Valfredo Batista

Possui graduação em Bacharelado em Sistemas de Informação pelo Centro Universitário do Rio Grande do Norte (2004). Especialização em Gestão em Tecnologia da Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Atualmente trabalha na Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte, e também é pesquisador convidado no Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL). No Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel atuou na área de Informática em Saúde mais de 20 anos, desenvolvendo sistema informação para melhorar os processos e os serviços de saúde. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Análise de Sistemas, atuando principalmente nos seguintes temas: Telessaúde, Informática em Saúde e Saúde pública.

Informações coletadas do Lattes em 26/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Especialização em Gestão da Tecnologia da Informação

2005 - 2006

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Título: Proposta de aplicação da videoconferência no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel - HMWG
Orientador: Brivaldo Marinho

Graduação em andamento em Direito

2010 - Atual

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE

Graduação em Bacharelado em Sistemas de Informação

2001 - 2004

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE
Título: Implantação de Sistema de Videoconferência No Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel
Orientador: Alexsandra Mendes

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2009 - 2009

Gestão da Tecnologia da Informação. (Carga horária: 30h). , Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.

2001 - 2001

Gestão Econômico-Financeira. (Carga horária: 4h). , Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.

2001 - 2001

Indicadores Epidemiológicos e Produtividade. (Carga horária: 4h). , Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.

2001 - 2001

Gestão de Recursos Humanos. (Carga horária: 4h). , Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.

2001 - 2001

Gestão Organizacional. (Carga horária: 4h). , Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.

1998 - 1998

Gerenciamento Hospitalar para Chefias de Hospitais. (Carga horária: 210h). , Cooperativa Sistema Integrado de Trabalho, COOSITRAB, Brasil.

1997 - 1997

Montagem e Manutenção de Microcomputadores. (Carga horária: 15h). , Workshop Informatic, WI, Brasil.

1996 - 1996

Programação de computador em linguagem clipper. (Carga horária: 120h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.

1995 - 1995

Como Falar em Público. (Carga horária: 15h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.

1994 - 1994

Relações Humanas no Trabalho. (Carga horária: 20h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.

1994 - 1994

Clipper sem Fronteiras. (Carga horária: 4h). , Sociedade dos Usuários de Informática e Telecomunicações/RN, SUCESU, Brasil.

1994 - 1994

Reengenharia de Negócios. (Carga horária: 4h). , Sociedade dos Usuários de Informática e Telecomunicações/RN, SUCESU, Brasil.

1994 - 1994

Operador de Microcomputadores. (Carga horária: 100h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.

1994 - 1994

Análise de SIstemas. (Carga horária: 50h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.

1994 - 1994

Projeto de Sistema. (Carga horária: 40h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, SENAC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Análise de Sistemas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II Workshop em Inovação Tecnológica em Saúde: Telessaúde -RN. 2013. (Simpósio).

I Fórum de Computação Forense do IFRN. 2010. (Outra).

IV Congresso de Iniciação Científica da FARN. 2004. (Congresso).

Minicurso "Design de Páginas Educacionais". 2004. (Outra).

III Congresso de Iniciação Científica da FARN. As Tecnologias de Informação Tornam o Brasil um País Modelo no Processo Eleitoral: da urna de madeira à urna eletrônica. 2003. (Congresso).

III Congresso de Iniciação Científica da FARN. 2003. (Congresso).

II Congresso de Iniciação Científica da FARN. 2002. (Congresso).

Minicurso "Design e usabilidade em Sistemas Web". 2002. (Outra).

Minicurso "Telemedicina". 2002. (Outra).

Minicurso "Computação Gráfica". 2001. (Outra).

II Congresso e Feira de Informática e Telecomunicações. 1995. (Congresso).

I Congresso e Feira de Informática e Telecomunicações. 1994. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Vânia Vaz Barbosa Cela

A GLOBALIZAÇÃO E DESAFIOS DO NOVO ESTADO REGULADOR NO CONTEXTO DO DIREITO INTERNACIONAL; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Direito) - Centro Universitário do Rio Grande do Norte; Orientador: Vânia Vaz Barbosa Cela;

Brivaldo André Marinho da Silva

Proposta de Aplicação de Videoconferência no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel; 2006; 0 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em MBA Gestão da Tecnologia da Informação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; Orientador: Brivaldo André Marinho da Silva;

Abraão Luiz Filgueira Lopes

O PROJETO TELESSAUDE BRASIL REDES E O CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Direito) - Centro Universitário do Rio Grande do Norte; Orientador: Abraão Luiz Filgueira Lopes;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BATISTA, VALFREDO ; VALENTIM, RICARDO ALEXANDRO DE MEDEIROS ; SILVA, JANAÍNA LUANA RODRIGUES DA ; MORAIS, IONE RODRIGUES DINIZ . UMA ABORDAGEM JURÍDICA SOBRE O PROJETO TELESSAUDE. Revista Brasileira de Inovação Tecnologica em Saúde , v. 4, p. 33-50, 2014.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    TELEREGULAÇÃO E MAIS ESPECIALIDADES, Descrição: O presente Projeto de Pesquisa tem o como proposta a pesquisa, estudo e o desenvolvimento de processos e metodologias para tratar o problema da regulação de exames (operador não dependente ? são exames que podem ser realizados por um técnico, sem a necessidade um especialista) oriundos das diversas UBS do Brasil e de diversas especialidades médicas. Além disso, irá implementar um sistema automatizado para controlar a regulação, permitindo o controle dinâmico de filas, captando os exames direto dos equipamentos médicos que utilizam o protocolo DICOM de comunicação. Além disso, promover a integração e a continuidade com o Programa Telessaúde. O SUS atende cerca de 202 milhões de brasileiros, com 11,5 milhões de internações ano. Apesar dos grandes avanços conseguidos nos últimos anos, tais como: o do programa Mais Médicos; incorporação de novos medicamentos e procedimentos no SUS; Vacinação para várias doenças como: HPV, Hepatite A, DTPa, etc; Criação da SAMU; Reforma, ampliação e construção de quase 25 mil Unidades Básicas de Saúde, ainda assim existe muito a ser feito. Diante desse quadro, surge a necessidade de acessos a serviços especializados, uma vez que o atendimento na atenção básica foi ampliado gerando uma demanda que estava reprimida na população. Como resposta a essa lacuna em relação a saúde, surge o Programa Mais Especialidades que tem como objetivo principal a expansão da oferta de consultas, exames e procedimentos no SUS. O Programa Mais Especialidades demandará um aumento da quantidade de exames a serem realizados no SUS. Assim, será necessário que haja um sistema automatizado de regulação para exames no SUS. O trabalho de regulação da assistência consiste em conhecer a demanda por serviços de saúde e disponibilizar, de forma ordenada, a oferta existente. A regulação obedece à diretriz da regionalização, que prioriza a proximidade do local de atendimento à residência do usuário e a hierarquização do atendimento de acordo com o grau de complexidade exigido pelo problema de saúde do usuário. O sistema de regulação SISREG III, disponibilizado pelo Ministério da Saúde, é a ferramenta utilizada no agendamento e regulação dos serviços. Porém, não existe um ferramenta que integre de forma sistemática as demandas e as disponibilidades de regulação de exames no Brasil... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Valfredo Batista - Integrante / Ricardo Alexsandro de Medeiros Valentim - Coordenador / João Paulo Queiroz dos Santos - Integrante / Antonio Higor Freire de Morais - Integrante / Ricardo Fernando Arrais - Integrante / Robinson Luis de Souza Alves - Integrante / José Diniz Júnior - Integrante.

  • 2013 - 2015

    PROJETO DE TELESSÁUDE-RN: CONTINUIDADE E EXPANSÃO PARA OS MUNICÍPIO DO PROVAB RN E PB, Descrição: O Projeto de Pesquisa Telessaúde-RN: Continuidade e Expansão é resultante da parceria entre o Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual de Saúde e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, cujo objetivo é a continuidade no desenvolvimento, refinamento, implantação, normatização de métodos e tecnologias de Tele-educação e Tele-assistência com foco na Atenção Básica à Saúde, reforçando principalmente o teleatendimento por meio da implantação de novos serviços médicos na Telessaúde-RN, sobretudo reforçando a qualidade dos serviços já implantados. Destaca-se que nessa segunda fase do projeto (2013-2015) estará incluída a ampliação dos pontos de Telessaúde cujo propósito é subsidiar a infraestrutura para os locais que tenham a atuação dos médicos que fazem parte do PROVAB-RN, PROVAB-PB e Mais Médicos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Valfredo Batista - Coordenador / Ricardo Alexsandro de Medeiros Valentim - Integrante / Antônio Higor F. Morais - Integrante / Bruno Gomes de Araújo - Integrante / FRANCIS SOLANGE VIEIRA TOURINHO - Integrante / ROSIANE VIANA ZUZA DINIZ - Integrante / Philippi Sedir Grilo de Morais - Integrante.

  • 2013 - Atual

    i-RH: UMA PLATAFORMA INTELIGENTE DE GESTÃO DO CONHECIMENTO EM SAÚDE, Descrição: Apesar dos esforços do Ministério da Saúde e da OPAS no que diz respeito a gestão do conhecimento relacionado aos recursos humanos em saúde no Brasil, existe um grande desafio em analisar o volume de dados e transformá-los em informação útil aos diversos níveis de gestão na saúde. Isso se dá, devido a difusão da informação e do conhecimento ocorrerem de maneira globalizada e, portanto, ter diversas origens. Além disso, a velocidade e a quantidade com que são produzidas as novas informações na área de gestão do trabalho e da educação na saúde perpassam em muito a capacidade que os seres humanos tem de processá-las, mesmo quando utilizam ferramentas computacionais já em uso. Isso ocorre essencialmente por dois motivos principais: A heterogeneidade dos ambientes de softwares que foram desenvolvidos sobre tecnologias diferentes e com propósitos diferentes (mesmo quando fazem uso de um mesmo conjunto de dados), aspecto que dificulta a integração e a análise das informações e o volume da dados e que portanto, dificultam uma análise precisa da informação, principalmente porque, muitas dessa ferramentas, são utilizadas apenas como depósito de dados. Deste modo, desconsiderando fatores semânticos e correlacionais das informações. Nesse contexto difuso, com grande volume de informações, é que o ObservaRH está inserido. Neste contexto, surge a necessidade de uma plataforma inteligente que possa tratar essa grande massa de dados oriunda de um ambiente heterogêneo e distribuído, com o objetivo de processar esses dados e transformando, os mesmos, em informações úteis, munindo o gestor em saúde com um ambiente amigável e poderoso que possa gerar conhecimento que viabilize tomadas de decisão de forma mais consciente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Valfredo Batista - Coordenador / Ricardo Alexsandro de Medeiros Valentim - Integrante / Bruno Gomes de Araújo - Integrante / Antonio Higor Freire de Morais - Integrante / Robinson Luis de Souza Alves - Integrante / Janaína Luana Rodrigues da Silva - Integrante / JAILTON CARLOS DE PAIVA - Integrante / Fabiano Papaiz - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA, CPS. , Avenida Deodoro da Fonseca, Cidade Alta, 59025235 - Natal, RN - Brasil, Telefone: (84) 32322571, Ramal: 2571, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2013 - 2015

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Vínculo: , Enquadramento Funcional: