Nádia Spada Fiori

Possui graduação em Medicina pela Fundação Universidade Federal de Rio Grande (2006), Mestrado (2010) e Doutorado (2015) em Epidemiologia pela Universidade Federal de Pelotas. Foi Takemi Fellow na Harvard School of Public Health (2014). É professora adjunta do Departamento de Medicina Social da Universidade Federal de Pelotas e coordena a Residência Médica em Medicina de Família Comunidade (2020). Tem experiência na área de Saúde Coletiva com ênfase em Epidemiologia, atuando principalmente nos temas da atenção primária a saúde e epidemiologia ocupacional.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Epidemiologia

2011 - 2015

Universidade Federal de Pelotas
Título: Asma, tabagismo e absorção de nicotina em fumicultores do município de São Lourenço do Sul, RS
Anaclaudia Gastal Fassa. Coorientador: Neice Muller Xavier Faria. Palavras-chave: doenças pulmonares; estudos transversais; saúde do trabalhador.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica / Especialidade: Pneumologia. Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.

Mestrado em Epidemiologia

2009 - 2010

Universidade Federal de Pelotas
Título: Dez anos de evolução da prevalência de asma em adultos, no sul do Brasil: comparação de dois estudos de base populacional.,Ano de Obtenção: 2010
Helen Gonçalves.

Especialização - Residência médica

2007 - 2009

Hospital Nossa Senhora da Conceição
Residência médica em: Medicina de Família e ComunidadeNúmero do registro: . Bolsista do(a): Ministério da Educação e Cultura, MEC, Brasil.

Especialização em Takemi Program in International Health

2013 - 2014

Harvard School Of Public Health
Título: Asthma Symptoms in tobacco farm workers
Orientador: David Christiani
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Especialização em Medicina da Família e Comunidade

2009 - 2009

Sociedade Brasileira de Medicina de Familia e Comunidade
Título: Título de Especialista em Medicina de Família e Comunidade

Graduação em Medicina

2001 - 2006

Universidade Federal do Rio Grande

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2019

Capacitação em Preceptoria de Residência Médica. (Carga horária: 100h). , Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúd, PROADI SUS, Brasil.

2017 - 2017

Curso EURACT Avaliação para Formadores de Medicina de Família e Comunidade. (Carga horária: 30h). , Sociedade Brasileira de Medicina de Familia e Comunidade, SBMFC, Brasil.

2016 - 2016

Curso EURACT Nível 1 para Formadores de Medicina de Família e Comunidade. (Carga horária: 30h). , Sociedade Brasileira de Medicina de Familia e Comunidade, SBMFC, Brasil.

2009 - 2009

Capacitação de Preceptores de MFC. (Carga horária: 48h). , Sociedade Brasileira de Medicina de Familia e Comunidade, SBMFC, Brasil.

2005 - 2005

Atualização sob o Tema Climatério. (Carga horária: 5h). , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

2003 - 2003

Extensão universitária em Capacitação Programa Cidadania Já ? UNISOL. (Carga horária: 80h). , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

2001 - 2001

Eletrocardiograma para Clínico. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Medicina Preventiva.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Ocupacional.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

FIORI, N. S. . Vivências e Estágios na Realidade do Sistema Único de Saúde do Brazil VER-SUS/Brasil. 2005. (Outro).

FIORI, N. S. . Vivências e Estágios na Realidade do Sistema Único de Saúde do Brasil VER-SUS/Brasil. 2004. (Outro).

FIORI, N. S. . VII Congresso Gaúcho de Educação Médica. 2004. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

12th Conference of the International Commission on Occupational Health: Scientific Committee for.Pesticide exposure and psychiatric problems among tobacco farm workers.. 2013. (Outra).

10º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Prevalência de sintomas de doenças respiratórias em fumicultores.. 2012. (Congresso).

30th ICOH - International Congress on Occupation Health. Acute pesticide poisoning among Brazilian tobacco farmers, according to pesticide related symptoms and medical evaluation.. 2012. (Congresso).

VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia. Coleta de amostras de sangue em estudo populacional de área rural.. 2011. (Congresso).

XIII Encontro de Pós-graduação da UFPel.Prevalência de asma em fumicultores do Sul do Brasil.. 2011. (Encontro).

XX Congresso de Iniciação Cientifica e III Mostra Científica da UFPel. Prevalência de sobrepeso e obesidade entre trabalhadores rurais de São Lourenço do Sul, RS.. 2011. (Congresso).

44º COBEM ? Congresso Brasileiro de Educação Médica. InterAÇÃO Escola Médica, Serviço de Saúde e Sociedade. 2006. (Congresso).

I Seminário do Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde - PRÓ-Saúde. 2006. (Seminário).

I Fórum Social Mundial da Saúde e do IV Fórum Internacional em Defesa da Saúde dos Povos. 2005. (Outra).

Oficina Nacional de Avaliação do VER-SUS/Brasil. 2005. (Oficina).

Oficina de Pactuação e Qualificação do Desenvolvimento do Projeto de Vivências e Estágios na Realidade do SUS ? VER - SUS/Brasil no Estado do Rio Grande do Sul. 2004. (Oficina).

VII Congresso Gaúcho de Educação Médica. Este é o Ensino que o Aluno quer quando entra em um Curso de Medicina?. 2004. (Congresso).

XV Semana Acadêmica de Medicina. 2004. (Outra).

I Curso da ALA VERDE do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr.. 2003. (Outra).

Programa de Educação Continuada - Módulo: Urgências em Cardiologia e Urgências Respiratórias. 2003. (Outra).

XIV Semana Acadêmica de Medicina - Tema: Diagnóstico Médico. 2002. (Outra).

I Simpósio Gaúcho de Transtornos do Humor e Iª Jornada da Residência de Psiquiatria da Santa Casa. 2001. (Simpósio).

VII Encontro Regional de Estudantes de Medicina da Regional SUL I. 2001. (Encontro).

Treinamento de Adolescentes Multiplicadores. 1998. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Douglas Nunes Stahnke

FIORI, N. S.; MENDONCA, C. S.. Tendência de internações por condições sensíveis a Atenção Primária nos municípios mais populosos do Rio Grande do Sul de 2002 a 2017.. 2018. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Aluno: ROSAURA DE SOUZA DE LA ROSA

Rosa, R.S.L; MAHL, C.;FIORI, N. S.. Qualificação da atenção à saúde bucal de crianças com até cinco anos de idade, beneficiárias do Programa Bolsa Família, vinculadas à Unidade de Saúde Planalto, Santana do Livramento/ RS.. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Saúde da Família) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Guilherme Emanuel Weiss Pinheiro

Pinheiro, G.E.W; Thumé, E.;FIORI, N. S.. A puericultura como uma estratégia de promoção à saúde.. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Saúde da Família) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Raquel Viégas Elias

Elias, R.V; Wachs, L.;FIORI, N. S.. Educação e prevenção em saúde bucal para crianças de 0 a 6 anos residentes na zona rural de Pelotas, RS.. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Saúde da Família) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: LEANDRO LEITZKE THUROW

Thurow, L.L; Wachs, L.;FIORI, N. S.. Saúde bucal de escolares, bairro Sítio Floresta, Pelotas/RS, 2012. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Saúde da Família) - Universidade Federal de Pelotas.

FIORI, N. S.. Seleção Pública para Docente, área Médica - Saúde Coletiva.. 2010. Universidade Católica de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Sílvia Elaine Cardozo Macedo

FIORI, N. S.;GONCALVES, H.MENEZES, Ana MariaMACEDO, Silvia Elaine Cardozo. Dez anos de evolução da prevalência de asma em adultos no Sul do Brasil: comparação de dois estudos de base populacional. 2010. Dissertação (Mestrado em Epidemiologia) - Universidade Federal de Pelotas.

Luiz Augusto Facchini

Facchini, LA; NOAL, R. B.; FRANCO NETO, G.. Asma, tabagismo e absorção de nicotina em fumicultores do município de São Lourenço do Sul, RS. 2015. Tese (Doutorado em Epidemiologia) - Universidade Federal de Pelotas.

Ricardo Bica Noal

FACCHINI, L. A.;Noal, Ricardo B.. Asma, tabagismo e absorção de nicotina em fumicultores do município de São Lourenço do Sul, RS. 2015. Tese (Doutorado em Epidemiologia) - Universidade Federal de Pelotas.

Ricardo Bica Noal

FACCHINI, L. A.;NOAL, Ricardo Bica. Asma em trabalhadores da fumicultura do sul do Brasil. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Epidemiologia) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Káia Lusa

AUMENTO DA COBERTURA DE PRÉ-NATAL NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ADOLFO GROTH, PASSO FUNDO - RS; 2012; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Saúde da Família) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Nadia Spada Fiori;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Helen Gonçalves

Comparação de dois estudos de base populacional: dez anos de evolução da prevalência de asma em adultos; 2010; Dissertação (Mestrado em Epidemiologia) - Universidade Federal de Pelotas,; Orientador: Helen Gonçalves;

Anaclaudia Gastal Fassa

; Sintomas de Asma em Trabalhadores da Fumicultura do Sul do Brasil; 2015; Tese (Doutorado em Epidemiologia) - Universidade Federal de Pelotas,; Orientador: Anaclaudia Gastal Fassa;

Renata Pekelman

Análise de resultados obtidos em Grupos de Tabagismo da Unidade de Saúde do Jardim Itu, no ano de 2008; ; 2008; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Programa de Residência em Medicina de Família e Co) - Hospital Nossa Senhora da Conceição; Orientador: Renata Pekelman;

Samuel de Carvalho Dumith

Dez anos de evolução da prevalência de asma em adultos do sul do Brasil: Comparação de dois estudos de base populacional:; 2010; Dissertação (Mestrado em Epidemiologia) - Universidade Federal de Pelotas,; Coorientador: Samuel de Carvalho Dumith;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MEUCCI, RODRIGO DALKE ; CARRETT, MARIA LAURA VIDAL ; FIORI, NADIA SPADA ; FASSA, ANACLAUDIA GASTAL ; FARIA, NEICE MULLER XAVIER . Urinary cotinine in tobacco farmers in Southern Brazil. REVISTA DE SAÚDE PÚBLICA (ONLINE) , v. 52, p. 70, 2018.

  • ZAGO, ADRIANA MARCHON ; MEUCCI, RODRIGO DALKE ; FIORI, NADIA ; CARRET, MARIA LAURA VIDAL ; FARIA, NEICE MULLER XAVIER ; FASSA, ANACLAUDIA GASTAL . Workplace Accident Prevalence and Associated Factors among Tobacco Farm in São Lourenço do Sul-RS, Brazil. Ciência & Saúde Coletiva , v. 23, p. 1353-1362, 2018.

  • FÁVERO, JULIANA LOPES ; MEUCCI, RODRIGO DALKE ; FARIA, NEICE MÜLLER XAVIER ; FIORI, NADIA SPADA ; FASSA, ANACLAUDIA GASTAL . Consumo de bebida alcoólica entre fumicultores: prevalência e fatores associados. Ciência & Saúde Coletiva , v. 23, p. 871-882, 2018.

  • 2015 MEUCCI, RODRIGO D. ; FASSA, ANACLAUDIA G. ; FARIA, NEICE M. X. ; FIORI, NADIA S. . Chronic low back pain among tobacco farmers in southern Brazil. INTERNATIONAL JOURNAL OF OCCUPATIONAL AND ENVIRONMENTAL HEALTH , v. 21, p. 66-73, 2015.

  • 2015 FIORI, NADIA SPADA ; FASSA, ANACLAUDIA GASTAL ; FARIA, NEICE MULLER XAVIER ; MEUCCI, RODRIGO DALKE ; MIRANDA, VANESSA IRIBARREM ; CHRISTIANI, DAVID C. . Wheezing in tobacco farm workers in Southern Brazil. American Journal of Industrial Medicine (Print) , v. 00, p. n/a-n/a, 2015.

  • 2014 FASSA, ANACLAUDIA G. ; FARIA, NEICE M.X. ; MEUCCI, RODRIGO D. ; FIORI, NADIA SPADA ; MIRANDA, VANESSA IRIBARREM ; FACCHINI, LUIZ AUGUSTO . Green tobacco sickness among tobacco farmers in southern Brazil. American Journal of Industrial Medicine (Print) , v. 57, p. n/a-n/a, 2014.

  • 2014 FARIA, NEICE MULLER XAVIER ; FASSA, ANACLAUDIA GASTAL ; MEUCCI, RODRIGO DALKE ; FIORI, NADIA SPADA ; MIRANDA, VANESSA IRIBARREM . Occupational exposure to pesticides, nicotine and minor psychiatric disorders among tobacco farmers in southern Brazil. Neurotoxicology (Park Forest South) , v. X, p. X, 2014.

  • 2014 MEUCCI, RODRIGO DALKE ; FASSA, ANACLAUDIA GASTAL ; FARIA, NEICE MULLER XAVIER ; FIORI, NADIA SPADA ; MIRANDA, VANESSA IRIBARREM ; RESENDE, DEINER . Limitação no trabalho por dor lombar em fumicultores do sul do Brasil. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional , v. 39, p. 06-16, 2014.

  • 2012 FIORI, N. S. ; GONCALVES, H. ; Dumith, S.C. ; César, M.A. ; Menezes, A.M.B ; MACEDO, S. . Ten-year trends in prevalence of asthma in adults in southern Brazil: comparison of two population-based studies. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso) , v. 28, p. 135-144, 2012.

  • 2012 GONÇALVES, HELEN ; MENEZES, ANA MARIA BATISTA ; BACCHIERI, GIANCARLO ; DILÉLIO, ALITÉIA SANTIAGO ; BOCANEGRA, CARLOS ALBERTO DELGADO ; CASTILHOS, EDUARDO DICKIE ; GALLO, ERIKA ALEJANDRA GIRALDO ; FANTINEL, EVERTON JOSÉ ; FIORI, NADIA SPADA ; MEUCCI, RODRIGO DALKE ; ARAÚJO, CORA LUIZA PAVIN ; CARVALHO, SAMUEL . Perfil de trabalho urbano de adolescentes de 14-15 anos: um estudo populacional no Sul do Brasil. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso) , v. 17, p. 1267-1274, 2012.

  • 2006 STASZKO, KAMILA FERNANDA ; LINCHO, CARLA ; ENGELKE, VIVIAN DA CAS ; FIORI, NÁDIA SPADA ; SILVA, KARINA CIRINO ; NUNES, ELISA IRIBARREN ; ZHANG, LINJIE . Terminologia da ausculta pulmonar utilizada em publicações médicas brasileiras, no período de janeiro de 1980 a dezembro de 2003. Jornal Brasileiro de Pneumologia (Impresso) , v. 32, p. 400-404, 2006.

  • 2006 MENDOZA-SASSI, RAÚL ; BÉRIA, JORGE U. ; FIORI, NÁDIA ; BORTOLOTTO, ANGÉLI . Prevalência de sinais e sintomas, fatores sociodemográficos associados e atitude frente aos sintomas em um centro urbano no Sul do Brasil. Revista Panamericana de Salud Publica (Print) , v. 20, p. 22-28, 2006.

  • FARIA, N. M. ; FASSA, A. G. ; FIORI, N. S. . Dicionário de Saúde e Segurança do Trabalhador. 1. ed. Novo Hamburgo: Proteção Publicações, 2018. 1280p .

  • FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; MEUCCI, RODRIGO DALKE ; FIORI, NÁDIA ; CARRET, M. L. V. ; MIRANDA, V. I. . Pesticide exposure and psychiatric problems among tobacco farm workers. In: 12th Conference of the International Commission on Occupational Health: Scientific Committee for, 2013, Cape Town. 12th Conference of the International Commission on Occupational Health: Scientific Committee for Neurotoxicity and Psychophysiology in Cape Town, 2013.

  • FARIA, N. M. X. ; FASSA, A. G. ; MEUCCI, R. D. ; FIORI, N. S. . Acute pesticide poisoning among Brazilian tobacco farmers, according to pesticide related symptoms and medical evaluation. In: 30th ICOH - International Congress on Occupation Health, 2012, Cancún. 30th International Congress on Occupation Health, 2012.

  • MIRANDA, V. I. ; FASSA, A. G. ; MEUCCI, RODRIGO DALKE ; FARIA, N. M. X. ; FIORI, NÁDIA ; CARRET, M. L. V. . Desafio metodológico na coleta de amostras de sangue em trabalhadores rurais.. In: 10º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012, Porto Alegre. Versão eletrônico dos Anais do 10º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012.

  • MEUCCI, RODRIGO DALKE ; FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; FIORI, NÁDIA ; MIRANDA, V. I. . Dor lombar no último mês em fumicultores do Sul do Brasil.. In: 10º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012, Porto Alegre. Versão eletrônica dos Anais do 10º Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012.

  • MEUCCI, RODRIGO DALKE ; FASSA, A. G. ; FIORI, NÁDIA ; FARIA, N. M. X. ; MIRANDA, V. I. . Dor lombar crônica em fumicultores do Sul do Brasil.. In: 10º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012, Porto Alegre. Versão eletrônica dos Anais do 10º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012.

  • FIORI, NÁDIA ; FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; MEUCCI, RODRIGO DALKE ; MIRANDA, V. I. ; CARRET, M. L. V. . Prevalência de sintomas de doenças respiratórias em fumicultores.. In: 10º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012, Porto Alegre. Versão eletrônica dos Anais do 10º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2012.

  • MIRANDA, V. I. ; MEUCCI, R. D. ; FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; FIORI, N. S. ; CARRET, M. L. V. . Coleta de amostras de sangue em estudo populacional de área rural.. In: VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011, São Paulo. Versão eletrônica dos Anais do VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011.

  • FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; MEUCCI, R. D. ; FIORI, N. S. ; MIRANDA, V. I. ; CARRET, M. L. V. . Consumo de álcool em aplicadores de agrotóxicos na fumicultura no Sul do Brasil. In: VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011, São Paulo. Versão eletrônica dos Anais do VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011.

  • MEUCCI, R. D. ; FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; MIRANDA, V. I. ; FIORI, N. S. . Dor lombar em área rural: uma revisão de literatura.. In: VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011, São Paulo. Versão eletrônica dos Anais do VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011.

  • FARIA, N. M. X. ; FASSA, A. G. ; MEUCCI, R. D. ; FIORI, N. S. ; MIRANDA, V. I. ; CARRET, M. L. V. . Epidemiologia do trabalho rural: o desafio de realizar estudos populacionais em área rural. In: VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011, São Paulo. Versão eletrônica dos Anais do VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011.

  • FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; MEUCCI, R. D. ; FIORI, N. S. ; MIRANDA, V. I. ; CARRET, M. L. V. . Intoxicação aguda referida em aplicadores de agrotóxicos na fumicultura no Sul do Brasil. In: VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011, São Paulo. Versão eletrônica dos Anais do VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011.

  • FIORI, N. S. ; FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; MEUCCI, R. D. ; MIRANDA, V. I. . Prevalência de asma em fumicultores do Sul do Brasil.. In: XIII Encontro de Pós-graduação da UFPel, 2011, Pelotas. Versão eletrônica dos Anais do XIII ENPOS, 2011.

  • MEUCCI, R. D. ; FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; FIORI, N. S. ; MIRANDA, V. I. . Prevalência de dor lombar em fumicultores de São Lourenço do Sul. In: XIII Encontro de Pós-graduação da UFPel, 2011, Pelotas. Versão eletrônica dos Anais do XIII ENPOS, 2011.

  • Lima, C ; FASSA, A. G. ; FIORI, N. S. ; MEUCCI, R. D. ; MIRANDA, V. I. . Prevalência de sobrepeso e obesidade entre trabalhadores rurais de São Lourenço do Sul, RS. In: XX Congresso de Iniciação Cientifica e III Mostra Científica da UFPel, 2011, Pelotas. Versão eletrônica dos Anais do XX Congresso de Iniciação Científica e III MostraCientífica da UFPel, 2011.

  • GONCALVES, H. ; Menezes, A.M.B ; BACCHIERI, GIANCARLO ; DILÉLIO, ALITÉIA SANTIAGO ; BOCANEGRA, CARLOS ALBERTO DELGADO ; CASTILHOS, EDUARDO DICKIE ; GALLO, E. A. G. ; FANTINEL, EVERTON JOSÉ ; FIORI, NÁDIA ; MEUCCI, R. D. ; ARAÚJO, CORA LUIZA PAVIN ; Dumith, S.C. . Perfil de trabalho urbano de adolescentes de 14-15 anos: um estudo populacional no sul do. In: VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011, São Paulo. Versão eletrônica dos Anais do VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2011.

  • CARVALHO, M. P. ; FIORI, N. S. ; MEUCCI, R. D. ; FARIA, N. M. ; FASSA, A. G. . Musculoskeletal Thoracic Spine Pain and Associated Factors among Tobacco Farm Workers. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional , 2019.

  • FASSA, A. G. ; FIORI, N. S. ; MEUCCI, R. D. ; CARRET, M. L. V. ; FARIA, N. M. X. . Urinary cotinine in tobacco farmers in southern Brazil.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FASSA, A. G. ; CARVALHO, M. P. ; FARIA, N. M. X. ; MEUCCI, R. D. ; FIORI, N. S. . Cervical Pain in Tobacco Farmers in Southern Brazil.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; MEUCCI, R. D. ; FIORI, N. S. ; CARRET, M. L. V. ; SILVA, C. A. M. . Is plasma cholinesterase a reliable biomarker in long-term exposure to cholinesterase inhibitors?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CARVALHO, M. P. ; FIORI, N. S. ; MEUCCI, R. D. ; FARIA, N. M. X. ; FASSA, A. G. . Fatores associados à dor torácica em fumicultores.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FASSA, A. G. ; FARIA, N. M. X. ; MEUCCI, R. D. ; FIORI, N. S. ; CARRET, M. L. V. . A saúde do trabalhador da fumicultura. Seminário sobre Diversificação em Áreas Cultivadas com Tabaco. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FARIA, N. M. X. ; FASSA, A. G. ; MEUCCI, R. D. ; FIORI, N. S. ; MIRANDA, V. I. ; CARRET, M. L. V. . ASSOCIATED FACTORS WITH ACUTE PESTICIDE POISONINGS ACCORDING TO DIFFERENT CRITERIA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

