Rafael Gastão Salies

O efeito da participação nas operações de paz sobre as relações civico-militares: o caso do Brasil e a MINUSTAH; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Dandara Yamê da Silva Costa

O Brasil e a Missao para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH): um conflito de identidades; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Vinícius Furtado de Mendonça Lopes

Operaçoes de paz da Alemanha e memória coletiva; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Verônica Fenocchio Azzi

O discurso de securitização dos palestinos na Segunda Guerra Civil Libanesa: um olhar sob a ótica da identidade política; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Luisa Café Figuereido Façanha

A participação do Brasil nas Operações de Manutenção de Paz da ONU; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Paulo Eurico Paz Tatsch Junior

MINUSTAH no Haiti: Impactos e Desafios; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Sophia Matos do Amaral Martins

Normas em contestação: intervenção humanitária e acesso a armas leves; 2021; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Gabriela Azevedo Ribeiro

O Estatuto de Desarmamento salva vidas? Um estudo comparativo internacional da relação entre legislação de controle de armas e mortalidade excedente por armas leves; 2021; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Victoria Motta de Lamare França

Contestação de normas de intervenção humanitária; 2020; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Kai Michael Kenkel;

André Duffles T

Aranega; O Estatuto de Desarmamento salva vidas? Um estudo comparativo internacional da relação entre legislação de controle de armas e mortalidade excedente por armas leves; 2020; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

André Duffles T

Aranega; O Estatuto de Desarmamento salva vidas? Um estudo comparativo internacional da relação entre legislação de controle de armas e mortalidade excedente por armas leves; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Caroline Gonçalves Coutinho Gomes

O Estatuto de Desarmamento salva vidas? Um estudo comparativo internacional da relação entre legislação de controle de armas e mortalidade excedente por armas leves; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Iago Gama Drumond

A atuação brasileira em Estados frágeis como nicho diplomático de uma potência emergente; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Marcelle Trote Martins

Uso da força e "responsabilidade internacional": a mudança dos critérios de poder internacionais; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Marcelle Trote Martins

Uso da força e intervenção como elementos da ?responsabilidade? internacional; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Iago Gama Drumond

A atuação brasileira em Estados frágeis como nicho diplomático de uma potência emergente; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Luis Henrique Reis Dias

O Brasil e as novas normas de intervenção: a responsabilidade de proteger; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Barbara Bravo

O Brasil e as novas normas de intervenção: a Capítulo VII; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Enzo Mauro Tabet Cruz

A atuação brasileira em Estados frágeis como nicho diplomático de uma potência emergente; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Luis Henrique Reis Dias

A participação na intervenção e a definição de responsabilidade internacional; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Vanessa Gomes Sampaio

Operações de Paz e Relações Cívico-Militares no Brasil; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Bia Albernaz Rocha de Oliveira

O Brasil e as novas normas de intervenção: o Capítulo VII e a imposição da paz; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Thiago de Gouvêa Scot de Arruda

Operações de Paz e Relações Cívico-Militares no Brasil; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Rafael Gastão Salies

Operações de Paz e Relações Cívico-Militares no Brasil; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Rafael Gastão Salies

Operações de Paz e Relações Cívico-Militares no Brasil: a caso da MINUSTAH; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Relações Internacionais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kai Michael Kenkel;

Produções bibliográficas

  • KENKEL, K. M. ; HOFFMANN, F. F. . Spaltung und -Backlash-: Ausgangsbedingungen der Coronakrise in Brasilien. Die Friedens-Warte , v. 95, p. 40, 2022.

  • GHOSH, P. K. ; KENKEL, K. M. ; SOUZA NETO, D. M. . Brazilian and Indian Maritime Security Issues: differences in influence-building approaches. REVISTA DA ESCOLA DE GUERRA NAVAL , v. 28, p. 41-68, 2022.

  • KENKEL, K. M. . Stability abroad, instability at home? Changing UN peace operations and civil-military relations in Global South troop contributing countries. Contemporary Security Policy , v. vol, p. 1-16, 2021.

  • KENKEL, KAI MICHAEL ; FOLEY, CONOR . Responding to the crisis in United Nations peace operations. Contemporary Security Policy , v. 42, p. 1-8, 2021.

  • KENKEL, KAI MICHAEL . Southern democracies and the Responsibility to Protect: perspectives from India, Brazil and South Africa. International Affairs , v. 95, p. 215-217, 2019.

  • DESTRADI, S. ; KENKEL, K. M. . Explaining emerging powers? reluctance to adopt intervention norms: normative contestation and hierarchies of responsibility. Revista Brasileira de Politica Internacional , v. 62, p. 1-1, 2019.

  • KENKEL, K. M. . Brazil: a biography. INTERNATIONAL AFFAIRS , v. 95, p. 509-510, 2019.

  • KENKEL, K. M. . Cultures of Security, the Liberal Peace, and the Future of the United Nations. Journal of Intervention and Statebuilding , v. 13, p. 1-6, 2019.

  • DUARTE, E. E. ; KENKEL, K. M. . Contesting perspectives on South Atlantic maritime security governance: Brazil and South Africa. South African Journal of International Affairs , p. 1-18, 2019.

  • KENKEL, K. M. . The Fourth Industrial Revolution: Impacts on International Securitty and the Reshaping of Global Order: The European Perspective. INTERNATIONAL SECURITY: A EUROPEAN-SOUTH AMERICAN DIALOGUE , v. 2019, p. 1-19, 2019.

  • HARIG, C. ; KENKEL, K. M. . Are rising powers consistent or ambiguous foreign policy actors? Brazil, humanitarian intervention and the `graduation dilemma. INTERNATIONAL AFFAIRS , v. 93, p. 625-641, 2017.

  • MATTOS, B. R. B. ; MATOS, F. E. L. ; KENKEL, K. M. . Brazilian Policy and the Creation of a Regional Security Complex in the South Atlantic: Pax Brasiliana?. CONTEXTO INTERNACIONAL (PUCRJ. IMPRESSO) , v. 39, p. 35-51, 2017.

  • KENKEL, K. M. ; STEFAN, C. . Brazil and the ?responsibility while protecting? initiative: norms and the timing of diplomatic support. GLOBAL GOVERNANCE , v. 22, p. 41-78, 2016.

  • KENKEL, K. M. ; MARTINS, M. T. . Emerging Powers and the Notion of International Responsibility: moral duty or shifting goalpost?. Brazilian Political Science Review , v. 10, p. e0003, 2016.

  • KENKEL, K. M. . Die Talfahrt einer aufstrebenden Macht: Brasiliens Krise und globale Präsenz. GIGA-Focus Lateinamerika , v. 2016, p. 1-11, 2016.

  • KENKEL, K. M. . Brazil On the Global Stage: Power, Ideas, and the Liberal International Order. Edited by Oliver Stuenkel and Matthew M. Taylor. New York: Palgrave Macmillan, 2015. 228p. $100.00.. Perspectives on Politics , v. 14, p. 1277-1278, 2016.

  • CUNLIFFE, P. ; KENKEL, K. M. . Rising powers and intervention: contested norms and shifts in global order. Cambridge Review of International Affairs , v. 29, p. 807-811, 2016.

  • KENKEL, KAI MICHAEL . Multilateralism and Concepts of Security in South America. International Studies Review (Malden, Mass.) , v. 17, p. 150-152, 2015.

  • LOBATO, L. ; KENKEL, K. M. . Discourses of cyberspace securitization in Brazil and in the United States. Revista Brasileira de Política Internacional (Impresso) , v. 58, p. 23-43, 2015.

  • KENKEL, K. M. ; DE ROSA, F. . Localization and Subsidiarity in Brazil?s Engagement with the Responsibility to Protect. Global Responsibility to Protect , v. 7, p. 325-349, 2015.

  • LOBATO, L. ; KENKEL, K. M. . A Ciberguerra É Moderna! Uma Investigação sobre a Relação entre Tecnologia e Modernização na Guerra. Contexto Internacional (PUCRJ. Impresso) , v. 37, p. 629-660, 2015.

  • MATTOS, B. R. B. ; MATOS, F. E. L. ; KENKEL, K. M. . Segurança Regional, Comunidades Epistêmicas e Cooperação no Atlântico Sul: O Caso das Ilhas Falkland/Malvinas em Perspectiva Comparada. Revista da Escola de Guerra Naval (Ed. português) , v. 21, p. 91-116, 2015.

  • KENKEL, K. M. . Five Generations of Peace Operations: from the ?thin blue line? to ?painting a country blue'. Revista Brasileira de Política Internacional (Impresso) , v. 56, p. 122-143, 2013.

  • KENKEL, K. M. . Brazil-s Peacekeeping and Peacebuilding Policies in Africa. Journal of International Peacekeeping , v. 17, p. 272-292, 2013.

  • KENKEL, K. M. . Brazil as a International Security Actor. International Security: a European-South American Dialogue , v. 10, p. 107-120, 2013.

  • KENKEL, K. M. . Brazil and R2P: Does Taking Responsibility Mean Using Force?. Global Responsibility to Protect , v. 4, p. 5-32, 2012.

  • KENKEL, K. M. . Brasiliens sicherheitspolitische Wachstumsschmerzen: immer noch ein 'vegetarischer Tiger'?. Tópicos (Bonn) , v. 2012, p. 32-33, 2012.

  • KENKEL, K. M. . Armed Forces and Internal MIssions: the European Context. International Security: a European-South American Dialogue , v. 9, p. 59-72, 2012.

  • KENKEL, K. M. . Interesses e identidade na participação do Brasil em operações de paz. Revista Tempo do Mundo , v. 3, p. 9-35, 2011.

  • KENKEL, K. M. . Stepping out of the Shadow: South America and Peace Operations. International Peacekeeping , v. 17, p. 584-597, 2010.

  • KENKEL, K. M. . South America's Emerging Power: Brazil as Peacekeeper. International Peacekeeping , v. 17, p. 644-661, 2010.

  • KENKEL, K. M. . Operações de paz, democracia, e ajuda humanitária na política externa brasileira recente: as escolhas de uma potência emergente. Cadernos ADENAUER (São Paulo) , v. 4, p. 24-33, 2010.

  • KENKEL, K. M. . Das verteidigungspolitische Erbe Lulas: Blauhelme und ?Blauer Amazonas? (A herança de Lula na política de defesa: capacetes azuis e 'Amazônia Azul'. Tópicos (Bonn) , v. 2010, p. 14-15, 2010.

  • KENKEL, K. M. . "Global player" ou espectador nas margens? A "Responsabilidade de Proteger": Definição e Implicações para o Brasil. Revista da Escola de Guerra Naval (Ed. português) , v. 12, p. 6-57, 2009.

  • KENKEL, K. M. . Canada and Brazil in Haiti: passing the military torch, but what of the moral?. Focal Point (Canadian Foundation for the Americas. Online) , v. 7, p. 5-6, 2008.

  • KENKEL, K. M. . Language matters: security discourse and civil-military relations in Brazil. Journal of Political & Military Sociology , v. 34, p. 211-236, 2006.

  • KENKEL, K. M. . Civil society participation in security policy formulation: academic experts and South Africa?s post-apartheid Defence White Paper. Journal of Security Sector Management , v. 4, p. 1-26, 2006.

  • KENKEL, K. M. ; CUNLIFFE, P. (Org.) . Brazil as a Rising Power: Intervention Norms and the Contestation of Global Order. 1. ed. London: Routledge, 2016.

  • BATCHELOR, P. (Org.) ; KENKEL, K. M. (Org.) . Controlling Small Arms: Consolidation, innovation and relevance in research and policy. 1. ed. London: Routledge, 2014. v. 1. 314p .

  • KENKEL, K. M. . South America and Peace Operations: Coming of Age. 1a. ed. London: Routledge, 2013. v. 1. 244p .

  • KENKEL, K. M. ; MORAES, R. F. (Org.) . O Brasil e as operações de paz em um mundo globalizado : entre a tradição e a inovação. 1. ed. Brasília: IPEA, 2012. v. 1. 323p .

  • KENKEL, K. M. . Rising Powers and Peacebuilding. In: Oliver Richmond/Gezim Visoka. (Org.). The Oxford Handbook of Peacebuilding, Statebuilding and State Formation. 1ed.Cham: Palgrave MacMillan, 2021, v. , p. 301-314.

  • ARANEGA, A. D. T. ; KENKEL, K. M. . Gun Policy, Violence, and Peace: examining the challenges faced by civil society and the state in Brazil. In: Marcos Alan Ferreira. (Org.). Peace and Violence in Brazil: reflections on the roles of state, organized crime and civil society. 1ed.: , 2021, v. , p. 173-201.

  • AZZI, V. ; KENKEL, K. M. . Contemporary patterns of violence and the inside/outside problématique: the case of Brazil. In: Marcos Alan Ferreira. (Org.). Peace and Violence in Brazil: reflections on the roles of state, organized crime and civil society. 1ed.Cham: Palgrave MacMillan, 2021, v. , p. 61-85.

  • KENKEL, KAI MICHAEL ; de Souza Neto, Danilo Marcondes ; Ribeiro, Mikelli Marzzini Lucas Alves . Peace Operations, Intervention and Brazilian Foreign Policy: Key Issues and Debates. In: Esteves, Paulo; Jumbert Gabrielsen, Maria; de Carvalho, Benjamin. (Org.). Status and the Rise of Brazil. 1ed.: Springer International Publishing, 2020, v. , p. 133-151.

  • KENKEL, KAI MICHAEL . Growing Participation in Peace Operations and Conflict Resolution in Latin American Countries. In: Harry E. Vanden e Gary Prevost, et al.. (Org.). Oxford Research Encyclopedia of Politics. 1ed.Oxford: Oxford University Press, 2019, v. , p. 1-.

  • KENKEL, K. M. . Brazil. In: Leuprecht, C.; Hataley, T.; Kölling, M.. (Org.). Public Security in Federal Polities. 1ed.Toronto: University of Toronto Press, 2018, v. , p. 29-52.

  • KENKEL, K. M. . Peace Operations. In: Sandy Maisel. (Org.). Oxford Bibliographies in Political Science. 1ed.Oxford: Oxford University Press, 2016, v. , p. 1-.

  • KENKEL, K. M. ; CUNLIFFE, P. . Rebels or aspirants: rising powers, normative contestation and intervention. In: Kai Michael Kenkel; Philip Cunliffe. (Org.). Brazil as a Rising Power: Intervention Norms and the Contestation of Global Order. 1ed.London: Routledge, 2016, v. , p. 1-20.

  • KENKEL, K. M. . Peace and the Emerging Countries: India, Brazil, South Africa. In: Richmond, O., Pogodda, S., Ramovic, J.. (Org.). The Palgrave Handbook of Disciplinary and Regional Approaches to Peace. 1ed.Houndsmills: Palgrave MacMillan, 2016, v. , p. 376-386.

  • KENKEL, K. M. . Interests, Identity and Brazilian Peacekeeping Policy. In: Brooke A. Smith-Windsor. (Org.). Enduring NATO, Rising Brazil: Managing International Security in a Recalibrating Global Order. 1ed.Roma: NATO Defense College, 2015, v. , p. 83-118.

  • BATCHELOR, P. ; KENKEL, K. M. . The past, present and future of the small arms policy-research nexus. In: Batchelor, Peter; Kenkel, Kai Michael. (Org.). Controlling Small Arms: Consolidation, Innovation and Relevance in Research and Policy. 1ed.: , 2014, v. , p. 1-12.

  • KENKEL, K. M. . Brazil. In: Alex Bellamy; Paul D. Williams. (Org.). Providing Peacekeepers: The Politics, Challenges, and Future of United Nations Peacekeeping Contributions. 1ed.Oxford: Oxford University Press, 2013, v. , p. 335-354.

  • KENKEL, K. M. . Diversity within a common culture: South America and peace operations. In: Kai Michael Kenkel. (Org.). South America and Peace Operations: Coming of Age. 1aed.London: Routledge, 2013, v. , p. 1-22.

  • KENKEL, K. M. . Out of South America to the globe: Brazil?s growing stake in peace operations. In: Kai Michael Kenkel. (Org.). South America and Peace Operations: Coming of Age. 1aed.London: Routledge, 2013, v. , p. 85-110.

  • KENKEL, K. M. . Securing South America?s peace operations acquis post-MINUSTAH. In: Kai Michael Kenkel. (Org.). South America and Peace Operations: Coming of Age. 1aed.London: Routledge, 2013, v. , p. 188-202.

  • KENKEL, K. M. . Brazil as an International Security Actor. In: Erich G. Fritz. (Org.). Brasilien: Auf dem Sprung zur Weltwirtschaftsmacht?. 1ed.Oberhausen: Athena, 2013, v. , p. 107-122.

  • KENKEL, K. M. ; MORAES, R. F. . Introdução. In: Kai Michael Kenkel; Rodrigo Fracalossi de Moraes. (Org.). O Brasil e as operações de paz em um mundo globalizado : entre a tradição e a inovação. 1ed.Brasília: IPEA, 2012, v. 1, p. 11-17.

  • KENKEL, K. M. . O dilema interno da soberania: a evolução das normas de intervenção. In: Kai Michael Kenkel; Rodrigo Fracalossi de Moraes. (Org.). O Brasil e as operações de paz em um mundo globalizado : entre a tradição e a inovação. 1ed.Brasília: IPEA, 2012, v. 1, p. 19-48.

  • KENKEL, K. M. . O peso do passado e o significado da responsabilidade: a Alemanha e as operações de paz. In: Kai Michael Kenkel; Rodrigo Fracalossi de Moraes. (Org.). O Brasil e as operações de paz em um mundo globalizado : entre a tradição e a inovação. 1ed.Brasília: IPEA, 2012, v. 1, p. 159-182.

  • KENKEL, K. M. . Military-Military Cooperation, Regional Integration and Training for Peacekeeping Operations: Brazil and the Southern Cone. In: Henrik Fürst e Gerhard Kümmel. (Org.). Core Values and the Expeditionary Mindset: Armed Forces in Metamorphosis. Baden-Baden: Nomos, 2011, v. , p. 149-163.

  • KENKEL, K. M. . New missions and emerging powers: Brazil's involvement in MINUSTAH. In: Christian Leuprecht, Jodok Troy e David Last. (Org.). Mission Critical: Smaller Democracies' Role in Global Stability Operations. 1aed.Kingston/Montréal: McGill-Queen's University Press, 2010, v. , p. 125-148.

  • KENKEL, K. M. . Operações de Paz e Controle Civil. In: Reginaldo Mattar Nasser. (Org.). Novas perspectivas sobre os conflitos internacionais. São Paulo: Editora UNESP, 2010, v. , p. 89-98.

  • NOGUEIRA, J. P. ; KENKEL, K. M. . Brazil: between continuity and change. In: Maass, Matthias. (Org.). The World Views of the 2008 US Presidential Election. New York: Palgrave MacMillan, 2009, v. , p. -.

  • KENKEL, K. M. . Civil-military interaction and Latin American troop contributors: a comparative perspective. In: Hamann, Eduarda. (Org.). Revisiting Borders between Civilians and Military: Security and Development in Peace Operations and Post-Conflict Situations. Rio de Janeiro: Viva Rio, 2009, v. , p. 110-114.

  • KENKEL, K. M. . South Africa. In: Karl DeRouen; Paul Bellamy. (Org.). International Security and the United States. New York: Greenwood (Praeger Security International), 2007, v. 2, p. 705-727.

  • KENKEL, K. M. . The modernization of Brazilian security policy, 1994-2005. In: Franz Kernic; Walter Feichtinger. (Org.). Transatlantische Beziehungen im Wandel: Sicherheitspolitische Aspekte der Beziehungen zwischen der Europäischen Union und Lateinamerika. Baden-Baden: Nomos, 2006, v. , p. 165-179.

  • KENKEL, K. M. . Pane democrática. CartaCapital, p. 58 - 61, 29 dez. 2021.

  • KENKEL, K. M. . O dilema do peacekeeper bolsonarista. UOL Nóticias, 02 out. 2020.

  • KENKEL, K. M. . O ovo de uma serpente já conhecida. Le Monde diplomatique Brasil, São Paulo, 19 set. 2018.

  • KENKEL, K. M. . Responsabilidades internacionais e internas do governo federal na fronteira com a Venezuela. O Estado de São Paulo, São Paulo, 22 ago. 2018.

  • KENKEL, K. M. . A memória do nazismo: A Alemanha, a História, a extrema-direita e os refugiados. Aventuras na História, São Paulo, p. 56 - 57, 01 fev. 2018.

  • KENKEL, K. M. . Ewiges Land von morgen. Süddeutsche Zeitung, München, p. 5 - 5, 21 maio 2016.

  • KENKEL, K. M. . A Alemanha, o futebol, e a identidade: bandeira, só na Copa. Estadão Noite, 11 jul. 2014.

  • KENKEL, K. M. . Global Insider: Brazil's Peacekeeping Operations. World Politics Review, Washington, 17 out. 2011.

  • KENKEL, K. M. . Nobel da Paz: Volta às raizes. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, p. 19 - 20, 01 dez. 2008.

  • KENKEL, K. M. . O peacebuilding do Brasil na África e no Haiti: uma alternativa à paz liberal, ou só maquiagem?. In: 4o Encontro Nacional da Associação Brasileira de Relações Internacionais, 2013, Belo Horizonte. Arquivo de Trabalhos do 4o ENABRI, 2013.

  • KENKEL, K. M. . Brazil?s peacebuilding in Africa and Haiti: an emerging-power challenge to the liberal peace?. In: 54th Annual Convention of the International Studies Association, 2013, San Francisco. Paper Archive of the 54th Annual Convention of the International Studies Association, 2013.

  • KENKEL, K. M. . Blue Helmets and Yellow Jerseys: The Emerging Brazilian Approach to Peacebuilding. In: 53rd Annual Convention of the International Studies Association, 2012, San Diego. Paper Archive of the 53rd Annual Convention of the International Studies Association. Tucson: International Studies Association, 2012.

  • KENKEL, K. M. . Brazil and the Responsibility to Protect: Once Bitten, Twice Shy?. In: 52nd Annual Convention of the International Studies Association, 2011, Montréal. Paper Archive of the 52nd Annual Convention of the International Studies Association, 2011.

  • KENKEL, K. M. . When practice leads policy: defining Brazilian motivations to participate in peace operations. In: 52nd Annual Convention of the International Studies Association, 2011, Montreal. Paper Archive of the 52nd Annual Convention of the International Studies Association, 2011.

  • KENKEL, K. M. . Specialised knowledge and knowledge diffusion in peace operations?the case of MINUSTAH. In: 50th ANNUAL CONVENTION "EXPLORING THE PAST, ANTICIPATING THE FUTURE, 2009, New York. Paper Archive of 50th ANNUAL CONVENTION "EXPLORING THE PAST, ANTICIPATING THE FUTURE, 2009.

  • KENKEL, K. M. . The six steps revisited: returning peacekeepers as entrepreneurs for civil-military relations norms. In: 21st World Congress of the International Political Science Association, 2009, Santiago de Chile. Paper Archive of the 21st World Congress of the International Political Science Association, 2009.

  • KENKEL, K. M. . The Responsibility to Protect: An Adequate Policy Paradigm for a More Active Brazil?. In: ISA - ABRI Joint International Meeting "Diversity and Inequality in World Politics", 2009, Rio de Janeiro. Paper Archive of the ISA - ABRI Joint International Meeting "Diversity and Inequality in World Politics", 2009.

  • KENKEL, K. M. . Tools of violation: small arms and human rights. In: ISA - ABRI Joint International Meeting "Diversity and Inequality in World Politics", 2009, Rio de Janeiro. Paper Archive of the ISA - ABRI Joint International Meeting "Diversity and Inequality in World Politics", 2009.

  • KENKEL, K. M. . Norms, Morality and Intervention: Germany, Canada and Peacekeeping. In: 49th Annual Convention of the International Studies Association, 2008, San Francisco, EUA. ISA Convention Paper Archive, 2008.

  • KENKEL, K. M. . Operações de Paz e Controle CIvil: Uma Agenda de Pesquisa. In: II Seminário Internacional: Os conflitos internacionais em suas múltiplas dimensões, 2008, São Paulo. II Seminário Internacional: Os conflitos internacionais em suas múltiplas dimensões, 2008.

  • KENKEL, K. M. ; Wood, K. . Soldiers in Politics: Discourse and Institutions in the Democratic Transitions of Brazil and Spain. In: International Political Science: New Theoretical and Regional Perspectives, 2008, Montréal, Canadá. International Political Science: New Theoretical and Regional Perspectives, 2008.

  • KENKEL, K. M. . The Empirics of Policy Relevance: Measuring Academics? Policy Influence in Brazil and South Africa. In: 49th Annual Convention of the International Studies Association, 2008, San Francisco, EUA. Paper Archive of the 49th Annual Convention of the International Studies Association, 2008.

  • KENKEL, K. M. . Academic Experts? Participation in Security Policy Formulation: The Cases of South Africa and Canada. In: 48th Annual Convention of the International Studies Association, 2007, Chicago, EUA. Paper Archive of the 48th Annual Convention of the International Studies Association, 2007.

  • KENKEL, K. M. . Securitization and Civil-Military Relations in Transitional Societies: The Case of Brazil. In: 48th Annual Convention of the International Studies Association, 2007, Chicago, EUA. Paper Archive of the 48th Annual Convention of the International Studies Association, 2007.

  • KENKEL, K. M. . Language matters: security discourse and civil-military relations in post-ditadura Brazil. In: 47th Annual Convention of the International Studies Association, 2006, San Diego, EUA. Paper Archive of the 47th Annual Convention of the International Studies Association, 2006.

  • KENKEL, K. M. . Civil society participation in defence policymaking in Brazil: the effects of incomplete civilian control. In: The Military And Civil Society In Global Change Security In An Age Of Terrorism, 2005, Xangai, RP China. The Military And Civil Society In Global Change Security In An Age Of Terrorism, 2005.

  • KENKEL, K. M. . Civil society participation in security policy formulation: academic experts and South Africa?s post-apartheid Defence White Paper. In: 45th Anniversary Biennial Conference of the Inter-University Seminar on Armed Forces and Society, 2005, Chicago, EUA. Conference Papers of the 45th Anniversary Biennial Conference of the Inter-University Seminar on Armed Forces and Society, 2005.

  • KENKEL, K. M. . When institutions aren?t enough?the securitisation process and policy outcomes as indicators of civilian control in societies in transition: Brazil, 1994-2002. In: American Political Science Association 2005 Annual Meeting, ?Mobilizing Democracy?, 2005, Washington, EUA. Papers of the American Political Science Association 2005 Annual Meeting, ?Mobilizing Democracy?, 2005.

  • KENKEL, K. M. . Security policy-making and academic advisors: Brazil?s academic security studies community, the Política de Defesa Nacional and the Comissão de Notáveis. In: Research and Education in Defense and Security Studies Seminar, 2003, Santiago de Chile. Research and Education in Defense and Security Studies Seminar 2003 Academic Papers, 2003.

  • KENKEL, K. M. ; SOUZA NETO, D. M. ; GHOSH, P. K. . Brazilian and Indian Maritime Security Issues: differences in influence building approaches. 2022. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Reservoirs of resistance: capturing hidden resistanceto norm diffusion. 2022. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . UN peace operations as incubators for undemocratic domestic military practices: unintended drivers of the move to stabilization in the Global South. 2022. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . UN peace operations asincubators for undemocraticdomestic military practices. 2022. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • JENNE, N. ; KENKEL, K. M. . Security and defence studiesin Latin America:mapping the current landscape. 2022. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Conundrums of Brazilian peacebuilding as an example of emerging power engagement with norm diffusion. 2022. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • HOFMANN, S. C. ; KENKEL, K. M. . Circumventing or strengthening the formal? Informal regional security initiatives in South America. 2022. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Emerging powers and types of normative contestation: Brazil and the liberal peacebuilding paradigm. 2021. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Emerging powers and types of normative contestation: Brazil and the liberal peacebuilding paradigm. 2021. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • JENNE, N. ; KENKEL, K. M. . How civil-military relations influence security studies in South America. 2021. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Brazil under Bolsonaro: Culture Wars in a Fragile Democracy. 2020. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. ; STEFAN, C. . The Diffusion of Complex Norms: Clusters, Cores and the Example of R2P. 2020. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • KENKEL, K. M. . Populism and protest: Recent developments in Latin America. 2020. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. ; QUINTILIANO, N. . A crise no Iêmen. 2020. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. ; STEFAN, C. . Rethinking the Content of Norm Clusters in IR: Why the Core of Complex Norms Matters. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. ; STEFAN, C. . Rethinking the Content of Norm Clusters in IR: Why the Core of Complex Norms Matters. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Sitting at the Big Table:South American states? contributions to UN peace operations. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. ; STEFAN, C. . Rethinking the Content of Norm Clusters in IR: Why the Core of Complex Norms Matters. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Brazil under Bolsonaro: Culture Wars in a Fragile Democracy. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . Brazil and South-South international security governance. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • DUARTE, E. E. ; KENKEL, K. M. . Contesting Perspectives on South Atlantic Maritime Security Governance: Brazil and South Africa. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • HOFMANN, S. C. ; KENKEL, K. M. . Circumventing or Strengthening the Formal? Informal Regional Security Initiatives in South America. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • HOFMANN, S. C. ; KENKEL, K. M. . Circumventing or Strengthening the Formal? Informal Regional Security Initiatives in South America. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Peace Operations in the Global Geopolitical Scenario. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • DUARTE, E. E. ; KENKEL, K. M. . Contesting Perspectives on South Atlantic Maritime Security Governance: Brazil and South Africa. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . BRICS contributions to security: the case of Brazil and intervention. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • DUARTE, E. E. ; KENKEL, K. M. . Perspectivas contrastantes sobre a governança em segurança marítima no Atlântico Sul: Brasil e África do Sul. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . Learning to save strangers, by force if necessary: Brazil?s growing participation in humanitarian interventions. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • DESTRADI, S. ; KENKEL, K. M. . ReluctanceandResponsibility:AFundamentalTensioninEmerging Powers?ApproachtoGlobalGovernance. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. ; STEFAN, C. . Understanding complex norms: the case of R2P and its subcomponents. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . MiddleandEmergingPowerHumanRightsForeignPolicyinthe ContextofChangingGlobalPowerDynamics. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. ; STEFAN, C. . Understanding complex norms: the case of R2P and its subcomponents. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • DESTRADI, S. ; KENKEL, K. M. . ReluctanceandResponsibility:AFundamentalTensioninEmerging Powers?ApproachtoGlobalGovernance. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. ; STEFAN, C. . Understanding complex norms: the case of R2P and its subcomponents. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DESTRADI, S. ; KENKEL, K. M. . ReluctanceandResponsibility:AFundamentalTensioninEmerging Powers?ApproachtoGlobalGovernance. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DUARTE, E. E. ; KENKEL, K. M. . Contesting Perspectives on South Atlantic Maritime Security: Brazil and South Africa. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Peace Operations in the Global Geopolitical Scenario. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . Global order and the agency of emerging powers: contesting the definition of ?international responsibility?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . Emerging powers and normative contestation: the case of Brazil and R2P. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . Changing our understanding of complex norms: definition, development and diffusion. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. ; GIUMELLI, F. . Brazil's approach to intervention: missions and norms. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. ; DE ROSA, F. . Localization and Subsidiarity in Brazil?s Engagement with the Responsibility to Protect. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. ; MARTINS, M. T. . Emerging powers and the notion of ?international responsibility?: moral duty or shifting goalpost?. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. ; DE ROSA, F. . Localization and Subsidiarity in Brazil?s Engagement with the Responsibility to Protect. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . Emerging Powers and Peace Operations. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. ; DE ROSA, F. . Localization and Subsidiarity in Brazil?s Engagement with the Responsibility to Protect. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Potências emergentes, intervenção e responsabilidade: o caso do Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . A agenda de segurança do Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . Potências emergentes, intervenção e responsabilidade: o caso do Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . A evolução histórica das operações de paz da ONU. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. ; MIRANDA, F. R. . Emerging Powers and Intervention Norms: Norm Localization and Subsidiarity in the ?Responsibility while Protecting? Initiative. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . Brazil and intervention after MINUSTAH: R2P/RwP, peace operations and global goals. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Uma alternativa à paz liberal, ou só maquiagem? O peacebuilding do Brasil no Haiti e na África. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Brasiliens sicherheitspolitische Wachstumsschmerzen: Immer noch ein vegetarischer Tiger?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . O Brasil no cenário estratégico: aspectos de segurança e desenvolvimento. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . Brazil?s peacebuilding in Africa and Haiti: an emerging challenge to the liberal peace?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . Federal Structures for Public Security Policy in Brazil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . Brazil as an International Security Player on the World Stage. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . Interests, identity and Brazilian peacekeeping policy. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . O Peso do Passado e o Significado da Responsabilidade: A Alemanha e as Operações de Paz. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . O dilema interno da soberania: a evolução das normas de intervenção. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . Brazil, peace operations and the quest for global profile: making a virtue of necessity. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • KENKEL, K. M. . Core Values and the Expeditionary Mindset: The Case of Brazil's Corpo de Fuzileiros Navais. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . Small arms and refugees: tools of violation. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . The German PRTs in Afghanistan: Inputs for Brazilian Contributions to MINUSTAH?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . ?Securitization Theory and Civil-Military Relations: Brazil, 1994-2002. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Participation in Peacekeeping Operations and Civilian Control in Societies in Transition: the case of Brazil and MINUSTAH. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Peacekeeping and Civilian Control, an Agenda for Research. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . Deutsche Soldaten in Kinshasa, Kosovo und Kabul: Militarismus, Pragmatismus, oder Altruismus?. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . Academic Experts? Participation in Security Policy Formulation: The Cases of South Africa and Canada. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Securitization and Civil-Military Relations in Transitional Societies: The Case of Brazil. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Changing Concepts of Security: the Implications for Civil-Military Relations and Defence Policy in Brazil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Small Arms, Big Problem. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • KENKEL, K. M. . Language matters: security discourse and civil-military relations in post-ditadura Brazil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Defence Policy Formulation in Brazil: Identifying Securitising Actors as a Measure of Civilian Control. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Human Security, Securitisation and Defence Policymaking in South America. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Éminences grises or useful idiots? Academic experts and the formulation of security policy. 2005. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • KENKEL, K. M. . Of Clubs, Strips, Caps and Cups: The Structure and Geopolitics of International Football. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • KENKEL, K. M. . Civil society participation in defence policymaking in Brazil: the effects of incomplete civilian control. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . When institutions aren?t enough?the securitisation process and policy outcomes as indicators of civilian control in societies in transition: Brazil, 1994-2002. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Civil society participation in security policy formulation: academic experts and South Africa?s post-apartheid Defence White Paper. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Academic experts and the policy-making process: the case of the 1996 South African Defence White Paper. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Security policy-making and academic advisors: Brazil?s academic security studies community, the Política de Defesa Nacional and the Comissão de Notáveis. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • KENKEL, K. M. . Contributor Profile: Brazil 2019. New York: International Peace Institute, 2019 (Background Paper).

  • GOMES, C. G. C. ; KENKEL, K. M. . Implementing SDG Target 16.4: Illicit Arms Flows, Diversion, and Corruption in Rio de Janeiro. Genève: Small Arms Survey, 2018 (Artigo).

  • KENKEL, K. M. . Brazil and the 'responsibility while protecting' initiative. Oxford: Oxford Research Group, 2016 (Artigo).

  • KENKEL, K. M. . Contributor Profile: Brazil 2016. New York: International Peace Institute, 2016 (Background Paper).

  • KENKEL, K. M. . Brazil and the Responsibility to Protect. Brisbane: Asia-Pacific Centre for the Responsibility to Protect, 2015 (Artigo).

  • KENKEL, K. M. . Von der R2P zur RwP: Schwellenländer und die Zukunft der Intervention. Bonn: Stiftung Entwicklung und Frieden, 2015 (Artigo).

  • KENKEL, K. M. . Contributor Profile: Brazil 2015. New York: International Peace Institute, 2015 (Background Paper).

  • KENKEL, K. M. . Contributor Profile: Brazil 2014. New York: International Peace Institute, 2014 (Background Paper).

  • KENKEL, K. M. . Contributor Profile: Brazil 2013. New York: International Peace Institute, 2013 (Background Paper).

  • KENKEL, K. M. ; HAMANN, E. P. . Subsídios Para a Participação de Policiais Brasileiros em Operações de Paz das Nações Unidas: Funcionamento, Tarefas, Recrutamento e Oportunidades de Destaque. Brasília: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, 2013 (Working Paper).

  • KENKEL, K. M. . Contributor Profile: Germany. New York: International Peace Institute, 2012 (Background Paper).

  • KENKEL, K. M. . Prefácio. Curitiba, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

  • KENKEL, K. M. . Segurança Humana e Responsabilidade de Proteger no Contexto do Cone Sul. Brasília: Radar do Sistema Internacional/Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2008 (Artigo).

  • KENKEL, K. M. . New tricks for the dogs of war, or just old w(h)ine in new bottles??Securitization, defence policy and civil-military relations in Brazil, 1994-2006. Vancouver: Centre of International Relations, University of British Columbia, 2006 (Working Paper).

  • KENKEL, K. M. . Small Arms Survey Backgrounder: (Inter-) Governmental Initiatives on Small Arms and Light Weapons at the Global and Regional Levels, 1993-2000. Genebra: Small Arms Survey, 2005 (Background Paper).

Outras produções

KENKEL, K. M. . Membro da Comissão de Avaliação de Produção Técnica, Área de Ciência Política/Relações Internacionais. 2017.

KENKEL, K. M. . Membro da Comissão de Avaliação, Área Ciência Política/Relações Internacionais. 2013.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Review of International Studies. 2022.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Peacekeeping. 2022.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Third World Quarterly. 2022.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2022.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Estudos de Defesa. 2022.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Review of International Studies. 2022.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Brazilian Political Science Review. 2022.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Journal of Latin American Studies. 2022.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Estudos de Defesa. 2022.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2022.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2022.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2022.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2022.

KENKEL, K. M. . Eskalationspotenzialanalyse Brasilien 2021. 2021.

KENKEL, K. M. . Politökonomische Kurzanalyse Brasilien 2021. 2021.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2021.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2021.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2021.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2021.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Brasiliana. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Carta Internacional. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contemporary Politics. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Governance. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Peacekeeping. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Journal of Human Rights. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Journal of Latin American Studies. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Journal of Politics in Latin America. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Política Internacional. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de livro, Routledge. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de proposta de livro, Routledge. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Scientia Militaria--South African Journal of Military Studies. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Third World Quarterly. 2021.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Third World Quarterly. 2021.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2020.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Bulletin of Latin American Research. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contemporary Politics. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Foreign Policy Analysis. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Constitutionalism. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Constitutionalism. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Society. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Society. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Relations. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Peacekeeping. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Journal of Contemporary African Studies. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Journal of Human Rights. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Journal of Latin American Studies. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Estudos de Defesa. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Review of International Studies. 2020.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Third World Quarterly. 2020.

KENKEL, K. M. ; STOLTE, C. . Politökonomische Kurzanalyse Brasilien 2020. 2019.

KENKEL, K. M. . Eskalationspotenzialanalyse Brasilien 2020. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer, FAPESP. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Agenda Política. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Carta Internacional. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contemporary Security Policy. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Estudos Internacionais. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Affairs (London). 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Governance. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Relations. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Peacekeeping. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Peacekeeping. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Studies Quarterly. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Estudos Internacionais. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Scientia Militaria--South African Journal of Military Studies. 2019.

KENKEL, K. M. . Parecer, CAPES. 2018.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2018.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2018.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Brazilian Political Science Review. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Conflict Security & Development. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Dados. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Lua Nova. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Meridiano 47. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Peacebuilding. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Estudos de Defesa. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Estudos de Defesa. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Estudos de Defesa. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Política Internacional. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Scientia Militaria--South African Journal of Military Studies. 2018.

KENKEL, K. M. . Parecer, SSHRC Canada (CRC). 2017.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2017.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2017.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2017.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2017.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2017.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2017.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2017.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2017.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Carta Internacional. 2017.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2017.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Governance. 2017.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Governance. 2017.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Política Internacional. 2017.

KENKEL, K. M. . parecer de artigo, Rising Powers Quarterly. 2017.

KENKEL, K. M. . Krisenfruhwarnung Brasilien 2016. 2016.

KENKEL, K. M. ; STOLTE, C. . Politökonomische Kurzanalyse Brasilien 2016. 2016.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2016.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2016.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2016.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2016.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2016.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2016.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2016.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Carta Internacional. 2016.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2016.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Governance. 2016.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Studies Perspectives. 2016.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Studies Perspectives. 2016.

KENKEL, K. M. . Parecer, CAPES. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer, CAPES. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer, CAPES. 2015.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2015.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2015.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2015.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2015.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer, South African National Research Foundation. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, African Journal of Political Science and International Relations. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, African Journal of Political Science and International Relations. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Carta Internacional. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Carta Internacional. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Dados. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Governance. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Governance. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Estudos de Defesa. 2015.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Política Internacional. 2015.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2014.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2014.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2014.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2014.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2014.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2014.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, African Journal of Political Science and International Relations. 2014.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Brazilian Political Science Review. 2014.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2014.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Conflict Security & Development. 2014.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Dados. 2014.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Governance. 2014.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Responsibility to Protect. 2014.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Mural Internacional. 2014.

KENKEL, K. M. . Parecer, CAPES. 2013.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2013.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2013.

KENKEL, K. M. . Consultoria Ad-Hoc, CNPq. 2013.

KENKEL, K. M. . Parecer, FAPERJ. 2013.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2013.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contemporary Security Policy. 2013.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Responsibility to Protect. 2013.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Responsibility to Protect. 2013.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, International Relations of the Asia-Pacific. 2013.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Journal of Intervention and Statebuilding. 2013.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Política Internacional. 2013.

KENKEL, K. M. . Parecer, CAPES. 2012.

KENKEL, K. M. . Parecer, Czech Science Foundation (GACR). 2012.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Brazilian Political Science Review. 2012.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2012.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2012.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Dados. 2012.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Política Internacional. 2012.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Crítica de Ciências Sociais. 2012.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Global Society. 2011.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Monções. 2011.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Política Internacional. 2011.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Política Internacional. 2011.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Brasileira de Política Internacional. 2011.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista de Sociologia e Política. 2011.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2010.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Cena Internacional. 2009.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2009.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2009.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Journal of Political and Military Sociology. 2009.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Brazilian Political Science Review. 2008.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista Cadernos de Relações Internacionais. 2008.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Contexto Internacional. 2008.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Revista de Sociologia e Política. 2008.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Conflict Management and Peace Science. 2006.

KENKEL, K. M. . Parecer de artigo, Minerva. 2005.

KENKEL, K. M. ; TORTORIELLO, A. . Rússia x Ucrânia: a Europa à beira de uma guerra?. 2022. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CRUZ, I. ; KENKEL, K. M. . Como fica a situação do Brasil no agravamento da crise da Ucrânia. 2022. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . GloboNews Conexão. 2022. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GODOY, M. ; KENKEL, K. M. . Com conflito, Europa revê gasto em Defesa e papel da Alemanha. 2022. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

MENDONCA, F. ; KENKEL, K. M. . ?No fundo, o Brasil só terá problemas caso contrarie as sanções contra a Rússia?... Leia mais em https://www.cartacapital.com.br/politica/no-fundo-o-brasil-so-tera-problemas-caso-contrarie-as-sancoes-contra-a-russia/. O conteúdo de CartaCapital está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Essa defesa é necessária para manter o jornalismo corajoso e transparente de CartaCapital. 2022. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Bom Dia Brasil. 2022. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

TORTORIELLO, A. ; HOFFMANN, F. F. ; KENKEL, K. M. . Ucrânia, um mês de guerra: os rumos do conflito e a crise de refugiados. 2022. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

MOREIRA, L. ; KENKEL, K. M. . UE e guerra: o que significa a 5ª vitória de Orbán na Hungria?. 2022. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GONÇALVES, M. ; KENKEL, K. M. . Turismo da vacina atrai brasileiros aos EUA, onde há doses sobrando e pouca burocracia. 2021. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

NATIVIDADE, P. ; KENKEL, K. M. . Dólares, passaporte e sem fila para vacina: turistas baianos vão se imunizar fora do país. 2021. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Na Real. 2021. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

FARMBAUER, M. ; KENKEL, K. M. . Nach Militärkonvoi: Niederlage für Bolsonaro bei Wahlreform. 2021. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

FARMBAUER, M. ; KENKEL, K. M. . Bolsonaros Wahlreform gescheitert - Präsident macht weiter Stimmung. 2021. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

RIBEIRO, G. ; CAMELO, J. ; KENKEL, K. M. . Explaining Brazil #165: Should Brazil reengage in Haiti?. 2021.

KENKEL, K. M. . Koronavirus drma Iran / Bolsonaro kao Americki covek u Brazilu. 2020.

KENKEL, K. M. . U Novom danu o migrantskoj krizi, gost i Srdan Golubovi. 2020. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

STEVANOVIC, J. ; KENKEL, K. M. . . 2020. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GONÇALVES, M. ; KENKEL, K. M. . Aliado de Bolsonaro, Trump cita dificuldades do Brasil no combate ao coronavírus. 2020. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . 'Life goes on': Brazil's Bolsonaro tests positive for coronavirus. 2020. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

RANGEL, A. ; KENKEL, K. M. . Massacre na Bósnia em 1995 mudou operações de paz, avalia especialista. 2020. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . EUA vão às urnas para decidir entre Donald Trump e Joe Biden. 2020. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Eleições presidenciais nos EUA. 2020. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. ; ESTEVES, Paulo L. M. L. ; FERNANDES, L. M. R. ; HERZ, M, ; COELHO, C. F. S. ; RIBEIRO HOFFMANN, A. R. ; SCALERCIO, M. ; MULLER, A. E. S. G. ; CUNHA, L. R. A. . Eleições nos EUA - Sessão 3: Primeiros Resultados. 2020. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

KENKEL, K. M. ; ESTEVES, Paulo L. M. L. ; COELHO, C. F. S. ; FERNANDES, L. M. R. ; CUNHA, L. R. A. ; RIBEIRO HOFFMANN, A. R. ; MULLER, A. E. S. G. ; SCALERCIO, M. . Eleições nos EUA: O que sabemos?. 2020. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

CAESAR, G. ; KENKEL, K. M. . Declaração de pandemia, voos e vistos cancelados: veja números da volta de brasileiros do exterior. 2020. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ANARTE, E. ; KENKEL, K. M. . Uprising shows instability of Nicolas Maduro's Venezuela. 2019. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GONÇALVES, M. ; KENKEL, K. M. . Quem é Ilhan Omar e como ela se tornou uma das principais faces do Partido Democrata. 2019. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GLOBONEWS, G. ; KENKEL, K. M. . Em Israel, Bolsonaro afirma que nazismo é de esquerda. 2019. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CIMMINO, N. ; KENKEL, K. M. . Es hat etwas von einer Seifenoper. 2019. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Dias Carneiro, J. ; KENKEL, K. M. . Impasse com navios iranianos no Paraná pode ter 'impacto desnecessário' e prejudicar exportações, dizem especialistas. 2019. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

GONÇALVES, M. ; KENKEL, K. M. . 'Desculpas a mulher de Macron são necessárias', diz ex-embaixador brasileiro na França. 2019. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. ; MATOS, F. E. L. ; JAÚ, V. . Clubes de Futebol com Orientação Política. 2019.

SAAD, C. ; KENKEL, K. M. . Estudo levanta questão de bebês nascidos de soldados das forças de paz no Haiti. 2019. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

TEIXEIRA, D. ; NUBLAT, J. ; KENKEL, K. M. . Um povo que acolhe e rejeita. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LAFFERT, B. v. ; KENKEL, K. M. . Vor den Wahlen in Brasilien. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

BRANDALISE, C. ; KENKEL, K. M. . Holocausto sírio. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ZOBARAN, E. ; KENKEL, K. M. . Copa do Mundo terá jogadores nascidos em 51 países. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

FREIRE, T. ; KENKEL, K. M. . Desnuclearização não tem mesmo significado para Trump e Kim. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ARAUJO, N. ; KENKEL, K. M. . Uma Copa política, autoritária e de um Brasil 'sendo Brasil'. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Agência Radioweb ; KENKEL, K. M. . Copa do Mundo 2018: Entrevista com Kai Michael Kenkel. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

RUIC, G. ; KENKEL, K. M. . Por que tantos países torcem para o Brasil em Copa do Mundo. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

TORRALBA, K. ; KENKEL, K. M. . Ideia de 'Alemanha aberta', que começou na Copa-06, dá passo atrás com Özil. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

FLEURY, F. ; KENKEL, K. M. . Imagem de integração alemã pela seleção era 'conto de fadas'. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

STRUCK, J. ; KENKEL, K. M. . Brasileiros criam debate que não existe na Alemanha. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KERN, F. ; KENKEL, K. M. . Deutsche Botschaft warnt vor Faschismus in Brasilien. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ARANHA, C. ; KENKEL, K. M. . Imigrantes seguem em busca de um lar. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Brazil Economic & Institutional Crisis Created Desperation For New Leader. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ELLER, J. ; KENKEL, K. M. . Eleições definirão horizonte de Trump. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ELLER, J. ; KENKEL, K. M. . Acusações de apologias fascistas dividem opiniões sobre seleção e torcida da Croácia. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KAWAGUTI, L. ; KENKEL, K. M. . Rio: 6 questões sobre proposta de Witzel para 'abater' criminosos de fuzil. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

BO, T. ; KENKEL, K. M. . Brazil elections: Far-right leader Jair Bolsonaro wins presidency. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

RESENDE, T. ; KENKEL, K. M. . Antes de tomar posse, Bolsonaro já gera atritos no exterior. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

JORNAL DO BRASIL ; KENKEL, K. M. . Êxodo de venezuelanos pressiona países sul-americanos. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KRAMER, B. ; KENKEL, K. M. . Brasilien--Drogenhandel führt zu Gefängnisrevolte. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

BRANDALISE, C. ; KENKEL, K. M. . A insustentável Síria. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

WALTER, J. D. ; KENKEL, K. M. . Ein Präsident wider die öffentliche Meinung. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

STRUCK, J. ; KENKEL, K. M. . Um ano de indiferença aos apelos da opinião pública. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VITTA, L. ; KENKEL, K. M. . Brasil acentua debate sobre futuro em missões de paz após atuação no Haiti. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VITTA, L. ; KENKEL, K. M. . Brasil envia últimos soldados ao Haiti e encerra missão com saldo positivo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

STRUCK, J. ; KENKEL, K. M. . Qual o impacto da denúncia contra Temer?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

STRUCK, J. ; KENKEL, K. M. . Cinco razões para a sobrevivência do governo Temer. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. ; Perez, F. . ?Os partidos alemães precisam resgatar a parcela alienada do eleitorado?, diz Kai Michael Kenkel. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Hora News. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

MOTTA, T. ; KENKEL, K. M. . Um país com acesso fácil a armas. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

STRUCK, J. ; KENKEL, K. M. . Era essa a reforma política que o Brasil precisava?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LIBORIO, B. ; KENKEL, K. M. . Merkel no meio da tempestade. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SKODOWSKI, T. ; KENKEL, K. M. . A guerra de Trump. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

RAHMAN, O. ; KENKEL, K. M. . How Is Brazil?s Involvement in U.N. Peacekeeping Reshaping Its Foreign Policy?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

RISTAU, O. ; KENKEL, K. M. . Kopf der Woche: Dilma Rousseff--Ihr schwerster Kampf. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SCHWARZ, P. ; KENKEL, K. M. . Wunderland Brasilien schmiert ab. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VOLK, R. ; KENKEL, K. M. . Eine Schwächung der Demokratie: Parlamentsvotum gegen Dilma Rousseff. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LAZAREVIC, K. ; KENKEL, K. M. . Was passiert, wenn Dilma geht?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ATASOY, S. ; KENKEL, K. M. . Wäre die Präsidentin ein Mann, wäre es wohl anders gekommen. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KOTLIARENKO-SHUKHMAN, Y. ; KENKEL, K. M. . Oops! 60% of Rousseff?s Accusers Are in Corruption-Related Proceedings. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

MÜLLER, D. ; KENKEL, K. M. . Rousseffs Suspendierung 'hat zu einer Schwächung der Demokratie geführt'. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

MARTIN, N. ; KENKEL, K. M. . Michel Temer: Vom Hinterzimmer ins Rampenlicht Brasiliens. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CAULYT, F. ; KENKEL, K. M. . A um mês dos Jogos, Rio vê pressão aumentar. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

JOHNSON, R. ; JELMAYER, R. ; KENKEL, K. M. . Brazil's Olympic Security Approach Stresses Antiterror Efforts. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

DAHL, S. ; KENKEL, K. M. . Warum Brasilien nicht auf die Füe kommt. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VOLK, R. ; KENKEL, K. M. . Ein Gastgeberland in Nöten. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

MATI?ÁK, A. ; KENKEL, K. M. . Bude olympiáda v Riu aj politickou arénou?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LANGHAMMER, B. ; KENKEL, K. M. ; HAHN, J. ; GERSKA, H. ; SCHMIDLA, L. . Redezeit: Was bleibt von Rio?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

REINHARDT, L. ; KENKEL, K. M. . Die Herausforderungen Brasiliens nach den Olympischen Spielen. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Amtsenthebung von Brasiliens Präsidentin Rousseff 'Es ist ein abgekartetes Spiel'. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

STRUCK, J. ; KENKEL, K. M. . Brasil: 'Senadores han abusado de su poder'. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

STRUCK, J. ; KENKEL, K. M. . Analistas alemães criticam processo de impeachment. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KARAULASHVILI, Z. ; KENKEL, K. M. . Wohin steuert Brasilien?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

HERRMANN, B. ; KENKEL, K. M. . Rousseff aus dem Amt geworfen: jetzt hofft Brasilien auf den Boom. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

PARKIN, B. ; TREVISANI, P. ; JOHNSON, R. ; KENKEL, K. M. . Brazil?s Workers? Party Left to Regroup After Dilma Rousseff Impeachment. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Nach Rousseff-Absetzung: Politische Lage in Brasilien. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CAULYT, F. ; KENKEL, K. M. . Eleições testam mudanças nas regras de campanha. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

FREITAS, O. ; KENKEL, K. M. . Mesmo com furacão e entrave político, missão da ONU no Haiti é acelerada. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

HAMDI, M. ; KENKEL, K. M. . Haiti - Presidentschaftswahlen an engem gescheiterte Staat. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

TAVOLIERI, N. ; KENKEL, K. M. . O que está em jogo no processo que pode cassar Temer em 2017. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

BALKE, R. ; KENKEL, K. M. . Brasilien: Aschermittwoch an der Copacabana. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. ; HENKIN, H. ; NEVES, L. P. ; VIEIRA, G. O. ; DIAS, F. S. . Opinion formers visit Islands. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

JARDIM, C. ; KENKEL, K. M. . O Globo, 90 anos: Da queda do Muro de Berlim ao fim do último símbolo da Guerra Fria na América. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Valente, Gabriela Freire ; KENKEL, K. M. . Jogo mais difícil para o Brasil. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Müzell, L ; KENKEL, K. M. . Presença do Irã em negociações sobre a Síria é essencial para a paz. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Síria é tabuleiro do jogo de interesses de grandes potências, diz professor. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Combate ao terror tem complexo tabuleiro de alianças. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Jornal GloboNews - Edição das 18h. 2015.

KENKEL, K. M. . GloboNews - Jornal das Dez. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

OLIVEIRA JUNIOR, R. ; KENKEL, K. M. . Refugiados: em busca de um futuro. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. ; LUZ, N. . Boko Haram: O que planeja o grupo terrorista que ameaça a ordem na Nigéria?. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. ; LUZ, N. . Ruanda: o impasse entre a soberania de Estado e a intervenção diante do genocídio. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. ; FREITAS, O. ; ZANINI, F. . Para analistas, Brasil não impôs seu estilo no Haiti. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Jornal. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ESTARQUE, M. ; KENKEL, K. M. . Triplica atendimento a imigrantes em semana de cadastro no Bolsa Família. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ESTARQUE, M. ; KENKEL, K. M. . Dez anos de Minustah põem à prova modelo brasileiro de missão de paz. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. ; Valente, Gabriela Freire . Monarca moderno. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . História do Haiti é marcada por conflitos, ditaduras e instabilidades. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SURGOS, M. ; KENKEL, K. M. . Brazílan Lula, najobúbenej?í politik sveta, koní v najlep?om (entrevista). 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Band News RJ. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Sala de Notícias. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. ; HENNIGAN, T. . Lula's influence likely to linger long after Brazilian poll. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. ; Tosta, Wilson . Missão no Haiti não dará vaga no CS. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Jornal Nacional. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Rendez-Vous. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Rendez-Vous. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

KENKEL, K. M. . Intervenção humanitária e operações de paz. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Projetos de pesquisa

  • 2022 - Atual

    O engajamento brasileiro com as operações de paz e a responsabilidade de proteger: uma análise normativa de sinergias e resistências, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2020 - Atual

    Um mapeamento dos fatores psicológicos subjacentes dos soldados em missões de paz, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador / Fabrício Chagas Bastos - Integrante.

  • 2020 - Atual

    Normas em contestação: intervenção humanitária, direito ao refúgio, e acesso a armas leves, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador.

  • 2019 - Atual

    Entorno estratégico brasileiro: o nexo entre formação de região e diplomacia e cooperação em defesa, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Integrante / Mônica Herz - Coordenador / VALENÇA, MARCELO MELLO - Integrante / Danilo Marcondes de Souza Neto - Integrante / Antonio Ruy de Almeida Silva - Integrante / Layla Ibrahim Abdallah Dawood - Integrante / Paulo Gustavo Pellegrino Correa - Integrante.

  • 2018 - 2019

    Brazil's International Agency in Turbulent Times, Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador / Christina Stolte - Integrante.

  • 2018 - Atual

    O papel das normas na contestação da ordem global: a potência emergente Brasil em perspectiva comparada, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.

  • 2017 - 2018

    TakingStockofthePasttoShapetheFutureofNormStudies, Descrição: International Studies Association Catalytic Workshop Grant. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Integrante / Cristina Stefan - Integrante / amitav acharya - Integrante / antje wiener - Integrante / jason ralph - Integrante / jacqui true - Integrante / kathryn sikkink - Integrante / martha finnemore - Integrante / maria beatriz bonna nogueira - Integrante / michael barnett - Integrante / richard price - Integrante / sam jarvis - Integrante / susanne zwingel - Integrante / adrian gallagher - Coordenador.

  • 2016 - 2019

    A ordem global e a agência normativa das potências emergentes: a contestação da definição de ?responsabilidade internacional?, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2016 - 2018

    Trilateral Workshop Serieson New Directions in International Political Theory, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Integrante / Patricia Schneider - Coordenador / Sybille Reinke de Buitrago - Integrante.

  • 2016 - 2017

    The Graduation Dilemma in Foreign Policy: Brazil at a Watershed, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Integrante / Christoph Harig - Integrante / Anthony Wynne Pereira - Integrante / Ana Margheritis - Coordenador.

  • 2016 - Atual

    GIGA Research Programme 2: Peace and Security, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador / Christian von Soest - Integrante., Financiador(es): German Institute of Global and Area Studies - Outra.

  • 2016 - Atual

    GIGA Research Programme 4: Power and Ideas, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Integrante / Sandra Destradi - Coordenador.

  • 2013 - 2018

    O Brasil e a Segurança no Atlântico Sul: Política Externa e Estratégia de Defesa, Descrição: Pró-Defesa III. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (2) . , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador / Mônica Herz - Integrante / Analúcia Danilevicz Pereira - Integrante / André Panno Beirão - Integrante / Adriana Erthal Abdenur - Integrante / Carlos Chagas Vianna Braga - Integrante / Marco Cepik - Integrante / Érico Esteves Duarte - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação / Ministério da Defesa - Cooperação.

  • 2013 - 2016

    Intervenção, responsabilidade e o papel das potências emergentes em um sistema internacional em mudança, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2016

    As potências emergentes e a reforma do Conselho de Segurança: o papel do uso da força no exercício da responsabilidade internacional, Descrição: Jovem Cientista do Nosso Estado 2013-2016. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.

  • 2013 - 2016

    Rising Powers and Intervention: Contested Norms and Shifts in Global Order, Descrição: International Studies Association Venture Workshop Grant. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador / Philip Cunliffe - Integrante., Financiador(es): International Studies Association - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2016

    Intervenção, responsabilidade e o papel das potências emergentes em um sistema internacional em mudança, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2012 - 2016

    Public Security in Federal Polities, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Integrante / Christian Leuprecht - Coordenador / Todd HATALEY - Integrante / Mario Kölling - Integrante., Financiador(es): Fundación Manuel Giménez Abad - Outra.

  • 2012 - Atual

    Providing for Peacekeeping, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador / Paul D. Williams - Integrante / Alex J. Bellamy - Integrante / Adam Smith - Integrante., Financiador(es): International Peace Institute - Outra.

  • 2011 - 2014

    Controlling Small Arms: Consolidation, Innovation and Relevance in Research and Policy, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador / Peter Batchelor - Integrante.

  • 2011 - 2013

    South America and Peace Operations, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador.

  • 2011 - 2012

    Providing for Peacekeepers: The Politics, Challenges, and Future of United Nations Peacekeeping Contributions, Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador / Paul D. Williams - Integrante / Alex J. Bellamy - Integrante., Financiador(es): George Washington University/Griffith University - Outra.

  • 2010 - 2012

    Rising Powers and Global Governance, Descrição: O projeto investiga o posicionamento das potências emergentes Brasil, China, India e África do Sul com respeito a quatro temáticas fundamentais: operações paz, ajuda ao desenvolvimento, proliferação nuclear e mudanças climáticas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Fundação Konrad Adenauer - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2011

    Inserção Internacional Brasileira e Missões de Paz: um novo paradigma de peacebuilding como nicho especializado da política internacional brasileira, Descrição: O projeto via identificar o papel das operações de paz como avenidas para a amplificaçao do perfil internacional do Brasil. Baseado no enfoque funcionalista à atuação das potências médias, modificado para a categoria das potências médias, o projeto visa a elaboração de subsídios concretos para policymakers brasileiros para a elaboração de um modelo brasileiro de peacebuilding, a servir como "nicho diplomático"para o país no âmbito das operações de paz. O projeto se concentra em dois níveis: a concertação do esforço nacional dentro do país, baseado no enfoque whole-of-government em vigor em outros países, e na eficácio no terreno.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - DF - Bolsa.

  • 2010 - 2010

    Europe and Latin America in Peace Operations: Comparative Perspectives and Practices, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador / Nogueira, João Franklin Abelardo Pontes - Integrante / Franz Kernic - Integrante., Financiador(es): Fundação Konrad Adenauer - Outra / Swedish National Defence College - Outra., Número de produções C, T & A: 1

  • 2008 - 2012

    Potências emergentes em operações de paz: normas, motivações e contribuições, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador.

Projetos de desenvolvimento

  • 2008 - 2012

    Potências emergentes e operações de paz: normas, motivações e contribuições, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - Bolsa.

  • 2008 - 2012

    Potências emergentes e operações de paz: normas, motivações e contribuições, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - Bolsa.

  • 2008 - 2012

    Potências emergentes e operações de paz: normas, motivações e contribuições, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - Bolsa.

  • 2008 - 2012

    Potências emergentes e operações de paz: normas, motivações e contribuições, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - Bolsa.

  • 2008 - 2012

    Potências emergentes e operações de paz: normas, motivações e contribuições, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - Bolsa.

  • 2008 - 2012

    Potências emergentes e operações de paz: normas, motivações e contribuições, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - Bolsa.

  • 2008 - 2012

    Potências emergentes e operações de paz: normas, motivações e contribuições, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Kai Michael Kenkel - Coordenador., Financiador(es): Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - Bolsa.

Prêmios

2015

Professor Homenageado, 18a turma de Graduação em Relações Internacionais (2015.1), PUC-Rio..

2015

Medalha Mérito Tamandaré, Marinha do Brasil.

2013

Professor Homenageado, 15a turma de Graduação em Relações Internacionais (2013.2), PUC-Rio..

2012

Medalha "Amigo da Marinha", Marinha do Brasil.

2010

Professor Homenageado, 8a turma de Graduação em Relações Internacionais (2010.1), PUC-Rio..

2009

Professor Homenageado, 7a turma de Graduação em Relações Internacionais (2009.2), PUC-Rio..

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais. , Rua Marquês de São Vicente, 225 - Vila dos Diretórios, Casa 20, Gávea, 22451-900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (021) 35271557, Ramal: 31, URL da Homepage:

Experiência profissional

2022 - Atual

Dartmouth College

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Distinguished Visiting Scholar, Dickey Center, Carga horária: 40

2020 - Atual

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Associado II, Carga horária: 40

2017 - 2020

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Associado I, Carga horária: 40

2013 - 2017

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40

2011 - 2013

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente II/Adjunto I, Carga horária: 40

2007 - 2011

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente I (vínculo extraord.), Carga horária: 40

Atividades

  • 08/2017

    Ensino, Formacao de Interpretes de Conferencia, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Tópicos de Relações Internacionais

  • 06/2008

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Relações Internacionais.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Seleção do Programa de Doutorado.

  • 02/2008

    Ensino, Relações Internacionais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Gestão de Conflitos Internacionais, Intervenções Humanitárias, Metodologia nas Relações Internacionais, Operações de Paz, Política Internacional, Tratamento e Prevenção de Conflitos, Conflitos Internacionais Contemporâneos

  • 08/2007

    Pesquisa e desenvolvimento, Instituto de Relações Internacionais.,Linhas de pesquisa

  • 08/2007

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Relações Internacionais.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Pós-Graduação.

  • 08/2007

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Relações Internacionais.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Seleção do Programa de Mestrado.

  • 11/2013 - 01/2016

    Direção e administração, Instituto de Relações Internacionais.,Cargo ou função, Coordenador do Programa de Pós-Graduação.

  • 04/2012 - 01/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Relações Internacionais.,Cargo ou função, Comissão Geral.

  • 08/2007 - 12/2015

    Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estudos sobre Operações de Paz, Os Conflitos Internacionais Contemporâneos, Relações Internacionais Contemporâneas II, Segurança nas Relações Internacionais, Transformações nas Operações de Paz

  • 09/2008 - 09/2015

    Ensino, Relações Internacionais, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Análise dos Conflitos Internacionais Atuais e sua Resolução

  • 04/2011 - 12/2013

    Direção e administração, Instituto de Relações Internacionais.,Cargo ou função, Editor, Revista Contexto Internacional.

  • 06/2008 - 08/2012

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Relações Internacionais.,Cargo ou função, Membro da Banca Examinadora de Exames de Qualificação de Doutorado.

  • 07/2009 - 03/2011

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Relações Internacionais.,Cargo ou função, Membro da Comissão Geral.

2014 - Atual

German Institute of Global and Area Studies

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Associated Researcher, Carga horária: 0

2016 - 2017

German Institute of Global and Area Studies

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Visiting Researcher, Carga horária: 40

2020 - 2020

Graduate Institute, Geneva (IHEID)

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Professor, Carga horária: 7

2017 - 2017

Graduate Institute, Geneva (IHEID)

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Professor, Carga horária: 20

Atividades

  • 04/2017

    Ensino, IR/PS, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Peace Operations

2019 - 2021

International Studies Association

Vínculo: At-Large Member, ISA-LAC, Enquadramento Funcional: At-Large Member, ISA-LAC

2016 - 2017

Universität Hamburg

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Lehrbeauftragter, Carga horária: 4

Atividades

  • 10/2016 - 03/2017

    Ensino, Fakultät für Wirtschafts- und Sozialwissenschaften, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Internationale Beziehungen in Lateinamerika

2019 - 2019

Charles University in Prague

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Professor, Carga horária: 8

2014 - 2016

Associação Brasileira de Estudos de Defesa

Vínculo: Membro de diretoria, Enquadramento Funcional: Diretor de Relações Institucionais

2019 - Atual

Associação Brasileira de Relações Internacionais

Vínculo: Coordenador de Área, Enquadramento Funcional: Coordenador de Área Temática, Segurança etc.

2017 - 2019

Associação Brasileira de Relações Internacionais

Vínculo: Coord. Adj., Área Temática, Enquadramento Funcional: Coordenador Adjunto, Área Temática, Segurança

2011 - 2013

Associação Brasileira de Relações Internacionais

Vínculo: Coordenador, Fórum de Editores, Enquadramento Funcional: Coordenador, Fórum de Editores

2004 - 2007

University of British Columbia

Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Postdoctoral Research Fellow, Regime: Dedicação exclusiva.

2005 - 2006

University of British Columbia

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Postdoctoral Teaching Fellow

Atividades

  • 09/2004 - 07/2007

    Pesquisa e desenvolvimento, Centre of International Relations.,Linhas de pesquisa

  • 06/2005 - 12/2006

    Ensino, Ciência Política, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, United Nations Peacekeeping, Changing Concepts of Security

2003 - 2005

Small Arms Survey

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: External Collaborator

1999 - 2000

Small Arms Survey

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Researcher, Carga horária: 20

Atividades

  • 09/2003 - 06/2005

    Pesquisa e desenvolvimento, Small Arms Survey.,Linhas de pesquisa

  • 08/1999 - 10/2000

    Pesquisa e desenvolvimento, Small Arms Survey.,Linhas de pesquisa

2001 - 2001

University of Cape Town, UCT, África do Sul

Vínculo: Pesquisador Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Researcher

Atividades

  • 08/2001 - 12/2001

    Pesquisa e desenvolvimento, Centre for Conflict Resolution.,Linhas de pesquisa

2002 - 2002

York University, YorkU

Vínculo: Pesquisador Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Researcher

Atividades

  • 09/2002 - 12/2002

    Pesquisa e desenvolvimento, Centre for International and Security Studies.,Linhas de pesquisa

2016 - 2018

King's College London

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Project member

2017 - 2018

University of Leeds

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Project member