Dalila Zanon

Possui bacharelado e licenciatura em História pela Universidade Estadual de Campinas (1996). Mestrado (1999) e doutorado (2014) em História pela Universidade Estadual de Campinas. Atua no Ensino Básico de História nas redes pública e privada. É coordenadora do Grupo de Formação dos professores de História da rede municipal de Campinas, na Coordenadoria Setorial de Formação do Departamento Pedagógico (CEFORTEPE). Tem experiência de pesquisa na área de História do Brasil Colônia, com ênfase nos seguintes temas da história cultural: vida religiosa e Igreja Católica na América Portuguesa; história de São Paulo colonial; bispos ultramarinos modernos; relação Estado e Igreja na administração do império português e padroado português. Email: zanondalila@yahoo.com.br

Informações coletadas do Lattes em 02/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em História

2005 - 2014

Universidade Estadual de Campinas
Título: O poder dos bispos na administração do ultramar português: o bispado de São Paulo entre 1771 e 1824
Leila Mezan Algranti. Palavras-chave: bispos de São Paulo; Igreja colonial; padroado português; administração do império português; Autoridades coloniais.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil Colônia. Setores de atividade: Educação.

Mestrado em História

1997 - 1999

Universidade Estadual de Campinas
Título: A Ação dos Bispos e a Orientação Tridentina em São Paulo (1745-1796),Ano de Obtenção: 2000
Leila Mezan Algranti.Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: Igreja Católica; Brasil Colônia; Cartas Pastorais; São Paulo século XVIII; bispos; clero. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil. Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil Colônia. Setores de atividade: Educação Superior; Educação Média de Formação Geral.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Lê Razoavelmente.

Espanhol

Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Colônia.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Educação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Colóquio Internacional Justiças, Governo e Bem Comum.Homens de leis e de letras: os magistrados e o exercício do poder e da justiça em nome do rei no Antigo Regime. 2015. (Simpósio).

Novos Campos de pesquisa da história das instituições eclesiásticas e suas normatividades (séculos XVI-XIX).O poder dos bispos na administração do Ultramar português: o bispado de São Paulo entre 1771-1808. 2015. (Seminário).

Encontro Formativo de Professores dos Componentes Curriculares de Geografia e HIstória. 2014. (Encontro).

VII Simpósio Nacional de História Cultural: Escritas, Circulação, Leituras e Recepção.A circulação dos manuscritos eclesiásticos no bispado de São Paulo na 2a metade do século XVIII. 2014. (Simpósio).

7a Semana de Educação e 9o Seminário de Teses e Dissertações. 2013. (Seminário).

Aplicações da Webconferência na Educação Superior para o Desenvolvimento de projetos acadêmicos. 2013. (Oficina).

Diálogos com a Pesquisa: As contribuições de Stephen Ball para a pesquisa educacional no contexto brasileiro. 2013. (Outra).

Seminário Curricular - Ensino Fundamental 2013. 2013. (Seminário).

XXI Encontro Estadual de História - Trabalho, Cultura e Memória. 2012. (Encontro).

III Ciclo de Seminários de Reflexão sobre Práticas Educativas. 2011. (Seminário).

III Ciclo de Seminários de Reflexão sobre Práticas Educativas das EMEFS do Naed Norte. 2011. (Seminário).

II Seminário Curricular 2010. 2010. (Seminário).

II Seminário Curricular 2010 - Componente Curricular História. 2010. (Seminário).

I Ciclo de Seminários de Reflexão sobre Práticas Educativas das EMEFS do Naed Norte.Desenvolvimento e Aprimoramento da Leitura, Escrita e Interpretação de Textos. 2009. (Seminário).

Seminário de Pesquisas do Núcleo Cultura e Sociedade - projeto temático FAPESP Dimensões do Império Português. 2007. (Seminário).

VII JORNADA SETECENTISTA.Autoridade Episcopal em Perspectiva: a política e a religião nas pastorais dos bispos de São Paulo (1774-1824). 2007. (Outra).

Ciclo de Palestras Sujeito, Ética e Autonomia. 2006. (Outra).

XVIII Encontro Regional de História - O historiador e o seu tempo.As indulgências e as devoções aos santos em São Paulo no século XVIII. 2006. (Encontro).

VI Jornada Setecentista.A atuação dos bispos Setecentistas na capitania de São Paulo. 2005. (Seminário).

IV Congresso Municipal de Educação. 2004. (Congresso).

XVII Encontro Regional de História - O Lugar da História.Modos de Governar: Política, Negócios e Representações do Império Português ao Império do Brasil. 2004. (Encontro).

II Congresso Municipal de Educação. 2001. (Congresso).

Seminário Experiências Partilhadas em Ensino e Pesquisa: Uma parceria entre Universidade e Escola Pública.Experiências Partilhadas em Ensino e Pesquisa: Uma parceria entre Universidade e Escola Pública. 2000. (Seminário).

