Estevão Scudese

Doutor em Ciências pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO - 2019), foi pesquisador visitante do departamento de fisiologia humana da Universidade de Iowa, EUA (UI - 2017) como parte do programa de doutorado sanduíche no exterior (PDSE) por meio de concessão de bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Mestre em Educação Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ - 2013), Pós-graduado em treinamento de força pela Universidade Gama Filho (UGF - 2010), possui Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Católica de Petrópolis (UCP - 2008). Atualmete é pesquisador do Laboratório de Biociências da Motricidade Humana (LABIMH/UNIRIO-UNIT), colaborador do grupo de pesquisa em Treinamento de Força pela Escola de Educação Física e Desportos (EEFD/UFRJ) e pesquisador do Laboratório de Ciências do Esporte e Exercício (LaCEE - UCP). Como docente, foi professor convidado do programa de pós-graduação Lato Sensu em Treinamento de Força (EEFD/UFRJ; Celso Lisboa; UNIT-SE), Fisiologia do Exercício (UCP; UNIT-SE). Foi também apresentador de um quadro semanal na televisão sobre atividade física e saúde no canal 19 da TV Vila Imperial por seis temporadas (de 2011 a 2017) e consultor de saúde e exercício físico na Rádio Estrada FM-105,5 Mhz (2012). Tem experiência em pesquisa da fisiologia do exercício com ênfase em treinamento de força e suas relações com o metabolismo humano, atuando com concentração nos seguintes temas: repetições máximas, tempo de intervalo entre séries, sistema endócrino e nutrição aplicada ao treinamento desportivo.

Informações coletadas do Lattes em 02/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Enfermagem e Biociências

2016 - 2019

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Título: Respostas Inflamatórias, Dano Muscular e Percepção de esforço em Diferentes Métodos de Intervalo no Treinamento de Força
Orientador: em University of Iowa ( Victor Agnew Lira)
com Estélio Henrique Martin Dantas. Coorientador: Paula Paraguassu Brandão. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Força muscular; Intervalo; Diabetes.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Enfermagem. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina.

Mestrado em Educacao Fisica

2011 - 2013

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Efeito do tempo de intervalo no desempenho, respostas hormonais e percepção subjetiva de esforço no exercício supino horizontal,Ano de Obtenção: 2013
Humberto Lameira Miranda.Palavras-chave: Treinamento de força; Tempo de intervalo; Supino horizontal.Grande área: Ciências da SaúdeSetores de atividade: Atividades esportivas e de recreação e lazer; Atividades de atenção à saúde humana.

Especialização em Musculação e treinamento de força

2009 - 2010

Universidade Gama Filho
Título: Influência do alongamento no desempenho de 10 repetições máximas no supino horizontal
Orientador: Roberto Simão

Aperfeiçoamento em Health and Human Physiology

2017 - 2017

University of Iowa
Título: ULK1 and ULK2 in Skeletal Muscle. Ano de finalização: 2017
Orientador: Victor Agnew Lira
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Educação Física

2005 - 2008

Universidade Católica de Petrópolis
Título: A influência de diferentes tipos de recuperações entre as séries do treinamento de força
Orientador: Fabiana Scartoni

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Extensão universitária em Advanced biological safety. , University of Iowa, UIOWA, Estados Unidos.

2017 - 2017

Extensão universitária em Personnel protective equipament awareness for laboratories. , University of Iowa, UIOWA, Estados Unidos.

2017 - 2017

Extensão universitária em rDNA research NIH guidelines. , University of Iowa, UIOWA, Estados Unidos.

2017 - 2017

Extensão universitária em Chemical Fume Hoods. , University of Iowa, UIOWA, Estados Unidos.

2017 - 2017

Extensão universitária em Laboratory Chemical Safety. , University of Iowa, UIOWA, Estados Unidos.

2017 - 2017

Extensão universitária em Bio-hazardous waste management. , University of Iowa, UIOWA, Estados Unidos.

2017 - 2017

Extensão universitária em Bloodborne Pathogens. , University of Iowa, UIOWA, Estados Unidos.

2017 - 2017

Extensão universitária em Basic biological safety. , University of Iowa, UIOWA, Estados Unidos.

2017 - 2017

Extensão universitária em Formaldehyde Safety. , University of Iowa, UIOWA, Estados Unidos.

2005 - 2005

Extensão universitária em Corrida de Orientação. (Carga horária: 30h). , Exército Brasileiro 32º atalhão de infataria motorizada, 32º BIM, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Italiano

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Educação Física / Subárea: Fisiologia do exercício.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Educação Física / Subárea: Treinamento de força.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Cuidado materno, infância e culturas: Contributos para a saúde e Ddesenvolvimento. 2015. (Congresso).

II Simpósio Científico Physigraph. 2012. (Simpósio).

Curso de Corrida de Orientação. 2005. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Felipe Guerra Ferreira

OLIVEIRA, C. Q.; SENNA, G.;SCUDESE E.. Influência de diferentes tempos de intervalo no teste de 1RM. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Católica de Petrópolis.

Aluno: Luísa Cordeiro Muga de Oliveira

OLIVEIRA, C. Q.;SCUDESE E.; MEIRELES, J.. Esteróides Anabólicos: Um Breve Estudo de Revisão. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Católica de Petrópolis.

Aluno: Wilson José Nunes Junior

OLIVEIRA, C. Q.;SCUDESE E.; MEIRELES, J.. Comparação da Força e Flexibilidade entre Homens Com e Sem Síndrome de Down. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Católica de Petrópolis.

Aluno: Leandro Barboza Guimarães

OLIVEIRA, C. Q.;SCUDESE E.; SENNA, G.. O Panorama da Capoeira em Petrópolis. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Católica de Petrópolis.

Aluno: Guilherme de Freitas Fonseca

OLIVEIRA, C. Q.;SCUDESE E.; MEIRELES, J.. Variabilidade da Frequência Cardíaca em Adolescentes Obesos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Católica de Petrópolis.

Aluno: Rodolfo Artur Rodrigues da Silva Junior

OLIVEIRA, C. Q.;SCUDESE E.; MEIRELES, J.. Variabilidade da Frequência Cardíaca em Adolescentes com Sobrepeso. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Católica de Petrópolis.

Aluno: Raoni Santos Avellar

OLIVEIRA, C. Q.; SENNA, G.;SCUDESE E.. A influência de diferentes tempos de intervalos entre séries em três repetições máximas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Católica de Petrópolis.

Aluno: Matheus Augustos de Mattos Campos Ferreira

KRIEGER, J.; SCARTONI, F. R.;SCUDESE E.. Ordem dos exercícios no treinamento de força: uma breve revisão. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Católica de Petrópolis.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Belmiro Freitas de Salles

MIRANDA, H.; SIMAO, R.;SALLES, B. F.. Efeito do tempo de intervalo no desempenho, respostas hormonais e percepção subjetiva de esforço no exercício supino horizontal. 2013. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Luiz Claudio Pereira Ribeiro

DANTAS, E. H. M.; SENNA, G. W.; OLIVEIRA, C. Q.; BRANDAO, P. P.;RIBEIRO, L C P; MASI, F.; PASSOS, J. P.. RESPOSTAS INFLAMATÓRIAS, DANO TECIDUAL E PERCEPÇÃO DE ESFORÇO EM DIFERENTES MÉTODOS DE INTERVALO NO TREINAMENTO DE FORÇA. 2019. Tese (Doutorado em Enfermagem e Biociências) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Scudese, Estevão ; Simão, Roberto ; Senna, Gilmar ; VINGREN, JAKOB L. ; WILLARDSON, JEFFREY M. ; BAFFI, MATHEUS ; MIRANDA, HUMBERTO . LONG REST INTERVAL PROMOTES DURABLE TESTOSTERONE RESPONSES IN HIGH INTENSITY BENCH PRESS. Journal of Strength and Conditioning Research , v. 30, p. 1275-1286, 2016.

  • SENNA, G. ; SCUDESE E. ; MARTINS, C. L. ; SCARTONI, F. R. ; CARNEIRO, F. ; ALVES, J. C. C. ; ZARLOTTI, C. ; DANTAS, E. H. M. . Rest Period Length Manipulation on Repetition Consistency for Distinct Single-Joint Exercises. Journal of Exercise Physiology Online , v. 19, p. 93-101, 2016.

  • SENNA, G. ; OLIVEIRA, C. Q. ; KREUGER, S. ; SCUDESE E. ; MONTEIRO, W. . Hypotensive Effect of Resistance Training Performed on Stable vs. Unstable Surfaces. Journal of Exercise Physiology Online , v. 19, p. 17-26, 2016.

  • SENNA, GILMAR WEBER ; WILLARDSON, JEFFREY M. ; Scudese, Estevão ; Simão, Roberto ; QUEIROZ, CRISTIANO ; AVELAR, RAONI ; MARTIN DANTAS, ESTÉLIO HENRIQUE . EFFECT OF DIFFERENT INTER-SET REST INTERVALS ON PERFORMANCE OF SINGLE AND MULTI-JOINT EXERCISES WITH NEAR MAXIMAL LOADS. Journal of Strength and Conditioning Research , v. 30, p. 710-716, 2015.

  • SENNA, G. ; SCUDESE E. ; CARNEIRO, F. ; TORRES, J. ; QUEIROZ, CRISTIANO ; DANTAS, E. H. M. . Multi-Joint and Single-Joint Exercise Performance and Perceived Exertion with Several Different Recoveries. Journal of Exercise Physiology Online , v. 18, p. 91-100, 2015.

  • SCUDESE E. ; WILLARDSON, JEFFREY M. ; SIMAO, R. ; Senna, Gilmar ; DE SALLES, B. F. ; MIRANDA, H. . The Effect Of Rest Interval Length On Repetition Consistency And Perceived Exertion During Near Maximal Loaded Bench Press Sets. Journal of Strength and Conditioning Research , v. 29, p. 3079-3083, 2015.

  • BRITTO, R. ; SCUDESE E. ; SENNA, G. ; NOVAES, J. S. ; MIRANDA, H. . Efeito de Diferentes Tempos de Intervalos Entre Exercícios no Desempenho das Repetições. ConScientiae Saúde (Impresso) , v. 12, p. 426-431, 2013.

  • SENNA, G. ; FIGUEIREDO, T. ; SCUDESE E. ; BAFFI, M. ; CARNEIRO, F. ; MORAES, E. ; MIRANDA, H. ; SIMAO, R. . Influence of Different Rest Interval Lengths in MultiJoint and Single-Joint Exercises on Repetition Performance, Perceived Exertion, and Blood Lactate. Journal of Exercise Physiology Online , v. 15, p. 96-106, 2012.

  • Senna, Gilmar ; Willardson, Jeffrey M ; de Salles, Belmiro F ; Scudese, Estevão ; Carneiro, Felipe ; Palma, Alexandre ; Simão, Roberto . The Effect of Rest Interval Length on Multi and Single-Joint Exercise Performance and Perceived Exertion. Journal of Strength and Conditioning Research , v. 25, p. 3157-3162, 2011.

  • SCUDESE E. ; SENNA, G. W. ; SCARTONI, F. R. ; SIMAO, R. F. . A influência de diferentes recuperações entre as séries no treinamento de força. Revista Brasileira de Ciência e Movimento , v. 19, p. 70-77, 2011.

  • Senna, Gilmar ; SCUDESE E. ; MORAES, A. ; DANTAS, E. H. M. . Influências de Curtos Tempos de Intervalos no Teste de 1RM. In: I Congresso Internacional de Atividade Física e Saúde, 2015, Aracajú. Caderno de Graduação - Ciências Biológicas e da Saúde - UNIT, 2015.

  • SENNA, G. ; SCUDESE E. ; MORAES, A. ; DANTAS, E. H. M. . Diferença do Efeito Hipotensivo do Treinamento de Força em Mesomorfos e Ectomorfos. In: I Congresso Internacional de Atividade Física e Saúde, 2015, Aracajú. Caderno de Graduação - Ciências Biológicas e da Saúde - UNIT, 2015.

  • SCUDESE E. ; SENNA, G. ; SIMAO, R. ; MORAES, A. ; DANTAS, E. H. M. . Número de Sessões Necessárias para Familiarização do Teste de 1RM em Indivíduos Recreacionalmente Treinados em Força. In: I Congresso Internacional de Atividade Física e Saúde, 2015, Aracaju. Cadernos de Graduação - Ciências Biológicas e da Saúde, 2015.

  • ALVES, J. C. C. ; SENNA, G. ; MAGOSSO, R. F. ; MIRANDA, D. P. ; SCUDESE E. ; DANTAS, E. H. M. . Teste de Uma Repetição Máxima em Exercício Multi e Monoarticulares em Distintos Protocolos de Privação Visual. Revista Andaluza de Medicina del Deporte , 2016.

  • SCUDESE E. ; SENNA, G. ; OLIVEIRA, C. Q. ; DANTAS, E. H. M. ; SIMAO, R. ; GUERRA, F. ; WILLARDSON, JEFFREY M. . Influence of Very Short Rest Period Lengths on Repeated One Maximun Repetition Bench Press Performance. Revista Andaluza de Medicina del Deporte , 2016.

  • SCUDESE E. ; SENNA, G. ; MEZA, E. I. A. ; OLIVEIRA, A. L. B. ; DANTAS, E. H. M. . Effect of Different Recovery Methods in Strength Training on Performance and Perceived Exertion. Revista Andaluza de Medicina del Deporte , 2016.

  • SCUDESE E. . Diabetes e o Treinamento de Força. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCUDESE E. . CONTROLE GLICÊMICO DE ADULTOS JOVENS PRÉ-DIABÉTICOS SUBMETIDOS A DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE TEMPO DE INTERVALO NO TREINAMENTO DE FORÇA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCUDESE E. ; SENNA, G. . Fitness: Musculação e Ginástica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SCUDESE E. . Diferentes Intervalos entre séries de treinamento de força muscular: Respostas neuromusculares, cardiovasculares e endócrinas.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Scudese, Estevão . Nutrição aplicada ao treinamento de força. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCUDESE E. . Suplementação em Academia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCUDESE E. ; PAGANELLI, B. . Nutrição Esportiva. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SCUDESE E. . Esteróides Anabolizantes. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCUDESE E. . Personal Trainer. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCUDESE E. . Tempo de intervalo entre séries (agudo e crônico). 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SCUDESE E. . Overweight in Brazil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SCUDESE E. ; PAGANELLI, B. . Suplementos Nutricionais. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SCUDESE E. . Recursos ergoênicos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SCUDESE, E. D. . Momento Saúde. 2011. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SCUDESE, E. D. . Momento Saúde. 2011. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

SCUDESE E. ; SENNA, G. ; CARNEIRO, F. ; MELLO, R. A. . Campanha de Conscientização Sobre o Uso de Esteróides Anabolizantes. 2011. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Respostas Fisiológicas, Neuromusculares Referente ao Treinamento de Força, Descrição: Benefícios podem ser creditados ao treinamento de força (TF), como por exemplo, redução ponderal, otimização da glicose sanguínea, redução da pressão arterial, aumento do equilíbrio, melhora do perfil lipídico plasmático, aumento da massa óssea, melhorias da funcionalidade, diminuições de dores especificas reabilitação neuro-muscular e cardio-vascular. Contudo, estas características específicas da aptidão neuromuscular e dos benefícios supracitados, podem ser enfatizadas nos treinamentos através da manipulação adequada de variáveis metodológicas do TF. As adequadas manipulações destas variáveis, como a carga, volume, ordem e seleção do exercício, intervalo entre as séries, velocidade de execução do exercício e frequência semanal, parecem ser relevantes para a otimização dos resultados adaptativos decorrentes desta atividade. Contudo, especificamente com relação as variáveis metodológicas e respostas fisiológicas e neuromusculares, as investigações têm resultados muitas vezes contraditórios e parecem não ser possível mencionar o forma ideal de prescrição. Assim esclarecer o comportamento as respostas fisiológicas e neuromusculares podem ser de grande importância no intuito de entender os mecanismos fisiológicos das adaptações decorrentes de alterações de variáveis metodológicas do TF. Assim, o objetivo geral do presente projeto de pesquisa é avaliar os efeitos das variáveis do treinamento de força sobre as respostas fisiológicas e neuromusculares em distintas manipulações das variáveis metodológicas do TF.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Estevão Scudese - Integrante / Gilmar Senna - Integrante / MARTIN DANTAS, ESTÉLIO HENRIQUE - Coordenador.

  • 2015 - Atual

    CONTROLE GLICÊMICO DE ADULTOS JOVENS PRÉ-DIABÉTICOS SUBMETIDOS A DIFERENTES ESTRATÉGIAS DE TEMPO DE INTERVALO NO TREINAMENTO DE FORÇA, Descrição: A Diabetes Melittus do Tipo 2 (DMT2) corresponde a 90% dos casos de diabetes ao redor do mundo. Dados da federação internacional de diabetes (IFD, 2014) apontam o Brasil na quarta posição no ranking mundial da diabetes com cerca de 13 milhões de diabéticos. Segundo a Organização mundial da Saúde (OMS), a diabetes corresponde a sexta maior causa de morte ao redor do mundo. Quando falamos especificamente da DMT2, sabemos que mudanças nos hábitos de vida como hábitos nutricionais adequados e prática regular de atividade física podem evitar o desenvolvimento da doença. Recentes evidências apontam para os benefícios do treinamento de força (TF) em relação aos fatores de controle da DMT2 (Hovanec N. et al., 2012). Embora os resultados da intervenção de um programa de TF apontem para benefícios relacionados aos aspectos de controle dos níveis glicêmicos e aumento da sensibilidade insulínica, quase não se sabe acerca de diferentes aspectos da manipulação de algumas das variáveis do TF. Dentre estas variáveis de manipulação, podemos citar o tempo de intervalo entre as series e exercícios. O tempo de intervalo traduz-se na recuperação entre as tentativas determinada pela quantidade de tempo selecionado em conjunto com a habilidade fisiológica individual. Já é consenso que o tempo de intervalo entre séries e exercícios irá afetar os sistemas muscular, cardiorrespiratório e endócrino (Kraemer e Ratamess, 2005, De Salles et al., 2009). Contudo, efeitos crônicos sobre adaptações e influências em relação a DMT2 da manipulação desta variável ainda são desconhecidos. Portanto, o objetivo desta pesquisa é investigar as influências que dois tipos distintos de tempo de intervalo entre séries, dois e cinco minutos, organizados em sessões de treinamento ao longo de 12 semanas, irão desencadear sobre os aspectos bioquímicos da DMT2 como a glicemia de jejum, hemoglobina glicada (HbA1c), sensibilidade insulínica, cálculo do HOMA-IN e perfil hormonal. Adicionalmente, nos momentos pré e pós intervenção, serão analisados os aspectos da força máxima (1RM), força/resistência muscular (10RM), antropometria, hemograma completo e dados da pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) em repouso.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Estevão Scudese - Integrante / Estélio Henrique Martin Dantas - Coordenador.

  • 2014 - Atual

    Respostas cardiovasculares ao treinamento de força, Descrição: A hipertensão arterial sistêmica é reconhecida como um fator de risco independente para AVC, doença arterial coronariana e insuficiência renal (Rosendorff et al., 2007). O exercício físico tem sido recomendado como uma estratégia não farmacológica eficaz para prevenção e controle da hipertensão arterial (ACSM,2004; Vasan et al., 2001). Recentemente, novos dados epidemiológicos recomendam fortemente a inclusão de rotinas de treinamento de força (TF) em programas de atividade física para reduzir o risco de várias doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2, independentemente do exercício aeróbio (Shiroma et al., 2017). Além disso, parece que, para um adulto diagnosticado com hipertensão, o TF pode provocar reduções da pressão arterial, e esta diminuição é comparável ou mesmo maior do que os obtidos com o treinamento aeróbio (MacDonald et al., 2016). Há evidências de que a redução crônica da pressão arterial pode estar associada à diminuição aguda após o exercício (Kelly e Kelly, 2000). Consequentemente, tem sido demonstrado que as sessões de treino TF podem desencadear diminuições da pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) após o exercício (Polto et al., 2003) . A resposta hipotensiva aguda parece ser afetada por diferentes combinações de manipulação de treinamento ou mesmo características antropométricas (Cornelissen e Fagard, 2005; Cornelissen e Fagard, 2011; Polito et al, 2003; Senna, et al., 2016; de Salles et al., 2010; Simão et al., 2005). Por exemplo, foi demonstrado que a intensidade do exercício influencia a duração, mas não a magnitude da PEH. Além disso, algumas pesquisas anteriores sugerem que a quantidade de massa muscular exercida também pode ser um fator determinante quando se considera a HEP aguda após uma sessão de RE. Assim, o objetivo deste projeto é verificar o efeito da resposta hipotensiva ao treinamento de força sobres as variações metodológicas e antropométricas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Estevão Scudese - Integrante / Gilmar Weber Senna - Integrante / Cristiano Queiroz de Oliveira - Coordenador.

  • 2014 - Atual

    Prevalência do excesso de peso e sua relação com a aptidão física de adolescentes., Descrição: O aumento da obesidade entre indivíduos jovens chama atenção desde o início da década de 90, quando já se observavam 18 milhões de crianças menores de cinco anos com excesso de peso em todo o mundo (Soares et al., 2003). Atualmente, o tempo que devia ser destinado a alguma atividade física ou esportiva tem sido ocupado pela televisão e o tempo de permanência sentado tem forte associação com o acúmulo de gordura corporal nas crianças e adolescentes (Giugliano e Carneiro, 2004; Pimenta e Palma, 2001). Outro ponto relevante é que as prevalências de sobrepeso e obesidade cresce rapidamente nos países em desenvolvimento, principalmente nas áreas urbanas (OMS, 2016). No Brasil, o excesso de peso aumenta continuamente desde a década de 70 e, no momento, é encontrado em cerca de metade da população. De acordo com os resultados da seção de Antropometria e Estado Nutricional da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF, 2008-2009), realizada em parceria entre o IBGE e o Ministério da Saúde, o excesso de peso atinge 21,5% dos adolescentes brasileiros, oscilando entre 16% e 18% no Norte e no Nordeste e entre 20% e 27% no Sudeste, Sul e Centro-Oeste. Se considerarmos que juntos a resistência muscular e a flexibilidade articular, previnem problemas posturais, articulares, lesões musculoesqueléticas, osteoporose, lombalgia e fadigas localizadas (Bouchard & Shephard, 1994), o conhecimento dessas valências físicas durante a adolescência pode nos ajudar no entendimento do comprometimento da aptidão física e de sua relação com certas morbidades presentes em indivíduos obesos jovens. Sendo assim, o presente projeto tem como objetivo avaliar a prevalência de excesso de peso e comparar com indicadores de aptidão física entre adolescentes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Estevão Scudese - Integrante / Gilmar Weber Senna - Integrante / Cristiano Queiroz de Oliveira - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2010 - Atual

    Projeto de desenvolvimento tecnológico: Horús, Descrição: Projeto de desenvolvimento tecnológico interdisciplinar das áreas da computação científica, biomecânica e fisiologia do exercício.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Estevão Scudese - Coordenador / Gilmar Senna - Integrante / Gladistone Affonso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Projeto de desenvolvimento tecnológico: Horús, Descrição: Projeto de desenvolvimento tecnológico interdisciplinar das áreas da computação científica, biomecânica e fisiologia do exercício.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Estevão Scudese - Coordenador / Gilmar Senna - Integrante / Gladistone Affonso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Projeto de desenvolvimento tecnológico: Horús, Descrição: Projeto de desenvolvimento tecnológico interdisciplinar das áreas da computação científica, biomecânica e fisiologia do exercício.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Estevão Scudese - Coordenador / Gilmar Senna - Integrante / Gladistone Affonso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Projeto de desenvolvimento tecnológico: Horús, Descrição: Projeto de desenvolvimento tecnológico interdisciplinar das áreas da computação científica, biomecânica e fisiologia do exercício.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Estevão Scudese - Coordenador / Gilmar Senna - Integrante / Gladistone Affonso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Projeto de desenvolvimento tecnológico: Horús, Descrição: Projeto de desenvolvimento tecnológico interdisciplinar das áreas da computação científica, biomecânica e fisiologia do exercício.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Estevão Scudese - Coordenador / Gilmar Senna - Integrante / Gladistone Affonso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Projeto de desenvolvimento tecnológico: Horús, Descrição: Projeto de desenvolvimento tecnológico interdisciplinar das áreas da computação científica, biomecânica e fisiologia do exercício.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Estevão Scudese - Coordenador / Gilmar Senna - Integrante / Gladistone Affonso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Projeto de desenvolvimento tecnológico: Horús, Descrição: Projeto de desenvolvimento tecnológico interdisciplinar das áreas da computação científica, biomecânica e fisiologia do exercício.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Estevão Scudese - Coordenador / Gilmar Senna - Integrante / Gladistone Affonso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Projeto de desenvolvimento tecnológico: Horús, Descrição: Projeto de desenvolvimento tecnológico interdisciplinar das áreas da computação científica, biomecânica e fisiologia do exercício.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Estevão Scudese - Coordenador / Gilmar Senna - Integrante / Gladistone Affonso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Projeto de desenvolvimento tecnológico: Horús, Descrição: Projeto de desenvolvimento tecnológico interdisciplinar das áreas da computação científica, biomecânica e fisiologia do exercício.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Estevão Scudese - Coordenador / Gilmar Senna - Integrante / Gladistone Affonso - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Projeto de desenvolvimento tecnológico: Horús, Descrição: Projeto de desenvolvimento tecnológico interdisciplinar das áreas da computação científica, biomecânica e fisiologia do exercício.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Estevão Scudese - Coordenador / Gilmar Senna - Integrante / Gladistone Affonso - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2013

Projeto vencedor da seletiva regional (região serrana) em inovação e desenvolvimento tecnológico, Sebrae - RJ.

2012

Prêmio Força da Juventude (área do conhecimento científico), Prefeitura de Petrópolis.

2012

Campeão estadual como treinador (categoria Body Fitness), IFBB-Rio.

2012

Campeão brasileiro como treinador (categoria Body Fitness), IFBB.

2011

Prêmio da Força da Juventude (área do conhecimento científico), Prefeitura de Petrópolis.

2011

Campeão estadual como treinador (categoria Body Fitness), IFBB-Rio.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2010 - 2010

    Laboratório Nacional de Computação Científica

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador em projeto de encubadora

  • 2009 - Atual

    Academia Aerobica

    Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Supervisor/ Professor / Personal Trainer, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Professor enquadrado na área técnica de musculação/treinamento personalizado e supervisão de estágio na Academia Aeróbica, situada em Petrópolis - RJ.

  • 2013 - Atual

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor da Pós Graduação Latu Sensu

    Outras informações:
    Professor do Programa de Pós Graduação Latu Sensu da Escola de Educação Física e Desportos (EEFD), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O professor ministra o módulo de Nutrição Esportiva aplicada.

  • 2008 - 2009

    Governo do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor

    Outras informações:
    Professor de Educação Física do ensino médio e fundamental de unidades de ensino sob o âmbito da Coordenadoria Regional do Estado do Rio de Janeiro.

  • 2011 - 2015

    Rede Petrópolis de Televisão

    Vínculo: Diretor Técnico, Enquadramento Funcional: Direção, Carga horária: 4

  • 2011 - 2012

    Rádio Estrada FM

    Vínculo: Diretor Técnico, Enquadramento Funcional: Direção do quadro "Momento Saúde", Carga horária: 4

  • 2016 - 2019

    Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de Pós Graduação Stricto Sensu, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2015 - 2017

    Universidade Tiradentes

    Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Colaborador

  • 2015 - Atual

    Universidade Católica de Petrópolis

    Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Professor colaborador