Matheus Guimarães Cardoso Nogueira

Matheus Nogueira é mestre em Botânica pelo Programa de Pós-Graduação em Botânica da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Bahia (2013), com ênfase em Taxonomia e Sistemática de fanerógamas; licenciado em Ciências Biológicas pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (PUC-MG), Minas Gerais (2011), com ênfase em botânica. Trabalhou como Analista de meio ambiente no Instituto Tecnológico Vale - Desenvolvimento Sustentável, em Belém - PA. Atualmente é bolsista de Doutorado em Botânica na Universidade Federal do Rio de Janeiro - Museu Nacional. Tem interesse em Sistemática, Biogeografia, Filogenética e Evolução de plantas, trabalhando com bromélias como modelo de estudo. Possui experiência em coleta, identificação e taxonomia de plantas da Amazônia, Caatinga, Floresta Atlântica e Cerrado; sistemática morfológica, molecular e biogeografia. E-mail: nogueirabot@yahoo.com.br

Informações coletadas do Lattes em 06/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Doutorado em Botânica

2018 - Atual

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Bromeliaceae da Amazônia Brasileira,
Andrea Ferreira da Costa. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Amazônia; Biogeografia; Bromeliaceae; Taxonomia.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Morfologia Externa. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal / Especialidade: Taxonomia de Fanerógamos.

Mestrado em Botânica

2011 - 2013

Universidade Estadual de Feira de Santana
Título: Vriesea Lindl. (Bromeliaceae, Tillandsioideae) para a Flora da Bahia: descrições, novas ocorrências e dois novos sinônimos,Ano de Obtenção: 2013
Abel Augusto Conceição.Coorientador: Leonardo de Melo Versieux. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Taxonomia; Nordeste; Morfologia.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Morfologia Vegetal. Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fitogeografia. Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.

Graduação em Ciências Biológicas

2005 - 2011

Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora
Título: Bromeliaceae na Reserva Biológica do Poço D'Anta em Juiz de Fora, MG
Orientador: Luiz Menini Neto

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2010 - 2010

Viagem de Estudos ao Pico do Boné - Araponga / MG.. (Carga horária: 48h). , Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora, CESJF, Brasil.

2010 - 2010

Taxonomia de Bromeliaceas. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de Viçosa, UFV, Brasil.

2010 - 2010

Introdução à família das Bromeliaceae. (Carga horária: 8h). , Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora, CESJF, Brasil.

2009 - 2009

Taxonomia Vegetal com ênfase em Leguminosa. (Carga horária: 11h). , Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF, Brasil.

2009 - 2009

Nutrição de Plantas. (Carga horária: 8h). , Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora, CESJF, Brasil.

2008 - 2008

Taxonomia de Campo. (Carga horária: 20h). , Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora, CESJF, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Taxonomia Vegetal/Especialidade: Taxonomia de Fanerógamos.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Biogeografia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Anatomia Vegetal.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Morfologia Externa.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Nutrição e Crescimento Vegetal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

NOGUEIRA, M. G. C. ; AZEVEDO, B.O. ; WILLIAN, T. . Caminhada Ecológica em prol da Limpeza do Morro do Imperador. 2009. (Outro).

NOGUEIRA, M. G. C. . Semana da Biologia. 2009. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

62º Congresso Nacional de Botânica. Distribuição geográfica da família Bromeliaceae Juss. em uma reserva biológica na cidade de Juiz de Fora - MG. 2011. (Congresso).

61 Congresso Nacional de Botanica. Diversidade e ecologia da familia BROMELIACEAE na reserva biologica do Poco D'anta, Juiz de Fora, MG. 2010. (Congresso).

61º Congresso Nacional de Botânica. Produtividade de silagem de milho consorciado com Brachiaria decumbens e solteiro em diferentes laminas de irrigação. 2010. (Congresso).

6º Simpósio de Ciências Biológicas.Diversidade de Bromelias na Rebio do Poço D´anta em Juiz de Fora, MG. 2010. (Simpósio).

8° Congresso Internacional do Leite. 2010. (Congresso).

VI Workshop de iniciação científica da Embrapa Gado de Leite.Comportamento de sorgo e Brachiaria decumbens (cv Basilisk) em sistemas de cultivo puro e consorciado, submetidos a seis lâminas de irrigação.. 2010. (Seminário).

5° Simpósio de Ciências Biológicas.Distribuição da Família Bromeliaceae. 2009. (Simpósio).

7° Congresso Internacional do Leite. 2009. (Congresso).

Curso de Ecologia de campo.Herbivoria em Melastomataceae. 2009. (Outra).

IBITIPOCA: estudo da vegetação e aspectos geológicos. 2009. (Outra).

IX Congresso de Ecologia do Brasil. 2009. (Congresso).

IX Congresso de Ecologia do Brasil - Frugivoria e Dispersão de sementes para conservação e restauração florestal. 2009. (Outra).

Cetáceos do Brasil: Uma abordagem interdisciplinar. 2008. (Seminário).

Curso de taxonomia de campo. 2008. (Congresso).

Estudo ecológico em ecossistemas de praia arenosa, costão rochoso e manguezal, no litoral do Espírito Santo.Participante do projeto. 2008. (Outra).

Conservação de cetáceos. 2007. (Congresso).

II Oficina de idéias Tecnologia da Reprodução. 2006. (Oficina).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ana Paula Gelli de Faria

MENINI NETO, L.;FARIA, A. P. G. de. Bromeliaceae na Reserva Biológica do Poço D'Anta em Juiz de Fora, MG.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora.

MARIA DAS GRACAS LAPA WANDERLEY

Versieux, Leonardo M.WANDERLEY, M. G. L.; AMORIM, A. M. A.. Vriesea Lindl. (Bromeliaceae, Tillandsioideae) para a Flora da Bahia: descrições, novas ocorrências e dois novos sinônimos. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Botânica) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

Leonardo de Melo Versieux

WANDERLEY, M.G.L.; AMORIM, A. M. A.;VERSIEUX, L. M.. Vriesea Lindl. (Bromeliaceae, Tillandsioideae) para a Flora da Bahia: descrições, novas ocorrências e dois novos sinônimos. 2013. Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

Luiz Menini Neto

MENINI NETO, L.FARIA, A. P. G.; RODRIGUES, M. V.. Bromeliaceae na Reserva Biológica Municipal do Poço D'Anta, Juiz de Fora, MG. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Carlos Eugênio Martins

Desenvolvimento de métodos de estimativa de riscos climáticos para pastagens e sistemas integrados lavoura-pecuária nos campos experimentais da Embrapa Gado de Leite; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Eugênio Martins;

Carlos Eugênio Martins

Desenvolvimento de métodos de estimativa de riscos climáticos para pastagens e sistemas integrados lavoura-pecuária nos campos experimentais da Embrapa Gado de Leite; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Biologia) - Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Eugênio Martins;

Andrea Ferreira da Costa

Bromeliaceae da Amazônia Brasileira; Início: 2018; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Botânica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Luiz Menini Neto

Bromeliaceae na Reserva Biológica Municipal do Poço D'Anta, Juiz de Fora, MG; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora; Orientador: Luiz Menini Neto;

ABEL AUGUSTO CONCEIÇÃO

Flora da Bahia: Bromeliaceae - Vriesea; 2011; Dissertação (Mestrado em Botânica) - Universidade Estadual de Feira de Santana, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Abel Augusto Conceição;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • GIULIETTI, ANA MARIA ; NOGUEIRA, MATHEUS GUIMARÃES CARDOSO . Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Nyctaginaceae. Rodriguesia , v. 68, p. 1045-1051, 2017.

  • WATANABE, MAURÍCIO TAKASHI COUTINHO ; HIURA, ALICE LIMA ; NOGUEIRA, MATHEUS GUIMARÃES CARDOSO . Flora das cangas da Serra dos Carajás, Pará, Brasil: Cordiaceae. Rodriguesia , v. 68, p. 955-960, 2017.

  • VERSIEUX, LEONARDO DE MELO ; NOGUEIRA, MATHEUS ; CONCEIÇÃO, ABEL AUGUSTO . The rediscovery, after one century, of Vriesea maculosa (Bromeliaceae, Tillandsioideae) with an amendment to its description . Phytotaxa: a rapid international journal for accelerating the publication of botanical taxonomy , v. 188, p. 198-208, 2014.

  • NOGUEIRA, M. G. C. ; AZEVEDO, B.O. ; Neto, L.M. . Diversidade e ecologia da família Bromeliaceae na reserva biológica do Poço D´anta, Juiz de Fora, MG. In: 61º Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus, AM. Diversidade Vegetal Brasileira. Manaus, AM: Editora INPA, 2010. v. 1. p. 3-600.

  • NOGUEIRA, M. G. C. ; SILVA, R. O. ; MONAIA, L. S. ; MARTINS, C.E. ; ROCHA, W. S. D. . Produtividade de silagem de sorgo consorciado com Brachiaria decumbens e solteiro em diferentes lâminas de irrigação. In: 61º Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus, AM. Diversidade Vegetal Brasileira. Manaus, AM: Editora INPA, 2010. v. 1. p. 3-600.

  • SILVA, R. O. ; NOGUEIRA, M. G. C. ; MONAIA, L. S. ; MARTINS, C.E. ; ROCHA, W. S. D. . Integração milho com Brachiaria decumbens em diferentes lâminas de irrigação. In: 61º Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus, AM. Diversidade Vegetal Brasileira. Manaus, AM: Editora INPA, 2010. v. 1. p. 3-600.

  • MONAIA, L. S. ; SILVA, R. O. ; NOGUEIRA, M. G. C. ; ROCHA, W. S. D. ; MARTINS, C.E. . Produtividade de feijão em sistema de cultivo puro e consorciado com Brachiaria decumbens sob diferentes lâminas de irrigação. In: 61º Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus, AM. Diversidade Vegetal Brasileira. Manaus, AM: Editora INPA, 2010. v. 1. p. 3-600.

  • NOGUEIRA, M. G. C. ; MONAIA, L. S. ; SILVA, R. O. ; ROCHA, W. S. D. ; MARTINS, C.E. . Produtividade de silagem de milho consorciado com Brachiaria decumbens e solteiro em diferentes laminas de irrigação. In: 61º Congresso Nacional de Botânica, 2010, Manaus, AM. Diversidade Vegetal Brasileira. Manaus, AM: Editora INPA, 2010. v. 1. p. 3-600.

  • NOGUEIRA, M. G. C. ; CONCEICAO, A.A. ; VERSIEUX, L.M. . O gênero Vriesea (Bromeliaceae, Tillandsioideae) no Estado da Bahia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • NOGUEIRA, M. G. C. . A família Bromeliaceae no complexo de serras Jibóia e Timbó, Recôncavo Sul, Bahia, Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • NOGUEIRA, M. G. C. ; AZEVEDO, B.O. ; Neto, L.M. . Distribuição geográfica da família Bromeliaceae Juss. em uma reserva biológica na cidade de Juiz de Fora - MG. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • NOGUEIRA, M. G. C. ; AZEVEDO, B.O. ; Neto, L.M. . Diversidade e ecologia da familia BROMELIACEAE na reserva biologica do Poco D'anta, Juiz de Fora, MG. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • AZEVEDO, B.O. ; NOGUEIRA, M. G. C. ; Neto, L.M. . Diversidade de Bromélias na ReBio do Poço D´anta em Juiz de Fora, MG. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • NOGUEIRA, M. G. C. ; MONAIA, L. S. ; SILVA, R. O. ; MARTINS, C.E. ; ROCHA, W. S. D. . Comportamento de sorgo e Brachiaria decumbens (cv Basilisk) em sistemas de cultivo puro e consorciado, submetidos a seis lâminas de irrigação.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SILVA, R. O. ; ROCHA, W. S. D. ; MARTINS, C.E. ; MONAIA, L. S. ; NOGUEIRA, M. G. C. . Integração do milho com Brachiaria decumbens em diferentes lâminas de irrigação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • NOGUEIRA, M. G. C. ; MONAIA, L. S. ; SILVA, R. O. ; ROCHA, W. S. D. ; MARTINS, C.E. . Produtividade de silagem de milho consorciado com Brachiaria decumbens e solteiro em diferentes laminas de irrigação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • NOGUEIRA, M. G. C. ; SILVA, R. O. ; MONAIA, L. S. ; MARTINS, C.E. ; ROCHA, W. S. D. . Produtividade de silagem de sorgo consorciado com Brachiaria decumbens e solteiro em diferentes laminas de irrigação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MONAIA, L. S. ; SILVA, R. O. ; NOGUEIRA, M. G. C. ; ROCHA, W. S. D. ; MARTINS, C.E. . Produtividade de feijão em sistema de cultivo puro e consorciado com Brachiaria decumbens sob diferentes lâminas de irrigação. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • NOGUEIRA, M. G. C. . Herbivoria em Melastomataceae. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Neto, L.M. ; Furtado, S.G. ; DIAS, L.C.D. ; NOGUEIRA, M. G. C. ; FARIA, A. P. G. . Bromeliaceae do município de Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil. Chicago: Field Museum, 2013 (Guia ilustrado (Rapid Color Guide)).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

NOGUEIRA, M. G. C. . Estudos de flora regionais e estaduais: demandas, ferramentas e perspectivas. 2013. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Flora e florística dos Campos Rupestres de canga na Serra dos Carajás, Pará, Descrição: O projeto visa resgatar as informações e constituir a base informacional sobre áreas de cangas do Brasil com ênfase em Carajás. Nos próximos três anos pretendemos elaborar a flora das plantas (briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas) das cangas a partir de todo o material já coletado na região e mais coletas nas serras de Carajas. A flora por família será elaborada pelos pesquisadores das instituições participantes e outros especialmente convidados. Paralelamente serão elaboradas listas de espécies ameaçadas, raras e endêmicas da região.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

  • 2014 - Atual

    Bromeliaceae da Amazônia Brasileira, Descrição: A Amazônia legal possui até o momento um total de 139 espécies de Bromeliaceae, divididas em 22 gêneros, registradas por esparsas coletas em todo seu vasto território. Com mais de cinco milhões de km² e ocupando ca. de 60% de todo território brasileiro, a Amazônia legal se distribui por nove estados, com uma grande diversidade de climas e zonas de endemismo. O conhecimento da diversidade e distribuição das Bromeliaceae é incipiente em toda região, o que resulta no desconhecimento da representatividade da família na região Amazônica. Diversos fatores como variáveis climáticas, alta umidade e proximidade com o Planalto das Guianas, sugerem a existência de hotspots de diversidade em refúgios Amazônicos. Com o propósito de investigar padrões, observar e quantificar fatores que influenciam direta e indiretamente a riqueza e diversidade de espécies de Bromeliaceae na Amazônia legal, o projeto visa aplicar metodologias ecológicas para avaliar a distribuição, biogeografia e relações de tempo e espaço para a colonização na Amazônia brasileira. Através de coletas, Modelagem de Distribuição Espacial, Modelagem de Nicho e estudos macroecológicos, espera-se encontrar de forma apropriada algumas das respostas e fatores que vão contribuir para o maior conhecimento geral da família na América do Sul. No decorrer do projeto serão avaliadas as coleções, a fim de se montar um banco de dados reunindo todas as coletas de Bromeliaceae na Amazônia legal, organizando os dados em uma matriz com identificação autenticada das espécies, além de viagens de coleta e análise das variáveis ecológicas com colaboradores nacionais e internacionais. Através da compilação, organização e interpretação desses dados e variáveis, espera-se ter uma visão menos subjetiva sobre o passado e o presente da família Bromeliaceae no domínio brasileiro da Amazônia, contribuindo para uma visão geral da distribuição e conservação das espécies, provendo um maior entendimento sobre fatores limitantes e provedores de diversificação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Matheus Guimarães Cardoso Nogueira - Coordenador.

  • 2011 - Atual

    O gênero Vriesea Lindl. para o Flora da Bahia: Descrição das espécies e Fitogeografia, Descrição: Bromeliaceae compõe uma das maiores e mais diversas famílias do Neotrópico. A classificação tradicional dessa família, dividida em três subfamílias (Pitcairnioideae, Tillandsioideae e Bromelioideae) sofreu profundas transformações a partir do uso de dados macromoleculares em reconstruções filogenéticas, sendo aceitas atualmente oito subfamílias. O estado da Bahia, naturalmente diverso e com representações dos principais biomas do Brasil; apresenta uma grande diversidade do gênero Vriesea Lindl. (Tillansdsioideae), além de ter centros de endemismo únicos. Com 38 espécies listadas, ainda ocorrem descobertas de novos táxons ano após ano. Através de viagens de campo para coletar em locais pouco amostrados e visitas aos herbários representativos para o gênero, este estudo será focado em levantar os táxons pertencente ao gênero Vriesea. As espécies serão organizadas, ilustradas, serão produzidas chaves de identificação e mapeamento de populações, além de fornecer informações gerais sobre fenologia, habitats preferenciais, status de conservação e distribuição geográfica das espécies; aprofundando o conhecimento do grupo e permitindo a elaboração do tratamento taxonômico do gênero para o projeto ?Flora da Bahia?.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Matheus Guimarães Cardoso Nogueira - Coordenador / Abel Augusto Conceição - Integrante / Leonardo de Melo Versieux - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro / Programa de Pesquisa em Biodiversidade - Auxílio financeiro / CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social - Bolsa.

  • 2010 - 2011

    Associacao da estrutura do habitat com a diversidade de bromelias, Descrição: O presente projeto almeja associar a estrutura dos forófitos com a diversidade presente nessa Reserva Biológica. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Matheus Guimarães Cardoso Nogueira - Coordenador / Bianca Oliveira de Azevedo - Integrante / Luiz Menini Neto - Integrante.

  • 2009 - 2011

    A família Bromeliaceae na Reserva Biológica Municipal do Poço D´anta, Juiz de Fora, MG, Descrição: Levantamento da Família Bromeliaceae Juss. em um remanescente de mata atlântica com 277 Ha, visando subsidiar o conhecimento da família e sua distribuição na Zona da Mata mineira.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Matheus Guimarães Cardoso Nogueira - Coordenador / Bianca Oliveira de Azevedo - Integrante / Luiz Menini Neto - Integrante., Número de produções C, T & A: 3

  • 2007 - 2010

    Avaliação da disponibilidade e qualidade de forragem de pastagem de capim Estrela-africana submetidas a diferentes doses de adubação nitrogenada, na presença e ausência de irrigação., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Matheus Guimarães Cardoso Nogueira - Integrante / Carlos Eugênio Martins - Integrante / Wadson Sebastião Duarte da Rocha - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.

  • 2006 - 2010

    Desenvolvimento de métodos de estimativa de riscos climáticos em pastagens e sistemas integrados lavoura-pecuária - 01.04.3.02.05.06., Descrição: Este projeto tem como objetivo estudar os riscos climáticos em sistemas de integração lavoura-pecuária e a partior dos balanços de radiação e de água, visando completar o zoneamento agrícola do Brasil com consórcios de milho + brachiaria, sorgo+ brachiaria, arroz + brachiaria e feijão + brachiaria. O consórcio arroz + braquiária foi substituído pelo consórcio milheto + braquiária. Os métodos de estimativas de riscos climáticos para pastagens e sistemas integrados lavoura-pecuária se constituem em ferramentas para ajudar no processo de tomada de decisâo pelos agricultores e dirigentes de organismos encarregados pelo desenvolvimento da política agrícola nacional. Eles servirão para indicar áreas com maior potencial para o desenvolvimento desses sistemas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Matheus Guimarães Cardoso Nogueira - Integrante / Carlos Eugênio Martins - Coordenador / Wadson Sebastião Duarte da Rocha - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2010

    Rochas brasileiras como fontes alternativas de potássio para uso em sistemas agropecuários - 02.05.1.07.00.06., Descrição: O território brasileiro é constituído, na sua maior parte, por solos ácidos e pobres em nutrientes, como o potássio (K). Para torná-los produtivos, são utilizadas grandes quantidades de fertilizantes, que englobam cerca de 40% dos custos variáveis de produção. Consequentemente torna-se necessário buscar alternativas econômicas aos fertilizantes tradicionais. O Brasil tem importado a maior parte do fertilizante potássico utilizado na agricultura. Em 2003 foram produzidas 390,3 mil toneladas de K2O, correspondendo a apenas 10% da demanda nacional. Segundo o DNPM, o balanço projetado entre a oferta e demanda de cloreto de potássio no período 2001-2010, aponta um déficit a ser suprido via importação, da ordem de 39,23 milhões de toneladas, o que acarretará um dispêndio de divisas total para os próximos 10 anos de 8,77 bilhões de dólares. Essas projeções mostram um grande ônus para a balança comercial do setor mineral do país, e exige uma ação coordenada para buscar fontes alternativas de potássio. Resultados obtidos em projetos anteriores indicam que rochas contendo quantidades razoáveis de flogopita ou biotita podem constituir fontes alternativas de K para uso agrícola. Alguns desses tipos de rochas com potencial de uso agronômico são os kamafugitos, flogopititos, biotititos e kimberlitos, com distribuição ampla e variável em todo o território nacional. A prospecção, caracterização geoquímica, definição de métodos de processamento e avaliação agronômica sistemática dessas rochas poderá resultar na identificação de fontes alternativas eficientes do nutriente, dando origem a um novo grupo de insumos agrícolas. A avaliação em rede de experimentos diversificados, com rochas de cada região, permitirá ampliar as possibilidades de uso e de viabilidade econômica dessas rochas como fontes de potássio, atendendo parte significativa da demanda pelo nutriente em sistemas convencionais e orgânicos de produção agropecuária no Brasil, com impacto positivo na balança comercial.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Matheus Guimarães Cardoso Nogueira - Integrante / Carlos Eugênio Martins - Coordenador / Wadson Sebastião Duarte da Rocha - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Instituto Tecnológico Vale, Instituto Tecnológico Vale - Belém I. , Rua Boaventura da Silva 955, Nazaré, 66055090 - Belém, PA - Brasil, Telefone: (32) 991024442

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - Atual

    Museu Paraense Emílio Goeldi

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Taxonomista de Monocotiledôneas

  • 2016 - 2017

    Instituto Tecnológico Vale

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Analista de meio ambiente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Responsável pelo estudo e avaliação de espécies endêmicas de Canga na Floresta Nacional dos Carajás

  • 2011 - 2013

    Universidade Estadual de Feira de Santana

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista

    Atividades

    • 10/2011 - 09/2013

      Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Gradução.,Linhas de pesquisa

  • 2010 - 2011

    Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora

    Vínculo: Outro (Aluno), Enquadramento Funcional: Bolsista

  • 2009 - 2010

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - CNPGL

    Vínculo: Bolsista CNPq/PIBIC, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.