Natielo Almeida Santana

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Santa Maria (2013), mestrado em Ciência do Solo pela Universidade Federal de Santa Maria, curso de Pós-Graduação em Ciência do Solo (2014) e Doutorado em Ciência do Solo pela Universidade Federal de Santa Maria, curso de Pós-Graduação em Ciência do Solo (2018) . Realizou estágio de doutorado sanduíche (01/2016-07/2016) na Universidad de Vigo (UVIGO), ESPANHA. Foi Docente do Instituto Federal de Santa Catarina, campus de São Miguel do Oeste (IFSC-SMO) (2018-2019). Pós-Doutorando no Programa de Engenharia Ambiental-UFSM. Autor de livros, capítulos e artigos científicos em revistas de alto fator de impacto. Participou como palestrante de diversos eventos científicos. Participa como colaborador de diversas atividades aplicadas e projetos científicos. Revisor de diversos periódicos nacionais e internacionais. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Microbiologia e Bioquímica do Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: biorremediação, biologia, microbiologia e fertilidade do solo.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciência do Solo

2014 - 2018

Universidade Federal de Santa Maria
Título: Fitorremediação do cobre em vinhedos: efeito do fungo micorrízico arbuscular, minhocas e vermicomposto.
Rodrigo Josemar Seminoti Jacques. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Ciência do Solo

2013 - 2014

Universidade Federal de Santa Maria
Título: Efeito do fungo micorrízico arbuscular e do vermicomposto na fitorremediação do cobre em solo arenoso,Ano de Obtenção: 2015
Rodrigo Josemar Seminoti Jacques.Coorientador: Paulo Ademar Avelar Ferreira. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Fitoextração; Fitoestablização; Resíduo Orgânico; Poluição; Feijão de Porco.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo / Especialidade: Fertilidade do Solo e Adubação. Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.

Graduação em Agronomia

2008 - 2012

Universidade Federal de Santa Maria
Orientador: RODRIGO JOSEMAR SEMINOTI JACQUES
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Gestão e Avaliação de Riscos em Saúde Ambiental. (Carga horária: 120h). , Associação Brasileira de Educação Online, ABELINE, Brasil.

2019 - 2019

Fundamentos das relações Internacionais. (Carga horária: 30h). , Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.

2018 - 2019

As Tecnologias nas Práticas Pedagógicas Inclusivas. (Carga horária: 120h). , Associação Brasileira de Educação Online, ABELINE, Brasil.

2016 - 2016

Educação Ambiental. (Carga horária: 60h). , Associação Brasileira de Educação Online, ABELINE, Brasil.

2016 - 2016

Como fazer investimentos 1. (Carga horária: 12h). , Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.

2016 - 2016

Como fazer investimentos 2. (Carga horária: 8h). , Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.

2016 - 2016

Saneamento Básico. (Carga horária: 80h). , Associação Brasileira de Educação Online, ABELINE, Brasil.

2016 - 2016

Sociologia. (Carga horária: 30h). , Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.

2015 - 2015

Taxonomia, ecologia e biologia de Oligochaetas. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2014 - 2014

Soil-plant interation involved mineral nutrition. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2013 - 2013

Análise estatística de experimentos com SISVAR. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2013 - 2013

Busca em Bases de Patentes: Técnicas, Estratégias e Aplicações Práticas. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2012 - 2012

Taxonomia de minhocas. (Carga horária: 37h). , Universidade Positivo, POSITIVO, Brasil.

2008 - 2010

Extensão universitária em Técnicas de Jardinagem e Paisagismo no HUSM. (Carga horária: 1843h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2009 - 2009

Agricultura Familiar:Brasil-Argélia-Moçambique. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2004 - 2004

Aprendizagem comercial. (Carga horária: 530h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - RS, SENAC/RS, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Microbiologia e Bioquímica do Solo.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Ciência do Solo/Especialidade: Fertilidade do Solo e Adubação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SANTANA, N. A. . Taxonomia, ecologia e biologia de oligochaetas. 2015. (Outro).

SANTANA, N. A. . Curso de Compostagem e Vermicompostagem de Resíduos Orgânicos. 2011. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Toxicologia de Pesticidas e a Problemática Socioambiental. 2019. (Seminário).

Avanços e desafios em pesquisas sobre compactação do solo e desempenho de plantas. 2018. (Seminário).

Ecofisiologia da Soja Visando Altas Produtividades. 2018. (Seminário).

Utilização de sensores ópticos para a adubação nitrogenada em cereais.. 2018. (Seminário).

VI Workshop de Bioprodutos aplicados à Agricultura. 2017. (Seminário).

1 Workshop sobre Adubação, Calagem e Contaminação Ambiental em Solos em Vinhedos. 2016. (Outra).

Congreso Internacional de Agroecoloxía. 2016. (Congresso).

Using molecular data to investigate cryptic species complexes in earthworms. 2015. (Outra).

1° WORKSHOP - BIOPRODUTOS APLICADOS À AGRICULTURA DESENVOLVIMENTO DE BIOHERBICIDAS. 2014. (Seminário).

10 Simpósio Nacional Recuperação de Àreas Degradadas "Soluções Práticas". 2014. (Simpósio).

3ª edição do Evento de Alinhamento para Aplicação de Exames e Avaliações do Inep. 2014. (Outra).

VIII Congresso Brasileiro de Agroecologia. 2013. (Congresso).

II Congresso Internacional de educação Ambiental UAB/UFSM --Polo Panambi /RS. 2011. (Congresso).

XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2011. (Congresso).

FERTBIO 2010. 2010. (Congresso).

Seminário Pró-África-Agricultura Familiar: Brasil-Argélia-Moçambique. 2009. (Seminário).

Workshop de Nutrição e Manejo da Adubação em Frutíferas Temperadas. 2009. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Fernanda Cantoni

CAMPOS, M. L.;SANTANA, N. A.; BARCAROLI, I. F.; KANIESKI, M. R.. EFEITO AMENIZANTE DO VERMICOMPOSTO E DE BIOCHAR EM SOLOS CONTAMINADOS COM REJEITO-PIRITOSO. 2020. Exame de qualificação (Doutorando em Manejo do Solo) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Valéria Ortaça Portela

Loureiro, C. B.;SANTANA, N. A.; ANTONIOLLI, Z. I.; MELO, A. A.; JACQUES, R.J.S.. BIOHERBICIDA A PARTIR DE METABÓLITOS DE Mycoleptodiscus indicus PARA O CONTROLE DE PLANTAS DANINHA S. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Eduardo Paslauski

SILVEIRA , A. O.; CARISSIMI, E.;SANTANA, N. A.. Relatório de estágio supervisionado: Atividades desempenhadas na Emater/RS-ASCAR de Faxinal do Soturno-RS. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Alexssandro de Freitas de Morais

STEFEEN, G.P.K.; JACQUES, R.J.S.;SANTANA, N. A.. Estágio Supervisionado em Agronomia. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Willian Braga dos Santos

AITA, C.;ANTONIOLLI, Z. I.SANTANA, N. A.. COMPOSTAGEM E VERMICOMPOSTAGEM NA TRANSFORMAÇÃO DE RESIDUOS ORGÂNICOS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Helena Wichineski Trombeta

ANTONIOLLI, Z. I.SANTANA, N. A.; SULZBACHER, M. A.. REVISÃO DE LITERATURA: HERBICIDAS NO SOLO E BIORREMEDIAÇÃO. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Anderson Moro

ANTONIOLLI, Z. I.; SCHMITT, J.;SANTANA, N. A.. RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM AGRONOMIA REALIZADO NA EMPRESA FLORA AGRONEGÓCIOS. Estágio Supervisionado em Agronomia.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Willian Braga dos Santos

JACQUES, Rodrigo Josemar S.;ANTONIOLLI, Z. I.SANTANA, N. A.. RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM AGRONOMIA REALIZADO NA EMPRESA TOPOGRAPHIA SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS E PLANEJAMENTO RURAL S/S LTDA. Estágio Supervisionado em Agronomia.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Octacilio do Nascimento Herter

JACQUES, Rodrigo Josemar S.; SOUTO, K. M.;SANTANA, N. A.. RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO EM AGRONOMIA REALIZADO NA EMPRESA AGROMAX ? Planejamento e Assessoria Agropecuária. Estágio Supervisionado em Agronomia.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Francisco de Figueiredo Wesz

JACQUES, R. J. S.; SOUTO, K. M.;SANTANA, N. A.. AVALIAÇÃO DE PLANTAS FORRAGEIRAS DE INVERNO PARA FITORREMEDIAÇÃO DE SOLO CONTAMINADO COM COBRE. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Francisco Figueiredo Wesz

JACQUES, Rodrigo Josemar S.;SANTANA, N. A.; BEVILACQUA , C. B.. Relatório de atividades realizadas no Laboratório de Biologia do Solo e Ambiente - UFSM. Estágio Supervisionado em Agronomia.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Jaime Coelho Camargo

NISHIJIMA, T.; FRONZA, D.;SANTANA, N. A.. ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO EM AGRONOMIA NA EMBRAPA CLIMA TEMPERADO. Estágio Supervisionado em Agronomia.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Vitor Tatsch Rieck

JACQUES, R. J. S.; Loureiro, C. B.;SANTANA, N. A.. USO DE BACTÉRIAS FIXADORAS DE NITROGÊNIO EM GRAMÍNEAS. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Felipe Scholtz Piccin

GIACOMINI , S. J.;SANTANA, N. A.. COMPOSTAGEM E VERMICOMPOSTAGEM DO BAGAÇO DE CANA DE AÇÚCAR. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Breno Bevilaqua Heinz

AITA, C.; DONEDA, A.;SANTANA, N. A.. CONTROLE BIOLÓGICO: FUNGOS DO GÊNERO TRICHODERMA COMO PROMOTORES DE CRESCIMENTO VEGETAL E BIOFUNGICIDAS. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Gustavo Brunetto

Jacques R J SFERREIRA, P. A.BRUNETTO, GUSTAVOSORIANI, H. H.. Efeito do fungo micorrízico e do vermicomposto na fitorremediação do cobre em solo arenoso. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Gustavo Brunetto

Jacques R J S; TAROUCO, C. P.;GIROTTO, EDUARDOBRUNETTO, G.; SOUTO, K. M.. Efeito do fungo micorrizico arbuscular, vermicomposto e minhocas na fitorremediação do cobre em solo arenoso. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Paulo Ademar Avelar Ferreira

BRUNETTO, G.FERREIRA, P. A. A.; JACQUES, R. J. S.. Efeito do fungo micorrizico e do vermicomposto na fitorremediação do cobre em solo arenoso.. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

ZAIDA INES ANTONIOLLI

JACQUES, R.J.S.;SILVA, D. M.; FERREIRA, P. A. A.; TIECHER, T. L.;ANTONIOLLI, ZI. Efeito do fungo micorrizico arbuscular, vermicomposto e minhocas na fitoremediação do sobre em solo arenoso. 2018. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Kelen Muller Souto

SANTANA, N. A.;SOUTO, K. M.. Efeito de fungo micorrízico arbuscular, vermicomposto e minhocas na fitorremediação do cobre em solo arenoso. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

JACQUES, R. J. S.ANTONIOLLI, Z. I.SILVA, D. M.; FERREIRA, P. A. A.; TIECHER, T. L.. Fitorremediação do cobre em vinhedos: efeito do fungo micorrízico arbuscular, minhocas e vermicomposto. 2018. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Camila Peligrinotti Tarouco

JACQUES, R. J. S.;TAROUCO, C.P; GIROTTO, E.; SOUTO, K. M.; BRUNETTO, G.. Efeito do fungo micorrizico arbuscular, vermicomposto e minhocas na fitorremediação do cobre em solo arenoso. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Manoeli Lupatini

Lupatini, Manoeli. Atividades realizadas no Laboratório de Biologia e Ambiente-UFSM. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Hilda Hildebrand Soriani

JACQUES, R. J. S.; BRUNETTO, G.;SORIANI, H. H.. Efeito do fungo micorrízico e do vermicomposto na fitorremediação do cobre em solo arenoso. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Tadeu Luis Tiecher

JACQUES, R. J. S.; ANTONIOLLI, Z. I.; SILVA, D. M.; FERREIRA, PAULO A.A.;TIECHER, T. L.. Fitorremediação do cobre em vinhedos: efeito do fungo micorrízico arbuscular, minhocas e vermicomposto. 2018. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Antônio Carlos Bassaco

ESTÁGIO NO LABORATÓRIO DE BIOLOGIA DO SOLO E AMBIENTE, DEPARTAMENTO DE SOLOS, CENTRO DE CIÊNCIAS RURAIS - UFSM; 2012; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Antonio Carlos Bassaco;

Paulo Ademar Avelar Ferreira

Fitorremediação de solos arenosos contaminados com cobre com uso de plantas de cobertura micorrizadas e amenizantes orgânicos; ; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria,; Coorientador: Paulo Ademar Avelar Ferreira;

Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

Efeito do fungo micorrízico arbuscular e do vermicomposto na fitorremediação do cobre em solo arenoso; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rodrigo Josemar Seminoti Jacques;

Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

Fitorremediação do cobre em vinhedos: efeito do fungo micorrízico arbuscular, minhocas e vermicomposto; 2018; Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rodrigo Josemar Seminoti Jacques;

Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

Impacto do fogo e do cultivo de eucalipto na fauna do solo no bioma Pampa; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Rodrigo Josemar Seminoti Jacques;

Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

Fitorremediação do cobre em solos de vinhedos do Rio Grande do Sul; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rodrigo Josemar Seminoti Jacques;

Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

Estágio Curricular - Atividades realizadas no Laboratório de Biologia do Solo e Ambiente ? UFSM; 2012; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Rodrigo Josemar Seminoti Jacques;

Manoeli Lupatini

Acompanhamento de atividades no Laboratório de Biologia do Solo e Ambiente ? UFSM; ; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Manoeli Lupatini;

Andressa de Oliveira Silveira

Início: 2019; Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • GOMEZ-BRANDON, M. ; AIRA, M. ; SANTANA, N. A. ; PEREZ-LOSADA, M. ; DOMINGUEZ, J. . Temporal dynamics of bacterial communities in an industrial-scale vermireactor fed with distilled grape marc. Microorganisms , v. 8, p. 1-19, 2020.

  • FLECK, M. D. ; SANTANA, N. A. ; JACQUES, R.J.S. ; FREIBERG, J. A. ; MACHADO, D. N. ; PIAZZA, E. M. ; NETO, L. ; ANTONIOLLI, Z. I. . RELAÇÃO DO USO DO SOLO COM A DIVERSIDADE E A ATIVIDADE DA FAUNA EDÁFICA. NATIVA , v. 8, p. 397-402, 2020.

  • SANTANA, N. A. ; JACQUES, R. J. S. ; ANTONIOLLI, Z. I. ; CORDEIRO, H. M. ; DOMINGUEZ, J. . Changes in the chemical and biological characteristics of grape marc vermicompost during a two-year production period. APPLIED SOIL ECOLOGY , v. 154, p. 1-9, 2020.

  • BOCK, L. E. ; SILVA, A. G. ; SANTANA, N. A. ; AZZOLIN, G. Z. O. ; MACHADO, A. A. ; COSTA, H. F. ; SILVEIRA , A. O. . Respostas de Eisenia andrei (Bouché 1972) ao excesso de cobre em um solo arenoso. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM (Uniara) , v. 23, p. 1, 2020.

  • TIECHER, T. L. ; ROSA, D. ; AMBROSINI, V. G. ; HEINZEN, J. ; FERREIRA, P. A. A. ; SOARES, C. R. F. ; CERETTA , C. A. ; MELO, G. W. B. ; JACQUES, R.J.S. ; SANTANA, N. A. ; De CONTI, L. ; COUTO, R. R. ; Soriani, H. H. ; FARIAS, J. G. . Use of phosphorus fertilization and mycorrhization as strategies for reducing copper toxicity in young grapevines. SCIENTIA HORTICULTURAE , v. 248, p. 176-183, 2019.

  • SANTANA, N. A. ; Ferreira, P. A. A. ; TAROUCO, C. P. ; SCHARDONG, I. S. ; ANTONIOLLI, Z. I. ; Nicoloso, F. T. ; JACQUES, R.J.S. . Earthworms and mycorrhization increase copper phytoextraction by Canavalia ensiformis in sandy soil. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY , v. 182, p. 109383, 2019.

  • SCHARDONG, I. S. ; FREIBERG, J. A. ; SANTANA, N. A. ; RICHARDS, N. S. P. S. . Brazilian consumers? perception of edible insects. CIENCIA RURAL , v. 49, p. e20180960, 2019.

  • SANTANA, N. A. ; Rabuske, C. M. ; Soares, V. B. ; Soriani, H. H. ; Nicoloso, F. T. ; JACQUES, Rodrigo Josemar S. . Vermicompost dose and mycorrhization determine the efficiency of copper phytoremediation by Canavalia ensiformis. Environmental Science and Pollution Research , p. 1-15, 2018.

  • MACHADO, D. N. ; COSTA, E. C. ; PEDRON, L. ; BOSCARDIN, J. ; MACHADO, L. M. ; FLECK, M. D. ; SANTANA, N. A. . Soil Macrofauna as Indicator of Environmental Recovery in a Mining Area. FLORAM , v. 25, p. 1-9, 2018.

  • Echkardt, D. P. ; REDIN, M. ; SANTANA, N. A. ; De CONTI, L. ; JACQUES, R. J. S. ; ANTONIOLLI, Zaida Inês . Cattle Manure Bioconversion Effect on the Availability of Nitrogen, Phosphorus, and Potassium in Soil. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO (ONLINE) , v. 42, p. 1, 2018.

  • SANTANA, N. A. ; MORALES, C. A. S. ; SILVA, D. A. A. ; ANTONIOLLI, Z. I. ; JACQUES, R.J.S. . Soil Biological, Chemical, and Physical Properties After a Wildfire Event in a Eucalyptus Forest in the Pampa Biome. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO (ONLINE) , v. 42, p. 1-11, 2018.

  • VENDRUSCOLO, D. ; SANTANA, N. A. ; SOUTO, K. M. ; Ferreira, P. A. A. ; MELO, G. W. B. ; JACQUES, R.J.S. . Differential behavior of the summer cover crops in the absorption and translocation of copper. CIENCIA RURAL , v. 48, p. 1-11, 2018.

  • SILVA, DANNI MAISA DA ; Jacques, Rodrigo Josemar Seminoti ; SILVA, DIEGO ARMANDO AMARO DA ; SANTANA, NATIELO ALMEIDA ; VOGELMANN, EDUARDO ; ECKHARDT, DANIEL PAZZINI ; ANTONIOLLI, Zaida Inês . Effects of pig slurry application on the diversity and activity of soil biota in pasture areas. CIÊNCIA RURAL , v. 46, p. 1756-1763, 2016.

  • SANTANA, N. A. ; Ferreira, P. A. A. ; Soriani, H. H. ; Brunetto, G. ; Nicoloso, F. T. ; Antoniolli, Zaida Inês ; Jacques, Rodrigo Josemar Seminoti . Interaction between arbuscular mycorrhizal fungi and vermicompost on copper phytoremediation in a sandy soil. Applied Soil Ecology (Print) , v. 96, p. 172-182, 2015.

  • SANTANA, N. A. ; ANTONIOLLI, Z. I. ; JACQUES, R. J. S. ; PAULUS, E. ; SILVA, D. A. A. . Efeito do preparo do solo na fauna epiedáfica em cultivo de Nogueira- pecã. Cadernos Agroecológicos , v. 8, p. 1-4, 2013.

  • MORALES, D. A. ; SANTANA, N. A. ; ANTONIOLLI, Zaida Inês ; JACQUES, Rodrigo Josemar S. ; STEFFEN, Gerusa Pauli Kist ; STEFFEN, Ricardo Bemfica . Utilização dos diferentes vermicompostos produzidos a partir de resíduos. CIÊNCIA E NATURA , v. 35, p. 055-063, 2013.

  • Steffen, Ricardo Bemfica ; Antoniolli, Zaida Inês ; Steffen, Gerusa Pauli Kist ; Jacques, Rodrigo Josemar Seminoti ; Echkardt, Daniel Pazzini ; Santos, Marcos Leandro dos ; Santana, Natielo Almeida ; SANTANA, N. A. . Efeito do óleo essencial de Eucalyptus grandis no crescimento de isolados de fungos ectomicorrízicos em diferentes concentrações de cobre, zinco e níquel. Pesquisa Florestal Brasileira , v. 2011, p. 227-234, 2011.

  • Steffen, Ricardo Bemfica ; Antoniolli, Zaida Inês ; Steffen, Gerusa Pauli Kist ; Jacques, Rodrigo Josemar Seminoti ; Echkardt, Daniel Pazzini ; Santos, Marcos Leandro dos ; Santana, Natielo Almeida ; SANTANA, N. A. . Influência do óleo essencial na micorrização e no crescimento de mudas de eucalipto. Pesquisa Florestal Brasileira (Impresso) , v. 2011, p. 235-243, 2011.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SANTANA, N. A. . Biologia do solo. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Colaboração em site).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    USO DE UM MIX BIOLÓGICO PARA O AUMENTO DA FITORREMEDIAÇÃO DO COBRE EM SOLO ARENOSO, Descrição: Os solos arenosos de vinhedos da Campanha Gaúcha estão contaminados com cobre. A fitorremediação surge como uma alternativa para a remediação destes solos. O uso de um Mix biológico formado por vermicomposto e um fungo micorrizico arbuscular pode reduzir a toxidez do cobre neste processo aumentando o poder fitorremediador das plantas. O presente projeto constitui-se em mais uma etapa de uma série de estudos de longa duração que estão sendo realizados por este grupo de pesquisa sobre a temática da contaminação dos solos por cobre. Os estudos realizados até o momento foram conduzidos com solo contaminado em laboratório com uso de amostras de solo deformadas. Porém, pouco se conhece dos efeitos da interação entre vermicomposto e fungos arbusculares em condições de solo com amostras indeformadas e com histórico de contaminação com cobre. O objetivo do estudo é avaliar a interação entre fungos micorrizicos arbuculares e vermicomposto à base de bagaço de uva, formando um Mix biológico, para a fitorremediação de um solo arenoso contaminado com cobre. Para isto, amostras indeformadas de solo contaminado com cobre serão coletadas em colunas de solo em recipiente PVC (diâmetro de 20cm e altura de 60cm) e encaminhadas para casa de vegetação. As plantas de cobertura (feijão de porco e aveia branca) serão cultivadas nos recipientes PVC de forma sucessiva por dois anos totalizando quatro cultivos. O experimento será inteiramente casualizado composto por 3 doses de vermicomposto de bagaço de uva (0, 20 e 80 mg kg-1 de P via vermicomposto) e com e sem inoculação com Rhizoglomus clarum com três repetições. Serão avaliados a disponibilidade do cobre e de outros nutrientes na fase sólida, na solução e no lixiviado do solo, a atividade enzimática do solo e o acúmulo de cobre e de outros nutrientes na parte aérea e nas raízes, o crescimento vegetal e a fitotoxicidade deste metal pesado, através da eficiência fotoquímica, da concentração de pigmentos fotossintéticos e da atividade de enzimas do estresse oxidativo. O estudo apresenta grande contribuição para o entendimento da interação entre fungos micorrizicos e vermicomposto na fitorremediação do cobre e contribuirá para disponibilizar informações sobre a fitorremediação dos solos arenosos. Também irá disponibilizar um produto biológico com potencial para reduzir a contaminação por cobre de solos arenosos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / ANDRESSA DE OLIVEIRA SILVEIRA - Coordenador / TAUIRIS SANTOS RANGEL - Integrante.

  • 2019 - Atual

    INFLUÊNCIA DA DURAÇÃO DA VERMICOMPOSTAGEM NA EFICIÊNCIA DO VERMICOMPOSTO NA BIORREMEDIAÇÃO DO COBRE NO SOLO, Descrição: A contaminação do solo por cobre ocorre em diversos países devido a atividades agrícolas e industriais. A biorremediação, através da fitorremediação, surge como uma alternativa para a descontaminação destes solos e o vermicomposto pode ser utilizado como agente amenizante da toxidez do cobre neste processo. O estagiário de Pós-Doutorado estudou em seu mestrado e doutorado o uso de estercos, compostos e vermicompostos na fitorremediação do cobre, com publicações em revistas científicas de alto fator de impacto. Porém, ainda restam lacunas, dentre elas, testar se a eficiência desta prática pode depender do tempo de vermicompostagem, tendo em vista que durante este processo ocorrem significativas alterações nas propriedades físicas, químicas e biológicas no vermicomposto. Estas propriedades podem influenciar a sorção, a dessorção e a disponibilidade do cobre no solo e por consequência a eficiência da fitorremediação. Diante disto, elaborou-se a hipótese de que a fitoestabilização é aumentada quando é adicionado ao solo um vermicomposto com maior tempo de vermicompostagem, enquanto que a fitoextração tem sua eficiência aumentada quando é utilizado o vermicomposto de menor tempo de vermicompostagem. O objetivo deste trabalho é avaliar a eficiência da fitoextração e da fitoestabilização do cobre quando da adição ao solo do vermicomposto com diferentes tempos de vermicompostagem. Para isto será utilizado um Argissolo arenoso contaminado com 100 mg kg-1 de cobre para o cultivo da Canavalia ensiformis (L.) DC (feijão-de-porco). Neste solo serão adicionados vermicompostos de esterco bovino com 0, 15, 30 e 60 dias de vermicompostagem, em doses equivalentes a 20 e 80 mg kg-1 de P. Serão determinadas as características físico-químicas e biológicas do vermicomposto e do solo, e os atributos químicos e bioquímicos da planta, a fim de correlacioná-las com o potencial fitorremediador. O trabalho apresenta importantes contribuições ao conhecimento básico e aplicado da fitorremediação. Básico porque contribuirá para o entendimento do efeito de vermicompostos com diferentes tempos de vermicompostagem sobre a dinâmica do cobre no solo e sua absorção pela planta; e aplicado porque contribuirá para indicar por quanto tempo o esterco bovino deverá ser vermicompostado para adquirir melhores características para o uso como amenizante na fitorremediação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / ANDRESSA DE OLIVEIRA SILVEIRA - Coordenador / TAUIRIS SANTOS RANGEL - Integrante.

  • 2018 - Atual

    INTERAÇÃO ENTRE FUNGO MICORRÍZICO ARBUSCULAR, VERMICOMPOSTO E MINHOCAS NA FITORREMEDIAÇÃO DO COBRE EM SOLO ARENOSO, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Rodrigo Josemar Seminoti Jacques em 06/04/2018., Descrição: A maioria dos solos arenosos de vinhedos da Campanha do RS apresenta-se contaminadas com cobre, alguns com altos teores. A fitorremediação é uma alternativa para reduzir a contaminação destes solos, porém pouco se sabe sobre a interação dos fungos micorrízicos arbusculares, adubos orgânicos e minhocas na biodisponibilidade e absorção do cobre pelas plantas fitorremediadoras em solos com textura arenosa. Neste contexto, o objetivo é avaliar a interação entre o fungo micorrízico arbuscular e vermicomposto ou minhocas na fitorremediação de um solo arenoso contaminado com altos teores de cobre. Serão conduzidos dois estudos em casa de vegetação. Para tanto, serão coletadas em área adjacente a um vinhedo, amostras de um solo arenoso não contaminado. No experimento I, o solo será adicionado de 100 mg kg-1 de cobre e adubado com cinco doses de vermicomposto de esterco bovino para o cultivo de feijão de porco (Canavalia ensiformis L.), e inoculado ou não com fungo micorrízico arbuscular. No experimento II, o feijão de porco será cultivado no solo arenoso com adição de 0, 100 e 200 mg kg-1 de Cu com e sem inoculação de minhocas e do fungo micorrízico. Serão avaliados a disponibilidade de Cu e outros nutrientes no solo e em solução, o acúmulo de Cu e dos outros nutrientes na parte aérea e nas raízes, o crescimento vegetal e a fitotoxicidade do Cu, através da eficiência fotoquímica, da concentração de pigmentos fotossintéticos e da atividade de enzimas do estresse oxidativo. Também será avaliada a reprodução das minhocas e a concentração do cobre em seus compartimentos corporais. O trabalho apresenta uma importante contribuição para o desenvolvimento de alternativas para maximizar a fitorremediação deste metal pesado nos solos da Campanha Gaúcha.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / Zaida Inês Antoniolli - Integrante / Rodrigo Josemar Seminoti Jacques - Coordenador / REYLLIS KIEFER UNFER - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Potencial da composição química de resíduos orgânicos no controle de Pratylenchus brachyurus, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Zaida Ines Antoniolli em 29/04/2017., Descrição: No Brasil, o clima tropical associado à agricultura basicamente intensiva, fundamentada na sucessão e monocultivo de culturas suscetíveis tem colaborado para o agravamento de problemas fitossanitários, limitando a produção agrícola de diversas culturas anualmente. Dentre os problemas fitossanitários os fitonematoides se destacam como prioritários, representando um grande desafio para a pesquisa, assistência técnica e aos produtores. A espécie P. Brachyurus é considerado um endoparasita migrador, o qual ao penetrar e movimentar-se no interior das raízes promove a destruição do sistema radicular, facilitando também a entrada de microorganismos patogênicos. O controle químico é o método mais frequentemente empregado para o manejo de fitonematoides, o qual além de não apresentar a desejada eficiência, traz problemas relacionados ao desequilíbrio ambiental, devido ao alto grau de toxidez. Assim, torna-se necessário o desenvolvimento de métodos alternativos de controle dos fitonematoides, menos nocivos aos agroecossistemas, mais viáveis economicamente, com maior facilidade de acesso e aplicação. A adubação orgânica, neste contexto, apresenta potencial para o controle de nematoides sendo uma técnica de fácil aplicação, baixo custo e sem impacto ambiental. Estudos que busquem relacionar a interação das características contidas nos adubos orgânicos e suas possíveis relações com os efeitos inibitórios no ciclo de vida dos nematoides são muito importantes. Esse estudo visa um melhor entendimento da dinâmica da matéria orgânica em solos com presença de fitonematoides e suas relações com as substâncias presentes nos resíduos orgânicos, como agente de biocontrole, buscando compreender os mecanismos envolvidos no controle de fitonematoides e suas interelações com o desenvolvimento vegetal. Este projeto traz as seguintes hipóteses: o uso de resíduos orgânicos potencializa a tolerância da planta frente ao estresse causado pelos fitonematoides; a aplicação de resíduos orgânicos reduz a população de fitonematoides no solo. O objetivo geral é obter informações sobre os componentes químicos contidos nos resíduos orgânicos na redução da incidência do nematoide Prathylenchus brachyurus. O presente trabalho traz a possibilidade de viabilizar práticas de biocontrole de fitonematoides, mais viáveis e menos nocivas ao meio ambiente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / Zaida Inês Antoniolli - Coordenador / Rodrigo Josemar Seminoti Jacques - Integrante / JULIANE SCHMITT - Integrante / Barbara Estevao Clasen - Integrante / MAÍSA DIDONÉ WOHLENBERG - Integrante / LEANDRO SOUZA DA SILVA - Integrante / MARIANA FERNEDA DOSSIN - Integrante.

  • 2014 - Atual

    EFEITO SINERGÍSTICO DE FUNGOS ARBUSCULARES E VERMICOMPOSTO NA FITORREMEDIAÇÃO DO COBRE EM SOLOS DA CAMPANHA GAÚCHA, Descrição: As sucessivas aplicações de fungicidas cúpricos, em resposta aos problemas fitossanitários das videiras da Campanha do RS, resultaram na contaminação por cobre dos solos dos vinhedos. Devido a isso, plantas de cobertura e as próprias videiras em seu estágio inicial de desenvolvimento não crescem devido à toxicidade causada por este elemento traço. Além dos efeitos na própria produção das uvas, pode ocorrer a migração do cobre para águas subsuperficiais e superficiais provocando um grave problema ambiental. A fitorremediação surge como uma alternativa de reduzido custo, baixo impacto ambiental e fácil aceitação pela sociedade para a remediação destes solos. O objetivo deste projeto é avaliar o efeito sinergístico de fungos micorrízicos arbusculares e do vermicomposto à base de bagaço de uva na fitorremediação do cobre em solos de vinhedos. Para isto, solos da região da Campanha do RS serão coletados e utilizados para o cultivo, em casa de vegetação, de genótipos de plantas de cobertura com inoculação de fungos micorrízicos arbusculares e adição de vermicomposto. Análises químicas e bioquímicas serão realizadas visando verificar as diversas alterações provocadas pelo excesso de cobre e pela simbiose com fungos arbusculares nas plantas. As análises do solo irão auxiliar na compreensão da dinâmica do cobre no solo submetido á aplicação de vermicomposto e ao cultivo de planta fitorremediadora. O trabalho apresenta uma importante contribuição para o desenvolvimeto de alternativas para maximizar a fitorremediação deste metal pesado nos solos da Campanha Gaúcha.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / Antoniolli, Zaida Inês - Integrante / Jacques, Rodrigo Josemar Seminoti - Coordenador / Fernando Teixeira Nicoloso - Integrante / Hilda Hildebrand Soriani - Integrante / Paulo Ademar Avelar Ferreira - Integrante / Caroline Maria Rabuske - Integrante / Gustavo Brunetto - Integrante / Valdemir Bittencourt Soares - Integrante / Francisco Figueiredo Wesz - Integrante.

  • 2014 - Atual

    INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA: BIOINDICADORES DE QUALIDADE DO SOLO EM SISTEMA SOB DIFERENTES INTENSIDADES DE PASTEJO, Descrição: Devido ao aumento observado na demanda por produtos agropecuários e a escassez de novas áreas, grande importância tem sido dada ao uso intensivo e sustentável do solo. O Sistema de Integração Lavoura-pecuária (ILP) apresenta as vantagens de maximizar o uso do solo e aumentar os ganhos econômicos tanto na produção de grãos, quanto na de carne. Além disso, estudos demonstram que o solo sob ILP apresenta melhoria na qualidade física e química, porém sobre os atributos biológicos do solo ainda pouco se conhece. Neste contexto, o objetiva-se avaliar as alterações na diversidade e na atividade das comunidades biológicas do solo promovidas pelo uso da ILP sob diferentes intensidades de pastejo, e verificar se os parâmetros biológicos do solo são bioindicadores de qualidade neste sistema. Os tratamentos baseiam-se em quatro intensidades de pastejo: 10, 20, 30 e 40 cm de altura da pastagem de aveia preta (Avena strigosa Schreb), distribuídas em um delineamento experimental de blocos ao acaso, em três repetições, e áreas de referência com eliminação do pastejo. Será avaliada a diversidade e atividade dos micro, meso e macrorganismos do solo, em um experimento de ILP com duração de 12 anos, instalado sobre um Latossolo Vermelho Distroférrico. Serão avaliados os parâmetros microbiológicos do solo diversidade e biomassa microbiana, além da atividade enzimática. Para a meso e macrofauna será realizado o levantamento da densidade e diversidade, assim como a avaliação de sua atividade. Além disso, serão analisados os parâmetros químicos e físicos, com fins de correlação. Com os resultados espera-se contribuir com o conhecimento sobre as alterações causadas pelas diferentes intensidades de pastejo de um sistema de ILP nos organismos do solo, assim como verificar qual a intensidade de pastejo mais apropriada para a manutenção da biodiversidade e qualidade do solo, sem prejuízos à produção agropecuária.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / Zaida Inês Antoniolli - Integrante / Rodrigo Josemar Seminoti Jacques - Coordenador / Caroline Maria Rabuske - Integrante / Anderson Moro - Integrante / HAZAEL SORANZO DE ALMEIDA - Integrante / JULIANE SCHMITT - Integrante / Dilmar Baretta - Integrante / ÂNGELA DENISE HUBERT NEUFELD - Integrante.

  • 2013 - Atual

    INSUMOS AGRÍCOLAS PARA MELHORIA DAS PROPRIEDADES DO SOLO E DA PRODUÇÃO VEGETAL, Descrição: A expansão da produção e da produtividade agrícola exige, dentre outros fatores, de adoção em larga escala de insumos químicos, os quais muitas vezes acarretam prejuízos ambientais e elevação dos custos de produção. Atualmente um dos maiores desafios para a agricultura é desenvolver sistemas agrícolas sustentáveis que possam produzir alimentos e fibras em quantidade e qualidade suficiente, com reduzido impacto nos recursos do ambiente. Inclui-se neste contexto a pesquisa de novos insumos para agricultura, com baixo custo e fácil utilização por produtores, inclusive aqueles inseridos no contexto da agricultura ecológica. O presente projeto visa avaliar novos insumos agrícolas para melhoria das propriedades químicas, físicas e biológicas do solo e da produção vegetal. Para isso, serão conduzidos ensaios nos anos de 2013 a 2017, com culturas agrícolas anuais e perenes, em casa de vegetação e a campo. Os efeitos dos novos insumos serão avaliados sobre propriedades químicas (acidez, disponibilidade de nutrientes, contaminação por substâncias tóxicas, etc), físicas (densidade, porosidade, compactação, retenção de água, etc) e biológicas (micorrização, nodulação, infestação por nematóides, C da biomassa microbiana, respiração do solo, atividade enzimática, taxa de decomposição dos resíduos, etc) do solo. Com base nos resultados espera-se compreender os efeitos da utilização dos novos insumos nas propriedades do solo e no crescimento das plantas, de forma a contribuir com a recomendação de novos insumos agrícolas, visando o aumento da eficiência técnica, a redução de custos e dos impactos ambientais das atividades agrícolas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / EDICARLA TRENTIN - Integrante / ANDRESSA DE OLIVEIRA SILVEIRA - Integrante / Marcelo Aloisio Sulzbacher - Integrante / Zaida Inês Antoniolli - Coordenador / Anderson Moro - Integrante / HAZAEL SORANZO DE ALMEIDA - Integrante / JULIANE SCHMITT - Integrante / ÂNGELA DENISE HUBERT NEUFELD - Integrante / Barbara Estevao Clasen - Integrante / ALEX ANDRÉ MURARO - Integrante / ALEXANDRE DONEDA - Integrante / ANTONIO CARLOS BASSACO - Integrante / CAROLINE BORGES BEVILACQUA - Integrante / DAIANE DALLA NORA - Integrante / JOICE ALINE FREIBERG - Integrante / MAÍSA DIDONÉ WOHLENBERG - Integrante.

  • 2012 - Atual

    COMPOSTAGEM DOS RESÍDUOS DA INDÚSTRIA DE BIODIESEL E AVALIAÇÃO DO POTENCIAL FERTILIZANTE DO COMPOSTO, Descrição: A produção de biodiesel é uma alternativa menos poluente para obtenção de combustíveis. Contudo, como toda atividade industrial, também é causadora de impactos ambientais, destacando-se a produção de vários tipos de resíduos, que se não forem adequadamente tratados podem vir a causar sérios danos ambientais. A compostagem possibilita o adequado tratamento dos resíduos sólidos e o retorno dos nutrientes para o solo, vindo a contribuir com a sustentabilidade da cadeia produtiva do biodiesel. O objetivo da proposta é tratar através da compostagem os resíduos gerados pela indústria de biodiesel e avaliar o potencial fertilizante para a produção de plantas de interesse bioenergético. Resíduos gerados pela indústria de biodiesel serão analisados quimicamente e misturados de acordo com critérios técnicos para realização da compostagem. Se necessário, resíduos agrícolas serão adicionados à mistura. A compostagem será realizada através da técnica da aeração forçada automatizada. O composto obtido será avaliado quanto a sua capacidade de corrigir o pH do solo e disponibilizar nitrogênio às plantas. O potencial fertilizante do composto será avaliado através do cultivo da soja, canola e girassol em casa de vegetação. Espera-se disponibilizar uma estratégia biotecnológica simples, barata e eficiente para o tratamento dos resíduos, que permita a ciclagem dos nutrientes na própria cadeia produtiva do biodiesel.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / Zaida Inês Antoniolli - Integrante / Rodrigo Josemar Seminoti Jacques - Coordenador / Diego Armando Amaro da Silva - Integrante / Marcos Leandro dos Santos - Integrante / Daniel Pazzini Echkardt - Integrante / Taís Backes - Integrante / LILIAN CERVO CABRERA - Integrante / SANDRO JOSE GIACOMINI - Integrante / ANDRESSA DE OLIVEIRA SILVEIRA - Integrante.

  • 2012 - Atual

    FITORREMEDIAÇÃO DO COBRE EM SOLOS DE VINHEDOS DO RIO GRANDE DO SUL, Descrição: As aplicações sucessivas de calda bordalesa, um fungicida cúprico muito utilizado no controle de doenças na videira, conduziram a poluição por cobre de extensas áreas de vinhedos da Região da Serra Gaúcha e da Campanha do Rio Grande do Sul. Com isto, as plantas de cobertura e as mudas de videira têm apresentado nulo ou reduzido crescimento nos solos mais contaminados. A reduzida cobertura vegetal pode aumentar a migração do cobre para as águas superficiais e subsuperficiais. Diante deste cenário, faz-se necessário buscar alternativas para a remediação destes solos. A fitorremediação é uma tecnologia de reduzido impacto ambiental, baixo custo e grande aceitação pública. Plantas com potencial para a fitoestabilização e a fitoextração que se adaptem às altas concentrações de cobre no solo devem ser selecionadas visando a implantação de um programa de fitorremediação nestas regiões, que busque num primeiro estágio a redução da migração do cobre (fitoestabilização) e num segundo estágio a redução dos teores de cobre no solo (fitoextração). O objetivo deste projeto é selecionar plantas de cobertura de solo de inverno e de verão, espontâneas ou introduzidas, que sejam promissoras para a fitoestabilização e fitoextração do cobre em solos de vinhedos da Serra e da Campanha do RS. Amostras de solo com teores crescentes de cobre até 350 mg kg-1 serão coletadas em vinhedos destas duas regiões. Estes solos serão utilizados para o cultivo em casa de vegetação de genótipos de plantas de cobertura de solo espontâneas ou introduzidas, que terão sua parte aérea e raízes analisadas quanto a produção de biomassa e concentração de cobre. Análises bioquímicas nos tecidos aéreos serão realizadas visando determinar as alterações causadas pelo excesso de cobre na concentração de espécies reativas do oxigênio, na atividade de antioxidantes enzimáticos e não-enzimáticos, e na peroxidação lipídica. Amostras de solo antes e após o cultivo serão analisadas quanto ao fracionamento químico deste e. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / Rodrigo Josemar Seminoti Jacques - Coordenador / Diogo Vendruscolo - Integrante / Marcos Leandro dos Santos - Integrante / DANILO RHEINHEIMER DOS SANTOS - Integrante / CARLOS ALBERTO CERETTA - Integrante / LUANA ORLANDI - Integrante / LILIAN CERVO CABRERA - Integrante.

  • 2011 - 2013

    SELEÇÃO DE PLANTAS PARA FITORREMEDIAÇÃO DO COBRE EM SOLOS DE VINHEDOS DA SERRA GAÚCHA, Descrição: As aplicações sucessivas de calda bordalesa, um fungicida cúprico muito utilizado no controle de doenças na videira, conduziram a poluição por cobre de extensas áreas de vinhedos na Serra Gaúcha. Com isto, plantas de cobertura de inverno têm apresentado nulo ou reduzido crescimento nos solos mais contaminados. Por se tratar de áreas declivosas e com solo raso, a reduzida cobertura vegetal tem como conseqüência o aumento da erosão e da possível migração do cobre para as águas. Diante deste cenário, faz-se necessário conhecer buscar alternativas para a remediação destes solos. A fitorremediação é uma tecnologia de reduzido impacto ambiental, baixo custo e grande aceitação pública. Plantas com potencial para a fitoestabilização e a fitoextração que se adaptem as altas concentrações de cobre no solo e as condições edafo-climáticas da Serra Gaúcha devem ser selecionadas visando a implantação de um programa de fitorremediação que busque, num primeiro estágio, a redução da migração do cobre através da fitoestabilização. O objetivo deste projeto é selecionar plantas de cobertura de inverno, espontâneas ou introduzidas, que sejam promissoras para a fitoestabilização do cobre em solos de vinhedos da Serra Gaúcha. Amostras de solo serão coletadas em vinhedos da Serra Gaúcha com teores de cobre próximos a 50, 100, 150 e 200 mg kg-1. Estes solos serão utilizados para o cultivo em casa de vegetação de 20 genótipos de plantas de cobertura de inverno, espontâneas ou introduzidas, que terão sua parte aérea e raízes analisadas quanto a produção de biomassa e concentração de cobre. O trabalho apresenta uma importante contribuição para o entendimento do comportamento do cobre nos solos da Serra Gaúcha, além de disponibilizar informações sobre plantas de cobertura de inverno com potencial para fitoestabilização e fitoextração deste metal. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / Rodrigo Josemar Seminoti Jacques - Coordenador / Diego Armando Amaro da Silva - Integrante / Diogo Vendruscolo - Integrante / Marcos Leandro dos Santos - Integrante.

  • 2010 - 2012

    EFEITO DO CULTIVO DO EUCAPLITO NA DIVERSIDADE DE BACTÉRIAS DO SOLO NA REGIÃO DO PAMPA GAÚCHO, Descrição: O Pampa é o mais desconhecido dos biomas brasileiros. Os poucos estudos realizados revelaram que há grande diversidade espécies de vegetais e animais, porém ao nosso conhecimento, não existem estudos sobre a diversidade de microrganismos deste ambiente. Apesar de ainda desconhecermos este valioso recurso, o Pampa encontra-se sob risco de grande perda de biodiversidade devido a implantação de grandes áreas de monocultura de florestas exóticas. A instalação no Pampa de três multinacionais produtoras de papel e celulose visa o cultivo de mais de um milhão de hectares de eucalipto. O presente projeto tem como objetivo estudar a diversidade de bactérias do solo do bioma Pampa sob vegetação natural (campos) e monitorar a qualidade de um solo submetido a substituição da vegetação natural pelo cultivo de eucalipto, através da avaliação da estrutura das comunidades bacterianas deste solo. Serão coletadas amostras de solo nas proximidades da cidade de São Gabriel/RS, que está localizada no bioma Pampa. Os locais a serem estudados consistem de uma área com campo natural e áreas com 1, 2, 4, 6 e 8 anos de cultivo de eucalipto. As amostras de solo serão analisadas quanto às características físicas e químicas. O DNA total do solo será extraído diretamente das amostras. O estudo das comunidades microbianas através do DNA extraído será realizado pela técnica de RISA (Análise do Espaço Intergênico do RNA Ribossomal). Essa análise será utilizada para identificar padrões na diversidade de Bacteria e Archaea e definir os solos que apresentam maior e menor diversidade. Espera-se conhecer a biodiversidade de bactérias do solo do Bioma Pampa sob vegetação natural e sob florestas de eucalipto com diferentes idades, visando monitorar as mudanças na estrutura das comunidades microbianas, resultantes da substituição da vegetação natural pelo cultivo de florestas exóticas. Além disto, espera-se a realização de uma dissertação de mestrado numa área prioritária dentro do Programa de Pós-Graduaçã. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / Zaida Inês Antoniolli - Integrante / Rodrigo Josemar Seminoti Jacques - Coordenador / MANOELI LUPATINI - Integrante / EDICARLA TRENTIN - Integrante.

