Elmo Silvano de Araújo

possui graduação em FISICA (Bacharelado) pela Universidade Federal da Paraíba (1986), mestrado em Tecnologias Energéticas e Nucleares pela Universidade Federal de Pernambuco (1991), doutorado em Tecnologia Nuclear pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares da Universidade de São Paulo (USP) (1993) e Pós-Doutorado em Polímeros e Colóides pela University of Toronto (1998/1999), sob a supervisão do Prof. Mitchell A. Winnik. No final do ano de 2007, elaborou o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia das Energias (ênfases em Engenharia Nuclear e Energias Renováveis), em parceria com o prof. Carlos A. Brayner de O. Lira (DEN/UFPE). Este projeto foi aprovado pela UFPE em 2008, com início do curso no primeiro período de 2009. Com a formação da primeira turma do curso de Engenharia de Energia no primeiro período de 2014, veio o reconhecimento do curso pelo MEC publicado na portaria n 547, 12/09/14, no D.O.U, n 178, pg. 28, em 16/09/14, com o N de Registro MEC: 201105826. Em um segundo Pós-Doutorado na University of Illinois at Chicago (UIC) (2008/2009) (Department of Bioengineering), realizou pesquisas na área de Nanomateriais com ênfase em moléculas diamantóides, em colaboração com o prof. G. Ali Mansoori. Na UFPE exerceu os cargos administrativos de chefe do departamento (2005/2006), coordenador do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares (PROTEN/UFPE, conceito CAPES 5, período 2010 - 2012), e coordenador do curso de graduação em Engenharia de Energia (2018-2020). Atualmente é Professor titular do Departamento de Energia Nuclear da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), membro permanente do colegiado do PROTEN/UFPE, e coordena o Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas-LPN/UFPE. Tem experiência nas áreas de Engenharia Nuclear, Engenharia e Ciência dos Materiais, Química de Polímeros, com ênfase em Irradiação de Polímeros, atuando principalmente nos seguintes temas: química das radiações em sistemas poliméricos, blendas e compósitos poliméricos, polímeros condutores, polímeros biodegradáveis, materiais nanoestruturados e nanocompósitos poliméricos. Recentemente vem ampliando seu foco de pesquisa no estudo de materiais para tecnologia de energia.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Tecnologia Nuclear

1991 - 1993

Universidade de São Paulo
Título: Degradação e Estabilidade Radiolítica do Policarbonato
Selma Matheus Loureiro Guedes. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Policarbonato; Degradação; Radiação Gama; Estabilidade; Aditivos; Radioesterilização. Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Materiais Não-Metálicos / Especialidade: Polímeros, Aplicações. Setores de atividade: Desenvolvimento de Novos Materiais.

Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares

1988 - 1991

Universidade Federal de Pernambuco
Título: Estudo dos Efeitos da Radiação Gama nas Propriedades Mecânicas e Ópticas dos Policarbonatos,Ano de Obtenção: 1991
Helen Jamil Khoury.Bolsista do(a): Comissao Nacional de Energia Nuclear, CNEN, Brasil. Palavras-chave: Policarbonato; Radiação Gama; Radiólise; Degradação.Grande área: EngenhariasGrande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Materiais Não-Metálicos / Especialidade: Polímeros, Aplicações. Setores de atividade: Desenvolvimento de Novos Materiais.

Graduação em BACHARELADO EM FISICA

1983 - 1986

Universidade Federal da Paraíba

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2008 - 2009

Pós-Doutorado. , University of Illinois at Chicago, UIC, Estados Unidos. , Grande área: Ciências Exatas e da Terra

1998 - 1999

Pós-Doutorado. , University Of Toronto, U OF T, Canadá. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Exatas e da Terra, Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Físico-Química / Especialidade: Espectroscopia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Curso Estimativa de Incerteza de Medição. (Carga horária: 24h). , Escola Nacional de Tecnologia Industrial, ENTIB, Brasil.

2016 - 2016

Curso NBR ISO/IEC 17025. (Carga horária: 20h). , Escola Nacional de Tecnologia Industrial, ENTIB, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Nuclear / Subárea: Aplicações de Radioisótopos/Especialidade: Irradiação de Polímeros.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Materiais Não-Metálicos/Especialidade: Polímeros, Aplicações.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Materiais Nanoestruturados.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química Orgânica/Especialidade: Polímeros e Colóides.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Físico-Química/Especialidade: Espectroscopia.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Materiais para Tecnologia de Energia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

Araujo, ES . International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2013. 2013. (Congresso).

Araujo, ES . International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2013. 2013. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Encontro sobre sensores de radiações do CRCN-NE.Breve apresentação do SisNANO e LARnano. Projeto Câmara de Ionização baseada em polímeros isolantes e condutores. 2015. (Encontro).

XII Brazilian MRS Meeting (XII Encotro da SBPMat).Mechanical behavior and surface analysis of epoxy resin/gçass fiber composites of blades fo wind turbines submitted to accelerate weathering. 2013. (Encontro).

Congesso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiai - CBECIMAT 2012. Comportamento mecânico e análise de superfície em compósitos de resina epóxi/fibra de vidro utilizados na confecção de pás eólicas sob testes de envelhecimento acelerado. 2012. (Congresso).

XI Brazilian MRS Meeting (XI Encontro da SBPMat).Ssurface properties of poly(vinyl alcohol)/graphene sheets. 2012. (Encontro).

International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2011. Radiolytic stabilization on optical properties of polycarbonate. 2011. (Congresso).

19 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais. Efeitos da radiação gama no policarbonato nacinal em diferentes composições de corantes. 2010. (Congresso).

IX Brazilian MRS Meeting/ IX Encontro da SBPMat.Sonochemical synthesis of stibnite nanospheres and their use as a stabilizer on poly(methyl methacrylate) exposed to gamma irradiation. 2010. (Encontro).

International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2007. Radiolytic Stabilization of Poly(hydroxybutyrate). 2007. (Congresso).

4th Worshop on Semiconductor, Nanodevices and Nanostructured Materials - NanoSemiMat-4.Synthesis and morphological characterization of PMMA/Polyaniline nanofiber composites. 2005. (Encontro).

International Nuclear Atlantic Conference - INAC 2007 -Nuclear energy reducing global warming. 2005 INAC International nuclear Atlantic Conference / XIV ENFIR - VII ENAN. 2005. (Congresso).

2002 INAC International Nuclear Atlantic Conference/ VI ENAN National meeting on Nuclear Applications. 2002 INAC International Nuclear Atlantic Conference/ VI ENAN National meeting on Nuclear Applications. 2002. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Carlos Henrique Lucena Araújo

Araujo, ES; VINHAS, G. M.;SANTOS, R. F. S.. Estudo dos lipídeos extraídos do caroço da manga como aditivo sustentável para o PVC exposto à radiação gama. 2018. Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: DEIVSON FERREIRA AGUIAR

CAMARA, C. A.;Araujo, ES; OLIVEIRA, R. N.. Estudos visando a síntese de novos derivados 1,2,4-oxadiazólicos 3,5-dissubstituídos. 2016. Dissertação (Mestrado em Quimica) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Aluno: Roberta Cristina da Silva

Araujo, ESARAUJO, P. L. B.; YANAGUIZAWA, J. A.. Nanocristais de sulfeto de zinco como aditivo para poli(cloreto de vinila) exposto à irradiação gama. 2016. Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Carlos André dos Santos Silva

Araujo, ES; YARA, R.. Preparação e caracterização de filmes poliméricos a base de kefirana para aplicação como suporte para cultivo celular. 2015. Dissertação (Mestrado em Engenharia Biomédica) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Lindomar Avelino da Silva

VINHAS, G. M.; ALMEIDA, Y. M. B.;Araujo, ES. Estudo da ação do óleo da borra do café no PVC industrial exposto à radiação gama. 2015. Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Danúbia Maria da Silva Freitas

ALMEIDA, Y. M. B.;ARAUJO, P. L. B.Araujo, ES. Estudo do uso nanocargas de sulfeto de cobre II em composições de PVC submetidos a esterilização via radiação gama. 2014. Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Ingrid Suely Melo de Lma

Araujo, ES; ARAUJO, J. M.; SAMPAIO, E. V. S.. Aspectos microbiológicos pré e pós-irradiação em amostras de coloral e cominho comercializados nas feiras livres da cidade do Recife. 2013. Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: AIRTON TAVARES DE ALMEIDA JUNIOR

Araujo, ESA.P.L. Pacheco; HAZIN, C. A.. Caracterização da Barita e do Vidro Cristal como Atenuadores na Blindagem das Radiações X e Gama. 2005. Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Alexandre Rangel de Souza

Araujo, ESRABELLO, M. S.; NAVARRO, R. F.; MELO, T. J. A.. Efeito combinado de fotodegradação e stress cracking no poliestireno. 2004. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Campina Grande.

Aluno: Eraldo de Jesus Argôlo

Araujo, ES; PALHA, M. L. A. P. F.; ALMEIDA, Y. M. B.; LIMA, M. A. G. A.. Avaliação da capacidade biodegradora de fungos em filmes poliméricos. 2002. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Eliete de Fátima Vasconcelos Barros Nery da Silva

Araujo, ES. Estudo das propriedades da polianilina em função da razão entre as concentrações sde íons MnO4- e Fe2+. 1998. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Lindomar Avelino da Silva

Araujo, ESAQUINO, K. A. S.SANTOS, R. F. S.; VINHAS, G. M.; LUCENA, J. A. Y.. Utilização do óleo da borra do café como aditivo sustentável na matriz de poli(cloreto de vinila) exposto à radiação gama. 2019. Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Roberto Paulo Câmara Salvi

OLIVEIRA, R. S.; MENEZES, F. D.; BENEVIDES, C. A.; OLIVEIRA, R. N.;ARAUJO, P. L. B.Araujo, ES. Uso de micropartículas de etoposídeo radiomarcadas com tecnécio 99 metaestável para o diagnóstico diferencial de câncer de pulmão. 2019. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Desenvol. e Inov. Tecnol. em Medicamentos) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Aluno: Thaíses Brunelle Santana de Lima

Araujo, ES; SILVA, P. P. O. S.; LUCENA, J. A. Y.;SANTOS, R. F. S.; SANTOS JUNIOR, J. A.. Compósitos Poliméricos de Grafeno para Aplicações em Sensores e Blindagem Eletromagnética. 2019. Tese (Doutorado em TECNOLOGIAS ENERGÉTICAS E NUCLEARES) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Ingrid Suely Melo de Lima

PENA, L.; NASCIMENTO, M. S.; OLIVEIRA, R. N.;Araujo, ES. Dispositivos nano e microestruturados utilizados como sistemas de liberação controlada de substâncias bioativas. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Desenvol. e Inov. Tecnol. em Medicamentos) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Aluno: Pietro Paolo Jorge C

Araujo, ESAQUINO, K. A. S.; ALMEIDA, Y. M. B.; YANAGUIZAWA, J. A.; ALVES, K. G. B.. G. Oliveira e Silva. Estudo do efeito combinado da radiólise e fratura sob tensão ambientalno policarbonato nacional. 2015. Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Rodolfo Lima Juárez

Araujo, ES; VASCONCELOS, E. A.; HERNANDEZ, E. P.; AZEVEDO, W. M.; SOUZA FILHO, A. G.. Obtenção e caracterização de membranas de nanotubos de carbono transferíveis em diferentes substratos pelo método de spin-coating baseadas sobre MCM-41. 2015. Tese (Doutorado em Ciência de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: José Jarib Alcaraz Espinoza

MELO, C. P.;Araujo, ES; ALMEIDA, Y. M. B.; DUTRA, R. A. F.; OLIVEIRA, H. P.. Desenvolvimento de materiais compósitos poliméricos com estrutura hierárquica e suas aplicações. 2015. Tese (Doutorado em Ciência de Materiais) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Leonardo Bruno Ferreira de Souza

BAFFA FILHO, O.; FALCAO, E. H. L.; BARROS, V. S. M.; GUZZO, P. L.;Araujo, ES. Estudo das Propriedades Luminescentes e Caracterização de Defeitos Pontuais em Monocristais de Quartzo Natural Sensibilizado por Radiação Gama. 2013. Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: HELENA PAULA DE BARROS SILVA

COLACO, W.; FALCAO, E. P. S.; AMANCIO, F. F.;Araujo, ES; TABOSA, J. N.. Efeitos das radiações gama e ultravioleta em cladonia verticillaris (líquem) coletado em diferentes ambientes do Nordeste do Brasil. 2011. Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: João Carlos Ramos

ALMEIDA, Y. M. B.;Araujo, ES; Srivastava, RM; Alves Jr., S; Navarro, M. Polímeros Quirais: Polipirróis e Politiofenos Modificados com R-(-) ou S-(+)-N-(3,5-dinitrobenzoil) - alfa - fenilglicina. 2007. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Química) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Patrícia Lopes Barros de Araújo

ALMEIDA, Y. M. B.;RABELLO, M. S.A.P.L. PachecoAraujo, ES; SILVA, L. G. A. E.. Compósitos nanoestruturados de polianilina com poli(metacrilato de metila) e poli(hidroxibutirato): preparação, propriedades e efeitos radiolíticos. 2007. Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Letícia Maria de Oliveira

Araujo, ES; ALMEIDA, Y. M. B.;GUEDES, S. M. L.AQUINO, K. A. S.RABELLO, M. S.. Efeitos da radiação gama no polímero biodegradável poli(hidroxibutirato) e no copolímero poli(hidroxibutirato-co-hidroxivalerato). 2006. Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Kátia Aparecida da Silva Aquino

Araujo, ESRABELLO, M. S.KHOURY, H. J.GUEDES, S. M. L.; ALMEIDA, Y. M. B.. Estabilização Radiolítica do Poli(metacrilato de metila) Industrial. 2005. Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Gloria Maria Vinhas

Araujo, ES; ALMEIDA, Y. M. B.; BARROS NETO, B.; CARVALHO, L. H.. Estabilidade à radiação gama do poli(cloreto de vinila) aditivado e do poli(cloreto de vinila) quimicamente modificado. 2004. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Ana Paula Lima Pacheco

Araujo, ES; ALMEIDA, Y. M. B.; SILVA JR., E. F.;RABELLO, M. S.LIMA, R. A.. Novas Rotas de Preparação de Filmes de Polianilina e Caracterização Dosimétrica para Radiação Gama em Altas Doses. 2003. Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Ivânia Soares de Lima

Araujo, ESRABELLO, M. S.GUEDES, S. M. L.; ALMEIDA, Y. M. B.; BARROS NETO, B.. Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) em misturas físicas com o poliestireno. 2002. Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Guilhermino José Macedo Fechine

Araujo, ES; MAIOR, R. M. S.; ALMEIDA, Y. M. B.; GALEMBECK, A.; CATALANI, L. H.. Fotodegradação e fotoestabilização do poli(tereftalato de etileno). 2001. Tese (Doutorado em Química) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Roberto Paulo Câmara Salvi

Araujo, ES. Nanoteranóstico para Gliobastoma Multiforme: Nanopartículas Multifuncionalizadas com Bevacizumab, Ftalocianina de Zinco e Tc-99n, para Ressecção e Imagiamento in Loco. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Desenvolvimento e Inovação Tecnológica em Medicamentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Aluno: Lindomar Avelino da Silva

YANAGUIZAWA, J. A.; SILVA, P. P. O. S.;Araujo, ES. Nanocompósitos poliméricos: Definição, preparação e aplicações (escrita)/ Determinação da miscibilidade de blendas poliméricas por análise térmica (oral). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Ingrid Suely Melo de Lima

LIMA JUNIOR, R. G.; OLIVEIRA, R. N.;Araujo, ES. Microesferas gelificadas de PLA-co-PAA contendo metformina para tratamento de diabetes. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Desenvol. e Inov. Tecnol. em Medicamentos) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Aluno: Pietro Paolo J

AQUINO, K. A. DA S.ARAUJO, P. L. B.; YANAGUIZAWA, J. A.;Araujo, ES. C. G. P. O Silva. Influência do fenômeno ESC em materiais poliméricos: estado amorfo x estado cristalino.. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Patrícia Lopes Barros de Araújo

ALMEIDA, Y. M. B.;A.P.L. PachecoAraujo, ES; SHINOHARA, A.. O estado da arte em nanocompósitos poliméricos. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Alexandre Rangel de Sousa

ALMEIDA, Y. M. B.;Araujo, ES; SHINOHARA, A.;AQUINO, K. A. S.. Técnicas de investigação do fenômeno ESC (trincamento por ação ambiental sob tensão) em materiais poliméricos. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Juliana de Almeida Yanaguizawa de Carvalho

SHINOHARA, A.;KHOURY, H. J.Araujo, ES; Gonzalez, C. Efeitos da irradiação gama nas propriedades mecânicas de compósitos de fibras de vidro-epóxi. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Letícia Maria de Oliveira

Araujo, ES; ALMEIDA, Y. M. B.; BARROS NETO, B.; COLACO, W.. Polímeros Biodegradáveis. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Kátia Aparecida da Silva Aquino

Araujo, ES; AZEVEDO, W. M.; SILVA FILHO, E.; ALMEIDA, Y. M. B.. Modificação, degradação e estabilização de polímeros irradiados. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Ana Paula Lima Pacheco

Araujo, ES; ALMEIDA, Y. M. B.; SILVA JR., E. F.;ANTONIO FILHO, J.. Utilização de polímeros sintéticos em dosimetria de altas doses. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Gloria Maria Vinhas

Araujo, ES; ALMEIDA, Y. M. B.; BARROS NETO, B.; MAIOR, R. M. S.. Avaliação da degradação radiolítica e estudo da modificação química no poli(cloreto de vinila). 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Química) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: Ivânia Soares de Lima

ALMEIDA, Y. M. B.;Araujo, ES; BARROS NETO, B.; COLACO, W.. Aplicações de técnicas espectroscópicas para caracterização de miscibilidade em blendas poliméricas. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Aluno: DEIVSON FERREIRA AGUIAR

Araujo, ESARAUJO, P. L. B.; OLIVEIRA, R. N.. Preparaçãp de derivados do polímero biodegradável policaprolactona. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Química) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Aluno: Camila Maria Lapa

Araujo, ES; ALMEIDA, Y. M. B.; LIMA, M. A. G. A.. Estudo da degradação radiolítica e estabilização de sistemas de PVC/plastificantes com aplicação na área médica. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) - Universidade Federal de Pernambuco.

Araujo, ES; LIRA, C. A. B. O.; CARVALHO, L. B.. Comissão Especial para avaliação do memorial para promoção de docente para a categoria Titular da Educação Básica, Técnica e Tecnológica do quadro de pessoal da UFPE. 2017. Universidade Federal de Pernambuco.

NOBREGA, S. H. S.; ALENCAR, M. S.; QUEIRO, A. F. S.; ISMAIL, K. A. R.;Araujo, ES. Comissão Especial para promoção de Docente de Associado IV para Titular da UFPE. 2017. Universidade Federal de Pernambuco.

Araujo, ES; FERREIRA, V. P.; CAMPOS, F. A. C. E. S.. Comissão de Avaliação de Docentes do CTG/UFPE para promoção da classe C(Adjunto) para classe D(Associado), promoção da classe D para E (Titular), e progressão na classe D. Portaria n 19/2016, 13/07/2016. 2016. Universidade Federal de Pernambuco.

Araujo, ES; LIMA, R. C. F.; CASTRILLO, L. S.. Concurso Público para Docente de Magistério Superior na área de Engenharia Nuclear, subárea: Engenharia de Reatores. Edital UFPE 05/2014. 2014. Universidade Federal de Pernambuco.

Araujo, ES; HAZIN, C. A.; C.L.. Concurso público para provimento do cargo de professor adjunto da UFPE/DEN. Área: Metrologia das Radiações. 2010. Universidade Federal de Pernambuco.

Vilar, H.P.; Adauto, J.; Costa, P.R.; Mól, A.C.A.;Araujo, ES. Concurso Público da Comissão Nacional de Energia Nuclear - Edital CNEN 001/2010. 2010. Comissao Nacional de Energia Nuclear.

Araujo, ES; ALMEIDA, Y. M. B.. Comissão Avaliadora do Seminário Pós-Doc 2017 - FACEPE. 2017. Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Elias Silva Filho

SILVA FILHO, E.. Estudo dos Efeitos da Radiação Gama nas Propriedades Mecânicas e Ópticas dos Policarbonatos. 1991. Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Denise Luisa Schio de Araújo

Efeitos da irradiação gama nas propriedades do poli(éter éter cetona) (PEEK); Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; (Orientador);

Valdilene Oliveira da Silva

Nanocompósitos biodegradáveis de poliésteres para armazenamento de energia termossolar; Início: 2017; Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Pablo Rodrigues de Medeiros

Efeitos da irradiação gama em altas doses nas propriedades do polietileno linear de baixa de densidade verde (PELBD verde) usado em revestimentos de cabos elétricos; 2018; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco,; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Valdilene Oliveira da Silva

Polímeros ambientalmente amigáveis e seus compósitos como sistemas de baixas temperaturas para armazenamento de energia termossolar; 2017; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Maria Thalita Siqueira de Medeiros

Investigação dos efeitos radiolíticos no poli(etileno-co-acetato de vinila) (EVA); 2016; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Natércia Antunes Gonçalves

Nanofibras de Poli(epsilon-caprolactona) e Poli (óxido de etileno): Fabricação pela técnica de eletrofiação e efeitos radiolíticos; 2015; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Carlas Renata Prissila Costa Ferreira

Estudo da ação de aditivos comerciais na estabilização radiolítica do policarbonato Durolon; 2010; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

William Barbosa da Silva

Análise comparativa da influência de sais inorgânicos e estabilizadores amínicos bloqueados (HAS) nas propriedades do PMMA e do PVC expostos à radiação gama; 2009; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Abene Silva Ribeiro

Desenvolvimento de dosímetros plásticos para aplicações em dosimetria gama; 2009; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Flávio Ferreira da Silva

Blendas de PVC/PS: Análise da miscibilidade e investigação do efeito radioprotetor do PS na mistura polimérica; 2008; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Aldo Bueno dos Santos

Compósitos de poli(metacrilato de metila) com nanofolhas de grafite: preparação, caracterização e efeitos radiolíticos; 2007; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco,; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Renata Francisca da Silva Santos

Estabilização radiolítica do polímero biodegradável poli(hidroxibutirato) (PHB); 2007; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Irami Buarque do Amazônas

Desenvolvimento e caracterização de uma câmara de ionização totalmente polimérica para dosimetria de raios-X; 2005; 0 f; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Kátia Aparecida da Silva Aquino

Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) usando aditivos comerciais; 2000; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Ana Paula da Costa Lima

Efeitos da Radiação Gama nas Propriedades Elétricas da Polianilina; ; 1999; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Ivânia Soares de Lima

Efeitos da Radiação Gama na Estrutura e nas Propriedades do Poliestireno; 1996; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Valmir Henrique de Araújo

Efeitos da Radiação Gama No Poli(Metacrilato de Metila); 1995; Dissertação (Mestrado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Thaíses Brunelle Santana de Lima

Compósitos Poliméricos de Grafeno para Aplicação em Sensores e Blindagem Eletromagnética; 2019; Tese (Doutorado em TECNOLOGIAS ENERGÉTICAS E NUCLEARES) - Universidade Federal de Pernambuco, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Pietro Paolo Jorge C

G; Oliveira e Silva; Efeitos combinados da irradiação gama e fratura sob tensão ambiental (Environmental Stress Cracking-ESC) nas propriedades mecânicas do policarbonato nacional; 2015; Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco,; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Alexandre Rangel de Sousa

Estudo do efeito combinado da degradação por radiação gama e fratura sob tensão ambiental (ESC) nas propriedades de polímeros vítreos; 2008; Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Patrícia Lopes Barros de Araújo

Compósitos nanoestruturados de polianilina com poli(metacrilato de metila) e poli(hidroxibutirato): Preparação, propriedades e efeitos radiolíticos; 2007; Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco,; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Letícia Maria de Oliveira

Efeitos da radiação gama no polímero biodegradável Poli(hidroxibutirato) e no copolímero poli(hidroxibutirato-co-hidroxivalerato); 2006; Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Kátia Aparecida da Silva Aquino

Estabilização Radiolítica do Poli(metacrilato de metila) Industrial; 2005; Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco,; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Ana Paula Lima Pacheco

Novas Rotas de Preparação de Filmes de Polianilina e Caracterização Dosimétrica para Radiação Gama em Altas Doses; 2003; Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Ivânia Soares de Lima

Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) em misturas físicas com o poliestireno; 2002; 86 f; Tese (Doutorado em Tecnologias Energéticas Nucleares) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Reginaldo Gomes de Lima Junior

Células solares poliméricas para a Indústria Aeroespacial: efeito de cargas semicondutoras nanocristalinas na fotoestabilização e desempenho de conversão fotovoltaica; 2016; Universidade Federal de Pernambuco,; Elmo Silvano de Araújo;

Rubson Patric Sena Ribeiro

Nanocompósito semicondutor para conversão fotovoltaica; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Química) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Luiz Gustavo Egito da Silva

Nanocompósito semicondutor para conversão fotovoltaica; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Física) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Luiz Gustavo Egito da Silva

Novos materiais para conversão fotovoltaica; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Física) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Elton Pinto Braz

Nanocompósitos de grafeno e polietilenoglicol por eletrofiação: preparação e caracterização; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Elton Pinto Braz

Nanocompósitos de cargas carbonáceas e poli(hidroxibutirato): preparação e caracterização; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Marli Barbosa Vieira

Preparação de filmes radiocrômicos a base de poli(metacrilato de metila) e corantes orgânicos para utilização em dosimetria gama; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Rhayanne Yalle Negreiros Costa

Nanocompósitos de cargas carbonáceas e polianilina como sensores de hidrogênio; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Energia) - Universidade Federal de Pernambuco; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

André Teodósio de Souza Ribeiro

Preparação de filmes radiocrômicos a base de poli(metacrilato de metila) e corantes orgânicos para utilização em dosimetria gama; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Gisele Tatiane de Lima e Silva

Nanocompósitos de cargas carbonáceas e poli(hidroxibutirato): preparação e caracterização; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Carlas Renata Prissila Costa Ferreira

Estudo dos efeitos da radiação gama em compósitos de nanofibras de polianilina em matriz de poli(metacrlato de metila); 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Ciências) - Universidade de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Abene Silva Ribeiro

Investigação da biodegradação do poli(hidroxibutirato) nacional submetido a diferentes doses de radiação gama; 2006; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura em Química) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Anderson de Melo Torres Silva

Análise do comportamento de miscibilidade da blenda PVS/PS em solução com diferentes solventes utilizando o método visicosimétrico; 2004; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Anderson de Melo Torres Silva

Determinação experimental dos efeitos químicos induzidos pela radiação nos polímeros PC, PMMA e PS; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Erik Gonçalves Holder da Silva

Determinação experimental das alterações nas massas molares médias dos polímeros PC, PMMA e PS induzidas por radiação gama; 2002; 35 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Crysthiane Barreto de Fonseca

Cálculo das massas molares dos polímeros PC, PMMA e PS irradiados com raios gama, a partir de dados de viscosimetria; 2002; 25 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Química) - Universidade Federal de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Elmo Silvano de Araújo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Selma Matheus Loureiro Guedes

Degradação e estabilidade radiolítica do policarbonato; 1993; 0 f; Tese (Doutorado em Tecnologia Nuclear) - Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Selma Matheus Loureiro Guedes;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVA, V. O. ; ARAUJO, P. L. B. ; ARAÚJO, E S . Improving Thermosolar Energy Storage with Biodegradable Polyester Nanocomposite Phase Change Materials. MACROMOLECULAR SYMPOSIA (ONLINE) , v. 383, p. 1800047-1-1800047-6, 2019.

  • SILVA, L. A. ; AQUINO, K. A. S. ; ARAÚJO, E S ; FRANCA, E. J. ; SANTOS, R. F. S. . Study of Ashes from Pachystroma longifolium Leaf as Stabilizer For PVC Exposed to -Irradiation. MACROMOLECULAR SYMPOSIA (ONLINE) , v. 383, p. 1800021-1-1800021-6, 2019.

  • SILVA, L. A. ; AQUINO, K. A. S. ; ARAÚJO, E S ; LIMA, C. H. L. . Analysis of PVC Produced With An Environmentally Friendly Additive Exposed to Gamma Radiation. MACROMOLECULAR SYMPOSIA (ONLINE) , v. 383, p. 1800075-1-1800075-6, 2019.

  • AGUIAR, DEIVSON FERREIRA ; DUTRA, LUANA LETÍCIA ALVES ; DANTAS, WILLYENNE MARÍLIA ; CAMELO'DE'CARVALHO, GUILHERME GRAZIANY ; GONÇALVES'LEMES, ROMÉLIA PINHEIRO ; DO'Ó'PESSOA, CLAUDIA ; KOSCKY'PAIER, CARLOS ROBERTO ; BARROS'ARAUJO, PATRICIA LOPES ; ARAUJO, ELMO SILVANO ; PENA, LINDOMAR JOSÉ ; DE'OLIVEIRA, RONALDO NASCIMENTO . Synthesis, Antitumor and Cytotoxic Activity of New Adamantyl O -Acylamidoximes and 3-Aryl-5-Adamantane-1,2,4-Oxadiazole Derivatives. ChemistrySelect , v. 4, p. 9112-9118, 2019.

  • LIMA, T. B. S. ; ARAUJO, P. L. B. ; ARAÚJO, E S ; SILVA, L. G. E. . Polymer Nanocomposites of Surface-Modified Graphene. I: Thermal and Electrical Properties of Poly(Vinyl Alcohol)/Aminoacid-Functionalized Graphene. MACROMOLECULAR SYMPOSIA (ONLINE) , v. 383, p. 1800051-1-1800051-8, 2019.

  • SILVA, ROBERTA CRISTINA DA ; SILVA, LINDOMAR AVELINO DA ; ARAÚJO, PATRICIA LOPES BARROS DE ; ARAÚJO, ELMO SILVANO DE ; SANTOS, Renata Francisca da Silva ; AQUINO, KÁTIA APARECIDA DA SILVA . ZnS Nanocrystals as an Additive for Gamma-Irradiated Poly (Vinyl Chloride). MATERIALS RESEARCH , v. 1, p. 1-7, 2018.

  • SILVA, P. P. O. S. ; ARAUJO, P. L. B. ; SILVEIRA, L. B. B. ; Araujo, ES . Environmental stress cracking in gamma-irradiated polycarbonate - A diffusion approach. Radiation Physics and Chemistry (1993) , v. 130, p. 123-132, 2017.

  • DA SILVA FREITAS, DANÚBIA MARIA ; ARAUJO, PATRICIA L. B. ; ARAUJO, ELMO S. ; DA S. AQUINO, KATIA APARECIDA . Effect of Copper Sulfide Nanoparticles in Poly(vinyl chloride) Exposed to Gamma Irradiation. Journal of Inorganic and Organometallic Polymers and Materials , v. 27, p. 1546-1555, 2017.

  • SILVA, LINDOMAR AVELINO DA ; ALMEIDA, TAINÁ MEDEIROS BASTOS DE ; TEIXEIRA, REBECA VALGUEIRO ; ARAÚJO, ELMO SILVANO DE ; AQUINO, KÁTIA APARECIDA DA SILVA . Study of Coffee Grounds Oil Action in PVC Matrix Exposed to Gamma Radiation: Comparison of Systems in Film and Specimen Forms. MATERIALS RESEARCH , v. 1, p. 1-7, 2017.

  • GARCIA, OLGA PINHEIRO ; ALBUQUERQUE, MARÍLIA CORDEIRO CARNEIRO DE ; AQUINO, KÁTIA APARECIDA DA SILVA ; ARAUJO, PATRICIA LOPES BARROS DE ; ARAUJO, ELMO SILVANO DE . Use of Lead (II) Sulfide Nanoparticles as Stabilizer for PMMA Exposed to Gamma Irradiation. Materials Research (São Carlos. Impresso) , v. 18, p. 365-372, 2015.

  • SILVA, L. A. ; AQUINO, K. A. S. ; Araujo, ES ; ABATH, E. R. ; SANTOS FILHO, J. M. . Influência do óleo extraído da borra do café no poli(cloreto de vinila). Revista Iberoamericana de Polímeros (Internet) , v. 16, p. 206-212, 2015.

  • ALBUQUERQUE, MARÍLIA CORDEIRO CARNEIRO DE ; GARCIA, OLGA PINHEIRO ; AQUINO, KÁTIA APARECIDA DA SILVA ; ARAUJO, PATRICIA LOPES BARROS DE ; ARAUJO, ELMO SILVANO . Stibnite Nanoparticles as a New Stabilizer for Poly (Methyl Methacrylate) Exposed to Gamma Irradiation. Materials Research , v. 18, p. 978-983, 2015.

  • OLIVEIRA, L. M. ; ARAUJO, P. L. B. ; Araujo, ES . The effect of gamma radiation on mechanical properties of biodegradable polymers poly(3-hydroxybutyrate) and poly(3-hydroxybutyrate-co-3-hydroxyvalerate). Materials Research (São Carlos. Impresso) , v. 16, p. 195-203, 2013.

  • da Silva, W. ; AQUINO, K. A. S. ; VASCONCELOS, H. M. ; Araujo, Elmo S. . Influence of copper chloride and potassium iodide mixture in poly(vinyl chloride) exposed to gamma irradiation. Polymer Degradation and Stability , v. 98, p. 241-245, 2013.

  • ARAUJO, P. L. B. ; MANSOORI, G. A. ; Araujo, Elmo S. . Diamondoids: occurrence in fossil fuels, applications in petroleum exploration and fouling in petroleum production. A review paper. INT J OIL GAS COAL T , v. 5, p. 316, 2012.

  • da Silva, Flávio Ferreira ; Aquino, Kátia Aparecida da S. ; Araújo, E. S. . Investigation of poly(vinyl chloride)/polystyrene mixture miscibility: Comparison of viscometry criteria with Fourier transform infrared spectroscopy and refractive index measurements. Journal of Applied Polymer Science (Print) , v. 119, p. 2770-2777, 2011.

  • Araújo, E. S. ; MANSOORI, G. A. ; Xue, Y ; ARAUJO, P. L. B. . Diamondoid molecules behavior prediction by ab initio methods. Physics Express , v. I, p. 67-88, 2011.

  • AQUINO, K. A. S. ; Araujo, ES ; GUEDES, S. M. L. . Influence of a hindered amine stabilizer on optical and mechanical properties of poly(methyl methacrylate) exposed to gamma irradiation. Journal of Applied Polymer Science (Print) , v. 116, p. 748-753, 2010.

  • ARAUJO, P. L. B. ; FERREIRA, C. C. ; Araujo, ES . Biodegradable conductive composites of poly(3-hydroxybutyrate) and polyaniline nanofibers: Preparation, characterization and radiolytic effects. Express Polymer Letters , v. 5, p. 12-22, 2010.

  • SOUSA, A. R. ; Araújo, E. S. ; RABELLO, M. S. . The ESC behaviour of a toughened PMMA after exposure to gamma radiation. Journal of Materials Science , v. 44, p. 1035-1044, 2009.

  • SANTOS, R ; Araujo, Elmo S. ; FERREIRA, C ; RIBEIRO, A . Radiolytic stabilization of poly(hydroxybutyrate). Radiation Physics and Chemistry (1993) , v. 78, p. 85-91, 2009.

  • Aquino, Katia Aparecida S. ; Araujo, Elmo S. . Effects of a Hindered Amine Stabilizer (HAS) on radiolytic and thermal stability of poly(methyl methacrylate). Journal of Applied Polymer Science , v. 110, p. 401-407, 2008.

  • DASILVA, F ; DASAQUINO, K ; Araujo, ES . Effects of gamma irradiation on poly(vinyl chloride)/polystyrene blends: Investigation of radiolytic stabilization and miscibility of the mixture. Polymer Degradation and Stability , v. 93, p. 2199-2203, 2008.

  • ARAUJO, P. L. B. ; AQUINO, K. A. S. ; Araujo, ES . Effects of gamma irradiation on PMMA/polyaniline nanofibre composites. International Journal of Low Radiation , v. 4, p. 149-160, 2007.

  • SOUSA, A. R. ; Araujo, ES ; RABELLO, M. S. ; CARVALHO, A. L. ; WHITE, J. R. . The stress cracking behaviour of PMMA after exposure to gamma radiation. Polymer Degradation and Stability , v. 92, p. 1465-1475, 2007.

  • ARAUJO, P. L. B. ; SANTOS, Renata Francisca da Silva ; ARAÚJO, E S . Polyaniline nanofibers as a new gamma radiation stabilizer agent for PMMA. Express Polymer Letters , v. 1, p. 385-390, 2007.

  • OLIVEIRA, L ; Araujo, ES ; GUEDES, S . Gamma irradiation effects on poly(hydroxybutyrate). Polymer Degradation and Stability , Oxford, v. 91, p. 2157-2162, 2006.

  • ARAUJO, P ; Araujo, ES ; SANTOS, R ; PACHECO, A . Synthesis and morphological characterization of PMMA/polyaniline nanofiber composites. Microelectronics Journal , Oxford, v. 36, n.11, p. 1055-1057, 2005.

  • AQUINO, K. A. S. ; Araujo, ES . Estudo da estabilização térmica em filmes de poli(metacrilato de metila) radioestáveis. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento , São Paulo, v. 6, n.1, p. 30-33, 2004.

  • AQUINO, K. A. S. ; Araujo, ES . Uso de aditivos comerciais tipo HALS na estabilização radiolítica em filmes de PMMA nacional. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento , São Paulo, v. 6, n.2, p. 45-52, 2004.

  • AQUINO, K. A. S. ; Araujo, ES . Caracterização estrutural do poli(metacrilato de metila) nacional estável à radiação gama. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento , São Paulo, v. 6, n.3, p. 107-115, 2004.

  • Lima Pacheco, A ; Araujo, ES ; AZEVÊDO, W. M. . Polyaniline/poly acid acrylic thin film composites: a new gamma radiation detector. Materials Characterization , v. 50, p. 245-248, 2003.

  • LIMA, I. S. ; Araujo, ES ; AZEVÊDO, W. M. . Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) em misturas físicas com o poliestireno. Revista da Pós-Graduação em Direito da UNICAP , Recife, v. 2, n.1, p. 35-39, 2003.

  • LIMA, I. S. ; Araujo, ES ; AZEVÊDO, W. M. . Estudo de miscibilidade da mistura física PMMA/PS: compatibilização induzida por radiação gama. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento , São Paulo, v. 4, n.Parte 2, p. 1692-1695, 2002.

  • SILVA, E. G. H. ; Araujo, ES . Influência da radiação gama no valor da constante de Schulz-Blaschke. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento , São Paulo, v. 4, n.Parte 2, p. 1686-1691, 2002.

  • PACHECO, A. P. L. ; Araujo, ES ; AZEVÊDO, W. M. . Estudo do método de síntese da estabilidade de resposta da polianilina dopada utilizada em aplicações dosimétricas. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento , São Paulo, v. 4, n.Parte 1, p. 892-897, 2002.

  • Araujo, ES ; RHARBI, Y. ; HUANG, X. ; Winnik, M.A. ; Bassett, D.R. ; Jenkins, R.D. . Pyrene Excimer Kinetics in Micellelike Aggregates in a C20-HASE Associating Polymer. Langmuir , v. 16, n.23, p. 8664-8671, 2000.

  • Araujo, ES ; KHOURY, H. J. ; SILVEIRA, S. V. . Effects of gamma-irradiation on some properties of durolon polycarbonate. Radiation Physics and Chemistry , Oxford, v. 53, n.1, p. 79-84, 1999.

  • AZEVÊDO, W. M. ; LIMA, A. P. C. ; Araujo, ES . Radiation-induced effects on electrical properties of polyaniline. Radiation Protection Dosimetry , Ashford, v. 84, n.1, p. 77-81, 1999.

  • Araujo, ES ; GUEDES, S. M. L. . Radiolytic degradation and stability of polycarbonate. Polymer Preprints, Washington, v. 34, n.2, p. 205-206, 1993.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

AZEVEDO, W. M. ; Araujo, ES ; PACHECO, A. P. L. . Uma Blenda Polimérica Condutora para Medidas e Monitoramento de Radiação Ionizante de Altas e Médias Doses. 2003.

AZEVÊDO, W. M. ; Araujo, ES . Processo de Preparação de Filmes Finos Poliméricos de Polianilina Em Susbstratos Não Condutor, Mecanicamente Estável, Usando Oxidante No Estado Sólido, Emprego Como Dosímetro Para Radiação Ionizante de Alta e Baixa Energia.. 1997.

Araujo, ES ; GUEDES, S. M. L. . Processo de Estabilização Radiolítica do Policarbonato Durolon. 1997.

Araujo, ES . Desenvolvimento de Um Dosímetro Pessoal de Filme Polimérico.. 1998.

Araujo, ES . Desenvolvimento de Inibidores Seletivos de Cox-2. 1997.

Araujo, ES . Propriedades e Modelagem de Macroagregados. 1997.

Araujo, ES . Novos Polímeros Para Separação de Misturas Gasosas. 1997.

Araújo, E. S. ; Lira, CABO . Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia de Energia. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Institucional).

Araújo, E. S. ; LYRA, C. A. B. O. . Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia de Energia. 2008. (Desenvolvimento Humano).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - Atual

    Estudo do uso do óleo proveniente da borra do café na matriz de PVC de grade industrial exposta a radiação gama (FACEPE: APQ 0106-106/14), Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Kátia Aparecida da Silva Aquino em 15/05/2016., Descrição: O poli(cloreto de vinila) (PVC) é um dos polímeros com grande aplicação na manufatura de artefatos médicos e outros insumos em geral devido as suas características tais como: propriedades mecânicas, termo plasticidade, além de apresentar baixo custo. Os produtos a base de PVC passam por processo de esterilização via radiação gama. Contudo, quando os sistemas poliméricos são submetidos a este tipo de esterilização (na dose de 25 kGy), as estruturas moleculares sofrem modificação resultando em cisão ou reticulação na cadeia principal. Essas modificações estruturais demonstram tendência para a degradação das propriedades do material. Sendo assim, o estudo de métodos para estabilização deste polímero se faz necessário. Atualmente os usos de materiais compósitos vêm se difundindo e o PVC é um excelente polímero para servir como matriz polimérica para acondicionar diversos materiais. Óleos vegetais têm sido estudados como uma alternativa ao uso de outros aditivos. Contudo não existem estudos do uso do óleo extraído de descartes como a borra do café, tornando este projeto inovador e de caráter sustentável. Assim, este estudo está focado na extração do óleo extraído da borra de café residencial, sua caracterização e sua incorporação na matriz de PVC. Espera-se desenvolver um novo material orgânico estável térmica e mecanicamente com aplicações diretas na indústria de artefatos médicos e observar as mudanças na relação estrutura-propriedades deste novo material induzidas pela radiação gama.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Coordenador / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Renata Francisca da Silva Santos - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2018

    Núcleo emergente em produtos naturais, derivados sintéticos e nanopartículas multifuncionais para aplicações na terapeutica (FACEPE/PRONEM-APQ-0741-1.06/14), Descrição: A nossa proposta em equipe pretende reunir, em um esforço conjunto, pesquisadores capazes de se dedicar especialmente, cada um dos muitos aspectos peculiares envolvidos na pesquisa de produtos naturais, síntese orgânica, design de formulações baseadas em nanomateriais para utilização principalmente como anti-inflamatórios e leishmanicidas. Assim, teremos prospecção, dentre os laboratórios participantes, de drogas naturais ou sintéticas ou de comprovada ação farmacológica que poderão se beneficiar das vantagens trazidas pelo uso de nanomateriais, tais como: redução de toxicidade, melhora em solubilidade e/ou estabilidade, etc. Ao mesmo tempo, pesquisadores na área de farmacologia, síntese orgânica e ciência dos materiais se dedicarão a preparar, caracterizar e testar as melhores plataformas nanométricas para carrear os agentes de interesse. Por fim, pesquisadores especializados em testes biológicos aferirão a eficiência dos sistemas formulados. A realização deste planejamento exige uma grande interação entre os membros da equipe, que já é a pauta nos programas de pós graduação em que participam, PPGQ e PPGDITM na UFRPE, PPGPNSB da UFPB, PROTEN da UFPE e PPGCS da UFAL.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Ronaldo Nascimento de Oliveira - Integrante / Tânia Maria Sarmento da Silva - Coordenador / Celso de Amorim Camara - Integrante / EDUARDO DE JESUS OLIVEIRA - Integrante / KRISTERSON REINALDO DE LUNA FREIRE - Integrante / MAGNA SUZANA ALEXANDRE MOREIRA - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Preparação de um compósito semicondutor plástico a base de poli (cloreto de vinila)/sulfeto de zinco: caracterização e modificação estrutural por radiação gama (Chamada: MCTI/CNPQ/Universal 14/2014 - Faixa A. Proc.: 459758/2014-4), Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Renata Francisca da Silva Santos em 20/11/2014., Descrição: A nossa proposta é desenvolver um novo material compósito semicondutor, mecanicamente estável e com características úteis para aplicações em eletrônica flexível. Compósitos de PVC/ZnS serão preparados e irradiados com radiação gama, sendo de especial interesse a avaliação dos efeitos induzidos pela irradiação na condutividade elétrica dos compósitos. Nosso grupo já tem experiência na síntese de nanocompósitos condutores. O grupo de pesquisa já conta com resultados de percolação elétrica induzida por irradiação gama em compósitos de poli (metacrilato de metila)/nanofolhas de grafite. Também temos resultados do efeito combinado de radiação gama com diferentes concentrações de grafite em compósitos preparados com poli (metacrilato de metila). Esperamos também que o sulfeto de zinco proporcione certa estabilização radiolítica à matriz de PVC, originando um material resistente à radiação gama, que poderá ser utilizado na fabricação de produtos que possam ser expostos à radiação durante sua vida útil. Ademais, é nosso propósito ainda analisar os efeitos da irradiação gama nas propriedades mecânicas e térmicas do compósito. Desejamos encontrar composições com ótimas características condutoras e observar as mudanças na relação estrutura-propriedades dos compósitos induzidas pela irradiação gama. A compreensão dos fenômenos envolvendo esta área de conhecimento, assim como a manufatura destes materiais será de grande interesse científico e tecnológico.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Renata Francisca da Silva Santos - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Novos Materiais para a indústria aeroespacial: Nanocompósitos semicondutores plásticos para blindagem eletromagnética modificados por radiação gama (Chamada: MCTI/CNPQ/Universal 14/2014 - Faixa C. Proc.: 459452/2014-2), Descrição: Sistemas operados por instrumentos digitais são susceptíveis a interferências eletromagnéticas (IEM, ou EMI em inglês ? electromagnetic interference), que são facilmente causadas por equipamentos eletrônicos. Aparelhos de rádio e televisão, telefones celulares, motores, eletrodomésticos, radares, eletricidade estática e relâmpagos, dentre outros, podem causar interações não intencionais com equipamentos digitais, causando mau funcionamento de computadores, microprocessadores, antenas de telecomunicação, sensores eletrônicos e sistemas de navegação, especialmente quando a frequência de interferência se encontra entre 1kHz e 10 GHz, intervalo conhecido como banda de interferência de radiofrequência (IRF, ou RFI em inglês ? radiofrequency interference). Assim sendo, é obrigatório o uso de blindagem de proteção contra os efeitos das IEM. Propomos aqui o desenvolvimento de métodos de melhoramento por uso de radiação gama de propriedades de blindagem eletromagnética de novos compósitos poliméricos de base nanotecnológica destinados a aplicações em blindagem contra IEM, para uso como material protetor em equipamentos importantes para a indústria aeroespacial brasileira. Nossos objetivos estão em confeccionar vários tipos de filmes planos, extremamente leves e versáteis, que apresentam cargas nanométricas ambientalmente amigáveis em sua composição, irradiar estes materiais para averiguar a alteração de propriedades elétricas, que são a base para uma boa blindagem eletromagnética. Dentre os materiais avançados a serem utilizados para nanocargas estão: grafeno, grafite expandido, nanofolhas de grafite, nanofibras de polianilina e nanodiamantes dopados com boro. Todos estes materiais apresentam condutividade elétrica na faixa de semicondutores ou condutores e apresentam baixo risco ambiental. Estas composições acompanham o que há de mais recente em formulações para blindagem contra IEM e IRF, mas acrescentam abordagens multicomponentes em escala nanométrica, com grande potencial para resultar em materiais inovadores, com potenciais aplicações em diversos ramos de atividades, marcadamente na indústria aeroespacial. Adicionalmente, as alterações causadas por irradiações com raios gama (Co-60) poderão servir de predição para o desempenho destes materiais em serviço, nos quais estarão sujeitos às radiações de alta energia, durante voos comerciais ou em viagens espaciais. Por outro lado, aumento de condutividade elétrica durante o processo de preparação dos nanocompósitos induzida para irradiação gama serão também investigadas, tendo em vista as possibilidades do uso de irradiação gama na fase de preparação de novos materiais avançados. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Renata Francisca da Silva Santos - Integrante / Pietro Paolo Jorge Corrêa Greco P. de Oliveira e Silva - Integrante / Maria Thalita Siqueira de Medeiros - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2017

    Avaliação da estabilidade radiolítica de nanofibras compósitas de polímeros biodegradáveis (MCTI/CNPq/ChamadaUniversal 2013, Faixa A. Proc.: 475309/2013-8), Descrição: Os resultados decorrentes da nossa investigação serão de extrema importância para a incorporação de procedimentos de radioesterilização de grau médico em materiais nanométricos logo nos estágios iniciais da pesquisa, de maneira a assistir a transição destes materiais da bancada de laboratório para o uso clínico. As propriedades investigadas serão aquelas mais relevantes às aplicações destes materiais em artefatos médicos: massa molar média, propriedades térmicas (temperatura de transição vítrea, temperatura de fusão, degradação térmica, energias de ativação associadas à degradação térmica, dentre outras), propriedades mecânica (resistência à tração, tensão na ruptura, elongação na ruptura) e qualidade da adesão celular.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Coordenador / Ingrid Suely Melo de Lima - Integrante / Deivson Ferreira Aguiar - Integrante / Ricardo Yara - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2017

    Investigação das propriedades mecânicas e microestruturais de compósitos poliméricos a base de resina epóxi/fibra de vidro utilizados em pás eólicas, Descrição: O uso dos materiais poliméricos no cotidiano vem crescendo cada vez mais. Sendo assim, as pesquisas na área de materiais plásticos encontram posição de destaque no tocante a inovação tecnológica, com apoio das indústrias que se interessam em produzir materiais de alto consumo e acessibilidade à população. Em particular, polímeros usados na área médica freqüentemente, quando em serviço, são expostos à ambiente químico capaz de produzir várias mudanças nas suas propriedades físicas e químicas. Nas aplicações em que os plásticos estão sob tensão, eles também experimentam o fenômeno de trincamento (oufratura) sob tensão ambiental (Environmental Stress Cracking) (ESC), cujo mecanismo de degradação pode reduzir drasticamento a vida útil do material. Este fenômeno é definido como a microfissura (crazing) e o microtrincamento (cracking), ambos podem ocorrer pela ação combinada de uma tensão, que pode ser externa (quando o material se encontra em uso) ou interna(remanescente do processamento do polímero ou na injeção da peça), com o ambiente de exposição. O potencial do ESC é bastante relevante para plásticos médicos usados como artefatos e/ou componentes de dispositivos médicos, tais como: torneiras, seringas, e outros, cujas aplicações estão submetidas à exposição de solventes agressivos (isopropanol, metanol, etanol, butanol, etc.) que podem iniciar um processo de microfissuras (microtrincamento conectados por fibrilas poliméricas) comprometendo seriamente sua integridade mecânica. Neste trabalho, propomos a investigação dos efeitos da radiação gama associados ao fenômeno de stress cracking (ESC) na estrutura e propriedades mecânicas do polímero nacional Policarbonato em duas formulações: PC (formulação padrão contendo aditivos de processamento) e PCrad (formulação especial contendo aditivos de processamento mais aditivo estabilizante à radiação gama). Esta última foi recentemente desenvolvida no Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas da UFPE (LPN/UFPE).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante.

  • 2012 - 2018

    Produtos naturais de fontes sustentáveis como aditivos de tintas e revestimentos (Edital de Apoio a Inovação- UFPE/2012. Proc.: 21451/12-4), Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Kátia Aparecida da Silva Aquino em 13/01/2014., Descrição: Tintas e revestimentos são produtos comerciais de largo uso em todo o mundo e movimentam mais de 5 bilhões de dólares ao ano só nos EUA. A grande variedade de formulações disponível no mercado atende às mais diversas necessidades de aplicações e custos. Entretanto, durante esta primeira década do séc. XXI, exigências ambientais têm começado a impor novos padrões para as formulações de tintas e revestimentos, tanto no Brasil quanto no resto do mundo. Novas legislações propostas em diversos países seguem a tendência de limitar ou banir o uso de substâncias que vêm sendo utilizadas há anos ou mesmo séculos, para a proteção de superfícies. A nossa proposta traz ideias simples, mas inovadoras, para o desenvolvimento de tintas à base de água ou de solventes orgânicos, produtos de alto consumo, ambientalmente amigáveis e eficientes, para serem facilmente incorporadas a diversas indústrias da cadeia produtiva do Estado de Pernambuco e circunvizinhanças.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Coordenador / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Tânia Maria Sarmento da Silva - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Pernambuco - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2014

    Desenvolvimento de dosímetros plásticos: Filmes radiocrômicos à base de poli(metacrilato de metila) e corantes orgânicos para aplicações em dosimetria gama industrial (Edital de Apoio à Inovação/ UFPE-2012, Proc.: 21638/2012-4), Descrição: Este projeto está focado no desenvolvimento de filmes dosimétricos plásticos, tipo radiocrômicos, de baixo custo, com características ainda não observadas na literatura, que atenda principalmente a demanda nacional em processos industriais de radiações ionizantes. Inicialmente serão preparados filmes a partir do sistema poli(metacrilato de metila) (PMMA) + corantes (azul de bromotimol e vermelho fenol) em diferentes concentrações, por técnica de evaporação de solvente (casting solvent). Em seguida, os filmes serão irradiados (Co-60) em doses de 5 a 100kGy, para determinação das curvas de calibração características dos dosímetros, avaliando estatisticamente o melhor ajuste das curvas, utilizando a técnica de espectrofotometria de UV-Vis. O caráter de inovação deste projeto está focado no desenvolvimento de um dosímetro plástico, com múltiplas aplicações em dosimetria industrial (dosímetro calibrado e selo ?vai-não vai?). Ainda não existe nenhum dosímetro com essas características disponíveis no mercado nacional. O produto gerado deste projeto, após patenteado, atenderá a demanda nacional de imediato, diminuindo a dependência de importação do produto estrangeiro (Alemanha), que atualmente é utilizado no Brasil. Com a implantação do Centro Regional de Ciências Nucleares ? CRCN/CNEN, em Recife, espera-se para breve a instalação de um irradiador industrial de Co-60 para atender a demanda da região Norte-Nordeste, no tocante à esterilização de artefatos médico-farmacêuticos, assim como a esterilização e desinfestação de alimentos. Entretanto, o produto deste projeto, o dosímetro plástico, depois de patenteado já poderá ser colocado no mercado para atender a demanda existente no sudeste do país que conta com irradiadores industriais operando em diversas aplicações, como na esterilização de artefatos e suprimentos médico-hospitalares, radioindução de cor em gemas preciosas, esterilização de alimentos, etc.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Pernambuco - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2012 - Atual

    Investigação dos efeitos combinados da radiação gama e fratura sob tensão ambiental (ESC) nas propriedades estruturais e mecânicas do policarbonato nacional radioestabilizado. (FACEPE APQ-2041-3.09/12), Projeto certificado pela empresa Highplastic Indústria de Plásticos em 25/01/2013., Descrição: O uso dos materiais poliméricos no cotidiano vem crescendo cada vez mais. Sendo assim, as pesquisas na área de materiais plásticos encontram posição de destaque no tocante a inovação tecnológica, com apoio das indústrias que se interessam em produzir materiais de alto consumo e acessibilidade à população. Em particular, polímeros usados na área médica freqüentemente, quando em serviço, são expostos à ambiente químico capaz de produzir várias mudanças nas suas propriedades físicas e químicas. Nas aplicações em que os plásticos estão sob tensão, eles também experimentam o fenômeno de ?trincamento (ou fratura) sob tensão ambiental? (Environmental Stress Cracking) (ESC), cujo mecanismo de degradação pode reduzir drasticamento a vida útil do material. Este fenômeno é definido como a microfissura (crazing) e o microtrincamento (cracking), ambos podem ocorrer pela ação combinada de uma tensão, que pode ser externa (quando o material se encontra em uso) ou interna (remanescente do processamento do polímero ou na injeção da peça), com o ambiente de exposição. O potencial do ESC é bastante relevante para plásticos médicos usados como artefatos e/ou componentes de dispositivos médicos, tais como: torneiras, seringas, e outros, cujas aplicações estão submetidas à exposição de solventes agressivos (isopropanol, metanol, etanol, butanol, etc.) que podem iniciar um processo de microfissuras (microtrincamento conectados por fibrilas poliméricas) comprometendo seriamente sua integridade mecânica. Neste trabalho, propomos a investigação dos efeitos da radiação gama associados ao fenômeno de stress cracking (ESC) na estrutura e propriedades mecânicas do polímero nacional Policarbonato em duas formulações: PC (formulação padrão contendo aditivos de processamento) e PCrad (formulação especial contendo aditivos de processamento mais aditivo estabilizante à radiação gama). Esta última foi recentemente desenvolvimento no Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Renata Francisca da Silva Santos - Integrante / Pietro Paolo Jorge Corrêa Greco P. de Oliveira e Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2010 - 2012

    Nanofabricação, caracterização e modelagem empírica para a obtenção de compósitos poliméricos biodegradáveis fibrilares pela técnica de electrospinning (FACEPE-APQ 0646-3.03/10), Descrição: Neste projeto de pesquisa, tencionamos produzir nanofolhas de grafite, a partir de grafite natural em flocos. Esta escolha baseia-se da biocompatibilidade e grande acessibilidade e baixo custo deste material, quando comparado a outras fontes, como os nanotubos de carbono e o fulereno. A metodologia a ser utilizada será a intercalação com ácidos seguida de expansão e exfoliação. Em etapas posteriores, as nanofolhas obtidas sofrerão modificações superficiais por meio de redução com hidrato de hidrazina na presença de polieletrólitos ou agentes surfactantes, para gerar dispersões aquosas estáveis. Alternativamente, tentaremos expandir a metodologia anteriormente citada para tentar a produção de dispersões destas folhas em soluções hidroalcoólicas. As nanocargas reduzidas serão utilizadas em misturas físicas com polímero biodegradável poli (óxido de etileno) (PEO) por meio de co-dispersão em água ou mistura água/álcool etílico. Este compósito poderá vir a apresentar propriedades elétricas que possibilitem sua utilização como substrato para a adesão e crescimento de células nervosas, à semelhança do que acontece com filmes de polipirrol, a vantagem seria sua maior estabilidade mecânica e possibilidade de atingir menores limites de percolação, o que exigiria pequena quantidade de carga nanométrica. As nanofolhas dispersas em água também serão misturadas com o polímero biodegradável PCL, solúvel em água. As dispersões finais obtidas serão utilizadas para a geração de estruturas fibrosas em um equipamento de electrospinning. Os diversos parâmetros que podem afetar as características do produto final, a saber: concentração do polímero, concentração da nanocarga, taxa fluxo da solução, distância entre placa coletora e agulha e voltagem aplicada, do produto final serão estudados utilizando planejamentos fatoriais em dois níveis.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    Efeitos da radiação gama em nanocompósitos preparados a base de sulfetos (PbS e Sb2S3) e poli(cloreto de vinila) (MCT/CNPq 473605/2010-4 ), Descrição: O Poli (cloreto de vinila) PVC é um polímero muito usado em embalagem de alimentos e equipamentos médicos que passam por processo de radioesterilização. Contudo, quando os sistemas poliméricos são submetidos à esterilização via radiação gama (na dose de 25 kGy), as estruturas moleculares sofrem modificação resultando em cisão ou reticulação na cadeia principal. Essas modificações estruturais demonstram tendência para a degradação das propriedades do material. Sendo assim, o estudo de métodos para estabilização deste polímero se faz necessário. Nanocargas de metais, têm sido estudadas extensivamente como uma alternativa ao uso de pós de metais. As características físicos-químicas das nanocargas de metais tais como: atividade catalítica e propriedades óticas, eletrônicas e magnéticas despertam grande interesse para serem incorporados a matrizes poliméricas para que suas propriedades sejam modificadas e assim o material ser utilizado para um determinado fim. O sulfeto é um exemplo de um composto que é um importante material com forte propriedade termoelétrica além de ser fotossensível. O poli(cloreto de vinila) (PVC) é um dos polímeros com grande aplicação na manufatura de artefatos médicos e outros insumos em geral devido as suas características tais como: propriedades mecânicas, termo plasticidade, além de apresentar baixo custo. Atualmente os usos de materiais compósitos vêm se difundindo e o PVC é um excelente polímero para servir como matriz polimérica para acondicionar diversos materiais. Este projeto está focado na preparação e caracterização de nanocargas de sulfeto de chumbo II (PbS) e sulfeto de antimônio (Sb2S3) via rota sonoquímica e com seguida preparação de nanocompósitos dos referidos sulfetos na matriz de PVC. Espera-se desenvolver um novo material orgânico (nanocompósitos) mecanicamente estável com aplicações diretas na industria de artefatos médicos e observar as mudanças na relação estrutura-propriedades deste nanocompósitos induzidas pela radiação. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2012

    Preparação e caracterização de filmes radiocrômicos à base de poli(metacrilato de metila) para aplicações em dosimetria da radiação gama (CNPq/Ed.Univ. 2009/Proc. 475660/2009-9), Descrição: Sistemas de dosimetria baseados em mudanças de cores induzidas pela radiação em PMMA são bem conhecidos no campo de processamento industrial de radiação. Dentre os dosímetros de PMMA mais famosos está o Red 4034, ou Perspex (marca da ICI). Este dosímetro consiste de chapas plásticas de aproximadamente 3 mm de espessura que possuem faixa útil para leitura de doses entre 5 ? 50 kGy. Dosímetros nacionais para uso industrial ainda não são disponíveis no mercado, exigindo a importação desses dispositivos de uso único. Sendo assim, o objetivo principal deste trabalho é investigar o comportamento óptico de corantes orgânicos (indicadores ácido-base) incorporados a um sistema polimérico com matriz PMMA, na forma de filmes (espessura 0,045mm), submetidos à irradiação gama em doses esterilizantes. Resultados preliminares obtidos pelo nosso grupo mostram que corantes como o azul de bromotimol (AB) e vermelho fenol (VF) têm potenciais aplicações na preparação de filmes radiocrômicos, com resposta linear no intervalo de 5 ? 100 kGy. Desta forma, pretende-se desenvolver e patentear um dosímetro plástico que seja competitivo no mercado exterior e atenda às necessidades nacionais nas aplicações de processos industriais de esterilização de produtos com radiação gama.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Abene S. Ribeiro - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2011

    Nanocompósitos de cargas carbonáceas e polímeros biodegradáveis: preparação e caracterização. (CNPq/Ed.Univ. 2009/Proc. 480031/2009)., Descrição: Neste projeto de pesquisa, tencionamos produzir folhas de grafeno a partir de grafite natural em flocos e em pó, para a confecção de nanocompósitos com os polímeros biodegradáveis poli (hidroxibutirato) (PHB) e poli (álcool vinílico) (PVA). Adicionalmente, utilizaremos o ácido 1-adamantilcarboxilico para grafitização à cadeia do PVA e como nanocarga para compósitos de PHB, com a finalidade de estudarmos as possíveis diferenças entre o uso de nanocargas carbonáceas quasi-bi ou tridimensionais nestes polímeros biodegradáveis e à investigação de novas propriedades surgidas a partir destas composições ainda desconhecidas na literatura.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2013

    Produção, caracterização e avaliação da degradação e desempenho de novos materiais adequados à cadeia produtivida de biodiesel, petróleo e energia. Sub-projeto: Avaliação da degradação e desempenho de materiais metálicos e compósitos. (MCT/FINEP/CT-Petro), Descrição: Devido a vital importância em elevar a confiabilidade da avaliação das medidas obtidas em ensaios não-destrutivos nos equipamentos da indústria de petróleo e de geração de energia eólica, há uma necessidade urgente de conhecer em detalhes a degradação microestrutural dos materiais utilizados e seus efeitos nas propriedades mecânicas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Armando Shinohara - Integrante / Lindberg Lima Gonçalves - Coordenador / Judith Pessoa de Andrade Feitosa - Integrante., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / PETROBRAS - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Síntese e caracterização de nanofibras de polianilina: efeitos estabilizantes à radiação gama em nanocompósitos poliméricos (FACEPE: APQ-0457-3.09/06), Descrição: Este projeto está focado em dois principais objetivos: a) síntese e caracterização de polianilina (PANI) na forma de nanofibras, e b) fabricação de compósitos de PANI nanoestruturada com polímeros convencionais como o poli(metacrilato de metila) (PMMA) e o poli(cloreto de vinila) (PVC). Os novos materiais resultantes desta pesquisa poderão apresentar ótimas características de resistência à radiação gama, que os tornarão adequados às aplicações que envolvem o uso da radiação ionizante, como por exemplo, suprimentos médico-farmacêuticos que são esterilizáveis por radiação gama do Co-60. Serão avaliadas também as mudanças na estrutura e propriedades dos nanocompósitos induzidas pela radiação gama. A compreensão dos fenômenos envolvendo esta área de conhecimento, assim como a manufatura destes novos materiais de base nanotecnológica será de impacto imediato e inovador na tecnologia mundial. Atualmente, o Brasil vem se empenhando na abertura de novas linhas de pesquisa que levem a produtos tecnológicos, com o objetivo de tornar-se competitivo no âmbito internacional, assim como buscando independência técnica-cientifica em áreas de ponta, como é o caso da nanotecnologia. Desta maneira, Pernambuco vem também desempenhando um papel importante, em relação a esta meta do governo brasileiro, com a criação de novas de linhas de pesquisa em vários institutos de pesquisa. Em particular, esta proposta é inovadora ainda não apresentada por nenhum grupo de pesquisa nacional e internacional. Os resultados esperados de imediato está no desenvolvimento de novos materiais de base nanotecnológica com grande resistência à radiação gama, assim como na formação de recursos humanos e geração de conhecimento na área de nanociência de materiais. Além disso, a síntese da polianilina na forma de nanofibras e nanotubos vem sendo pesquisada por nosso grupo de pesquisa, com excelentes resultados. Os estudos preliminares mostram que este polímero condutor pode promover ótima estabilização em siste. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Coordenador / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Carlas Renata Prissila Costa Ferreira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2

  • 2008 - 2010

    Nanocompósitos a base de sulfetos e poli(metacrilato de metila): preparação, caracterização e efeitos da irradiação gama, Descrição: Este projeto está focado em três principais objetivos: a) preparação e caracterização de nanopartículas de sulfetos (ZnS, Sn2S3, CuS e PbS) a partir dos cloretos correspondentes e tioacetamina (CH3CSNH2); b) preparação de compósitos de nanopartículas de sulfetos em matriz de poli(metacrilato de metila) (PMMA); e c) avaliação das alterações induzidas pela radiação gama nas propriedades físicas e químicas dos nanocompósitos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Coordenador / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2007 - 2009

    Comparação da estabilização radiolítica de aditivos comerciais tipo HALS e da mistura de cloreto de cúprico/iodeto de potássio, no Poli(metacrilato de metila) e do Poli(cloreto de vinila)., Descrição: Sais inorgânicos são capazes de formar complexos de coordenação com alguns grupos poliméricos que podem afetar a estabilidade termo-oxidativas de polímeros. O mecanismo consiste em uma seqüência de reações em que os radicais poliméricos e peroxil formados no processo são convertidos em espécies iônicas não reativas. Assim esta mistura também pode ser um caminho para a estabilidade radiolítica de polímeros que sofrem mudanças quando expostos à irradiação gama. Por outro lado, os seqüestradores, desenvolvidos para a estabilização fotodegradativa, são aminas estericamente impedidas denominadas HAS (Hindered Amine Stabilizers). O mecanismo de ação deste tipo de aditivo sugere que os HAS interrompem a reação de propagação da degradação oxidativa por capturar tanto os radicais alquila como os radicais peroxil. Este mecanismo de ação depende do radical nitroxil formado quando o aditivo é submetido à radiação eletromagnética e ar. O objetivo desse trabalho é investigar a estabilização radiolítica da estrutura polimérica do PMMA e do PVC, produzidos industrialmente. Com mecanismo de ação de captura de radicais, que é a principal entidade química formada na radiólise do PMMA e do PVC, será comparando o efeito radioportetor de uma mistura de sais de cloreto cúprico e iodeto de potássio com o efeito radioprotetor de aditivos tipo HAS. O PMMA é utilizado na confecção de próteses em geral, principalmente as ortodônticas que podem sofrer mudanças em seu tempo de vida útil ao ser esterilizado com radiação gama. Por outro lado o PVC é utilizado para a confecção de embalagens para alimento, que é esterilizada via radiação gama para prevenir o desenvolvimento microbiano ou infestação de insetos que pode formar produtos radiolíticos indesejáveis ao sistema. Assim este estudo torna-se uma importante ferramenta na viabilização do uso do PMMA e do PVC em aplicações que exijam procedimentos de esterilização utilizando a radiação gama.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Coordenador / William B. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1

  • 2005 - 2007

    Estudo da degradação e estabilização radiolítica do polímero biodegradável poli(hidroxibutirato) e seu copolímero poli(hidroxibutirato-co-valerato) de fabricação nacional (CNPq/Processo: 477126/04-9), Descrição: O PHB nacional é produzido pela bactéria Burlkholderia sacchari, descoberta em 1994 em um canavial de Piracicaba (interior paulista), que ao ingerir açúcar da sacarose da cana, transforma o excedente de sua alimentação em pequenos grãos do polímero PHB. Espera-se, em futuro próximo, que plásticos biodegradáveis responderão por parcelas crescentes do uso global de plásticos no mundo (cerca de 10% até 2005). O Brasil tem condições bastante favoráveis de produção de biodegradáveis, uma vez que conta com matéria-prima de baixo custo como o açúcar de cana, os óleos vegetais e os resíduos agrícolas e industriais. Em aplicações em que envolvem o uso de radiações ionizantes, como a esterilização de artefatos médico-hospitalares por radiação gama ou feixe de elétrons em doses de 25kGy (Halls, 1991), faz-se necessário o estudo dos efeitos químicos induzidos pela transferência de energia para o sistema polimérico. Os principais efeitos são: reticulação intermolecular da cadeia principal, formando uma rede tridimensional com conseqüente aumento da massa molar do polímero; e cisões da cadeia principal, com conseqüente diminuição da massa molar. Na maioria dos polímeros, esses efeitos ocorrem simultaneamente, e a predominância de um deles sobre o outro depende basicamente da estrutura molecular e das condições de irradiação do polímero (Charlesly, 1991; Schnabel, 1981). Esses efeitos podem alterar drasticamente as propriedades físicas do material polimérico, tornando inaceitável o seu uso em certas aplicações. Em particular, o PHB quando exposto à radiação gama sofre cisões na cadeia principal devido a presença de grupos esters na cadeia alifática do polímero, que são vulneráveis e facilmente degradam (Kalnins, 1999). Neste projeto pretende-se investigar os efeitos induzidos pela irradiação gama na estrutura molecular e em algumas propriedades físicas do PHB nacional. A relevância da pesquisa está no fato de que nenhum trabalho científico, até o momento, foi apresentado sobre e. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Letícia Maria de Oliveira - Integrante / Renata Francisca da Silva Santos - Integrante / Carlas Renata Prissila Costa Ferreira - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 3

  • 2000 - 2002

    Aplicação da polianilina em dosimetria da radiação de alta energia. (CNPq/Processo: 461503/2000-0), Descrição: Caracterização espectroscópica e das propriedades elétricas da polianilina irradiada com raios gama, visando a utilização deste polímero condutor como material dosimétrico para radiação gama. Projeto CNPq. Processo: 461503/2000-0.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 2

  • 1994 - 1996

    Efeitos da radiação gama no policarbonato nacional radioestabilizado (FACEPE/Processo: 0812-3.09/1993), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2018

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2018

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)      Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)      Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)      Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)    Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g)  Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2018

    Rede Temática de Serviços Tecnológicos em Nanotecnologia ? SisNANO/MCTI/SETEC/SIBRATEC - PD&I em Materiais Nanoestruturados e Dispositivos para Saúde, Monitoramento Ambiental e Nanoeletrônica (COCEX-CT-Transversal-NanoMCTI(APQ) 2013. Proc: 402282/2013-2), Descrição: Este projeto foi lançado pelo MCTI no final de 2012 com a finalidade de fomentar laboratórios brasileiros que desenvolvem pesquisas em nanotecnologia, e que possam oferecer serviços à comunidade científica e empresarial. Os laboratórios de pesquisa da UFPE se organizaram e formaram a Rede de Laboratórios Associados em Nanotecnologia - LARnano/UFPE, com cinco núcleos que atendem as mais diversas áreas de pesquisa em nanotecnologia. O Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas (LPN/UFPE) compõe, junto ao laboratório de dispositivos em nanotecnologia (LDN), o Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (N2NE). Desta maneira, o LARnano/UFPE propõe uma estrutura robusta para análises integradas com foco nas nanotecnologias em saúde, meio ambiente, segurança, energia e suas implicações, tomando como base uma infraestrutura multiusuária preexistente consolidada em nanociência e nanotecnologia (N&N), associada a uma equipe de pesquisadores caracterizada pela complementariedade de competências, em particular para atender a demanda de empresas para P, D&I e ensaios de caracterização de sistemas nanoestruturados. Nesse sentido, apresentamos nossa intenção de participação na Rede SIBRATEC e de estruturação para atender as normas da ISO NBR 17025, de acordo com as diretrizes do Sistema Nacional de Laboratórios em Nanotecnologias ? SisNANO, parte do Plano Brasil Maior e sob responsabilidade da Coordenação-Geral de Micro e Nanotecnologias, da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (SETEC) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). O objetivo geral do LARnano/UFPE, como participante do SisNANO e das Redes Temáticas de Serviços Tecnológicos, é desenvolver P, D&I e Análises de produtos nanoestruturados associados à formação de recursos humanos altamente qualificados, para atender às demandas estratégicas de desenvolvimento tecnológico do país apoiando as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) quanto à prestação de serviços, visando à superação de exigências técnicas para o acesso aos diferentes mercados, e deve se preparar para atender os seguintes objetivos do programa nacional: a)Promover a cooperação institucional, tecnológica e de prestação de serviços de P, D&I, ensaios, análises e avaliação da conformidade de produtos nanotecnológicos; b)Adequar e modernizar a infraestrutura dos laboratórios associados para oferecer ensaios e análises, de forma a ampliar a base de laboratórios prestadores de serviços integrantes das redes brasileiras de calibração, de ensaios e de análises, formalmente constituídas em órgãos regulamentadores, c)Instalar um sistema de gestão da qualidade laboratorial, em conformidade com requisitos normativos de referência para os processos de reconhecimento de competência estabelecidos em padrões internacionais; d)Manter e ampliar a infraestrutura existente para atender a demanda por serviços tecnológicos por parte de empresas; e) O compartilhamento das competências e da infraestrutura laboratorial entre os integrantes da Rede será efetuado para garantir o atendimento das demandas das empresas interessadas nos serviços oferecidos; f) As normas técnicas da ISO NBR 17025 serão adotadas nos laboratórios integrantes da Rede LARnano UFPE com os recursos a serem aportados pelo SisNANO; g) Ofertar serviços tecnológicos pelos laboratórios associados integrantes da Rede LARnano UFPE.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Integrante / Elmo Silvano de Araujo - Integrante / Kátia Aparecida da Silva Aquino - Integrante / Patricia Lopes Barros de Araújo - Integrante / Nereide S. S. Magalhães - Coordenador / Beate S. Santos - Integrante / José Albino O. de Aguiar - Integrante / Edval J. P. Santos - Integrante / Petrus Santa Cruz - Integrante / Giovanna L. Pereira - Integrante / Rosa A. D. Fireman - Integrante / Valdeene A. J. da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2003 - 2005

    Estabilização radiolítica do poli(metacrilato de metila) nacional em escala industrial (CNPq/Processo: 474737/2003-9), Descrição: Desenvolvimento de uma série nova do poli(metacrilato de metila)(PMMA) nacional estável à irradiação gama, visando o processamento deste material para confecção de artefatos médico-hospitalares que são radioesterilizáveis. Transferência de tecnologia para a indústria fabricante do poli(metacrilato de metila) nacional. Projeto CNPq. Processo: 474737/2003-9. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Elmo Silvano de Araújo - Coordenador / Aquino, Kátia Aparecida da S. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

17 Prêmio ABRAFATI de Ciência em Tintas, Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Pernambuco, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear. , Avenida Professor Luiz Freire - lado par, Nº 1000 (ao lado do INMETRO), Cidade Universitária, 50740545 - Recife, PE - Brasil, Telefone: (81) 21267987, Fax: (81) 21268250

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

1995 - Atual

Universidade Federal de Pernambuco

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

1993 - 1995

Universidade Federal de Pernambuco

Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 03/2018

    Ensino, TECNOLOGIAS ENERGÉTICAS E NUCLEARES, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Materiais Avançados para Tecnologia de Energia (60H), Fundamentos de Nanotecnologia (60), Tópicos Especiais em Materiais Avançados I (30h), Tópicos Especiais em Materiais Avançados II (30h)

  • 05/2013

    Ensino, Engenharia de Energia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fundamentos de Física Nuclear, Planejamento e Gestão de Sistemas de Energia

  • 03/2010

    Ensino, Tecnologias Energéticas Nucleares, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Caracterização de Sistemas Poliméricos I, Caracterização de Sistemas Poliméricos II, Tópicos Especiais em Aplicação de Radioisótopos I, Tópicos Especiais em Aplicação de Radioisótopos II

  • 08/2008

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Cargo ou função, Membro do colegiado do curso de graduação de Engenharia de Energia.

  • 10/1999

    Direção e administração, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Cargo ou função, Coordenador do Laboratório de Polímeros e Nanoestruturas - LPN/UFPE.

  • 12/1996

    Direção e administração, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Cargo ou função, Membro de Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energétricas e Nucleares - PROTEN/UFPE-CRCN_CNEN-NE.

  • 03/1994

    Ensino, Tecnologias Energéticas Nucleares, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Introdução à Ciência e Tecnologia de Polímeros, Degradação e Estabilização de Polímeros, Física Nuclear, Química das Radiações em Sistemas Poliméricos

  • 08/1993

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Linhas de pesquisa

  • 04/2018 - 04/2020

    Direção e administração, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Cargo ou função, Coordenador do Curso de Engenharia de Energia.

  • 07/2016 - 07/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Tecnologia, .,Cargo ou função, Avaliador de processos de pedidos de promoção da classe C(Adjunto) para classe D(Associado), promoção da classe D para classe E(Titular), e progressão funcional na classe D.

  • 02/2016 - 03/2018

    Direção e administração, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Cargo ou função, Vice Coordenador do Curso de Engenharia de Energia.

  • 11/2010 - 11/2012

    Direção e administração, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Cargo ou função, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares.

  • 09/2009 - 10/2010

    Direção e administração, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Cargo ou função, Vice-coordenador do Curso de Engenharia de Energia.

  • 03/2001 - 12/2006

    Ensino, Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Física Geral I, Introdução à Física

  • 12/2000 - 04/2006

    Direção e administração, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Cargo ou função, Sub-Chefe de Departamento.

  • 03/2005 - 02/2006

    Direção e administração, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Cargo ou função, Chefe de Departamento (pró-tempore).

  • 08/1997 - 03/2004

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .,Cargo ou função, Presidente da Comissão de Raios-X (CORAX).

  • 04/2001 - 08/2002

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Associação Brasileira de Energia Nuclear - ABEN, .,Cargo ou função, Membro do Conselho Fiscal da Associação Brasileira de Energia Nuclear- ABEN.

  • 03/2000 - 04/2002

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, .,Cargo ou função, Membro da Comissão Interna do PIBIC.

  • 01/1997 - 12/1998

    Direção e administração, Centro de Tecnologia, Departamento de Energia Nuclear.,Cargo ou função, Vice-Coordenador de Programa de Pós-Graduação.

2014 - Atual

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 10

Propriedade Intelectual

Patentes (5)