Rodrigo Nunes da Fonseca

Rodrigo Nunes da Fonseca é Professor/Pesquisador e Diretor (2014-atual) do Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé, (NUPEM) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-Macaé). Membro Afiliado da Academia Brasileira de Ciências (2017-2021). É Cientista do Nosso Estado da FAPERJ (2019-2022) e bolsista de produtividade Nivel 2 no CNPq - Comite Genética(2014-). Doutorado (2008) e pós-doutorado (2009) em genômica funcional e biologia evolutiva do desenvolvimento (Evo-Devo) na Universidade de Colônia, Alemanha. Publicou mais de 50 artigos em periódicos especializados com mais de 2000 citacoes (Google Scholar-Fator H=16). Tem dez orientações completas e orienta oito alunos de mestrado e doutorado como membro permanente dos dois programas de pós-graduação stricto sensu da UFRJ-Campus Macaé PPG-CiAC (Ciências Ambientais e Conservação), PPG-PRODBIO (Produtos Bioativos e Biociências) e do Programa de Excelência da UFRJ-Sede PPG-PCM (Programa de Ciências Morfológicas). Atua como revisor de diversos periódicos internacionais (NAR, Dev. Gen Evol, Dev. Biol, FEBS J, Plos One, Gene, dentre outros) particularmente na genética evolutiva do desenvolvimento de artrópodes. Possui colaborações com pesquisadores da Alemanha, Inglaterra, Noruega, Holanda e Estados Unidos particularmente com especialistas em estudos de Evo-Devo de invertebrados, sendo um dos entusiastas da área no Brasil (http://evodevobr.wordpress.com/).

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Genetics and Functional Genomics

2004 - 2008

Universitat Zu Koln
Título: The function of the TGF-beta and Toll pathways in Tribolium dorsoventral patterning
Orientador: Siegfried Roth
Bolsista do(a): Nord-Rhein-Westphalen, NRW, Alemanha. Palavras-chave: Tribolium; dorso-ventral; Drosophila; Evolucao e Desenvolvimento.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Embriologia. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Evolução Molecular.

Mestrado em Bioquímica

2002 - 2004

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Evidencias da conservacao evolutiva da família Hox11/Tlx,Ano de Obtenção: 2004
Orientador: Cristiano Coutinho /Radovan Borojevic
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Metazoa; Homeobox; Hox11; Controle da Proliferação e da Diferenciação Celula; Evolução da multicelulariedade; Porifera. Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia.

Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica

1998 - 2001

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Evolucao da família Hox11/Tlx
Orientador: Cristiano Coutinho/Radovan Borojevic
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2008 - 2009

Pós-Doutorado. , Universität zu Köln, UKÖ, Alemanha. , Bolsista do(a): Deutsche Forschungsgemeinschaft, DFG, Alemanha.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Pesquisador Visitante. (Carga horária: 360h). , Universidade de Leiden, UNI-LEIDEN, Holanda.

2014 - 2014

Pesquisador Visitante. (Carga horária: 160h). , Universität zu Köln, UK, Alemanha.

2012 - 2012

A Systems Biology Approach. (Carga horária: 100h). , Instituto Pasteur de Montevideo, PASTEUR, Uruguai.

2006 - 2006

Molecular Evolution of Development. (Carga horária: 80h). , European Molecular Biology Organization, EMBO/EMBL, Alemanha.

2002 - 2002

Deutschlandkundlichen Winterkurs. (Carga horária: 144h). , Universität Essen, UE, Alemanha.

2001 - 2001

Escola de Verão: Mét. Computacionais em Biologia. (Carga horária: 40h). , Laboratório Nacional de Computação Científica, LNCC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Biologia do Desenvolvimento.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Evolução Molecular.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Bioinformática.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

DA FONSECA, R. N. ; DI DARIO, FABIO ; PAMPANIN, D. M. . Curso Internacional NORBRA 2020. 2018. (Outro).

CARNEIRO, K. ; BRITO, J. M. ; ABREU, J. G. ; NUNESDAFONSECA, R . VI International Symposium of Developmental Biology - I Symposium of the Brazilian Society of Developmental Biology. 2013. (Congresso).

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; Mury, F ; Silva, JS ; Moraes, J ; Campos, E . XVI Arthromint. 2012. (Congresso).

FRAGA, A. O. ; da Fonseca, Rodrigo Nunes ; GAMOZA, E. ; RIBEIRO, J. M. C. ; GONÇALVES, PABLO RODRIGUES ; Cardoso, Edison . 4 Encontro Integrado Cientifico e 1 Simpósio de Pos Graduação e Pesquisa da UFRJ Macae. 2012.. 2012. (Outro).

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; Gomes, F ; Romao, LF ; BARROS, C. ; SPOHR, T. . Fronteiras em Biologia Celular - Campus Macaé. 2011. (Congresso).

VALLE, D. ; Alvarenga, PH ; Bruno, RV ; FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA . Curso de Biologia de Artrópodes Vetores. 2011. (Congresso).

Garcia-Abreu, J ; Buffolo, M ; Reis, A ; FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA . Encontro dos Alunos de Biologia do Desenvolvimento. 2010. (Congresso).

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; LYNCH, J. A. ; PANFILLIO, K. . Colonia Coleoptera - Regional Tribolium Meeting. 2009. (Congresso).

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; Other 9 students . 2nd International Students Symposium - Crossroads in Biology. 2008. (Congresso).

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA . Crossroads in Biology - Students Symposium of the International Graduate School in Genetics and Functional Genomics of Cologne University. 2007. (Congresso).

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; OLIVEIRA, F. L. ; SILVA JUNIOR, H. ; BALDUINO, A. . I Simpósio de Formação Acadêmica no Brasil: O doutor e o Brazil em o que um pode ajudar o outro?. 2003. (Congresso).

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; DELLIAS, J. M. M. ; BUENO, G. ; OLIVEIRA, F. L. ; FURTADO, D. R. ; MEIREILLES FILHO, A. A. ; MAIA, G. A. . III Semana de Biomedicina. 2001. 2001. (Congresso).

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; FURTADO, D. R. ; OLIVEIRA, F. L. ; MEIREILLES FILHO, A. A. ; DELLIAS, J. M. M. ; MAIA, G. A. ; BUENO, G. . II Semana de Biomedicina. 2000. (Congresso).

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; MEIREILLES FILHO, A. A. ; FURTADO, D. R. ; OLIVEIRA, F. L. ; BUENO, G. ; DELLIAS, J. M. M. ; MAIA, G. A. . I Semana de Biomedicina. 1999. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

A biologia celular no Brasil: passado, presente e futuro. A interface entre a biologia celular e a biologia do desenvolvimento - Academia Brasileira de Ciências. 2018. (Congresso).

Latin American Society of Developmental Biology. Evolution and multiple roles of the Pancrustacea specific transcription factor zelda in insects. 2017. (Congresso).

Seminar Series - Institute of Biology Leiden.Arthropod Development using non-model species. 2017. (Seminário).

EntomoRio - III Simpósio de Entomologia do Rio de Janeiro.Biologia evolutiva do desenvolimento utilizando espécies nacionais. 2015. (Simpósio).

Evolution and Development Workshop.Evolution of gene regulatory networks in arthropods: insights from non-model organisms. 2015. (Simpósio).

XIX Biosemana.Biologia do desenvolvimento com espécies de interesse nacional. 2015. (Simpósio).

16th TWAS-Rolac Young Scientists Conference.Morphogenesis and germ layer specification during arthropod evolution. 2014. (Simpósio).

Congresso Brasileiro de Zoologia. Evo-devo verde-amarela: o uso de espécies Brasileiras para responder questões em biologia do desenvolvimento. 2014. (Congresso).

FESBE Regional.Biologia evolutiva do desenvolvimento utilizando espécies de interesse nacional.. 2014. (Simpósio).

II Symposium of Evolutionary Biology.Evolution and Development using non model arthropod species. 2014. (Simpósio).

I Semana da Biologia da UFPB.Fazendo uma Evo-Devo verde-amarela. 2013. (Simpósio).

Seminário de Acompanhamento de Programas de Pós-graduação da Área de Ciências Ambientais, CAPES m.Avaliação da Area de Ciências Ambientais. 2013. (Seminário).

III Workshop - Aedes aegypti no Brasil.Brigando para visualizar os ovos de Aedes. 2012. (Simpósio).

Semana de Bio Estudos."Biologia evolutiva do desenvolvimento: aspectos históricos, discussões filosóficas e temas atuais". 2012. (Encontro).

Triatomine Genomics and Biology III.Developmental Biology of Rhodnius prolixus. 2012. (Simpósio).

57 Congresso Brasileiro de Genetica. Evo-devo e a compreensao dos processos evolutivos. 2011. (Congresso).

A Biologia Evolutiva e do desenvolvimento (Evo-Devo).Biologia evolutiva do desenvolvimento: aspectos históricos, discussões filosóficas e temas atuais.. 2011. (Simpósio).

Dia D de Combate a Dengue.Como o ovo do vetor da dengue se desenvolve ?. 2011. (Simpósio).

V Simpósio Internacional em Biologia do Desenvolvimento.The evolution of oogenesis and embryogenesis and arthropods. 2011. (Simpósio).

Artrhomint - Curso.Curso sobre embriologia e controle de artrópodes. 2010. (Encontro).

Encontro dos Alunos de Biologia do Desenvolvimento.Evo-Devo uma introducao. 2010. (Encontro).

I Simpósio Internacional em Biologia do Desenvolvimento.Evolution of dorsoventral axis formation in insects. 2010. (Simpósio).

XII Semana de Biomedicina.Uma introdução à Biologia Evolutiva do Desenvolvimento: desvendando o que Darwin não sabia?. 2010. (Simpósio).

XV Congresso da Sociedade Brasileira de Biologia Celular. Curso em Biologia do Desenvolvimento - Organismos modelos. 2010. (Congresso).

Colonia Coleoptera - Tribolium Meeting.The fole of the Folded gastrulation/concertina in Tribolium gastrulation. 2009. (Simpósio).

Dia de Darwin UFMG- Palestrante convidado.A importância da Evo-Devo no entendimento do processo evolutivo.. 2009. (Simpósio).

ICB 40 anos - UFRJ - Série de conferências - Palestrante convidado.(Evolução da formação do eixo corporal: localização de RNAm, circuitos reguladores e especificação posterior em artrópodes não-modelos. 2009. (Simpósio).

IV Simpósio Internacional em Biologia do Desenvolvimento - Palestrante convidado.Evolution of dorsoventral axis formation in insects. 2009. (Simpósio).

2nd Crossroads in Biology - Cologne.Self-Regulatory Circuits in Dorsoventral Axis Formation of the Short-Germ Beetle Tribolium castaneum. 2008. (Simpósio).

II Euro Evo-Devo Conference. Self-Regulatory Circuits in Dorsoventral Axis Formation of the Short-Germ Beetle Tribolium castaneum. 2008. (Congresso).

I Euro Evo-Devo Conference. Evolution of Dpp extracellular modulation in insects: twisted gastrulation and tolloid in the short-germ insect Tribolium. 2006. (Congresso).

2nd Tribolium Meeting.twisted gastrulation, tolloid and brinker in the short-germ Tribolium. In: 2nd Tribolium International Meeting,. 2005. (Simpósio).

V Semana de Biomedicina.Correlacionando folhetos embrionários e células-tronco. 2003. (Outra).

Conferência como palestrante convidado no laboratório do Prof. Werner Müller.Deep Homologies among Hox11 gene family. 2002. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Vitor Trinca

DA FONSECA, R.N.. Análise do padrão de expressão de BhC4-1-GFP em linhagens transgênicas de Drosophila melanogaster. 2018. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Rafael Vaz de Abreu

FONSECA, J. H. R.;DA FONSECA, R. N.; SILVA, G. O. P. E.. Modulação do Metabolismo de Lipidios do Besouro Tribolium castaneum por Gases Diatômicos. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Tainan Carla Guedes da Silva

DA FONSECA, R. N.. O Papel do Small heat shock proteins na fisiologia e transmissão parasitária do Rhodnius prolixus, um inseto vetor da Doença de Chagas.. 2018. Dissertação (Mestrado em Química Biológica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Keity Jaqueline Chagas Vilela Npcchi

DA FONSECA, R. N.; ROMEIRO, N. C.; COSTA, E. P.; José Roberto da Silva; ARAUJO DE ABREU, LEONARDO. Predição da inibição do desenvolvimento de larvas do mosquito Aedes aegypti através do docking entre a Mps1(Monopolar Spindle 1) do A.aegypti com inibidores de quinases e a análise en vivo.. 2018. Dissertação (Mestrado em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Gabriel Negueira

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Caracterização Molecular de um Promotor Intestino-Específico e Ativado Por Alimentação Sanguínea em Lutzomyia longipalpis. 2018. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Biologia Celular e Molecular) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Matheus Cardoso

DA FONSECA, R. N.; Venancio, T. PADRÕES DE EXPRESSÃO DE DIFERENTES ISOFORMAS DO GENE GRAINYHEAD EM OVOS DO BESOURO Tribolium castaneum. 2017. Dissertação (Mestrado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Gabriel Rodrigues Cavalheiro

DA FONSECA, R. N.; MARTINS, R.. N-myc regula o crescimento e diferenciação terminal do cristalino em desenvolvimento. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Carlos Renato de Oliveira Daumas Filho

DA FONSECA, R. N.. Proteínas tirosina fosfatases (PTPS) no genoma do mosquito Aedes aegypti: identificação, caracterização e análise funcional.. 2016. Dissertação (Mestrado em Química Biológica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Rannyele Passos Ribeiro

DA FONSECA, RODRIGO N.; BARBOZA, C. A. M.. Diversidade morfológica e molecular de do arquipélago de São Pedro e São Paulo.. 2015. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Leonardo Polon

DA FONSECA, RODRIGO N.. Estudo da função de Sonic Hedgehog no desenvolvimento da orelha em embriões. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Ciências Morfológicas (PCM)- Universidade Federal do Rio de Jan) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Flávia Natalia Ostavip

Bozelli, R.;FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Análise comparativa de resultados ambientais em empresas ligadas à exploração de petróleo. 2014. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Newton Ruiz Saches Junior

LOGULLO, C. J.;COSTA, E. P.NUNESDAFONSECA, R. Desenvolvimento de metodologia alternativa para silenciamento gênico por RNAi em ovos de carrapatos. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Roger Cardozo Maia

Logullo, C.NUNESDAFONSECA, R. EFEITO DE UM REGULADOR DA VIA PI3-K/AKT (wortmannin) NA QUALIDADE DE EMBRIÕES BOVINOS SUBMETIDOS À VITRIFICAÇÃO. 2014. Dissertação (Mestrado em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Cristiani Miranda David Gossani

Venancio, T;. Evolução de genes que conferem resistência a múltiplas drogas e fungos. 2014. Dissertação (Mestrado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Jennifer Gonçalves

MENEZES, J. S.; CINELLI, L. P.;NUNESDAFONSECA, R. Modelo in vitro de diabetes utilizando células de túbulo proximal. 2014. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Ingrid Cordeiro

BRITO, J. M.; MARTINS, R.; SANTIAGO, M.;Fonseca, Rodrigo Nunes. Modelo de xenoenxerto revela localização perineural e perivascular de células estromais de tecido adiposo humanas. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Morfológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Maurício Rocha Martins

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; Lobo Borges, H; Peter Urmenyi, T.. Ontogênese da retina: validação de genes de referência para estudos de expressão gênica em ratos e caracterização da expressão do fator de transcrição KLF4. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Fabrício de Almeida Gonçalves

Fonseca-Leal, J.J.; Figueiredo Barros, M;FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Bioturbação por macroinvertebrados bentônicos: efeitos na ciclagem de nutrientes e na comunidade bacteriana.. 2013. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Danieli Flavia Rossi

Figueiredo Barros, M;FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Efeito do biorevolvimento por Heleobia australis e Laonereis culveri sobre os fluxos de carbono inorgânico nas interfaces sedimento-água-atmosfera.. 2013. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Renato Martins da Silva

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; Logullo, C; Alvarenga, PH; Araujo Abreu, L. Modulação do metabolismo de glicose nos ovos em diapausa do mosquito Aedes aegypti. 2012. Dissertação (Mestrado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Danielle Novelli

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Papel da enzima GSK-3 na embriogênese de Aedes aegypti. 2010. Dissertação (Mestrado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Rajesh Kumar Gazara

VENANCIO, THIAGO M.; SOUZA FILHO, G. A.; FERNANDES, K. V. S.; SOUZA, R. F.;DA FONSECA, R. N.. Analysis of the GID1 family of gibberellin receptors in land plants and elucidation of gibberellin-driven transcriptional programs during soybean (Glycine max) germination.. 2019. Tese (Doutorado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Sarah Ribeiro Milograma

DA FONSECA, RODRIGO N.; KOLSHDORF, T.; RAMOS, R.; Simões, Z.. Associações entre a evolução molecular dos genes Hox e a evolução da diversidade morfológica em Squamata e Marsupialia. 2015. Tese (Doutorado em Faculdade de Medicina Ribeirão Preto) - USP.

Aluno: Olga Lima Tavares Machado

Venancio, T;DA FONSECA, RODRIGO N.; OLIVARES, F. L.; MACHADO, O. L. T.. Análise computacional dos genes essenciais em procariotos: uma abordagem comparativa da função, conservação e organização genômica.. 2015. Tese (Doutorado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Maiaro Cabral Rosa machado

DA FONSECA, RODRIGO N.Araujo, HM; Hartfelder, K. H.; RAMOS, R.. Estudo da co-regulação transcricional da família IRM de moléculas de adesão celular em Drosophila melanogaster.. 2015. Tese (Doutorado em Faculdade de Medicina Ribeirão Preto) - USP.

Aluno: Lúcia Fernandes Sanches

DA FONSECA, RODRIGO N.; ESTEVES, F. A.. Efeito do aporte de matéria orgânica dissolvida para o estoque de carbono: Testando a ocorrência do "Primiing effect" em ecossistemas aquáticos.. 2015. Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Murilo Carlos Bizam Vianna

DA FONSECA, RODRIGO N.; RAMOS, R.. Estudo in vivo das funções da ataxina-2 em Drosophila melanogaster. 2015. Tese (Doutorado em Faculdade de Medicina Ribeirão Preto) - USP.

Aluno: Murilo Vianna

NUNESDAFONSECA, R. Estudo in vivo das funções da ataxina-2 em Drosophila melanogaster. 2014. Tese (Doutorado em Faculdade de Medicina Ribeirão Preto) - USP.

Aluno: EDUARDO RIOS

NUNESDAFONSECA, R. Flolitlins mediate cell adhesion in zebrafish. 2014. Tese (Doutorado em Ciências Morfológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Ana Paula Saita

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; RAMOS, R.; SIMON, C.; Yan, I. Caracterização da expressão tecidual de FHOS durante o desenvolvimento de Drosophila melanogaster. 2013. Tese (Doutorado em Genética USP-RP) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Ana Durvalina Bomtorin

Simões, Z.; Hartfelder, K. H.; Campos-Pereira, T.;FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Expressão de Ultrabithorax e o Desenvolvimento cast-específico de apêndices dorsais de Apis mellifera. 2013. Tese (Doutorado em Genética USP-RP) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Marcio Ribeiro Fontenele

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; Garcia-Abreu, J;Araujo, HM. Mecanismos regulatórios da via maternal de Dpp/BMP e suas implicações na embriogênese de Drosophila melanogaster.. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Ciências Morfológicas (PCM)- Universidade Federal do Rio de Jan) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Lucas Anhezini de Araujo

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Produção e caracterização de linhagens transgênicas para o estudo funcional de jazigo durante o desenvolvimento de Drosophila. 2011. Tese (Doutorado em Faculdade de Medicina Ribeirão Preto) - USP.

Aluno: Lupis Ribeiro Gomes Neto

DA FONSECA, R. N.; Venancio, T. O papel do desenvolvimento do gene zelda no besouro T. castaneum. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Camila Fernanda Waltero Orjuela

DA FONSECA, R. N.; LOGULLO, C. J.; Araujo Abreu, L. Sinalização da insulina/TOR no desenvolvimento embrionário em artrópodes vetores de doenças.. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Nathália da Graça Amado

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; Garcia-Abreu, J. Crista Neural. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Ciências Morfológicas (PCM)- Universidade Federal do Rio de Jan) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Carolina Pontes Soares

Brito, JM;FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Bases Moleculares da Fertilização. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Ciências Morfológicas (PCM)- Universidade Federal do Rio de Jan) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Helga Fernandes Gomes

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Distúrbio bipolar. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Lina Lane Ferreira

DA FONSECA, R. N.. Análise do papel do heme sobre as atividades de enzimas digestivas do intestino médio do Rhodnius prolixus (Hemiptera: Reduviidae).. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Arthur Justen

DA FONSECA, RODRIGO N.. Estudo da variação da pigmentação dos olhos no anfípode Atlantorchestoidea brasilensis (Crustacea, Talitridae). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Aldo Caccavo

GONCALVES, P.;FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Efeitos da redução de habitats na morfologia craniana de três espécies de pequenos. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Fabrício de Almeida Gonçalves

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; Mussi, M; Figueiredo Barros, M. Bioturbação por macroinvertebrados bentônicos: efeitos na ciclagem de nutrientes e na comunidade bacteriana.. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: John Douglas de Oliveria Teixeira

DA FONSECA, R. N.. O papel da via de sinalização de sonic hedgehog na diferenciação muscular esquelética em Gallus gallus. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas: Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Carolina Augusta

NUNESDAFONSECA, RMORAES, J. L.. Avaliação funcional e morfológica do sistema renal do roedor Cerradomys goytaca: o último mamífero descoberto no PARNA Jurubatiba.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Laura Carriello Emrich

NUNESDAFONSECA, RSilva, JS; Monteiro de Barros, C. Regulação da produção de Óxido Nítrico nas células de defesa (hemócitos) da ascídia Phallusia nigra: aspectos da via de sinalização. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Márcio Augusto Buffolo

Araujo, HM; Brito, JM; Fontenele, Marcio Ribeiro;FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Análise funcional de loci gênicos ancorados nos fatores de fertilidade do cromossomo Y em machos de Drosophila melanogaster através da tecnologia de RNA de interferência.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Bruno Almeida

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Análise da expressao de genes envolvidos na via de RNAi em diferentes populacoes do mosquito Aedes aegypti. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

Aluno: Danielle Goncalves Nelli

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Controle do metabolismo de glicogênio por uma glicogênio sintase quinase (GSK3) na diapausa em embriões de Aedes aegypti (Diptera:Culicidae). 2009.

DA FONSECA, R.N.. Concurso Público para Professor Adjunto A - ICb-UFRJ. 2018. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

DA FONSECA, RODRIGO N.. Concurso Público para Professor Adjunto do Departamento de Genética. 2015. Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

OLIVEIRA, F. L.;FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Concurso para Professor Adjunto - Curso Farmácia, Setor Análises Clínicas. 2013. Centro Universitário da Zona Oeste.

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; OLIVEIRA, F. L.. Concurso para Professor Adjunto - Curso Farmácia, Setor Microbiologia Clínica. 2013. Centro Universitário da Zona Oeste.

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; Monteiro de Barros, C; Mury, F. Concurso público para professor substituto, Setor Histologia/Embriologia. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; Brito, JM. Concurso público para professor temporário, Setor Embriologia, Faculdade de Medicina - Macaé. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Romão, L;FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; Monteiro de Barros, C. Concurso público para professor substituto, Setor Anatomia. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Leal, G; Couceiro, L.A.;FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Processo seletivo do mestrado em Ciências Ambientais e Conservação, UFRJ-Macaé. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Campos, EFONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Concurso para Professor Temporário Campus Macaé - Área Biotecnologia. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; Cinelli, L; Montani, J. Processo seletivo do mestrado em Produtos Bioativos e Biociências, UFRJ-Macaé. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

NUNES-DA-FONSECA, RODRIGO. Avaliação de estágio probatório USP. 2019. USP.

DA FONSECA, R.N.. Brazilian Society of Cell Biology Meeting - Developmental Biology Summaries. 2018. Sociedade Brasileira de Biologia Celular.

DA FONSECA, R. N.. XIX Congress of the Brazilian Society for Cell Biology. 2018. Sociedade Brasileira de Biologia Celular.

DA FONSECA, RODRIGO N.. Avaliação estágio Probatório - USP-Zoologia. 2015. USP.

Campos, EFONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA; Gomes, L. Concurso para o Cargo de Professor Substituto em Bioquímica - UFRJ Macaé. Candidata aprovada - Ingred Goretti. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA. Avaliador da área de Ciências Biológicas - II Jornada de Pesquisa e Extensao UFRJ - Macaé. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

José Garcia Ribeiro Abreu Júnior

GARCIA-ABREU, J. ou Abreu J. G.. Evidências da conservação evolutiva de Hox11/Tlx e sua relevância para a origem dos animais. 2004 - Instituto de Química - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Michael Robinson Martins dos Santos

Avaliação da importância ecológica relativa entre os bancos de corais de águas profundas dos campos de Marlim e Voador, Bacia de Campos; Início: 2017; Dissertação (Mestrado profissional em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Willian Rodrigues da Costa Marinho

Diversidade de espécies e padrões de distribuição espacial e temporal da simuliofauna (Diptera: Simuliidae) de mata atlântica do Norte Fluminense; Início: 2019; Tese (Doutorado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

João Paulo Vieira

Estudo da dinâmica de gradientes de fatores de transcrição embrionários no besouro Tribolium castaneum; Início: 2019; Tese (Doutorado em Ciências Morfológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Renata Coutinho dos Santos

O gene zelda e seu papel na fisiologia e no desenvolvimento do mosquito Aedes aegypti; Início: 2018; Tese (Doutorado em Multicêntrico em Fisiologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; (Orientador);

Marcelle Vianna de Carvalho Uhl

O papel da AMPK na manutenção do metabolismo e do equilíbrio redox em células embrionárias de carrapato, BME26, submetidas ao desafio oxidativo como alternativa ao estabelecimento de estratégias de controle de carrapatos; ; Início: 2018; Tese (Doutorado em Multicêntrico em Fisiologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Alessandra da Silva Alvarenga

Estudo da função do gene mille-pattes (mlpt) e sua modulação por fatores abióticos no desenvolvimento do mosquito Aedes aegypti; Início: 2018; Tese (Doutorado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Janimayri Forastieri

Gestão Pública do Saneamento Básico com Ênfase em controle de Doenças Arbovirais, Utilizando Análises de Sistema de Informações Geográficas (SIG), via Estatística Espacial e Programação em R; ; Início: 2017; Tese (Doutorado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro; (Orientador);

Carina Azevedo Oliveira Silva

Investigando a atividade anti-Leishmania induzida por heme no intestino médio de Lutzomyia longipalpis; ; Início: 2016; Tese (Doutorado em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Lupis Ribeiro Gomes Neto

Início: 2018; Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;

Ruann Gumarães dos Santos

Catalogação dos Sumulideos e Biologia do Desenvolvimento; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Biomedicina) - Faculdade CNEC Itaboraí; (Orientador);

Giovana Carvalho Candido

Estudo experimental das funções de genes de smORFs no desenvolvimento do besouro Tribolium castaneum; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Caren Santos Martins

Estudo experimental das funções de genes de smORFs no desenvolvimento do besouro Tribolium castaneum; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Júlia A

Vitorino de Souza; Estudo experimental das funções de genes de smORFs no desenvolvimento do besouro Tribolium castaneum; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Lucas Santos da Cruz

Histologia dos ovos de simulideos; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Ciencias Biologicas - Macaé) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Lucas da Costa Schwenck

Analises de Potenciais antimicribianos de Nephilengys cruentata; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Carlos Eduardo da Silva Pereira

Estudo experimental das funções de genes de smORFs no desenvolvimento do besouro Tribolium castaneum; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro; (Orientador);

Gabriel Wermelinger Moreira

Caracterização do Gene Tiki em Parasteatoda Tepidariorum; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Ciencias Biologicas - Macaé) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Jonatha Anderson Fraga Egidio

Apoio Técnico às Unidades de Imagem e Genômica da UFRJ - Macaé; Início: 2019; Orientação de outra natureza; Universidade Federal do Rio de Janeiro; FAPERJ; (Orientador);

Diego Guerra

Predição e caracterização genômica de potenciais smORFs codificantes no besouro Tribolium castaneum; 2019; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

William Marinho

Levantamento faunístico e análise da embriologia de Simullidae (Diptera) coletados de uma fitofisionomia de mata atlântica do município de Macaé, Rio de Janeiro, Brasil; ; 2019; Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Giovanni Torres

Potencial antimicrobiano de teias de aranha autóctones de macaé; 2018; Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Renata Coutinho dos Santos

O gene zelda e seu papel na embriogênese do mosquito Aedes aegypti; 2018; Dissertação (Mestrado em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Alessandra Alvarenga

ANÁLISE SOCIOAMBIENTAL E POPULACIONAL DOS CULICÍDEOS (Aedes aegypti Linnaeus, 1762 E Culex quinquefasciatus Say, 1823) NOS BAIRROS DE IMBOASSICA E DO LAGOMAR DO MUNICÍPIO DE MACAÉ; 2017; Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

FELIPE ANTUNES DE OLIVEIRA

O papel do gene zelda na metamorfose do besouro Tribolium castaneum; 2017; Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, FUNEMAC; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Luan Cordeiro

Envolvimento de uma Proteína Quinase B (AKT) no complexo da Hexoquinase Mitocondrial em embriões do carrapato Ripicephalus microplus; ; 2017; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Vitória Tobias Santos

Estudo do gene poli-cistrônico milli-pattes na embriogênese de Rhodnius prolixus; 2017; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

João Paulo Albuquerque de Araujo

Análise da função do gene milli-pattes (mlpt) no mosquito Aedes aegypti; 2016; Dissertação (Mestrado em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Vitor Silva Candido de Oliveira

Investigação de possíveis mecanismos de reprodução sexuada e meiose em Tritrichomonas foetus; 2015; Dissertação (Mestrado em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Camila Waltero

Papel da via de insulina/TOR nas celulas embrionárias de carrapato; 2015; Dissertação (Mestrado em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Rhennã Nascimento da Silva

Avaliação da morfologia e expressão gênica de biomarcadores durante o desenvolvimento embrionário de Danio rerio sob efeito de substâncias tóxicas ou bioativas de águas poluídas; ; 2014; Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Coorientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Aline Barbosa

Estudos da biodiversidade de poliquetas; 2012; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Bianca Nicole

Estudo do processo de degeneração e regneração do sistema nervoso da ascídia Styela plicata; ; 2012; Dissertação (Mestrado em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Educacional de Macaé; Coorientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Klébea Carvalho

Papel dos polifosfatos no desenvolvimento embrionário do besouro T; castaneum; 2012; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Coorientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Danielle dos Santos

Desenvolvimento do intestino do besouro Tribolium castaneum; 2012; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Coorientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Lupis Ribeiro

Análise dos genes Zelda e da transição materno-zigótica no besouro T; castaneum; 2011; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Educacional de Macaé; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Amanda Fraga

Papel dos genes de metabolismo na embriogênese do besouro T; castaneum; 2011; Dissertação (Mestrado em Produtos Bioativos e Biociências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Coorientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Lupis Ribeiro

Evolução das redes regulatórias gênicas no besouro Tribolium castaneum; 2017; Tese (Doutorado em Biociências e Biotecnologia) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Coorientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Dominik Stappert

Evolution of gene regulatory networks involved in Tribolium dorso-ventral patterning; 2009; Tese (Doutorado em Genetics and Functional Genomics) - Universität zu Köln, Deutsche Forschungsgemeinschaft; Coorientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Emiliano Calderon

2016; Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Rodrigo Nunes da Fonseca;

Ana Carolina Magalhães Pires

INVESTIGAÇÃO DO PAPEL DO GENE ZEN NA RESPOSTA IMUNE DE RHODNIUS PROLIXUS DURANTE EMBRIOGÊNESE; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciencias Biologicas - Macaé) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Ariadne Vieira Lobo dos Santos

DIFERENTES FUNÇÕES DE Toll EM INSETOS: O PAPEL DE Toll-7 NO DESENVOLVIMENTO DE Tribolium castaneum; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciencias Biologicas - Macaé) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Felipe Gonçalves de Abreu

Análise da função do gene cactus no vetor Aedes aegypti; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciencias Biologicas - Macaé) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Ariadne Lobo dos Santos

Papel dos genes-alvo de zld durante a embriogênese do besouro T; castaneum: os genes Toll; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciencias Biologicas - Macaé) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Tais Exposito

Estudo da imunidade durante a embriogênese do vetor da doença de chagas Rhodnius prolixus; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciencias Biologicas - Macaé) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Nathállia Vieira do Nascimento

Estabelecendo métodos de controle populacional do carrapato bovino da espécie Boophilus microplus; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, FUNEMAC; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Felipe Antunes

Papel das variações ambientais no desenvolvimento embrionário da aranha Parasteatoda tepidariorum; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Leonardo Rocha

Desenvolvimento embrionário do mosquito Aedes aegypti; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Rebeca Reis

Desenvolvimento do intestino do besouro Tribolium castaneum; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Aline Cáceres

Embriogênese do vetor da doença de Chagas, o barbeiro Rhodnius prolixus; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Tamilis Figueiredo de Oliveira

?Estudo do mecanismo molecular responsável pela formação das camadas germinativas em artrópodes usando uma abordagem de biologia evolutiva do desenvolvimento (Evo-Devo)?; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Mariana Lobato

Estudo do metabolismo do embriao do besouro Tribolium castaneum; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciencias Biologicas - Macaé) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Educacional de Macaé; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Vitoria Santos

Caracterizacao da embriogênese do carrapato Boophilus microplus; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Kamila Bigonha

Estudo morfofuncional da embriogênese do mosquito Aedes aegypti; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Leonardo Cotts

Análise dos genes do desenvolvimento do mosquito Aedes aegypti; 2011; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Lupis Ribeiro

Análise molecular da embriogenese de artrópodes; 2010; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Victor Papatsenko

Construcao de vetores de DNA contendo a sequencia codificante de folded gastrulation de Tribolium para geracao de linhagens transgenicas de Drosophila; 2008; Orientação de outra natureza; (Mestrado em Biologia) - Universität zu Köln; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Rachappa Balkunde

Análise de genes envolvidos na padronizacao do eixo dorsoventral de Tribolium; 2006; Orientação de outra natureza; (Doutorado em Genética e Genomica Funcional) - Universität zu Köln; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Surayya Taranum

Análise de genes envolvidos na padronizacao do eixo dorsoventral de Tribolium; ; 2006; Orientação de outra natureza; (Doutorado em Genética e Genomica Funcional) - Universität zu Köln; Orientador: Rodrigo Nunes da Fonseca;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

CRISTIANO CARVALHO COUTINHO

Evidências da conservação evolutiva de hox11/tlx e sua relevância para a origem dos animais; 2004; Dissertação (Mestrado em Bioquímica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Cristiano Carvalho Coutinho;

CRISTIANO CARVALHO COUTINHO

Conservação evolutiva do mecanismo de controle de proliferação e diferenciação envolvendo a família gênica Tlx; ; 2002; 80 f; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Cristiano Carvalho Coutinho;

Ruann Guimaraes dos Santos

Criação e Observação do Ciclo de Vida dos Simulídeos; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Radovan Borojevic

Evidências da conservação evolutiva de Hox11/tlx e sua relevância para a origem dos animais; 2004; 120 f; Dissertação (Mestrado em Bioquímica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Coorientador: Radovan Borojevic;

Radovan Borojevic

Conservação evolutiva do mecanismo de controle de proliferação e diferenciação envolvendo a família gênica Tlx; ; 2002; 90 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Radovan Borojevic;

Clara de Fátima Gomes Cavados

Isolamento e Caracterização de Linhagens Entomopatogênicas de Bacillus Isoladas de Larvas e Adultos de Simulídeos; 1999; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Programa Institucional de Iniciação Científica Pib) - Fundação Oswaldo Cruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Clara de Fátima Gomes Cavados;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CABRAL, S. Z. ; PAULA, A. R. ; SAMUELS, RICHARD ; da Fonseca, Rodrigo Nunes ; GOMES, S. A. ; Silva, JS ; Flavia Mury . Aedes aegypti (Diptera: Culicidae) Immune Responses with Different Feeding Regimes Following Infection by the Entomopathogenic Fungus Metarhizium anisopliae. INSECTS , v. 11, p. 95, 2020.

  • GONÇALVES, PABLO R. ; Di Dario, Fabio ; PETRY, ANA C. ; MARTINS, RODRIGO L. ; DA FONSECA, RODRIGO N. ; HENRY, MALINDA D. ; DE ASSIS ESTEVES, FRANCISCO ; RUIZ-MIRANDA, CARLOS R. ; MONTEIRO, LEANDRO R. ; NASCIMENTO, MARCELO T. . Brazil undermines parks by relocating staff. SCIENCE , v. 368, p. 1199-1199, 2020.

  • WALTERO, CAMILA ; MARTINS, RENATO ; CALIXTO, CHRISTIANO ; FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; ARAUJO DE ABREU, LEONARDO ; da silva Vaz, Itabajara ; Logullo, C. . THE HALLMARKS OF GSK-3 IN MORPHOGENESIS AND EMBRYONIC DEVELOPMENT METABOLISM IN ARTHROPODS. INSECT BIOCHEMISTRY AND MOLECULAR BIOLOGY , v. 1, p. 103307, 2019.

  • FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; BOROJEVIC, R. ; COUTINHO, C. C. . Evidences for evolutionary conservation of Hox11/Tlx gene family controlling myelopoiesis. Developmental Biology , 2004.

  • COUTINHO, C. C. ; FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; BOROJEVIC, R. . Deep homologies among members of the Hox11 gene family. Developmental Biology , v. 235, n.1, p. 294, 2001.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Fonseca, Rodrigo Nunes da . Parecer Estágio Probatório Professor USP. 2015.

DA FONSECA, R.N. . Nationals museum of brazil disaster what did we learn and what should we do differently?. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

NUNESDAFONSECA, R . Biologia do Desenvolvimento da Transcrição. 2013. (Blog).

NUNESDAFONSECA, R . O genoma de um fóssil vivo e suas pistas sobre a evolução dos tetrápodes. 2013. (Blog).

NUNESDAFONSECA, R . Science lança mistérios do desenvolvimento. 2013. (Blog).

NUNESDAFONSECA, R . John Gurdon e o prêmio Nobel de Medicina de 2012. 2012. (Blog).

SCHNEIDER, I. ; Fonseca, Rodrigo Nunes . Evolução e Desenvolvimento. 2011; Tema: Biologia Evolutiva do Desenvolviment (Evo-Devo). (Blog).

DA FONSECA, R. N. . Zika: uma emergência Mundial. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

DA FONSECA, R. N. . Biologia Evolutiva do desenvolvimento (Evo-Devo) para iniciantes. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

DA FONSECA, R. N. ; KOHLSDORF, T. . Do DNA à forma: a Biologia Evolutiva do Desenvolvimento. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

DA FONSECA, R. N. . Uso de equipamentos no laboratório de Ciências. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

ESTEVES, F. A. ; LEMES MARTINS, R ; Mussi, M ; NOGUEIRA--COSTA, R ; Petry, A.C ; Di Dario, F ; MENEZES, J. S. ; Figueiredo Barros, M ; Mincarone, M.M ; Rodrigues-Gonçalves, P ; Fonseca, Rodrigo Nunes da . CARTA DAS ÁGUAS DE MACAÉ Contribuição do NUPEM/UFRJ para a Governança dos Recursos Hídricos do Município de Macaé. 2015. (Cartas, mapas ou similares/Carta).

Fonseca, Rodrigo Nunes da . Biologia do desenvolvimento com espécies de interesse nacional. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GOMES, H. ; Fonseca, Rodrigo Nunes da ; Martins-Feitosa, N . Biologia do Desenvolvimento para iniciantes. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

FEITOSA, N. M. ; Campos, E ; Fonseca, Rodrigo Nunes da . A EMBRIOGÊNESE DOS PEIXES E A POLUIÇÃO. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

NUNESDAFONSECA, R ; Reis, A ; Martins-Feitosa, N ; Garcia-Abreu, J . ABREU, J.G. ; FONSECA, R. N. ; FEITOSA, N. M. ; REIS, A. . CURSO PRÁTICO DE BIOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO E EVOLUÇÃO.. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

Allodi, S ; NUNESDAFONSECA, R ; Monteiro de Barros, C . Curso na SBBC -2012 10th International Congress on Cell Biology and the XVI Meeting of the Brazilian Society for Cell Biology. 2012.. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

Brito, JM ; Fonseca, Rodrigo Nunes da ; Garcia-Abreu, J . Biologia do Desenvolvimento Itinerante - Curso Prático de Biologia do Desenvolvimento. 2010. .

Brito, JM ; FONSECA, RN. ou NUNES DA FONSECA ; Garcia-Abreu, J . Biologia do Desenvolvimento Itinerante - Curso Prático de Biologia do Desenvolvimento - UFPB. 2010. .

Brito, JM ; Fonseca, Rodrigo Nunes da ; Garcia-Abreu, J . Biologia do Desenvolvimento Itinerante - Curso Prático de Biologia do Desenvolvimento - UFC. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

Nunes da Fonseca, Rodrigo ; OLIVEIRA, F. L. ; FURTADO, D. R. ; Vital, W . Aplicacoes das Células-Tronco na Medicina: Questoes Ética, Religiosas e Biotecnológicas. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Romao, LF ; Monteiro de Barros, C ; Nunes da Fonseca, Rodrigo . Aspectos Comparativos de Histologia e Embriologia dos Animais. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Fonseca, R. N. d. ; Schneirder, I . EvoDevoBr- Blog em Biologia evolutiva do desenvolvimento. 2009 (Blog de Divulgacao da Ciencia - Evo-Devo (junto com Igor Schneider)) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Biologia Evolutiva do Desenvolvimento de artrópodes vetores e pragas agrícolas., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador., Financiador(es): FAPERJ - Bolsa.

  • 2016 - Atual

    Genômica Funcional, bioquímica e biologia do desenvolvimento de artrópodes., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador.

  • 2016 - Atual

    Reprodução e desenvolvimento do peixe-rei, Atherinella brasiliensis: proposta de uso como modelo brasileiro para estudos toxicológicos, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / MENEZES, JACKSON DE SOUZA - Integrante / FEITOSA, NATALIA MARTINS - Integrante / Rhennã Nascimento da Silva - Integrante / Emiliano Nicolas Calderon - Integrante / Sônia Melo - Integrante / Márcia Reynier - Integrante.

  • 2016 - Atual

    PROPRIEDADES ANTIMICROBIANAS E COMPOSIÇÃO BIOQUÍMICA DA TEIA DA GLÂNDULA AMPOLA MAIOR (MaAS) DE Nephilengys cruentata (ARANAE: NEPHILIDAE), Descrição: Análise usando testes de inibição de microrganismos, SDS-PAGE e HPLC-MS para identificar novos compostos com atividade antimicrobiana.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / GIOVANNI TORRES VARGAS - Coordenador / PAULA ALVAREZ ABREU - Integrante.

  • 2016 - Atual

    ECOLOGIA, EVOLUÇÃO E DESENVOLVIMENTO (ECO-EVO-DEVO) NA HERPETOFAUNA BRASILEIRA, Descrição: Processos e mecanismos de evolução de diversidade fenotípica constituem tema central na Biologia Evolutiva. Dois grandes conjuntos agrupam investigações acerca da evolução da forma, ecomorfologia e evolução do desenvolvimento (Evo-Devo), mas a integração concreta dessas dimensões consolida-se efetivamente a partir do estabelecimento da área denominada Eco-Evo-Devo, quando o ambiente passa a ser reconhecido como agente indutor e seletor de diversidade fenotípica. A presente proposta utiliza essa abordagem integradora para concatenar dimensões funcionais e temporais dos processos de diversificação morfológica em representantes da herpetofauna brasileira. A proposta organiza-se em três eixos complementares. O primeiro combina sub-projetos de pesquisa acerca da diversificação morfológica em linhagens de Lissamphibia e Lepidosauria, organizados segundo três abordagens principais: Ecomorfologia, Evo-Devo, e Eco-Evo-Devo. Estudos ecomorfológicos serão implementados em escala taxonômica ampla, combinando dados morfométricos e merísticos com informações ecológicas. A pesquisa em Evo-Devo, por sua vez, investigará mecanismos e processos de desenvolvimento embrionário ou larval associados à diversificação morfológica em grupos específicos, por meio do sequenciamento de regiões codificantes e regulatórias de genes Hox e da avaliação de séries ontogenéticas. Finalmente, estudos em Eco-Evo-Devo serão desenvolvidos por meio da manipulação de condições ambientais durante o desenvolvimento e avaliação morfológica e funcional dos fenótipos estabelecidos. Essa proposta possui também um segundo eixo, focado na formação de Recursos Humanos em Evo-Devo e Eco-Evo-Devo mediante dois cursos de curta duração ministrados por referências internacionais na área. Finalmente, o acesso aos conceitos inerentes à Evo-Devo será viabilizado pela elaboração de um livro de divulgação científica destinado a estudantes de graduação e professores de ensino médio... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Igor Schneider - Integrante / Tiana Kohlsdorf - Coordenador / Gunter Wagner - Integrante / Renata Brandt - Integrante / Patricia Schneider - Integrante / Galle Bello-Hellegouarch - Integrante / Fernanda da Rocha Brando Fernandez - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Estudo do gene policistrônico milli-pates na embriogênese de Rhodnius prolixus, Descrição: O Rhodnius prolixus é um dos principais hemípteras vetores da Doença de Chagas, de ampla distribuição na América Central e em alguns países da América do Sul. A doença é causada pelo Trypanosoma cruzi, um protozoário que parasita o trato digestivo dos triatomíneos hematófagos, popularmente conhecidos como ?barbeiros? e os meios de controle deste vetor estão baseados no uso de inseticidas, repelentes e telas mosquiteiras. Atualmente têm se buscado novos meios de controle, como vacinas contendo antígenos, substâncias que interferem em vias metabólicas do vetor interrompendo seu ciclo de vida. Uma alternativa como meio de controle é a inibição da eclosão dos ovos, evitando a dispersão do vetor, para isso são estudados importantes genes para a embriogênese de R. prolixus, afim de se identificar novos alvos para o desenvolvimento de ferramentas de controle. Pesquisas recentes apontam para a importância de genes codificando pequenos exons (<100 aminoácidos) na embriogênese de insetos, muitos deles contendo várias pequenas sequencias abertas de leitura em único gene. Estes genes que possuem vários sítios de iniciação da tradução (ATG) num único transcrito são chamados de policistrônicos, uma característica não usual em eucariotos. Um destes genes policistrônicos é milli-pattes (mlpt), em francês múltiplas pernas, cujo nome é derivado do fenótipo observado em embriões do besouro T. castaneum sem expressão de mlpt. Na ausência da expressão de mlpt seis pares de pernas se desenvolvem no embrião de T. castaneum ao invés dos três pares de perna no tipo selvagem. Neste trabalho, estamos estudando o papel do gene milli-pates (mlpt) durante a embriogênese de R. prolixus, um hemiptera. Visando entender o papel de mplt inicialmente realizamos hibridizações in situ para mlpt para cada estágio embrionário visando observar espacialmente os locais de expressão deste gene. Após essa etapa, realizamos experimentos de perda de função de mlpt através da técnica de RNA de interferência (RNAi), buscando identificar em quais eventos esse gene está envolvido na formação do embrião. Atualmente estamos procurando compreender melhor a partir de que estágio esse gene passa a exercer sua função, através da observação dos resultados obtidos por RNAi e através do estudo da expressão de outros genes fundamentais durante a embriogênese em insetos, observando se a expressão destes foi alterada. Após essa etapa, buscaremos quantificar, através de PCR em tempo real, os níveis de expressão de mlpt para toda a embriogênese, estudar o papel dessa via em estágios pós-eclosão (ninfas e adultos) e identificar outros genes regulados pela sua expressão. Nossos resultados demonstram que a diminuição de expressão de mlpt por RNAi leva a letalidade total durante a embriogênese. Conclui-se que o mlpt é um alvo interessante para o controle de R. prolixus... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / MURY, FLÁVIA B. - Integrante / Vitória Tobias Santos - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Utilização de métodos genômicos e computacionais para o estudo funcional de genes cruciais ao desenvolvimento do besouro Tribolium castaneum, Descrição: Apoio a Projetos Temáticos Edital. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Helena Maria Marcolla Araujo - Integrante / Attilio Pane - Integrante / Thiago Motta Venancio - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Genômica funcional, metabolismo e morfogênese da embriogênese do vetor da doença de Chagas, Descrição: Edital FAPERJ N 10/2014 - Programa ?Apoio ao Estudo de Doenças Negligenciadas e Reemergentes ? 2014?.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Glória Braz - Integrante / LOGULLO, C. - Coordenador / Helena Maria Marcolla Araujo - Integrante / Hatisaburo masuda - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Interseções de fronteiras entre a embriogênese e o metabolismo energético em artrópodes como alternativas para o desenvolvimento de estratégias de controle, Descrição: Edital FAPERJ 34/2014 Pensa Rio. Processo: E-26/010.003017/2014. Nas edições anteriores do Pensa Rio tivemos como prioridade a nucleação de um grupo de pesquisa na UFRJ em Macaé e a ampliação das estruturas de pesquisa nas sedes da UFRJ e UENF. Avanços significativos foram alcançados com a instalação da Unidade de Experimentação Animal na UENF, com a instalação do Laboratório de Bioquímica Integrada Hatisaburo Masuda no NUPEM/UFRJ-Macaé e do Laboratório de Biologia de Vetores de Doenças no Dep. de Bioquímica ? IQ-UFRJ. Porém, mais importante foi contribuir para a promoção de recém-doutores a professores, para a formação de estudantes de pós-graduação e a publicação de artigos científicos em revistas de elevado impacto. A proposta aqui apresentada foi desenhada com uma abordagem multidisciplinar, englobando especialistas em embriogênese, bioquímica, biologia molecular, bioinformática e fisiologia de artrópodes. O cerne deste projeto é a integração de dados genômicos disponíveis do barbeiro Rhodnius prolixus ? e de dados transcriptômicos do carrapato bovino ? Riphicephalus microplus, com propostas de controle populacional destes vetores. Usaremos abordagens genômica, de interferência de RNA, de estudos de expressão gênica, e técnicas de microscopia e proteômica para responder questões fundamentais da inter-relação embriogênese-metabolismo. Nosso objetivo principal é obter uma compreensão mais aprofundada dos processos moleculares cruciais da embriologia de artrópodes, permitindo assim a prospecção inteligente de novos alvos moleculares para controle de artrópodes. Os modelos aqui apresentados possuem uma série de vantagens: 1) O profundo conhecimento existente sobre a formação dos ovos; 2) O recente sequenciamento de seus genomas, ou transcriptomas e 3) O desenvolvimento de técnicas extremamente efetivas para o silenciamento de genes e análise funcional. Pretende-se então estabelecer agora um grupo de pesquisa que seja referência nesta área através de uma proposta inovadora, multidisciplinar e que rompa os limites institucionais... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Helga Gomes - Integrante / Flavia Borges Mury - Integrante / MORAES, JORGE - Integrante / Leonardo Araujo de Abreu - Integrante / Evenilton Pessoa Costa - Integrante / LOGULLO, C. - Coordenador / Eldo Campos - Integrante / Arnoldo Rocha Façanha - Integrante / Alessandro Coutinho Ramos - Integrante / Almy Junior Cordeiro - Integrante / Glória Regina Cardoso Braz - Integrante.

  • 2013 - 2016

    Uso de indicadores biológicos e do manejo da macrófita aquática Typha domingensis Pers. na mitigação de impactos antrópicos e na recuperação das condições ambientais de bacias hidrográficas de lagoas costeiras, Descrição: A presente proposta tem como objetivo principal a identificação do potencial de utilização da macrófita Typha domingensis Pers. na mitigação de impactos antrópicos, visando o desenvolvimento de técnicas em saneamento ecológico para a valorização dos nutrientes contidos em efluentes domésticos de uma lagoa costeira antropizada. Desta forma, esperamos identificar organismos indicadores e gerar métodos de manejo que possam auxiliar a gestão pública e/ou privada de bacias hidrográficas de lagoas costeiras sob impactos antrópicos.Um dos objetivos específicos inclui: Avaliar o papel da macrófita T. domingensis no processo de detoxificação da água da Lagoa Imboassica, através de estudos ecotoxicológicos utilizando uma espécie modelo de peixe (Danio rerio)... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Mauricio Mussi - Integrante / Francisco de Assis Esteves - Coordenador / BOZELLI, REINALDO LUIZ - Integrante / FEITOSA, N. M. - Integrante / Marcos Paulo Barros - Integrante / ader Lugon Junior - Integrante / José Augusto Ferreira da Silva - Integrante / Maria Inês Paes Ferreira - Integrante / Vinicius Fortes Farjalla - Integrante / André Luiz dos Santos Furtado - Integrante / Cristina Aparecida Gonçaçves Rodrigues - Integrante.

  • 2013 - 2016

    Eventos moleculares, celulares e fisiológicos em sistemas biológicos: integrando áreas para formação de grupos de pesquisa no norte fluminense, Descrição: O desenvolvimento científico do Norte Fluminense nos últimos anos tem sido impulsionado com a criação do CAMPUS MACAÉ da UFRJ. A presente proposta agrega docentes das duas únicas pós-graduações stricto sensu da UFRJ no interior do Estado do Rio de Janeiro, o Programa de Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências (PPGPRODBIO), e o Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais e Conservação (PPGCiAC). Os docentes da presente proposta já trabalham de forma integrada no Núcleo de Pesquisas em Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé (NUPEM) no chamado Grupo Temático em Ciências Morfofuncionais utilizando equipamentos científicos na modalidade multi-usuário, realizando seminários semanais, e realizando projetos integrando mais de uma área do conhecimento. O presente projeto visa agregar áreas do conhecimento usualmente separadas tais como a biologia do desenvolvimento, fisiologia, ecotoxicologia e bioinformática. Todas essas áreas serão integradas a partir da interação de vários docentes envolvidos em sub-projetos multidisciplinares. Vários desses projetos utilizam espécies nativas da região do Norte Fluminense, reforçando caráter regional do presente projeto. Espera-se que, pelo menos, dez (10) alunos de pós-graduação (mestrado) sejam apoiados e que dez (10) artigos QUALIS A sejam publicados nos próximos anos com o apoio da FAPERJ. Além disso, as colaborações científicas entre os docentes da UFRJ-Macaé serão reforçadas, permitindo a geração de um conhecimento regional de qualidade acadêmica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / SOUZA-GOMES, M. - Coordenador / MURY, FLÁVIA B. - Integrante / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Laura Isabel Weber da Conceição - Integrante / Nelilma C. Romeiro - Integrante / Kelse Tibau de Albuquerque - Integrante / José Luciano Nepomuceno da Silva - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Análise da funcao de genes envolvidos com invaginacoes epiteliais e formacao do intestino em Rhodnius prolixus, Descrição: Análise da funcao de genes envolvidos com invaginacoes epiteliais e formacao do intestino em Rhodnius prolixus. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Aline Caceres-Rodrigues - Integrante / MURY, FLÁVIA B. - Integrante / José Roberto da Silva - Integrante / Helena Maria Marcolla Araujo - Integrante / Vitória Tobias Santos - Integrante / Mateus Antonio Berni - Integrante.

  • 2012 - 2015

    Análise morfofuncional da embriologia de artrópodes vetores de doenças tropicais e pragas agrícolas., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eventos moleculares, celulares e fisiológicos em sistemas biológicos: integrando áreas para formação de grupos de pesquisa no norte fluminense, Descrição: : O desenvolvimento científico do Norte Fluminense nos últimos anos tem sido impulsionado com a criação do CAMPUS MACAÉ da UFRJ. A presente proposta agrega docentes das duas únicas pós-graduações stricto sensu da UFRJ no interior do Estado do Rio de Janeiro, o Programa de Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências (PPGPRODBIO), e o Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais e Conservação (PPGCiAC). Os docentes da presente proposta já trabalham de forma integrada no Núcleo de Pesquisas em Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé (NUPEM) no chamado Grupo Temático em Ciências Morfofuncionais utilizando equipamentos científicos na modalidade multi-usuário, realizando seminários semanais, e realizando projetos integrando mais de uma área do conhecimento. O presente projeto visa agregar áreas do conhecimento usualmente separadas tais como a biologia do desenvolvimento, fisiologia, ecotoxicologia e bioinformática. Todas essas áreas serão integradas a partir da interação de vários docentes envolvidos em sub-projetos multidisciplinares. Vários desses projetos utilizam espécies nativas da região do Norte Fluminense, reforçando caráter regional do presente projeto. Espera-se que, pelo menos, dez (10) alunos de pós-graduação (mestrado) sejam apoiados e que dez (10) artigos QUALIS A sejam publicados nos próximos anos com o apoio da FAPERJ. Além disso, as colaborações científicas entre os docentes da UFRJ-Macaé serão reforçadas, permitindo a geração de um conhecimento regional de qualidade acadêmica. .. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / José Roberto da Silva - Integrante / Jackson de Souza Menezes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Ecossistemas aquáticos do Norte-Fluminense: diagnóstico dos efeitos do lançamento de efluentes domésticos e agroindustriais sobre as suas estruturas e funções, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Angelica Ribeiro Soares - Integrante / Nelilma Correia Romeiro - Integrante / Mauricio Mussi - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante / Francisco de Assis Esteves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Análise da Expressão Gênica e da Atividade Específica de Enzimas Controladoras do Metabolismo Energético Durante a Embriogênese do Mosquito Aedes aegypti, Descrição: O mosquito Aedes aegypti, vetor da febre amarela e da dengue, e ncontrou no Brasil as condições socioambientais favoráveis à sua expansão. Um dos maiores problemas que envolvem a transmissão da dengue é a resistência dos ovos do Aedes aegypti à dessecação, sobrevivendo, em dormência, durante meses em locais secos, até que encontrem as condições favoráveis para eclodirem. A embriogênese do mosquito dura aproximadamente 62 horas. Sabe-se que a retração da banda germinal na 24ª hora da embriogênese é o marco no metabolismo deste mosquito. O objetivo desse projeto é analisar a expressão de genes das principais vias metabólicas durante a embriogênese do Aedes aegypti, usando pontos antes, durante e depois da retração da banda germinal. Enzimas chave do metabolismo de carboidratos (glicose-6-fosfatase, glicogênio sintase e fosfofrutoquinase), degradação de proteínas (alanina aminotransferase e glutamato desidrogenase) e do metabolismo de lipídios (acetil-CoA carboxilase e acil-CoA desidrogenase) foram selecionadas para analisarmos sua expressão através de PCR em tempo real e atividade específica com o intuito de compreender melhor as bases metabólicas para formação dos embriões deste artrópode vetor de doenças... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / SOUZA-MENEZES, JACKSON - Integrante / Flavia Borges Mury - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Jorge Luiz da Cunha Moraes - Coordenador / Marcela Faria - Integrante.

  • 2012 - Atual

    IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA JOVENS TALENTOSOS EM MACAÉ: UMA PARCERIA DA UFRJ COM A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE MACAÉ, Descrição: O projeto visa ampliação e consolidação do programa jovens talentosos no Município de Macaé, Introdução e conhecimento do método científico para alunos do ensino médio da rede pública vinculada à secretaria de educação do município de Macaé, as duas escolas da serra macaense (zona rural) Raul Veiga localizada em Glicério e a escola Pedro Adami de Córrego do ouro foram as primeiras beneficiadas, com o apoio da FAPERJ levaremos o projeto para outras escolas do município. Boa formação científica com responsabilidade social de nossos alunos de graduação e pós-graduação que atuam como monitores dos cursos de curta duração. Descoberta de jovens macaenses talentosos que serão convidados a integrar-se a rotina científica no Laboratório de Bioquímica Hatisaburo Masuda ou em outros laboratórios do campus Macaé com isso promovendo o incentivo ao ingresso nos cursos de graduação da UFRJ em Macaé... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / MURY, FLÁVIA B. - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Helga Fernandes Gomes - Integrante / Jorge Luiz da Cunha Morae - Integrante.

  • 2011 - 2015

    Progr. de Capacitação em Taxonomia. Phyllodocida (Polychaeta) do Brasil, Descrição: Objetivos principais: (1) Consolidar e estimular a pesquisa científica em taxonomia no primeiro campus avançado da UFRJ no interior do Estado do Rio de Janeiro, uma vez que a maior parte das etapas deste projeto será executada no NUPEM/UFRJ. Assim, o presente projeto atuará diretamente (i) na fixação e fortalecimento do coordenador da pesquisa e de suas linhas de pesquisa, visando os estudos em taxonomia de Polychaeta, (ii) na oportunidade de inclusão e formação de alunos de Iniciação Científica do Curso de Ciências Biológicas em projetos de taxonomia de Polychaeta, além (iii) da formação de Mestres dos programas de pós-graduação em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ já inseridos em projetos de taxonomia de Polychaeta com os táxons do presente projeto. (2) Aumentar o conhecimento taxonômico do grupo Polychaeta no Brasil através do estudo de famílias do grupo Phyllodocida, principalmente Hesionidae, Pilargidae e Syllidae, servindo de referencial para estudos moleculares, evo-devo e filogenéticos, além de fornecer subsídios para estudos ecológicos e de comportamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (3) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / RUTA, CHRISTINE - Coordenador / Marcos Paulo Figueiredo de Barros - Integrante / Paulo Cesar de Paiva - Integrante / Joana Zanol Pinheiro da Silva - Integrante.

  • 2011 - 2012

    Estabelecendo métodos de controle populacional do carrapato bovino da espécie Boophilus microplus, Descrição: Estudar a Evo-Devo do carrapato-do-boi Boophilus micropulus a fim de descobrir o sequenciamento genético em prol de ações de controle da espécie... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Nathállia Vieira do Nascimento - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Estudo dos efeitos do 3-bromo-piruvato em células BME 26 do carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus, Descrição: O R. micro plus acarreta diversos danos econômicos, tornando-se o principal alvo de programas de controle e erradicação nos rebanhos da América do Sul. Os métodos de controle do R. microplus baseiam-se, quase que exclusivamente, no uso de agentes químicos durante a fase parasitária. Desta forma, apenas 5% da população de carrapatos é afetada em uma propriedade rural. Além disso, a utilização deste método ?tradicional? acontece de forma intensiva e desordenada. Estes produtos comerciais são aplicados de 12 a 24 vezes por ano, acarretando prejuízos econômicos e favorecendo a seleção de carrapatos resistentes. Além do risco de contaminação do leite, da carne, de intoxicação do manipulador, que pode até mesmo levá-lo à morte, danos consideráveis ao meio ambiente vêm sendo relatados com muita freqüência. A busca de novos compostos bioativos para controle da infestação por carrapatos através de abordagens racionais para obtenção de novos fármacos torna-se estratégico para pecuaria. Neste trabalho pretendemos observar os efeitos do 3-bromo-piruvato (3-BrPA) em enzimas glicolíticas, nos parâmetros respiratórios envolvidos com a síntese de ATP e seu potencial para indução de apoptose em linhagem celular BME 26 do carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Carlos Jorge Logullo de Oliveira - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Jorge Luiz da Cunha Moraes - Coordenador / Helga Fernandes Gomes - Integrante.

  • 2011 - Atual

    DESCOBERTA DE JOVENS TALENTOSOS PARA CIÊNCIA NO INTERIOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: UMA REALIDADE, Descrição: O presente projeto visa expansão do programa jovens talentosos no município de Macaé. O seu idealizador, Professor Emérito do Instituto de Bioquímica Médica UFRJ Leopoldo de Meis recebeu inúmeras homenagens pela iniciativa, tendo revelado centenas de jovens talentosos para ciência nas últimas 3 décadas. Este curso já teve sua primeira versão no município e os resultados foram extremamente satisfatórios. Pretendemos com esta expansão beneficiar 320 estudantes do ensino médio da rede pública de ensino, de forma que através do método científico, o aluno desenvolva senso crítico sobre questões relacionadas a um tema central de relevância social. Inicialmente trabalhamos no primeiro curso o tema Biologia do vetor da dengue, o mosquito A. aegypti. Para o próximo curso trabalharemos com os estudantes a importância da água e da preservação dos recursos hídricos com foco no Rio Macaé, que de águas transparentes na serra do município torna-se extremamente poluído no perímetro urbano. Os estudantes que se destacarem serão convidados para participar da equipe de trabalho dos pesquisadores desta proposta. Adicionalmente, também entendemos que ao visitar e conviver na universidade com pesquisadores, estudantes da graduação e pós-graduação estes estudantes do ensino médio estão sendo motivados a ingressar no curso superior. Acreditamos que estamos formando nossos estudantes de IC e PG dentro do conceito Fazer ciência com responsabilidade social é fundamental.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Borges Mury - Integrante / Jackson de Souza Menezes - Coordenador / Jorge Luiz da Cunha Moraes - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Wagner de Oliveira Vital - Integrante / Pedro Lagerblad de Oliveira - Integrante / Helga Fernandes Gomes - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Estudo da proliferação e diferenciação celular no intestino de Tribolium castaneum, Descrição: O epitélio intestinal dos insetos, assim com o de mamíferos, é um tecido de intensa renovação celular necessária para repor células, seja por perdas causadas por situações de estresse, interação com microbiota ou renovação natural. Nesse sentido se faz importante o estudo dos processos moleculares que dirigem os eventos de proliferação e renovação celular em modelos como insetos no sentido de se entenderem as vias envolvidas. No intestino de Tribolium castaneum, estamos interessados em relacionar os eventos de proliferação e renovação celular com a digestão, procurando descrever os eventos moleculares envolvidos na diferenciação celular que define ao longo do epitélio intestinal as áreas relacionadas com secreção de enzimas e as áreas relacionadas com a absorção de nutrientes. Procuramos ainda investigar tais eventos ao longo da digestão, considerando a presença do alimento como uma situação de estresse. Acreditamos que o entendimento destes processos possam contribuir no mapeamento de alvos para controle de pragas... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / SOUZA-MENEZES, JACKSON - Integrante / MURY, FLÁVIA B. - Integrante / José Roberto da Silva - Coordenador / Jorge Luiz da Cunha Morae - Integrante / Carlos Peres Silva - Integrante.

  • 2010 - 2014

    Caracterização Morfo-funcional da Ovogênese e Embriogênese de Boophilus microplus, Descrição: O Boophilus microplus é um carrapato bovino de regiões tropicais e subtropicais que causa grandes prejuízos econômicos. São utilizados acaricidas para o controle nas fases pós-eclosão (ninfa e adulto), mas a aplicação continuada dessas substâncias leva a seleção de carrapatos resistentes. O controle durante a fase embrionária tem como principal vantagem o fato de neste estágio o artrópode não se dispersar. Assim, entender como o processo de embriogênese ocorre ao nível celular e molecular é de fundamental importância para se desenvolver novas estratégias de controle. Uma das principais dificuldades de se estudar embriões de carrapato é a impermeabilidade das estruturas que envolvem o embrião tais como o córion e da membrana vitelínica a agentes fixadores (formaldeído, etc). Logo, no presente estudo métodos alternativos para fixação dos ovos de carrapato foram testados. Um método de aquecimento em banho-maria seguido por fixação em formaldeído e choque osmótico (metanol) foi capaz de gerar embriões cuja morfologia pôde ser satisfatoriamente investigada. Resultados preliminares indicam que tanto métodos de histologia convencional (fucsina, azul de metileno) quanto marcações de DNA (DAPI) funcionam utilizando este método de fixação. Utilizando-se DAPI foi possível observar que a formação do disco germinal, isto é, a região que dá origem ao embrião, leva cerca de 5 dias de um total de 21-22 dias para a embriogênese. Interessantemente, como nos demais quelicerados, quatro pares de patas são formados durante primeiros estágios da embriogênese, mas o último par regride gradualmente e desaparece após a eclosão. Desta forma a ninfa de primeiro estágio nasce com três pares de patas. Está sendo também estudado, através de marcações por anticorpo, o ovário de Boophilus microplus, para buscar compreender certos mecanismos moleculares envolvidos com a migração do núcleo do ovócito durante a ovogênese, que pode estar relacionada com a determinação de eixos ântero-posterior/dorso-v.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Cintia Barros - Integrante / Lupis Ribeiro - Integrante / Vitória Tobias Santos - Integrante / Jorge Luiz da Cunha Morae - Integrante / Carlos Jorge Logullo de Oliveira - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Estabelecimento do Grupo Temático em BIOCIÊNCIAS na UFRJ/Macaé: gerando uma ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR do conhecimento científico no Norte Fluminense, Descrição: O Campus da UFRJ em Macaé acaba de estabelecer um corpo docente com recém-doutores nas diversas áreas fundamentais das ciências biomédicas/biológicas vários dos quais se encontram associados na presente proposta. Diferentemente do modelo universitário clássico onde os docentes encontram-se associados em Departamentos ou Institutos Disciplinares, a UFRJ Campus Macaé tem como Estratégia Institucional o foco na formação de Grupos Temáticos de Pesquisa onde a abordagem MULTIDISCIPLINAR é premissa fundamental. Todos os pesquisadores do presente projeto e deste GRUPO TEMÁTICO possuem enfoque nas interações CELULARES E MOLECULARES responsáveis por processos biológicos. Todos os sub-projetos aqui descritos são de grande interesse para a SOCIEDADE do ESTADO DO RIO de JANEIRO e incluem mais de um docente, enfatizando a integração entre os docentes da presente proposta e suas linhas de pesquisa. Assim, o presente projeto visa estabelecer uma INFRA-ESTRUTURA básica necessária para as duas grandes linhas de pesquisa deste grupo temático: 1) morfologia e bioquímica de invertebrados e suas interações moleculares; 2) Fisiologia e Biologia Celular de sistemas biológicos. O financiamento do presente projeto terá extrema influência no estabelecimento dos dois Cursos de pós-graduação (strictu sensu-mestrado) do Campus Macaé recém-aprovados pelo Conselho de Ensino e Pesquisa para Graduados (CEPG) da UFRJ/Sede. Espera-se que estes cursos, uma vez aprovados pela CAPES, tenham suas atividades iniciadas durante a execução do presente projeto, se beneficiando assim da INFRA-ESTRUTURA estabelecida pela presente proposta. Assim, o apoio do presente projeto é de suma importância para a interiorização do conhecimento científico no Estado do Rio de Janeiro, através da UFRJ/Macaé, e no estabelecimento de um Pólo MULTIDISCIPLINAR de pesquisa em Biociências no Norte Fluminense.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Wagner Baetas da Cruz - Integrante / Silvana Allodi - Integrante / José Roberto da Silva - Integrante / Angelica Ribeiro Soares - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Nelilma Correia Romeiro - Integrante / Luciana Ferreira Romão - Integrante / Moisés Clemente Marinho Cavalcante - Integrante / Jackson de Souza Menezes - Integrante / Ana Carolina de Siqueira Couto de Oliveira - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Pensa Rio:Análise Funcional de Genes da Embriogênese de Artrópodes: Uma Abordagem Estratégica na Busca de Alvos para Controle de Carrapatos, Descrição: Análise Funcional de Genes da Embriogênese de Artrópodes: Uma Abordagem Estratégica na Busca de Alvos para Controle de Carrapatos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / LOGULLO, C. - Coordenador / Helena Maria Marcolla Araujo - Integrante.

  • 2009 - 2010

    CONSTRUÇÃO DE MODELOS 3D DE PROTEÍNAS fog DE ARTRÓPODES POR MODELAGEM MOLECULAR, Descrição: ste projeto visa a Construir estruturas 3D e analisar o enovelamento de proteínas Fog de Drosophila identificadas por bioinformática, comparando-as à estrutura da Fog de T. castaneum. Os modelos 3D das proteínas serão utilizados para estabelecer correlações entre estrutura e função das mesmas ao longo do desenvolvimento dos organismos estudados... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Nelilma C. Romeiro - Coordenador.

  • 2009 - Atual

    Análise da biologia evolutiva do desenvolvimento de artrópodes na UFRJ/Campus Macaé, Descrição: Este projeto tem como objetivo estudar a Evo-Devo de artrópodes em particular de espécies de interesse nacional, assim estudamos a embriologia comparada da praga de estocagem o besouro Tribolium castaneum, o vetor da dengue, o mosquito Aedes aegypti, o barbeiro Rhodnius prolixus, vetor da doenca de Chagas e o carrapato-do-boi Boophilus micropulus. Interagimos com pesquisadores de várias instituicoes do Estado do Rio de Janeiro e do exterior visando abordar o problema sob uma ótica multidisciplinar.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (1) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Siegfried Roth - Integrante / der Zee, Maurijn van - Integrante / Helena Araujo - Integrante / Carlos Logullo - Integrante / Gustavo Lazzaro Resende - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro / Fundação Educacional de Macaé - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

  • 2009 - Atual

    Bioquímica comparativa entre hemípteras hematófagos e não hematófagos, Descrição: As análises bioquímicas comparativas entre hemípteras hematófagos e não hematófagos nos permitirá a identificação de estratégias moleculares entre os insetos hematófagos e não hematófagos que podem estar envolvidos em respostas adaptativas à digestão sanguínea e na detoxificação de heme. Podemos assim, em um esforço conjunto, disponibilizar dados que ajudem a explicar o processo de evolução da hematofagia nos insetos. Já demonstramos em Rhodnius prlixus que o heme tem a capacidade de aumentar a expressão da alfa-glucosidase, enzima envolvida também na formação de hemozoína, diminuindo assim a disponibilidade do heme livre potencialmente tóxico na luz do intestino médio do inseto. O aumento da expressão de alfa-glucosidase na presença de heme, por exemplo, também já foi mostrado em outros modelos, o que demonstra ser este um sistema conservado em insetos hematófagos. A busca de outras enzimas que também respondem à presença do heme é um foco de nosso projeto, além de avaliarmos o papel do heme como modulador da atividade de enzimas proteolíticas... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / MURY, FLÁVIA B. - Integrante / José Roberto da Silva - Coordenador / Marílvia Dansa de A. Petretski - Integrante.

  • 2008 - Atual

    Análise da funcao de genes envolvidos com invaginacoes epiteliais e formacao do intestino em insetos, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Roth, Siegfried - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2005 - Atual

    Identificacao de sequencias regulatórias (enhancers) de genes envolvidos na padronizacao do eixo dorsoventral de Tribolium, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Nora Piershoff - Integrante / Thomas Wiehe - Integrante / Roth, Siegfried - Coordenador., Financiador(es): Deutsche Forschungsgemeinschaft - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2004 - 2009

    Papel da via de sinalizacao de Toll na padronizacao do eixo dorsoventral do besouro Tribolium castaneum, Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (3) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Maurjin Van der Zee - Integrante / Siegfried Roth - Coordenador / Cornelia von Levetzow - Integrante., Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 2

  • 2004 - Atual

    Papel da via de sinalizacao de BMP/Dpp na padronizacao do eixo dorsoventral do besouro Tribolium castaneum, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / VANDERZEE, M - Integrante / Roth, Siegfried - Coordenador., Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Apoio ao Biotério de reprodução e manuteção de peixes e invertebrados do NUPEM-UFRJ Macaé, Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / José Roberto da Silva - Integrante / Eldo Campos - Integrante / Cintia Monteiro de Barros - Integrante / Jorge Moraes - Integrante / Wagner Vital - Integrante / Flavia Mury - Integrante / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Ana Cristina Petry - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Aumento da produção de peixes pela automação da alimentação, Descrição: A alimentação de peixes é um fator limitante no crescimento e conseqüentemente na produção de indivíduos. A criação de peixes em estantes com vários aquários é fato em laboratórios de pesquisa e empresas de criação de peixes. No entanto a manutenção dos peixes para um desempenho ótimo na produção de embriões exige que os indivíduos maduros tenham a saúde perfeita. A mesma é conseguida com uma alimentação balanceada e regular. Nesse sentido a automação da alimentação permite a regularidade das refeições especialmente nos fins de semana, quando a mão de obra é escassa. Já existem alimentadores automáticos que podem ser adquiridos em qualquer loja de aquarismo. No entanto, esses aparelhos só servem para sustentar um aquário por vez. Se um pesquisador/criador tiver cerca de cem aquários ou mais, a manutenção deste tipo de alimentador se torna demorada e ineficiente por exigir a manutenção exclusiva. Este projeto visa desenvolver um alimentador automático que vise a alimentação simultânea de vários aquários de uma mesma prateleira. Facilitando a alimentação, o tempo e a regularidade com que o alimento é oferecido para os peixes. O sistema de alimentação automática usado em estantes com vários aquários é algo que poderá ser utilizado também por produtores de peixes ornamentais e lojas de animais. Ainda mais interessante é que essa tecnologia poderá ser adaptada a criações de larga escala, como tanques de criação de peixes, tornando o modelo mais atraente para empresas de maior porte no Estado do Rio de Janeiro e a nível nacional.. Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. Alunos envolvidos: Graduação: (4) . Integrantes: Natália Martins Feitosa - Integrante / Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Marcos Antônio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante. Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesq. do Estado do Rio de Janei. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Marco Antonio Cruz Moreira - Integrante / Robson da Cunha Santos - Integrante / Luiz Alberto de Oliveira Lima Roque - Integrante / Luciano Braga de Lacerda - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Unidade multiusuária para pesquisa em morfologia e evolução em novos pólos do Rio de Janeiro: Uma parceria entre o programa de Ciências Morfológicas (UFRJ-sede) e o programa de Ciências Ambientais e Conservação (UFRJ-Pólo Barreto, Macaé), Descrição: Este projeto é fruto de uma parceria entre o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS, da UFRJ, sede (PCM; CAPES 6,0) e o PROGRAMA DE PG EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E CONSERVAÇÃO, do Pólo de Macaé da UFRJ (PPG-CiAC; CAPES 3,0). O projeto conta com aproximadamente 25 alunos de graduação; 40 de PG e 15 pesquisadores proponentes, além de mais de 200 potenciais usuários. Este projeto tem como meta principal a implantação de infraestrutura básica para o desenvolvimento de pesquisa científica no novo campus da UFRJ em Macaé, contribuindo para a fixação de grupos de pesquisa nas áreas não metropolitanas do Rio de Janeiro e promovendo o desenvolvimento científico e tecnológico do norte fluminense. A proposta apresentada neste edital tem por objetivo estratégico a aquisição de equipamentos que permitam a manipulação gênica in vivo e in vitro (SISTEMA DE MICROINJEÇÃO E CENTRÍFUGA) e a análise morfofuncional a posteriore (EQUIPAMENTOS DE PRÉ-MICROSCOPIA ELETRÔNICA) durante o desenvolvimento e evolução e em patologias, utilizando para isso, diversos modelos experimentais de estudo incluindo vertebrados e invertebrados. Os equipamentos solicitados nessa proposta possibilitarão uma abordagem molecular dos mecanismos que regulam o desenvolvimento e as patologias em organismos íntegros e células isoladas. Neste cenário, a aquisição destes equipamentos tem a chance de representar não só um salto qualitativo nas abordagens experimentais das linhas de pesquisa das Pós-Graduações envolvidas, mas de contribuir para a geração de novos desenhos terapêuticos experimentais, além de contribuir fortemente para entender os aspectos evolutivos dos sistemas biológicos. No que se refere à UFRJ pólo Macaé, a aprovação pela CAPES de dois programas de pós-graduação (Pós-Graduação em Produtos Bioativos e Biociências e a Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Conservação) foi um divisor de águas no entendimento de que apesar de ser um campus com recém-doutores, a estrutura permitia acreditar no potencial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rodrigo Nunes da Fonseca - Integrante / Flavia Gomes - Coordenador / Natalia Martins Feitosa - Integrante / Vivaldo Moura Neto - Integrante / Pablo Rodrigues Gonçalves - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Patrono da Turma Ciências Biológicas Macaé, UFRJ-Macaé.

2019

Cientista do Nosso Estado do Rio de Janeiro, FAPERJ.

2018

Mérito Municipal pelas Contribuições na Educação e CT do município, Prefeitura de Macaé.

2018

Menção Honrosa Prêmio Francisco Salzano, International Genetics Society.

2018

Registration Award pelo trabalho do aluno Diego Guerra, XXII International Congress of Genetics.

2017

Membro Afiliado, Academia Brasileira de Ciências.

2017

Scholarship Programme for Young Professors and Researchers from Latin American Universities, Coimbra Group.

2016

Jovem Cientista do Nosso Estado - FAPERJ, FAPERJ.

2016

Latin American Liason Officer - Eleito 2015-2017, EvoDevoPanAmerican.

2016

Cidadão Macaense, Câmara de Macaé.

2014

Bolsa de Produtividade Nivel 2 Comitê Genética, CNPq.

2013

Jovem Cientista do Nosso Estado - Rio de Janeiro, FAPERJ.

2013

Best Student Presentation Award of UFRJ Macaé Vitória Santos, UFRJ.

2011

Menção Honrosa pela apresentação de poster do Aluno de Mestrado Lupis Ribeiro, Sociedade Brasileira de Biologia Celular (SBBC/PCM-UFRJ).

2010

Bolsa de Doutorado Boehringer Ingelheim Fonds (Aluno Dominik Stappert - Co-orientador), Boehringer Ingelheim.

2010

Melhor trabalho na área de Farmácia da 2ª Jornada de Pesquisa e Extensao da Universidade Federal do Rio de Janeiro/Macaé (co-orientacao) - Aluna Thayssa Tavares, UFRJ-Macaé.

2010

Melhor trabalho na área de Biologia da 2ª Jornada de Pesquisa e Extensao da Universidade Federal do Rio de Janeiro/Macaé (orientador) - Alunas Tamillis Figueiredo e Vitória Santos, UFRJ-Macaé.

2008

Um dos três melhores posteres do Congresso Integrating Evolution, Development and Genomics, Universidade de Berkeley, Departamento de Biologia Integrativa.

2004

Latin American Scholarship, Society for Developmental Biology.

2004

Selecionado para International Graduate School in Genetics and Funcional Genomics (IGS-GFG), Colonia, Alemanha, Universidade de Colônia.

2004

Bolsa de Doutorado Integral - 4 anos - DAAD/CNPQ, DAAD-CNPQ.

2001

Menção Honrosa obtida pelo Prêmio Álvaro Osório de Almeida, XXXVI Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Fisiologia.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro, NUPEM. , NUPEM-Avenida São José do Barreto, 764, São José do Barreto, 27965045 - Macaé, RJ - Brasil - Caixa-postal: 119331, Telefone: (55) 33993905, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2016 - Atual

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador de Projeto de Pesquisa

2015 - Atual

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador de Projeto de Pesquisa

2013 - Atual

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor AdHoc

2013 - Atual

Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor AdHoc, Jovem Cientista do Nosso Est

2012 - 2016

Fundação Educacional de Macaé

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor AdHoc

2010 - Atual

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor Adhoc

2009 - Atual

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Universitário, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 10/2014

    Direção e administração, NUPEM, .,Cargo ou função, Diretor NUPEM-UFRJ-Macaé.

  • 08/2009

    Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia Para Saúde I, Biologia para Saúde II - Coordenador

  • 08/2009

    Ensino, Nutricao, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia para Saúde I, Biologia para Saúde II - Coordenador

  • 08/2009

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Biologia para Saúde II - Coordenador, Biologia para Saúde I

  • 08/2012 - 08/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, NUPEM, .,Cargo ou função, Coordenador de Pós-Graduação Mestrado e Doutorado - PPG-CiAC-UFRJ-Macaé.

2009 - Atual

Universitat Zu Koln

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador Internacional, Carga horária: 0

Outras informações:
Atuou como Professor Colaborador junto ao Laboratório do Prof. Siegfried Roth ajudando na orientacao de alunos bem como em projetos científicos sendo desenvolvidos no laboratório, através de visitas anuais e interacoes entre o Grupo Alemao e Brasileiro. Recentemente atuou como pesquisador visitante entre Julho e Agosto 2014 a partir de convênio de curta duração com bolsa CAPES/DAAD Proc. 3240-14-2.

2014 - 2014

Universitat Zu Koln

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

Outras informações:
Bolsa CAPES-DAAD-Professor Visitante

2008 - 2009

Universitat Zu Koln

Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pós-doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Pós-doutor no laboratório do Prof. Siegfried Roth, Universidade de Colônia, Alemanha (http://www.uni-koeln.de/math-nat-fak/ebio/en/Research/Roth/roth.html), desenvolvendo pesquisa na área de biologia evolutiva do desenvolvimento.

Atividades

  • 08/2005 - 08/2009

    Ensino, Ciencias Biologicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Invertebrate Developmental Biology - Biologia do desenvolvimento de invertebrados

2017 - Atual

Academia Brasileira de Ciências

Vínculo: Afiliado, Enquadramento Funcional: Afiliado

Outras informações:
2017 a 2021

2014 - Atual

Nucleo de Ecologia da UFRJ

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Diretor do Instituto de Biodivers e Sustenta

Outras informações:
Diretor do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade NUPEM-UFRJ, Macaé.

2017 - 2017

Leiden University

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Universitário, Carga horária: 40