ANVERSA, E. T. R. ; VIEIRA, L. B. ; FIORI, N. S. . Tuberculose: da antigüidade a atualidade. 2013. (Caso Clínico Interativo).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Sintomas de asma em trabalhadores da fumicultura do Sul do Brasil, Descrição: O tabagismo é um fator de risco importante no desenvolvimento da asma e de outras doenças pulmonares, inclusive câncer de pulmão, e merece atenção especial no meio rural. Atualmente, a população moradora da área rural tem apresentado prevalências de tabagismo muito superiores às da área urbana e com enorme discrepância entre os sexos, pois homens fumam mais do que mulheres. Ademais, estudo chinês evidenciou que fumicultores apresentam um risco 3,2 (IC95% 2,8-3,6) vezes maior de tabagismo do que / trabalhadores de outras atividades agrícolas33. Apesar das elevadas proporções de tabagismo no meio rural, não existem estudos populacionais sobre tabagismo na área rural e entre trabalhadores rurais no Brasil. A fumicultura é uma atividade economicamente importante para o Brasil, está concentrada na agricultura familiar e, principalmente na região sul e nordeste. O processo de trabalho na fumicultura coloca o trabalhador em contato com produtos químicos específicos desta cultura, com a poeira da folha do fumo seca e com a folha do tabaco verde. Os efeitos dessas exposições sobre a saúde do fumicultor ainda são pouco conhecidos. Além do reduzido número de estudos em área rural, sobre prevalência de asma e fatores associados e sobre prevalência de tabagismo, os estudos existentes apresentam limitações metodológicas como grandes perdas, ampla variabilidade de métodos diagnósticos e poucos são representativos, aspectos que dificultam a avaliação da consistência dos achados. Logo, o presente estudo foi realizado em uma amostra representativa de trabalhadores do fumo e objetiva descrever a prevalência de tabagismo e a prevalência de asma entre trabalhadores da fumicultura e os fatores associados à asma em trabalhadores rurais. Objetivo Geral - Determinar a prevalência e os fatores associados à asma em trabalhadores da fumicultura num município do Sul do Brasil. Determinar a prevalência de tabagismo entre trabalhadores da fumicultura num município do Sul do Brasil. Objetivos Específicos Asma: - Determinar a prevalência de asma entre fumicultores conforme os critérios: relato de chiado no último ano, relato de diagnóstico médico de asma, relato de asma na vida e relato de crise de asma no último ano; - Verificar a associação de chiado no último ano com: - Características demográficas: sexo e idade; -Características socioeconômicas: escolaridade e quantidade de fumo produzida no ano anterior. - História familiar de asma: familiares com asma; - Características comportamentais: tabagismo e alcoolismo; - Atividades:fazer camalhões, trabalhar na semeadura, transplantar o fumo, fazer o desbrote, colher o fumo, passar varas carregadas com folhas de fumo, controlar a temperatura da estufa, classificar o fumo, fazer manocas, enfardar as folhas de fumo e dirigir tratatores, carros e caminhões; - Jornada de trabalho agrícola e doméstico nos períodos da safra e fora da safra; - Cargas de trabalho: entrar na estufa quente, trabalhar exposto à fumaça, trabalhar exposto à poeira de agrotóxicos e gases tóxicos, trabalhar exposto a poeiras orgânicas e inorgânicas, contato com produtos químicos (querosene, thinner,tintas, diesel, gasolina, desinfetantes químicos, outros), contato com agrotóxicos na vida e no último ano, anos de exposição aos agrotóxicos na vida, número de dias por mês de trabalho com agrotóxicos, contato com agrotóxicos ao preparar a calda, limpar equipamentos usados na aplicação, ao entrar na lavoura após a aplicação, ao matar formigas, pela roupa molhada de agrotóxico, com folhas com restos de agrotóxicos, usar máscara durante a aplicaçãoe intoxicação por agrotóxicos na vida. - Co-Morbidades: transtornos psiquiátricos menores e sintomas da doença do tabaco verde na vida e no último ano. Tabagismo - Determinar a prevalência de tabagismo entre fumicultores conforme variáveis demográficas (sexo e idad. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nadia Spada Fiori - Integrante / Anaclaudia Gastal Fassa - Coordenador / Neice Müller Xavier Faria - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2014

    Projeto para Avaliação Externa e Censo das Unidades Básicas de Saúde, Descrição: O grande volume de dados a ser coletado requer o emprego de estratégias para facilitar o processamento dos mesmos. A multiplicidade de fontes de informação implica que adotemos técnicas para o processamento ágil de dados, uma vez que o volume a ser considerado é muito significativo. Neste sentido, a coleta eletrônica de informações surge como uma ferramenta de grande utilidade, pois permite diminuir o tempo entre a coleta de dados e a produção de resultados utilizáveis. A coleta eletrônica permite que durante o trabalho de campo haja uma validação dos dados de forma a barrar seu registro de forma equivocada, diminuindo o tempo de consolidação dos dados. Uma vez que os dados tenham sido coletados é possível ter resultados parciais simultaneamente ao processo de coleta o que permite que ao final da coleta grande parte do trabalho analítico tenha sido realizado. Obrigações Realizar a avaliação externa das equipes de atenção básica no âmbito do PMAQ-AB, de acordo com a Portaria 1654/2011. ? Realizar um censo para avaliar a estrutura de todas as UBS em funcionamento nos municípios visitados para a avaliação externa da PMAQ. ? Realizar educação permanente e apoio institucional à Fundação Estatal Saúde da Família da Secretaria de Saúde da Bahia, na qualificação profissional de médicos, enfermeiros, odontólogos e gestores, fortalecendo os princípios e diretrizes do PMAQ.... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Nadia Spada Fiori - Coordenador / Anaclaudia Gastal Fassa - Integrante / Vanessa Iribarrem Miranda - Integrante / Elaine Thumé - Integrante / Elaine Tomasi - Integrante / Ana Maria Borges Teixeira - Integrante / Mirelle de Oliveira Saes - Integrante / Rogério da Silva Linhares - Integrante / Luis Augusto Facchini - Integrante / Fernando Carlos Vinholes Siqueira - Integrante / Denise Silva da Silveira - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2010 - Atual

    Doença da folha verde entre trabalhadores da Fumicultura, Descrição: A doença da folha verde é uma intoxicação aguda devida à absorção transdérmica de nicotina. As prevalências da doença não são consistentes, variam entre 2 e 41% em função de diferenças metodológicas e dificuldades no diagnóstico diferencial com intoxicação por agrotóxicos. As atividades consideradas de risco são o desbrote, a colheita, a cura e o enfardamento. O risco aumentado está relacionado às atividades que colocam o indivíduo em contato mais próximo com o tabaco, em situações em que o indivíduo tem maiores áreas de pele expostas, e/ou aquelas em que a planta está com maior teor de nicotina. O trabalho com roupa e sapatos molhados bem como, fatores que aumentem a vaso-dilatação -, o trabalho em clima quente e/ou úmido - podem aumentar a absorção de nicotina. Além disso, as crianças apresentam maior vulnerabilidade à intoxicação por nicotina. Por outro lado, o consumo de produtos do tabaco, a experiência de trabalho e o uso de medidas de proteção estão associados a uma redução do risco da doença.No Brasil, não foram encontradas publicações sobre a ocorrência e fatores de risco da doença da folha verde. Entretanto, o país é o segundo maior produtor mundial de tabaco em folha com 13,5% da produção mundial. Assim, um grande contingente de pequenos agricultores trabalham nesta cultura, incluindo crianças e adolescentes. Na região sul (2001) 14% (n=43.000) das crianças inseridas na agricultura trabalhavam na fumicultura. Portanto, é essencial aprofundar o entendimento da doença da folha verde na realidade brasileira. Para isto este projeto detalhará o processo produtivo na fumicultura, identificando a ocorrência da doença da folha verde, em todos os grupos etários (incluindo crianças e adolescentes), utilizando um marcador biológico, em uma sub-amostra, para a confirmação de casos e para fazer diagnóstico diferencial em relação à intoxicação por agrotóxicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nadia Spada Fiori - Integrante / Anaclaudia Gastal Fassa - Coordenador / Maria Laura Vidal Carret - Integrante / Neice Müller Xavier Faria - Integrante / Maria Elizabeth Gastal Fassa - Integrante / Rodrigo Dalke Meucci - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2011

    Comparação de dois estudos de base populacional: dez anos de evolução da prevalência de asma em adultos, Descrição: Em 2001, as doenças respiratórias ocuparam o terceiro lugar em causa de internação no Sistema Único de Saúde no município de Pelotas (RS), sendo a asma ? uma doença crônica tratável ? responsável por 23,0% dessas hospitalizações [6]. Com o passar do tempo tem se observado, conforme os dados do DATASUS, que há uma redução no número de internações por asma, mas não se sabe se este resultado decorre de menor incidência ou maior diagnóstico e melhor manejo da doença. No município de Pelotas, em 2008, as doenças respiratórias ocuparam o quinto lugar em internações; a asma representou 8,9% deste total, um percentual ainda preocupante [6]. Além de medir a prevalência de asma em estudo de base populacional na população adulta da cidade de Pelotas, o presente estudo irá comparar os resultados encontrados com outro, conduzido em 2001, na mesma cidade, possibilitando uma comparação e análise temporal da doença no município. O atual estudo será realizado na mesma época do ano do estudo anterior, minimizando as interferências sazonais que devem ser consideradas em estudos comparativos. Será o primeiro a monitorar a prevalência de asma em uma cidade brasileira e poderá fornecer informações importantes sobre o comportamento da doença nos últimos 10 anos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Nadia Spada Fiori - Integrante / Helen Gonçalves - Coordenador / Maria Aurora Dropa Chrestani Cesar - Integrante., Número de produções C, T & A: 1

  • 2009 - Atual

    Exposição a agrotóxicos entre trabalhadores rurais, Descrição: A exposição a agrotóxico é um problema entre os trabalhadores rurais, em especial aqueles envolvidos no cultivo do fumo. A elevada toxicidade aguda e crônica dos agrotóxicos pode causar impacto negativo no desenvolvimento, na reprodução e no sistema imunológico, dermatites e anomalias respiratórias, carcinogenicidade, neurotoxicidade retardada e desregulação endócrina. Este problema atinge não só adultos como também crianças e adolescentes. No caso de crianças e adolescentes, o problema é ainda mais grave uma vez que estes podem ser mais suscetíveis à exposição, o que aumentaria o risco de câncer e de problemas hormonais e reprodutivos. Os casos de intoxicação aguda por agrotóxicos representam um desafio para a saúde coletiva na realidade brasileira. Somente os casos mais graves chegam ao serviço de saúde e muitos casos leves cursam sem diagnóstico. No entanto, as intoxicações agudas são a ?ponta do iceberg?, um alerta para o alto nível de exposição e, portanto, deveriam ser alvo de ações de prevenção para evitar sua ocorrência, bem como de adequado tratamento e ações para reduzir exposições entre os casos diagnosticados. Este estudo fará uma avaliação ampla das características da exposição aos agrotóxicos e seu impacto na saúde em um município com grande concentração de pequenas propriedades, alta prevalência de trabalho infantil rural e predomínio do cultivo do fumo, cultura agrícola que costuma fazer uso intensivo de agrotóxico. Além disso, o estudo examinará a associação da intoxicação aguda por agrotóxico com a saúde mental e o desempenho escolar. Estas informações contribuirão para estabelecer estratégias de vigilância e atenção à saúde dos trabalhadores rurais. Este estudo trará também enorme contribuição para a caracterização das intoxicações agudas por agrotóxicos através da validação de um instrumento e teste de uma metodologia, utilizando um padrão ouro de alta complexidade incluindo avaliação médica e laboratorial. A definição de instrumentos adequados p. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nadia Spada Fiori - Integrante / Anaclaudia Gastal Fassa - Coordenador / Maria Laura Vidal Carret - Integrante / Neice Müller Xavier Faria - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Medicina - Departamento de Medicina Social. , Avenida Duque de Caxias, 250, Fragata, 96030000 - Pelotas, RS - Brasil - Caixa-postal: 464, Telefone: (53) 33092400

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2015 - Atual

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2010 - 2015

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Houve mudança de carga horária de trabalho de 40DE para 20h.

2006 - 2006

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40

Atividades

  • 05/2011

    Direção e administração, Faculdade de Medicina - Departamento de Medicina Social, .,Cargo ou função, Chefe da Unidade Básica de Saúde do Areal Leste.

  • 11/2012 - 03/2013

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Medicina de Comunidade

  • 02/2006 - 03/2006

    Estágios , Faculdade de Medicina, Departamento de Medicina Social.,Estágio realizado, Estágio na Unidade Básica de Saúde com Programa de Saúde da Família - Posto do Areal desenvolvendo atividades teórico-práticas em Atenção Primária à Saúde com estratégia de PSF..

2010 - 2010

Universidade Católica de Pelotas

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 34

Outras informações:
Atividades desenvolvidas: - Atendimento a população e preceptoria em Unidade Básica de Saúde para alunos do curso de medicina. - Aulas ministradas pelo Núcleo de Saúde Coletiva para alunos do curso de medicina.

2009 - 2010

Universidade Católica de Pelotas

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Auxiliar de ensino, Carga horária: 30

Outras informações:
Atividades desenvolvidas: - Atendimento a população e preceptoria em Unidade Básica de Saúde para alunos do curso de medicina. - Aulas ministradas pelo Núcleo de Saúde Coletiva para alunos do curso de medicina.

2006 - 2006

Hospital Nossa Senhora da Conceição

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 05/2006 - 06/2006

    Estágios , Emergência, .,Estágio realizado, Estagiária na emergência do hospital..

  • 03/2006 - 04/2006

    Estágios , Serviço de Saúde Comunitária, Posto Coinma.,Estágio realizado, Estágio na área de Medicina de Família e Comunidade..

2006 - 2006

Escola de Saúde Pública

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 40

Atividades

  • 04/2006 - 05/2006

    Estágios , Centro de Saude Escola Murialdo, .,Estágio realizado, Estágio realizado no Posto Sete..

2003 - 2005

Universidade Federal do Rio Grande

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária

Atividades

  • 03/2002 - 06/2005

    Estágios , Hospital Universitário Professor Newton Azevedo, .,Estágio realizado, Bolsista do Núcleo de Estudos em Administração e Saúde Coletiva, atuando em projetos de pesquisa na área da saúde..

  • 08/2004 - 12/2004

    Estágios , Departamento de Patologia, .,Estágio realizado, Participação no Programa Voluntário de Qualificação Acadêmica exercendo monitoria na disciplina Medicina Legal..

  • 01/2003 - 12/2004

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Curso de Medicina, .,Cargo ou função, Representante Discente da Comissão de Curso de Medicina ..

  • 08/2004 - 09/2004

    Estágios , ., .,Estágio realizado, Estagiária do Projeto: Vivências e Estágios na Realidade do Sistema Único de Saúde do Brasil VER-SUS/Brasil, em parceria com o Ministério da Saúde..

  • 02/2004 - 03/2004

    Outras atividades técnico-científicas , Departamento Materno Infantil, Departamento Materno Infantil.,Atividade realizada, Entrevistadora do Estudo ?Diagnóstico de Saúde Infantil e de Mulheres em Idade Fértil em Rio Grande?..

  • 01/2003

    Outras atividades técnico-científicas , ., ..,Atividade realizada, Integrante da Equipe da Universidade Solidária ? UNISOL ? Módulo Nacional..

2001 - 2002

Associação de Caridade Santa Casa do Rio Grande

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária

Atividades

  • 04/2001 - 05/2002

    Estágios , Serviço de Traumatologia, .,Estágio realizado, Atividades práticas: ambulatório de ortopedia e traumatologia, cirurgias eletivas, cirurgia de emergência, acompanhamento pós-operatório em enfermaria e plantões quinzenais de 24 horas..