Lilian Pereira Cruz

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Vale do Paraíba (2005) e mestrado em Ensino de Ciências e Práticas Culturais pela Universidade Estadual de Campinas (2010). Atualmente é docente e tutora eletrônica da Universidade de Taubaté pela Empresa de Pesquisa, Tecnologia e Serviços.

Informações coletadas do Lattes em 05/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Educação

2008 - 2010

Universidade Estadual de Campinas
Título: Influências do ?Projeto De Ensino Flora Fanerogâmica Do Estado De São Paulo?, na Formação Dos Professores Participantes Do Projeto.,Ano de Obtenção: 2010
Prof. Dr. Jorge Megid Neto.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: formaçao de professores; Projeto Flora Fanerogâmica; ensino de botanica.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Formaçao de professores. Setores de atividade: Educação.

Graduação em andamento em Pedagogia

2017 - Atual

Universidade de Taubaté

Graduação em Ciências Biologicas

2002 - 2005

Universidade do Vale do Paraíba
Título: Análise sobre o estudo das plantas medicinais em escolas da rede particular de São José dos Campos - SP
Orientador: Profa. Dra.Walderez Moreira Joaquim
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Moodle 2. (Carga horária: 20h). , Universidade de Taubaté, UNITAU, Brasil.

2017 - 2017

Teoria e Prática da Docência Online. (Carga horária: 60h). , Livre Docência Tecnologia Educacional, TPDO, Brasil.

2016 - 2016

Planejamento e ferramentas das salas virtuais: tutorial das salas virtua. (Carga horária: 4h). , Universidade de Taubaté, UNITAU, Brasil.

2016 - 2016

Curso in company: Produção de conteúdo para EAD.. (Carga horária: 8h). , Universidade de Taubaté, UNITAU, Brasil.

2016 - 2016

Planejamento e ferramentas das salas virtuais: apresentação e acessos a. (Carga horária: 4h). , Universidade de Taubaté, UNITAU, Brasil.

2016 - 2016

2. Oficina para elaboração de questões avaliativas da EAD UNITAU. (Carga horária: 4h). , Universidade de Taubaté, UNITAU, Brasil.

2016 - 2016

Oficina sobre a Educação Superior s Distância no NEAD - EAD UNITAU. (Carga horária: 4h). , Universidade de Taubaté, UNITAU, Brasil.

2016 - 2016

Workshop: Interdisciplinaridade e Temas Transversais na Educação a Distanci. (Carga horária: 4h). , Universidade de Taubaté, UNITAU, Brasil.

2016 - 2016

A educação superior a distancia no NEAD. (Carga horária: 4h). , Universidade de Taubaté, UNITAU, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Ensino de ciencias/Especialidade: Ensino de botanica.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Ensino de ciencias.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Formaçao de professores.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Educação Ambiental.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

VASQUES, M. C. P. ; CRUZ, L. P. . I Workshop Desafios das Práticas Pedagógicas Inclusivas. 2018. (Outro).

Carolina ; AMARAL, I. A. ; CAVALCANTI, L. B ; DIAS, F. M. G ; FERNANDES, R. C. A. ; GOUVEIA, M. S. F ; PEREIRA, F. A. ; SANTOS, E. D ; CRUZ, L. P. . VI Encontro de Formação Continuada de Professores de Ciências. 2009. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Oficina sobre ferramentas-wiki. 2017. (Oficina).

Interdisciplinaridade e Temas Transversais na Educação a Distância. 2016. (Outra).

Oficina para elaboração de questões avaliativas da EAD UNITAU. 2016. (Oficina).

24 Workshop de Educação Cristã. 2015. (Outra).

II Seminario de Plantas Medicinais - Faculdade Cantareira.Abordagem Historica do uso de Plantas Medicinais. 2011. (Seminário).

II Simposio de Ciências da Saude.Abordagem Historica do uso de Plantas Medicinais. 2011. (Simpósio).

XXXI Encontro Regional de Botânicos.Projeto de Ensino "Flora Fanerogâmica do Estado de São Paulo": Mudanças e permanências na formação de um grupo de professores.. 2011. (Encontro).

5º Congresso Pan-Americano de Incentivo ao Consumo de Frutas e Hortaliças para a Promoçao da Saude. TEATRO INFANTIL PARA ESTIMULAR O CONSUMO DE HORTALIÇAS. 2009. (Congresso).

Congresso de Leitura do Brasil. BREVE LEVANTAMENTO SOBRE PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NO ÂMBITO DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS. 2009. (Congresso).

IX Jornada Paulista de Plantas Medicinais.PROPAGAÇÃO ASSEXUADA DE CHACRONA (Psychotria viridis RUIZ & PAVON) VIA ESTAQUIA FOLIAR. 2009. (Outra).

PBL Internacional Conference Problem - Based Learning and Active Learning Methodologies. O estudo de plantas medicinais no Ensino Fundamental: Uma possibilidade para o ensino de Botânica. 2009. (Congresso).

VII Enpec - Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências Ciência, cultura e cidadania. "O ESTUDO DE PLANTAS MEDICINAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA POSSIBILIDADE PARA ENSINAR BOTÂNICA". 2009. (Congresso).

Cultivo orgânico de plantas medicinais condimentares e aromática? realizado no Parque da Água Branca ? São Paulo/SP,. 2008. (Outra).

- Desafios do Magistério: ?Formação de Professores?. 2008. (Seminário).

Desafios do Magistério: ?Interdisciplinaridade e Currículo Escolar?. 2008. (Seminário).

13º Congresso Nacional de Botânica. Aspectos demográficos e estruturais de populações de Syngonanhtus crysanthus (Bong.) Ruhl e Eriocaulon modestum (Kunth) (Eriocaulaceae) em baixadas alagáveis nas dunas da Praia da Joaquina, Florianópolis, SC.. 2006. (Congresso).

57º Congresso Nacional de Botânica. Aspectos demográficos e estruturais de populações de Syngonanthus crysanthus (Bong.) Ruhl e Eriocaulon modestum Kunth (Eriocaulaceae) em baixadas alagáveis nas dunas da Praia da Joaquina, Florianópolis, SC.. 2006. (Congresso).

57º Congresso Nacional de Botânica. Comparando quintais rurais e urbanos na Ilha de Santa Catarina: a urbanização influencia a composição de espécies alimentícias?. 2006. (Congresso).

Encontro Nacional de Gerenciamento Costeiro.Caracterização populacional de Syngonanthus chrysanthus (Bong.) Ruhl (Eriocaulaceae)no Parque Municipal das Dunas da Lagoa da Conceição, Florianópolis, SC.. 2006. (Encontro).

VI Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia,.Quintais no Sul da Ilha de Santa Catarina: conservação da agrobiodiversidade num contexto rural-urbano. 2006. (Seminário).

II Seminário e Etnobiologia e Etnoecologia do Sudeste.? Levantamento etnobotânico nos bairros Vila Tatetuba e Urbanova situados em São José dos Campos. 2005. (Seminário).

II Seminário e Etnobiologia e Etnoecologia do Sudeste.? Levantamento etnobotânico no Bairro Vila Industrial em São José dos Campos/SP. 2005. (Seminário).

II Seminário e Etnobiologia e Etnoecologia do Sudeste.Levantamento etnobotânico de plantas medicinais no bairro Vila Ema da cidade de São José dos Campos/SP. 2005. (Seminário).

Monitoria.Cultivo Orgânico de Plantas Medicinais, Condimentares e Aromáticas. 2005. (Outra).

15º Encontro de Biólogos ? Crbio ? 1. 2004. (Congresso).

I Seminário de Plantas Medicinais e Fitoterapia para Agricultura Familiar no Vale do Paraíba. 2004. (Seminário).

VI Workshop de Plantas Medicinais. 2004. (Outra).

XV Congresso da Sociedade Botânica de São Paulo. 2004. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Viviane Santos Pereira

CRUZ, L. P.; VASQUES, M. C. P.. Ecologia na escola: um registro de infestação por erva de passarinho em exemplares arbóreos e arbustivos no parque Alberto Loefgren, Horto Florestal-SP. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Taubaté.

Aluno: Débora da Silva Ribeiro

CRUZ, L. P.; F, H,Gustavo. A robótica como aliada no processo de ensino aprendizagem da matemática para alunos do ensino médio. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Matemática) - Universidade de Taubaté.

Aluno: Luiz Otávio de Oliveira Junior

FURLAN, M. R.; FILHO, A.C;CRUZ, L. P.. Efeito de extratos naturais na propagação sexuada da pimenta-malagueta. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade de Taubaté.

Aluno: Ricardo Silva

FURLAN, M. R.; FILHO, A.C;CRUZ, L. P.. EFEITO DO TAMANHO DAS SEMENTES E DE EXTRATOS NATURAIS NA PROPAGAÇÃO SEXUADA DA CAPUCHINHA (TROPAEOLUM MAJUS L.). 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade de Taubaté.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Luiza Sumiko Kinoshita

KINOSHITA, L. S.. Banca de Defesa de Mestrado - Lilian Pereira Cruz, 18/08/2010. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas.

Jorge Megid Neto

MEGID NETO, J.; KINOSHITA, L. S.; GONÇALVES, Pedro Wagner. Influências do projeto de ensino Flora Fanerogâmica do Estado de São Paulo na formação dos professores participantes. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas.

Marcos Roberto Furlan

JOAQUIM, W. M.;FURLAN, M. R.. O aprendizado de plantas medicinais em cinco escolas da rede particular de São José dos Campos. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade do Vale do Paraíba.

PEDRO WAGNER GONCALVES

Neto, Jorge Megid; Kinoshita Luiza Sumiko;GONCALVES, P. W.; Jacobucci, Daniela Franco Carvalho. Influências do Projeto de Ensino Flora Fanerogâmica do Estado de São Paulo na formação dos professores participantes da cidade de Campinas. 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

karen Cristine Santos Galvão

ESTADO DA ARTE SOBRE O ENSINO DE MICROBIOLOGIA NA EDUCAÇÃO BÁSICA BRASILEIRA; Início: 2018; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Taubaté; (Orientador);

Ana Cristina Tavolaro

Análise das práticas pedagógicas sobre "Educação Sexual" no Ensino Médio; ; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Taubaté; Orientador: Lilian Pereira Cruz;

Priscila Vitório Ribeiro Ferreira

Uma proposta pedagógica para Ensino Fundamental ll sobre o Ensino da Água; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade de Taubaté; Orientador: Lilian Pereira Cruz;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Jorge Megid Neto

orientação de mestrado; 2010; Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas,; Orientador: Jorge Megid Neto;

Lin Chau Ming

Plantas medicinais comercializadas em feiras livres, mercados municipais e ambulantes em municípios do vale do Paraíba, SP; 2005; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Lin Chau Ming;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SALGADO, M. P. G. ; FURLAN, M. R. ; AOYAMA, E. M ; RODRIGUES, E. ; CRUZ, L. P. . Propagação assexuada de chacrona (Psychotria viridis Ruiz & Pavon) via estaquia foliar.. Revista em Agronegócios e Meio Ambiente , v. 5, p. 383-396, 2012.

  • CRUZ, L. P. ; JOAQUIM, W. M. ; FURLAN, M. R. . O estudo de plantas medicinais no ensino fundamental: uma possibilidade para o ensino da Botânica. Thesis (São Paulo. Online) , v. 15, p. 78-92, 2011.

  • CRUZ, L. P. . "Influências do Projeto Flora Fanerogâmica na formação docente.". 1. ed. Letônia: NEA- Novas Edições Acadêmicas, 2018. v. 1. 152p .

  • VASQUES, M. C. P. ; CRUZ, L. P. . Biologia na Caixa: proposta de objeto de aprendizagem para o curso de Licenciatura em Ciências Biológicas.. In: Maria Cristina Prado Vasques Cunha, Lilian Pereira Cruz, Thaís Sabatino Monteiro Fernandes de Castro. (Org.). Biologia na Caixa: proposta de objeto de aprendizagem para o curso de Licenciatura em Ciências Biológicas.. 1ªed.: POISSON, 2018, v. 5, p. 38-44.

  • FURLAN, M. R. ; CRUZ, L. P. . Alecrim. Jornal INOFF, 17 jun. 2010.

  • CRUZ, L. P. ; JOAQUIM, W. M. ; FURLAN, M. R. . O estudo de plantas medicinais no ensino fundamental: uma possibilidade para o ensino de botânica. In: VII Enpec - Encontro Nacional de Pesquisadores em Educação em Ciências, 2009, Folrianópolis, SC. VII Anais do VII Enpec - Encontro Nacional de Pesquisadores em Educação em Ciências, 2009, Florianopolis/SC. VII Anais do VII Enpec - Encontro Nacional de Pesquisadores em Educação em Ciências, 2009., 2009.

  • CRUZ, L. P. . BREVE LEVANTAMENTO SOBRE PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NO ÂMBITO DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS. In: Congresso de Leitura do Brasil, 2009, Campinas. BREVE LEVANTAMENTO SOBRE PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NO ÂMBITO DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS, 2009.

  • LUCIA ; CASTELLANI, T. T ; GODINHO, P. S ; CRUZ, L. P. ; REIS, M. ; GUIMARAES, T. B . Caracterização populacional de Syngonanthus chrysanthus (Bong.) Ruhl (Eriocaulaceae)no Parque Municipal das Dunas da Lagoa da Conceição, Florianópolis, SC.. In: Encontro Nacional de Gerenciamento Costeiro, 2006, Florianópolis, SC. ENCOGERCO, 2006, 2006.

  • CRUZ, L. P. ; SALONI, C. M. ; PASCHOAL, L. ; JOAQUIM, W. M. . Levantamento etnobotânico de plantas medicinais no bairro Vila Ema da cidade de São José dos Campos/SP. In: III Seminario de Etnobilogia e Etnoecologia do Sudeste., 2005, Botucatu. Levantamento etnobotanico no bairro Vila Industrial em Sçao Jose dos Campos, São Paulo, 2005. v. 00. p. 32-32.

  • CRUZ, L. P. ; JOAQUIM, W. M. ; PASCHOAL, L. ; SALONI, C. M. . Levantamento Etnobotanico no bairro Vila Industrial em São Jose dos Campos, São Paulo. In: III Seminario de Etnobilogia e Etnoecologia do Sudeste, 2005, Botucatu. Levantamento Etnobotanico no bairro Vila Industrial em São Jose dos Campos, São Paulo, 2005. v. 00. p. 32-32.

  • CRUZ, L. P. ; JOAQUIM, W. M. ; PASCHOAL, L. ; SALONI, C. M. . Levantamento Etnobotanico nos bairros Vila Tatetuba e Urbanova situados em São Jose dos Campos-SP. In: III Seminario de Etnobiologia e Etnoecologia do Sudeste, 2005, Botucatu. Levantamento Etnobotanico nos bairros Vila Tatetuba e Urbanova situados em São Jose dos Campos-SP, 2005. v. 00. p. 33-33.

  • PERONI, N. ; BEGOSSI,A. ; ZUCHIWSCHI,E ; CRUZ, L. P. ; HANAZAKI, N. . Comparando quintais rurais e urbanos na Ilha de Santa Catarina: a urbanização influencia a composição de espécies alimentícias?.. In: 57 Congresso Nacional de Botânica, 2006, Gramado - RS. 57 Congresso Nacional de Botânica, 2006.

  • PERONI, N. ; BEGOSSI,A. ; ZUCHIWSCHI,E ; CRUZ, L. P. ; HANAZAKI, N. . Quintais no Sul da Ilha de Santa Catarina: conservação da agrobiodiversidade num contexto rural-urbano. In: VI Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia, 2006, Porto Alegre. Resumos do VI Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia., 2006.

  • LUCIA ; CASTELLANI, T. T ; LOPES, B. C. ; GODINHO, P. S ; SILVA, F. R. ; CRUZ, L. P. . Aspectos demográficos e estruturais de populações de Syngonanthus crysanthus (Bong.) Ruhl e Eriocaulon modestum Kunth (Eriocaulaceae) em baixadas alagáveis nas dunas da Praia da Joaquina, Florianópolis, SC. In: 57 Congresso Nacional de Botânica, 2006, Gramado - RS. 57 Congresso Nacional de Botânica,, 2006.

  • LUCIA ; CASTELLANI, T. T ; LOPES, B. C. ; GODINHO, P. S ; SILVA, F. R. ; CRUZ, L. P. . Aspectos demográficos e estruturais de populações de Syngonanhtus crysanthus (Bong.) Ruhl e Eriocaulon modestum (Kunth) (Eriocaulaceae) em baixadas alagáveis nas dunas da Praia da Joaquina, Florianópolis, SC.. In: 13º Congresso Nacional de Botânica, 2006, 2006, Gramado-RS. . Aspectos demográficos e estruturais de populações de Syngonanhtus crysanthus (Bong.) Ruhl e Eriocaulon modestum (Kunth) (Eriocaulaceae) em baixadas alagáveis nas dunas da Praia da Joaquina, Florianópolis, SC, 2006.

  • CRUZ, L. P. ; BELIZARIO, A. F. B. ; FURLAN, M. R. . ANÁLISE DOS ARTIGOS PUBLICADOS EM PERIÓDICOS SOBRE O USO DA HORTA COMO RECURSO PEDAGÓGICO.. Ciência & Ensino (Online) , 2015.

  • CRUZ, L. P. ; Neto, M.J . Projeto de Ensino "Flora Fanerogâmica do Estado de São Paulo": Mudanças e permanências na formação de um grupo de professores.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CRUZ, L. P. . BREVE LEVANTAMENTO SOBRE PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NO ÂMBITO DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • CRUZ, L. P. ; JOAQUIM, W. M. ; FURLAN, M. R. . "O ESTUDO DE PLANTAS MEDICINAIS NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA POSSIBILIDADE PARA ENSINAR BOTÂNICA". 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CRUZ, L. P. . Organização dos Seres vivos. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático).

CRUZ, L. P. . Os parasitos e o homem. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Material Didático).

CRUZ, L. P. . Microbiologia. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Desenvolvimento de material didático instrucional).

CRUZ, L. P. . Organização Biológica. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Desenvolvimento de material didático instrucional).

CRUZ, L. P. ; VASQUES, M. C. P. . Morfologia Vegetal. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - MaterialDidático).

CRUZ, L. P. . Anatomia vegetal. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Desenvolvimento de material didático instrucional).

CRUZ, L. P. . Abordagem Histórica sobre o uso de plantas medicinais. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CRUZ, L. P. . Historico do uso das plantas medicinais e suas implicações nos estudos farmacêuticos. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CRUZ, L. P. . Abordagem Historica do uso de Plantas Medicinais. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CRUZ, L. P. ; FURLAN, M. R. . TEATRO INFANTIL PARA ESTIMULAR O CONSUMO DE HORTALIÇAS. 2009 (Peça de teatro infantil) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2003 - 2005

    Diagnóstico da cadeia produtiva de plantas medicinais no estado de SP, financiado pela FAPESP (processo n. 2002/11488-0), Descrição: O Vale do Paraíba possui um total de 12.739 propriedades rurais, sendo que 67,7% são pequenas propriedades caracterizadas pela agricultura familiar, com expressiva utilização de mão-de-obra familiar, envolvendo diretamente 15.829 familiares na produção. A região apresenta um ritmo acelerado de crescimento devido a expansão do setor industrial, acentuando as transformações socioeconômicas no meio rural, como expropriação de pequenos agricultores e extensa migração de famílias para as periferias urbanas regionais. Na busca de alternativas, as plantas medicinais, condimentares e aromáticas constituem-se fonte de renda, para atender a crescente demanda de indústrias farmacêuticas e de alimentos. Não há, porém, um conhecimento sedimentado da real situação sobre uso, produção, extrativismo e comercialização dessas plantas na região. É objetivo da pesquisa efetuar diagnóstico deste segmento para contribuir com o setor público de assistência técnica e extensão rural no estado, subsidiando tomada de decisões e formulação de políticas públicas que venham beneficiar o desenvolvimento da agricultura familiar. A metodologia envolve levantamento de informações acerca da região e processos produtivos do meio rural, tanto em fontes secundárias e bibliografia pertinente, como por meio de produção de dados primários; pesquisa de campo com aplicação de questionários a produtores rurais, mobilização de técnicas de pesquisa participativa para identificação de demandas e visitas aos principais setores da cadeia produtiva em referência. O projeto compõe-se de 3 fases: a) composição da equipe; planejamento do trabalho; levantamento e organização das informações em banco de dados informatizado; elaboração/pré-teste de questionários; b) pesquisa de campo propriamente dita e discussão dos resultados obtidos com diferentes setores envolvidos para seleção de propostas mais adequadas e c) delineamento e implantação das propostas de políticas públicas pela estrutura organizacional da CATI present. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Lilian Pereira Cruz - Integrante / Lin Chau Ming - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - Atual

    Empresa de Pesquisa, Tecnologia e Serviços

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docente de apoio, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2014 - 2015

    Colégio Inspire

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora de Ciências, Carga horária: 20

  • 2015 - 2015

    Escola Técnica em Estética e Saúde- CCB

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora de Biologia, Carga horária: 30

  • 2015 - 2015

    Escola Estadual "Ruth Coutinho"

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de Ciências, Carga horária: 40

  • 2013 - 2014

    Colegio Rezende Rezende

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de Ciências, Carga horária: 30

  • 2011 - 2012

    Universidade Federal do Espírito Santo

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor temporario, Carga horária: 40

    Atividades

    • 07/2011 - 12/2011

      Ensino, Ciencias Biologicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Topicos II: Educação Ambiental

    • 04/2011 - 06/2011

      Ensino, Ciencias Biologicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Celular

    • 04/2011 - 06/2011

      Ensino, Farmacia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Celular

    • 04/2011 - 06/2011

      Ensino, Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Celular

  • 2010 - 2010

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Auxiliar didatico, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 8

    Outras informações:
    Auxilei durante o referido periodo na disciplina BT-080: Botânica para primeiro e segundo graus (noturno) juntamente com os professores: Eliana Regina Forni Martins e Jorge Yoshio Tamashiro.

  • 2008 - 2010

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Bolsista CNPQ/CAPES, Enquadramento Funcional: Mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2003 - 2005

    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

    Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Bolsista IC, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2005 - 2007

    Universidade Federal de Santa Catarina

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador, Carga horária: 20

  • 2008 - 2008

    Associaçao Brasileira de Ajuda ao Proximo

    Vínculo: Voluntaria, Enquadramento Funcional: Voluntaria, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Na referida instituiçao, atuei como professora voluntaria de frances - nivel basico

  • 2007 - 2007

    Colégio Instituto do Saber? Florianópolis/SC

    Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora de Ciencias/ Supletivo, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Professora de Ciências do Supletivo 5ª a 8ª série

  • 2007 - 2007

    Escola Marco Inicial

    Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 40

  • 2002 - 2004

    EMEF. Profa. Palmyra Sant'Anna

    Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Auxiliar de classe e administrativo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2018 - Atual

    Colégio Educare

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenadora Pedagógica, Carga horária: 44