Miriam Schenkman Chnaiderman

Psicanalista ligada ao Departamento de Psicanálise do Sedes Sapientiae, mestre em Comunicação e Semiótica pela PUCSP, doutora em Artes pela Escola de Comunicações e Artes da USP. Ensaísta, vem publicando em vários jornais e revistas artigos sobre psicanálise, cinema e teatro. Tem dois livros publicados sobre a relação entre arte e psicanálise: O hiato convexo: literatura e psicanálise (Brasiliense) e Ensaios de Psicanálise e Semiótica (Escuta). Vem participando de debates, mesas redonda, conferências para profissionais de artes,e psicanálise nas mais diversas instituições e nos mais diferentes eventos, pelo Brasil todo. É diretora dos curtas documentário: "Dizem que sou louco" (1994), "Artesãos da Morte"(2001), "Gilete Azul"(2003), "Isso, aquilo e aquilo outro"(2004), "Você faz a diferença (2005) , "Passeios no Recanto Silvestre"(2006), "Afirmando a vida" (2009), "M'boi Mirim, Dos ïndios, das Águas, dos Sonhos"(2009), "O silêncio que fala"(2015), "O oco da fala"(2016). Realizou os médias-metragens, "Procura-se Janaína" (2007), "Sobreviventes"(2008). Em 2014 lançou o longa-metragem"De gravata e unha vermelha"(2014), com exibições dentro e fora do Brasil. Em 2015 realizou os curtas: "O silêncio que fala"( para o Movimento Psicanálise , Autismo e Saúde Pública, MPASP), "O grito silenciado" e "O oco da fala"( para a Clínica do Testemunho do Instituto Sedes Sapientiae).

Informações coletadas do Lattes em 04/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Artes Cênicas

1989 - 1994

Universidade de São Paulo
Título: O corpo do discurso ou o discurso do corpo: Freud e Stanislávski
Orientador: Professor Dr Jacó Guinsburg
Palavras-chave: Corpo, Freud, Stanislávski.Grande área: Ciências Sociais Aplicadas

Mestrado em Comunicação e Semiótica

1977 - 1987

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Título: O hiato Convexo: Literatura e Psicanálise,Ano de Obtenção: 1987
Orientador: Professor Dr Haroldo de Campos
Palavras-chave: Hiato, Literatura, Psicanálise.Grande área: Ciências Sociais Aplicadas

Graduação em Psicologia

1969 - 1973

Universidade de São Paulo

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

1997 - 1999

Pós-Doutorado. , Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil. , Grande área: Ciências Humanas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

1995 - 1995

Extensão universitária em Seminário Nacional sobre performáticos, performance e sociedade. (Carga horária: 39h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

1976 - 1981

Curso de Psicanálise. (Carga horária: 300h). , Departamento de Psicanálise do Sédes Sapientiae, INST SED SAP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Cinema/Especialidade: Interpretação Cinematográfica.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Cinema/Especialidade: Roteiro e Direção Cinematográficos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

CHNAIDERMAN, MIRIAM ; Bento, S. ; Janovitch, P. ; Sapozniky, A. ; Robles, P. . Deslocamentos. 2018. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Diversidade Sexual e Cidadania.O sonho de uma cidadania multicolorida por infinitos corpos de mil sexos. 2018. (Encontro).

29 Moitará. Os mil sexos de todos nós. 2017. (Congresso).

Com que sexo se faz sexo.Com que sexo se faz sexo. 2017. (Seminário).

I Colóquio - Psicanálise, Gênero e Feminismo: perspectivas.é possível ser tender fucker. 2017. (Simpósio).

Invenção 67.Panamérica vezes 50. 2017. (Encontro).

Invenção 67.Panamérica vezes 50. 2017. (Encontro).

Questões de gênero e identidade - um debate com a psicanálise.O filme "De gravata e unha vermelha". 2017. (Encontro).

Cine debate - Grupo de Pesquisa de Direito, Gênero e Igualdade PUC-SP.De gravata e unha vermelha. 2016. (Encontro).

Cinema e psicanálise - O corpo, sbpsp.De gravata e unha vermelha, filme e conversa. 2016. (Encontro).

Clínica do Testemunho Sedes, XII Conversa Pública, Estado, Arbítrio e Violência.exibição do curta " O oco da fala"seguido de debate. 2016. (Outra).

Debate sobre "De gravata e Unha Vermelha.Existem mil sexos nesse corpo. 2016. (Encontro).

Enlaces e Desenlaces na Literatura - Outras Conversas - Fórum do Campo Lacaniano.Enlaces e Desenlaces na Literatura - Outras Conversas. 2016. (Encontro).

Entretantos II, psicanálise e política - Sedes Sapientiae.O grito silenciado e O Oco da fala / Mesa 8: Desafios e especificidades da clínica psicanalítica com migrantes e refugiados Projeto PONTE. 2016. (Encontro).

Filmes da Psicanálise no CEP.exibição do filme: De gravata e unha vermelha, seguido de comentários. 2016. (Outra).

I Fórum de Debates sobre Transexualidades e Travestilidade e Atenção Integral na Saúde - UNIFESP.De gravata e unha vermelha. 2016. (Encontro).

I Forum sobre transexualidade e atenção integral na saúde.Sobre o filme "De gravata e unha vermelha". 2016. (Simpósio).

Trans-sexualidades.De gravata e unha vermelha. 2016. (Seminário).

VII Congresso Internacional da Associação Internacional de Psicanálise de Casal e Família. Filme "De gravata e unha vermelha"e Mesa 40: Territorializando intensidades amorosas. 2016. (Congresso).

VIII Seminários de Teses e Dissertações do PPGE,.Conferência. 2016. (Seminário).

8a. Mostra O amor, a morte e as paixões.Exibição: "De Gravata e unha vermelha " e palestra. 2015. (Outra).

Ciclo - Encontros Transvestidos no TUSP - Teatro da USP.Intervenção trans e artes cênicas: caminhos da arte engajada?. 2015. (Outra).

Congresso Internacional da APPOA 2015 - "Corpo: ficção, saber, verdade". É possível ser gender fucker?. 2015. (Congresso).

Conversando com os pais de crianças com autismo - Sedes Sapientieiae.Projeção do filme "O silêncio que fala". 2015. (Outra).

Diálogos Psicanalíticos - Trans-Sexualidades, no CEPdePA.Trans-Sexualidades. 2015. (Encontro).

Festival de cinema Rio Gay.Exibição: "De Gravata e unha vermelha " e palestra. 2015. (Outra).

III Encontro Brasileiro de Psicanálise de casal e família.Novas sexualidades, novas famílias: De gravata e unha vermelha. 2015. (Encontro).

III Encontro Brasileiro de Psicanálise de casal e Família - Amores na Contemporâneidade.Novas sexualidades, novas famílias: De gravata e unha vermelha. 2015. (Encontro).

III Jornada do MPASP - Movimento Psicanálise, Autismo e Saúde Pública.Apresentação do curta "O silêncio que fala". 2015. (Outra).

III Jornada Sobre a Clinica Psicanalítica do Autismo da SBPSP - Conversando com os pais de crianças com autismo, na clínica, na gestão e na política.Comentadora sobre a direção do filme. 2015. (Outra).

III Jornada temática: Corpos, Sexualidades, diversidade, Instituto Sedes Sapientiae.Debate do filme: De gravata e unha vermelha. 2015. (Outra).

III Jornada temática: Corpos, Sexualidades, diversidade, Instituto Sedes Sapientiae.Até tu, Pontalis? na Mesa 10: Matrizes do psiquismo. 2015. (Outra).

III Jornada temática: Corpos, Sexualidades, diversidade, Instituto Sedes Sapientiae.O teatro d(n)as novas sexualidades, Mesa 1: A estética e as novas sexualidades. 2015. (Outra).

O silêncio que fala - narrativas sobre o autismo, Sigmund Freud Associação Psicanalítica.Projeção do filme e debate. 2015. (Outra).

Semana da luta antimanicomial, Cine debate, Sesc Sorocaba.Exibição do documentário e bate-papo com a diretora. 2015. (Outra).

Videoclube: "25 anos do ECA - Qual o balanço dessa história".Debatedora na exibição do documentário "Procura-se Janaína". 2015. (Outra).

XXXIV COMU - Congresso Médico Universitário FMUSP. Projeção do filme "De gravata e unha vermelha" e discussão. 2015. (Congresso).

25 anos do CTA Henfil.Exibição do documentário "De gravata e unha vermelha". 2014. (Outra).

Cine psique, Diálogo entre os universos da arte e da ciência, no CineSesc.No Divã, sobre o filme "Uma vida comum". 2014. (Outra).

Ditadura Civil Militar no Brasil - O que a Psicanálise tem a dizer.Verdade e farsa. 2014. (Outra).

Entretantos, Instituto Sedes Sapientiae. 2014. (Outra).

III Seminário Internacional Infância e Relações Étnicos-Raciais, Universidade Federal de São Carlos.Apresentação de filme e debate sobre "A diferença nos documentários e na clínica". 2014. (Seminário).

V Conversa Publica, Clínica do Testemunho, Instituto Sedes Sapientiae.Debate após exibição do filme "O fim do esquecimento". 2014. (Outra).

25 anos da Percurso - Revista de Psicanálise - André Green: Diálogos.Coordenação da Mesa: André Green e os autores pós-freudianos. 2013. (Outra).

Chaim Samuel Katz - Novos corpos (cibernéticos) e o inconsciente psicanalítico.Novos corpos (cibernéticos) e o inconsciente psicanalítico. 2013. (Outra).

Clínica Psicanalítica Contemporânea: Desafios e Perspectivas. 2013. (Outra).

Conferência "Teoria da Simbolização primária", proferida pelo Prof. Dr. René Roussillon - Université de Lyon 2. 2012. (Outra).

I Jornada Cineclube, projeto Cine Capsia da Unesp.Mesa redonda: cinema, psicanálise e estética - o inconsciente na tela. 2012. (Outra).

O Racismo e o negro no Brasil, questões para a Psicanálise, Instituto Sedes Sapientiae.Cinema e literatura, Mesa 3. 2012. (Outra).

VIII Coloquio de estudos Barrocos e II Seminário Internacional de Arte e Literatura Barrocas.Barrocolúdio: de Haroldo a Lacan. 2012. (Seminário).

4o. Seminário Aberto de Jornalismo da UNISINOS - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.Sujeitos da entrevista: diálogo e relação de poder. 2011. (Seminário).

5a. Primavera dos museus: mulheres, museus e memórias, do Centro de Estudos do Museu Republicano Convenção de Itu. Exibição dos documentários Gilete Azul (2003) e Procura-se Janaína (2007), de Miriam Chnaiderman. 2011. (Exposição).

III Jornada de Psicanálise da Unesp & I Fórum de Psicanálise e Cinema - Psicanálise e Cultura.Psicanálise e Cinema. 2011. (Outra).

Psicanálise em trabalho - Ciclo de debates Sedes Sapientiae.Participação na mesa de debate: Para além da interpretação dos sonhos. 2011. (Outra).

Seminário Internacional NEHO 20 anos: história oral, identidade e compromisso, do núcleo de estudos de história oral da faculdade de filosofia, letras e ciências humanas da USP.Participação na mesa redonda História oral e Imagem/Documentário. 2011. (Seminário).

XXI Congresso Brasileiro da Abenepi - A Criança e o Adolescente na Pós-modernidade. Exibição seguida de debate do documentário Procura-se Janaína, de Miriam Chnaiderman, São Paulo, 2007, 54 minutos. 2011. (Congresso).

4a. Edição do Projeto Tantas Letras, na Biblioteca Pública Monteiro Lobato.Palestra A Loucura na Cidade. 2010. (Outra).

7o. Colóquio de Monografias do Curso de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae.Coordenação da Mesa Cinema e Literatura. 2010. (Outra).

Fórum de Debate e aula do curso Gestão e Execução de Políticas Públicas: desafios das relações etnicorraciais.Palestra: Você sabe com quem está falando? Pertencimento etnicorracial e visões de mundo. 2010. (Outra).

II Congresso Brasileiro de Saúde Mental, organizado pelo Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental (LAPS/ENSP/Fiocruz). 2010. (Congresso).

Proposições para o porvir da psicanálise, de Ricardo Rodulfo. 2010. (Outra).

14o Fest .Int. de Documentários É Tudo Verdade.Exibição de Sobreviventes, Miriam Chnaiderman e Reinaldo Pinheiro, Brasil, 52', HD (Competição Brasileira Longa ou Média Metragem). 2009. (Outra).

1o Congresso Brasileiro de Saúde Mental da Mulher - Centro de Convenções Rebouças. Existe uma psicanálise feminina?. 2009. (Congresso).

2o. Ciclo de Cinema e Reflexão - Aprender a Viver, Aprender a Morrer.Comentadora convidada da Mesa de Reflexão da Sessão Averroes. 2009. (Simpósio).

Aprender a viver - aprender a morrer.Sobre o filme Duas semanas. 2009. (Simpósio).

Cia Perdida e Francesca Woodman.O feminino. 2009. (Encontro).

Colóquios com o artista (LABI e NIME USP).Exibição de Sobreviventes, Miriam Chnaiderman e Reinaldo Pinheiro, Brasil, 52', HD, seguida de debate. 2009. (Simpósio).

Homenagem Isaias Melsohn, Sociedade Brasileira de Psicanálise de de São Paulo.Mesa redonda: Isaias, o psicanalista. 2009. (Outra).

I Encontro de Saúde Mental do Centro Acadêmico Iara Iavelberg.Palestra. 2009. (Encontro).

I Jornada Paulista de Cinema e Psicanálise.Produção, Roteiro e Direção: Psicanálise e História do Cinema. 2009. (Simpósio).

Ocupação Ueinz.Experiências-limite e limites da linguagem. 2009. (Outra).

Saúde Mental - Campanha de Direitos Humanos: Nenhuma forma de violência vale a pena.Exibição do filme " Sobreviventes"e palestra. 2009. (Outra).

XV Prêmio Ana Maria Poppovic.Parecerista para o melhor TCC de 2008 em Psicologia da PUC/SP, prêmio promovido pela Fundação Aniela e Tadeusz Ginsberg. 2009. (Outra).

2o. Colóquio de Educação Inclusiva.Colóquio de Educação inclusiva. 2008. (Outra).

3a. Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul.Exibição do documentário "Procura-se Janaína", de Miriam Chnaiderman, São Paulo, 2007, 54 minutos. 2008. (Outra).

Mostra Audiovisual Fazendo Gênero 8 - Corpo, Violência e Poder.Exibição do documentário. 2008. (Outra).

Oficina Cultural Regional Altino Bondesan.Palestra sobre o filme " O céu de Suely". 2008. (Encontro).

Oficina Cultural Regional Altino Bondesan.Discussão do filme "A cada de Alice". 2008. (Encontro).

Psicanálise e Literatura - Centro Cultural Banco do Brasil.Édipo e a Esfinge. 2008. (Seminário).

Psicanálise hoje, Caminhos da formação e da transmissão.O instituído e o instituidor: territórios da clínica na formação. 2008. (Encontro).

V Encontro Científico de Psicologia e Fonoaudiologia da Universidade Metodista.Exibição do Documentário e Mesa redonda " Onde está Janaína". 2008. (Encontro).

Video Clube no Conselho Regional de Psicologia SP.Palestra sobre o filme. 2008. (Encontro).

VII Arariboia Cine - Festival de Niterói.Exibição do curta Passeios no Recanto Silvestre, direção de Miriam Chnaiderman e argumento de David Calderoni, SP Doc. 15', 2006. 2008. (Outra).

Apresentação do documentário Procura-se Janaína no Centro de Saúde Escola Geraldo de Paula Souza.Procura-se Janaina. 2007. (Outra).

Arte enquanto ato de risco.José Agrippino, a vida no limite. 2007. (Encontro).

Cinco sobre Cinco - Documentários, Rumos Itaú Cultural.Exibição do documentário Procura-se Janaína, de Miriam Chnaiderman, São Paulo, 2007, 54 minutos. 2007. (Outra).

Cultura Afro-Brasileira em Projeção no Instituto AMMA Psiquê e Negritude.Participação na atividade com a apresentação de suas produções e reflexões. 2007. (Encontro).

Debate: Psicanálise e Cinema, do Centro de Estudos Psicanalíticos.Debate. 2007. (Outra).

Espaço Cultural CPFL - O fim de um mundo não é o fim do mundo: como sobreviveremos no século XXI?.A psicanalista e cineasta fala sobre José Agripino de Paula, cineasta, escritor e figura-chave da contracultura brasileira dos anos 60 e 70. 2007. (Seminário).

III Seminário de Estudos em Análise do Discurso - o discurso na contemporaneidade: materialidades e fronteiras.Mesa Redonda II - Análise do Discurso, Psicanálise e Arte: construção discursiva de um olhar sobre diferentes objetos. 2007. (Seminário).

II Jornada Temática Sedes Sapientiae Interlocuções sobre o Feminino - Na Clínica, Na Teoria, Na Cultura.Exibição do filme Gilete Azul, de Miriam Chnaderman, e participação no debate. 2007. (Outra).

II Jornada Temática Sedes Sapientiae Interlocuções sobre o Feminino - Na Clínica, Na Teoria, Na Cultura.Despindo mulheres, vestindo mulheres: entre Antonioni e Kar-wai / Mesa: Poéticas do feminino. 2007. (Outra).

II Jornada Temática Sedes Sapientiae Interlocuções sobre o Feminino - Na Clínica, Na Teoria, Na Cultura.Debate sobre o filme "Gilete azul". 2007. (Outra).

No avesso da tela: a psiquiatria pelo cinema, CLIPP.Comentários sobre o livro No Avesso da Tela: A Psiquiatria pelo Cinema, de José Paulo Fiks e Andres Santos Junior. 2007. (Outra).

Saúde , Cultura e Diversidade. Caminhos e Descaminhos da Cultura. 2007. (Congresso).

Tramas e dramas na problemática alimentar, Instituto Sedes Sapientiae. 2007. (Outra).

XVII Congresso Latino Americano da FLAPAG, VI Congresso NESME, VIII Jornada da SPAGESP. O fracasso simbólico no mundo contemporâneo na Mesa Redonda "Caminhos e descaminhos da cultura". 2007. (Congresso).

ciclo debates O mal-estar no cotidiano / Segundo tema: Violência e desamparo na cidade.Violência e desamparo na cidade. 2006. (Outra).

Ciclo Freud 150 anos - O cinema no divã.debate após exibição de filmes (participou em 3 dias). 2006. (Outra).

Debate - Canal do Saber.Entrevista para o Canal do Saber, operado nos estúdios da TV Cultura, sobre a questão do preconceito nas escolas (educando para a diferença e igualdade). 2006. (Outra).

Entendendo o século 21 através do cinema - Espaço Cultural CPFL.Exibição de seis curtas seguido de palestra (Dizem que sou louco, Artesãos da morte, Gilete azul, Isso, aquilo e aquilo outro, Você faz a diferença, Passeios no Recanto Silvestre). 2006. (Outra).

I Congresso Internacional de Acompanhamento Terapêutico "Singularidade, Multiplicidade e Ações de Cidadania". "Fez AT e foi ao cinema". 2006. (Congresso).

II Sipat Conjunta EEFEUSP / CEPEUSP.Os vários preconceitos no mundo de hoje. 2006. (Outra).

I Simpósio nacional sobre a intolerância.Exibição e Debate sobre o filme Isso, Aquilo e Aquilo Outro. 2006. (Simpósio).

15o. Congresso de leitura do Brasil. Mas, ho! Não se esqueçam...exercícios em tantas vozes. 2005. (Congresso).

Acta Media 4 - Simpósio internacional de linguagem-pensamento.Palestra. 2005. (Simpósio).

Arte e Psicanálise, Ciclo de debates.Cinema e Ato Analítico: relato de uma experiência. 2005. (Outra).

Colóquio em dois movimentos: De Porto Alegre a Niterói - Acompanhamento terapêutico e políticas públicas de saúde.Cinema em debate na saúde mental: da tela às trilhas na geografia da cidade. 2005. (Outra).

Debate ide 41, Psicanálise e Cultura.Debate entre autores e leitores da Revista ide 41. 2005. (Outra).

II Encontro de Humanização da SES.Diversidade e Saúde na Sociedade Contemporânea. 2005. (Encontro).

II ENPSI - Encontro de Psicossomática Psicanalítica do Vale do Paraíba -.Trauma e corpo: possibilidades sublimatórias. 2005. (Encontro).

Interterritorialidade - fronteiras intermídias, contexto e educação.Interculturalidade- experiências de produção e aprendizagem das artes com públicos e contextos diversos. 2005. (Simpósio).

IV Encontro Inter-americano dos Estados Gerais da Psicanálise. 2005. (Congresso).

A masculinidade, Congresso da Associação Psicanalítica de Porto Alegre. Fabricação ensandecida de masculinidade: "O clube da luta". 2004. (Congresso).

Cine comentado Santa Cruz, sobre o filme "33".debatedor no evento cine comentado. 2004. (Encontro).

Colóquio Internacional Arquivos da Psicanálise.debate do filme "Dizem que sou louco". 2004. (Outra).

FIC Brasilia - 6a. Edição do Festival Internacional de Cinema de Brasilia.Prazer e violência. 2004. (Outra).

Segundo Encontro Mundial dos Estados Gerais da Psicanálise.Curadora da Mostra de cinema "Marginalidade e loucura no cinema brasileiro", e exibição dos documentários "Artesãos da morte"e "Dizem que sou louco". 2003. (Encontro).

2a. Goiânia Mostra Curtas.debate: Cinema no Brasil: A atualidade das temáticas e a diversidade dos estilos. 2002. (Outra).

3o. Ciclo de debates Sedes - Desafios para a psicanálise contemporânea.Loucura, corpo e sentido. 2002. (Outra).

II Jornada Paulista sobre o Luto.Fiulme: Artesãos da morte. 2002. (Outra).

I Seminário Internacional de Teoria e Método do NIME - LABI: O paradigma da religião.Filme: Artesãos da morte. 2002. (Seminário).

Semana Nacional de Luta Antimanicomial.Os sentidos do morar e a cidade: uma questão para a saúde mental. 2002. (Encontro).

Simpósio Internacional Realidade Irreal.A Cidade, Arte e a Ação política na mesa "Psicodrama e Polis". 2002. (Simpósio).

VI Congresso Brasileiro de Psicopatologia Fundamental - UNICAP. Apresentação filme: Artesãos da morte. 2002. (Congresso).

13o. Congresso de leitura do Brasil. Exclusão e práticas de leitura. 2001. (Congresso).

Encontro Latino-Americano dos Estados Gerais da Psicanálise.Wilkomirski: o testemunho como invenção. 2001. (Encontro).

Figuras clínicas do feminino no mal-estar contemporâneo.O feminino como paradigma da criação na arte. 2001. (Outra).

I Mostra da Oficina de escrita e Imagem - da Clínica de Psiquiatria HSPM.Produção de escrita e subjetividade. 2001. (Outra).

Semana de Psicologia da PUC-SP - Moradas da Psicologia: Onde está o psicólogo hoje.Moradas inusitadas: Apresentação do filme "Dizem que sou louco". 2001. (Outra).

V Congresso Brasileiro de Semiótica - Semiótica e Representação - Inventariando para reinventar - In. Plenária 6: Artemídia. 2001. (Congresso).

Brasil, Descoberta Invenção - Colóquio: Questões sobre o Outro. 2000. (Outra).

Brasil, Descoberta Invenção - Congresso de Psicanálise da APPOA. Mesa: raízes do Brasil - "Colombo entre nós...". 2000. (Congresso).

Freud: Conflito e Cultura / Simpósio Psicanálise e Pedagogia.Razão e emoção no pensamento contemporâneo. 2000. (Simpósio).

Freud: Psicanálise, Cultura e Judaísmo - 100 anos de história.O Feminino e as relações de poder. 2000. (Outra).

I Congresso Brasileiro de Saúde Mental da Mulher. Existe uma psicanálise feminina?. 2000. (Congresso).

I Jornada da Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental.A clínica da Depressão: questões atuais. 2000. (Outra).

V Congresso Brasileiro de Psicopatologia Fundamental. A mídia e as imagens do sofrimento. 2000. (Congresso).

XIII Jornada Reich no Sedes - A clínica contemporânea nas fronteiras da Ciência e da Arte.Mesa: Cinema e Subjetividade. 2000. (Outra).

Cidadania e a população em situação de rua no município de São Paulo.Saúde: Expressão da qualidade de vida. 1999. (Seminário).

Cultura é memória.Memória e consciência. 1999. (Seminário).

Encontro Sul Americano dos Estados Gerais da Psicanálise.Depressão e melancolia. 1999. (Encontro).

Fórum de idéias, O dentro e o Fora, as instituições e o espaço público.O vídeo como criação e produção cultural. 1999. (Outra).

Forum Goiano de Saúde Mental.Apresentação e discussão do filme: Dizem que sou louco. 1999. (Outra).

V Congresso Latino-Americano de Psiquiatria da Ordem Hospitaleira de São João de Deus. Mesa: Visão do mundo do morador de rua. 1999. (Congresso).

Arte e Psicanálise.filme: Dizem que sou louco e palestra: Formação do inconsciente, expressões da subjetividade: Vidas Singulares. 1998. (Outra).

Espaços Públicos e Exclusão Sócio-Espacial, práticas urbanas e inclusão.Mesa: Espoliação e Violência. 1998. (Simpósio).

Fedida, seminário temático Depressão: questões atuais / Seminário clínico. 1998. (Seminário).

II Encontro com a Psicanálise - PUC Paraná.Vidas irriquietas: a escuta do invisível - a Psicanálise hoje. 1998. (Encontro).

Mesa redonda: Central do Brasil: Vicissitudes da subjetivação.Debate: Central do Brasil: Vicissitudes da subjetivação. 1998. (Outra).

Workshop: "Quando a criança morre".Quando a criança morre. 1998. (Outra).

II Simpósio de Leitura e Psicanálise do 11o. COLE - Congresso de Leitura do Brasilo.Escrituras urbanas. 1997. (Simpósio).

6o. Festival de teatro universitário da USP, seminário: O teatro como tal. 1996. (Seminário).

Acontecimento estético na clínica psicanalítica.mesa: Dimensão estética numa sessão de análise. 1996. (Outra).

I Congresso Internacional do Colégio de Psicanálise da Bahia. Se a mulher não existe, a linguagem existe? O feminino e a sublimação. 1996. (Congresso).

Seminário "As várias faces da violência", Instituto Brasileiro de Ciências criminais.A produção social da violência. 1996. (Seminário).

XIV Congresso Brasileiro Psiquiatria. Mesa: Psicopatologia e hipóteses biológicas, Tema: Semiologia e semiótica. 1996. (Congresso).

Ciclo: Leituras de Freud, Sedes.O estranho familiar. 1995. (Outra).

Ciclo de palestras: Imaginário, Ficção e Estética, Sociedade de Psicanálise Iracy Doyle.Imaginário, Ficção e Estética. 1995. (Outra).

Encontro Internacional - O século da psicanálise.Filme e debate "Dizem que sou louco". 1995. (Encontro).

I Seminário Nacional sobre Performáticos, Performance e Sociedade, Universidade e Brasilia.A Formação do artista performático. 1995. (Seminário).

Projeto Caos Cubo Futurismo - Mostra de arte russa - Vanguardas artisticas dos anos 10 e 20.Cinema e montagem - A construção do imaginário: Einstein (A forma e o êxtase). 1995. (Outra).

Seminário: Tempo, Trabalho e Movimento, CESTEH - Centro de Estudos de Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana.Das loucuras à estrutura: as temporalidades nas clínicas. 1995. (Seminário).

VIII Encontro Reich: O corpo do cidadão urbano.Apresentação do filme "Dizem que sou louco". 1995. (Encontro).

V Semana de Psicologia da Universidade São Judas Tadeu.Loucura e miséria. 1995. (Simpósio).

XXV Encontro Internacional Anual: A identificação.Multiplas identidades: o urbano e a questão da identificação / Filme "dizem que sou louco". 1995. (Encontro).

Colóquio Internacional sobre "O Estrageiro".Colóquio Internacional sobre O Estrageiro. 1994. (Outra).

Diversidade humana - Desafio planetário.Multiplicidades internas e externas: uma questão no cotidiano da cidade. 1994. (Encontro).

Encontro Internacional Diversidade Humana Desafio Planetário.Encontro Internacional Diversidade Humana Desafio Planetário. 1994. (Encontro).

I Congresso Interno Instituto Sedes Sapientiae. I Congresso Interno. 1994. (Congresso).

Imagem e Violência - Fórum Internacional SENAC de Comunicação gráfica.Imagem e Violência e a natureza humana. 1994. (Outra).

I Seminário de Psicologia Clínica - Institucional "Imaginários Urbanos: tempo/espaço/loucura.Exibição do filme: Dizem que sou louco seguido de debate e vídeos sobre intervenção com loucos de rua. 1994. (Seminário).

Loucura banida do sotão: Malditos à borda do desejo a bordo.Convivendo com a loucura (doença ou estilo?) na rua, na casa, no asilo, no hospital-dia. 1994. (Outra).

Saúde, Beleza e Mulher idosa.O hábito faz o monge ou o monge faz o hábito. 1994. (Seminário).

VII Encontro Paranaense de Psicologia.1. Arte e Psicanálise / 2. Identidade e Narcisismo no Mundo contemporâneo / 3. O corpo na Psicanalise. 1994. (Encontro).

A revolução copernicana inacabada.A revolução copernicana inacabada. 1993. (Seminário).

Jean Laplanche em São Paulo. 1993. (Encontro).

Loucura no sótão - Centro de estudos Dr. Noemio Weniger.Debate: Convivendo com a loucura (doença ou estilo) na rua, na casa, no asilo, no hospital-dia. 1993. (Outra).

O império do sentido - falando de Psicanálise ou Religião. A cura psicanalítica: A experiência mítica e mística na passagem do sagrado ao trágico. 1993. (Congresso).

Seminário Psicanálise e Linguagem: Revisitando Sausurre - 80 anos depois.Psicanálise e linguagem: sobre esta articulação. 1993. (Seminário).

Teoria das Pulsões.Teoria das Pulsões. 1993. (Simpósio).

Transcrição e tradução: uma teoria do recalcamento.Transcrição e tradução: uma teoria do recalcamento. 1993. (Seminário).

XVI Encontro de Psicologia - Psicologia na atualidade: lugares e fronteiras.Loucos de rua. 1993. (Encontro).

60 anos de Psicanálise na Bahia - Os precursores.Painel: Cultura e psicanálise. 1992. (Outra).

Identidade masculina - seminários promovidos pela Associação Brasileira de Pesquisa sobre o comportamento masculino.A revolução masculina. 1992. (Seminário).

Simpósio Idoso, Corpo e Movimento.O mito contemporâneo do corpo jovem, a qualquer preço. 1992. (Simpósio).

II Congresso Nacional da ABPA. mesa redonda: Questões de uma nova estética. 1991. (Congresso).

Shakespeare em tempo...."A personagem". 1991. (Outra).

Seminário - O momento da significação - PUC do Paraná.Em busca do inomeável - a questão da linguagem na psicanálise. 1990. (Seminário).

Simpósio Arte e Loucura - Museu de Arte Contemporânea da USP.As linguagens das Artes no Processo Terapêutico. 1990. (Simpósio).

VIII Congresso do Circulo Brasileiro de Psicanálise e I Fórum Brasileiro de Psicanálise. Psicanálise e sua intertextualidade. 1990. (Congresso).

XV Encontro de Psicologia de Assis.mesa redonda: Psicanálise e Filosofia / conferência: Subjetividade e Arte. 1990. (Encontro).

1o. Encontro Paulista de Acompanhantes Terapêuticos - A Casa Hospital Dia.O acompanhante terapêutico e a clínica: a função do acompanhante no tratamento. 1989. (Encontro).

Colóquio Franco-Brasileiro de Psicanálise - Os Efeitos da Psicanálise: adaptação, mudança ou pior.Le féminin: éthique du désir au Brésil. 1989. (Encontro).

Conferências sobre A Transmissão da Psicanálise, Sexualidade feminina, Transferência.Conferências sobre A Transmissão da Psicanálise, Sexualidade feminina, Transferência - com Gerard Pommier e Catherine Millot. 1989. (Outra).

Freud - História, Teoria e Prática (por ocasião dos 50 anos da morte de Freud).Mesa: História da formação Psicanalítica em São Paulo. 1989. (Outra).

Psicologia Masculina, encontros mensais com Contardo Calligaris. 1989. (Seminário).

Simpósio Internacional "Mitos: universales, americanos y contemporáneos"."La sesión psicoanalítica: mito o cuento?". 1989. (Simpósio).

Simpósio Nacional sobre INVEJA, CIÚME, AMOR e ÓDIO.Painel III - Ódio. 1989. (Simpósio).

Transferência entre significanete e objeto.Transferência entre significanete e objeto. 1989. (Seminário).

2a. Semana de Psicanálise dos alunos da PsicoPUC-SP.Freud e a interpretação - "Interpretação e/ou Construção?". 1988. (Outra).

Conference: Psychanalyse d'Amerique latine.Psychanalyse d'Amerique latine. 1988. (Outra).

Encontro Estadual de Psicólogos - RS.Reprodução e Criação: o que se aprende e o que se ensina. 1988. (Encontro).

Encontro Estadual de Psicólogos - RS - A instituição Psicologia: o Real e o Possível.A Formação clínica: a experiência do Sedes Sapientiae. 1988. (Encontro).

Eros e Thanatos, na Pinacoteca do Estado. mesa de debate: Eros e Thanatos. 1988. (Exposição).

Evento: Olhar Selvagem.Palestra: Surrealismo e Psicanálise: de Charcot a Lacan. 1988. (Outra).

I Congresso de Psicologia do CRP 06 - psicologia Imagens Ações. debate: Terapias e análises: onde situar o psicólogo. 1988. (Congresso).

Semana de Psicologia da USP - Tradição e Ruptura em Psicologia.debate: Indivíduo / Corpo / Sujeito. 1988. (Outra).

Simpósio sobre Ansiedade.Tratamento da ansiedade patológica - "Psychoanalytic Approach". 1988. (Simpósio).

A questão da fala e da linguagem na psicanálise.A questão da fala e da linguagem na psicanálise. 1987. (Seminário).

Jornadas Freudianas.Jornadas Freudianas. 1986. (Outra).

Reunião Geral do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da FMUSP. pauta: Seminário de Psicoterapia: Psicanálise e linguagem poética. 1986. (Exposição).

II Congresso Brasileiro de Semiótica. II Congresso Brasileiro de Semiótica. 1985. (Congresso).

I Encontro Luso-Brasileiro de Semiótica.I Encontro Luso-Brasileiro de Semiótica. 1984. (Encontro).

Semana da Psicologia da FMU.Semana da Psicologia. 1984. (Outra).

XIV Festival de Inverno de Campos do Jordão.Oficina Desenvolvimento emocional da criança (monitoria). 1983. (Outra).

IX Encontro de Psicologia de Assis - Psicologia, Crise e Transformação.Mesa redonda: Limites da Psicoterapia. 1982. (Encontro).

I Seminário de Semiótica e Arte.Mesa redonda: Semiótica e linguagem literária. 1981. (Seminário).

I Seminário de Semiótica e Arte.Semiótica e Psicologia. 1981. (Seminário).

Rencontre franco-latino-américaine. 1981. (Encontro).

V Encontro de Teatro para Infancia e Juventude.CONFERENCIA: O processo de criação e MESA REDONDA:Forma e conteúdo da dramaturgia infanto-juvenil. 1981. (Encontro).

As Perversões.Seminário teórico com Jurandir Freire Costa - As Perversões. 1980. (Seminário).

III Encontro de História e Filosofia da Ciência.Mesa: A questão da interpretação. 1980. (Encontro).

Palestra Andrea Bonomi: O universo dos discursos: literatura, imaginação e realidade. 1980. (Encontro).

Teoria dos Lugares na psicanálise.Seminário teórico sobre Teoria dos Lugares na psicanálise. 1980. (Seminário).

X Reunião Anual de Psicologia.Simpósio: Psicologia alternativa no Brasil. 1980. (Simpósio).

1o. Colóquio de Semiótica.A práxis da semiótica ou a semiótica da práxis. 1978. (Simpósio).

1o. Simpósio Internacional de Psicanálise Grupos e Instituições. 1978. (Simpósio).

I Congresso Latino-Americano de Psicanálise e Psicologia dos Grupos e Instituições. 1978. (Congresso).

I Congresso Paulista de Psicoterapia Interpretativa - Linguagem e Doença Mental. A estória da história. 1978. (Congresso).

28a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.Usos e abusos do conceito de símbolo em Psicologia. 1976. (Outra).

Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Sociedade Brasileira para o Progresso da CiênciaSBPC. 1976. (Congresso).

XIV Congresso Interamericano de Psicologia. 1973. (Congresso).

1o. Congresso Brasileiro de Psicopatologia infanto-juvenil,. 1972. (Congresso).

Segundo Congresso de Psicopatologia infanto-juvenil. Segundo Congresso de Psicopatologia infanto-juvenil. 1972. (Congresso).

Congresso Internacional de Psicodrama e Comunidade Terapêutica em São Paulo. Congresso Internacional de Psicodrama e Comunidade Terapêutica em São Paulo. 1970. (Congresso).

Semana de Estudos de Psicologia CEPSI, CEPPSS e AUEP. 1970. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Luciana Macedo Donadeli

Romera, M. L. C; SILVA, L. C. A.;CHNAIDERMAN, M.. O feminino da escrita de Clarice Lispector: a via crucis do corpo. 2017. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Uberlândia.

Aluno: Daniel Polimeni Maireno

MEZAN, R.; FIGUEIREDO, L. C. M.;CHNAIDERMAN, M.. Assassinos em cena - um estudo sobre os fundamentos metapsicológicos da indústria cinematográfica dos assassinos em série. 2010. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Psicologia: Psicologia Clínica) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Paula Patrícia Serra Nabas Francischetti

CHNAIDERMAN, M.; Peter Pal Pelbart; Arthur Matuck. Ana Mendieta: atravessamentos em um coração desprotegido. 2009. Dissertação (Mestrado em Estética e História da Arte) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Iso Alberto Ghertman

CHNAIDERMAN, M.; Nelson Ernesto Coelho; Ana Maria Lofredo. Aproximações a uma metapsicologia freudiana da escuta: ressonâncias a partir do campo do acompanhamento terapêutico. 2009. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Psicol. Escolar e Desenv. Humano) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Karin Dormien Mellone

GARCIA, Clóvis; PUPO, M. L. S. B; SILVA, J. L. M.; VIANA, F. R. P.;CHNAIDERMAN, M.. Tatiana Belinky: a história de uma contadora de estórias. 2006. Dissertação (Mestrado em Artes) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Ada Morgenstern

CHNAIDERMAN, M.. Perseu e Medusa - uma experiência de captura estética. 2006 - Universidade de São Paulo.

Aluno: Adriano Carvalho Araújo e Sousa

CHNAIDERMAN, M.. Devir-deserto no São Jerônimo de Julio Bressane: Poética tradutória e cartologia da cultura. 2005 - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Erasmo Costa Andrade

CHNAIDERMAN, M.. Tapete de memória: abstração da linguagem artística. 2005 - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Janaina Bechler

CHNAIDERMAN, M.. Labirintos: os mapas invisíveis da cidade. 2004. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social e Institucional) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Maria Flávia Fernandes

CHNAIDERMAN, M.. Intervenções na paisagem: Do olhar ao tocar. 2004. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Maria de Lourdes Caleiro Costa

CHNAIDERMAN, M.. Formas de expressão barrocas e a obra de Paim Vieira. 2004 - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Luciana Pérez de Campos Pires

CHNAIDERMAN, M.. Inacessibilidade e ecolalia: reflexões a partir da clínica com crianças autistas. 2003. Dissertação (Mestrado em Psicologia Experimental) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Fernanda Cristina Ocariz

CHNAIDERMAN, M.. O sintoma e a clínica psicanalítica: o curável e o que não cura. 2002 - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Maria Lígia Ferreira Verdi

CHNAIDERMAN, M.. O butô de Kazulo Ono. 2000. Dissertação (Mestrado em Artes) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Carmen Backes

CHNAIDERMAN, M.. O que é ser Brasileiro?. 2000. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social e Institucional) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Terezinha Bezera de Menezes

CHNAIDERMAN, M.. A presença de uma nova subjetividade no drama moderno a partir da obra de Ibsen. 2000. Dissertação (Mestrado em Artes) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Eliane Ghermann Kogut

CHNAIDERMAN, M.. Perversão em Cena - o cinema no Ensino da Psicanálise. 2000. Dissertação (Mestrado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Maria Flávia Ferreira Goldfeder

CHNAIDERMAN, M.. As relações esquecidas - um estudo psicanalítico sobre a distinção necessária entre abuso sexual e incesto. 2000. Dissertação (Mestrado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Yanina Otsuka Stasevskas

CHNAIDERMAN, M.. Contar Histórias no Hd Butantã - a Roda de Histórias, a Circulação de Sentidos e o Efeito da Palavra. 1999. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Semiótica) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Luciana Gomes Júlio Balbo

CHNAIDERMAN, M.. O chiste e sua relação com o ato analítico. 1999. Dissertação (Mestrado em Saúde Mental) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Rosa Maria Blanca Cedillo

CHNAIDERMAN, M.. A crise da Identidade Nacional no Território Mediano. 1999. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Elida Tesseler

CHNAIDERMAN, M.. Percursos Cotidianos, um ensaio fotográfico. 1999. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Suzi Teresa da Silva

CHNAIDERMAN, M.. O psicólogo na televisão. 1999. Dissertação (Mestrado em Psicologia escolar e do desenvolvimento humano) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Noemi Moritz Kon

CHNAIDERMAN, M.. Freud: Reflexões entre psicanálise e arte. 1996. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Deborah Sereno

CHNAIDERMAN, M.. Acompanhamento Terapêutico de Pacientes Psicóticos: Uma clínica na Cidade. 1996. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Maria Luiza Machado Jatobá

CHNAIDERMAN, M.. Entre o Corpo e a Imagem: aspectos da subjetividade contemporânea no teatro de Sam Shepard. 1996. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Noemi Moritz Kon

CHNAIDERMAN, M.. Freud e seu duplo: Reflexões entre psicanálise e arte. 1996. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Luciana Pérez de Campos Pires

CHNAIDERMAN, M.; Nelson Ernesto Coelho; FIGUEIREDO, L. C. M.. O jogo analítico: questões técnicas na clínica com crianças. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia Experiment) - Universidade de São Paulo.

Aluno: João Rodrigo Oliveira e Silva

CHNAIDERMAN, M.. "Peer Gynt: encontros e diálogos com a Psicanálise". 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Maria de Fátima Vicente

KOLTAI, C.; PACHECO FILHO, R. A.; CARVALHO, E. A.; GOLDENBERG, R. D.;CHNAIDERMAN, M.. À flor da pele/à flor da terra - o sintoma social MPB. 2010. Tese (Doutorado em curso de pós-graduação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Adriano Carvalho Araújo e Sousa

CHNAIDERMAN, M.. O cinema de Júlio Bressane: transcrição e imagens da cultura. 2010 - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Lúcia Regina Vieira Romano

CHNAIDERMAN, M.; Guinsburg, Jacó; Puppo, Maria Lucia; Miranda, Maria Brígida; Palottini, Renata. De quem é esse corpo? A performatividade do feminino no teatro contemporâneo. 2009. Tese (Doutorado em Artes Cenicas) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Maria Noemi de Araujo

CHNAIDERMAN, M.. Uso, apropriação e experiencia do espaço da creche: experiência paulista dos anos 80. 2008. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Educação - UFSCar) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Daniele John

CHNAIDERMAN, M.. A ressignificação da história de vida: temporalidade e narrativa no percurso da análise. 2006 - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Eduardo Ponciano Aragon

CHNAIDERMAN, M.. O Impensável na Clínica. 2005. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Felipe Lessa Da Fonseca

CHNAIDERMAN, M.. Reflexões ético-estéticas do masoquismo - os estilos no gozo e a vergonha incosnciente. 2004 - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Abrahão de Oliveira Santos

CHNAIDERMAN, M.. Acerte o seu pelo nosso... - participação, vida e morte na experiência da psicose. 2003. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Sylvana Hemsi

CHNAIDERMAN, M.. Identidade judaica: significados e pertinencia. Um estudo sobre jovens judeus liberais. 2003. Tese (Doutorado em Pós-graduação da Faculdade de Filosofia, Letras e) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Ana Maria Martins Lino Rocha

CHNAIDERMAN, M.. Entre vasos de cristal - o corpo feminino na clínica social da psicanálise. 2003 - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Sergio Zlotnic

CHNAIDERMAN, M.. Um estudo sobre a técnica na psicanálise: contribuições à metapsicologia da atenção flutuante. 2002. Tese (Doutorado em Psicologia Social) - Universidade de São Paulo.

Aluno: EDSON OLIVARI DE CASTRO

CHNAIDERMAN, M.. Música e Variações Subjetivas. 2002. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Gabriela Coelho Rabelo Amadeu

CHNAIDERMAN, M.. Mário de Andrade e o valor do passado. 2002. Tese (Doutorado em Pós-Graduação ECA) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Stefania Marzano

CHNAIDERMAN, M.. Teatroterapia e apropriação da vida. 2002 - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Thereza Nassar

CHNAIDERMAN, M.. O mazoquismo feminino. 2001. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Enrique Isaac

CHNAIDERMAN, M.. Franz Kaka: um judaísmo na ponte do impossível. 2001. Tese (Doutorado em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaica) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Mara Selaibe

CHNAIDERMAN, M.. Transpassagens: um estudo diferencial entre sentido e significação na clínica psicanálitica. 2001. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Adela Stoppel de Gueller

CHNAIDERMAN, M.. Sobre a (a)temporalidade: os paradoxos do tempo no pensamento freudiano e sua incidência nos processos de constituição psíquica. 2001. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Noemi Moritz Kon

CHNAIDERMAN, M.. A viagem: da literatura à psicanálise. 2001 - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Elisa Maria de Ulhôa Cintra

CHNAIDERMAN, M.. Pulsão de Morte e Narcisismo Absoluto: Estudo psicanalítico da depressão. 2000. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Ludmila de Lima Brandão

CHNAIDERMAN, M.. A casa subjetiva - matérias, afetos e espaços domésticos. 1999. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Cristina Mair Barros Rauter

CHNAIDERMAN, M.. Clínica do Esquecimento: Construção de uma superfície. 1998. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Isildinha Baptista Nogueira

CHNAIDERMAN, M.. Significações do Corpo Negro. 1998. Tese (Doutorado em Psicologia Clínica) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Juan Guillermo D

CHNAIDERMAN, M.. Droguett. Método Onírico - Crítico de Interpretação Psicanalítica - o sonho de Freud e a palavra de Lacan. 1998. Tese (Doutorado em Comunicação e Semiótica) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Mauro Pergaminik Meiches

CHNAIDERMAN, M.. A travessia do trágico em análise. 1998 - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Sandra Dias

CHNAIDERMAN, M.. Paixões do Ser: Uma Captura Monstruosa. 1995. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Social)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Maria Inês Reinhofer Ferreira França

CHNAIDERMAN, M.. A Estética e a Ética do Desejo. 1995. Tese (Doutorado em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Aluno: Francisco Elinaldo Teixeira

CHNAIDERMAN, M.. O cineasta celerado - A arte de se ver fora de si no cinema poético de Júlio Bressane. 1995. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Ana Maria Raddi Uchoa

CHNAIDERMAN, M.. A função constitutiva da repressão (verdrangung) nos processos de conhecer: formulação e investigação de uma hipótese. 1995 - Universidade de São Paulo.

Aluno: Adriano Carvalho Araujo e Souza

FERREIRA, J. P.; COSTA, R.;CHNAIDERMAN, M.. Sistemas de signos no cinema de Julio Bressane: transcrição e imagens da cultura. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Estudos Pós-Graduados Com. e Semiótica) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Sérgio Szlotnick

CHNAIDERMAN, M.. O trauma atual na clínica psicanalítica. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia Clínica) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Stefania Marzana

CHNAIDERMAN, M.. A teatroterapia como gnose e apropriação da vida. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia Clínica) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Abrahão de Oliveira Santos

CHNAIDERMAN, M.. Acerte o seu pelo nosso, experiência de usuários do serviço de saúde mental numa oficina de rádio. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia (Psicologia Clínica)) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Aluno: Sandro José Cajá da Paixão

CHNAIDERMAN, M.. Arte nas periferias de São Paulo: um estudo transdisciplinar sobre produção, expressão, memória, identidade, tecnologias e linguagens. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Programa Interunidades em Estética e Historia da Arte - PGEHA) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Daniel Polimeni Maireno

MEZAN, R.; FIGUEIREDO, L. C. M.;CHNAIDERMAN, M.. O Filme de Terror: Metapsicologia da Apreciação. 2010.

Aluno: Ada Morgenstern

CHNAIDERMAN, M.. "Perseu e Medusa" - Uma experiência de captura estética. 2005. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia Social) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Cristiane Bach

CHNAIDERMAN, M.. Do olhar petrificador de medusa ao espelho suficientemente bom: as facetas da função especular nas relações intersubjetivas em um CAPS. 2005. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia Clínica) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Luciana Pérez de Campos Pires

CHNAIDERMAN, M.. Reflexões sobre a Comunicação no trabalho clínico com crianças autistas e com sérios comprometimentos simbólicos. 2002. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia Experimental) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Suzi Teresa da Silva

CHNAIDERMAN, M.. O psicólogo na Televisão: Uma análise da participação de psicólogos no "Programa Silvia Poppovic". 1999. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Aluno: Marilucia Melo Meireles de Alencar

CHNAIDERMAN, M.. A crise na clínica psicanalítica: não há pacientes como os de antigamente. 1998. Exame de qualificação (Mestrando em Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

CHNAIDERMAN, M.. Participante da Comissão Julgadora do Concurso Público de Provas e Títulos para Admissão de Docentes do Departamento de PSICOLOGIA na área de PSICOLOGIA CLÍNICA da Universidade Federal de Uberlância - MG como Professora Examinadora. 1996. Universidade Federal de Uberlândia.

CHNAIDERMAN, M.. Jurada na 56a. edição do Prêmio Jabuti 2014. 2014. Câmara Brasileira do Livro.

CHNAIDERMAN, M.. Jurada no VI Prêmio Arthur Bispo do Rosário, categoria: Vídeos. 2011. Conselho Regional de Psicologia SP.

CHNAIDERMAN, M.. XV Prêmio Ana Maria Poppovic como parecerista para o melhor TCC de 2008. 2009. Fundação Aniela e Tadeusz Ginsberg.

CHNAIDERMAN, M.. VIII Prêmio Ana Maria Poppovic, Melhor TCC de 2001 no curso de Psicologia da PUC/SP. 2002. Fundação Aniela e Tadeusz Ginsberg.

CHNAIDERMAN, MIRIAM. Jurada no Prêmio Coca-Cola no Teatro. 1999.

CHNAIDERMAN, M.. Jurada do Prêmio Jabuti 97 na categoria 10 - Melhor tradução. 1997.

CHNAIDERMAN, M.. Prêmio Multicultural Estadão, participação no colégio eleitoral. 1997.

CHNAIDERMAN, M.. Jurada do Prêmio Jabuti 96 na categoria 10 - Melhor tradução. 1996. Câmara Brasileira do Livro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Jacó Guinsburg

GUINSBURG, Jacó. A Questão do Simbólico em Stanislávski: uma COntribuição Psicanalítica. 1993. Tese (Doutorado em Artes Cênicas) - Universidade de São Paulo.

Silvana García

GARCIA, S.; Fátima Saadi. O corpo do discurso e o discurso do corpo: Stanislavski e Freud. 1994. Tese (Doutorado em Artes Cênicas) - Escola de Comunicações e Artes/USP.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CHNAIDERMAN, M. . Com qual sexo se faz sexo se somos mil sexos. Psicanálise - revista da Sociedade Brasileira de Psicanálise de Porto Alegre , v. 19, p. 78-86, 2017.

  • CHNAIDERMAN, M. ; SAPOZNIK, A. ; Bento, S. ; Janovitch, P. ; Sigulen, L. ; Robles, P. . Sensações esparsas: a experiência do Cambridge ou uma psicanálise nômade. Psicanálise Revista da Sociedade Brasileira de Psicanálise de Porto Alegre , v. 19, p. 211-220, 2017.

  • VOLICH, R.M. ; FRAYZE-PEREIRA, J. ; TABACOF, D. ; LIMA, L.T.O. ; CHNAIDERMAN, MIRIAM . Sexualidiades em cena e/ou sexualidades encenadas: o sexual. Revista Brasileira de Psicanálise , v. 50, p. 65-77, 2016.

  • CHNAIDERMAN, MIRIAM . Buscando baobás na aridez do asfalto: Instaurando origens. Revista Eletrônica de Educação (São Carlos) , v. 9, p. 537-566, 2015.

  • CHNAIDERMAN, M. . Até tu, Pontalis?. Revista Percurso (Online) , v. 54, p. 1, 2015.

  • CHNAIDERMAN, M. . Tentando nomear o irrepresentável: marcas de uma história. Percurso (São Paulo) , v. 52, p. ?, 2014.

  • CHNAIDERMAN, M. . Lutando por nossas reservas florestais: a clínica psicanalítica - Resenha do livro de Sílvia Leonor Alonso, O tempo, a escuta, o feminino: reflexões, São Paulo, Casa do Psicólogo, 2011. Percurso (São Paulo) , v. 46, p. ?, 2011.

  • CHNAIDERMAN, M. . Enfrentando paradoxos na construção freudiana. Percurso (São Paulo) , v. 45, p. ?, 2010.

  • CHNAIDERMAN, M. ; ALONSO, S. L. . Uma experiencia instituinte, nosso depoimento. Percurso (São Paulo) , v. 45, p. ?, 2010.

  • CHNAIDERMAN, M. . O Brasil das crianças sem lugar no mundo: o início da construção do documentário 'Procura-se Janaína'. Correio da APPOA , v. 170, p. 21-29, 2008.

  • CHNAIDERMAN, M. . Psicanálise: 4+2 maneiras de manter uma herança viva. Percurso (São Paulo) , v. 37, p. 89-97, 2006.

  • CHNAIDERMAN, M. . Diversidades na Sociedade Contemporânea: a história do vídeo 'Isso, Aquilo e Aquilo Outro'. BIS. Boletim do Instituto de Saúde (Impresso) , v. 39, p. 14-15, 2006.

  • CHNAIDERMAN, M. . Psicanálise: sexualidade infantil. Percurso (São Paulo) , v. 36, p. 121-124, 2006.

  • CHNAIDERMAN, M. . Narrativa e imagem: movimentos do desejo. Percurso (São Paulo) , v. 35, p. 49-54, 2005.

  • CHNAIDERMAN, M. . Caminhos de mim. Percurso (São Paulo) , v. 35, p. 55-58, 2005.

  • CHNAIDERMAN, M. . Brasil Perverso / Brasil Melancólico / Brasil Histérico - E daí?. Textura (São Paulo) , v. 4, p. 34-38, 2004.

  • CHNAIDERMAN, M. . Jabor e a psicanálise: dez anos de Brasil. Percurso (São Paulo) , v. 30, p. 43-52, 2003.

  • CHNAIDERMAN, MIRIAM . Esfarelando tempos não ensimesmados. Ágora ( PPGTP/UFRJ) , v. 6, p. 235-250, 2003.

  • CHNAIDERMAN, M. . Em direção a uma teoria do conhecimento afetiva. Psychê (São Paulo. Impresso) , v. 12, p. 181-183, 2003.

  • CHNAIDERMAN, M. . Cintilações múltiplas: fendas para mundos possíveis. Percurso (São Paulo) , v. 25, p. 17-22, 2000.

  • CHNAIDERMAN, M. . A vertigem do tempo - um pensamento radical. Psicanálise e Universidade , v. 11, p. 153-159, 1999.

  • CHNAIDERMAN, M. . Existe uma psicanálise brasileira?. Percurso (São Paulo) , v. 20, p. 19-28, 1998.

  • CHNAIDERMAN, M. . Conchas protetoras: encontros fecundos em íngremes brasis de cada um. Percurso (São Paulo) , v. 21, p. 70-77, 1998.

  • CHNAIDERMAN, M. . O cinema falado: A fala filmada. FACE - Revista de Semiótica e Comunicação , v. 1, p. 83-85, 1998.

  • CHNAIDERMAN, M. . Entrevistando Radmila Zygouris: Uma geografia peculiar. Percurso (São Paulo) , v. 16, p. 98-109, 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. ; HALLACK, R. . Étranges Urbanités. Che vuoi Revue de Psychanalyse , v. 5, p. 39-47, 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Resenha: Borges: a realidade da construção. Ide (São Paulo) , v. 29, p. 121-122, 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Um lacaniano mais realista que o rei. Pulsional. Revista de Psicanálise (São Paulo) , v. 87, p. 75-77, 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Discussão. Psicanálise e Universidade , v. 3, p. 25-27, 1995.

  • CHNAIDERMAN, M. . A questão da morte no mundo contemporâneo: teatro, fotografia e psicanálise. Percurso (São Paulo) , v. 15, p. 89-93, 1995.

  • CHNAIDERMAN, M. . Entrevistando Isaias Melsohn: O mítico, o estético e a psicanálise. Percurso (São Paulo) , v. 15, p. 104-115, 1995.

  • CHNAIDERMAN, M. . O processo psicanalitico: a experiência mística e mítica na passagem do sagrado ao trágico. Percurso (São Paulo) , v. 11, p. 19-24, 1993.

  • CHNAIDERMAN, M. . Explosões de desejos - Siderando o Desidério, ou de volta ao movimento dos astros. Percurso (São Paulo) , v. 8, p. 31-38, 1992.

  • CHNAIDERMAN, M. . Resenha: Filosofia da Psicanálise, Bento Prado Jr., Roberto Monzani e Osmar Faria Gabbi Jr.. Ide (São Paulo) , v. 22, p. 144-147, 1992.

  • CHNAIDERMAN, M. . A noção de alteridades e a reinvenção da democracia. Pulsional. Revista de Psicanálise (São Paulo) , v. 43, p. 30-32, 1992.

  • CHNAIDERMAN, M. . Lei, estado e desejo. Percurso (São Paulo) , v. 3, p. 36-37, 1989.

  • CHNAIDERMAN, M. . Homenagem a Hélio Pellegrino. Percurso (São Paulo) , v. 2, p. 7-9, 1989.

  • CHNAIDERMAN, M. . Narrativa e imagem: movimento do desejo. Percurso (São Paulo) , v. 1, p. 25-30, 1988.

  • Lewisky, R. B. ; WEISSMANN, L. ; Lima, C. B. ; Paiva, M. L. S.C. ; Agostinho, M. L. ; CHNAIDERMAN, M. . Novas Fronteiras da Clínica Psicanalítica de Casal e Família. 1. ed. São Paulo: Escuta, 2016. v. 1. 173p .

  • CHNAIDERMAN, M. . Novos avanços em Psicoterapia Psicanalítica. 1. ed. São Paulo: Zagodoni Editora, 2016. v. 1. 180p .

  • CHNAIDERMAN, M. ; FIGUEIREDO, L. C. M. ; SOUZA, O. ; Savietto, B.B. ; ROUSSILLON, R. ; Costa, J. F. ; Nafah, A ; Ribeiro, P. C. ; CELES, L. A. . Elasticidade e Limite na clínica Contemporânea. 1. ed. São Paulo: Escuta, 2013. v. 1. 340p .

  • SIGNORINI, S. ; Rajagopalan, K. ; Penna, M. ; Penna, T.M ; Orlanddi, E. P. ; CHNAIDERMAN, M. . Língua(tem) e Identidade. 1. ed. Campinhas: Fapesp/ FAEP/Unicamp/ Mercado das Letras, 1998. v. 1. 384p .

  • CHNAIDERMAN, M. . Ensaios de psicanálise e semiótica. 1. ed. Escuta, 1989. v. 1. 180p .

  • CHNAIDERMAN, M. . O hiato convexo. 1. ed. Editora Brasiliense, 1989. v. 1. 153p .

  • SILVA, J. L. M. ; CHNAIDERMAN, M. ; Munanga, Kabengelê ; Nogueira, I. B ; Gonçalves Filho, J. M. ; Rosemberg, F. ; Schwacz, L. M. ; Vannucchi, M. B. C . Buscando Baobás na Aridez do Asfalto: Instaurando Origens. In: Kon, Noemi Moritz; Silva, Maria Lúcia da; Abud, Cristiane Curi. (Org.). O racismo e o negro no Brasil. 1ed.São Paulo: Perspectiva, 2017, v. 1, p. 181-196.

  • CHNAIDERMAN, M. ; França, C. P. . Prefácio - A vida e nossa escuta: as sexualidades e os avatares de uma psicanalista. In: Cassandra Pereira França. (Org.). Nem sapo, nem princesa. 1ed.São Paulo: Blucher, 2017, v. 1, p. 13-20.

  • RIBEIRO, A. M. ; KEHL, M. R. ; KOLTAI, C. ; Costa, A. ; Seligman, M. ; Garcia, C. ; Safatale, V. ; M., A. T. A. ; Rouanet, P. S. ; CHNAIDERMAN, M. . Uma escuta-olhar: a experiência do cinema. In: Rivera, T; Celes, L. A. ; Sousa, E. L. A. (Org.). Psicanálise: um percurso no cinema. 1ed.Rio de Janeiro: FNARTE, 2017, v. 1, p. 299-3029.

  • Ferraz, Flávio C. ; KOLTAI, C. ; Dines, Alberto ; Caffé , M. ; KEHL, M. R. ; Frochtengarten, J. ; ENDO, P. ; CHNAIDERMAN, MIRIAM . Breve Relato sobre a mesa "Verdade e Farsa". In: Arantes, Maria Auxiliadora de Almeida Cunha; Ferraz, Flávio Carvalho. (Org.). Ditadura civil-militar no Brasil O que a psicanálise tem a dizer. 1ed.Sao Paulo: Escuta / Sedes Sapientiae, 2016, v. 1, p. 59-62.

  • CHNAIDERMAN, M. ; ALONSO, S. L. ; ARMENIO, E. ; FRANCISCHETTI, P. P. S. N. ; COMBERG, R. U. ; BREYTON, D. M. ; MELO, V. M. . Sexualidade em cena e/ou sexualidades encenadas: o sexual. In: Alonso, S. L; Breyton, D. M.; Albuquerque, H. M. F. M. ; Cartocci, L. (Org.). Corpos, Sexualidades, diversidade. 1ed.São Paulo: Sedes/ Escuta, 2016, v. 1, p. 43-65.

  • CHNAIDERMAN, MIRIAM ; Goldfarb. D.C ; PEIXEIRO, M. H. ; Blum, R. ; Barbieri, N. A. ; Rebello, L. ; Porto, M. . O mito do corpo jovem a qualquer preço. In: Natália Alves Barbieri; Carolina Guimarães Batista. (Org.). Travessias do tempo. 1ed.São Paulo: Casa do Psicólogo, 2013, v. 1, p. 41-50.

  • FUKS, M. ; ALONSO, S. L. ; GURFINKEL, D. ; CHNAIDERMAN, M. . O cavaleiro medieval e a uligem da cidade grande: ainda posso sonhar. In: Ferraz, Flavio Carvalho; Fuks, Lucia Barbero; Alonso, Silvia Leonor. (Org.). Psicanálise em trabalho. 1ed.Sã Paulo: Editora Escuta Ltda, 2012, v. 1, p. 41-56.

  • IVAN, F. ; HANSEN, J. ; CHNAIDERMAN, M. . Barrocolúdio: transluciferação hardiana da devoração lacaniana. In: Francisco Ivan; Samule Lima. (Org.). Colóquio Barroco III. 1ed.Natal: Editora da UFRN, 2012, v. III, p. 413-433.

  • CHNAIDERMAN, M. . O filme "Eros": a mulher lacaniana, a mulher freudiana e a mulher mulher. In: Silvia Leonor Alonso; Danielle Melanie Breyton; Helena M. F. M. albuquerque. (Org.). Interlocuções sobre o feminino na clínica, na teoria na cultura. 1ed.São Paulo: Escuta, 2008, v. 1, p. 112-130.

  • Barbosa, A. M. ; CARVALHO, E. A. ; Beiguelman, G. ; Bambozzi, L. ; CHNAIDERMAN, M. . Escrituras Urbanas. In: Ana Mae Barbosa; Lilian Amaral. (Org.). Interterritorialidades mídias, contextos e educação. 1ed.São Paulo: Ed. SENAC, 2008, v. , p. 113-133.

  • ALONSO, S. L. ; RIBEIRO, A. M. ; Ferraz, Flávio C. ; CROMBERG, R. U. ; SAPOZNIK, A. ; Armenio, E ; CHNAIDERMAN, M. . O filme "Eros": a mulher lacaniana, a mulher freudiana, a mulher mulher. In: Alonso, S. L; Breyton, D. M.; Albuquerque, H. M. F. M. ;. (Org.). Interlocuções sobre o feminino na clínica, na teoria, na cultura. 1ed.São Paulo: Escuta/Sedes, 2008, v. 1, p. 122-128.

  • CHNAIDERMAN, M. . O Brasil é barroco, a psicanálise é barroca, logo barroquemos nos barracos e palácios de nosso dia a dia. In: Francisco Ivan da Silva. (Org.). Colóquio Barroco. 1ed.Natal: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2008, v. , p. 347-384.

  • CHNAIDERMAN, M. . Psicanálise e cultura. In: Denise de Oliveira Lima (org.), Emílio Rodrigué, Marialzira Perestrello, Miriam Chnaiderman, Octavio Souza, Syra Tahin Lopes. (Org.). 60 anos de Psicanálise - Dos precursores às perspectivas do final do século. 1ed.: Ágalma, 1993, v. 1, p. 55-66.

  • CHNAIDERMAN, M. . Túmulos possíveis. folha de São Paulo, Ilustríssima, p. 7 - 7, 10 jan. 2016.

  • CHNAIDERMAN, M. . Sexualidades em cena e/ou sexualidades encenadas: o sexual. Revista Brasileira de Psicanálise, São Paulo, p. 65 - 76, 01 jan. 2016.

  • CHNAIDERMAN, M. . João Gilberto abre o mundo de afetos com a voz. Folha de São Paulo, Ilustrada, p. Ilustrada E5 - E5, 19 dez. 2011.

  • CHNAIDERMAN, M. . Lutando por nossas reservas florestais: a clínica psicanalítica - Resenha do livro de Sílvia Leonor Alonso, O tempo, a escuta, o feminino: reflexões, São Paulo, Casa do Psicólogo, 2011. Revista Percurso, p. 165 - 168, 01 jun. 2011.

  • CHNAIDERMAN, M. . Loucura, a lucidez contemporânea. Folha de São Paulo, Equilibrio, São Paulo, 06 jul. 2010.

  • CHNAIDERMAN, M. . Uma imagem que dê conta do enigma humano. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. D6 - D6, 02 maio 2009.

  • Chnaiderman, Miriam ; CHNAIDERMAN, M. . Quando a rebeldia é totalmente necessária. Jornal O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. D3 - D3, 08 jan. 2009.

  • CHNAIDERMAN, M. . Da fé religiosa. Valor, Eu &, São Paulo, p. 10 - 11, 20 abr. 2006.

  • CHNAIDERMAN, M. . 'Um vídeo sobre o preconceito'. VINCULUM - NESME - Núcleo de Estudos em Saúde Mental e Psicanálise das Configurações vinculares, São Paulo, p. 2 - 2, 01 dez. 2005.

  • CHNAIDERMAN, M. . A comédia da vida. Caderno Aliás do Jornal O Estado de S. Paulo, Jornal O Estado de São Paulo, 29 set. 2005.

  • CHNAIDERMAN, M. . Ouvir a política. Folha de São Paulo, Mais!, 18 set. 2005.

  • CHNAIDERMAN, M. . Jogo, trauma e simbolização. O Estado de São Paulo, 27 dez. 2004.

  • CHNAIDERMAN, MIRIAM . L'or du cimetière São luiz. infos Brésil n. 197, p. 14 - 15, 15 dez. 2003.

  • CHNAIDERMAN, M. . Retratos de uma crueldade em estado bruto. O Estado de São Paulo/ Caderno 2, p. D6 - D6, 26 abr. 2003.

  • CHNAIDERMAN, M. . Rua: espaço de diversidade e criação. Folha de São Paulo, Opinião, são Paulo, 19 jan. 2003.

  • CHNAIDERMAN, M. . Modos de filmar o Brasil. Folha de sSão Paulo, Caderno Mais, Sao Paulo, p. 17 - 17, 17 set. 2000.

  • CHNAIDERMAN, M. . 'Buena Vista Social Club' resgata o sonho cubano. Folha de São Paulo, Acontece, 09 abr. 2000.

  • CHNAIDERMAN, M. . 3 questões sobre a psique. Folha de São Paulo, Mais!, p. 3 - 3, 09 jan. 2000.

  • CHNAIDERMAN, M. . Carnaval de um Brasil sem rosto. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 3 - 3, 19 fev. 1999.

  • CHNAIDERMAN, M. . 'A Maçã' é fonte de sonhos e de dias melhores. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 2 - 2, 31 jan. 1999.

  • CHNAIDERMAN, M. . O futebol é a vingança de um Brasil frustrado. Folha de São Paulo, Ilustrada, p. 5-12 - 5-12, 30 maio 1998.

  • CHNAIDERMAN, M. . O olhar estragngeiro. Folha de São Paulo, Mais!, p. 5-14 - 5-14, 17 maio 1998.

  • CHNAIDERMAN, M. . A favor do prazer. Folha de São Paulo, Mais!, p. 5-12 - 5-12, 08 fev. 1998.

  • CHNAIDERMAN, M. . Adultos, ingênuos, crêem no mito das imagens puras. Folha de São Paulo, Ilustrada, p. 4-1 - 4-1, 24 jan. 1998.

  • CHNAIDERMAN, M. . Corpo e alma, questão milenar. Folha de São Paulo, Opinião, p. 1-3 - 1-3, 22 jan. 1998.

  • CHNAIDERMAN, M. . Kiarostami questiona o destino do homem. Folha de São Paulo, Ilustrada, p. 4-22 - 4-22, 09 jan. 1998.

  • CHNAIDERMAN, M. . Encontro de papas e papais. Folha de São Paulo, Acontece, p. 2 - 2, 24 dez. 1997.

  • CHNAIDERMAN, M. . Fotogramas de 'Remanescências' cristalizam o tempo. Folha de São Paulo, Ilustrada, p. 4-10 - 4-10, 29 nov. 1997.

  • CHNAIDERMAN, M. . Poética errância: mundos possíveis. Suplemento literário de Minas Gerais, Belo Horizonte, , v. 29, p. 14 - 14, 01 set. 1997.

  • CHNAIDERMAN, M. . O teatro da criação - 'Uma pulsão espetacular' psicanalista a obra de José Celso Martinez. Folha de São Paulo, Mais!, p. 5-11 - 5-11, 31 ago. 1997.

  • CHNAIDERMAN, M. . Os misteriosos mundos do Dr. Oliver Sacks. Folha de São Paulo, Ilustrada, p. 4-8 - 4-8, 23 ago. 1997.

  • CHNAIDERMAN, M. . Buscando transformar o mundo. Jornal da USP, p. 18 - 18, 31 mar. 1997.

  • CHNAIDERMAN, M. . As mutações atrozes do erotismo. Folha de São Paulo, Mais!, p. 5-3 - 5-3, 02 fev. 1997.

  • CHNAIDERMAN, M. . A permanente diferenciação. Folha de São Paulo, Mais!, p. 5-10 - 5-10, 29 dez. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . a educação pela música. Nicolau, Paraná, p. 25 - 25, 01 nov. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . As teias psicanalíticas da palavra. Jornal da Tarde, São Paulo, p. 6 - 6, 19 out. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Suicídios traem Russo. Folha de São Paulo, Ilustrada, São Paulo, 19 out. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Corpo e alma: uma oposição metafísica. O Risco, publicação da Associação mineira de psiquiatria, Rio de Janeiro, p. 11 - 11, 01 set. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Entre a realidade e o sonho. Jornal da Tarde/ SP, Política, p. 10A - 10A, 03 jul. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Palavras em movimento nos poemas de Bonvicino. O Globo, Prosa e Verso, 29 jun. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Um lacaniano mais realista do que o rei. O Estado de São Paulo, Cultura, p. D9 - D9, 27 abr. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Obras completas de Freud em espanhol têm versão eletrônica. Folha de São Paulo, Informática, p. 5-3 - 5-3, 10 abr. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Os poderes ocultos do fálico Oscar. Folha de São Paulo, Mais!, p. 5-3 - 5-3, 31 mar. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . O mito do corpo jovem a qualquer preço. A terceira idade, Revista SESC, São paulo, p. 36 - 43, 01 mar. 1996.

  • CHNAIDERMAN, M. . Reflexões sobre o inconsciente literário. Folha de São Paulo, Mais!, p. 5-11 - 5-11, 05 nov. 1995.

  • CHNAIDERMAN, M. . Aquilo que escapa. Folha de São Paulo, Jornal de resenhas, 02 out. 1995.

  • CHNAIDERMAN, M. . Freud à brasileira. Folha de São Paulo, Mais!, 17 set. 1995.

  • CHNAIDERMAN, M. . Salve o lúdico. Jornal da Tarde/ SP, São Paulo, p. 3 - 3, 10 fev. 1995.

  • CHNAIDERMAN, M. . A psicanálise do cotidiano. Folha de São Paulo, Mais!, 29 jan. 1995.

  • CHNAIDERMAN, M. . Espelhos contemporâneos. Folha de São Paulo, caderno Mais, São Paulo, 21 ago. 1994.

  • CHNAIDERMAN, M. . Velocidade e tempo: imobilidade. o Estado de São Paulo, Espaço aberto, p. A2 - A2, 12 maio 1994.

  • CHNAIDERMAN, M. . Madonna: o sexo das criancinhas. Jornal da Tarde/ SP, 05 nov. 1993.

  • CHNAIDERMAN, M. . Michael é o nosso estranho outro. Folha de São Paulo, Mais, 17 out. 1993.

  • CHNAIDERMAN, M. . 'Tatuagens' lê signos de Regis Bonvicino. Folha de São Paulo, Acontece, 15 set. 1993.

  • CHNAIDERMAN, M. . Laplanche faz conferências em São Paulo. Folha de São Paulo, Ilustrada, p. 4-3 - 4-3, 20 ago. 1993.

  • CHNAIDERMAN, M. . A loucura e o trágico: os limites do amor. Jornal do Conselho Federal de Psicologia, Brasília, p. 5 - 5, 01 abr. 1993.

  • CHNAIDERMAN, M. . A questão da linguagem na Psicanálise: O inominável. Revista de Filosofia PUC Paraná, Curitiba - Parané, p. 71 - 78, 01 nov. 1992.

  • CHNAIDERMAN, M. . Collor: uma imagem explodindo. Linha Direta, São Paulo, p. 6 - 7, 11 set. 1992.

  • CHNAIDERMAN, M. . A imprevisibilidade do instante é esperança. Folha de São Paulo, Ilustrada, São Paulo, , v. Ilustrada, p. 4-8 - 4-8, 26 ago. 1992.

  • CHNAIDERMAN, M. . O vôo do anjo. Revista Caramelo, p. 45 - 47, 01 jan. 1992.

  • CHNAIDERMAN, M. . O lado simpático de Lacan. O Estado de São Paulo, Cultura, São Paulo, p. 2 - 2, 19 out. 1991.

  • CHNAIDERMAN, M. . Lacan oscila entre céu e inferno em três relatos sobre o psicanalista. Folha de São Paulo, Letras, São Paulo, p. 6 - 6, 17 ago. 1991.

  • CHNAIDERMAN, M. . Memória: melancolia ou transformação?. Jornal CRP-06, São Paulo, p. 7 - 7, 05 jun. 1991.

  • CHNAIDERMAN, M. . Sonhos - Filme tem ingenuidade de sonho infantil. Folha de São Paulo, Ilustrada, São Paulo, p. E-5 - E-5, 07 fev. 1991.

  • CHNAIDERMAN, M. . Psicanálise é vista como invenção de uma realidade. Folha de São Paulo, Letras, São Paulo, p. H-6 - H-6, 29 set. 1990.

  • CHNAIDERMAN, M. . Feminino e masculino se chocam em 'Big Loira'. Folha de São Paulo, Letras, São Paulo, p. F7 - F7, 11 ago. 1990.

  • CHNAIDERMAN, M. . Filme de Bigas Luna adapta conto de Hofmann. Folha de São Paulo, Ilustrada, São Paulo, p. E-7 - E-7, 20 jan. 1990.

  • CHNAIDERMAN, M. . Um novo sexo? (Bowe, Michael Jackson, Prince e Boy George?. Agenda de psicanálise, p. 31 - 34, 01 jan. 1990.

  • CHNAIDERMAN, M. . Meus muitos e tristes e alegres Brasis. Boletim do centro de estudos e Pesquisas em Psiquiatria, São Paulo, p. 35 - 41, 01 dez. 1989.

  • CHNAIDERMAN, M. . O mundo do fora é o ponto de chegada a nova idéia de loucura. Folha de São Paulo/ Letras, São Paulo, p. G-7 - G-7, 21 out. 1989.

  • CHNAIDERMAN, M. . Psicanalista francês discute ética hoje em São Paulo. Folha de São Paulo/ Ilustrada, São Paulo, p. F-7 - F-7, 16 ago. 1989.

  • CHNAIDERMAN, M. . O nascimento da Psicanálise - Do corpo anatômico ao corpo erógeno. Boletim do centro de estudos e Pesquisas em Psiquiatria, São Paulo, p. 13 - 15, 01 jun. 1989.

  • CHNAIDERMAN, M. . Manoel Berlinck se expõe em novo livro. Folha de São Paulo/ Letras, São Paulo, p. G-7 - G-7, 29 abr. 1989.

  • CHNAIDERMAN, M. . Nova revista quebra a aura de mistério em torno da psicanálise. Folha de São Paulo/ Letras, São Paulo, p. G-6 - G-6, 22 abr. 1989.

