Victor Augusto Minari

Graduado em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP-USP). Ano 2012-2016 Residente graduado pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP) no Programa de Residência Multidiscilpinar em Atenção ao Câncer. Ano 2017-2019.

Informações coletadas do Lattes em 31/05/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Especialização - Residência médica

2017 - 2019

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP
Residência médica em: Programa de Residência Multidisciplinar em Atenção ao Câncer - Área OdontologiaNúmero do registro: . Bolsista do(a): Ministério da Educação, MEC, Brasil.

Graduação em Odontologia

2012 - 2016

Universidade de São Paulo
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

2008 - 2010

Colégio Santo André - Jaboticabal

Formação complementar

2019 - 2019

Odontologia em Onco-hematologia - Turma 4. (Carga horária: 12h). , Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein, IIEPAE, Brasil.

2017 - 2018

Curso de Hemoterapia Aplicada 2018. (Carga horária: 11h). , Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto, FUNDHERP, Brasil.

2016 - 2016

Extensão universitária em Curso de Aperfeiçoamento nas Cirurgias Buco-Maxilo-Faciais. (Carga horária: 80h). , Fundação Odontológica de Ribeirão Preto, FUNORP, Brasil.

2015 - 2016

Extensão universitária em CAEDO. (Carga horária: 92h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2015 - 2015

Extensão universitária em Aperfeiçoamento em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial. (Carga horária: 140h). , Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas da Região de Ribeirão Preto, APCD/RP, Brasil.

2015 - 2015

Restaurações Protéticas Pelo Sistema Cad/Cam. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2015 - 2015

Técnicas de Moldagem em Implantodontia.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2015 - 2015

Cultura de Células Osteoblásticas.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2015 - 2015

Alta Performance em Cirurgia. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2015 - 2015

Patologia Cirurgia - 4 anos de experiência na FORP. (Carga horária: 1h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2015 - 2015

Clinical manifestation of xerostomia.. (Carga horária: 1h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2015 - 2015

Utilização de Eletromiografia na Clínica Odontológica.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2015 - 2015

Fratura mandibular por projétil de fogo.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2014 - 2014

Cirurgia ao Vivo: Elevação do Seio Maxilar para a colocação de Implantes.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2014 - 2014

A arte e a Ciência em Implantodontia Estética: Plástica e Digitalização.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2014 - 2014

Redesenhando Sorrisos - Clareamento Dental, Toxina Botulínica e Laser.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2014 - 2014

A importância da Remoção Seletiva de Dentina Cariada na Prática Clínica.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2014 - 2014

Avanço no Preparo Mecanizado do Sistema de Canais.. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2014 - 2014

A Odontologia na reabilitação interdisciplinar das fissuras labiopalatinas.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2014 - 2014

Procedimentos de anestesia em casos de pulpite aguda.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2014 - 2014

Preparo dos canais radiculares com novos sistemas de instrumentação.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2014 - 2014

Professor Universitário: Os Caminhos e os Desafios da Carreira Docente.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2013 - 2013

O cirurgião-dentista no Exército Brasileiro.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2013 - 2013

Programa Futuro Profissional. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2013 - 2013

Prótese sobre implantes: O que devemos saber.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2013 - 2013

Problemas e Planejamento em 3D em implantodontia.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2013 - 2013

Cirurgia Ortognática. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2013 - 2013

Visão do sorriso: planejamento integrado.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2013 - 2013

Odontologia Legal e a identificação humana.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2013 - 2013

Community commerce - Uma excelente opção de renda.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2013 - 2013

Como administrar seu tempo.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2013 - 2013

Exodontia de terceiro molar incluso sob sedação.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2012 - 2012

Extensão universitária em Cirurgia Plástica Periodontal Baseada em Evidência. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2012 - 2012

Mesa Redonda - Bifosfonados. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2012 - 2012

Carreira Odontológica no SUS.. (Carga horária: 2h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2012 - 2012

Cirurgia Plástica Periodontal Baseada em Evidência.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2012 - 2012

Tumor na boca, uma visão multidisciplinar.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2012 - 2012

A Época Adequada para o Tratamento Ortodôntico.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2012 - 2012

Reconstruções Ósseas em Implantodontia.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

2012 - 2012

Laminados Cerâmicos, Facetas e Lente de Contato.. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto, FORP-USP, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Odontologia.

Organização de eventos

MINARI, V. A. . IV Simpósio de Cuidados Paliativos do HCFMRP-USP. 2018. (Outro).

MINARI, V. A. . 37ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto. 2015. (Congresso).

Participação em eventos

IV Simpósio de Cuidados Paliativos do HCFMRP-USP. 2018. (Simpósio).

I Workshop de Doença do Enxerto Contra o Hospedeiro do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. 2018. (Outra).

XVIII Jornada Odontológica do CAPE.Relação entre a higiene bucal antes do transplante de células-tronco hematopoiéticas e complicações durante a fase aguda. 2018. (Simpósio).

33ª Reunião Anual SBPqO - 2016. Efeito de células-tronco mesenquimais derivadas da medula óssea injetadas localmente, no reparo do tecido ósseo. 2016. (Congresso).

23º Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP - SIICUSP.Avaliação do tecido ósseo tipo IV à superficie de titânio micro e nano texturizado. 2015. (Simpósio).

37ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto. 2015. (Congresso).

22º Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP - SIICUSP.Diferenciação osteoblástica de células-tronco mesenquimais de camundongos knockout para MyD88. 2014. (Simpósio).

36ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto. 2014. (Congresso).

35ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto - USP. 2013. (Congresso).

34ª Jornada Odontológica de Ribeirão Preto - USP. 2012. (Congresso).

Comissão julgadora das bancas

Christiano de Oliveira Santos

OLIVEIRA-SANTOS, CHRISTIANO. Avaliação da resposta de tecido ósseo tipo IV a implantes osseointegráveis de titânio com diferentes tratamentos de superfície. 2016.

Karina Alessandra Michelão Grecca Pieroni

PIERONI, K. A. M. G.; MACEDO, L. D.; Rapatoni, L. Avaliação dos fatores de risco associados a ocorrência de complicações infecciosas em pacientes oncológicos portadores de osteonecroses dos maxilares induzidas por bisfosfonatos. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Residência Multiprofissional em Atenção ao Câncer da HCFMRP/USP) - Hospital das Clínicas - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto/USP.

Leandro Dorigan de Macedo

MACEDO, Leandro Dorigan de; MS. Liane Rapatoni;KARINA A, M, GRECCA PIERONI. "Avaliação dos fatores de risco associados a ocorrência de complicações infecciosas em pacientes oncológicos portadores de osteonecroses dos maxilares induzidos por bisfosfonados". 2019. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM ATENÇÃ) - Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirao Preto-USP.

Adalberto Luiz Rosa

SANTOS, C. O.;BARROS, V. M. R.ROSA, A L. Avaliação da resposta do tecido ósseo tipo IV a implantes osseointegráveis de titânio com diferentes tratamentos de superfície. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP.

Foi orientado por

Leandro Dorigan de Macedo

"Avaliação dos fatores de risco para o desenvolvimento de MRONJ em pacientes oncológicos usuários de bifosfonato IV; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Programa de Oncologia clínica, , Hemoterapia e Terapia Celular) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Leandro Dorigan de Macedo

"Avaliação dos fatores de risco associados a ocorrência de complicações infecciosas em pacientes oncológicos portadores de osteonecroses dos maxilares induzidas por bisfosfonados"; 2019; Orientação de outra natureza; (Residência Multiprofissional em atenção ao Câncer) - Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirao Preto-USP; Orientador: Leandro Dorigan de Macedo;

Adalberto Luiz Rosa

AVALIAÇÃO DA RESPOSTA DO TECIDO ÓSSEO TIPO IV A IMPLANTES OSSEOINTEGRÁVEIS DE TITÂNIO COM DIFERENTES TRATAMENTOS DE SUPERFÍCIE; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Odontologia) - Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto-USP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Adalberto Luiz Rosa;

Adalberto Luiz Rosa

Células-Tronco Mesenquimais e Osteoblastos: Avaliação das Assinaturas Moleculares e do Potencial para Regenerar Tecido Ósseo; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Odontologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Adalberto Luiz Rosa;

Adalberto Luiz Rosa

Osseointegração de implantes com diferentes tratamentos de superfície; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Odontologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Adalberto Luiz Rosa;

Produções bibliográficas

  • MINARI, V. A. ; BORTOLOTTI, F. ; INNOCENTINI, L. M. A. R. ; SIMOES, B. P. ; MACEDO, L. D. . Relação entre a higiene bucal antes do transplante de células-tronco hematopoiéticas e complicações durante a fase aguda. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • MINARI, V. A. ; BELOTI, M. M. ; RAUCCI, L. M. S. C. ; LOPES, H. B. ; FREITA, G. P. ; ROSA, A. L. . Efeito de Células-Tronco Mesenquimais Derivadas da Medula Óssea, Injetadas Localmente, no Reparo do Tecido Ósseo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MINARI, V. A. ; ROSA, A. L. ; FREITA, G. P. ; LOPES, H. B. . Avaliação do tecido ósseo tipo IV à superficie de titânio micro e nano texturizado. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • MINARI, V. A. ; RAUCCI, L. M. S. C. ; ROSA, A. L. ; BELOTI, M. M. . Expressão do fenótipo osteoblástico em células tronco mesenquimais de camundongos knockout para MyD 88. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Projetos de pesquisa

  • 2017 - 2019

    Avaliação dos fatores de risco associados a ocorrência de complicações infecciosas em pacientes oncológicos portadores de osteonecroses dos maxilares induzidas por bisfosfonatos, Descrição: A associação entre o uso dos bisfosfonatos e a osteonecrose dos maxilares (MRONJ) tem sido amplamente relatada na literatura. Apesar da maior incidência e os piores prognósticos para as MRONJ serem descritos em pacientes oncológicos, ainda há pouco entendimento dos fatores de risco para os desfechos infecciosos relacionados às necroses nesses pacientes. Este trabalho retrospectivo, longitudinal e observacional teve como objetivo avaliar os fatores clínicos associados ao número de eventos infecciosos nos maxilares acometidos por necrose secundária ao uso de bisfosfonatos injetáveis em pacientes oncológicos. Foram selecionados 21 casos, que não apresentavam complicações infecciosas nos últimos 6 meses e coletadas as seguintes variáveis: idade, doença de base, classificação da necrose, osso acometido, fator desencadeante, frequência de uso do bisfosfonatos, número total de doses no momento da necrose, tabagismo, atividade da doença no momento da necrose (ativa ou controlada), uso crônico de corticoide, uso prévio ou atual de quimioterapia, imunossupressor uso de antiangiogênicos. O desfecho de interesse foi o número de reagudizações (infecção ativa). Foram realizadas as avaliações descritivas das variáveis e análise não paramétrica para avaliar a relação entre o desfecho e as demais variáveis. Apenas 33% dos pacientes não apresentaram nenhum episódio de complicação após o evento inicial. 28,6% dos casos apresentaram 1 episódio, 19% três episódios, 9,5% dois episódios, um paciente apresentou 6 e outro 7 episódios de agudização. Dentre todas as variáveis estudadas, foram associadas à maior incidência de eventos infecciosos a classificação das osteonecroses (Class.2+3: 2,06 Versus Class. 1: 0,00; p:0,05) e a frequência de uso do medicamento (Mensal: 2,09 Versus Trimestral: 0,25; p: 0,002).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Victor Augusto Minari - Integrante / Leandro Dorigan De Macedo - Coordenador.

  • 2016 - 2016

    Células-tronco mesenquimais e osteoblastos: avaliação das assinaturas moleculares e do potencial para regenerar tecido ósseo, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Adalberto Luiz Rosa em 22/05/2019., Descrição: O osso é um tecido com grande capacidade de regeneração, mas em algumas situações a extensão da injúria impede o reparo do tecido. Nesse cenário, a terapia celular tem atraído a atenção de diversos grupos de pesquisa por ser uma alternativa promissora em relação aos tratamentos existentes. No entanto, diversos aspectos moleculares, celulares e teciduais, ainda não abordados na literatura, necessitam ser investigados para tornar essa terapia um tratamento efetivo para a regeneração de defeitos ósseos. Sendo assim, os objetivos desse estudo são comparar as assinaturas moleculares e o potencial para regenerar o tecido ósseo de células-tronco mesenquimais (CTMs) e de osteoblastos. Para isso, CTMs serão obtidas de medula óssea (CTMs-MO) e de tecido adiposo (CTMs-TA) de ratos, expandidas in vitro e mantidas com características de CTMs ou diferenciadas em osteoblastos (OBs-MO e OBs-TA, respectivamente). As CTMs serão identificadas por imunofenotipagem por citometria de fluxo para os marcadores CD29, CD31, CD34, CD45, CD90 e CD106. A diferenciação osteoblástica será confirmada por avaliação da expressão gênica de Runx2, fosfatase alcalina e osteocalcina por PCR em tempo real. As assinaturas moleculares de CTMs-MO, CTMs-TA, OBs-MO e OBs-TA serão avaliadas por análises em larga escala das expressões gênica (microarray) e proteica (proteômica). Para a regeneração do tecido ósseo, as células serão injetadas (injeção única x injeções repetidas) diretamente em defeitos criados em calvárias de ratos duas semanas antes da primeira injeção para mimetizar defeito ósseo sem capacidade de auto-regeneração. Inicialmente, o tempo de permanência de CTMs-MO, CTMs-TA, OBs-MO e OBs-TA nos defeitos ósseos será avaliado por bioluminescência utilizando a injeção de células transfectadas com luciferase. Dessa forma, será possível determinar o intervalo entre as injeções repetidas. Duas semanas após a criação dos defeitos ósseos, será realizada a primeira injeção de células e as injeções adicionais serão aplicadas no intervalo determinado no experimento anterior. Defeitos ósseos tratados com uma única injeção de células e com o veículo utilizado, solução salina tamponada com fosfato (PBS) sem células serão também avaliados. Seis semanas após a primeira injeção, os animais serão mortos e o tecido ósseo neoformado será avaliado por microtomografia computadorizada, análise histológica, PCR em tempo real e análise do módulo de elasticidade e da dureza. Os dados serão submetidos ao teste de aderência à curva normal para determinar o teste estatístico adequado. Os resultados desse estudo poderão estabelecer novos parâmetros com relação às características de células candidatas ao uso em terapia celular e à injeção de células para regenerar tecido ósseo, visto que, até o momento, não há na literatura estudos avaliando o efeito de injeções repetidas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Victor Augusto Minari - Integrante / Adalberto Luiz Rosa - Coordenador / Gileade Pereira Freita - Integrante / Helena Bacha Lopes - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2014 - 2015

    Avaliação do tecido ósseo tipo IV à superficie de titânio micro e nano texturizado, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Adalberto Luiz Rosa em 22/05/2019., Descrição: Visando uma reabilitação rápida e eficiente de pacientes edentulos, na Área da Implantodontia, se pesquisa muito a respeito da osseointegração doimplante. Em relação às superfícies dos implantes de titânio (Ti), a osseointegração é dependente da morfologia, topografia, rugosidade, composição química e energia de superfície. Como demonstrado em trabalhos anteriores in vitro, o tratamento do Ti com a oxidação por ácido sulfúrico e água oxigenada resulta em uma superfície nanotexturizada que estimula a osteogênese. Nessa pesquisa, avaliou-se e comparou-se histologicamente e histomorfometricamente as superfícies micro e nano texturizadas de implantes in-vivo em coelhos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Victor Augusto Minari - Integrante / Adalberto Luiz Rosa - Coordenador / Gileade Pereira Freita - Integrante / Helena Bacha Lopes - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2013 - 2014

    Expressão do fenótipo osteoblástico em células tronco mesenquimais de camundongos knockout para MyD 88, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Márcio Mateus Beloti em 22/05/2019., Descrição: Os receptores Toll-like (TLRs) constituem uma classe de moléculas que desempenha um papel importante no desenvolvimento e manutenção do corpo, participando do reconhecimento precoce de vários patógenos e da ativação da resposta imune. 1 Sua ativação ocorre não somente por componentes de patógenos, mas também por moléculas endógenas de mamíferos. 2 A sinalização dos TLRs é mediada pelas moléculas adaptadoras, entre elas, a MyD881 . Os efeitos da sinalização dos TLRs em células tronco mesenquimais (CTM) é controverso. Em CTMs derivadas de camundongos knockout para MyD88, foi observado que o cultivo com meio apropriado promove a sua diferenciação em adipócitos, mas não em células das linhagens osteoblástica e condroblástica. 3 Contudo, CTMs derivadas de camundongos knockout TLR4 exibiram maior capacidade de diferenciação quando comparadas ao tipo selvagem. 4 Assim, novos estudos são necessários para elucidar o papel da sinalização dos TLRs sobre o potencial de diferenciação de CTMs. Neste contexto, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do silenciamento gênico da molécula adaptadora para a ativação de receptores Toll-Like (MyD88) sobre a diferenciação osteoblástica de CTMs.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Victor Augusto Minari - Integrante / Márcio Mateus Beloti - Coordenador / Adalberto Luiz Rosa - Integrante / Larissa Moreira Spinola de Castro Raucci - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Histórico profissional

Experiência profissional

2013 - 2014

Universidade de São Paulo

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2017 - 2019

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Residente, Carga horária: 60, Regime: Dedicação exclusiva.