Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho

Graduado em Medicina Veterinária (2013-2018) pela Universidade Federal da Paraíba. Mestre em Histologia Animal (2018-2019) pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal (PPGCAn/UFPB) e Doutorando em Ciências Fisiológicas pelo Programa Multicêntrico de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas - PPGMCF/UFPB pela Sociedade Brasileira de Fisiologia (SBFis). Atualmente é Professor Assistente I do Curso de Medicina Veterinária do Unipê - Centro Universitário onde ministra as disciplinas Anatomia I e II, Histologia e Fisiologia Animal. Faz parte do Laboratório de Controle Neural da Circulação e Hipertensão Arterial (LACONCHA) no Centro de Biotecnologia/UFPB. Desenvolvedor do aplicativo para dispositivos móveis HISTOLOGIA FÁCIL. Atua nas áreas de histologia aplicada, fisiologia cardiovascular e envelhecimento humano. Tem experiência nas áreas de Clínica Médica e Cirúrgica, Experimentação Animal e Morfofisiologia Aplicada.

Informações coletadas do Lattes em 02/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Programa Multicêntrico de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas

2019 - Atual

Universidade Federal da Paraíba
Título: AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE NITRATO INORGÂNICO SOBRE A LONGEVIDADE DE RATOS WISTAR,
Valdir de Andrade Braga.

Mestrado em Ciência Animal

2018 - 2019

Universidade Federal da Paraíba
Título: AÇÃO ANTIOFÍDICA DA CREOLINA® FRENTE A PEÇONHA DE BOTHROPS JARARACA EM RATOS: ASPECTOS CLÍNICOS, HEMATOLÓGICOS E HISTOPATOLÓGICOS,Ano de Obtenção: 2019
Ricardo Romão Guerra.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Graduação em Medicina Veterinária

2013 - 2018

Universidade Federal da Paraíba
Título: POTENCIAL TERAPÊUTICO DA CREOLINA® NA REVERSÃO DOS QUADROS CAUSADOS POR ENVENENAMENTO DE Bothrops jararaca EM RATOS
Orientador: Ricardo Romão Guerra

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Produção Oral: Interações Acadêmicas. (Carga horária: 32h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2018 - 2018

Responsabilidade Técnica. (Carga horária: 6h). , Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba, CRMV-PB, Brasil.

2018 - 2018

Nutrição e Manejo Alimentar em Bovinocultura de Leite. (Carga horária: 30h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2018 - 2018

Nutrição Animal. (Carga horária: 40h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2018 - 2018

Responsabilidade Técnica com ênfase em Biotério. (Carga horária: 8h). , Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba, CRMV-PB, Brasil.

2018 - 2018

Reprodução Animal. (Carga horária: 30h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2018 - 2018

Assuntos Gerais na Suinocultura. (Carga horária: 30h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2018 - 2018

Nutrição Animal. (Carga horária: 40h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2017 - 2017

NCR - Negócio Certo Rural. (Carga horária: 40h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2017 - 2017

Produção e Comercialização da Carne Ovina. (Carga horária: 50h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2017 - 2017

Produção na Suinocultura. (Carga horária: 40h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2017 - 2017

Excel 2010 Básico. (Carga horária: 15h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2017 - 2017

Manejo Sanitário e Qualidade do Leite. (Carga horária: 30h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2016 - 2016

Curso de Técnicas Parasitológicas Aplicadas às Análises Clínicas. (Carga horária: 20h). , Instituto Biomédico de Aprimoramento Profissional, IBAP, Brasil.

2016 - 2016

Avaliação e controle da dor em cães e gatos. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2015 - 2015

Inseminação Artificial em Bovinos. (Carga horária: 40h). , Centro de Inseminação - Fundação Bradesco, PECPLAN, Brasil.

2015 - 2015

INSERÇÃO DO MÉDICO VETERINÁRIO COMO AGENTE DE SAÚDE PÚBLICA. , Conselho Regional de Medicina Veterinária da Paraíba, CRMV-PB, Brasil.

2014 - 2015

Uptime - Comunicação em Inglês. (Carga horária: 290h). , College Uptime, UPT, Brasil.

2013 - 2013

Casqueamento e Apresentação de Animais em Pista. (Carga horária: 22h). , Associação Norte-Riograndense de Criadores de Ovinos e Caprinos, ANCOC, Brasil.

2005 - 2006

Operador em microcomputador. (Carga horária: 100h). , AF Informática, AF INFORMÁTICA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Clínica e Cirurgia Animal.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Morfofisiologia Animal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

CARVALHO, L. R. R. A. ; PEREIRA, H. C. S. . I CANICROSS. 2018. (Outro).

CARVALHO, L. R. R. A. . VIII Semana Acadêmica de Medicina Veterinária e IV Ciclo de Palestras sobre Felinos. 2017. (Outro).

CARVALHO, L. R. R. A. . V Mostra de Profissões. 2016. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

ANCLIVEPA 2017. 2017. (Congresso).

Semana de Medicina Veterinária SEMEVET - UFPB. 2016. (Congresso).

SEMEVET - UFCG. 2014. (Congresso).

Encontro Nordestino de Leite e Derivados. 2013. (Encontro).

II Simpósio de Pós-Graduação em Ciência Animal. 2013. (Simpósio).

SEMEVET - UFERSA. 2013. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Edivaldo da Silva Pereira

BOPP, S.; BUQUERA, L. E. C.;CARVALHO, L. R. R. A.. LEVANTAMENTO DOS ATENDIMENTOS EM ACUPUNTURA REALIZADOS NO HOSPITAL VETERINÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal da Paraíba.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ricardo Romão Guerra

GUERRA, Ricardo Romão; BARBOSA, A. R.; SANTOS, J. R. S.. AÇÃO ANTIOFÍDICA DA CREOLINA® FRENTE A PEÇONHA DE Bothrops jararaca EM RATOS: ASPECTOS CLÍNICOS, HEMATOLÓGICOS E HISTOPATOLÓGICOS. 2019. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal da Paraíba.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ricardo Romão Guerra

AÇÃO ANTIOFÍDICA DA CREOLINA® FRENTE A PEÇONHA DE BOTHROPS JARARACA EM RATOS: ASPECTOS CLÍNICOS, HEMATOLÓGICOS E HISTOPATOLÓGICOS; 2019; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal da Paraíba, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Ricardo Romão Guerra;

Valdir de Andrade Braga

Avaliação do consumo de nitrato inorgânico sobre a longevidade de ratos Wistar; Início: 2018; Tese (Doutorado em Programa Multicêntrico de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal da Paraíba; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CARVALHO, LUCAS RANNIER RIBEIRO ANTONINO ; PEREIRA, HELDER CAMILO DA SILVA ; SILVA, HUGO THYARES FONSECA NASCIMENTO PEREIRA DA ; LUCENA, RICARDO BARBOSA DE ; GUERRA, RICARDO ROMÃO . Creolin® administered by different pathways in rats experimentally poisoned with Bothrops jararaca venom. CIÊNCIA RURAL , v. 49, p. 7, 2019.

  • FIRMINO, MILENA DE OLIVEIRA ; PEREIRA, HELDER CAMILO DA SILVA ; CARVALHO, LUCAS RANNIER RIBEIRO ANTONINO ; GUERRA, RICARDO ROMÃO . External and digestive system morphology of the Tamandua tetradactyla . ANATOMIA HISTOLOGIA EMBRYOLOGIA , v. 49, p. 97-104, 2019.

  • PEREIRA, H. C. S. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; MIRANDA, M. V. C. ; GUERRA, R. R. . Histologia Fácil: Atlas Histológico para Dispositivos Móveis. AGROPECUÁRIA TÉCNICA (UFPB) , v. 40, p. 88-94, 2019.

  • FIGUEREDO, W. X. ; GUERRA, RICARDO ROMÃO ; CARVALHO, L. R. R. A. ; PEREIRA, HELDER CAMILO DA SILVA ; OLIVEIRA, M. F. . Morfologia dos órgãos genitais masculinos do punaré (Thrichomys laurentius). AGROPECUÁRIA TÉCNICA (UFPB) , v. 39, p. 308-315, 2018.

  • OLIVEIRA NETO, T. S. ; RIET-CORREIA, F. ; BARBOSA, F. M. S. ; Nascimento, H. H. L. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; ALVES, A. J. ; Lucena R. B. . Intoxicação por Portulaca elatior (Portulacaceae) em bovinos. PESQUISA VETERINÁRIA BRASILEIRA (ONLINE) , v. 37, p. 785-789, 2017.

  • DIAS, R. O. ; PEREIRA, H. C. S. ; ARAUJO, L. S. ; MENEZES, G. C. ; CARVALHO, L. R. R. A. . PERCEPÇÃO DOS TUTORES A RESPEITO DA PRÁTICA DE ESPORTES POR SEUS ANIMAIS DE COMPANHIA. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • INOJOSA, P. S. ; PEREIRA, H. C. S. ; ARAUJO, L. S. ; MENEZES, G. C. ; CARVALHO, L. R. R. A. . PERCEPÇÃO DOS TUTORES A RESPEITO DA ALIMENTAÇÃO NATURAL PARA CÃES E GATOS. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PEREIRA, H. C. S. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; FIRMINO, M. O. ; SILVA, R. C. G. ; GUERRA, R. R. . CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA DO SISTEMA DIGESTÓRIO DO TAMANDUÁ MIRIM (Tamandua tetradactyla) (Linnaeus, 1758). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PEREIRA, H. C. S. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; FIRMINO, M. O. ; SILVA, R. C. G. ; GUERRA, R. R. . BIOMETRIA EXTERNA DO TAMANDUÁ-MIRIM (Tamandua tetradactyla)(Linnaeus, 1758). 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GUERRA, R. R. ; PEREIRA, H. C. S. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; SANTOS FILHO, G. J. ; MIRANDA, M. V. C. . Histologia Fácil: Atlas Histológico para dispositivos móveis. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PEREIRA, H. C. S. ; SANTOS FILHO, G. J. ; MIRANDA, M. V. C. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; GUERRA, R. R. . Construção de Atlas Histológico para dispositivos móveis como recurso pedagógico. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PEREIRA, E. S. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; BOPP, S. ; CAMPOS, D. B. . Estudo sobre os atendimentos em acupuntura realizados no Hospital Veterinário da Universidade Federal da Paraíba. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GUERRA, M. V. S. F. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; GUERRA, R. R. ; TALIERI, I. C. ; Lucena R. B. . HEMANGIOSSARCOMA CONJUNTIVO-CORNEAL PRIMÁRIO EM CÃO DA RAÇA PITBULL: RELATO DE CASO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CARVALHO, L. R. R. A. ; FIGUEREDO, W. T. X. ; OLIVEIRA, M. F. ; GUERRA, R. R. . MORFOLOGIA DOS ÓRGÃOS GENITAIS MASCULINOS DO PUNARÉ (THRICHOMYS LAURENTIUS THOMAS, 1904). 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • PEREIRA, H. C. S. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; SILVA, H. T. F. N. P. ; SOUZA, V. T. S. ; CRUZ, A. S. ; RAMOS, T. N. L. ; CABRAL, L. G. S. ; GUERRA, R. R. . ALTERAÇÕES CLÍNICAS CAUSADAS PELO ENVENENAMENTO EXPERIMENTAL POR JARARACA (Bothrops jararaca) EM RATOS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • PEREIRA, H. C. S. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; SOUZA, V. T. S. ; SILVA, H. T. F. N. P. ; DELICATO, M. E. A. ; RAMOS, T. N. L. ; GOMES, C. C. S. ; GUERRA, R. R. . ALTERAÇÕES HEMATOLÓGICAS CAUSADAS PELO ENVENENAMENTO EXPERIMENTAL POR JARARACA (Bothrops jararaca) EM RATOS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SILVA, H. T. F. N. P. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; PEREIRA, H. C. S. ; SOUZA, V. T. S. ; RAMOS, T. N. L. ; BARBOSA, S. C. R. ; GOMES, C. C. S. ; GUERRA, R. R. . ALTERAÇÕES HISTOPATOLÓGICAS CAUSADAS PELO ENVENENAMENTO EXPERIMENTAL DE JARARACA (Bothrops jararaca) EM RATOS. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • RAMOS, T. N. L. ; FERNANDES, L. M. ; SOUZA, R. G. ; SOARES, K. O. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; SILVA, H. T. F. N. P. ; SARAIVA, E. P. ; GUERRA, R. R. . SULEMENTAÇÃO DE METIONINA MAIS CISTINA NA DIETA DE CORDONAS JAPONESAS EM FASE DE POSTURA, SUBMETIDAS A DIFERENTES FAIXAS DE TEMPERATURA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • CARVALHO, L. R. R. A. ; FERREIRA, R. ; MENEZES, M. C. . LINFOMA CUTÂNEO NÃO EPITELIOTRÓPICO EM UM CÃO PASTOR ALEMÃO ? RELATO DE CASO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Nascimento, H. H. L. ; Siqueira, R. A. S. ; BEZERRA, I. T. F. ; MEDEIROS, M. M. D. ; Soares, T. O. N. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; Lemos, M. L. P. ; Lucena R. B. . Síndrome da dilatação gástrica em macaco preto de cativeiro (sapajus libidinosus). 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Nascimento, H. H. L. ; Siqueira, R. A. S. ; BEZERRA, I. T. F. ; MEDEIROS, M. M. D. ; Soares, T. O. N. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; Lemos, M. L. P. ; Lucena R. B. . Infecção oportunista por Cândida spp. associado à lesões traumáticas por pesca fantasma em Fregata Magnificiens no estado da Paraíba-Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Nascimento, H. H. L. ; Siqueira, R. A. S. ; BEZERRA, I. T. F. ; MEDEIROS, M. M. D. ; Soares, T. O. N. ; CARVALHO, L. R. R. A. ; Lemos, M. L. P. ; Lucena R. B. . Infecção fatal por herpes vírus en Sagui-de-tufos-brancos (Callithirx Jacchus). 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CARVALHO, L. R. R. A. ; Nascimento, H. H. L. ; Lucena R. B. . Síndrome de Dandy-Walker associada a meningocele occipital em bezerra de 6 meses de idade. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CARVALHO, L. R. R. A. ; BEZERRA, I. T. F. ; Nascimento, H. H. L. ; Lucena R. B. ; MENEZES, M. C. . HEMANGIOSSARCOMA CANINO - RELATO DE CASO. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CARVALHO, L. R. R. A. ; MEDEIROS, M. M. D. ; Nascimento, H. H. L. ; BEZERRA, I. T. F. ; Lucena R. B. . Deficiência de cobre em caprinos criados a campo no município de Alagoa Grande-PB. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CARVALHO, L. R. R. A. . Principais Medicamentos Utilizados em Animais de Produção. 2017. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE NITRATO INORGÂNICO SOBRE O ENVELHECIMENTO DE RATOS WISTAR, Descrição: As interações entre os fatores genéticos e ambientais, além da individualidade dos hábitos no decorrer da vida tornam o processo de envelhecimento extremamente complexo. Nesse sentido, o aspecto nutricional é conhecido por ser um dos maiores moduladores do fenótipo das espécies, sendo, portanto, um fator-chave na busca da longevidade. Dessa forma, o consumo de vegetais de folhas verdes ricas em nitratos como o espinafre e as folhas da beterraba tem sido estimulado. Estudos experimentais mostraram os efeitos benéficos dos nitratos inorgânicos presentes na dieta a curto prazo sobre a pressão arterial, síndrome metabólica, disfunção renal e esteatose hepática. Doenças estas relacionadas com a redução da longevidade. Entretanto, os efeitos do consumo de nitratos inorgânicos a longo prazo ainda não foram investigados. Diante disso, o objetivo deste projeto é avaliar os efeitos do tratamento com nitrato inorgânico sobre a longevidade de ratos Wistar. Serão utilizados ratos e ratas Wistar com 15 meses de idade, distribuídos em quatro grupos, contendo 50 animais cada: machos tratados com nitrato inorgânico (MT), machos tratados com placebo (MP), fêmeas tratadas com nitrato inorgânico (FT) e fêmeas tratadas com placebo (FP). Os animais passarão por acompanhamentos clínicos semanais e exames laboratoriais a cada três meses (avaliação do perfil renal, hepático, lipídico e estresse oxidativo?TBARS), além da avaliação do desgaste telomérico e reatividade vascular. A morte por senescência será monitorada e a causa mortis determinada por avaliação histopatológica. Ao final deste projeto, será possível estabelecer os efeitos do consumo crônico de nitrato inorgânico sobre a longevidade em modelo animal. Apresentando assim caráter translacional de relevante importância clínica, pois apesar dos efeitos promissores do consumo de nitratos no curto prazo, o que tem levado ao aumento do consumo de vegetais ricos em nitratos e do consumo de cápsulas de nitrato pela população, este é o primeiro estudo experimental visando estabelecer as consequências do consumo de nitratos a longo prazo. Além disso, trata-se de um estudo internacional bilateral que envolve a Universidade Federal da Paraíba no Brasil e o Instituto Karolinska na Suécia.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Coordenador / Valdir de Andrade Braga - Integrante / JULIANA TELES DE ANDRADE - Integrante / APOLLO MARCEL FERNANDES DINATTO - Integrante.

  • 2018 - 2019

    UTILIZAÇÃO DA TORTA DE MAMONA NA ENSILAGEM DA CANA-DE-AÇÚCAR EM DIETAS PARA OVINOS, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ricardo Romão Guerra em 28/01/2019., Descrição: Serão realizados dois experimentos com objetivo de avaliar a torta de mamona como alimento para ruminantes. No Ensaio I para avaliação da qualidade da silagem (composição químico-bromatológica, perfil fermentativo, estabilidade aeróbia e perdas) de cana de açúcar aditivada com torta de mamona tratada ou não nos níveis de 0;5;10;15 e 20% de inclusão do aditivo com cinco repetições. Serão realizadas também mensurações do teor de ricina nos tratamentos testados com intuito de verificar se o processo fermentativo da ensilagem será capaz de desnaturar a ricina presente na torta de mamona não tratada, produzindo um efeito de detoxificação natural promovendo redução nos custos de utilização desse co-produto em silagem, além da redução de perdas de matéria seca e aumento do teor proteico da silagem. Este experimento será realizado por meio de mini-silos. No Ensaio II serão utilizados 40 ovinos mestiço Santa Inês, com peso vivo médio de 20 kg, mantidos em confinamento, para avaliar o efeito da adição da torta de mamona destoxificado (TM) na ensilagem de cana-de-açúcar sobre o consumo, desempenho, digestibilidade dos nutrientes, parâmetros nutricionais, comportamento ingestivo, características de carcaça, avaliação econômica das dietas e características morfológicas de rúmen, intestino, e características histopatológicas de fígado e rim.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Romão Guerra - Coordenador / Hugo Thyares Fonseca N P da Silva - Integrante / Maria Eduarda A Delicato - Integrante / PAULO RODRIGUES DANTAS JUNIOR - Integrante.

  • 2018 - 2019

    AÇÃO ANTIOFÍDICA DA CREOLINA® FRENTE A PEÇONHA DE BOTHROPS JARARACA EM RATOS: ASPECTOS CLÍNICOS, HEMATOLÓGICOS E HISTOPATOLÓGICOS, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ricardo Romão Guerra em 09/09/2018., Descrição: Os acidentes ofídicos representam um grave problema de saúde única no Brasil, além de prejuízos econômicos nos sistemas de produção animal. Serpentes do gênero Bothrops são responsáveis pela maioria dos acidentes, cerca de 90% das notificações. A peçonha desses animais quando inoculada em quantidade suficiente desencadeia alterações locais e sistêmicas no organismo, que pode causar sequelas graves ou até o óbito em humanos e animais. O tratamento específico preconizado no Brasil é a utilização do soro antibotrópico pentavalente de acordo com a gravidade do acidente associado ao tratamento auxiliar, essa conduta terapêutica apresenta dificuldades para obtenção e distribuição, alto custo, reações imunológicas consideráveis e não é eficaz frente a sintomatologia local. Diante disso, novas terapias que tratem os efeitos do veneno e/ou complementem a soroterapia se fazem necessárias. O objetivo do presente trabalho é identificar a possível atividade antiofídica da Creolina® frente a peçonha de Bothrops jararaca através da avalição clínica, hematológica e histopatológica em modelo experimental de ratos. Espera-se com o trabalho, validar a capacidade terapêutica do composto, avaliar seus efeitos tóxicos e a viabilidade de utilização nos casos de envenenamento natural, fomentando os estudos que objetivam a elaboração de protocolos alternativos eficientes, de baixo custo e fácil acesso nos casos de acidentes por serpentes do gênero Bothrops.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Romão Guerra - Coordenador / André S Cruz - Integrante.

  • 2016 - 2017

    PESQUISA DA POTENCIAL TERAPÊUTICO DA CREOLINA (PEARSON) NA REVERSÃO DE ACIDENTES OFÍDICOS EM BOVINOS E RATOS, Descrição: O conhecimento empírico tem sua importância nos sistemas científicos e educacionais atuais, sendo passados através das gerações, essas informações podem conter soluções cientificamente inovadoras, especificadamente nesse caso, objetiva-se confirmar a ação da Creolina® na reversão dos quadros de envenenamento ofídico em bovinos por cobras do gênero Bothrops sp, comprovando assim seu efeito terapêutico.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Romão Guerra - Coordenador / Hugo Thyares Fonseca N P da Silva - Integrante.

  • 2016 - 2017

    MORFOLOGIA DOS ÓRGÃOS GENITAIS MASCULINOS DO PUNARÉ (THRICHOMYS LAURENTIUS), Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Romão Guerra - Coordenador / Willian Figueredo - Integrante.

  • 2014 - 2015

    PESQUISA DO POTENCIAL TÓXICO DA PLANTA Caesalpinia pyramidalis COMO CAUSA DE ABORTOS E MALFORMAÇÕES EM CAPRINOS E RATOS, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ricardo Barbosa de Lucena em 15/07/2018., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Barbosa de Lucena - Coordenador / Isadora Thalita Filgueira Bezerra - Integrante.

  • 2014 - 2015

    PADRONIZAÇÃO DO DIAGNÓSTICO PATOLÓGICO DAS DOENÇAS VIRAIS DO SISTEMA NERVOSO EM MAMÍFEROS DOMÉSTICOS E SILVESTRES NO ESTADO DA PARAÍBA, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ricardo Barbosa de Lucena em 05/06/2016., Descrição: - Fazer o estudo comparativo das lesões neurológicas de origem viral entre as diferentes espécies animais; - Determinar as distribuição das lesões do sistema nervoso de acordo com o vírus envolvido e a espécie animal afetada; - Desenvolver e padronizar técnicas avançadas de diagnóstico das principais doenças virais do SNC de mamíferos; - Introduzir as técnicas padronizadas na rotina do Laboratório de Histologia e Histopatologia (LHH/CCA/UFPB). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Barbosa de Lucena - Coordenador / Isadora Thalita Filgueira Bezerra - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2018 - Atual

    HISTOLOGIA FÁCIL: ATLAS HISTOLÓGICO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS, Descrição: Os cenários da educação e pesquisa têm passado, nos últimos anos, por diversas mudanças em virtude da evolução das tecnologias da informação e comunicação (TIC?s), possibilitando inserir e utilizar, dentro e fora do ambiente educacional e científico, seus inúmeras recursos. Telefones que, antes, serviam, exclusivamente, para chamadas de voz, atualmente possuem diversas outras utilidades. No contexto educacional, o telefone móvel possui grande potencial para ser utilizado como recurso pedagógico. A rotina acadêmica incorporou, em suas diversas atividades, a tecnologia dos smartphones ? telefones móveis inteligentes ? e, hoje, são utilizados como ferramenta de aprendizagem e interação entre alunos e professores. Dentre as disciplinas da formação profissional na área das Ciências Biológicas e da Saúde, a Histologia se destaca em importância, uma vez que é uma disciplina base nos cursos de formação dessas áreas e primordial para a compreensão da fisiologia humana e animal. Estudos histológicos demandam ferramentas de visualização acurada de imagens, tanto quanto a descrição de seus conceitos associados. Recursos visuais tradicionais, como microscópios, laminários, imagens em alta resolução impressas em livros, etc., devido ao elevado valor econômico e difícil logística de utilização, constituem problemas difíceis de serem superados. Os novos recursos e ferramentas providos pelas TIC?s possibilitam solucionar as demandas de pesquisas visuais e detalhadas dos estudos de Histologia. Esse projeto tem como objetivo principal investigar e construir um acervo dinâmico de pesquisa, na área da Histologia, por meio da elaboração de um banco de dados digital e construção de um atlas histológico, em forma de aplicativo para dispositivos móveis, para acesso rápido e acurado para toda comunidade acadêmica. O desenvolvimento e manutenção de um aplicativo para telefones móveis, chamado ?Histologia Fácil?, possibilita oferecer recursos de estudos e pesquisas mais rápidos e acurados, meios interativos de aprendizagem, acessível em qualquer lugar e a qualquer hora, solucionando as limitações de custo e visualização. O aplicativo disponível para dispositivos móveis será montado no formato de Atlas Histológico, com apresentação de imagens histológicas em três dimensões (4x, 10x e 40x), referentes a cada tecido do sistema orgânico, com breve introdução e legenda descritiva para cada fotomicrografia. Será analisada, estudada e utilizada, como ferramenta tecnológica, para construção desse aplicativo, uma plataforma que atenda às necessidades de segurança, hospedagem, interatividade, acessibilidade e gratuidade, características consideradas importantes e que nortearão a escolha da plataforma de desenvolvimento e a construção do aplicativo. O Histologia Fácil será desenvolvido no Laboratório de Computação Aplicada as Ciências Agrárias (LACACIA) do Centro de Ciências Agrárias da UFPB. O material utilizado para a construção do banco de dados digital, fonte de dados técnicos e informações para o aplicativo móvel, e o material a ser utilizado para confecção das lâminas do projeto encontram-se processados e serão provenientes do Laboratório de Histologia Animal do CCA/UFPB. O público-alvo dos produtos desse projeto constitui-se do corpo docente, discente e pesquisadores dessa área na UFPB, bem como será disponibilizado, através de download gratuito para celulares nos sistemas Android e iOS, quaisquer pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa da área de Histologia. Esse aplicativo tornar-se-á uma ferramenta auxiliar, motivadora e de fácil acesso no processo de ensino-aprendizagem da área de Histologia Animal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Romão Guerra - Coordenador / Helder C S Pereira - Integrante / MÁRCIA VERÔNICA COSTA MIRANDA - Integrante.

  • 2018 - Atual

    HISTOLOGIA FÁCIL: ATLAS HISTOLÓGICO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ricardo Romão Guerra em 28/01/2019., Descrição: Os cenários da educação e pesquisa têm passado, nos últimos anos, por diversas mudanças em virtude da evolução das tecnologias da informação e comunicação (TIC?s), possibilitando inserir e utilizar, dentro e fora do ambiente educacional e científico, seus inúmeras recursos. Telefones que, antes, serviam, exclusivamente, para chamadas de voz, atualmente possuem diversas outras utilidades. No contexto educacional, o telefone móvel possui grande potencial para ser utilizado como recurso pedagógico. A rotina acadêmica incorporou, em suas diversas atividades, a tecnologia dos smartphones ? telefones móveis inteligentes ? e, hoje, são utilizados como ferramenta de aprendizagem e interação entre alunos e professores. Dentre as disciplinas da formação profissional na área das Ciências Biológicas e da Saúde, a Histologia se destaca em importância, uma vez que é uma disciplina base nos cursos de formação dessas áreas e primordial para a compreensão da fisiologia humana e animal. Estudos histológicos demandam ferramentas de visualização acurada de imagens, tanto quanto a descrição de seus conceitos associados. Recursos visuais tradicionais, como microscópios, laminários, imagens em alta resolução impressas em livros, etc., devido ao elevado valor econômico e difícil logística de utilização, constituem problemas difíceis de serem superados. Os novos recursos e ferramentas providos pelas TIC?s possibilitam solucionar as demandas de pesquisas visuais e detalhadas dos estudos de Histologia. Esse projeto tem como objetivo principal investigar e construir um acervo dinâmico de pesquisa, na área da Histologia, por meio da elaboração de um banco de dados digital e construção de um atlas histológico, em forma de aplicativo para dispositivos móveis, para acesso rápido e acurado para toda comunidade acadêmica. O desenvolvimento e manutenção de um aplicativo para telefones móveis, chamado ?Histologia Fácil?, possibilita oferecer recursos de estudos e pesquisas mais rápidos e acurados, meios interativos de aprendizagem, acessível em qualquer lugar e a qualquer hora, solucionando as limitações de custo e visualização. O aplicativo disponível para dispositivos móveis será montado no formato de Atlas Histológico, com apresentação de imagens histológicas em três dimensões (4x, 10x e 40x), referentes a cada tecido do sistema orgânico, com breve introdução e legenda descritiva para cada fotomicrografia. Será analisada, estudada e utilizada, como ferramenta tecnológica, para construção desse aplicativo, uma plataforma que atenda às necessidades de segurança, hospedagem, interatividade, acessibilidade e gratuidade, características consideradas importantes e que nortearão a escolha da plataforma de desenvolvimento e a construção do aplicativo. O Histologia Fácil será desenvolvido no Laboratório de Computação Aplicada as Ciências Agrárias (LACACIA) do Centro de Ciências Agrárias da UFPB. O material utilizado para a construção do banco de dados digital, fonte de dados técnicos e informações para o aplicativo móvel, e o material a ser utilizado para confecção das lâminas do projeto encontram-se processados e serão provenientes do Laboratório de Histologia Animal do CCA/UFPB. O público-alvo dos produtos desse projeto constitui-se do corpo docente, discente e pesquisadores dessa área na UFPB, bem como será disponibilizado, através de download gratuito para celulares nos sistemas Android e iOS, quaisquer pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa da área de Histologia. Esse aplicativo tornar-se-á uma ferramenta auxiliar, motivadora e de fácil acesso no processo de ensino-aprendizagem da área de Histologia Animal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Romão Guerra - Coordenador / Helder C S Pereira - Integrante / MÁRCIA VERÔNICA COSTA MIRANDA - Integrante.

  • 2018 - Atual

    HISTOLOGIA FÁCIL: ATLAS HISTOLÓGICO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ricardo Romão Guerra em 28/01/2019., Descrição: Os cenários da educação e pesquisa têm passado, nos últimos anos, por diversas mudanças em virtude da evolução das tecnologias da informação e comunicação (TIC?s), possibilitando inserir e utilizar, dentro e fora do ambiente educacional e científico, seus inúmeras recursos. Telefones que, antes, serviam, exclusivamente, para chamadas de voz, atualmente possuem diversas outras utilidades. No contexto educacional, o telefone móvel possui grande potencial para ser utilizado como recurso pedagógico. A rotina acadêmica incorporou, em suas diversas atividades, a tecnologia dos smartphones ? telefones móveis inteligentes ? e, hoje, são utilizados como ferramenta de aprendizagem e interação entre alunos e professores. Dentre as disciplinas da formação profissional na área das Ciências Biológicas e da Saúde, a Histologia se destaca em importância, uma vez que é uma disciplina base nos cursos de formação dessas áreas e primordial para a compreensão da fisiologia humana e animal. Estudos histológicos demandam ferramentas de visualização acurada de imagens, tanto quanto a descrição de seus conceitos associados. Recursos visuais tradicionais, como microscópios, laminários, imagens em alta resolução impressas em livros, etc., devido ao elevado valor econômico e difícil logística de utilização, constituem problemas difíceis de serem superados. Os novos recursos e ferramentas providos pelas TIC?s possibilitam solucionar as demandas de pesquisas visuais e detalhadas dos estudos de Histologia. Esse projeto tem como objetivo principal investigar e construir um acervo dinâmico de pesquisa, na área da Histologia, por meio da elaboração de um banco de dados digital e construção de um atlas histológico, em forma de aplicativo para dispositivos móveis, para acesso rápido e acurado para toda comunidade acadêmica. O desenvolvimento e manutenção de um aplicativo para telefones móveis, chamado ?Histologia Fácil?, possibilita oferecer recursos de estudos e pesquisas mais rápidos e acurados, meios interativos de aprendizagem, acessível em qualquer lugar e a qualquer hora, solucionando as limitações de custo e visualização. O aplicativo disponível para dispositivos móveis será montado no formato de Atlas Histológico, com apresentação de imagens histológicas em três dimensões (4x, 10x e 40x), referentes a cada tecido do sistema orgânico, com breve introdução e legenda descritiva para cada fotomicrografia. Será analisada, estudada e utilizada, como ferramenta tecnológica, para construção desse aplicativo, uma plataforma que atenda às necessidades de segurança, hospedagem, interatividade, acessibilidade e gratuidade, características consideradas importantes e que nortearão a escolha da plataforma de desenvolvimento e a construção do aplicativo. O Histologia Fácil será desenvolvido no Laboratório de Computação Aplicada as Ciências Agrárias (LACACIA) do Centro de Ciências Agrárias da UFPB. O material utilizado para a construção do banco de dados digital, fonte de dados técnicos e informações para o aplicativo móvel, e o material a ser utilizado para confecção das lâminas do projeto encontram-se processados e serão provenientes do Laboratório de Histologia Animal do CCA/UFPB. O público-alvo dos produtos desse projeto constitui-se do corpo docente, discente e pesquisadores dessa área na UFPB, bem como será disponibilizado, através de download gratuito para celulares nos sistemas Android e iOS, quaisquer pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa da área de Histologia. Esse aplicativo tornar-se-á uma ferramenta auxiliar, motivadora e de fácil acesso no processo de ensino-aprendizagem da área de Histologia Animal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Romão Guerra - Coordenador / Helder C S Pereira - Integrante / MÁRCIA VERÔNICA COSTA MIRANDA - Integrante.

  • 2018 - Atual

    HISTOLOGIA FÁCIL: ATLAS HISTOLÓGICO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ricardo Romão Guerra em 28/01/2019., Descrição: Os cenários da educação e pesquisa têm passado, nos últimos anos, por diversas mudanças em virtude da evolução das tecnologias da informação e comunicação (TIC?s), possibilitando inserir e utilizar, dentro e fora do ambiente educacional e científico, seus inúmeras recursos. Telefones que, antes, serviam, exclusivamente, para chamadas de voz, atualmente possuem diversas outras utilidades. No contexto educacional, o telefone móvel possui grande potencial para ser utilizado como recurso pedagógico. A rotina acadêmica incorporou, em suas diversas atividades, a tecnologia dos smartphones ? telefones móveis inteligentes ? e, hoje, são utilizados como ferramenta de aprendizagem e interação entre alunos e professores. Dentre as disciplinas da formação profissional na área das Ciências Biológicas e da Saúde, a Histologia se destaca em importância, uma vez que é uma disciplina base nos cursos de formação dessas áreas e primordial para a compreensão da fisiologia humana e animal. Estudos histológicos demandam ferramentas de visualização acurada de imagens, tanto quanto a descrição de seus conceitos associados. Recursos visuais tradicionais, como microscópios, laminários, imagens em alta resolução impressas em livros, etc., devido ao elevado valor econômico e difícil logística de utilização, constituem problemas difíceis de serem superados. Os novos recursos e ferramentas providos pelas TIC?s possibilitam solucionar as demandas de pesquisas visuais e detalhadas dos estudos de Histologia. Esse projeto tem como objetivo principal investigar e construir um acervo dinâmico de pesquisa, na área da Histologia, por meio da elaboração de um banco de dados digital e construção de um atlas histológico, em forma de aplicativo para dispositivos móveis, para acesso rápido e acurado para toda comunidade acadêmica. O desenvolvimento e manutenção de um aplicativo para telefones móveis, chamado ?Histologia Fácil?, possibilita oferecer recursos de estudos e pesquisas mais rápidos e acurados, meios interativos de aprendizagem, acessível em qualquer lugar e a qualquer hora, solucionando as limitações de custo e visualização. O aplicativo disponível para dispositivos móveis será montado no formato de Atlas Histológico, com apresentação de imagens histológicas em três dimensões (4x, 10x e 40x), referentes a cada tecido do sistema orgânico, com breve introdução e legenda descritiva para cada fotomicrografia. Será analisada, estudada e utilizada, como ferramenta tecnológica, para construção desse aplicativo, uma plataforma que atenda às necessidades de segurança, hospedagem, interatividade, acessibilidade e gratuidade, características consideradas importantes e que nortearão a escolha da plataforma de desenvolvimento e a construção do aplicativo. O Histologia Fácil será desenvolvido no Laboratório de Computação Aplicada as Ciências Agrárias (LACACIA) do Centro de Ciências Agrárias da UFPB. O material utilizado para a construção do banco de dados digital, fonte de dados técnicos e informações para o aplicativo móvel, e o material a ser utilizado para confecção das lâminas do projeto encontram-se processados e serão provenientes do Laboratório de Histologia Animal do CCA/UFPB. O público-alvo dos produtos desse projeto constitui-se do corpo docente, discente e pesquisadores dessa área na UFPB, bem como será disponibilizado, através de download gratuito para celulares nos sistemas Android e iOS, quaisquer pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa da área de Histologia. Esse aplicativo tornar-se-á uma ferramenta auxiliar, motivadora e de fácil acesso no processo de ensino-aprendizagem da área de Histologia Animal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Romão Guerra - Coordenador / Helder C S Pereira - Integrante / MÁRCIA VERÔNICA COSTA MIRANDA - Integrante.

  • 2018 - Atual

    HISTOLOGIA FÁCIL: ATLAS HISTOLÓGICO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ricardo Romão Guerra em 28/01/2019., Descrição: Os cenários da educação e pesquisa têm passado, nos últimos anos, por diversas mudanças em virtude da evolução das tecnologias da informação e comunicação (TIC?s), possibilitando inserir e utilizar, dentro e fora do ambiente educacional e científico, seus inúmeras recursos. Telefones que, antes, serviam, exclusivamente, para chamadas de voz, atualmente possuem diversas outras utilidades. No contexto educacional, o telefone móvel possui grande potencial para ser utilizado como recurso pedagógico. A rotina acadêmica incorporou, em suas diversas atividades, a tecnologia dos smartphones ? telefones móveis inteligentes ? e, hoje, são utilizados como ferramenta de aprendizagem e interação entre alunos e professores. Dentre as disciplinas da formação profissional na área das Ciências Biológicas e da Saúde, a Histologia se destaca em importância, uma vez que é uma disciplina base nos cursos de formação dessas áreas e primordial para a compreensão da fisiologia humana e animal. Estudos histológicos demandam ferramentas de visualização acurada de imagens, tanto quanto a descrição de seus conceitos associados. Recursos visuais tradicionais, como microscópios, laminários, imagens em alta resolução impressas em livros, etc., devido ao elevado valor econômico e difícil logística de utilização, constituem problemas difíceis de serem superados. Os novos recursos e ferramentas providos pelas TIC?s possibilitam solucionar as demandas de pesquisas visuais e detalhadas dos estudos de Histologia. Esse projeto tem como objetivo principal investigar e construir um acervo dinâmico de pesquisa, na área da Histologia, por meio da elaboração de um banco de dados digital e construção de um atlas histológico, em forma de aplicativo para dispositivos móveis, para acesso rápido e acurado para toda comunidade acadêmica. O desenvolvimento e manutenção de um aplicativo para telefones móveis, chamado ?Histologia Fácil?, possibilita oferecer recursos de estudos e pesquisas mais rápidos e acurados, meios interativos de aprendizagem, acessível em qualquer lugar e a qualquer hora, solucionando as limitações de custo e visualização. O aplicativo disponível para dispositivos móveis será montado no formato de Atlas Histológico, com apresentação de imagens histológicas em três dimensões (4x, 10x e 40x), referentes a cada tecido do sistema orgânico, com breve introdução e legenda descritiva para cada fotomicrografia. Será analisada, estudada e utilizada, como ferramenta tecnológica, para construção desse aplicativo, uma plataforma que atenda às necessidades de segurança, hospedagem, interatividade, acessibilidade e gratuidade, características consideradas importantes e que nortearão a escolha da plataforma de desenvolvimento e a construção do aplicativo. O Histologia Fácil será desenvolvido no Laboratório de Computação Aplicada as Ciências Agrárias (LACACIA) do Centro de Ciências Agrárias da UFPB. O material utilizado para a construção do banco de dados digital, fonte de dados técnicos e informações para o aplicativo móvel, e o material a ser utilizado para confecção das lâminas do projeto encontram-se processados e serão provenientes do Laboratório de Histologia Animal do CCA/UFPB. O público-alvo dos produtos desse projeto constitui-se do corpo docente, discente e pesquisadores dessa área na UFPB, bem como será disponibilizado, através de download gratuito para celulares nos sistemas Android e iOS, quaisquer pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa da área de Histologia. Esse aplicativo tornar-se-á uma ferramenta auxiliar, motivadora e de fácil acesso no processo de ensino-aprendizagem da área de Histologia Animal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lucas Rannier Ribeiro Antonino Carvalho - Integrante / Ricardo Romão Guerra - Coordenador / Helder C S Pereira - Integrante / MÁRCIA VERÔNICA COSTA MIRANDA - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Menção Honrosa - Categoria Projeto Doutorado, I Encontro Científico de Pós-graduação do Centro de Biotecnologia.

2019

5ª Premiação de Inovação Tecnológica Professor Delby Fernandes de Medeiros, Universidade Federal da Paraíba.

2018

Láurea Acadêmica, Universidade Federal da Paraíba.

2018

Honra ao mérito (melhor rendimento acadêmico em Medicina Veterinária), Conselho Regional de Medicina Veterinária CRMV-PB.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal da Paraíba, Centro de Biotecnologia. , AC Cidade Universitária João Pessoa, Castelo Branco, 58051970 - João Pessoa, PB - Brasil, Telefone: (83) 32167173

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - 2017

    Universidade Federal da Paraíba

    Vínculo: MONITORIA HISTOLOGIA, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 6

    Outras informações:
    Monitor voluntário por 7 períodos letivos

  • 2019 - 2019

    Escola Técnica de Saúde - CCS/UFPB

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Professor substituto do curso técnico em Análises Clínicas ETS-UFPB.

  • 2019 - Atual

    Centro Universitário de João Pessoa

    Vínculo: Professor Assistente, Enquadramento Funcional: Assistente, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Professor Assistente do Curso de Medicina Veterinária nas disciplinas: Anatomia I e II, Histologia e Fisiologia Animal