  • 2010 - 2012

    CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA E MOLECULAR DE FUNGOS ECTOMICORRÍZICOS HIPÓGEOS EM PLANTAÇÕES DE EUCALIPTO NO BIOMA PAMPA, Descrição: O Pampa é o mais desconhecido dos biomas brasileiros. Os poucos estudos realizados revelaram que há grande diversidade espécies vegetais e animais, porém existem poucos estudos sobre a diversidade de microrganismos deste ambiente. Estudos sobre os fungos ectomicorrízicos do bioma Pampa são escassos. Porém a situação mais grave ocorre em relação aos fungos ectomicorrízicos hipógeos, que por produzirem esporocarpos no interior do solo, são de difícil localização e coleta no campo, e por conseqüência disto, o número de estudos tanto ecológicos quanto sistemáticos é quase inexistente no bioma Pampa. O presente projeto tem como objetivo identificar com base em características morfológicas e moleculares as espécies de fungos ectomicorrízicos hipógeos associados a plantações de Eucalyptus spp. do bioma Pampa. Os basidiomas serão coletados em plantações de diferentes locais do bioma Pampa. O material coletado será catalogado e fotografado. Parte dos basidiomas depositados em herbário. Amostras dos basidiomas serão cultivadas e purificadas em laboratório e com elas será realizada a caracterização bioquímica, macroscópica e microscópica para identificação descrição das espécies. A região ITS do DNA será seqüenciada e os fungos identificados por comparação com bancos de sequências gênicas. Espera-se que a aplicação de técnicas moleculares e morfológicas ao estudo da biodiversidade de microrganismos do mais desconhecido dos biomas brasileiros representa uma concreta possibilidade de publicação de artigos científicos em revistas de alto fator impacto. Além disto, o depósito do material identificado em herbário, micoteca e no banco de DNA permitirá informar e disponibilizar à comunidade científica um material raro e qualificado sobre as espécies de fungos ectomicorrízicos hipógeos encontrados no bioma Pampa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / Zaida Inês Antoniolli - Integrante / Rodrigo Josemar Seminoti Jacques - Coordenador / Diego Armando Amaro da Silva - Integrante / SABRINA DE FÁTIMA BARBOSA DAHMER - Integrante.

  • 2009 - 2011

    ISOLAMENTO DE MICRORGANISMOS DEGRADADORES DE HIDROCARBONETOS POLICÍCLICOS AROMÁTICOS NO SOLO, Descrição: Os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) são compostos com propriedades carcinogênicas e mutagênicas. Estes hidrocarbonetos são gerados naturalmente, e de forma contínua, pela combustão incompleta de resíduos orgânicos ou por fontes antropogênicas, como a cadeia de extração, transporte, refino, transformação e utilização do petróleo e seus derivados. Uma estratégia para eliminação dos HPAs dos solos contaminados é através da biorremediação onde os microrganismos que apresentam capacidade de metabolizar estes compostos irão transformá-los em substâncias inertes, CO2 e água. Para que um microrganismo utilize os HPAs como fonte de C e energia para o seu crescimento é necessário que este possua as várias enzimas que transformam as complexas moléculas dos HPAs em intermediários das rotas catabólicas. Por isso, a maioria dos microrganismos do solo não possui a capacidade de degradar estes compostos, justificando a necessidade de se isolar e selecionar microrganismos degradadores de HPAs. O objetivo deste estudo é isolar, selecionar e identificar microrganismos degradadores de HPAs, visando sua futura utilização na biorremediação de solos contaminados com resíduos petroquímicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natielo Almeida Santana - Integrante / Rodrigo Josemar Seminoti Jacques - Coordenador / Diego Armando Amaro da Silva - Integrante / Marcos Leandro dos Santos - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

Aprovação em Concurso Público para professor Substituto na área de Agronomia, NSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA.

2018

Patrono da 1 Turma do Técnico Integrado em Agropecuária do IFSC São Miguel do Oeste, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina campus São Miguel do Oeste.

2006

Destaque na Produção de texto (Argumentativo-Dissertativo), Escola Estadual de Ensino Médio Professora Maria Rocha.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Santa Maria, PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AMBIENTAL. , Universidade Federal de Santa Maria, Camobi, 97105900 - Santa Maria, RS - Brasil, Telefone: (55) 32208606, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2019 - Atual

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-Doutorando, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Programa Nacional de Pós Doutorado/Capes (PNPD/Capes).

  • 2010 - 2013

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

    Atividades

    • 03/2020

      Ensino, Engenharia Ambiental, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, TÓPICOS EM MEIO AMBIENTE - FUNDAMENTOS DA CIÊNCIA DO SOLO (ESA900)

  • 2018 - 2019

    Instituto Federal de Santa Catarina

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Professor no curso Superior em Agronomia no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) nas disciplinas de Topografia, Máquinas e Implementos Agrícolas, Geoprocessamento e Biologia, Microbiologia do Solo e Projeto TCC. Atua também, como docente, no curso técnico em Agropecuária nas disciplinas de Topografia, Mecanização Agrícola, Construções Rurais e Tratamento de Resíduos. DOU: contrato n 106/2018. Professor Substituto. Edital de processo seletivo simplificado n 08/2018. Contratante: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina

    Atividades

    • 03/2019 - 04/2019

      Serviços técnicos especializados , Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus São Miguel do Oeste, .,Serviço realizado, Responsável pelo Laboratório de Mecanização Agrícola.

    • 03/2019 - 04/2019

      Outras atividades técnico-científicas , Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus São Miguel do Oeste, Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus São Miguel do Oeste.,Atividade realizada, Comissão Responsável pela Organização da Semana Acadêmica do curso de Agronomia do ano de 2019 do IFSC.

    • 04/2018 - 04/2019

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Construções rurais, Mecanização Agrícola, Topografia, Tratamento de resíduos

    • 04/2018 - 04/2019

      Ensino, Curso Superior em Agronomia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geoprocessamento, Projeto de TCC, Máquinas e Implementos Agrícolas, Microbiologia e Biologia do Solo, Topografia

    • 01/2019 - 02/2019

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus São Miguel do Oeste, .,Cargo ou função, Comissão destinada a selecionar candidatos para Ingresso no primeiro semestre de 2019, por Transferência Interna, Externa e Retorno para p Curso de Agronomia.

    • 01/2019 - 02/2019

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus São Miguel do Oeste, .,Cargo ou função, Comissão de Matrículas dos Cursos técnicos de Nível Médio, Técnico regulares, Graduações e Cursos de Formação Inicial e Continuadas-FICS.

    • 01/2019 - 01/2019

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus São Miguel do Oeste, .,Cargo ou função, Grupo de Trabalho análise documental de matrículas condicionais.

    • 05/2018 - 12/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus São Miguel do Oeste, .,Cargo ou função, Comissão do IFSC Sustentável do Câmpus São Miguel do Oeste.

    • 07/2018 - 08/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus São Miguel do Oeste, .,Cargo ou função, Comissão destinada a selecionar candidatos para ingresso no segundo semestre de 2018, por transferência Interna, Externa e Retorno, para os cursos de Graduação.