Paulo Zutim

Possui graduação em Bacharelado em Química pela Universidade Federal de São Carlos (2016) e mestrado em Bacharelado em química pela Universidade Federal de São Carlos (2018). Tem experiência na área de Química, com ênfase em Eletroquímica.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Bacharelado em química

2016 - 2018

Universidade Federal de São Carlos
Título: Síntese, caracterização e testes eletroquímicos de Dióxido de Manganês nanométrico como material de eletrodo de Supercapacitores,Ano de Obtenção: 2018
Nerilso Bocchi.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Físico-Química. Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Físico-Química / Especialidade: Eletroquímica.

Graduação em Bacharelado em Química

2010 - 2016

Universidade Federal de São Carlos
Título: Effects of Trivalent Chromium Conversion Coating on the Oxygen Reduction Reaction Kinetics at Aluminum Alloys
Orientador: Greg M. Swain
com Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2012 - 2012

XVI Disciplina Intersemestral - Vidros. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2011 - 2011

Impacto e gerenciamento de substâncias poluidoras. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

2011 - 2011

Química inorgânica medicinal: da toxidade à cura. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de São Carlos, UFSCAR, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química / Subárea: Físico-Química/Especialidade: Eletroquímica.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Mid-Michigan Symposium for Undergraduate Research Experiences.Effects of trivalent Chromium conversion coatings on the oxygen reduction reaction kinetics at aluminum alloys. 2015. (Simpósio).

37 Reunião anual da Sociedade Brasileira de Química. Estudos sobre o processo de eletropolimento do aço inoxidável 304 em solução ácida de H3PO4 + H2SO4 (2:1) contendo poliálcoois.. 2014. (Congresso).

XX Congresso de Ininiação Científica da UFSCar. Eletropolimento de aços inoxidáveis: efeito de aditivos na solução ácida (H3PO4 + H2SO4 2:1). 2013. (Congresso).

9ª Jornada Científica e Tecnológica da UFSCar. IV Ciclo de Minicursos. 2011. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Elton Fabiano Sitta

BOCCHI, N.; CANOBRE, S. C.;Sitta, Elton. Síntese, Caracterização e testes eletroquímicos de dióxido de manganes nanométrico como material de eletrodo de supercapacitores. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Química-UFSCar) - Universidade Federal de São Carlos.

Sheila Cristina Canobre

BOCCHI, NerilsoCANOBE, S. C.; SITTA, E. F.. Síntese, Caracterização e Testes Eletroquímicos de Dióxido de Manganês Nanométrico como Material de Eletrodo de Supercapacitores. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Química-UFSCar) - Universidade Federal de São Carlos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Nerilso Bocchi

Síntese, Caracterização e Testes Eletroquímicos de Dióxido de Manganês Nanométrico como Material de Eletrodo de Supercapacitores; 1o; Agosto; 2018; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Química-UFSCar) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Nerilso Bocchi;

Nerilso Bocchi

Eletropolimento de aços inoxidáveis: efeito dos aditivos etilenoglicol na solução ácida (H3PO4 + H2SO4 2:1) por meio de testes de hidrofobilicidade; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Química) - Universidade Federal de São Carlos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Nerilso Bocchi;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MUNSON, CATHERINE A. ; ZUTIM, PAULO ; SWAIN, GREG M. . Electrochemical Characterization of Different Variants of a Commercial Trivalent Chromium Process (TCP) Coating on Aluminum Alloy 7075-T6. CORROSION , v. 74, p. 50-65, 2018.

  • ZUTIM, P. ; BOCCHI, N. ; ROCHA-FILHO, R. C. ; BIAGGIO, S. R. ; VEROLI, A. B. . Estudos sobre o processo de eletropolimento do aço inoxidável 304 em solução ácida de H3PO4 + H2SO4 (2:1) contendo poliálcoois.. In: 37 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química, 2014, Natal. 37 Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química: O papel da química no cenário econômico atual, competitividade com responsibilidade., 2014.

  • ZUTIM, P. ; BOCCHI, N. ; VEROLI, A. B. ; ROCHA-FILHO, R. C. ; BIAGGIO, S. R. . Eletropolimento de aços inoxidáveis: efeito de aditivos na solução ácida (H3PO4 + H2SO4 2:1). In: XX Congresso de Iniciação Científica da UFSCar, 2013, São Carlos - SP. Anais do XX Congresso de Iniciação Científica da UFSCar. São Carlos - SP, 2013. p. 700-700.

  • SWAIN, G. M. ; MUNSON, C. ; ZUTIM, P. . Effects of trivalent Chromium conversion coatings on the oxygen reduction reaction kinetics at aluminum alloys. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BIAGGIO, S. R. ; BOCCHI, N. ; ZUTIM, P. ; ROCHA-FILHO, R. C. ; VEROLI, A. B. . Eletropolimento de aços inoxidáveis: efeito de aditivos na solução ácida (H3PO4 + H2SO4 2:1). 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2015

    Effects of trivalent chromium conversion coatings on the oxygen reduction reaction kinetics at aluminum alloys, Descrição: Protection against corrosion is important for many alloys. Good corrosion protection extends the operational lifetime of the material and reduces costly repairs. Aluminum alloys are used in the aerospace industry and are protected from corrosion by a multi-component coating system. The industry has utilized chromate-containing conversion coatings, while these coatings works well; they are not environmentally friendly as they contain hexavalent chromium. Unfortunately, hexavalent chromium is carcinogenic. Our laboratory is investigating more environmentally friendly conversion coatings that contain no added hexavalent chromium. These more eco-friendly coatings are referred to as trivalent chromium process coatings, which contain trivalent chromium. These goal of this project was to learn more about how these coatings inhibit cathodic process on the aluminium alloys surface, namely the oxygen reduction reaction. Using three aluminum alloys (2024, 6061 and 7075), rotating disk voltametry was employed to study the electron transfer and mass transfer kinetics of dissolved oxygen reduction on the alloy. Results for coated and uncoated alloys like open circuit potential and cathodic polarizations curves in oxygen saturated solution as a function of the rotation rate were reported. Comparing the mass transport limited current for oxygen reduction, the polarization curves for the coated and uncoated alloys, as a function of the rotation rate, will allow us to determine how effective the coating is at hindering the oxygen to the alloy surface. The significance of this that the rate of aluminum alloy corrosion can be retarded by inhibiting the rate of the oxygen reduction.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Paulo Zutim - Integrante / Greg M. Swain - Coordenador / Catherine Munson - Integrante.

  • 2013 - 2014

    Eletropolimento de aços inoxidáveis: efeito dos aditivos etilenoglicol na solução ácida (H3PO4 + H2SO4 2:1) por meio de testes de hidrofilicidade., Descrição: Graças à grande importância tecnológica e econômica do aço inoxidável este tem sido objeto de vários estudos, incluindo suas propriedades e utilizações (SEDRIKS, 1996). Portanto, metodologias de polimento químico e eletroquímico, ao invés do polimento mecânico, vêm sendo pesquisadas devido a não introdução de contaminantes na superfície metálica ou tensões nas camadas superficiais do metal (TEGART, 1959 e GABE et al., 1994). No processo de eletropolimento, aplica-se uma corrente/potencial positivo para promover dissolução e passivação do metal, dando uma característica diferenciada a este processo de polimento. Neste trabalho, foram medidos valores de ângulo de contato de superfícies de aço inoxidável polidas pelos métodos eletroquímico e mecânico (manual). Os experimentos de eletropolimento foram divididos em duas partes: Planejamento Fatorial 23 (utilizando na solução ácida somente o aditivo etilenoglicol) e emprego de diferentes aditivos na solução (glicerol, manitol, sorbitol e etilenoglicol). No primeiro caso placas de aço de 1 mm de espessura foram utilizadas enquanto que no segundo placas de 5 mm. Em ambos os casos as placas passaram por pré-tratamento e desengraxe em acetona por 20 min sob agitação ultrassônica. Para a realização dos eletropolimentos, duas placas de grafite foram usadas como contra eletrodos e a aplicação da corrente foi feita por uma fonte de corrente/tensão apropriada. A forma como se acompanhou o resultado final do polimento eletroquímico e manual foi, primeiramente, por inspeção visual e, posteriormente, por medidas de ângulo de contato. Além dos experimentos de eletropolimento, polimentos manuais também foram realizados sobre um tarugo de aço (2 cm de diâmetro e ~1 cm de altura) com lixas de diferentes granulometrias: 320, 400, 600, 1200, 1500 e 2000. Após esses processos terem sido realizados, valores de ângulo de contato foram medidos para as superfícies polidas e comparados com os valores obtidos para amostras de aço eletropolidas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Paulo Zutim - Integrante / Nerilso Bocchi - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2012 - 2013

    Medidas complementares para o processo de eletropolimento do aço inoxidável 304 em solução ácida de H3PO4 + H2SO4 2:1 contendo poliálcoois, Descrição: Como descrito no relatório parcial de atividades, o projeto de pesquisa proposto em 2011 pretendia estudar o efeito da adição dos agentes complexantes EDTA dissódico ? sal dissódico do ácido etilenodiaminotetracético e HDTA trissódico ? sal trissódico do ácido N-(2 hidroxietil) etilenodiaminotetracético no processo de eletropolimento do aço inoxidável AISI 304 em solução de H3PO4 + H2SO4 2:1 (V/V). Entretanto, dado a baixa solubilidade na solução ácida empregada no processo de eletropolimento do aço, nenhum daqueles agentes complexantes pôde ser utilizado como aditivo naquela solução. Após consultas à literatura especializada e testes de solubilidade, optou-se em estudar o efeito da adição do poliálcool etilenoglicol na solução de H3PO4 + H2SO4 2:1 (V/V) empregada no processo de eletropolimento do aço inoxidável. É importante ressaltar que o etilenoglicol apresentou solubilidade maior que 50 % (V/V) na referida solução ácida. Assim, utilizando-se a ferramenta estatística de planejamento fatorial, as seguintes variáveis foram estudadas para o processo de eletropolimento do aço inoxidável AISI 304 em H3PO4 e H2SO4 2:1 (V/V), mantida a 30 oC: teor de etilenoglicol [4,50 % (V/V) a 51,5 % (V/V)], densidade de corrente (0,028 A cm-2 / j / 1,4 A cm-2) e tempo de eletropolimento (2 min < t < 12 min). Medidas de refletância especular revelaram que as amostras de aço foram eletropolidas em todas as condições do planejamento experimental realizadas. Posteriormente, a análise estatística dos dados coletados deverá indicar os fatores que mais influenciam o processo. Além disso, foi mostrado que as amostras de aço inoxidável eletropolidas em H3PO4 e H2SO4 2:1 (V/V) contendo etilenoglicol apresentaram superfícies com maiores valores de refletâncias que aquelas eletropolidas por 3 min na solução eletrolítica recomendada pela norma ASTM (2008) (H3PO4 e H2SO4 1:1 (V/V), mantida a 75 oC). (...). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Paulo Zutim - Integrante / Nerilso Bocchi - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2011 - 2012

    Estudo do efeito da adição de agentes complexantes na solução ácida (H3PO4 + H2SO4 3:2) no processo de eletropolimento do aço inoxidável do tipo 304, Descrição: Os aços inoxidáveis possuem uma grande importância tecnológica e econômica, pois são materiais com alta resistência mecânica e à corrosão, além de serem duráveis. Por isso apresentam uma grande utilização nas indústrias química, petroquímica, farmacêutica, alimentícia, de processos e energia. Além disso, têm sido muito utilizados em utensílios domésticos, equipamentos cirúrgicos, geradores de energia, ambiente de decoração e em projetos arquitetônicos como em fachadas de edifícios. Entretanto, para estas últimas aplicações, o aspecto frio e clínico dos aços inoxidáveis confere aos mesmos uma aparência estéril, quando comparado com a riqueza do brilho dourado de metais polidos como o latão. Assim, a coloração de aços inoxidáveis vem ao encontro da demanda cada vez mais crítica dos setores de design e arquitetura para materiais que agreguem versatilidade e alto desempenho em ambientes corrosivos. Procurando atender as exigências do mercado, diversos processos químicos e eletroquímicos que levam à formação de filmes finos interferentes (coloridos) sobre o aço inoxidável do tipo 304, bem como de suas propriedades físico-químicas foram investigadas ao longo dos últimos anos por vários estudantes de graduação e pós graduação que passaram pelo LaPE - Laboratório de Pesquisas em Eletroquímica do Departamento de Química da UFSCar (www.ufscar.br/lape). Entretanto, é bem conhecido que a qualidade da cor (principalmente o brilho) dos filmes interferentes é fortemente dependente do estado inicial da superfície do aço inoxidável. Assim, antes de submeter o aço a um processo de coloração é conveniente polir sua superfície. Por isto, já há alguns anos, foi desenvolvida no LaPE uma metodologia para eletropolimento do aço inoxidável do tipo 304 (ANDRADE et al., 2005), usando a mesma solução ácida (H2SO4 5,0 mol/L + CrO3 2,5 mol/L) utilizada nos processos de coloração do aço. Os parâmetros empregados no processo de eletropolimento tais como temperatura, densidade de corrente e (...). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Paulo Zutim - Integrante / Nerilso Bocchi - Coordenador / Alyne Bernardes Veroli - Integrante / Antonio Henrique Montagnana - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2015 - 2015

Michigan State University

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2016 - 2018

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de mestrado em Química, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aluno de mestrado em Química na Universidade Federal de São Carlos, sendo orientado pelo Prof. Dr. Nerilso Bocchi.

2010 - 2016

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Aluno (Bacharelado em Química), Enquadramento Funcional: Aluno, Regime: Dedicação exclusiva.