Sérgio Borges Fonseca Júnior

Obteve título de bacharel em Economia pela Universidade Federal de Uberlândia no ano de 2011, com a monografia: A evolução das condições de trabalho dos empregados na Cafeicultura no Estado de Minas Gerais em período recente, 2003, 2006 e 2009 - este trabalho recebeu Menção Honrosa no XXIV Prêmio Minas de Economia. No ano de 2013, obteve título de mestre em Economia com a dissertação nomeada: uma avaliação das condições de trabalho dos empregados na cafeicultura mineira e no cultivo da cana-de-açúcar em São Paulo, nos anos 2004, 2006 e 2008. Essa dissertação foi publicada como livro no ano de 2018. É Pesquisador em Economia no Instituto Mauro Borges - vinculado a Segplan de Goiás - desde o ano de 2013. Nesse cargo atuou durante dois anos na assessoria de elaboração do IPC Goiânia, tendo desenvolvido nesse período o Índice de Preços dos Idosos para o município de Goiânia, conforme publicado na revista PPP do IPEA de 2016. Atuou cerca de 1 ano e meio, na elaboração e analise do PIB do Trimestral do Estado de Goiás. Entre dezembro de 2017 e maio de 2018, atuou na assessoria da Superintendência de Orçamento do Estado de Goiás e a partir de julho de 2018 foi nomeado Gerente de Controle das Despesas, suas principais atribuições nessa área são o desenvolvimento de relatórios e ferramentas para acompanhamento da execução orçamentária, criação e manutenção do Sistema Orçamentário no que tange a criação de novas naturezas de despesas -a fim de assegurar a integridade e tempestividade das informações contábeis do Estado - e auxilia na contenção de despesa através da metodologia do Gerenciamento Matricial de Despesas. Em Fevereiro de 2019 foi nomeado Superintendente de Gestão, Planejamento e Finanças (atualmente o cargo é designado por Superintendente de Gestão Integrada), sendo responsável pela coordenação da área meio da secretaria: Recursos Humanos, Orçamento e Finanças, Tecnologia da Informação, Contratos, Licitações, Convênios e Contratos de Repasse com a União, Apoio logístico, frota, serviços patrimoniais, entre outros.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Economia

2012 - 2013

Universidade Federal de Uberlândia
Título: Uma avaliação das condições de trabalho dos empregados na cafeicultura mineira e no cultivo da cana-de-açúcar em São Paulo, nos anos 2004, 2006 e 2008,Ano de Obtenção: 2013
Carlos Alves do Nascimento.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Cafeicultura em Minas Gerais; Cultivo de cana-de-açúcar em São Paulo; Modernização Agrícola; Produtividade; Índice de Qualidade de Emprego (IQE); Categorias Ocupacionais. Grande área: Ciências Sociais Aplicadas

Graduação em Ciências Economicas

2008 - 2011

Universidade Federal de Uberlândia
Título: A evolução das condições de trabalho dos empregados na Cafeicultura no Estado de Minas Gerais em período recente, 2003, 2006 e 2009
Orientador: Carlos Alves do Nascimento

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

52° Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia e Rural (SOBER). 2014. (Congresso).

XLIX Congresso da Sociedade Brasileira de Economia Administração e Sociologia Rural - SOBER.. DINÂMICA SOCIOECONÔMICA DA CAFEICULTURA NO CERRADO MINEIRO E A IMPORTÂNCIA DO VETOR DE PRODUÇÃO DE CAFÉ ORGÂNICO. 2011. (Congresso).

IX Seminário de Economia - "Desenvolvimento Brasileiro no Contexto Latino Americano" - UFU. 2008. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Humberto Eduardo de Paula Martins

NASCIMENTO, C. A.;MARTINS, H. E. P.; ROCHA JUNIOR, F. L.. Uma avaliação das condições de trabalho dos empregados na cafeicultura mineira e no cultivo da cana-de-açúcar em São Paulo, nos anos 2004, 2006 e 2008. 2013. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Uberlândia.

Humberto Eduardo de Paula Martins

NASCIMENTO, C. A.;MARTINS, H. E. P.; NEDER, Henrique Dantas. Uma avaliação das condições de trabalho dos empregados na cafeicultura mineira e no cultivo da. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Economia) - Universidade Federal de Uberlândia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Ebenézer Pereira Couto

Dinâmica sócio-econômica da cafeicultura no cerrado mineiro e a importância do vetor de produção de café orgânico; Início: 2010; Iniciação científica (Graduando em Ciências Econômicas) - Universidade Federal de Uberlândia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; (Orientador);

Ebenézer Pereira Couto

A Dinâmica Socio-econômica da Cafeicultura no Cerrado Mineiro e a Importância do Vetor de Produção de Café Orgânico; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Econômicas) - Instituto de Economia Universidade Federal de Uberlândia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Ebenezer Pereira Couto;

Carlos Alves do Nascimento

Uma avaliação das condições de trabalho dos empregados na cafeicultura mineira e no cultivo da cana-de-açúcar em São Paulo, nos anos de 2004, 2006 e 2008; ; 2013; Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Uberlândia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carlos Alves do Nascimento;

Carlos Alves do Nascimento

A evolução das condições de trabalho dos empregados na Cafeicultura no Estado de Minas Gerais em período recente, 2003, 2006 e 2009; ; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Federal de Uberlândia; Orientador: Carlos Alves do Nascimento;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • OLIVEIRA, G. R. ; LIMA, A. F. R. ; FONSECA JÚNIOR, S. B. ; ROSA, T. M. . Avaliação de eficiência das escolas públicas de ensino médio em Goiás: uma análise de dois estágios. Revista de Economia Aplicada , v. 21, p. 163-181, 2017.

  • LIMA, A. F. R. ; DIAZ, M. E. P. ; FONSECA JÚNIOR, S. B. . As condições socioeconômicas e sua relação com o sucesso no vestibular: evidências a partir do processo seletivo da Universidade Federal de Goiás. REVISTA DE ECONOMIA DO CENTRO-OESTE , v. 3, p. 36-50, 2017.

  • FONSECA JÚNIOR, S. B. ; MARQUES, D. M. F. ; LIMA, A. F. R. ; ALVES, L. B. . Crescimento e Desenvolvimento Econômico no Brasil Central: Diagnóstico e evidência empírica. Conjuntura Econômica Goiana , v. 1, p. 41-58, 2016.

  • ALVES, L. B. ; MARQUES, D. M. F. ; LIMA, A. F. R. ; FONSECA JÚNIOR, S. B. . Degradação ambiental: diagnóstico e análise para o Brasil Central. Conjuntura Econômica Goiana , v. 1, p. 59-80, 2016.

  • LIMA, A. F. R. ; FONSECA JÚNIOR, S. B. ; MARQUES, D. M. F. . FATORES SOCIOECONÔMICOS DETERMINANTES PARA O SALÁRIO NO PRIMEIRO EMPREGO EM GOIÁS. Conjuntura Econômica Goiana , v. Junho 2016, p. 79-91, 2016.

  • LIMA, A. F. R. ; FONSECA JÚNIOR, S. B. ; OLIVEIRA, G. R. . Avaliação e os Determinantes da Eficiência do Ensino Fundamental nos Municípios Goianos: Uma Análise em Dois Estágios. Meta: Avaliação , v. 8, p. 440-462, 2016.

  • FONSECA JÚNIOR, S. B. ; LIMA, A. F. R. . Proposta Metodológica de Índice de Inflação da Terceira Idade no Município de Goiânia, Goiás. Planejamento e Politicas Publicas , v. jul/dez, p. 113-134, 2016.

  • FONSECA JÚNIOR, S. B. ; LIMA, A. F. R. . Uma Análise de Variáveis Socioeconômicas e da Dispersão de Idade no Desempenho dos Alunos no Ensino Médio em Goiás. Conjuntura Econômica Goiana , v. 1, p. 19-29, 2015.

  • FONSECA JÚNIOR, S. B. ; SOUSA, M. E. ; LIMA, A. F. R. . Análise do comportamento do preço do tomate saladete em Goiás: sazonalidade, cointegração e causalidade. Conjuntura Econômica Goiana , v. 1, p. 35-50, 2014.

  • FONSECA JÚNIOR, S. B. ; NASCIMENTO, C. A. . A evolução das condições de trabalho dos empregados na cafeicultura no Estado de Minas Gerais em período recente, 2003, 2006 e 2009. Revista Rumos , v. 6, p. 1-16, 2012.

  • FONSECA JÚNIOR, S. B. . Uma avaliação das condições de trabalho dos empregados: na cafeicultura mineira e no cultivo de cana-de-açúcar em São Paulo, nos anos de 2004, 2006 e 2008. 1. ed. Morebooks, 2018. v. 1. 96p .

  • FONSECA JÚNIOR, S. B. ; LIMA, A. F. R. . Na rota do crescimento. O Popular, Goiânia, Goiás, p. 2 - 2, 11 abr. 2016.

  • FONSECA JÚNIOR, S. B. . inflação atinge a todos. O Popular, 08 jan. 2016.

  • FONSECA JÚNIOR, S. B. ; SOUSA, M. E. . As expectativas geram inflação?. O Popular, 28 maio 2014.

  • SOUSA, M. E. ; FONSECA JÚNIOR, S. B. . O cenário de Preços em Goiânia. O Popular, Goiânia, 01 fev. 2014.

  • LIMA, A. F. R. ; FONSECA JÚNIOR, S. B. ; MARQUES, D. M. F. ; DIAZ, M. E. P. . Ajuste sazonal da produção industrial em Góias: uma análise da indústria de transformação e suas desagregações. In: 2º Encontro Goiano de Probabilidade e Estatística, 2015, Goiânia. Anais do 2o Encontro Goiano de Probabilidade e Estatística do IME/UFG, 2015. v. 1. p. 2-7.

  • FONSECA JÚNIOR, S. B. ; COUTO, E. P. . DINÂMICA SOCIOECONÔMICA DA CAFEICULTURA NO CERRADO MINEIRO E A IMPORTÂNCIA DO VETOR DE PRODUÇÃO DE CAFÉ ORGÂNICO. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

FONSECA JÚNIOR, S. B. ; ROMANATTO, E. . Agropecuária goiana: uma análise em perspectiva histórica. 2017.

FONSECA JÚNIOR, S. B. ; ROMANATTO, E. . Setor de Serviços goiano: uma análise em perspectiva histórica. 2017.

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Entrevista concedida a revista Safra. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Crises econômicas só não foram mais intensas por conta da agropecuária goiana, diz estudo. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Armadilhas e Benefícios. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Crédito está mais caro. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Aumento no custo de vida dos brasileiros. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Os efeitos do aumento na passagem de ônibus. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . A crise pegou geral. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Pirataria dos preços em Goiás. 2015. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Diferença entre poupar e investir. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Cartões superam dinheiro no Brasil. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Crédito sob controle. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Churrasco está mais caro em Goiânia. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Progresso com asas gastas. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Evolução do número de moradores no Brasil e em Goiás. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Investimento em transporte reflete na economia. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Nova pesquisa do IBGE mostra taxa maior no Brasil. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

FONSECA JÚNIOR, S. B. . Salário Mínimo: Menor reajuste em 15 anos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

FONSECA JÚNIOR, S. B. ; COUTO, E. P. . A Dinâmica Socio-econômica da Cafeicultura no Cerrado Mineiro e a Importância do Vetor de Produção de Café Orgânico. 2010. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2011 - 2013

    A Apropriação do Aumento da Renda Agrícola por Parte dos Grupos Ocupacionais Familiares nos Anos 2000, Descrição: Projeto financiado pelo CNPq (Proc. 474694/2011-9 Edital Universal 14/2011). Considerando o crescimento do produto agropecuário brasileiro dos últimos anos, e considerando que se observou em duas pesquisas (Processos CNPq: 479430/2007-1 e 473705/2009-5), anteriormente coordenadas pelo coordenador do atual projeto, que a maior tecnificação dos pequenos produtores familiares não se traduziu em sua maior capitalização, propôs-se investigar no presente projeto, como Problemas de Pesquisa: i) a baixa capitalização da agricultura familiar amostrada reflete a realidade do conjunto da agricultura familiar macrorregional brasileira, ou essa é apenas uma particularidade da agricultura familiar presente nos municípios investigados nas duas pesquisas anteriores?; e ii) se a situação anteriormente investigada refletir a realidade da agricultura familiar macrorregional brasileira, então, qual é o (ou quais são os) grupo(s) ocupacional(is) familiares que está(ão) se apropriando dos ganhos de produtividade do avanço da modernização agropecuária do país? A Hipótese de Trabalho da atual pesquisa é a de que o grupo familiar que menos se apropria da renda agropecuária gerada pelo crescimento do produto agropecuário nacional nos anos 2000, é o grupo familiar de agricultores por conta-própria... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Sérgio Borges Fonseca Júnior - Integrante / Carlos Alves do Nascimento - Coordenador / Alexandre Gori Maia - Integrante / Samantha Rezende Mendes - Integrante / Jucyene das Graças Cardoso - Integrante.

  • 2010 - 2011

    DINÂMICA SOCIOECONÔMICA DA CAFEICULTURA NO CERRADO MINEIRO E A IMPORTÂNCIA DO VETOR DE PRODUÇÃO DE CAFÉ ORGÂNICO, Descrição: O objetivo geral deste projeto é investigar, o propósito da importante expansão do cultivo do café no Cerrado mineiro nas últimas décadas, aliado a importância da incorporação do vetor de produção do café orgânico certificado.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Sérgio Borges Fonseca Júnior - Integrante / Ebenezer Pereira Couto - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2012

Menção Honrosa no XXIV Prêmio Minas de Economia, Parceria entre o Conselho Regional de Economia (MG) e o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - 2014

Faculdades Alves Faria

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 10

Outras informações:
Professor de Macroeconomia II, Microeconomia II, Introdução à Teoria dos Jogos e Introdução ao Empreendedorismo.

2018 - 2019

Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento, Instituto Mauro Borges

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Gerente de Controle de Despesas, Carga horária: 40

Outras informações:
Como Gerente de Controle das Despesas suas principais atribuições nessa área são o desenvolvimento de relatórios e ferramentas para acompanhamento da execução orçamentária, criação e manutenção de naturezas de despesas do Estado de Goiás -a fim de assegurar a integridade e tempestividade das informações contábeis do estado- e atua na contenção de despesas do Estado através da metodologia do Gerenciamento Matricial de Despesa

2017 - 2018

Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento, Instituto Mauro Borges

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assessor na Superintendência de Orçamento, Carga horária: 40

Outras informações:
Na assessoria da Superintendência de Orçamento do Estado de Goiás foi responsável pela elaboração de relatórios de controle de execução orçamentária e financeira. Recebeu treinamento da consultoria Falconi para atuar no controle de despesas através do gerenciamento matricial de despesas.

2013 - 2017

Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento, Instituto Mauro Borges

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador em Economia, Carga horária: 40

Outras informações:
Nesse cargo atuou durante dois anos na assessoria de elaboração do IPC Goiânia, tendo desenvolvido nesse período o Índice de Preços dos Idosos para o município de Goiânia, conforme publicado na revista PPP do IPEA de 2016. Atuou cerca de 1 ano e meio, na elaboração e analise do PIB do Trimestral do Estado de Goiás. Entre dezembro de 2017 e maio de 2018, atuou na assessoria da Superintendência de Orçamento do Estado de Goiás, e a partir de junho de 2018 foi nomeado Gerente de Controle das Despesas, suas principais atribuições nessa área são o desenvolvimento de relatórios e ferramentas para acompanhamento da execução orçamentária, criação e manutenção de naturezas de despesas do Estado de Goiás -a fim de assegurar a integridade e tempestividade das informações contábeis do estado- e atua na contenção de despesas do Estado através da metodologia do Gerenciamento Matricial de Despesas. Em fevereiro de 2019 foi nomeado Superintendente de Gestão, Planejamento e Finanças da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA) do Estado de Goiás. Responsável pela coordenação da área meio da secretaria: Recursos Humanos, Orçamento e Finanças, Tecnologia da Informação, Contratos, Licitações, Convênios e Contratos de Repasse com a União, Apoio logístico, frota, serviços patrimoniais, entre outros.

2010 - 2011

Universidade Federal de Uberlândia

Vínculo: Aluno, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

2019 - Atual

Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Goiás

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Superintendente de Gestão Integrada, Carga horária: 40

Outras informações:
Responsável pela coordenação da área meio da secretaria: Recursos Humanos, Orçamento e Finanças, Tecnologia da Informação, Contratos, Licitações, Convênios e Contratos de Repasse com a União, Apoio logístico, frota, serviços patrimoniais, entre outros