Maikelly De Oliveira Nabuco

Graduanda em Letras Português-Inglês pela Universidade Federal de Sergipe (UFS). Participante do grupo de pesquisa ''Jogos eletrônicos e novos letramentos na formação de professores de língua inglesa'' e atua como professora de inglês na escola de idiomas Wizard.

Informações coletadas do Lattes em 02/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Letras - Português e Inglês

2010 - Atual

Universidade Federal de Sergipe

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Abralin em cena. 2012. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Vanderlei José Zacchi

Estudos de gênero e jogos eletrônicos; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Letras - Inglês) - Universidade Federal de Sergipe, Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe; Orientador: Vanderlei José Zacchi;

Ana Karina de Oliveira Nascimento

Monitoria Língua Inglesa I e II; 2013; Orientação de outra natureza; (Letras - Português e Inglês) - Universidade Federal de Sergipe; Orientador: Ana Karina de Oliveira Nascimento;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - Atual

    Jogos eletrônicos e novos letramentos na formação de professores de língua inglesa, Descrição: Até que ponto tecnologias atuais estão aptas a ser utilizadas em sala de aula de maneira construtiva é tema que tem atraído o interesse de inúmeros estudiosos. O emprego dessas tecnologias muda substancialmente a maneira como concebemos o processo de ensino-aprendizagem? A resposta, obviamente, não pode ser um simples sim ou não , mas vai depender muito dos atores envolvidos e do contexto em que esse processo se dá. Mesmo assim, se analisarmos o quanto professores e, principalmente, escolas têm se adaptado a mudanças no decorrer da história, podemos notar quanta resistência há. Sejam quais forem os motivos, e certamente há muitos, as escolas levam muito tempo para se adaptar às transformações da sociedade. O mesmo se aplica quando se trata de transformações tecnológicas. Pesquisa recente com professores de inglês do ensino básico de Sergipe revelou que boa parte deles utiliza as novas tecnologias seguindo velhos padrões de ensino, apenas adaptando-as a práticas já estabelecidas (PEREIRA, 2012). Não muito diferente do que foi constatado em outros países, como a Austrália (SNYDER, 2008). O que acontece muitas vezes é que se utiliza o hipertexto, por exemplo, nos mesmos moldes em que se usa um texto impresso. No caso de jogos eletrônicos (neste projeto, uso esse termo indiscriminadamente para significar tanto jogos de computador quanto video games), pode-se pensar também naqueles criados para fins estritamente educacionais. Na língua inglesa mesmo, temos hangman, crosswords e outros mais interativos que exploram somente a dimensão linguística da atividade. Alguns aspectos, então, podem ser problematizados. Em primeiro lugar, às vezes há apenas uma transposição da página impressa para a tela do computador. Que diferenças substantivas há entre jogar forca ou palavras cruzadas no computador e no papel? Em segundo lugar, ao se concentrar apenas em aspectos linguísticos, deixa-se de explorar outros modos de construção de significados, tais como visual, auditivo, gestual (COPE; KALANTZIS, 2000b). Por fim, pode-se pensar ainda na questão dos gêneros textuais e na utilização de textos autênticos em sala de aula. O emprego de jogos desenhados para fins exclusivamente pedagógicos assemelha-se à adoção de um livro didático cujos textos foram elaborados em função dos elementos linguísticos explorados em uma certa unidade, sem levar em consideração a possibilidade de se trabalhar diferentes gêneros textuais e suas peculiaridades. Um aspecto que pode ser explorado em jogos eletrônicos é a maneira como a narrativa é construída e que grau de autonomia ela dá ao jogador/aprendiz. Além disso, quando se pensa no ensino de línguas, outros aspectos podem ser incorporados de modo que o ensino não seja apenas o trabalho com um conteúdo específico, como vocabulário ou gramática de língua inglesa, por exemplo. Pode-se pensar também em como o aluno/usuário interage com as mídias e com os diferentes tipos de texto, considerando-se, como já dito, modos visuais, sonoros e gestuais. Isso tem a ver com teorias relacionadas aos estudos dos novos letramentos, em especial letramento crítico, letramento digital, multiletramentos e multimodalidade. Segundo as OCEM de língua estrangeira (BRASIL, 2006, p. 98), o projeto de letramentos está intimamente ligado a modos culturais de usar a linguagem , de modo que a produção e a compreensão de textos interagem em práticas socioculturais contextualizadas (p. 106). Distancia-se, desta forma, do conceito de alfabetização, mais propenso a trabalhar com habilidades linguísticas homogêneas em práticas descontextualizadas. Da mesma maneira, o letramento crítico diferencia-se da leitura crítica, que tem como objetivo auxiliar as pessoas a identificar as intenções do autor, medir a validade da informação veiculada e obter conhecimento sobre o mundo. O letramento crítico, por sua vez, considera o conhecimento como sendo const. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Maikelly De Oliveira Nabuco - Coordenador / VANDERLEI JOSE ZACCHI - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Sergipe. , Marechal Rondon, Roza Elze, 49100000 - São Cristóvão, SE - Brasil, Telefone: (79) 21056428

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2013 - Atual

    Universidade Federal de Sergipe

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Grupo de pesquisa, Carga horária: 20

  • 2013 - Atual

    WIZARD BRASIL

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 15