João Pedro Roos Wilhelm

Acadêmico do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Atualmente é membro/pesquisador do Grupo de Pesquisas em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental - GHIDROS do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental (UFSM). Têm experiencia nas áreas relevantes à Engenharia Sanitária e Ambiental, com ênfase em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental.

Informações coletadas do Lattes em 26/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Engenharia Ambiental e Sanitária

2011 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Impacto ambiental. (Carga horária: 55h). , Cursos Online SP do Brasil, CURSOS ONLINE SP, Brasil.

2014 - 2014

Introdução ao MATLAB. (Carga horária: 5h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2014 - 2014

Lei das Águas. (Carga horária: 20h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Engenharia Hidráulica.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Engenharia Hidráulica/Especialidade: Hidrologia.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Recursos Hídricos.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Saneamento Ambiental.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Recursos Hídricos/Especialidade: Águas Subterráneas e Poços Profundos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

2º Workshop sobre Tratamentos de Esgotos Descentralizados em Empreendimentos Habitacionais.. 2016. (Outra).

31ª Jornada Acadêmica Integrada.MEDIÇÃO DA UMIDADE DO SOLO EM LISÍMETROS UTILIZANDO MÉTODO COM SONDA TDR TRIME-PICO IPH/T3. 2016. (Outra).

4ª Mostra Científica do Grupo de Pesquisas em Gestão dos Recursos Hídricos: ferramentas de gestão ambiental e territorial. 2016. (Outra).

AGÊNCIA DE BACIAS - possibilidades para o Rio Grande do Sul.. 2016. (Seminário).

Um olhar multidisciplinar sobre o desastre ambiental em Mariana (MG). 2016.. 2016. (Outra).

Conhecimento Geológico na Avaliação da Degradação Ambiental. 2015. (Outra).

XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos.CARACTERIZAÇÃODACARGASUSPENSAFLUVIALEMUMAMBIENTEURBANOESTUDODECASO. 2015. (Simpósio).

1ª Semana Acadêmica da Engenharia Sanitária e Ambiental. 2014. (Outra).

II Congresso Internacional de Direito Ambiental e Ecologia Política. 2013. (Congresso).

III Ciclo de Palestras da Engenharia Sanitária e Ambiental - CIPESA. 2013. (Outra).

II Ciclo de Palestras da Engenharia Sanitária e Ambiental - CIPESA. 2012. (Outra).

I Ciclo de Palestras da Engenharia Sanitária e Ambiental - CIPESA. 2011. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

João Francisco Carlexo Horn

PAIVA, J. B. D.; FORGIARINI, F. R.;HORN, J. F. C.. Avaliação de escalas temporais na determinação do balanço hídrico em lisímetros de drenagem instalados em campo nativo. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Santa Maria.

FRANCISCO ROSSAROLLA FORGIARINI

PAIVA, João Batista Dias de;FORGIARINI, F. R.; Horn, J. F.. AVALIAÇÃO DE ESCALAS TEMPORAIS NA DETERMINAÇÃO DO BALANÇO HÍDRICO EM LISÍMETRO DE DRENAGEM INSTALADO EM CAMPO NATIVO. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental) - Universidade Federal de Santa Maria.

Miriam Fernanda Rodrigues

PICCILLI, D. G. A.;MINELLA, J. P. G.RODRIGUES, M.F.. Identifying sediment critical source areas using SWAT model. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

João Batista Dias de Paiva

AVALIAÇÃO DE ESCALAS TEMPORAIS NA DETERMINAÇÃO DO BALANÇO HÍDRICO EM LISÍMETRO DE DRENAGEM INSTALADO EM CAMPO NATIVO; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Joao Batista Dias de Paiva;

Adriana Moreira da Rocha

?Implantação e implementação da Rede GEU na UFSM: Grupo de Estudos sobre Universidades?; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundo Institucional de Pesquisa; Orientador: Adriana Moreira da Rocha Veiga;

Daniel Gustavo Allasia Piccilli

Estimativa da origem de sedimentos na bacia do rio Guaporé-RS; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • WILHELM, J. P. R. ; ILHA, R. ; PAIVA, J. B. D. ; MENEZES, D. . CARACTERIZAÇÃO DAS VARIÁVEIS DO BALANÇO HÍDRICO EM LISÍMETRO DE DRENAGEM INSTALADO EM CAMPO NATIVO. In: XXII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2017, Florianópolis. XXII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos. Rio de Janeiro: ABRH, 2017. v. 1.

