Kelen Haygert Lencina

Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Santa Maria (2010), mestrado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Santa Maria (2013), doutorado em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Santa Maria (2016) e Pós-Doutorado em Melhoramento de Plantas pela Universidade Federal de Santa Maria. Tem experiência em Silvicultura, especialmente nos seguintes temas: propagação vegetativa, produção de mudas e melhoramento genético de plantas. Atualmente é professora adjunta no Departamento de Agricultura, Biodiversidade e Florestas da Universidade Federal de Santa Catarina.

Informações coletadas do Lattes em 26/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Engenharia Florestal

2013 - 2016

Universidade Federal de Santa Maria
Título: Micropropagação e diversidade genética em Apuleia leiocarpa (Vogel) J. F. Macbrid.
Dilson Antônio Bisognin. Coorientador: Frederico Dimas Fleig. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Microcepa; microestacas; Segmento nodal; Enraizamento ex vitro; RAPD.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura / Especialidade: Genética e Melhoramento Florestal.

Mestrado em Engenharia Florestal

2011 - 2013

Universidade Federal de Santa Maria
Título: Germinação e multiplicação in vitro de Apuleia leiocarpa VOGEL. MACBR.,Ano de Obtenção: 2013
Dilson Antônio Bisognin.Coorientador: Frederico Dimas Fleig. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura / Especialidade: Genética e Melhoramento Florestal.

Graduação em Engenharia Florestal

2005 - 2010

Universidade Federal de Santa Maria
Título: PROPAGAÇÃO VEGETATIVA DE CANJERANA (Cabralea canjerana (Vellozo) Martius)
Orientador: Prof. Dilson Antônio Bisognin, PhD
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, FAPERGS, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2017 - 2019

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências Agrárias, Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura. , Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura / Especialidade: Genética e Melhoramento Florestal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

Princípios de Filogeografia - Rede de Haplótipos e Diversidade Genética. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2018 - 2018

Softwarw R para avaliação de dados experimentais. (Carga horária: 24h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Silvicultura/Especialidade: Genética e Melhoramento Florestal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

BISOGNIN, D. A.. ; KIELSE, P. ; HEBERLE, M. ; QUADROS, K. M. de ; FLEIG, F. D. ; LENCINA, K. H. ; RAUBER, M. A. ; DOCKHORN, P. L. ; FISCHER, H. ; GIMENES, E. S. ; XAVIER, A. . I Simpósio De Melhoramento e Propagação Vegetativa de Plantas. 2011. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas. ESTIMATIVA DE PARAMETROS GENÉTICOS PARA CARACTERES FITOQUÍMICOS DE ERVA-MATE. 2017. (Congresso).

VII Congresso Sul-Americano da Erva-Mate, III Simpósio Internacional da Erva-Mate e Saúde e I Feira de Tecnologia na Indústria Ervateira. VARIAÇÃO DE TEORES DE POLIFENÓIS EM PLANTAS DE ERVA-MATE. 2017. (Congresso).

XX Semana Acadêmica da Engenharia Florestal.Micropropagação de espécies florestais. 2016. (Oficina).

Nativas 2014.ESTABELECIMENTO E CRESCIMENTO IN VITRO DE PLANTAS DE GRÁPIA. 2014. (Simpósio).

II Simpósio de Melhoramento e Propagação Vegetativa de Plantas. 2013. (Simpósio).

25a Jornada Acadêmica Integrada.Estaquia de ramos juvenis na propagação vegetativa de canjerana. 2010. (Outra).

24ª Jornada Acadêmica Integrada da Universidade Federal de Santa Maria.ANÁLISE DA VARIABILIDADE GENÉTICA DE PALMITEIRO (Euterpe edulis MARTIUS). 2009. (Outra).

XIII Semana Acadêmica da Engenharia Florestal.XIII Semana Acadêmica da Engenharia Florestal. 2009. (Outra).

1 Seminário dem Ciências Florestais.1 Seminário dem Ciências Florestais. 2008. (Seminário).

4 Simpósio Latino-Americano sobre Manejo Florestal.Produção de Bens Materiais e Imateriais. 2008. (Simpósio).

XII Semana Acadêmica do curso de Engenharia Florestal.."Nossos Bosques têm mais Vida- Silvicultura Promove Desenvolvimento Sustentável".. 2008. (Outra).

XI Semana Acadêmica do curso de Engenharia Florestal..Perspectivas para a Engenharia Florestal.. 2007. (Outra).

10 Semana Acadêmica da Engenheria Florestal..Sistemas Agroflorestais. 2006. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Denise Gazzana

BISOGNIN, D. A..;LENCINA, K. H.; NAVROSKI, M. C.; FLORES, R.. Seleção entre e dentro de progênies de erva-mate (Ilex paraguariensis A. St.-Hil.). 2019. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Mhaiandry Benedetti Rodrigues

BISOGNIN, D. A..; SALDANHA, C. W.; TREVISAN, R.;LENCINA, K. H.. Enraizamento de miniestacas e parâmetros de validação de clones de ipê-roxo para propagação vegetativa. 2019. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Ricardo Eguilhor Rodrigues

KLANT, R. A.;LENCINA, K. H.. Elaboração de mapa de riscos ambientais na Prefeitura Municipal de Alegrete. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Franciscana.

Aluno: Eduardo Ben Antolini

ROSO, V. R.;LENCINA, K. H.. Laudo Técnico de condições ambientais do trabalho LTCAT em uma oficina mecânica. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Franciscana.

Aluno: Tiane Maria Jaskulski

MORAES, J. A. R.;LENCINA, K. H.; ESTRADA, R. J. S.. Benefícios na implantação do sistema de gestão integrado e levantamento da atual situação no Brasil. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Franciscana.

Aluno: Luciane Grendene Maculan

BISOGNIN, D. A..;LENCINA, K. H.; DENARDI, L.. Enraizamento de miniestacas de Cordia Trichotoma (VELLOZO) ARRABIDA EX STEUDEL. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Jonas Marcelo Meltzer

GASPARIN, E.; ARAUJO, M. M.;LENCINA, K. H.. Implicações da endogamia em espécies florestais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Maykon Junior Da Silva

BISOGNIN, D. A..;LENCINA, K. H.. A Eucaliptocultura no Brasil com ênfase no desenvolvimento de clones. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Lucas Tonetto de Souza

BISOGNIN, D. A..;LENCINA, K. H.; TREVISAN, R.. Avaliação do enraizamento adventício de miniestacas de jacarandá (Jacaranda mimosifolia D. Don). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Uilian Stefanello de Mello

BISOGNIN, D. A..;LENCINA, K. H.; BATISTEL, S. C.. PROPRAGAÇÃO DE Solanum tuberosum L. IN VITRO E POR MINITUBÉRCULOS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Uilian Stefanello de Mello

BISOGNIN, D. A..;LENCINA, K. H.; BATISTEL, S. C.. Produção de miniestacas de batata. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Mireli Comoretto Zilch

BRESSAN, D. A.;LENCINA, K. H.; MARASCIULO, A. S.. O Sistema Nacional de Unidades de Conservação e os casos de desapropriação em parques nacionais brasileiros. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Mhaiandry Benedetti Rodrigues

BISOGNIN, D. A..;LENCINA, K. H.; PIMENTEL, N.. Estabelecimento de minijardim clonal e avaliação da produtividade de miniestacas de clones de ipê-roxo (Handroanthus heptaphyllus (Vell. Mattos). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Joane Helena Maggioni

BISOGNIN, D. A..;LENCINA, K. H.; TREVISAN, R.. MICROPROPAGAÇÃO IN VITRO DE Solanum tuberosum L. E ESTABELECIMENTO DE MICROJARDIM CLONAL. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Mhaiandry Benedetti Rodrigues

BISOGNIN, D. A..;LENCINA, K. H.; PIMENTEL, N.. Miniestaquia de ipê-roxo (handroanthus heptaphyllus (Vell.Mattos). 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Jéssica Marques Schneider

WEBER, L. S.;LENCINA, K. H.; SOMAVILLA, T. M.. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO DE ESPUMOSO-RS. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Nathalia Pimentel

BISOGNIN, D. A..;LENCINA, K. H.; KIELSE, P.. Estabelecimento e multiplicação in vitro de ipê-roxo (Handroanthus heptaphyllus (VELL. MATOS). 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Nathalia Pimentel

BISOGNIN, DILSON ANTÔNIO;LENCINA, K. H.; KIELSE, P.. Otimização da transformação genética de Eucalyptus urograndis via Agrobacterium tumefaciens. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Paula Cristine Rodrigues Barbosa

KIELSE, P.;LENCINA, K. H.; ELESBAO, L. E. G.. Acompanhamento das atividades referentes ao departamento municipal de meio ambinete no miunicípio de Santo Ângelo, RS. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

MICHELE HEBERLE

BISOGNIN, D. A.FLEIG, F. D.HEBERLE, M.. Propagação Vegetativa de Espécies Florestais Nativas. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Juçara Terezinha Paranhos

BISOGNIN, D. A.; FLEIG, F. D.; FLORES, R.;PARANHOS, J. T.; NICOLOSO, F. T.. MULTIPLICAÇÃO IN VITRO E ENRAIZAMENTO DE MICROESTACAS DE GRÁPIA (APULEIA LEIOCARPA (VOGEL) MACBR.)). 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Fernando Teixeira Nicoloso

BISOGNIN, D. A.NICOLOSO, F. T.; Dutra, L. F.; Pacheco, M.T.;FLORES, R.. Micropropagação e análise genética de Apuleia leiocarpa. 2016. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Fernando Teixeira Nicoloso

BISOGNIN, D. A.NICOLOSO, F. T.; Fleig, F.D.;FLORES, R.; PARANHOS, J. T.. Multiplicação in vitro e enraizamento de microestacas de grápia (Apuleia leiocarpa (Vogel) Macbr.). 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Paula Kielse

BISOGNIN, D.A.; FREIG, F.D.;KIELSE, P.. Propagação vegetativa de canjerana (Cabralea canjerana (Vellozo) Martius ). 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Dilson Antônio Bisognin

BISOGNIN, D. A.; FLORES, R.; SALDANHA, C.W.. Germinação e multiplicação in vitro de grápia (Apuleia leiocarpa (Vogel) J. F. Macbr.). 2013. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós Graduação Em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Dilson Antônio Bisognin

BISOGNIN, D. A.NICOLOSO, Fernando Teixeira; DUTRA, L.F.; Pacheco, M.T.; FLORES, R.. Micropropagação e analise genética de Apuleia leiocarpa. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Dilson Antônio Bisognin

BISOGNIN, D. A.NICOLOSO, Fernando TeixeiraFLEIG, Frederico Dimas; FLORES, R.; PARANHOS, Juçara Teresinha. Multiplicação in vitro e enraizamento de microestacas de grapia - Apuleia leiocarpa. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Cleber Witt Saldanha

Bisognin, D.A.;SALDANHA, C.W.; FLORES, R.. Micropropagação de grápia (Apuleia leiocarpa (Vogel) J. F. Macbr.). 2013. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Rejane Flores

Bisognin, D.A.;FLORES, R.; Saldanha, C.W.. Micropropagação de grápia (Apuleia leiocarpa Vogel.) J.F. Macbr.. 2013. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Rejane Flores

Bisognin, D.A.;Nicoloso, F. T.; Dutra, L.F.; PACHECO, M. T.;FLORES, R.. Micropropagação e análise genética de Apuleia leiocarpa. 2016. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria.

Rejane Flores

Bisognin, D.A.; PARANHOS, J. T.;Nicoloso, F. T.; Fleig, F.D.;FLORES, R.. Multiplicação in vitro e enraizamento de microestacas de Apuleia leiocarpa (Vogel) Macbr.. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal/) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Renata Schimit Avinio

Competência ao enraizamento adventício de miniestacas de clones de acácia negra (Acacia mearnsii De Wild; ); Início: 2020; Dissertação (Mestrado profissional em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Denise Gazzana

Seleção entre e dentro de progênies de Acácia-negra; Início: 2019; Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Mariana Fauerharmel

Seleção de genótipos de Myrocarpus frondosus Allemão com base no enraizamento adventício; Início: 2017; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Coorientador);

Fernando Campos da Costa

Avaliação das condições de segurança em uma trilhadeira de grão de acordo com a Norma Reguladora n12; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Franciscana; Orientador: Kelen Haygert Lencina;

Ramiro Dalmolin Pombo

Avaliação dos acidentes de trabalho ocorridos em associados de uma cooperativa no Município de Ibirubá-RS; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Franciscana; Orientador: Kelen Haygert Lencina;

Leandro Vinícius da Luz

Verificação das conformidades exigidas pela NR 33 em um silo armazenador de grãos do município de Ibirubá-RS; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Franciscana; Orientador: Kelen Haygert Lencina;

Patrick Gonçalves Costa

Gestão Municipal Ambiental; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Kelen Haygert Lencina;

Ane Caroline da Silva Pereira

A execução do Cadastro Ambiental Rural e sua efetividade como instrumento da legislação brasileira; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Kelen Haygert Lencina;

Janaina Spanevello

Multiplicação e avaliação de clones selecionados de erva-mate; 2019; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Apoio a Tecnologia e Ciência; Orientador: Kelen Haygert Lencina;

Patrick Gonçalves Costa

Atividades desenvolvidas na Divisão de Cadastro Florestal do DEFAP/SEMA - RS; 2016; Orientação de outra natureza; (Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Kelen Haygert Lencina;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

MAISA PIMENTEL MARTINS CORDER

Embriogênese somática do palmiteiro (Euterpe edulis Martius); Início: 2008; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis; (Orientador);

Dilson Antônio Bisognin

Germinação e multiplicação in vitro de grápia (Apuleia liocarpa (Vogel) J; F; Macbr; ); 2013; Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Dilson Antônio Bisognin;

Dilson Antônio Bisognin

Micropropagação e diversidade genética em Apuleia leiocarpa; 2016; Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Dilson Antônio Bisognin;

Dilson Antônio Bisognin

2019; Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Dilson Antônio Bisognin;

Dilson Antônio Bisognin

2018; Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Dilson Antônio Bisognin;

Dilson Antônio Bisognin

Propagação vegetativa de canjerana (Cabralea canjerana); 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Curso de Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Dilson Antônio Bisognin;

Dilson Antônio Bisognin

Propagação vegetativa de espécies florestais nativas; 2010; Orientação de outra natureza; (Curso de Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Dilson Antônio Bisognin;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PIMENTEL, N. ; LENCINA, K. H. ; SOMAVILLA, T. M. ; BISOGNIN, D. A.. . Effect of mini-cutting size on adventitious rooting and morphophysiological quality of Ilex paraguariensis plantlets. JOURNAL OF FORESTRY RESEARCH , p. 3-8, 2020.

  • PIMENTEL, N. ; LENCINA, K. H. ; KIELSE, P. ; RODRIGUES, M. B. ; SOMAVILLA, T. M. ; BISOGNIN, D. A.. . Produtividade de minicepas e enraizamento de miniestacas de clones de erva-mate. CIENCIA FLORESTAL , v. 29, p. 459-570, 2019.

  • BISOGNIN, D. A.. ; LUZ, L. V. ; LENCINA, K. H. ; SANTOS, C. O. ; SAUTTER, C. K. . Contents of total phenolics and flavonoids in and antioxidant activity of Ilex paraguariensis leaves. PESQUISA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA (ONLINE) , v. 54, p. 1-8, 2019.

  • LENCINA, K. H. ; FREITAS, J. M. B. ; ESSI, L. ; PIMENTEL, N. ; BISOGNIN, D. A.. . Improved methods for storing and extracting DNA from Ilex paraguariensis (Aquifoliaceae) tissue samples. GENETICS AND MOLECULAR RESEARCH , v. 18, p. 1-11, 2019.

  • BURIN, C. ; BISOGNIN, D. A.. ; LENCINA, K. H. ; GIMENES, E. S. . Early selection of Cabralea canjerana for propagation by mini-cutting. PESQUISA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA (ONLINE) , v. 53, p. 1018-1024, 2018.

  • BURIN, C. ; BISOGNIN, D. A.. ; LENCINA, K. H. ; SOMAVILLA, T. M. ; PEDROSO, M. F. . Enraizamento de miniestacas em diferentes épocas de coleta para a seleção de clones de canjerana. REVISTA BRASILEIRA DE CIENCIAS AGRARIAS , v. 13, p. 1-7, 2018.

  • BISOGNIN, D. A.. ; LENCINA, K. H. ; LUZ, L. V. ; FLEIG, F. D. ; GAZZANA, D. . ADVENTITIOUS ROOTING COMPETENCE AND RESCUE OF ADULT MATE PLANTS BY CUTTINGS. Revista Árvore (on-line) , v. 42, p. 1-10, 2018.

  • COSTA, F. C. ; LUZ, L. V. ; POMBO, R. D. M. ; LENCINA, K. H. . Condições de segurança em uma trilhadeira de grãos de acordo com a Norma Regulamentadora 12. DISCIPLINARUM SCIENTIA. SÉRIE CIÊNCIAS NATURAIS E TECNOLÓGICAS , v. 19, p. 165-176, 2018.

  • POMBO, R. D. M. ; LUZ, L. V. ; COSTA, F. C. ; LENCINA, K. H. . Acidentes de trabalho ocorridos em associados de uma cooperativa no município de Ibirubá - RS. DISCIPLINARUM SCIENTIA. SÉRIE CIÊNCIAS NATURAIS E TECNOLÓGICAS , v. 19, p. 155-164, 2018.

  • LUZ, L. V. ; POMBO, R. D. M. ; COSTA, F. C. ; LENCINA, K. H. . Espaço confinado e a Norma Regulamentadora - 33: estudo de caso em um silo armazenador de grãos no município de Ibirubá-RS. DISCIPLINARUM SCIENTIA. SÉRIE CIÊNCIAS NATURAIS E TECNOLÓGICAS , v. 19, p. 141-154, 2018.

  • BISOGNIN, D. A.. ; KIELSE, P. ; LENCINA, K. H. ; SILVEIRA, R. T. ; FLEIG, F. D. ; GIMENES, E. S. . Cutting of post fire epicormic shoots of Ilex paraguariensis and Cabralea canjerana adult plants. CIENCIA RURAL , v. 47, p. 1-6, 2017.

  • LENCINA, K. H. ; BISOGNIN, D. A.. ; PIMENTEL, N. ; KIELSE, P. ; MELLO, U. S. . PRODUTIVIDADE DE MICROCEPAS DE GRÁPIA (Apuleia leiocarpa) MANTIDAS IN VITRO. CIENCIA FLORESTAL , v. 28, p. 150-159, 2017.

  • RODRIGUES, M. B. ; PIMENTEL, N. ; LENCINA, K. H. ; KIELSE, P. ; BISOGNIN, D. A.. . Enraizamento de miniestacas de ipê-roxo (Handroanthus heptaphyllus Vell. Mattos). REVISTA BRASILEIRA DE PLANTAS MEDICINAIS (IMPRESSO) , v. 19, p. 129-137, 2017.

  • PIMENTEL, N. ; LENCINA, K. H. ; PEDROSO, M. F. ; SOMAVILLA, T. M. ; BISOGNIN, D. A.. . Morphophysiological quality of yerba mate plantlets produced by mini-cuttings. SEMINA. CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ONLINE) , v. 38, p. 3515-3528, 2017.

  • LENCINA, K. H. ; BISOGNIN, D. A.. ; KIELSE, P. ; PIMENTEL, N. . ROOTING AND ACCLIMATIZATION OF Apuleia leiocarpa PLANTLETS. AGROCIENCIA , v. 51, p. 909-920, 2017.

  • LENCINA, K. H. ; BISOGNIN, D. A.. ; PIMENTEL, N. ; KIELSE, P. ; MELO, U. S. . MULTIPLICATION OF APULEIA (Apuleia leiocarpa (VOGEL) J. F. MACBRIDE) IN VITRO. Australian Journal of Basic and Applied Sciences , v. 10, p. 185-191, 2016.

  • PIMENTEL, NATHALIA ; BISOGNIN, DILSON ANTÔNIO ; KIELSE, PAULA ; LENCINA, KELEN HAYGERT ; MELLO, UILIAN STEFANELLO . Shoot segment and substrate composition in rooting of juvenile ipe-roxo mini-cuttings. Ciência Rural , v. 46, p. 996-1002, 2016.

  • LUZ, L. V. ; MELLO, E. P. ; FERNANDES, A. P. D. ; LENCINA, K. H. ; SILVA, A. C. F. . EVALUATION OF SEED GERMINATION OF Schinus terebinthifolius RADDI FROM DIFFERENT MATRICES ON RIO GRANDE DO SUL STATE, BRAZIL. Australian Journal of Basic and Applied Sciences , v. 10, p. 41-48, 2016.

  • PIMENTEL, N. ; BISOGNIN, D. A.. ; RODRIGUES, M. B. ; KIELSE, P. ; LENCINA, K. H. . MICROPROPAGATION OF Handroanthus heptaphyllus (VELLOSSO MATTOS). Australian Journal of Basic and Applied Sciences , v. 10, p. 79-87, 2016.

  • LENCINA, K. H. ; KONZEN, E. R. ; TSAI, S. M. ; BISOGNIN, D. A.. . Genetic analysis of Apuleia leiocarpa as revealed by RAPD markers: prospects for population genetic studies. Genetics and Molecular Research , v. 15, p. 1-15, 2016.

  • GIMENES, E. S. ; KIELSE, P. ; LENCINA, K. H. ; FLEIG, F. D. ; KEATHLEY, D. E. ; BISOGNIN, D. A.. . Propagation of Cabralea canjerana by mini-cutting. Journal of Horticulture and Forestry , v. 7, p. 8-15, 2015.

  • KIELSE, PAULA ; BISOGNIN, DILSON ANTÔNIO ; HAYGERT, KELEN LENCINA ; MELLO, UILIAN STEFANELLO ; PIMENTEL, NATHALIA ; RAUBE, MARCELO ARTUR . Production and rooting of cordia - Cordia trichotoma (Vell.) Arrab. ex Steud. mini-cuttings collected from ministumps of asexual and seminal origin. Ciência Rural , v. 45, p. 1164-1166, 2015.

  • LENCINA, K. H. ; BISOGNIN, D. A.. ; KIELSE, P. ; PIMENTEL, N. ; FLEIG, F. D. . Estabelecimento e crescimento in vitro de plantas de grápia. Ciência Rural (UFSM. Impresso) , v. 44, p. 1025-1030, 2014.

  • PIMENTEL, N. ; HEBERLE, M. ; KIELSE, P. ; LENCINA, K. H. ; BISOGNIN, D. A.. ; FISCHER, H. . Efeito da 6-benzilaminopurina (BAP) na multiplicação in vitro de Handroanthus avellanedae (Lorentz ex Griseb.). Revista Brasileira de Plantas Medicinais (Impresso) , v. 14, p. 21-22, 2012.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

LENCINA, K. H. . Micropropagação de espécies florestais. 2016. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    PLOGGING AQUÁTICO E PLOGGING NÁUTICO: entendendo o planeta como parte de nossos corpos, Descrição: As temáticas e ações voltadas para a preservação do meio ambiente já vêm sendo debatidas há alguns anos, sendo alvo de amplas pesquisas e aplicações práticas. Sabe-se que existem, por exemplo, biocombustíveis, energias renováveis (eólica), dentre outras iniciativas com a finalidade de reduzir os prejuízos ao planeta. Seguindo este caminho, onde a educação física, o esporte, ou mais precisamente o exercício físico poderia se inserir? A partir deste questionamento, algumas iniciativas podem ser destacadas, como o plogging, termo que se deriva do jogging que significa uma corrida em velocidade bem lenta (trote) e plucking que pode ser definida como o ato de recolher, catar ou arrancar, sendo assim, trata-se de uma atividade na qual seus adeptos têm por objetivo se deslocar equipados de algum tipo de recipiente para coletar o lixo pelo trajeto. Desta forma, essas ações beneficiam tanto os praticantes, através do exercício físico da corrida ou trote proporcionando elevação do condicionamento cardiorrespiratório, aumento da força de membros superiores e inferiores a partir da coleta e da carga que os resíduos impõem, além dos benefícios psicológicos também trazidos pelo exercício e sua prática, quanto o meio ambiente, tirando resíduos que levariam anos para se decomporem na natureza, em determinadas localidades causando enchentes, poluindo os meios aquáticos (fluvial, lacustre e marítimo) prejudicando os animais, e levando-os para realizar o descarte correto. Todavia, não apenas as ruas necessitam de limpeza, mas também, os meios aquáticos e náuticos de água doce ou salgada, os quais são habitats e fonte de alimento de muitas espécies, inclusive dos seres humanos. Em especial, é preciso lembrar que quando se refere à água doce, essa é apenas uma pequena porcentagem de todo recurso hídrico potável no planeta e que são, muitas vezes, depósitos de lixo para pessoas e industrias, destaca-se a importância da conscientização e da preservação e/ou recuperação desses meios, que tem caráter vital. Diante do exposto, pensando na conservação dos espaços naturais e em alta qualidade e limpeza dos recursos hídricos, somado com a manutenção e ampliação do condicionamento físico dos indivíduos, apresentam-se nesse projeto de ensino duas práticas inovadoras e sustentáveis que estão intimamente ligadas com a saúde, educação, qualidade de vida, ecologia, conservacionismo e pensamento socioambiental da nossa sociedade, o Plogging Aquático e o Plogging Náutico. No plogging aquático os praticantes adentram ao meio líquido dos espaços naturais para fazer sua limpeza com as próprias mãos. Já no plogging náutico os praticantes utilizam equipamentos e embarcações de outros esportes náuticos, tais como stand-up paddle, canoagem, remo, canoa havaiana, entre outros para efetivar a limpeza. Assim, tais práticas (Plogging Aquático e o Plogging Náutico) estão fundamentadas no entendimento do planeta como uma parte de nossos corpos, e nossas atitudes diárias simples, são motivadas na definição de Saúde ecológica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kelen Haygert Lencina - Integrante / Luiz Fernando Cuozzo Lemos - Coordenador / AMANDA BEATRIZ EICH - Integrante / EDUARDO VINICIUS KRUMMEL - Integrante / GABRIEL MONTAGNER THALHEIMER - Integrante / EBER BARJONAS SALES RIBEIRO - Integrante / IGOR MAZZORANI - Integrante / MARISA MACHADO HOMERCHER - Integrante / NATANAEL DOS SANTOS DE ALMEIDA - Integrante / RAFAELA MULLER FIDENCIO - Integrante / RENATA RODRIGUES LEMOS - Integrante / TIALISON INACIO KLIMECK BRAUNER - Integrante / VINICIUS DE ALMEIDA SOARES - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Morfogênese in vitro de Apuleia leiocarpa, Descrição: Apuleia leiocarpa (Vogel) J. F. Macbride, da família Fabaceae, é conhecida popularmente como grápia e corresponde a uma espécie arbórea emergente entre o dossel fechado, sendo nitidamente percebida pelos seus troncos altos e quase brancos. Ocorre naturalmente desde o Peru, Argentina, Bolívia, Paraguai até o Uruguai, sendo que no Brasil ocorre da Região Sul até Norte e Nordeste. Apesar da ampla distribuição geográfica, atualmente a presença da espécie é descontínua no território brasileiro, devido à intensa devastação e à falta de reposição. A grápia está altamente ameaçada de extinção e deve ser considerada como prioritária para a conservação. Possui madeira de alta qualidade, potencial apícola, medicinal, paisagístico e florestal. Apresenta dificuldade de propagação por sementes e propagação vegetativa por técnicas convencionais. Assim, as técnicas para propagação in vitro podem auxiliar na produção massal de mudas da espécie, contribuir na sua conservação e auxiliar no reflorestamento. Desta forma, pretende-se desenvolver metodologia para produção de plantas in vitro de Apuleia leiocarpa pelas rotas de regeneração via embriogênese ou organogênese.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Kelen Haygert Lencina - Integrante / BISOGNIN, DILSON ANTÔNIO - Integrante / Mariana Fauerharmel - Integrante / TANEA MARIA BISOGNIN GARLET - Coordenador / GABRIEL DE ARAUJO LOPES - Integrante / GABRIELE TAIS LOHMANN - Integrante / FRANCIELE PINTO FUCILINI - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Caracterização fitoquímica, elementar e molecular de genótipos de erva-mate, Descrição: Este projeto tem como objetivos quantificar os teores de compostos fenólicos totais, de flavonoides e de compostos elementares (metais e não-metais), além da ação antioxidante e da variabilidade genética para definir estratégias de seleção de genótipos de erva-mate em programas de melhoramento genético. Serão coletadas amostras de solo de folhas de plantas em produção nos cinco Polos Ervateiros do Rio Grande do Sul para a quantificação do perfil fitoquimico em folhas, dos teores de metais e não-metais em folhas e no solo e para realizar a análise molecular e a estimação dos parâmetros genéticos. Os parâmetros genéticos e a estrutura genética das populações de erva-mate serão utilizados para definir estratégias de seleção para a identificação de genótipos superiores para caracteres estudados. A realização deste projeto possibilitará a definição dos limites de variação dos compostos fenólicos totais, dos flavonoides e a ação antioxidante em extratos de folhas e de metais e não-metais em folhas de erva-mate e no solo, em diferentes condições de cultivo para direcionar novas pesquisas e ações para a qualificação da produção; a identificação dos principais fatores ambientais que interferem nos teores dos compostos ativos e no acumulo de elementos químicos para definir estratégias de manejo dos ervais em produção; a estimação dos componentes genéticos dos compostos ativos e a variabilidade genética para subsidiar a seleção de genótipos de erva-mate e a definição de técnicas de manejo das plantas em produção.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Kelen Haygert Lencina - Integrante / DILSON ANTONIO BISOGNIN - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Extração e quantificação dos compostos ativos para a caracterização e seleção de genótipos de erva-mate, Descrição: É extremamente relevante investir em estudos que visem identificar métodos eficientes para a extração de compostos fenólicos, assim como analisar as variações entre genótipos de erva-mate. Os objetivos deste projeto são definir o método mais adequado para a extração e quantificação dos compostos ativos e definir estratégias para a aplicação destas informações na seleção de genótipos superiores de erva-mate em programas de melhoramento genético. As metas para o atendimento dos objetivos são: definir a metodologia eficiente de extração de compostos fenólicos e flavonoides totais e da ação antioxidante do extrato de folhas de erva-mate, definir o tempo ideal e o solvente que possibilite a melhor extração dos compostos ativos, avaliar e comparar diferentes genótipos de erva-mate por meio do perfil fitoquímico, e selecionar genótipos de erva-mate e identificar os fatores ambientais que interferem na produção e qualidade dos compostos ativos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Kelen Haygert Lencina - Integrante / DILSON ANTONIO BISOGNIN - Coordenador / Nathalia Pimentel - Integrante / Denise Gazzana - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Multiplicação e avaliação de clones selecionados de erva-mate, Descrição: O sucesso de uma nova cultivar depende, em grande parte, da disponibilidade e facilidade de acesso à mudas de alta qualidade e de baixo custo, por ser um dos principais componentes do custo e da viabilização da implantação dos empreendimentos. Além disso, a produtividade e qualidade da produção são diretamente relacionados com o vigor e a sanidade das mudas utilizadas. Este projeto de pesquisa científica e tecnológica tem como objetivos desenvolver um sistema de produção massal de mudas por miniestaquia e avaliar clones selecionados de erva-mate em condições de cultivo comercial. Para isso, será estabelecido um minijardim clonal, em sistema fechado de cultivo sem solo, para a produção de miniestacas, que serão enraizadas e, as mudas aclimatizadas e rustificadas, utilizadas para o estabelecimento de áreas demonstrativas em condições de cultivo comercial. A execução deste projeto possibilitará (i) desenvolver um sistema de produção massal de mudas de erva-mate por miniestaquia em sistema fechado de cultivo sem solo, (ii) identificar clones que combinam taxa de multiplicação com vigor de crescimento das mudas nas fases de aclimatização e rustificação, (iii) avaliar o comportamento silvicultural de clones selecionados de erva-mate em condições de cultivo comercial, (iv) desenvolver tecnologias (patenteáveis ou não) para viabilizar técnica e economicamente a produção massal de mudas de erva-mate por miniestaquia, (v) efetuar publicações científicas e técnicas sobre a clonagem massal de erva-mate, e (vi) formar recursos humanos em nível de graduação e de pós-graduação em melhoramento e propagação vegetativa de plantas. A clonagem por miniestaquia resulta em aumentos imediatos da produtividade e da qualidade da erva-mate, com o uso de clones selecionados e a aplicação de técnicas adequadas de manejo da produção, o que melhora a qualidade de vida e da renda dos produtores do Rio Grande do Sul.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Kelen Haygert Lencina - Integrante / FREDERICO DIMAS FLEIG - Integrante / Nathalia Pimentel - Integrante / Leandro Vinícius da Luz - Integrante / BISOGNIN, DILSON ANTÔNIO - Coordenador / Cláudia Burin - Integrante / JANAINA DE FATIMA SPANEVELLO - Integrante / LUCIANE GRENDENE MACULAN - Integrante / MARJANA MACHADO DOS SANTOS - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Seleção e multiplicação de clones de espécies arbóreas nativas, Descrição: A seleção de clones e a implantação de um sistema de produção de mudas de uma determinada espécie requerem o atendimento dos procedimentos legais e o desenvolvimento de eficientes técnicas de manejo da produção. Este estudo tem como objetivos selecionar clones e desenvolver a técnica de miniestaquia em espécies arbóreas nativas de diferentes famílias, para a produção massal de mudas de alta qualidade. Para o estabelecimento in vitro de plantas serão utilizadas sementes ou brotações epicormicas de árvores matrizes selecionadas. O resgate de plantas matrizes selecionadas poderá também ser feito diretamente através do enraizamento de estacas de gema única oriundas de brotações epicormicas. As plantas micropropagadas e as mudas oriundas de estaquia de gema única serão cultivadas em sistema sem solo e submetidas á poda drástica, para formar as micro-minicepas fornecedoras das miniestacas. Serão testadas altura de poda das minicepas, diferentes concentrações da solução nutritiva e frequência de fertirrigação dos minijardins clonais. A produtividade das minicepas e a porcentagem de enraizamento das miniestacas serão utilizadas para identificar clones com alta taxa de multiplicação no sistema de cultivo sem solo. No enraizamento das miniestacas serão testadas diferentes concentrações (entre 0 e 3000 ppm) de ácido indolbutírico (AIB). Serão avaliadas a porcentagem de sobrevivência, brotação e enraizamento das miniestacas, o número de brotos e raízes, e o comprimento médio dos brotos e raízes. As miniestacas enraizadas serão cultivadas em tubetes contendo diferentes composições de substratos e mantidas em casa de sombra para a aclimatização, sendo, posteriormente, rustificadas a pleno sol. O crescimento das mudas será avaliado a cada 30 dias considerando-se a altura da parte aérea, o diâmetro do colo e o número de folhas para identificar clones com maior vigor de crescimento. As mudas serão plantadas a campo, sendo o crescimento em diâmetro e altura utilizados para a seleção dos melhores clones para posterior multiplicação e formação de novos povoamentos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Kelen Haygert Lencina - Integrante / Nathalia Pimentel - Integrante / Leandro Vinícius da Luz - Integrante / BISOGNIN, DILSON ANTÔNIO - Coordenador / Joane Helena Maggioni - Integrante / Jonas Marcelo Meltzer - Integrante / Lucas Tonetto de Souza - Integrante / Mariani Carrion Ximenes - Integrante / Marina Favarin Pedroso - Integrante / Mhaiandry Benetti Rodrigues - Integrante / Tamires Manfio Somavilla - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Seleção entre e dentro de procedências e formação de áreas de produção de sementes de acácia negra, Descrição: A seleção de plantas matrizes e a manutenção da variabilidade genética são fundamentais para a produção de sementes de alta qualidade genética. Este estudo tem como objetivos a identificação de plantas superiores de diferentes procedências e a seleção entre e dentro das progênies de plantas selecionadas visando a formação de áreas de produção de sementes e de bloco de cruzamento. A identificação de plantas superiores de diferentes procedências será efetuada com base em sete anos de avaliações da altura comercial e do volume de caule de 155 procedências de acácia negra oriundas da Austrália. Das plantas selecionadas representativas das diferentes procedências serão produzidas mudas para efetuar a seleção entre e dentro de progênies de meio irmãos, visando identificar plantas matrizes para a formação de duas áreas de produção de sementes e um bloco de cruzamentos. A realização deste projeto possibilitará a seleção das melhores procedências e a identificação de plantas matrizes de alta capacidade combinatória e vigor inicial para o estabelecimento de áreas de produção de sementes e do bloco de cruzamento. As áreas de produção de sementes serão utilizadas para a produção de mudas de alta qualidade fisiológica e genética e o bloco de cruzamento será a base para um programa de melhoramento genético de acácia negra para o Rio Grande do Sul.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . , Integrantes: Kelen Haygert Lencina - Integrante / DILSON ANTONIO BISOGNIN - Coordenador / Nathalia Pimentel - Integrante / Cláudia Burin - Integrante.

  • 2009 - 2015

    Propagação vegetativa de plantas, Descrição: O sucesso de uma nova cultivar de espécies de propagação vegetativa depende, em grande parte, da disponibilidade e da facilidade de acesso a mudas de alta qualidade genética e fitossanitária. Além disso, o preço da muda é um importante componente do custo de produção, principalmente de lavouras anuais como batata e morangueiro. A produção, comercialização e utilização de mudas são regulamentadas pela Lei no 10.711/2003 e estão sob a responsabilidade do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O objetivo deste projeto é desenvolver protocolos de propagação vegetativa de espécies anuais, como a batata e o morangueiro, e perenes nativas, como a erva-mate e o louro-pardo, a partir de plantas básicas e matrizes visando a produção de mudas de alta qualidade genética e fitossanitária em sistemas de cultivo sem solo. Serão conduzidos experimentos para desenvolver e calibrar sistemas de propagação de clones superiores espécies anuais e para o rejuvenescimento de plantas matrizes e propagação clonal de plantas perenes. Serão desenvolvidos protocolos de micropropagação de plantas matrizes selecionados e calibrados sistemas de cultivo sem solo para a aclimatização e produção de mudas em sistema de cultivo sem solo. Serão desenvolvidas técnicas de manejo hidropônico das plantas para aumentar a taxa de multiplicação e a qualidade fisiológica e fitossanitária das mudas produzidas. Durante a execução deste projeto serão orientados alunos de graduação e de pós-graduação, em nível de mestrado e doutorado dos Programas de Agronomia e Engenharia Florestal, que receberão treinamento permanente em melhoramento genético e propagação vegetativa de plantas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Kelen Haygert Lencina - Integrante / DILSON ANTONIO BISOGNIN - Coordenador / JERONIMO LUIZ ANDRIOLO - Integrante / FREDERICO DIMAS FLEIG - Integrante / DOUGLAS RENATO MULLER - Integrante / CARINE COCCO - Integrante / CARLOS EVANDRO LEITE RITTER - Integrante / KENIA MICHELE DE QUADROS - Integrante / MAURÍCIO GUERRA BANDINELLI - Integrante / MICHELE HEBERLE - Integrante / PAULA KIELSE VARGAS DO NASCIMENTO - Integrante / ZILMAR DA SILVA SOUZA - Integrante / MIRIANE DAL PICIO - Integrante / RITIELI BAPTISTA MAMBRIN - Integrante / MARCELO ARTUR RAUBER - Integrante / Nathalia Pimentel - Integrante / Eliseo Salvatierra Gimenes - Integrante / Carlise Pereira - Integrante / Carina Rejane Pivetta - Integrante / Paulo Roberto da Silva - Integrante.

  • 2009 - 2010

    ANÁLISE GENÉTICA DE Euterpe edulis MART. PALMAE PARA CONSERVAÇÃO, MELHORAMENTO E MANEJO EM FRAGMENTOS FLORESTAIS, NO RIO GRANDE DO SUL., Descrição: As populações naturais de Euterpe edulis estão ameaçadas pela ação extrativa das indústrias de conservas e pela derrubada das matas, seja para o cultivo agrícola ou para a retirada de lenha para a secagem do fumo, um dos principais produtos da região no RS. A carência de informações a respeito da diversidade e da estrutura dessas populações remanescentes inviabilizaram práticas de regime sustentado, no estado. Houve uma significativa redução no número de indivíduos e consequentemente, uma redução na diversidade genética que comprometeu a sobrevivência da espécie em seu ambiente natural a fragmentação e outro fator que promove perdas da variabilidade genética devido a eliminação de populações adaptadas; redução do fluxo gênico e do tamanho efetivo das populações. O manejo sustentado do palmiteiro pode garantir a manutenção da diversidade genética e concomitantemente, possibilitar a obtenção de renda para os pequenos produtores. Assim, o presente estudo tem como objetivo a caracterização da estrutura genética de E. edulis, em distintos fragmentos no RS, visando o manejo racional, a conservação e o melhoramento genético destas espécies.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Kelen Haygert Lencina - Integrante / MAISA PIMENTEL MARTINS CORDER - Coordenador / ENÉAS RICARDO KONZEN - Integrante / Gabriel Lopes Trevisan - Integrante / EUDES MARIA STIEHL ALVES - Integrante / CLEBER WITT SALDANHA - Integrante / RUTER DISARZ - Integrante / SOLON JONAS LONGHI - Integrante / MAURO VALDIR SCHUMACHER - Integrante / EZEQUIEL GASPARIN - Integrante / THOMAS SCHRÖDER - Integrante / ANA CLAUDIA BACK SPIES - Integrante.

  • 2009 - 2010

    PROGRAMA PARA POLINIZAÇÃO CONTROLADA DE Pinus taeda EM POMARES DE SEMENTES CLONAIS., Descrição: Pretende-se desenvolver a técnica de polinização controlada de Pinus taeda, para produção de sementes, que serão empregadas em testes de progênies, visando a seleção de material genético superior nos pomares de sementes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Kelen Haygert Lencina - Integrante / MAISA PIMENTEL MARTINS CORDER - Coordenador / ENÉAS RICARDO KONZEN - Integrante / FRANCIELI DE FÁTIMA MISSIO - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC - Campus Curitibanos. , Rodovia Ulysses Gaboardi, Km 3, Km 3, 89520000 - Curitibanos, SC - Brasil - Caixa-postal: 101, Telefone: (49) 21220320, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2019 - Atual

Universidade Federal de Santa Catarina

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2017 - 2019

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador, Carga horária: 5

Outras informações:
Desenvolvimento de atividades de Pesquisa no Laboratório de Genética do Departamento de Biologia da Universidade Federal de Santa Maria. Os estudos são relacionados a identificação e descrição da variabilidade genética de povoamento de Ilex paraguariensis por meio de marcadores moleculares e como parte do projeto de Pós-doutorado.

2017 - 2019

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Desenvolvimento de pesquisas relacionadas a composição fitoquímica e variabilidade genética de povoamentos de erva-mate. Os principais objetivos da pesquisa desenvolvida no estágio pós-Doutoral é definir o método mais adequado para a extração e quantificação dos compostos ativos e delinear estratégias para a aplicação destas informações na seleção de genótipos superiores de erva-mate em programas de melhoramento genético. Também busca-se estudar a diversidade genética das populações de erva-mate distribuídas nos cinco Polos Ervateiros do Sul do Brasil.

2017 - 2019

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Voluntário, Carga horária: 3

Outras informações:
Desenvolvimento de atividades docentes recém-doutor na Disciplina Genética Agronomia junto ao Departamento de Biologia da Universidade Federal de Santa Maria.

2015 - 2019

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colaborador, Carga horária: 5

Outras informações:
Desenvolvimento de atividades de Pesquisa no Laboratório de Botânica Estrutural do Departamento de Biologia da Universidade Federal de Santa Maria. Os estudos são relacionados a anatomia do enraizamento adventício de Apuleia leiocarpa (tese de doutorado) e anatomia foliar de Ilex paraguariensis como parte do projeto de Pós-doutorado.

2017 - 2018

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora voluntária, Carga horária: 2

Outras informações:
Professora voluntária da disciplina de Produção de Mudas lotada no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria.

2014 - 2016

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Professora substituta, Enquadramento Funcional: Professor Magistério Superior - Substituto, Carga horária: 20

2013 - 2016

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutoranda, Carga horária: 20

2015 - 2015

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora Voluntária, Carga horária: 2

Outras informações:
Professora voluntária na disciplina de Propagação de Plantas lotada no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria.

2011 - 2013

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestranda, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Atualmente pertence ao programa de Pós-graduação em Engenharia Florestal, na área de Silvicultura - Pesquisa Sementes, Mudas e Formação de Florestas, no Núcleo de Melhoramento e Propagação Vegetativa de Plantas (MPVP), com trabalaho intitulado Micropropagação de Apuleia leiocarpa (Vogel.) Macbrid. Desenvolvimento de metodologia de microprogação de Apuleia leiocarpa VOGEL. MACBR., visando produção de mudas em larga escala com alta qualidade genética e sanitária para uso em programas de reflorestamentos e plantios comerciais.

2010 - 2011

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

Outras informações:
Desenvolvimento de atividades no Laboratório de Melhoramento e Propagação Vegetativa de Plantas, no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria, vinculada aos projetos de pesquisa - Propagação Vegetativa de Plantas e Produção de mudas de espécies nativas.

2010 - 2010

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Aluno monitor, Carga horária: 10

Outras informações:
Monitoria realizada nas disciplinas de Genética Florestal e Melhoramento e Biotecnologia de espécies florestais.

2009 - 2010

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Aluno Bolsista, Carga horária: 20

Outras informações:
Aluno bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC/CNPq, pelo projeto: Análise Genética de Euterpe edulis MART. Palmae para conservação, melhoramento e manejo em fragmentos florestais, no Rio Grande do Sul, sob coordenação da Profa. Dra. Maisa Pimentel Martins.

2005 - 2010

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Estudante de graduação, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Formação no Curso de Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Santa Maria.

2009 - 2009

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Aluno Bolsista, Carga horária: 20

Outras informações:
Aluno Bolsista de Iniciação Científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, FAPERGS. No projeto intitulado " PROJETO DE CONSERVAÇÃO DO PALMITEIRO (Euterpe edulis MARTIUS)".

2005 - 2005

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Aluno participante, Carga horária: 4

Outras informações:
Projeto "Aptidão biotécnica da vegetação reófila e prática de bioengenharia em cursos de água do sul do Brasil" realizado pelo Departamento de Ciências Florestais e pelo Institut fur Ingenierurbiologie und Landschaftsbau da Universidade Rural de Viena (Universitat fur Bodenkultur Wien/BOKU).

Atividades

  • 03/2011

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Rurais/ Departamento de Fitotecnia, .,Linhas de pesquisa

  • 05/2010 - 02/2011

    Estágios , Centro de Ciências Rurais/ Departamento de Fitotecnia, .,Estágio realizado, Estágio Supervisionado no Laboratório de Melhoramento e Propagação Vegetativa de Plantas, com atividades voltadas a Propagação Vegetativa de Espécies Florestais, com ênfase nas espécies Apuleia leiocarpa e Cabralea canjerana..

  • 03/2010 - 05/2010

    Estágios , Centro de Ciências Rurais, Departamento de Ciências Florestais, .,Estágio realizado, Desenvolveu atividades ligadas a pesquisa e ensino como Aluno Monitor pelo programa de Monitoria Não-Subsidiada, nas disciplinas de Genética Florestal e Melhoramento e Biotecnologia de Espécies Florestais, ministradas pela Profa. Dra. Maísa Pimentel.

  • 08/2008 - 04/2010

    Estágios , Centro de Ciências Rurais, Departamento de Ciências Florestais, .,Estágio realizado, Estágio realizado no Laboratório de Biotecnologia Florestal, desenvolveu atividades ligadas ao Melhoramento e Biotecnologia de Espécies Florestais como cultura de tecidos e análises com marcadores moleculares com as espécies Euterpe edulis e Pinus ta.

2019 - 2019

Universidade Federal do Pampa

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

Outras informações:
Disciplina de Genética Florestal para o curso de Engenharia Florestal e disciplina de Fisiologia Vegetal para o curso de Ciências Biológicas Licenciatura.