Jorge Lúzio Matos Silva

Doutor em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo / PUC-SP, mestrado em História pela mesma instituição e estágio doutoral na Universidade de Évora - Portugal (Bolsista CAPES Sanduíche). Com pós-graduação em Arte e Cultura Barroca (Universidade Federal de Ouro Preto-UFOP / MG), atua na História Social da Arte e no Ensino de História, com ênfase em História da Ásia e História da África, através das temáticas do Império português na Índia, Pós colonialismo e Estudos Afro-asiáticos. Em sua produção encontram-se temáticas voltadas às circulações de marfim (iconografias e patrimônio histórico), além de problematizações em Gêneros e Identidade no âmbito da tradição Devadasi na Índia portuguesa. Possui experiência na formação de professores e no Ensino de História, em licenciatura e especialização lato sensu. No campo da Cultura, é pesquisador e docente do Museu de Arte Sacra de São Paulo, MAS-SP, por meio de projetos em consultoria artística, curadoria, ensino e pesquisa. Com formação em Teatro-Educação pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC / Ilhéus-BA) e Dança Clássica Indiana - estilo Odissi / DRT-SP, atuou como pesquisador-intérprete no âmbito acadêmico através de performances e palestra-demonstração. Desenvolve projeto de Pós-doc interdisciplinar em História da Ásia, com trabalho em andamento na Universidade Federal de São Paulo, sobre estudos em cultura e representação nas relações étnico-raciais. Em projetos editoriais é um dos organizadores do dossiê Os estudos de Ásia e do Oriente no Brasil: objetos, problemáticas e desafios (40 anos do Orientalismo - Edward Said) - Revista Faces da História (UNESP). Integra o Projeto Brasil e Líbano: Imigração, Refúgio e Retorno em Perspectiva Global (Programa CAPES-COOPBRASS; UFRJ / UNIFESP). É membro do Laboratório de Interlocuções com a Ásia / LIA-FFLCH USP / CNPq, do LEOA - Laboratório de Estudos Orientais e Asiáticos / UNIFESP CNPq e do Projeto Religiões e trajetórias das experiências missionárias em África: arquivos, acervos e pesquisas / UNIFESP CNPq, com trabalho de pesquisa in loco em andamento sobre o Ensino de História em escolas missionárias de Moçambique.

Informações coletadas do Lattes em 21/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em História

2012 - 2016

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Título: As bailadeiras. Devadasis, dança e colonialidade na Índia portuguesa - século XVIII: no corpo iconografado uma categoria histórica.
Orientador: em Universidade de Évora ( Prof. Dra. Maria de Deus B. Manso)
com Prof. Dr. Fernando Torres Londoño. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: cultura indiana; representação; pós colonialismo.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia. Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico; Educação; Atividades ligadas ao patrimônio cultural e ambiental.

Mestrado em História

2010 - 2011

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Título: SAGRADO MARFIM O Império português na Índia e as relações intracoloniais Goa e Bahia, séculoo XVII: iconografias, interfaces e circulações.,Ano de Obtenção: 2011
Prof. Dr. Fernando Torres Londoño.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Carreira da Índia; Brasil colonial; História Indo-portuguesa; circularidades; colonialismo; especiarias. Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia. Setores de atividade: Organismos internacionais e outras instituições extraterritoriais.

Especialização em Cultura e Arte Barroca

2012 - 2014

Universidade Federal de Ouro Preto
Título: Marfim, arte e fé. A imaginária oriental cristã na cultura barroca
Orientador: Miryam Ribeiro

Especialização em Yoga (estudos indianos)

2012 - 2013

CENTRO UNIVERSITARIO UNIFMU
Título: Aspectos devocionais do Yoga através da Ordem Ramakrishna e da dança clássica Odissi: expressões da Índia
Orientador: Daisy Rodrigues e Danilo Santaella

Graduação em história

2007 - 2009

Universidade Nove de Julho
Título: Hinduísmo - Ramakrishna Vedanta Ashrama. A história de um templo hindu e a consolidação da cultura indiana em São Paulo / século XX.
Orientador: Profº Dr. Eber Ferreira Lima

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2018

Pós-Doutorado. , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil. , Grande área: Ciências Humanas, Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea. , Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

História do Império Árabe Islâmico. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

2015 - 2015

Castas na Índia: passado e presente. (Carga horária: 27h). , Fundação Museu Oriente, F.O.M., Portugal.

2012 - 2012

História Cultural da Índia Antiga. (Carga horária: 16h). , ASSOCIAÇÃO PALAS ATHENA, PALAS ATHENA, Brasil.

2011 - 2011

Teoria e metodologia em história das religiões. , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2010 - 2010

Extensão universitária em A experiência missioneira: território, cultura e identidade. (Carga horária: 40h). , Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.

2010 - 2010

A Igreja na formação do Brasil colonial. (Carga horária: 50h). , Universidade Federal de Pernambuco / EIHC 2010, UFPE, Brasil.

2008 - 2009

Extensão universitária em novas abordagens em historia cultural. (Carga horária: 44h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2004 - 2008

Odissi - Dança Clássica Indiana. (Carga horária: 600h). , Padma - Arte e Cultura, PAC, Brasil.

2004 - 2004

Abhinaya - dança expressiva / Odissi. (Carga horária: 8h). , Manasa - Center for Art without frontiers, MANASA, Brasil.

2003 - 2004

Extensão universitária em yoga. (Carga horária: 270h). , Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU, Brasil.

1993 - 1993

cultura e preservação patrimonial. (Carga horária: 12h). , centro de cultura adonias filho, CCAF, Brasil.

1992 - 1992

Extensão universitária em teatro-educação. (Carga horária: 95h). , Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.

1992 - 1992

direção e interpretação. (Carga horária: 40h). , centro de cultura adonias filho, CCAF, Brasil.

1992 - 1992

cultura africana. , Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Educação.

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

LÚZIO, Jorge. ; COUTINHO, M. I. L. . Sagrado Marfim. O avesso do avesso. 2018. (Exposição).

LÚZIO, Jorge. ; SILVA, J. ; MARQUES, D. L. . IV Semana da Consciência Negra: Áfricas - artistas, intelectuais e trajetórias (A História entre diálogos e diásporas). 2018. (Outro).

ALMEIDA, A. ; TEIXEIRA, P. ; SILVA, J. ; LÚZIO, Jorge. . I Encontro de Pós-graduandos em Estudos Africanos. 2017. (Outro).

ANTONACCI, M. A. ; TEIXEIRA, P. ; ALMEIDA, A. ; LÚZIO, Jorge. ; MARQUES, D. L. . África entre migrações e imigrações. 2017. (Congresso).

MARQUES, D. L. ; LÚZIO, Jorge. . V Semana da Consciência Negra - Vozes, performance, corpos negros: outros diálogos em Política, Religião e Educação. 2017. (Outro).

LÚZIO, Jorge. . Seminário da Semana da Consciência Negra no UNIFAI. 2014. (Outro).

LÚZIO, Jorge. . Encontro de Estudos Temáticos em Pós-graduação. 2013. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Café teológico.Sagrado Marfim - o avesso do avesso. 2018. (Outra).

IV Colóquio Multidisciplinar.Karl Marx e a teoria da História. 2018. (Simpósio).

Palestra - Museu de Arte Sacra de São Paulo.Todas as geografias do marfim: iconografias, circulações e diálogos com a História Social da Arte. 2018. (Seminário).

Palestra - Museu de Arte Sacra de São Paulo.Marfins: temáticas interdisciplinares. 2018. (Outra).

VII Encontro Internacional de História Colonial - EIHC. Nos paradigmas do pensamento pós colonial: abordagens e desafios das interdisciplinaridades em África e em Ásia no Ensino de História. 2018. (Congresso).

Visões da Ásia - Produção intelectual brasileira e desafios internacionais.A Índia em perspectivas pós-coloniais: contribuições para os estudos em História da Ásia. 2018. (Simpósio).

História da Ásia - Nacionalismo na Índia.Nacionalismo na Índia. 2017. (Outra).

III Colóquio Internacional de História da África: fontes e pesquisas sobre a história das missões cristãs africanas. Os missionários da Sociedade do Verbo Divino na Índia e em Moçambique: notas para um estudo comparativo de práticas interculturais. 2017. (Congresso).

Pós graduação em História, Civilização e Pensamento Medieval.Oficina de Pesquisa em Estudos Medievais. 2017. (Oficina).

Semana da História - Curso de História da Universidade Cruzeiro do Sul.História e historiografia da África. 2017. (Encontro).

I Simpósio sobre diálogo inter-religioso: Brasil e África.As religiosidades afro-brasileiras - dominação, diálogo e resistência. 2016. (Simpósio).

IV Semana da Consciência Negra.Mulheres negras, diáspora e estudos africanos: reflexões contra-hegemônicas dos saberes nas relações étnico-raciais. 2016. (Seminário).

VII Encontro de Pós-Graduação do UNIFAI.A Academia fora do eixo - pela descolonização da pesquisa. 2016. (Encontro).

I Congresso Internacional Fórum Permanente Universitário Portugal-Brasil CONEXÕES E PROBLEMÁTICAS DOS MUNDOS MODERNO E CONTEMPORÂNEO Diagnósticos luso-brasileiros Historiografia, relações internacionais, estudos sociopolíticos, culturais e económicos. A produção historiográfica sobre a arte do marfim no Império português: categorias, metodologias e análises.. 2015. (Congresso).

III Colóquio Internacional de Teoria Jurídico-Política e Relações Internacionais |/ I Colóquio Internacional de Política, História e Interculturalidade.Entre confrontos e contradições: as bailadeiras da Índia portuguesa. 2015. (Simpósio).

II Semana da Ásia lusófona.Devadasis, bavinas e kalavantes: os discursos e as representações de uma categoria histórica - as bailadeiras de Goa. 2015. (Encontro).

II Sessão Seminários Imagética e Conexões Mundiais.Fundamentos da imagem e das artes do corpo nas tradições da Índia: notas do Silpasastra - conceitos do Natyasastra. 2015. (Seminário).

Seminário História, Arte e Diálogos Inter-Culturais: Práticas e Representações.Entre paradigmas e inovações: a perspectiva intercultural e os estudos sobre representação na Índia portuguesa. 2015. (Seminário).

Encontro Internacional de Pesquisadores em Arte Oriental.O legado das esculturas e templos védicos em composições estéticas da dança clássica indiana. 2014. (Encontro).

Índia Brazil - Dialogue II.Artistas brasileiros, tradições da Índia: integração cultural, intercâmbios e experiências nas artes do corpo.. 2014. (Simpósio).

Encontro de Estudos Temáticos em Pós-graduação Unifai.A arte e o corpo nas tradições afro-asiáticas. 2013. (Encontro).

I Colóquio Internacional do LIA "500 anos Portugal - China: contrastes, mudanças e desafios".A estética budista na iconografia cristã em marfim de Macau: discurso visual e função da imagem. 2013. (Simpósio).

A revolução boliviana: 60 anos depois ( PUC - SP ). 2012. (Outra).

As relações entre arte e religião ao longo da história. 2012. (Outra).

Colômbia: o fator terra.. 2012. (Outra).

Encontros de Pesquisas da Pós-Graduação da PUC-SP.O Oriente conquistado a Jesus Christo: paisagens da Índia portuguesa na narrativa de Francisco de Souza.. 2012. (Seminário).

I Encontro Nacional de Pesquisadores em Arte Oriental. Oriente-se: Estado da Questão.Arte oriental em marfim no espaço colonial brasileiro. 2012. (Encontro).

IV Encontro Internacional de História Colonial.Jesuítas na Índia. Devoções Marianas e gentilidades no relato de Francisco de Souza.. 2012. (Encontro).

Venezuela: revolução ou reforma bolivariana?. 2012. (Outra).

"Descobrir o mundo e produzir conhecimento: viagens de circunavegação e imagens do Brasil na Europa da segunda metade de setecentos.". 2011. (Encontro).

Debate Cedem / Unesp: "Gilberto Freyre: um retrato intelectual.". 2010. (Outra).

III Encontro Internacional de História Colonial - UFPE.Relações intracoloniais Bahia e Goa no Império Português - século XVII: circularidades e sociabilidades.. 2010. (Encontro).

XII Simpósio Internacional IHU - A experiência missioneira: território, cultura e identidade..Os marfins de Goa: uma experiência artística e missioneira.. 2010. (Simpósio).

Diálogos políticos sobre o ensino de História da África e estudos africanos ( UNIFESP ). 2009. (Seminário).

III Seminário de Pesquisa em História.Hinduísmo: Ramakrishna Vedanta Ashrama. A história de um templo hindu e a consolidação da cultura indiana em São Paulo - século XX.. 2009. (Seminário).

História das Religiões - I colóquio nacional / ciências da religião ( PUC-SP ). 2008. (Outra).

Antigos e Modernos - diálogos sobre a escrita da história. 2007. (Seminário).

I Encontro de Estudos Geográficos. 1990. (Simpósio).

Psicologia Aplicada à Educação. 1990. (Oficina).

I Seminário de Educação. 1989. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Thiago de Araujo Folador

FOLADOR, T. A.; WISSENBACH, M. C. C.; MAGALHAES, J. P.; SANTOS, P. T.;LÚZIO, Jorge.. Caminhos para o Niassa: o estabelecimento da Universities' Mission to Central Africa entre os wayao e manganja na África centro-oriental (1859-1886). 2019. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Bruno Tadeu Novato Resende

RESENDE, B. T. N.; OSMAN, S. A.; FERREIRA, C. O.;LÚZIO, Jorge.. O melodrama do terror: a Índia imaginada em "Mission Kashmir". 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Claúdia Wanessa Rocha Poletto

LUZIO, J.; DANTAS, R. M. M. C.; KOEHLER, C. B. G.; LOUNDO, D.;LÚZIO, Jorge.; KUBRUSLY, R. S.. Entre Yoga e Ciência, muitas notas de rodapé. 2017. Tese (Doutorado em História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Gislene Martins

MARQUES, D. L.; BRAGA, L. P.;LÚZIO, Jorge.. Quarto de despejo: diário de uma favelada - de Carolina Maria de Jesus, como uma proposta de voz de uma subalternizada". 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção.

Aluno: JOSE WILSON DE SOUZA

MARQUES, D. L.;LÚZIO, Jorge.; SANTANA, C.. O cabelo mais forte do mundo: o racismo no livro Peppa, de Silvana Rando e a luta antirracista". 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção.

Aluno: Caio Prisco da Silva Telles Nunes Ranieri Colombo

MARQUES, D. L.;LÚZIO, Jorge.; NEPOMUCENO, N.. Uma Análise Psicopolítica da Colonização da África. 2018. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção.

Aluno: Margareth Duvige Silva

SILVA, J.;LÚZIO, Jorge.; MARTINS, V.. Fatores que contribuiram para a permanência da religiosidade afro-brasileira. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção.

Aluno: Eneida Maria Bonilha

GOMES, E. S.;LÚZIO, Jorge.. Cemitério dos Aflitos em São Paulo (1775-1858): destinado aos excluídos em vida, segregados na morte e banidos da História. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História - Arte, Cultura e Patrimônio) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção.

Aluno: Vera Lúcia Pereira Cardoso

SILVA, J.;LÚZIO, Jorge.. O candomblé na obra Jubiabá de Jorge Amado. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção.

Aluno: Marcelo André Martins Batista

SILVA, J.;LÚZIO, Jorge.. Áreas de remanescentes quilombolas: o caso de Mazagão velho, no Amapá.. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção.

Aluno: Arthur dos Santos Moreira

MOREIRA, A. S.; GANDELMAN, L.;LÚZIO, Jorge.. Entre a Cruz e a Katana: conversão no Japão nos anos da perseguição ao cristianismo. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Vera Lucia Vieira

Londoño; MATOS, M. I.;VIEIRA, V. L.; SOUZA, L. M. T. M.; SANTOS, P. T.. AS bailadeira desadasis, dança e colonialidade na Ìndia Portuguesa-sec. XVIII- no corpo iconografado uma categoria historica.. 2016. Tese (Doutorado em Pos graduaçao História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Maria Izilda Santos de Matos

MATOS, M. Izilda S.. Sagrado marfim: o império português na Índia e as relações intracoloniais Goa Bahia. 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Maria Izilda Santos de Matos

SANTOS DE MATOS, MARIA IZILDA. As bailadeiras:devadasis, dança e colonialidade na India Portuguesa- século XVIII o corpo iconografado. 2015. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Patricia Teixeira Santos

SANTOS, Patricia Teixeira; LONDONO, F. T.; SOUZA, L. M.; MATOS, M. I. S.; VIEIRA, V. L.. As bailadeiras - Devadasis, dança e colonialidade na India Portuguesa- século XVIII: no corpo iconografado uma categoria historica. 2016. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Fernando Torres Londoño

LONDOÑO, Fernando Torres. As Bailadeiras. A Memória Bramânica no Corpo Iconografado: Cultura e Representação na Índia - Século XVIII. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Marília Vieira Soares

LODONO, F. T.; CANTON, K.;SOARES, M. V.. Bhavas e Murtis. Pós-colonidade, cultura e representação na Índia- séc. XVIII. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Lucenildo Souza Campos

"Minha terra a formosa sem dote" - São Paulo (1848-1851): o imaginário urbano em Álvares de Azevedo; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História - Arte, Cultura e Patrimônio) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Fernanda Simplicio Petri Branco de Freitas

Um manifesto imagético: a imagem como contribuição para a construção do ser político e intervenção político social; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História - Arte, Cultura e Patrimônio) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Maria Terezinha Estevam

Hildegarda de Bingen (1098-1179): uma aproximação histórica da mulher medieval através de seus textos; ; 2018; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História Civilização e Pensamento Medieval) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Alex de Lima

O Cortiço: uma análise da obra de Aluisio de Azevedo na perspectiva da favelização e dos estudos de gêneros; ; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História - Arte, Cultura e Patrimônio) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

André Carlos Passador

Gaviões da Fiel: ensaio sobre a história da cultura política de uma torcida organizada de futebol; ; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História - Arte, Cultura e Patrimônio) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Kátia Rosenda Leira

Modinha - arte por excelência; As transformações do primeiro gênero musical do Brasil entre os séculos XVIII e XX; ; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História - Arte, Cultura e Patrimônio) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Samara Fanton de Souza

A visão histórica dos samurais através dos mangás; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História - Arte, Cultura e Patrimônio) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Claudia Roberta Barbosa Ciriaco da Silva

Os escravos casados na Paróquia da Sé em São Paulo; 1850-1883; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - UNIFAI - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Isaías Barbosa do Nascimento

Reescrevendo o Blues; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Lygia Oliveira da Silva

A Revolta dos Malês de 1835: o desafio da desconstrução nos livros didáticos; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Marcos Medeiros Batista

Uma reflexão sobre a trajetória de luta e de inclusão dos afrodescendentes no poder público brasileiro; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Rogério da Silva Marcelino

Moçambique; Aspectos culturais e estudo de gênero; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Silvana Gomes

Cuba e a cooperação internacional: história e cultura; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Valnei dos Santos Souza

A Lei 10; 639/03 na contramão do afropessimismo na educação brasileira; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Vanda Maria de Carvalho Souza

Mobilidade Social das mulheres negras em Minas Gerais no século XVIII; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Viviane Cristina Gorrão Viegas

Horizonte Umbandista; Abordagens e função social das Mães de Santo; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

José Gomes Pedrosa Neto

Dos saberes democráticos à democratização do saber: reflexões sobre as contribuições das tradições africanas à educação escolar; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Laura de Souza Moreiras

A religiosidade como identidade brasileira; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História da África - Educação, Cultura e RI) - Centro Universitário Assunção; Orientador: Jorge Lúzio Matos Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Fernando Torres Londoño

SAGRADO MARFIM - O Império português na Índia e as relações intracoloniais Goa e Bahia, século XVII: iconografias, interfaces e circulações; 2011; Dissertação (Mestrado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Fernando Torres Londoño;

Fernando Torres Londoño

As bailaderas; A memória bramânica no corpo iconografado: cultura e representação na Índia - século XVIII; 2016; Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Fernando Torres Londoño;

Éber Ferreira Silveira Lima

Hinduísmo - Ramakrishna Vedanta Ashrama; A história de um templo hindu e a consolidação da cultura indiana em São Paulo no século XX; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em História) - Universidade Nove de Julho; Orientador: Éber Ferreira Silveira Lima;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • LÚZIO, JORGE . The -Orient- in the -New World-: The Carreira da Índia and the Flows between Asia and Portuguese America. Asian Diasporic Visual Cultures and the Americas , v. 2, p. 32-50, 2016.

  • LÚZIO, JORGE . A sacralização do feminino nas imagens marianas de marfim. ANAIS DO MUSEU PAULISTA , v. 24, p. 299-314, 2016.

  • LÚZIO, Jorge. . A economia colonial na América Latina e o pensamento crítico dos estudos subalternos. Ariadna Tucma Revista Latinoamericana , v. II, p. s/p, 2013.

  • LÚZIO, Jorge. ; SILVA, C. R. R. . Educação e Pesquisa na desconstrução do racismo no Brasil: desafios, resistências e avanços. In: Emanuel Fonseca Lima; Fernanda Fernandes dos Santos; Henry Albert Yukio Nakashima; Losandro Antonio Tedeschi. (Org.). Ensaios sobre racismos. 1ªed.São Paulo: Balão Editorial, 2019, v. 1, p. 25-32.

  • LÚZIO, Jorge. ; SANTOS, V. S. . O marfim na economia colonial portuguesa do Índico no século XVII: interações comerciais e práticas artísticas. In: Vanicleia Silva Santos. (Org.). O marfim no mundo moderno: comércio, circulação, fé e status social (séculos XV-XIX). 1ed.Curitiba: Prismas, 2017, v. 01, p. 107-122.

  • LÚZIO, Jorge. . O protagonismo da Ordem Ramakrishna no florescimento do Hinduísmo em São Paulo (1913-1974).. In: Arlete Assumpção Monteiro; Edgar da Silva Gomes; Yvone Dias Avelino. (Org.). Tecituras da cidades: História, Memória e Religião. 01ed.Jundiaí: Paço Editorial, 2017, v. , p. 135-156.

  • LÚZIO, Jorge. . O Império asiático português: uma perspectiva historiográfica. In: André Bueno; Dulceli Estacheski; Everton Crema; José Maria Neto. (Org.). Vários Orientes. 01ed.Rio de Janeiro: Edições Sobre Ontem - LAPHIS, 2017, v. 01, p. 235-241.

  • LÚZIO, Jorge. . As redes afro-asiáticas e suas interações culturais com os reinos ibéricos: marfins e mercadorias orientais no Brasil e no México ? século XVIII. In: Monica Simas. (Org.). Estudos sobre Macau e outros orientes. 598ed.São Paulo: Paulistana, 2017, v. , p. 53-67.

  • LÚZIO, Jorge. ; SANTOS, V. S. ; GOMES, R. L. ; PAIVA, E. F. . Influências e correlações da circulação de marfim na arte colonial brasileira: o Bom Pastor da Fundação Ema Klabin. In: Vanicleia Silva Santos; Eduardo França Paiva; René Lommez Gomes. (Org.). O comércio de marfim no Mundo Atlântico: circulação e produção (séculos XV a XIX). 1ªed.Belo Horizonte: Clio Gestão Cultural e Editora, 2017, v. , p. 273-292.

  • LÚZIO, Jorge. . A Índia Portuguesa: um relato jesuítico sobre Goa no Império Luso-Oriental. In: Amilcar Torrão Filho; Luciana Andrade de Almeida. (Org.). Formas de Ver, Modos de Narrar: O viajante, O etnógrafo e A cidade. 1ªed.São Paulo: PUC SP, 2012, v. 1, p. 134-152.

  • LÚZIO, Jorge. . Nos paradigmas do pensamento pós-colonial: abordagens e desafios das interdisciplinaridades em África e em Ásia no ensino de História. In: Encontro Internacional de História Colonial EIHC-2018, 2018, Natal. Anais o VII Encontro Internacional de História Colonial. Espaços coloniais: domínios, poderes e representações. Natal: EDUERN, 2018.

  • LÚZIO, Jorge. . O espaço Índico em interfaces metodológicas para o Ensino de História da África e de História da Ásia. In: ANPUH SP, 2018, São Paulo. Anais do XXIV Encontro Estadual de História da ANPUH-SP, 2018.

  • LÚZIO, Jorge. . O legado das esculturas e templos védicos em composições estéticas da dança clássica indiana. In: Encontro Internacional de Pesquisadores de Arte Oriental, 2014, São Paulo. In: Encontro Internacional de Pesquisadores de Arte Oriental, 2014, São Paulo. Anais Oriente-se: Ampliando Fronteiras, 2014.. São Paulo: UNIFESP, 2014. v. 1. p. 447-462.

  • LÚZIO, Jorge. . Jesuítas na ìndia. Devoções marianas e gentilidades no relato de Francisco de Souza. In: IV Encontro Internacional de História Colonial, 2012, Belém - PA. Anais do IV Encontro Internacional de História Colonial. Jesuítas, expansão planetária e formas de cultura. Belém: Editora Açai, 2012. v. 1. p. 110-123.

  • LÚZIO, Jorge. . Relações intracoloniais Bahia e Goa no Império português século XVII: circularidades e sociabilidades.. In: III Encontro Internacional de História Colonial. Cultura, poderes e sociabilidades no Mundo Atlântico (séc XV-XVIII), 2010, Recife - PE. III EIHC 2010, 2010.

  • LÚZIO, Jorge. . Os marfins de Goa, uma experiência artística e missioneira.. In: XII Simpósio Internacional IHU - A experiência missioneira: território, cultura e identidade, 2010, São Leopoldo - RS. XII IHU Unisinos, 2010.

  • LÚZIO, Jorge. . A sacralização do feminino nas imagens marianas de marfim. Anais do Museu Paulista (Impresso) , 2017.

  • LÚZIO, Jorge. . Os circuitos de marfim na Índia e suas conexões transcontinentais nas redes afro-asiáticas. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . História e Pedagogia: a memória e a consciência histórica na produção de eventos artísticos e atividades culturais na escola. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . A dança clássica indiana: um vasto campo de pesquisa entre a Arte, Ciência e Religião. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. ; TEIXEIRA, P. . Diálogos em perspectiva afro-asiática: O ensino e a pesquisa em História da África e História da Ásia. (Ciclo de Palestras DIÁLOGOS COM A HISTÓRIA DA ÁFRICA). 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . A Índia em perspectivas pós-coloniais: contribuições para os estudos em História da Ásia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Sagrado Marfim - o avesso do avesso. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . Marfins: temáticas interdisciplinares. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . Todas as geografias do marfim: iconografias, circulações e diálogos com a História Social da Arte. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Mesa Redonda 'Cultura e Religião nos mundos ibéricos'. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . A presença afro-brasileira na reconstrução de Timor: ancestralidade e lusofonia nas ações da Escola Cultural Zungu Capoeira'. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • REIS, M. E. ; LÚZIO, Jorge. . Arte Colonial no Oriente: retábulos da Índia portuguesa. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . O Império asiático português: uma perspectiva historiográfica. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . História e historiografia da África. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Influências e correlações da circulação de marfim na arte colonial brasileira: o Bom Pastor da Fundação Ema Klabin. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Nacionalismo na Índia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . O trabalho do historiador no campo das representações: descolonizando discursos e imagens nas culturas afro-asiáticas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Iconografias em marfim: temáticas e problematizações no uso da cultura material. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Arte sacra e Meditação: as iconografias contemplativas nas tradições da Índia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . As religiosidades afro-brasileiras: temáticas e campos de pesquisa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . As bailadeiras da Índia: análise de uma categoria histórica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . A circulação de marfim na Índia: os pólos comerciais na antiguidade bramânica e no período moderno. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . A produção historiográfica sobre a arte do marfim no Império português: categorias, metodologias e análises. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LÚZIO, Jorge. . Fundamentos da imagem e das artes do corpo nas tradições da Índia: notas do Silpasastra - conceitos do Natyasastra. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . Entre paradigmas e inovações: a perspectiva intercultural e os estudos sobre representação na Índia portuguesa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Entre confrontos e contradições: as bailadeiras da Índia portuguesa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Devadasis, bavinas e kalavantes: os discursos e as representações de uma categoria histórica - as bailadeiras de Goa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LUZIO, J. ; LÚZIO, Jorge. . Artistas brasileiros, tradições da Índia Integração cultural, intercâmbios e experiências nas artes do corpo. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . O legado das esculturas e templos védicos em composições estéticas da dança clássica indiana. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . A estética budista na iconografia cristã em marfim de Macau: discurso visual e função da Imagem. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . A arte e o corpo nas tradições afro-asiáticas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . A pesquisa em História. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . Jesuítas na Índia. Devoções Marianas e gentilidades no relato de Francisco de Souza.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Imagens em movimento. Redes afro-asiáticas e orientalismos nos reinos ibéricos - século XVIII: devoções, comércio e poder. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . Arte oriental em marfim no espaço colonial brasileiro. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Tinha uma África no meio do caminho: história moderna e contemporânea nas relações Brasil e Índia.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LÚZIO, Jorge. . Relações intracoloniais Bahia e Goa no Império Português - século XVII: circularidades e sociabilidades.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Os marfins de Goa: uma experiência artística e missioneira.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. . Relações intracoloniais Bahia e Goa, Império Português - século XVII: circularidades e sociabilidades.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LÚZIO, Jorge. ; COUTINHO, M. I. L. . Sagrado Marfim - o avesso do avesso. São Paulo: Secretaria da Cultura - Governo do Estado de São Paulo, 2018 (Livro - Catálogo / Exposição).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

LÚZIO, Jorge. ; MIRANDA, E. . Entre o tradicional e as novas tendências pedagógicas na contemporaneidade. 2019. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

OSMAN, S. A. ; NASSER, S. ; LÚZIO, Jorge. . Identidades do Oriente Médio: Islã e histórias. 2018. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

BOECHAT, N. ; LÚZIO, Jorge. . Karl Marx e a Teoria da História. 2018. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

LÚZIO, Jorge. ; DIAS, M. H. G. . A influência marxiana na Cultura e na Religião. 2018. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

LÚZIO, JORGE ; GOMES, R. L. ; VENUTO, T. G. . A imaginária religiosa de marfim em Minas Gerais: confluências de técnicas construtivas e padrões iconográficos. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

LÚZIO, Jorge. ; DIAS, M. H. G. . Livros e ideias: a arte asiática contemporânea. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LÚZIO, Jorge. ; DIAS, M. H. G. . Livros e ideias: marfins no Império português. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SANTOS, V. S. ; PAIVA, E. F. ; GOMES, R. L. ; LÚZIO, Jorge. ; DIORIO, R. R. ; VENUTO, T. G. . A imaginária religiosa de marfim em Minas Gerais: confluências de técnicas construtivas e padrões iconográficos. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

SILVA, J. ; LÚZIO, Jorge. ; RAMOS, V. . Mulheres Negras, Diáspora e Estudos Africanos: reflexões contra-hegemônicas dos saberes nas relações étnico-raciais. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

LÚZIO, Jorge. ; SILVA, J. ; MARTINS, V. . Seminário da Consciência Negra. 2014. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

LÚZIO, Jorge. ; SIMAS, M. ; GARMES, H. . O Oriente: arte, literaturas e (pós)colonialismos. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

LÚZIO, Jorge. . dançando palavras. 2008; Tema: Cultura indiana: reflexões, pesquisas e interações com a sociedade brasileira. (Blog).

TUMA, S. ; LÚZIO, Jorge. . X Encontro de Pós Graduação do UNIFAI: Patrimônio histórico - conceitos, legislações e práticas de pesquisa. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

STRAUSS, E. ; LÚZIO, Jorge. . X Encontro de Pós Graduação do UNIFAI: a dança clássica indiana - um vasto campo de pesquisa entre Arte, Ciência e Religião. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

LÚZIO, Jorge. ; RAMOS, V. . Oficina do X Encontro de Pós Graduação do UNIFAI: História e Pedagogia - a memória e a consciência histórica na produção de eventos artísticos e atividades culturais na escola. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

LÚZIO, Jorge. . Oficina de pesquisa em Estudos Medievais. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

LÚZIO, Jorge. . Café Teológico: Arte Sacra e Meditação - as iconografias contemplativas nas tradições da Índia. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

LÚZIO, Jorge. . Arte colonial no Oriente: a produção artística no Império asiático português - Índia China e Japão. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

LÚZIO, Jorge. . Budismo, cultura e religião - visita ao Templo Zu Lai / aula in loco. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

LÚZIO, Jorge. . Oficina de pré-projetos de pesquisa nas áreas de História e Filosofia. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

LÚZIO, Jorge. ; RAMOS, V. . II Encontro de Pós Graduação - História da África, Educação e Cultura. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

LUZIO, J. ; LÚZIO, JORGE . Mostra 'Odissi em festa'. 2017. Performática.

LÚZIO, Jorge. . Intervalo no Teatro - As artes do corpo nas tradições da Índia: a dança Odissi. 2017. Coreográfica.

GALVAO, S. ; KAWAHARA, C. ; LÚZIO, Jorge. ; MALAVOGLIA, B. ; ROCHA, D. ; STRAUSS, E. . Mangalam. nos passos do Guru - espetáculo de dança clássica indiana. 2016. Coreográfica.

LÚZIO, Jorge. . A Arte de Orissa - redescobrindo esculturas, gestos e mitos na Dança Clássica da Índia. 2013. Coreográfica.

LÚZIO, Jorge. . Odissi - dança clássica indiana. 2005. Coreográfica.

LÚZIO, Jorge. . Odissi. 2005. Coreográfica.

LÚZIO, Jorge. . Odissi - palestra/demonstração. 2004. Coreográfica.

LÚZIO, Jorge. . Câncer, por que não ?. 1992. Teatral.

LÚZIO, Jorge. . CONFHIC em história - Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição. 1991. Teatral.

LÚZIO, Jorge. ; COUTINHO, M. I. L. . Sagrado Marfim - o avesso do avesso. 2018 (Curadoria de Exposição).

DIAS, M. H. G. ; LÚZIO, Jorge. . A Arte e as religiões asiáticas. 2017 (vídeo).

DIAS, M. H. G. ; LÚZIO, Jorge. . A arte asiática contemporânea. 2017 (vídeo).

LÚZIO, Jorge. . A Mitologia Hindu na história cultural da Índia - Módulos 1 e 2. 2014 (Curso teórico).

LÚZIO, Jorge. . Pesquisa Histórica sobre São Paulo a partir de alguns marcos e regiões referenciais. 2008 (pesquisa histórica).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Brasil e Líbano: imigração, refúgio e retorno em Perspectiva global, Descrição: As relações entre Brasil e Líbano têm sido historicamente construídas desde o final do século XIX quando um pequeno fluxo migratório aportou no país; desde então esse número cresceu de tal modo que a comunidade líbano-brasileira é referenciada como a maior comunidade fora do Líbano, estimada em 6 a 7 milhões de indivíduos, enquanto a população libanesa não ultrapassa os 5 milhões. (...) Considerando essa relevância, o objetivo central dessa proposta é incrementar as relações para a produção científica entre Brasil e Líbano, tendo como ponto de análise convergente a temática do refúgio e a presença dos refugiados sírios e ainda de outros grupos nesses dois países. Objetiva-se que as instituições universitárias associadas a essa proposta possam criar e trabalhar em redes de pesquisa; estabelecer relações institucionais parceiras; integrar projetos de pequeno, médio e curto prazo que aproximem as pesquisas entre temas similares e que tenham como denominador comum a temática da imigração, do retorno e do refúgio; incentivar pesquisas em nível de pós-graduação; intercambiar pesquisadores e suas experiências nos diferentes campos de conhecimento e em suas especificidades de formação e atuação, tendo como ponto de partida as experiências e as pesquisas em curso desenvolvidas ou a serem desenvolvidas pelos membros dessa futura equipe.Como objetivo ainda mais abrangente, essa proposta leva em consideração a necessidade de contribuir para a questão do tema do refúgio e dos refugiados numa perspectiva humanística e humanista na medida em que, além dos números e dados, pretende-se tratar dos refugiados como pessoas que vivem a dura realidade da experiência do refúgio e do exílio. (...). , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jorge Lúzio Matos Silva - Integrante / Samira Adel Osman - Integrante / Murilo Sebe Bon Meihy - Coordenador.

  • 2018 - Atual

    Escolas missionárias católicas em Moçambique: desafios no Ensino de História, Descrição: As atividades na Educação, concebidas nos paradigmas da promoção humana, da autonomia, da capacitação para o trabalho e nas experiências de diálogos interculturais, está significativamente presente nas congregações religiosas que atuam em Moçambique. Na trajetória pós-colonial da sistematização do Ensino, observam-se os inúmeros desafios na construção do conhecimento histórico, a partir das demandas, expectativas e perspectivas internas de memórias, saberes e tradições, como possibilidades de produção de conhecimento. Este trabalho parte da observação da práxis pedagógica do Ensino de História em escolas missionárias moçambicanas, para analisar propostas e resultados de projetos educativos nas comunidades dos Missionários do Verbo Divino (Societas Verbi Divini, SVD), em Maputo, e da Congregação das Irmãs Agostinianas Missionárias, em Mapinhane, como prognósticos para pesquisas voltadas aos estudos das missões e suas contribuições nos campos da Educação, da Cultura e dos debates sobre a interculturalidade no mundo lusófono.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jorge Lúzio Matos Silva - Coordenador / Patrícia Teixeira Santos - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Representações femininas na Índia colonial - séculos XIX e XX: corporeidade e poder, Descrição: Em Shakti, o princípio feminino, está o cerne dos fenômenos de gênero e identidade presentes na história e cultura da Índia, em sua sociedade e em suas mulheres. Quando deparadas com os desafios da alteridade, durante a administração colonial de portugueses e ingleses nos estados de Goa e Maharashtra, nos séculos XIX e XX, interpretadas entre equívocos e paradoxos à luz do eurocentrismo foram, desde o passado védico, manifestações e imagens da própria Devi. Este projeto de pesquisa, entre análises e questões, notou a interlocução de três atores sociais em seus papeis femininos, estigmatizados pelos discursos políticos produzidos pela colonialidade. Conectados pela identidade feminina, no modo como foram constituídos, observaram-se tensões, conflitos e ambiguidades nas relações de poder, entre a memória ancestral da cultura local e a presença dos europeus em seus espaços, constatados nas suas representações. Tais atores, as devadasis, mulheres em cuja origem está a tradição das danças litúrgicas dos templos hindus e que foram associadas à prostituição, os ?bailadeiros?, termo da colonização portuguesa para designar os meninos dançarinos acompanhantes das devadasis, e as hijras, descritas na sociedade indiana como o terceiro sexo, mulheres transexuais vinculadas às religiosidades do hinduísmo, estiveram representados entre reducionismos e imprecisões. Se o orientalismo e as visões essencialistas sobre o outro colonizado restringiu reflexões e críticas sobre as culturas indianas, este debate, respaldado na documentação colonial da administração portuguesa, fotografias de época, e fontes literárias busca suscitar novas abordagens sobre a temática descrita e sinalizar possíveis contribuições com as demais sociedades colonizadas expostas aos crescentes desafios nas pesquisas referentes aos estudos de gênero e identidade.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jorge Lúzio Matos Silva - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Europa medieval, África e Oriente: sociedades entre redes e circulações - séculos XIII a XVI, Descrição: O grupo de estudos criado em torno do Projeto "Europa medieval, África e Oriente: sociedades entre redes e circulações - séculos XIII a XVI", busca um aprofundamento sobre a História da Europa medieval em suas interfaces com a África e o Oriente, vinculando o mundo do Mediterrâneo ao campo dos estudos afro-asiáticos. Para além dos circuitos e das redes, na perspectiva dos espaços historicamente conectados, de acordo com o historiador Sanjay Subrahmanyam, nota-se a contribuição metodológica do historiador Henri Pirenne, ao observar as temporalidades conectadas, compreendidas nos marcos históricos das transições dos períodos, nos ciclos intermediários, nas continuidades, nas rupturas e permanências, assim como busca analisar as reflexões propostas pelo pensamento crítico do teórico Jack Goody. As leituras sobre os processos da Expansão Islâmica e sobre os impérios do sul da Ásia, do Oriente Médio e do continente africano, nas conjunturas do período medieval, contribuem para um alargamento dos Estudos em Idade Média, contribuindo com novas problematizações, inovações e práticas de ensino e pesquisa.. , Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jorge Lúzio Matos Silva - Coordenador.

  • 2016 - 2019

    African Ivories in the Atlantic World: a reassessment of Luso-African ivories, Descrição: Este projeto de pesquisa se propõe a: 1) documentar e analisar os marfins africanos que não se enquadram na classificação de marfins Luso-africanos; 2) desenvolver novas metodologias para além da análise estilística tradicional que tem sido (mal) usada como uma prova de diferentes centros geo-culturais de produção, e 3) ampliar a base documental que revela uma produção contínua de marfins afro (incluindo os chamados luso-africanos) ao longo de um período mais longo de tempo. Até a presente data, não existe inventário completo desses marfins em museus portugueses, brasileiros e coleções particulares e nem bibliografia abrangente de fontes de língua portuguesa.... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jorge Lúzio Matos Silva - Integrante / Jorge Lúzio - Integrante / vanicléia silva santos - Coordenador / Mariana Rabelo Farias - Integrante / Yacy-Ara Froner - Integrante / Renata Romualdo Diorio - Integrante / Rogeria Cristina Alves - Integrante / José da Silva Horta - Integrante / Peter Mark - Integrante / Luís Urbano Afonso - Integrante / Ana Teresa Fialho Caieiro Caldeira - Integrante / António Candeias - Integrante / Carlos José Duarte Almeida - Integrante / Cristina Maria Barrocas Dias - Integrante / Maria Manuela Cantinho Pereira - Integrante / Ana Panisset - Integrante / Inês Meira Araújo - Integrante / João Ferreira Dias - Integrante / Hugo Miguel Crespo - Integrante / João Luís - Integrante / Luiz Souza - Integrante / Thais Gontijo Venuto - Integrante / René Lommez Gomes - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Laboratório de Estudos Orientais e Asiáticos, Descrição: Os estudos de História da Ásia inserem-se na polêmica questão da bipartição do mundo em Oriente e Ocidente e, numa longa tradição historiográfica, tem-se considerado a Ásia como Oriente e a Europa como Ocidente. Esta posição tem se dado não apenas como espaços geográficos distintos mas sobretudo como espaços mentais paradoxais e em oposição. Deve-se levar em conta ainda que o critério geográfico é uma convenção, portanto arbitrária, e que reflete muitas vezes interesses geopolíticos de cunho imperialista e civilizatório. Finalmente, falar de Ásia é falar de três orientes: o Próximo Oriente, o Oriente Médio e o Extremo Oriente, cujas denominações também se estabeleceram a partir de critérios de distanciamentos geográficos da Europa em relação à Ásia. A partir do estabelecimento destas premissas, o grupo de estudos tem como objetivo central discutir sobre a formação das sociedades orientais e asiáticas em suas mais amplas abordagens, incluindo suas diversidades culturais e espaciais.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jorge Lúzio Matos Silva - Integrante / Samira Adel Osman - Coordenador.

  • 2015 - 2017

    Literatura goesa e as literaturas de língua portuguesa na Ásia - parte 2, Descrição: O presente projeto dá continuidade a projeto anterior homônimo, cuja proposta era recuperar textos que um dia constituíram o que hoje podemos designar de "literatura goesa de língua portuguesa". Trata-se de um conjunto de romances, contos, poemas, crônicas, peças teatrais, entre outros gêneros, que foram sistematicamente publicados na antiga colônia portuguesa de Goa, na Índia, assim como textos oriundos de outras áreas colonizadas por portugueses. Tendo em vista que a descoberta da extensão do acervo desses textos cresceu sistematicamente em função da pesquisa feita na primeira etapa deste projeto, optou-se por manter o projeto por mais cinco anos, na busca de sistematizar melhor essa produção e, concomitantemente, elaborar sua recensão crítica. Na primeira parte do projeto, foi trabalho sobretudo os gêneros romance e poesia. Daremos continuidade ao trabalho com tais gêneros, mas pretende-se explorar também o conto, a crônica e o teatro. No âmbito deste projeto, tem lugar o Projeto Temático Pensando Goa: Uma Peculiar Biblioteca de Língua Portuguesa, financiado pela FAPESP (maio de 2014 a abril de 2018). OBS: o título do projeto da parte 1 para a parte 2 substituiu o termo Oriente por Ásia tendo em vista a inadequação do primeiro em relação ao debate teórico que se tem desenvolvido.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jorge Lúzio Matos Silva - Integrante / Helder Garmes - Coordenador / João Figueiredo Alves da Cunha - Integrante / MADEIRA, Viviane Souza - Integrante / Damares Barbosa Correia - I - Integrante / Duarte Drumond Braga - Integrante / Paul Melo e Castro - Integrante / José Antônio de Oliveira Filho - Integrante / Kouassi Loukou Maurice - Integrante / Cielo Griselda Festino - Integrante / Cibele Elisa Viagas Aldrovandi - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Outros Orientes, Descrição: Outros Orientes reúne pesquisadores nas áreas de História da Arte, Artes Visuais e áreas afins para discutir, a partir das recentes revisões historiográficas, a produção artística de origem oriental, bem como sua circulação e recepção em diferentes geografias. O grupo pretende atuar como um fórum permanente, ao promover a troca de experiências, de conhecimentos e de referencias bibliográficas e visuais entre vários pesquisadores, do Brasil e do exterior. A atividade acadêmica do grupo prevê a promoção de eventos, seminários, palestras e a colaboração de seus membros na produção e divulgação de artigos e resultados de pesquisa científica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jorge Lúzio Matos Silva - Integrante / rosana pereira de freitas - Coordenador.

  • 2010 - 2014

    Literatura goesa e as literaturas de liíngua portuguesa no Oriente, Descrição: Pretende-se recuperar textos que um dia constituíram o que hoje podemos designar de "literatura goesa de língua portuguesa". Trata-se de um conjunto de romances, contos, poemas, crônicas, peças teatrais, entre outros gêneros, que foram sistematicamente publicados na antiga colônia portuguesa de Goa, na Índia. Desde 1961 Goa passou a constituir o Estado Indiano e deixou de ter o português como língua oficial, que passou a ser praticamente inexistiente naquela localidade. No entanto, um grande volume de textos literários goeses em língua portuguesa continuam a povoar as bibliotecas e os arquivos portugueses e goeses e precisam ser sistematizados e estudados. Além de Goa, o projeto busca refletir sobre o contexto mais amplo das literaturas de língua portuguesa no Oriente, incluindo nesse escopo a literatura de língua portuguesa produzida em Macau, Timor Leste, Japão, e mesmo aquela produzida no Brasil que apresente um vínculo com a questão colonial em escala global.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Jorge Lúzio Matos Silva - Integrante / Helder Garmes - Coordenador / João Figueiredo Alves da Cunha - Integrante / Damares Barbosa Correia - I - Integrante / Duarte Drumond Braga - Integrante / Paul Melo e Castro - Integrante / José Antônio de Oliveira Filho - Integrante / Kouassi Loukou Maurice - Integrante / Cielo Griselda Festino - Integrante / Cibele Elisa Viagas Aldrovandi - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de São Paulo, Campus Guarulhos. , Estrada do Caminho Velho, Jardim Nova Cidade - Pimentas, 07252312 - Guarulhos, SP - Brasil, Telefone: (11) 24981103, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2012 - 2019

    UNIFAI - Centro Universitário Assunção

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenação de Graduação e Pós em História, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Professor e coordenador em História - Graduação e Pós graduação Lato Sensu. Coordenação de Graduação (2017-2019), Gestão de História da África - Educação, Cultura e Relações Internacionais (2012-2014), História - Arte, Patrimônio e Cultura (2017-2019) e História, Civilização e Pensamento Medieval (2017-2019). Professor-orientador nas disciplinas de "Religião, Cultura e Sociedade", "Introdução aos Estudos Afro-asiáticos", "Metodologia do Trabalho Científico" e "Antropologia Cultural".

    Atividades

    • 08/2018

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Metodologia do Ensino de História e Geografia

  • 2010 - Atual

    Museu de Arte Sacra de São Paulo

    Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Professor / Pesquisador

    Outras informações:
    Docência em Arte Colonial, consultoria em projetos artísticos e pesquisa em História e Museologia.

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal de São Paulo

    Vínculo: Pós doutorado em História, Enquadramento Funcional: Pós doutorado em História

    Outras informações:
    Membro do Laboratório de Estudos Orientais e Asiáticos, com projeto de pesquisa de Pós-doc em andamento.

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

    Outras informações:
    Membro do Projeto African Ivories in the Atlantic World: a reassessment of Luso-African ivories - UFMG / Universidade de Lisboa (Centro de História)

  • 2016 - 2017

    Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Professor de História Moderna - Graduação

  • 2012 - Atual

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: colaborador

    Outras informações:
    Integrante do projeto de pesquisa Outros Orientes

  • 2010 - 2014

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrando LIA / Projeto interuniversitário

    Outras informações:
    Integrante do Laboratório de Interlocuções com a Ásia - LIA, DLO, FFLCH

  • 2010 - 2010

    Escola Estadual Carlos Pasquale

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docência, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Professor de História - Ensino Médio

  • 1990 - 1993

    Diretoria Regional de Educação e Cultura

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Arte-Educador, Carga horária: 26

    Outras informações:
    Professor de Ensino Fundamental e Teatro-educação

  • 1988 - 1994

    Colégio São José da Ação Fraternal de Itabuna-BA

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Docência, Carga horária: 26

    Outras informações:
    Professor de Ensino Fundamental

  • 1994 - 2002

    VIAÇÃO AÉREA SÃO PAULO

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Aeronauta-Comissário de Vôo/Instrutor, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Professor em ensino técnico - treinamento de comissários de vôo

  • 2006 - 2008

    Avianca/OceanAir

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Aeronauta-Comissário de Vôo/Instrutor, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Professor em Safety e CRM (ensino técnico) - treinamento de comissários de vôo