Mariana Prohmann

Possui graduação em Tecnologia em Comunicação Institucional pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2012), mestrado em Tecnologia pelo Programa de Pós-Graduação de Tecnologia e Sociedade da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2016). Tem experiência profissional na área de Arte-educação, Educação Popular e organizações sociais. Foi bolsista de Apoio Técnico de Nível Superior (AT-NS) no projeto "Políticas públicas para o Ensino médio e o PNFEM: potencialidades e obstáculos para a construção da formação humana integral"(2016). Atualmente é doutoranda e bolsista CAPES no Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Sociedade. Realizou estudos em Educação e História da Ciência, com ênfase na historia da educação tecnológica, ensino profissional e ensino médio no Brasil e em especial no Estado do Paraná; História política e cultural dos Estados Unidos e as influências estadunidenses no Brasil; Linguística e Comunicação, com ênfase na análise de discurso, estudos da cultua e literatura oral como fonte histórica. Atualmente estuda as relações entre História da Ciência e da Tecnologia e o trasporte ferroviário no Brasil. (Texto informado pelo autor)

Informações coletadas do Lattes em 26/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Programa de Pós-Graduação em Tecnologia

2017 - Atual

Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Orientador: Gilson Leandro Queluz
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Tecnologia

2014 - 2016

Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Título: Americanismo e fordismo nos Boletins da Comissão Brasileiro-Americana de Educação Industrial,Ano de Obtenção: 2016
Mario Lopes Amorim.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: americanismo e fordismo; CBAI; Relações EUA-Brasil; História da Educação Profissional.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Educação. Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Analise de discurso.

Graduação em Curso de Tecnologia em Comunicação Intitucional

2006 - 2013

Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Título: TRADIÇÃO ORAL DE MATRIZ AFRICANA E INDÚSTRIA CULTURAL: LEVANTAMENTO DE TENDÊNCIAS NA COMUNIDADE QUILOMBOLA DE JOÃO SURÁ
Orientador: Ivo Pereira de Queiroz

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Suaili

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Filosofia da Linguagem.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História Regional do Brasil.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Classes Sociais e Grupos de Interesse.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Comportamento Político/Especialidade: Atitude e Ideologias Políticas.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História da América/Especialidade: História Latino-Americana.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia das Populações Afro-Brasileiras.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PROHMANN . Esocite 2016. 2016. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

ANPUH 2017.Gramsci e a perspectiva histórica acerca do Americanismo e fordismo- a Comissão Brasileiro-Americana de Educação Industrial (CBAI). 2017. (Simpósio).

Esocite 2016. A CBAI e as Diretrizes para o Ensino Profissional no Brasil. 2016. (Congresso).

Esocite 2018. O conceito de sublime tecnológico e as ferrovias brasileiras: representações discursivas sobre a linha férrea paranaguá-curitiba. 2016. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria Lúcia Buher Machado

QUELUZ, G. L.MACHADO, M. L. B.; PEDROSA, J. G.. O Americanismo e o Fordismo nos Boletins da Comissão Brasileiro-Americana de Ensino Industrial. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Catiane Matiello

PROHMANN, M.;QUELUZ, Gilson Leandro; POSSAS, Lidia Maria Vianna;MATIELLO, C.; Amorim, Mario Lopes; MERKLE, Luis Ernesto. Vidas vividas, tradições adaptadas, sonhos e desilusões sob trilhos de trem: a análise de narrativas presentes no imaginário sociotécnico de ferroviários (as) da Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima (RFFSA). 2019. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Tecnologia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Mario Lopes Amorim

AMORIM, MÁRIO LOPES; QUELUZ, G. L.; PEDROSA, J. G.; MACHADO, M. L. B.. Americanismo e fordismo nos boletins da Comissão Brasileiro-Americana de Educação Industrial. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Mario Lopes Amorim

QUELUZ, G. L.;AMORIM, M. L.; MERKLE, L. E.; MATIELLO, C.; POSSAS, L. M. V.. Vidas vividas, tradições adaptadas, sonhos e desilusões sobre trilhos de trem: a análise de narrativas presentes no imaginário sociotécnico de ferroviários (as) da Rede Ferroviária Federal Sociedade Anônima (RFFSA). 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Mario Lopes Amorim

AMORIM, M. L.; QUELUZ, G. L.; MACHADO, M. L. B.; PEDROSA, J. G.. AMERICANISMO E FORDISMO NOS BOLETINS DA COMISSÃO BRASILEIRO-AMERICANA DE EDUCAÇÃO INDUSTRIAL. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Tecnologia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

iVO PEREIRA DE QUEIROZ

Tradição Oral De Matriz Africana E Indústria Cultural: Levantamento De Tendências Na Comunidade Quilombola De João Surá; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Comunicação Institucional) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná; Orientador: Ivo Pereira de Queiroz;

Mario Lopes Amorim

A Comissão Brasileiro-Americana de Educação Industrial em Curitiba: leituras da história sob uma perspectiva gramsciana; 2014; Dissertação (Mestrado em Tecnologia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Mário Lopes Amorim;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • AMORIM, M. L. ; PROHMANN . A CBAI E AS DIRETRIZES PARA O ENSINO INDUSTRIAL NO BRASIL(1943-1963). In: Esocite 2016, 2016, Curitiba. ANAIS ELETRÊNICOS, 2016.

  • PROHMANN . A história oficial do Ensino Industrial no Brasil e seus discursos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • PROHMANN . 4º Prêmio Ozires Silva. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • PROHMANN . Prêmio Voluntariado transformador 2010. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PROHMANN . Projeto Sacolas Saudáveis. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PROHMANN ; CANTIA, A. . Projeto Radiola Mambembe. 2009. .

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2013 - 2014

Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Vínculo: , Enquadramento Funcional: educador social, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Educadora Social no Conteúdo de Meio Ambiente e Cidadania.

2012 - 2012

Aliança Empreendedora

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessora de empreendimento e projeto social, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Assessoria individuais ou em grupos na área de gestão microempresarial e gestão de projetos sociais e culturais.

2010 - 2011

Aliança Empreendedora

Vínculo: estágio, Enquadramento Funcional: Mobilização e comunicação, Carga horária: 30

Outras informações:
Dentre as principais atividades realizadas, trabalhei com o planejamento, divulgação e apresentação de um dos Projetos da Aliança Empreendedora voltado para juventude, que consistiu em estudos sobre a realidade dos locais onde se pretendeu atuar (comunidades e cidades periféricas), acompanhamento dos jovens participantes na execução de seus negócios e principalmente, projetos sociais.

2010 - 2010

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL AURORA NOVO MUNDO

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Educadora social, Carga horária: 20

Outras informações:
Educadora do Programa Formando Cidadão. Atividades desenvolvidas: Planejamento e execução de atividades de agricultura urbana. Incentivo à produção agrícola em pequena escala e apresentações voltadas ao reaproveitamento de material orgânico. Criação de manuais das atividades. Realização de encontros para divulgação do projeto. (Participantes: jovens de 14 a 16 anos atendidos pelo CRAS Aurora Novo Mundo).

2009 - 2010

MATHARE YOUTH DEVELOPMENT ORGANIZATION

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Gestora de projetos, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Gestora de projetos voltados ao desenvolvimento social Atividades desenvolvidas: Planejamento de comunicação e execução dos projetos. Criação de ferramentas de comunicação. Promoção de eventos relacionados à mobilização social e ambiental. Produção de guias e materiais de comunicação referentes aos projetos realizados. Atividades com jovens. ? Projeto ?Multi Storey Gardening? : Plantação em sacos e demais técnicas de agricultura urbana. ? Projeto ?Living positive?: Prevenção, teste, aconselhamento e tratamento à prática de visitas de serviço social e oficinas de geração de renda com mulheres vítimas da AIDS e familiares.

2008 - 2009

Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Pesquisadora no Núcleo de Documentação Histórica da UTFPR Atividades desenvolvidas: Pesquisas,organização e gestão das informações, promoção de eventos institucionais, elaboração de materiais informativos, criação de jornais murais, edição e publicação de artigos referentes à registros históricos.