Luciane Loures dos Santos

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1998), Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo(FMRP-USP), fez Mestrado em Saúde na Comunidade (2003) e Doutorado em Ciências Médicas pela FMRP-USP (2010). Atualmente é docente do Departamento de Medicina Social da FMRP-USP. Tem experiência na área de Medicina de Família e Comunidade, atuando principalmente com os seguintes temas: Medicina de Família e Comunidade, Atenção Primária à Saúde, Populações em Situação de Vulnerabilidade, especialmente População Privada de Liberdade.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Departamento de Cirurgia e Anatomia

2007 - 2010

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Título: Análise da percepção e registro das medidas de prevenção de doenças por profissionais da atenção primária.
Orientador: em Universidade Autônoma de Madri ( Ángel Antonio Otero Puime)
com Ajith Kumar Sankarankutty. Bolsista do(a): PROGRAMA SANTANDER DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL - USP, SANTANDER, Brasil. Palavras-chave: Prevenção de doenças; Exame Periódico de Saúde; Estratégia Saúde da Família; Atenção Básica.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva. Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana.

Mestrado em Saúde na Comunidade

2001 - 2003

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo
Título: A Visibilidade da Violência de Gênero em Dois Serviços de Atenção Primária à SAúde,Ano de Obtenção: 2003
Prof. Dra. Elisabeth Meloni Vieira.Palavras-chave: Violência Doméstica; Gênero; Programa de Saúde da Família.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública. Setores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas; Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde.

Especialização - Residência médica

1999 - 2001

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP
Residência médica em: Medicina Geral e Comunitária com ênfase em Saúde da FamíliaNúmero do registro: 17371. Bolsista do(a): Fundação do Desenvolvimento Administrativo, FUNDAP, Brasil. Palavras-chave: Residência de Medicina de Família e Comunidade.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública / Especialidade: Saúde da Família.

Especialização em International Primary Care Research Leadership.

2013 - 2015

University of Oxford
Título: Research Leadership in Primary Care
Orientador: Alison Ward

Graduação em Medicina

1992 - 1998

Universidade Federal de Juiz de Fora

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

Extensão universitária em Curso de Atualização em Desenvolvimento Docente para Educação Interprofissi. (Carga horária: 80h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2016 - 2018

Curso de Especialização de Preceptoria em Medicina de Família e Comunidade. (Carga horária: 576h). , Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, UFCSPA, Brasil.

2017 - 2017

Extensão universitária em Módulo Básico de Desenvolvimento Docente em Ensino. (Carga horária: 40h). , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, FMRP, Brasil.

2017 - 2017

Extensão universitária em Capacitação em Preceptoria de Residência Médica. (Carga horária: 100h). , Hospital Alemão Oswaldo Cruz, HAOC, Brasil.

2017 - 2017

Oficina de Boas Práticas em Testes de Múltipla Escolha. (Carga horária: 6h). , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, FMRP, Brasil.

2015 - 2015

Extensão universitária em Cap Atenção à Saúde de Pessoas Privadas de Liberd. (Carga horária: 120h). , Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.

2015 - 2015

Oficina para Formação de Preceptores em MFC. (Carga horária: 16h). , Sociedade Brasileira de Medicina de Familia e Comunidade, SBMFC, Brasil.

2005 - 2005

Curso de Eletrocardiograma. (Carga horária: 2005h). , Instituto Nacional de Cardiologia Laranjeiras em Ribeirão Preto, INCL, Brasil.

2001 - 2001

Vigilância do Desenvolvimento. (Carga horária: 9h). , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, FMRP, Brasil.

2001 - 2001

Grupo espaço potencial de criação/transformação.. (Carga horária: 27h). , Centro de Estudos em Ribeirão Preto, CE, Brasil.

2001 - 2001

Grupos na Saúde e na Educação. (Carga horária: 10h). , Sociedade de Psicoterapias Analíticas Grupais do Estado de São Paulo, SPAGESP, Brasil.

1999 - 1999

Advanced Trauma Life Support Course. , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, FMRP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Medicina de Família e Comunidade.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública/Especialidade: Saúde da Família.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SANTOS, LUCIANE LOURES DOS ; CARRETTA, R. Y. D. . 1ª Oficina Interprofissional de Recepção dos Residentes da Saúde da Família. 2018. (Outro).

SANTOS, L. L. . IV Jornada em Saúde da Família de Ribeirão Preto. 2017. (Outro).

SANTOS, L. L. . I Congresso de Saúde Pública da Associação Paulista de Saúde Pública -­‐ Núcleo Ribeirão. 2017. (Congresso).

SANTOS, L. L. ; MATTOS, A. T. R. ; FERREIRA, J. B. B. ; MENDES, M. C. ; QUAGLIATO, F. F. . V Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. 2014. (Congresso).

SANTOS, L. L. ; MENDES, M. C. ; FERREIRA, J. B. B. ; MATTOS, A. T. R. ; QUAGLIATO, F. F. ; SOUSA, J. C. P. . III Jornada de Saúde da Familia. 2013. (Outro).

SANTOS, L. L. ; FRADE, M. A. C. . II Curso de Dermatologia na Atenção Primária à Saúde. 2007. (Outro).

MENDES, M. C. ; FOSTER, A. C. ; SANTOS, L. L. ; SILVA, A. S. . Simpósio de Atenção Primária e Saúde da Família. 2007. (Outro).

SANTOS, L. L. ; PAULA, J. S. . I Curso de Oftalmologia na Atenção Primária à Saúde. 2007. (Outro).

SANTOS, L. L. . Super Mutirão de Limpeza. 2006. (Outro).

FRADE, M. A. C. ; SANTOS, L. L. . Curso Dermatologia na Atenção Primária à Saúde. 2006. (Outro).

SANTOS, L. L. ; SILVA, A. S. ; DEMARZO, M. M. P. ; LOUROSA, Q. L. ; MENDES, M. C. ; FERRI, S. M. N. ; MATTOS, A. T. R. . I Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. 2005. (Congresso).

SANTOS, L. L. . III Mutirão da USP contra a dengue. 2005. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

10ª EXPOSAÚDE RIBEIRÃO. Comissão de Avaliação de Trabalhos. 2019. (Exposição).

33 Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo. ?Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo ? 18 anos formando profissionais médicos para a Atenção Básica?. 2019. (Congresso).

3 Curso de Inverno em Saúde Pública - FMRP/USP.ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: POPULAÇÕES EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE?. 2019. (Outra).

8 Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. ENSINAR E APRENDER NO CONTEXTO DA POPULAÇÃO PRIVADA DE LIBERDADE: UMA EXPERIÊNCIA INTERPROFISSIONAL. 2019. (Congresso).

III Simpósio de Saúde das Populações Negligenciadas.População em Situação de Vulnerabilidade: População Privada de Liberdade. 2019. (Simpósio).

Liga Acadêmica de Saúde de Populações em Situação de Vulnerabilidade Social.Atenção à Saúde da População Privada de Liberdade. 2019. (Simpósio).

VI Simpósio da Comissão de Graduação da FMRP/USP. 2019. (Simpósio).

II Curso de Inverno em Saúde Pública.Populações em Situação de Vulnerabilidade. 2018. (Outra).

Sistemas de Informação em Saúde como ferramenta para avaliação e tomada de decisão da Atenção Primária à Saúde. 2018. (Outra).

Ciclo de Palestras da Liga de Fisioterapia na Saúde da Mulher.Saúde da Mulher Presidiária. 2017. (Outra).

I Congresso de Saúde Pública da Associação Paulista de Saúde Pública Núcleo Ribeirão. Moderadora do Eixo Território e Sustentabilidade. 2017. (Congresso).

I Congresso de Saúde Pública da Associação Paulista de Saúde Pública Núcleo Ribeirão. 2017. (Congresso).

I Curso de Inverno em Saúde na Comunidade.Saúde da População Privada de Liberdade. 2017. (Outra).

IV Jornada em Saúde da Família de Ribeirão Preto. 2017. (Outra).

VIII EXPOSAÚDE RIBEIRÃO 2017. Avaliação dos Trabalhos "Experiências dos Serviços". 2017. (Exposição).

XVIII Congresso Médico Acadêmico. Saúde da População Privada de Liberdade. 2017. (Congresso).

XVIII CONGRESSO MÉDICO ACADÊMICO - FMRP USP. Curso de Saúde de Populações Negligenciadas. 2017. (Congresso).

21ª Conferência Mundial WONCA de Médicos de Família. The systematic process of evaluation of the residence of family medicine. 2016. (Congresso).

I Seminário Internacional: Novos Arranjos Organizacionais. 2016. (Seminário).

SUS e Democracia. 2016. (Outra).

II Congreso Iberoamericano de Epidemiología y Salud Pública. O SISTEMA PENITENCIÁRIO COMO UM CENÁRIO DE FORMAÇÃO MÉDICA. 2015. (Congresso).

I Simpósio de Medicina de Família e Comunidade.Mesa Redonda: APS no Canadá e Espanha: o que podemos aprender?. 2015. (Simpósio).

Oficina para Formação de Preceptores em Medicina de Família e Comunidade. 2015. (Oficina).

Oxford International Primary Care Research Leadership Programme. 2015. (Outra).

V Simposio de Medicina de Família e Comunidade.Violência no ambiente doméstico. 2015. (Simpósio).

12ª Conferencia Mundial de Saúde da WONCA/IV Congresso Sul-Brasileiro de MFC. Diagnóstico de Saúde de um município paulista de pequeno porte: dados preliminares. 2014. (Congresso).

IV Mostra Nacional de Esperiências em Atenção Básica/Saúde da Família.Prevenção ao uso de álcool e drogas na atenção primária: a ação interseorial como um caminho. 2014. (Outra).

Oxford International Primary Care Research Leadership Programme. 2014. (Outra).

V Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. Comissão de Avaliação de Trabalhos. 2014. (Congresso).

V Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. Mesa redonda: Abordagem das populações vulneráveis. 2014. (Congresso).

VIII Simpósio do Nucleo Hospitalar de Epidemiologia- HCRP/USP. 2014. (Simpósio).

III Jornada de Saúde da Família. 2013. (Outra).

II Workshop de Residência Médica.Residência em Medicina de Família e Comunidade. 2013. (Outra).

International Primary Health Care Research Leadership Programme, Cohort 8, 2013?. 2013. (Oficina).

IV Mostra de Experiêrncias em Atenção Básica do DRS XIII - Ribeirao Preto e II Mostra de Experiências em Atenção Básica da RRAS 13. 2013. (Outra).

Oxford International Primary Care Research Leadership Programme. 2013. (Outra).

SUS 25 anos - Passado, Presente e Futuro. 2013. (Outra).

VII Simpósio do Núcleo Hospitalar de Epidemiologia -HCRP/USP. 2013. (Simpósio).

2 Workshop de Capacitação para Pesquisadores da USP em Publicação Científica. 2012. (Outra).

III Curso da Liga Acadêmica de Medicina de Família e Comunidade de Uberaba ? III Mostra de Saúde da Família de Uberaba.?Abordagem Familiar: atenção para além do indivíduo. 2012. (Outra).

III Simpósio da Liga de Saúde da Família ?Redescobrindo a Saúde?."Saúde e as populações vulneráveis. Projetos sociais e suas colaborações". 2012. (Outra).

IV Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. Comissão Avaliação de Pôsteres. 2012. (Congresso).

IV Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. Promoção de Saúde e Prevenção de Doenças: A percepção de profissionais da Atenção Primária à Saúde no Brasil e Espanha. 2012. (Congresso).

IV Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. O Processo avaliativo como disparador de mudanças de práticas na Saúde da Família. 2012. (Congresso).

IV Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. Experiência da Gestão Colegiada na Estratégia da Saúde da Família em um Município de Pequeno Porte. 2012. (Congresso).

IV Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. A Interdisciplinaridade como facilitadora do cuidado. 2012. (Congresso).

Trabalhando em Saúde Pública Internacional: Experiência Pessoal. 2012. (Outra).

19th Wonca World Conference of Family Doctors. Health Promotion and Disease Prevention: the Perception of Primary Health Care Personnel. 2010. (Congresso).

II Fórum de Atenção Básica Pró-saúde UFTM - SMS Uberaba.Modelos e estratégias curriculares de MFC para a Graduação. 2010. (Outra).

III Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. Saúde Mental na Atenção Primária e o Papel da Saúde da Família. 2010. (Congresso).

V Congresso Mineiro de Medicina de Família e Comunidade I Simpósio Centro Sul Brasileiro em MFC. Membro da Comissão Científica. 2010. (Congresso).

10 Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade. Percepção de Profissionais da Atenção Primária sobre Prevenção e Promoção da Saúde. 2009. (Congresso).

1 Seminario de Innovación en Atención Primaria 2009: La innovación en la toma de decisiones diagnósticas en Atención Primaria. Cuestiones Globales. 2009. (Seminário).

I Curso da Liga Acadêmica de Medicina de Família e Comunidade de Uberaba.Um paralelo entre o modelo de Atenção à Saúde espanhol e o Brasileiro. 2009. (Outra).

II Simpósio do Grupo FelizIdade e I Encontro do "Humaniza Ação Ribeirão". 2009. (Encontro).

IV Mostra de Saúde da Família de Morro Agudo. 2009. (Outra).

13 Congresso Nacional de Medicina Familiar - 3 Encontro Luso-Brasileiro de Medicina Geral Familiar e Comunitária - 2 Congresso da Região Ibérica da WONCA Iberoamericana CIMF. Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação Continuada de Residentes de Medician de Família. 2008. (Congresso).

18° congreso SAMFyC. 2008. (Congresso).

II Jornada PAPPS Madrid - Prevención y Promoción en la Práctica Clínica en la Comunidad de Madrid. 2008. (Outra).

Seminario de Innovación en Atendión Primaria 2008: Innovación en torno a la prevención clínica. Expectativas y realidades". 2008. (Seminário).

XXI Congreso de Estudiantes de Medicina Preventiva y Salud Pública. 2008. (Congresso).

Fórum Paulista de Residência Médica. 2007. (Outra).

II Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. Perfil dos Egressos da Residência em Medicina de Família e Comunidade. 2007. (Congresso).

II Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. Residência em Medicina de Família e Comunidade. 2007. (Congresso).

II Encontro das Ligas de MFC - II ENLAMEFAC.Residência de Medicina de Família e Comunidade. 2007. (Encontro).

II Simposio da Liga de Saúde da Família: "Novos caminhos de uma velha prática". 2007. (Simpósio).

I Jornada de Cuidados a Saúde.Residência de Medicina de Família e Comunidade. 2007. (Outra).

I Simpósio da Liga Acadêmcia de Medicina de Família e Comunidade.Formação Profissional do Médico de Família e Comunidade. 2007. (Simpósio).

Seminário Regional de Informações Hospitalares. 2007. (Seminário).

Simpósio de Atenção Primária e Saúde da Família.Proposta de Educação Permanente para os MFC. 2007. (Simpósio).

Simpósio Regional de Dengue. 2007. (Simpósio).

8 Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade e 2 Encontro Luso-Brasileiro de Medicina Geral, Familiar e Comunitária. A estratégia saúde da família no contexto da Violência Social: Visão do Profissional de Saúde. 2006. (Congresso).

I Congreso Regional IberoAmericano- WONCA Ibero Americano CIMF- V Congreso de la Federación Argentina de Medicina Familiar y General - XIV Congreso de la Asociación Argentina de Medicina Familiar. La Implantación del Examen Periódico de Salud en una Unidad de Salud de la Familia. 2006. (Congresso).

I Curso de Dermatologia na Atenção Primária à Saúde.Avaliação de Conhecimentos. 2006. (Outra).

Primeiro Seminário sobre Atenção Primária à Saúde - A Universidade e o Serviço de Saúde. 2006. (Seminário).

VIII Campanha Nacional pelo Uso Correto de Medicamentos.Dengue e Dengue Hemorrágica. 2006. (Outra).

I Congresso Paulista de Medicina de Família e Comunidade. Transtornos Mentais na Atenção Primária: A prevalência em um Núcleo de Saúde da Família. 2005. (Congresso).

Pré-Congresso "Atenção Básica e Medicina de Família - Identidade e Contribuição para Atenção à Saúde no Estado de São Paulo. 2005. (Congresso).

Seminário sobre Avaliação da Atenção Básica. 2005. (Seminário).

VII Congresso Brasileiro de Medicina de Família e Comunidade e II Congresso Mineiro de Medicina de Família e Comunidade. 2005. (Congresso).

2ª Jornada de Medicina de Família e Comunidade: Atualização Clínica em Atenção Primária. 2004. (Outra).

6ª Congresso Brasileiro de Medicina de Família & Comunidade - 6ªcongresso de Medicina Familiar - Região Cone Sul/WONCA. Grupo das Mulheres: Desmistificando o Preventivo. 2004. (Congresso).

II Jornada de Diabetes - II Simpósio de diabetes e Doenças Cardiovasculares da Sociedade de Cardiologia de RP. 2004. (Simpósio).

2 Grande Prêmio de Enfermagem da Secretaria Municipal da Saúde e de Ribeirão Preto.O Trabalho em equipe no PSF: Um novo projeto de assistência para um novo projeto de vida. 2003. (Outra).

VIII Congresso Paulista de Saúde Pública. Caracterização da Cobertura da População Feminina para Exame Preventivo de Câncer de Colo Uterino, atingida pelo Núcleo de Saúde da Família III-CSE/FMRP/USP. 2003. (Congresso).

XXIII Congreso de la Sociedad Espaola de Medicina de Familia e Comunitaria. 2003. (Congresso).

1ª Jornada da LAMS. 2002. (Outra).

1ª Seminário Nacional para Avaliação da Implantação do PSF no Brasil. 2002. (Seminário).

Congresso Internacional Pesquisando a Família. Construindo a autonomia da família: Um estudo de caso. 2002. (Congresso).

I Fórum do Programa Saúde da Família. 2002. (Outra).

Jornada Científica sobre Violência Doméstica e Sexual contra a Mulher e a Saúde. 2002. (Outra).

Gestão em Saúde. 2001. (Outra).

Jornada de Diabetes 2001. 2001. (Outra).

VI Fórum de Assistência Domiciliar da Secretaria Municipal da Saúde de Ribeirão Preto - SUS. 2001. (Outra).

I Mostra de Saúde da Família - PSF do Estado de São Paulo.Reconhecendo o Território em uma área de Implantação do PSF: Distribuição de Estabelecimento Comerciall, Associação e Profissionais Liberais no bairro Vila Tiberio.. 2000. (Outra).

I Simpósio Científico do Programa de Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus da Secretaria Municipal de Saúde. 2000. (Simpósio).

VI Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. A visibilidade da violência contra as mulheres em Ribeirão Preto. 2000. (Congresso).

3ª Caravana da Integração e Cidadania.Avaliação e orientação médica. 1999. (Outra).

6ª Caravana da Integração e Cidadania.Avaliação e orientação médica. 1999. (Outra).

Curso de Atualização em Diabetes Mellitus. 1999. (Outra).

I Simpósio de Cirurgia Ambulatorial. 1999. (Simpósio).

IV Fórum de Assistência Domiciliar da Secretaria Municipal da Saúde de Ribeirão Peto - SUS. 1999. (Outra).

Seminário Nacional sobre Residência Médica: "A Especialidade no Campo da Saúde Coletiva". 1999. (Seminário).

V Congresso Brasileiro de Clinica Médica, I Congresso Brasileiro de Investigação Clínica e I Congresso Brasileiro de Medicina de Urgência. 1999. (Congresso).

V Congresso Brasileiro de Clinica Médica; curso de Atendimento Domiciliar. 1999. (Congresso).

VI Congresso Paulista de Saúde Pública. 1999. (Congresso).

I Congresso Acadêmico Multiprofissional de Medicina de Família. 1997. (Congresso).

I Semana Nacional de Prevenção da Surdez. 1997. (Outra).

IV Congresso Brasileiro de Clínica Médica - Curso Clínica Médica Ambulatorial. 1997. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Lucas Gaspar Ribeiro

CYRINO, E. G.; JESUS, W. L. A.;Santos, LL. Os preceptores da Residência Médica em Medicina de Família e Comunidade do Estado de São Paulo:Quem são? Onde estão? O que fazem?. 2019. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em Saúde da Família) - FMVZ-UNESP-Botucatu SP.

Aluno: Belkiss Rolim Rodrigues Fracon

DAL-FABBRO, A. L.; CARRETTA, R. Y. D.;Santos, LL; MOSCOVICI, L.. Percepção dos profissionais da Estratégia Saúde da Família quanto à classificação das famílias: vantagens e desafios. 2019. Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Luana Beatriz Lemes

SOUZA, J. P. D.; DINIZ, C. S. G.;SANTOS, L. L.; AMORIM, M. M. R.. "Avaliação de um programa pré-natal de educação em saúde (PRENACEL) na redução das lesões do períneo: um ensaio aleatorizado por conglomerados". 2018. Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Tamires Machado Moreira

SOUZA, J. P. D.; DINIZ, C. S. G.;SANTOS, L. L.; POLIDO, C. B. A.. "Efeito das mensagens curtas de texto (mHealth) sobre fatores relacionados à atenção ao parto e nascimento: análise secundária de um ensaio aleatorizado por conglomerados". 2018. Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Ana Jéssica Assumção

UETA, J.; NUNES, A. A.;SANTOS, LUCIANE LOURES DOS; NEVES, L. A. S.. Estudo dos casos de sífilis em um município do interior do estado de São Paulo. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional Gestão de Organizações de Saúde) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Zeliete Linahres Leite Zambon

OLIVEIRA, A. F.; BOUSQUAT, A. E. M.;SANTOS, L. L.. Necessidade Crescente de Médicos de Família para o SUS e baixa taxa de ocupação nos Programas de Residência em Medicina de Família e Comunidade: um paradoxo?. 2015. Dissertação (Mestrado em Ensino em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Erika Aparecida Catoia

NEVES, L. A. S.; MONROE, A. A.; LOPES, L. M.;Santos, LL. Oferta de ações e serviços de saúde às pessoas privadas de liberdade que vivem com HIV em unidades prisionais de dois municípios do interior paulista.. 2019. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Enfermagem em Saúde Pública) - Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto.

Aluno: FERNANDA BERGAMINI VICENTINE

FERREIRA, J. B. B.; FIORATI, R. C.;Santos, LL; SILVA, G. M.. Jovens vivendo em aglomerados subnormais no município de Ribeirão Preto: um estudo sobre iniquidades e redes sociais. 2019. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: José Rodrigues Freire Filho

FOSTER, A. C.; CARRETTA, R. Y. D.; PARREIRA, C. M. S. F.;SANTOS, L. L.. Educação e Práticas interprofissionais no Programa Mais Médicos: implicações na formação e no trabalho em saúde do contexto brasileiro. 2018. Tese (Doutorado em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: ANA CAROLINA ARRUDA FRANZON

SOUZA, J. P.; DINIZ, C. S. G.; POLIDO, C. B. A.;Santos, LL. PRENACEL - Uma estratégia de comunicação móvel para melhorar a saúde materna e perinatal: Pesquisa formativa e ensaio aleatorizado por conglomerados Ribeirão Preto 2018. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Aluno: Valéria Beghelli Ferreira

DAVID, C. M.; SARRETA, F. O.; PERACOLI, J. C.;SANTOS, L. L.; LIPORONI, A. A. R. C.. Avaliação do Conhecimento e do grau de satisfação dos usuários em relação à estratégia de saúde da família no município de Pedregulho-SP. 2014. Tese (Doutorado em Serviço Social) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Paulina Belén Rios Quituizaca

DAL-FABBRO, A. L.;Santos, LL; FIORATI, R. C.. Cobertura y desigualdades en intervenciones de salud reproductiva, materna, neonatal e infantil en Ecuador. Análisis de encuestas nacionales según quintiles de riqueza, áreas, províncias y grupos étnicos, 1994-2012. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Claudia Maria lincoln Silva

Santos, LL; FORTUNA, C. M.; RODRIGUES, M. C. O.. Rastreamento e busca ativa de hanseníase na população carcerária da penitenciária feminina de Ribeirão Preto/SP e fatores clinicoimunoepidemiologicos associados. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Clínica Médica) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Fernanda Bergamini Vicentini

FOSTER, A. C.; FIORATI, R. C.;SANTOS, LUCIANE LOURES DOS. Jovens vivendo em aglomerados subnormais no município de Ribeirão Preto. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Fernanda Menegatti Frisanco

CARBOL, M.; FABBRO, M. R. C.;Santos, LL. Elaboração e Validação de um questionário para avaliar conhecimentos, atitudes e práticas de médicos e enfermeiros da atenção básica em relação a saúde materna de baixo risco. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Enfermagem) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Thaís Mantovani Bernardo

MOISES, E. C. D.;Santos, LL; BRAGA, G. C.. Correlação entre critério diagnóstico de diabetes mellitus gestacional e prevalência de desfechos adversos perinatais. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Ginecologia e Obstetrícia da FMRP/USP) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Lucas Gaspar Ribeiro

CYRINO, E. G.; JESUS, W. L. A.;Santos, LL. Avaliação do Perfil dos Preceptores da Residência de Medicina de Família e Comunidade do Estado de São Paulo. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-graduação em Saúde da Família) - FMVZ-UNESP-Botucatu SP.

Aluno: Francis Jardim Pfeilsticker

SANTOS, L. L.; HATTORI, W. T.; RIANLDI, A. E. M.. O Atendimento em Saúde da Criança pelos Profissionais que trabalham como Médicos de Família. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Saúde da Família) - Universidade Federal de Uberlândia.

Aluno: FERNANDA CASALS

FOSTER, A. C.;SANTOS, L. L.; LAPREGA, M. R.. Avaliação da Adesão à Terapia Medicamentosa e sua associação com a falta de controle da HAS. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: André Luiz Binotto

SANTOS, L. L.; MARQUES, J. M. A.; Caccia Bava, Maria do Carmo G.. Perfil Epidemiológico de pacientes com transtornos mentais acompanhados na atenção primária. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Flávia Thais Ramos

FOSTER, A. C.; FERREIRA, J. B. B.;SANTOS, L. L.. Núcleo de apoio à saúde da família (NASF): uma nova estratégia de reorganização da atenção em saúde mental?. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Aluno: Daniela Cacilda Caldas

FERREIRA, J. B. B.; ALMEIDA, M. A.;SANTOS, L. L.. A Regulação do Acesso em Saúde na Visão da Equipe Saúde da Família: O caso de um Município de Pequeno Porte. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências da Informação e da Documentação e Biblioteconomia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Daniela Cristina dos Santos

SANTOS, L. L.. O Prontuário de Família na Perspectiva da Ccordenação da Atenção à Saúde. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Curso de Ciências da Informação e da Documentação) - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto.

MONTI, J. F. C.; LIMA, F. C. B. A. E.;Santos, LL. Concurso Público para o cargo de Professor Assistente A. 2019. Universidade Federal de São Carlos.

SANTOS, L. L.; FIGUEIREDO, W. S.; LUPP, C. G.. Banca do Concurso para Professor Assistente. 2017. Universidade Federal de São Carlos.

KISHI, R. G. B.; MARQUES, J. M. A.;SANTOS, L. L.. Banca do Concurso para professor efetivo do Departamento de Medicina da UFSCAR. 2015. Universidade Federal de São Carlos.

NUNES, A. A.; SILVA, A. S.;SANTOS, L. L.; FOSTER, A. C.; FABBRO, A. L. D.. Médico Generalista para atuar no PSF da FMRP/USP. 2013. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

SILVA, A. S.;SANTOS, L. L.; LAPREGA, M. R.; FRANCO, L. J.. Médico na Área de Medicina de Família e Comunidade ou Clínica Médica para atuar Junto ao Departamento de Medicina Social. 2013. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

ZUEFF, L. F. N.;SANTOS, L. L.; MARTINS, L. A. B.. Médico na área de Clínica Médica ou Medicina de Família e Comunidade para atuar no SAMSP (serviço de assistência médica e social de pessoal). 2012. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

FABBRO, A. L. D.; SILVA, A. S.;SANTOS, L. L.. Médico na área de Clínica Médica ou Medicina de Família e Comunidade para atuar junto ao Departamento de Mediicina Social da FMRP/USP. 2011. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

SANTOS, L. L.; LIMA, N. K. C.; MENDES, M. C.; SILVA, A. S.. Segunda Avaliação de Perfil Profissional para a Saúde da Família. 2005. Depart de Atenção à Saúde das Pessoas/Secretaria de Saúde de Ribeirão Preto.

SANTOS, L. L.. Avaliação de Habilidades Clínicas do 6 ano do Curso de Medicina. 2012. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

SANTOS, L. L.. Avaliação Prática Terminal do 6 ano do Curso de Medicina. 2010. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

SANTOS, L. L.. Avaliação Prática Terminal do Curso de Medicina da FMRP. 2009. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

MENDES, M. C.; MOSCOVICI, L.;Santos, LL. Seleção para Contratação Temporária de Médico Generalista para atuar em Unidade de Saúde da Família. 2019. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

MOSCOVICI, L.;Santos, LL; DELATORRE, T.. Seleção para Contratação Temporária de Enfermeiro para atuar em Unidade de Saúde da Família. 2019. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

MOSCOVICI, L.; MENDES, M. C.;Santos, LL. Seleção para Contratação Temporária de Médico Generalista para atuar em Unidade de Saúde da Família. 2019. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

SILVA, A. S.; FABBRO, A. L. D.;SANTOS, L. L.. Seleção de Médico Generalista para atuar em Unidade de Saúde da Família. 2018. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

FABBRO, A. L. D.; SILVA, A. S.;SANTOS, LUCIANE LOURES DOS. Processo seletivo para contratação temporária de Médico de Família. 2017. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

FRANCO, L. J.; ROCHA, G. M.;SANTOS, L. L.. Processo Seletivo para Contratação de um Médico, especialidade Clínica Médica junto ao Ambulatório de Estágio Integrado do Centro de Saúde Escola da FMRP-USP. 2008. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

FABBRO, A. L. D.; MENDES, M. C.; SILVA, A. S.; FERRAZ, I. S.;SANTOS, L. L.. Processo seletivo de Médico Generalista para atuar no PSF da FMRP-USP. 2008. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

FABBRO, A. L. D.; MENDES, M. C.; SILVA, A. S.; FERRAZ, I. S.;SANTOS, L. L.. Processo seletivo de Médico Generalista para atuar no PSF da FMRP-USP. 2008. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

SANTOS, L. L.. Processo Seletivo de candidatos à Pós-Graduação do Mestrado do Programa de Saúde na Comunidade. 2008. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

FABBRO, A. L. D.; MENDES, M. C.; SILVA, A. S.; FERRAZ, I. S.;SANTOS, L. L.. Médico Generalista para atuar no Programa de Saúde da Família da FMRP-USP. 2008. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

TERRA FILHO, J.; FRADE, M. A. C.; LIMA, N. K. C.;SANTOS, L. L.; MENDES, M. C.. Médico para atuar junto ao Pronto Atendimento de Adultos do CSE-FMRP-USP. 2007. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

SANTOS, L. L.; Caccia Bava, Maria do Carmo G.; FERRAZ, I. S.; SILVA, A. S.; LIMA, N. K. C.; PATTA, M. C.; TAZIMA, M. F.. Processo Seletivo de Médico Generalista para atuar no PSF do CSE da FMRP-USP. 2006. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

SANTOS, L. L.; REZENDE, C. E. M.; LOUROSA, Q. L.. Médico Generalista para atuar no SAMSP do HC-FMRP-USP. 2006. Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP.

SANTOS, L. L.; MISHIMA, S. M.. Agente Comunitário de Saúde para atuar no NSF 5. 2006. Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP.

SANTOS, L. L.; FABBRO, A. L. D.; LIMA, N. K. C.. Médico para atuar no Pronto Atendimento CSE/FMRP/USP. 2006. Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP.

CARLOTTI JUNIOR, C. G.; SILVA, A. S.; LIMA, N. K. C.; FRADE, M. A. C.; TAZIMA, M. F.;SANTOS, L. L.. Processo Seletivo de Médico para atuar junto ao Pronto Atendimento de Adultos do CSE-FMRP-USP. 2006. Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marli Villela Mamede

SANTOS, L. L.;MAMEDE, M. V.. O programa de saúde da família e a visibilidade da violência de gênero. 2002. Outra participação, Universidade de São Paulo.

João Werner Falk

SANKARANKUTTY, A. K.;FALK, J. W.. Análise da percepção e registro das medidas de prevenção de doenças por profissionais da atenção primária. 2010. Tese (Doutorado em Medicina (Clínica Cirúrgica)) - Universidade de São Paulo.

Jose Sebastiao dos Santos

SANKARANKUTTY, Ajith KumarSANTOS, J. S.; Fabbro, A.L.D.; FORSTER, Aldaísa Cassanho; Passos, A.D.C.. Membro Titular da Comissão Examinadora do Exame Geral de Qualificação de Doutorado. Aula intitulada: Análise da Percepção e do Registro das Medidas de Promoção de Saúde e prevenção de Doenças por Profissionais da Atenção Primária. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Pós Graduação) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Ajith Kumar Sankarankutty

Sankarankutty, Ajith Kumar; FABRO, Amaury Lelis Dal; FORSTER, A. C.; FALK, J. W.; ASSIS, M.. Orientou e Presidiu como Membro Titular da Comissão Julgadora da defesa da Tese de Doutorado intitulada: Análise da Percepção e Registro das Medidas de Prevenção de Doenças por Profissionais da Atenção Primária. 2010. Tese (Doutorado em Pós Graduação) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Ajith Kumar Sankarankutty

Sankarankutty, Ajith KumarSANTOS, José Sebastião dos; FABRO, Amaury Lelis Dal. Presidente da Comissão Examinadora do Exame Geral de Qualificação Nível de Doutorado intitulado: Análise da Percepção e do Registro das Medidas de Promoção de Saúde e Prevenção de Doenças por Profissionais da Atenção Primária. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP.

Altacílio Aparecido Nunes

NUNES, AA. Análise da Percepção e Registro das Medidas de Promoção de Saúde e Prevenção de Doenças por Profissionais da Atenção Primária. 2010. Tese (Doutorado em Medicina (Clínica Cirúrgica)) - Universidade de São Paulo.

Déborah Carvalho Malta

SANKARANTUTTY, A. K.; FABBRO, A. L. D.; FOSTER, A. C.; FOSTER, J. W.; ASSIS, M.;MALTA, D. C.. Analise da percepção e registro das medidas de promoção a saúde e prevenção e denças por profissionais da atenção primária. 2010. Tese (Doutorado em Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto) - Universidade de São Paulo Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Elisabeth Meloni Vieira

VIEIRA, E. M.; SANTOS, L. L.;FABBRO, A. L. D.; DOLIVEIRA, A.F.P.L.. A Visibilidade da Violência de Gênero em dois serviços de assistência primária à saúde. 2003. Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP.

Maria do Carmo Gullaci Guimarães Caccia-Bava

Sankarankutty, Ajith Kumar; FABBRO, Amaury Lelis Dal;FORSTER, Aldaísa CassanhoCACCIA-BAVA, M. C. G. G.. Análise da precepção e registro das medidas de prevenção de doenças por profissionais da atenção primária. 2010. Tese (Doutorado em Cirurgia) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Amaury Lelis Dal Fabbro

VIEIRA, Elisabeth MeloniFabbro, Amaury Dal; DOLIVEIRA, A. F. P. L.. A visibilidade da violência de gênero em dois serviços de assistência primária à saúde. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado Em Saúde da Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Amaury Lelis Dal Fabbro

VIEIRA, Elisabeth MeloniFabbro, Amaury Dal; DOLIVEIRA, Ana Flávia Pires Lucas. A visibilidade da violência de gênero em dois serviços de assistência primária à saúde. 2003. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Saúde da Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Amaury Lelis Dal Fabbro

FORSTER, A. C.; SANKARANKUTTY, Ajith K; Falk, JV; Assis, M de;Fabbro, Amaury Dal. Análise da percepção e registro das medidas de prevenção de doenças por profissionais da atenção primária. 2010. Tese (Doutorado em Clínica Cirúrgica) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Catalina Camas Cabrera

CABRERA, C. C.. O programa de saúde da família e a visibilidade da violência de gênero (Exame de qualificação de mestrado). 2002. Dissertação (Mestrado em Medicina (Medicina Preventiva)) - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

William dos Santos Ferraz Filho

Avaliação das internações hospitalares de Pacientes Privados de Liberdade no interior do Estado de São Paulo; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; (Orientador);

Cristiane Furtado Maluf

Urgências e Emergências na Atenção Primária à Saúde: um diagnóstico situacional; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Saúde Pública) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; (Orientador);

Camila Rocha Negri

Prevalência de transtornos mentais na população privada de liberdade: rastreamento em unidade prisional; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; (Orientador);

Luciano de Paula Loyola Netto

Residência e Burnout: um estudo longitudinal; Início: 2017; Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; (Orientador);

Renata Moreira Serra

Prevenção e Rastreamento de Doenças em População Privada de Liberdade; ; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; (Coorientador);

Lucas Henrique Rodrigues de Almeida

Um olhar sobre o eixo longitudinal Atenção à Saúde da Comunidade da FMRP/USP; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, usp; (Orientador);

Jillaner Lima Barbosa de França

Características da Morbidade Ambulatorial da população privada de liberdade atendida Complexo de Saúde do Hospital das Clínicas da FMRP/USP; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo; (Orientador);

Belkiss Rolim Rodrigues Fracon

Percepção dos profissionais da Estratégia Saúde da Família quanto à classificação das famílias: vantagens e desafios; 2015; Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto,; Coorientador: Luciane Loures dos Santos;

Felipe Alves de Oliveira

O sistema carcerário como cenário de ensino para estudantes de medicina; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo; Orientador: Luciane Loures dos Santos;

Carolina Beil

Perfil dos usuários atendidos no pronto atendimento de um município de pequeno porte; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Luciane Loures dos Santos;

Carolina Beil

Caracterização do perfil de internações por mortalidade e morbidade da população de um município de pequeno porte; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; Orientador: Luciane Loures dos Santos;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ajith Kumar Sankarankutty

Análise da percepção e registro das medidas de prevenção de doenças por profissionais da atenção primária; 2010; Tese (Doutorado em Medicina (Clínica Cirurgica)) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo,; Orientador: Ajith Kumar Sankarankutty;

Elisabeth Meloni Vieira

A Visibilidade da Violência de Gênero em Dois Serviços de Assistência Primária à Saúde; 2003; 128 f; Dissertação (Mestrado em Saúde na Comunidade) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP,; Orientador: Elisabeth Meloni Vieira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SOUZA, JOÃO PAULO ; BELLISSIMO-RODRIGUES, FERNANDO ; SANTOS, LUCIANE LOURES DOS . Maternal Mortality: An Eco-Social Phenomenon that Calls for Systemic Action. RBGO. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , v. 42, p. 169-173, 2020.

  • ALVARENGA, C. W. ; FERNANDES, L. H. ; PAZIN FILHO, A. ; SANTOS, L. L. . Questionnaire to avoid transfers to healthcare: a Brazilian experience. International Journal of Prisoner Health (Print) , v. 14, p. 142-150, 2018.

  • OLIVEIRA, F. A. ; MATTOS, A. T. R. ; PAZIN FILHO, A. ; Luciane Loures dos Santos . Medicina além das grades - uma Experiência da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto. REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MÉDICA (ONLINE) , v. 42, p. 134-143, 2018.

  • FERREIRA, J. B. B. ; CALDAS, D. C. ; SANTOS, L. L. ; RIBEIRO, L. C. ; CHAVES, L. D. P. . Aspectos da regulação em saúde na visão de equipes de saúde da família de um município de pequeno porte. REVISTA BRASILEIRA DE MEDICINA DE FAMILIA E COMUNIDADE , v. 11, p. 1, 2017.

  • JORGE, F. C. ; FURTADO, J. M. F. ; RODRIGUES, M. L. V. ; ROCHA, E. M. ; FERREIRA, J. B. B. ; SANTOS, L. L. ; PAULA, J. S. . Collaborative care model in community eye health: benefits to Family Health teams. Education for Primary Care , v. 1, p. 1-2, 2017.

  • RODRIGUES, E. T. ; FOSTER, A. C. ; Luciane Loures dos Santos ; FERREIRA, J. B. B. ; FALK, J. W. ; FABBRO, A. L. D. . Perfil e Trajetória Profissional dos Egressos da Residência em Medicina de Família e Comunidade do Estado de São Paulo. REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MÉDICA (IMPRESSO) , v. 41, p. 604-614, 2017.

  • MUNIZ, M. S. C. ; PIMENTEL, N. R. ; FERREIRA, J. B. B. ; Luciane Loures dos Santos ; RIBEIRO, L. C. . Acolhimento à demanda espontânea nas perspectivas dos profissionais e dos usuários da Atenção Básica à Saúde. REVISTA DE SAÚDE PÚBLICA DE SANTA CATARINA , v. 10, p. 38-54, 2017.

  • BARBOSA, D. C. M. ; MATTOS, A. T. R. ; CORREA, M. H. ; FARIA, M. ; RIBEIRO, L. C. ; SANTOS, L. L. ; FERREIRA, JANISE BRAGA BARROS ; FOSTER, A. C. . Home visits under the users? perception of the family health strategy. Medicina (Ribeirao Preto. Online) , v. 49, p. 360-366, 2016.

  • MAGELA, N. R. H. ; SANTOS, L. L. ; BATISTELA, T. ; FUKUI, M. S. S. ; FERREIRA, J. B. B. . Atrofia de Múltiplos Sistemas: gestão de caso complexo em uma Unidade de Saúde da Família. REVISTA BRASILEIRA DE MEDICINA DE FAMILIA E COMUNIDADE , v. 11, p. 1, 2016.

  • ORLANDIN, EDUARDO ANTÔNIO DE SOUSA ; MOSCOVICI, LEONARDO ; FRANZON, ANA CAROLINA ARRUDA ; PASSOS, AFONSO DINIS COSTA ; FABBRO, AMAURY LELIS DAL ; VIEIRA, ELISABETH MELONI ; BELLISSIMO-RODRIGUES, FERNANDO ; GUSSO, GUSTAVO DINIZ FERREIRA ; FERREIRA, JANISE BRAGA BARROS ; MARQUES, JOÃO MAZZONCINI DE AZEVEDO ; RIBEIRO, LUCIANA CISOTO ; SANTOS, LUCIANE LOURES DOS ; DEMARZO, MARCELO MARCOS PIVA ; FONTÃO, PAULO CELSO NOGUEIRA ; SOUZA, JOÃO PAULO . Uma agenda de pesquisa para a Atenção Primária à Saúde no estado de São Paulo, Brasil: o estudo ELECT. Interface (Botucatu. Online) , v. 21, p. 349-361, 2016.

  • SANTOS, L. L. ; FERNANDES, L. H. ; ALVARENGA, C. W. ; PAZIN FILHO, A. . Necessidade de aprimoramento do atendimento à saúde no sistema carcerário. REVISTA DE SAUDE PUBLICA , v. 48, p. 275-283, 2014.

  • FERREIRA, JANISE BRAGA BARROS ; BORGES, MÁRCIO JOSÉ GARCIA ; SANTOS, LUCIANE LOURES DOS ; FORSTER, ALDAÍSA CASSANHO . Internações por condições sensíveis à atenção primária à saúde em uma região de saúde paulista, 2008 a 2010. EPIDEMIOLOGIA E SERVICOS DE SAUDE , v. 23, p. 45-56, 2014.

  • SANTOS, L. L. ; SILVA, A. S. ; FABBRO, A. L. D. ; VERSIANI, L. M. ; SANTOS, J. S. ; SANKARANKUTTY, A. K. . A aplicação de um guia de medidas preventivas por médicos de família em um centro de saúde de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil. Revista Brasileira de Medicina de Familia e Comunidade , v. 8, p. 213-220, 2013.

  • BINOTO, A. L. ; SANTOS, L. L. ; LOUROSA, Q. L. ; SANTANNA, S. C. ; ZANETTI, A. C. G. ; FOSTER, A. C. ; MARQUES, J. M. A. . Interface saúde da família & saúde mental: uma estratégia para o cuidado. Revista Brasileira de Medicina de Familia e Comunidade , v. 7, p. 83-89, 2012.

  • PAULA, J. S. ; FURTADO, J. M. F. ; JORGE, F. C. ; ROCHA, E. M. ; SCOTT, I. U. ; SANTOS, L. L. ; RODRIGUES, M. L. V. ; SANTOS, J. S. . Clinical and regulatory protocols for the management of impaired vision in the public health care network. Arquivos Brasileiros de Oftalmologia (Impresso) , v. 74, p. 175-179, 2011.

  • UETA, J. ; FREITAS, O. ; SANKARANKUTTY, A. K. ; COELHO, E. B. ; SANTOS, L. L. ; FERRI, S. M. N. . Assistência farmacêutica municipal na atenção à saúde: desafios para a Universidade. Revista Cultura e Extensão USP , v. 1, p. 15-25, 2009.

  • SILVA, A. S. ; SANTOS, L. L. ; PASSOS, A. D. C. ; SANKARANKUTTY, A. K. ; MARTINELLI, A. L. C. ; CASTRO e SILVA, O. . Chronic liver disease prevention strategies and liver transplantation. Acta Cirúrgica Brasileira (Online) , v. 21, p. 79-84, 2006.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PAZIN FILHO, A. ; Santos, LL . IMPLANTAÇÃO DE UMA UNIDADE DE CARCERAGEM PROVISÓRIA (UCP) NO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (HCFMRP-USP). 2019.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Brasileira de Educação Médica. 2019.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. 2019.

Santos, LL . Coordenação do Núcleo de Saúde da Família 6. 2019.

Santos, LL . Relatório de Visita de Avaliação de Credenciamento Provisório de Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade. 2019.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Brasileira de Educação Médica. 2018.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. 2018.

Santos, LL . Parecerista ad hoc de projetos submetidos ao Edital No 001/2017- DP/PROPEG/UERN. 2018.

Santos, LL . Relatório de Visita de Avaliação de Credenciamento Provisório de Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade. 2018.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Brasileira de Educação Médica. 2017.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. 2017.

Santos, LL . Relatório de Visita de Avaliação de Credenciamento de Programa de Residência de Medicina do Esporte. 2017.

Dos Santos, LL . Relatório de Visita de Avaliação do Recredenciamento de Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade. 2017.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. 2016.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. 2015.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Medicina. 2015.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. 2014.

SANTOS, L. L. . Guia de Equipamentos Sociais do Núcleo de Saúde da Família II - folder. 2012.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido à Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade. 2012.

Santos, LL . Parecer de artigo científico submetido aos Cadernos de Saúde Pública. 2012.

Luciane Lourdes Santos . Parecer de artigo científico submetido à Revista Medicina. 2012.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Avaliação das internações hospitalares de Pacientes Privados de Liberdade no interior do Estado de São Paulo, Descrição: : Estima-se que a população carcerária brasileira tenha triplicado nos últimos anos, provocando superlotação e proporcionando ainda mais vulnerabilidade aos cidadãos que se encontram sobre custódia do Estado. A saúde passou a ser prioridade no âmbito social, sendo o atendimento médico na atenção básica um meio propício para promover saúde e proporcionar uma melhor qualidade de vida. De acordo com Política Nacional de Atenção Integral as Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional todas as pessoas privadas de liberdade deveriam ter o acesso a saúde assegurado e as unidades prisionais devem oferecer atenção primária à saúde e possibilitar o acesso a outros pontos da rede de atenção à saúde, garantindo o cuidado integral. Os presídios se tornaram ambientes insalubres, de extrema vulnerabilidade, agravando situações clínicas, aumentando o risco de morte e exigindo atendimentos e internações hospitalares, com intuito de garantir o tratamento adequado e proporcionar o direito à saúde. Com a Rede de Atenção à Saúde o paciente deverá ter a possibilidade de ser atendido nos serviços secundários e terciários, tornando a internação uma fase determinante de sua vida. O presente estudo possui caráter descritivo, transversal e pretende analisar por meio de registro eletrônico as causas das principais internações das PPL em um Complexo Hospitalar do interior do estado de São Paulo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / William dos Santos Ferraz Filho - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2019 - Atual

    Um olhar sobre o eixo longitudinal Atenção à Saúde da Comunidade da FMRP/USP, Descrição: Na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo o ensino da Atenção Básica está estruturado por meio do eixo longitudinal Atenção à Saúde da Comunidade, que inicia suas atividades no primeiro ano até a formação do estudante no 6 ano da graduação. Este eixo, de acordo com a descrição do Projeto Pedagógico do Curso de Medicina está de acordo com as recomendações das diretrizes curriculares nacionais. No entanto nos perguntamos se estamos garantindo a formação das Competências e Habilidades Gerais e Específicas da Atenção Básica contidas nas diretrizes nacionais e se os objetivos, as condições de aprendizagem e o formato de avaliação estão possibilitando alcançar nosso propósito. Assim, a partir do Currículo Baseado em Competências para Medicina de Família e Comunidade, lançado pela Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, ainda que direcionado para a formação especializada, trouxe além das competências essenciais, os pré-requisitos necessários de um profissional antes de entrar em um programa de residência. Neste sentido pretende-se descrever os objetivos e as condições de aprendizagem das disciplinas que compõem o eixo Atenção À Saúde da Comunidade da FMRP e comparar com os pré-requisitos existentes no Currículo Baseado em Competências para Medicina de Família e Comunidade.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / lucas Henrique Rodrigues de Almeida - Integrante., Financiador(es): usp - Bolsa.Número de orientações: 1

  • 2019 - Atual

    Urgências e emergências na Atenção Primária a Saúde: um diagnóstico situacional, Descrição: O crescimento populacional e a transição demográfica geram uma grande pressão sobre os serviços de urgência, haja vista a superlotação dos serviços de Pronto-Atendimento. A partir de 1999 iniciaram normas para organizar a atenção às urgências e emergências (UE), até que se propõe a criação da Política Nacional de Atenção as Urgências em 2006, atualizada em 2011, que institui a Rede de Atenção às Urgências (RAU) no Sistema Único de Saúde. Tais políticas têm como objetivo ordenar o acesso ao atendimento às urgências. Cabe à Atenção Primária à Saúde (APS), de acordo com a RAU, instaurar, monitorizar e manter, a infraestrutura necessária ao atendimento das UE que chegam como demanda espontânea nas unidades de saúde. Estas precisam estar aptas, para receber, atender, e regular - quando necessário - aquela demanda. O Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica, instituído pela Portaria n 1.654 GM/MS, de 19 de julho de 2011, tem como objetivo ampliar o acesso e estabelecer um padrão de qualidade na atenção básica comparável nacional, regional e localmente. O objetivo da pesquisa é avaliar a qualificação do atendimento às UE na APS do Brasil. O material para análise são os itens do inquérito de avaliação externa do PMAQ, relacionados às UE, selecionados especificamente para o estudo (anexos I, II e III) e extraído do banco de dados secundários do programa, de acesso livre. As respostas aos itens serão submetidas à análise estatística e posteriormente serão feitas associações com as características regionais e sociodemográficas dos municípios participantes. Assim, este trabalho busca interpretar dados do PMAQ para avaliar as condições do serviço prestado às UE na APS - se há ou não despreparo das unidades de saúde e/ou discrepância entre elas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / Cristiane Furtado Maluf - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2017 - Atual

    Residência e Burnout: um estudo longitudinal, Descrição: Este estudo busca mostrar a relação entre o processo de trabalho de residentes com o desenvolvimento da síndrome de burnout. Essa síndrome pode ser definida como um conjunto de sinais e sintomas que caracterizem o sofrimento do trabalhador em seu ambiente de trabalho, podendo se manifestar através de perda de motivação e insatisfação profissional. Programas de treinamento em serviço, seja a residência médica ou multiprofissional podem favorecer ao desenvolvimento desta síndrome dada a pressão por conhecimento, necessidade de aprimoramento e resolutividade associado a programas com sobrecarga de trabalho. Para isso, esse estudo pretende, utilizar o questionário Maslach Burnout Inventory que é específico para análise da Síndrome de Burnout. O projeto pretende entrevistar todos os residentes matriculados do primeiro ano ao longo dos 2 anos de residência, sendo o primeiro questionário aplicado no início do programa, com 6, 12, 18 e 24 meses. Espera-se que a análise desses resultados permita estabelecer medidas preventivas e interventivas na abordagem do burnout destes profissionais.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / Luciano de Paula Loyola Netto - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2017 - Atual

    Condições de saúde da População Privada de Liberdade nas Penitenciárias I e II de Serra Azul/SP, Descrição: Atualmente existem mais de 10,3 milhões de pessoas encarceradas no mundo. O Brasil ocupa a quarta posição em número de pessoas privadas de liberdade (PPL) no mundo, apresentando índice de nove pessoas presas por dia, levando a um quadro de superlotação das Unidades Prisionais. O indivíduo privado de liberdade deve manter seus direitos humanos e ser ressocializado. A instituição prisional, contudo, não parece reabilitar os condenados e os coloca em situações de desumanidade. São submetidos a riscos de contrair doenças infecciosas, transtornos mentais, abuso de substância e violência. Conhecer o perfil dessa população representa possibilidade de melhorar os cuidados de saúde a que são submetidos. No que tange à PPL por crimes sexuais, existem poucos trabalhos publicados na literatura sobre o perfil dessa população. São descritos apenas prevalências de transtornos mentais e infecções sexualmente transmissíveis. A identificação do perfil da população da Penitenciária I e II de Serra Azul, sendo esta última específica para presos por crimes sexuais é importante para melhorar a organização da assistência prestada e contribuir no processo de ressocialização dessas pessoas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / Renata Moreira Serra - Integrante / Camila Rocha Negri - Integrante., Número de orientações: 2

  • 2017 - Atual

    O perfil da população privada de liberdade atendida no Complexo de Saúde Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP, Descrição: A Saúde, enquanto estado de completo bem-estar físico, mental e social, é um direito do cidadão e deve ser garantido pelo Estado. Almejando a garantia deste direito, o Sistema Único de Saúde surge pautado nos princípios da universalidade, equidade, integralidade e participação popular, organizado em níveis de organização. Nesse sentido, entende-se a Atenção Primária a Saúde como coordenadora do cuidado, com função essencial dentro da Rede de Atenção à Saúde, com objetivo de prestar serviços de saúde equitativos e integrais à população. Neste contexto de saúde como direito universal e fundamental, a população privada de liberdade encontra-se exclusa. Desse modo, a fim de contribuir para o conhecimento da atenção à saúde da PPL, este projeto visa descrever o perfil da população prisional atendida no Complexo de Saúde Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Trata-se de um estudo descritivo a partir da análise de registros dos atendimentos da população privada de liberdade realizados no Complexo, no período de janeiro a dezembro de 2016, a partir de estatística descritiva. Destarte, espera-se conhecer o perfil da população privada de liberdade atendida, o número de atendimentos e as especialidades de assistência no Complexo, colaborando na organização da Rede de Atenção à Saúde da população privada de liberdade dentro das unidades estudadas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / Jillaner Lima Barbosa de França - Integrante., Financiador(es): usp - Bolsa.Número de orientações: 1

  • 2016 - 2017

    O sistema carcerário como cenário de ensino para estudantes de medicina, Descrição: O estado de São Paulo é responsável pelo encarceramento de 219.753 pessoas entre as unidades prisionais (UP) e prisões domiciliares, compreendendo um terço da população prisional do Brasil, cerca de nove pessoas são presas por dia, provocando a superlotação das Unidades Prisionais. Apesar do país possuir uma Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade, que reconhece o dever do Estado em prover atenção integral à saúde da população que vive em unidades prisionais, esta não se encontra suficientemente implementada. As novas diretrizes curriculares do curso de graduação em medicina preconizam a formação de médicos humanistas, generalistas, críticos e reflexivos. Que os cursos possam oferecer uma estrutura curricular que possibilite o desenvolvimento de atitudes e valores orientados para a cidadania, promovendo a integração ensino-serviço vinculando a formação médico-acadêmica às necessidades sociais da saúde, com ênfase no SUS. A inserção de estudantes de graduação em UP possibilita ao estudante, um ambiente rico no ensino de patologias de diversos órgãos e sistemas, desde enfermidades dermatológicas, crônicas, transmissíveis e mentais, que muitas vezes podem ser resolvidas no próprio local, sem a necessidade de encaminhamento para outros níveis do sistema. Foi criada uma disciplina optativa, denominada Medicina de Confinamento pela FMRP, com vistas a ocupar uma lacuna no ensino e da assistência a essa população que vive em situação de alta vulnerabilidade. Durante a aplicação dessa disciplina, que é uma iniciativa pioneira no Brasil, vários outros aspectos técnicos, logísticos e humanísticos foram sendo detectados e julga-se pertinente que sejam adequadamente explorados para que a experiência de ensino possa ser maximizada e também pelo impacto que isso pode trazer na capacitação de profissionais de saúde que estão começando a explorar as UP como seu local de trabalho. Será um estudo descritivo, transversal com abordagem quantitativa que pretende caracterizar a experiência educacional, realizando uma descrição detalhada da disciplina, seus cenários, professores envolvidos, aulas ministradas, recursos utilizados, numero de estudantes matriculados por turma, taxa de ocupação, índice de faltas e avaliação das respostas dos estudantes sobre as características da disciplina. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / Antonio Pazin Filho - Integrante / Augustus Tadeu Relo de Mattos - Integrante / Felipe Alves de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Universidade de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

  • 2015 - 2016

    Perfil dos encaminhamentos da Atenção Básica do município de Ribeirão Preto/SP, Descrição: Caracterizar o processo de referência para as consultas médicas de nível secundário e terciário, a partir das unidades de saúde da família (USF), vinculadas ao Centro de Atenção Primária (CAP) da FMRP/USP e das unidades básicas de saúde (UBS) que compõe a rede de atenção a saúde do município de Ribeirão Preto/SP, reguladas no ano de 2014. Trata-se de um estudo descritivo, transversal com abordagem quantitativa, empregando-se fontes secundárias de dados, obtidos a partir do departamento de avaliação, controle e auditoria, pertencente a secretaria municipal de saúde de Ribeirão Preto. Para analisar o processo de referência serão colhidos os dados registrados nas guias de referência online, presentes no banco de dados eletrônico, referentes aos encaminhamentos para especialidades médicas de âmbito secundário e terciário, no ano de 2014. Para desenhar o perfil dos encaminhamentos serão analisadas as variáveis: sexo, idade, especialidades solicitadas; especialidade do profissional solicitante ? médico de família e comunidade ou não; motivo dos encaminhamentos solicitados (Diagnóstico, confirmação diagnóstica, tratamento, seguimento, outra especialidade ou outros motivos) e os desfechos dos encaminhamentos (indeferido, autorizado, se autorizado, se a prioridade do médico solicitante corresponde com a do médico regulador), e se o diagnóstico utilizado como CID 10 no encaminhamento, corresponde com a história clínica ou não. Além da característica dos encaminhamentos, também será comparado o número de atendimentos realizados, a proporção de encaminhamentos realizados por Unidade de Saúde, sua resolutividade, proporção de encaminhamentos devolvidos por unidade de saúde. A análise dos dados quantitativos obtidos será feita a partir de estatística descritiva.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / Marina Diedrich Moreira do Amaral - Integrante / Lucas Gaspar Ribeiro - Integrante / Lucas Francisco Cestari - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Percepção dos profissionais de saúde da Estratégia Saúde da Família quanto à classificação de risco das famílias: vantagens e desafios, Descrição: Objetivo: Este trabalho visa analisar a percepção dos profissionais das equipes de Estratégia de Saúde da Família quanto ao conhecimento, utilização, vantagens e dificuldades encontradas da aplicação das Classificações de Risco Familiar nas famílias cadastradas. Material e Métodos: A análise da percepção dos profissionais quanto ao uso e aplicabilidade da CRF será realizada por meio de uma entrevista com os profissionais atuantes nas equipes da ESF dos serviços selecionados de dois municípios no interior do estado de São Paulo vinculadas a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto/USP. A análise das variáveis quantitativas será feita a partir da estatística descritiva e a qualitativa por análise de conteúdo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / Belkiss Rolim Rodrigues Fracon - Integrante.

  • 2012 - 2017

    O CONTEXTO DA SAÚDE EM UM MUNICÍPIO DE PEQUENO PORTE: ASPECTOS DA GESTÃO E DA ATENÇÃO, Descrição: O Ministério da Saúde, desde 1994, vem priorizando a Estratégia de Saúde da Família (ESF) como modelo de atenção para organizar o sistema público de saúde a partir da Atenção Primária à Saúde (APS). Entretanto ainda hoje a APS enfrenta alguns desafios para consolidar a ESF como a escolha prioritária de sua organização como modelo assistencial único nos municípios; a rotatividade dos profissionais, principalmente de médicos com formação especializada, especialmente em áreas rurais; o acesso aos serviços de saúde que seja de qualidade e resolutivo. Por outro lado, o Ministério da Saúde brasileiro tem editado políticas indutoras, incentivando a autoavaliação dos serviços de saúde para a qualificação do acesso e estimulando a fixação do profissional em áreas mais afastadas e a formação especializada do profissional médico. A ESF entendida como uma modalidade diferenciada de atenção visa um atendimento longitudinal e consecutivo, derivado de uma aproximação inicial com o paciente, sua família e a sua realidade. Uma das premissas da ESF é atuar em uma área adscrita, planejando suas ações de saúde a partir da realidade local, identificando necessidades e potencialidades do seu território. Parte essencial do trabalho da equipe da ESF é organizar a assistência à saúde dos seus usuários, por meio da realização do diagnóstico de saúde com vistas a conhecer as características da população e propor intervenções de âmbito individual e coletivo por meio do planejamento ascendente. Uma vez que 70% dos municípios brasileiros têm menos de 20.000 habitantes faz-se necessário dirigir o olhar para esta condição, pois o perfil da população de um município de pequeno porte pode representar a situação da saúde de muitos municípios, do Brasil, com características tipicamente rurais. Os municípios rurais geralmente apresentam semelhanças, como dificuldade de acesso aos grandes centros, defasagem de profissionais de saúde, densidade populacional relativamente baixa, além de similaridades quanto à prática dos profissionais, ao sistema de saúde e, sobretudo aos indicadores de saúde. Regiões com maior concentração da população vivendo em zona rural apresentam maiores taxas de mortalidade infantil, menor cobertura vacinal, baixas taxas de amamentação e maiores taxas de analfabetismo quando comparados a zona urbana. Deste modo, pesquisas que busquem a abrangente compreensão da realidade sanitária, destes municípios de pequeno porte, a partir do conhecimento de suas características, potencialidades e debilidades, abrem a possibilidade de produção de conhecimentos específicos acerca da situação sanitária e de gestão destes municípios, os quais poderão subsidiar a construção de futuras políticas públicas do setor saúde. Nesta direção, temos em Cássia dos Coqueiros um espaço propício para realizar tal diagnóstico. Cássia dos Coqueiros é um município de pequeno porte, com aproximadamente 2.634 habitantes, com 32% da população residente na zona rural e 68% na área urbana. Assim sendo, o desenvolvimento de um projeto dessa natureza oferece a estudantes e docentes a oportunidade de conhecer mais profundamente a realidade e as condições de saúde da população rural, uma vez que este cenário apresenta uma série de características próprias, no que diz respeito a indicadores de saúde, prática profissional, características do sistema e do território.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / Luciana Cisoto Ribeiro - Integrante / Janise Braga Barros Ferreira - Integrante / Augustus Tadeu Relo de Mattos - Integrante., Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 2

  • 2012 - 2014

    Caracterização do perfil de internações por mortalidade e morbidade da população de um município de pequeno porte, Descrição: Uma das premissas da ESF é atuar em uma área adscrita, planejando suas ações de saúde a partir da realidade local, identificando necessidades e potencialidades do seu território. Parte essencial do trabalho da equipe da ESF é organizar a assistência à saúde dos seus usuários, por meio da realização do diagnóstico de saúde com vistas a conhecer as características da população e propor intervenções de âmbito individual e coletivo por meio do planejamento ascendente. Uma vez que 70% dos municípios brasileiros têm menos de 20.000 habitantes faz-se necessário dirigir o olhar para esta condição, pois o perfil da população de um município de pequeno porte pode representar a situação da saúde de muitos municípios do Brasil, com características tipicamente rurais. Esses municípios geralmente apresentam semelhanças, como dificuldade de acesso aos grandes centros, defasagem de profissionais de saúde, densidade populacional relativamente baixa, além de similaridades quanto à prática dos profissionais, ao sistema de saúde e, sobretudo aos indicadores de saúde. Regiões com maior concentração da população vivendo em zona rural apresentam maiores taxas de mortalidade infantil, menor cobertura vacinal, baixas taxas de amamentação e maiores taxas de analfabetismo quando comparados a zona urbana. Deste modo, caracterizar o perfil das internações por causas de mortalidade e morbidade se enquadra na importância que tem as pesquisas que busquem a abrangente compreensão da realidade sanitária, destes municípios de pequeno porte, a partir do conhecimento de suas características, potencialidades e debilidades, abrindo a possibilidade de produção de conhecimentos específicos acerca da situação sanitária e de gestão destes municípios, os quais poderão subsidiar a construção de futuras políticas públicas do setor saúde. Nesta direção, temos em Cássia dos Coqueiros um espaço propício para realizar tal diagnóstico, pois é um município de pequeno porte, com 2.634 habitantes, sendo 32% da população residente na zona rural e 68% na área urbana. Assim sendo, o desenvolvimento de um projeto dessa natureza oferece a oportunidade de conhecer a realidade e as condições de saúde da população rural, que apresenta uma série de características próprias, no que diz respeito a indicadores de saúde, prática profissional, características do sistema e do território.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Coordenador / Luciana Cisoto Ribeiro - Integrante / Janise Braga Barros Ferreira - Integrante / Augustus Tadeu Relo de Mattos - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2009 - 2013

    DETERMINAÇÃO DOS RECURSOS DE SAÚDE DISPONÍVEIS E DO PERFIL DEMOGRÁFICO E NOSOCOMIAL DOS PRESIDIÁRIOS DO COMPLEXO DE RIBEIRÃO PRETO ? SÃO PAULO, Descrição: planejamento e execução de programas de saúde para a população carcerária é uma preocupação mundial. Diversos trabalhos demonstram que esta população apresenta elevados níveis de distúrbios mentais, uso de drogas e de doenças crônicas, em muito superiores aos das populações das quais os indivíduos tiveram origem. Em adição, o próprio ambiente carcerário é propício ao agravo de condições de saúde prévias, bem como ao desenvolvimento de novos agravos. Finalmente, o aumento da população carcerária aumenta ainda mais esta problemática, fenômeno que tem sido observado em diversos países, incluindo o Brasil. Muito embora diagnosticado, o problema é de difícil abordagem, pois a implantação de um programa de assistência ao encarcerado se defronta com inúmeros entraves - variabilidade de agravos à saúde que devem ser abordados e que variam de acordo com as características da população carcerária; capacidade instalada; condições de trabalho oferecidas aos profissionais de saúde no interior de unidades prisionais; relação carcereiro-encarcerado na identificação e acesso ao sistema de saúde. A população confinada no Sistema Penitenciário da região de Ribeirão Preto esta estimada em cerca de 4698 indivíduos distribuídos em 06 (seis) Unidades Prisionais, com taxa de ocupação entre 120 a 225%. Isto faz com que o atendimento ofertado se constitua principalmente em ações de pronto atendimento e intervenções pontuais de baixa resolutividade, com necessidade elevada de deslocamento para os serviços de saúde oferecidos fora das unidades prisionais. Para o estabelecimento de intervenções, faz-se necessário mapear as condições gerais de atendimento em cada unidade prisional, bem como o perfil dos encarcerados em cada unidade para que um projeto mais amplo possa ser delineado. Objetivos: 1. Determinar os recursos estruturais, de equipamento e de pessoal instalados em cada unidade prisional do complexo de Ribeirão Preto. 2.Avaliar o perfil demográfico e nosológico dos encarcerados em cada unidade prisional do complexo de Ribeirão Preto. 3.Desenvolver e testar um instrumento para levantamento de dados em unidades prisionais que possa ser aplicado em outras unidades do Estado de São Paulo. Metodologia: Será realizado estudo transversal de coleta de dados sobre as características de estrutura, equipamento e pessoal para atendimento à saúde do encarcerado. Isto será realizado através de instrumento de coleta de dados desenvolvido para esta finalidade e aplicado aos diretores das seis unidades prisionais de Ribeirão Preto.Também serão coletados dados referentes às transferências realizadas pelas unidades prisionais junto à autoridade policial responsável pelos transportes. Finalmente, serão levantados os dados demográficos e nosológicos disponíveis para os encarcerados de cada unidade prisional.O projeto será submetido para análise no Comitê de Ética em Pesquisa do HC-FMRP-USP.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Luciane Loures dos Santos - Integrante / Antonio Pazin Filho - Coordenador / Maria Cristina T Lattari - Integrante / Carlos Willie Alvarenga - Integrante / Luiz Henrique Fernandes - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2009

5 melhor trabalho na modalidade Comunicação Oral Coordenada, na categoria pesquisa quantitativa, Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade.

2008

X Exposição de Fotografia - Tema Natureza do Projeto ArteSaúde - 4 lugar, CEAPS.

2004

Especialista em Medicina de Família e Comunidade, Associação Médica Brasileira e Sociedade Brasileira de de Medicina de Família e Comunidade.

1999

Moção de Agradecimento pelo Trabalho Voluntário junto a 6ª Caravana da Integração e Cidadania, Câmara Municipal de Ribeirão Preto.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. , Avenida dos Bandeirantes 3900, Monte Alegre, 14490900 - Ribeirão Preto, SP - Brasil, Telefone: (016) 36022712, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - Atual

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 09/2010

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, RCG 0480 - Medicina de Confinamento

  • 02/2009

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, RCG 0122 - Atenção à Saúde da Comunidade I, RCG 0249 - Atenção à Saúde da Comunidade II

  • 02/2006

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, RCG 0605 - Estágio em Medicina Comunitária II

  • 07/2005

    Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Medicina Social, .,Linhas de pesquisa

  • 02/2007 - 07/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Medicina Social, .,Cargo ou função, Representante do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade do Conselho Diretor do Convênio entre a FMRP-USP e a Prefeitura Municipal de Cássia dos Coqueiros.

  • 02/2006 - 07/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Medicina Social, .,Cargo ou função, Membro da Comissão de Residência Médica de Medicina de Família e Comunidade do HC-FMRP-USP.

  • 10/2013 - 07/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Medicina Social, .,Cargo ou função, Vice-coordenadora do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade.

  • 04/2015 - 04/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Medicina Social, .,Cargo ou função, Membro Titular do Conselho do Departamento de Medicina Social.

  • 08/2013 - 08/2015

    Extensão universitária , Departamento de Medicina Social, .,Atividade de extensão realizada, Preceptora do PET Saúde Redes de Cássia dos Coqueiros Urgência e Emergência.

  • 06/2014 - 03/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Medicina Social, .,Cargo ou função, Membro Suplente do Conselho do Departamento de Medicina Social.

2005 - 2014

Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docente Colaborador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2001 - 2005

Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do HCFMRP

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Médica Contratada, Carga horária: 40

Outras informações:
Trabalhava no Núcleo de Saúde da Família III como médica contratada, supervisionando os alunos de graduação do Curso de Medicina do 5 ano da FMRP/USP, além de apoio a supervisão de alunos de gradução da enfermagem e odontologia. Atuava como preceptora dos residentes do 1 e 2 ano de Medicina de Família e Comunidade do HC-FMRP-USP.

Atividades

  • 09/2011 - 12/2012

    Ensino, Educação Física e Esporte, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Resolução de Problemas em Práticas Integradas de Saúde, Educação e Educação Física

  • 11/2012 - 11/2012

    Serviços técnicos especializados , Secretaria de Administração Penitenciária - SP, .,Serviço realizado, Palestra de Prevenção e tratamento aos sentenciados da Penitenciária de Serra Azul.

  • 08/2012 - 08/2012

    Serviços técnicos especializados , Secretaria de Administração Penitenciária - SP, .,Serviço realizado, Palestra educativa para os hipertensos da Penitenciária de Serra Azul.

  • 02/2009 - 01/2011

    Direção e administração, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, .,Cargo ou função, Coordenadora do Núcleo de Saúde da Família 1 do Centro de Atenção Primária da FMRP.

  • 07/2010 - 11/2010

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, RCG 0452 - Organização e Administração em Saúde - Colaboração

  • 08/2010 - 08/2010

    Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, ERM-03100 - Organização e Gestão em Saúde e Enfermagem na Atenção Básica

  • 01/2006 - 01/2010

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, RCG 0505 - Estágio em Medicina Comunitária I. Carga Horária Anual: 120 h

  • 01/2010

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, RCG 0452 - Organização e Administração em Saúde. Colaboração

  • 01/2009 - 11/2009

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, RCG 0122 - Atenção à Saúde da Comunidade I. Carga horária anual: 120 horas

  • 05/2009 - 05/2009

    Ensino, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, RCG 3003 - Iniciação à Saúde. Carga Horária Anual: 4 horas - Colaboração

  • 09/2007 - 08/2008

    Ensino, Nutrição e Metabolismo, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, RNM 4310 - Nutrição em Saúde Pública I. Carga horária anual: 4h - Colaboração

  • 07/2005 - 02/2008

    Direção e administração, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, .,Cargo ou função, Coordenadora do Núcleo de Saúde da Família 3 do Centro de Atenção Primária da FMRP.

  • 02/2007 - 01/2008

    Direção e administração, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, .,Cargo ou função, Preceptora da Residência Médica de Medicina de Família e Comunidade.

  • 06/2007 - 09/2007

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Secretaria de Estado da Saúde, .,Cargo ou função, Participação no Projeto de Apoio Institucional as DRS na Construção do Plano Estadual de Saúde e do Pacto pela Aúde.

  • 12/2006 - 12/2006

    Ensino, Atenção Básica em Saúde da Família, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Módulo Construindo o trabalho em Saúde da Família

  • 02/2006 - 07/2006

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Projeto Tutoria realizado pelo Centro de Apoio Educacional e Psicológico - CAEP

  • 03/2006 - 03/2006

    Ensino, Odontologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Programa de Saúde da Família III: Treinamento para Mutirão da Dengue

  • 10/2005 - 10/2005

    Ensino, Especialização em Saúde da Família, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Supervisão de Estágio de Especialização em Saúde da Família da UNIFRAN com carga horária de 6 horas.

  • 04/2001 - 06/2005

    Serviços técnicos especializados , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, .,Serviço realizado, Supervisão dos Médicos Residentes em Medicina de Família e Comunidade.

  • 03/2005 - 03/2005

    Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP.,Atividade realizada, Monitora do III Mutirão de Combate à Dengue CSE-FMRP-USP.

  • 08/2004 - 09/2004

    Ensino, Saúde da Família, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Atenção Básica em Saúde da Família - Saúde do Adulto na Pós Graduação da Fundação Educacional de Fernandópolis

  • 02/2003 - 09/2003

    Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, ERM - 235 - Enfermagem em Saúde Pública I, ERM-476 - Enfermagem em Saúde Pública II, ERM-456 - Estágio Curricular de Enfermagem em Saúde Coletiva

  • 11/2002 - 04/2003

    Ensino, Especialização em Saúde da Família, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Supervisão dos alunos do Curso de Especialização em Saúde da Família do Polo Norte/Oeste Paulista de Formação e Capacitação de Recursos Humanos para Saúde da Família, no Núcleo de Saúde da Família 3

  • 03/2003 - 03/2003

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, RCG 0280 - Saúde Reprodutiva, Sexualidade e Gênero

2004 - Atual

Associação Paulista de Medicina de Família e Comunidade

Vínculo: Membro da Associação, Enquadramento Funcional: Membro da Associação, Carga horária: 0

Outras informações:
Primeira suplente da diretoria da APMFC da gestão 2013 - 2015

Atividades

  • 11/2013

    Direção e administração, Núcleo Regional da APMFC em Ribeirão Preto, .,Cargo ou função, Diretor Administrativo do Núcleo Regional de Medicina de Família e Comunidade de Ribeirão Preto.

2002 - Atual

Sociedade Brasileira de Medicina de Familia e Comunidade

Vínculo: Membro da Sociedade, Enquadramento Funcional: Membro da Sociedade, Carga horária: 0

Outras informações:
Membro da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade desde 2002