Bruno Gonçalves Alvaro

Professor Associado I de História Medieval no Departamento de História e no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Sergipe. Pós-doutor em História pela Universidade Federal de Mato Grosso, tendo estudado as relações políticas inseridas na guerra e no senhorio entre os períodos de governo episcopal de Urbano II (1088-1099) e Calisto II (1119-1124). Graduado em História pelas Faculdades Integradas Simonsen (2005). Mestre (2008) e doutor em História Comparada (2013) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi Coordenador do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Sergipe (Gestão 2016-2018). É líder do Grupo de Pesquisa Dominium: Estudos sobre Sociedades Senhoriais (CNPq-UFS) e vice-líder do Grupo de Pesquisa Insignia: Estudos Históricos sobre Poder, Sagrado e Violência (CNPq-UFMT). Tem experiência na área de História, com ênfase em História Medieval, desenvolvendo pesquisa nos seguintes temas: Sociedades Senhoriais - História dos Concílios Medievais Ibéricos e Romanos - Relações entre Igreja e Cavalaria - Guerra na Idade Média - Península Ibérica na Idade Média Central - Estudos Historiográficos dedicados a História Medieval.

Informações coletadas do Lattes em 20/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em História Comparada

2009 - 2013

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: As Veredas da Negociação: Uma Análise Comparativa das Relações entre os Senhorios Episcopais de Santiago de Compostela e de Sigüenza com a Monarquia Castelhano-Leonesa na Primeira Metade do Século XII
Andréia Cristina Lopes Frazão da Silva. Palavras-chave: Sigüenza; Igreja e Monarquia; Século XII; Santiago de Compostela; Senhorios episcopais; HIstória Comparada. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Antiga e Medieval.

Mestrado em História Comparada

2007 - 2008

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: A construção das masculinidades em Castela no século XIII: um estudo comparativo do Poema de Mio Cid e da Vida de Santo Domingo de Silos,Ano de Obtenção: 2008
Andréia Cristina Lopes Frazão da Silva.Palavras-chave: Idade Média; Península Ibérica; Poema de Mio Cid; Vida de Santo Domingo de Silos; Estudos de Gênero; Masculinidades. Grande área: Ciências Humanas

Graduação em História

2000 - 2005

FACULDADES INTEGRADAS SIMONSEN
Título: O cotidiano cavaleiresco entre os séculos XII e XIII: a morte e a salvação na concepção da militia.
Orientador: Marcus Silva da Cruz

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2014 - 2015

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT, Brasil. , Grande área: Ciências Humanas, Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Medieval.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2010 - 2010

Extensão universitária em Troisième Atelier d'études médievales ibériques. (Carga horária: 25h). , École des Hautes Études Hispaniques et Ibériques (Casa de Velázquez), EHEHI, França.

2006 - 2006

Extensão universitária em Movimentos Religiosos: Heresias Medievais. (Carga horária: 12h). , Programa de Estudos Medievais da Universidade Federal do Rio de Janeiro, PEM-UFRJ, Brasil.

2006 - 2006

Extensão universitária em Arquitectura Cristana en Hispania (Siglos IV-X). (Carga horária: 10h). , Programa de Estudos Medievais da Universidade Federal do Rio de Janeiro, PEM-UFRJ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Italiano

Compreende Razoavelmente, Lê Razoavelmente.

Francês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Latim

, Lê Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Medieval.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

ALVARO, Bruno G. ; SÁ, A.F.A. ; ANTONIO, E. M. M. ; MALAQUIAS, Carlos de Oliveira . II Seminário Internacional Intercâmbios Historiográficos (Brasil-França). 2017. (Congresso).

ALVARO, Bruno G. ; ANTONIO, E. M. M. ; MONTEIRO, H. A. ; CARDOSO, C. C. . II Encontro de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Sergipe/II Seminário de pesquisa internacional e multidisciplinar. 2016. (Congresso).

ALVARO, Bruno G. ; DINUCCI, Aldo Lopes . I Seminário de Estudos Clássicos, Tardo Antigos e Medievais (ARCHAI - VIVARIUM/NORDESTE). 2016. (Outro).

SÁ, A.F.A. ; ALVARO, Bruno G. ; REIS, C. D. S. ; MONTEIRO, H. A. ; PRATA, Rafael Costa. . Seminário Internacional: Intercâmbios Historiográficos (Argentina - Brasil - México). 2015. (Congresso).

PARMEGIANI, R. F. ; ALVARO, Bruno G. ; LIMA, M. P. . VI Encontro Nacional de História da UFAL/ I Encontro Vivarium Núcleo Nordeste. 2014. (Congresso).

SÁ, A.F.A. ; ALVARO, Bruno G. ; MONTENEGRO, A. T. ; MIRANDA, C. A. C. ; VIANNA, Luciano José. ; PRATA, Rafael Costa. ; REIS, C. D. S. . I Encontro de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Sergipe. 2014. (Congresso).

SANTOS, Lourival Santana ; SANTOS, Claudefranklin Monteiro ; LIBERATO, Carlos Franco. ; ALVARO, Bruno G. . XI Semana de História: História e Historiografia. 2013. (Congresso).

LIMA, M. P. ; ALVARO, Bruno G. ; MUNIZ, M. R. C. ; CAVICCHIOLI, M. R. ; BOVO, C. R. ; CRUZ, M. S. ; RUST, L. D. ; PARMEGIANI, R. F. ; SILVA, M. A. O. ; AGGIO, J. O. . I Encontro Nacional Vivarium: Olhares sobre a Antiguidade e o Medievo. 2013. (Congresso).

SANTOS, Lourival Santana ; SOUSA, Antônio Lindvaldo ; SANTOS, Claudefranklin Monteiro ; ALVARO, Bruno G. . X Semana de História: 60 anos do Curso de História em Sergipe. 2011. (Outro).

SÁ, A.F.A. ; ALVARO, Bruno G. ; SANTOS, Claudefranklin Monteiro ; SANTOS, Lourival Santana ; PRATA, Rafael Costa. . XIII Encontro Sergipano de História: História, Pesquisa, Ensino e Novas Tecnologias. 2010. (Congresso).

SÁ, A.F.A. ; SILVA, Augusto ; ALVARO, Bruno G. ; CARDOSO, C. ; SANTOS, Claudefranklin Monteiro ; SILVA, M. . VII Encontro Nordestino de História Oral: Oralidades, Tempo Presente e Desafios. 2009. (Outro).

ALVARO, Bruno G. ; CARDOSO, C. ; MAYNARD, D. C. ; SÁ, A.F.A. ; SANTOS, Claudefranklin Monteiro ; SILVA, Augusto ; SILVA, M. . IX Semana de História: 80 Anos dos Annales. 2009. (Outro).

ALVARO, Bruno G. ; MORAES, A. S. ; FREIXO, A. L. ; VASCONCELOS, C. B. ; CARVALHO, Daniel P. Oliveira ; MACIEL, Felipe E. Lima ; SANTOS, Ivan Noberto ; CORDEIRO, J. V. ; FERREIRA, Kimon Speciale B. ; MONTANO, L. D. ; FALCI, P. G. ; ARAUJO, R. C. S. . Diálogos e Aproximações: Seminário de Pesquisa de Pós-Graduação em História da UFRJ. 2008. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Colóquio de Estudos Medievais e Curso de Atualização: Ensaios de História Medieval ? Temas que se renovam (PUC Goiás).Política e História: o franquismo, os usos do conceito de Reconquista e seus impactos na Historiografia Medieval Espanhola na primeira metade do século XX. 2019. (Outra).

III Seminário Internacional: Mundos Ibéricos: História, Poder e Cultura (UEG/UFG/PUC Goiás).Negociações diocesanas e conflitos senhoriais: a política episcopal na Península Ibérica do século XII. 2018. (Seminário).

IV Congresso Sergipano de Ciência ? Criando uma Rede sergipana pela Ciência, Tecnologia e Inovação. Coordenação do Grupo de Trabalhos da área de Ciências Humanas e Sociais. 2018. (Congresso).

IX Encontro Estadual de História (ANPUH-BA): História e Movimentos Sociais.Enfrentamentos e Negociações: Considerações sobre as revoltas sociais e a aristocracia senhorial na Idade Média. 2018. (Encontro).

III Encontro de História e Historiografia.A Historiografia Medieval em Debate. 2017. (Encontro).

IV Seminário de Estudos Medievais da Paraíba: Utopias Medievais.Senhorio, normativas canônicas e a guerra: As relações de negociação em Castela e Leão nos séculos XI e XII. 2017. (Seminário).

V Seminário de História Política da Universidade Federal da Bahia.Considerações sobre o conceito de poder senhorial-episcopal na Idade Média Central Ibérica. 2017. (Seminário).

IV Encontro de Ensino de História: História, Ensino de História e Religiosidades.Idade Média e Ensino de História: A religiosidade cristã medieval como estudo de caso (sécs. XI-XIII). 2015. (Encontro).

Lançamento do 5º número da Gnarus - Revista de História.O senhorio e a guerra: A política episcopal de Urbano II (1088-1099) a Calisto II (1119-1124). 2015. (Outra).

Seminário Internacional: Intercâmbios Historiográficos (Argentina - Brasil - México).Mesa Redonda III - História e Relações de Poder. 2015. (Seminário).

I Encontro de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Sergipe.Relações senhoriais e governo episcopal: Poder e instituição em debate. 2014. (Encontro).

III Encontro ABREM Centro-Oeste e I Seminário Internacional de História Medieval - História, Política e Poder.Entre a diocese e a batalha: os limites da militarização episcopal em Castela e Leão no século XII. 2014. (Encontro).

I Simpósio de Arqueologia e História do NUPEAH-UFAL.Os Cartulários em Perspectiva Histórica: Possibilidades para o Estudo da Sociedade Senhorial Ibérica nos Séculos XII e XIII. 2014. (Simpósio).

VI Encontro Nacional de História da UFAL/ I Encontro Vivarium Núcleo Nordeste.Diálogo de surdos ou voz que clama no deserto?: Um ensaio sobre o revisionismo historiográfico na medievalística brasileira do século XXI. 2014. (Encontro).

XI Simpósio de História Comparada.Debatedor de trabalhos de Pós-Graduação. 2014. (Simpósio).

I Ciclo de Palestras Vivarium - UFBA.O discurso e os atos: guerra, senhorio e episcopado em Castela e Leão (séculos XI e XII). 2013. (Outra).

I Congresso de Saúde Coletiva da AP4 da SMSRJ. Apontamentos sobre o corpo, a violência e a Cavalaria na Idade Média Central. 2013. (Congresso).

I Encontro Nacional do Vivarium: Olhares sobre a Antiguidade e o Medievo.Há paisagem após o horizonte?: Senhorio, feudalismo e historiografia em debate. 2013. (Encontro).

II Colóquio Internacional de Estudos Medievais - Práticas Discursivas e Literárias: as maneiras de se escrever história no mundo antigo e medieval.Os caminhos da consolidação senhorial-episcopal: as negociações entre a Igreja de Santiago de Compostela e a monarquia castelhana-leonesa no século XII. 2013. (Encontro).

II Congreso Internacional de Jóvenes Medievalistas Ciudad de Cáceres. Violência e Ideologia: Poderes Eclesiásticos e Guerra no Mediterrâneo do Século XI. 2013. (Congresso).

XI Semana de História da Universidade Federal de Sergipe.Síndrome de Funes ou um potencial ignorado?: Um balanço dos combates conceituais sobre o feudalismo na Península Ibérica. 2013. (Outra).

X Semana de Estudos Medievais da Universidade Federal do Rio de de Janeiro.Pelo franco debate: um olhar analítico sobre o Programa de Estudos Medievais como espaço formador de pesquisadores. 2013. (Encontro).

III Colóquio do GPCIR - Intercâmbio institucional: Saberes e fazeres historiográficos.Bispos e senhores: Reflexões sobre a simbiose entre os poderes senhorial e espiscopal na Península Ibérica Medieval. 2012. (Outra).

IX Semana de Estudos Medievais.Os eixos de poder no episcopado de Sigüenza no século XII: uma análise comparativa de suas estratégias e táticas. 2011. (Outra).

IX Semana de Estudos Medievais.Cristianismo e Política no Medievo. 2011. (Outra).

5º Encontro Estadual de História - Anpuh-BA: História e Memórias: lugares, fronteiras, fazeres e políticas.O espiscopado guerreiro de Sigüenza: reflexões acerca da abrangência das normativas dos Concílios Ibéricos da Idade Média Central. 2010. (Encontro).

III Atelier d'Études Médiévales Ibériques: Conflits armés et violence guerrière au Moyen Âge (péninsule Ibérique et Maghreb).Um estudo comparativo sobre a atuação guerreira do espiscopado de Sigüenza e as normativas canônicas ibéricas e romanas nos séculos XII e XIII. 2010. (Oficina).

III Encontro Regional da ABREM/ I Econtro da ABREM Centro Oeste.A reconquista de Sigüenza e o bispado de Bernardo de Agén (1121-1152): reflexões sobre a atuação guerreira dos bispos na Península Ibérica. 2010. (Encontro).

VI Simpósio Nacional Estado e Poder: Cultura.O espiscopado de Sigüenza no século XII e suas relações com a coroa de Castela: hipóteses sobre a atuação guerreira dos bispos seguntinos. 2010. (Simpósio).

XIII Encontro Sergipano de História.Educação à Distância em História. 2010. (Encontro).

Curso de Extensão - 80 Anos de Annales: História e Historiografia.Georges Duby. 2009. (Outra).

II Colóquio Nacional do GPCIR.A Primera Crónica General de España e os estudos das representações da santidade em Castela na Idade Média Central. 2009. (Outra).

II Encontro Internacional e III Nacional de História Antiga e Medieval do Maranhão: Simbologias, Influências e Continuidades: Cultura e Poder.Apontamentos sobre a Representação da Santidade nos Três Sínodos de Calahorra (Século XIII). 2009. (Encontro).

I Semana Medieval.(Des) Construindo a Idade Média: as diversas faces do Medievo e a pesquisa de História Medieval no Brasil. 2009. (Outra).

IX Semana de História.Os Annales e o Brasil. 2009. (Outra).

Seminário de Apresentação de Monografias de Conclusão de Curso do Departamento de História da Universidade Federal de Sergipe.Seminário de Apresentação de Monografias de Conclusão de Curso. 2009. (Seminário).

VII Encontro Nordestino de História Oral.Tradição Oral e História. 2009. (Encontro).

VIII Semana de Estudos Medievais.Os estatutos dos sínodos calagurritanos e as representações da santidade em Castela no século XIII: um problema e uma questão. 2009. (Outra).

VIII Simpósio de História Comparada.Apontamentos Sobre as Representações da Santidade em Castela no Século XIII. 2009. (Simpósio).

Diálogos e Aproximações: Seminário de Pesquisa de Pós-Graduação em História da UFRJ.Dozy e Menéndez Pidal: Duas Faces de El Cid. 2008. (Seminário).

II Encontro Regional da ABREM e I Encontro do Translatio Studii - Núcleo de Dimensões do Medievo. 2008. (Encontro).

II Semana de Integração Acadêmica do CFCH. A espada e a palavra a serviço de Deus: Uma análise comparativa dos personagens Jheronimo e Domingo de Silos através do Poema de Mio Cid e da Vida de Santo Domingo de Silos. 2008. (Congresso).

Mesa Redonda organizada por ocasião do lançamento do livro Hagiografia e História: reflexões sobre a Igreja e o fenômeno da santidade na Idade Média Central.Um olhar quase estrangeiro: impressões sobre o desenvolvimento de um projeto coletivo de pesquisa em História Medieval. 2008. (Outra).

Oficina de trabalho sobre técnicas para a análise do discurso com a Profª Drª Monica Rector (University of North Carolina).A construção das masculinidades em Castela no século XIII: Um estudo comparativo do Poema de Mio Cid e a Vida de Santo Domingo de Silos. 2008. (Oficina).

Semana de Reflexão Teológica: Reforma Radical - da Realidade do século XVI ao Debate Atual.Avaliador/ debatedor da comunicação do Prof. Edi Wilson de A. Muniz intitulada: A Reforma e as Reformas. 2008. (Outra).

VII Simpósio de História Comparada.As múltiplas masculinidades em Castela no século XIII: os casos de Cid, Don Jheronimo e os Infantes de Carrión. 2008. (Simpósio).

VI Semana de História da Universidade Estácio de Sá (Campus Queimados).O bispo Don Jheronimo, o clérigo mata mouros do Poema de Mio Cid. 2008. (Outra).

XIII Encontro Regional de História - Anpuh/RJ - Identidade.Masculinidades: uma análise dos personagens El Cid e bispo Jheronimo no Poema de Mio Cid. 2008. (Encontro).

XVIII Ciclo de Debates em História Antiga: Dialogando com Clio.Representações do Passado: Um estudo sobre a utilização de hagiografias como documentação histórica. 2008. (Outra).

III Encontro Nacional de Poesia e Pensamento/ Interdisciplinaridade Poética: corpo, mundo e terra.A Vida de Santo Domingo de Silos: Um poema-hagiográfico. 2007. (Encontro).

VII Semana de Estudos Medievais.A Afronta de Corpes: um estudo sobre a construção da masculinidade no Poema de Mio Cid. 2007. (Outra).

VI Simpósio de História Comparada.A Construção das Masculinidades em Castela no Século XIII: Um Estudo Comparativo da Vida de Santo Domingo de Silos e do Poema de Mio Cid. 2007. (Simpósio).

XXIV Simpósio Nacional de História - Anpuh.O monge e o rei: um estudo sobre a construção do religioso ideal na Vida de Santo Domingo de Silos. 2007. (Simpósio).

Arquitetura Cristiana en Hispania durante la Antigüedad Tardía y Alta Edad Media (siglos IV-X). 2006. (Outra).

As mulheres, a vingança e a construção dos relatos na Alta Idade Média. 2006. (Outra).

Colóquio Comemorativo do Centenário de Nascimento do Latinista Brasileiro Ernesto Faria.A análise acerca da presença de recursos retóricos na Vida de Santo Domingo de Silos: a formação intelectual/ educacional de Gonzalo de Berceo. 2006. (Outra).

Iconografia: Perspectivas Metodológicas. 2006. (Outra).

I Encontro Regional da Associação Brasileira de Estudos Medievais (ABREM).Santo Domingo de Silos e El Cid Campeador: um estudo comparativo sobre a construção do clérigo e cavaleiro ideais. 2006. (Encontro).

Movimentos Religiosos: Heresias Medievais.Movimentos Religiosos: Heresias Medievais. 2006. (Outra).

O projeto de pesquisa em História Medieval. 2006. (Outra).

Semana de Integração Acadêmica - Desafios às Ciências Humanas e Sociais (VII Jornada de Pesquisadores do CFCH/ II Jornada de Extensão/ II Semana de Integração de Cursos). A Vida de Santo Domingo de Silos e o Poema de Mio Cid: Um estudo comparado acerca das similitudes e diferenças na construção das personagens. 2006. (Congresso).

Um olhar analítico na literatura medieval. 2006. (Outra).

XII Encontro Regional de História - Anpuh-Rio.Por que El Cid não é santo?: subsídios para uma discussão sobre a santidade através da comparação das virtudes encontradas no Poema de Mio Cid e na Vida de Santo Domingo de Silos de Gonzalo de Berceo. 2006. (Encontro).

XVI Ciclo de Debates em História Antiga: Escritos e Imagens na Antigüidade.A Santidade Armada: violência militar e discurso legitimador na hagiografia medieval. 2006. (Encontro).

A Análise do Discurso aplicada aos textos medievais. 2005. (Outra).

Estudos Filológicos na Academia e no Brasil.Os estudos filológicos na Academia e no Brasil. 2005. (Outra).

HISTÓRIA NO REAL - Presença de Portugal no Rio de Janeiro.HISTÓRIA NO REAL - Presença de Portugal no Rio de Janeiro. 2005. (Outra).

Perspectivas metodológicas no estudo da Idade Média. 2005. (Oficina).

VI Semana de Estudos Medievais. A Legenda de São Jorge e a Santidade Cavaleiresca: algumas reflexões. 2005. (Congresso).

V Semana de Estudos Medievais. Georges Duby e O Domingo de Bouvines: Acontecimento e Estruturas na História. 2003. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Marcus de Aquino Resende

DINUCCI, Aldo Lopes; BECKER, E.;ALVARO, Bruno G.. Górgias de Leontinos: Filósofo, Retor, Político e sua retórica no Kosmos Social. 2018. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Mariane Nascimento dos Santos

SÁ, A.F.A.;ALVARO, Bruno G.; MELO, R. A.. Política dos tubarões e sociedade da carestia. A redemocratização do Brasil nos folhetos de cordéis de Apolônio Alves dos Santos (1974 - 1992). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Hericly Andrade Monteiro

ALVARO, Bruno G.; JULIEN, A.; RUST, Leandro Duarte. Entre conflitos e alianças: Uma análise da política episcopal de Diego Gelmírez através da História Compostelana (Séc. XII). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Pollyana Iris Lima de Sousa

RUST, Leandro Duarte; REIS, Anderson Roberti dos;ALVARO, Bruno G.. O Passado Presente em Tela: Uma leitura da fundamentação do conhecimento histórico nas experiências da atual sociedade em rede. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Rafael Costa Prata

ALVARO, Bruno G.; RUST, Leandro Duarte; JULIEN, A.. In Armorum Artibus Spectabiles Satis Sunt: Relações Político-Militares e Poder Monárquico na Trajetória Visigoda durante a Antiguidade Tardia (322-711). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Guilherme marinho Nunes

SILVA, Leira Rodrigues; SILVA, Paulo Duarte;ALVARO, Bruno G.. O bispo e o patrimônio eclesiástico no reino visigodo: análise comparada entre as atas conciliares toledanas e provinciais (séculos VI-VII). 2015. Dissertação (Mestrado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Carolina Akie Ochiai Seixas Lima

RUST, L. D.;ALVARO, Bruno G.; PARMEGIANI, R. F.; VIERIA, Thaís Leão; ANZAI, Leny Caselli. Commentarium in Apocalipsin do Beato de Liébana (1047): A História de um Códice e a Fortuna Política do surgimento de um Manuscrito. 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Airles Almeida dos Santos

ALVARO, Bruno G.; MALAQUIAS, Carlos de Oliveira; COELHO, M. F. C.. Entre o visível e o invisível: a morte enquanto estratégia de legitimação do poder régio da Primeira Dinastia Portuguesa (1325-1383). 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Livia Maria Albuquerque Couto

ALVARO, Bruno G.; MALAQUIAS, Carlos de Oliveira; SILVA, Adréia Cristina Lopes Frazão da Silva. "Dios, qué buen vassalo, si oviesse buen señor": As relações de negociação e poder monárquico em Castela no século XIII à luz do Poema de Mio Cid. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Bruna Oliveira Mota

ALVARO, Bruno G.; MALAQUIAS, Carlos de Oliveira; RUST, Leandro Duarte. Legitimidade, Autoridade e Poder: Um estudo das relações de negociações senhoriais no reinado de Alfonso X (1252-1284). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Cleidson do Nascimento Santos

JULIEN, A.; MAZA, Fábio;ALVARO, Bruno G.. Memórias de uma cilada: Frei Fernando de Brito e a morte de Carlos Marighella. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Mariane Nascimento dos Santos

SÁ, A.F.A.;ALVARO, Bruno G.; MELO, R. A.. Os Tubarões e a Carestia nos cordéis de Apolônio Alves dos Santos (1974-1992) - O processo de redemocratização do Brasil. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Rafael Costa Prata

ALVARO, Bruno G.; JULIEN, A.; RUST, L. D.. "Quen leva o baio, non leixa a sela!": Relações sócio-militares e poder monárquico em Castela-Leão durante a Idade Média Ibérica (sécs. IV-XIII). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Hericly Andrade Monteiro

ALVARO, Bruno G.; JULIEN, A.; RUST, L. D.. A atuação militar eclesiástica na Península Ibérica no Século XII: O caso de Diego Gelmírez. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Miriam Carla Batista de Aragão de Melo

SÁ, A.F.A.; GALVÃO, J.R.;ALVARO, Bruno G.. Cordel de Saia: Autoria feminina no Cordel Contemporâneo. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Federal de Sergipe.

Aluno: Pollyana Iris Lima de Sousa

RUST, Leandro Duarte; REIS, Anderson Roberti dos;ALVARO, Bruno G.; RODRIGUES, João Paulo. História em tela: uma leitura da temporalidade a partir da teoria expandida do cinema. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Antônio Marcos dos Santos Trindade

SÁ, A.F.A.;ALVARO, Bruno G.; GALVÃO, J.R.. O Lamento das Severinas: relações de gênero em romances tradicionais de O Folclore em Sergipe, de Jackson da Silva Lima. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Letras) - Universidade Federal de Sergipe.

SILVA, Sheyla Farias; LIMA, Aruã Silva de;ALVARO, Bruno G.. Banca Examinadora em Concurso Público de Provas e Títulos para provimento de professor de Ensino Superior na área de História das Humanidades (História Antiga e Medieval/ História da África). 2013. Universidade Federal de Alagoas.

SILVA, M.; MAYNARD, D. C.;ALVARO, Bruno G.. Seleção para Professor Substituto na Matéria de Ensino História da Educação. 2009. Universidade Federal de Sergipe.

SÁ, A.F.A.;ALVARO, Bruno G.; SILVA, Augusto. Processo Seletivo para Bolsista do Programa Nacional de Pós-doutorado (PNPD-CAPES) do PROHIS-UFS. 2014. Universidade Federal de Sergipe.

MAYNARD, D. C.;ALVARO, Bruno G.. Avaliador do Processo Seletivo 2012-2 do Programa de Educação Tutorial - PET/História. 2013. Universidade Federal de Sergipe.

CARDOSO, C.; LIBERATO, Carlos Franco.;ALVARO, Bruno G.. Examinador na Seleção do PIBID (Programa Institucional de Iniciação à Docência. 2011. Universidade Federal de Sergipe.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Valéria Fernandes da Silva

SILVA, Valéria Fernandes da. A Construção das Masculinidades em Castela no Século XIII: Um Estudo Comparativo do Poema de Mio Cid e da Vida de Santo Domingo de Silos. 2008. Dissertação (Mestrado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

MARCUS SILVA DA CRUZ

CRUZ, M. S.. A construção das masculinidades em Castela no século XIII: um estudo comparativo do Poema de Mio Cid e a Vida de Santo Domingos de Silos. 2008. Dissertação (Mestrado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Leandro Duarte Rust

RUST, L. D.SILVA, Andréia Cristina Lopes Frazão da; SILVA, L. R.;LIMA, M. P.; BRAGANÇA JR., A.. As Veredas da Negociação: uma análise comparativa das relações entre os senhorios episcopais de Santiago de Compostela e de Sigüenza com a Monarquia Castelhano-Leonesa na primeira metade do século XII. 2013. Tese (Doutorado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Leandro Duarte Rust

SILVA, Andréia Cristina Lopes Frazão daRUST, L. D.; SILVA, L. R.. Bispo e Senhor: um exercício comparativo das relações de poder no episcopado de Bernardo de Sigüenza (1121-1151). 2012. Exame de qualificação (Doutorando em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Marcelo Pereira Lima

LIMA, Marcelo Pereira; COORD, Andréia Cristina Lopes F da Silva;RUST, Leandro Duarte; SILVA, Leila Rodrigues da. As veredas da negociação: uma análise comparativa das relações entre os senhorios episcopais de Santiago de Compostela e de Sigüenza com a Monarquia Castelhana-Leonesa na primeira metade do século XII. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Andreia Cristina Lopes Frazao da Silva

SILVA, A.C. L. F. daSILVA, Leila Rodrigues da; CRUZ, Marcus Silva da. A construção das masculinidades em Castela no século XIII: um estudo comparativo do Poema de Mio Cid e a Vida de Santo Domingos de Silos. 2008. Dissertação (Mestrado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Andreia Cristina Lopes Frazao da Silva

SILVA, A.C. L. F. daSILVA, Leila Rodrigues da; BRAGANÇA JÚNIOR, Álvaro Afredo;LIMA, Marcelo PereiraRUST, Leandro. As veredas da negociação: uma análise comparativa das relações entre os senhorios episcopais de Santiago de Compostela e de Singüenza com a Monarquia Castelhano-leonesa na primeira metade do século XII. 2013. Tese (Doutorado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Andreia Cristina Lopes Frazao da Silva

SILVA, A.C. L. F. da. Bispo e senhor: um exercício comparativo das relações de poder no episcopado de Bernardo de Singüenza (1121-1151). 2012. Exame de qualificação (Doutorando em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Leila Rodrigues da Silva

SILVA, Andréia C L Frazão da; CRUZ, Marcus Silva;SILVA, Leila Rodrigues da. A construção das masculinidades em Castela no século XIII: um estudo comparativo do Poema de Mio Cid e a Vida de Santo Domingos de Silos. 2008. Dissertação (Mestrado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Leila Rodrigues da Silva

SILVA, Andréia C L Frazão daSILVA, Leila Rodrigues da; BRAGANÇA, Álvaro Alfredo; LIMA, M. P.; RUST, L.. As Veredas da Negociação: Uma Análise Comparativa das Relações entre os Senhorios Episcopais de Santiago de Compostela e de Sigüenza com a Monarquia Castelhana-Leonesa na Primeira Metade do Século XII. 2013. Tese (Doutorado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Leila Rodrigues da Silva

SILVA, Andréia C L Frazão daSILVA, Leila Rodrigues da. A construção das masculinidades em Castela no século XII: um estudo comparativo do Poema de Mio Cid e a vida de Santo Domingo de Silos. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Álvaro Alfredo Bragança Junior

BRAGANÇA JÚNIOR, Á. A.; FRAZÃO, A. L.; Silva, Leila Rodrigues da; Rust, Leandro; Lima, Marcelo Pereira; Álvaro, Bruno Gonçalves. As veredas da negociação: uma análise comparativa das relações entre os senhorios episcopais de Santiago de Compostela e de Sigüenza com a monarquia castelhano-leonesa na primeira metade do século XII. 2013. Tese (Doutorado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Ives Leocelso Silva Costa

A Cavalaria na Baixa Idade Média: Uma Análise através do Livro da Cavalaria de Godofredo de Charny (Séc; XIV); Início: 2018; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe; (Orientador);

Cassiano Celestino de Jesus

Gênero, Masculinidade e Poder: Um Estudo sobre a Sodomia em Obras Jurídicas do Governo de Alfonso X (1252-1284); Início: 2018; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe; (Orientador);

José Wilton Santos Fraga

O senhorio de Crevillente: um estudo sobre as relações de poder entre islâmicos e cristãos no final do período almóada na Península Ibérica (1212-1269); Início: 2018; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe; (Orientador);

Vitor Nunes da Silva

Conflitos na aristocracia senhorial: Robin Hood ? A construção e a importância de um mito; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; (Orientador);

Luísa Vilas Boas dos Santos

Ninguém pode domar a rainha: Urraca I e os tensionamentos senhoriais nas crônicas medievais; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; (Orientador);

Thaís Monique Costa Moura

Além da rainha-mãe: Berenguela e as articulações de negociações políticas; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; (Orientador);

Aylla Maria Alves dos Santos

A construção do feminino em Bizâncio: O caso da imperatriz Teodora; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; (Orientador);

Anália Vanessa Machado da Conceição

Poder e Masculinidades na Alta Idade Média Bizantina; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Livia Maria Albuquerque Couto

"Dios qué buen vassalo, si oviesse buen señor!": As relações de negociação e poder monárquico em Castela no século XIII à luz do Poema de Mio Cid (1207); 2019; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe,; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Airles Almeida dos Santos

Entre o Visível e o Invisível: a Morte como Estratégia de Legitimação do Poder Régio da Primeira Dinastia Portuguesa (1325-1383); 2019; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe,; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Bruna Oliveira Mota

E por esta razon conuino que fuessen los Reyes, e lo tomassen los omes por Señores: Uma análise da Legitimidade, Autoridade e Poder no reinado de Alfonso X através das suas redes de negociações senhoriais (1252-1284); 2018; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Jonathas Ribeiro dos Santos Campos de Oliveira

A construção da masculinidade no mosteiro de Santa Cruz de Coimbra no século XII: um Estudo Comparado entre as Disposições capitulares de 1162 e a Vita Sancti Theotonii; 2017; Dissertação (Mestrado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Rafael Costa Prata

In Armorum Artibus Spectabiles Satis Sunt: Relações Político-Militares e Poder Monárquico na Trajetória Visigoda durante a Antiguidade Tardia (332-711); 2016; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe, Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Hericly Andrade Monteiro

Entre conflitos e alianças: Uma análise da política episcopal de Diego Gelmírez através da História Compostelana (Séc; XII); 2016; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Sergipe,; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Pedro Abelardo de Santana

2016; Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Sergipe, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Bruno Gonçalves Alvaro;

José Wilton Santos Fraga

Senhorio muçulmano: uma proposta de investigação a partir do caso de Crevillente (1243-1296); 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Maquerle dos Santos Barbosa

Os Cavaleiros do Zodíaco - O animê como material didático para o ensino de História; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Rafael Gomes dos Santos

Qual a face do mal? As concepções sobre o Diabo na Historiografia contemporânea; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Cassiano Celestino de Jesus

(Des)problematizando a Idade Média: reflexões sobre a perspectiva do Gênero na medievística brasileira (2000-2015); 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

José Bosco Figueiredo Filho

Os legados da Idade Média apresentados em Livros Didáticos de História do Ensino Médio; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

GUSTAVO DE OLIVEIRA ANDRADE

Armas y Musica: As Cantigas de Santa Maria como um instrumento de poder no reinado de Alfonso X (Século XIII); 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Livia Maria Albuquerque Couto

O feminino na historiografia de Georges Duby: entre a História das Mulheres e os Estudos de Gênero; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Leilane Araujo Silva

Santidade Armada: Uma análise sobre os traços guerreiros na hagiografia do século XIII; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Mayra Santos Santana

Hagiografias de Santas na Legenda Áurea: Estudo sobre modelos de comportamento feminino no Medievo (Séc; XIII); 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Bruna Oliveira Mota

Sexo, Punição e Poder Monárquico: Um estudo das práticas sexuais em Castela através da análise das Siete Partidas (Século XIII); 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Marcos Breno Andrade Leal

O ideal de cavaleiro no Livro da Ordem da Cavalaria (1279-1283); 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Andrey Augusto Ribeiro

Medievo como Contestação: J; R; R; Tolkien e a rejeição de sua época; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Airles Almeida dos Santos

Entre corpos e sepulturas: Uma análise da Historiografia sobre a Morte na Idade Média; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Ewerton Matheus Menezes Sousa Brito

O conceito de violência na obra De la excelencia de la nueva milícia (1132-1136); 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Silvia Maia de Oliveira

Os mouros, cristãos e judeus na hagiografia berceana: um estudo sobre as relações de poder na Península Ibérica medieval; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Rafael Costa Prata

A Guerra Medieval na Historiografia militar: das velhas concepções às novas abordagens; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Robson Veiga de Castro

O Rastro Historiográfico: um estudo crítico sobre as perspectivas acerca do início da Primeira Cruzada em Steven Runciman e Cristopher Tyerman; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Anália Vanessa Machado da Conceição

Poder e Masculinidade na Idade Média: Os eunucos em Bizâncio; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Victor Clay Barros de Jesus

Os Movimentos Sociais na Idade Média: A atuação de John Ball na Revolta Camponesa de 1381; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Luísa Vilas Boas dos Santos

Repressão masculina, resistência feminina: Urraca I e Berenguela e as relações de negociação senhoriais em Castela (sécs; XII e XIII); 2018; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

José Wilton Santos Fraga

Os Tratados de Alcarraz e Almizra (1243-1244): as relações de poder entre cristãos e muçulmanos nos territórios e fronteiras senhoriais ibéricas; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Victor Clay Barros de Jesus

A Sociedade Senhorial Ibérica: Um problema conceitual para o amplo quadro documental da Idade Média; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

José Wilton Santos Fraga

Levantamento Historiográfico e Análise Crítica sobre as possibilidades de relações senhoriais em solo africano através de seus contatos com a Península Ibérica (Séculos XI ao XIII); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Cassiano Celestino de Jesus

Análise da utilização da categoria gênero nas dissertações inventariadas (2000-2015); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Ewerton Matheus Menezes Sousa Brito

Análise e Crítica Documental-Historiográfica: A Sociedade Senhorial Ibérica em Debate; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

GUSTAVO DE OLIVEIRA ANDRADE

Guerra, Igreja e Senhorio na Idade Média Ibérica (Sécs; XI-XIII); 2015; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Bruna Oliveira Mota

Análise das práticas sexuais em Castela no Século XIII por meio das Siete Partidas de Alfonso X; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe, Coordenação de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Bruna Laísa Andrade Santana

Análise comparativa das Cenas de Culto Solar na Reforma Amarniana; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Cassiano Celestino de Jesus

Análise dos debates sobre senhorio e feudalismo na produção historiográfica européia: O caso Ibérico; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Manoel Antonio de Santana Neto

Análise dos debates sobre o senhorio e o feudalismo na produção historiográfica européia; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Ashley Francisco Trindade

O fenômeno da santidade em perspectiva comparativa: Uma análise de suas representações em textos castelhanos do século XIII; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Luísa Vilas Boas dos Santos

Monitoria de História Medieval I; 2019; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Thaís Monique Costa Moura

Monitoria de História Medieval II; 2019; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Victor Clay Barros de Jesus

Monitoria de História Medieval II; 2017; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

GUSTAVO DE OLIVEIRA ANDRADE

Monitoria de História Medieval I; 2016; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Gerferson Nunes

Monitoria de História Medieval I; 2015; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

GUSTAVO DE OLIVEIRA ANDRADE

Monitoria de História Medieval II; 2015; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Bruna Oliveira Mota

Monitoria de História Medieval I; 2014; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Marcos Breno Andrade Leal

Monitoria de História Medieval II; 2014; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe, Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Livia Maria Albuquerque Couto

Monitoria de História Medieval II; 2013; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe, Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Marcos Breno Andrade Leal

Monitoria de História Medieval I; 2013; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Rafael Costa Prata

Monitoria de História Medieval I; 2012; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal de Sergipe, Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Bruno Gonçalves Alvaro;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

MARCUS SILVA DA CRUZ

O cotidiano cavaleiresco entre os séculos XII e XIII: a morte e a salvação na concepção da militia; ; 2003; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Faculdades Integradas Simonsen; Orientador: Marcus Silva da Cruz;

Leandro Duarte Rust

2015; Universidade Federal de Mato Grosso,; Leandro Duarte Rust;

Andreia Cristina Lopes Frazao da Silva

As veredas da negociação: uma análise comparativa das relações entre os senhorios episcopais de Santiago de Compostela e de Singüenza com a Monarquia Castelhano-leonesa na primeira metade do século XII; 2013; Tese (Doutorado em Doutorado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Andreia Cristina Lopes Frazao da Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • JESUS, C. C. ; ALVARO, Bruno G. . (Des)problematizando a Idade Média: Reflexões Sobre a Perspectiva do Gênero na Medievística Brasileira (2000-2015). EXPEDIÇÕES: TEORIA DA HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA , v. 9, p. 17-35, 2018.

  • ALVARO, Bruno G. . Resenha de Cavalaria e nobreza: entre a história e a literatura. BRATHAIR (ONLINE) , v. 2, p. 131-135, 2018.

  • ALVARO, Bruno G. . Um estudo comparativo do poder senhorial-episcopal em Castela e Leão no século XII. REVISTA DE HISTÓRIA COMPARADA (UFRJ) , v. 11, p. 41-76, 2017.

  • ALVARO, Bruno G. . Las feridas primeras que las aya yo otorgadas: Don Jerónimo e o modelo de bispo guerreiro no Poema de Mio Cid. BRATHAIR (ONLINE) , v. 1, p. 89-103, 2017.

  • ALVARO, Bruno G. . Diálogo de surdos ou voz que clama no deserto? Um breve ensaio sobre o revisionismo historiográfico na medievística brasileira do século XXI. Veredas da História , v. 9, p. 7-20, 2016.

  • ALVARO, Bruno G. . Bernardo de Sigüenza: A reconquista como fundamento para a dominação através do poder senhorial-episcopal em Castela no Século XII. Diálogos (On-line) , v. 20, p. 116-128, 2016.

  • ALVARO, Bruno G. . Disputas de poder, memória e territorialidades senhoriais: os cartulários medievais em debate. PONTA DE LANÇA (UFS) , v. 10, p. 27-49, 2016.

  • ALVARO, Bruno G. ; MOTA, Bruna Oliveira . Da ?reforma papal? aos bispos guerreiros da Idade Média: entrevista com Leandro Duarte Rust. PONTA DE LANÇA (UFS) , v. 10, p. 109-118, 2016.

  • ALVARO, Bruno G. ; SILVA, Daniele Gallindo ; CAVALHEIRO, Gabriela da Costa . Novas paisagens teóricas e metodológicas nos Estudos Medievais Contemporâneos. Signum , v. 16, p. 1-3, 2015.

  • ALVARO, Bruno G. . Recensioni: Antônio Fernando de Araújo Sá, Capítulos de história da historiografia sergipana, Editora Ufs, São Cristóvão, Ighse, Aracaju, 2013, 144 p.. Visioni Latinoamericane , v. VI, p. 111-114, 2014.

  • ALVARO, Bruno G. . Um estudo sobre a atuação guerreira dos bispos-senhores nos séculos XI e XII: desmembramentos da pesquisa. Roda da Fortuna. Revista Eletrônica sobre Antiguidade e Medievo , v. 1-1, p. 10-31, 2014.

  • ALVARO, Bruno G. ; PRATA, Rafael Costa. . Guerras rendilhadas da erudição: um breve panorama dos combates e debates em torno do conceito de Reconquista. Signum , v. 15, p. 104-126, 2014.

  • SILVA, Paulo Duarte ; ALVARO, Bruno G. . Sucessão episcopal e conflitos religiosos nos filmes Agostino d'Ipona (1972) e Ágora (2009). Revista Crítica Histórica , v. IV, p. 17-34, 2013.

  • ALVARO, Bruno G. . Os Caminhos da Consolidação Senhorial-Episcopal compostelana no Século XII. Mosaico (Goiânia) , v. 6, p. 169-179, 2013.

  • ALVARO, Bruno G. ; PRATA, Rafael Costa. . As ideias não correspondem aos fatos: Luzes sobre a Idade Média. Gnarus: Revista de História , v. 1, p. 10-15, 2012.

  • ALVARO, Bruno G. . Apontamentos sobre a Internet e o fluxo do campo de ensino e pesquisa de História Medieval no Brasil. Cadernos do Tempo Presente , v. 04, p. 1-17, 2011.

  • ALVARO, Bruno G. . ¡Ya Campeador en buen ora çinxiestes la espada!: Um estudo acerca das masculinidades em Castela no século XIII através do Poema de Mio Cid. Territórios e Fronteiras (Online) , v. 3, p. 1, 2010.

  • ALVARO, Bruno G. ; SILVA, Andréia Cristina Lopes Frazão da . Poema de Mio Cid e a Vida de Santo Domingo de Silos: Um estudo comparativo a partir de dois textos do século XIII. Ponta de lança (UFS) , v. 3, p. 39-52, 2010.

  • ALVARO, Bruno G. . O Poema de Mio Cid e a Vida de Santo Domingo de Silos: reflexões sobre a santidade no decorrer de uma pesquisa. Veredas da História , v. 01, p. 02, 2008.

  • ALVARO, Bruno G. . A Vida de Santo Domingo de Silos: um poema-hagiográfico. REVISTA GARRAFA (PPGL/UFRJ) , v. 13, p. 01-10, 2007.

  • ALVARO, Bruno G. . A Concepção de Morte e Salvação dentro da Sociedade Cavaleiresca entre os Séculos XI e XII. Combates e Debates - Revista Digital do Curso de História, Rio de Janeiro, v. 01, n.Abril/03, p. 01-15, 2003.

  • SÁ, A.F.A. (Org.) ; ALVARO, Bruno G. (Org.) . Cultura, memória e poder: história e historiografia. 1. ed. Recife: UFPE, 2016. v. 1. 245p .

  • ALVARO, Bruno G. ; MOTA, Bruna Oliveira . Grandes Sertões do nordeste brasileiro: o horizonte dos estudos medievais nos programas de pós-graduação em história. In: AMARAL, Clinio; LISBÔA, João. (Org.). A historiografia medieval no Brasil: de 1990 a 2017. 1ed.Curitiba: Prismas, 2019, v. 1, p. 93-127.

  • ALVARO, Bruno G. . Além da Guerra entre Cristãos e Muçulmanos: A Reconquista e os Duelos Historiográficos. In: NASCIMENTO, Renata Cristina de Sousa; SILVA, Paulo Duarte da. (Org.). Ensaios de História Medieval: Temas que se renovam. 1ed.Curitiba: CRV, 2019, v. 1, p. 163-179.

  • ALVARO, Bruno G. . Poderes e Instituições: Os Estudos de Gênero nas Dissertações e Teses de História Medieval no Brasil entre 2000 e 2015. In: Marcelo Pereira Lima. (Org.). Estudos de gênero e história: transversalidade.. 1ed.Salvador: EdUFBA, 2018, v. 1, p. 55-65.

  • SÁ, A.F.A. ; ALVARO, Bruno G. . Cultura, Memória e Poder: Uma introdução. In: SÁ, Antônio Fernando de Araújo; ALVARO, Bruno Gonçalves. (Org.). Cultura, Memória e Poder: História e Historiografia. 1ed.Recife: UFPE, 2016, v. 1, p. 7-16.

  • ALVARO, Bruno G. . A espada, a lança e a cruz: reflexões acerca da presença da militia na Legenda Áurea através das vidas de São Jorge e São Mercúrio. In: Andréia Cristina Lopes Frazão da Silva. (Org.). Hagiografia e História: reflexões sobre a Igreja e o fenômeno da santidade na Idade Média Central. 1ed.Rio de Janeiro: HP Comunicações, 2008, v. , p. 61-80.

  • ALVARO, Bruno G. . Pelo franco debate: um olhar analítico sobre o Programa de Estudos Medievais como espaço formador de pesquisadores. In: X Semana de Estudos Medievais da Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2014, Rio de Janeiro. Atas da X Semana de Estudos Medievais. Rio de Janeiro: PEM-UFRJ, 2014. v. X. p. 19-26.

  • ALVARO, Bruno G. . Os eixos de poder no episcopado de Sigüenza no século XII: uma análise comparativa de suas estratégias e táticas. In: IX Semana de Estudos Medievais, 2012, Rio de Janeiro. Atas da IX Semana de Estudos Medievais. Rio de Janeiro: Programa de Estudos Medievais, 2011. p. 142-154.

  • ALVARO, Bruno G. . Os estatutos dos sínodos calagurritanos e as representações da santidade em Castela no século XIII: um problema e uma questão. In: VIII Semana de Estudos Medievais, 2010, Rio de Janeiro. In: SILVA, Andréia Cristina Lopes Frazão da. SILVA , Leila Rodrigues da. (Org.). Atas da VIII Semana de Estudos Medievais do Programa de Estudos Medievais da UFRJ - Edição Especial. Rio de Janeiro: Programa de Estudos Medievais, 2009. v. 1.

  • ALVARO, Bruno G. ; SILVA, Andréia Cristina Lopes Frazão da . A espada e a palavra a serviço de Deus: Uma análise comparativa dos personagens Jheronimo e Domingo de Silos através do Poema de Mio Cid e da Vida de Santo Domingo de Silos. In: II Semana de Integração Acadêmica do CFCH-UFRJ, 2009, Rio de Janeiro. Atas da II Semana de Integração Acadêmica (CD-ROM). Rio de Janeiro: CFCH, 2008. v. 01. p. 01-07.

  • ALVARO, Bruno G. . A Afronta de Corpes: um estudo sobre a construção da masculinidade no Poema de Mio Cid. In: VII Semana de Estudos Medievais, 2008, Rio de Janeiro. SILVA, Andréia Cristina Lopes Frazão da, SILVA, Leila Rodrigues. (Org.). Atas da VII Semana de Estudos Medievias do Programa de Estudos Medievais da UFRJ. Rio de Janeiro: Programa de Estudos Medievais, 2008. v. 1. p. 66-74.

  • ALVARO, Bruno G. . Masculinidades: uma análise dos personagens El Cid e bispo Jheronimo no Poema de Mio Cid. In: XIII Encontro Regional de História - Anpuh/RJ - Identidade, 2008, Seropédica. Anais Complementares. Rio de Janeiro: Anpuh-RJ, 2008.

  • ALVARO, Bruno G. . O monge e o rei: um estudo sobre a construção do religioso ideal na Vida de Santo Domingo de Silos. In: XXIV Simpósio Nacional de História - Anpuh, 2007, São Leopoldo/ RS. Anais - XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos (CD-ROM). Porto Alegre/ São Leopoldo: Associação Nacional de História - Seção Rio Grande do Sul/ Editora Oikos, 2007. v. 24.

  • ALVARO, Bruno G. . A Vida de Santo Domingo de Silos e o Poema de Mio Cid: Um estudo comparado acerca das similitudes e diferenças na construção das personagens. In: Semana de Integração Acadêmica: VII Jornada de Pesquisadores do CFCH, 2006, Rio de Janeiro. In: SILVA, A. C. L. F. da (Coord). Semana de Integração Acadêmica do CFCH, 1, Rio de Janeiro, 22 a 26 de maio de 2006. Atas.... Rio de Janeiro: CFCH/UFRJ, 2006. v. CD-ROM.

  • ALVARO, Bruno G. . A legenda de São Jorge e a santidade cavaleiresca: algumas reflexões. In: VI Semana de Estudos Medievais, 2006, Rio de Janeiro. In: SILVA, Andréia C. L. F.; SILVA, Leila Rodrigues (Orgs.). Atas da VI Semana de Estudos Medievais. Rio de Janeiro: Programa de Estudos Medievais, 2006. p. 79-85.

  • ALVARO, Bruno G. . Apontamentos Sobre as Representações da Santidade em Castela no Século XIII. In: VIII Simpósio de História Comparada, 2009, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos do VIII Simpósio de História Comparada. Rio de Janeiro: PPGHC, 2009. v. 01. p. 42-43.

  • ALVARO, Bruno G. . A Construção das Masculinidades em Castela no Século XIII: Um Estudo Comparativo da Vida de Santo Domingo de Silos e do Poema de Mio Cid. In: VI Simpósio de História Comparada, 2007, Rio de Janeiro. VI Simpósio de História Comparada: Programa e Resumos. Rio de Janeiro: PPGHC/UFRJ, 2007. p. 18-18.

  • ALVARO, Bruno G. . Negociações diocesanas e conflitos senhoriais: a política episcopal na Península Ibérica do século XII. In: III Seminário Internacional: Mundos Ibéricos: História, Poder e Cultura (UEG/UFG/PUC Goiás), 2018, Goiânia. Caderno de Resumos do III Seminário Internacional: Mundos Ibéricos: História, Poder e Cultura (UEG/UFG/PUC Goiás). Goiânia: UFG/UEG/PUC-GO, 2018. v. 1. p. 28-28.

  • ALVARO, Bruno G. . Enfrentamentos e Negociações: Considerações sobre as revoltas sociais e a aristocracia senhorial na Idade Média. In: IX Encontro Estadual de História (ANPUH-BA): História e Movimentos Sociais, 2018, Santo Antônio de Jesus. Livro de Resumos. Ilhéus: ANPUH-BA, 2018. v. IX. p. 6-7.

  • ALVARO, Bruno G. . Considerações sobre o conceito de poder senhorial-episcopal na Idade Média Central Ibérica. In: V Seminário de História Política da Universidade Federal da Bahia, 2017, Salvador. Caderno de Resumos do V Seminário de História Política da Universidade Federal da Bahia. Salvador: UFBA, 2017. v. 1. p. 29-30.

  • ALVARO, Bruno G. . O fetiche pelo medieval na crítica à política brasileira contemporânea: A memória do século XVIII como alegoria para os fenômenos de anti-progresso do XXI. In: II Seminário Internacional Intercâmbios Historiográficos (Brasil-França), 2017, São Cristóvão. Caderno de Resumos do II Seminário Intercâmbios Historiográficos (Brasil-França), 2017. v. 1. p. 19-20.

  • ALVARO, Bruno G. . Os caminhos da consolidação senhorial-episcopal: as negociações entre a Igreja de Santiago de Compostela e a monarquia castelhana-leonesa no século XII. In: II Colóquio Internacional de Estudos Medievais: Práticas Discursivas e Literárias: As maneiras de se escrever a história no mundo antigo e medieval, 2013, Goiânia. Caderno de Resumos, 2013. v. 1. p. 22-22.

  • ALVARO, Bruno G. . Os eixos de poder no episcopado de Sigüenza no século XII: uma análise comparativa de suas estratégias e táticas. In: IX Semana de Estudos Medievais, 2011, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos da IX Semana de Estudos Medievais. Rio de Janeiro: PEM-UFRJ, 2011. v. 8. p. 18-18.

  • ALVARO, Bruno G. . O episcopado guerreiro de Sigüenza: reflexões acerca da abrangência das normativas dos Concílios Ibéricos da Idade Média Central. In: 5º Encontro Estadual de História - Anpuh-BA: História e Memórias: lugares, fronteiras, fazeres e políticas, 2010, Salvador. Livro de Resumos. Vitória da Conquista: Edições UESB, 2010. v. 1. p. 51-52.

  • ALVARO, Bruno G. . A reconquista de Sigüenza e o bispado de Bernardo de Agén (1121-1152): reflexões sobre a atuação guerreira dos bispos na Península Ibérica. In: III Encontro Regional da ABREM/ I Econtro da ABREM Centro Oeste, 2010, Cuiabá. Caderno de Resumos. Cuiabá: UFMT/ Vivarium, 2010. v. 1. p. 7-7.

  • ALVARO, Bruno G. . O episcopado de Sigüenza no século XII e suas relações com a coroa de Castela: hipóteses sobre a atuação guerreira dos bispos seguntinos. In: VI Simpósio Nacional Estado e Poder: Cultura, 2010, São Cristóvão. VI Simpósio Nacional Estado e Poder: Cultura. São Cristóvão: UFS, 2010. v. 1. p. 18-18.

  • ALVARO, Bruno G. . Apontamentos sobre a Representação da Santidade nos Três Sínodos de Calahorra (Século XIII). In: II Encontro Internacional e III Nacional de História Antiga e Medieval do Maranhão: Simbologias, Influências e Continuidades: Cultura e Poder, 2009, São Luis. Caderno de Resumos. São Luis: UEMA, 2009. v. 01. p. 90-90.

  • ALVARO, Bruno G. . Os estatutos dos sínodos calagurritanos e as representações da santidade em Castela no século XIII: um problema e uma questão. In: VIII Semana de Estudos Medievais, 2009, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos da VIII Semana de Estudos Medievais da UFRJ. Rio de Janeiro: Programa de Estudos Medievais, 2009. v. 01. p. 19-19.

  • ALVARO, Bruno G. . Dozy e Menéndez Pidal: Duas Faces de El Cid. In: Diálogos e Aproximações: Seminário de Pesquisa de Pós-Graduação em História da UFRJ, 2008, Rio de Janeiro. Diálogos e Aproximações: Seminário de Pesquisa de Pós-Graduação em História da UFRJ - Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: Diálogos e Aproximações, 2008. v. 01. p. 61-61.

  • ALVARO, Bruno G. ; SILVA, Andréia Cristina Lopes Frazão da . A espada e a palavra a serviço de Deus: Uma análise comparativa dos personagens Jheronimo e Domingo de Silos através do Poema de Mio Cid e da Vida de Santo Domingo de Silos. In: II Semana de Integração Acadêmica do CFCH, 2008, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: CFCH-UFRJ, 2008.

  • ALVARO, Bruno G. . Masculinidades: uma análise dos personagens El Cid e bispo Jheronimo no Poema de Mio Cid. In: XIII Encontro Regional de História - Anpuh/ RJ - Identidades, 2008, Seropédica. XIII Encontro de História Anpuh-Rio - Identidades - Programa e resumos. Rio de Janeiro: Armazém das Letras, 2008. p. 171-171.

  • ALVARO, Bruno G. . Representações do Passado: Um estudo sobre a utilização de hagiografias como documentação histórica. In: XVIII Ciclo de Debates em História Antiga: Dialogando com Clio, 2008, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: LHIA, 2008. p. 12-12.

  • ALVARO, Bruno G. . As múltiplas masculinidades em Castela no século XIII: os casos de Cid, Don Jheronimo e os Infantes de Carrión. In: VII Simpósio de História Comparada, 2008, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: PPGHC-UFRJ, 2008. v. 01. p. 12-12.

  • ALVARO, Bruno G. . A Vida de Santo Domingo de Silos: Um poema-hagiográfico. In: III Encontro Nacional de Poesia e Pensamento/ Interdisciplinaridade Poética: corpo, mundo e terra, 2007, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos: I Encontro de Interdisciplinaridade Poética. Rio de Janeiro: Faculdade de Letras/ Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Poética, 2007. v. 01. p. 21-21.

  • ALVARO, Bruno G. . O monge e o rei: um estudo sobre a construção do religioso ideal na Vida de Santo Domingo de Silos. In: XXIV Simpósio Nacional de História - Anpuh, 2007, São Leopoldo/RS. XXIV Simpósio Nacional de História - História e Multidisciplinaridade: territórios e deslocamentos. Porto Alegre/ São Leopoldo: Associação Nacional de História - Seção Rio Grande do Sul/ Editora Oikos, 2007. v. 24. p. 409-409.

  • ALVARO, Bruno G. . A Afronta de Corpes: um estudo sobre a construção da masculinidade no Poema de Mio Cid. In: VII Semana de Estudos Medievais, 2007, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos da VII Semana de Estudos Medievais - Novembro - 2007. Rio de Janeiro: Programa de Estudos Medievais - UFRJ, 2007. p. 16-16.

  • ALVARO, Bruno G. . A análise acerca da presença de recursos retóricos na Vida de Santo Domingo de Silos: a formação intelectual/ educacional de Gonzalo de Berceo. In: Colóquio Comemorativo do Centenário de Nascimento do Latinista Brasileiro Ernesto Faria, 2006, Niterói/ RJ. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: UFF/UFRJ, 2006.

  • ALVARO, Bruno G. . Por que El Cid não é santo?: subsídios para uma discussão sobre a santidade através da comparação das virtudes encontradas no Poema de Mio Cid e na Vida de Santo Domingo de Silos de Gonzalo de Berceo. In: XII Encontro Regional de História (Anpuh-Rio), 2006, Niterói/ RJ. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: UFF/Anpuh-RJ, 2006.

  • ALVARO, Bruno G. ; NASCIMENTO, F. R. . A Santidade Armada: violência militar e discurso legitimador na hagiografia medieval. In: XVI Ciclo de Debates em História Antiga: Escritos e Imagens na Antigüidade, 2006, Rio e Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: LHIA/UFRJ, 2006.

  • ALVARO, Bruno G. . A Vida de Santo Domingo de Silos e o Poema de Mio Cid: Um estudo comparado acerca das similitudes e diferenças na construção das personagens. In: Semana de Integração Acadêmica - Desafios às Ciências Humanas e Sociais (VII Jornada de Pesquisadores do CFCH/ II Jornada de Extensão/ II Semana de Integração de Cursos), 2006, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: CFCH/UFRJ, 2006. v. 01. p. 162-162.

  • ALVARO, Bruno G. . Santo Domingo de Silos e El Cid Campeador: um estudo comparativo sobre a construção do clérigo e do cavaleiro ideais. In: I Encontro Regional da Associação Brasileira de Estudos Medievais (ABREM), 2006, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: ABREM, 2006.

  • ALVARO, Bruno G. . A legenda de São Jorge e a Santidade Cavaleiresca: Algumas reflexões. In: VI Semana de Estudos Medievais, 2005, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: PEM/UFRJ, 2005. v. 01. p. 18-18.

  • ALVARO, Bruno G. . Georges Duby e O Domingo de Bouvines. In: V Semana de Estudos Medievais, 2003, Rio de Janeiro. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: Pem/ UFRJ, 2003.

  • ALVARO, Bruno G. . Relações de poder e santidade: A consolidação do espaço senhorial-episcopal na Europa Medieval. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Senhorios episcopais e fronteiras diocesanas na Idade Média Ibérica: Um território de pesquisas num horizonte enevoado. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . A Historiografia Medieval em Debate. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . O fetiche pelo medieval na crítica à política brasileira contemporânea: A memória do século XVIII como alegoria para os fenômenos de anti-progresso do XXI. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Para além do Horizonte: Poder episcopal e relações senhoriais na Idade Média Central. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Entre o senhorio e o feudalismo: uma proposta comparativa para um problema conceitual. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Idade Média e Teoria Contemporânea: A inserção e o impacto dos Estudos de Gênero na pesquisa em História Medieval no Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Disputas senhoriais e fronteiras diocesanas: As relações de poder entre Sigüenza, Osma e Tarazona (1129-1146). 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Os caminhos da consolidação do poder episcopal. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Os Templários: breves apontamentos sobre a história da Ordem. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Relações senhoriais e poder episcopal em Castela no Século XII: Um balanço historiográfico. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Considerações sobre o estudo comparado dos senhorios episcopais castelhanos no século XII. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Idade Média e Ditadura: Feudalismo, Reconquista e Franquismo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Relações senhoriais e governo episcopal: Poder e instituição em debate. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Diálogo de surdos ou voz que clama no deserto?: Um ensaio sobre o revisionismo historiográfico na medievalística brasileira do século XXI. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . A documentação senhorial-episcopal como fonte para análise das relações de poder na Idade Média Central Ibérica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Conhecendo um clássico da literatura medieval: o Poema de Mio Cid. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Possibilidades de debate comparativo: O caso da guerra medieval nas Fontes, na Historiografia e no Cinema. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Os senhorios episcopais castelhanos no século XII. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Combates e debates sobre a construção histórica do personagem El Cid: Idade Média e Contemporaneidade. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . O Gládio da Fé: Um estudo comparado das práticas eclesiásticas e cavaleirescas nos Concílios Ibéricos (Séculos XI e XIII). 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Um estudo comparativo sobre a atuação guerreira do espiscopado de Sigüenza e as normativas canônicas ibéricas e romanas nos séculos XII e XIII. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • ALVARO, Bruno G. . Idade Média e Internet: Possibilidades para o Estudo do Medievo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Discutindo Montaillou - Cataros e Católicos em uma aldeia Occitana. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Reflexões sobre masculinidades em Castela no século XIII. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . El Cid: um olhar microanalítico sobre as relações entre cristãos e muçulmanos no medievo. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . (Des) Construindo a Idade Média:as diversas faces do Medievo e a pesquisa de História Medieval no Brasil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . O bispo Don Jheronimo, o clérigo mata mouros de Poema de Mio Cid. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . Georges Duby e As Três Ordens ou o Imaginário do Feudalismo. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. . O Cotidiano Cavaleiresco entre os séculos XII e XIII: subsídios para a pesquisa. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • ALVARO, Bruno G. ; LIMA, M. P. ; PARMEGIANI, R. F. . Apresentação dos Anais do VI Encontro de História/ I Encontro Vivarium (Núcleo Nordeste): História e Historiografia sobre a Antiguidade e o Medievo. Maceió: UFAL, 2014 (Apresentação dos Anais do VI Encontro de História/ I Encontro Vivarium (Núcleo Nordeste): História e).

  • ALVARO, Bruno G. . Entre abordagens e perspectivas: apresentando o dossiê 'História Cultural'. Rio de Janeiro: UFRRJ, 2012 (Apresentação do Dossiê História Cultural da Revista Veredas da História).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista Revista história, histórias. 2018.

ALVARO, Bruno G. . Parecer no processo de seleção de originais relativo ao Edital N. 01/2018 EDITORA UFJF. 2018.

ALVARO, Bruno G. . Avaliador ad hoc do processo de avaliação de projetos referente ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica ? PIBIC/FAPEAL, Edital nº 004/2018 ? FAPEAL/UNEAL. 2018.

ALVARO, Bruno G. . Consultor Interno do processo de avaliação de Projetos de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe. 2018.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista Roda da Fortuna. 2017.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Brathair - Revista de Estudos Celtas e Germânicos. 2017.

ALVARO, Bruno G. . Consultor Interno do processo de avaliação de Projetos de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe. 2017.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista de solicitação de abertura de Especialização Latu Sensu em Educação na Universidade Federal de Sergipe. 2017.

ALVARO, Bruno G. . Avaliador ad hoc do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica da UNEAL. 2017.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Signum - Revista da Associação Brasileira de Estudos Medievais (ABREM). 2017.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista de História Comparada (PPGHC-UFRJ). 2017.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da OPSIS - Revista do Departamento de História e Ciências Sociais ? UFG/CAC. 2017.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Signum - Revista da Associação Brasileira de Estudos Medievais (ABREM). 2016.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista de trabalhos submetidos no V Encontro de Pesquisadores Iniciantes das Humanidades. 2016.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista Interdisciplinar de Pesquisa e Inovação. 2016.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Comissão de Pós-Graduação em Ciências Humanas para abertura do Curso de Doutorado em Psicologia da Universidade Federal de Sergipe. 2016.

ALVARO, Bruno G. . Consultor Interno do processo de avaliação de Projetos de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe. 2016.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista de subprojetos para compor o Projeto Institucional da UFS a ser enviado para a CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT ? Ação Transversal ? APOIO INSTITUCIONAL ? 03/2016. 2016.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Tempo - Revista do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense. 2015.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista de História Comparada da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 2015.

ALVARO, Bruno G. . Consultor Interno do processo de avaliação de Projetos de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe. 2015.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista Faces da História do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual Paulista. 2015.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Signum - Revista da Associação Brasileira de Estudos Medievais (ABREM). 2015.

ALVARO, Bruno G. . Consultor Interno do processo de avaliação de Projetos de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe. 2014.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista Anima do Programa de Pós-Graduação em História da PUC-Rio. 2014.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista de História Helikon. 2014.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista de trabalhos submetidos no IV Encontro de Pesquisadores Iniciantes das Humanidades. 2014.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista de História Comparada da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 2013.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Signum - Revista da Associação Brasileira de Estudos Medievais (ABREM). 2013.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista Veredas da História (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro). 2012.

ALVARO, Bruno G. . Parecerista ad hoc da Revista Veredas da História (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro). 2011.

ALVARO, Bruno G. . Avaliador de apresentações orais no 26º Encontro de Iniciação Científica da Universidade Federal de Sergipe. 2016. (Avaliador).

ALVARO, Bruno G. . Perspectivas de Estudo sobre a Guerra na Idade Média: Documentação e Historiografia. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

ALVARO, Bruno G. ; PRATA, Rafael Costa. . Guerra e Sexo na Sociedade Senhorial Ibérica (Sécs. XI-XIII). 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

ALVARO, Bruno G. ; SANTOS, Claudefranklin Monteiro ; SOUSA, Antônio Lindvaldo . I Seminário Nacional de História da Igreja Católica. 2010. (Membro de Comissão Científica).

ALVARO, Bruno G. ; SÁ, A.F.A. . Bloch e Le Goff: Contribuições para a Historiografia Contemporânea. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

ALVARO, Bruno G. . I Semana de Educação Patrimonial - Bens Culturais e Educação: Uma Aproximação Necessária. 2009. (Membro de Comissão Científica).

ALVARO, Bruno G. . Idade Média. 2009. (Relator de Sessão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Poderes e Discursos: a instituição monárquica e os tensionamentos nas negociações senhoriais (Espanha e Inglaterra ? Sécs. XII-XIV), Descrição: O objetivo geral que temos no decorrer deste Projeto de Pesquisa é entender a dinâmica das negociações frente os tensionamentos inseridos na instituição monárquica e seus principais agentes: reis, rainhas, senhores laicos e religiosos e o campesinato na Idade Média Espanhola e Inglesa. Como objetivos específicos, podemos destacar 1) Analisar a atuação das rainhas Urraca I e Berenguela nas articulações de negociações na monarquia castelhano-leonesa nos séculos XII e XIII; 2) Analisar como se constituíram os discursos a respeito das rainhas Urraca I e Berenguela nos séculos XII e XIII frente aos tensionamentos por elas enfrentados; 3) Investigar o impacto do poder senhorial nas relações de negociações quando encabeçadas por Urraca I e Berenguela nos séculos XII e XIII; 4) Analisar o personagem Robin Hood a partir d?A Gest of Robyn Hode e as representações dos tensionamentos entre a aristocracia e o campesinato inglês; 5) Estudar quais os mecanismos utilizados pela aristocracia senhorial para a manutenção de sua dominação na Espanha e na Inglaterra através dos personagens presentes nas crônicas: Historia Compostelana; Crónicas Anónimas de Sahagún; Crónica Latina de los Reyes de Castilla e A Gest of Robyn Hode.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / Luísa Vilas Boas dos Santos - Integrante / Thaís Monique Costa Moura - Integrante / Vitor Nunes da Silva - Integrante.

  • 2019 - Atual

    O masculino e o feminino em Bizâncio na Antiguidade Tardia e Alta Idade Média, Descrição: Os objetivos gerais deste projeto são 1) realizar um detalhado levantamento bibliográfico a respeito da historiografia vigente sobre os Estudos das Masculinidades e Feminilidade na Antiguidade Tardia e Alta Idade Média Bizantina tomando como base as Teorias de Gênero, para que possamos identificar as problemáticas institucionais sobre o tema e, 2) levantar a documentação acessível em nosso país por meio de edições críticas. De maneira específica, objetivamos: A) Verificar se há ? no Brasil e no Exterior ? debates historiográficos específicos sobre a masculinidade e a feminilidade na Antiguidade Tardia e Alta Idade Média em Bizâncio; B) Demonstrar quais os documentos viáveis para tais estudos nestes períodos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / Anália Vanessa Machado da Conceição - Integrante / Aylla Maria Alves dos Santos - Integrante.

  • 2018 - 2019

    Enfrentamentos e Negociações: Os movimentos de revoltas sociais e a aristocracia senhorial na Idade Média, Descrição: O objetivo geral que temos no decorrer deste Projeto de Pesquisa é entender a dinâmica dos enfrentamentos e negociações entre alguns movimentos sociais que surgiram na Idade Média Espanhola e Inglesa. Como objetivos específicos, podemos destacar 1) Analisar as motivações da revolta do senhorio de Santiago de Compostela e as estratégias entre os atores sociais envolvidos; 2) Analisar a participação do clérigo John Ball na revolta camponesa de 1381; 3) Investigar as estratégias políticas utilizadas pelos senhores e camponeses tanto em Compostela como na Inglaterra; 4) Verificar as práticas bélicas utilizadas nos enfrentamentos contra os movimentos sociais revoltosos nas duas regiões; 5) Estudar como a guerra foi utilizada pela aristocracia senhorial para a manutenção de sua dominação na Espanha e na Inglaterra.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / Rafael Costa Prata - Integrante / José Wilton Santos Fraga - Integrante / Leandro Duarte Rust - Integrante / Ives Leocelso Silva Costa - Integrante / Luísa Vilas Boas dos Santos - Integrante / Thaís Monique Costa Moura - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 2

  • 2018 - 2019

    Corpo, Gênero e Emasculação na Idade Média: Um debate historiográfico, Descrição: Dois são os objetivos gerais deste projeto: 1) pretendemos realizar um detalhado levantamento bibliográfico a respeito da historiografia vigente sobre os Estudos das Masculinidades na Idade Média tomando como base as Teorias de Gênero, para que possamos identificar as problemáticas institucionais sobre o tema e, 2) Entender o que representa o eunuco historicamente por meio da iconografia medieval. De maneira específica, objetivamos: A) Verificar se há ? no Brasil e no Exterior ? debates historiográficos específicos sobre a emasculação na Idade Média; B) Inventariar, problematizar e responder quais os tipos de emasculação presentes na sociedade senhorial da Idade Média através da iconografia; C) Realizar um levantamento sobre a presença de eunucos no Ocidente e no Oriente Medieval e, D) Analisar comparativamente as similitudes e diferenças sociais entre os eunucos do Ocidente e do Oriente Medieval por meio da iconografia existente.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / Bruna Oliveira Mota - Integrante / Cassiano Celestino de Jesus - Integrante / Anália Vanessa Machado da Conceição - Integrante., Número de orientações: 2

  • 2017 - 2018

    Territórios e Fronteiras Senhoriais: As relações de poder e dominação na Sociedade Medieval Ibérica, Descrição: Temos como objetivo geral para este Projeto de Pesquisa estudar as relações de poder na sociedade senhorial ibérica medieval, entre os séculos XI e XIII, tomando como ponto de partida os territórios e fronteiras estabelecidos descritos nos documentos e analisados pela historiografia. Como objetivos específicos, pretendemos: 1) Analisar os embates específicos da historiografia a respeito do tema senhorio na Península Ibérica, principalmente, a abordagem marxista sobre o assunto; 2) Aprofundar o conceito de senhorio que temos desenvolvido desde nossa tese de doutorado, defendida em 2013 e que vem sendo testado em algumas publicações em revistas acadêmicas; 3) Estudar a presença das relações senhoriais na sociedade islâmica através da análise dos tratados de Alcarraz e Almizra (1243-1244) e criticar deste modo a ideia da Idade Médica como um conceito stricto sensu Ocidental, algo que já foi superado há tempos fora do país, inserindo assim o conceito de senhorio numa abordagem de fundo global.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / Lívia Albuquerque Couto - Integrante / Rafael Costa Prata - Integrante / Bruna Oliveira Mota - Integrante / José Wilton Santos Fraga - Integrante / Leandro Duarte Rust - Integrante / Airles Almeida dos Santos - Integrante / Victor Clay Barros de Jesus - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 1

  • 2016 - 2017

    Idade Média e Teoria Contemporânea: Os Estudos de Gênero nas Dissertações e Teses de História Medieval nas Universidades Brasileiras (2000-2015), Descrição: Temos como objetivo geral para este Projeto de Pesquisa de Iniciação Científica, levantar as teses e dissertações defendidas entre 2000 e 2015 no âmbito dos Programas de Pós-Graduação em História do Brasil que trataram de temas de História Medieval com a especificidade de se valerem como aporte teórico da categoria gênero em seus estudos. Como objetivos específicos, pretendemos, 1) nos dedicar exclusivamente às dissertações, verificando as correntes utilizadas pelos autores e, 2) comparar e analisar, frente a variedade de teóricos de gênero, as possíveis motivações institucionais e locais, para as escolhas dispares que encontrarmos por meio das comparações entre os trabalhos de conclusão de curso de mestrado.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / MARCELO PEREIRA LIMA - Integrante / Bruna Oliveira Mota - Integrante / Cassiano Celestino de Jesus - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2015 - 2016

    O zênite da Décima Oitava Dinastia Egípcia: Por uma História Comparada do Culto Solar na Reforma Amarniana, Descrição: Partindo da premissa que no corpus documental previamente selecionado, ou seja, as cenas egípcias do período correspondente a Décima Oitava Dinastia e, inserido nisso, a Reforma Amarniana, existem aspectos que ora diferenciavam tanto as cenas quanto a arquitetura relacionada ao Culto Solar, ora assemelham tais manifestações, destacamos os seguintes objetivos para este Projeto de Pesquisa de Iniciação Científica: Gerais: 1 ? Elaborar um catálogo com as cenas relacionadas ao Culto Solar; 2 ? Entender e analisar as motivações para as transformações e permanências no decorrer do desenvolvimento do Culto Solar na Décima Oitava Dinastia; 3 ? Buscar compreender o impacto da modificação do Culto Solar no governo imperial egípcio do período. Específicos: 1 ? Realizar uma comparação histórica entre as cenas atrelando-as ao contexto de transformações políticas e às relações de poder no período da Reforma Amarniana; 2 ? Analisar o impacto da modificação do Culto Solar por meio da Reforma Amarniana.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / Alexandre Santos de Moraes - Integrante / Hericly Andrade Monteiro - Integrante / Alfredo Julien - Integrante / Bruna Laísa Andrade Santana - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2015 - 2016

    Querelas conceituais da erudição: (re)pensando o senhorio e o feudalismo através dos debates historiográficos sobre a Idade Média, Descrição: O referido projeto de pesquisa tem por objetivo analisar a historiografia dedicada aos debates sobre o senhorio e o feudalismo, subdividindo-se em dois planos de trabalho: 1 - Análise dos debates sobre o senhorio e o feudalismo na produção historiográfica européia; 2 - Análise dos debates sobre senhorio e feudalismo na produção historiográfica européia: O caso Ibérico.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / LEANDRO DUARTE RUST - Integrante / Rafael Costa Prata - Integrante / Paulo Duarte da Silva - Integrante / Hericly Andrade Monteiro - Integrante / Cassiano Celestino de Jesus - Integrante / Manuel Antonio de Santana Neto - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe - Bolsa.

  • 2015 - 2016

    Conexões entre a África e a Península Ibérica na Idade Média Central: Um estudo sobre a possibilidade de presença de relações senhoriais em território africano, Descrição: A partir da entrada islâmica em solo ibérico em meados do século VIII, o contato com a África, incluindo a Subsaariana, se tornou mais constante para os medievais ocidentais. Dos séculos XI ao XIII, juntamente ao processo de consolidação das relações senhoriais na Península Ibérica, verifica-se uma dinâmica pertinente de análise: Se por um lado é possível constatar que os reinos cristãos ibéricos direcionam parte de suas ações para a ?reconquista? de territórios ocupados por muçulmanos, por outro, vê-se, também, um certo apaziguamento nas ações islâmicas de expansão territorial, ao menos, com direcionamentos ao Ocidente via Magrebe. Ora, sendo assim, tal problemática de pesquisa nos instiga a investigar o contexto de relações que se firmaram graças ao múltiplo contato de trocas culturais, políticas, religiosas, econômicas, etc., entre a África e a Península Ibérica na Idade Média Central (séculos XI, XII e XIII). Atrelado ao Programa de Jovens Talentos para a Ciência e Tecnologia (Edital 26/2014) este projeto de pesquisa tem como principais objetivos em seu plano de trabalho simplificado: 1 - possibilitar o bolsista do Programa Jovens Talentos para a Ciência levantar e ler de forma analítica a bibliografia dedicada aos estudos de História da África que se dediquem a chamada Idade Média e, 2 - buscar, especificamente, referências aos estudos dos senhorios e das relações senhoriais neste período. Finalmente, 3 - pretende-se problematizar a abordagem de uma História Medieval da África verificando se há possíveis eurocentrismos, especificidades latentes ou um misto dos dois aspectos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / José Wilton Santos Fraga - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.Número de orientações: 1

  • 2014 - 2015

    Entre o pecado e o prazer: As práticas sexuais em Castela no século XIII, Descrição: Neste projeto de pesquisa, busca-se analisar por meio de um corpus documental específico do período, o quanto esta Idade Média, especificamente a Ibérica, lidava com o sexo, aqui entendido em sua prática física, e, ao mesmo tempo, demonstrar como a imagem de um medievo totalmente controlado, a ponto de ser visto como quase assexuado, é uma representação equivocada. Os documentos que previamente levantamos (Las Siete Partidas e alguns Fueros locais, além de concílios) são ricos testemunhos de normativas no que diz respeito às práticas sexuais, mas, ao mesmo tempo, fontes discursivas que retratam o sexo em sua prática, com riqueza de detalhes, por meio de e inquirições e depoimentos, proibições e punições, etc. Para nós, é interessante focar justamente em tais nuanças para comprovar o quanto a sexualidade não era um assunto de tabu nas esferas eclesiásticas e laicas. Mesmo nos deparando com afirmações de que pouco os teólogos medievais se debruçavam sobre tal tema, não nos satisfazemos em aceitar isso como uma informação naturalizada. Ora, até que ponto o excesso de proibições, as recorrências de punições e referências sobre as práticas sexuais não podem ser interpretadas como uma constante na sociedade castelhana do século XIII? Seria a sociedade medieval ibérica trancafiada num eterno cinto de castidade? Nossa investigação se propõe a enveredar-se tendo como constantes sombras o prazer e o pecado. Dois enunciados que parecem ser, sem dúvidas, uma das grandes preocupações da Igreja no medievo, mas, o que não significa que o primeiro tenha sido extirpado dos discursos proferidos pelas penas dos escribas medievais! Tal pesquisa, não deixa de dar sua contribuição tanto aos estudos a respeito da Idade Média Ibérica como a História no seu sentido mais amplo. Uma vez que tem como objeto de análise um tema que permeia o imaginário de todos nós contemporâneos, afinal, não são o sexo e a sexualidade ainda hoje assuntos constantemente debatidos em diversas áreas do saber, da antropologia à biologia? Finalmente, a contribuição social que procuramos alcançar, inicialmente, foca-se em três pontos básicos: Primeiro, a desconstrução de uma Idade Média engessada seja no obscurantismo, seja na suavidade. Em segundo, por meio de um período afastado no tempo, analisarmos e debatermos as atitudes, práticas, subversões, punições, prazeres, etc., ante ao sexo e a sexualidade de homens e mulheres que, não diferentemente de nós, possuíam medos e esperanças. Por fim, ampliar cada vez mais a produção intelectual e acadêmica a respeito deste período, já que, cada vez mais alunos têm se interessado pelo estudo da Idade Média no Departamento de História da Universidade Federal de Sergipe, principalmente, desde a criação do Grupo de Pesquisa: Vivarium ? Laboratório de Estudos da Antiguidade e do Medievo e dos cursos de extensão ofertados pelo mesmo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / MARCELO PEREIRA LIMA - Integrante / Rafael Costa Prata - Integrante / Bruna Oliveira Mota - Integrante / Alfredo Julien - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe - Bolsa.Número de orientações: 1

  • 2014 - 2015

    Idade Média e Modernidade: um estudo sobre as relações de poder na sociedade senhorial ibérica através da documentação e da historiografia, Descrição: Tal projeto de pesquisa se justifica, primeiramente, mediante os caminhos abertos deixados pela obra A Sociedade Feudal, redigida pelo medievalista francês Marc Bloch, mas que, no entanto, têm sido renegados ao que podemos denominar como ?limbo historiográfico?. Bloch chega a ensaiar uma perspectiva inovadora a respeito da possibilidade do estudo de uma ?sociedade senhorial?, no entanto, por uma série de motivos, acaba adotando o velho postulado ?sociedade feudal? que, como visto, dá nome ao seu livro. Além do mais, a abordagem totalizante que propomos não se resume apenas ao estudo da documentação medieval. Como ressaltamos anteriormente, pretendemos analisar, também, a historiografia produzida tanto sobre o senhorio como a respeito do feudalismo. Isso nos possibilita uma ampla visão, podendo, inclusive, lançar bases para um estudo mais abrangente da história senhorial. Em segundo lugar, defendemos que tal projeto justifica-se pela necessidade de uma retomada revisionista-crítica da documentação e da historiografia sobre senhorio/feudalismo, temas em voga nos anos 80, mas que foram paulatinamente abandonados por uma série de questões político acadêmicas que tal projeto de pesquisa também visa elucidar. Sendo assim, tal investigação possibilitará aos discentes a ele vinculado um contato crítico com uma historiografia deveres marcada por polêmicas contemporâneas, de modo que, no que diz respeito ao retorno à sociedade acadêmica, nossa pesquisa ajudará a elucidar questões hoje naturalizadas pelo senso-comum, como, por exemplo, a perspectiva de uma Idade Média sombria e desorganizada. Finalmente, podemos ressaltar duas possibilidades reais: estreitarmos por meio deste estudo o que é produzido na Universidade e o que é lecionado nas salas de aula. Uma vez que o binômio senhorio/feudalismo é um dos temas mais discutidos no período escolar - principalmente nas turmas de 6º e 7º Ano do Ensino Fundamental. E, ainda, uma aproximação com a História Colonial, uma vez que, o senhorio foi um fenômeno herdado via colonização portuguesa e pode ser identificado em terras do Continente Americano.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / LEANDRO DUARTE RUST - Integrante / Rafael Costa Prata - Integrante / Hericly Andrade Monteiro - Integrante / Gustavo de Oliveira Andrade - Integrante / Ewerton Matheus Menezes Sousa Brito - Integrante / Bruna Oliveira Mota - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe - Bolsa.Número de orientações: 6

  • 2010 - 2011

    O fenômeno da santidade em perspectiva comparativa: Uma análise de suas representações em textos castelhanos do século XIII, Descrição: Projeto desenvolvido no intuito de comparar historicamente as representações da santidade em textos castelhanos produzidos no século XIII.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Coordenador / Lívia Albuquerque Couto - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Poder, Política e Instituições Eclesiásticas no Ocidente (séculos XI a XVI), Descrição: O estabelecimento deste grupo de pesquisas afirma-se, primeiramente, como uma iniciativa de ampliação das áreas de atuação docente e de investigação científica contempladas pelo curso de graduação e o Programa de Pós-Gradução em História da Universidade Federal do Mato Grosso. Sua criação representa ainda uma expressiva contribuição para a instalação de um campo de pesquisas vitais para a ampliação e enriquecimento dos quadros universitários do Centro-Oeste, na medida em que congrega diversos pesquisadores sob o propósito comum de empreender uma produção acadêmica especilizada e diversificada no âmbito de um importante repertório temático das ciências humanas. Repertório temático que se distingue pelo foco analítico conferido à dimensão propriamente política e institucional das relações existentes entre as experiências coletivas acerca do sagrado e do poder, abarcando temas como a construção das Eclesiologias ocidentais; as Reformas Religiosas; as relações entre as Igrejas, Monarquias e as Elites Senhoriais; a Inquisição; a religiosidade e as dinâmicas de dominação social; as formas de repressão, resistência e conflito social transcorridas no âmbito da Cristandade ocidental entre os séculos XI e XVI. Com isso, a implantação deste grupo de pesquisa contribui para consolidar a Universidade Federal do Mato Grosso como um foco de integração e articulação acadêmica e fomento das Ciências Humanas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) . , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Integrante / Andréia Cristina Lopes Frazão da Silva - Integrante / MARCELO PEREIRA LIMA - Integrante / LEANDRO DUARTE RUST - Coordenador / Claudia Regina Bovo - Integrante / Maria Filomena Pinto Da Costa Coelho - Integrante / Fatima Regina Fernandes - Integrante.

  • 2009 - Atual

    Igreja e Poder na Antigüidade e Medievo, Descrição: A criação de um grupo de pesquisa dedicado ao estudo do Medievo vinculado a Universidade Federal de Mato Grosso significará a instalação, de modo pioneiro, de um "locus" dedicado a refletir problemáticas pertinentes à pesquisa e do ensino da Antigüidade Tardia e Medievo. A implantação e consolidação deste grupo do pesquisa Igreja e Poder na Antigüidade e Medievo trará como desdobramentos o desenvolvimentos dos estudos acerca da Igreja, das instituições de poder, das relações sociais assim como das religiões e religiosidades no período da Antigüidade tardia e Medieval. Contribuindo assim tanto para a formação dos profissionais da História no âmbito regional, como também o fortalecimento da Universidade Federal de Mato Grosso como um centro produtor de conhecimento nas mais diferentes áreas do saber.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Integrante / Marcus Silva da Cruz - Coordenador / LEANDRO DUARTE RUST - Integrante / Claudia Regina Bovo - Integrante / Flávio Ferreira Paes Filho - Integrante.

  • 2000 - 2013

    Hagiografia e História: um estudo comparativo da santidade, Descrição: O projeto visa estudar a produção hagiográfica e o perfil dos homens e mulheres consideradores santos entre os séculos XI e XIII, nas penínsulas ibérica e itálica. Além do levantamento de informações sobre as hagiografias ibéricas e italianas, o projeto relaciona, em trabalhos coletivos e/ou individuais, a referida produção hagiográfica com as transformações da Igreja sob a liderança do Papado, as crenças e as práticas da religiosidade; as questões de gênero; o crescimento da espiritualidade leiga; o surgimento de novos centros intelectuais urbanos e outros. Além disso, a pesquisa se desenvolve no âmbito da História Cultural, problematizando representações, práticas e instituições como expressões culturais. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Bruno Gonçalves Alvaro - Integrante / Andréia C. L. Frazão da Silva - Coordenador / MARCELO PEREIRA LIMA - Integrante / LEANDRO DUARTE RUST - Integrante / THIAGO DE AZEVEDO PORTO - Integrante / CAROLINA COELHO FORTES - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2013

Recomendação de publicação da tese de doutorado em História Comparada, Programa de Pós-Graduação em História Comparada da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2009

Aprovado em 1º lugar no concurso público de provas e títulos para Professor Assistente I de História Antiga e Medieval, Universidade Federal de Sergipe.

2008

Recomendação de publicação da dissertação de mestrado em História Comparada, Programa de Pós-Graduação em História Comparada da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Sergipe, Centro de Educação de Ciências Humanas. , Campus Universitário José Aloísio de Campos, Jardim Rosa Elze, 49100000 - São Cristóvão, SE - Brasil, Telefone: (79) 31946394, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2009 - Atual

    Universidade Federal de Sergipe

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 07/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .,Cargo ou função, Membro Suplente do Conselho do Ensino, da Pesquisa e da Extensão (CONEPE).

    • 01/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Coordenação de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe (COPES-UFS), .,Cargo ou função, Coordenador Titular da Área de Pesquisa em Ciências Humanas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (COMPIBIC).

    • 01/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, .,Cargo ou função, Membro Titular da Área de Humanas na Comissão de Pesquisa (COMPQ).

    • 03/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, .,Cargo ou função, Membro da Comissão de Pós-Graduação na área de Humanas.

    • 09/2013

      Ensino, Mestrado em História, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Orientação, Seminário de Pesquisa, Tópicos Especiais em História e Poder

    • 09/2013

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Fundação Universidade Federal de Sergipe, Programa de Pós-Graduação em História.,Cargo ou função, Membro da Comissão de Reconhecimento do Curso de Pós-graduação stricto-sensu em História.

    • 05/2013

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação de Ciências Humanas, Departamento de História.,Linhas de pesquisa

    • 07/2009

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História Medieval I, História Medieval II, Prática de Pesquisa, Tópicos Especiais em História Medieval

    • 03/2017 - 03/2018

      Direção e administração, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, .,Cargo ou função, Vice-Coordenador do Comitê de Pós-Graduação de Ciências Humanas.

    • 03/2016 - 03/2018

      Direção e administração, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, .,Cargo ou função, Coordenador Titular do Programa de Pós-Graduação em História (PROHIS).

    • 07/2014 - 06/2017

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Educação de Ciências Humanas, Departamento de História.,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante.

    • 09/2014 - 12/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, .,Cargo ou função, Membro Titular da Área de Humanas na Comissão de Pesquisa (COMPQ).

    • 09/2014 - 10/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Coordenação de Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe (COPES-UFS), .,Cargo ou função, Coordenador Titular da Área de Pesquisa em Ciências Humanas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (COMPIBIC).

    • 03/2014 - 03/2016

      Direção e administração, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, .,Cargo ou função, Coordenador adjunto do Programa de Pós-Graduação em História (PROHIS).

    • 04/2015 - 07/2015

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Tópicos Especiais em História Medieval: Guerra e Sexo na Idade Média

  • 2009 - Atual

    Universidade Federal de Mato Grosso

    Vínculo: Pesquisador colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

  • 2014 - 2015

    Universidade Federal de Mato Grosso

    Vínculo: Pós-doutorando, Enquadramento Funcional: Pesquisador

    Outras informações:
    Estágio Pós-doutoral cursado no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Mato Grosso, supervisionado pelo Prof. Dr. Leandro Duarte Rust, na linha de pesquisa Territórios, Temporalidades e Poder. A investigação teve como objetivo analisar as relações políticas inseridas na guerra e no senhorio entre os períodos de governo episcopal de Urbano II (1088-1099) e Calisto II (1119-1124).

    Atividades

    • 10/2009

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de História, .,Linhas de pesquisa

  • 2005 - Atual

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Pesquisador Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisa

  • 2013 - Atual

    Centro de Educação à Distância da Universidade Federal de Sergipe

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 5

    Atividades

    • 09/2019

      Ensino, História - Modalidade à Distância, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Teorias da História I, História Antiga I

    • 02/2018 - 07/2018

      Ensino, História - Modalidade à Distância, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História Medieval I

    • 08/2017 - 01/2018

      Ensino, História - Modalidade à Distância, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História Antiga I

    • 01/2017 - 06/2017

      Ensino, História - Modalidade à Distância, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História Medieval I, Pré-História

    • 05/2016 - 10/2016

      Ensino, História - Modalidade à Distância, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História Antiga I, Teorias da História I

    • 11/2015 - 04/2016

      Ensino, História - Modalidade à Distância, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História Medieval I

    • 05/2015 - 10/2015

      Ensino, História - Modalidade à Distância, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História Antiga I, Teorias da História I

    • 08/2014 - 12/2014

      Ensino, História - Modalidade à Distância, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Introdução à História

    • 03/2014 - 08/2014

      Ensino, História - Modalidade à Distância, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Teorias da História I

    • 08/2013 - 12/2013

      Ensino, História - Modalidade à Distância, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, História Medieval I

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal de Alagoas

    Vínculo: Conselho Consultivo do PPGH, Enquadramento Funcional: Membro

    Atividades

    • 03/2016

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Programa de Pós-Graduação em História, .,Cargo ou função, Membro do Conselho Consultivo Editorial do PPGH-UFAL no selo Histórias.