Maria do Socorro Pires e Cruz

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Piauí (1996), mestre em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1999), doutora em Doenças Tropicais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005) e Pós-doutorado realizado no Infectious Disease Research Institute - Seattle - USA (2015). Atualmente é professora titular do Departamento de Morfofisiologia Veterinária do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Piauí e coordenadora do PPGTAIR (Programa de Pós-graduação em Tecnologias Aplicadas a Animais de Interesse Regional). Realiza pesquisa envolvendo temas como: Imunologia, epidemiologia, diagnóstico, vacinas e terapêutica da leishmaniose visceral canina.

Informações coletadas do Lattes em 25/03/2023

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Doenças Tropicais

2000 - 2005

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Toxoplasmose congênita experimental: efeito da infecção com Toxoplasma gondii sobre diferentes períodos de prenhez
Maria Terezinha Serrão Peraçoli. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Toxoplasmose congênita; Resposta imune celular; camundongos; PCR; toxoplasma gondii.Grande área: Ciências BiológicasSetores de atividade: Saúde Humana.

Mestrado em Medicina Veterinária

1998 - 1999

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Estudo da resposta imune humoral em gatos (Felis catus) experimentalmente infectados com Sporothrix schenckii
Orientador: Sonia Regina Verde da Silva Franco
, Ano de Obtenção: 1999.Palavras-chave: Esporotricose; anticorpos; Gatos; ELISA.Grande área: Ciências AgráriasSetores de atividade: Saúde Humana.

Graduação em Medicina Veterinária

1991 - 1996

Universidade Federal do Piauí
Título: Avaliação dos efeitos da terapia com timomodulina sobre os perfis leucocitário e protéico de ratos
Orientador: Maria do Carmo Batista Barbosa de Sousa
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

1987 - 1989

Colégio Sagrado Coração de Jesus

Ensino Fundamental (1º grau)

1979 - 1986

Colégio Sagrado Coração de Jesus

Pós-doutorado

2014 - 2015

Pós-Doutorado. , Infectious Disease Research Institute, IDRI, Estados Unidos. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas

Formação complementar

2005 - 2005

Extensão universitária em Diagnóstico Molecular de Doenças Infecciosas. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal do Piauí, UFPI, Brasil.

1998 - 1999

Imunologia. , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

1998 - 1998

Virologia. , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Biotecnologia em Saúde Humana e Animal/Especialidade: Vacinas e Kits para Diagnósticos.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Aplicada.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.

Organização de eventos

CRUZ, M. S. P. ; SILVA, Jackelyne Geórgia Dutra e ; CATENACCI, L. ; EVANGELISTA, L. ; MACEDO, M. G. G. ; ARGOLO NETO, N. M. ; ALVES, M. M. M. ; CONDE JÚNIOR, A.M. ; BOMFIM, E. M. O. . I JORNADA INTERNACIONAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TTECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL - PPGTAIS. 2021. (Outro).

CRUZ, M. S. P. ; LEITE, J. G. D. E. S. ; SARMENTO, J. L. R. ; OLIVEIRA, L. A. ; SILVA, M. R. ; RELLY, L. ; LONG, C. R. . I ENCONTRO INTERNACIONAL DE GADO CURRALEIRO PÉ-DURO. 2021. (Outro).

CRUZ, M. S. P. ; LEITE, J. G. D. E. S. ; MOURA LD ; OLIVEIRA, L. A. . I ENCONTRO INTERNACIONAL DE GADO CURRALEIRO PÉ-DURO. 2021. (Outro).

COSTA, Carlos H N ; ROSÁRIO V ; CRUZ, M. S. P. ; SILVEIRA H ; SANTOS-GOMES, G. ; TOMÁS A . Curso Internacional "Avanços em Biologia Molewcular e Celular". 2009. (Outro).

COSTA, Carlos Henrique Nery ; CRUZ, M. S. P. ; MENDONÇA, Ivete Lopes de ; COSTA, Dorcas Lamounier . XLII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. 2006. (Congresso).

COSTA, Carlos Henrique Nery ; CRUZ, M. S. P. ; MENDONÇA, Ivete Lopes de ; COSTA, Dorcas Lamounier ; COSTA, Francisco Assis Lima . I WORKLEISH - I WORKSHOP DE PESQUISAS EM ANDAMENTO DE DOENÇAS DO SERTÃO - LEISHMANIOSE VISCERAL. 2005. (Outro).

Participação em eventos

7th WORLDLEISH. LEISHMANIA SP. IN SUBLINGUAL NODLE OF BITCH DIAGNOSED THROUGH CAPILLARY CYTOLOGY. 2022. (Congresso).

7th WORLDLEISH. SUPPLEMENTATION WITH NUTRACEUTICO DEFENSYN AND ITS EFFECTS ON CLINICAL IMPROVEMENT OF DOGS WITH VISCERAL LEISHMANIASIS. 2022. (Congresso).

7th WORLDLEISH. LEISHMANIA SP. IN FEMOROTIBIOPATELAR JOINT OF A BITCH. 2022. (Congresso).

INTERNATIONAL VETERINARY IMMUNOLOGY SYMPOSIUM.Combination chemo- and immunotherapy provides long term clinical improvement and sustained parasite clearance in L. infantum infected dogs. 2019. (Simpósio).

I SIMPÓSIO DE ATUALIDADES EM LEISHMANIOSES.URBANIZAÇÃO DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA: SITUAÇÃO EM TERESINA. 2019. (Simpósio).

I SIMPÓSIO DE ATUALIDADES EM LEISHMANIOSES.Imunoquimioterapia na leishmaniose visceral canina. 2019. (Simpósio).

V Congresso Regional da Sociedade Brasileira de Biofísica.NanoCarreadores e a Leishmaniose. 2019. (Simpósio).

WORLDLEISH6 - CONGRESSO MUNDIAL DE LEISHMANIOSES. Increase of CD14+CD11b+ cells in bone marrow and its association with anaemia in canine visceral leishmaniasis. 2017. (Congresso).

WORLDLEISH6 - CONGRESSO MUNDIAL DE LEISHMANIOSES. A comparative analysis of the serodiagnostic properties of total Leishmania extracts and individual antigens in Brazilian regions with different endemicity of canine visceral leishmaniasis.. 2017. (Congresso).

WORLDLEISH6 - CONGRESSO MUNDIAL DE LEISHMANIOSES. Correlation between CD4+ and CD8+ T cells from peripheral blood and splenomegaly in dogs naturally infected by Leishmania (Leishmania) infantum. 2017. (Congresso).

WORLDLEISH5 - CONGRESSO MUNDIAL DE LEISHMANIOSES. Socio-economic factors associated to the occurrence of canine infection by Leishmania infantum chagasi in Teresina ? Piaui? Brazil. 2013. (Congresso).

WORLDLEISH5 - CONGRESSO MUNDIAL DE LEISHMANIOSES. AGREEMENT BETWEEN INDIRECT IMMUNOFLUORESCENCE TEST (IFAT) AND ENZYME LINKED IMMUNOSORBENT ASSAYS (ELISA) FOR THE DIAGNOSTIC OF CANINE VISCERAL LEISHMANIASIS. 2013. (Congresso).

XLIX CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. DIAGNÓSTICO PRECOCE DA LEISHMANIOSE VISCERAL PELA TÉCNICA DE MICROCULTIVO. 2013. (Congresso).

XLIX CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. CARACTERISTICAS CLÍNICAS E PARSITOLÓGICAS ASSOCIADAS À LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA EM TERESINA, PIAUÍ. 2013. (Congresso).

III WORKLEISH - PESQUISA EM ANDAMENTO EM LEISHMANIOSES.CONCORDÂNCIA ENTRE ELISA, RIFI E PCR NA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA. 2011. (Outra).

26ª Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 14ª Reunião de Pesquisa Aplicada em Leishmaniose.Cinética do crescimento de cepas de Leishmania sp. provenientes de pacientes infectados e com diferentes apresentações e desfechos clínicos. 2010. (Outra).

26ª Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 14ª Reunião de Pesquisa Aplicada em Leishmaniose.LEISHMANIOSES. 2010. (Outra).

III MOSTRA DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS.EXPOSIÇÃO DE TRABALHO NA ÁREA DE IMUNOLOGIA VETERINÁRIA. 2008. (Outra).

Seminário de Iniciação Científica da UFPI.Leishmaniose visceral canina: diagnóstico sorológico e ditribuição espacial. 2008. (Seminário).

XXIV Reunião anual de pesquisa em Doença de Chagas e XII REunião anual de pesauisa em Leishmanioses.Distribuição espacial da infecção canina por Leishmania chagasi em bairro periférico de Teresina ? Piauí. 2008. (Outra).

XXIV Reunião anual de Pesquisa em Doença de Chagas e XII Reunião anual de Pesquisa em Leishmanioses.Aspectos ligados à expansão da leishmaniose visceral canina em Teresina ? Piauí: abordagem sócio-econômicas e ambientais. 2008. (Outra).

13 th International Congress of Immunology. Pathologic changes at symptomatic and asymptomatic dogs with visceral leishmaniasis. 2007. (Congresso).

II CONGRESSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DE MATO GROSSO DO SUL E SUAS FRONTEIRAS - II COMVET. Leishmanisose visceral canina: Situação atual no Brasil e perspectivas. 2007. (Congresso).

II WorkLeish - II Workshop de Pesquisas em Andamento - Leishmanioses. 2007. (Outra).

3O SIMPÓSIO DE IMUNIDADE INATA.3 SIMPÓSIO DE IMUNIDADE INATA. 2006. (Simpósio).

XLII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. XLII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. 2006. (Congresso).

XXII REUNIÃO ANUAL DE DOENÇA DE CHAGAS E LEISHMANIOSE. 2006. (Outra).

I ENCONTRO DE MEDICINA TROPICAL DO CONE SUL. 2005. (Encontro).

I SEMANA DE MEDICINA VETERINÁRIA DO HVU. 2005. (Outra).

I WORKLEISH - I Workshop de Pesquisas em Andamento em Doenças do Sertão.I WORKLEISH - I Workshop de Pesquisas em Andamento em Doenças do Sertão. 2005. (Outra).

XLI CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. 2005. (Congresso).

XXI REUNIÃO ANUAL DE PESQUISA APLICADA EM DOENÇA DE CHAGAS E LEISHMANIOSES EM UBERABA.Uso da reação em cadeia pela polimerase na rotina para o diagnóstico de leishmaniose visceral. 2005. (Outra).

XXIX SEMANA DO MÉDICO VETERINÁRIO. 2005. (Outra).

XXXI CONGRESSO BRSILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA - CONBRAVET. XXXI CONGRESSO BRSILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA - CONBRAVET. 2004. (Congresso).

Avanços em biologia molecular aplicada ao diagnóstico de zoonoses.Avanços em biologia molecular aplicada ao diagnóstico de zoonoses. 2003. (Simpósio).

III CONGRASSO NORDESTINO DE BUIATRIA. III CONGRASSO NORDESTINO DE BUIATRIA. 2003. (Congresso).

V CONGRESSO BRASILEIRO DE BUIATRIA. V CONGRESSO BRASILEIRO DE BUIATRIA. 2003. (Congresso).

Workshop Direct Agglutination test (DAT) & Fast agglutination screening test (FAST) based on a freeze-dried antigen for the sero-diagnosis of human visceral leishmaniasis or canine leishmaniasis..Workshop Direct Agglutination test (DAT) & Fast agglutination screening test (FAST) based on a freeze-dried antigen for the sero-diagnosis of human visceral leishmaniasis or canine leishmaniasis.. 2003. (Outra).

XI CONGRESSO LATINOAMERICANO DE BUIATRIA. XI CONGRESSO LATINOAMERICANO DE BUIATRIA. 2003. (Congresso).

38 CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. 38 CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. 2002. (Congresso).

V INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON ALLERGY AND CLINICAL IMMUNOLOGY.V INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON ALLERGY AND CLINICAL IMMUNOLOGY. 2002. (Simpósio).

III CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA. III CONGRESSO BRASILEIRO DE MICOLOGIA. 2001. (Congresso).

II JORNADA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DE DOENÇAS TROPICAIS.II JORNADA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DE DOENÇAS TROPICAIS. 2001. (Outra).

REUNIÃO CIENTÍFICA DA IMUNOLOGIA.REUNIÕES CIENTÍFICAS DA DISCIPLINA DE IMUNOLOGIA. 2001. (Outra).

TREINAMENTO TEÓRICO-PRÁTICO DE PROFILAXIA ANTI-RÁBICA.TREINAMENTO TEÓRICO-PRÁTICO DE PROFILAXIA ANTI-RÁBICA. 2001. (Outra).

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DERMATOLOGIA DE PEQUENOS ANIMAIS.CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM DERMATOLOGIA DE PEQUENOS ANIMAIS. 2000. (Outra).

XIII JORNADA PAULISTA DE PARASITOLOGIA.XIII JORNADA PAULISTA DE PARASITOLOGIA. 2000. (Outra).

XXV MEETING OF THE BRAZILIAN SOCIETY OF IMMUNOLOGY.XXV MEETING OF THE BRAZILIAN SOCIETY OF IMMUNOLOGY. 2000. (Encontro).

II ENCONTRO DE MEDICINA VETERINÁRIA DA REGIÃO MEIO-NORTE.II ENCONTRO DE MEDICINA VETERINÁRIA DA REGIÃO MEIO-NORTE. 1999. (Encontro).

MESA REDONDA LEISHMANIOSE CANINA; PESPECTIVA PARA O TRATAMENTO E CONTROLE.MESA REDONDA LEISHMANIOSE CANINA; PESPECTIVA PARA O TRATAMENTO E CONTROLE. 1999. (Outra).

APLICAÇÕES DOS MÉTODOS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM NAS PRINCIPAIS DOENÇAS DO SISTEMA DIGESTÓRIO DE CÃES E GATOS.CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM RADIOLOGIA VETERINÁRIA. 1998. (Outra).

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM FEBRE AFTOSA.CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM FEBRE AFTOSA. 1996. (Outra).

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS.CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS. 1995. (Outra).

CURSO EM ORTOPEDIA VETERINÁRIA.CURSO EM ORTOPEDIA VETERINÁRIA. 1995. (Outra).

I ENCONTRO NORDESTINO DE CLÍNICA E MANEJO DE ANIMAIS SILVESTRES.I ENCONTRO NORDESTINO DE CLÍNICA E MANEJO DE ANIMAIS SILVESTRES. 1995. (Encontro).

SIMPÓSIO SOBRE RADIOLOGIA EM CÃES E GATOS.SIMPÓSIO SOBRE RADIOLOGIA EM CÃES E GATOS. 1994. (Simpósio).

XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA. XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA. 1994. (Congresso).

Participação em bancas

Aluno: INGRID DOS SANTOS FARIAS

CONDE JÚNIOR, A.M.;CRUZ, M. S. P.; BASTOS, K. A. S.. ALTERAÇÕES CUTÂNEAS E RENAIS EM CÃES INFECTADOS POR LEISHMANIA SPP. SUBMETIDOS A PROTOCOLO DE TRATAMENTO. 2023. Dissertação (Mestrado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: EVERALDO ARAÚJO FERREIRA

CRUZ, M. S. P.; COSTA, C. H. N.; LEITE, J. C. S.; COSTA, A. J. L.. MODELAGEM DE DADOS DE LEISHMANIOSE VISCERAL NA CIDADE DE TERESINA E GERENCIAMENTO DE PROCESSOS NA TOMADA DE DECISÃO EM GESTÃO PÚBLICA. 2022. Dissertação (Mestrado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Ana Laura Da Silva Ferreira

MENDONCA, V. J.; PEREIRA, T. A.;CRUZ, M. S. P.. GENOTIPAGEM DE CEPAS DE Trypanosoma cruzi (KINETOPLASTIDA: TRYPANOSOMATIDAE) ISOLADAS DE TRIATOMÍNEOS COLETADOS EM DIFERENTES ECÓTOPOS NA CAATINGA. 2022. Dissertação (Mestrado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Alexandra de Siqueira Cajado Liarte

CONDE JÚNIOR, A.M.; REGO, J. V.;CRUZ, M. S. P.. QUIMIOPROTETORES DE CITOTOXICIDADE DA CISPLATINA EM MODELOS DE CULTIVO CELULAR. 2022. Dissertação (Mestrado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Clarisse Maria Barbosa Fonseca

CONDE JÚNIOR, A.M.;CRUZ, M. S. P.; MENDONCA, V. J.; MENDONCA, T. G. S.. Histomorfometria e imunohistoquímica da glândula parótida de cães naturalmente infectados. 2020. Dissertação (Mestrado em Ciências e Saúde) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: MARCIELLY BATISTA DA SILVA

Cruz, M.S.P.; CONDE JÚNIOR, A.M.; OLIVEIRA, A. G.. DESEMPENHO DE PROTEÍNAS RECOMBINANTES NO DIAGNÓSTICO DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA. 2019. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Leandro Machado Borges

Oliveira AG; FALCÃO, E.;Cruz, M.S.P.. ASPECTOS ZOONÓTICOS DA LEISHMANIOSE VISCERAL EM CAMAPUÃ, MS. 2017. Dissertação (Mestrado em pROGRAMA DE pÓS-GRADUAÇÃO EM dOENÇAS iNFECCIOSAS E pARASITÁRIAS) - UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO DO SUL.

Aluno: REGINA CÉLIA DA SILVA

COSTA, C. H. N.; COSTA, D. L.; ALVES, B. E.;CRUZ, M. S. P.. MARCADORES DA FASE AGUDA NA LEISHMANIOSE USADOS NO NOVO MUNDO. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências e Saúde) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Luana Dias de Moura

CRUZ, M. S. P.BATISTA, Maria Do Carmo de Souza; PIRANDA, E. M.. PROTEÍNAS RECOMBINANTES E SEU USO NO DIAGNÓSTICO DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA. 2017. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Kellen Matuzzy Silva

CRUZ, M. S. P.Oliveira AG; COSTA, C. H. N.. Prospeccao de novas proteinas no diagnostico da leishmaniose visceral canina. 2015. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: LEOPOLDO FABRÍCIO MARÇAL DO NASCIMENTO

CRUZ, M. S. P.Oliveira AG; PRIANTI, MG. Acompanhamento clinico e laboratorial em caes naturalmente infectados com Leishmania infantum chagasi submetidos a terapia com alopurinol e halocetamido. 2015. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Aryclene da Silva Negreiros

CRUZ, M. S. P.Oliveira AG; MENDONÇA, Ivete L de. Concordância da REação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e do Ensaio Imunoenzimático (ELISA) para diagnóstico de leishmaniose visceral canina. 2012. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: EMANUELLE CARDOSO MACEDO

CRUZ, M. S. P.Oliveira AGCOSTA, Carlos H N. Fatores sócio-econômicos e ambientais associados à ocorrência de infecção canina por Leishmania infantum chagasi em Teresina. 2012. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Kleverton Ribeiro da Silva

CRUZ, M. S. P.Oliveira AGBATISTA, Maria Do Carmo de Souza. AVALIAÇÃO DA TERAPIA COM DIETILDITIOCARBAMATO (DETC) EM CÃES EXPERIMENTALMENTE INFECTADOS COM LEISHMANIA INFANTUM CHAGASI. 2011. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Flaviane Alves De Pinho

COSTA, Francisco Assis Lima;CRUZ, M. S. P.; VENDRAME, C.M.V.. Quantificação de mRNA de IGF-I em pele, fígado, baço e linfonodo poplíteo de cães naturalmente infectados por Leishmania (Leishmania) chagasi. 2010. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Lucilene dos Santos Silva

Silva, S.M.M.S.; ANDRADE, F.H.E.;CRUZ, M. S. P.. Erliquiose e anaplasmose canina em Teresina, Piauí, e co-infecção com leishmaniose visceral canina. 2010. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Roberta martins Passos Humberg

CRUZ, M. S. P.Oliveira AG; Dorval M.E.M.C.. Leishmania sp. em animais silvestres de cativeiros e de vida livre. 2009. Dissertação (Mestrado em Doenças Infecciosas e Parasitárias) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Aluno: Sônia Maria de Carvalho

COSTA, Francisco Assis Lima; GOTO, Hiro;CRUZ, M. S. P.. PATOLOGIA E PATOGENIA DA NEFROPATIA EM OVINOS INFECTADOS POR LEPTOSPIRAS. 2005. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: IVONE FREIRES DE OLIVEIRA COSTA NUNES

CARVALHO, C. M. R. G.; AMORIM, A. C.; PINHO, Flaviane Alves de;CRUZ, M. S. P.; ALMONDES, K. G. S.; HORST, M. A.. ESTADO NUTRICIONAL GLOBAL DA PESSOA IDOSA: ASSOCIAÇÃO COM FATORES SOCIODEMOGRÁFICOS, STATUS DE VITAMINA D, HIPERTENSÃO ARTERIAL E POLIMORFISMOS GENÉTICOS. 2020. Tese (Doutorado em Alimentos e Nutrição) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Raíssa Paula Araújo Alves

OLIVEIRA, M. E.; NASCIMENTO, I. M. R.; PINHEIRO, R. R.; PINHEIRO, A. A.; SOUZA, K. C.;CRUZ, M. S. P.. SOROCONVERSÃO E CONTROLE DE INFECÇÃO DO LENTIVIRUS CAPRINO. 2019. Tese (Doutorado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: LEOPOLDO FABRÍCIO MARÇAL DO NASCIMENTO

CRUZ, M. S. P.; CONDE JÚNIOR, A.M.; SILVA, L. S.;Oliveira AG; MACHADO, L. P.. Imunoquimioterapia na leishmaniose visceral canina. 2019. Tese (Doutorado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Gilmara Péres Rodrigues

NOGUEIRA, N. N.; SOUSA, J. M. C. E.; MATOS NETO, E. M.;CRUZ, M. S. P.; MAIA, C. S. C.. Expressão gênica do LIV-1 (SLC39A6), polimorfismo 3129 G>A no gene IGF-1R e sua interação com fatores dietéticos e antropométricos em mulheres com câncer de mama.. 2019. Tese (Doutorado em RENORBIO) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Luciana Muratori Costa

BARRETO, H.M.; ARCANJO, D.D.R.;CARVALHO, Fernando Aécio de AmorimCRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E; COUTINHO, H.D.M.. Potencialidades farmacológicas de riparinas sintéticas como agentes antimicrobianos. 2018. Tese (Doutorado em RENORBIO) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Vladimir Costa Silva

COSTA, Carlos Henrique Nery; LEITE, J.R.A.;CRUZ, M. S. P.COSTA, Dorcas Lamounier; NUNES, L.C.C.. Análise Proteômica em Isolados de Leishmania chagasi para identificação de proteínas expressas por genes relevantes para susceptibilidade e patogenia da Leishmaniose visceral. 2012. Tese (Doutorado em RENORBIO) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Adelino Soares Lima Neto

COSTA, Carlos H NCRUZ, M. S. P.; GOUVEIA, V. A.; REIS, C. R. S.; DINIZ, F. M.. Análise seriada da expressão gênica e variabilidade genética ligada à virulência de Leishmania infantum chagasi. 2011. Tese (Doutorado em RENORBIO) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Bruno Leandro Maranhão Diniz

BATISTA, Maria Do Carmo de SouzaCRUZ, M. S. P.; PAULA, N.R.O; Paula, J; PINHEIRO, FR. ESTUDO ZOOSANITÁRIO DA CAPRINOCULTURA E DA OVINOCULTURA, E SOROPREVALÊNCIA DAS LENTIVIROSES DE PEQUENOS RUMINANTESNA MICRORREGIÃO DO ALTO MÉDIO GURGUÉIA, NA REGIÃO SUL DO PIAUÍ. 2011. Tese (Doutorado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Ivete Lopes de Mendonça

COSTA, Carlos H NCOSTA, Dorcas LamounierCruz, M.S.P.; WERNECK, Guilherme L; ALVES, L.C.. Testes de diagnóstico para leishmaniose visceral canina: infecção e infectividade. 2010. Tese (Doutorado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Maria Isabel Roth de Carvalho Freitas

PINTO, F. A. C.; Nasello AG;CRUZ, M. S. P.; Franci JAA; Felicio LF. Hiperprolactinemia e atividade de macrófagos peritoneais de ratas: influência da experiência repordutiva. 2006. Tese (Doutorado em Neurociências e Comportamento) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Luana Dias de Moura

CRUZ, M. S. P.; NASCIMENTO, L. F. M.; MELO EVANGELISTA, LUANNA SOARES DE. Avaliação e monitoramento da função renal de cães com leishmaniose visceral submetidos a imunoquimioterapia. 2023. Exame de qualificação (Doutorando em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: IVONE FREIRES DE OLIVEIRA COSTA NUNES

CARVALHO, C. M. R. G.; AMORIM, A. C.;CRUZ, M. S. P.; ALMONDES, K. G. S.; HORST, M. A.; PINHO, Flaviane Alves de. ESTADO NUTRICIONAL GLOBAL DA PESSOA IDOSA: ASSOCIAÇÃO COM FATORES SOCIODEMOGRÁFICOS, STATUS DE VITAMINA D, HIPERTENSÃO ARTERIAL E POLIMORFISMOS GENÉTICOS. 2020. Exame de qualificação (Doutorando em Alimentos e Nutrição) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Paulo Victor de Lima Sousa

FROTA, K. M. G.;CRUZ, M. S. P.; SOUSA, J. M. C. E.. Associação entre as concetrações sérica de vitamina D, polimorfismos do gene do VDR e consumo alimentar em indivíduos com síndrome metabólica de um estudo de base populacional. 2020. Exame de qualificação (Doutorando em Alimentos e Nutrição) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Kayo Alves Figueiredo

OLIVEIRA, R.C.M.; COSTA, M.P.;CRUZ, M. S. P.. DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE UMA MICROEMULSÃO CONTENDO RIPARINA C PARA O TRATAMENTO DA LEISHMANIOSE: OBTENÇÃO, CARACTERIZAÇÃO E AVALIAÇÃO FARMACOLÓGICA. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em RENORBIO) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Gilmara Péres Rodrigues

FERREIRA, P. M. P.;SILVA, Vladimir CostaCRUZ, MARIA SP. Status do zinco, expressão gênica do LIV-1 e polimorfismo no gene IGF-1R em mulheres com câncer de mama. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em RENORBIO) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Raíssa Paula Araújo Alves

PINHEIRO, R. R.; SOUSA, K. C.;Cruz, M.S.P.. METODOLOGIAS DE ACOMPANHAMENTO DA SOROCONVERSÃO E CONTROLE DE INFECÇÃO LENTIVIRAL EM CAPRINOS. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: LEOPOLDO FABRÍCIO MARÇAL DO NASCIMENTO

CONDE JÚNIOR, A.M.; TEIXEIRA, C.R.;Cruz, M.S.P.. Imunoquimioterapia na leishmaniose visceral canina. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Vladimir Costa Silva

LEITE, J.R.A.;CRUZ, M. S. P.; NUNES, L.C.C.. Análise proteômica em isolados de Leishmania chagasi para identificação de proteínas expressas por genes relevantes para a susceptibilidade e patogenia de Leishmaniose visceral. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em RENORBIO) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Flávia Melo Barreto

BATISTA, Maria Do Carmo de Souza; COSTA, Francisco Assis Lima;CRUZ, M. S. P.. USO DO GEL MUCILAGINOSO DAS FOLHAS DE ALOE VERA L. NA TERAPÊUTICA DE FERIDAS CUTÂNEAS. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Bruno Leandro Maranhão Diniz

BATISTA, Maria Do Carmo de Souza; COSTA, Francisco Assis Lima;CRUZ, M. S. P.; PAULA, N.R.O. ESTUDO ZOOSANITÁRIO DA CAPRINOCULTURA E DA OVINOCULTURA, E SOROPREVALÊNCIA DAS LENTIVIROSES DE PEQUENOS RUMINANTESNA MICRORREGIÃO DO ALTO MÉDIO GURGUÉIA, NA REGIÃO SUL DO PIAUÍ. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Ivete Lopes de Mendonça

COSTA, Carlos Henrique NeryCRUZ, M. S. P.; COSTA, Francisco Assis Lima. Testes de diagnóstico para leishmaniose visceral canina: infecção e infectividade. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Clarisse Maria Barbosa Fonseca

CONDE JÚNIOR, A.M.;Cruz, M.S.P.; MENDONCA, V. J.; MENDONCA, T. G. S.. Histomorfometria e imunohistoquímica da glândula parótida de cães naturalmente infectados. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências e Saúde) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Jéssica Laís Couto Machado

CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E. AVALIAÇÃO DAS AÇÕES DE CONTROLE DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA EM REGIÕES ENDÊMICAS DE TERESINA-PIAUÍ, 2014 A 2018.. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Jéssica Laís Couto Machado

SILVA, Vladimir CostaCruz, M.S.P.; GOMES, Regis Brandim. Avaliação da performance do teste rápido DPP BioManguinhos para triagem sorológica da leishmaniose visceral em cães. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em Medicina Tropical) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Nathália Lopes Fontoura Mateus

PIRANDA, E.M.; FALCÃO, E.;CRUZ, M. S. P.. DIAGNÓSTICO DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA: USO DE PROTEÍNAS ANTIGÊNICAS DE Leishmania infantum. 2017.

Aluno: REGINA CÉLIA DA SILVA

COSTA, C. H. N.; COSTA, D. L.; ALVES, B. E.;CRUZ, M. S. P.. MARCADORES DA FASE AGUDA NA LEISHMANIOSE USADOS NO NOVO MUNDO. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências e Saúde) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Nathália Lopes Fontoura Mateus

CRUZ, M. S. P.; PIRANDA, E. M.; FALCÃO, E.. DIAGNÓSTICO DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA: USO DE PROTEÍNAS ANTIGÊNICAS DE Leishmania infantum. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Aluno: Danielle Alves Zacarias

COSTA, Carlos Henrique NeryCOSTA, Dorcas LamounierCRUZ, M. S. P.. Quantificação da parasitemia de leishmania chagasi: correlação com o desfecho clínico em pacientes com leishmaniose visceral. 2010.

Aluno: Ângela Paranaguá de Santana Andrade

COSTA, Carlos H N; Lopes-Filho LL;CRUZ, M. S. P.. "O polimosrfismo do gene da lecitina ligante de manose (MBL2) na leishmaniose tegumentar americana. 2008.

Aluno: João Pereira da Silva

CRUZ, M. S. P.; WERNECK, Guilherme L. Aspectos ligados à expansão da leishmaniose visceral canina em Teresina ? Piauí: abordagem sócio-econômicas e ambientais. 2008. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Vigilância Sanitária Ambiental) - Universidade de Brasília.

Aluno: Sônia Maria de Carvalho

MENDONÇA, Ivete Lopes deCRUZ, M. S. P.; GIRÃO, E. S.. Toxoplasmose caprina - Revisão de Literatura. 2002. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Ovinocaprinocultura) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Dayane Francisca Higino Miranda

CRUZ, M. S. P.CARVALHO, Fernando Aécio de Amorim; PINHO, Flaviane Alves de. Comparação da reação em cadeia pela polimerase e reação de imunofluorescência indireta no diagnóstico de leishmaniose visceral canina. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Emanuelle Macêdo Cardoso

CRUZ, M. S. P.CARVALHO, Fernando Aécio de Amorim; FARIAS, T. J.. LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA: ASPECTOS SÓCIO-ECONÔMICOS E AMBIENTAIS. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Caliandra Bona Nascimento

BATISTA, Maria Do Carmo de SouzaCRUZ, M. S. P.; COSTA, A. P. R.. Anticorpos anti-lentivírus de pequenos ruminantes em rebanhos de ovinos no município de Teresina, PI. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Rayssa Maria de Araújo Carvalho

CRUZ, M. S. P.BATISTA, Maria Do Carmo de SouzaCOSTA, Carlos Henrique Nery. Comparação da sensibilidade da reação em cadeia pela polimerase (PCR) com a imunofluorescência indireta (RIFI) no diagnóstico da leishmaniose visceral humana. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Cláudio Melo Piazzarollo

COSTA, A. P. R.;CRUZ, M. S. P.; SILVA, Francisco Lima. Avaliação do emprego de cães da raça American Pit Bull Terrier na atividade de faro. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Jackellyne Geórgia Dutra e Silva

MENDONÇA, Ivete Lopes deCRUZ, M. S. P.COSTA, Carlos Henrique Nery; TORRES, Iranise Batista Bezerra. INFECÇÃO NATURAL DE Lutzomyia longipalpis POR Leishmania sp NO BAIRRO BELA VISTA, TERESINA, PIAUÍ. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Piauí.

CRUZ, M. S. P.. Memorial acadêmico de ANAMARIA MELLO MIRANDA PANIAGO. 2023. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

CRUZ, M. S. P.. Memorial Acadêmico de Andrea Alice da Fonseca Oliveira. 2022. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

CRUZ, M. S. P.. Construindo uma trajetória acadêmica - Alessandra Gutierrez Oliveira. 2022. Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Sousa AF; Nunes MLRL;CRUZ, M. S. P.. Professor Assistente na área de PATOLOGIA CLÍNICA. 2008. Universidade Federal do Piauí.

SANTOS, Fabrício Rios;CRUZ, M. S. P.; MENDES, Rodolfo Pereira. Banca para Progressão Funcional do Docente: Jair Pereira da Cunha Júnior. 2006. Universidade Estadual de Santa Cruz.

CRUZ, M. S. P.. Avaliadora de trabalhos científicos apresentados em forma de painéis do IX CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA da UFRPE. 1999. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Comissão julgadora das bancas

Michiko Sakate

FRANCO, S. R. V. S.; MOUTINHO, F. Q.; ROCHA, N. S.; FERREIRA, H.;SAKATE, M.. Esporotricose em cães e gatos.. 1999. Outra participação, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Maria Fátima Sugizaki

SUGIZAKI, M. F.; FRANCO, Sonia Regina Verde da Silva; ARAÚJO JÚNIOR, João Pessoa. Estudo da resposta imune humoral em gatos (Felis catus) experimentalmente infectados com Sporothrix schenckii.. 1999. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) - Faculdade Medicina Veterinária e Zootecnia.

RAMON KANENO

PERAÇOLI, M T S; RIBOLA, Paulo;KANENO, R.. Toxoplasmose congênita experimental: efeito da infecção com Toxoplasma gondii em diferentes períodos de prenhez. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Doenças Tropicais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

LISIANE DE ALMEIDA MARTINS

MARTINS, L. A.; PERAÇOLI, Maria Terezinha Serrão; COSTA, Carlos Henrique Nery; FREIRE, Roberta Lemos; CONSONNI, Marcos. Toxoplasmose congênita experimental: efeito da infecção com Toxoplasma gondii em diferentes éríodos de prenhez. 2005. Tese (Doutorado em Faculdade de Medicina de Botucatu) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Maria Terezinha Serrão Peraçoli

PERAÇOLI, M. T. S.; MARTINS, L. A.; CONSONI, M.; COSTA, C. H. N.; FREIRE, R. L.. Toxoplasmose congênita experimental: efeito da infecção por Toxoplasma gondii em diferentes períodos de prenhez. 2005 - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho.

Maria Terezinha Serrão Peraçoli

PERAÇOLI, M. T. S.KANENO, R.; RIBOLLA, P. E. M.. Toxoplasmose congênita experimental: Efeito da infecção com Toxoplasma gondii nos diferentes períodos de prenhez. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Doenças Tropicais) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho.

Paulo Eduardo Martins Ribolla

RIBOLLA, P. E. M.; PERAÇOLI, Maria Terezinha Serrão. Toxoplasmose Congênita Experimental: Efeito da Infecção com Toxoplasma gondii nos Diferentes Períodos de Prenhez.. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Doenças Tropicais) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Orientou

Nathalia Castelo Branco Barros

Determinação da concentração inibitória mínima de antimicrobianos usados para o tratamento de leishmaniose humana e canina; Início: 2022; Dissertação (Mestrado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí; (Coorientador);

AMANDA KAROLINY FIGUEREDO BRITO

Estudo de Leishmania sp; isolados de cães em Teresina - PI e Timon - MA: avaliação da atividade macrofágica, fatores de virulência e resistência à antiparasitários; Início: 2022; Dissertação (Mestrado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Mateus Sávio Amorim Silva

Incidência de arboviroses no estado do Piauí; Início: 2021; Dissertação (Mestrado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí; (Orientador);

Elyse Medeiros Olimpio Bomfim

Leishmaniose visceral canina: aspectos ambientais e reprodutivos; Início: 2021; Dissertação (Mestrado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí; (Coorientador);

Sávio Matheus Reis de Carvalho

EFEITO DE DIFERENTES ESQUEMAS TERAPÊUTICOS E SUA INFLUÊNCIA SOBRE AS ALTERAÇÕES OFTALMOLÓGICAS EM CÃES ACOMETIDOS POR LEISHMANIOSE VISCERAL; Início: 2020; Dissertação (Mestrado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí; (Orientador);

EVERALDO ARAÚJO FERREIRA

Modelagem dos casos de Leishmaniose Visceral no Município de Teresina através de Sistemas Dinâmicos P-Fuzzy; ; Início: 2022; Tese (Doutorado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí; (Orientador);

JACKELYNE GEORGIA DUTRA E SILVA LEITE

Avaliação da implementação do uso das coleiras impregnadas com inseticida em cães em municípios prioritários para o controle da leishmaniose visceral humana e canina no Brasil; Início: 2020; Tese (Doutorado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí; (Orientador);

Kellen Matuzzy Silva de Melo

Desempenho de proteínas recombinantes no diagnóstico sorológico de leishmaniose visceral canina ? avaliação da sensibilidade e especificidade; Início: 2020; Tese (Doutorado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí; (Coorientador);

Luana Dias de Moura

Imunoterapia na leishmaniose visceral canina: aspectos imunológicos; Início: 2019; Tese (Doutorado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Samuel da Silva Sousa

Avaliação da cinética de subclasses de anticorpos de IgG associados com a progressão dos sinais clínicos em cães experimentalmente infectados com L; Infantum utilizando antígeno solúvel convencional e antígenos recombinantes; Início: 2022; Iniciação científica (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

EVERALDO ARAÚJO FERREIRA

Modelagem de dados de Leishmaniose visceral na cidade de Teresina e gerenciamento de processos na tomada de decisão na gestão pública; 2022; Dissertação (Mestrado em TECNOLOGIAS APLICADAS A ANIMAIS DE INTERESSE REGIONAL) - Universidade Federal do Piauí,; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

MARCIELLY BATISTA DA SILVA

DESEMPENHO DE PROTEÍNAS RECOMBINANTES NO DIAGNÓSTICO DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA; 2019; Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Luana Dias de Moura

PROTEÍNAS RECOMBINANTES E SUA EFICÁCIA NO DIAGNÓSTICO DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA; 2017; Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

LEOPOLDO FABRÍCIO MARÇAL DO NASCIMENTO

Acompanhamento clinico e laboratorial em caes naturalmente infectados com Leishmania infantum chagasi, submetidfos a terapia com Alopurinol e Halocetamido; 2015; Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Kellen Matuzzy da Silva

Prospeccao de novas proteinas no diagnostico da leishmaniose visceral canina; 2015; Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

EMANUELLE CARDOSO MACEDO

Fatores sócio-econômicos e ambientais associados à ocorrência de infecção canina por Leishmania infantum chagasi em Teresina; 2012; Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Aryclene da Silva Negreiros

Concordância da REação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e do Ensaio Imunoenzimático (ELISA) para diagnóstico de leishmaniose visceral canina; 2012; Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí, MEC; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Kleverton Ribeiro da Silva

AVALIAÇÃO DA TERAPIA COM DIETILDITIOCARBAMATO (DETC) EM CÃES EXPERIMENTALMENTE INFECTADOS COM LEISHMANIA INFANTUM CHAGASI; 2011; Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Raíssa Paula Araújo Alves

Soroconversão e controle de infecção do lentivirus caprino; 2019; Tese (Doutorado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí,; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

LEOPOLDO FABRÍCIO MARÇAL DO NASCIMENTO

Imunoquimioterapia na leishmaniose visceral canina; 2019; Tese (Doutorado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Dayane Francisca Higino Miranda

Alterações na medula ósse de cães com leishmaniose visceral: um estudo clínico-patológico; 2018; Tese (Doutorado em ZOOTECNIA TROPICAL) - Universidade Federal do Piauí, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Kleverton Ribeiro da Silva

AVALIAÇÃO HEMATOLÓGICA, BIOQUÍMICA E CLÍNICA DO USO DE DIETILDITIOCARBAMATO (DETC) NO TRATAMENTO IN VITRO E IN VIVO DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA NATURAL E EXPERIMENTAL; 2011; Tese (Doutorado em Patologia Experimental) - Fiocruz - Centro de Pesquisa Goncalo Moniz,; Coorientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Tarsia Giabardo Silva

2022; Universidade Federal do Piauí, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Maria do Socorro Pires e Cruz;

ARYCLENE DA SILVA NEGREIROS DE ALMEIDA

ATRESIA ANAL EM CANINO: Relato de caso; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em PÓS-GRADUAÇÃO ?LATO SENSU? CLÍNICA MÉDICA E CIRÚRGICA DE PEQUENOS ANIMAIS) - Centro Universitário CESMAC; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

João Pereira da Silva

Aspectos ligados à expansão da leishmaniose visceral canina em Teresina ? Piauí: abordagem sócio-econômicas e ambientais; 2008; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Vigilância Sanitária) - Universidade de Brasília; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Janayna Batista Barbosa de Sousa

Insuficiência renal e hemodiálise; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Saúde Pública) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

ANDREZA THÁTILA ASSUNÇÃO E MEDEIROS

Insuficiência renal e hemodiálise; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Saúde Pública) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

JOSELMARA MENESES LIMA

Insuficiência renal e hemodiálise; 2007; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Saúde Pública) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Eduarda Sampaio Borges Barros

AVALIAÇÃO DA SOROCONVERSÃO E SINTOMATOLOGIA DE CÃES APÓS A INFECÇÃO EXPERIMENTAL COM L; infantum; ; 2021; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Elisabeth Viana Dias

AVALIAÇÃO DOS NÍVEIS DE ANTICOSPOS ANTI-LEISHMANIA EM SOROS DOS ANIMAIS EXPERIMENTALMENTE INFECTADOS, COMPARANDO COM AVALIAÇÕES CLÍNICAS DOS ANIMAIS REALIZADO AO LONGO DO TEMPO; ; 2021; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Nailson de Jesus Melo

Proteínas recombinantes e sua eficácia no diagnóstico de leishmania visceral canina; ; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Luana Dias de Moura

RELAÇÃO ENTRE AS MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS E A POSITIVIDADE EM EXAMES PARASITOLÓGICOS DE CÃES SEM RAÇA DEFINIDA NATURALMENTE INFECTADOS POR Leishmania infantum chagasi, EM TERESINA, PIAUÍ; ; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Kellen Matuzzy da Silva

Perfil de Virulência de diferentes cepas de Leishamania infantum- Caracteristicas de crescimento de crescimento e imunopatogenicidade; ; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Emanuelle Cardoso de Macedo

Leishmaniose Visceral Canina ? Aspectos Socioeconômicos e Ambientais; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Dayane Francisca Higino Miranda

Comparação da reação em cadeia pela polimerase e ração de imunoflorescência indireta no diagnóstico de Leishmaniose Visceral Canina; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Antonio Vitor Mourão Santana Rufino

Lentiviroses de Pequens Ruminantes - Levantamento da soroprevalência nos municípios de Timon, Caxias e Coroatá no Estado do Maranhão; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Kleverton Ribeiro da Silva

Detecção de fêmeas de Lutzomyia longipalpis naturalmente infectadas por Leishmania sp; em área domiciliar na cidade de Teresina-PI; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Rayssa Maria de Araújo Carvalho

Comparação da sensibilidade da reação em cadeia pela polimerase (PCR) com a imunofluorescência indireta (RIFI) no diagnóstico da leishmaniose visceral humana; 2006; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Samuel da Silva Sousa

Avaliação da cinética de subclasses de anticorpos de IgG correlacionando com a progressão dos sinais clínicos em cães experimentalmente infectados com Leishmania infantum; 2021; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Helius Otoniel Oliveira de Carvalho

Utilização de antígenos recombinantes para analisar a soroconversão de cães experimentalmente infectados com L; infantum; 2021; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Eduarda Sampaio Borges Barros

Avaliação do período de soroconversão e sua associação com a sintomatologia de cães após a infecção com L; infantum; 2020; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Nailson de Jesus Melo

Avaliação do uso de proteínas recombinantes em ensaio Imunoenzimatico para o diagnóstico de leishmaniose visceral canina; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Piauí, Universidade FEderal dop piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Nailson de Jesus Melo

Avaliação do uso de proteínas recombinantes em ensaio Imunoenzimatico para o diagnóstico de leishmaniose visceral canina; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Universidade FEderal dop piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Luana Dias de Moura

1; ESTUDO DA EFICÁCIA DO COMPOSTO MF-29 NO TRATAMENTO DE CÃES NATURALMENTE INFECTADOS COM Leishmania infantum chagasi; ; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Kellen Mattuzzy Silva

Imunogenicidade in vivo e in vitro de cepas de Leishmania chagasi; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Luana Dias de Moura

ESTUDO DAS VARIANTES GENÉTICAS DE Leishmania infantum chagasi EM TERESINA, PIAUÍ CAUSADORES DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Universidade FEderal dop piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

José Wilson Costa Azevedo Junior

Perfil de Virulência de diferentes cepas de Leishamania infantum- Caracteristicas de crescimento de crescimento e imunopatogenicidade; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Universidade FEderal dop piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Kellen Matuzzy Silva

1; ESTUDO DAS VARIANTES GENÉTICAS DE Leishmania infantum chagasi EM TERESINA, PIAUÍ CAUSADORES DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Universidade FEderal dop piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

José Wilson Azevedo Costa Júnior

1; ESTUDO DAS VARIANTES GENÉTICAS DE Leishmania infantum chagasi EM TERESINA, PIAUÍ CAUSADORES DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

José Wilson Costa Azevedo Junior

Perfil de Virulência de diferentes cepas de Leishamania infantum- Caracteristicas de crescimento de crescimento e imunopatogenicidade; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Universidade FEderal dop piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

José Wilson Costa Azevedo Junior

PERFIL DE VIRULÊNCIA DE DIFERENTES CEPAS DE Leishmania chagasi ? CARACTERÍSTICAS DE CRESCIMENTO E IMUNOPATOGENICIDADE; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Kleber Portela Fortes

PERFIL DE VIRULÊNCIA DE DIFERENTES CEPAS DE Leishmania chagasi ? CARACTERÍSTICAS DE CRESCIMENTO E IMUNOPATOGENICIDADE; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Kleber Portela Fortes

PERFIL DE VIRULÊNCIA DE DIFERENTES CEPAS DE Leishmania chagasi ? CARACTERÍSTICAS DE CRESCIMENTO E IMUNOPATOGENICIDADE; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

EMANUELLE CARDOSO MACEDO

Leishmaniose visceral canina: diagnóstico sorológico e distribuição espacial; 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Dayane Francisca Higino Miranda

Lentiviroses de pequenos ruminantes: prevalência e distribuição espacial; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

EMANUELLE CARDOSO MACEDO

LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA: DIAGNÓSTICO SOROLÓGICO E DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Hanny de Carvalho

LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA: DIAGNÓSTICO SOROLÓGICO E DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Ana Luisa Alves Marques

Potencil biotecnológico da saliva de Lutzomyia longipalpis; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Hanny de Carvalho

Potencial biotecnológico da saliva de Lutzomyia longipalpis; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Erisson Silva Carvalho

Potencial Biotecnológico da saliva de Lutzomyia longipalpis; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Esther Machado de Carvalhos e Silva

Potencial biotecnológico da saliva de Lutzomyia longipalpis; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Aryclene da Silva Negreiros

Potencial biotecnológico da saliva de Lutzomyia longipalpis; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Kleverton Ribeiro da Silva

Detecção de Lutzomyia longipalpis naturalmente infectadas por Leishmania sp; em área domiciliar na cidade de Teresina; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Dayane Francisca Higino Miranda

Avaliação da Eficácia da Anfotericina B Cocleada (CAMB) utilizada durante 7 dias e 14 dias, administrada por via oral, em cães naturalmente infectados com Leishamania chagasi; ; 2006; Iniciação Científica - Universidade Federal do Piauí, Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Rayssa Maria de Araújo Carvalho

Efeito da infecção com Toxplasma gondii em diferentes períodos de prenhez; 2004; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Flaviane Alves De Pinho

Dishematopoiese na leishmaniose visceral canina: papel das células estromais na patogenia e na recuperação pós-tratamento; 2016; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Piauí, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

EMANUELLE CARDOSO MACEDO

Monitoria de disciplina; 2006; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Hanny de Carvalho

Monitoria de disciplina; 2006; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Rayssa Maria de Araújo Carvalho

Monitoria de disciplina; 2004; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Raimundo Nonato Vitorino Filho

Monitoria de disciplina; 2002; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Socorro Pires e Cruz;

Foi orientado por

Sônia Regina Verde da Silva Franco

Estudo da resposta imune humoral em gatos (Felis Catus) experimentalmente infectados com Sporothrix schenckii; 1999; Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho,; Orientador: Sônia Regina Verde da Silva Franco;

Silvéria Regina de Sousa Lira

Efiito da terapia com vitamina E e selênio sobre os perfis leucocitários e protéicos de caprinos; 1996; 0 f; Orientação de outra natureza - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Silvéria Regina de Sousa Lira;

Maria do Carmo de Souza Batista

Efeito da terapia com timomodulina sobre os perfis leucocitário e protéico de ratos; 1996; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Maria do Carmo de Souza Batista;

Maria do Carmo de Souza Batista

Efeito da terapia com Eclipta alba sobre os perfis leucocitário e protéico de murinos; 1996; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Carmo de Souza Batista;

Maria do Carmo de Souza Batista

Efeito da terapia com vitamina E e selênio sobre os perfis leucocitário e protéico de caprinos; 1995; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria do Carmo de Souza Batista;

Maria Terezinha Serrão Peraçoli

Toxoplasmose congênita experimental: efeito da infecção com Toxoplasma gondii em diferentes períodos de prenhez; 2005; Tese - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Terezinha Serrão Peraçoli;

Produções bibliográficas

  • MELO EVANGELISTA, LUANNA SOARES DE ; CARVALHO, LETÍCIA COSTA ; GOIS, LUIZ FERNANDO WOLPERT DE ; MOURA, LUANA DIAS DE ; CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E . Leishmaniose Visceral: há possibilidade de transmissão sexual e vertical entre cães?. Medicina Veterinaria-Recife , v. 16, p. 104-112, 2022.

  • FONSECA, CLARISSE MARIA BARBOSA ; MENDONÇA, TARSIA GIABARDO SILVA ; PEREIRA, CRISTIAN FRANCISCO DE CARVALHO ; DE BARROS, GABRIEL MARTINS ; DA SILVA, ANDREZZA BRAGA SOARES ; CAVALCANTE, MARIA MICHELE ARAÚJO DE SOUSA ; CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E ; CONDE JÚNIOR, AIRTON MENDES . Structure of the parotid gland in natural infection by Leishmania infantum in Canis familiaris. ARCHIVES OF ORAL BIOLOGY , v. 124, p. 105077, 2021.

  • VELOSO, EMANUELLE CARDOSO MACEDO ; NEGREIROS, ARYCLENE DA SILVA ; DA SILVA, JOÃO PEREIRA ; MOURA, LUANA DIAS ; NASCIMENTO, LEOPOLDO FABRÍCIO MARÇAL ; SILVA, THIAGO SOUSA ; WERNECK, GUILHERME LOUREIRO ; CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E . Socio-economic and environmental factors associated with the occurrence of canine infection by Leishmania infantum in Teresina, Brazil. VETERINARY PARASITOLOGY: REGIONAL STUDIES AND REPORTS , v. 24, p. 100561, 2021.

  • NASCIMENTO, L. F. M. ; MIRANDA, Dayane Francisca Higino ; MOURA LD ; PINHO, Flaviane Alves de ; WERNECK, G. L. ; KHOURI, R. ; REED, S. ; DUTHIE, M. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, MANOEL ; CRUZ, M. S. P. . Allopurinol therapy provides long term clinical improvement, but additional immunotherapy is required for sustained parasite clearance, in L. infantum-infected dogs. Vaccines , v. 4, p. 100048, 2020.

  • DA SILVA, LÍLIA APARECIDA MARQUES ; BRAGA, JOSÉ UELERES ; DA SILVA, JOÃO PEREIRA ; E CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES ; DE OLIVEIRA, ANDRÉ LUIZ SÁ ; WERNECK, GUILHERME LOUREIRO . Spatial distribution of Leishmania seropositive dogs in the Angelim neighborhood, Teresina, Piauí, Brazil: appraisal of three spatial clustering methods. GEOJOURNAL , v. 1, p. 1, 2020.

  • NUNES, IVONE FREIRES DE OLIVEIRA COSTA ; PINHO, Flaviane Alves de ; CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E ; PAIVA, ADRIANA DE AZEVEDO ; CARVALHO, CECILIA MARIA RESENDE GONÇALVES DE . Influence of Polymorphism of Vitamin D Receptor (Fok I) on Hypertension. BRAZILIAN ARCHIVES OF BIOLOGY AND TECHNOLOGY (ONLINE) , v. 63, p. 1-11, 2020.

  • BARROS-OLIVEIRA, MARIA DA CONCEIÇÃO ; COSTA-SILVA, DANYLO RAFHAEL ; CAMPOS-VERDES, LARYSSE CARDOSO ; PEREIRA, RENATO DE OLIVEIRA ; SILVA, ROZIRENE ARAÚJO ; MOURA-BORGES, PAULO DE TARSO ; SOUSA, EMERSON BRANDÃO ; PINHO-SOBRAL, ANDRÉ LUIZ ; LOPES-COSTA, PEDRO VITOR ; DOS SANTOS, ALESSE RIBEIRO ; SOARES-LOPES, IONE MARIA RIBEIRO ; VIANA, JACKELINE LOPES ; MELO, MARIELLA DE ALMEIDA ; MANES NETO, FIDELIS ; COELHO, EID GONÇALVES ; PIRES E CRUZ, MARIA DO SOCORRO ; COSTA-SILVA, VLADIMIR ; GEBRIM, LUIZ HENRIQUE ; DA SILVA, BENEDITO BORGES . CYP19A1 gene expression in the peripheral blood of Brazilian women with breast cancer relapse. BMC CANCER , v. 20, p. 1-8, 2020.

  • RAMIREZ, L. ; MOURA LD ; MATEUS, N. L. F. ; MORAES, M. H. ; NASCIMENTO, L. F. M. ; MELO, N.J. ; TAKETA, L. B. ; CATECATI, T. ; HUETE, S. G. ; PENICHET, K. ; PIRANDA, E.M. ; OLIVEIRA, A. G. ; STEINDEL, M. ; BARRAL-NETTO, M. ; CRUZ, M. S. P. ; BARRAL, A. ; SOTO, M . Improving the serodiagnosis of canine Leishmania infantum infection in geographical areas of Brazil with different disease prevalence. PARASITE EPIDEMIOLOGY AND CONTROL , v. 8, p. 1, 2020.

  • NUNES, IVONE FREIRES DE OLIVEIRA COSTA ; ROGERO, MARCELO MACEDO ; SOUSA, JOYCE RAMALHO ; ROSA, ÉRICA PATRÍCIA CUNHA ; CARVALHO, MARCOS DAVID FIGUEIREDO DE ; OLIVEIRA, FRANCISCO ERASMO DE ; NASCIMENTO, LEOPOLDO FABRÍCIO MARÇAL DO ; CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E ; CARVALHO, CECILIA MARIA RESENDE GONÇALVES DE . Effect of vitamin D3 supplementation on 25 OHD plasma levels in the presence of VDR gene polymorphisms. REVISTA CHILENA DE NUTRICION , v. 47, p. 141-147, 2020.

  • NUNES, IVONE F O C ; CAVALCANTE, ANA A C M ; ALENCAR, MARCUS V O B ; CARVALHO, MARCOS D F ; SARMENTO, JOSÉ L R ; TEIXEIRA, NAYRA S C C A ; PAIVA, ADRIANA A ; CARVALHO, LÍDIA R ; NASCIMENTO, LEOPOLDO F M ; CRUZ, MARIA S P ; ROGERO, MARCELO M ; LIMA, ANDRÉIAC B ; CARVALHO, CECILIA M R G . Meta-Analysis of the Association Between the rs228570 Vitamin D Receptor Gene Polymorphism and Arterial Hypertension Risk. ADVANCES IN NUTRITION , v. 11, p. 1211-1220, 2020.

  • ALVES, R.P.A. ; RODRIGUES, A.S. ; SANTOS, V.W.S. ; DAMASCENO, E.M. ; PRADO, G.M. ; SOUZA, K.C. ; NUNES NETO, T.B. ; PINHEIRO, A.A. ; Cruz, M.S.P. ; PINHEIRO, R.R. . Bases para um programa de controle da artrite encefalite caprina em rebanho leiteiro. ARQUIVO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA (ONLINE) , v. 72, p. 2053-2058, 2020.

  • MARQUES, CARINE SANTANA FERREIRA ; MACHADO JÚNIOR, JORGE BARRETO ; ANDRADE, LUCAS RANNIER DE MELO ; ANDRADE, LUCIANA NALONE ; SANTOS, ANDRÉ LUIS SOUZA DOS ; CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E ; CHAUD, MARCO ; FRICKS, ALINI TINOCO ; SEVERINO, PATRÍCIA . Use of pharmaceutical nanotechnology for the treatment of leishmaniasis. SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. REVISTA , v. 52, p. 1-5, 2019.

  • SOARES, NINA ROSA MELLO ; DE MOURA, MAYARA STOREL BESERRA ; DE PINHO, FLAVIANE ALVES ; SILVA, TOMAS MAGNO COSTA ; BARROS, SUSY ÉRIKA DE LIMA ; AMORIM, AMANDA DE CASTRO ; VIEIRA, EDIVAN CARVALHO ; NETO, JOSÉ MACHADO MOITA ; PARENTE, JOSÉ MIGUEL LUZ ; CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E ; MARREIRO, DILINA DO NASCIMENTO ; NOGUEIRA, NADIR DO NASCIMENTO . Zinc supplementation reduces inflammation in ulcerative colitis patients by downregulating gene expression of Zn metalloproteins. PHARMANUTRITION , v. 6, p. 119-124, 2018.

  • NASCIMENTO, L. F. M. ; MOURA LD ; LIMA, R.T. ; CRUZ, M. S. P. . Novos adjuvantes vacinais: importante ferramenta para imunoterapia da leishmaniose visceral. HU REVISTA , v. 44, p. 401-410, 2018.

  • SILVA, Kleverton Ribeiro da ; MENDONÇA, V.R.R ; SILVA, K.M. ; NASCIMENTO, L. F. M. ; MENDES-SOUSA, A.F. ; PINHO, Flaviane Alves de ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. ; CRUZ, M. S. P. . Scoring clinical signs can help diagnose canine visceral leishmaniasis in a highly endemic area in Brazil. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Online) , v. 112, p. 53-63, 2017.

  • FIGUEIREDO, A.B.F. ; WERNECK, G. L. ; CRUZ, M. S. P. ; Silva JP ; ALMEIDA, A.S. . Land use, land cover, and prevalence of canine visceral leishmaniasis in Teresina, Piauí State, Brazil: an approach using orbital remote sensing. Cadernos de Saude Publica , v. 33, p. 1-13, 2017.

  • MENDONÇA, Ivete Lopes de ; BATISTA, JOILSON FERREIRA ; SCHALLIG, HENK ; CRUZ, M. S. P. ; ALONSO, Diego Peres ; RIBOLLA, Paulo Eduardo Martins ; COSTA, Dorcas Lamounier ; COSTA, C. H. N. . The performance of serological tests for Leishmania infantum infection screening in dogs depends on the prevalence of the disease. REVISTA DO INSTITUTO DE MEDICINA TROPICAL DE SAO PAULO , v. 59, p. e39, 2017.

  • RIBOLLA, Paulo Eduardo Martins ; GUSHI, LETÍCIA TSIEME ; PIRES E CRUZ, MARIA DO SOCORRO ; COSTA, Carlos Henrique Nery ; COSTA, Dorcas Lamounier ; LIMA JÚNIOR, MANOEL SEBASTIÃO DA COSTA ; DORVAL, MARIA ELIZABETH MORAES CAVALHEIROS ; GUTIERREZ DE OLIVEIRA, ALESSANDRA ; DA CUNHA SANTOS, MIRELLA FERREIRA ; FONSECA CAMARGO-NEVES, VERA LÚCIA ; FORTALEZA, CARLOS MAGNO CASTELLO BRANCO ; ALONSO, Diego Peres . Leishmania infantum Genetic Diversity and Lutzomyia longipalpis Mitochondrial Haplotypes in Brazil. BIOMED RES INT , v. 2016, p. 1-11, 2016.

  • PINHO, Flaviane Alves de ; ALVES, Georgia Brenda B ; CRUZ, M. S. P. . Cellular immune response in popliteal lymph nodes and liver of dogs with visceral leishmaniasis. Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal , v. 10, p. 158-173, 2016.

  • ALVES, E. B. ; COSTA, C. H. N. ; DE CARVALHO, F. A. A. ; PIRES E CRUZ, M. D. S. ; WERNECK, G. L. . Risk Profiles for Leishmania infantum Infection in Brazil. The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene , v. 94, p. 1276-1281, 2016.

  • GOUVÊA, MARCUS VINICIUS ; MENDONÇA, Ivete Lopes ; CRUZ, M. S. P. ; COSTA, C. H. N. ; BRAGA, JOSÉ UELERES ; WERNECK, Guilherme Loureiro . Predictive factors for Leishmania infantum infection in dogs examined at a veterinary teaching hospital in Teresina, State of Piauí, Brazil. Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Revista , v. 49, p. 107-111, 2016.

  • WERNECK, G. L. ; COSTA, Carlos Henrique Nery ; CARVALHO, Fernando Aécio de Amorim ; Cruz, M.S.P. ; MAGUIRE JH ; CASTRO, MC . Effectiveness of Insecticide Spraying and Culling of Dogs on the Incidence of Leishmania infantum Infection in Humans: A Cluster Randomized Trial in Teresina, Brazil. PLoS Neglected Tropical Diseases (Online) , v. 8, p. e3172, 2014.

  • SOARES, VÍTOR YAMASHIRO ROCHA ; SILVA, JAILTHON CARLOS DA ; SILVA, Kleverton Ribeiro da ; CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E ; SANTOS, MARCOS PÉRSIO DANTAS ; RIBOLLA, Paulo Eduardo Martins ; ALONSO, Diego Peres ; COELHO, Luiz Felipe Leomil ; COSTA, Dorcas Lamounier ; COSTA, Carlos Henrique Nery . Identification of blood meal sources of Lutzomyia longipalpisusing polymerase chain reaction-restriction fragment length polymorphism analysis of the cytochrome B gene. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Impresso) , v. 109, p. 379-383, 2014.

  • COSTA, D.J. ; CARVALHO, R.A. ; ABBEHUSEN, M. ; PITOMBO, M. ; TRIGO, J. ; NASCIMENTO, F. ; AMORIM, L. ; ABREU, A. L. S. ; CRUZ, M. S. P. ; MIRANDA, J. C. ; FUKUTANI, K. ; OLIVEIRA, C. I. ; BARRAL, A. ; BARRAL-NETTO, M. ; BRODSKYN, C. . Experimental infection of dogs with Leishmania and saliva as a model to study Canine Visceral Leishmaniasis. Plos One , v. 8, p. e60535, 2013.

  • Silva JP ; WERNECK, Guilherme Loureiro ; CARVALHO, H. ; MACEDO, E. C. ; CRUZ, M. S. P. . Factors associated with Leishmania chagasi infection in domestic dogs from Teresina, State of Piauí, Brazil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 45, p. 480-484, 2012.

  • Humberg, R ; Oshiro, E ; CRUZ, M. S. P. ; RIBOLLA, Paulo e M ; ALONSO, Diego Peres ; Ferreira, A M ; Bonamigo, R ; Tasso Junior, N ; Oliveira AG . Leishmania chagasi in Opossums (Didelphis albiventris) in an Urban Area Endemic for Visceral Leishmaniasis, Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil. The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene , v. 87, p. 470-472, 2012.

  • SAMPAIO JÚNIOR, A. ; BATISTA, Maria Do Carmo de Souza ; CRUZ, M. S. P. ; SILVA, R.A.B. ; NASCIMENTO, C.B. ; WERNECK, Guilherme Loureiro . Prevalência da infecção por lentivírus de pequenos ruminantes em caprinos em Teresina, Piauí. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia , v. 63, p. 757-760, 2011.

  • Alves, G.B.B. ; Pinho, F.A. ; Silva, S.M.M.S. ; Cruz, M.S.P. ; Costa, F.A.L. . Cardiac and pulmonary alterations in symptomatic and asymptomatic dogs infectednaturally with Leishmania (Leishmania) chagasi. Brazilian journal of medical and biological research , v. 43, p. 310-315, 2010.

  • CRUZ, M. S. P. ; GOMES, Regis Brandim ; MENDONÇA, Ivete Lopes de ; SILVA, Vladimir Costa ; RUAS, Jerônimo ; SILVA, Mauro Bia da ; BARRAL, Aldina ; COSTA, Carlos H N . Antibodies against Lutzomyia longipalpis saliva in the fox Cerdocyon thous and the sylvatic cycle of Leishmania chagasi. Transactions of the Royal Society of Tropical Medicine and Hygiene , v. 101, p. 127-133, 2007.

  • CRUZ, M. S. P. ; ALONSO, Diego Peres ; FERREIRA, A. F. B. ; RIBOLLA, Paulo e M ; SANTOS, Isabel M ; CARVALHO, Fernando Aécio de Amorim ; ABATEPAULO, A. R. ; COSTA, Dorcas Lamounier ; WERNECK, Guilherme Loureiro ; FARIAS, T. J. ; SOARES, M. J. S. ; COSTA, Carlos Henrique Nery . Genotypes of the Mannan-Binding Lectin Gene and Susceptibility to Visceral Leishmaniasis and Clinical Complications. JOURNAL OF INFECTIOUS DISEASES , v. 195, p. 1212-1217, 2007.

  • CRUZ, M. S. P. ; SILVA, Jackelyne Geórgia Dutra e ; WERNECK, Guilherme Loureiro ; COSTA, Carlos Henrique Nery ; MENDONÇA, Ivete Lopes de . Infecção natural de Lutzomyia longipalpis por Leishmania sp. em Teresina, Piauí, Brasil. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso) , v. 23, p. 1715-1720, 2007.

  • BATISTA, Maria Do Carmo de Souza ; CARVALHO, Fernando Aécio de Amorim ; CRUZ, M. S. P. ; LOPES, João Batista ; CASTRO, Roberto Soares de . Anticorpos antilentivírus de pequenos ruminantes em caprinos integrantes de nove municípios piauienses. Ciência Veterinária nos Trópicos , v. 7, p. 75-81, 2004.

  • PERAÇOLI, J C ; MARTINS, R A R ; CRUZ, M. S. P. ; PERAÇOLI, Maria Terezinha Serrão . Aspectos imunológicos da interação materno-fetal. Femina (Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstétrícia) , v. 31, p. 247-251, 2003.

  • NASCIMENTO, L. F. M. ; MOURA LD ; SANTOS, A. L. S. ; VALLUR, A. C. ; CRUZ, M. S. P. . Vaccine as immunotherapy for leishmaniasis. In: Fabio Formiga, Patrícia Severino, Inamuddin Mani. (Org.). Applications of Nanobiotechnology for Neglected Tropical Diseases. 1ªed.: Elsevier, 2021, v. 1, p. 29-46.

  • OLIVEIRA, S. S. C. ; BRANQUINHA, M. H. ; CRUZ, M. S. P. ; SANTOS, A. L. S. ; SANGENITO, L. S. . Trendings of amphotericin B-loaded nanoparticles as valuable chemotherapeutic approaches against leishmaniasis. In: Fabio Formiga, Patrícia Severino, Inamuddin Mani. (Org.). Applications of Nanobiotechnology for Neglected Tropical Diseases. 1ªed.: Elsevier, 2021, v. 1, p. 291-327.

  • VERÇOSA, B L A ; GOTO, Hiro ; LEMOS, Cm ; CRUZ, M. S. P. ; SILVA, Smms ; CARVALHO, Sônia M ; MENDONÇA, Ivete L de ; COSTA, Francisco Assis Lima . CHARACTERIZATION OF SKIN INFLAMMATORY RESPONSE AND PARASITISM IN NATURALLY INFECTED DOGS WITH VISCERAL LEISHMANIASIS. In: THIRD WORLD CONGRESS ON LEISHMANIOSIS, 2005, PALERMO-ITALY. Abstract book of THIRD WORLD CONGRESS ON LEISHMANIOSIS, 2005.

  • MOURA LD ; NASCIMENTO, L. F. M. ; MELO, N.J. ; SILVA, T. S. ; CRUZ, M. S. P. . PROTEÍNAS RECOMBINANTES E SEU USO NO DIAGNÓSTICO DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA.. In: II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019, Parnaiba. Anais II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019.

  • SILVA, T. S. ; SILVA, M. H. S. ; MOURA LD ; LEITAO, K. R. S. ; ARAUJO, R. R. ; CRUZ, M. S. P. . DERMATOFITOSES: CARACTERÍSTICAS GERAIS, PATOGENIA E FORMAS DIAGNÓSTICAS - REVISÃO BIBLIOGRÁFICA. In: II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019, Parnaiba. Anais do II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019.

  • BARROS, E. S. B. ; SILVA, T. S. ; GOMES, V. M. S. ; MOURA LD ; CRUZ, M. S. P. . Clostridium tetani, UM OLHAR SOBRE AS SUAS CARACTERÍSTICAS ZOONÓTICAS: PESQUISA BIBLIOGRÁFICA. In: II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019, Parnaiba. Anais do II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019.

  • LEAL, S. M. S. ; NASCIMENTO, M. A. C. ; DUARTE, J. L. S. ; SILVA, T. S. ; MOURA LD ; CRUZ, M. S. P. . LEISHMANIOSE E SEU BINÔMIO: ASPECTOS AMBIENTAIS E SOCIOECONÔMICOS RELACIONADOS A SUA OCORRÊNCIA A PARTIR DA INTER-RELAÇÃO HOMEM-ANIMAL. In: II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019, Parnaiba. Anais do II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019.

  • MOURA LD ; LEITAO, K. R. S. ; SILVA, T. S. ; ARAUJO, R. R. ; CRUZ, M. S. P. . EVOLUÇÃO DAS TECNICAS DE CONTROLE DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA AO LONGO DO TEMPO: REVISÃO DE LITERATURA. In: II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019, parnaiba. Anais do II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019.

  • LEAL, S. M. S. ; MELO, N.J. ; SILVA, M. B. ; MOURA LD ; NASCIMENTO, L. F. M. ; CRUZ, M. S. P. . AVALIAÇÃO DE MIX DE PROTEÍNAS RECOMBINANTES EM ENSAIO IMUNOENZIMÁTICO PARA O DIAGNÓSTICO DE LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA. In: II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde,, 2019, Parnaiba. Anais do II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde,, 2019.

  • SILVA, T. S. ; MOURA LD ; BARROS, T. R. L. S. ; LEAL, S. M. S. ; CRUZ, M. S. P. . Sarcoptes scabiei, UM PATÓGENO COM POTENCIAL ZOONÓTICO IMPORTANTE NA RELAÇÃO HOMEM E ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA. In: II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde,, 2019, Parnaiba. Anais do II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde,, 2019.

  • BARROS, E. S. B. ; GOMES, V. M. S. ; SILVA, T. S. ; MOURA LD ; CRUZ, M. S. P. . BRUCELOSE: RELAÇÃO HOMEM-ANIMAL, SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS, PATOGENIA E DIAGNÓSTICO - PESQUISA BIBLIOGRÁFICA. In: II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019, Parnaiba. Anais do II Congresso Internacional de Estudantes e Profissionais da Saúde, 2019.

  • WERNECK, G. L. ; FIGUEREDO, F. B. ; CRUZ, M. S. P. . Impact of 4% deltamethrin-impregnated dog collars on the incidence of human visceral leishmaniasis.. In: the 18th International Congress on Infectious Diseases (ICID), 2018, Buenos Aires. Anais do the 18th International Congress on Infectious Diseases (ICID), 2018.

  • PINHO, Flaviane Alves de ; FORTALEZA, D.A. ; MIRANDA, Dayane Francisca Higino ; MOURA LD ; NASCIMENTO, L. F. M. ; LIMA, R.T. ; CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E . Correlation between CD4+ and CD8+ T cells from peripheral blood and splenomegaly in dogs naturally infected by Leishmania (Leishmania) infantum. In: WORLDLEISH 6 - CONGRESSO M UNDIAL DE LEISHMANIOSES, 2017, TOLEDO. WORLDLEISH 6 - CONGRESSO M UNDIAL DE LEISHMANIOSES, 2017.

  • CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E ; MOURA LD ; MELO, N.J. ; NASCIMENTO, L. F. M. ; MORAES, M.H. ; CATECATI, T. ; RAMIREZ, L. ; MATEUS, N.L.F. ; PIRANDA, E.M. ; STEINDEL, M. ; SOTO, M ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, Aldina . A comparative analysis of the serodiagnostic properties of total Leishmania extracts and individual antigens in Brazilian regions with different endemicity of canine visceral leishmaniasis.. In: WORLDLEISH 6 - CONGRESSO M UNDIAL DE LEISHMANIOSES, 2017, TOLEDO. WORLDLEISH 6 - CONGRESSO M UNDIAL DE LEISHMANIOSES, 2017.

  • PINHO, Flaviane Alves de ; MIRANDA, Dayane Francisca Higino ; FORTALEZA, D.A. ; BRAZ, D. ; GOTO, Hiro ; CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E . INCREASE OF CD14+CD11B+ CELLS IN BONE MARROW AND ITS ASSOCIATION WITH ANAEMIA IN CANINE VISCERAL LEISHMANIASIS. In: WORLDLEISH 6 - CONGRESSO M UNDIAL DE LEISHMANIOSES, 2017, TOLEDO. WORLDLEISH 6 - CONGRESSO M UNDIAL DE LEISHMANIOSES, 2017.

  • NASCIMENTO, L. F. M. ; MOURA LD ; DUTHIE, M. ; VALLUR, A. C. ; PICONE, A. ; HOWARD, R. F. ; REED, S. ; Cruz, M.S.P. . UTILITY OF ANTIGEN-SPECIFIC SERUM ANTIBODIES FOR THE DETECTION OF ASYMPTOMATIC L. INFANTUM INFECTION AND SYMPTOMATIC VISCERAL LEISHMANIASIS AMONG DOGS IN TERESINA, BRAZIL.. In: 6TH WORLDLEISH - WORLD CONGRESS ON LEISHMANIASIS, 2017, Toledo. 6TH WORLDLEISH - WORLD CONGRESS ON LEISHMANIASIS, 2017. p. 1217-1217.

  • Cruz, M.S.P. ; MOURA LD ; JESUS, N. M. ; NASCIMENTO, L. F. M. ; MORAES, M.H. ; CATECATI, T. ; RAMIREZ, L. ; MATEUS, N.L.F. ; PIRANDA, E.M. ; STEINDE, M. ; SOTO, M ; BARRAL-NETTO, M. ; BARRAL, A. . A COMPARATIVE ANALYSIS OF THE SERODIAGNOSTIC PROPERTIES OF TOTAL LEISHMANIA EXTRACTS AND INDIVIDUAL ANTIGENS IN BRAZILIAN REGIONS WITH DIFFERENT ENDEMICITY OF CANINE VISCERAL LEISHMANIASIS. In: 6TH WORLDLEISH - 6TH WORLD CONGRESS ON LEISHMANIASIS, 2017, Toledo. 6TH WORLDLEISH - 6TH WORLD CONGRESS ON LEISHMANIASIS, 2017. p. 1180-1180.

  • SILVA, K.M. ; MOURA LD ; NASCIMENTO, L. F. M. ; SOTO, M ; BARRAL, A. ; CRUZ, M. S. P. . Prospecção de novas proteínas para o diagnóstico da Leishmaniose Visceral Canina. In: do 52o CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2016, Maceio. 52o CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2016.

  • FORTALEZA, D.A. ; MIRANDA, Dayane Francisca Higino ; MOURA LD ; NASCIMENTO, L. F. M. ; LIMA, R.T. ; CRUZ, MARIA SP ; PINHO, Flaviane Alves de . Ultrasonographic findings and association with clinical signs of dogs naturally infected with leishmania (Leishmania) infantum and co-infected dogs with Ehlichia canis. In: 52o CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2016, Maceio. Ultrasonographic findings and association with clinical signs of dogs naturally infected with leishmania (Leishmania) infantum and co-infected dogs with Ehlichia canis, 2016.

  • MOURA LD ; SILVA KM ; NASCIMENTO, L. F. M. ; CRUZ, M. S. P. . AVALIAÇÃO CLÍNICA E CARGA PARASITÁRIA DE CÃES NATURALMENTE INFECTADOS COM Leishmania infantum chagasi SUBMETIDOS A TERAPIA COM MF-29.. In: 51o CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2015, FORTALEZA. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2015.

  • MOURA LD ; SILVA KM ; NASCIMENTO, L. F. M. ; CRUZ, M. S. P. . AVALIAÇÃO HEMATOLOGICA E DE PARAMETROS BIOQUIMICOS DE CÃES NATURALMENTE INFECTADOS COM Leishmania infantum chagasi APÓS A TERAPIA COM MF-29.. In: 51o Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2015, Fortaleza. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2015.

