Patrik Ferreira Viana

Biólogo, atualmente desenvolvendo estudos no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA. Possui experiência no estudo de anfíbios e répteis e citogenética de peixes, atuando principalmente com Cytotaxonomy, Ecologia, Sistemática e História Natural da Herpetofauna Amazônica. https://www.researchgate.net/profile/Patrik_Viana

Informações coletadas do Lattes em 17/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva

2016 - Atual

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Título: Karyotype evolution in Boid Snakes: a comparative approach,
Orientador: em University of Canberra ( Tariq Ezaz)
com Eliana Feldberg. Coorientador: Tariq Ezaz. Palavras-chave: Chromosomal organization; Neotropical reptiles; Boidae; Turtle chromosomes; Comparative Cytogenetics.Grande área: Ciências Biológicas

Mestrado em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva

2013 - 2015

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Título: Citogenética Clássica e Molecular de espécies Neotropicais de serpentes da família Boidae,Ano de Obtenção: 2015
Eliana Feldberg.Coorientador: Maria Cláudia Gross. Bolsista do(a): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas, FAPEAM, Brasil. Palavras-chave: primitive snakes; karyotype evolution; amazon.

Graduação em Biologia

2009 - 2012

Centro Universitário do Norte

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2012 - 2012

I Curso de Animais de Laboratório do INPA. (Carga horária: 40h). , Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.

2010 - 2010

Citogenética de Anofelinos. (Carga horária: 10h). , Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.

2010 - 2010

Vetores, Controle Biológico e Mudanças Climáticas. (Carga horária: 33h). , Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.

2010 - 2010

Genética de Mosquitos: Variabilidade de Anofelinos. (Carga horária: 10h). , Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.

2009 - 2009

Contenção e Identificação de Animais Peçonhentos. (Carga horária: 32h). , Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.

2009 - 2009

Conservação e Manejo de Quelônios. (Carga horária: 96h). , Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, INPA, Brasil.

2007 - 2009

Técnico Em Segurança Do Trabalho. (Carga horária: 1050h). , Interdigitus, CEPI, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Animal.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Herpetologia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Taxonomia dos Grupos Recentes.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Zoologia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Epigenetics.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

CARVALHO-ZILSE, G. A. ; Oliveira, V .C. S. ; VIANA, P. F. ; RANGEL, S. H. ; GUIMARAES, E. M. C. ; BARBOSA, M. A. ; PINHEIRO, V. S. ; SCHMIDT, R. . V Workshop de Genética, Conservação e Biologia Evolutiva. 2014. (Outro).

VIANA, P. F. ; MENDES, D. M. M. ; SOARES, C. S. ; PIRES, D. A. ; COSTA, T. S. ; MEDEIROS, B. F. A. ; BUENO, T. L. ; AUGUSTO, T. M. L. . 11° Simpósio de Biologia do Uninorte. 2012. (Outro).

VIANA, P. F. ; MENDES, D. M. M. ; SOARES, C. S. ; PIRES, D. A. ; FONTANI, K. ; COSTA, T. S. ; AUGUSTO, T. M. L. . 9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. 2012. (Outro).

CARVALHO-ZILSE, G. A. ; Oliveira, V .C. S. ; VIANA, P. F. ; RANGEL, S. H. ; GUIMARAES, E. M. C. ; BARBOSA, M. A. ; PINHEIRO, V. S. ; SCHMIDT, R. . V Workshop de Genética, Conservação e Biologia Evolutiva. 2014. (Outro).

VIANA, P. F. ; MENDES, D. M. M. ; SOARES, C. S. ; PIRES, D. A. ; FONTANI, K. ; COSTA, T. S. ; AUGUSTO, T. M. L. . 9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. 2012. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

V Workshop do INCT ADAPTA.Caracterização Cromossômica da serpente Boa constrictor constrictor. 2014. (Outra).

11° Simpósio de Biologia do Uninorte.Monitor. 2012. (Simpósio).

11° Simpósio de Biologia do Uninorte.Preparação e Fixação de Material Zoológico - Anfíbios e Répteis. 2012. (Simpósio).

9° Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.Monitor. 2012. (Outra).

9° Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.Caracterização da serpente Boa constrictor constrictor da região de Manaus. 2012. (Outra).

III Oficina de Hibridização de ácidos nucléicos: Conceitos e aplicações da técnica de FISH.Aluno. 2012. (Oficina).

Oficina II - O que isso tem a ver com a genética?.Monitor. 2012. (Oficina).

Visita Técnica e Aula de campo na Reserva do Tupé e Praia do Tupé.Monitor. 2012. (Outra).

I Simpósio de Educação em Ciências na Amazônia.Participante. 2011. (Simpósio).

Comemoração ao Dia do Biólogo.Participante. 2010. (Outra).

Semana de Ciência e Tecnologia.Monitor. 2010. (Outra).

Dia do Biólogo.Participante. 2009. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Valéria da Cunha Tavares

FELDBERG, E.;Tavares, V. da C.; GROSS, M. C.; SCHNEIDER, C.. Citogenética clássica e molecular de três espécies de serpentes da família Boidae (Gray, 1825). 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

Waleska Gravena

SILVA, M. J.; MORATO, C.;GRAVENA, W.. Citogenética clássica e molecular de espécies neotropicais de serpentes da família Boidea (Gray, 1825). 2015. Dissertação (Mestrado em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

Carlos Henrique Schneider

Gross, M C; FAGUNDES, V.;Schneider, C H. Citogenética Clássica e Molecular de três espécies de Boidae.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.

Eliana Feldberg

FELDBERG, E.GROSS, Maria ClaudiaSilva M. Caracterização cromossômica da serpente Boa constrictor constrictor da região amazônica central. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro Universitário do Norte.

Maria Claudia Gross

GROSS, M. C.. Citogenética clássica e molecular de três espécies de serpentes da família Boidae (Gray, 1825),. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - INPA.

Maria Claudia Gross

GROSS, M. C.. Caracterização cromossômica da serpente Boa constrictor constrictor da região amazônica central. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro Universitário do Norte.

Maelin da Silva

FELDBERG, E.; GROSS, M. C.;SILVA, M.. Caraccterização cromossômica da serpente Boa constrictor da região amazônica central. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro Universitário do Norte.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Leila Braga Ribeiro

Caracterização cromossômica da serpente Boa constrictor constrictor (Linaeus 1758) da região amazônica central; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro Universitário do Norte; Orientador: Leila Braga Ribeiro;

Eliana Feldberg

Evolução cromossômica em serpentes Boidae: uma abordagem comparativa; Início: 2016; Tese (Doutorado em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas; (Orientador);

Eliana Feldberg

Citogenética comparativa de duas espécies de serpentes da família Boidae; 2015; Dissertação (Mestrado em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Amazonas; Orientador: Eliana Feldberg;

Eliana Feldberg

Caracterização cromossômica da serpente Boa constrictor (Linaeus, 1758) de fragmentos urbanos de Manaus, AMão ama; 2012; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Biológicas) - Centro Universitário do Norte; Orientador: Eliana Feldberg;

Eliana Feldberg

Caracterização cromossômica de Boa constrictor (Linnaeus, 1758) (Boidae) da região amazônica central; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliana Feldberg;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Brito ES ; Valadão RM ; CUNHA, F. A. G. ; Araújo GC ; VIANA, P. F. ; Médice IF . New records of Mesoclemmys raniceps (Testudines, Chelidae) for the states of Amazonas, Pará and Rondônia, North Brazil, including the Tocantins basin. HERPETOLOGY NOTES , v. 12, p. 283-289, 2019.

  • ROCHA, A. M. ; VIANA, P. F. . Leptodactylus macrosternum, a fatal prey for a juvenile Crotalus durissus.. HERPETOZOA , v. 31, p. 219-220, 2019.

  • ROCHA, A. M. ; VIANA, P. F. . Considerations on the reproduction of Philodryas olfersii in Roraima, Brazil.. HERPETOZOA , v. 31, p. 235-236, 2019.

  • DE OLIVEIRA, EZEQUIEL AGUIAR ; BERTOLLO, LUIZ ANTONIO CARLOS ; RAB, PETR ; EZAZ, TARIQ ; YANO, CASSIA FERNANDA ; HATANAKA, TERUMI ; JEGEDE, OLADELE ILESANMI ; TANOMTONG, ALONGKLOD ; LIEHR, THOMAS ; SEMBER, ALEXANDR ; MARUYAMA, SANDRA REGINA ; FELDBERG, ELIANA ; VIANA, PATRIK FERREIRA ; CIOFFI, MARCELO DE BELLO . Cytogenetics, genomics and biodiversity of the South American and African Arapaimidae fish family (Teleostei, Osteoglossiformes). PLoS One , v. 14, p. e0214225, 2019.

  • Viana ; EZAZ ; DE BELLO CIOFFI ; JACKSON ALMEIDA ; FELDBERG . Evolutionary Insights of the ZW Sex Chromosomes in Snakes: A New Chapter Added by the Amazonian Puffing Snakes of the Genus Spilotes. Genes , v. 10, p. 288, 2019.

  • MARAJÓ, LEANDRO ; VIANA, PATRIK F. ; FERREIRA, MILENA ; PY-DANIEL, LÚCIA H. RAPP ; FELDBERG, ELIANA . Cytogenetics of two Farlowella species (Loricariidae: Loricariinae): implications on the taxonomic status of the species. Neotropical Ichthyology , v. 16, p. 1-8, 2018.

  • VIANA, P. F. . Corallus hortulanus (Amazon Tree Boa). Neonate Size and Timing of Reproduction in Captivity.. Herpetological Review , v. 48, p. 87, 2017.

  • VIANA, PATRIK F. ; EZAZ, TARIQ ; MARAJÓ, LEANDRO ; FERREIRA, MILENA ; ZUANON, JANSEN ; CIOFFI, MARCELO B. ; BERTOLLO, LUIZ A.C. ; GROSS, MARIA C. ; FELDBERG, ELIANA . Genomic Organization of Repetitive DNAs and Differentiation of an XX/XY Sex Chromosome System in the Amazonian Puffer Fish, Colomesus asellus (Tetraodontiformes). CYTOGENETIC AND GENOME RESEARCH (ONLINE) , v. 1, p. 1-9, 2017.

  • DE SOUZA E SOUSA, JOSÉ F. ; VIANA, PATRIK F. ; BERTOLLO, LUIZ A.C. ; CIOFFI, MARCELO B. ; FELDBERG, ELIANA . Evolutionary Relationships among Boulengerella Species (Ctenoluciidae, Characiformes): Genomic Organization of Repetitive DNAs and Highly Conserved Karyotypes. CYTOGENETIC AND GENOME RESEARCH , v. 1, p. 1-10, 2017.

  • MENDES, D. M. M. ; BARROS, A. L. ; PIRES, D. A. ; VIANA, PATRIK F. . Anolis fuscoauratus (Slender Anole). Predation. HERPETOLOGICAL REVIEW , v. 48, p. 636, 2017.

  • 2016 VIANA, PATRIK F. ; RIBEIRO, LEILA B. ; SOUZA, GEORGE MYLLER ; CHALKIDIS, HIPÓCRATES DE MENEZES ; GROSS, MARIA CLAUDIA ; FELDBERG, ELIANA . Is the Karyotype of Neotropical Boid Snakes Really Conserved? Cytotaxonomy, Chromosomal Rearrangements and Karyotype Organization in the Boidae Family. Plos One , v. 11, p. e0160274, 2016.

  • CAMPOS, D. ; XAVIER FILHO, F. ; MENDES, D. M. M. ; VIANA, P. F. . Pipa arrabali (Arrabal?s Amazonian Toad). Predation.. Herpetological Review , v. 47, p. 646, 2016.

  • Unger S. ; LAWSON, C. ; GROVES, J. D. ; SPEAR, S. ; VIANA, PATRIK F. ; MORE, C. ; STEVENS, R. ; EARL, .. ; OBRIEN, M. ; BROWN, T. ; WEST, A. ; WHITEMAN, H. . Natural History Notes. HERPETOLOGICAL REVIEW , v. 47, p. 639-689, 2016.

  • 2016 VIANA, PATRIK F. ; RIBEIRO, LEILA BRAGA ; LIMA, TIAGO ; DE CARVALHO, VINÍCIUS TADEU ; VOGT, RICHARD C. ; GROSS, MARIA CLAUDIA ; FELDBERG, ELIANA . An optimized protocol for obtaining mitotic chromosomes from cultured reptilian lymphocytes. Nucleus (Calcutta) , v. -, p. 1-5, 2016.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

VIANA, P. F. ; MENDES, D. M. M. ; SOARES, C. S. ; PIRES, D. A. ; BUENO, T. L. . Faces da Amazônia. 2012. Fotografia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Uma abordagem intercontinental para a investigação da evolução cromossômica na ordem Osteoglossiformes (Teleostei: Osteoglossomorpha). Parte II, Descrição: A ordem Osteoglossiformes possui pelo menos um representante em cada um dos continentes do hemisfério sul, com a exceção da Antártica, sendo um modelo ímpar para a integração de estudos cromossômicos e biogeográficos. Entretanto, os dados cromossômicos em Osteoglossiformes são ainda escassos e restritos a poucas espécies. O presente projeto dará continuidade ao projeto anterior (FAPESP- 2014/23172-4), enfocando a biogeografia e a evolução cromossômica de espécies da ordem Osteoglossiformes, representativas de distintas regiões intercontinentais, contando com uma rede de colaboradores internacionais igualmente interessados nesta promissora abordagem. Especificamente em relação às famílias Arapaimidae e Notopteridae, nossos resultados anteriores destacaram uma grande variação cromossômica intrafamiliar, dando abertura para investigações genômicas e populacionais avançadas, aprofundando assim o conhecimento de suas inter-relações evolutivas. Assim sendo, em continuidade ao projeto inicial, objetivamos agora estudos inéditos na família Gymnarchidae e adicionais nas famílias Notopteridae e Arapaimidae. Para tanto, serão utilizadas abordagens de Citogenética Classica (coloração convencional e bandamento C) e da Citogenética Molecular, incluindo o mapeamento cromossômico de diferentes sequências repetitivas de DNA, hibridização genômica comparativa (CGH) e pintura cromossômica total (WCP) com sondas obtidas a partir de procedimentos de microdissecção cromossômica. Adicionalmente, será dado um passo significativo para a prospecção da variabilidade genética presente nas famílias investigadas pelo emprego do sequenciamento de nova geração DArT-Seq (Diversity Array Technology Sequencing), altamente informativo e ainda inédito entre os peixes. Aliada a este projeto encontra-se uma equipe integrada de pesquisadores de 05 países distintos, onde todos os 05 continentes encontram-se representados, somando esforços para a investigação que está sendo proposta e garantindo assim a sua exequibilidade. Os dados a serem obtidos constituirão uma base sólida para a continuidade dos estudos com as demais famílias de Osteoglossiformes, a fim de viabilizar uma ampla abordagem cromossômica nesta ordem, sua organização e diversificação genômica e sua biodiversidade. O modelo investigativo propiciado por este grupo, associado à sua ampla distribuição geográfica e à sua posição basal na filogenia dos peixes, fazem dele um importante objeto para estudos sistemáticos e evolutivos, possibilitando dimensionar o impacto da fragmentação dos continentes na sua história evolutiva, evidenciada ao nível de sua constituição cromossômica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Patrik Ferreira Viana - Integrante / FELDBERG, ELIANA - Integrante / EZAZ, TARIQ - Integrante / CIOFFI, MARCELO B. - Coordenador / BERTOLLO, LUIZ A.C. - Integrante / Orlando Moreira Filho - Integrante / Ezequiel Aguiar de Oliveira - Integrante / Terumi Hatanaka - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Uma abordagem intercontinental para a investigação da evolução cromossômica na ordem Osteoglossiformes (Teleostei: Osteoglossomorpha), Descrição: Os peixes de água doce representam um modelo importante dos estudos biogeográficos, considerando que apresentam dispersão limitada e que cada continente pode, portanto, apresentar uma fauna particular. Os Osteoglossiformes representam um dos grupos mais primitivos de teleósteos e possuem pelo menos um representante em cada um dos continentes do hemisfério sul, com a exceção da Antártica, sendo um importante modelo para estudos biogeográficos. Tal distribuição pode ter contribuído para a diversidade presente neste grupo, provavelmente pela necessidade das espécies se adaptarem aos diferentes ambientes onde ocorrem. Trata-se, portanto, de um grupo de grande interesse científico, assim como econômico, considerando sua ampla utilização no consumo humano assim como no comércio aquarista, com espécies exóticas de grande valor comercial. Entretanto, os estudos citogenéticos nos Osteoglossiformes são ainda bastante escassos e, basicamente, restringem-se à descrição de números cromossômicos, com raras exceções, sendo necessária uma investigação cromossômica mais pormenorizada para que se possa melhor esclarecer e compreender o processo evolutivo ocorrido neste grupo. Neste sentindo, nossa proposta engloba a investigação cromossômica de espécies da ordem Osteoglossiformes, representativas de distintas regiões intercontinentais, contando com uma rede de colaboradores internacionais igualmente interessados nesta promissora abordagem. Numa primeira instância serão enfocadas espécies de 03 das 06 famílias integrantes da ordem Osteoglossiformes, pertencentes às famílias Pantodontidae, Notopteridae e Arapaimidae, por procedimentos de Citogenética Classica (coloração convencional e Bandamento C) e da Citogenética Molecular, incluindo o mapeamento cromossômico de diferentes sequências repetitivas de DNA como marcadores, com o intuito de investigar a diversificação cromossômica associada aos eventos evolutivos desse grupo, contribuindo também com importantes subsídios filogenéticos. Assim sendo, aliada a este projeto encontra-se uma equipe formada por pesquisadores de 04 países distintos, incluindo o Brasil, somando esforços para a investigação que está sendo proposta, viabilizando assim uma ampla abordagem da citogenética evolutiva na ordem Osteoglossiformes, retratando sua organização e diversificação genômica e sua biodiversidade.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Patrik Ferreira Viana - Coordenador / Eliana Feldberg - Integrante / BERTOLLO, LUIZ A.C. - Integrante / Marcelo de Bello Cioffi - Integrante / Orlando Moreira Filho - Integrante / Arunrat Chaveerach - Integrante / Cassia Fernanda Yano - Integrante / Alongklod Tanomtong - Integrante / Tariq Ezaz - Integrante / Petr Rab - Integrante / Ezequiel Aguiar de Oliveira - Integrante / Alexandr Sember - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2015

    Citogenética clássica e molecular de espécies neotropicais de serpentes da família Boidae., Descrição: O presente estudo tem como foco principal fornecer elementos para a compreensão dos mecanismos de evolução cariotípica de espécies Neotropicais de serpentes pertencentes a família Boidae. Essas serpentes apresentam variações de tamanho, coloração, padrão de manchas na pele e outras características. Em relação às abordagens citogenéticas, o grupo das serpentes é um dos que menos teve destaque. Embora algumas espécies já apresentem informações mais completas sobre o seu cariótipo, para a grande maioria, as informações limitam-se apenas à descrição do número diploide. Na família Boidae existe uma variabilidade cariotípica, onde o número diploide varia de 34 a 44 cromossomos. Dessa forma este estudo visa contribuir de forma significativa para o conhecimento citotaxonômico dessas serpentes, bem como da Herpetofauna Amazônica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3) . , Integrantes: Patrik Ferreira Viana - Coordenador / Eliana Feldberg - Integrante / Leila Braga Ribeiro - Integrante / Maria Cláudia Gross - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Citogenômica comparativa de lagartos Amazônicos da família Teiidae, Descrição: A família Teiidae pertence à infraordem Scincomorpha e são conhecidas popularmente como macroteídeos. Na Amazônia, são encontradas 13 espécies destes lagartos distribuídas nos gêneros Ameiva, Cnemidophorus (grupo lemniscatus e grupo ocellifer), Crocodilurus, Dracaena, Kentropyx e Tupinambis. Contudo, estudos citogenéticos neste grupo restringem-se apenas a macroestrutura cromossômica, revelando uma alta taxa de evolução cromossômica e genomas maiores se comparado a lagartos de outras famílias, provavelmente devido a acúmulo de sequências repetitivas. O DNA repetitivo compreende uma grande parte do genoma que está menos sujeito à pressão seletiva, podendo sofrer maior divergência, sendo de total relevância a compreenção de sua composição, localização física cromossômica e variação de sequências entre as espécies e entre populações da mesma espécie. Contudo, algumas técnicas refinadas de comparação de genomas normalmente descartam a fração repetitiva do DNA, tais como sequenciamentos de última geração (next generation). Assim sendo, as técnicas de citogenômica são as melhores ferramentas para avaliar comparativamente a composição da região repetitiva do DNA, uma vez que com o surgimento da citogenética molecular tornou-se possível isolar as sequências repetitivas por técnicas moleculares e mapea-las nos cromossomos, permitindo uma análise mais detalhada na organização dos genoma e estudos de evolução cariotípica. Para tanto foram escolhidas as espécies Ameiva ameiva, Crocodilurus amazonicus, Draceana guianensis, Kentropyx calcarata e Tupinambis teguixin como organismos modelo no presente estudo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Patrik Ferreira Viana - Integrante / Eliana Feldberg - Integrante / Maria Cláudia Gross - Coordenador / Roberto Ferreira Artoni - Integrante / Carlos Henrique Schneider - Integrante / Natalia Dayane Moura Carvalho - Integrante / Thais Lemos de Mattos - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Estudos citogenéticos e citogenômicos da biodiversidade da Amazônia, com implementação de avanços técnicos., Descrição: Uma sistemática adequada é um pré-requisito óbvio para qualquer estudo de biodiversidade. O estudo da biodiversidade implica necessariamente no uso de marcadores que permitam uma melhor definição dos táxons. Uma abordagem relevante é o uso da análise genética (citogenética e molecular), como ferramenta auxiliar para uma melhor identificação taxonômica das espécies, assim como, padrões filogeográficos. Os cromossomos são estruturas com considerável estabilidade, não sendo influenciados pelas variações ambientais. Diferenças cariotípicas são devidas a mudanças na estrutura dos cromossomos levando a uma reorganização do genoma e geralmente a um isolamento reprodutivo, definindo o conceito biológico de espécie. Os rearranjos, cuja ocorrência pode ser detectada pela análise comparativa dos cariótipos, são eventos relativamente raros e com taxa mínima de homoplasia, o que torna a análise citogenética extremamente importante para o estudo da sistemática e da biodiversidade. Rearranjos cromossômicos podem ser causa da especiação quando apresentarem efeito de heterose negativa, produzindo isolamento reprodutivo pós-acasalamento (rearranjos que, em híbridos estruturais, segregam mal na meiose produzindo gametas não balanceados e consequente redução na fertilidade). Por outro lado, se o rearranjo não tiver efeito de heterose negativa (híbrido estrutural não segrega mal na meiose), o rearranjo tende a ficar na população na forma de polimorfismo. Assim, o que decide se um rearranjo particular pode ou não estar envolvido no processo de especiação, é o comportamento meiótico do rearranjo no heterozigoto estrutural.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Patrik Ferreira Viana - Integrante / Eliana Feldberg - Coordenador / Leila Braga Ribeiro - Integrante / Lucas Caetano de Barros - Integrante / Milena Ferreira dos Santos - Integrante / Eduardo Schmidt Eler - Integrante / Carlos Eduardo Faresin e Silva - Integrante / Maelin da Silva - Integrante / Leandro Marajó da Silva - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Citogenômica comparativa de anuros amazônicos, Descrição: O Brasil ocupa a primeira posição mundial na relação de países com a maior riqueza de espécies de anfíbios e a segunda posição mundial em relação ao número de espécies de répteis, sendo encontrado na Amazônia aproximadamente 25% da anfibiofauna do país. Contudo, acredita-se que esta estimativa esteja subestimada, principalmente por trata-se de um grupo com características morfológicas altamente conservadas. Porém, análises citogenômicas que agrupam técnicas de citogenética clássica (coloração convencional com Giemsa para determinação do número diplóide e fórmula cromossômicc, localização da heterocromatina constitutiva pela ação de hidróxido de bário e determinação do número/posição das regiões organizadoras de nucléolo), citogenética molecular (hibridização de sequencias de interesse em cromossomos metafásicos) e sequenciamento de DNA, podem contribuir para a definição marcadores espécie-específicos que permitem a diferenciação de táxons, incluindo os intimamente relacionados. A determinação de uma identidade citogenética para cada espécie de anuro é fundamental se considerarmos que várias espécies carregam potencial para aproveitamento econômico e/ou biotecnológico, uma vez que são capazes de produzir várias substâncias bioativas em suas secreções cutâneas, as quais apresentam grande potencial comercial e medicinal por serem naturalmente empregadas na proteção contra o desenvolvimento de microorganismos patogênicos, na defesa passiva contra ataque de animais carnívoros e ainda como feromônios. Além disso, a análise comparativa de sequências repetitivas de DNA e mapeamento das mesmas em cromossomos mitóticos de uma espécie que ocorre em vários ambientes pode fornecer informações acerca da organização do genoma e de como a composição genética pode influenciar a adaptabilidade do organismo, sendo esta abordagem inovadora e indispensável para conhecer a biodiversidade da anurofauna amazônica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (2) . , Integrantes: Patrik Ferreira Viana - Integrante / Maria Cláudia Gross - Coordenador.

  • 2013 - Atual

    Análise citogenética e genotóxica de Caiman crocodilus crocodilus (Linnaeus, 1758) provenientes de ambientes natural e antropizado dos arredores de Manaus., Descrição: Análise cromossômica para elucidar uma provável incerteza taxonômica ocorrente entre Caiman crocodilus e Caiman yacare, definir a macroestrutura cariotípica da espécie que ocorre em Manaus e avaliar o potencial genotóxico da antropização em C. crocodilus, promovendo uma elucidação a cerca da possibilidade da contaminação química dos corpos hídricos causarem mutações deletérias ou uma redução na diversidade genética das populações urbanas de C. crocodilus que ocorrem na cidade de Manaus.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (3) . , Integrantes: Patrik Ferreira Viana - Integrante / Eliana Feldberg - Integrante / Ronis Da Silveira - Integrante / Carlos Henrique Schneider - Integrante / Vanessa Cristina Sales de Oliveira - Coordenador.

  • 2011 - 2012

    Caracterização cromossômica da serpente Boa constrictor constrictor (Linnaeus, 1758) da região amazônica, Descrição: O presente projeto discorre sobre a caracterização citogenética de uma espécie de serpente da família Boidae e aborda temas sobre a evolução cariotípica do grupo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Patrik Ferreira Viana - Coordenador / Eliana Feldberg - Integrante / Ronis Da Silveira - Integrante / Leila Braga Ribeiro - Integrante.

  • 2011 - Atual

    Rede de pesquisa para ampliação do conhecimento sobre a biodiversidade de vertebrados da Amazônia brasileira com aplicações sobre seu uso e conservação Rede BioPHAM, Descrição: Esta proposta tem como objetivo primário criar uma rede de pesquisadores e instituições trabalhando com as principais questões relacionadas a amostrar e caracterizar de maneira padronizada a biodiversidade de grupos alvos de vertebrados do bioma Amazônia. A finalidade da Rede é de construir um banco de dados de referência de taxonomia, barcoding moleculares, taxonomia, citogenética/citogenômica e através da bioinformática integrar este banco de dados com banco de dados de tecidos depositados nas instituições fiéis depositárias, e dados biológicos associados. O segundo objetivo primário será a formação de recursos humanos qualificados através de treinamentos na área de taxonomia dos grupos estudados, biotecnologia e bioinformática, uma vez que a biotecnologia e a bioinformática tornaram-se ferramentas científicas poderosas. Nossas principais contribuições científicas e tecnológicas serão: 1. A formação de um banco de dados genético padronizado (código de barras), georeferenciados, interligado as coleções de tecidos e coleção taxonômicas e enriquecidos com outros dados biológicos e ecológicos; 2. A formação de um banco de dados de tecidos depositados nas coleções cadastrados como fiéis depositários para futuro aproveitamento nas diversas áreas de estudo; 3. Obter uma estimativa do estado atual da biodiversidade da Amazônia brasileira baseada na nova metodologia biotecnológica do barcoding juntamente com dados associados a taxonomia, citogenética/citogenômica e dados biológicos; 4. Estabelecer o padrão cariotípico das espécies amostrada; 5. Verificar se existem diferenças quanto a organização do genoma nos cromossomos das diferentes espécie; 6. Estimar diversidade alfa e beta (estimado por grupo taxonômico, usando-se taxonomia alfa tradicional, citotaxonomia e taxonomia molecular); 7. Analisar estrutura de comunidade (estimado por grupo taxonômico e por área, usando-se taxonomia alfa tradicional, citotaxonomia e taxonomia molecular); 8. Estimar relacionamentos filogené. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Patrik Ferreira Viana - Integrante / Izeni Pires Farias - Coordenador.

  • 2009 - Atual

    Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Adaptações da Biota Aquática da Amazônia (ADAPTA), Descrição: O Centro de Estudos de Adaptações da Biota Aquática da Amazônia (ADAPTA) tem como principal estratégia o trabalho em rede e como principal visão o caráter inovador que reside em aprender com as respostas dos organismos aquáticos aos desafios ambientais e transformar esse aprendizado em informações úteis, para o homem. O Instituto foi idealizado tendo-se em mente a necessidade de uma rígida estrutura funcional (trabalho em rede) e organizacional (bancos de dados) que permita a visão do conjunto que, quando articulada, possibilitará ir além da descrição reducionista da diversidade biológica existente na biota aquática da Amazônia. Diante disso os principais objetivos do ADAPTA são: Identificar e mapear a capacidade adaptativa e a sensibilidade de organismos da biota aquática da Amazônia em face de desafios ambientais; Estabelecer as similaridades, dissimilaridades e convergências adaptativas entre espécies expostas aos mesmos desafios ambientais (naturais ou antrópicos) e identificar similaridades e dissimilaridades na adaptação de uma única espécie a diferentes condições ambientais; Definir um conjunto de bioindicadores seguros para o acompanhamento da qualidade de diferentes tipos de ambientes aquáticos da Amazônia; Contribuir com a capacitação de recursos humanos; Decodificar e socializar a informação científica produzida no âmbito do projeto. Inserido neste projeto o Laboratório de Citogenética e Evolução de Peixes visa verificar se os retrotransposons da família Rex se movimentam no genoma das espécies alvo em condição de desafios ambientais, atuando em parceria com o Laboratório de Genômica Integrativa (UNESP-Botucatu) o qual fará a quantificação do número de cópias e análise do nível de expressão dos elementos retrotransponíveis da família Rex.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (9) . , Integrantes: Patrik Ferreira Viana - Integrante / Eliana Feldberg - Integrante / Leila Braga Ribeiro - Integrante / Maria Cláudia Gross - Integrante / Carlos Henrique Schneider - Integrante / Lucas Caetano de Barros - Integrante / Maelin da Silva - Integrante / Maria Leandra Terencio - Integrante / Vera Maria Fonseca de Almeida-Val - Integrante / Adalberto Luís Val - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2015

Master of Sciences, Genetics, Conservation and Evolutionary Biology Approved with Distinction and honors, GCBEv - National Institute of Amazonian Research.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Coordenação de Biodiversidade. , Av. André Araújo, Aleixo, 69000000 - Manaus, AM - Brasil, Telefone: (092) 00000000, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional