Lucas Vezedek Santana de Oliveira

Graduando em Psicologia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atualmente é bolsista de iniciação científica no projeto O impacto da vida na rua no desenvolvimento de jovens e a transição para a vida adulta: um estudo longitudinal sobre risco e proteção, ligado a linha de pesquisa Infâncias e Contextos Culturais e coordenado pela professora Juliana Prates (IPS/UFBA). Participa do grupo de pesquisa Estudos Epistemológicos em Psicologia, coordenado pela professora Betty Malin (IPS/UFBA) e é bolsista de iniciação científica voluntária no projeto A questão da adaptação em Psicologia, coordenado pela mesma professora. Tem interesse nos temas: crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade; abordagem ecológica do desenvolvimento humano; infâncias e contextos culturais; educação, gênero e sexualidade; saúde da população LGBT, em especial pessoas LGBT em situação de rua; direitos humanos; saúde mental; e epistemologia da Psicologia.

Informações coletadas do Lattes em 04/09/2017

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Psicologia

2012 - Atual

Universidade Federal da Bahia

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Extensão universitária em ACCS - INTERV. PSICOS.CRIAN.ADOL.SIT.RUA CID.SALVADOR. (Carga horária: 136h). , Defensoria Pública do Estado da Bahia, DPE/BA, Brasil.

2013 - 2016

Curso Língua Inglesa NUPEL/ILUFBA. (Carga horária: 360h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2015 - 2015

Contextos de intervenção com crianças: Teoria e prática. (Carga horária: 100h). , Núcleo de Psicologia Social da Bahia, Núcleo, Brasil.

2015 - 2015

Prevenção dos Problemas Relacionados ao Uso de Drogas ? 7ª Edição. (Carga horária: 120h). , Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, SENAD, Brasil.

2015 - 2015

Política Nacional de Saúde Integral LGBT. (Carga horária: 45h). , Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.

2015 - 2015

IV Semana de Vivência Interdisciplinar do Sistema Único de Saúde. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2014 - 2015

Curso SUPERA - 6ª Edição. (Carga horária: 150h). , Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, SENAD, Brasil.

2013 - 2013

Oficina: O Psicodrama na Saúde Mental. (Carga horária: 3h). , Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC, Brasil.

2012 - 2013

Extensão universitária em ACCS: Arte e Redução de Danos. (Carga horária: 136h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2012 - 2012

Minicurso: Gênero e Geração. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2011 - 2011

Aprendizagem em Aux. de Serviços Administrativos. (Carga horária: 1600h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia do Desenvolvimento Humano.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SANTANA, J. P. ; ROCHA, A. V. ; VEZEDEK, L. S. O. . Aula Magna A Pesquisa e a Prática com Crianças e Adolescentes em Situação de Rua: passado, presente e futuro. 2016. (Outro).

SANTANA, J. P. ; RAFFAELLI, M. ; VEZEDEK, L. S. O. ; ARAUJO, A. S. ; TEIXEIRA, D. S. . Conferência: Estudos de risco e resiliência em adolescentes no Brasil e no México. 2014. (Outro).

SANTANA, J. P. ; VEZEDEK, L. S. O. ; ARAUJO, A. S. ; TEIXEIRA, D. S. ; COSTA, A. P. ; SANTOS, D. R. ; BRITO, N. J. ; SANTOS, J. S. M. ; ANUNCIACAO, J. J. ; RODRIGUES, S. C. ; SHORT, P. C. A. . Seminário O impacto da rua na vida de adolescentes: primeiros resultados. 2013. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

2016 Society for Research on Adolescence (SRA) Biennial Meeting. Changes In The Profile Of Adolescents In Street Situation In Brazil: Contributions Of The Bioecological Model Of Human Development. 2016. (Congresso).

Encontro Regional Nordeste II. 2015. (Encontro).

III Quintal Psi: um espaço de encontro, cultura e debates - "A Equidade e as Políticas Públicas: a Psicologia como agente de transformação social".. 2015. (Outra).

IV Seminário Internacional A Educação Medicalizada: Desver o Mundo, Perturbar os Sentidos. 2015. (Seminário).

IX Congresso Norte-Nordeste de Psicologia. Adolescentes em situação de rua não heterossexuais: compreendendo fatores de risco e proteção no contexto institucional. 2015. (Congresso).

Participação de crianças e jovens: Dos equívocos às potencialidades.. 2015. (Simpósio).

SEMENTE - Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2015. (Seminário).

V Congresso Internacional sobre Drogas e II Seminário de Pesquisa e Extensão em Álcool e Drogas. Ponto de Cidadania: uma experiência de cuidado e atenção à saúde da população em situação de rua em Salvador, Bahia. 2015. (Congresso).

VIII Seminário Nacional de Psicologia e Políticas Públicas. 2015. (Seminário).

II Quintal Psi: um espaço de encontro, cultura e debates - "Atuação da(o) psicóloga(o) no Sistema Único de Assistência Social- SUAS". 2014. (Outra).

II Simpósio Luso-Brasileiro em Estudos da Criança. 2014. (Simpósio).

IV Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão. Concepções de mulheres e homens praticantes religiosos sobre a orientação sexual. 2014. (Congresso).

53º Congresso da União Nacional dos Estudantes. 2013. (Congresso).

I Fórum de Saúde Mental: A medicalização da Sociedade - FTC/SSA. 2013. (Outra).

I Seminário de Tanatologia e Cuidados Paliativos. 2013. (Seminário).

Seminário Cultura Digital em Foco: o que a Psicologia tem a ver com isso?. 2013. (Seminário).

Simpósio Privação de Liberdade: Entre o Discurso do Cuidado e a Prática da Exclusão. 2013. (Simpósio).

VIII Congresso Norte-Nordeste de Psicologia. 2013. (Congresso).

VII Seminário Nacional de Psicologia e Políticas Públicas. 2013. (Seminário).

XVII Encontro Norte-Nordeste de Casas de Estudantes. 2013. (Encontro).

XXXVII Encontro Nacional de Casas de Estudante. 2013. (Encontro).

III Encontro de São Lázaro. 2012. (Encontro).

I Fórum Comunitário Selo Unicef Município Aprovado - Ed. 2009-2012. 2010. (Outra).

I Conferência Municipal da Criança e do Adolescente de Cipó. 2009. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Juliana Prates Santana

A transição da adolescência para a vida adulta de adolescentes em situação de rua: desafios e possibilidades; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Orientador: Juliana Prates Santana;

Juliana Prates Santana

Avaliação do ajustamento psicológico de crianças e adolescentes em situação de rua (Ano 3); 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal da Bahia, Programa Permanecer/UFBA; Orientador: Juliana Prates Santana;

Juliana Prates Santana

Avaliação do ajustamento psicológico de crianças e adolescentes (Ano 2); 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal da Bahia, Programa Permanecer/UFBA; Orientador: Juliana Prates Santana;

Vania Nora Bustamante Dejo

Participação no projeto Brincando em Família como responsável por tarefas de registro; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal da Bahia; (Orientador);

Betty Malin

A questão da adaptação em psicologia; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Betty Malin;

Betty Malin

A questão da adaptação em psicologia; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Betty Malin;

Betty Malin

Estudos epistemológicos em psicologia; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Betty Malin;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SANTANA, J. P. ; VEZEDEK, L. S. O. . Sexual Orientation of Street-Involved Adolescents in Salvador, Brazil: A Qualitative Examination of Risk and Protective Factors. In: 2015 Society for Research in Child Development Biennial Meeting, 2015, Philadelphia/USA. The Developmental Impact of Street Life: Longitudinal Research in Three Brazilian Cities, 2015.

  • VEZEDEK, L. S. O. ; SANTANA, J. P. . Pesquisa e intervenção: a utilização da teoria ecológica do desenvolvimento humano com crianças e adolescentes em situação de rua. In: IX Congresso Norte-Nordeste de Psicologia, 2015, Salvador/BA. Anais IX Conpsi, 2015. v. 1. p. 499-500.

  • SANTANA, J. P. ; VEZEDEK, L. S. O. . Adolescentes em situação de rua não-heterossexuais: compreendendo fatores de risco e proteção no contexto institucional. In: IX Congresso Norte-Nordeste de Psicologia, 2015, Salvador/BA. Anais do IX CONPSI, 2015. v. 1. p. 1063-1063.

  • VEZEDEK, L. S. O. ; SANTOS, M. K. B. ; SANTOS, R. B. ; MACHADO, K. C. M. ; SENA, F. S. ; SARTORIO, A. F. ; ALMEIDA, J. P. F. G. ; TRINDADE, K. G. . Concepções de mulheres e homens praticantes religiosos sobre a orientação sexual. In: IV Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão, 2014, São Paulo/SP. Anais do IV CBP, 2014. v. 1.

  • SANTANA, J. P. ; RAFFAELLI, M. ; MORAIS, N. A. ; KOLLER, S. H. ; NIETO, C. J. S.. ; VEZEDEK, L . Changes In The Profile Of Adolescents In Street Situation In Brazil: Contributions Of The Bioecological Model Of Human Development. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • VEZEDEK, L. S. O. ; SANTANA, J. P. . Pesquisa e intervenção: a utilização da teoria ecológica do desenvolvimento humano com crianças e adolescentes em situação de rua. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SANTANA, J. P. ; VEZEDEK, L. S. O. . Adolescentes em situação de rua não heterossexuais: compreendendo fatores de risco e proteção no contexto institucional. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTANA, J. P. ; VEZEDEK, L. S. O. . Sexual Orientation of Street-Involved Adolescents in Salvador, Brazil: A Qualitative Examination of Risk and Protective Factors. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • VEZEDEK, L. S. O. ; SENA, F. S. ; CHAGAS, B. D. L. S. . Ponto de Cidadania: uma experiência de cuidado e atenção à saúde da população em situação de rua em Salvador, Bahia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • COSTA, A. P. ; TEIXEIRA, D. S. ; VEZEDEK, L. S. O. . Rede de atenção às crianças e adolescentes em situação de risco e usuárias de substâncias psicoativas: um estudo de caso. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • VEZEDEK, L. S. O. ; SANTOS, M. K. B. ; SANTOS, R. B. ; MACHADO, K. C. M. ; SENA, F. S. ; SARTORIO, A. F. ; ALMEIDA, J. P. F. G. ; TRINDADE, K. G. . Concepções de mulheres e homens praticantes religiosos sobre a orientação sexual. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

VEZEDEK, L. S. O. ; OLIVEIRA, T. I. S. . Roda de conversa: Universidade - um universo de possibilidades. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    O impacto da vida na rua no desenvolvimento de jovens e a transição para a vida adulta: Um estudo longitudinal sobre risco e proteção, Descrição: O presente projeto de pesquisa tem por objetivo dar continuidade ao estudo longitudinal das trajetórias de vida de adolescentes em situação de rua na cidade de Salvador. A investigação está no seu quarto ano de execução, sendo previsto para este momento novas coletas de dados (T4 e T5), realizadas com intervalos de seis meses entre ela. A proposta é avaliar os fatores de risco e de proteção envolvidos no impacto que a rua desempenha nas trajetórias desenvolvimentos de adolescentes. Além disso, nesta nova etapa está prevista a investigação do processo de transição da adolescência para a vida adulta, considerando a lacuna de políticas públicas para essa população e os desafios próprios da adultez. O presente projeto de pesquisa também pretende avaliar, longitudinalmente, o impacto da vida na rua em adolescentes de Salvador, BA. Os objetivos específicos do estudo são: delinear trajetórias desenvolvimentais, através do estabelecimento de um quadro preciso da vida desses adolescentes ao longo do tempo (fatores de risco, fatores de proteção e indicadores de ajustamento físico, psicológico e comportamental), e investigar que fatores individuais, sociais e ambientais estão independentemente associados a resultados desenvolvimentais positivos e negativos. Além disso, objetiva investigar a transição dos participantes para a vida adulta, identificando os fatores de proteção e de risco associados. Seguindo o modelo inicial do projeto de pesquisa, o novo ciclo de coleta também utilizará uma abordagem multimétodos, combinando dados quantitativos e qualitativos. Os instrumentos serão aplicados individualmente, sendo gravados e posteriormente transcritos. Entre eles, pode-se citar: Escala de Sabedoria de Rua; Sentenças Incompletas sobre Expectativas Futuras; Checklist de eventos positivos e negativos de vida do último ano (21 itens);Entrevista semi-estruturada sobre rede de apoio social, com aplicação de escala de medicação de proximidade. A transição para adultez será investigada a partir de uma entrevista semi-estruturada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Lucas Vezedek Santana de Oliveira - Integrante / Juliana Prates Santana - Coordenador / Anne Bittencourt Santos e Silva - Integrante / Alexia Suelen Alves dos Santos Van Petten's - Integrante.

  • 2015 - Atual

    A questão da adaptação em psicologia, Descrição: O presente projeto se propõe a abordar criticamente as implicações, no que diz respeito à compreensão do comportamento humano, da assimilação feita pela psicologia do paradigma biológico da adaptação, a partir de fins do século XIX. Sabemos da importância do progresso da Biologia, durante o século XIX, para a consolidação da psicologia como campo independente do saber. Não só a Teoria da Evolução, de Charles Darwin, como também as descobertas neurofisiológicas que se deram durante o referido século criaram as condições para que autores como Weber, Fechner, e finalmente Wundt, encontrassem um caminho para o que, a partir de então, se considerou como o início da psicologia como ciência , caminho esse que se considera ter sido aberto pela possibilidade da experimentação em psicologia. Concomitantemente ao desenvolvimento da Biologia, a forte tendência materialista mecanicista do zeitgeist daquele momento apontava a concepção do ser humano como organismo como o caminho mais adequado para estudá-lo, corroborando, sobremaneira, a tendência reducionista que se colocava com a abordagem adaptacionista em psicologia. Desse modo, com algumas exceções, a relação homem-mundo, entendida, então, como relação organismo-meio, passa a ser concebida como sendo regida pela necessidade de adaptação, decorrente do critério biológico da sobrevivência. A questão que a presente pesquisa pretende averiguar é: até que ponto se justifica, em psicologia, o paradigma da adaptação? Não será esse um paradigma que, eminentemente biológico, uma vez transposto para a psicologia inviabiliza a apreensão da dinâmica homem-mundo em toda a sua plenitude? Ao mesmo tempo, a pesquisa se propõe a avaliar até que ponto as escolas da psicologia, chão sobre o qual a prática psicológica se ergue, assim como a própria produção teórica da atualidade em psicologia, ainda são reféns da concepção adaptacional, colocando a psicologia como um campo do saber permeado por uma forte tendência à manutenção do status quo, e se caracterizando pela incapacidade de produzir conceitos que abordem o ser humano enquanto sujeito crítico. À parte a importância do tema que aqui se propõe em termos da própria construção da psicologia como ciência, ou seja, sua importância epistemológica, a pesquisa se justifica, também, tendo em vista a grande importância que a psicologia vem assumindo no contexto atual das ciências humanas e sociais, em função de sua inserção cada vez maior em práticas vinculadas às políticas públicas, assim como em diversas instâncias sociais tanto em termos da saúde, quanto da educação e do trabalho. Considera-se aqui necessária a avaliação proposta, assim, não só em termos epistemológicos, como também enquanto questionamento que se propõe problematizar/elucidar a própria prática psicológica na atualidade.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lucas Vezedek Santana de Oliveira - Integrante / Amanda Fontes Sartório - Integrante / Betty Malin - Coordenador / Leila Mignac Ferrari - Integrante / Cléber da Silva Papaterra - Integrante / Clara Magalhães Chamusca - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Estudos Epistemológicos em Psicologia, Descrição: A pesquisa visa abordar a produção do saber no campo da psicologia através de análise epistemológica da gênese dos conceitos nesse campo científico. Pretende-se realizar estudos comparativos e análises epistemológicas das várias teorias, procurando campos conceituais estruturais que as liguem ou diferenciem, através da análise dos pressupostos teóricos, epistemológicos, e mesmo filosóficos das várias escolas. A Psicologia tem sido considerada, em termos da literatura produzida no campo da epistemologia a partir de meados do século XX, especialmente em função da abordagem arqueológica proposta pelo pensador francês Michel Foucault, como sendo inapelavelmente um campo de dispersão do saber (Garcia-Roza, 1977), ou como se constituindo a partir de matrizes (Figueiredo, 1991) que se constituiriam em nascedouros distintos, dando origem a inúmeros e diferentes rebentos (Figueiredo, 2009, pp. 181, 182). O que se pretende investigar com a pesquisa, em última análise, é até que ponto as concepções acima se sustentam, ou seja, se não há um possível campo próprio e unitário concernente à psicologia, que se delineia com as questões que se colocam a esse campo científico, mesmo tendo em vista a diversidade das abordagens psicológicas, campo esse cuja definição ainda caberia buscar, por mais que o mesmo seja negado pela chamada pós-modernidade. Nesse sentido, nosso propósito é investigar na diversidade das teorias e abordagens, os pontos unificadores das divisões teóricas, pontos de instauração das divergências, que têm sido considerados como de incompatibilidade radical, mas que, epistemologicamente, merecem ser investigados uma vez que, a rigor, divergências podem ocultar semelhanças, questões em comum e soluções díspares, mas irmanadas em seus aspectos epistemológicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Lucas Vezedek Santana de Oliveira - Integrante / Amanda Fontes Sartório - Integrante / Betty Malin - Coordenador / Leila Mignac Ferrari - Integrante / Cléber da Silva Papaterra - Integrante / Clara Magalhães Chamusca - Integrante.

  • 2013 - 2015

    O impacto da vida na rua em adolescentes: Um estudo longitudinal sobre risco e proteção, Descrição: O projeto O impacto da rua na vida de adolescentes: um estudo longitudinal sobre risco e proteção foi uma investigação multimétodos realizado em três cidades brasileiras, nomeadamente Salvador, Fortaleza e Porto Alegre. A pesquisa teve duração de aproximadamente vinte e quatro meses e contou com a participação de 111 adolescentes em situação de rua, de ambos os sexos com idades entre 09 e 18 anos, que foram identificados nas ruas e em instituições de atendimento a crianças e adolescentes que compõe a rede de atendimento de cada uma das cidades participantes da pesquisa. A teoria bioecológica de Uri Bronfenbrenner foi o arcabouço teórico metodológico para a investigação, sendo que a inserção ecológica foi a estratégia metodológica privilegiada para garantir o acompanhamento dos adolescentes ao longo do período de coleta de dados. A pesquisa foi uma parceria entre a UFRGS (Profa. Dra. Sílvia Helna Koller), a UNIFOR (Dra. Normanda Morais), a UFBA (Dra. Juliana Prates Santana) e a University of Illinois, Urbana-Champaing (Dra. Marcela Raffaelli)... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (11) . , Integrantes: Lucas Vezedek Santana de Oliveira - Integrante / Juliana Prates Santana - Coordenador / Sílvia Helena Koller - Integrante / Normanda Araujo de Morais - Integrante / Marcela Raffaelli - Integrante / Djean Ribeiro dos Santos - Integrante / Andreia Pereira Costa - Integrante / Alan da Silva de Araújo - Integrante / Dhara Santana Teixeira - Integrante / Jaguaraira de Jesus Anunciacao - Integrante / Juliana Souza Machado dos Santos - Integrante / Nara Jesus Brito - Integrante / Steffane Cavalcanti Rodrigues - Integrante / Alice de Assis Saes - Integrante / Paula Coeli Araújo Short - Integrante., Número de produções C, T & A: 5

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - Atual

    Universidade Federal da Bahia

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista de iniciação científica no projeto "O impacto da vida na rua no desenvolvimento de jovens e a transição para a vida adulta: Um estudo longitudinal sobre risco e proteção", financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB), com plano de trabalho específico "A transição da adolescência para a vida adulta de adolescentes em situação de rua: Desafios e possibilidades", sob orientação da Profª Drª Juliana Prates Santana.

  • 2015 - Atual

    Universidade Federal da Bahia

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica Voluntária, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista de iniciação científica voluntário no projeto "A questão da adaptação em Psicologia", com plano de trabalho específico "O conceito de adaptação em A descendência do Homem, de C. Darwin/A escola do Estruturalismo em psicologia e o paradigma da adaptação?, sob orientação da Profª Drª Betty Malin.

  • 2014 - 2015

    Universidade Federal da Bahia

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista de iniciação científica no projeto "O impacto da vida na rua em adolescentes: Um estudo longitudinal sobre riscos e proteção (Ano 3)", financiado pelo Programa Permanecer/UFBA, com plano de trabalho específico "Avaliação do ajustamento psicológico de crianças e adolescentes em situação de rua (Ano 3)", sob orientação da Profª Drª Juliana Prates Santana.

  • 2013 - 2014

    Universidade Federal da Bahia

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista de iniciação científica no projeto "O impacto da vida na rua em adolescentes: Um estudo longitudinal sobre riscos e proteção (Ano 2)", financiado pelo Programa Permanecer/UFBA, com plano de trabalho específico "Avaliação do ajustamento psicológico de crianças e adolescentes em situação de rua (Ano 2)", sob orientação da Profª Drª Juliana Prates Santana.

    Atividades

    • 07/2015

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .,Linhas de pesquisa

    • 07/2015

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .,Linhas de pesquisa

    • 09/2015 - 09/2015

      Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos.,Atividade realizada, Monitoria do II Seminário Internacional Desfazendo Gênero, Ativismos das dessidências sexuais e de gênero.

    • 03/2015 - 07/2015

      Estágios , Centro de Estudos e Terapia de Abuso de Drogas (CETAD) - UFBA, .,Estágio realizado, Estágio curricular básico no Ponto de Cidadania.

    • 06/2014 - 05/2015

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .,Linhas de pesquisa

    • 06/2013 - 05/2014

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Psicologia, .,Linhas de pesquisa

    • 12/2012 - 12/2012

      Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.,Atividade realizada, Monitoria do III Encontro de São Lázaro.