Ayia Nishimuta Fonseca

Cursando o 3º ano de Arquitetura e Urbanismo e atualmente é pesquisador(a) da Universidade Estadual de Maringá.

Informações coletadas do Lattes em 21/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Arquitetura e Urbanismo

2014 - Atual

Universidade Estadual de Maringá

Ensino Médio (2º grau)

2010 - 2012

Colégio Estadual Márcia Vaz Tostes de Abreu

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Japonês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

CARDOSO, G. B. ; GUIMARAES, M. L. ; CIZESKI, A.H. ; PINHEIRO, A. C. ; FONSECA, A. N. ; FELIZARDO, A. C. F. ; FRANCISCO, A. P. D. ; MILANI, D. F. . Trote Solidário "Concretizando Sonhos" - Arquitetura e Urbanismo 2015. 2015. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Edificações de madeira no Campus da Universidade Estadual de Londrina.. 2014. (Outra).

Patrimônio Edificado em Madeira na Cidade de Londrina. 2014. (Seminário).

Trote Solidário: Projeto Restaurar. 2014. (Oficina).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ricardo Dias Silva

Estágio Supervisionado no Observatório das Metrópoles - Núcleo Maringá; 2017; Orientação de outra natureza; (Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Ricardo Dias Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Avaliação do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) no aglomerado metropolitano de Marialva, Sarandi, Maringá e Paiçandu, Descrição: A pesquisa pretende realizar ampla avaliação da produção habitacional promovida pelo Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) no território compreendido pelos municípios conurbados de Marialva, Sarandi, Maringá e Paiçandu e para tanto a fará em 2 etapas de avaliação. A primeira etapa consiste em levantamento da produção habitacional do município de Marialva na década de 2000 e entre os anos de 2010 a 2012 (produção do MCMV), município este que ainda não havia sido incorporado em nossas pesquisas anteriores. A segunda etapa, dando continuidade às pesquisas elaboradas anteriormente, será formada pela análise da produção habitacional das cidades conurbadas de Marialva, Sarandi, Maringá e Paiçandu para o período 2013 a 2015 (produção do MCMV). Neste sentido, esta pesquisa se propõe a expandir os estudos anteriores incorporando o município de Marialva, bem como atualizando a produção do PMCMV daquele aglomerado metropolitano com foco nas famílias com renda entre 0 a 3 salários mínimos (faixa 1 do MCMV). As análises serão realizadas sob 3 escalas : metropolitana, municipal e do empreendimento, verificando impactos urbano-ambientais, sócio econômicos e sócio espaciais sobre o território, bem como dos projetos das unidades às famílias atendidas. Além de caracterizar a arquitetura do PMCMV, para exame dos impactos descritos e dos projetos arquitetônicos oferecidos pelo PMCMV, será realizado um estudo de caso em cada município estudado pautado em 4 eixos: demanda habitacional e oferta do Programa; adequação à legislação urbana, projeto das unidades residenciais e inserção urbana.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Ayia Nishimuta Fonseca - Integrante / Ricardo Dias Silva - Integrante / Patrícia Bruder Barbosa Olini - Integrante / Mylena Borzatto Lima - Integrante / Beatriz Falco Knaut - Integrante / Lissa Marry Rodrigues - Integrante / Anna Claudia Ruiz Francolin - Integrante / Mayara de Queiroz Martin - Integrante / Beatriz Fleury e Silva - Coordenador.

  • 2013 - Atual

    Cidade de Madeira: Tecnologia e Estética, Descrição: A ocupação do território no norte do Paraná em seus anos iniciais esteve vinculada a derrubada da mata atlântica e no uso de seu bosque para construção das primeiras edificações. O uso da madeira como matéria-prima resultou num patrimônio edificado que de forma acelerada vem desaparecendo do cenário das cidades juntamente com o conhecimento empírico de seus agentes. Esta pesquisa tem como objetivo reconhecer esta cultura e a técnica particular de construção do habitat em Maringá, a partir do levantamento e registro da arquitetura em madeira e de seus agentes, preservando o conhecimento produzido no passado e refletindo sobre sua contribuição para evolução dos modos de vida e das tecnologias construtivas na região. Espera-se com seus resultados: cobrir a lacuna sobre a produção de edifícios e cidades projetadas em madeira no estado do Paraná, ter um registro preciso desta tecnologia construtiva, alimentar pesquisas nas áreas de história, arquitetura e urbanismo, ciências sociais e engenharia e contribuir para implantação e desenvolvimento de políticas públicas na área cultural e de patrimônio histórico.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ayia Nishimuta Fonseca - Coordenador / Ricardo Dias Silva - Integrante / Ana Flávia Borges Shimada - Integrante / Jacqueline Hikaru Mise - Integrante / Bárbara Caroline Furlan - Integrante / Bianca Seabra de Freitas Barbosa - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - Atual

    Universidade Estadual de Maringá

    Vínculo: Pesquisador(a), Enquadramento Funcional: Pesquisador(a), Carga horária: 16

    Atividades

    • 06/2014

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Arquitetura e Urbanismo, .,Linhas de pesquisa