  • SOARES, P. P. ; WILHELM, J. P. R. ; PAIVA, J. B. D. ; ILHA, R. ; MENEZES, D. . MONITORAMENTO DO ESCOAMENTO PELO TRONCO EM FRAGMENTO DE FLORESTA DE MATA ATLÂNTICA NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA/RS. In: XXII Simpósio Brasileiro de Recursos Hidricos, 2017, Florianópolis. MONITORAMENTO DO ESCOAMENTO PELO TRONCO EM FRAGMENTO DE FLORESTA DE MATA ATLÂNTICA NO MUNICÍPIO DE SANTA MARIA/RS. Porto Alegre: ABRH, 2017. v. 1.

  • ILHA, R. ; WILHELM, J. P. R. ; PAIVA, J. B. D. ; MENEZES, D. . AVALIAÇÃO DA MEDIÇÃO DA SONDA TDR TRIME-PICO/IPH T3. In: XXII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2017, Florianópolis. AVALIAÇÃO DA MEDIÇÃO DA SONDA TDR TRIME-PICO/IPH T3, 2017. v. 1.

  • MENEZES, D. ; ILHA, R. ; PAIVA, J. B. D. ; WILHELM, J. P. R. . ESTIMATIVA DA PRODUÇÃO DE SEDIMENTOS EM SUSPENSÃO POR MEIO DA RELAÇÃO COM A VAZÃO MÁXIMA DO EVENTO. In: XXII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2017, Florianópolis. ESTIMATIVA DA PRODUÇÃO DE SEDIMENTOS EM SUSPENSÃO POR MEIO DA RELAÇÃO COM A VAZÃO MÁXIMA DO EVENTO, 2017. v. 1.

  • WILHELM, J. P. R. ; PAIVA, J. B. D. ; ILHA, R. ; SCHMIDT FILHO, O. ; CABRAL, H.C.B. ; SCHUCK, A. . Caracterização da Carga Suspensa Fluvial em um Ambiente Urbano - Estudo de Caso.. In: XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2015, Brasíia. XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos. Rio de Janeiro: ABRH, 2015. v. 1.

  • CUNHA, C. S. ; WILHELM, J. P. R. ; CRUZ, R. C. . INFLUÊNCIA DOS FENÔMENOS CLIMÁTICOS EL NIÑO E LA NIÑA SOBRE AS VAZÕES MÍNIMAS DO RIO SANTA MARIA-RS. In: ABRH, 2013, Bento Gonçalves-RS. Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, 2013.

  • MENEZES, D. ; WILHELM, J. P. R. ; PAIVA, J. B. D. ; ILHA, R. ; FRANCA, F. ; RIGUES, A. A. . UNIFORMIDADE DA CHUVA PRODUZIDA POR UM SIMULADOR EM PARCELAS EXPERIMENTAIS. In: 31ª Jornada Academica integrada, 2017, Santa Maria. UNIFORMIDADE DA CHUVA PRODUZIDA POR UM SIMULADOR EM PARCELAS EXPERIMENTAIS, 2017. v. 1.

  • WILHELM, J. P. R. ; MEA, L. G. T. D. ; VEIGA, A. M. R. . IMPLANTAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DA REDE GEU NA UFSM: GRUPO DE ESTUDOS SOBRE UNIVERSIDADES. In: 32ª Jornada Academica Integrada, 2017, Santa Maria. IMPLANTAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DA REDE GEU NA UFSM: GRUPO DE ESTUDOS SOBRE UNIVERSIDADES, 2017.

  • WILHELM, J. P. R. ; PAIVA, J. B. D. ; ILHA, R. . MEDIÇÃO DA UMIDADE DO SOLO EM LISÍMETROS UTILIZANDO MÉTODO COM SONDA TDR TRIME-PICO IPH/T3. In: 31ª Jornada Acadêmica Integrada, 2016, Santa Maria. MEDIÇÃO DA UMIDADE DO SOLO EM LISÍMETROS UTILIZANDO MÉTODO COM SONDA TDR TRIME-PICO IPH/T3, 2016. v. 1.

  • WILHELM, J. P. R. ; ILHA, R. ; PAIVA, J. B. D. . MEDIÇÃO DA UMIDADE DO SOLO EM LISÍMETROS UTILIZANDO MÉTODO COM SONDA TDR TRIME-PICO IPH/T3. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • WILHELM, J. P. R. ; ILHA, R. ; PAIVA, J. B. D. ; SCHMIDT FILHO, O. ; CABRAL, H.C.B. ; SCHUCK, A. . Caracterização da Carga Suspensa Fluvial em um Ambiente Urbano - Estudo de Caso.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    AVALIAÇÃO DE ESCALAS TEMPORAIS NA DETERMINAÇÃO DO BALANÇO HÍDRICO EM LISÍMETRO DE DRENAGEM INSTALADO EM CAMPO NATIVO, Descrição: O presente estudo busca monitorar as variáveis hidrológicas envolvidas no balanço hídrico em lisímetro de drenagem instalado em campo nativo e, avaliar a escala temporal mais indicada para esse monitoramento. O lisímetro utilizado possui volume de 1 m³, e está instalado na cabeceira da bacia do rio Vacacaí Mirim, em Santa Maria-RS. O monitoramento das variáveis hidrológicas de precipitação, escoamento superficial e drenagem, foi feito por meio de pluviógrafos de báscula, com dados registrados em dataloggers. O monitoramento do teor de umidade, para quantificar o armazenamento de água no solo, foi feito utilizando-se tensiômetros, instalados nas profundidades de 10, 30 e 70cm no interior do lisímetro. O cálculo do balanço hídrico para estimar a evapotranspiração real, considerando as diferentes escalas temporais das variáveis envolvidas, será feito nas escalas de evento e mensal. Dessa forma, espera-se que os valores de evapotranspiração real sejam distintos para as duas escalas temporais analisadas, principalmente tendo em vista que as hidrodinâmicas apresentadas pelas variáveis hidrológicas envolvidas no processo atuam de forma diferente em escalas temporais distintas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: João Pedro Roos Wilhelm - Integrante / JOAO BATISTA DIAS DE PAIVA - Coordenador.

  • 2015 - Atual

    Efeitos de diferentes condições ambientais sobre o equilíbrio de agua no solo: representatividade espacial de medidas e simulação da umidade do solo, Descrição: A escassez de água potável e a degradação dos recursos naturais é um problema que tem gerado grande preocupação e tem merecido atenção especial por parte de vários cientistas e governantes mundiais. O Brasil, em especial a região sudeste do país, vem enfrentando uma das maiores crises hídricas das últimas décadas, sendo que parcela do problema é resultado da falta de conhecimento da dinâmica que os processos naturais possuem. Assim, estudos que aumentem o conjunto de informações sobre esses processos e contribuam com o desenvolvimento tecnológico devem ser buscados, visando racionalizar o uso dos recursos no caminho do desenvolvimento sustentável. Neste contexto, o conhecimento dos diversos mecanismos do ciclo hidrológico global e regional está emergindo como um dos temas de grande interesse da hidrologia. A umidade do solo é uma das mais importantes variáveis hidrológicas. Ela controla a evapotranspiração, a infiltração de água no solo, a recarga das águas subterrâneas e desempenha papel essencial na maioria dos processos ambientais. Recentemente, seus impactos sobre as mudanças climáticas tem sido amplamente estudados (Lu et al., 2015) e tem sido cada vez mais reconhecido que a busca por técnicas mais confiáveis de medição da umidade do solo podem trazer grandes avanços em perspectivas hidrológicas, ambientais, agrícolas e socioeconômicas (WALKER et al., 2004).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: João Pedro Roos Wilhelm - Coordenador / JOAO BATISTA DIAS DE PAIVA - Integrante / RÓBSON ILHA - Integrante / PABLO WEBER VALCORTE - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Implantação e Implementação da REDE GEU no PPGE da na Universidade Federal de Santa Maria- UFSM, Descrição: O GEU tem sua origem na pesquisa "Rediscutindo a questão de articulação entre graduação e pós-graduação" na UFRGS. As Pró-Reitorias de Pesquisa e Pós-Graduação e de Graduação, preocupadas com o distanciamento existente entre pós-graduação e graduação decidiram realizar um estudo sobre o tema. As professoras Maria Estela Dal Pai Franco, Maria das Graças Feldens, Marília C. Morosini e Denise B. C. Leite do Programa de Pós-Graduação em Educação foram convidadas para realizar uma pesquisa para identificar as modalidades de articulação entre os cursos, as mediações existentes entre a ação docente e a administrativa e apresentar subsídios para a implementação de novas ações institucionais. No decorrer da pesquisa, a equipe ampliou-se com a incorporação das Professoras Clarissa E. Baeta Neves e Arabela C. Oliven do Programa de Pós-Graduação em Sociologia. Desde 1995, o GEU formou uma Rede de Grupos de Estudos e de Pesquisas, integrada pelo GEU (PPG Sociologia) e GEU/Edu/Ipesq (Inovação e Pesquisa/PPG Educação), ambos na UFRGS. Posteriormente, foram criados outros dois grupos, vinculados a Instituições de Ensino Superior localizadas no interior do estado do Rio Grande do Sul: GEU/UPF (Universidade de Passo Fundo) e GEU/UFPel (Universidade Federal de Pelotas). O GEU é hoje uma rede consolidada de estudos e de pesquisa, registrada no Diretório dos Grupos de Pesquisa/CNPq. A sua missão, realizada com sucesso, tem sido a de criar oportunidades para formação, para a reflexão, para a produção do saber, para a inovação, para a divulgação do conhecimento e para o aprimoramento das políticas voltadas ao ensino superior. Por isso, seu trabalho envolve a orientação de alunos de iniciação científica, de graduandos, mestrandos e doutorandos. O GEU também desenvolve pesquisas em parceria com pesquisadores nacionais e internacionais e seus membros têm participação ativa em associações e eventos nacionais e internacionais. As pesquisas desenvolvidas pelo GEU, ao longo do tempo, têm contado com o apoio institucional da PROPESQ/UFRGS e de agências de fomento como CNPq, FAPERGS, CAPES, FULBRIGHT. A produção científica do GEU está amplamente divulgada em livros, periódicos e eventos nacionais e internacionais. A trajetória do GEU acompanha a dinâmica do campo da educação superior com toda sua complexidade e com todos os seus paradoxos, no Brasil, tanto quanto, no cenário internacional. Deste modo, o GEU se destaca pela expertise adquirida ao tratar deste campo de pesquisa, explorando e incorporando, constantemente, novos temas e objetos de estudo e pela sua capacidade de estimular o esforço de produção de conhecimento sobre o ensino superior, numa perspectiva interdisciplinar, interinstitucional e comparativa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: João Pedro Roos Wilhelm - Coordenador / ADRIANA MOREIRA DA ROCHA VEIGA - Integrante / LILIANE GONTAN TIMM DELLA MÉA - Integrante.

  • 2012 - Atual

    RHIMA - Rede Cooperativa de Pesquisa em Monitoramento e Modelagem de Processos Hidrossedimentológicos em Bacias Representativas Rurais e Urbanas do Bioma Mata Atlântica, Descrição: Esta rede de pesquisa foi formada através da Chamada Pública MCT/FINEP CT-Hidro 01/2010. Envolve seis instituições: UFSM, IPH-UFRGS, UFSC, UFPR, UFRJ e UNIFEI. Tem por objetivo investigar os processos de produção de água e sedimentos em bacias experimentais representativas do bioma Mata Atlântica por meio de monitoramento e modelagem hidrossedimentológica e de qualidade de água visando a determinação dos efeitos de escala e de uso do solo. Tem a Coordenação geral do Prof. João Batista Dias de Paiva da UFSM.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: João Pedro Roos Wilhelm - Coordenador / JOAO BATISTA DIAS DE PAIVA - Integrante / RÓBSON ILHA - Integrante / OSMAR SCHMIDT FILHO - Integrante / DELMIRA BEATRIZ WOLFF - Integrante / ANA BEATRIS SOUZA DE DEUS BRUSA - Integrante / MARIA DO CARMO CAUDURO GASTALDINI - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2017 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CNPq / pesquisador, Carga horária: 20

Outras informações:
Rede GEU - UFSM

2017 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CNPq / pesquisador, Carga horária: 20

2015 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CNPq / pesquisador, Carga horária: 20

Outras informações:
RHIMA - Rede Cooperativa de Pesquisa em Monitoramento e Modelagem de Processos Hidrossedimentológicos em Bacias Representativas Rurais e Urbanas do Bioma Mata Atlântica (2010)

2016 - 2016

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PRAE, Carga horária: 20

Outras informações:
Bolsista PRAE - Laboratório de Engenharia do Meio Ambiente - LEMA - Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental - Centro de Tecnologia

2017 - Atual

DICKOW ALIMENTOS LTDA.

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário - Engenharia, Carga horária: 300

Outras informações:
Estágio Supervisionado

2015 - 2017

CLEAN ROOM ENGINEERING

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estágio extracurricular:Engenharia hidráulica, Carga horária: 20

Outras informações:
Estágio extracurricular: Assistente. Elaboração de projeto e execução - Construção de Cleanroom - CEFD/UFSM