Pedro Beja Aguiar

Assistente de pesquisa da Cátedra Padre António Vieira de Estudos Portugueses (Camões, I. P./ PUC-Rio). Doutorando em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Letras/PUC-Rio). Possui Graduação (Bacharelado e Licenciatura) em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (IH/UFRJ) e Mestrado em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Letras/PUC-Rio). É professor de História da Arte nos ensinos Fundamental II e Médio do colégio Externato Santo Antônio (ESA). É consultor em pesquisas históricas para roteiros de cinema e televisão. Foi bolsista de iniciação científica durante a Graduação em História (IH/UFRJ). Interessa-se pelos intelectuais e pensadores africanos, afro-americanos e afro-latinoamericanos do século XX, com ênfase no intelectual Frantz Fanon e no escritor José Luandino Vieira; Teoria e filosofia da História, com ênfase em historiografia; e História do Brasil, com ênfase no período das resistências negras no pós-abolição do Brasil e no período da Ditadura Militar do Brasil. Publicou em 2015 o livro "Esse ofício da ficção. Absurdo, labirinto e angústia na prosa de Jorge Luis Borges", pela editora Multifoco. Foi um dos administradores do site "Nossas Áfricas - Aproximando culturas", voltado para promoção do ensino de História da África e cultura afro-brasileira. Tem experiência com cursos preparatórios para colégio militar, escolas técnicas e pré-vestibular.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Literatura, cultura e contemporaneidade

2017 - Atual

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio
Título: Fissuras na moldura colonial portuguesa: Visualidades e visão de mundo na obra de José Luandino Vieira,
Alexandre Montaury Baptista Coutinho. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: José Luandino Vieira; Pensamento visual; Moldura colonial; Modernidade; Colonialidade.Grande área: Lingüística, Letras e ArtesGrande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes Plásticas / Especialidade: Desenho. Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.

Mestrado em Literatura, cultura e contemporaneidade

2015 - 2017

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio
Título: As Cartas da Guerra, de António Lobo Antunes: memória, história, laboratório de escrita,Ano de Obtenção: 2017
Alexandre Montaury Baptista Coutinho.Coorientador: Lara Nogueira da Silva Leal. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: António Lobo Antunes; Guerra colonial em Angola; Cartas da Guerra; Laboratório de escrita; Experiência.

Graduação em História

2011 - 2014

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: As ficções da experiência estética contemporânea na poética de Jorge Luis Borges
Orientador: Luiza Larangeira da Silva Mello

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Direito de Refúgio e Direitos dos Refugiados. (Carga horária: 10h). , Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.

2016 - 2016

A Estética: História, Função e Futuro. (Carga horária: 12h). , Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.

2012 - 2012

A Era dos Ditadores Contemporâneos. (Carga horária: 8h). , Casa do Saber Rio, CASA DO SABER, Brasil.

2011 - 2011

Literatura comparada. Cortázar y Antonioni. (Carga horária: 3h). , Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.

2008 - 2008

Jornalismo. (Carga horária: 200h). , Sociedade de Amigos da Biblioteca Pública do Estado do Rio de Janeiro, SABERJ, Brasil.

2005 - 2007

Preparatório para Colégio São Bento. (Carga horária: 600h). , Instituto Social Maria Telles, ISMART, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Outras Literaturas Vernáculas.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

AGUIAR, P. B. ; THUIN, A. C. ; CARMO, R. A. ; ESTEVES, M. ; NADAL, L. F. . Áfricas, singular plural. 2017. (Outro).

AGUIAR, P. B. ; GOES, B. C. O. . Visita à Oficina. 2017. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

8 Seminário Letras Expandidas.A mão pensante de José Luandino Vieira. 2019. (Seminário).

A urgência do silêncio: narrativas latino-americanas de luta e liberdade.José Luandino Vieira, interlocutor e sujeito de conhecimento. 2019. (Encontro).

XVI Congresso Internacional ABRALIC. José Luandino Vieira e a transfiguração da moldura colonial. 2019. (Congresso).

XXVII Congresso Internacional da Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa. Fissuras na moldura colonial portuguesa: a singularidade da dimensão pictórica em José Luandino Vieira. 2019. (Congresso).

7 Seminário Letras Expandidas.Quem vai contra um testemunho? A memória, o testemunho e a escrita do cárcere em alguns papéis e em um conto de José Luandino Vieira. 2018. (Seminário).

Biopolítica, Eugenia e Racismo.Religiosidade e Cultura. 2018. (Seminário).

Cológio Literaturas Africanas de Língua Portuguesa: TransiçõesS.?...ontem experiência, hoje laboratório de escrita, amanhã testemunho?. A escrita do cárcere de José Luandino Vieira nos Papéis da Prisão ? Apontamentos, Diário, Correspondência (1962-1971). 2018. (Outra).

6 Seminário Letras Expandidas.(Re)lendo a fotografia colonial sob as lentes contemporâneas de Délio Jasse. 2017. (Seminário).

III Mostra de Cinema Africano: Encontro com Luís Carlos Patraquim. 2017. (Encontro).

I Jornada de Guerra e Literatura. 2017. (Encontro).

Seminário Áfricas, singular plural.As vozes do jongo entram na roda. 2017. (Seminário).

Seminário Internacional Mapeando as Dinâmicas das Humanidades no Brasil. 2017. (Seminário).

Visita à oficina.Da leitura ao exercício da escrita: o diário de Emílio Renzi/Ricardo Piglia. 2017. (Encontro).

XV Congresso Internacional da Associação Brasileira de Literatura Comparada - ABRALIC. A Guerra Colonial portuguesa em Angola nas Cartas da Guerra de António Lobo Antunes. 2017. (Congresso).

XXIX Simpósio Nacional de História - Contra os Preconceitos: História e Democracia.De restos do passado a rastros do presente: uma perspectiva da historiografia portuguesa sobre a guerra colonial em Angola. 2017. (Simpósio).

XXVI Congresso Internacional da Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa - ABRAPLIP. O "último leitor" e a personificação narrativa de António Lobo Antunes nas Cartas da Guerra. 2017. (Congresso).

V Seminário da Pós-graduação em Literatura, cultura e contemporaneidade.Os silêncios da experiência com o Real: um exame em José Saramago e António Lobo Antunes. 2016. (Seminário).

XV Encontro da Associação Brasileira de Literatura Comparada - ABRALIC.Metamorfoses do presente. A ficção brasileira contemporânea em perspectiva comparada com a ficção portuguesa. 2016. (Encontro).

Franz Fanon Hoje. 2015. (Seminário).

IV Seminário da Pós-graduação em Literatura, cultura e contemporaneidade.Muitas Nações, uma só pátria. A literatura de José Eduardo Agualusa. 2015. (Seminário).

Anpuh-Ideias: Ensino de História da África e das relações sociais nas Américas. 2014. (Encontro).

XVI Encontro Regional de História da Anpuh-Rio: Saberes e práticas científicas.O labirinto da subjetividade moderna: O indivíduo na sociedade de massa em Kafka, Joyce e Borges. 2014. (Encontro).

XXXVI Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural.A iconografia renascentista nos tempos de Lutero. 2014. (Outra).

IV Ciclo de Estudos e Pesquisas em História Militar - Guerra e Paz no Oriente Médio. 2013. (Outra).

IV Ciclo de Estudos e Pesquisas em História Militar - O Mundo Árabe e o Estado de Israel. 2013. (Outra).

IV Ciclo de Estudos e Pesquisas em História Militar - O Oriente Médio e as questões árabes em perspectivas históricas. 2013. (Outra).

IX Encontro de Pesquisas de Graduação em História.A relação da UDN com as Forças Armadas. 2013. (Encontro).

Mídia, História e Cidadania no Brasil (1961-1985) - XXVI Simpósio Nacional de História. 2013. (Oficina).

Semana de História da PUC-RJ.A aliança da UDN com as Forças Armadas na década de 1950. 2013. (Outra).

XXVII Simpósio Nacional de História - Associação Nacional de História (ANPUH).. 2013. (Simpósio).

XXXV Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural.A relação entre a UDN e as Forças Armadas em 1954/1964. 2013. (Simpósio).

A Era dos Ditadores - Mussolini, Hitler, Franco, Salazar, Vargas e Perón. 2012. (Outra).

II Ciclo de estudos e pesquisas em história militar. 2012. (Outra).

O Golpe. Militares e civis na trama de 1964. 2012. (Outra).

Seminário Internacional História Contemporânea: Memória, Trauma e Reparação.. 2012. (Seminário).

XXXIV Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural.Representação política de Napoleão Bonaparte na obra literária "Napoleão" de Stendhal. 2012. (Seminário).

I Ciclo de Estudos e Pesquisas em História Militar. 2011. (Simpósio).

II Simpósio Internacional de Integração Sul-Americana. 2011. (Simpósio).

Jânio e Jango: a renúncia, o golpe, os mitos. 2011. (Outra).

Literatura Comparada. Cortázar y Antonioni. 2011. (Oficina).

Revolução e Transição: Portugal, Espanha, Grécia e Brasil. 2011. (Outra).

Seminário Internacional Comissão da Verdade e Justiça de Transição: Perspectivas Brasileiras. 2011. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Gustavo Naves Franco

MELLO. L. L. S.; GUSMÃO, H. B.;FRANCO, G. N.. As Ficções da Experiência Estética Contemporânea na Poética de Jorge Luis Borges. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Henrique Buarque de Gusmão

SILVA MELLO, L. L.;GUSMAO, H. B.. AS FICÇÕES DA EXPERIÊNCIA ESTÉTICA CONTEMPORÂNEA NA POÉTICA DE JORGE LUIS BORGES. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Luiza Larangeira da Silva Mello

SILVA MELLO, L. L.; GUSMAO, H. B.; FRANCO, G. N.. As Ficções da Experiência Estética Contemporânea na Poética de Jorge Luis Borges. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Fernando Rabossi

COUTINHO, A. M. B.; LEAL, L. N. S.; MARGATO, I.;RABOSSI, F.. As Cartas da Guerra, de António Lobo Antunes: Memória, História, Laboratório de escrita. 2017. Dissertação (Mestrado em Literatura, cultura e contemporaneidade) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Nazir Ahmed Can

COUTINHO, Alexandre Montaury B.; CUNHA, E.;CAN, Nazir A.. Fissuras na moldura colonial portuguesa: visualidades e visão de mundo na obra de José Luandino Vieira. 2020. Exame de qualificação (Doutorando em Literatura, cultura e contemporaneidade) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Lara Nogueira da Silva Leal

As cartas de Guerra de António Lobo Antunes: memória, história, laboratório de escrita; 2017; Dissertação (Mestrado em Literatura, cultura e contemporaneidade) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Lara Nogueira da Silva Leal;

Wagner Pinheiro Pereira

História em Quadrinhos de Super-Heróis e Política Estadunidense: A Mulher Maravilha e a Segunda Guerra Mundial (1939-1945); 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Abi - História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Wagner Pinheiro Pereira;

Wagner Pinheiro Pereira

Representação Política de Napoleão Bonaparte na obra Literária ?Napoleão? de Stendhal; 2012; Orientação de outra natureza; (História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Wagner Pinheiro Pereira;

Luiza Larangeira da Silva Mello

As Ficções da Experiência Estética Contemporânea na Poética de Jorge Luis Borges; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Luiza Larangeira da Silva Mello;

Luiza Larangeira da Silva Mello

Nativos e Outsiders: o cosmopolitismo na virada do século XIX para o XX; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em História) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Luiza Larangeira da Silva Mello;

Alexandre Montaury Baptista Coutinho

Relendo a fotografia colonial sob as lentes de Délio Jasse; Início: 2017; Tese (Doutorado em Literatura, Cultura e Contemporaneidade) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Alexandre Montaury Baptista Coutinho

As cartas da guerra de António Lobo Antunes: memória, história, laboratório de escrita; 2017; Dissertação (Mestrado em Literatura, cultura e contemporaneidade) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro,; Orientador: Alexandre Montaury Baptista Coutinho;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BEJA AGUIAR, PEDRO . DE RESTOS DO PASSADO A RASTROS DO PRESENTE: UMA PERSPECTIVA DA HISTORIOGRAFIA PORTUGUESA SOBRE A GUERRA COLONIAL EM ANGOLA. REVISTA ESCRITA (PUCRJ. ONLINE) , v. 2019, p. 1-18, 2019.

  • BEJA AGUIAR, PEDRO . Quem tem medo do lobo mau? Reflexões sobre o lugar da arte como política a partir da exposição 'R de Resistencia o la vergüenza de ser hombre' (2018). PRUMO , v. 6, p. 180-190, 2019.

  • AGUIAR, P. B. ; AOKI, A. M. M. . (Re)lendo a História pelos olhos de uma criança: José Cardoso Pires e o conto 'Celeste e Làlinha - por cima de toda a folha'. PODER & CULTURA , v. 4, p. 606-621, 2017.

  • AGUIAR, P. B. . A ficção e o real no jogo do fantástico: a literatura de Jorge Luis Borges. ARS HISTORICA , v. 12, p. 140-154, 2016.

  • AGUIAR, P. B. . A lógica do testemunho e o jogo narrativo em António Lobo Antunes. Revista Poder & Cultura , v. 2, p. 114-129, 2015.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

AGUIAR, P. B. ; CARMO, R. A. . Por que somos racistas?. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

AGUIAR, P. B. ; LUCCHESI, A. C. . Nossas Áfricas - Aproximando culturas. 2014; Tema: Site voltado para promoção do ensino de História da África e cultura afro-brasileira. Link: nossasafricas.wix.com/aproximandoculturas. (Site).

AGUIAR, P. B. ; THUIN, A. C. ; CARMO, R. A. . Revista Escrita. 2019. (Editoração/Periódico).

BEJA AGUIAR, PEDRO ; THUIN, A. C. . Áfricas: visões contemporâneas. 2019. (Editorial da Revista Escrita n 25).

AGUIAR, P. B. . O Neoliberalismo e a formação dos professores. 2013 (Publicação online) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Literatura, política e cultura: as relações entre Portugal, Brasil e África, Descrição: O Projeto dedica-se à investigação das relações entre Portugal, Brasil e África, destacando o papel da tradição, ou a ruptura com ela, na construção de marcas culturais identitárias. Adotando uma visada crítica comparatista, busca-se formular um quadro teórico que possibilite gerar novas leituras da produção cultural portuguesa, africana de língua oficial portuguesa e brasileira, estabelecendo o diálogo entre presente/passado, história colonial/vivência pós-colonial, nacionalidade/transnacionalidade. A pesquisa empírica recai sobre a produção literária, ensaística e iconográfica portuguesa, brasileira e africana dos últimos cinqüenta anos, buscando focalizar mais de perto as configurações e reconfigurações de marcas culturais.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Pedro Beja Aguiar - Integrante / Vera Tatiana dos Reis Monteiro Gomes - Integrante / Alexandre Montaury Baptista Coutinho - Coordenador.

  • 2014 - Atual

    Nativos e Outsiders: subjetividade, sociabilidade e cosmopolitismo na virada do século XIX para o XX, Descrição: Este projeto se propõe a investigar, da perspectiva da história intelectual e literária, diferentes manifestações da figura do intelectual e do artista cosmopolita, na virada do século XIX para o XX. Isso implica compreender certos modos de modelagem subjetiva e suas respectivas construções narrativas associados aos significados dos termos cosmopolitismo e cosmopolita na Belle Époque. Adotando uma perspectiva comparativa, histórica e sociológica, pretende-se analisar obras de caráter ficcional, ensaístico e autobiográfico de Henry James, Joseph Conrad, E. M. Forster, Joaquim Nabuco e Machado de Assis. Essa seleção parte do suposto de que, ainda que por razões distintas, esses autores podem receber o epíteto cosmopolita , não apenas por compartilharem experiências típicas de grandes cidades modernas, como também por apresentarem modos de modelagem subjetiva cujo resultado é uma identidade pública ambígua. Em um período marcado pelo acirramento dos nacionalismos e por uma consciência histórica que percebia a modernidade como crise da tradição , a identidade cosmopolita indicava tanto a adesão a valores universais, vinculados a tradições literárias e filosóficas clássicas e cristãs, quanto a tentativa de afirmar a singularidade da personalidade individual ante às tendências homogeneizadoras e destrutivas da modernidade... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Pedro Beja Aguiar - Integrante / Luiza Larangeira da Silva Mello - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2017

2 Lugar no processo seletivo para o Doutorado, Programa de Pós-Graduação Literatura, Cultura e Contemporaneidade.

2015

3 Lugar no processo seletivo para o Mestrado, Programa de Pós-Graduação Literatura, Cultura e Contemporaneidade.

2014

Trabalho indicado para publicação, XXXVI Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural, UFRJ.

2014

Carta de Recomendação Docente, Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CAp-UFRJ).

2009

People to People Leadership Programs, People to People Ambassador Programs: Mary Jean Eisenhower.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - Atual

    Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2014 - 2015

    Colégio e Curso Sonnart

    Vínculo: Professor Contratado, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Professor de História para cursos preparatórios, como: Pré-Vestibular, Colégio Naval e Escolas Técnicas.

    Atividades

    • 06/2014 - 12/2014

      Direção e administração, Colégio e Curso SONNART, .,Cargo ou função, Coordenador do Pré-Vestibular.

  • 2017 - 2017

    Pré-vestibular Comunitário da Rocinha

    Vínculo: Professor Voluntário, Enquadramento Funcional: Professor de Ética e Estética, Carga horária: 3

  • 2014 - 2015

    Pré-vestibular Comunitário da Rocinha

    Vínculo: Professor Voluntário, Enquadramento Funcional: Professor de Filosofia e História da Arte, Carga horária: 2

  • 2014 - 2015

    Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação científica, Carga horária: 20

  • 2014 - 2014

    Colégio de Aplicação UFRJ

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 7

    Outras informações:
    Estágio realizado junto a turmas do 1o. ano do Ensino Médio e do 8o. ano do Ensino Fundamental. As atividades de estágio se referem à necessidade do cumprimento de 180 horas para fins de conclusão do curso de Licenciatura, através do acompanhamento das aulas, produção e elaboração de atividades, realização de questões para prova, correção de provas (quando necessário) bem como discussão de temas ligado à Educação.

  • 2012 - 2014

    Museu da Imagem e do Som

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Catalogação de acervos em geral, Carga horária: 20

  • 2013 - 2013

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Monitor Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria na área de História do Brasil III, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Monitor bolsista da disciplina História do Brasil III. Em 2013/1, com o Professor Dr° Marcos Luiz Brêtas. Em 2013/2, com a Professora Drª Andréa Casa Nova Maia.

  • 2012 - 2012

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Monitor voluntário, Enquadramento Funcional: Monitoria na área de Mundo Contemporâneo, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Monitoria da disciplina História do Mundo Contemporâneo ministrada pela professora Dra. Maria Paula Nascimento Araujo.

  • 2011 - 2011

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Monitor voluntário, Enquadramento Funcional: Monitoria na área de Mundo Contemporâneo, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Monitoria da disciplina História do Mundo Contemporâneo ministrada pela professora Drª Maria Paula Nascimento Araujo.

  • 2006 - 2006

    Escola Municipal Estácio de Sá

    Vínculo: Aluno do Ensino Fundamental, Enquadramento Funcional: Monitor da disciplina História, Carga horária: 1

    Outras informações:
    Orientado pelo professor César de Miranda e Lemos.

  • 2018 - Atual

    Colégio Externato Santo Antonio

    Vínculo: Professor contratado, Enquadramento Funcional: Professor de História da Arte, Carga horária: 7