  • MOURA LD ; SILVA KM ; NASCIMENTO, L. F. M. ; CRUZ, M. S. P. . AVALIAÇÃO CLÍNICA DE ANIMAIS INFECTADOS POR Leishmania infantum chagasi, RELACIONADO COM EXAMES PARASITOLÓGICOS.. In: 51o Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2015, Fortaleza. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2015.

  • ALVES, E. B. ; CARVALHO, Fernando Aécio de Amorim ; Cruz, M.S.P. ; COSTA, Carlos Henrique Nery ; WERNECK, G. L. . RISK FACTORS FOR THE INCIDENCE OF INFECTION BY LEISHMANIA INFANTUM IN THE CITY OF TERESINA, PIAUÍ. In: WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013, PORTO DE GALINHAS - PE. WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013.

  • FERNANDES, A. B. ; WERNECK, G. L. ; ALMEIDA, A. S. ; CRUZ, M. S. P. ; Silva JP . URBAN LAND USE CHARACTERISTICS ASSOCIATED WITH THE PREVALENCE OF CANINE LEISHMANIA CHAGASI INFECTION IN TERESINA, BRAZIL: A STUDY BASED ON REMOTE SENSING. In: WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013, PORTO DE GALINHAS - PE. WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013.

  • MACEDO, E. C. ; NEGREIROS, A.S. ; WERNECK, Guilherme Loureiro ; SILVA, K.M. ; SILVA, Kleverton Ribeiro da ; CRUZ, M. S. P. . SOCIO-ECONOMIC FACTORS ASSOCIATED TO THE OCCURRENCE OF CANINE INFECTION BY LEISHMANIA INFANTUM CHAGASI IN TERESINA ? PIAUI ? BRAZIL. In: WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013, PORTO DE GALINHAS - PE. WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013.

  • GOUVEIA, C. ; ALMEIDA, A. S. ; CRUZ, M. S. P. ; WERNECK, G. L. . FACTORS ASSOCIATED WITH CANINE VISCERAL LEISHMANIASIS SEROPOSITIVITY IN THE CITY OF TERESINA (PIAUÍ, BRAZIL): AN APPLICATION USING REMOTE SENSING.. In: WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013, PORTO DE GALINHAS - PE. WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013.

  • NEGREIROS, A.S. ; MACEDO, E. C. ; WERNECK, G. L. ; SILVA, K.M. ; Azevedo Júnior, J.W.C. ; SILVA, Kleverton Ribeiro da ; CRUZ, M. S. P. . AGREEMENT BETWEEN INDIRECT IMMUNOFLUORESCENCE TEST (IFAT) AND ENZYME LINKED IMMUNOSORBENT ASSAYS (ELISA) FOR THE DIAGNOSTIC OF CANINE VISCERAL LEISHMANIASIS.. In: WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013, PORTO DE GALINHAS - PE. WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013.

  • SILVA, Kleverton Ribeiro da ; NEGREIROS, A.S. ; KHOURI, R. ; WEYENBERGH, J.V. ; CRUZ, M. S. P. ; BARRAL, A. . TREATMENT OF DOGS EXPERIMENTALLY INFECTED WITH L. CHAGASI WITH DIETHYLDITHIOCARBAMATE. In: WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013, PORTO DE GALINHAS - PE. WORLDLEISH5 - FIFTH WORLD CONGRESS on LEISHMANIASIS, 2013.

  • SILVA, Kleverton Ribeiro da ; Azevedo Júnior, J.W.C. ; ZAcarias DA ; Soares MRA ; MENDONÇA, Ivete L de ; Oliveira AG ; CRUZ, M. S. P. . Natural infection by Leishmania sp. in Lutzomyia longipalpis in endemic area of visceral leishmaniasis in Teresina, Piauí, Brazil. In: 7th International Symposium on Phlebotomine Sand flies, 2011, Kusadasi - Turkey. 7th International Symposium on Phlebotomine Sand flies, 2011.

  • Santos MFC ; Silva AMTF ; Cruz, M.S.P. ; RIBOLLA, Paulo e M ; ALONSO, Diego Peres ; Cesaril AE ; Brazil RP ; Oliveira AG . Evidence of polymorphism in microsatellite loci amoung populations of Lutzomyia longipalpis and Lutzomyia cruzi from Mato Grosso do Sul, Brazil. In: 7th International Symposium on Phlebotomine Sand flies, 2011, Kusadasi - Turkey. 7th International Symposium on Phlebotomine Sand flies, 2011.

  • MIRANDA, Dayane Francisca Higino ; Azevedo Júnior, J.W.C. ; SILVA, Kleverton Ribeiro da ; SILVA KM ; SILVA LMC ; Cruz, M.S.P. . COMPARAÇÃO DA REAÇÃO EM CADEIA PELA POLIMERASE (pcr) E REAÇÃO DE IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA (RIFI) NO DIAGNÓSATICO DE LEISHAMANIOSE VISCERAL CANINA (LVC). In: 32 CONGRESSO BRASILEIRO DA ANCLIVEPA, 2011, GOIANIA. ANAIS DO 32 CONGRESSO BRASILEIRO DA ANCLIVEPA, 2011.

  • Azevedo Júnior, J.W.C. ; FORTES, K.P. ; SILVA, Kleverton Ribeiro da ; COSTA, Carlos H N ; COSTA, Dorcas Lamounier ; Santos-Goems G ; Cruz, M.S.P. . Cinética do crescimento de cepas de Leishmania sp. provenientes de pacientes infectados e com diferentes apresentações e desfechos clínicos.. In: 26 REUNIÃO ANUAL DE PESQUISA APLICADA EM DOENÇA DE CHAGAS E 14 REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM LEISHMANIOSES, 2010, UBERABA. Anais da 26 REUNIÃO ANUAL DE PESQUISA APLICADA EM DOENÇA DE CHAGAS E 14 REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM LEISHMANIOSES, 2010.

  • SILVA, L. S. ; CARVALHO CJS ; Pinho, F.A. ; PIRES LV ; BRAGA JF ; Cruz, M.S.P. ; Costa, F.A.L. ; ARAÚJO JR, J. P. ; SILVA, Silvana M M S . ANÁLISE SOROLÓGICA E MOLECULAR DE BABESIOSE CANINA EM TERESINA, PIAUÍ. In: XVI CONGRESSO BRASILEIRO DE PATOLOGIA VETERINÁRIA, 2010, CAMPO GRANDE. Anais do XVI CONGRESSO BRASILEIRO DE PATOLOGIA VETERINÁRIA, 2010.

  • SILVA, L. S. ; CARVALHO CJS ; PINHO, Flaviane Alves de ; PIRES LV ; BRAGA JF ; Cruz, M.S.P. ; Costa, F.A.L. ; ARAÚJO JR, J. P. ; SILVA, Silvana M M S . ERLIQUIOSE E ANASPLASMOSE CANINA EM TERESINA, PIAUÍ. In: XVI CONGRESSO BRASILEIRO DE PATOLOGIA VETERINÁRIA, 2010, CAMPO GRANDE. Anais do XVI CONGRESSO BRASILEIRO DE PATOLOGIA VETERINÁRIA, 2010.

  • SILVA, Kleverton Ribeiro da ; TEIXEIRA, Telma Lúcia Alves ; SILVA, Maria dos Remédios B ; MENDONÇA, Ivete L de ; CRUZ, M. S. P. . Detecção de Lutzomyia longipalpis Naturalmente Infectados por Leishmania sp em área Domiciliar na Cidade de Teresina, Piauí.. In: XLIV Congresso da Sociedade Brasiliera de Medicina Tropical,, 2008, Porto Alegre. Revista Brasileira de Medicina Tropical, 2008.

  • SOARES, V. Y. R. ; SILVA, J. C. ; SILVA, Kleverton Ribeiro da ; CRUZ, M. S. P. ; SANTOS, M. P. D. ; COELHO, L. F. L. ; RIBOLLA, Paulo e M ; ALONSO, Diego Peres ; COSTA, Carlos H N . A Importância da PCR-RFLP na Identificação de Fonte Alimentar de Artrópodes. In: XLIV Congresso da Sociedade Brasiliera de Medicina Tropical, 2008, Porto Alegre. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2008.

  • GOMES, CM ; COSTA, Francisco Assis Lima ; CASTRO JAF ; MONTE SJH ; PARANHOS JDN ; HENRIQUE JM ; SILVA, Silvana Maria Medeiros Sousa e ; CRUZ, M. S. P. . Reservatórios silvestres da Doença de Chagas no Parque Nacional Serra das Confusões ? Caracol ? PI. In: XXIV REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM DOENÇA DE CHAGAS e XII REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM LEISHMANIOSES, 2008, Uberaba. Anais da XXIV REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM DOENÇA DE CHAGAS e XII REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM LEISHMANIOSES, 2008.

  • Silva JP ; MACEDO, E. C. ; CARVALHO, H. ; WERNECK, Guilherme Loureiro ; CRUZ, M. S. P. . Aspectos ligados à expansão da leishmaniose visceral canina em Teresina ? Piauí: abordagem sócio-econômicas e ambientais. In: XXIV RENIÃO DE PESQUISA APLICADA EM DOEÇA DE CHAGAS e XII REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM LEISHMANIOSES, 2008, Uberaba. Anais da XXIV RENIÃO DE PESQUISA APLICADA EM DOEÇA DE CHAGAS e XII REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM LEISHMANIOSES, 2008.

  • CARVALHO, H. ; MACEDO, E. C. ; Silva JP ; CRUZ, M. S. P. ; WERNECK, Guilherme L . Distribuição espacial da infecção canina por Leishmania chagasi em bairro periférico de Teresina ? Piauí. In: XXIV REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM DOENÇA E CHAGAS e XII REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM, 2008, Uberaba. Anais da XXIV REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM DOENÇA E CHAGAS e XII REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM, 2008.

  • PINHO, Flaviane Alves de ; ALVES, Georgia Brenda B ; COSTA, Francisco Assis Lima ; VERÇOSA, Bárbara Laurice Araújo ; Gomes LA ; CRUZ, M. S. P. . Pathologic changes at symptomatic and asymptomatic dogs with visceral leishmaniasis. In: 13 th International Congress of Immunology, 2007, Rio de Janeiro. Anais do 13th International Congress of Immunology, 2007.

  • CRUZ, M. S. P. ; PERAÇOLI, Maria Terezinha Serrão ; OLIVEIRA, Rudson Almeida de ; BATISTA, Maria Do Carmo de Souza . Toxoplasmose congênita experimental: efeito da infecção sobre diferentes períodos de prenhez. In: XLII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006, TERESINA. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006. v. 39. p. 149-149.

  • CARVALHO, Rayssa Maria de Araújo ; MONTEIRO, Alexandrevitor T S Do Rêgo ; SILVA, Kleverton Ribeiro da ; CRUZ, M. S. P. ; COSTA, Carlos H N . COMPARAÇÃO DA REAÇÃO EM CADEIA PELA POLIMERASE COM CULTURA DE PACIENTES COM SUSPEITA DE LEISHMANIOSE VISCERAL. In: I ENCONTRO DE MEDICINA TROPICAL DE PAÍSES DE LINGUA PORTUGUESA, 2006, TERESINA. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006. v. 39.

  • MONTEIRO, Alexandrevitor T S Do Rêgo ; MELO FILHO, Vicente P ; CARVALHO, Rayssa Maria de Araújo ; CRUZ, M. S. P. ; COSTA, Carlos Henrique Nery . COMPARAÇÃO DA REAÇÃO EM CADEIA PELA POLIMERASE COM A ANÁLISE MICROSCÓPICA DE ASPIRADO MEDULAR EM PACIENTES COM SUSPEITA DE CALAZAR. In: I ENCONTRO DE MEDICINA TROPICAL DE PAÍSES DE LINGUA PORTUGUESA, 2006, TERESINA. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006.

  • CELESTE, Beatrix J ; MENDONÇA, Ivete Lopes de ; CRUZ, M. S. P. ; ROCHA, Mc ; SANCHEZ, Mca ; GOTO, Hiro . DESEMPENHO DO TESTE DE ELISA COM A PROTEÍNA DO CHOQUE TÉRMICO HSP 83 RECOMBINANTE DE LEISHMANIA INFANTUM NO SORODIAGNÓSTICO DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA. In: XLII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006, TERESINA. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006. v. 39. p. 124-124.

  • ALONSO, Diego Peres ; CRUZ, M. S. P. ; SANTOS, Isabel M ; COSTA, Carlos Henrique Nery ; RIBOLLA, Paulo e M . MUTAÇÕES NO GENE MBL HUMANO E SUSCETIBILIDADE À LEISHMANIOSE VISCERAL. In: I ENCONTRO DE MEDICINA TROPICAL DE PAÍSES DE LINGUA PORTUGUESA, 2006, TERESINA. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006. v. 39. p. 6-6.

  • SILVA, Kleverton Ribeiro da ; TEIXEIRA, Telma Lúcia Alves ; SILVA, Maria dos Remédios B ; CARVALHO, Rayssa Maria de Araújo ; MENDONÇA, Ivete Lopes de ; COSTA, Carlos Henrique Nery ; CRUZ, M. S. P. . COMPARAÇÃO DA REAÇÃO EM CADEIA PELA POLIMERASE COM O EXAME DIRETO POR DISSECAÇÃO DE LUTZOMYIA LONGIPALPIS UTILIZADOS PARA XENODIAGNÓSTICO EM CÃES COM LEISHMANIOSE VISCERAL. In: I ENCONTRO DE MEDICINA TROPICAL DE PAÍSES DE LINGUA PORTUGUESA, 2006, TERESINA. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006. v. 39. p. 122-122.

  • PINHO, Flaviane Alves de ; ALVES, Georgia Brenda B ; MENDONÇA, Ivete Lopes de ; CRUZ, M. S. P. ; VERÇOSA, Bárbara ; SILVA, Silvana Mms . PATOLOGIA DE LINFONODO E FÍGADO DE CÃES SINTOMÁTICOS E ASSINTOMÁTICOS INFECTADOS POR LEISHMANIA (LEISHMANIA) CHAGASI. In: XLII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006, TERESINA. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006. v. 39. p. 140-140.

  • MOURA, Rafael de Deus ; SOBRAL, Allan P ; COSTA, Carlos Henrique Nery ; CRUZ, M. S. P. . REAÇÃO DA POLIMERASE (PCR) EM CADEIAPARA DETECÇÃO DE DNA DE LEISHMANIA CHAGASI EM URINA. In: XLII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006, TERESINA. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006. v. 39. p. 142-142.

  • MONTEIRO, Alexandre Vitor Tapety S Do Rego ; HOLANDA, Thiago Ayres ; MELO FILHO, Vicente Paula ; CARVALHO, Rayssa Maria de Araújo ; CRUZ, M. S. P. ; COSTA, Carlos Henrique Nery . SENSIBILIDADE DA REAÇÃO EM CADEIA PELA POLIMERASE EM PACIENTES COM LEISHMANIOSE VISCERAL. In: XLII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006, TERESINA. REVISTA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2006. v. 39. p. 142-142.

  • MENDONÇA, Ivete ; SOARES, Adelino ; ANTUNES, Jadson ; CRUZ, M. S. P. ; COSTA, Carlos . Didelphis marsupialis E Didelphis albiventris (MARSUPIALIA, DIDELPHIMORPHIA, DIDELPHIDE) INFECTADOS COM Trypanossoma sp, EM TERESINA, PIAUÍ, BRASIL. In: I ENCONTRO DE MEDICINA TROPICAL DO CONE SUL, 2005, Florianópolis. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2005. v. 38. p. 367-368.

  • VERÇOSA, Bárbara Laurice Araújo ; GOTO, Hiro ; MELO, Cristina ; MENDONÇA, Ivete Lopes de ; CRUZ, M. S. P. ; SILVA, Silvana Maria Medeiros de Souza ; CARVALHO, Sônia Maria de ; COSTA, Francisco Assis Lima . Characterization of skin inflammatory response and parasitism in naturally infected dogs with visceral leishmaniasis. In: XII ENCONTRO NACIONAL DE PATOLOGIA VETERINÁRIA, 2005, Belo Horizonte. Anais do XII ENCONTRO NACIONAL DE PATOLOGIA VETERINÁRIA, 2005.

  • MENDONÇA, Ivete Lopes de ; ANTUNES, Jadson ; CRUZ, M. S. P. . Ocorrência de leishmaniose visceral canina pós-vacinação em Teresina, Piauí - Relato de dois casos. In: XXI REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM DOENÇA DE CHAGAS E LEISHMANIOSES, 2005, UBERABA. CD ROOM, 2005.

  • MENDONÇA, Ivete L de ; WERNECK, Guilherme L ; CRUZ, M. S. P. ; COSTA, Carlos Henrique Nery . FATORES PREDITIVOS DO EXAME PARASITOLÓGICO POSITIVO PARA LEISHMANIA CHAGASI EM CÃES ATENDIDOS NO HOSPITAL VETERINÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ.. In: XXI REUNIÃO DE PESQUISA APLICADA EM DOENÇA DE CHAGAS E LEISHMANIOSES, 2005, Uberaba. CD room, 2005.

  • BATISTA, Maria Do Carmo de Souza ; CASTRO, Roberto Soares de ; CARVALHO, Fernando Aécio de Amorim ; CRUZ, M. S. P. ; SILVA, Silvana M M S ; REGO, Ew ; SOUSA JÚNIOR, A. ; LOPES, João Batista . Anticorpos anti-lentivírus de pequenos ruminantes em caprinos no estado do Piauí, Brasil. In: XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA, 2004, São Luis. Anais do XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA, 2004.

  • BATISTA, Maria Do Carmo de Souza ; CASTRO, Roberto Soares de ; CARVALHO, Fernando Aécio de Amorim ; CRUZ, M. S. P. ; REGO, Ew ; SILVA, Silvana M M S ; OLIVEIRA, Rudson Almeida de ; LOPES, João Batista . Pesquisa de anticorpos anti-lentivírus de pequenos ruminantes em ovinos no estado do Piauí. In: XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA, 2004, São Luis. Anais do XXXI CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA, 2004.

  • BATISTA, Maria Do Carmo de Souza ; CASTRO, Roberto Soares de ; REGO, Eneida W Do ; SILVA, Silvana Maria Medeiros Sousa e ; CARVALHO, Fernando Aécio de Amorim ; CRUZ, M. S. P. ; SILVA, Francisco Lima ; SILVA FILHO, Osmar F ; RIBEIRO, Edson Egledson A . Tumor nasal enzoótico em ovinos no Estado do Piauí, Brasil: Aspectos hematológicos. In: XI CONGRESSO LATINOAMERICANO DE BUIATRIA, 2003, Salvador. Anais do XI CONGRESSO LATINOAMERICANO DE BUIATRIA, 2003. p. 32.

  • CRUZ, M. S. P. ; BATISTA, Maria Do Carmo de Souza ; LIRA, Silvéria Regina de Sousa ; OLIVEIRA, Rudson Almeida de ; LEMOS FILHO, Pedro Alves . Efeitos da terapia com timomodulina sobre os perfis leucocitário e protéico de ratos. In: VI REUNIÃO DE PESQUISA DO CCA, 2003, Teresina. Anais da VI REUNIÃO DE PESQUISA DO CCA, 2003.

  • AYRES, Jairo Aparecido ; PERAÇOLI, Maria Terezinha Serrão ; CRUZ, M. S. P. ; CALVI, Sueli Aparecida ; BARRAVIEIRA, Benedito . RESPOSTAS IMUNES HUMORAL E CELULAR EM PACIENTES SUBMETIDOS AO SORO HETERÓLOGO ANTI-RÁBICO. In: XXXVIII CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL, 2002. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 2002. v. 35. p. 389-389.

  • CRUZ, M. S. P. ; FARIAS, M. R. ; ARAÚJO JR, J. P. ; PERAÇOLI, Maria Terezinha Serrão ; SUGIZAKI, M. F. ; FRANCO, S. R. V. S. . RESPOSTA IMUNE HUMORAL EM GATO (Felis catus) EXPERIMENTALMENTE INFECTADOS COM Sporothrix schenckii. In: III Congresso Brasileiro de Micologia, 2001, Águas de Lindóia. Anais do III Congresso Brasileiro de Micologia, 2001.

  • CRUZ, M. S. P. ; SOUSA, M. C. B. B. ; LIRA, Silvéria Regina de Sousa ; OLIVEIRA, Rudson Almeida de ; LEMOS FILHO, Pedro Alves . Avaliação dos efeitos da terapia com timomodulina sobre os perfis leucocitário e protéico de ratos. In: V Seminário de Iniciação Científica e II Encontro de Pesquisadores, 1996, Teresina. V Seminário de Iniciação Científica e II Encontro de Pesquisadores. Teresina: Universidade Federal do Piauí, 1996. p. 27.

  • CRUZ, M. S. P. ; SOUSA, M. C. B. B. ; LIRA, Silvéria Regina de Sousa ; OLIVEIRA, Rudson Almeida de ; BEZERRA, A. M. E. . Avaliação dos efeitos da terapia com Eclipta alba Haask sobre os perfis leucocitário e protéico de murinos. In: V Seminário de Iniciação Científica e II Encontro de Pesquisadores, 1996, Teresina. V Seminário de Iniciação Científica e II Encontro de Pesquisadores. Teresina: Universidade Federal do Piauí, 1996. p. 28.

  • SOUSA, M. C. B. B. ; MARINS, F. M. M. ; LIRA, Silvéria Regina de Sousa ; CRUZ, M. S. P. ; OLIVEIRA, Rudson Almeida de . Avaliação da atividade cicatrizante da vagem de jucá (Caesalpinia ferrea Mart). In: II Congresso Brasileiro de Medicina e terapias Naturais, 1996, Brasília. Anais do II Congresso Brasileiro de Medicina e terapias Naturais, 1996. p. 104.

  • CRUZ, M. S. P. ; SOUSA, M. C. B. B. ; LIRA, Silvéria Regina de Sousa . Efeitos da terapia com vitamina E e selênio sobre os perfis leucocitário e protéico de caprinos. In: IV Seminário de Iniciação Científica, 1995, Teresina. IV Seminário de Iniciação Científica, I Encontro de Pesquisadores da UFPI. Teresina: Universidade Federal do Piauí, 1995. p. 45.

  • MACEDO, E. C. ; NEGREIROS, A.S. ; DA SILVA, JOÃO PEREIRA ; DE MOURA, LUANA DIAS ; NASCIMENTO, L. F. M. ; SILVA, T. S. ; WERNECK, G. L. ; CRUZ, M. S. P. . Socio-economic and environmental factors associated with the occurrence of canine infection 2 by Leishmania infantum in Teresina, Brazil. VETERINARY PARASITOLOGY: REGIONAL STUDIES AND REPORTS , 2021.

  • CRUZ, M. S. P. . ?Impacto do diagnóstico para a confecção de novas vacinas para doenças infecciosas?. 2022. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CRUZ, M. S. P. ; NASCIMENTO, L. F. M. ; MOURA LD ; MIRANDA, Dayane Francisca Higino ; PINHO, Flaviane Alves de ; WERNECK, Guilherme L ; DUTHIE, M. ; Reed, S ; BARRAL, A. ; KHOURI, R. ; BARRAL-NETTO, MANOEL . Combination chemo- and immunotherapy provides long term clinical improvement and sustained parasite clearance in L. infantuminfected dogs. 2019. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • CRUZ, M. S. P. . Desenvolvimento de proteínas recombinantes para o diagnóstico de leishmaniose visceral canina. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CRUZ, M. S. P. . Imunoquimioterapia na leishmaniose visceral canina. 2019. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • CRUZ, MARIA DO SOCORRO PIRES E . URBANIZAÇÃO DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA: SITUAÇÃO EM TERESINA. 2019. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • WERNECK, G. L. ; FIGUEREDO, F. B. ; CRUZ, M. S. P. . Impact of 4% deltamethrin-impregnated dog collars on the incidence of human visceral leishmaniasis. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Cruz, M.S.P. . Leishmaniose em cães - Desafios e Dificuldades. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Cruz, M.S.P. . 7th International Symposium on Phlebotominae SAndflies. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • Azevedo Júnior, J.W.C. ; FORTES, K.P. ; SILVA, Kleverton Ribeiro da ; COSTA, Carlos H N ; COSTA, Dorcas Lamounier ; SANTOS-GOMES, G. ; CRUZ, M. S. P. . 26ª Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 14ª Reunião de Pesquisa Aplicada em Leishmaniose. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Silva JP ; MACEDO, E. C. ; CARVALHO, H. ; WERNECK, Guilherme Loureiro ; CRUZ, M. S. P. . Aspectos ligados à expansão da leishmaniose visceral canina em Teresina ? Piauí: abordagem sócio-econômicas e ambientais. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CARVALHO, H. ; MACEDO, E. C. ; Silva JP ; CRUZ, M. S. P. ; WERNECK, Guilherme Loureiro . Distribuição espacial da infecção canina por Leishmania chagasi em bairro periférico de Teresina ? Piauí. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CRUZ, M. S. P. ; MIRANDA, Dayane Francisca Higino ; RIOS, Marcelo Rezende de Carvalho . Lentiviroses de pequenos ruminantes: soroprevalência e georreferenciamento. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • CRUZ, M. S. P. . Leishmaniose visceral canina - Situação atual e perspectivas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • CRUZ, M. S. P. . Perspectivas para o uso diagnóstico molecular de leishmaniose visceral na rotina. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções

CRUZ, M. S. P. . Consultora ad hoc na CHAMADA PÚBLICA MCTI/FINEP/FNDCT/CT-INFRA ? Infraestrutura de Pesquisa em Áreas Prioritárias ? PROINFRA 2021. 2021.

CRUZ, M. S. P. . Parecer como revisor do periódico científico Plos One. 2022.

CRUZ, M. S. P. . Parecer como revisor do periódico científico Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária. 2022.

CRUZ, M. S. P. . AVALIAÇÃO DE ESTUDO EXPERIMENTAL QUANTO AO USO DA IMUNOTERAPIA COM VACINA RECOMBINANTE CONTRA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA-LEISH-TEC,. 2022.

CRUZ, M. S. P. . Treinamento de curta duração - Curso teórico-prático de Ensaio Imunoenzimático. 2022.

CRUZ, M. S. P. . Palestra ?Impacto do diagnóstico para a confecção de novas vacinas para doenças infecciosas?. 2022.

CRUZ, M. S. P. . Parecer como revisor do periódico científico Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária. 2021.

CRUZ, M. S. P. . Parecer ad hoc do Programa de Bolsas de Iniciação Científica UFPI. 2021.

Cruz, M.S.P. . CT-INFRA PROINFRA 01/2004, CONVENIO 01.05.0441.00 -MELHORIA NA INFRAESTRUTURAQ FÍSICA DE PESQUISA NA PÓS-GRADUAÇÃO DA UFPI. 2010.

CRUZ, M. S. P. . CT-INFRA PROINFRA 01/2005, CONVENIO 01.06.04576.00 -EXPANSÃO E MODERNIZAÇÃO DA INFRAESTRUTURA PARA PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO. 2010.

CRUZ, M. S. P. . CT-INFRA PROINFRA 01/2006, CONVENIO 01.07.0486.00 - AMPLIAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DA UFPI. 2010.

Cruz, M.S.P. ; BRANDÃO, S.C.S. ; COSTA, Carlos H N ; LOPES, A.C.A. ; ALMEIDA, F.R.C. ; MENDES-SOBRINHO, J.A. . CT-INFRA - PROINFRA 01/2009 "IMPLANTAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DE PESQUISA DA UFPI". 2010.

Cruz, M.S.P. ; BRANDÃO, S.C.S. . PROEQUIPAMENTOS 027/2010. 2010.

CRUZ, M. S. P. ; BRANDÃO, S.C.S. ; LOPES, A.C.A. ; ALMEIDA, F.R.C. ; MENDES-SOBRINHO, J.A. ; COSTA, Carlos H N . CT-INFRA PROINFRA 01/2008, CONVENIO 01.09.0388.00 - MODERNIZAÇÃO E ADEQUAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DOS LABORATÓRIOS DAS PÓS-GRADUAÇÃOES DA UFPII. 2009.

Cruz, M.S.P. ; BRANDÃO, S.C.S. ; LEITE, J.R.A. ; SILVA FILHO, E.C. . CT-INFRA - PROINFRA 02/2008 "Adequação e implementação da infraestrutura para pesquisa noa Novos Campi UFPI I". 2009.

Cruz, M.S.P. ; BRANDÃO, S.C.S. . PROEQUIPAMENTOS 011/2009. 2009.

Cruz, M.S.P. ; BRANDÃO, S.C.S. . PROEQUIPAMENTOS 011/2009. 2009.

Cruz, M.S.P. ; BRANDÃO, S.C.S. . PROEQUIPAMENTOS013/2008. 2008.

Cruz, M.S.P. ; BRANDÃO, S.C.S. . PROEQUIPAMENTOS013/2008. 2008.

CRUZ, M. S. P. . IMPORTANCIA DA PÓS-GRADUAÇÃO NA MEDICINA VETERINÁRIA. 2022. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CRUZ, M. S. P. ; SOUZA FAL . ?Curso teórico-prático de Ensaio Imunoenzimático?. 2022. .

CRUZ, M. S. P. . Imunologia no aperfeiçoamento em técnicas laboratoriais (Análises Clínicas) e Saúde. 2005. .

CRUZ, M. S. P. . XXVIII SEMANA DO MÉDICO VETERINÁRIO. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Projetos de pesquisa

  • 2023 - Atual

    Desenvolvimento de materiais a partir da cadeia produtiva da mandioca para aplicações na saúde, agronegócio, meio ambiente e construção civil visando o crescimento econômico e geração de renda, Descrição: O Estado do Piauí têm se destacado e buscado a cada dia o avanço e desenvolvimento dos arranjos produtivos locais (APL), sendo auxiliado pelo SEBRAE e EMBRAPA MEIO NORTE, e dentre estes pode-se destacar o da mandioca, que tem se tornado uma alternativa viável em algumas regiões do Estado, tanto pela forma de produzir através da agricultura familiar, como pelo alto consumo de seus produtos no estado, como farinha e goma para produção de tapioca, principalmente. Porém, é conhecido que há uma grande quantidade de amido presente nas raízes desta cultura. Este polissacarídeo (amido) está presente no desenvolvimento de diversos produtos presentes no mercado, corroborando como diversos pontos dos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) 2030 das Organizações das Nações Unidas, a partir das aplicações previstas neste plano. As maiores vantagens dos produtos gerados referem-se ao uso de matérias-primas de fontes renováveis e sustentável, seguindo os princípios da química verde, produzindo produtos biodegradáveis. A partir do uso do amido, diversos sistemas podem ser formados, como filmes, nanoestruturas, scaffolds e hidrogéis. Neste projeto serão estudados principalmente os hidrogéis, que são sistemas estruturados, desenvolvidos a partir de produtos, co-produtos ou subprodutos da mandioca, obtidos a partir de ligações cruzadas, por via química ou física, que tem como objetivo desenvolver materiais para aplicação no agronegócio, meio-ambiente, saúde, construção civil, dentre outras. O caráter interdisciplinar do projeto possibilita o fortalecimento e integração das PPGs envolvidas a partir do elo comum entre todos os programas, os hidrogéis desenvolvidos a partir do uso de matéria-prima do arranjo produtivo da mandioca. Os produtos gerados visam contribuir para um crescimento sustentável com geração de renda e desenvolvimento econômico a partir de cadeias produtivas da mandioca e a produção de hidrogel.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / EDSON CAVALCANTI DA SILVA FILHO - Integrante / Francisco Eroni Paz dos Santos - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2022 - Atual

    Building capacity in Brazil to apply genomic methods in disease research, Descrição: Leishmaniasis is a neglected disease caused by protozoan parasites from the Leishmania genus, which are transmitted by sandflies. There are 50,000 cases/year of the most severe form, visceral leishmaniasis (VL), where 90% of cases occur in low-mid income ODA countries. VL varies from asymptomatic to fatal, and currently used treatments have severe side-effects. Hence, knowing the parasite virulence may guide treatment procedures. Research from the UK:Brazil Joint Centre Partnership in leishmaniasis (JCPiL, Newton Fund and FAPESP, a Brazilian funding agency), has shown that VL patient mortality is strongly impacted by genetic differences between Leishmania infantum parasites (Grace et. al., accepted in mBio). With this consolidation funding, we will evaluate if dogs, the main reservoirs of the Leishmania infantum parasite in Brazil, carry strains that are relatively harmless to them, but are very dangerous to human patients. This is paramount for VL epidemiology as human-virulent Leishmania strains that are asymptomatic in dogs may not be identified and cleared. Hence, human-virulent strains may survive undetected in reservoirs, which are the main source of sandfly infection in Brazil. This will complement the JCPiL work. We will isolate and sequence the genome of 150 L. infantum isolates from dogs in Brazil with matching clinical data, in partnership with Brazilian researchers Daniella Bartholomeu, Maria do Socorro, Alexandre Reis and Vitor Ribeiro. We will use quantitative genetics analysis to identify genetic loci that alter disease severity in dogs, and compare with what we observed in human patients. We will also quantify parasite load in blood in dogs, as a measure of potential transmissibility. This will allow us to determine if strains that are virulent in humans could survive undetected in dogs without symptoms and be transmissible. We also aim to train Brazilian researchers in parasite genomics and quantitative genetics analysis, skills that are in short supply in Brazil. Two PhD students/postdoctoral researchers from Brazil will be selected and trained in genomics and quantitative genetics, with 8h/week online discussions/teachings along the project, and a one-week in person practical session at the University of York in January 2023. This project is ODA compliant, as it involves Brazilian researchers and neglected tropical diseases with high burden to developing countries, with potential to impact healthcare protocols for leishmaniasis control. It benefits from the strength of leishmaniasis research within York Biomedical Research Institute (https://yorkleish.org/) and aligns with the ?University from public good? policy and gender equality, with a balanced team with different genders and expertises. The project will deepen York partnerships in Brazil. Training of students will build capacity in Brazil, empowering their research communities and will promote bilateral knowledge exchange. We request 65,930, to cover Brazilian staff time for parasite isolation (14k, for 3 technicians, 6 months each), DNA sequencing costs (18k), York staff time to train Brazilian researchers (5k), funds to cover travel and subsistence for in-person training (4k), and funds for parasite culture reagents, publication and shipping (25k).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Jackelyne Geórgia Dutra e Silva - Integrante / Daniel Jefares - Integrante / Joao Cunha - Integrante / Daniella Bartolomeu - Integrante., Financiador(es): University of York - Auxílio financeiro.

  • 2022 - Atual

    Impacto do programa de Pós-Doutorado Estratégico (PDPG) em um programa de pós-graduação emergente na área de medicina veterinária, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador., Financiador(es): CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social - Auxílio financeiro.

  • 2021 - Atual

    Patógenos emergentes, re-emergentes e resistentes: aspectos zoonóticos, jurídicos e de remediação ambiental, Descrição: Os patógenos emergentes, re-emergentes e resistentes têm se tornado um grande problema de saúde pública, afetando tanto a saúde humana e animal além do meio ambiente que vivemos. Os objetivos desse projeto são pesquisar a presença de patógenos emergentes em ambientes aquáticos; desenvolver e avaliar sistemas de tratamento de águas residuais por fotocatálise heterogênea, capazes de degradar fármacos poluentes e inativar microrganismos patogênicos; investigar se a legislação relativa ao abandono e maus-tratos de animais tem se mostrado eficiente, e se o poder público e os órgãos de fiscalização e controle de doenças estão preparados para atuar na defesa dos animais em períodos de calamidade pública; pesquisar se o ?Termo de Consentimento Informado?, nos padrões que hoje faz, é eficaz quando da configuração da autodeterminação em sede de proteção de dados de saúde, coleta, armazenamento e compartilhamento.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (10) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / EFREN PAULO PORFIRIO DE SA LIMA - Integrante / GERALDO EDUARDO DA LUZ JUNIOR - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2019 - Atual

    Avaliação da implementação do uso das coleiras impregnadas com inseticida em cães em municípios prioritários para o controle da leishmaniose visceral humana e canina no Brasil, Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma doença grave causada por parasitos do gênero Leishmania. O parasito é transmitido por insetos alados denominados flebotomíneos, do gênero Lutzomyia, nas Américas, e Phlebotomus, na Europa e Ásia. Nas Américas, os cães domésticos constituem o principal reservatório do parasito Leishmania infantum (sin. Leishmania chagasi), desempenhando o papel de amplificadores da infecção e contribuindo para a transmissão para os seres humanos. O controle da leishmaniose visceral (LV) zoonótica tem sido um esforço desalentador para gestores da saúde pública e pesquisadores brasileiros. Em conjunto com a dengue, o controle da LV tem sido considerado um dos principais fracassos no controle de doenças transmissíveis no Brasil. Desde a implantação do programa brasileiro de vigilância e controle da leishmaniose visceral (PVCLV) no início da década de 1960, a doença passou por um notável processo de urbanização e disseminação geográfica, e a situação epidemiológica está longe de mostrar algum progresso substancial. Todas essas transformações na sociedade brasileira e na epidemiologia da leishmaniose visceral não foram acompanhadas por modificações substanciais nas estratégias de controle preconizadas pelo PVCLV original. As principais estratégias para reduzir a transmissão propostas pelo atual PVCLV ainda tem como principais pilares o controle de vetores com inseticidas residuais e a eliminação de cães soropositivos. No entanto, poucos estudos epidemiológicos bem desenhados dão suporte para seu uso em larga escala, a maioria mostrando efetividade limitada e apenas em contextos específicos. Novas abordagens promissoras têm sido preconizadas, como vacinas para cães, coleiras impregnadas com inseticidas, tratamento de cães infectados e inseticidas tópicos, mas ainda há muitas dúvidas sobre sua efetividade. Dentre essas, o uso de coleiras caninas impregnadas com inseticidas (deltamethrin-impregnated dog collars - DMC) tem se destacado como ferramenta disponível e potencialmente útil no controle da LV. O mecanismo implicado seria sua ação repelente e inseticida, o que reduziria o contato do vetor com o cão por até oito meses. Estudos avaliando a efetividade do uso de DMC têm demonstrado resultados satisfatórios. No Brasil, uma série de estudos locais também indicaram a efetividade de estratégias de controle da LV baseada no uso de DMC. Em Andradina/SP, por exemplo, um estudo mostrou a efetividade das coleiras na queda da prevalência canina e da incidência de casos humanos, quando associadas às medidas de controle vigentes. Assim, considerando nosso histórico envolvimento com a realização de estudos de intervenção comunitária para avaliação da efetividade de estratégias de controle da LV, incluindo esses mais recentes abordando o uso da coleiras impregnadas com inseticida apresentamos esse projeto que visa avaliar a implementação do uso das coleiras impregnadas com inseticida em cães em municípios prioritários para o controle da leishmaniose visceral humana e canina no Brasil, considerando seus potenciais efeitos na infecção humana e canina, na incidência de casos humanos, na densidade vetorial, na taxa de infecção e no hábito alimentar de flebotomíneos. Além disso pretende-se avaliar aspectos operacionais relacionados ao próprio processo de implementação da estratégia assim como avaliar a percepção da população sobre os riscos e benefícios dessa intervenção vis-a-vis a eutanásia canina e o controle vetorial com inseticidas de ação residual.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Integrante / Alessandra Gutierrez de Oliveira - Integrante / Maria Regiane Araujo Soares - Integrante / GUILHERME LOUREIRO WERNECK - Coordenador / Carlos Henrique Nery Costa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Imunoquimioterapia na leishmaniose visceral canina, Descrição: A leishmaniose canina permanece um desafio para as autoridades de saúde, uma vez cães são considerados os principais reservatórios urbanos da doença e apresentam um grande espectro de manifestações clínicas. O tratamento de cães não é uma medida recomendada, sendo a eutanásia a unica medida aceita pelas autoridades de saude a ser utilizada em cães sororreagentes. Entretanto, a eutanasia dos animais sororreagentes nao tem demonstrado eficácia no controle da expansão da doenca no país, além de ser uma medida cada vez menos aceita pela comunidade em geral. Assim, o potencial zoonótico da leishmaniose visceral canina, a ausência de cura parasitológica e a ocorrência de resistência parasitária aos tratamentos disponíveis indicam a necessidade do desenvolvimento de alternativas terapêuticas para que se possa atingir a cura clínica e garantir a eliminação por completo da infecção nos cães, bloqueando, assim, o ciclo de infecção para humanos. A imunoterapia utilizando vacinas tem mostrado resultados promissores. Varios autores tem relatado o uso de imunoterápicos para o tratamento de LVC. Reed e seus colaboradores tem demonstrado eficácia parcial de vacinas para leishmaniose canina, tanto em abordagens profiláticas como terapêuticas. Assim, os objetivos dessa pesquisa são: a) Avaliar o potencial terapêutico da proteína de fusão F2 com diferentes adjuvantes para tratamento de cães com Leishmaniose Visceral canina, naturalmente infectados em área endêmica. b) Avaliar in vivo o tratamento de cães naturalmente infectados as associações de F2 com o adjuvante GLA-SE ou com o adjuvante GLA-IMQ-LSQ, em ambos os casos combinado com tratamento com Alopurinol.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (2) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Integrante / Manoel Barral-Netto - Coordenador / Aldina Barral - Integrante / Steve Reed - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2015 - 2018

    Dishematopoiese na leishmaniose visceral canina: papel das células estromais na patogenia e na recuperação pós-tratamento, Descrição: As alterações hematológicas são conhecidas há muitos anos, desde os primeiros casos reportados de leishmaniose visceral (LV) (KEENAN et al., 1984) e que são fatores de gravidade na evolução da doença. No entanto, a sua patogenia ainda não está clara, principalmente, porque há um número pequeno de estudos que exploram o principal órgão relacionado ao processo hematopoiético, a medula óssea. Somente nos últimos anos, pesquisadores vêm despertando interesse nesse órgão, seja em pacientes, cães ou em modelos experimentais com LV (NICOLATO et al, 2013; LAFUSE et al, 2013; MOMO et al., 2014; TEMIS et al., 2014). Por muito tempo a medula óssea vem sendo analisada apenas como um alvo para a identificação de leishmânias (SINHA et al., 1993; SANTOS et al., 2014). Assim, devido a grande importância desse órgão na hematopoiese e por ser um alvo nas infecções leishmanióticas, na busca de compreendermos o que acontece nesse microambiente após o estabelecimento da infecção, iniciamos durante o meu doutorado o estudo das alterações na medula óssea. Partimos para um estudo detalhado do que acontece com as células do hospedeiro e os possíveis fatores relacionados na patogênese da pancitopenia em cães com LV. Vale acrescentar, que a abordagem estava focada na análise conjunta do mielograma e biopsia de cães com LV, destacando os aspectos morfológicos e estruturais das células da medula óssea de cães com LV classificados de acordo com a alteração hematológica em: pancitopenia, bicitopenia, citopenia e hemograma normal. Além disso, buscamos analisar a participação do fator de crescimento insulina-símile - IGF-I (Insuline-like growth factor I) e diferentes fatores e/ou citocinas na medula óssea. Dos resultados obtidos, observamos nos cães com LV que a medula óssea apresenta um aumento na proporção mieloide:eritróide e uma hiperplasia mielóide somente nos grupos de cães infectados com alguma alteração no sangue periférico, como anemia, leucopenia e/ou trombocitopenia. Nos cães com pancitopenia, a alteração que mais chamou a atenção foi um aumento no índice de maturação eritróide em relação aos demais grupos, indicando uma possível parada na maturação dessas células. Em termos morfológicos, observamos mesmo nos cães com monocitopenia que as células já apresentavam alguma displasia, particularmente na série eritroide e mieloide. Na contagem diferencial, vimos uma diminuição significante no número de linfócitos, plasmócitos e monócitos nos cães com pancitopenia em comparação aos demais grupos de cães infectados. Na biopsia da medula óssea, as lesões mais importantes foram hiperplasia megacariócita, hipercelularidade e proliferação macrofágica. Esses dados em conjunto sugerem uma dishematopoiese. Na tentativa de identificar os possíveis elementos efetores na dishematopoiese, avaliamos a expressão gênica de IGF-I, TNF, IFN e IL-3, que são fatores já descritos na literatura que participam de um algum processo patológico e/ou na homeostasia na medula óssea (RATAJCZAK et al., 1994; VELLENGA et al., 1990; WALTON,1996). Dentre os resultados gerados,destacamos aqui, que somente IGF-I estava diminuído nos cães infectados. Esse dado nos leva a pensar que IGF-I seja essencial para o processo de proliferação e/ou diferenciação na medula óssea, pois sabe-se que esse fator de crescimento pode estimular a eritropoiese e mielopoise (WELNIAK et al., 2004).Portanto, como a proliferação macrofágica foi vista em cão e em modelo murino com LV e na literatura não se tem nenhum estudo abordando o papel dessas células na dishematopoiese, venho propor uma análise aprofundada dessas células em cães com LV provenientes da cidade de Teresina-PI antes e após tratamento experimental. Com o aprofundamento dos estudos de mecanismos e de fatores relacionados a dishematopoiese, pode vislumbrar, no futuro, formas de intervenção terapêutica voltada a essas alterações.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Hiro Goto - Integrante / FLAVIANE ALVES DE PINHO - Integrante / Manoel Barral-Netto - Integrante / Aldina Barral - Integrante / Carlos Henrique Nery Costa - Integrante / Paul Kaye - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2015 - 2017

    Desenvolvimento de sistemas rápidos, sensíveis e específicos para o diagnóstico da leishmaniose visceral canina., Descrição: O correto diagnóstico da leishmaniose canina é na atualidade um problema não resolvido e não existe um método ideal para o diagn?sotico de cães doentes, como também não há testes adequados para distinguir cães sintomáticos de assintomáticos e de vacinados. na forma oligossintomática e assintomática de LV canina a sensibilidade dos diagnóticos baseados na utilização de proteínas totais podem ser muito variadas dependendo da preparação [19, 20, 29, 30]. Outro problema na utilização de proteínas totais para o diagnóstico da doença é a existência de reações cruzadas entre as proteínas totais de Leishmania e soros de animais infectados com outros patógenos. A melhora dos sistemas de diagnóstico depende da identificação de proteínas individuais que permitam melhorar a sensibilidade diagnóstica sem afetar a especificidade das técnicas de ELISA ou da imunocromatografia. Os testes realizados nos últimos anos melhoram a especificidade do diagnóstico da forma sintomática de cães e de leishmaniose visceral humana utilizando proteínas recombinantes. No entanto, nenhuma das proteínas recombinantes testadas tem permitido o desenvolvimento de sistemas de diagnóstico para apresentar a sensibilidade obtida pela proteína total para confirmação de formas sintomáticas de cães. Este projeto busca avaliar o potencial diagnóstico de diferentes proteínas parasitárias: 1. Com proteínas já descritas como antígenos em diferentes formas de LV: a proteína de superficie de promastigota KMP-11, as proteínas ácidas ribossomais P2a, P2b e P0, as histonas H2A e H3, e as proteínas de choque térmico HSP70 e HSP83 descritas como antígenos principiais em diversas formar clínicas (revistas em [36]). a) Com proteinas de parasitas descritos como antígenos em trabalhos recentes: poli (A), proteínas de ligação (PABP2) [40], enolase, sintesase de S- Adenosilmetionina (SAM-2) e tubulina. Estas ultimas proteínas foram inicialmente descritas como antigênica em pacientes com LV humano [41] e, recentemente, a equipe desta proposta as avaliou como antígenos em cães infectados em conjunto com o fator de iniciação da tradução LiF2Bb, e esta proteína também foi avaliada neste projeto. Para testar estes antígenos contamos com uma extensa coleção de soros de cães com avaliação clínica cuidadosa e com diagnóstico confirmado por métodos moleculares de diferentes regiões do Brasil.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Integrante / Alessandra Gutierrez de Oliveira - Integrante / Manoel Barral-Netto - Integrante / Ana Lucia Silva Abreu - Integrante / Aldina Barral - Coordenador / Manuel Soto - Integrante / Camila Indiani de Oliveira - Integrante / Antônio Ricardo Khouri Cunha - Integrante / Edmundo Carlos Grisard - Integrante / Eliane Mattos Piranda - Integrante / Mario Steinde - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2013 - 2015

    Estudo dose-resposta do composto MF-29 comparado ao Alopurinol em cães naturalmente infectados com Leishmania infantum chagasi, Projeto certificado pela empresa Grupo EMS Sigma Pharma em 20/05/2013., Descrição: A leishmaniose visceral americana (LVA) ou calazar, causada pela espécie Leishmania (Leishmania) infantum [syn. Leishmania (Leishmania) chagasi], é endêmica em cerca de 88 países da Europa e América Latina. Desde a década de 90, aproximadamente, 90% dos casos notificados no Brasil ocorrem no nordeste, sendo que os principais estados acometidos são Bahia, Ceará, Maranhão e Piauí. A transmissão da LVA se dá pela picada de fêmeas de flebotomíneos infectadas e é dependente de um contexto multifatorial que envolve o hospedeiro, o vetor e o reservatório. O cão é um dos principais reservatórios desse parasito, no qual a doença é conhecida como leishmaniose visceral canina (LVC). O que se tem observado em relação aos tratamentos atuais com quinioterápicos para LVC, é que na maioria dos casos, a cura clínica não é acompanhada da eliminação ou redução do protozoário, levando a uma ineficácia terapêutica. Além disso, a leishmaniose canina é mais resistente ao tratamento que a leishmaniose humana, e apenas uma pequena quantidade de espécies do gênero Leishmania são completamente eliminadas pelos fármacos disponíveis. Dessa forma, a proposta desse projeto é realizar ensaios pré-clínicos com uma nova droga chamada MF29 (Haloacetamido) em cães capturados em área endêmica para leishmaniose visceral, acompanhando clinicamente os animais a cada dois meses durante um ano e meio, bem como quantificar a carga parasitária destes animais antes e depois do tratamento com MF29. Baseado nos resultados já obtidos por nosso grupo, esperamos que a utilização da MF29 possa ser uma nova e satisfatória alternativa terapêutica para LVC, tendo em vista que a redução na carga parasitária e o bom estado clínico dos animais foi significativamente evidente em testes preliminares.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Aldina Barral - Integrante / Jorge Khalil - Integrante / Kellen Matuzzy Silva - Integrante / Leopoldo Fabrício Marçal do Nascimento - Integrante., Financiador(es): Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2015

    Avaliação da efetividade do uso das coleiras impregnadas com inseticida para o controle da leishmaniose visceral, Descrição: A Leishmaniose visceral (LV) é uma zoo-antroponose causada por protozoários do gênero Leishmania e transmitida para seres humanos por meio da picada de fêmeas de insetos dípteros pertencentes à família Psychodidae (flebotomíneo) que ingeriram sangue de um mamífero infectado. Humanos são os reservatórios para LV na Índia e em partes da África. Na Américas Latina e Central, Oriente Médio, Mediterrâneo, e China, a doença é zoonótica, e os parasitos são transmitidos para humanos a partir de mamíferos domésticos (p.ex. cão doméstico) ou silvestres (p.ex. raposas). Existem, ainda, formas mais raras de transmissão por meio do uso de agulhas infectadas, transfusão sanguínea, ato sexual, e durante a gestação (Magill, 1995; Cardo, 2006). A LV atinge 65 países, com incidência estimada de 500 mil novos casos e 59 mil óbitos anuais (Desjeaux, 2004). Índia, Nepal, Sudão, Bangladesh e Brasil respondem pela grande maioria dos casos mundiais, sendo que na América Latina 90% dos casos são registrados no Brasil (Desjeaux, 2004; Maia-Elkhoury et al., 2008). A introdução da LV nas cidades configura uma realidade epidemiológica diversa daquela previamente conhecida, requerendo uma nova racionalidade para os sistemas de vigilância e de controle. Neste contexto, a incorporação de novas estratégias ao arsenal já disponível tem sido recomendada de forma a aumentar a efetividade das ações de controle da doença. Dentre as alternativas disponíveis, o uso de colar impregnado com inseticida é aquela que tem se mostrado mais promissora. (David et al., 2001; Gavgani et al., 2002; Camargo-Neves et al., 2004; Reithinger et al., 2004). Sendo assim, neste estudo pretendemos avaliar a efetividade do uso das coleiras impregnadas com deltametrina 4% na redução da prevalência de infecção canina por Leishmania chagasi e da incidência de casos humanos de leishmaniose visceral em municípios de transmissão intensa.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Guilherme L Werneck - Integrante / joão pereira da silva - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2014

    MUDANÇAS AMBIENTAIS E O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO DA LEISHMANIOSE VISCERAL: UMA ABORDAGEM UTILIZANDO IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO ESPACIAL, Descrição: A Leishmaniose visceral (LV) é uma zoo-antroponose causada por protozoários do gênero Leishmania e transmitida para seres humanos por meio da picada de de fêmeas de insetos dípteros pertencentes à família Psychodidae (flebotomíneo) que ingeriram sangue de um mamífero infectado. Humanos são os reservatórios para LV na Índia e em partes da África. Na Américas Latina e Central, Oriente Médio, Mediterrâneo, e China, a doença é zoonótica, e os parasitos são transmitidos para humanos a partir de mamíferos domésticos (p.ex. cão doméstico) ou silvestres (p.ex. raposas). Existem, ainda, formas mais raras de transmissão por meio do uso de agulhas infectadas, transfusão sanguínea, ato sexual, e durante a gestação (Magill, 1995; Cardo, 2006). A introdução da LV nas cidades configura uma realidade epidemiológica diversa daquela previamente conhecida, requerendo uma nova racionalidade para os sistemas de vigilância e de controle. Neste contexto, sistemas de informações geográficas (SIG) e imagens obtidas por sensoriamento remoto (SR) vêm sendo cada vez mais consideradas importantes ferramentas para o controle de doenças transmitidas por insetos e/ou zoonoses (Hugh-Jones, 1989; Mott et al., 1995; Beck et al., 2000; Correia et al., 2004; Kalluri et al., 2007). O uso de SIGs e SR em vigilância epidemiológica pode configurar uma alternativa eficiente para a identificação de micro-ambientes correlatos da presença e abundância de vetores. Estes dados podem ser utilizados, por exemplo, para delimitar de áreas de alto risco para a ocorrência de LV e direcionar intervenções em Saúde Pública. Entretanto, uma das grandes limitações no uso destas ferramentas, particularmente para doenças que se distribuem de forma heterogênea no espaço urbano e ocorrem em pequenos focos, como a leishmaniose visceral, é a baixa resolução espacial da maioria dos sensores a bordo de satélites disponíveis até o início deste século (Correia et al., 2004; Pinho et al., 2005; Herbretau et al., 2007). Por exemplo, i. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Guilherme Loureiro Werneck - Integrante / Emanuelle Cardoso de Macedo - Integrante / José Wilson Costa Azevedo Júnior - Integrante / Aryclene da Silva Negreiros - Integrante / KELLEN MATUZZI DA SILVA - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2010 - 2015

    UTILIZAÇÃO DE PCR-RFLP NO ESTUDO POPULACIONAL DE LEISHMANIA CHAGASI NO BRASIL., Descrição: As leishmanioses são doenças parasitárias causadas por protozoários do gênero Leishmania e são transmitidas através da picada de fêmeas de insetos da subfamília Phlebotominae. As formas clínicas da parasitose são particularmente variadas, representando um complexo de doenças tendo como forma mais grave a leishmaniose visceral (LV) ou calazar. No Brasil a LV é causada pelo protozoário Leishmania infantum chagasi e transmitida, principalmente, por Lutzomyia longipalpis, os principais reservatórios que participam do ciclo zoonótico são canídeos selvagens e cães domésticos. O fato de as leishmanioses, de uma maneira geral, apresentarem um amplo espectro no que diz respeito à sintomatologia da doença, aliado a grande diversidade das espécies de hospedeiros infectados, sugere a presença de variantes genéticas do parasito. No caso da LV, por exemplo, variantes genotípicas de L. chagasi interagindo com diferentes espécies de hospedeiros podem ter papel fundamental na dinâmica e virulência de possíveis epidemias. Alem disto, a transmissão deste parasito está associado à insetos pertencentes ao gênero Lutzomyia. A principal espécie vetora no Brasil é Lutzomyia longipalpis, mas, recentemente, outras espécies tem se mostrado importantes vetoras, com destaque para L. cruzi. O presente projeto tem como meta identificar possíveis variantes genotípicas de L. chagasi presentes em Teresina (PI). Em Teresina serão coletadas amostras em animais silvestres, cães, insetos vetores, bem como, amostras humanas em colaboração com o Hospital de Doenças Infecciosas Natan Portela. O estudo analisará 3 marcadores genéticos: PCR-RFLP do DNA do cinetoplasto (kDNA), análise multi-locus por genotipagem de microssatélites nucleares, sequenciamento da região ITS do DNA ribossomal, a fim de se obter um perfil genético relacionado à dinâmica de transmissão e a epidemiologia da LV nessa cidade, e também avaliar a part. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Integrante / Ivete L de Mendonça - Integrante / Diego Peres Alonso - Integrante / Paulo E M Ribolla - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2014

    POPULAÇÕES DO COMPLEXO LUTZOMYIA LONGIPALPIS, VETORES DE LEISHMANIOSE VISCERAL AMERICANA:ESTUDO MORFOMÉTRICO E ANÁLISE DE MICROSSATÉLITES, Descrição: O principal vetor de Leishmania (Leishmania) infantum chagasi e, portanto, de leishmaniose visceral (LVA) nas Américas, Lutzomyia longipalpis (Diptera: Psychodidae) é a espécie de flebotomíneo mais região neotropical. Muitos estudos afirmam que se trata, de fato, de um complexo de espécies, entretanto ainda não existe um consenso a respeito do número de espécies que se enquadram neste complexo, tampouco sobre a distribuição geográfica dos grupos irmãos. Na região Centro-Oeste do Brasil, existem diversas espécies ocorrendo em simpatria com Lu. longipalpis. Algumas delas incriminadas como vetores de LVA como Lu. forattini, Lu. almerioi e Lutzomyia cruzi, espécie morfologicamente muito similar a Lu. longipalpis e de ocorrência no estado de Mato Grosso do Sul. Uma vez que a rotina de identificação das espécies de flebotomíneos se baseia em caracteres morfológicos, a diferenciação destas duas espécies, em locais onde ambas ocorram é muito difícil e sujeita a incorreções. Conhecer a distribuição geográfica de ambas as espécies em Mato Grosso do Sul, estabelecer critérios morfológicos e morfométricos mais precisos e padrões genéticos e moleculares distintos, para cada uma delas, é de elevada importância na epidemiologia dos vetores de LVA no estado de Mato Grosso do Sul. Valor: R$ 35.889,52 Valor: R$ 46.960,90 Este projeto foi contemplado em dois editais, uma vez que tinham objeto de financiamento diferentes. Em foi financiado material de consumo e em outro material permanente.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Diego Peres Alonso - Integrante / Paulo E M Ribolla - Integrante / Alessandra Gutierrez de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2014

    ESTUDO DO POTENCIAL TERAPÊUTICO DO DIETILTIOCARBAMATO (DETC) EM CÃES COM LEISHMANIOSE VISCERAL, Descrição: As Leishmanioses são doenças amplamente disseminadas em mais de 70 países e clinicamente classificadas em Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) e Leishmaniose Visceral (LV) . No Brasil, a Leishmania (Leishmania) chagasi é o parasito responsável pelos casos de leishmaniose visceral, infectando humanos, cães, raposas e marsupiais. A leishmaniose canina precede os casos de leishmaniose visceral em humanos, porém, apesar dos avanços no seu diagnóstico e controle, progressos no tratamento da doença ainda são escassos. Os tratamentos até então utilizados têm demonstrado que muitos dos animais tratados curam-se clinicamente, porém não conseguem eliminar por completo a infecção. Os estudos in vitro demonstraram que a destruição e inibição do crescimento do parasito estão associadas à ativação macrofágica e produção de radicais livres de oxigênio (eg. superóxido, O2-. A produção das moléculas de O2- está diretamente ligada à ação da superóxido dismutase (SOD1), uma enzima que catalisa a conversão de superóxido para peróxido de hidrogênio (H2O2) e oxigênio (O2), controlando o aumento indiscriminado de superóxido e a formação de peróxido de nitrito (OONO-). Outro estudo in vitro demonstrou a presença de SOD1 nas lesões dos pacientes com leishmaniose cutânea. Dados não pubicados do grupo de pesquisa da FIOCRUZ (BA), revelam que pacientes com leishmaniose tegumentar americana demonstraram associação entre falha terapêutica e valores elevados de SOD1 no plasma. Além disso, avaliou-se a atividade da SOD1 no plasma de cães infectados naturalmente na área endêmica do estado do Maranhão e constatou-se que a manifestação da doença estava associada ao aumento da atividade antioxidante da enzima. Com isso, busca-se testar o efeito terapêutico do DETC em cães com LVC.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Ivete Lopes de Mendonça - Integrante / Aldina Barral - Integrante / Ricardo Khouri - Integrante / Johan Van Weyenbergh - Integrante / Manoel Barral-Netto - Integrante.

  • 2008 - 2011

    PERFIL DE VIRULÊNCIA DE DIFERENTES CEPAS DE Leishmania chagasi ? CARACTERÍSTICAS DE CRESCIMENTO E IMUNOPATOGENICIDADE, Descrição: A Leishmaniose visceral americana (LVA) é uma zoo-antroponose causada por protozoários do gênero Leishmania. A leishmaniose visceral (LV) é uma doença febril, acompanhada de anemia e hepatoesplenomegalia, que pode determinar a morte de até 1/5 dos pacientes e é uma das cinco doenças prioritárias da Organização Mundial da Saúde (Desjeux, 1992). No Brasil, esta importante enfermidade é causada pelo protozoário Leishmania chagasi, sendo seu principal inseto vetor flebotomíneos da espécie Lutzomyia longipalpis. A infecção por parasitas do gênero Leishmania resulta em uma diversidade de apresentações clínicas em pacientes humanos. Leishmania infantum, idêntica a L. chagasi (Mauricio et al, 1999), é responsável pela maioria dos casos de leishmaniose no sudeste europeu. A grande variedade de apresentações clínicas observadas na leishmaniose visceral depende de uma complexa relação influenciada pelo patrimônio genético e pelo estado imunológico do paciente, mas também pela biodiversidade deste parasita (Garin et al., 2001). O polimorfismo clínico pode refletir a variabilidade da virulência do parasita ou do sistema imunológico do hospedeiro, permitindo o desenvolvimento de diferentes padrões de doença. O controle da infecção tem sido correlacionado com a produção de interferon-gama (IFN-) e conseqüente ativação de macrófagos, enquanto que a progressão da doença tem sido associada à desativação do macrófago e ao impedimento do estabelecimento de resposta do tipo Th1. Além disso, outras citocinas, tais como, fator transformador do crescimento beta (TGF-) parece favorecer a replicação do parasita (Baptista-Fernandes et al., 2007). Estudos recentes demonstraram que cepas de baixa virulência e de virulência intermediária de L. infantum não são capazes de desafiar as respostas imunes humoral e celular, permanecendo a infecção silenciosa e o paciente assintomático. Baptista-Fernades et al. (2007), estudando cepas com diferentes padrões de virulência em mod. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Carlos Henrique Nery Costa - Integrante / Dorcas Lamounier Costa - Integrante / Gabriela Santos-Gomes - Integrante., Número de produções C, T & A: 1

  • 2008 - 2010

    Investigação sobre Leishmania sp em possíveis reservatórios silvestres recepcionados no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, 2008-2009., Descrição: Em Mato Grosso do Sul, as leishmanioses são endêmicas, encontram-se em expansão e a despeito da ampla distribuição e do crescente número de casos, pouco se conhece a respeito de várias características clínicas, biológicas e epidemiológicas da doença no Estado. Essas zoonoses que incluem animais de vida silvestre como reservatórios naturais representam um sério problema de saúde pública. Propõe-se no presente projeto investigar os possíveis reservatórios silvestres que possam estar participando da cadeia epidemiológica dessas parasitoses. A amostra estudada constitui-se de animais como canídeos silvestres, marsupiais e roedores recepcionados rotineiramente pelo Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS). Após a analgesia do animal, será realizada a colheita de sangue medular, e periférico. Com o sangue medular será realizada a pesquisa de amastigotas e o isolamento de Leishmania sp através de cultivo em meio de cultura NNN (Neal, Novy e Nicolle), com fase líquida constituída de Schnneider?s medium acrescida de antibibióticos e inoculação em Hamster, Mesocricetus auratus. O isolado obtido será caracterizado através da técnica de reação da cadeia de polimerase com enzima de restrição (PCR-RFLP). E com o sangue periférico será realizada a técnica de imunofluorescência indireta para a detecção de anticorpos anti-leishmania.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Integrante / Alessandra Gutierrez de Oliveira - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2011

    Potencial Biotecnológico das Proteinas da saliva de Lutzomyia longipalpis, Descrição: Assim, na presente proposta pretendemos: i) identificar uma combinação de plasmídeos de DNA que codificam proteínas da saliva do vetor e do parasita e que levam à proteção contra LV em cães, e ii)isolar e identificar as moléculas presentes na saliva de L. longipalpis que levam ao recrutamento celular, causando uma reação inflamatória, importante na imunidade contra neoplasias ou que tenham um efeito direto sobre células tumorais e iii) desenvolver um método diagnostico rápido para avaliação da resposta humana anti-saliva de L. longipalpis, o que funcionaria como um marcador epidemiológico de exposição ao flebótomo. O valor do financiamento é R$ 1.200.000,00. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Integrante / Carlos H N Costa - Integrante / Ivete L de Mendonça - Integrante / Dorcas Lamounier Costa - Integrante / Aldina Barral - Integrante / Cláudia Brodskyn - Coordenador / Roseli Pizzigatti Klein - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2010

    IDENTIFICAÇÃO DE BIOPRODUTOS DE Leishmania chagasi ATRAVÉS DE ESTRATÉGIA GENOTÍPICA, GENÔMICA E DE EXPRESSÃO GÊNICA, Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma doença grave, febril, acompanhada de anemia, perda de peso e hepatoesplenomegalia que pode determinar a morte de até 20% dos pacientes. O Brasil é um dos países mais afetados do Mundo, notadamente na região Nordeste, onde se concentram 80% dos 3 a 4 mil casos registrados por ano. O valor do financiamento é de aproximadamente R$ 999.000,00 Ao longo das últimas décadas a LV tem apresentado rápida expansão a partir de focos rurais, primários, para grandes centros urbanos como Teresina, São Luis, Belo Horizonte e São Paulo. Por se tratar de doença típica de comunidades pobres, com fraca expressão política, ainda permanecem muitos questionamentos sobre aspectos críticos da doença. Entre eles estão o que determina a ocorrência de epidemias, as diferentes apresentações clínicas, os determinantes das complicações fatais, a dinâmica da transmissão, a existência de ciclos silvestres e sua relação com o ciclo doméstico, a ausência de vacinas, drogas de alta eficácia e o insucesso das ações de controle. Para responder partes destes questionamentos é de crucial importância um estudo que contemple ao mesmo tempo questões epidemiológicas e moleculares dos parasitas. A estratégia será identificar genótipos de L. chagasi e L. braziliensis associados à diferentes desfechos (apresentações clínicas, à ocorrência de epidemias, ao tipo de ecossistema e hospedeiro vertebrado de onde foram originados e à localização geográfica) através da genotipagem com marcadores microssatélites, de testes biológicos (para avaliar a indução da resposta imune e inflamatória em animais de experimentação e o período de incubação extrínseco no vetor), e do estudo da expressão de genes através do SAGE (serial analisys of gene expression). Finalmente, a comparação dos perfis de expressão de genes entre isolados de L. chagasi e L. braziliensis associados a diferentes desfechos com genes que expressam proteínas conhecidas no genoma de L. major através de estratégia de bio. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Integrante / Ivete Lopes de Mendonça - Integrante / Adelino Soares Neto - Integrante / Carlos H N Costa - Coordenador / Dorcas Lamounier Costa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA: DIAGNÓSTICO SOROLÓGICO E DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL, Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma doença febril, acompanhada de anemia e hepatoesplenomegalia, que pode determinar a morte de até 1/5 dos pacientes e é uma das cinco doenças prioritárias da Organização Mundial da Saúde. No Brasil, esta importante enfermidade é causada pelo protozoário Leishmania chagasi, sendo seu principal inseto vetor flebotomíneos da espécie Lutzomyia longipalpis. O cão tem sido incriminado como o principal reservatório doméstico do parasita, sendo considerado o elo mais frágil e, portanto, mais fácil de combater. Este estudo tem por objetivo a padronização de testes sorológicos que forneçam maior sensibilidade, especificidade e confiabilidade, assim como avaliar as influências das condições sócio-ambientais da malha urbana de Teresina, correlacionando estes fatores com a presença de cães verdadeiramente infectados no ambiente doméstico e a expansão da doença humana. Para tanto serão necessárias obter amostras de cultura de cães com leishmaniose, proceder a expansão destas culturas a fim de obter uma quantidade de parasitas suficientes para a padronização do antígeno solúvel de Leishmania chagasi. Após a obtenção do antígeno, procederemos os ensaios imunoenzimáticos (ELISA) para a detecção de anticorpos anti-leishmania no soro de cães com suspeita de leishmaniose visceral e o sensoramento remoto das áreas de onde se originaram estes cães. Esperamos assim poder estabelecer um teste sensível, específico e confiável para a detecção de animais realmente positivos e assim poder fornecer mais uma ferramenta útil e eficiente para o estudo desta enfermidade. Este projeto é finaciado com o valor de R$ 15.000,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Carlos H N Costa - Integrante / Ivete L de Mendonça - Integrante / Guilherme L Werneck - Integrante / Hanny de Carvalho - Integrante / Emanuelle Cardoso de Macedo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2007

    Avaliação da eficácia da Anfotericina B Cocleada (CAMB) utilizada durante 07 (sete) e 14 (quatorze) dias, administrada por via oral, em cães naturalmente infectados por Leishmania chagasi, Descrição: Este trabalho tem por objetivo verificar a posologia e o tempo do tratamento utilizando Anfotericina B Cocleada, por via oral, em cães, fazendo avaliações hematológicas e bioquímicas destes animais durante e após o tratamento. O valor do financiamento deste projeto é de R$ 20.000,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Dayane Francisca Higino Miranda - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal do Piauí - Bolsa / Bio Delivery Science International - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2008

    Estudo clínico para avaliação da eficácia e segurança da miltefosina administrada por via oral a pacientes com leishmaniose visceral no Brasil, Descrição: O objetivo deste estudo é mostrar que a miltefosina é segura e eficaz no tratamento da leishmaniose visceral causada pela L. (L.) chagasi. Esta hipótese baseia-se em estudos realizados na Índia onde este medicamento mostrou boa eficácia e segurança no tratamento de pacientes com leishmaniose visceral causada pela L. (L.) donovani (estudo-ponte).Os pacientes elegíveis serão tratados com miltefosine, administrada em dose oral diária (cápsulas) durante 28 dias. Ao final do tratamento, a resposta inicial será avaliada (parasitologia e status dos sintomas clínicos). A cura final será avaliada após um período de acompanhamento de seis meses. O valor do financiamento é de R$ 429.884,80.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Integrante / Carlos Henrique Nery Costa - Coordenador / Dorcas Lamounier Costa - Integrante / Mauro Biá - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2005 - 2006

    Detecção de Lutzomyia longipalpis naturalmente infectadas por Leishmania sp. em área domiciliar na cidade de Teresina, Descrição: Pesquisar flebotomíneos, vetores naturais da leishmaniose visceral americana, infectados em área domiciliar na cidade de Teresina, a fim de verificar o percentual de infecção por Leishmania sp. nestes insetos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Ivete Lopes de Mendonça - Integrante / Kleverton Ribeiro da Silva - Integrante / Telma Lúcia Alves Teixeira - Integrante / Maria dos Remédios B Silva - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal do Piauí - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

  • 2004 - 2007

    Mass spectrometry for blood sources, Descrição: Este projeto tem por objetivo identificar as fontes de repasto sanguíneo com as quais os flebotomíneos se alimentaram, visando a identificação dos hospedeiros que foram fontes de alimento para estes insetos vetores de leishmaniose. O valor do financiamento recebido é 5.890,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Integrante / Ivete Lopes de Mendonça - Integrante / Carlos Henrique Nery Costa - Coordenador / Vladimir Costa Silva - Integrante / Carlos Bloch Júnior - Integrante., Financiador(es): Royal Society Of Chemistry - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2007

    Estudo da resposta imune materna e fetal em camundongos BALB/c infectados com Toxoplasma gondii, Descrição: Camundongos isogênicos da linhagem BALB/c fêmeas, com 8 a 10 semanas de idade serão inoculados por via oral, com 20 cistos da cepa ME49 de T. gondii. Os animais serão separados em 6 grupos: G1 8 camundongos infectados no 5 dia de prenhez G2 8 camundongos infectados no 11 dia de prenhez G3 - 8 camundongos infectados no 15 dia de prenhez G4 - 8 camundongos infectados e não prenhes G5 - 8 camundongos não infectados e prenhes G6 - 8 camundongos não infectados e não prenhes Os animais dos grupos G1, G2, G3 e G5 serão submetidos à cesariana no 21 dia de prenhez, sendo avaliados quanto aos seguintes parâmetros: Quanto aos recém-nascidos: vitalidade; número de fetos (morto/vivo) pesquisa de parasitas para detecção de antígeno do T. gondii pela reação em cadeia pela polimerase (PCR) no cérebro para a verificação da incidência da infecção congênita nos recém-nascidos Quanto às mães: presença de nódulos de reabsorção, que confirmará a ocorrência de abortos as placentas e úteros das mães serão retirados para a pesquisa de parasitas para detecção de antígeno do T. gondii pela PCR para a confirmação da presença do parasita nestes órgãos, favorecendo assim a infecção congênita pesquisa de citocinas na interface materno-fetal pela técnica de "Reverse Transcription- Polimerase Chain Reaction" (RT-PCR), a fim de estabelecer o perfil de resposta imune que se instala no local durante a infecção níveis de anticorpos séricos da classe IgG anti-T. gondii utilizando-se a técnica imunoenzimática de ELISA, visando assim verificar a resposta imune humoral que se instala durante a infecção nos diferentes períodos de prenhez Os animais dos grupos G4, G5 e G6 serão avaliados de acordo com todos os parâmetros acima citados, servindo como controle para o estudo da infecção congênita e da expressão de citocinas. Os dados serão analisados estatisticamente empregando-se o programa Graph Pad Software, San Diego, CA, USA (GODFREY, 1985).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Coordenador / Maria Terezinha Serrão Peraçoli - Integrante / Marcelo Rezende de Carvalho Rios - Integrante., Financiador(es): Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Auxílio financeiro / Universidade Federal do Piauí - Outra.

  • 2003 - 2007

    Sistema "Quantitative Buffy Coat" (QBCÒ) para diagn[óstico de leishmaniose canina, Descrição: Este projeto tem por objetivo identificar cães com leishmaniose visceral através da pesquisa direta do parasita em sangue periférico, coletado de ponta de orelha, utilizando-se o sistema "Quantitative Buffy Coat" (QBCÒ), que é classicamente descrito e utilizado para o diagnóstico de malária. O valor do financiamento deste projeto é de R$ 178.000,00. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Maria do Socorro Pires e Cruz - Integrante / Ivete Lopes de Mendonça - Coordenador / Carlos Henrique Nery Costa - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Piauí, Departamento de Morfofisiologia Veterinária, Departamento de Morfofisiologia Veterinária. , Campus Ministro Petronio Portela, s/n, Ininga, 64000000 - Teresina, PI - Brasil, Telefone: (86) 32155748, URL da Homepage:

Experiência profissional

2002 - Atual

Universidade Federal do Piauí

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Atualmente exerço a função de Professor Adjunto, orientando monitores, estagiários na disciplina e bolsistas de iniciação científica e sou Coordenadora de Informação em Ciência e Tecnologia, da Pro-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação.

1997 - 1998

Universidade Federal do Piauí

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

Outras informações:
Exerci o cargo de Professor Substituto da disciplina de Microbiologia e Imunologia, orientando monitores e estagiários.

Atividades

  • 01/2009

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria.,Cargo ou função, Comissão de Mobilização e Divulgação - Conferências Estadual e Nacional de Educação.

  • 01/2007

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.,Cargo ou função, membro da Comissão para elaboração do Projeto CT-INFRA-UFPI - FINEP.

  • 04/2005

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.,Cargo ou função, membro do Comitê Avaliador do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC.

  • 11/2002

    Pesquisa e desenvolvimento, Departamento de Morfofisiologia Veterinária, Departamento de Morfofisiologia Veterinária.,Linhas de pesquisa

  • 07/2002

    Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Imunologia Veterinária

  • 07/2002

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Morfofisiologia Veterinária, Departamento de Morfofisiologia Veterinária.,Cargo ou função, Membro de comissão temporária.

  • 11/2008 - 12/2013

    Direção e administração, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.,Cargo ou função, Coordenadora de Informação em Ciência e Tecnologia.

  • 12/2005 - 12/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Assessoria de Pesquisa, Assessoria de Pesquisa.,Cargo ou função, Membro.

  • 04/2006 - 06/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.,Cargo ou função, membro da Comissão para elaboração do projeto CT-INFRA - FINEP - Novos Campi.

  • 03/2006 - 04/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Morfofisiologia Veterinária.,Cargo ou função, Presidente da Comissão Eleitoral, portaria 001/06 - DMV, biênio 2006/08.

  • 07/2003 - 03/2005

    Direção e administração, Coordenação de Estágio Supervisionado Obrigatório, Coordenação de Estágio Supervisionado Obrigatório.,Cargo ou função, Coordenadora de Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório em Medicina Veterinária.

  • 01/2003 - 03/2003

    Direção e administração, Departamento de Morfofisiologia Veterinária, Departamento de Morfofisiologia Veterinária.,Cargo ou função, Chefe de Departamento.

  • 03/1997 - 02/1998

    Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Microbiologia e Imunologia Veterinária