Leticia Piccinini Dadalt

Possui graduação em Ciências Biológicas (2007) e mestrado em Ecologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2010). Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia Vegetal, atuando principalmente nos seguintes temas: ecologia de comunidades e biogeografia.

Informações coletadas do Lattes em 06/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Ecologia

2017 - Atual

Fondazione Edmund Mach
Título: A multi-scale study of continental vascular plant richness in North America,
Orientador: em Università degli Studi di Trento ( Dr. Duccio Rocchini)
com Valerio De Patta Pillar. Coorientador: Michael W. Palmer. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Doutorado em andamento em Ecologia

2015 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: A multi-scale study of continental vascular plant richness in North America,
Orientador: Valério DePatta Pillar
Coorientador: Michael W. Palmer. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências BiológicasSetores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.

Mestrado em Ecologia

2008 - 2010

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: Padrões de diversidade de vegetação lenhosa na região do Alto CAmaquã, Rio Grande do Sul, Brasil,Ano de Obtenção: 2010
Sandra Cristina Müller.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Ciências Biológicas

2000 - 2007

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: Composição e riqueza de espécies em manchas de vegetação lenhosa na Serra do Sudeste, Rio Grande do Sul, Brasil.
Orientador: Sandra Cristina Muller

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

Temporal and spatial analysis of ecological data in an open source environm. (Carga horária: 30h). , Fondazione Edmund Mach, FEM, Itália.

2012 - 2012

Student Engagement Program on Cyber Infrastructure. (Carga horária: 20h). , The National Science Foundation, NSF, Estados Unidos.

2009 - 2009

Sensoriamento Remoto e SIG (ARCGIS). (Carga horária: 40h). , Instituto de Pesquisas Ecológicas, IPÊ, Brasil.

2008 - 2008

Pensamento evolutivo até Darwin e Wallace. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.

2001 - 2001

Hidroacústica: A visão dos oceanos através do som. , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Alemão

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

OVERBECK, G. E. ; PILLAR, V. D. ; WEISSER, W. ; Dadalt, L. . TUMBRA - A network for using ecological analysis to deepen our understanding of the relationship between biodiversity and sustainable land use. 2015. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

International Conference for High Performance Computing, Networking, Storage and Analysis. 2012. (Congresso).

54th IAVS Symposium.Is the latitudinal diversity gradient of vascular plants better explained by climate in North America?. 2011. (Simpósio).

Fronteiras da Biodiversidade. 2010. (Seminário).

Simpósio O Futuro dos Campo: Conservação e Uso Sustentável. 2009. (Simpósio).

VIII Congresso de Ecologia do Brasil.. Composição e riqueza de espécies de vegetação lenhosa na Serra do Sudeste, RS, Brasil.. 2007. (Congresso).

XIX Salão de Iniciação Científica.. Composição e riqueza de espécies de vegetação lenhosa na Serra do Sudeste, RS, Brasil.. 2007. (Outra).

Simpósio Floresta de Araucária: ecologia, conservação e desenvolvimento sustentável.. 2006. (Simpósio).

?Porto Alegre cheia de vida. A participação faz a cidade sustentável?.. 2004. (Seminário).

20ª Semana do Meio Ambiente.. 2004. (Outra).

15th. World Festival of Youth and Students. 2001. (Outra).

Semana Nacional de Oceanografia. 2001. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

José Pedro Pereira Trindade

BECKER, F. G.; Prado, P. I. de K. L. de;TRINDADE, J. P. P.. Padrões de diversidade da vegetação lenhosa da região do Alto Camaquã, Rio Grande do Sul, Brasil. 2010. Dissertação (Mestrado em programa de pós-graduação ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

FERNANDO GERTUM BECKER

Becker, F. G.. Padrões de diversidade da vegetação lenhosa da região do alto Camaquã, Rio Grande do Sul, Brasil. 2010. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

VALÉRIO DE PATTA PILLAR

A multi-scale study of continental vascular plant richness in North America; Início: 2015; Tese (Doutorado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul; (Orientador);

Sandra Cristina Müller

Composição e riqueza de espécies em manchas de vegetação lenhosa na Serra do Sudeste, RS, Brasil; 2007; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Empresa Brasileira Pesquisa Agropecuária; Orientador: Sandra Cristina Müller;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • OVERBECK, GERHARD E. ; VÉLEZ-MARTIN, EDUARDO ; SCARANO, FABIO R. ; LEWINSOHN, THOMAS M. ; FONSECA, CARLOS R. ; MEYER, SEBASTIAN T. ; MÜLLER, SANDRA C. ; CEOTTO, PAULA ; DADALT, LETÍCIA ; DURIGAN, GISELDA ; GANADE, GISLENE ; GOSSNER, MARTIN M. ; GUADAGNIN, DEMETRIO L. ; LORENZEN, KATRIN ; JACOBI, CLAUDIA M. ; WEISSER, WOLFGANG W. ; PILLAR, VALÉRIO D. . Conservation in Brazil needs to include non-forest ecosystems. Diversity and Distributions (Print) , v. 21, p. 1455-1460, 2015.

  • ROCCHINI, D. ; DADALT, L. ; DELUCCHI, L. ; NETELER, M. ; PALMER, M.W. . Disentangling the role of remotely sensed spectral heterogeneity as a proxy for North American plant species richness. Community Ecology (Print) , v. 15, p. 37-43, 2014.

  • PILLAR, V. D. ; ANDRADE, B. O. ; Dadalt, L. . Serviços Ecossistêmicos. In: Valério De Patta Pillar; Omara Lange. (Org.). Os Campos do Sul. 1ed.Porto Alegre: Rede Campos Sulinos - UFRGS, 2015, v. 1, p. 115-119.

  • Zanin, N. Z. ; Illanes, C. M. R. ; Dadalt, L. ; Souza, C. D. . Jardim produtivo em condomínio urbano. In: III Encontro Latino-Americano sobre Edificações e Comunidades Sustentáveis, 2009, Recife. Jardim produtivo em condomínio urbano, 2009.

  • Dadalt, L. ; PALMER, M. W. . Is the latitudinal diversity gradient of vascular plants better explained by climate in North America?. In: 54th IAVS Symposium, 2011, Lyon. 54th IAVS Symposium, 2011.

  • Dadalt, L. ; Schneck, F. ; Vélez, E. ; Vicente-Silva, J. ; Hassdenteufel, C. B. ; Rauber, R. . Diversidade Beta de plantas lenhosas em ecótono florestal do Bioma Mata Atlântica: fatores causais e a importância da escala espacial. In: III Congresso Latino-americano de Ecologia, 2009, São Lourenço. Diversidade Beta de plantas lenhosas em ecótono florestal do Bioma Mata Atlântica: fatores causais e a importância da escala espacial, 2009.

  • Dadalt, L. ; TRINDADE, J. P. ; PILLAR, V. D. ; MULLER, S. C. . Composição e riqueza de espécies em manchas de vegetação lenhosa na Serra do Sudeste, RS, Brasil. In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, Caxambu. VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 2007, 2007.

  • DADALT, LETÍCIA ; MULLER, S. C. . Determinants of woody plant diversity in an ecological transition zone in southernmost Brazil. In: 60th International Symposium of the International Association for Vegetation Science, 2017, Palermo. 60th International Symposium of the International Association for Vegetation Science, 2017.

  • DADALT, LETÍCIA ; PILLAR, VALÉRIO D. ; PALMER, M. W. . Assessing the influence of anthropization on exotic plant species richness in North America. In: 59th International Symposium of the International Association for Vegetation Science, 2016, Pirenópolis. 59th International Symposium of the International Association for Vegetation Science, 2016.

  • Dadalt, L. ; Vélez, E. ; Fidelis, A. . Mid-size geographical patterns in grasslands beta diversity of Brazilian Pampa. In: 53rd International Symposium of the International Association for Vegetation Science, 2010, Ensenada. Mid-size geographical patterns in grasslands beta diversity of Brazilian Pampa, 2010.

  • Dadalt, L. ; DUCKLES, J. ; STACEY, M. B. ; PALMER, M. W. . FloraS Explorer: Putting floristic work on the map. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • Dadalt, L. . The Atlantic Forest Biome in Southern Brazil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • MÜLLER, SANDRA C. ; Dadalt, L. . Ecologia. Porto Alegre: Artmed, 2018. (Tradução/Livro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2010 - Atual

    The FloraS of North America Project, Descrição: Botanists and Ecologists in North America have a rich tradition of writing Floras, or lists of vascular plants. The potential of using these floras as baselines for understanding patterns of, and threats to, modern biodiversity cannot be overstated. Nevertheless, floristic work is often published in obscure sources and is very difficult for biodiversity stakeholders to obtain. Although information technology and data transfer amongst scientists are both growing by leaps and bounds, floras are largely confined to dusty shelves.Imagine how biodiversity research could be facilitated if there was a georeferenced, easily accessible database that allows scientists to access raw floristic data from thousands of locations at many orders of magnitude of spatial scale and over time spans of decades. Although this might not be considered a high-tech 'sensor', it would allow us to ask basic macroecological questions as well as vital applied concerns. If integrated with current biotic inventories, it could be a part of a continent-wide 'biodiversity observatory'.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leticia Piccinini Dadalt - Integrante / Michael W. Palmer - Coordenador / Peter Earls - Integrante / Mark Withers - Integrante / Paul Neal - Integrante / Hong Qian - Integrante / Channing Richardson - Integrante / Peter White - Integrante / Gary Wade - Integrante.

  • 2008 - 2011

    Pesquisas Ecológicas de Longa Duração no Sistema de Parcelas Permanentes do corredor Mata Atlântica Sul no nordeste do Rio Grande do Sul (PLDSisPP-RS), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leticia Piccinini Dadalt - Coordenador / Sandra Cristina Muller - Integrante / Rodrigo Scarton Bergamin - Integrante / Ricardo Silva Pereira Mello - Integrante / Luís Rios de Moura Baptista - Integrante / Kátia Janaina Zanini - Integrante / Rumi Kubo - Integrante / Gabriela Coelho de Souza - Integrante / Grasiela Casas - Integrante.

  • 2008 - Atual

    Padrões de diversidade alfa e beta para espécies lenhosas da região do Alto Camaquã: subsídios à conservação de ecossistemas marginais, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leticia Piccinini Dadalt - Coordenador / José Pedro Trindade - Integrante / Sandra Cristina Muller - Integrante / Valério DePatta Pillar - Integrante / Marcos Flávio Silva Borba - Integrante., Financiador(es): Embrapa Pecuária Sul - Cooperação.

  • 2006 - 2011

    Ecologização da pecuária familiar como estratégia de desenvolvimento territorial da bacia do Alto Camaquã, Descrição: Descrição: O presente projeto, que integra ações de pesquisa participativa numa concepção de desenvolvimento regional com abordagem territorial, propõe a ecologização da pecuária familiar como estratégia de desenvolvimento sustentável do território do Alto Camaquã (Anexo 3) que engloba os municípios de Lavras do Sul, Caçapava do Sul, Bagé, Pinheiro Machado, Piratini e Santana da Boa Vista, abrangendo uma área total de 8.352.37 km2 (FEPAM, 2006), compreendendo uma população de 24.688 hab (FEPAM, 2006) (RS). Busca, portanto, re-descobrir e re-valorizar o local como portador de elementos ambientais e experiências com potencial para suportar uma estratégia própria de desenvolvimento. Um processo que passa pela re-construção da consciência sobre o poder do local para chegar ao controle sobre as estratégias de desenvolvimento. Trata-se de uma proposta de desenvolvimento endógeno que para sua concecução, no entanto, requer conhecimentos acerca das transformações ecológicas, técnicas, sociais e econômicas geradas por relações socio-ecológicas históricas do território em questão, a construção de práticas apropriadas ao ambiente e em sintonia com o paradigma do desenvolvimento sustentável e um novo espaço institucional para exercitar os conflitos de interesses e avançar na contrução da noção do território do Alto Camaquã. A base metodológica é dada pela teoria dos sistemas agrários e pela pesquisa participativa, a partir da qual o projeto busca caracterizar a diversidade de formas assumida pela interação entre as dimensões humana e ambiental dentro do território, identificando as estratégias de manejo dos recursos naturais, para redesenhar os sistemas de produção, avaliar a sustentabilidade dos sistemas pecuários familiares e gerar um sistema de informação geográfica. O projeto espera como resultado tornar evidente que as características próprias do território são de grande valor para uma estratégia de desenvolvimento sustentável e contribuir na construção de um formato tecno. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leticia Piccinini Dadalt - Integrante / José Pedro Trindade - Integrante / Sandra Cristina Muller - Integrante / Marcos Flávio Silva Borba - Coordenador / Fernando Luiz Ferreira de Quadros - Integrante / Márcio Ribeiro - Integrante / Carlos Nabinger - Integrante / Alberi Noronha - Integrante / Clenio Pillon - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia. , AC Campus da UFRGS, Agronomia, 91501970 - Porto Alegre, RS - Brasil - Caixa-postal: 15007, Telefone: (51) 33086776, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2006 - 2006

    Abg Engenharia Ambiental

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estágio Curricular Obrigatório, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Estágio curricular obrigatório para bacharel em Ciências Biológicas com ênfase Ambiental

  • 2015 - Atual

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutoranda, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2015 - 2015

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor acadêmico, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Disciplina Estatística Aplicada à Ecologia

  • 2010 - 2010

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor acadêmico, Carga horária: 2

    Outras informações:
    Disciplina Ecologia de Campo

  • 2010 - 2010

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor acadêmico, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Disciplina de Introdução a Modelos Lineares em Ecologia

  • 2008 - 2010

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Mestrado acadêmico, Enquadramento Funcional: bolsista mestrado acadêmico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2006 - 2008

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: bolsista iniciação científica, Carga horária: 20

  • 2003 - 2004

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

  • 2003 - 2003

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Estágio voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 15

    Outras informações:
    Estágio voluntário no Laboratório de Limnologia da UFRGS sob orientação do Dr. Albano Schwarzbold.

  • 2001 - 2001

    Universidade Federal do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Estágio voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Estágio voluntário no Laboratório de Ecotoxicologia no Departamento de Ecologia da UFRGS

    Atividades

    • 10/2006 - 02/2008

      Estágios , Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.,Estágio realizado, Estágio no Laboratório de Ecologia Quantitativa.

    • 05/2003 - 03/2004

      Estágios , Instituto de Biociências, Departamento de Ecologia.,Estágio realizado, Estágio no Laboratório de Limnologia.

  • 2010 - 2012

    Oklahoma State University

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Research Assistant, Carga horária: 20

    Atividades

    • 09/2010 - 12/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Botany Department, .,Linhas de pesquisa

  • 2006 - 2011

    Embrapa Pecuária Sul

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2002 - 2002

    Grupo de Estudos de Mamíferos Aquáticos do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estágio, Carga horária: 20