  • CHNAIDERMAN, MIRIAM . Controvérsia: Comunicação e Artes: Par ou Díspar. Revista Comunicações e Artes, São Paulo, p. 5 - 22, 01 abr. 1989.

  • CHNAIDERMAN, M. . Estréia hoje 'Sob o sol de Satã', vencedor da Palma de Ouro em 87. Folha de São Paulo/ Ilustrada, 09 mar. 1989.

  • CHNAIDERMAN, M. . "Nostalgia" traz as impressões de Tarkovski sobre lucidez e loucura. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 7 - 7, 22 dez. 1988.

  • CHNAIDERMAN, M. . Cathérine Clément propõe refletir sobre a 'badalação'psicanalítica. Folha de São Paulo/ Livros, São Paulo, p. 3 - 3, 10 dez. 1988.

  • CHNAIDERMAN, M. . A pedagogia do inconsciente e suas formas possíveis. O Estado de São Paulo/ Caderno 2, São Paulo, p. 5 - 5, 19 nov. 1988.

  • CHNAIDERMAN, M. . Horstein questiona a cisão entre conhecimento e cura na psicanálise. Folha de São Paulo/ Ilustrada, São Paulo, p. 3 - 3, 13 out. 1988.

  • CHNAIDERMAN, M. . Filmes que olham. Folha de São Paulo/ folhetim, São Paulo, p. 10 - 11, 08 out. 1988.

  • CHNAIDERMAN, M. ; CHALHUB, S. . Novas interpretações sobre Freud e Lacan trazem Attié ao Brasil. Folha de São Paulo/ Ilustrada, São Paulo, p. E-3 - E-3, 30 ago. 1988.

  • CHNAIDERMAN, M. . As milhares de subjetividades de 'Ataliba, a Gata Safira'. Folha de São Paulo/ Ilustrada, São Paulo, p. A32 - A32, 21 maio 1988.

  • CHNAIDERMAN, M. . Discutindo alguns dilemas da psicologia. O Estado de São Paulo, São Paulo, p. 8 - 8, 19 jul. 1986.

  • CHNAIDERMAN, M. . Imagens em fuga. Folha de São Paulo/ Folhetim, São Paulo, p. 10 - 11, 25 ago. 1985.

  • CHNAIDERMAN, M. . Nelson e Graciliano: Memórias do Cárcere. Folha de São Paulo/ Folhetim, São Paualo, p. 4 - 4, 02 set. 1984.

  • CHNAIDERMAN, M. ; Campos, Haroldo . Narrating the narrative. Dispositio - Revista hispânica de Semiótica Literária, vol V n.17/18, The University of Michigan, p. 165 - 168, 01 jul. 1984.

  • CHNAIDERMAN, M. . Diálogo. Folha de S. Paulo/ Folhetim, 18 dez. 1983.

  • CHNAIDERMAN, M. . Fitzcarraldo: o sentido da inutilidade. Folha de São Paulo/ Folhetim, São {ai;p, p. 10 - 10, 20 fev. 1983.

  • CHNAIDERMAN, M. ; LEMINSKY, P.Leminsky, . Contos. Atraves, São Paulo, p. 40 - 41, 01 jan. 1983.

  • CHNAIDERMAN, M. . Derrida em Freud: A tradução impossível e o desvio necessário. Tempo Brasileiro, Rio de Janeiro, p. 97 - 108, 01 jul. 1982.

  • CHNAIDERMAN, M. . Afinal de contas, o que é ser psicanalista?. Jornal da Tarde/ Caderno de Programas e Leituras, São Paulo, p. 7 - 7, 19 set. 1981.

  • Chnaiderman, M ; CHNAIDERMAN, M. . Narrar a narrativa. Vozes, Rio de Janeiro, 01 out. 1979.

  • VIVIANE, A. ; CHNAIDERMAN, M. . Lacan e as inovações freudiana. Gazeta Mercantil, São Paulo, p. 5 - 5, 28 jul. 1978.

  • CHNAIDERMAN, M. ; Chnaiderman, M . Os usos de noção de símbolo em psicologia. Le Monde - Opinião, Rio de Janeiro, 03 set. 1976.

  • CHNAIDERMAN, M. . Sobre o interpretante em Peirce. Suplemento Literário - O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 1 - 1, 14 maio 1973.

  • CHNAIDERMAN, M. . Ser Pessoa, uma batalha que pode levar à morte. Boletim do Centro de Estudos da Procuradoria Geral do Estado, p. N5 - N5.

  • CHNAIDERMAN, MIRIAM . A noção da alteridade e a re-invenção da democracia. Boletim de Novidades Pulsional, São Paulo, p. 30 - 32.

  • CHNAIDERMAN, M. . O que faz Pitta crescer?. Jornal da Tarde/ SP, Política.

  • CHNAIDERMAN, M. . Uma ciência que ajuda a ler o mundo. Revista Psicologia atual, p. 64 - 64.

  • CHNAIDERMAN, M. . A práxis da semiótica ou a semiótica da práxis. In: Primeiro Colóquio de Semiótica, Associação Brasileira de Semiótica, 1980, Rio de Janeiro. A práxis da semiótica ou a semiótica da práxis, 1980. p. 127-134.

  • CHNAIDERMAN, MIRIAM ; Laia, S. . Com que sexo se faz sexo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . O que você faz com o que você sonha?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . O roteiro possível dos documentários. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Procura-se Janaína, palestra na faculdade de Serviço Social do Centro Universitário Anhanguera. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Exibição de ' De gravata e unha vermelha' seguido de debate. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Palestra com debate sobre o documentário 'Procura-se Janaína'. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . aula sobre 'Teatro e Psicanálise' no curso de Difusão Cultural 'Diálogos: Psicanálise, Teatro e o Campo das Artes'na SP Escola de Teatro. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Exibição e Discussão do filme 'Sobreviventes' no Centro de Estudos Psicanalíticos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Palestra sobre o filme 'A casa de Alice' (ficção, 2007, 92min, direção: Chico Teixeira). 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Exibição e Discussão do filme 'Procura-se Janaína' no Centro de Estudos Psicanalíticos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Palestra sobre o filme 'Ponte para Terabítia'. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Mesa de debate sobre o livro: 'No avesso da tela: a psiquiatria pelo cinema'. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Palestra 'A Morte no cinema e o Cinema da Morte' no Espaço Cultural CPFL módulo 'Entendendo o século 21 através do cinema'. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Debate acerca do filme 'Fala tu'. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Erótica - Os sentidos na arte. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . filme: Gilete azul, em Cinema, Psicanálise e Cultura do CEP. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . 'Gilete Azul, a obra de Nazareth Pacheco' no Seminário de Pesquisa em Artes Visuais. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Os artesãos da morte. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Debate sobre o filme ' A mulher de todos' após exibição do mesmo na Mostra de 'cinema marginal'. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Mesa: O que eu tenho a ver com isso. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Ética, estética e psicanálise. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . A construção da identidade através da Fotografia. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . O roteiro no curta-metragem. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Escuta psicanalítica fora do divã - debate no CEP. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Debate sobre a violencia contra a mulher após exibição do filme 'Um céu de estrelas'de Tata Amaral. 1997. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Apresentação e debate do filme 'Dizem que sou louco'. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Cidade e loucura: formas de subjetividade no espaço urbano - palestra e apresentação do curta 'Dizem que sou louco'. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Corpo e memória. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Falando de Psicanálise. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Mesa redonda: Saúde mental e cidadania - após apresentação da peça 'Não tenha medo de Virginia Woolf'. 1992. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Mesa redonda em torno do tema 'Menoridade'. 1992. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Debate: Curtas inéditos - Mostra X. 1991. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Psicanalisar: arte, ciência ou jogo?. 1991. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Mesa redonda: 'Memória, cinema e holocausto' após doc. SHOAH. 1991. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . O nascimento da Psicanálise. 1989. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . O acompanhamento terapêutico e a clínica: a função do Acompanhante no tratamento. 1989. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Literatura e psicanálise (na UBE - União Brasileira de Escritores). 1989. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . A questão feminina. 1989. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Semiótica e Poética. 1989. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . Psicanálise e cinema. 1988. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . 'Discussão de caso' no Hospital Pinel. 1987. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, M. . discussão de caso clínico de fármaco-dependente no Grupo de Estudos de Drogas e farmacodependencias do HC FMUSP. 1986. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CHNAIDERMAN, MIRIAM . Sertanejo no Mar. Natal - RN, 2018. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

  • CHNAIDERMAN, M. . Sintoma. Casa do Psicólogo, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

  • CHNAIDERMAN, M. . Os mil sexos de corpos inventados. Salvador, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

  • CHNAIDERMAN, M. . Píramo e Tisbe - Uma peça para adolescentes 2011 (Texto para o livreto da peça "Píramo e Tisbe" de Vladimir Capella).

  • CHNAIDERMAN, M. . O mundo colorido e a morte, para a peça 'O meu amigo pintor', de Vladimir Capella. São Paulo: Centro Cultural Banco do Brasil, 2010 (Texto para o libreto da peça "O meu amigo pintor", de Vladimir Capella).

  • CHNAIDERMAN, M. . Ritualização de passagens, para a Exposição 'Framboesas e cerejas'de Fanny Feigenson 2003 (Texto para o livreto da Exposição "Framboesas e cerejas" de Fanny Feigenson).

  • CHNAIDERMAN, M. . Por um mundo de amor e sem preconceitos, para o livreto da peça 'O gato malhado e a andorinha Sinhá' de Vladimir Capella 2003 (Texto para o livreto da peça "O gato malhado e a andorinha Sinhá" de Vladimir Capella).

  • CHNAIDERMAN, M. . Um conto de fadas contemporâneo, para o livreto da peça 'Clarão nas estrelas', de Vladimir Capella 1998 (texto para livreto de peça teatral).

  • CHNAIDERMAN, M. . Radicalidade de Beckett X Radicalidade da montagem 1989 (Sobre a montagem de "Bons tempos" de Samuel Beckett).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CHNAIDERMAN, M. . Exposição: Imanência - Caixas do Ser. 1999.

CHNAIDERMAN, M. . Entrevista com a psicanalista Miriam Chnaiderman sobre o filme 'De gravata e unha vermelha'. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Direitos Humanos - Sobreviventes. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Travessias - Fiapos de vida nas situações-limite. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Psicanalista enfoca motivações do abandono em documentário. 2007. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . A comédia da vida: três psicanalistas colocam o Brasil no divã e analisam as consequências positivas e negativas. 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Jornal da Cultura, Sobre a questão do porte de armas. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Entrevistada no jornal Psicanalítico SENSO, publicação da Clínica Dimensão. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Frente a frente com a violência. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . A mulher no pós-modernismo - Insatisfação é a marca delas. 2000. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Harry Potter versus a 'magica' de vender livros, O Estado de SP. 2000. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre 'As novas formas de sofrimento' - tema de encontro na Unicamp. 2000. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Filme retrata loucos que vivem nas ruas, Jornal O POPULAR. 1999. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Lidando com as fantasias, Livraria Cultura News. 1999. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . II existe une ville non institution alisée qu'il faut apprendre à voir. 1999. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Casais gays poderão adotar filhos - Psicanalista defende a adoção. 1997. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Terapia on line - Uso é proibido, diz Conselho de Psicologia. 1997. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Debates expõem feridas humanas. 1997. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre 'filmes terapêuticos'. 1996. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Psicanalistas localizam a origem do distúrbio para fazer a terapia. 1996. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Participação na série de Debates 'Diálogos Impertinentes' na rede de TV a cabo NET. 1995. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

CHNAIDERMAN, M. . Em tese: Freud e o teatro (sobre 'Freud e Stanislavski: O corpo do discurso e o Discurso do corpo'). 1995. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Ruas se transformam em alívio para loucos, O Estado de SP. 1995. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre tragédia em Moema. 1995. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Cara a cara com a loucura, entrevista com a psicanalista que filmou os loucos de rua. 1995. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . 'Espelhos telefonicos' para Revista Marie Claire. 1994. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . 'Loucura de rua', para publicação da Estação - Cooperativa de Acompanhamento Terapêutico. 1994. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . 'Psicotécnico', para Revista da Folha. 1993. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre 'Gemidos de prazer' põe psicanálise no divã, quatro psicanalistas falam sobre filme.... 1993. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre 'Computador protege e esconde'. 1993. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Ciúme doentio vira 'sindrome de Otelo'. 1992. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . 'Psicóloga analisa esse estranho caso de obsessão', revista Contigo. 1992. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre filmes de 'Horror'. 1991. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre caso de 'policia que indicia autor de livro que reúne fotos de ninfetas seminuas'. 1991. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre 'perda da virgindade aos 16 anos cria polêmica'. 1991. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre caso de psicanalista que se casa com paciente. 1991. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre ' Fachadas de vidro refletem vaidade do paulistano', Folha de SP. 1990. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre 'A tevê e o público, lado a lado no mesmo divã'. 1990. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre: Psicanalistas localizam a origem do disturbio para fazer a terapia. 1989. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Sobre 'Pré-escola recupera a importância dos contos de fada', Folha de SP. 1986. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Debate: 'Inconsciente e História' no auditório da Folha. 1985. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

CHNAIDERMAN, M. . 'Igual a mamãe', sobre maquiagem para crianças, Revista Veja. 1983. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CHNAIDERMAN, M. . Vaias e aplausos - a SBPC encerra sua reunião, sete análises sobre o que foi esta reunião. 1976. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHNAIDERMAN, M. . Formas da subjetividade no contemporâneo - Psicanálise e Cultura. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. . Psicanálise: um percurso no cinema. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. . Psicanálise, Arte e Cultura, 2 módulos. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. . Psicanálise: um percurso no cinema. 2012. (Curso).

CHNAIDERMAN, M. . Sujeitos da entrevista: diálogo e relação de poder - 4o. Seminário Aberto de Jornalismo. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

CHNAIDERMAN, M. . 2 Colóquio de Educação Inclusiva. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

CHNAIDERMAN, M. . Parecerista ad hoc de Psychê Revista de Psicanálise. 2007. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, M. . Oficina documentário: Uma narrativa da realidade. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. . Arte e Psicanálise - Ciclo de debates. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc da Revista Interações. 2005. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Psychê Revista de Psicanálise. 2004. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc da Revista Interações. 2004. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, M. . Arte e psicanálise: afeto tem nome? Instrumentos para pensar a clínica. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. . Oficina de documentário, no 1 Festival nacional de Vídeo e Mostra de Cinema de Santa Maria. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Ágora - Revista de Psicanálise RJ. 2002. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Ágora - Revista de Psicanálise RJ. 2001. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Ágora - Revista de Psicanálise RJ. 2000. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, M. . oficina teórica: Formas de subjetivação no mundo contemporâneo. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. . O indivíduo, a rua e o domicílio / I Curso de Formação de Agentes comunitários de Saúde mental para Mulheres lideranças populares e sindicais. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1999. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Ágora - Revista de Psicanálise RJ. 1999. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1998. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Ágora - Revista de Psicanálise RJ. 1998. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, M. . Epistemologia da Arte, no Curso de Mestrado em Educação e Cultura. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1997. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, M. . Curso de Formação de Educadores, do Programa de Educação de Rua - Projeto Travessia. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. . Raízes judaicas do pensamento psicanalítico. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1996. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, M. . Dispositivos Institucionais para a clínica das psicoses - aula: Cidade e loucura. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. . Curso de difusão cultural 'Raça e Diversidade' Estudos sobre Racismo - aula: Racismo, o estranhamento familiar: uma abordagem psicanalítica. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1995. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1994. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1993. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1992. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1991. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1990. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . Parecerista ad hoc de Percurso - Revista de Psicanálise. 1989. (Editoração/Periódico).

CHNAIDERMAN, M. . O desenvolvimento emocional da criança. 1983. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. . aula sobre o tema: Psicanálise - para alunos do 4o. ano da FMUSP do Grupo de Estudos de Psicoterapias. 1982. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. . O que é Psicanálise - aula para residentes de 1o., 2o. e 3o. ano médico. 1981. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

CHNAIDERMAN, M. ; Pinheiro, Reinaldo . Sobreviventes. 2009. Composição (estréia).

CHNAIDERMAN, M. . Passeios no Recanto Silvestre. 2006. Composição (estréia).

Pinheiro, Reinaldo ; CHNAIDERMAN, M. . Sobreviventes. 2008. Vídeo.

CHNAIDERMAN, M. . Procura-se Janaina. 2007. Vídeo.

CHNAIDERMAN, M. . O oco da fala, É tudo verdade 2016 - 21o. Festival Internacional de documentários. 2016 (curta metragem).

CHNAIDERMAN, M. . De gravata e unha vermelha, no FIPA 2015 - 28o. Festival International de Programmes Audiovisuels. 2015 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . De gravata e unha vermelha, 5o. Festival de Inverno de Gonçalves. 2014 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . De gravata e unha vermelha, no É Tudo Verdade 2014 - 19o. Festival Internacional de Documentários. 2014 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . De gravata e unha vermelha, no 22o. Festival Mix Brasil de cultura da diversidade. 2014 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . De gravata e unha vermelha, no Festival do Rio 2014. 2014 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, MIRIAM . De gravata e unha vermelha, no 24o. Cine Ceará. 2014 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. ; Pinheiro, Reinaldo . Sobreviventes. 2009.

CHNAIDERMAN, M. . Procura-se Janaína. 2009.

CHNAIDERMAN, M. ; Pinheiro, Reinaldo . Sobreviventes. 2009.

CHNAIDERMAN, M. . Sobreviventes, no É Tudo Verdade 2009 - 14o. Festival Internacional de Documentários. 2009 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. ; Pinheiro, Reinaldo . Sobreviventes. 2009.

CHNAIDERMAN, M. . Isso, aquilo e aquilo outro. 2008.

CHNAIDERMAN, M. ; Pinheiro, Reinaldo . Nossa vida não cabe num Opala. 2008.

Pinheiro, Reinaldo ; CHNAIDERMAN, M. . Nossa vida não cabe num Opala. 2008.

CHNAIDERMAN, M. . Procura-se Janaína. 2008.

CHNAIDERMAN, M. . Procura-se Janaína. 2008.

CHNAIDERMAN, M. . Procura-se Janaína. 2008.

CHNAIDERMAN, M. . Passeios no Recanto Silvestre. 2008 (Exibição de filme no Festival de Niterói).

CHNAIDERMAN, M. . Passeios no Recanto Silvestre. 2008.

CHNAIDERMAN, M. . Passeios no Recanto Silvestre, 17 Festival Internacional de curtas-metragens de São Paulo. 2006 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Passeios no Recanto Silvestre, 16a. Goiânia Mostra Curtas. 2006 (Exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Passeios no Recanto Silvestre. 2006.

CHNAIDERMAN, M. . Passeios no Recanto Silvestre. 2006.

CHNAIDERMAN, M. . Passeios no Recanto Silvestre. 2006.

CHNAIDERMAN, M. . Passeios no Recanto Silvestre. 2006.

CHNAIDERMAN, M. . Passeios no Recanto Silvestre - É Tudo verdade 2006 - 11o Festival Internacional de Documentários. 2006 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Mais luz, no IV Araribóia cine. 2005 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Isso, Aquilo e Aquilo Outro, na Mostra do Audiovisual Paulista. 2005 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Gilete azul, 13o. Festival de Vídeo de Teresina. 2005 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Gilete Azul, V Festival de Artes Plásticas de Gov. Celso Ramos. 2004 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Gilete Azul, Museu da Imagem e do Som de Florianópolis. 2004 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Entrevistada para o programa Saia Justa do GNT que tinha como tema Rituais. 2003.

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - 32o Festival Internacional de Filme de Rotterdam. 2003 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Gilete azul, no Curso Arte e Medicina AACD. 2003 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Entrevistada no programa De Frente com Gabi. 2002.

CHNAIDERMAN, M. . Entrevista como especialista sobre violência no programa do jornalista William Wacks, na Globo News. 2002.

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - I Panorama Brasil Coisa de Cinema. 2002 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - 1o. Festival Nacional de Vídeo e Mostra de Cinema. 2002 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - 2a. Goiânia Mostra Curtas. 2002 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - 5a. Mostra de Cinema de Tiradentes. 2002 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - IV FICA Festival Internacional de Cinema e Video Ambiental cidade de Goias. 2002 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - É Tudo Verdade 2002 - 7o. Festival Internacional de Documentários. 2002 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - 13o Festival Internacional de Curtas de São Paulo. 2002 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - 6o FAM - Florianópolis Audiovisual Mercosul. 2002 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - 6o Festival de Cinema do Recife. 2002 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Artesãos da morte - Cinema Brasileiro 2002 - CINUSP Paulo Emílio. 2002 (filme).

CHNAIDERMAN, M. . Entrevistada por Hélio Goldenstein para o documentário sobre David Cronemberg. 2001.

CHNAIDERMAN, M. . Entrevistada por Caco Barcellos para o programa Papo Aberto. 2001.

CHNAIDERMAN, M. . Participa do programa Modernidade na STV, com Mário Sérgio Cortella sobre o tema Amizade. 2001.

CHNAIDERMAN, M. . Participação no Programa da Marta Suplicy que teve como tema A Loucura. 1999.

CHNAIDERMAN, M. . Entrevistada no programa Opinião Nacional na TV Cultura. 1998.

CHNAIDERMAN, M. . Dizem que sou louco - no AVANCA 97, Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia. 1997 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Propostas do Curta Paulista, filme: 'Dizem que sou louco'. 1996 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . 'Dizem que sou louco' no VI Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo. 1995 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Dizem que sou louco - O cinema cultural paulista, ano 8. 1994 (exibição de filme).

CHNAIDERMAN, M. . Debate na TV Bandeirantes no programa de Sílvia Popovic, sobre Relacionamento Amoroso no Consultório. 1993.

CHNAIDERMAN, M. . Mesa Redonda no programa da Silvia Popovic. Tema: Brasil Verde-Amarelo. 1992.

CHNAIDERMAN, M. . Entrevistada sobre o livro Ensaios de Semiótica e Psicanálise na Rádio USP. 1989.

CHNAIDERMAN, M. . Entrevista sobre o livro O Hiato Convexo: Literatura e Psicanálise. 1989.

CHNAIDERMAN, M. . Convidada para a realização do vídeo que faz parte do programa, Educando pela diferença para a igualdade, da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, Secretaria da Educação Continuada, Brasília; tendo como instituição proponente a Universidade Federal de São Carlos. Realiza o vídeo Você faz a diferença.. 2005 (Demais trabalhos relevantes) .

CHNAIDERMAN, M. . Curadora da Mostra de Cinema do II Encontro Mundial dos Estados Gerais da Psicanálise, ocorrido no RJ. 2003 (Demais trabalhos relevantes) .

CHNAIDERMAN, M. . Selecionada entre 150 projetos, participou com outros 10 documentários do Laboratório de Projetos Documentários, com orientação de vários representantes de entidades estrangeiras, durante o II Fórum Internacional de Documentários, o Brasil Documenta, promovido pelo GN. 2002 (Demais trabalhos relevantes) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2005 - Atual

    Sobreviventes - pesquisa com pessoas que passaram em suas vidas por situações-limite tais como campos de extermínio, choques elétricos, discriminação. Questão: diferentes situações traumáticas determinam diferentes possibilidades de conexão com a vid, Descrição: Podemos afirmar que hoje, no mundo contemporâneo, várias são as situações-limite onde seria possível aplicar a reflexão que Nathalie Saltzmann faz a partir dos campos de concentração. Temos os refugiados do mundo todo, temos os sem-teto e os sem-terra, temos os depósitos de pessoas idosas, os remanescentes dos choques elétricos, seja recebidos como forma de punição política visando a confissão seja para tratamento psiquiátrico. Faz parte do contemporâneo o desemprego em massa, as guerras étnicas, a negação da diferença visando a destruição da alteridade. Exemplo recente disso tudo foram os recentes acontecimentos nos subúrbios parisienses. De que forma a identificação sobrevivente acontece nas diferentes situações? O que é o resto narcísico em cada situação?. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Miriam Schenkman Chnaiderman - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2008

Melhor documentário brasileiro, Festival Femina.

2008

Menção Honrosa, Vídeos em Saúde - Fiocruz.

2003

Prêmio do Festival de Tohorror de Torino, Itália, Torino, Itália.

2003

Prêmio Especial do Júri, Festival de Vídeo da Paraíba.

2002

Menção Honrosa para o curta metragem "Artesãos da morte" no É tudo Verdade 2002, Estado de São Paulo.

2002

Prêmio Revelação, II Festival Internacional de Curtas Metragens de Belo Horizonte.

2002

Prêmio Curta Unibanco de Cinema por "Artesãos da morte", Unibanco.

2002

Prêmio Especial do júri por "Artesãos da morte" na 6o. FAM - Florianópolis Audiovisual Mercosul, Florianópolis Audio-visual Mercosul.

2000

Prêmio Estímulo para realização do curta-metragem ?Artesãos da Morte?, Secretaria de Cultura do Estado.

1999

Prêmio Estímulo, Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

1992

Prêmio Estímulo para realização do curta documentário "Dizem que sou louco", Secretaria de Cultura do Estado.

1981

Prêmio Mutirão 1981, Associação Paulista de Apoio ao Teatro Infanto-Juvenil.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2005 - Atual

    Departamento de Psicanálise do Sédes Sapientiae

    Vínculo: desenvolvimento e pesquisa, Enquadramento Funcional: membro, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Vem realizando pesquisa ligada ao Cep do Laboratório de Estudos sobre a Intolerância tendo como tema "Sobreviventes".

    Atividades

    • 03/1992

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Psicanálise do Sédes, .,Linhas de pesquisa

  • 1995 - Atual

    Sequência 1 Cinema e Propaganda

    Vínculo: diretora e roteirista, Enquadramento Funcional: presidente, Carga horária: 10

  • 1986 - Atual

    Departamento de Psicanálise - Sédes Sapientiae

    Vínculo: membro, Enquadramento Funcional: adesão, Carga horária: 3

    Atividades

    • 08/2005

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Psicanálise Sédes Sapientiae, .,Linhas de pesquisa

  • 1973 - Atual

    Consultório Particular

    Vínculo: aurônomo, Enquadramento Funcional: proprietária, Carga horária: 35

    Outras informações:
    Vem fazendo documentários através de produtora independente