Gabriela Ogihara Andrela

Atualmente é estudante da Universidade Federal da Grande Dourados, cursando o 9º semestre de zootecnia.

Informações coletadas do Lattes em 21/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Zootecnia

2010 - Atual

Universidade Federal da Grande Dourados

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2005 - 2007

Informática. (Carga horária: 216h). , Microlins.

2004 - 2007

Inglês Avançado. (Carga horária: 432h). , Freedon.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Produção Animal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Nutrição e Alimentação Animal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

40º Encontro de Avicultores do Estado de São Paulo - 37 Jornada Técnica.40º Encontro de Avicultores do Estado de São Paulo - 37 Jornada Técnica. 2014. (Encontro).

V Semana Acadêmica de Zootecnia.V Semana Acadêmica de Zootecnia. 2014. (Encontro).

CIC FAi Junior. Esquecer para lembrar. 2009. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Érica Rosendo de Sena Gandra

GARCIA, R. G.;KOMIYAMA, C. M.GANDRA, E.R.S.. RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO REALIZADO NO SETOR DE AVICULTURA DE POSTURA DA FCA/UFGD. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Zootecnia) - Universidade Federal da Grande Dourados.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Cinthia Eyng

Efeito da suplementação dietética de resíduo desidratado de fecularia de mandioca sobre o desempenho produtivo, qualidade de ovos e morfologia intestinal de codornas de postura; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Zootecnia) - Universidade Federal da Grande Dourados, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Cinthia Eyng;

Irenilza de Alencar Naas

Seleção de cama de frango usando AHP; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Zootecnia) - Universidade Federal da Grande Dourados, Cnpq; Orientador: Irenilza de Alencar Naas;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ANDRELA, G. O. ; Esquecer para lembrar. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ANDRELA, G. O. ; ANDRELA, C. O. ; SOARES, B. . Esquecer para Lembrar. Adamantina: FAI, 2009 (Pesquisa ensino médio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Polpa desidratada de bocaiúva na alimentação de codornas de postura, Descrição: A bocaiúva é um fruto originário do Brasil, com predominância na região do Cerrado. Características nutricionais e a presença de compostos bioativos com funções terapêuticas interessantes, como atividade antibacteriana e antioxidante, têm despertado o interesse dos pesquisadores por este fruto. No entanto, mesmo com suas potencialidades, até o momento não existem dados científicos que correlacionem à inclusão destes frutos na alimentação de codornas de postura. Assim, este projeto tem como objetivo avaliar a inclusão da polpa desidratada de bocaiúva na alimentação de codornas de postura sobre o desempenho produtivo, a qualidade dos ovos e a oxidação dos lipídios contidos na gema do ovo submetida a diferentes períodos de armazenamento. Para tanto, serão utilizadas 120 codornas japonesas com 150 dias de idade, distribuídas em um delineamento experimental inteiramente casualizado, com seis tratamentos (0; 0,1; 0,2; 0,3; 0,4 e 0,5% de polpa), cinco repetições e quatro aves por unidade experimental. Para determinação da oxidação lipídica da gema dos ovos, avaliada pela mensuração das substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico, serão utilizados 120 ovos provenientes das codornas alimentadas com diferentes níveis de inclusão da polpa, avaliados frescos e aos sete, 14, 21 e 28 dias de armazenamento em temperatura ambiente. Com este projeto espera-se identificar um novo aditivo natural, integrando a indústria alimentícia e a avicultura, de modo que os resultados obtidos sirvam de subsídio para utilização deste ingrediente trazendo perspectivas promissoras para exploração destes frutos... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Ogihara Andrela - Integrante / Rodrigo G. Garcia - Integrante / Cinthia Eyng - Coordenador / Lorena Mari Sanches - Integrante / Gislaine paganucci alves - Integrante / Alice Eiko Murakami - Integrante / Paula Toshimi Matumoto-Pintro - Integrante / Alexssandro Zaffari Almeida - Integrante / Michelle de Souza Arruda - Integrante / Victor Martins - Integrante / Rosana Rodrigues Bicas - Integrante / Nara Graciele Sales de Lima - Integrante / Polyana Siqueira Porfirio - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Efeito do processo de lavagem e desinfecção com solução de própolis sobre a qualidade e contagem bacteriológica de ovos de poedeiras comerciais, Descrição: Descrição: Devido à constante preocupação do consumidor em adquirir produtos saudáveis e principalmente que não ofereçam riscos à saúde, o controle da contaminação bacteriana dos ovos de consumo tem sido preocupação constante das autoridades sanitárias. Assim, este projeto tem como objetivo avaliar a interferência do processo de lavagem (com e sem) e de desinfecção (solução de própolis e solução de álcool) sobre a qualidade interna e externa bem como a contagem bacteriológica na casca de poedeiras comerciais submetidos a diferentes períodos de armazenamento (0, 7, 14, 21 e 28 dias). Serão avaliados os parâmetros de unidade Haugh, pH do albúmen, % de perda de peso dos ovos, gravidade específica, % de casca em relação ao peso do ovo, espessura da casca, contagem bacteriológica com relação a presença de Salmonella spp e Escherichia coli na casca dos ovos e avaliação da atividade antimicrobiana da solução de própolis utilizada no processamento dos ovos. Para tanto, será realizado um experimento onde serão coletados 1800 ovos provenientes de poedeiras da linhagem Isa-White, com 30 semanas de idade, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 6x5 (processamento dos ovos sem higienização; sem higienização + pulverização de álcool 70%; sem higienização + pulverização de solução de própolis 15%; lavagem com solução de sabão líquido neutro; lavagem + pulverização de solução de álcool 70%; lavagem + pulverização de solução de própolis 15% x período de armazenamento- 0; 7; 14; 21; 28 dias), com cinco repetições. Em cada período de armazenamento serão avaliados 360 ovos por unidade experimental. Com este projeto espera-se: sugerir o procedimento de limpeza/higienização que resultará na garantia da qualidade e de um maior tempo de prateleira dos ovos destinados ao consumo humano... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Gabriela Ogihara Andrela - Coordenador / Rodrigo G. Garcia - Integrante / Cinthia Eyng - Integrante / Kelly Cristina Nunes - Integrante / Lorena Mari Sanches - Integrante / Graziéle Gonçalves - Integrante / Danielle Marques Vilela - Integrante / cristina tostes filgueira - Integrante / murilo augusto miranda de brito vendramini - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Resíduo desidratado de fecularia de mandioca na alimentação de codornas de postura, Descrição: Descrição: A busca por alimentos alternativos que possam ser incluídos nas rações animais otimizando os índices produtivos e econômicos tem sido uma preocupação constante dos pesquisadores. Assim, este projeto tem como objetivo avaliar níveis de inclusão do resíduo desidratado de fecularia de mandioca (RDFM) na alimentação de codornas de postura sobre o desempenho produtivo, a qualidade dos ovos, biometria dos órgãos do trato gastrointestinal, morfometria intestinal, níveis séricos de glicose, colesterol e triglicerídeos, umidade de excretas e viabilidade econômica. Para tanto, serão utilizadas 150 codornas japonesas com 150 dias de idade, distribuídas em um delineamento experimental inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (0; 2,5; 5; 7,5 e 10% de RDFM), cinco repetições e seis aves por unidade experimental. Com este projeto espera-se sugerir um alimento alternativo que possa ser utilizado na alimentação de codornas aliando o nível ótimo de inclusão deste ingrediente e a garantia da eficiência zootécnica... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Gabriela Ogihara Andrela - Coordenador / Rodrigo G. Garcia - Integrante / Cinthia Eyng - Integrante / Kelly Cristina Nunes - Integrante / Lorena Mari Sanches - Integrante / Graziéle Gonçalves - Integrante / murilo augusto miranda de brito vendramini - Integrante / Gislaine paganucci alves - Integrante / giselle borges de moura - Integrante / ricardo vianna nunes - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Extratos de plantas do cerrado na alimentação de frangos de corte, Descrição: A guavira e a bocaiúva são frutos originários do Brasil, com predominância na região do Cerrado. Características nutricionais e a presença de compostos bioativos com funções terapêuticas interessantes, como atividade antibacteriana e antioxidante, têm despertado o interesse dos pesquisadores. No entanto, mesmo com suas potencialidades, até o momento não existem dados científicos que correlacionem à inclusão destes frutos na alimentação de frangos de corte. A utilização de extratos oriundos destes frutos na alimentação animal, além de poder beneficiar a função produtiva, proporcionando melhorias na saúde intestinal e qualidade da carne, pode constituir-se em um processamento alternativo destes produtos servindo de subsídio para estruturação de uma cadeia produtiva, incentivando a produção destes frutos na região onde predomina o bioma Cerrado. Assim, este projeto tem como objetivo avaliar a inclusão do extrato oleoso da polpa de bocaiúva e extrato hidroetanólico da casca e da semente de guavira nas dietas de frangos de corte de 1 a 42 dias de idade. Serão realizados três subprojetos, sendo um para cada extrato, para testar os efeitos de diferentes níveis de inclusão nos parâmetros de desempenho, morfofisiologia intestinal, microbiota intestinal e qualidade da carne. Este estudo busca identificar potenciais novos aditivos naturais, integrando a indústria alimentícia e a avicultura, de modo que os resultados obtidos sirvam de subsídio para utilização destes extratos trazendo perspectivas promissoras para exploração destes frutos. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Ogihara Andrela - Integrante / Rodrigo G. Garcia - Integrante / Fabiana R. Caldara - Integrante / Cinthia Eyng - Coordenador / Kelly Cristina Nunes - Integrante / Lorena Mari Sanches - Integrante / Gislaine paganucci alves - Integrante / Alice Eiko Murakami - Integrante / Alexssandro Zaffari Almeida - Integrante / Michelle de Souza Arruda - Integrante / Nara Graciele Sales de Lima - Integrante / Ricardo Vianna Nunes - Integrante / Cristiane Regina do Amaral Duarte - Integrante / Karla Paola Picoli - Integrante / Ivan Camilo Ospina-Rojas - Integrante / Eliana Janet Sanjinez Argandoña - Integrante.

  • 2011 - Atual

    USO DA VOCALIZAÇÃO COMO MEDIDA DE BEM ESTAR EM SUÍNOS, Descrição: Considerando a análise da vocalização como um interessante indicativo das condições de bem-estar de um individuo ou grupo de animais esta pesquisa tem como objetivo estimar o bem-estar de suínos a partir de registros de sua vocalização, durante alojamento em granja comercial. A pesquisa será desenvolvida em granja comercial, serão feitos registros de vocalização de leitões nas fases de creche, crescimento e terminação. Três equipamentos serão utilizados, um microfone direcional e um gravador, para registro do som e um decibelimetro para registro da pressão sonora. Será realizada gravação da vocalização dos animais em diferentes situações de estresse (sem estresse, estresse térmico, fome, sede e dor). Serão coletados três sinais de sons de cada animal em cada situação e fase de vida, sendo usado entorno de 10 machos castrados e 10 fêmeas. Para a coleta e seleção dos sons será utilizado o software Audacity 1.3.0, especifico para tratamentos de sons. Os sinais acústicos capturados serão classificados de acordo com as seguintes características: Duração da vocalização, formato de onda, espectro total e evolução do espectro de vocalização ao longo do tempo. Sendo extraídos os seguintes parâmetros: Envelope de onda; densidade espectral de energia; centróide espectral; largura de faixa; freqüência fundamental e densidade espectral de potência- PSD. Para identificação da situação de estresse será verificado os parâmetros ou a combinação deles que caracterizam a vocalização emitida em cada situação de estresse. Serão acompanhados índices zootécnicos como: ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar nas fases estudadas para avaliação dos efeitos de estresse térmico sobre o desempenho dos animais. Espera-se desenvolver um sistema indicador de bem-estar de suínos, usando sua vocalização. Estimar a energia gasta na vocalização em situação de estresse contribuindo para melhor desempenho zootécnico na suinocultura.. Integrantes: Marília Carvalho Figueiredo Alves - Integrante / Ibiara Correia de Lima Almeida Paz - Integrante / Gisele Aparecida Felix - Integrante / Grace Alessandra de Araujo Baldo - Integrante / Marlon Sávio Amadori - Integrante / Natália de Novaes Correa da Silva - Integrante / Rafael Afonso Scholz - Integrante / Fabiana Ribeiro Caldara - Integrante / Irenilza de Alencar Naas - Integrante / Rodrigo Garófallo Garcia - Integrante / Marta Moi - Coordenador / Rodrigo Borille - Integrante / Leonardo de Oliveira Seno - Integrante / Fabiana Cavichiolo - Integrante / Viviane Maria Oliveira dos Santos Ferreira - Integrante / Luan Sousa dos Santos - Integrante / Nilsa Duarte de Lima - Integrante / Nayara Spindola Francisco - Integrante / Ana Flávia Basso Royer - Integrante / Diego Pereira Neves - Integrante / Raquel Baracat Tosi Rodrigues da Silva - Integrante / Martha Almirão Sobreira - Integrante / Erica Moura Pereira - Integrante / Luis Fernando S Alves - Integrante / Silvana Simm - Integrante / João Dimas Graciano - Integrante / Guilherme Aragão Miranda - Integrante / Ecléia da Silva Cabral - Integrante / Elder Soares Rosa - Integrante / Bruno Pacito Costa Pinto - Integrante / Gabriela Ogihara Andrela - Integrante / Luana Natanna Barboza dos Santos - Integrante. Financiador(es): Universidade Federal da Grande Dourados - Outra. . , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Especialização: (8) / Mestrado acadêmico: (9) . , Integrantes: Gabriela Ogihara Andrela - Integrante / Ibiara C. L. Almeida Paz - Integrante / Rodrigo G. Garcia - Integrante / Fabiana R. Caldara - Integrante / Irenilza A. Nääs - Integrante / Marília Carvalho Figueiredo Alves - Coordenador.

  • 2009 - 2010

    Avaliação de problemas locomotores e bem estar em frangos de corte criados em diferentes tipos de cama, Descrição: Serão realizados dois experimentos, no Setor de Avicultura da FCA/UFDG. O objetivo destes experimentos será avaliar o bem estar e a incidência de problemas locomotores em frangos de corte criados em dois tipos de material de cama de aviários, sendo eles a casca de arroz e o bagaço de cana-de-açúcar, novos ou reutilizados. O Experimento I será realizado com material de cama novo, o Experimento II será realizado utilizando-se material de cama reutilizado. Em ambos os experimentos o delineamento utilizado será o fatorial inteiramente casualizado 2x2x2, ou seja, duas linhagens (Cobb e Ross), dois sexos (machos e fêmeas) e dois tipos de material de cama (casca de arroz e bagaço de cana). Serão utilizados, em cada experimento, 2160 pintos de um dia, sendo 270 pintos machos da linhagem Cobb, 270 pintos fêmeas da linhagem Cobb, 270 pintos machos da linhagem Ross e 270 pintos fêmeas da linhagem Ross, criados em boxes com cama de casca de arroz ou bagaço de cana-de-açúcar. Estas aves serão distribuídas em boxes de 4,5m2, com densidade populacional de 10 aves/m2.Todas as aves receberão ração isonutritivas e água à vontade. O arraçoamento será dividido em três fases: Na fase inicial (1 a 21 dias) as aves receberão ração inicial com 2950 kcal/kg de energia metabolizável, 21 % de proteína bruta, 1,20% de lisina, 0,55% de metionina, 0,95% de Ca e 0,48% de P disponível. As rações de crescimento (22 a 35 dias) terão 3150 kcal/kg de EM, 19% de PB, 1,00% de lisina, 0,46% de metionina, 0,90% de Ca e 0,60% de P disponível, enquanto que as rações de acabamento (35 a 42 dias) terão 3250 kcal/kg de EM, 19% de PB, 0,96% de lisina, 0,48% de metionina, 0,88% de Ca e 0,58% de P disponível. Os demais níveis nutricionais serão recomendados pelo NRC (1994). Serão avaliados os problemas locomotores e o bem-estar das aves por meio das seguintes características: atribuição de Gait Score e incidência de Valgus e Varus, lesão de coxim plantar, degeneração femoral, discondroplasia tibial, espondilolist. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Gabriela Ogihara Andrela - Integrante / Ibiara C. L. Almeida Paz - Coordenador / Rodrigo G. Garcia - Integrante / Fabiana R. Caldara - Integrante / Rodrigo Bernardi - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal da Grande Dourados, Reitoria, Faculdade de Ciências Agrárias. , Rod. Dourados a Itahum, km 12, Cidade Universitária, 79804072 - Dourados, MS - Brasil, Telefone: (67) 34113830

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional