Marina Cunha Passarelli

Graduada em Ciências Biológicas com ênfase em Biologia Marinha - Universidade Santa Cecília (2010), mestrado em Ecologia - Programa de Pós-grado em Desenvolvimento Sustentável de Zonas Costeiras e Marinhas, Universidade Santa Cecília (2013) e doutorado em Gestão de Zonas Marinhas e Costeiras - Programa Erasmus Mundus - Marine and Coastal Management, Universidad de Cádiz (2018). Já atuou como docente e como técnica de laboratório. Com experiencia de 9 anos trabalhando na área de ecotoxicologia aquática e gestão costeira. Possui artigos publicados relacionados a essa área de atuação em revistas nacionais e internacionais. Em sua tese defendeu a aplicação de um modelo integrado em que se considera diferentes linhas de evidencia para avaliação de risco ambiental associado com o enriquecimento de CO2 nos oceanos. Atualmente esta em busca de ampliar seus conhecimentos e habilidades profissionais e contribuir com estudos relacionados com o a gestão da contaminação nos ecossistemas aquáticos, mudanças climáticas e gestão costeira.

Informações coletadas do Lattes em 02/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em MACOMA, Marine and Coastal Management

2014 - 2018

Universidad de Cadiz
Título: Design and optimization of a weight-of-evidence approach to risk characterization in sediments affected by CO2 acidification.
Orientador: em Universidad de Cádiz ( Inmaculada Riba)
com Augusto Cesar. Coorientador: Inmaculada Riba. Bolsista do(a): Erasmus Mundus, FUERCA, Espanha.

Mestrado em Ecologia

2011 - 2013

Universidade Santa Cecilia
Título: Avaliação e validação de anfípodes epibentonicos para aplicação em ensaios de toxicidade,Ano de Obtenção: 2013
Augusto Cesar.Coorientador: Denis Moledo de Souza Abessa. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Graduação em Biologia Marinha

2006 - 2009

Universidade Santa Cecilia
Título: : Avaliação comparativa de distintas metodologias aplicadas em testes de toxicidade com ouriço ? do- mar empregando fase sólida (interface sedimento-água).
Orientador: Augusto Cesar

Ensino Médio (2º grau)

2003 - 2005

Colégio Soares de Oliveira

Ensino Fundamental (1º grau)

1994 - 2002

paulina nunes de morais

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2010 - 2010

Licenciamento Ambiental.. (Carga horária: 45h). , Centro Universitário Senac, SENAC/SP, Brasil.

2010 - 2010

Ecotoxicologia e Monitoramento Ambiental. (Carga horária: 15h). , Departamento de Ecotoxicologia Unisanta, ECOTOX, Brasil.

2010 - 2010

Comunicação química entre organismos marinhos.. (Carga horária: 9h). , Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.

2010 - 2010

A zona costeira brasileira, Plano Nacional de. (Carga horária: 9h). , Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.

2010 - 2010

Inglês Técnico em Biologia Marinha. (Carga horária: 24h). , Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.

2009 - 2009

Biomarcadores. (Carga horária: 20h). , Departamento de Ecotoxicologia Unisanta, ECOTOX, Brasil.

2008 - 2008

Participação no I Encontro de Aquicultura da Costa. (Carga horária: 5h). , Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.

2008 - 2008

Cultivos de Mexilhões, Ostras e Vieiras. (Carga horária: 4h). , Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.

2007 - 2007

Saída à campo para Ilha do Cardoso. (Carga horária: 25h). , Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.

2007 - 2007

Ecologia de Costão Rochoso. (Carga horária: 8h). , Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.

2006 - 2006

Identificação de tubarões e raias no Brasil. (Carga horária: 8h). , Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.

2006 - 2006

Ecologia de Recifes de Corais. (Carga horária: 8h). , Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.

2006 - 2006

Mergulho Científico. (Carga horária: 8h). , Universidade Santa Cecília, UNISANTA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecotoxicologia aquática.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Acidificação dos Oceanos.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Mudanças Climáticas.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Gestão Costeira.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Desenvolvimento Sustentável.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XII ECOTOX. Sensibilidade do anfipode marinho Hyale nigra à substâncias tóxicas de referência. 2012. (Congresso).

XV Simpósio de Biologia Marinha.Mini curso de Ecotoxicologia aquática. 2012. (Simpósio).

ECOTOX. Comparação de distintas metodologias empregadas em testes de toxicidade com ouriço-do-mar empregando tratamento interface sedimento-água. 2010. (Congresso).

XIII Simpósio de Biologia Marinha. 2010. (Simpósio).

COBRIC. Avaliação comparativa de distintas metodologias aplicadas em testes de toxicidade com ouriço-do-mar empregando fase sólida (interface sedimento-água). 2009. (Congresso).

I Congresso Brasileiro de Iniciação Científica. 2009. (Congresso).

IX Congresso Nacional de Iniciação Científica. 2009. (Congresso).

I Encontro de Aqüicultura da Costa da Mata Atlântica. 2007. (Simpósio).

X Simpósio de Biologia Marinha. 2007. (Simpósio).

IX Simpósio de Biologia Marinha. 2006. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Rodrigo Brasil Choueri

CESAR, A.CHOUERI, R. B.; MELO, S. L. R.; ABESSA, DENIS M.S.. Avaliação e validação de anfípodes epibentônicos para aplicação em ensaios de toxicidade. 2013. Dissertação (Mestrado em Sustentabilidade de Ecossistemas Costeiros e Marinhos) - Universidade Santa Cecília.

Rodrigo Brasil Choueri

CHOUERI, R. B.. Avaliação e validação de anfípodes epibentônicos para aplicação em ensaios de toxicidade. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Sustentabilidade de Ecossistemas Costeiros e Marinhos) - Universidade Santa Cecília.

Denis Moledo de Souza Abessa

CESAR, A.; Choueri, R. B.;MELO, S. L. R.ABESSA, D. M. S.. Avaliação e Validação de Anfípodes Epibentônicos para Aplicação em Ensaios de Toxicidade. 2013. Dissertação (Mestrado em Sustentabilidade de Ecossistemas Costeiros e Marin) - Universidade Santa Cecília dos Bandeirantes.

Denis Moledo de Souza Abessa

MELO, S. L. R.Cesar, AugustoABESSA, D. M. S.Choueri, Rodrigo Brasil. Avaliação e validação de anfípodes epibentônicos para aplicação em ensaios de toxicidade. 2013. Dissertação (Mestrado em Sustentabilidade de Ecossistemas Costeiros e Marin) - Universidade Santa Cecília dos Bandeirantes.

Denis Moledo de Souza Abessa

CESAR, A.CHOUERI, R. B.ABESSA, D. M. S.. Avaliação e validação de anfípodes epibentônicos para aplicação em ensaios de toxicidade. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Sustentabilidade de Ecossistemas Costeiros e Marinhos) - Universidade Santa Cecília.

Augusto César

Cesar, A.Abessa, D.M.S.Choueri, R.B.; Mello, S.. Avaliação e validação de anfípodes epibentônicos para aplicação em ensaios de toxicidade.. 2013. Dissertação (Mestrado em Sustentabilidade em Ecossistemas Costeiros e Marin) - Universidade Santa Cecília.

Augusto César

Cesar, A.Choueri R.B.Abessa, D. M. S.. Avaliação e validação de anfípodes epibentônicos para aplicação em ensaios de toxicidade.. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Sustentabilidade em Ecossistemas Costeiros e Marin) - Universidade Santa Cecília.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Sunuram Ray

Assessing the bioaccumulation of metals related to CO2 enrichment using the mussels Mytilus galloprincialis; 2017; Dissertação (Mestrado em Water and Coastal Managment - Erasmus Mundus) - Universidad de Cádiz, Water and Coastal Management; Orientador: Marina Cunha Passarelli;

Bruna A

L; Romero; ; Avaliação da sensibilidade de anfípodes epibentônicos para aplicação em ensaios de toxicidade; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia Marinha) - Universidade Santa Cecília; Orientador: Marina Cunha Passarelli;

Matheus Salgado

Estudo preliminar da viabilidade de cultivo e aplicação de anfípodes epibentônicos marinhos em ensaios de toxicidade; ; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia Marinha) - Universidade Santa Cecília; Orientador: Marina Cunha Passarelli;

Pedro Henrique Cavazin David

Avaliação da sensibilidade de anfípodes epibentônicos empregando sedimento-marcado ?spiked?; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia Marinha) - Universidade Santa Cecília, Universidade Santa Cecília; Orientador: Marina Cunha Passarelli;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Aldo Ramos Santos

Avaliação comparativa de distintas metodologias aplicadas em testes de toxicidade com ouriço-do-mar empregando fase sólida; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Santa Cecília; Orientador: Aldo Ramos Santos;

Denis Moledo de Souza Abessa

Avaliação e Validação de Anfípodes Epibentônicos para Aplicação em Ensaios de Toxicidade; 2013; Dissertação (Mestrado em Sustentabilidade de Ecossistemas Costeiros e Marin) - Universidade Santa Cecília dos Bandeirantes, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Coorientador: Denis Moledo de Souza Abessa;

Augusto César

Avaliação, descrição e validação de novas espécies de anfípodes para aplicação em ensaios de toxicidade; 2013; Dissertação (Mestrado em Sustentabilidade em Ecossistemas Costeiros e Marin) - Universidade Santa Cecília, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Augusto Cesar;

Augusto César

Design and optimization of a weight-of-evidence approach to risk characterization in sediments affected by CO2 acidification; 2014; Tese (Doutorado em Programa de Gestión de Águas y Costas) - Universidad de Cádiz, Erasmus Mundus; Orientador: Augusto Cesar;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PASSARELLI, M.C. ; RAY, S. ; CESAR, A. ; DELVALLS, T.A. ; RIBA, I. . Effects of CO 2 enrichment on metal bioavailability and bioaccumulation using Mytilus galloprovincialis. MARINE POLLUTION BULLETIN , v. 133, p. 124-136, 2018.

  • PASSARELLI, M.C. ; RIBA, I. ; CESAR, A. ; DELVALLS, T.A. . What is the best endpoint for assessing environmental risk associated with acidification caused by CO 2 enrichment using mussels?. MARINE POLLUTION BULLETIN , v. 128, p. 379-389, 2018.

  • PASSARELLI, M.C. ; RIBA, I. ; CESAR, A. ; NEWTON, A. ; DELVALLS, T.A. . Using a mesocosm approach to evaluate marine benthic assemblage alteration associated with CO 2 enrichment in coastal environments. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY , v. 157, p. 29-39, 2018.

  • PASSARELLI, M.C. ; RIBA, I. ; CESAR, A. ; SERRANO-BERNANDO, F. ; DELVALLS, T.A. . Assessing the influence of ocean acidification to marine amphipods: A comparative study. SCIENCE OF THE TOTAL ENVIRONMENT , v. 595, p. 759-768, 2017.

  • PASSARELLI, M.C. ; CESAR, A. ; RIBA, I. ; DELVALLS, T.A. . Comparative evaluation of sea-urchin larval stage sensitivity to ocean acidification. CHEMOSPHERE , v. 184, p. 224-234, 2017.

  • PASSARELLI, M. C. ; RODRIGUES, R.B ; CESAR. A . Avaliação comparativa de distintas metodologias aplicadas em testes de toxicidade com ouriço ? do ? mar empregando fase sólida (interface sedimento ?água).. Revista Ceciliana (Santos) , v. 1, p. 166-169, 2009.

  • PASSARELLI, M. C. ; ABESSA, D.M.S . Avaliação Ecotoxicologica da água na área de influência do emissário submarino de esgotos de Fortaleza. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ECOTOXICOLOGIA- XI ECOTOX, 2010, Bombinhas. CONGRESSO BRASILEIRO DE ECOTOXICOLOGIA- XI ECOTOX, 2010.

  • PASSARELLI, M. C. ; RODRIGUES, R.B ; CESAR. A . Comparação de distintas metodologias empregadas em testes de toxicidade com ouriço-do-mar empregando tratamento interface sedimento-água. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ECOTOXICOLOGIA- XI ECOTOX, 2010, Bombinhas. CONGRESSO BRASILEIRO DE ECOTOXICOLOGIA- XI ECOTOX, 2010.

  • PASSARELLI, M. C. ; RODRIGUES, R.B ; CESAR. A . . Avaliação comparativa de distintas metodologias aplicadas em testes de toxicidade com ouriço-do-mar empregando fase sólida (interface sedimento-água). In: I CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTIFÍCA, 2009, Santos. I CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTIFÍCA, 2009.

  • PASSARELLI, M. C. ; CESAR, A. ; ABESSA, D. M. S. ; BRASIL, R. C. ; CORTEZ, F. S. ; PEREIRA, C. D. S. . Sensibilidade do anfípode epibentônico Hyale nigra à substâncias tóxicas de referência. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PASSARELLI, M. C. ; RODRIGUES, R.B ; CESAR. A . Comparação de distintas metodologias empregadas em testes de toxicidade com ouriço-do-mar empregando tratamento interface sedimento-água. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PASSARELLI, M. C. ; ABESSA, D.M.S . . Avaliação Ecotoxicologica da água na área de influência do emissário submarino de esgotos de Fortaleza. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PASSARELLI, M. C. ; RODRIGUES, R.B ; CESAR. A . Avaliação comparativa de distintas metodologias aplicadas em testes de toxicidade com ouriço-do-mar empregando fase sólida (interface sedimento-água. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PASSARELLI, M. C. . Ecotoxicologia Aquática. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PASSARELLI, M. C. . Ecotoxicología Aquática. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - 2018

    Design and Optimization of a Weight-Of?Evidence Approach to Risk Characterization in Sediments Affected by CO2 Acidification, Descrição: The increases of carbon dioxide (CO2) in the marine environment may occur by different natural and anthropogenic sources. Studies have been performed in the last years in order to assess the potential adverse effects on marine organisms associated with the acidification related to this enrichment of CO2. However, none of these studies have designed under an integrative point of view using multiples lines of evidence. An integrated approach based on the use of multiple lines of evidence (LOEs) was designed and executed in this Thesis as an effective way to evaluate the environmental risk related to CO2 enrichment in coastal environments. Different LOEs were integrated under a weight-of-evidence (WOE) approach to characterize the risks associated with this acidification. For this purpose, chemical analysis, toxicity tests, ecological integrity of macrobenthic community and bioaccumulation analysis were used as LOEs that were performed using sediments from two coastal areas located in Spain and Brazil. The sediment samples used for each LOEs were exposed to a range of pH levels to mimic different scenarios of acidification by enrichment of CO2. The obtained results were linked so for each LOE assessed using three different models of WOE: a) tabular matrix based on statistical significance (p < 0.05) compared to the reference case, b) significance by pie charts showing three levels of statistical differences (p < 0.05 significantly different and positive effect; 0. 1 ≥ p > 0.05 significantly different but moderate effect; and p > 0.1 not significantly different) between the treatments and sampling stations, and c) multivariate analysis by means of factor analysis using principal component as extraction method. The results using WOE indicated that the adverse effects start to be detected when the pH reaches values of pH 7.0 that considerably enhancing at pH 6.5 using the stations from Spain and at pH 6.0 using the stations from Brazil. Dissolved metals such as As, Fe, Cu, Ni and Zn showed increase their concentrations and contribute to toxic effects to marine organisms in acidified conditions using the sediment stations from Spain whereas the metals As, Zn and Ni in seawater, and Cr, As and Cu in elutriate have demonstrated increase their mobility related to the increase in the concentrations of protons (H+) and cause toxic effects to the organisms exposed to the sediments from Brazil. Furthermore, the findings of the study suggested that the sediment contamination is a very important factor in an environmental risk assessment related to enrichment of CO2 since the metals can increase their bioavailability at lower pH values. The results of the ecological integrity studies by means of the macrobenthic communities showed to be strongly correlated with the contamination of the sediment tested. The WOE has shown a powerful tool able to identify and distinguish the difference between the causes of the adverse effects. It allows to identify if the effects are related to the acidification and/or associated with the chemical contamination measured ?per se‟. The present study is the first attempt in the world that compares these scenarios of enrichment of CO2 to relate the cause and effects under an integrated approach using different sediment contamination conditions. Therefore, this Thesis provide useful information of the risks related to CO2 enrichment and can contribute not only with the environmental impacts researches but also in supporting the international organs in their discussion and decisions making to protect the marine ecosystems.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marina Cunha Passarelli - Coordenador / Augusto Cesar - Integrante / DELVALLS, T.A. - Integrante / RIBA, I. - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Estudo ecotoxicológico de micropoluentes utilizados em sistemas anti-incrustrantes, Descrição: Tintas utilizando biocidas como princípio ativo têm sido amplamente utilizadas no mundo visando proteger estruturas submersas e embarcações. No entanto, tais substâncias acabam sendo liberadas no ambiente, a partir das superfícies que receberam pintura, e podem causar efeitos tóxicos e riscos sobre a biota não alvo presente em ambientes com maior movimentação de embarcações. O presente projeto visa realizar uma avaliação ecotoxicológica de três princípios ativos usados em tintas anti-incrustantes, a saber: clorotalonil, diclorofluanida e TBT, considerando organismos de diversas regiões do litoral brasileiro e laboratórios integrantes da Rede Nacional de Estudos de Anti-incrustantes (RNEA) - UNESP, FURG, UFPA, UNIFESP e UFPE. Serão realizados ensaios de toxicidade crônica e aguda com microalgas, invertebrados e peixes, nos diferentes laboratórios, visando estabelecer um baseline para espécies nativas do Brasil. Também serão realizados experimentos com peixes e bivalves, para medidas de efeitos bioquímicos e genotóxicos. Experimentos serão realizados com presença de matéria orgânica, visando avaliar o efeito protectivo provocado pela matéria orgânica dissolvida na água do mar. Serão também realizados experimentos avaliando comportamento de peixes expostos aos contaminantes, visando correlacionar alterações comportamentais com efeitos bioquímicos. Pretende-se, desta forma, estabelecer informações novas sobre os potenciais riscos ecológicos dos princípios ativos avaliados, considerando as espécies características das diferentes regiões costeiras do Brasil, fornecendo bases para o desenvolvimento de tintas ambientalmente mais amigáveis. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marina Cunha Passarelli - Integrante / Augusto Cesar - Integrante / Denis Moledo de Souza Abessa - Coordenador / Camilo Dias Seabra Pereira - Integrante / Rodrigo Choueri Brasil - Integrante.

  • 2012 - 2015

    Avaliação ecotoxicológica escalonada do impacto de poluentes emergentes associado ao emissário submarino de Santos - ECOMAR, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Augusto Cesar em 06/12/2018., Descrição: O Instituto do Mar (IMar) do Campus Baixada Santista encontra-se em fase de implantação com vistas ao desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão nas diversas áreas relacionadas as Ciências do Mar. Atualmente, exige-se que a importante questão da sustentabilidade ambiental seja integrada tanto no planejamento, quanto na execução das atividades humanas. O crescimento populacional nas zonas costeiras tem gerado impactos ambientais de diferentes naturezas, entre eles destaca-se pela ubiquidade a disposição inadequada de efluentes industriais e domésticos em águas costeiras. Os efluentes domésticos transportam uma variedade de contaminantes que conhecidamente provocam impactos ambientais importantes. Recentemente, os produtos de cuidados pessoais e farmacêuticos passaram a ser identificados e classificados como poluentes emergentes com grande potencial de risco aos ecossistemas aquáticos. Diretivas ambientais Europeias e Norte Americanas regulamentam o processo de aprovação, comercialização e descarte destas substâncias, mas ainda existe uma grande lacuna ao que se refere à avaliação de seus efeitos sobre organismos aquáticos. Neste contexto emerge a necessidade de desenvolver e validar ensaios de toxicidade agudos e crônicos que proporcionem informações efetivas sobre os possíveis efeitos adversos destes compostos no meio ambiente. Está demonstrado que alterações biológicas-ecológicas sensíveis a exposição e efeito de xenobióticos proporcionam relevante informação sobre biodisponibilidade e toxicidade, constituindo importante ferramenta para avaliação ambiental. A presente proposta tem o objetivo de avaliar o risco ambiental de poluentes emergentes ´´fármacos´´ presentes no efluente e sedimento da área de descarte do Emissário Submarino de Santos - ESS. Pretende-se aplicar uma metodologia escalonada que contemple todas as etapas relacionadas à análise de risco, desde a identificação e quantificação destes compostos em matrizes ambientais e biológicas. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marina Cunha Passarelli - Integrante / Augusto Cesar - Coordenador / FERNANDO SANZI CORTEZ - Integrante / Camilo Dias Seabra Pereira - Integrante / Rodrigo Choueri Brasil - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Diagnóstico de resíduos sólidos, efluentes líquidos e fauna sinantrópica nociva nos portos de Santos e São Sebastião, Descrição: Constitui uma das principais etapas do Programa Nacional de Implantação de Conformidade do Gerenciamento de Resíduos Sólidos e Efluentes Líquidos nos Portos Marítimos Brasileiros e tem o objetivo de: a) desenvolver estudos ambientais, tecnológicos e socioeconômicos relacionados com a atividade portuária; b) estruturar e consolidar uma rede nacional de pesquisa; c) elaborar diagnóstico/inventário dos resíduos sólidos, efluentes líquidos e fauna sinantrópica nociva; d) execução do Programa de Conformidade do Gerenciamento de Resíduos Sólidos e Efluentes Líquidos em vinte e dois portos marítimos brasileiros.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marina Cunha Passarelli - Integrante / Augusto Cesar - Integrante / Fernando Sanzi Cortez - Integrante / Camilo Dias Seabra Pereira - Integrante / Rodrigo Choueri Brasil - Coordenador.

  • 2012 - Atual

    Desenvolvimento de protocolos para a avaliação de risco ambiental de produtos farmacêuticos introduzidos em ecossistemas marinhos - AMBMAR, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Augusto Cesar em 06/12/2018., Descrição: O Instituto do Mar (IMar) do Campus Baixada Santista encontra-se em fase de implantação com vistas ao desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão nesta área. Atualmente, exige-se que a importante questão da sustentabilidade ambiental seja integrada tanto no planejamento, quanto na execução das atividades humanas relacionadas ao mar. O crescimento populacional nas zonas costeiras tem gerado impactos ambientais de diferentes naturezas, entre eles destaca-se pela ubiquidade a disposição inadequada de efluentes industriais e domésticos em águas costeiras. Os efluentes domésticos transportam uma variedade de contaminantes que conhecidamente provocam impactos ambientais importantes. Recentemente, os Produtos de Cuidados Pessoais e Farmacêuticos passaram a ser identificados e classificados como poluentes emergentes com grande potencial de risco aos ecossistemas aquáticos. Diretivas ambientais Europeias e Norte Americanas regulamentam o processo de aprovação, comercialização e descarte destas substâncias, mas ainda existe uma grande lacuna ao que se refere à avaliação de seus efeitos sobre organismos aquáticos. Neste contexto emerge a necessidade de desenvolver e validar ensaios de toxicidade agudos e crônicos que proporcionem informações efetivas sobre os possíveis efeitos adversos destes compostos no meio ambiente. Está demonstrado que alterações de atividades enzimáticas como citocromo P450 e sistema antioxidante, danos em DNA e tecidos (histopatologia), constituem biomarcadores sensíveis de exposição e efeito de xenobióticos, os quais proporcionam relevante informação sobre biodisponibilidade e toxicidade. A presente proposta tem o objetivo de avaliar o risco ambiental de produtos farmacêuticos em ecossistemas aquáticos. Pretende-se aplicar uma metodologia escalonada que contemple todas as etapas relacionadas à análise de risco, desde a identificação e quantificação destes compostos nas diversas matrizes ambientais e biológicas, até a avaliação ecotoxicologica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marina Cunha Passarelli - Integrante / Augusto Cesar - Coordenador / Fernando Sanzi Cortez - Integrante / Camilo Dias Seabra Pereira - Integrante / Rodrigo Choueri Brasil - Integrante.

  • 2011 - 2013

    Avaliação e Validação de Anfípodes Epibentônicos para Aplicação em Ensaios de Toxicidade, Descrição: A avaliação da qualidade dos sedimentos é de grande importância para a gestão ambiental, pois, além deste compartimento servir como substrato para diversos organismos, também tem a capacidade de acumular xenobióticos em níveis superiores aos encontrados na coluna d?água. Anfípodes constituem um dos grupos taxonômicos mais sensíveis e por isso são considerados excelentes organismos-teste para avaliar a toxicidade de sedimentos. Contudo, entre as espécies de anfípodes marinhos padronizadas e utilizadas no Brasil, somente Tiburonella viscana e Grandidierella bonnieroides são nativas de ecossistemas brasileiros. Neste sentido, o presente estudo avaliou a viabilidade de aplicação dos anfípodes epibentônico Hyale nigra e Hyale youngi com o objetivo de validar essas espécies como organismos-teste em ensaios de toxicidade. Primeiramente, foram avaliados os limites de tolerância das espécies (H. nigra e H. youngi) aos fatores abióticos naturais (salinidade, temperatura, pH e granulometria), a fim de determinar as condições ótimas de sobrevivência e assim, facilitar a interpretação de suas respostas biológicas. Para avaliar a sensibilidade destes organismos foram realizados experimentos com substâncias tóxicas de referência: cloreto de cádmio (CdCl2,), dodecil sulfato de sódio (C12H25NaO4S), cloreto de amônia (NH4Cl), dicromato de potássio (K2Cr2O7) e sulfato de zinco (ZnSO4). Para validar a aplicação dos organismos-teste, foram realizados ensaios com amostras ambientais provenientes de quatro pontos de amostragem localizados no estuário e baia de Santos, cuja contaminação e toxicidade são historicamente citados na literatura. Os resultados dos ensaios prévios realizados com os diferentes parâmetros ambientais demonstraram valores ótimos de sobrevivência para H. nigra e H. youngi correspondentes aos encontrados em regiões tropicais, variando entre salinidades 30 ? 40, 20°C - 25°C de temperatura e 7,5 - 8,5, de pH. Com os resultados obtidos, observou-se que a espécie H. nigra apresenta para as diferentes substâncias de referência testadas uma sensibilidade ligeiramente superior quando comparada com a H. youngi, exceto para o cloreto de cádmio. Ambas as espécies estudadas apresentaram tolerância às diversas substâncias testadas correspondentes aos encontrados na literatura para outras espécies de anfípodes marinho. Os resultados obtidos para H. nigra nos ensaios com sedimento integral e elutriato demonstrou diferença significativa do controle (P4) no P2 e P3, sendo similar aos resultados encontrados na literatura para essa área de estudo. A partir deste estudo foi possível avaliar que os anfípodes H. nigra e H. youngi demonstraram potencial para serem empregados como organismos-teste em ensaios de toxicidade, uma vez que se observou boa sensibilidade e resultados similares às reportados na literatura com outras espécies de anfípodes já utilizadas em estudos ecotoxicológicos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marina Cunha Passarelli - Integrante / Denis Moledo De Souza Abessa - Integrante / Augusto Cesar - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2009 - 2009

    Avaliação comparativa de distintas metodologias aplicadas em testes de toxicidade com ouriço-do-mar empregando fase sólida (interface sedimento-água), Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Augusto Cesar em 17/03/2019., Descrição: Os testes de toxicidade constituem uma importante ferramenta para controle e monitoramento ambiental, proporcionando evidências diretas das conseqüências da contaminação. A avaliação da qualidade de sedimentos é de extrema importância, devido a sua capacidade de acumular xenobióticos em níveis superiores aos encontrados na coluna d´água. Testes de toxicidade empregando interface sedimento-água com ouriços-do-mar (Lytechinus variegatus) são realizados através de distintas metodologias utilizados para medir a toxicidade de misturas complexas de contaminantes tanto em fase líquida, como na fase sólida do sedimento. O presente trabalho teve como objetivo comparar e avaliar as metodologias desenvolvidas por Prósperi e Cesar, visando verificar possíveis diferenças nos resultados em função das adaptações realizadas. Para a realização dos ensaios foram utilizadas amostras ambientais, coletadas em três pontos do Estuário e Baía de Santos, SP. Com os resultados obtidos, foi possível demonstrar que não foram encontradas diferenças significativas entre os métodos analisados, entretanto, destacam-se algumas diferenças entre os métodos avaliados, principalmente quanto à ocupação do espaço físico, quantidade de sedimento empregado e materiais utilizados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marina Cunha Passarelli - Integrante / Rafael - Integrante / Augusto Cesar - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

Doutorado Internacional em Gestão Costeira, Universidad de Cádiz. Programa Erasmus Mundus.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional