Leandro Willian Pires Travassos

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia na Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Possui graduação em Comunicação Social - UFRN. Cursando Rádio e TV - UFRN.

Informações coletadas do Lattes em 17/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Estudos da Mídia

2015 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Orientador:Sebastião Guilherme Albano da Costa.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em andamento em Comunicação Social - Radialismo

2013 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Graduação em Comunicação Social - Jornalismo

2009 - 2013

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Título: Radiojornalismo: Uma análise do Jornal do Meio Dia
Orientador: Bruno Sérgio Franklin Farias Gomes
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Formação em Educação a Distância EaD. (Carga horária: 120h). , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, IFRN, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Jornalismo e Editoração/Especialidade: Jornalismo Especializado (Comunitário, Rural, Empresarial, Científico).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

MINICURSO DE CAPACITAÇÃO DE BOLSISTAS DE JORNALISMO DA AGECOM. 2015. (Outra).

Ministrou aula sobre o tema de pesquisa que desenvolve na UFRN.Segurança virtual na era de Wikileaks. 2015. (Outra).

II Encontro Nordeste de História da Mídia.Eventos de Alteridade na História Recente: A Cultura Hispano-Americana na Imprensa Brasileira. 2012. (Encontro).

XXIII CIC Crongresso de Iniciação Científica da UFRN - CIC 2012. A recepção da cultura hispano-americana na grande imprensa brasileira. 2012. (Congresso).

América latina em Foco. 2011. (Outra).

Conferência: Os desafios da implementação do PNDH-3 para a consolidação dos Direito Humanos no Brasil. 2011. (Outra).

I Encontro Nordestino de (in)formação em Mídias Alternativas. 2011. (Oficina).

Inclusão Digital: ações de políticas públicas nos Estados Unidos da América. 2011. (Outra).

Seminário regional médico-mídia: II seminário. 2011. (Seminário).

I Encontro de História da Mídia do Nordeste. 2010. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ruy Alkmim Rocha Filho

GOMES, B. S. F. F.; BARRETO, E. F. P.;ROCHA FILHO, Ruy Alkmim. RADIOJORNALISMO: UMA ANÁLISE DO JORNAL DO MEIO DIA.. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

José Zilmar Alves da Costa

COSTA, José Zilmar Alves.; VELOSO, M. S. F.; Albano, Sebastião. Relações de alteridade: a cultura latino-americana nos cadernos Ilustrissima e Prosa e Verso. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Comunicação Social) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Maria do Socorro Furtado Veloso

VELOSO, Maria do Socorro F.; COSTA, S.G.A. da; COSTA, J. Z. A.. Relações de alteridade: a cultura latino-americana no cadernos Ilustríssima (Folha de S. Paulo) e Prosa & Verso (O Globo). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Estudos da Mídia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • TRAVASSOS, L. W. P. ; COSTA, S. G. A. . A cultura latino-americana no Caderno 2 do Jornal Estado de São Paulo. In: XXXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2016, São Paulo. DT7-MC: DT 7 ? GP Mídia, Cultura e Tecnologias Digitais na América Latina, 2016.

  • COSTA, S. G. A. ; TRAVASSOS, L. W. P. . A CULTURA HISPANO-AMERICANA NA IMPRENSA BRASILEIRA. In: XXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Esporte na Idade Mídia - diversão, educação e informação, 2012, Fortaleza. ANAIS XXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2012.

  • COSTA, S. G. A. ; TRAVASSOS, L. W. P. . Dogmas de la inteligibilidad latinoamericana en el siglo XX. In: II Simpósio Internacional Pensar e Repensar a América Latina, 2016, São Paulo. SEMINÁRIO DE PESQUISA 7 - PRÁTICAS CULTURAIS NA AMÉRICA LATINA, 2016.

  • COSTA, S. G. A. ; TRAVASSOS, L. W. P. . Eventos de alteridade na história recente: A cultura hispano-americana na imprensa brasileira. In: II Encontro Nordeste de História da Mídia, 2012, Teresina. Programação e resumos: II Encontro Nordeste de História da Mídia. Teresina: EDUFPI, 2012.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2011 - 2012

    Vizinhos que falam baixo: a recepção da cultura hispano-americana na grande imprensa brasileira, Descrição: o presente estudo está embasado numa pesquisa que culminou em resultados que reclamaram uma interpretação que a estatística apenas insinuou. Com o fito de aquilatar a informação sobre a cultura hispano-americana na chamada grande imprensa brasileira, percebeu-se, mediante investigação, que a quase inexistência de matérias publicadas sobre as expressões culturais dos países vizinhos desenhava por si mesma o ponto de vista dos diários e revistas observados. Ademais, parecia refletir uma agenda noticiosa que concernia a outras praças jornalísticas, notadamente os Estados Unidos. Com a consciência de ser essa uma tendência da imprensa no mundo todo, aqui se intenta mostrar, com o auxílio dos Estudos Culturais e da Teoria da Recepção, uma das dimensões locais em que essa dependência global se manifesta. Justificativa: Prefigurado o parâmetro, é pertinente começar esta descrição com uma sentença que data de 1828, ainda anterior à da épigrafe de Darío, proferida pelo intelectual peruano Simón Rodríguez: "Vea la Europa como INVENTA y la América como IMITA";. Esta palestra leva o título de Vizinhos que falam baixo e meu propósito é descortinar os motivos para um título que parece conter uma mensagem cifrada. Incluindo os benefícios esperados no processo ensino-aprendizagem e o retorno para os cursos e para os professores da instituição em geral) Antes de apresentar os números e seus argumentos implícitos, faço um interregno de contextualização. É do conhecimento comum que o próprio Estado brasileiro parece manter uma relação histórica conflituosa com a posição geográfica do país. Bastaria com lembrar da nossa independência, em muito diversa às revoluções sanguinárias ocorridas nos vizinhos, quase todos, a exceção de Cuba, repúblicas autônomas antes de nossa ambígua separação política da metrópole portuguesa. Ademais, entre 1822 e 1889 nos mantivemos em consonância com o sistema monarquista de molde português, um dado que foi e ainda é motivo de certa jactância entre nós ao nos considerarmos diferentes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Leandro Willian Pires Travassos - Coordenador / Sebastião Guilherme Albano da Costa - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional