José Eduardo de Almeida

Licenciado em Geografia pela Universidade Federal de São Carlos. Possui experiência na área de geomorfologia, geologia, geoprocessamento, RDE (Relação Declividade vs. Extensão), análise de rede de drenagem, habilidades em reprodução cartográfica e utilização de SIG.

Informações coletadas do Lattes em 26/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Ciências Contábeis

2012 - Atual

Universidade de Sorocaba

Graduação em Geografia

2012 - 2015

Universidade Federal de São Carlos
Título: O uso de técnicas mrfométricas para a caracterização morfoestrutural da Bacia Hidrográfica do Rio do Peixe - SP
Orientador: Prof. Dr. Emerson Martins Arruda

Ensino Médio (2º grau)

2009 - 2012

Escola Estadual Professor Ezequiel Machado Nascimento

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Recursos Hídricos e Ensino. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2013 - 2013

Introdução ao ArcGIS 10.1. (Carga horária: 24h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2012 - 2012

A Ecologia Ambiental nas Sociedades de Controle. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2012 - 2012

Introdução ao ArcGIS 10. (Carga horária: 24h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Libras

Compreende Bem, Fala Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geografia Física.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XVI Simpósio de Geografia Física Aplicada.Aplicação de Técnicas Morfométricas no Estudo do Relevo em Áreas Cuestiformes: O caso da Bacia Hidrográfica do Rio do Peixe ? SP.. 2015. (Simpósio).

10º Sinageo - Simpósio Nacional de Geomorfologia. 2014. (Simpósio).

V Semana de Estudos da Geografia. 2014. (Congresso).

V Semana de Estudos da Geografia. Análise da Influência Morfoestrutural da Rede de Drenagem da Bacia do Rio do Peixe - SP. 2014. (Congresso).

V Geografando. 2013. (Seminário).

XV Simpósio de Geografia Física Aplicada. 2013. (Simpósio).

Conversa Cantada. 2012. (Encontro).

III Semana de Estudos da Geografia. 2012. (Congresso).

IV Geografando. 2012. (Outra).

Semana de Ciências Sociais Aplicadas - UNISO. 2012. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Emerson Martins Arruda

ARRUDA, E. M.; FERNANDES, E.; MELO, I.B.N. O uso de técnicas morfométricas para a caracterização morfoestrutural da Bacia hidrográfica do Rio do Peixe-SP. 2016 - Universidade Federal de São Carlos.

Ismail Barra Nova de Melo

ARRUDA, E. M.;MELO, Ismail Barra Nova de; FERNANDES, E.. O Uso de Técnicas Morfométricas para a Caracterização Morfoestrutural da Bacia Hidrográfica do Rio do Peixe-SP. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de São Carlos.

Erminio Fernandes

ARRUDA, E. M.FERNANDES, E.MELO, I. B. N.. O uso de técnicas morfométricas para a caracterização morfoestrutural da bacia hidrográfica do Rio do Peixe - SP.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de São Carlos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Emerson Martins Arruda

O Uso de Técnicas Morfométricas para a Caracterização Morfoestrutural da Bacia Hidrográfica do Rio do Peixe -SP; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de São Carlos; Orientador: Emerson Martins Arruda;

Emerson Martins Arruda

O uso da análise morfométrica na caracterização morfoestrutural da bacia hidrográfica do Rio do Peixe - SP; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Universidade Federal de São Carlos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Emerson Martins Arruda;

Emerson Martins Arruda

Análise geomorfológica da rede de drenagem do Rio do Peixe, SP; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Emerson Martins Arruda;

Graziella Andreia Malagó

A HIPERINFLAÇÃO VENEZUELANA:UM TRAÇADO HISTÓRICO SOBRE AS AÇÕES POLÍTICAS E ECONÔMICAS DO GOVERNO E SEUS REFLEXOS ECONÔMICOS; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Contabéis) - Universidade Sorocaba; Orientador: Graziella Andreia Malagó;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ALMEIDA, J. E. ; ARRUDA, E. M. . Análise da Influência Morfoestrutural da Rede de Drenagem da Bacia do Rio do Peixe - SP. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ALMEIDA, J. E. ; ARRUDA, E. M. . Aplicação de técnicas morfométricas para o estudo da compartimentação do relevo na bacia do Rio do Peixe - SP.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2016

    O uso da análise morfométrica na caracterização morfoestrutural da bacia hidrográfica do Rio do Peixe - SP, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Emerson Martins Arruda em 16/07/2015., Descrição: O trabalho compreende uma proposta de pesquisa de iniciação científica relacionada ao Grupo de Estudos do Quaternário UFSCar - Sorocaba. Busca-se nesse estudo compreender as características morfoestruturais e a compartimentação do relevo na bacia do Rio do Peixe - SP. A área se localiza entre a Depressão Periférica Paulista e as Cuestas Arenítico-Basálticas, na região de Botucatu. No que se refere à litologia do local, são encontradas na área rochas referentes ao Grupo São Bento e o Grupo Passa Dois. A análise será realizada através da aplicação de técnicas morfométricas e de geoprocessamento em elementos e aspectos do relevo, da rede de drenagem e componentes litoestruturais possibilitando uma análise integrada sobre a morfotectônica da área. O estudo morfométrico e o mapeamento proposto contribuirão na análise dos condicionantes que influenciam a geomorfológica da área. Os resultados serão relacionados com referencial bibliográfico existente e trabalhos de campo durante o período de realização do trabalho. Espera-se ao término dessa pesquisa apresentar um panorama sobre a relação entre a compartimentação morfoestrutural e morfoescultural na dinâmica geomorfológica da área estudos. A avaliação das contribuições das técnicas morfométricas de análise do relevo também pautará as discussões sobre os resultados do trabalho aqui proposto.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: José Eduardo de Almeida - Integrante / Emerson Martins Arruda - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2013 - 2014

    A Influência Morfoestrutural na Rede de Drenagem da Bacia do Rio do Peixe ? SP, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Emerson Martins Arruda em 10/04/2015., Descrição: O objetivo desse trabalho foi estudar a dinâmica da ação morfoestrutural que ocorre na bacia do Rio do Peixe - SP, obter e analisar dados sobre a área buscando entender os processos envolvidos em uma zona situada entre a transição de províncias geomorfológicas distintas. No que se refere à litologia do local, são encontradas na área rochas referentes ao Grupo São Bento e o Grupo Passa Dois. Estudos em áreas de contato entre províncias geomorfológicas proporciona a organização de uma série de dados relevantes para a análise estrutural. Quando se leva em conta que neste contato há discordâncias geológicas, diversidade na dinâmica hidrológica e variadas declividades, o material constituinte tornou-se uma peça chave para os estudos sobre a evolução do relevo. A área de estudo se localiza na entre os municípios de Anhembi, Bofete, Conchas, Pardinho, Porangaba e Torre de Pedra, e destaca-se principalmente pela dinâmica relacionada com as Cuestas de Botucatu (Planaltos residuais), a área também detém em sua geologia a presença de materiais betuminosos também chamados de arenitos asfálticos, presente em boa parte da área.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: José Eduardo de Almeida - Integrante / Emerson Martins Arruda - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 3

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - 2014

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: , Enquadramento Funcional: