Camila Fabiano de Freitas

Possui graduação em química /licenciatura (2012) pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Cursou o mestrado em química (2014) e doutorado em físico-química (2018) pela Universidade Estadual de Maringá. Possui pós-doutorado pela mesma instituição, desenvolvendo pesquisas na área de Química de Materiais. Trabalha na área de Físico-Química, com ênfase na interação de fármacos fotoativos com sistemas nanoestruturados a base de micelas poliméricas e fosfolipídios, atuando principalmente nos seguintes temas: Nanotecnologia, Micelas, Lipossomas Revestidos, Hidrogéis, Liberação Controlada, Nanopartículas Metálicas, Formulações, Teranóstica, Terapia Fotodinâmica e Câncer.

Informações coletadas do Lattes em 06/04/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Química

2014 - 2018

Universidade Estadual de Maringá
Título: Estudos físico-químicos de derivados ésteres catiônicos da Eritrosina B formulados em sistemas nanoestruturados lipossomais conjugados com micelas poliméricas do tipo PEO-PPO-PEO para aplicações em Terapia Fotodinâmica
Noboru Hioka. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Química

2012 - 2014

Universidade Estadual de Maringá
Título: Estudos Físico-químicos da Eritrosina B, Eosina Y e derivados ésteres encapsulados em micelas poliméricas do tipo Plurônicos: aspectos fotofísicos e fotodinâmicos,Ano de Obtenção: 2014
Noboru Hioka.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Química

2007 - 2011

Universidade Estadual de Maringá

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2018

Pós-Doutorado. , Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Exatas e da Terra, Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Engenharia Médica / Especialidade: Biomateriais e Materiais Biocompatíveis.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2018

Língua Inglesa. (Carga horária: 594h). , Universidade Estadual de Maringá - Instituto de Línguas, ILG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Físico-Química.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Química de Materiais.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Terapia Fotodinâmica.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Polímeros e Colóides.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Lipídeos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

DE FREITAS, CAMILA FABIANO . II Encontro da Rede Paranaense de Terapia Fotodinamica. 2015. (Congresso).

FREITAS, C. F. ; HIOKA, N. ; CAETANO, W. . I Encontro da Rede Paranaense de Terapia Fotodinâmica. 201. 2013. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XXXI Semana de Química e I Simpósio de Pós-Graduação em Química da UEM: ?Fazendo Química no Atual Contexto Socioeconômico Brasileiro?.. 2016. (Simpósio).

II ENCONTRO DA REDE PARANAENSE DE TERAPIA FOTODINAMICAIC. 2015. (Encontro).

I International Symposium on Drug Delivery Systems.?ERYTHROSIN DERIVATIVES ENCAPSULATED IN PLURONIC NANOSPHERES AIMING PHOTODYNAMIC THERAPY APPLICATION?. 2015. (Simpósio).

XXI SBQSul - Quimica sem fronteiras: Internacionalização e difusao do conhecimento. 2014. (Congresso).

4° Encontro da rede nBionet: Films and Sensors.Estabilidade, propriedades físico-químicas e fotofísicas da Eritrosina B e seus derivados ésteres encapsulados em nanoesferas de Pluronics®. 2013. (Encontro).

4 Encontro da rede nBionet: Films and Sensors. 2013. (Congresso).

I Encontro da Rede Paranaense de Terapia Fotodinâmica. 2013. (Encontro).

3° Encontro da rede nBionet, Films and Sensors. 2012. (Encontro).

II Conferência USP em nanotecnologia. 2012. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marcos Luciano Bruschi

BRUSCHI, M. L.; HIOKA, N.; OLIVEIRA, A. G.;CONSOLARO, M. E. L.; TIERA, M. J.. Estudos físico-químicos de derivados ésteres da Eritrosina B incorporados em sistemas lipossomais revestidos com polímeros do tipo PEO-PPO-PEO almejando aplicações fotodinâmicas. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Marcos Luciano Bruschi

BRUSCHI, M. L.; HIOKA, N.; CAETANO, W.; SILVA, R.. Estudos físico-químicos de eritrosina B e seus derivados ésteres formulados em sistemas nanoestruturados lipossomais revestidos com polímeros tipo PEQ-PPO-PEO almejando aplicações fotodinâmicas. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual de Maringá.

Armando Mateus Pomini

HIOKA, N.;POMINI, A. M.; BONACIM, J. A.. Estudos físico químicos da Eritrosina B, Eosina Y e derivados ésteres formulados em micelas poliméricas do tipo Pluronics: aspectos fotofísicos e fotodinâmicos. 2014. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Armando Mateus Pomini

HIOKA, N.;Mateus Pomini, Armando; OLIVEIRA, D. M. F.. Estudo físico químicos da Eritrosina B, Eosina Y e derivados ésteres em sistemas nanoencapsulados: aspectos fotofísicos. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Daniela Martins Fernandes de Oliveira

HIOKA, Noboru; POMINI, A. M.;FERNANDES, D. M.. Estudos Físico-Químicos da EritrosinaB, Eosina Y e derivados ésteres em sistemas nanoencapsulados: aspectos fotofísicos. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Márcia Edilaine Lopes Consolaro

HIOKA, N.;Bruschi, M. L.Consolaro, MEL; TIERA, M. J.; OLIVEIRA, A. G.. Estudos físico-químicos de derivados ésteres da Eritrosina B incorporadas em sistemas lipossomais revestidos com polímeros do tipo PEO-PPO-PEO almejando aplicações fotodinâmicas. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Juliano Alves Bonacin

Hioka, N.; POMINI, A. M.;BONACIN, J. A.. Estudos físico-químicos da Eritrosina B, Eosina Y e derivados ésteres formulados em micelas poliméricas do tipo Plurônics: aspectos fotofísicos e fotodinâmicos. 2014. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Estadual de Maringá.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Edvani Curti Muniz

Início: 2018; Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico;

Noboru Hioka

Estudos físico-químicos da Eritrosina B, Eosina Y e derivados ésteres formulados em micelas poliméricas do tipo Pluronics: aspectos fotofísicos e fotodinâmicos; 2014; Dissertação (Mestrado em Química; Mestrado / Doutorado) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Noboru Hioka;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • 2019 BUKMAN, L. ; FREITAS, CAMILA FABIANO ; CAETANO, WILKER ; FERNANDES, N. R. C. ; HIOKA, NOBORU ; BATISTELA, VAGNER ROBERTO . Kinetic spectrophotometric method for real-time monitoring of ultraviolet photoreactions: A mini-photoreactor. SPECTROCHIMICA ACTA PART A-MOLECULAR AND BIOMOLECULAR SPECTROSCOPY , v. 211, p. 330-335, 2019.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Investigação de lipossomas mistos com polímeros tribloco como sistema nanoencapsulador de Fármacos Fotodinâmicos para câncer, Descrição: O projeto busca a obtenção de vesículas lipossomais mistas obtidas de modo simples e econômico constituídas de lipossomos e copolímeros de arquitetura tribloco tipo PEO-PPO-PEO, (em pequenas quantidades) cujos grupos ?OH dificultam o reconhecimento pelo sistema imunológico aumentando o tempo de circulação destas vesículas na corrente sanguínea. Estudos recentes demonstraram que esse produto tecnológico é possível de ser obtido via formação de filme fino do lipossoma (previamente dissolvido em solvente orgânico volátil) por rota-evaporação, seguida de hidratação em ultra-sonicador de banho de baixa frequência (42 KHz ? equipamento usado em limpeza de peças) levando a formação de SUVs (Small Unilamellar Vesicles) uniformes, sem a necessidade de extrusão. As características físico-químicas dessas SUVs serão investigadas, principalmente parâmetros como estabilidade em meio aquoso, estabilidade no estado sólido liofilizado (relacionado a tempo de prateleira), estabilidade frente à processos de diluição, tamanho, multilameridade, condições de formação das SUVs, e demais propriedades. Posteriormente essas vesículas serão modificadas através da vetorização com biotina, conhecida molécula que provoca aumento de seletividade por diversos tumores devido à presença nestes de receptores ? avidina, ligante receptor-alvo específico ? chamado de direcionamento ativo ao tumor. Neste intuito o grupo OH terminal da F127 será ligado covalentemente a vitamina Biotina. No final essas vesículas biotiniladas terão fotossensibilizadores incorporados, tais como a Hipericina e a Clorina ? Benzoporfirina (Visudyne®) visando estudos de inativação de células cancerígenas in vitro.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Camila Fabiano de Freitas - Integrante / CAETANO, WILKER - Integrante / HIOKA, NOBORU - Coordenador / TESSARO, ANDRÉ LUIZ - Integrante / Vagner Roberto Batistela - Integrante / Gustavo Braga - Integrante / Renato Sonchini Gonçalves - Integrante / Leandro Herculano da Silva - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Atividade fotodinâmica da Curcumina combinada com Nanopartículas da Prata simultaneamente carregadas em Hidrogéis, para liberação cólon-especifica, Descrição: Pesquisas recentes tem mostrado que pequenas concentrações da CUR combinadas com doses de luz visível, coerentes com seu espectro de absorção, são eficientes na morte celular. Esse procedimento terapêutico é nomeado Terapia Fotodinâmica (TFD) e está intrinsicamente relacionada à geração de oxigênio singleto (1O2) pela espécie fotossensibilizada, neste caso a CUR. Na literatura é demonstrado que, apesar dos bons resultados, a CUR apresenta baixíssimos valores de Φ1O2. Nessa conjectura, ínumeros estudos vem sendo realizados com o intuito de melhorar/aumentar a geração de 1O2 pela CUR. Dentre as técnicas envolvidas, destaca-se a combinação do fármaco com nanopartículas metálicas, especialmente as de prata (AgNPs). Essa combinação é responsável pelo efeito MEO (?metal enhanced singlet oxygen generation?) que atua na potencialização da geração de 1O2 pelo fármaco. Assim, no presente projeto busca-se: (i) preparar hidrogéis pH-responsivos de QT/SC com liberação cólon-específica utlizando solventes verdes do tipo LI; (ii) sintetizar AgNPs combinadas com a CUR; (iii) encapsular as CUR-AgNPs nos hidrogéis pH-responsivos e avaliar o efeito de potencialização da geração 1O2; (iv) obter formulações terapêuticas com efeitos sinérgicos envolvendo TFD, ação antimicrobiana, terapia fototérmica e possibilidade de diagnóstico por imagenologia que apresentem atividade em câncer colorretal.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Camila Fabiano de Freitas - Integrante / Edvani Curti Muniz - Coordenador.

  • 2014 - Atual

    ?Lipossomas de longa circulação revestidos com polímeros do tipo PEO-PPO-PEO para o carreamento de fármacos fotoativos?, Descrição: Uma tecnologia promissora baseada na nanomedicina para a solubilização e carreamento de fármacos em meios aquosos são os lipossomos. Vesículas lipossomais são formadas por uma ou mais bicamadas concêntricas de fosfolipídios intermediadas por compartimentos aquosos. Mais precisamente, os fosfolipídios são constituídos por uma cabeça polar e duas caudas hidrofóbicas que, quando devidamente preparados em meio aquoso, orientam-se formando uma bicamada. Vesículas lipossomais são muito promissores para a indústria farmacêutica dada a possibilidade de incorporar substâncias farmacologicamente ativas tanto no compartimento aquoso interno (substâncias hidrossolúveis), como em sua bicamada lipídica (substâncias lipofílicas ou anfifílicas). A utilização de sistemas lipossomais na formulação de fármacos inclui diversas vantagens, pois eles são biodegradáveis, não possuem antigenicidade, protegem os ativos contra a ação enzimática, reduzem a toxicidade dos fármacos e podem ser direcionados ao local de ação pela adição de sinais moleculares. Além disso, apresentam elevada versatilidade, cujo tamanho, lamelaridade, superfície, e composição lipídica podem ser manipulados em função dos requisitos farmacêuticos e farmacológicos desejados. Adicionalmente, os lipossomos apresentam a vantagem de serem estruturalmente semelhantes às membranas biológicas, inclusive os fosfolipídios presentes são os mesmos presentes nas células. Essa elevada similaridade permite uma maior interação com a membrana biológica. Entre os mecanismos postulados pelos quais os lipossomos podem interagir com as membranas, acredita-se que a adsorção, a endocitose, a troca de lipídio e a fusão são as mais importantes [21-22].Apesar de todas essas propriedades favoráveis os lipossomos podem ser desvantajosos devido à baixa estabilidade em água, apresentando pequeno tempo de vida, além de possuírem alto custo de produção. Aliado a isso, um dos maiores entraves na utilização dos lipossomos é a sua rápida eliminação da corrente sanguínea, devido a sua captura por células do sistema reticular endotelial, principalmente as células de Kupffer do fígado. Nesse sentido, várias alternativas vem sendo propostas a fim de obter vesículas lipossomais mais estáveis e que apresentem maior tempo de circulação nos fluídos sanguíneos com menor reconhecimento pelo sistema imunológico natural dos pacientes. Uma interessante alternativa é o revestimento lipossomal com um material hidrofílico visando impedir os processos de agregação e fusão das vesículas com manutenção mecânica do sistema nano-particulado (NP), e ainda permita que esse permaneça por tempo suficiente na corrente sanguínea. Dentre estes materiais destacam-se os copolímeros tribloco do tipo Pluronics® (também conhecidos como Poloxamers®), constituídos por dois grupos hidrofílicos de poli(óxido etileno) (PEO) e um bloco hidrofóbico de poli(óxido propileno) (PPO) numa estrutura PEO-PPO-PEO. Esse material polimérico pode, em baixas concentrações, revestir as vesículas lipossomais, elevando a sua estabilidade. Copolímeros tribloco são termorresponsívos e pH-responsívos, assim, as propriedades intrínsecas da região tumoral (aumento de temperatura e acidez) podem ser utilizadas a favor do direcionamento seletivo e entrega do fármaco [30-31]. Nessas condições, propõem-se para o desenvolvimento deste trabalho a utilização de vesículas de DPPC (1,2-dipalmitoil-sn-glicero-3-fosfatidilcolina), Figura 1B, revestidas com o copolímero F-127 (EO)100(PO)70(EO)100, a fim de obter-se um nanocarreador com elevada estabilidade química, físico-mecânica, biológica e longo tempo de circulação na corrente sanguínea. Adicionalmente, acredita-se que preparações lipossomais revestidas contendo corantes xantênicos como a Eritrosina B (ERI) e seus derivados ésteres, formam excelentes candidatos a fármacos na TFD.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Camila Fabiano de Freitas - Integrante / Noboru Hioka - Coordenador.

  • 2012 - 2014

    Estudos físico-químicos da Eritrosina B, Eosina Y e derivados ésteres formulados em micelas poliméricas do tipo Plurônicos: aspectos fotofísicos e fotodinâmicos., Descrição: Uma modalidade clínica promissora no tratamento de doenças que promovem crescimento anormal de tecidos é a Terapia Fotodinâmica (TFD). Esta técnica se baseia na combinação de um composto fotossensibilizador (FS), radiação de comprimento de onda adequado e oxigênio molecular (3O2) na geração de espécies citotóxicas como oxigênio singlete (1O2), que levam à morte celular. Este tratamento também pode ser destinado ao controle de microrganismos recebendo o nome de Inativação Fotodinâmica de Microrganismos (IFDMO). Corantes xantênicos halogenados, como a eritrosina B (ERI) e eosina Y (EOS) apresentam elevada absortividade molar e alto rendimento quântico de formação de oxigênio singleto (φΔ1O2), características essenciais para utilização fotodinâmica. Tanto ERI como EOS apresentam características hidrofílicas acentuadas, o que desfavorece a interação com membranas biológicas. Neste sentido, seus derivados ésteres hidrofóbicos podem ser facilmente sintetizados por alquilação na região benzênica da molécula, gerando: eritrosina metil-éster (ERIMET), eosina metil-éster (EOSMET), eritrosina butil-éster (ERIBUT), eosina butil-éster (EOSBUT), eritrosina decil-éster (ERIDEC) e eosina decil-éster (EOSDEC), que além da cadeia alquílica, adicionalmente em água a pH neutro tem a diminuição de uma carga negativa. Apesar da melhor afinidade destes derivados por membranas biológicas, um dos alvos preferenciais dos tratamentos, estes FS apresentam-se instáveis em água com tendência a auto-agregar, propriedade inconveniente para os tratamentos fotodinâmicos por diminuir o tempo de vida de estados excitados. Assim a utilização de sistemas de solubilização e carreamento ?drug delivery system? são convenientes. Para este fim com micelas poliméricas de Pluronics®, mais precisamente F-127 e P-123, são excelentes plataformas poliméricas devido à elevada versatilidade e biocompatibildiade,. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Camila Fabiano de Freitas - Integrante / Noboru Hioka - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

Melhor Pôster V International Meeting of Biosciences and Physiopathology ? IX Simpósio de Biociências Aplicadas à Farmácia, Universidade Estadual de Maringá.

2017

Menção Honrosa no XV Prêmio Edy de Lello Montenegro de Pós-Graduação, 20º Encontro Nacional de Biomedicina, realizado na cidade de Botucatu-SP, no período de 19 a 21 de o.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional