Caroline Himmelreich Ayala

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo (1995) e mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005). Atualmente é antropóloga do INCRA- Superintendência Regional de MS e doutoranda em Antropologia Social no PPGAS/ UNICAMP. Tem experiência na área de Antropologia, atuando principalmente nos seguintes temas: antropologia do território, mediação e conflito, memória social e território, etnicidade e direitos, etnodesenvolvimento quilombola.

Informações coletadas do Lattes em 06/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Antropologia Social

2009 - Atual

Universidade Estadual de Campinas
Título: "Casa adentro", "casa afuera": interação e diferenciação negro-indígena na Comuna rio Santiago e Cayapas (Equador),
Orientador: Emília Pietrafesa de Godoi
Palavras-chave: Território; territorialização; interação negro-indígena.Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antopologia do território.

Mestrado em Antropologia Social

2003 - 2005

Universidade Federal de Santa Catarina
Título: Para uma etnografia da casa pantaneira: tempos e espaços vividos na Colônia São Domingos (MS,Ano de Obtenção: 2005
Orientador: Alícia Norma Gonzáles de Castells
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Antropologia do espaço; Território; casa pantaneira.Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia do Espaço. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Rural.

Graduação em Arquitetura e Urbanismo

1990 - 1995

Universidade Anhanguera - Uniderp

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2006 - 2006

As práticas de perícia. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Goiás.

2005 - 2005

Extensão universitária em Populações Indígenas - Desenvolvimento Local, Etno. (Carga horária: 272h). , Universidade Católica Dom Bosco.

2005 - 2005

Populações Indígenas: desenv. local, etnodesenv.. (Carga horária: 272h). , Universidade Católica Dom Bosco.

2003 - 2003

Patrimônio e processos culturais contemporâneos. (Carga horária: 3h). , Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.

2002 - 2002

Extensão universitária em Sociologia do Trabalho. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.

2002 - 2002

Extensão universitária em Sociologia do Meio Ambiente Rural. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende RazoavelmenteLê Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Rural.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antopologia do território.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

IX Congresso da Associação Latino America de Estudos Africanos e Asiáticos do Brasil. Reconhecimento de direitos territoriais e processos de mediação em MS: a emergência das comunidades remanescentes de quilombos. 2008. (Congresso).

II Seminário Internacional de Ciências Sociais- A questão Agrária e as relações de Trabalho- os desafios da sustentabilidade.O processo de regularização fundiária dos territórios quilombolas de MS. 2008. (Seminário).

III Seminário Internacional: Fronteiras Etnico-Culturais, Fronteiras da exclusão.Processos de autonomia e de aprendizagem na prática dos feirantes Terena de Aquidauana (MS): cotidiano, socialidade e conhecimento intercultural. 2008. (Seminário).

Perícia Antropológica e a Defesa dos Direitos sócio-Culturais no Brasil.O processo de regulariazação fundiária dos territorios quilombolas em MS. 2008. (Simpósio).

IV Congresso Brasileiro de Agroecologia. Agroecologia e Povos Indígenas: dilemas de um retorno anunciado.. 2006. (Congresso).

IV Congresso Brasileiro de Agroecologia. Agroecologia e Povos Indígenas: dilemas de um retorno anunciado.. 2006. (Congresso).

25a. Reunião Brasileira de Antropologia (RBA-ABA). 2006. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Agroecologia. Agroecologia e Povos Indígenas: dilemas de um retorno anunciado. 2006. (Congresso).

II seminário Internacional: fronteiras étnico-culturais, fronteiras da exclusão..Agroecologia em Terras Indígenas: das fronteiras da sustentabilidade à política de educação intercultural.. 2006. (Seminário).

I Seminário sobre políticas de Sustentabilidade nas Terras Indígenas de Mato Grosso do Sul. 2005. (Congresso).

VI Reunión de Antropología del mercosur.Para uma etnografia da casa pantaneira: tempos e espaços vividos na colônia São Domingos.. 2005. (Outra).

VI Reunión de Antropología del mercosur.Conhecimento Terena em perspectiva: limites e contingências das práticas intervencionistas de Desenvolvimento Rural.. 2005. (Outra).

I Simposio de etnobiologia e etnoecologia da região sul: aspectos humanos da biodiversidade. 2003. (Simpósio).

V Reunião de Antropologia do Mercosul.O programa pantanal e populações indígenas: uma reflexão sobre ambientalismo e participação. 2003. (Outra).

Ensino de Antropologia: Diagnóstico, Mudanças e Novas Inserções no mercado de trabalho. 2002. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Alicia Norma Gonzalez de Castells

CASTELLS, A. N. G.; HARTUNG, Miriam; LANGDON, Esther Jean. Para uma etnografia da casa pantaneira: tempos e espaços vividos na Colônia São Domingos. 2004. Exame de qualificação (Mestrando em Antropologia Social) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Renata Medeiros Paoliello

GODOI, E.P.;PAOLIELLO, Renata Medeiros; ARRUTI, J. M. P. A.. Territórios de Vida. Espaços-tempos 'casa adentro' e 'casa afuera': experiências de interação-diferenciação negro-indígena nos pueblos do rio Cayapas e do rio Santiago em Esmeraldas-Equador. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em doutorado em antropologia social) - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas/UNICAMP.

Emilia Pietrafesa de Godoi

GODOI, E. P. / PIETRAFESA DE GODOI, E.; ARRUTTI, J. M. A.; PAOLIELLO, R. M.. Territórios de vida. Espaços-tempos 'casa adentro' e 'casa afuera': experiências de interações-diferenciação negro-indígena nos pueblos de Cayapas e do Rio Santiago, em Esmeraldas-Equador. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FEHLAUER, T. J. ; Ayala, C. . "Agroecologia em Terras Indígenas": das fronteiras da sustentabilidade à politica de educação intercultural. Tellus (Campo Grande) , v. 12, p. 33-48, 2007.

  • Ayala, C. ; FEHLAUER, T. J. . Considerações críticas sobre o conceito etnodesenvolvimento: para pensar a condescendência na relação intercultural. Tellus (Campo Grande) , Campo Grande -MS, v. Ano 5, n.n. 8-9, p. 37-52, 2005.

  • CASTANHEDE FILHO, A. ; Carneiro,A.F.T. ; Ayala, C. ; et al. . O Incra e os deafios para a regularização dos territórios quilombolas. 01. ed. Brasília: MDA, 2006. v. 01. 184p .

  • Ayala, C. ; BRUSTOLIN, C. ; dos Anjos . REconhecimento étnico e identidade quilombola: os relatórios enquanto espaço de diálogo no processo de regularização fundiária. Indefinido. : , 2008, v. , p. -.

  • FEHLAUER, T. J. ; Ayala, C. . Processos de autonomia e de aprendizagem na prática dos feirantes Terena de Aquidauana (MS): cotidiano, socialidade e conhecimento intercultural. In: III Seminário Internacional "Fronteiras Etno-culturais, fronteiras da exclusão", 2008, Campo Grande-MS. Anais do III Seminário Internacional "Fronteiras Etno-culturais, fronteiras da exclusão", 2008.

  • FEHLAUER, T. J. ; Ayala, C. . Agroecologia em Terras Indígenas: das fronteiras da sustentabilidade à política de educação intercultural.. In: II seminário Internacional: fronteiras étnico-culturais, fronteiras da exclusão., 2006, Campo Grande-MS. Anais do II seminário Internacional: fronteiras étnico-culturais, fronteiras da exclusão.. Campo Grande: UCDB, 2006.

  • Ayala, C. ; BRUSTOLIN, C. . Dos direitos territoriais à conformação pública da problemática quilombola em MS.. In: Congresso da ABANNE, 2009, Natal-RN. Anais da ABANNE, 2009.

  • Ayala, C. ; BRUSTOLIN, C. . "Eles têm documento do gado?":violência simbólica e dominação numa comunidade quilombola de MS. In: 26a. Reunião Brasileira de Antropologia, 2008, Porto Seguro-BA. Anais da 26a. Reunião Brasileira de Antropologia, 2008.

  • FEHLAUER, T. J. ; Ayala, C. . Agroecologia e Povos Indígenas: dilemas de um retorno anunciado.. In: IV Congresso Brasileiro de Agroecologia, 2006, Belo Horizonte-MG. Anais do IV Congresso Brasileiro de Agroecologia: construindo horizontes sustentáveis.. Belo Horizonte: Emater-mg, 2006.

  • FEHLAUER, T. J. ; Ayala, C. . Conhecimento agrícola Terena em perspectiva: limites e contingências das práticas intervencionistas de desenvolvimento rural. In: VI Reunión de Antropología del Mercosur, 2005, Montevidéu. VI reunión de antropología del Mercosur - Identidad, Fragmentación y diversidad. Montevidéu: Tradinco, 2005. p. 328-329.

  • Ayala, C. ; Para uma etnografia da casa pantaneira: tempos e espaços vividos na Colônia São Domingos. In: VI Reunión de Antropología del mercosur, 2005, Montevidéu. VI reunión de Antropología del Mercosur - Identidad, Fragmentación y diversidad. Montevideu: Tradinco, 2005. p. 260-260.

  • Ayala, C. ; FEHLAUER, T. J. . O Programa Pantanal e Populações Indígenas: uma reflexão sobre ambientalismo e participação.. In: V Reunião de Antropologia do Mercosul, 2003, Florianópolis. Antropologia em Perspectivas. Florianópolis: Nova Letra, 2003. v. ùnico. p. 160-160.

  • Ayala, C. ; BRUSTOLIN, C. . Quando o Território se transforma em Patrimônio: a descoberta da Comunidade Negra Colônia de São Miguel/MS . In: Reunião de Antropologia do Mercosul, 2007, Porto Alegre. Anais da VII RAM, 2007.

  • Ayala, C. ; BRUSTOLIN, C. ; FEHLAUER, T. J. . Quando o espaço se transforma em território: o caso da comunidade São Miguel 2008 (Etnografia de terrritório étnico).

  • Ayala, C. ; Para uma etnografia da casa pantaneira: tempos e espaços vividos e imaginados. 2005 (Dissertação de mestrado).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Ayala, C. ; BRUSTOLIN, C. ; FEHLAUER, T. J. . Relatório sócio-histórico-antropologico da comunidade negra Colônia São Miguel, Maracajú (MS). 2007.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2009 - 2011

    POLÍTICAS PÚBLICAS, RECONVERSÕES PRODUTIVAS E RECOMPOSIÇÕES IDENTITÁRIAS NO NORDESTE BRASILEIRO: UM OLHAR A PARTIR DO MUNDO RURAL E DE SUAS CONEXÕES COM O URBANO (Projeto "Casadinho"), Descrição: O projeto de pesquisa e cooperação acadêmica envolve equipes de docentes-pesquisadores do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Campina Grande - UFCG e do Programa de Doutorado em Ciências Sociais da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, interessados em aprofundar suas investigações acerca das políticas públicas, reconversões produtivas e recomposições identitárias no Nordeste brasileiro. As duas equipes contam com uma trajetória de intercâmbio construída na participação regular em congressos e seminários da área acadêmica, na organização de Grupos de Trabalhos e seminários em diversos eventos das Ciências Sociais e das temáticas dos estudos rurais e do trabalho, na participação conjunta em bancas de Mestrado e Doutorado e, principalmente, por meio do Projeto O Mundo Rural e as Ciências Sociais. Produção de Conhecimento e Formação de Pesquisadores, no âmbito do PROCAD/CAPES, desenvolvido em conjunto com pesquisadores da UFPE e UFRN, entre 2001 e 2005, tendo resultado na criação do Laboratório de Observação Permanente sobre as Transformações do Mundo Rural do Nordeste. O projeto articula quatro eixos temáticos que caracterizam importantes tensões inerentes às políticas públicas e às transformações sociais na região, no marco dos efeitos diferenciados e contraditórios do processo de globalização. Os quatro eixos temáticos a serem articulados neste projeto de pesquisa são: 1. As redefinições das relações de trabalho e das dinâmicas migratórias nos estados do Nordeste, principalmente nos pequenos municípios, no contexto da expansão dos setores mais dinâmicos do agronegócio brasileiro e suas transformações na região Sudeste. 2. A (re)pecuariazação do semi-árido nordestino como efeito de políticas públicas de incentivo à modernização da pecuária na região. 3. A titulação de territórios de comunidades remanescentes de quilombos no estado da Paraíba. O projeto implica em estudos transdiciplinares que permitam identificar e de. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (19) / Mestrado acadêmico: (10) / Doutorado: (8) . , Integrantes: Caroline Himmelreich Ayala - Integrante / Emília Pietrafesa de Godói - Integrante / Marilda Aparecida de Menezes - Coordenador / Roberto Veras de Oliveira - Integrante / Edgard Afonso Malagodi - Integrante / Neusa Gusmão - Integrante / Sônia Bergamasco - Integrante / Fernando Antônio Lourenço - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agraria, INCRA-superintendência Regional de MS. , Avenida Afonso Pena, 2403, Centro, 79100000 - Campo Grande, MS - Brasil, Telefone: (67) 33832008, Ramal: 2058, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2009 - 2011

    Universidade Federal de Campina Grande

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisadora, Carga horária: 2

  • 2006 - Atual

    INCRA-superintendência Regional de MS

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Analista de Desenv Agrário/Antropólogo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Atuação como antropóloga, junto ao Coordenação de regularização de territórios quilombolas, do INCRA-MS.

    Atividades

    • 03/2006

      Pesquisa e desenvolvimento , INCRA, .,Linhas de pesquisa

    • 03/2006

      Serviços técnicos especializados , INCRA, .,Serviço realizado, Coordenação e Supervisão de elaboração de Relatórios Sociohistórico-antropológico dos processos de regularização de terras de comunidades quilombolas de MS..

  • 2000 - 2002

    Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul

    Vínculo: Contratado via Fundação Estadu, Enquadramento Funcional: Contrato temporário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Convênio FAPEMS-TERRASUL, de um ano renovado por mais um. Atuação na área sociorganizacional rural, como Arquiteta-urbanista no setor de Habitações Rurais. Atuação em Assentamentos de Reforma Agrária de MS.

    Atividades

    • 02/2000 - 02/2002

      Serviços técnicos especializados , IDATERRA, .,Serviço realizado, Serviços de planejamento paricipativo de agrovilas e habitações rurais.