ANPUH-Sujeito na História: práticas e representações.D. Bernardo Rodrigues Nogueira e a ação tridentina em São Paulo (1746-1748). 1998. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Guilherme Paulo Castagnoli Pereira das Neves

NEVES, Guilherme Pereira das. A ação dos bispos e a orientação tridentina em São Paulo (1745-1796). 1999. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Izabel Andrade Marson

ALGRANTI, L. M.;MARSON, I. A.; SOUZA, E. S.; LONDONO, F. T.; SOUZA, I. L. S. C.. O poder dos bispos na administração do ultramar português e o bispado de S. Paulo entre 1771 e 1824. 2014. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Izabel Andrade Marson

ALGRANTI, L. M.; SCHIAVINATTO, iara lis;MARSON, I. A.. Autoridade episcopal em perspectiva: a atuação dos bispos de S. Paulo no Império Luso-Brasileiro(1772-1824). 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História Social Unicamp) - Universidade Estadual de Campinas.

Leandro Karnal

KARNAL, L.. ?A ação dos bispos e a orientação tridentina em São Paulo (1745-1796)?. 1999. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Leila Mezan Algranti

ALGRANTI, L. M.; MARSON, I.; SOUZA, G. E.; LONDONO, F.. O Poder dos bispos na administração do ultramar português: o bispado de São Paulo entre 1771 e 1824. 2014. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Leila Mezan Algranti

ALGRANTI, L. M.; LIS, I.; MARSON, I.. A Autoridade Episcopal em perspectiva: a atuação dos bispos de São Paulo (século XVIII). 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Iara Lis Franco Schiavinatto

ALGRANTI, Leila Mezan; MARSON, Izabel;SCHIAVINATTO, Iara Lis Franco; SOUZA, E. S.; LONDOÑO, Fernando. O poder dos bispos na administração do ultramar português : o bispado de São Paulo entre 1771 e 1824. 2014. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Iara Lis Franco Schiavinatto

SCHIAVINATTO, Iara Lis Franco; ALGRANTI, Leila Mezan; Isabel Marson. autoridade episcopal em perspectiva: a atuação dos bispos de sao paulo no imperio luso-brasileiro. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Leila Mezan Algranti

A Ação dos Bispos e a Orientação tridentina em São paulo (1745-1796); 1999; 0 f; Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual de Campinas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Leila Mezan Algranti;

Leila Mezan Algranti

O Poder dos bispos na administração do ultramar português: o bispado de São Paulo entre 1771 e 1824; 2014; Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campinas,; Orientador: Leila Mezan Algranti;

Leila Mezan Algranti

O cotidiano na Colônia; 1992; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Estadual de Campinas, Serviço de Assistência Ao Estudante Unicamp; Orientador: Leila Mezan Algranti;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ZANON, D. . A missa e a fábrica: tentativas de controle dos espaços das igrejas pelos bispos coloniais paulistas (1745-1796). História (São Paulo. Online) , v. 28, p. 79-106, 2009.

  • ZANON, D. . Os bispos paulistas e a orientação tridentina no século XVIII. História. Questões e Debates , Curitiba - UFPR, v. 19, n.N. 36, p. 219-250, 2002.

  • Zanon, Dalila . Bispos de São Paulo, As Diretrizes da Igreja no Século XVIII. 1a. ed. São Paulo: FAPESP e Annablume, 2012. v. 1000. 218p .

  • Zanon, Dalila . O impacto da transferência da Corte Portuguesa para a América na pastoral de D. Matheus de Abreu Pereira, Bispo de São Paulo. In: Juliana Gesuelli Meirelles; Marieta Pinheiro de Carvalho. (Org.). Leituras e Interpretações sobre a Época Joanina. 1aed.Curitiba: Prismas, 2016, v. , p. 227-254.

  • Zanon, Dalila . Os bispos e o poder secular na capitania de São Paulo setecentista. In: VI Jornada Setecentista, 2006, Curitiba. VI Jornada Setecentista - Conferências e Comunicações. Curitiba: Aos Quatro Ventos e Cedope, 2005. v. 1. p. 209-220.

  • ZANON, D. . As indulgências e as devoções aos santos em São Paulo no século XVIII. In: XVIII Encontro Regional de História - O historiador e seu tempo, 2006, Assis. XVIII Encontro Regional de História ANPUH São Paulo, 2006.

  • Zanon, Dalila . Autoridade Episcopal em Perspectiva: a política e a religião nas pastorais dos bispos de São Paulo (1774-1824). In: VII Jornada Setecentista, 2007, Curitiba. VII Jornada Setecentista - Programação e Resumos, 2007. p. 6.

  • ZANON, D. . A atuação dos bispos setecentistas na capitania de São Paulo. In: VI Jornada Setecentista, 2005, Curitiba. Programação e Resumos VI Jornada Setecentista. Curitiba: Casa Editorial Tetravento Ltda., 2005. p. 12-13.

  • ZANON, D. . D. Bernardo Rodrigues Nogueira e a Ação Tridentina em São Paulo (1746-1748). In: ANPUH-Sujeito na História: práticas e representações, 1998, São Paulo. XIV Encontro Regional de História: Sujeitos na História, práticas e representações. São Paulo: EDUSC, 1998. p. 212.

  • Zanon, Dalila . O poder dos bispos na administração do Ultramar Português: o bispado de São Paulo entre 1771-1808. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Zanon, Dalila . A circulação dos manuscritos eclesiásticos no bispado de São Paulo na 2a metade do século XVIII. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Zanon, Dalila . Aula sobre Micro-história. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Zanon, Dalila . Desenvolvimento e Aprimoramento da Leitura, Escrita e Interpretação de Textos. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Zanon, Dalila . Autoridade Episcopal em Perspectiva: a política e a religião nas pastorais dos bispos de São Paulo (1774-1824). 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Zanon, Dalila . Religiosidade e identidades religiosas. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • Zanon, Dalila . A atuação dos bispos setecentistas na capitania de São Paulo. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Zanon, Dalila . D. Bernardo Rodrigues Nogueira e a ação tridentina em São Paulo (1746-1748). 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Zanon, Dalila ; MEIRELLES, Juliana Gesuelli ; CARVALHO, M. P. ; SILVA, A. R. C. . A Época Joanina: leituras contemporâneas. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Zanon, Dalila . O poder jurisdicional das autoridades paulistas: conflitos entre o bispo D. Fr. Manuel da Ressurreição e os governadores da capitania (1771-1789). 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Zanon, Dalila . Capítulo: Império Português na Ásia e na África. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livro Didático Estudar História).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 1996 - 1997

    Projeto de Pesquisa em Parceria: Unicamp e EE Barão Geraldo de Rezende (Fapesp/processo n. 96/9087/4, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Dalila Zanon - Integrante / Ernesta Zamboni - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Prefeitura Municipal de Campinas, Secretaria da Educação. , Rua Paulo de Souza Marques, Vila San Martin, 13069099 - Campinas, SP - Brasil, Telefone: (19) 32812696

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - Atual

    Editora Prismas

    Vínculo: livre, Enquadramento Funcional: Diretora Científica

    Outras informações:
    Direção da Coleção São Paulo Colonial e Contemporâneo

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal Fluminense

    Vínculo: Pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora

    Outras informações:
    Pesquisadora do Grupo de Pesquisa JIIAR (Justiças e Impérios Ibéricos de Antigo Regime), na linha de pesquisa Práticas políticas, Administração da justiça e governabilidade. No universo político de Antigo Regime a justiça cumpria uma tarefa fundamental. Os oficiais da justiça possuíam, por legitimidade, influência sobre o sentido que adquiriam as ações do monarca, exercendo uma força de ordenamento sobre a razão política do reino. Além da justiça, envolviam-se com a administração política e com questões de abastecimento das capitanias. Tais atividades faziam desses homens figuras importantes nas localidades onde exerciam seus cargos e, sobretudo, em todo contexto imperial. Em terras coloniais esses agentes régios assistiam a um alargamento de suas jurisdições e das possibilidades de exercício do poder. Embora os atributos referentes ao ofício de ouvidor estivessem previstos nas Ordenações do Reino e há muito integrassem costumes administrativos e práticas políticas tardomedievais, causavam perturbações e indefinições quanto a seus limites de atuação, principalmente em suas relações com outros oficiais. Desse modo, nessa linha de pesquisa estarão reunidos pesquisadores que possuem interesse no estudo das práticas políticas típicas de Antigo Regime e suas relações com a administração da justiça, bem como nos conflitos jurisdicionais que advinham daí. Levando em conta as necessárias interações entre as justiças durante o Antigo Regime, também aspecto central de discussão desta linha a administração da justiça secular e eclesiástica. Este, além de constar desde a formação intelectual e acadêmica desses agentes, constituiu um dos aspectos conflituosos da imensa carga de tarefas atribuída aos ouvidores de comarcas das colônias. Dentre muitas de suas atribuições, se encontrava a de Juiz dos Feitos da Coroa. Este estatuto lhe auferia a responsabilidade na fiscalização dos feitos eclesiásticos, na verificação do processamento dos autos e a própria aplicação das sentenças ec

  • 1996 - 1997

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 1996 - 1997

    Universidade Estadual de Campinas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Ensino Público - FAPESP

  • 2000 - Atual

    Prefeitura Municipal de Campinas

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor PEB III, Carga horária: 32

    Atividades

    • 05/2015

      Outras atividades técnico-científicas , Secretaria da Educação, Secretaria da Educação.,Atividade realizada, Coordenadora do Grupo de Formação Curricular de História dos professores da Rede Municipal de Campinas.

  • 2004 - 2005

    Escola Comunitária de Campinas

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de História, Carga horária: 12

  • 2004 - 2005

    Escola Comunitária de Campinas

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de História do ciclo III e IV, Carga horária: 12

  • 1995 - 2000

    Escola Estadual Barão Geraldo de Rezende

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Educação Básica II, OFA, Carga horária: 24

  • 1996 - 1997

    Escola Estadual Barão Geraldo de Rezende

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: