Edelberto Santos Dias

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Minas Gerais (1978), Mestrado em Parasitologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1982), Doutorado em Ciências (Área de concentração Entomologia) pela Universidade Federal de Minas Gerais (1989) e Pós-Doutorado no Walter Reed Army Institute of Research, USA. Pesquisador titular em Saúde Pública do Centro de Pesquisas René Rachou/FIOCRUZ. Coordenador do Centro de Referência em Competência Vetorial de Flebotomíneos (CRCV) da FIOCRUZ/MINAS.Tem experiência na área de Parasitologia, com ênfase em Entomologia de Vetores e Eco-Epidemiologia de Leishmanioses.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Parasitologia

1986 - 1989

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Estudo sistemático do subgênero Helcocyrtomyia Barretto, 1962, do gênero Lutzomyia França, 1924 Diptera Psychodidae, Phlebotominae.
Orientador: Amilcar Vianna Martins
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Phlebotominae; Helcocyrtomyia; Taxonomia.Grande área: Ciências BiológicasSetores de atividade: Saúde Humana.

Mestrado em Parasitologia

1980 - 1982

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Levantamento taxonômico e sinantrópico da fauna de sarcophagidae (Diptera) dos arredores de Belo Horizonte, Minas Gerais.,Ano de Obtenção: 1982
Orientador: Hugo de Souza Lopes
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Sinantropia; Sarcophagidae; Taxonomia.Grande área: Ciências BiológicasSetores de atividade: Saúde Humana.

Graduação em Ciências Biológicas

1975 - 1978

Universidade Federal de Minas Gerais

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

1991 - 1993

Pós-Doutorado. , Walter Reed Army Institute Of Research, WRAIR, Estados Unidos. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas, Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Biologia Molecular / Especialidade: Biologia Molecular de Parasitos e Vetores de Leishmanioses.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2003 - 2003

Curso de Curta Duração. , Centro de Pesquisas René Rachou, CPQRR/FIOCRUZ, Brasil.

1997 - 1997

Curso de Curta Duração. , Universidade Nacional de Buenos Aires, UNBA, Argentina.

1995 - 1995

Curso de Curta Duração. , Centro de Pesquisas René Rachou, CPQRR/FIOCRUZ, Brasil.

1992 - 1992

Curso de Curta Duração. , National Institutes of Health, NIH, Estados Unidos.

1989 - 1989

Curso de Curta Duração. , Sociedade Brasileira de Parasitologia, SBP, Brasil.

1984 - 1987

Curso de Curta Duração. , Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos, ICBEU, Brasil.

1986 - 1986

Curso de Curta Duração. , Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, SBMT, Brasil.

1982 - 1982

Curso de Curta Duração. , Sociedade Brasileira de Parasitologia, SBP, Brasil.

1982 - 1982

Curso de Curta Duração. , Sociedade Brasileira de Parasitologia, SBP, Brasil.

1981 - 1981

Curso de Curta Duração. , Associação Médica de Minas Gerais, AMMG, Brasil.

1981 - 1981

Curso de Curta Duração. , Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal, MMA, Brasil.

1981 - 1981

Curso de Curta Duração. , Sociedade Brasileira de Parasitologia, SBP, Brasil.

1978 - 1978

Curso de Curta Duração. , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

1978 - 1978

Curso de Curta Duração. , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

1975 - 1975

Curso de Curta Duração. , Companhia de Processamento de Dados do Estado de Minas Gerais, PRODEMGE, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Lê Razoavelmente.

Francês

Compreende Pouco, Lê Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Epidemiologia de leishmanioses.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores/Especialidade: Taxonomia Clássica e Molecular de Flebotomíneos.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores/Especialidade: Entomologia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores/Especialidade: Biologia Molecular.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

DIAS, E.S. . 53 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2017. (Congresso).

DIAS, E.S. ; MICHALSKY, E. M. ; MAGALHÃES, D. F. ; COSTA, A. J. A. ; COSTA VAL, A. . Simpósio Mineiro sobre Leishmanioses. 2012. (Outro).

DIAS, E.S. . 27 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 15 Reunião Aplicada em Leishmanioses. 2011. (Outro).

DIAS, E.S. . 26 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 14 reunião de Pesquisa Aplicada em Leihmanioses.. 2010. (Outro).

DIAS, E.S. . 25 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 13 Reunião de pesquisa Aplicada em Leishmaniose.. 2009. (Outro).

DIAS, E.S. . 24 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 12 Reunião Aplicada em Leishmanioses. 2008. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

55 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e XXVI Congresso de Parasitologia Chagasleih 2019. Leishmaniose Visceral Canina no Município de Montes Claros - MInas Gerais. 2019. (Congresso).

55 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e XXVI Congresso de Parasitologia Chagasleih 2019. Parecerista no 55 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e XXVI Congresso de Parasitologia Chagasleih 2019. 2019. (Congresso).

55 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e XXVI Congresso de Parasitologia Chagasleih 2019. Ecologia de flebotomíneos em área de transmissão de leishmanioses no município de Itaúna - Minas Gerais. 2019. (Congresso).

55 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e XXVI Congresso de Parasitologia Chagasleih 2019. Estudo Ecoepidemiológico de Leishmaniose Visceral no Município de Montes Claros - Minas Geraisl. 2019. (Congresso).

Avaliação dos bolsistas PIBIC/PIBITI.Avaliação dos bolsistas PIBIC/PIBITI. 2019. (Outra).

International Meeting of the Gnatwork.Taxonomy of phlebotomine sand flies, epidemiology, diagnosis and control of leishmaniasis. 2019. (Seminário).

Parecerista no 55 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e XXVI Congresso de Parasitologia Chagasleih 2019. Parecerista no 55 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e XXVI Congresso de Parasitologia Chagasleih 2019. 2019. (Congresso).

54 Congresso Brasileiro de Medicina Tropical.Alternative Leishmania vectors in areas of leishmaniases transmission in Brazi. 2018. (Outra).

54 MEDTROP - Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical / Reunião de Pesquisa Aplicada em Chagas e Leishmanioses.. Ecoepidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, Minas Gearais. 2018. (Congresso).

54 MEDTROP - Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical / Reunião de Pesquisa Aplicada em Chagas e Leishmanioses.. Estudo entomológico e canino em área endêmica de leishmaniose visceral, municípiuo de Ipatinga, região metropolitana do Vale do Aço, Minas Gerais.. 2018. (Congresso).

54 MEDTROP - Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical / Reunião de Pesquisa Aplicada em Chagas e Leishmanioses.. Aspectos ecológicos da fauna flebotomínica em área de transmissão de leishmanioses no município de Itaúna, Minas Gerais.. 2018. (Congresso).

54 MEDTROP - Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical / Reunião de Pesquisa Aplicada em Chagas e Leishmanioses.. Estudo entomológico e canino em área endêmica de leishmaniose visceral, municípiuo de Ipatinga, região metropolitana do Vale do Aço, Minas Gerais.. 2018. (Congresso).

54 MEDTROP - Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical / Reunião de Pesquisa Aplicada em Chagas e Leishmanioses.. Estudo ecoepidemiologico da leishmaniose visceral no município de Itaúna, Minas Gerais.. 2018. (Congresso).

XXXIII Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e da XXI Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses,. Ecoepidemiologia e perspectivas para controle integrado. 2018. (Congresso).

53 Congresso Brasileiro de Medicina Tropical. Espécies de vetores nas áreas de transmissão competência vetorial. 2017. (Congresso).

53 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Leishmanioses:Controle e prevenção nas leishmanioses. 2017. (Congresso).

XXV Reunião Anual de Iniciação Científica, IV Jornada da Pós Graduação e XII Programa de Vocação Científica..Estudo Sinantrópico da Fauna Flebotomínica e Aspectos do Reservatório Doméstico (cão) em Área de Transmissão de Leishmaniose Visceral.. 2017. (Outra).

XXV Reunião Anual de Iniciação Científica, IV Jornada da Pós Graduação e XII Programa de Vocação Científica..Estudo Eco-Epidemiológico da Leishmaniose Visceral no Município de Itaúna, Minas Gerais.. 2017. (Outra).

XXV Reunião Anual de Iniciação Científica, IV Jornada da Pós Graduação e XII Programa de Vocação Científica..Estudo epidemiológico da leishmaniose visceral no município de Itaúna, Minas Gerais. Aspectos ligados ao reservatório canino.. 2017. (Outra).

XXV Reunião Anual de Iniciação Científica, IV Jornada da Pós Graduação e XII Programa de Vocação Científica..Eco-epidemiologia e Controle da Leishmaniose Visceral no município de Montes Claros (Minas Gerais, Brasil) ? Aspectos entomológicos.. 2017. (Outra).

XXV Reunião Anual de Iniciação Científica, IV Jornada da Pós Graduação e XII Programa de Vocação Científica..Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, norte do estado de Minas Gerais. 2017. (Outra).

XXV Reunião Anual de Iniciação Científica, IV Jornada da Pós Graduação e XII Programa de Vocação Científica..Aspectos ecoepidemiológicos da leishmaniose visceral no município de Ipatinga, região metropolitana do Vale do Aço, estado de Minas Gerais, Brasil.. 2017. (Outra).

XXV Reunião Anual de Iniciação Científica, IV Jornada da Pós Graduação e XII Programa de Vocação Científica..Estudos Epidemiológicos da Leishmaniose Visceral no Município de Montes Claros, Minas Gerais. Aspectos ligados ao reservatório canino.. 2017. (Outra).

52 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Estudo epidemiológico da Leishmaniose Visceral no Município de Itaúna, Minas Gerias. Aspéctos entomológicos.. 2016. (Congresso).

52 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Aspectos entomológicos e infecção canina da leishmaniose visceral no município de Ipatinga, região metropolitana do Vale do Aço, Minas Geriasi, MG: Resiultados Preliminares.. 2016. (Congresso).

I Simpósio de leishmaniose visceral canina.The use of xenodiagnosis in the field. 2016. (Outra).

I Workshop de pesquisa Translacional em Leishmaniose: dos marcadores de susceptibilidade à acurácia no diagnóstico..Avaliação da transmissibilidade na leishmaniose.. 2016. (Outra).

MEDTROP - 52 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. MEDTROP - 52 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2016. (Congresso).

MEDTROP - 52 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Avaliação da Eficácia de Medidas de Controle para Lutzomyia longipalpis em Área Endêmica para Leishmaniose Visceral. 2016. (Congresso).

XXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Parasitologia (SBP) e XXIII Congreso Latinoamericano de Parasitología (FLAP) ). Comportamiento de vectores de importancia en Salud Pública. 2015. (Congresso).

Fórum de discussão da estratégia de vigilância e controle da leishmaniose visceral.Fórum de discussão da estratégia de vigilância e controle da leishmaniose visceral. 2014. (Oficina).

VIII International Symposium on Phlebotomine Sand Flies.Eco-epidemiology of leishmaniasis in the region of Serra do Cipó, a major touristic centre of Minas Gerais. 2014. (Simpósio).

VIII International Symposium on Phlebotomine Sand Flies.Sandflies fauna survey and DNA detection of Leishmania infantum in Lutzomyia longipalpis captured in the city of Sabará, Minas Gerais, Brazil.. 2014. (Simpósio).

VIII Internattional Symposium on Phlebotomine Sandflies.Epidemiological aspects of vector, parasite, and domestic reservoir in area with no reported human cases of visceral leishmaniasis in Brazil. 2014. (Simpósio).

5 Seminário Mineiro de C,T & I em Saúde.Controle da leishmaniose visceral no município de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil. 2013. (Seminário).

Conhecimento e Cultura (Saúde, Esporte e Qualidade de Vda.Apresentação dos trabalhos de relevãncia acadêmica/Avaliação CNPq. 2013. (Encontro).

XLIX Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Fauna flebotomínica do município de Sabará, região metropolitana de Belo Horizonte. 2013. (Congresso).

XLIX Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Estudo da taxa de positividade canina de leishmaniose visceral no município de Sabará, região metropolitana de Belo Horizopnte, Minas Gerais.. 2013. (Congresso).

XVII Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária e da XXIII Jornada Maranhense de Parasitologia e Medicina Tropical. Diagnóstico da Leishmaniose viceral canina: Estudo de coorte em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil.. 2012. (Congresso).

XVIII International Cngress for Tropical Medicine and Malaria and XLVIII Congress of the Brazilian Society of Tropical Medicine. Sandiflies (Diptera: Psychodidae) and the Leishmaniasis in an Indigenous Reserve in Minas Gerais state, Brazil. 2012. (Congresso).

XVIII International Cngress for Tropical Medicine and Malaria and XLVIII Congress of the Brazilian Society of Tropical Medicine. High canine seroprevalence as s risk factor to occurrence of human visceral leishmaniosis in Governador Valadares (Minas Gerais, Brazil). 2012. (Congresso).

XVIII International Cngress for Tropical Medicine and Malaria and XLVIII Congress of the Brazilian Society of Tropical Medicine. Predominance of Lutzomyia longipalpis in the municipality of Governador Valadares, an area of intense transmission for visceral leishmaniasis in Minas Gerais.. 2012. (Congresso).

XVIII International Cngress for Tropical Medicine and Malaria and XLVIII Congress of the Brazilian Society of Tropical Medicine. XVI Reunião em Pesquisa Aplicada em Leishmanioses.. 2012. (Congresso).

10th International Conference on Urban Health. Historic of urbanization of Visceral Leishmaniasis in Belo Horizonte, Minas Gerais. 2011. (Congresso).

27 Reunião Aplicada em Doença de Chagas e 15 Reunião de pesquisa Aplicada em Leishmanioses.Novas ferramentas potenciais para controle da leishmaniose visceral no Brasil. 2011. (Outra).

27 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 15 Reunião Aplicada em Leishmanioses.Lutzomyia neivai e a transmissão de leishmaniose visceral: evidências de competência vetorial.. 2011. (Outra).

Oficina sobre leishmanioses.Leishmanioses. 2011. (Oficina).

26 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 14 Reunião de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses. Ensaio clínico randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia de uma vacina anti-leishmaniose visceral canina no municípo de Porteirinha, sudeste do Brasil: II Estudo da Fauna de flebotomíneos - resultados preliminares.. 2010. (Congresso).

26 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 14 Reunião de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses. Detecção de DNA de Leishmania spp. Em flebotomíneos capturados na cidade de Governador Valadares, Vale do Rio Doce (Minas Gerais, Brasil) - resultados preliminares.. 2010. (Congresso).

26 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 14 Reunião de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses.Manejo ambiental para o controle da leishmaniose visceral. 2010. (Oficina).

26 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 14 Reunião de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses.Eco-epidemiologia da leishmaniose visceral no município de Paracatú, Minas Gerais, Brasil. 2010. (Outra).

II Simpósio satélite sobre o status taxonomico de Lutzomyia longipalpis.status taxonomico de Lutzomyia longipalpis. 2010. (Simpósio).

IV Workshop de genética e biologia molecular de insetos vetores de doenças tropicais,.Eco-epidemiologia da leishmaniose visceral no estado de Minas gerais. 2010. (Outra).

25 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e da 13 Reunião de Pesquisa Aplicada em leishmanioses.. Eficácia da borrifação do piretroide a-Cipermetrina nos ambientes peridomiciliares e intradomiciliares no controle de lutzomyia Lngipalpis no município de Belo Horizonte no período de 2008 a 2009. 2009. (Congresso).

25 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e da 13 Reunião de Pesquisa Aplicada em leishmanioses..Ecologia de vetores e suas iomplicações na transmissão das leishmanioses no Brasil. 2009. (Outra).

4 World Congress on Leishmaniasis. Influence of climate variables on the populational density of Lutzomyia longipalpis (Diptera, Psychodidade) in a Brazilian area of intense transmission of Viceral Leishmaniasis.. 2009. (Congresso).

International SYmposium on Leishmaniasis Vaccines..Canine vaccine. 2009. (Simpósio).

XLV Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Dosagem de Imunoglobulinas caninas do subgrupos IGG1 e IGG2 no soro de cães soropositivos do município de Janaúba, Minas Gerais.. 2009. (Congresso).

24 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 12 Reunião de pesquisa Aplicada em leishmanioses. Determinação da fonte alimentar de fêmeas de Lutzomyia longipalpis capturadas no município de Janúba, norte do estado de Minas Gerais, Brasil.. 2008. (Congresso).

24 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 12 Reunião de pesquisa Aplicada em leishmanioses. Detecção de DNA de Leishmania spp. em diferentes estádios de Rhipicephalus sanguineus (Acari: Ixodidae) alimentados experimentalmente em cão com leishmaniose visceral. 2008. (Congresso).

24 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 12 Reunião de pesquisa Aplicada em leishmanioses. Manejo de cães urbanos: medidas empregadas por residentes de uma área endêmica para Leishmaniose visceral. Resultados preliminares.. 2008. (Congresso).

24 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 12 Reunião de pesquisa Aplicada em leishmanioses. Pesquisa de Leishmania sp. em mamíferos sinantrópicos e silvestres provenientes de área endêmica para Leishmaniose Tegumentar Americana, município de Governador Valadares (Minas Gerais, Brasil). 2008. (Congresso).

24 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 12 Reunião de pesquisa Aplicada em leishmanioses. Pesquisa de infecção natural de lutzomyia longipalpis por Leishmania em Janaúba, área de intensa transmissão de Leishmaniose Visceral, Minas Gerais.. 2008. (Congresso).

24 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 12 Reunião de pesquisa Aplicada em leishmanioses. Estudo da fauna de flebotomíneos em área endêmica para Leishmaniose Tegumentar Americana, município de Governador Valadares (Minas Gerais, Brasil). 2008. (Congresso).

24 Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e 12 Reunião de pesquisa Aplicada em leishmanioses.Possíveis vetores de importância na epidemiologia da leishmaniose visceral americana.. 2008. (Outra).

44 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Controle da fauna flebotomínica antes e após a aplicação de piretróide no município de Montes Claros (MG), área de intensa transmissão de leishmaniose visceral (LV).. 2008. (Congresso).

6 International Symposium on Phlebotomine Sandflies.Entomological aspects and canine infection in areaof intense transmission of visceral leishmaniasis in Janaúba, Minas Gerais.. 2008. (Simpósio).

III Workshop de Genética e Biologia Molecular de Insetos Vetores de Doenças Tropicais..Epidemiolçogia da leishmaniose Visceral no município de Janaúba, norte do erstado de Minas Gerais.. 2008. (Outra).

VI Bienal de Pesquisa - Fiocruz.Estudo eco-epidemiológico da Leishmaniose Tegumentar Americanano município de Governador Valadares, Vale do Rio Doce (Minas Gerais- Brasil).. 2008. (Outra).

XI Encontro Anual do Grupo Arthromint.IMPACTO DO USO DE INSETICIDA -CIPERMETRINA NO CONTROLE DA POPULAÇÃO DE FLEBOTOMÍNEOS NO MUNICIPIO DE MONTES CLAROS (MG), ÁREA DE TRANSMISSÃO INTENSA DE LEISHMANIOSE VISCERAL. 2007. (Encontro).

XXIII Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e Leishmanioses..Perspectivas no controle de flebotomíneos em áreas urbanas e periurbanas no estado de Minas Gerais.. 2007. (Outra).

Estudo dos Flebotomíneos-Biologia e Implicações na Transmissão de Leishmaniose Visceral Humana e Canina..III Simpósio Internacional de Leishmaniose Visceral Canina. 2006. (Simpósio).

III Simpósio Internacional de Leishmaniose visceral Canina..Estudo de Flebotomíneos - sua biologia. 2006. (Simpósio).

Workshop de Genética e Biologia Molecular de Insetos Vetores de Doenças Tropicais..Controle da leishmaniose visceral humana e canina no município de Porteirinha, norte do Estado de Minas Gerais.. 2006. (Outra).

XXII Reunião de Pesquisa em Doença de Chagas e X Reunião de Pesquisa em Leishmanioses..Estudos entomológicos relacionados à transmissão da Leishmaniose Visceral na cidade de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil.. 2006. (Outra).

I UNIC - Congresso de Iniciação Científica. Estudos entomológicos relacionados à transmissão da leishmaniose Visceral no município de Montes Claros, MG... 2005. (Congresso).

Leishmaniose Visceral.II Seminário de leishmaniose de Janaúba. 2005. (Seminário).

Secretário de mesa redonda (vetores de leishmanioses).Fifth International Symposium on Phlebotomine Sandflies - ISOPS V. 2005. (Simpósio).

XLI Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e I Encontro de Medicina Tropícal do Cone Sul.. XLI Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e I Encontro de Medicina Tropical do Cone Sul. 2005. (Congresso).

XXI Reunião anual de pesquisa aplicada em Doença de Chagas e Leishmanioses.XXI reunião anual de pesquisa aplicada em Doença de Chagas e Leishmanioses.. 2005. (Outra).

XXI Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e Leishmanioses.Vigilância e Controle de Flebotomíneos nas Leishmanioses. 2005. (Oficina).

1 Oficina de trabalho para discussão da proposta de vigilância entomológico para LTA.1 Oficina de trabalho para discussão da proposta de vigilância entomológica para leishmaniose tegumentar americana - LTA. 2004. (Oficina).

I Workshop Nordestino de Biologia Molecular de insetos Vetores de Doenças Tropicais..I Workshop Nordestino de Biologia Molecular de Insetos Vetores de Doenças Tropicais.. 2004. (Outra).

XL Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. XL Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2004. (Congresso).

XX Reunião de Pesquisa Aplicada em doença de Chagas e VIII de Leishmanioses..Oficina de Trabalho- Andamento dos projetos especiais em leishmanioses no norte de Minas Gerais.. 2004. (Oficina).

XX Reunião de Pesquisa Aplicada em Doença de Chagas e VIII de Leishmanioses..XX Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Doenças de Chagas e Leishmanioses. 2004. (Outra).

Seminário.Leishmanioses - 100 anos da Descoberta do Parasito. 2003. (Outra).

XIX Reunião anual de pesquisa aplicada em doença de chagas e VII Reunião anual de pesquisa aplicada em leishmanioses.Estudo do impacto da vacina anti-LTA sobre a incidência da Leishmaniose Tegumentar Americana em Caratinga, Minas Gerais.. 2003. (Outra).

XIX Reunião anual de pesquisa aplicada em doença de chagas e VII Reunião anual de pesquisa aplicada em leishmanioses.Ensaio Clínico para avaliação da eficácia (fase III) de uma vacina contra Leishmaniose Tegumentar Americana no município de Varzelândia, MG, Brasil: Estudo da Imunogenicidade.. 2003. (Outra).

XXXIX Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. XXXIX Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2003. (Congresso).

I Encontro de Profissionais de CCZ de Minas Gerais.I Encontro de Profissionais de CCZ de Minas Gerais. 2002. (Encontro).

IV International Symposium on Phlebotomine Sandflies.IV International Symposium on Phlebotomine Sandflies. 2002. (Simpósio).

XVII Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses.XVII Reunião Anual de Pesquisa Aplicada em Leishmanioses. 2002. (Outra).

XXXVIII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. XXXVIII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2002. (Congresso).

I Fórum de Vigilância Epidemiológica.I Fórum de Vigilância Epidemiológica. 2001. (Outra).

III Seminário Estadual de Zoonoses.III Seminário Estadual de Zoonoses. 2001. (Seminário).

XXXVII Congresso da SociedadeBrasileira de Medicina Tropical. XXXVII Congresso da SociedadeBrasileira de Medicina Tropical. 2001. (Congresso).

II Seminário Estadual de Leishmanioses e I Reunião Estadual de Febre Maculosa.II Seminário Estadual de Leishmanioses e I Reunião Estadual de Febre Maculosa. 2000. (Seminário).

International Symposium Molecular Evolution 2000.International Symposium Molecular Evolution 2000. 2000. (Simpósio).

XXVI Congresso da SociedadeBrasileira de Medicina Tropical. XXVI Congresso da SociedadeBrasileira de Medicina Tropical. 2000. (Congresso).

3rd International Symposium on Phlebotomine Sandflies.3rd International Symposium on Phlebotomine Sandflies. 1999. (Simpósio).

XVI Congresso Brasileiro de Parasitologia. XVI Congresso Brasileiro de Parasitologia. 1999. (Congresso).

XV Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease / XIII Annual Meeting of Brazilian Society of Protozoology.XV Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease / XIII Annual Meeting of Brazilian Society of Protozoology. 1998. (Encontro).

XIV Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease / XIII Annual Meeting of Brazilian Society of Protozoology.XIV Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease / XIII Annual Meeting of Brazilian Society of Protozoology. 1997. (Outra).

XV Congresso Brasileiro de Parasitologia. XV Congresso Brasileiro de Parasitologia. 1997. (Congresso).

III Reunião Anual dos Bosistas de Pós-graduação.III Reunião Anual dos Bosistas de Pós-graduação. 1996. (Outra).

IV Reunião Anual dos Bolsistas de Iniciação Científica.IV Reunião Anual dos Bolsistas de Iniciação Científica. 1996. (Outra).

XXIII Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease.XXIII Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease. 1996. (Encontro).

2nd International Symposium on Phlebotominae Sandflies.2nd International Symposium on Phlebotominae Sandflies. 1995. (Simpósio).

I Encontro de Leishmanioses.I Encontro de Leishmanioses. 1995. (Outra).

II Reunião Anual dos Bolsistas de Iniciação Científica.II Reunião Anual dos Bolsistas de Iniciação Científica. 1995. (Outra).

XIV Congresso da Sociedade Brasileira de Parasitologia. XIV Congresso da Sociedade Brasileira de Parasitologia. 1995. (Congresso).

XXI Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease.XXI Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease. 1994. (Outra).

XX Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease.XX Annual Meeting on Basic Research in Chagas Disease. 1993. (Outra).

41st Annual Meeting of the American Society of Topical Medicine and Hygiene. 41st Annual Meeting of the American Society of Topical Medicine and Hygiene. 1992. (Congresso).

IV Jornada Científica da Fundação Oswaldo Cruz.IV Jornada Científica da Fundação Oswaldo Cruz. 1990. (Outra).

Leishmaniose tegumentar.Leishmaniose tegumentar. 1990. (Seminário).

II International Symposium on Schistosomiasis.II International Symposium on Schistosomiasis. 1989. (Outra).

XI Congresso Brasileiro de Parasitologia. XI Congresso Brasileiro de Parasitologia. 1989. (Congresso).

Meeting on the Epidemiology and Immunopathology of Cutaneous and Mucosal American Leishmaniose.Meeting on the Epidemiology and Immunopathology of Cutaneous and Mucosal American Leishmaniose. 1987. (Encontro).

XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 1986. (Congresso).

37a Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.37a Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. 1985. (Outra).

I Seminário Nacional de Zoonoses.I Seminário Nacional de Zoonoses. 1985. (Seminário).

IX Congresso Brasileiro de Parasitologia. IX Congresso Brasileiro de Parasitologia. 1985. (Congresso).

X Congresso Brasileiro de Zoologia. X Congresso Brasileiro de Zoologia. 1983. (Congresso).

I Seminário Municipal sobre Conservação da Natureza.I Seminário Municipal sobre Conservaçáo da Natureza. 1982. (Seminário).

VII Congresso Brasileiro de Parasitologia. VII Congresso Brasileiro de Parasitologia. 1982. (Congresso).

VI Congresso Brasileiro de Parasitologia. VI Congresso Brasileiro de Parasitologia. 1981. (Congresso).

IX Encontro de Pesquisa.IX Encontro de Pesquisa. 1980. (Encontro).

Congresso Internacional sobre Doença de Chagas. Congresso Internacional sobre Doença de Chagas. 1979. (Congresso).

Encontro Brasileiro sobre Doença de Chagas..Encontro Brasileiro sobre Doença de Chagas.. 1979. (Encontro).

1a Jornada de Doenças Infecciosas e Parasitárias.1a Jornada de Doenças Infecciosas e Parasitárias. 1978. (Simpósio).

Ciclo de Estudos sobre o Problema de Preservação e Melhoria do Meio Ambiente.Ciclo de Estudos sobre o Problema de Preservação e Melhoria do Meio Ambiente. 1975. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Aysa Rodrigues de Oliveira

DIAS, E.S.; SANTOS, R. L.; CARVALHO, M. P. N.. Avaliação de transmissibilidade de Leishmania infantum a Lutzomyia longipalpis em primatas não humanos. 2019. Dissertação (Mestrado em Pós graduação em Ciência Animal) - Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Nathália Cristina Lima Pereira

DIAS, E. S.BARATA, R. A.; AVELAR, D. M.. Ecologia de flebotomíneos em área de transmissão de leishmanioses no município de Itaúna, Minas Gerais.. 2019. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Instituto René Rachou/Fiocruz Minas.

Aluno: Jaqueline Costa Leite

GIUNCHETTI, R. C.; SANTANNA, M. R. V.;DIAS, E.S.. Seleção de antígenos vacinais para redução da infecção por Leishmania chagasi em Lutzomyia longipalpis e controle da leishmaniose visceral.. 2017. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: André Tetzl Costa

MACHADO-COELHO, G. L. L.Dias, Edelberto Santos; LEITE, R. C.; MACHADO, E. M. M.. Ecologia de Flebotomíneos (Diptera: Psychodidae, Phlebotominae) em área de ocorrência de Leishmanioses na terra Xakriabá, Minas Gerais - Brasil.. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Rosana Silva lana

DIAS, E.S.BARATA, R. A.; AVELAR, D. M.;MICHALSKY, E. M.. Eco-epidemiologia das leishmanioses na região da Serra do Cipó, um impotante pólo turístico de Minas Gerais.snteem Jaboticatubas, Minas Gerais.. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Ana maria sampaio Rocha

DIAS, E.S.. Prevalência da leishmaniose viscreal canina na comunidade indígena de Xacriabá, por comparação de métodos sorológicos e moleculares.. 2014. Dissertação (Mestrado em Saúde e Nutrição) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Rosana Silva lana

DIAS, E.S.. Eco-epidemiologia das Leishmanioses na região da Serra do Cipó. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou.

Aluno: Fernanda Oliveira Rezende

DIAS, E.S.; Shimabukuru, P.H.F. Anopheles aquasalis: estudo de contaminação por bacilo entomopatogênico em colônias mantidas em insetários.. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Sirlei Franck Thies

DIAS, E.S.MICHALSKY, E. M.MIYAZAKI, R. D.FONTES, C. J. F.. Estudo entomo-epidemiológico da transmissão de leishmaniose tegumentar americana na área rural do município de Nova Mutum, Mato Grosso.. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Diego Ferreira de Oliveira

LIMA, A. G. D.; VERAS, P. S. T.;DIAS, E.S.. Criadouros naturais de Lutzomyia longipalpis em área para a leishmaniose Visceral do estado da bahia, Brasil.. 2013. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia em saúde e Medicina investigativa) - Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz.

Aluno: Lairton Souza Borja

DIAS, E.S.; VERAS, P. S. T.; MELO, S. M. B.. Estudo da correlação entre a carga parasitária de cães com as diversas formas clínicas da leishmaniose visceral canina e a transmissão ao vetor da Leishmania infantum. 2013. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-Graduação em Patologia) - Centro de Pesquisas Gonçalo Muniz.

Aluno: Carolina Cunha Monteiro

SECUNDINO, N. F. C.Dias, Edelberto Santos; LEMOS, F. J. A. Análise do papel da mricrobiota intestinal de Lutzomyia longipalpis na competência vetorial para Leishmania chagasi.. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Fabiana de Oliveira Lara e Silva

DIAS, E.S.MIRANDA, J. C.SECUNDINO, N. F. C.. Leishmaniose tegumentar americana em Governador Valadares (Minas Gerais, Brasil): estudo de vetores e reservatórios.. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Patrícia Fernandes do Prado

DIAS, E.S.FRANÇA-SILVA, J. C.; CARVALHO, S. F. G.;ROCHA, M. F.. Aspectos epidemiológicos da leishmaniose visceral humana e canina no município de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil, 2007-2009.. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Montes Claros.

Aluno: carmen Diana rado Covarrubias

BRAZIL, R.P.DIAS, E.S.; Suarez-Mutis. M. C.. Estudos sobreos flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) e os potenciais vetores de Leishmania spp. na Provincia de La Convención, Cuzco, Perú.. 2011. Dissertação (Mestrado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Lara Rocha Batista

DIAS, E.S.TEIXEIRA, L. A. S.; GIRALDO, L. E. R.. Avaliação da presença de Trypanosoma cruzi e Leishmania sp. em cães oriundos tanto de zona rural como zona urbana de cidades do Triãngulo Mineiro e Alto Paranaíba.. 2011. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical e Infectologia) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Aluno: Lara Rocha Batista

DIAS, E.S.TEIXEIRA, L. A. S.; GIRALDO, L. E. R.. Avaliação da presença dos protozoários Trypanosoma cruzi e Leishmania sp. em animais domésticos (cães) oriundos tanto de zona rural como zona urbana de cidades do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba.. 2011. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical e Infectologia) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Aluno: Patrícia Fernanandes do Prado

CARVALHO, S. F. G.;ROCHA, M. F.Dias, Edelberto Santos. Perfil epidemiológico da Leishmaniose Visceral humana e canina em Montes Claros, no período 2007 a 2009. Distribuição espacial dos casos e avaliação crítica das ações de controle da doença.. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Montes Claros.

Aluno: Marco André Loureiro Tonini

DIAS, E.S.DIETZE, R.; SHAW, J. J.; FUX, B.. Descrição de um novo foco decalazar canino autóctone no município da Serra, região metropolitana de vitória, ES.. 2010. Dissertação (Mestrado em Doenças Infecciosas) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Maíra Neves Santos

MOREIRA, L. A.; Picanço, MC; LORENZO, M. G.;DIAS, E.S.. Análise de desempenho de mosquitos Aedes fluviatilis (Lutz, 1904) transgênicos expressando a fosfolipase A2 mutada do veneno de abelha.. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Letícia Tsieme Gushi

DIAS, E.S.; GALATI, E. A. B.; Ribolla, P E. Estrutura populacional de Lutzomyia longipalpis s.lat. através da amplificação e sequenciamento do segmento ribossomal 12S de DNA mitocondrial.. 2008. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista.

Aluno: Alberto Wagner Delmondes Cabral

Ribolla, P E; NUNES, C. M.; SARTORI, A.;DIAS, E.S.. Estudo comparativo entre diagnóstico por técnicas sorológicas e pela PCR para detecção de Leishmania spp.. 2007. Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista.

Aluno: Lizziani de Vasconcelos Gomes

DIAS, E.S.; TALVANI, A.;MACHADO-COELHO, G. L. L.. Prevalência da Leishmaniose Visceral Canina na Zona Rural do Município de Varzelândia, Minas Gerais, Brasil, 2005.. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Ana Cristina Bahia Nascimento

DIAS, E.S.. Microanatomia ultraestrutural dos ovos, larvas e orgãos sensoriais de vetores de lerishmanioses através da microscopia eletrônica de varredura.. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou.

Aluno: Gustavo Leandro Mestre

DIAS, E.S.. Estudo epidemiológico descritivo sobre a expansão de epidemia da Leishmaniose Visceral no estado do Mato Grosso, Brasil.. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Simone Marrocos de Resende

DIAS, E.S.; FALQUETO, A.;MELO, M. N.MACHADO-COELHO, G. L. L.; LEITE, R. C.. Aspectos eco-epidemiológicos de área endêmica para Leishmaniose Tegumentar Americana submetida a ensaio comunitário com vacina Anti - LTA.. 2004 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Renata Antonaci Gama

DIAS, E.S.. Avaliação da MosquiTRAP no monitoramento do mosquito Aedes aegypti (Diptera:Culicidae).. 2004. Dissertação (Mestrado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Erika Michalsky Monteiro

DIAS, E.S.; FALQUETO, A.; GIRALDO, L. E. R.. Aspectos entomológicos associados à transmissão da leishmaniose visceral canina no município de Montes Claros, Minas Gerais.. 2004. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical e Infectologia) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Aluno: Adriana dos Santos Gomes

DIAS, E.S.. Comportamento de oviposição e exploração de criadouros, por fêmeas grávidas do mosquito Aedes aegypti (Díptera:Culicidae), em condições de laboratório e de campo". 2003. Dissertação (Mestrado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Marília Fonseca Rocha

DIAS, E.S.. Validação do teste rápido para detecção de anticorpos anti-Leishmania donovani (TRALd) no diagnóstico da leishmaniose visceral canina em Montes Claros, MG,Brasil.rald. 2002 - Escola Paulista de Medicina.

Aluno: Jeane Cristina Menezes Alves

DIAS, E.S.. Aspectos biológicos de Lutzomyia renei (Martins, Falcão e Silva) (Diptera:Psychodidae): sazonalidade, ciclo evolutivo e oviposição.. 2000. Dissertação (Mestrado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Cláudia Lúcia da Cunha

DIAS, E.S.. Resistência do Aedes fluviatilis (Lutz, 1904) ao Bacillus thuringiensis israelensis (Goldberg & margalit, 1977) e a infecção com Plasmodium gallinaceum (Brumpt, 1935).. 2000. Dissertação (Mestrado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Mariza C

DIAS, E.S.. Santos. Lutzomyia (Lutzomyia) longipalpis (Lutz & Neivai,1912) (Diptera:Psychodidae:Phlebotominae): variabilidade genética de populações dos estados de Minas Gerais, Pará e Piauí.. 1999. Dissertação (Mestrado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Eduardo Sergio da Silva

DIAS, E.S.. Leishmaniose visceral canina na região metropolitana de Belo Horizonte, MG, Brasil.h. 1998. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Carlos Frederico Loiola

DIAS, E.S.. Estudos ecológicos sobre a fauna flebotomínica (Diptera:Phlebotominae) na Estação de Pesquisas e Desenvolvimento Ambiental Galheiro - EPDA Galheiro/Cemig.. 1998. Dissertação (Mestrado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Reginaldo Cavalcante

DIAS, E.S.. Estudos de diferentes populações de Lutzomyia longipalpis.. 1998. Dissertação (Mestrado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: José Carlos Miranda

DIAS, E.S.. Combinação de captura dirigida e PCR na detecção de flebotomíneos infectados por leishmanias.. 1998. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Newton Goulart Madeira

DIAS, E.S.. Sinantropia de Calliphoridae (Diptera) em Belo Horizonte. 1987. Dissertação (Mestrado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rafael Martins

DIAS, E.S.MACHADO-COELHO, G. L. L.; MARINHO, C. C.; MACHADO, E. M. M.; LANA, M.. Distribuição Temporal e Espacial dos Casos de Dengue no período de 2001 a 2017, e levantamento da fauna vetora, no Município de Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil.. 2020. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Marília Fonseca Rocha

DIAS, E.S.BARATA, RICARDO ANDRADEPIMENTA, P. F. P.; NEVES, V. L. C.;PAZ, G. F.. Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, norte do estado de Minas Gerais, Brasil.. 2020. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Instituto René Rachou / Fiocruz Minas.

Aluno: Josiane Valadão Lopes Marques

DIAS, E.S.; OLIVEIRA, E. J.; SANTANNA, M. R. V.;FERREIRA, E. C.; SARAIVA, L.. Estutudo ecoepidemiológico da leishmaniose visceral no município de Iatúna, Minas Gerais.. 2019. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Instituto René Rachou/Fiocruz Minas.

Aluno: Otoni Alves de Oliveira Melo

GIUNCHETTI, R. C.; FERREIRA, B. R.; RODRIGUES, S.; MOZZER, O. D.; SILVEIRA, J. A. G.; LAGE, A. P.;DIAS, E.S.. Prova de conceito e aprimoramento biotecnológico de alvos antigênicos para compor a primeira vacina contra o carrapato de cães Rhipicephalaus Sanguineus (Latreille, 1806) (Acari: Ixodidae). 2019. Tese (Doutorado em Biologia Celular) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Marília Fonseca Rocha

DIAS, E. S.; OLIVEIRA, E. J.; LEITE, R. C.. Ecoepidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, Minas Gerais. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós Gradsuação em Ciências da Saúde) - Instituto René Rachou/Fiocruz Minas.

Aluno: Rosana Silva lana

DIAS, E.S.; AVELAR, D. M.; SOARES, R. P.;BARATA, RICARDO ANDRADEQuaresma, P. F.. Ecoepidemiologia da leishmaniose visceral no município de Ipatinga, região metropolitana do Vale do Aço, estado de Minas Gerais, Brasil. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Instituto René Rachou/Fiocruz Minas.

Aluno: Jorge Espinoza Echeverria

DIOTAIUTI, L.; OBARA, M.; PEREIRA, M. H.;DIAS, E.S.; CALDEIRA, R. L.. Infestação e perfil de suscetibilidade de Triatoma infestans em quatro comunidades do município de Toro Toro (Potosi-Bolívia).. 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Kelsilândia Aguiar Martins

PEREIRA, M. H.;DIAS, E.S.; TELLERIA, E. L.;ANDRADE FILHO, J.D.BRAZIL, R.P.; GONTIJO, N. F.. Comportamento alimentar de dípteros vetores de doenças e estudo da expressão de proteínas de choque térmico (HSP 70 e 90) de L. lingipalpis (Díptera, Phelebotominae) frente a diferentes estresses relacionados ao hábito hematófago. 2015. Tese (Doutorado em Curso de Pós graduação em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Fabiana de Oliveira Lara e Silva

MAGALHÃES, D. F.;Quaresma, P. F.; OLIVEIRA, E. J.;DIAS, E.S.; RANGEL, E. F.. Ecoepidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil.. 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Caroline Macedo Gonçalves

DIAS, E.S.PIMENTA, P. F. P.; OLIVEIRA, J. G.; MARCELO, W. M.; DRUMOND, B. P.. Diferenças na variação da competência vetorial entre nove populações de Aedes aegypti do município de Belo Horizonte, Minas Gerais, ao Dengue virus 2.. 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Polyanna Miranda Alves

DIAS, E.S.; VERGARA, M.D.; MACHADO, R. R.; RODRIGUES JUNIOR, V.; OLIVEIRA, C. J. F.. Avaliação dos efeitos da terapia fotodinâmica empregada no tratamento de camundongos infectados com Leishmania braziliensis.. 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Aluno: Miriam Nogueira Barbosa

DIAS, E.S.; CARNEIRO, M.; Luz, Z. M. P.; ASSIS, T. M.. Implantação e avaliação de estratégia de organização de serviços de saúde para prevenção e controle da leishmaniose visceral em município onde a doença é endêmica.. 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Bárbara Kellen Antunes Borges

SILVA, J. A.;MACHADO-COELHO, G. L. L.FRANÇA-SILVA, J. C.; HADDAD, J. P. A.; MOREIRA, H. C.;Dias, Edelberto S.. Fatores de risco associados ao perfil sorológico da leishmaniose visceral em cães, Montes Claros/MG.. 2011. Tese (Doutorado em Curso de Pós-Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: José Eloy dos Santos Júnior

DIOTAIUTI, L.; NOIREAU, F.; Leite, SEB; MURTA, S. M. F.; CHIARI, E.;DIAS, E.S.. Dinâmica do Panstrongylus megistus nos ciclos de transmissão de Trypanosoma cruzi em áreas de cerrado e mata atlãntica no estado de Minas Gerais, Brasil.. 2011. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Vanessa Cabreira de Freitas

Dias, Edelberto SantosMELO, M. N.PIMENTA, P. F. P.; GONTIJO, N. F.; LAURENTTI, M. D.. O processo de interação de Leishmania (Leishmania) chagasi com Lutzomyia (Lutzomyia) longipalpis e a importãncia do lipofosfoglicano (LPG).. 2010. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Daniel Moreira Avelar

LINARDI, P.M.ANDRADE FILHO, J.D.Dias, Edelberto Santos. Sistemática e enálise cladística das espécies neotropicais do gênero Tunga jarocki, 1838 (Siphonaptera:Tungidae).. 2010. Tese (Doutorado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Daniel Moreira de Avelar

LINARDI, P.M.DIAS, E.S.. Sistemática e análise cladística das espécies neotropicais do gênero Tunga jarocki, 1838 (Siphonaptera:Tungidae). 2010. Tese (Doutorado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Eloiza Gonçalves Antônio

ESCALDA, P. M.;DIAS, E.S.MACHADO-COELHO, G. L. L.. Prevalência da Leishmaniose Visceral Canina, Terra Indígena Krenak, Resplendor, Minas Gerais, Brasil.. 2009. Tese (Doutorado em Curso de Pós-graduação em Ciências Biológicas) - Universidade vale do Rio Doce.

Aluno: Erika Michalsky Monteiro

DIAS, E.S.; SHAW, J. J.;PACHECO, R. S.TEIXEIRA, L. A. S.; MEIRA, W. S. F.. Epidemiologia da Leishmaniose Visceral no município de Janaúba, norte do estado de Minas Gerais, Brasil.. 2009. Tese (Doutorado em Medicina Tropical e Infectologia) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro.

Aluno: Alfredo Carlos Rodrigues de Azevedo

GUIMARAES, A. E.;DIAS, E.S.; Mello, R.P. Contribuição ao conhecimento de Lutzomyia (Nyssomyia) umbratilis ward & Fraiha 1977, importante transmissor de Leishmaniose Tegumentar Americana na Amazônia.. 2008. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Cláudia Di Lorenzo Oliveira

DIAS, E.S.; PROIETTI, F. A.; CESAR, C. C.; CAIAFFA, W. T.; CARNEIRO, M.. Leishmaniose Visceral na região metropolitana de Belo Horizonte: Um estudo caso-controle.. 2006. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Catarina de Andrade Lima

MELO, A.; BRAGA, I.; BORGES, L.; OLIVEIRA, P. R.; GONTIJO, N. F.;DIAS, E.S.. Desenvolvimento de armadilha e atraente de oviposição sintético para captura de fêmeas grávidas de Culex quinquefasciatus Say, 1823 (Diptera: Culicidae).. 2005. Tese (Doutorado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: José Carlos Miranda

DIAS, E.S.SECUNDINO, N. F. C.; RANGEL, E. F.. O desenvolvimento de Leishmania (Viannia) braziliensis no flebotomíneo Lutzomyia (Nyssomyia) intermedia em uma área endêmica para Leishmaniose Tegumentar Americana do Estado da Bahia e a influência da alimentação sanguínea em animais domésticos.. 2005. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Flávia Maria Esteves

DIAS, E.S.; AMARAL, L. A.; GIRIO, R. J. S.; CARVALHO, A. C. F. B.;FRANÇA-SILVA, J. C.. Levantamento Sorológico e Plano de Ação para Controle da Leptospirose no Zoológico Municipal de Uberaba, Estado de Minas Gerais. 2005. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Jaboticabal.

Aluno: Silvia Ermelinda Barbosa

DIAS, E.S.LINARDI, P.M.; PEREIRA, M. H.; PIRES, H. H. R.; GONTIJO, N. F.. Biossistemática e biogeografia de populações de Panstrongylus megistus (Burmeirster, 1835) no Brasil.. 2004. Tese (Doutorado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Reginaldo Roris Cavalcante

DIAS, E.S.. Funções Biológicas da Saliva e Aspectos relacionados com a alimentação de Lutzomyia longipalpis (DIPTERA:PSYCHODIDAE).. 2003. Tese (Doutorado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Joao Carlos Franca da Silva

DIAS, E.S.. Estudo prospectivos da prevalência e da incidência da Leishmaniose Visceral Canina na cidade de Porteirinha/MG, Brasil.. 2003. Tese (Doutorado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Jeanne Nascimento dos Santos Corrêa

DIAS, E.S.. A morfologia do Intestino médio de culex quinquefaciatus Say, 1823 e sua interação experimental com microfilárias de Lutomonosoides Chagasfilho Moraes Neto, Lanfredi e De Souza, 1997 e Wecheria bancrofti (Cobbold, 1887), Seu rat 1921.. 2003. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Centro de Pesquisas René Rachou.

Aluno: Maria Tereza Zanatta Coutinho

DIAS, E.S.. Investigação da capacidade vetorial de sifonápteros e ixodídeos na leishmaniose visceral canina. 2003. Tese (Doutorado em Entomologia Médica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Herton Helder Rocha Pires

DIAS, E.S.. Aspectos do comportamento do Panstrongylus megistus (Burmeister, 1835). 2003. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Maria Auxiliadora Pantoja Ferreira

DIAS, E.S.. Anopheles aquasalis (Curry, 1932): uma análise morfológica e infectado com Plasmodium vivaz (Grassi & Feletti, 1980).. 2002. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Centro de Pesquisas René Rachou.

Aluno: Fernando de Freitas Fernandes

DIAS, E.S.. Dermatobia hominis (Linnaeus, Jr, 1781): Estudo ultra-estrutural de adultos com ênfase na identificação, topografia e classificação morfo-funcional de orgãos sensoriais.l. 2002. Tese (Doutorado em Entomologia Médica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Tânia Santos de Marcos

DIAS, E.S.. Aspectos ecológicos dos flebotomíneos, em recente foco de transmissão da leishmaniose tegumentar na microregião de Visçosa, MG,Brasil.. 2001. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Eduardo Sergio da Silva

DIAS, E.S.. Leishmaniose Visceral na região metropolitana de Belo Horizonte, MG: aspectos epidemiológicos e diagnósticos.. 2001. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Elsa Evelia Nieves Blanco

DIAS, E.S.. A biologia do desenvolvimento de Leishmania (Viannia) braziliensis e de Leishmania (Leishmania) amazonensis no flebotomíneo Lutzomyia migonei (Diptera:Psychodidae).. 2000. Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz.

Aluno: Jaqueline Costa Leite

DIAS, E.S.; PASCOAL, V. P. M.; COELHO, E. A. F.. Ensaio clínico vacinal de candidatos a vacinas bloqueadoras de transmissão, para o controle da leishmniose visceral.. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia Celular) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Rosana Silva lana

DIAS, E.S.; OLIVEIRA, E. J.; MORAIS, M. H. F.; ARAUJO, M. S. S.. Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Ipatinga, Região Metropolitana do Vale do Aço, Minas Gerais Brasil. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Josiane Valadão Lopes Marques

DIAS, E. S.; OLIVEIRA, E. J.; SANTANNA, M. R. V.; AVELAR, D. M.. Estudo ecoepidemiologico da leishmaniose visxeral no município de Itauna, Minas Gerais.. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Shara Gegina da Silva

DIAS, E.S.MACHADO-COELHO, G. L. L.FUJIWARA, R.T.. Estudo sobre a infectividade de cães vacinados com LeishTec para Lutzomyia longipalpis não infectados.. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Eliane Gonçalves Paiva Lopes

MAGALHÃES, D. F.;DIAS, E.S.; HADDAD, J. P. A.. Dinâmica da leishmaniose visceral em uma coorte de cães de Juatuba-MG, de 2010 a 2011.. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Curso de Doutorado em Ciência Animal da UFMG) - Escola de Vaterinária/UFMG.

Aluno: Gustavo Fontes Paz

Dias, Edelberto SantosLINARDI, P.M.SECUNDINO, N. F. C.. Participação de Riphicephalus sanguineus e Ctenocephalides felix Felix na epidemiologia da leishmaniose visceral canina, Belo horizonte, Minas Gerais, Brasil.. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

Aluno: Bárbara Kellen Antunes Borges

Dias, Edelberto S.; SILVA, J. A.; GUIMARAES, D. F.. . Fatores de riscos relacionados a saorologia canina no município de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Curso de Doutorado em Ciência Animal da UFMG) - Escola de Vaterinária/UFMG.

Aluno: Daniel Moreira de Avelar

LINARDI, P.M.DIAS, E.S.; MELO, A.. Sistemática e análise cladística das espécies do gênero Tunga Jarocki, 1838 (Siphonaptera: Tungidae).. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Curso de Pós graduação em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Bárbara Kellen Antunes Borges

DIAS, E.S.FRANÇA-SILVA, J. C.. Sorologia da leishmaniose Visceral Canina em Montes Claros, MG.. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Bárbara Kellen Antunes Borges

DIAS, E.S.. Sorologia da Leishmaniose Visceral Canina no município de Montes Claros. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação da Escola de Veterinária da UFMG) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Ivoneide Maria da Silva

DIAS, E.S.. Avaliação de compostos sintéticos do odor humano como atraentes para mosquito Aedes aegypti (Díptera:Culicidae) em laboratório e campo". 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Entomologia Médica) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Aluno: Ana maria sampaio Rocha

DIAS, E.S.. Prevalência de Leishmaniose Visceral Canina na Terra Indígena Xakriabá, por métodos combinados de diagnóstico.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em SAÚDE E NUTRIÇÃO) - Universidade Federal de Ouro Preto.

Aluno: Caroline Macedo Gonçalves

DIAS, E.S.BARATA, R. A.FRANÇA-SILVA, J. C.. Aspectos da ecologia de flebotomíneos em região endêmica de leishmaniose tegumentar. 2003 - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Aluno: Karina de Oliveira Feliciano

FELICIANO, K. O.;DIAS, E.S.MICHALSKY, E. M.LARA-SILVA, F. O.. Estudo epidemiológico da leishmaniose visceralo na cidade de montes Claros - Aspectos entomologicos.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Aluno: Fabiana de Oliveira Lara e Silva

DIAS, E.S.. Levantamento entomológico e infecção natural da fauna flebotomínica no município de Janaúba, norte do estado de Minas Gerais, Brasil.. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Aluno: Fabiana de Oliveira Lara e Silva

DIAS, E.S.. Levantamento entomológico e infecção natural da fauna flebotomínica no município de Janaúba, norte do estado de Minas Gerais, Brasil.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

DIAS, E.S.; ANDRADE, H. M.. Concurso Público Para Professor Adjunto (Edital 63 de 31/01/2014 (D.O.U 03/02/2014). 2014. Universidade Federal de Minas Gerais.

LINARDI, P.M.Dias, Edelberto Santos. Banca examinadora de concurso publico para Professor Adjunto no Departamento de Parasitologia.. 2010. Universidade Federal de Minas Gerais.

DIAS, E.S.. Concurso público-Adjunto Nível 1. 1999. Universidade Federal de Ouro Preto.

DIAS, E.S.. Banca examinadora de concurso público - Assistente Nível 1. 1998. Universidade Federal de Ouro Preto.

DIAS, E.S.. Comissão examinadora de concurso público - Adjunto Nivel 1. 1994. Universidade Federal de Ouro Preto.

CARNEIRO, M.;DIAS, E.S.RIBEIRO, M. F. B.; NEGRAO-CORREA, D. A.. Banca Examinadora para Seleção Doutorado. 2007. Universidade Federal de Minas Gerais.

DIAS, E. S.. Avaliação de projetos PIBIC/CNPq e PIBIT/CNPq, área Ciências da Vida, da Universidade Federal de Ouro Preto. 2018. Universidade Federal de Ouro Preto.

DIAS, E.S.. Comitê Institucional de Avaliação e Seleção do Programa Instucional de Bolsas de Inovação Tecnológica (PIBIT)-Fiocruz/CNPq. 2017. Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

DIAS, E.S.. Avaliador do Comitê Externo do CNPq no processo de seleção dos programas de bolsas de iniciação científica PIBIC-AF/CNPq, PIBITI/CNPq e PROBIC/FAPEMIG.. 2016. Universidade Federal de Minas Gerais.

DIAS, E.S.. Comitê Institucional de Avaliação e Seleção do Programa Instucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC)-Fiocruz/CNPq. 2016. Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

DIAS, E.S.. Comitê Institucional de Avaliação e Seleção do Programa Instucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC)-Fiocruz/CNPq. 2015. Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

DIAS, E.S.. Comitê Institucional de Avaliação e Seleção do Programa Instucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC)-Fiocruz/CNPq. 2014. Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

DIAS, E.S.; SOARES, R. P.. XXII Semana de Iniciação Científica - Avaliador Externo (CNPq). 2013. Universidade Federal de Minas Gerais.

DIAS, E.S.. Comitê Institucional de Avaliação e Seleção do Programa Instucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC)-Fiocruz/CNPq. 2013. Fundação Oswaldo Cruz.

DIAS, E.S.; SOARES, R. P.. Seleção de mestrado. 2013. Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

DIAS, E.S.; SOARES, R. P.; MURTA, S. M. F.. seleção de mestrado. 2012. Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz.

DIAS, E.S.. Comitê Institucional de avaliação e seleção do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) - Fiocruz/CNPQ. 2011. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

DIAS, E.S.. Comitê Insttitutcional de bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) do Edital 2009-2010 Fiocruz/CNPq.. 2009. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

DIAS, E.S.. Comitê de Ética em Pesquisas envolvendo Seres Humanos do centro de Pesquisas rené rachou-Fiocruz.. 2008. Centro de Pesquisas René Rachou/Fiocruz.

DIAS, E.S.. Avaliação e seleção do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) - Fiocruz/CNPq.. 2007. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

LEITE, A. C. D.; DIOTAIUTI, L.;DIAS, E.S.. Banca examinadora de projetos de mestrado. 2006. Universidade Federal de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Pedro Marcos Linardi

LINARDI, P. M.. Estudo sistemático do subgênero Helcocyrtomyia Barreto, 1962, do gênero Lutzomyia França, 1924 (Diptera, Psychodidae, Phlebotomidae).. 1989. Tese (Doutorado em Parasitologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Nathália Cristina Lima Pereira

Investigação Epidemiológica e Controle da Leishmaniose Visceral no Jardim Zoológico - Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte (FZB-BH); Início: 2020; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Instituto de Pesquisa René Rachou/Fiocruz Minas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Priscilla Elias Ferreira da Silva,

Identificação e caracterização de fatores associados ao estabelecimento e ampliação de áreas endêmicas para Leishmaniose Visceral em Minas Gerais"; ; Início: 2019; Tese (Doutorado em Medicina Tropical e Infectologia) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro; (Coorientador);

Jeronimo Marteleto Nunes Rugani

Início: 2019; Instituto René Rachou/Fiocruz Minas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;

Caroline Alonso

ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO EM ÁREA DE LEISHMANIOSE TEGUMENTAR E VISCERAL, MUNICÍPIO DE BALDIM, MINAS GERAIS; ASPECTOS ENTOMOLÓGICOS; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto René Rachou / Fiocruz Minas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Nathalia Albergaria Lima

Levantamento entomlógico e pesquisa de infecção natural por Leishmania em flebotomíneos do Jardim Zoológico - Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte (FZB-BH); Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto René Rachou / Fiocruz Minas; (Orientador);

Nathália Cristina Lima Pereira

Ecologia de flebotomíneos em área de transmissão de leishmanioses no município de Itaúna, Minas Gerais; ; 2019; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Instituto René Rachou/Fiocruz Minas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

André Tetzl Costa

Ecologia de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae, Phlebotominae) em área de ocorrência de leishmanioses na terra indígena Xakriabá, Minas Gerais - Brasil; ; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Edelberto Santos Dias;

Laiza Bonela Gomes

Estudo da fauna flebotomínica e dos aspectos ambientais relacionados à transmissão das leishmanioses no município de Juatuba, Minas Gerais ? Brasil, 2015 - 2016; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Edelberto Santos Dias;

Josiane Valadão Lopes

Epidemiologia da leishmaniose visceral no município de Sabará, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Rosana Silva lana

Eco-epidemiologia das leishmanioses na região da Serra do Cipó, um impotante pólo turístico de Minas Gerais; snteem Jaboticatubas, Minas Gerais; ; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Centro de Pesquisas René Rachou; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Orlando Marcos farias de Souza

Identificação da fauna flebotomínica envolvida na transmissão da leishmaniose visceral canina no litoral norte do estado da Bahia; 2013; Dissertação (Mestrado em Biotecnologia em saúde e Medicina investigativa) - Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; Coorientador: Edelberto Santos Dias;

Sirlei Franck Thies

ESTUDO ENTOMO-EPIDEMIOLÓGICO DA TRANSMISSÃO DE LEISHMANIOSE TEGUMENTAR AMERICANA NA ÁREA RURAL DO MUNICÍPIO DE NOVA MUTUM, MT; 2013; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso,; Coorientador: Edelberto Santos Dias;

Rosana Silva lana

Eco-epidemiologia das leishmanioses na região da Serra do Cipó (MG), Brasil; ; 2012; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Fernanda Carvalho de Menezes

Sistema de Informação de Leishmaniose Visceral (LV) em Belo Horizonte ? Minas Gerais; Avaliação do sub componente Inquérito Canino no período de 2006 a 2010; ; 2011; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz,; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Fabiana de Oliveira Lara e Silva

Leishmaniose Tegumentar Americana; 2011; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Centro de Pesquisas René Rachou; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Patrícia Fernandes do Prado

Aspectos epidemiológicos da leishmaniose visceral humana e canina no município de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil, 2007-2009; ; 2011; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Montes Claros,; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Orlando Marcos farias de Sousa

Identificação da fauna flebotomínica envolvida na dinãmica de transmissão da leishmaniose visceral no litoral norte do estado da Bahia; ; 2011; Dissertação (Mestrado em Curso de Pós-Graduação em Patologia) - Centro de Pesquisas Gonçalo Muniz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Edelberto Santos Dias;

Shara Regina da Silva

Análise comparativa de métodos parasitológicos, sorológicos e moleculares na confirmação do diagnóstico em cães com sorologia positiva para leishmaniose visceral canina; ; 2009; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Erika Michalsky Monteiro

Aspectos entomológicos associados à transmissão de Leishmaniose Visceral Canina no município de Montes Claros, Minas Gerais; ; 2004; Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical e Infectologia) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Carina Margonari de Souza

Estudo de Diferentes Populações de Lutzomyia Whitmani Através da Técnica da Reação da Polimerase Em Cadeia (Pcr); ; 2000; Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Fundação Oswaldo Cruz, Centro de Pesquisas René Rachou; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Marília Fonseca Rocha

Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, norte do estado de Minas Gerais, Brasil; ; 2020; Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Instituto René Rachou / Fiocruz Minas,; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Josiane Valação Lopes Marques

Estudo ecoepidemiologico da leishmaniose visceral no município de Itaúna, Minas Gerais; ; 2019; Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Instituto René Rachou/Fiocruz Minas, Centro de Pesquisas René Rachou; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Ana maria sampaio Rocha

Aspectos epidemiológicos da leishmaniose visceral canina, no município de Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil; ; 2019; Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Edelberto Santos Dias;

Rosana Silva lana

Ecoepidemiologia da leishmaniose visceral no município de Ipatinga, região metropolitana do Vale do Aço, estado de Minas Gerais, Brasil; 2018; Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde) - Instituto René Rachou / Fiocruz Minas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Sirlei Franck Thies

Aspectos da ecologia de flebotomíneos (Diptera:Psychodidae) em área de ocorrência de leishmaniose visceral canina: Sinop, Mato Grosso; ; 2017; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso,; Coorientador: Edelberto Santos Dias;

Shara Regina da Silva

Estudo sobre a infectividdade de cães vacinados com Leish-Tec (vacina anti- leishmaniose visceral canina, Hertape Saúde Animal S/A) para Lutzomyia longipalpis (Diptera: Psychodidae, Phlebotominae); ; 2015; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz,; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Fabiana de Oliveira Lara e Silva

Epidemiologia da leishmaniose visceral em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil; 2015; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz,; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Eliane Gonçalves Paiva Lopes

Dinãmica da leishmaniose visceral em uma coorte de cães em Juatuba-MG, de 2010 a 2011; ; 2013; Tese (Doutorado em Curso de Pós-Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Minas Gerais,; Coorientador: Edelberto Santos Dias;

Bárbara Kellen Antunes Borges

fatores de risco associados ao perfil sorológico da leishmaniose visceral em cães, Montes Claros/Minas Gerais; ; 2011; Tese (Doutorado em Curso de Pós-Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Edelberto Santos Dias;

Gustavo Fontes Paz

Participação de Rhipicephalus sanguineus (Latreille,1806) e ctenocephalides felis felis (Bouché, 1935) na epidemiologia da leishmaniose visceral canina; ; 2010; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz,; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Erika Michalsky Monteiro

Epidemiologia da Leishmaniose Visceral no município de Janaúba, norte do estado de Minas Gerais; ; 2009; Tese (Doutorado em Medicina Tropical e Infectologia) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Nanci Akemi Missawa

Monitoramento da fauna flebotomínica e detecção da infecção natural de Leishmania chagasi em Lutzomyia longipalpis em Várzea Grande, município de Cuiabá, Estado do Mato Grosso, Brasil; ; 2008; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Desenvolvimento em Pesquisa; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Orlando Raphael Lopasso Junior

Leishmaniose Visceral Humana: determinantes socioculturais e populaçãp de Lutzomyia longipalpis (Diptera:Psychodidae) em Montes Claros (MG); 2007; Tese (Doutorado em Curso de Pós-Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Minas Gerais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Edelberto Santos Dias;

Carina Margonari de Souza

As Leishmanioses no Município de Belo Horizonte: Estudos entomológicos e biogeográficos visando a vigilância epidemiológica; ; 2005; Tese (Doutorado em Biologia Parasitária) - Fundação Oswaldo Cruz,; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Ricardo Andrade Barata

Aspectos entomológicos envolvidos na transmissão e controle da leishmaniose visceral americana no município de Porteirinha, Minas gerais, Brasil; ; 2005; Tese (Doutorado em Curso de Pós-Graduação em Biologia Parasitária) - Instituto Oswaldo Cruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Erika Michalsky Monteiro

Eco-epidemiologia das leishmanioses em Jaboticatubas, Minas Gerais; ; 2014; Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Edelberto Santos Dias;

Erika Michalsky Monteiro

Eco-epidemiologia das leishmanioses na Serra do Cipó, importante polo turístico do estado de Minas Gerais; ; 2013; Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Edelberto Santos Dias;

Paloma Helena Fernandes Shimabukuro

2012; Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz,; Edelberto Santos Dias;

Simone Costa Araújo

2008; Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Edelberto Santos Dias;

João Carlos Fança da Silva

2007; Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz,; Edelberto Santos Dias;

Ricardo Andrade Barata

2006; Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Edelberto Santos Dias;

Caroline Macedo Gonçalves

Aspectos da ecologia de flebotomíneos em região endêmica de leishmaniose tegumentar; 2003; Monografia - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Ricardo Andrade Barata

Estudos morfométricos e fenéticos de diferentes populações de Lutzomyia whitmani; ; 1996; 0 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Biológicas) - Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Anna Lúcia Ramos Melloni

Utilização da técnica do RAPD na identificação de diferentes espécies de flebotomíneos; ; 1995; 0 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Lívea Maria Lopes Gonçalves

Utilização da técnica de RAPD na identificação de diferentes populações de Lutzomyia whitmani; ; 1995; 0 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Jeiza Lopes do Nascimento

ecoepidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Sabará e na Mina do Córrego do Meio, Minas Gerais, Brasil; ; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro Universitário Newton Paiva, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Nathália Cristina Lima Pereira

Ecoepidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Sabará e na Mina do Córrego do Meio, Minas Gerais, Brasil; ; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Centro Universitário Newton Paiva, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Karina de Oliveira Feliciano

ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO DA LEISHMANIOSE VISCERAL NA CIDADE DE MONTES CLAROS-ASPECTOS ENTOMOLÓGICOS; ; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Roberta Christiane Oliveira Andrade

Estudo de possíveis reservatórios sinantrópicos e silvestres da Leishmaniose Tegumentar Americana no município de Governador Valadares, Vale do Rio Doce, Minas Gerais, Brasil; ; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Daniela Campos Mendes de Barros

Estudo da fauna de flebotomíneos em área de transmissão de Leishmnaniose Tegumentar, Reserva Indígena xacriabá, MG; ; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Ana Carolina de Oliveira Costa

AVALIAÇÃO DE ESTRATÉGIAS INTEGRADAS DE CONTROLE E PREVENÇÃO DA LEISHMANIOSE VISCERAL NO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS; ASPECTOS ENTOMOLÓGICOS; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto René Rachou / Fiocruz Minas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Daniely Marques Peira

Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral em Montes Claros; Aspectos entomológicos; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Greicielly Barbosa Santos

Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, norte do estado de Minas Gerais; 1; Aspectos entomológicos; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Lívia Oliveira Lopes

Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Ipatinga, região metropolitana do Vale do Aço, estado de Minas Gerais, Brasil?; 1; Aspectos entomológicos; ; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Andreza Geisiane Maia Souza

Eco-epidemiologia da leishmaniose visceral em Sabará, Minas Gerais, Brasil; Aspectos entomológicos; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Jeiza Lopes do Nascimento

Epidemiologia da leishmaniose visceral no município de Sabará, MG; Aspectos entomológicos; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Thaís Paiva Linhares Couto

Controle da leishmaniose visceral no minicípio de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil; Aspectos entomológicos; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Eduarda Santos Leão

Eco-epidemiologia das leishmanioses na região da Serra do Cipó, um importante pólo turístico de Minas Gerais; ; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Kelly Medrado Scofield Silva

Epidemiologia da leishmaniose visceral no município de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Jéssica Brito Ferreira

Controle da leishmaniose visceral no município de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Luiza de Araújo Ramos

Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil - Aspectos caninos; ; 2012; Iniciação Científica - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Juliana Sálvio Martins

Controle da leishmaniose visceral no município de Belo Horizonte; estado de Minas Gerais, Brasil; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Ana Clara Moura Vargas Lamounier Corgozinho

Epidemiologia da leishmaniose visceral no município de Belo Horizonte, Minas Gerais; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Juliana Sálvio Martins

Controle da leishmaniose visceralno município de Belo horizonte, estado de Minas Gerais; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Pollyanna Stephanie Gomes

Controle da leishmaniose visceral no município de Paracatú, estado de Minas gerais, Brasil- Aspectos entomológicos; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Ailton Junior Antunes da Costa

Epidemiologia da leishmaniose visceral no município de Sabará, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Ana Clara Moura vargas Corgozinho

Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Karina de Oliveira Feliciano

Controle da Leishmaniose Visceral no município de Montes Claros, norte do estado de Minas Gerais, Brasil; ; 2009; Iniciação Científica - Centro de Pesquisas René Rachou/Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Josiane Valadão Lopes

Controle das leishmanioses visceral humana e canina no município de Paracatu, Estado de Minas Gerais, Brasil; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Aryane Aparecida Magalhães Cassiano

Epidemiologia da Leishmaniose Visceral Canina no Município de Janaúba, Norte do estado de Minas Gerais, Brasil; ; 2008; Iniciação Científica - Fundação Oswaldo Cruz- Centro de Pesquisas René Rachou, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Jaqueline Pereira Guimarães

?Controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, norte do Estado de Minas Gerais, Brasil?; Aspectos entomológicos; ; 2008; Iniciação Científica - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Joyce Frade Rios

Soro-epidemiologia da leishmaniose visceral canina no município de Janaúba, norte do estado de Minas Gerais, Brasil; ; 2007; Iniciação Científica - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Renato de Abreu Fortes

Epidemiologia da Leishmaniose Visceral no Município de Janaúba, Norte do Estado de Minas Gerais, Brasil; ; 2007; Iniciação Científica - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Marcela Cardoso Bastos

Estudo eco-epidemiológico da leishmaniose tegumentar americana no município de Governador Valadares, Vale do Rio do Doce (Minas gerais Brasil); ; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Caroline Macedo Gonçalves

Estudo da fauna flebotomínica de Porteirinha, MG; ; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Daniela Paes

Estudo da fauna de flebotomíneos do município de Montes Claros, MG; ; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Cynthia de Souza Leal

Estudo da ecologia, biologia e morfofisiologia dos flebotomíneos (Diptera: Psychodidade, Phlebotominae), neotropicais; ; ; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Daniela Camargos Costa

Contribuição para o conhecimento dos aspectos entomológicos associados à transmissão de Leishmaniose Visceral no município de Montes Claros, MG; ; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Jacqueline Araújo Fiúza

Aspectos entomológicos envolvidos na transmissão da leishmaniose visceral no município de Porteirinha, MG; ; 2002; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Erika Michalsky Monteiro

Aplicação da técnica de RAPD-PCR na identificação de Leishmania sp em flebotomíneos infectados experimentalmente; ; 1998; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Ricardo Andrade Barata

Estudos morfométricos e fenéticos de cinco populações geográficas de Lutzomyia whitmani (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae) no Brazil; ; 1995; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Lívia Oliveira Lopes

Ecoepidemiologia e contrle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, Minas Gerais; ; 2017; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Jeiza Lopes do Nascimento

Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, MG; ; 2016; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Andreza Geisiane Maia Souza

Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, MG; ; 2016; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Fabiana Rodrigues Paixão

al no município de Ipatinga, Vale do Aço, MG; ; 2016; Orientação de outra natureza; (Farmacia) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Fabiana Rodrigues Paixão

Ecoepidemiologia da leishmaniose visceral no município de Ipatinga, Vale do Aço, Mg; ; 2015; Orientação de outra natureza; (Farmacia) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

MAIARA ALVES SILVA

Controle da leishmaniose visceral no município de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil; ; 2011; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Fabiana Rodrigues da Paixão

Epidemiologia da leishmaniose visceral no municipio de Sabará, região metropolitana de Bela Horizonte; ; 2010; Orientação de outra natureza; (Farmacia) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação de Desenvolvimento em Pesquisa; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Karla de Sena Guedes

Centro de referência em Capacitação entomológica e competência vetorial de flebotomíneos; 2008; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação para o desenvolvimento Científico e tecnológico em saúde; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Luciana Ferreira Soares

Controle das leishmanioses humana e canina no município de Janaúba, norte do Estado de Minas Gerais, Brasil; ; 2007; Orientação de outra natureza - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Kênia Maria de Paula Martins

Controle das leishmanioses humana e canina no município de janaúba, norte de Minas Gerais, Brasil; ; 2007; Orientação de outra natureza - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Daniela Camargos Costa

Centro de Referência em Capacitação Entomológica e Competência Vetorial; 2007; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz, Fundação para o desenvolvimento Científico e tecnológico em saúde; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Indira Pinho Damasceno

Taxonomia de Flebotomíneos; 2006; Orientação de outra natureza - Fundação Oswaldo Cruz; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Luciana Márcia de Oliveira

Centro de Referência em Capacitação Entomológica; 2005; Orientação de outra natureza - Centro de Pesquisas René Rachou, Fundação para o desenvolvimento Científico e tecnológico em saúde; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Rodrigo de Souza Morais

Aconpanhamento de atividades de pesquisa no Laboratório de Leishmanioses; ; 2005; Orientação de outra natureza; (Medicina veterinária) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Joyce Christine dos Anjos Nonato

Criação e captura de flebotomíneos, taxonomia e diagnóstico sorológico de leishmânia; ; 2005; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Joyce Frade Rios

Criação, captura e taxonomia clássica de flebotomíneos e diagnóstico sorológico de leishmânia; ; 2005; Orientação de outra natureza - Centro de Pesquisas René Rachou; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Kátia da Silva Fonseca

Criação e taxonomia de flebotomíneos; ; 2005; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Ouro Preto; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Andrey José de Andrade

Taxonomia de flebotomíneos; 2004; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Bruno Augusto Maciel Guedes

Atividades de pesquisas desenvolvidas no Laboratório de Leishmanioses; 2003; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Viçosa; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Waldomir Alves Bezerra

Acompanhamento de projetos de pesquisa em leishmanioses; 2003; Orientação de outra natureza; (Administração de Empresas) - Fundação Nacional de Saúde; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Simone Cardoso Leon

Acompanhamento de projetos de pesquisa, captura de flebotomíneos, cultura de leishmânias, colônia e taxonomia de flebotomíneos; ; 2003; Orientação de outra natureza; (Medicina - Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Edelberto Santos Dias;

RICARDO PASSARELLA NETO

Captura de flebotomíneos, cultura de leishmânia e taxonomia de flebotomíneos; 2003; Orientação de outra natureza; (Farmacia-Bioquímica) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Flavia Martins

Acompanhamento de projetos de pesquisa, captura e identificação de flebotomíneos; ; 2003; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Católica de Goiás; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Bruno Augusto Maciel Guedes

Criação e identificação de flebotomíneos, diagnóstico sorologico e culturas de leishmânias; ; 2003; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Viçosa; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Holbiano Saráiva de Araújo

Estágio voluntário; 1998; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais; Orientador: Edelberto Santos Dias;

José Carlos Miranda

Taxonomia de flebotomíneos; 1994; Orientação de outra natureza; (Farmácia - Bioquímica) - Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz -Fundação Instituto Oswaldo Cruz; Orientador: Edelberto Santos Dias;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ROCHA, MARÍLIA FONSECA ; MICHALSKY, ÉRIKA MONTEIRO ; DE OLIVEIRA LARA-SILVA, FABIANA ; Valadão, Josiane Lopes ; FRANÇA-SILVA, JOÃO CARLOS ; PINHEIRO, LETÍCIA CAVALARI ; DE SOUSA, JOEL FONTES ; DOS SANTOS, RONALDO CARDOSO ; SOARES, MARCELO DIAS ; Fortes-Dias, Consuelo Latorre ; Dias, Edelberto Santos . Dogs with divergent serology for visceral leishmaniasis as sources of Leishmania infection for Lutzomyia longipalpis phlebotomine sand flies - an observational study in an endemic area in Brazil. PLoS Neglected Tropical Diseases , v. 14, p. e0008079, 2020.

  • PEREIRA, N. C. L. ; MICHALSKY, E. M. ; LARA-SILVA, FABIANA DE OLIVEIRA ; LANA, R. S. ; PAULA, A. J. V. ; Fortes-Dias, Consuelo Latorre ; PEREIRA, D. M. ; LOPES, J. V. ; DIAS, E.S. . Ecology of phlebotomine sand flies in a Brazilian area with recent leishmaniasis transmission (Itaúna, in Minas Gerais state). Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical , v. 58, p. :e20190538, 2020.

  • COSTA, A. T. ; DIAS, E. S. ; LARA-SILVA, F. O. ; MACHADO-COELHO, G. L. L. . Ecology of phlebotomine sand flies in an area of leishmaniasis occurrence in the Xakriabá Indigenous Reserve, Minas Gerais, Brazil. SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA TROPICAL. REVISTA , v. 52, p. 1-5, 2019.

  • GOMES, L. B. ; DIAS, E. S. ; MAGALHÃES, D. F. ; MORAIS, M. H. F. ; MICHALSKY, E. M. ; LARA-SILVA, FABIANA DE OLIVEIRA . Eco-epidemiological study on sandflies and environmental aspects related to the transmission of leishmaniasis in a municipality of Minas Gerais, Brazil, 2015-2016. ARQUIVO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA (ONLINE) , v. 71, p. 1805-1814, 2019.

  • LOPES, J. V. ; MICHALSKY, E.M. ; PEREIRA, N. C. L. ; LARA-SILVA, F. O. ; LANA, R. S. ; FORTES-DIAS, C. L. ; DIAS, E. S. . Entomological Studies in Itaúna, Brazil, an Area With Visceral Leishmaniasis Transmission: Fauna Survey, Natural Leishmania Infection, and Molecular Characterization of the Species Circulating in Phlebotomine Sand Flies (Diptera: Psychodidae). JOURNAL OF MEDICAL ENTOMOLOGY , v. 23, p. tjz061, 2019.

  • OLIVEIRA, A. R. ; TINOCO, H. P. ; LOYOLA, M. E. ; COELHO, C. M. ; PESSANHA, A. ; DIAS, E. S. ; MICHALSKY, E. M. ; LARA-SILVA, F. O. ; SOUZA, A. ; PEREIRA, N. ; GONTIJO, N. F. ; FUJIWARA, R. T. ; PAIXAO, T. A. ; PINHEIRO, G. R. G. ; SANTOS, R. . Competence of non-human primates to transmit Leishmania infantum to the invertebrate vector Lutzomyia longipalpis. PLoS Neglected Tropical Diseases , v. 13, p. e0007313, 2019.

  • MATOS, T. F. ; SOUSA, O. M. F. ; SILVA, Y. J. ; BORJA, L. S. ; LEITE, B. M. M. ; SOLCA, M. S. ; MELO, D. A. ; BRODSKYN, C. I. ; DIAS, E.S. ; VERAS, P. S. T. . Natural infection by Leishmania infantum in the Lutzomyia longipalpis population of an endemic coastal area to visceral leishmaniasis in Brazil is not associated with bioclimatic factors. PLoS Neglected Tropical Diseases , v. 13, p. e0007626, 2019.

  • BATISTA, E. C. ; DIAS, E.S. ; MICHALSKY, E. M. ; SILVA, M. A. ; ARAUJO, H. S. ; SANTOS, T. ; BARATA, R. A. . Study on Culicidae mosquitoes in urban and forest areas under influence of mining in Minas Gerais State, Brazil. Vector Biology Jorunal , v. 4, p. 1, 2019.

  • THIES, S. F. ; MICHALSKY, E.M. ; SILVA, D. E. ; DIAS, E.S. ; DAMAZO, A. S. . Aspects on the ecology of phlebotomine sand flies and natural infection by Leishmania hertigi in the Southeastern Amazon Basin of Brazil. ACTA TROPICA , v. 177, p. 37-43, 2018.

  • LANA, ROSANA S. ; MICHALSKY, ÉRIKA M. ; LOPES, LÍVIA O. ; LARA-SILVA, FABIANA O. ; NASCIMENTO, JEIZA L. ; PINHEIRO, LETÍCIA C. ; FRANÇA-SILVA, JOÃO C. ; MENDES, TELMA S. C. ; FORTES-DIAS, CONSUELO L. ; Dias, Edelberto S. . Ecoepidemiological aspects of visceral leishmaniasis in an endemic area in the Steel Valley in Brazil: An ecological approach with spatial analysis. PLoS One , v. 13, p. e0206452, 2018.

  • LOPES, JOSIANE VALADÃO ; MICHALSKY, ÉRIKA MONTEIRO ; LARA SILVA, FABIANA DE O. ; LIMA, ANA CRISTINA V.M.R. ; DE AVELAR, DANIEL MOREIRA ; DA COSTA, AILTON ANTUNES JUNIOR ; FRANÇA-SILVA, JOÃO CARLOS ; REGINA-SILVA, SHARA ; Fortes-Dias, Consuelo Latorre ; Dias, Edelberto Santos . Seroprevalence and molecular characterization of Leishmania in dogs from an endemic area of zoonotic visceral leishmaniasis in Brazil. International Journal of Veterinary Science and Medicine , v. 5, p. 30-34, 2017.

  • LARA SILVA, FABIANA DE O. ; MICHALSKY, ÉRIKA MONTEIRO ; FIUZA, VANESSA DE OLIVEIRA PIRES ; DIAS, E.S. . Evaluation of chemical spraying and environmental management efficacy in areas with minor previous application of integrated control actions for visceral leishmaniasis in Brazil. ACTA TROPICA , v. 176, p. 109-113, 2017.

  • OLIVEIRA, EDWARD ; SALIBA, JULIANA WILKE ; OLIVEIRA, DIANA ; Dias, Edelberto Santos ; PAZ, GUSTAVO FONTES . A PROTOTYPE OF THE DIRECT AGGLUTINATION TEST KIT (DAT-Canis) FOR THE SEROLOGICAL DIAGNOSIS OF CANINE VISCERAL LEISHMANIASIS. Veterinary Parasitology (Print) , v. 221, p. 9-13, 2016.

  • REGINA-SILVA, SHARA ; FERES, ANA MARIA LEONARDI TIBÚRCIO ; FRANÇA-SILVA, JOÃO CARLOS ; Dias, Edelberto Santos ; MICHALSKY, ÉRIKA MONTEIRO ; DE ANDRADE, HÉLIDA MONTEIRO ; COELHO, EDUARDO ANTONIO FERRAZ ; RIBEIRO, GUSTAVO MEIRELLES ; FERNANDES, ANA PAULA ; MACHADO-COELHO, GEORGE LUIZ LINS . Field randomized trial to evaluate the efficacy of the Leish-Tec vaccine against canine visceral leishmaniasis in an endemic area of Brazil. Vaccine (Guildford) , v. 34, p. 2233-2239, 2016.

  • THIES, S. F. ; ESPINOSA, M. M. ; DIAS, E.S. ; SOUZA, C. O. ; BRONZONI, R. V. M. ; MOREIRA, P. A. Y. ; SANTOS, E. S. ; DAMAZO, A. S. . Frequency and diversity of phlebotomine sand flies (Diptera: Psychodidae) in Sinop, State of Mato Grosso, Brazil. Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Revista , v. 49, p. 544-552, 2016.

  • ROCHA, R.F. ; MENEZES, E.V. ; XAVIER, A.R.E.O. ; ROYO, V.A. ; OLIVEIRA, D.A. ; JÚNIOR, A.F.M. ; DIAS, E.S. ; LIMA, A.C.V.M.R. ; MICHALSKY, E.M. . Standardization of a molecular method for epidemiologic identification of Leishmania strains. Genetics and Molecular Research , v. 15, p. 1-12, 2016.

  • LOPES, E.G.P. ; OVIEDO-PASTRANA, M.E. ; BORGES, L.F.N.M. ; FREITAS, A.C.P. ; DIAS, E.S. ; SILVA, S.R. ; HADDAD, J.P.A. ; FRANÇA-SILVA, J.C. ; SOARES, D.F.M. . Transmission of visceral leishmaniasis in dogs in a risk area of the metropolitan region of Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia (Online) , v. 68, p. 1403-1412, 2016.

  • VIANNA1, E. N. ; MORAIS, M. H. F. ; ALMEIDA, A. S. ; REIS, I. A. ; SABROZA, P. C. ; DIAS, E.S. ; CARNEIRO, M. . Abundance of Lutzomyia longipalpis in urban households as risk factor of transmission of visceral leishmaniasis. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Online) , v. 111, p. 302-310, 2016.

  • LANA, ROSANA SILVA ; MICHALSKY, ÉRIKA MONTEIRO ; Fortes-Dias, Consuelo Latorre ; FRANÇA-SILVA, JOÃO CARLOS ; LARA-SILVA, FABIANA DE OLIVEIRA ; ROCHA LIMA, ANA CRISTINA VIANNA MARIANO DA ; MOREIRA DE AVELAR, DANIEL ; MARTINS, JULIANA CRISTINA DIAS ; Dias, Edelberto Santos . Phlebotomine Sand Fly Fauna and Leishmania Infection in the Vicinity of the Serra do Cipó National Park, a Natural Brazilian Heritage Site. BIOMED RES INT , v. 2015, p. 1-9, 2015.

  • LARA-SILVA, FABIANA DE OLIVEIRA ; MICHALSKY, ÉRIKA MONTEIRO ; Fortes-Dias, Consuelo Latorre ; FIUZA, VANESSA DE OLIVEIRA PIRES ; PESSANHA, JOSÉ EDUARDO MARQUES ; REGINA-SILVA, SHARA ; DE AVELAR, DANIEL MOREIRA ; SILVA, MAIARA ALVES ; LIMA, ANA CRISTINA VIANNA MARIANO DA ROCH ; DA COSTA, AILTON JUNIOR ANTUNES ; MACHADO-COELHO, GEORGE LUIZ LINS ; Dias, Edelberto Santos . Epidemiological aspects of vector, parasite, and domestic reservoir in areas of recent transmission and no reported human cases of visceral leishmaniasis in Brazil. Acta Tropica , v. 148, p. 128-136, 2015.

  • PESSOA, GRASIELLE CALDAS DÁVILA ; LOPES, JOSIANE VALADÃO ; ROCHA, MARÍLIA FONSECA ; PINHEIRO, LETÍCIA C. ; ROSA, ALINE CRISTINE LUIZ ; MICHALSKY, ÉRIKA MONTEIRO ; Dias, Edelberto Santos . Baseline susceptibility to alpha-cypermethrin in Lutzomyia longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) from Lapinha Cave (Brazil). Parasites & Vectors , v. 8, p. 4573933, 2015.

  • RÊGO, FELIPE DUTRA ; SHIMABUKURO, PALOMA HELENA ; QUARESMA, PATRÍCIA FLÁVIA ; COELHO, IGOR RISMO ; TONELLI, GABRIEL BARBOSA ; SILVA, KELLY MEDRADO ; BARATA, RICARDO ANDRADE ; Dias, Edelberto Santos ; GONTIJO, CÉLIA MARIA . Ecological aspects of the Phlebotominae fauna (Diptera: Psychodidae) in the Xakriaba Indigenous Reserve, Brazil. Parasites & Vectors , v. 7, p. 220, 2014.

  • SILVA, S. R. ; Fortes-Dias, Consuelo Latorre ; MICHALSKY, E. M. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; Quaresma, P. F. ; LIMA, A. C. V. M. R. ; TEIXEIRA-NETO, R. G. ; DIAS, E.S. . Evaluation of parasitological examination, kDNA polymeras chain reaction and rK39-based immunochromatography for the diagnosis of visceral leishmaniasis in seropositive dogs from the screening-culling program in Brazil.. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 47, p. 462-468, 2014.

  • LARA-SILVA, FABIANA DE OLIVEIRA ; BARATA, RICARDO ANDRADE ; MICHALSKY, ÉRIKA MONTEIRO ; FERREIRA, EDUARDO DE CASTRO ; LOPES, MARIA OLÍMPIA GARCIA ; PINHEIRO, AIMARA DA COSTA ; Fortes-Dias, Consuelo Latorre ; Dias, Edelberto Santos . Rattus norvegicus (Rodentia: Muridae) Infected by Leishmania (Leishmania) infantum (syn. Le. chagasi) in Brazil. Biomed Research International , v. 2014, p. 1-7, 2014.

  • Dias, Edelberto Santos ; MICHALSKY, E. M. ; NASCIMENTO, J. C. ; FERREIRA, E. C. ; Valadão, Josiane Lopes ; FORTES-DIAS, C. L. . Detection of Leishmania infantum , the etiological agent of visceral leishmaniasis, in Lutzomyia neivai , a putative vector of cutaneous leishmaniasis. JOURNAL OF VECTOR ECOLOGY , v. 38, p. 193-196, 2013.

  • THIES, S. F. ; RIBEIRO, A. L. M. ; MICHALSKY, E. M. ; MIYAZAKI, R. D. ; FORTES-DIAS, C. L. ; FONTES, C. J. F. ; DIAS, E.S. . Phlebotomine sandfl y fauna and natural Leishmania infection rates in a rural area of Cerrado (tropical savannah) in Nova Mutum, State of Mato Grosso in Brazil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical , v. 46, p. 293-298, 2013.

  • BARATA, R. A. ; PEIXOTO, J. C. ; TANURE, A. ; GOMES, M. E. ; APOLINARIO, E. C. ; BODEVAN, E. C. ; ARAUJO, H. S. ; DIAS, E.S. ; PINHEIRO, A. C. . Epidemiology of Visceral Leishmaniasis in a Reemerging Focus of Intense Transmission in Minas Gerais State, Brazil. Biomed Research International , v. 2013, p. 1-6, 2013.

  • MAYRINK, W. ; MENDONCA-MENDES, A. ; DE PAULA, J. C. ; SIQUEIRA, L. M. V. ; MARROCOS, S. D. R. ; DIAS, E. S. ; DE ANDRADE, H. M. ; MACHADO-COELHO, G. L. L. . Cluster randomised trial to evaluate the effectiveness of a vaccine against cutaneous leishmaniasis in the Caratinga microregion, south-east Brazil. TRANSACTIONS OF THE ROYAL SOCIETY OF TROPICAL MEDICINE AND HYGIENE , v. 107, p. 212-219, 2013.

  • TONINI, M. A. L. ; LEMOS, E. M. ; REIS, A. B. ; VITAL, W. C. ; Dias, Edelberto Santos ; DIETZE, R. . First description of autochthonous canine visceral leishmaniasis in the metropolitan region of Vitória, State of Espírito Santo, Brazil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 45, p. 754-756, 2012.

  • Dias, Edelberto Santos ; SILVA, S. R. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; PAZ, G. F. ; MICHALSKY, E. M. ; ARAÚJO, S. C. ; Valadão, Josiane Lopes ; LARA-SILVA, F. O. ; OLIVEIRA, F. S. ; PACHECO, R. S. . Eco-epidemiology of visceral leishmaniasis in the urban area of Paracatu, state of Minas Gerais, Brazil. Veterinary Parasitology (Print) , v. 176, p. 101-111, 2011.

  • BARATA, R. A. ; PAZ, G. F. ; BASTOS, M. C. ; ANDRADE, R. C. O. ; LARA-SILVA, F. O. ; MICHALSKY, E. M. ; PINHEIRO, A. C. ; DIAS, E.S. . Phlebotomine sandflies (Diptera:Psychodidae) in Governador valadares, a transmission area for American tegumentary leishmaniasis in State of Minas Gerais, Brazil.. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 44, p. 136-139, 2011.

  • BARATA, R. A. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; SILVA, J. C. ; ALMEIDA, S. N. ; TEIXEIRA, L. A. S. ; DIAS, E.S. . Controle da leishmaniose visceral no município de Porteirinha, estado de Minas Gerais, no período de 1998 a 2003.. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 44, p. 386-388, 2011.

  • BARATA, R. A. ; MICHALSKY, E. M. ; FUJIWARA, R.T. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; ROCHA, M. F. ; DIAS, E.S. . Assessment of sand fly (Diptera, psychodidae) control using cypermethrin in an endemic area for visceral leishmaniasis, Montes Claros, Minas Gerais state, Brazil.. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso) , v. 27, p. 2117-2123, 2011.

  • PADRO, P. F. ; ROCHA, M. F. ; PAZ, G. F. ; DIAS, E.S. . Epidemiological aspects of human and canine visceral leishmaniasis in Montes Claros, State of Minas Gerais, Brazil, between 2007 and 2009. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 44, p. 561-566, 2011.

  • DIAS, E.S. ; MISSAWA, N. A. ; VELOSO, M. A. E. ; MICHALSKY, E. M. . Evidência de transmissÃo de leishmaniose visceral por Lutzomyia cruzi no municÃpio de Jaciara, Estado de Mato Grosso, Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 44, p. 76-78, 2011.

  • MICHALSKY, E. M. ; GUEDES, K. S. ; LARA-SILVA, F. O. ; LARA-SILVA, F. O. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; FORTES-DIAS, C. L. ; DIAS, E.S. ; BARATA, R. A. . Natural Infection with Leishmania infantum chagasi in Lutzomyia (Lutzomyia) longipalpis (Diptera: Psychodidae) sandflies captured in the municipality of Janauba, state of Minas Gerais, Brazil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 44, p. 58-62, 2011.

  • PAZ, G. F. ; RIBEIRO, M. F. B. ; MICHALSKY, E. M. ; LIMA, A. C. V. M. R. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; BARATA, R. A. ; FORTES-DIAS, C. L. ; DIAS, E.S. . Evaluation of the vectorial capacity of Rhipicephalus sanguineus (Acari: Ixodidae) in the transmission of canine visceral leishmaniasis. Parasitology Research , v. 106, p. 523-528, 2010.

  • MICHALSKY, E. M. ; FORTES-DIAS, C. L. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; ROCHA, M. F. ; BARATA, R. A. ; DIAS, E.S. . Association of Lutzomyia longipalpis (Diptera:Psychodidade) population density with climate variables in Montes Claros, an area of American visceral leishmaniasis transmission in the state of Minas Gerais, Brazil. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Impresso) , v. 104, p. 1191-1193, 2010.

  • PAZ, G. F. ; RIBEIRO, M. F. B. ; MAGALHÃES, D. F. ; Sathler, K.P.B. ; MORAIS, M. H. F. ; FIÚZA, V. O. ; BRANDÃO, S. T. ; WERNECK, G. L. ; FORTES-DIAS, C. L. ; Dias, Edelberto S. . Association between the prevalence of infestation by Rhipicephalus sanguineus and Ctenocephalides felis felis and the presence of anti-Leishmania antibodies: A case control study in dogs from a Brazilian endemic area. Preventive Veterinary Medicine (Print) , v. 97, p. 131-133, 2010.

  • MISSAWA, N. A. ; MICHALSKY, E. M. ; FORTES-DIAS, C. L. ; DIAS, E.S. . Lutzomyia longipalpis naturally infected by leishmania (L.) chagasi in Várzea Grande, mato Grosso State, Brazil, an area of intense transmission of visceral leishmanisis.. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso) , v. 26, p. 2414-2419, 2010.

  • MICHALSKY, E. M. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; FORTES-DIAS, C. L. ; BARATA, R. A. ; LOUREIRO, A. M. ; DIAS, E.S. . Phlebotominae distribution in Janaúba, an area of transmission for visceral leishmaniasis in Brazil. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Impresso) , v. 104, p. 56-61, 2009.

  • DIAS, E.S. ; BARATA, R. A. ; ANTONINI, Y. ; MACEDO, C. G. ; COSTA, D. C. . Flebotomíneos do Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, Minas Gerais, Brazil. Neotropical Entomology (Impresso) , v. 37, p. 226-228, 2008.

  • MIRET, J. ; NASCIMENTO, E. ; SAMPAIO, W. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; FUJIWARA, R.T. ; VALE, A. M. ; DIAS, E.S. ; PAULA, E. V. ; COSTA, R. T. ; MAYRINK, W. ; CAMPOS NETO, A. ; REED, S. . Evaluation of an immunochemotherapeutic protocol constituted of N-methyl meglumine antimoniate (Glucantime) and the recombinant Leish-110f + MPL-SE vaccine to treat canine visceral lerishmaniasis.. Vaccine (Guildford) , v. 26, p. 1585-1594, 2008.

  • SILVA, E. A. E. ; ANDREOTTI, R. ; DIAS, E.S. ; BARROS, J. C. ; BRAZUNA, J. C. M. . Detection of Leishmania DNA in phlebotomines captured in Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brazil.. Experimental Parasitology , v. 119, p. 343-348, 2008.

  • MISSAWA, N. A. ; LOROSA, E. S. ; DIAS, E.S. . Preferência alimentar de Lutzomyia longipalpis (Lutz & Neiva, 1912) nem área de transmissão de leishmaniose visceral no município de Várzea Grande, Estado de Mato Grosso.. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 41, p. 1-4, 2008.

  • ANDRADE, A. J. ; ANDRADE, M. R. ; DIAS, E.S. ; PINTO, M. C. ; EIRAS, A. E. . Are light traps baited with kairomones effective in the capture of Lutzomyia longipalpis and Lutzomyia intermedia? An evaluation of synthetic human odor as an attractant for phlebotomine sand flies (Diptera: Psychodidae: Phlebotominae). Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , v. 103, p. 337, 2008.

  • DIAS, E.S. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; SILVA, J. C. ; MICHALSKY, E. M. ; PAULA, K. M. DE ; GONÇALVES, C.M. ; BARATA, R. A. . Flebotomíneos (Diptera:Psychodidade) de um foco de leishmaniose tegumentar no Estado de Minas Gerais.. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 40, p. 49-52, 2007.

  • MICHALSKY, E. M. ; ROCHA, M. F. ; LIMA, A. C. V. M. R. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; PIRES, M. Q. ; COSTA, F. S. O. ; OLIVEIRA, F. S. ; PACHECO, R. S. ; Santos, S. L. ; BARATA, R. A. ; ROMANHA, A.J. ; FORTES-DIAS, C. L. ; DIAS, E.S. . Infectivity of seropositive dogs, showing different clinical forms of leishmaniasis, to Lutzomyia longipalpis phlebotomine sand flies.. Veterinary Parasitology (Print) , v. 147, p. 67-76, 2007.

  • MISSAWA, N. A. ; DIAS, E.S. . Phlebotomine sand flies (Diptera: Psychodidae) in the municipality of Várzea Grande: an area of transmission of visceral leishmaniasis in the state of mato Grosso, Brazil.. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Impresso) , v. 102, p. 913-918, 2007.

  • ANDRADE, A. J. ; ANDRADE, M. R. ; BARATA, R. A. ; DIAS, E.S. ; EIRAS, A. E. . Quatro Novos Registros da Fauna Flebotomínica do Genêro Lutzomyia França (Diptera: Psychodidae, Phlebotominae) do Distrito Rural de Brejo do Mutambal, Varzelândia, MG.. Neotropical Entomology (Impresso) , v. 36, p. 980-983, 2007.

  • MARGONARI, C. S. ; FREITAS, C. R. ; RIBEIRO, R. C. ; MOURA, A. C. M. ; TIMBO, M. ; GRIPP, A. H. ; PESSANHA, J.E. ; DIAS, E.S. . Epidemiology of visceral leishmaniasis through spatial analysis, in Belo Horizonte municipality, state of Minas Gerais .. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Impresso) , Rio de Janeiro, v. 101, n.1, p. 31-38, 2006.

  • PUGEDO, H. ; BARATA, R. A. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; SILVA, J. C. ; DIAS, E.S. . HP: um modelo aprimorado de armadilha luminosa de sucção para a captura de pequenos insetos.. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical , Uberaba, v. 38, n.1, p. 70-72, 2005.

  • MICHALSKY, E. M. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; COSTA, R. T. ; COSTA, D. C. ; BARATA, R. A. ; PAULA, E. V. ; MACHADO-COELHO, G. L. L. ; ROCHA, M. F. ; DIAS, E.S. . Leishmaniose Visceral:estudo de flebotomíneos e infecção canina em Montes Claros, Minas Gerais, Brasil.. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical , Uberaba, v. 38, n.2, p. 147-152, 2005.

  • GONTIJO, C. M. F. ; PACHECO, R. S. ; DIAS, E.S. ; COSTA, F. S. O. ; MICHALSKY, E. M. ; MARGONARI, C. S. ; MELO, M. N. . Epidemiologia Molecular da Leishmaniose Tegumentar no Município de Araçuai, Minas Gerais, Brasil.. Sociedad iberoamericana de Información Científica (SIIC), Buenos Aires - Argentina, 2005.

  • BARATA, R. A. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; MAYRINK, W. ; SILVA, J. C. ; PRATA, A. ; LOROSA, E. S. ; PAULA, K. M. DE ; DIAS, E.S. . Aspectos da ecologia de flebotomíneos em área endêmica de leishmaniose visceral.. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , Uberaba, v. 38, n.5, p. 421-425, 2005.

  • FRANÇA-SILVA, J. C. ; BARATA, R. A. ; COSTA, R. T. ; MICHALSKY, E. M. ; MACHADO-COELHO, G. L. L. ; PRATA, A. ; MAYRINK, W. ; NASCIMENTO, E. ; FORTES-DIAS, C. L. ; DIAS, E.S. . Importance of Lutzomyia longipalpis in the dynamics of transmission of canine visceral leishmaniasis in the endemic area of Porteirinha Municipality, Minas Gerais, Brazil.. Veterinary Parasitology (Print) , Irlanda, v. 131, n.3-4, p. 213-220, 2005.

  • GONTIJO, C. M. F. ; SILVA, E. S. ; PACHECO, R. S. ; DIAS, E.S. ; LARA-SILVA, F. O. ; MICHALSKY, E. M. ; MARGONARI, C. S. ; MELO, M. N. . Molecular Epidemiology of Cutaneous Leishmaniasis in the Municipality of Araçuaí, Minas Gerais State, Brazil.. Revista da Sociedade Iberoamericana de Informação Científica (SIIC), v. -, p. ---, 2005.

  • MICHALSKY, E. M. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; COSTA, R. T. ; COSTA, D. C. ; BARATA, R. A. ; PAULA, E. V. ; MACHADO-COELHO, G. L. L. ; ROCHA, M. F. ; FORTES-DIAS, C. L. ; DIAS, E.S. . Visceral leishmaniasis: a study on phlebotomine sand flies and canine infection in Montes Claros, State of Minas Gerais.. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical , v. 38, n.2, p. 147-152, 2005.

  • MARGONARI, C. S. ; FORTES-DIAS, C. L. ; DIAS, E.S. . Genetic variability in geographical populations of Lutzomyia whitmani elucidated by RAPD-PCR. Journal of Medical Entomology , Estados Unidos, v. 41, p. 187-192, 2004.

  • MARGONARI, C. S. ; FORTES-DIAS, C. L. ; LINARDI, P.M. ; DIAS, E.S. . Phenetic Studies on Randomly Amplified Polymorphic DNA-Polymerase Chain Reaction Variability of four Geographical Populations of Lutzomyia whitmani (Diptera:Psychodidae) in Brazil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical , Uberaba, v. 37, n.2, p. 148-153, 2004.

  • BARATA, R. A. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; COSTA, R. T. ; FORTES-DIAS, C. L. ; SILVA, J. C. ; PAULA, E. V. ; PRATA, A. ; MICHALSKY, E. M. ; DIAS, E.S. . Phlebotomine Sand Flies in Porteirinha, an Area of American Visceral Leishmaniasis Transmission in the State of Minas gerais, Brazil.. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de Janeiro, v. 5, n.99, p. 481-487, 2004.

  • MARGONARI, C. S. ; PESSANHA, J.E. ; BARATA, R. A. ; MICHALSKY, E. M. ; COSTA, D. C. ; DIAS, E.S. . Study on Phlebotomine Sand Fly (Diptera: Psychodidae) Fauna in Belo Horizonte, State of Minas Gerais. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de Janeiro, v. 99, n.8, p. 795-803, 2004.

  • MARGONARI, C. S. ; FORTES-DIAS, C. L. ; DIAS, E.S. . Genetic variability of Lutzomyia whitmani (Antunes & Coutinho) (Diptera: Psychodidae:. Journal of Medical Entomology , v. 41, p. 187-192, 2004.

  • GONTIJO, C. M. F. ; SILVA, E. S. ; de FUCCIO, M. B. ; SOUZA, M. C. A. ; PACHECO, R. S. ; DIAS, E.S. ; ANDRADE FILHO, J.D. ; BRAZIL, R.P. ; MELO, M. N. . Epidemiological studies of an outbreak of cutaneous leismaniosis in the Rio Jequitinhonha Valley, Minas Gerais, Brazil.. Acta Tropica , v. 81, n.2, p. 43-50, 2002.

  • MICHALSKY, E. M. ; FORTES-DIAS, C. L. ; PIMENTA, P. F. P. ; SECUNDINO, N. F. C. ; DIAS, E.S. . Assessment of PCR the detection of Leishmania spp in experimentally infected individual phlebotomine sandflies (Diptera: Psychodidae:Phlebotominae). Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo , v. 44, n.5, p. 255-259, 2002.

  • GAMA NETO, A. N. ; LEITE, A. P. N. ; RABELLO, A. ; OLIVEIRA, C. L. ; DIAS, E.S. ; LOPES, E. G. P. ; VELOSO, I. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; PESSANHA, J.E. ; ARAUJO, M. C. . Program for the control of visceral leishmaniasis. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical , Uberaba, MG, v. 34, n.5, p. 495, 2001.

  • DIAS, E.S. ; BARATA, R. A. ; FORTES-DIAS, C. L. ; BRAZIL, R.P. ; MIRANDA, J. C. ; BRANDÃO FILHO, S. P. ; LINARDI, P.M. . Morphometric and Phenetic Studies of Five Geographical Populations Of Lutzomyia whitmani (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae) In Brazil.. Journal of Medical Entomology , USA, v. 36, n.6, p. 846-850, 1999.

  • ANDRADE FILHO, J.D. ; AGUIAR, G.M. ; DIAS, E.S. ; FALCÃO, A. L. . Description of Lutzomyia bianchigalatiae n.sp. A sand fly within the subgenus Pintomyia Costa Lima 1932 (Diptera; Psychodidae). Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de Janeiro, v. 94, n.6, p. 757-762, 1999.

  • DIAS, E.S. ; FORTES-DIAS, C. L. ; STITELER, J.M. ; PERKINS, P.V. ; LAWYER, P.G. . Random Amplified Polymorphic DNA (RAPD) Analysis of the Lutzomyia longipalpis Laboratory Populations. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo , SÃO PAULO, v. 40, n.1, p. 49-53, 1998.

  • DIAS, E. S. ; DIAS, E.S. ; SILVA, J. E. ; FALCÃO, A. L. . Notes on the Sand Fly Fauna (Diptera: Psychodidae) In The State of Rio Grande do Sul - Brazil. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , RIO DE JANEIRO , BRASIL, v. 92, n.3, p. 329-332, 1997.

  • DIAS, E.S. ; ANDRADE FILHO, J.D. ; FALCÃO, A. L. . Redescription of Lutzomyia souzalopesi Martins, Silva & Falcão, 1970 (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae). Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , RIO DE JANEIRO , BRASIL, v. 91, n.2, p. 173-176, 1996.

  • DIAS, E.S. ; FALCÃO, A. L. ; SILVA, J. E. . Taxonomic studies of the subgenus Helcocyrtomyia II. Series vexator (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae).. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , RIO DE JANEIRO, v. 88, n.3, p. 371-377, 1993.

  • DIAS, E.S. ; PASSOS, V. M. A. ; FALCÃO, A. L. ; MARZOCHI, M.C.A. ; GONTIJO, C. M. F. ; BARBOSA SANTOS, E.G.O. ; GUERRA, H.L. ; KATZ, N. . Epidemiological Aspects of American Cutaneous Leishmaniasis In a Periurban Area of the Metropolitan Region of Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , RIO DE JANEIRO, v. 88, n.1, p. 103-110, 1993.

  • PASSOS, V. M. A. ; GONTIJO, C. M. F. ; DIAS, E.S. ; KATZ, N. ; FALCÃO, A. L. . Cutaneous leishmaniasis in periurbans foci of the Metropolitan Region of Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil. Proceedings of workshop "Research and control of Leishmaniasis in Brazil", Brasil, p. 83-88, 1993.

  • DIAS, E.S. ; FALCÃO, A. L. ; SILVA, J. E. ; MARTINS, A.V. . Taxonomic studies of the subgenus Helcocyrtomyia, Diptera, Psychodidae, Phlebotominae. I. Series oswaldoi.. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de janeiro, v. 86, n.3, p. 323-330, 1991.

  • DIAS, E.S. ; FALCÃO, A. L. ; SILVA, J. E. ; MARTINS, A.V. . Redescricao do Macho e Descricao da Femea de Lutzomya (Helcocyrtomyia) f'erreirana (Barreto, Martins & Pellegrino, 1958) (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae).. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de Janeiro, v. 84, p. 245-248, 1989.

  • DIAS, E.S. ; MARTINS, A.V. ; SILVA, J. E. ; FALCÃO, A. L. . Notas sobre os flebotomíneos do Ceará e Piauí, com a descrição da fêmea de Lutzomyia (Helcocyrtomyia) samueli (Deane, 1955)(Diptera, Psychodidae, Phlebotominae).. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de Janeiro, v. 84, p. 353-356, 1989.

  • ARREDONDO, C. ; FALCÃO, A. L. ; DIAS, E.S. . Phlebotominae de Venezuela: Description de Hembra de 'Lutzomyia amilcari'(Diptera, Psychodidae, Phledotominae).. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de Janeiro, v. 83, p. 227-228, 1988.

  • DIAS, E.S. ; FALCÃO, A. L. ; SILVA, J. E. ; MARTINS, A.V. . Descricao de Uma Nova Especie do Sub-Genero (Helcocyrtomyia) Lutzomyia capixaba sp. N. (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae).. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de Janeiro, v. 82, p. 193-196, 1987.

  • DIAS, E.S. ; MARTINS, A.V. ; FALCÃO, A. L. ; SILVA, J. E. . Redescricao do Macho e Descricao da Femea de Lutzomyia (Helcocyrtomyia) Peresi (Mangabeira, 1942) (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae).. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de Janeiro, v. 81, p. 215-219, 1986.

  • DIAS, E.S. ; MARTINS, A.V. ; FALCÃO, A. L. ; SILVA, J. E. . Descrição de uma nova especie do sub-Genero (Helcocyrtomyia) Lutzomyia pusilla sp. N. (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae).. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de Janeiro, v. 81, p. 395-399, 1986.

  • DIAS, E.S. ; NEVES, D. P. ; LOPES, H.S. . Estudos Sobre aFauna de Sarcophagidae (Diptera) de Belo Horizonte, MGg. III- Atratividade das Iscas.. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de Janeiro, v. 79, p. 413-417, 1984.

  • MARTINS, A.V. ; FALCÃO, A. L. ; SILVA, J. E. ; DIAS, E.S. . Nota Sobre Lutzomyia (Lutzomyia) Cruzi Com A Descricao da Femea (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae).. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz , Rio de janeiro, v. 79, p. 439-442, 1984.

  • MADEIRA, N. G. ; DIAS, E.S. ; MASCARENHAS, C. S. . Contribuição ao Conhecimento da Fauna de Calliphoridae (Diptera) Sinantropicos da Pampulha, Belo Horizonte, MG.. Revista Brasileira de Entomologia , São Paulo, v. 26, p. 137-140, 1983.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

DIAS, E.S. . Ministério da Saúde. 2009.

DIAS, E.S. . Fórum de Leishmaniose Visceral Canina.. 2007.

DIAS, E.S. . 1 Oficina de trabalho para discussão da proposta de Vigilância Entomológica para a Leishmaniose Tegumentar Americana.. 2005.

DIAS, E.S. . Consultor AD-HOC do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq).. 2002.

DIAS, E.S. ; GENARO, O. ; PRATA, A. ; FRANÇA-SILVA, J. C. . Consultor e colaborador no projeto Estudos epidemiológicos da Leishmaniose Visceral no Município de Porteirinha, MG. Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro e UFMG. 2000.

DIAS, E.S. . Consultor AD HOC da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Pernambuco - FACEPE. 1999.

DIAS, E.S. . Consultor Ad HOC das Memórias do Instituto Oswaldo Cruz. 1989.

DIAS, E.S. . Consultor AD-HOC da Revista Memórias do Instituto Oswaldo Cruz. 1989.

DIAS, E.S. . Consultor AD HOC da Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 1997.

DIAS, E.S. . Adaptação dos vetores de leishmnaioses no meio urbano. 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

DIAS, E.S. . Urbanização das Leishmanioses. 2004. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

DIAS, E.S. . Flebotomíeos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

DIOTAIUTI, L. ; Dias, Edelberto Santos . Uso de inseticidas de acão residual para o controle de vetores de doenças, com especial enfase a triatomineos.. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

DIAS, E. S. ; Dias, Edelberto Santos . As Leishmanioses e seus vetores. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

DIAS, E.S. . Estudo entomológico em Paracatu. 2012. .

DIAS, E.S. . Coleta de Flebotomíneos. 2012. .

DIAS, E.S. . Entomologia Médica (Pós graduação). 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

DIAS, E.S. ; BRANDÃO FILHO, S. P. ; RANGEL, E. F. ; Silva, R.A. . Vigilância entomológica e controle de vetores das leishmanioses no Brasil. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

DIAS, E.S. . XXV Curso de Aprfeiçoamento em Medicina Tropical. 2011. .

DIAS, E.S. ; MICHALSKY, E. M. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; SILVA, S. R. . Atividades de campo em parasitologia. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Dias, Edelberto Santos . XXIV Curso de aperfeiçoamento em medicina tropical. 2010. .

Dias, Edelberto Santos . Pesquisa de campo em parasitologia IV. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MELO, A. ; DIAS, E.S. ; FUJIWARA, R.T. . Atividades de campo I em parasitologia. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

DIAS, E.S. . Capacitação Básica para Controle Vetorial da leishmaniose Visceral. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

DIAS, E.S. . Ecologia de vetores e suas implicações na transmissão das leishmanioses no Brasil. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

DIAS, E.S. . XXII Curso de aperfeiçoamento em Medicina Tropical. 2009. .

DIAS, E.S. . XXII Curso de Apérfeiçoamento em Medicina Tropical. 2008. .

DIAS, E.S. ; MICHALSKY, E. M. ; BARATA, R. A. . Curso de capacitação entomológica e competência vetorial de flebotomíneos. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

JANSEN, A. M. ; ELKHOURY, A. N. S. M. ; SCHUBACH, A. ; SILVA, F. C. ; MENDONCA, S. ; DIAS, E.S. ; RANGEL, E. F. ; OLIVEIRA, G. M. ; ROMERO, G. A. S. ; COSTA, J. M. L. . Manual de Vigilância da Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA). 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Manual de Vigilância da Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) publicado pelo Ministério da Saúde.).

DIAS, E.S. . Epidemiologia e Controle da Leishmaniose Visceral em Áreas End~emicas do Estado de Minas Gerais, Brasil.. 2006. (Palestra).

DIAS, E.S. . Competência vetorial de flebotomíneos. 2005. .

DIAS, E.S. . Entomologia Médica (Pós-Graduação). 2005. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

DIAS, E.S. ; PRATA, A. ; LOUREIRO, A. M. ; NASCIMENTO, E. ; MACHADO-COELHO, G. L. L. ; SILVA, J. C. ; FRANÇA-SILVA, J. C. ; BARATA, R. A. ; MAYRINK, W. . Pesquisas sobre Leishmanioses no Norte de Minas Gerais.. 2005. (Reunião de Trabalho do Ministério da Saúde).

DIAS, E.S. . Entomologia Médica (Pós-Graduação). 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO EM ÁREA DE LEISHMANIOSE TEGUMENTAR E VISCERAL, MUNICÍPIO DE BALDIM, MINAS GERAIS, Descrição: As leishmanioses são enfermidades infecciosas antropozoonóticas de grande interesse na saúde pública mundial, com ampla distribuição geográfica, representando um complexo de doenças de caráter crônico, com importante espectro clínico e diversidade epidemiológica. De acordo com dados epidemiológicos, demográficos e o impacto da doença, o Ministério da Saúde (MS) a considera entre as sete doenças com prioridade de atuação que compõem o programa de doenças negligenciadas. Outro ponto importante é a necessidade urgente de se aproximar os profissionais envolvidos na área de pesquisa e saúde para juntos, reverem as atuais estratégias de controle e definirem procedimentos e medidas capazes de assegurar um impacto real sobre o controle desses agravos. Em Baldim, nos últimos 5 anos foram notificados 14 casos de LT e recentemente 1 caso de LV, entretanto a taxa de positividade canina vem apresentando um aumento considerável nesses anos, ficando em torno de 30% em 2017. O número crescente de notificações de casos de LT e a ocorrência de casos humanos de LV no município de Baldim nos levaram a iniciar o trabalho, objetivando traçar um perfil das leishmanioses no município. Assim, pretendemos classificar as áreas de transmissão desses agravos, calcular a taxa de positividade canina urbana e realizar o estudo entomológico. Adicionalmente, parte dos cães examinados serão necropsiados e amostras de biópsias de diferentes tecidos (pele, baço, medula óssea e linfonodo mesentérico) serão submetidas a análises moleculares e parasitológicas. A proximidade de Baldim com municípios endêmicos e áreas destinadas ao turismo, como a Serra do Cipó, associada às condições ambientais favoráveis, descontinuidade do programa de controle, grande número de casos de LV canina, casos humanos de LT e notificação recente de LV humana representam importantes fatores tanto para a manutenção das leishmanioses quanto para a expansão da doença no município. Nenhuma pesquisa em relação à fauna vetorial foi desenvolvida até o momento, por isso faz-se necessário o conhecimento da biologia vetorial e do comportamento das espécies de flebotomíneos e dos aspectos ambientais e climáticos particulares do município. Os resultados obtidos com o projeto, permitirão elucidar lacunas existentes em relação à urbanização das leishmanioses, além de direcionar e orientar, de modo eficaz, a aplicação de medidas preventivas, melhorando a saúde da comunidade. O projeto permitirá a formação de alunos de graduação, mestrado e doutorado, como também a capacitação e aprimoramento dos profissionais dos serviços de saúde no âmbito estadual e municipal contribuindo no estabelecimento da relação dinâmica e da compreensão global do processo saúde/doença.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Fabiana de Oliveira Lara e Silva - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Coordenador / Ana Cristina Vianna Mariano da Rocha Lima - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante.

  • 2019 - Atual

    Investigação Epidemiológica e Controle da Leishmaniose Visceral no Jardim Zoológico - Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte (FZB-BH), Descrição: É aceito que as leishmanioses são doenças dinâmicas, sendo as circunstâncias da transmissão alteradas por fatores ambientais e comportamentais humanos. A complexidade na luta contra as infecções leishmanióticas explica-se pela diversidade de agentes etiológicos, grande número de espécies de flebotomíneos vetores e por mais de uma centena de espécies de animais reservatórios. Considerando o papel dos mamíferos na manutenção do ciclo reprodutivo do parasita causador da leishmaniose visceral (LV), torna-se de extrema importância, para preservação e saúde dos animais do plantel, a identificação da presença ou não do vetor desta zoonose na área do Jardim Zoológico da Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte (FZB/BH). Em 2005 e 2006 foram diagnosticados, como positivos para LV um espécime de cachorro do mato vinagre (Speothos venaticus), um espécime de lobo guará (Chrysocyon brachyurus) e um espécime de raposa do campo (Lycalopex vetulus). Esses animais permaneceram isolados e em tratamento sintomático até o óbito, ocorrido nos mesmos anos de 2005 e 2006. Novas infecções por Leishmania foram detectadas em outros animais, sendo que recentemente dois lobos guará tiveram diagnóstico post mortem e um gorila de um ano de idade apresentou sorologia positiva para leishmanioses e presença do parasito em linfonodos. O estudo da ecologia dos flebotomíneos baseado na identificação taxonômica minuciosa da fauna flebotomínica e a verificação da infecção natural por Leishmania no entorno dos recintos dos canídeos e primatas do zoológico de BH, é de fundamental importância o esclarecimento sobre a existência ou não de espécies que possam participar do ciclo de transmissão, bem como o levantamento de animais silvestres susceptíveis à infecção. Essas informações irão subsidiar o planejamento e a implementação de medidas de controle pela FZB/BH, devido ao risco de transmissão das leishmanioses aos animais que pertencem ao ZOO, aos funcionários e aos visitantes que frequentam o ambiente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Fabiana de Oliveira Lara e Silva - Integrante / Érika Monteiro Michalsky - Integrante / Nathália Cristina Lima Pereira - Integrante / André Luiz Rodrigues Roque - Integrante / Herlandes Penha Tinoco - Integrante.

  • 2019 - Atual

    Identificação e caracterização dos mecanismos de resistência à miltefosina em isolados de Leishmania infantum provenientes de cães de área endêmica para leishmaniose visceral., Descrição: As leishmanioses são doenças infecto-parasitárias transmitidas pela picada de fêmeas de flebotomíneos infectadas por protozoários do gênero Leishmania. A leishmaniose visceral (LV) é a forma mais grave da doença, causada por Leishmania infantum no Novo Mundo. A maioria dos casos se concentram em sete países, dentre eles o Brasil. O cão tem um papel central no ciclo de transmissão da doença, onde é caracterizado como reservatório da infecção e também por participar do contexto social. O tratamento da LV humana se baseia no uso do antimoniato de meglumina (AM) na fórmula comercial Glucantime (GLU) como primeira escolha, seguido de anfotericina B (AmB). Em outras áreas endêmicas no mundo, a miltefosina (MIL) é utilizada como tratamento primário devido a fenômenos de resistência ao AM. Esse fármaco foi o avanço mais atual na quimioterapia anti-Leishmania spp., e apesar de auxiliar na cura clínica, estudos apontam fenômenos de relapsos e recidivas quando MIL é utilizada, além de parasitos quiescentes após o tratamento in vitro com este fármaco. No Brasil, o uso de drogas para tratamento humano na terapia canina de LV era proibido, onde o Ministério da Saúde (MS) recomenda a eutanásia. Entretanto, estudos mostram a ineficácia na redução da prevalência da doença com a eliminação de cães soropositivos. Atualmente, uma nota técnica permitiu o uso de MIL para tratamento canino no Brasil. Porém, a redução da carga parasitária nesses animais não é satisfatória, podendo propiciar o aparecimento de parasitos resistentes em cães tratados com MIL. O fenótipo de resistência de L. infantum a MIL já foi identificado e descrito em estudos in vitro e alguns de seus mecanismos elucidados. Entretanto, recentemente foi demonstrado que a ausência de um marcador molecular relacionado ao locus de sensibilidade a MIL (MSL) está relacionada com falha terapêutica em isolados humanos de L. infantum. No Brasil, não existem estudos avaliando a relação entre MSL e resistência a MIL em isolados de cães naturalmente infectados. Assim, este projeto consiste na avaliação de isolados de L. infantum obtidos de cães infectados de áreas endêmicas de LV em Minas Gerais, em relação a seus mecanismos moleculares de resistência. Esses isolados serão selecionados e genotipados por PCR-RFLP dos genes HSP70 e ITS1. Após, esses isolados serão avaliados quanto ao seu crescimento, sua infectividade e susceptibilidade aos fármacos GLU, AmB e MIL utilizando infecção in vitro em macrófagos. Além disso, avaliaremos os níveis de transcritos de genes associados com a resistência aos fármacos por PCR em tempo real. Este projeto pretende preencher lacunas acerca de biomarcadores genéticos de resistência ao MIL e elucidar os mecanismos moleculares de resistência de isolados de L. infantum obtidos de cães infectados. Além disso, pretende contribuir no âmbito da terapêutica canina demonstrando como o tratamento com MIL pode ou não potencializar a geração de parasitos resistentes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Jeronimo Marteleto Nunes Rugani - Integrante / Rubens Lima do Monte Neto - Integrante.

  • 2018 - Atual

    AVALIAÇÃO DE ESTRATÉGIAS INTEGRADAS DE CONTROLE E PREVENÇÃO DA LEISHMANIOSE VISCERAL NO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS, Descrição: As leishmanioses, em suas diferentes formas clínicas, são reconhecidas pela OMS como doenças tropicais das mais graves. No Brasil, a leishmaniose visceral (LV) se destaca por sua importância clínica e epidemiológica. O controle da LV tem se mostrado complexo por: 1) limitações no diagnóstico e tratamento, 2) problemática do programa de eutanásia de cães, cuja eficácia tem se mostrado abaixo do esperado, 3) efeito residual de curto prazo dos piretróides utilizados no combate ao principal vetor flebotomíneo Lutzomyia longipalpis. Entretanto, mesmo com a aplicação dessas medidas a doença vem se expandindo rapidamente, atingindo até mesmo grandes centros urbanos em diferentes regiões geográficas do país. Montes Claros, objeto da presente proposta, tem um programa de controle bem estabelecido para LV e adota todas as ações sistemáticas preconizadas pelo Ministério da Saúde (MS). Entretanto, o município ainda é considerado, atualmente, área de transmissão intensa de LV pelo MS. De acordo com dados oficiais da Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros, nos últimos dois anos (2015-2016) foram confirmados 55 casos humanos, com incidência média de 7.0 casos/100.000 habitantes e taxa de letalidade média de 7.4%. No mesmo biênio, a prevalência média de LV canina foi de 10.7% nos inquéritos caninos. Os testes sorológicos por demanda espontânea (a pedido de proprietários ou por recolhimento de cães de rua) mostraram prevalência média de 34%. Assim, tornam-se fundamentais os estudos que possam contribuir para avaliar o impacto das ações de controle implementadas pelo município. A área selecionada para estudo já está sendo avaliada antes das ações de controle, através de projeto em finalização ?Projeto: 23103*01 - Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, norte do estado de Minas Gerais, brasil.? Na presente proposta, também executada na interface pesquisa-serviço, avaliaremos e compararemos os parâmetros de controle vetorial, controle de reservatório e aspectos ambientais interferentes, após a aplicação sistemática das medidas de controle preconizadas pelo MS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Marilia Fonseca Rocha - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Ana Cristina Vianna Mariano da Rocha Lima - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante / Daniel Moreira Avelar - Integrante / Fabiana de Oliveira Lara e Silva - Integrante.

  • 2015 - Atual

    EPIDEMIOLOGIA E CONTROLE DA LEISHMANIOSE VISCERAL NO MUNICÍPIO DE IPATINGA, REGIÃO METROPOLITANA DO VALE DO AÇO, ESTADO DE MINAS GERAIS, BRASIL., Descrição: O número crescente de notificações de casos de LV humana na região nos levou a elaborar a presente proposta, objetivando identificar e classificar as áreas de transmissão da doença, realizar o cálculo da soroprevalência da LV canina urbana, como também realizar o estudo entomológico da fauna de flebotomíneos do município. Adicionalmente, parte da população canina com sorologia positiva no primeiro inquérito será necropsiada, fornecendo material para os estudos parasitológicos e moleculares. Portanto, a proposta geral de nosso projeto é estudar de uma forma conjunta, os vários aspectos relacionados à epidemiologia da LV (infecção canina associada à densidade vetorial e à notificação de casos humanos) em área endêmica recente de transmissão ativa, apontando as principais áreas de risco, visando direcionar de uma forma mais precisa, as ações de controle da LV.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Fabiana de Oliveira Lara e Silva - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante / Rosana Silva Lana - Integrante / Daniel Moreira Avelar - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2015 - Atual

    Estudo epidemiológico da leishmaniose visceral no município de Itauna, Minas Gerais, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Erika Michalsky Monteiro em 09/04/2019., Descrição: No município de Itaúna há um crescente número de casos de leishmaniose visceral humana e canina, caracterizando a região como uma importante área endêmica. Contudo, esse estudo permitirá conhecer a fauna entomológica presente no município, classificando as áreas de transmissão da doença e apontando as principais áreas de risco, visando direcionar de uma forma mais precisa, o período mais propício para intensificação das ações controle da leishmaniose visceral.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Coordenador / Ana Cristina Vianna Mariano da Rocha Lima - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante / Consuelo Latorre Fortes-Dias - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, norte do estado de Minas Gerais, Brasil., Descrição: A Leishmaniose Visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em número de casos quanto em expansão geográfica. Nos últimos anos, a LV, assim como outras parasitoses, têm aumentado sua importância no contexto da Saúde Pública em vários países, devido ao processo de urbanização. A contínua endemicidade, o aparecimento da LV em áreas urbanas e o surgimento dessa doença como infecção oportunista indicam que a adoção de novas estratégias são necessárias às já consideradas clássicas para o controle dessa endemia. Entretanto, muitos pontos da epidemiologia e profilaxia da LV não estão, ainda esclarecidos, o que dificulta a escolha das melhores estratégias de controle. Montes Claros foi caracterizada pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, como área de intensa transmissão de Leishmaniose Visceral. O número crescente de notificações de casos de LV humana na região nos levou a iniciar o trabalho, objetivando classificar as áreas de transmissão da doença, realizar o cálculo da prevalência da LV canina urbana, através da reação de imunofluorescência indireta (RIFI), como também realizar o estudo entomológico no município. Para traçarmos um perfil da LV em Montes Claros, realizaremos inquéritos caninos e estudos entomológicos. Adicionalmente, parte da população canina com sorologia positiva no primeiro inquérito será necropsiada, fornecendo material para os estudos parasitológicos e moleculares. Portanto a proposta geral de nosso projeto é estudar de uma forma conjunta, os vários aspectos relacionados à epidemiologia da LV (infecção canina associada à densidade vetorial e à notificação de casos humanos) em área endêmica de transmissão ativa, apontando as principais áreas de risco, visando direcionar de uma forma, mais precisa, as ações de controle da LV.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Marilia Fonseca Rocha - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Ana Cristina Vianna Mariano da Rocha Lima - Integrante / Silvio Fernando Guimarães de Carvalho - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante / Fabiana de Oliveira Lara e Silva - Integrante / Consuelo Latorre Fortes-Dias - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Caracterização do perfil de suscetibilidade/resistência de vetores de importância médica a, Descrição: O presente trabalho, entitulado ?Caracterização do perfil de suscetibilidade/resistênciade vetores de importância médica a piretróides utilizando ferramentas biológicas, bioquímicas, moleculares e de bioinformática? está vinculado ao programa estruturante de ?Vetores?. Este objeto refere-se à utilização dos recursos para desenvolvimento de projeto de pesquisa aplicada a ser realizado em todo o território nacional, visando o entendimento do statusde suscetibilidade/resistência de triatomíneos e flebotomíneos a inseticida, bem como o realsignificado dos resultados encontrados nos ensaios biológicos de laboratório em situação de campo e, o consequente comprometimento das ações de controle vetorial. Pretende-se ainda desenvolver ferramentas biológicas, bioquímicas, moleculares e de bioinfomática para estudosnesta linha de pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Marilia Fonseca Rocha - Integrante / Lileia Diotaiuti - Coordenador / Fabiana de Oliveira Lara e Silva - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Jerônimo Conceição Ruis - Integrante / Natalia Trevizani - Integrante / marinnely Bustamante Gomez - Integrante / Letícia Sena Dias - Integrante / Marcos Obara - Integrante / Marcela Lencine Ferraz - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz - Bolsa / Conselho Nacional de Pesquisa - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Modelo de organização de rede de serviço de saúde para a prevenção e o controle da leishmaniose visceral: análise de implantação na rotina do serviço e avaliação do impacto, Descrição: A proposta tem como objetivos implantar e avaliar o impacto da implantação de um modelo de organização de rede de serviços para a prevenção e controle da leishmaniose visceral, na rotina dos serviços de saúde do município de Ribeirão das Neves/MG. O modelo tem como eixos estruturantes: gestão local; diagnóstico e tratamento; vigilância epidemiológica e ambiental; prevenção; avaliação. A proposta visa integrar as áreas de epidemiologia, zoonoses e atenção básica, além de contar com o auxiliar de enfermagem como disseminador da informação sobre a doença e referência para os trabalhos de prevenção envolvendo os agentes comunitários de saúde, agentes de zoonoses e população. O modelo conta com uma coordenação local com representantes da epidemiologia, zoonoses, atenção básica e enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família. Em relação ao diagnóstico, visando melhorar o acesso e alcançar maior cobertura diagnóstica pretende-se desenvolver um algoritmo utilizando as três principais ferramentas não invasivas e mais eficientes para o diagnóstico da LV: o teste imunocromatografico usando o antígeno rK39 (teste rápido), teste de aglutinação direta (DAT-LPC) e a PCR. Na vigilância integrada será feito, dentre outras coisas, mapeamento dos casos humanos, caninos e distribuição vetorial. A proposta é inovadora e irá abordar a percepção sobre a doença pelo morador; a possibilidade da capacitação continuada envolvendo os profissionais de nível médio como disseminadores da informação; a possibilidade do diagnóstico não invasivo na rotina; além do fortalecimento da vigilância epidemiológica e ambiental integradas. A avaliação do modelo irá abordar a estrutura, o processo e os resultados. O modelo prevê processos participativos de decisão e avaliação além de utilizar ferramentas da pesquisa quantitativa e qualitativa que contribuirão para o melhor entendimento de diferentes aspectos da dinâmica de transmissão da doença e da organização.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Zélia Maria Profeta da Luz - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Avaliação das estratégias de controle da leishmaniose visceral e de fatores associados ao óbito em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, Descrição: No município de Belo Horizonte (BH), no período de 1994 a 2011 foram confirmados 1.527 casos de LV, com ocorrência de 204 óbitos. Com incidência média de 6,6/100.000 habitantes a LV ocorre em todo o município de maneira desigual. O grande número de óbitos tem contribuído para que a letalidade se mantenha elevada (variando de 6,2 a 22,9% no período). Visando aprimorar o controle da LV em BH, a presente proposta contempla dois objetivos. O primeiro refere-se à identificação de fatores associados ao óbito em indivíduos com LV, no período de 2008 a 2014, tendo como objetivos: (i) identificar fatores associados à morte em indivíduos com LV, caracterizando e comparando os óbitos e os casos clínicos que não evoluíram para o óbito, segundo variáveis demográficas, clínicas, laboratoriais, tratamento, morbidades e co-infeccões; (ii) validar um escore prognóstico para mortalidade empregado dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação Nacional (SINAN); (iii) avaliar o programa de liberação da anfotericina B lipossomal no tratamento da LV. No segundo objetivo propõe-se avaliar diferentes estratégias de controle vetorial para LV. Os principais objetivos específicos são: (iv) padronizar a classificação e identificação de imóveis críticos (receptivos e ou vulneráveis) para proliferação do vetor; (v) padronizar estratégia de controle ambiental visando aumento da insolação, redução da umidade e de matéria orgânica sobre o solo, por meio da realização de podas e retirada de material orgânico; (vi) desenvolver sistema informatizado para coleta, em tecnologia móvel (palm tops), de dados sobre as condições ambientais e as medidas de controle implementadas, além do armazenamento dos mesmos; (vii) avaliar resultados das diferentes intervenções propostas para controle vetorial por meio da abundância vetorial, incidência de infecção em crianças, ocorrência de casos humanos e soroprevalência canina. Os objetivos propostos vão ao encontro dos principais entraves identificados no controle da leishmaniose visceral em regiões urbanas. Os resultados poderão contribuir para uma melhoria no impacto das estratégias de controle da morbimortalidade da LV.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / José Eduardo Pessanha - Integrante / Ana Rabello - Integrante / Mariângela Carneiro - Coordenador / Maria Helena F. Morais - Integrante / Guilherme L. Werneck - Integrante / Alexandre Barbosa Reis - Integrante.

  • 2012 - Atual

    Estudo eco-epidemiológico das leishmanioses no município de Uberaba, Minas Gerais, Brasil, Descrição: O Estado de Minas Gerais apresenta regiões de endemicidade para leishmaniose, onde o número de pacientes vem aumentando. Em recentes trabalhos realizados na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, nosso grupo de pesquisa teve a oportunidade de isolar cepas de T. cruzi, T. rangeli e Leishmania chagasi, em gambás (Didelphis albiventris), triatomíneos (Rhodnius neglectus) e cães, respectivamente, e também tripanossomas de diferentes espécies de morcegos. Estes achados indicam uma elevada prevalência de tripanossomatídeos nestas regiões constituindo-se em um alerta às autoridades das diferentes secretarias de saúde. Neste trabalho propomos realizar um estudo de fauna de flebotomíneos e pesquisar a presença de infecção por Leishmania spp. nestes vetores e em reservatórios domésticos (cães) e caracterizá-las por meio de diferentes parâmetros na cidade de Uberaba. Dessa forma, esta pesquisa poderá correlacionar os aspectos epidemiológicos envolvidos na transmissão destes parasitos e esclarecer qual a verdadeira importância destes animais como reservatórios e elos entre os ciclos das diferentes leishmanioses. Com o objetivo de avaliar a presença e identificar quais espécies de Leishmania spp. e de vetores (flebotomíneos), assim como avaliar a infecção em reservatórios domésticos (cães) e nos flebotomíneos encontrados na região estudada, serão realizadas coletas e identificação de vetores, e métodos biológicos (imprint e culturas em meios acelulares), imunológicos (ELISA e testes rápidos) e moleculares (PCR e seqüenciamento).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Luis Eduardo Ramirez Giraldo - Coordenador / Lara Rocha Batista - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2011 - 2015

    Eco-epidemiologia e controle da leishmaniose tegumentar no miunicípio de Itabira, estado de Minas Gerais, Brasil., Descrição: Nos últimos anos tem aumentado muito a incidência da leishmaniose tegumentar e visceral em todas as regiões geográficas do Brasil (Marzochi & Marzochi 1994). O Vale do Aço (MG) foi considerado região endêmica para leishmaniose tegumentar e visceral, com características epidemiológicas semelhantes às observadas no nordeste do Brasil. Existem indícios de que a doença possa estar reemergindo em diversos municípios desta região, uma vez que o programa de controle da LV e LTA foi interrompido no início da década de 90, e mais recentemente não houve vigilância epidemiológica persistente na área. Além disto, trata-se de uma região vizinha ao Vale do Mucuri, endêmico para as duas formas de leishmanioses (Mayrink et al. 1979). Segundo dados fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde de Itabira, localizado no Vale do Aço, somente neste município foram diagnosticados 12 casos de leishmanioses, sendo 06 casos de LTA entre janeiro de 2007 a junho de 2008, e 06 casos de LV no mesmo período. Neste sentido, o projeto proposto se faz oportuno e estratégico. O rastreamento parasitológico e sorológico de animais domésticos e silvestres em áreas urbanas e rurais associado aos estudos de vetores fornecerão um quadro epidemiológico das leishmanioses na região, que poderá ser utilizado na implantação de medidas profiláticas capazes de impedir sua dispersão nesta e para outras áreas. Este estudo também se faz necessário em virtude de alguns resultados preliminares sugerirem a presença de cães soropositivos em áreas vizinhas, o que aumenta o risco de transmissão de leishmaniose visceral.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Estudo eco-epidemiológico das principais doenças parasitárias de cães em área urbana e suas associações com o diagnóstico imunológico, parasitológico e molecular de Leishmania, Descrição: O papel do cão na saúde pública tem sido cada vez mais importante.O objetivo geral desse projeto é avaliar a co infecção de Leishmania com outros agentes etiológicos importantes de cães como: Erlichia canis, Babesia canis, Anaplasma platys, Hepatozoon canis, Rickettsia rickettsii, Neospora caninum , Trypanosoma spp. e suas associações com possíveis reações cruzadas em testes imunológicos utilizando diversos antígenos de Leishmania. Além disto, conhecer melhor a epidemiologia das doenças causadas por estes agentes. Os cães, domiciliados, serão visitados de 3 em 3 meses para serem coletadas informações, amostras, ectoparasitos e flebotomíneos. Os resultados contribuirão significativamente para o conhecimento dos aspectos epidemiológicos dessas enfermidadese e para um melhor direcionamento das medidas de controle... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Gustavo Fontes Paz - Coordenador / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Paloma Helena Fernandes Shimabukuru - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Modelo de organização de rede de serviço de saúde para a prevenção e controle da leishmaniose visceral: análise de implantação na rotina do serviço e avaliação do impacto, Descrição: A proposta tem como objetivos implantar e avaliar o impacto da implantação de um modelo de organização de rede de serviços para a prevenção e controle da leishmaniose visceral, na rotina dos serviços de saúde do município de Ribeirão das Neves/MG. O modelo tem como eixos estruturantes: gestão local; diagnóstico e tratamento; vigilância epidemiológica e ambiental; prevenção; avaliação. A proposta visa integrar as áreas de epidemiologia, zoonoses e atenção básica, além de contar com o auxiliar de enfermagem como disseminador da informação sobre a doença e referência para os trabalhos de prevenção envolvendo os agentes comunitários de saúde, agentes de zoonoses e população. O modelo conta com uma coordenação local com representantes da epidemiologia, zoonoses, atenção básica e enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família. Em relação ao diagnóstico, visando melhorar o acesso e alcançar maior cobertura diagnóstica pretende-se desenvolver um algoritmo utilizando as três principais ferramentas não invasivas e mais eficientes para o diagnóstico da LV: o teste imunocromatografico usando o antígeno rK39 (teste rápido), teste de aglutinação direta (DAT-LPC) e a PCR. Na vigilância integrada será feito, dentre outras coisas, mapeamento dos casos humanos, caninos e distribuição vetorial. A proposta é inovadora e irá abordar a percepção sobre a doença pelo morador; a possibilidade da capacitação continuada envolvendo os profissionais de nível médio como disseminadores da informação; a possibilidade do diagnóstico não invasivo na rotina; além do fortalecimento da vigilância epidemiológica e ambiental integradas. A avaliação do modelo irá abordar a estrutura, o processo e os resultados. O modelo prevê processos participativos de decisão e avaliação além de utilizar ferramentas da pesquisa quantitativa e qualitativa que contribuirão para o melhor entendimento de diferentes aspectos da dinâmica de transmissão da doença e da organização do serviço.. .. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ana Rabello - Integrante / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Zélia Maria Profeta da Luz - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Epidemiologia da Leishmaniose Visceral no município de Sabará, região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil., Descrição: Estudar as variáveis envolvidas no ciclo de transmisssão da leishmaniose visceral no município de sabará, região metropolitana de Belo Horizonte, e propor medidas de controle mais adequadas a situação local.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Coordenador / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    ?Eco-epidemiologia das leishmanioses na região da Serra do Cipó, importante polo turístico de Minas Gerais., Descrição: As leishmanioses têm aumentado sua importância no contexto da saúde pública devido ao processo de urbanização, caracterizado não só pela expansão geográfica, invadindo áreas indenes, mas também pela reemergência em focos endêmicos antigos. Além disso, a migração do homem e de cães, provenientes de áreas rurais endêmicas para as periferias das cidades provocam a expansão da doença para os centros urbanos. Apesar do esforço realizado na execução das medidas de controle, não se consegue a erradicação da doença. A complexidade do controle é mais evidente quando consideramos que existem lacunas no conhecimento sobre cada aspecto estudado, incluindo a distribuição geográfica do parasito, os insetos vetores, as fontes de infecção, os fatores históricos, socioeconômicos e ambientais, a integração dos serviços de saúde, as técnicas utilizadas para o diagnóstico, o tratamento e a imunoprofilaxia. Várias regiões do estado merecem estudos sobre a emergência ou re-emergência de doenças tropicais, não só por sofrerem as modificações ambientais, mas também por suas características edafoclimáticas favoráveis à prática do turismo ecológico. A região da Serra do Cipó se enquadra nesse grupo e as leishmanioses merecem uma atenção especial nesse tipo de bioma. A Serra do Cipó é atualmente uma das províncias turísticas de Minas Gerais. A região contabiliza um acervo para o lazer, a prática de atividades ao ar livre e a pesquisa científica. O projeto de pesquisa tem como proposta conhecer algumas das variáveis envolvidas na transmissão das leishmanioses, abordando o parasito, o vetor, reservatórios conhecidos ou potenciais, casos humanos e caninos. As atividades do projeto permitirão o aprimoramento técnico científico dos agentes de saúde municipais, bem como a incorporação de estudantes (iniciação científica, doutorado e pós-doutorado) como membros da equipe executora.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Eduardo de Castro Ferreira - Integrante / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Ana Cristina Vianna Mariano da Rocha Lima - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Paloma Helena Fernandes Shimabukuru - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2011 - Atual

    Estudo eco-epidemiológico das principais doenças parasitárias de cães em área urbana e suas associações com o diagnóstico imunológico, parasitológico e molecular de Leishmania, Descrição: O papel do cão na saúde pública tem sido cada vez mais importante.O objetivo geral desse projeto é avaliar a co infecção de Leishmania com outros agentes etiológicos importantes de cães como: Erlichia canis, Babesia canis, Anaplasma platys, Hepatozoon canis, Rickettsia rickettsii, Neospora caninum , Trypanosoma spp. e suas associações com possíveis reações cruzadas em testes imunológicos utilizando diversos antígenos de Leishmania. Além disto, conhecer melhor a epidemiologia das doenças causadas por estes agentes. Os cães, domiciliados, serão visitados de 3 em 3 meses para serem coletadas informações, amostras, ectoparasitos e flebotomíneos. Os resultados contribuirão significativamente para o conhecimento dos aspectos epidemiológicos dessas enfermidadese e para um melhor direcionamento das medidas de controle... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Gustavo Fontes Paz - Coordenador / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Guilherme L. Werneck - Integrante / Paloma Helena Fernandes Shimabukuru - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Controle da Leishmaniose Visceral no município de Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil., Descrição: O controle de LV no Brasil tem sido baseado em uma ?tríade? de ações recomendada pela Organização Mundial de Saúde associadas à uma rigorosa vigilância epidemiológica:(1) tratamento dos casos humanos, (2) eliminação dos reservatórios domésticos (cães infectados, (3) combate ao vetor utilizando-se inseticidas residuais aspergidos no domicílio e peridomicílio e (4) manejo ambiental. As características peculiares dos reservatórios animais, vetores e a variedade de situações epidemiológicas, têm mostrado, que estratégias de controle, devem ser flexíveis e designadas especialmente para cada região. A complexidade do controle é mais evidente quando consideramos que existem lacunas no conhecimento sobre cada aspecto estudado, incluindo a distribuição geográfica do parasito, insetos vetores, fontes de infecção, fatores históricos e socioeconômicos, integração dos serviços de saúde, técnicas utilizadas para o diagnóstico, tratamento e imunoprofilaxia. No município de Belo Horizonte (Minas Gerais), pretendemos desenvolver um estudo epidemiológico multiinstitucional, abordando os casos humanos, caninos e a fauna flebotomínica. O projeto tem como instituições parceiras foramando uma rede: UFMG, UFOP, Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte (SMS/BH), FUNED e o CPqRR/FIOCRUZ. A LV (ou calazar) está amplamente distribuída no município, caracterizando a região como importante área endêmica, devido à presença elevada do vetor, a alta taxa de prevalência canina e a ocorrência de casos humanos, traduzindo-se em um grave problema de saúde pública. O projeto de pesquisa em questão propõe conhecer algumas das variáveis envolvidas na transmissão da LV neste município para subsidiar as ações de controle preconizadas aplicáveis nesta e em outras áreas endêmicas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / José Eduardo Pessanha - Integrante / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Vanessa O. Fiúza - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2010 - Atual

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera: Psychodidae)., Descrição: Avaliar em condições de laboratório a sucetibilidade do vetor de leishmaniose visceral (Lutzomyia longipalpis) a diferentes inseticidas e formulações fabricados pela empresa Syngenta Proteção de Cultivos Ltda.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante., Financiador(es): Syngenta Proteção de Cultivos Ltda. - Auxílio financeiro.

  • 2010 - Atual

    Dinâmica da leishmaniose visceral em uma coorte de cães em Juatuba-MG., Descrição: A presente pesquisa visa caracterizar a prevalência e incidência da LV em cães, os fatores de riscoe proteção e analisar a distribuição da doença, observadas a soroconversão e as mudanças ocorridas na população canina, ao longo de um ano, no município de Juatuba, na RMBH, o que poderia contribuir no planejamento de ações preventivas e de controle desta zoonose.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / João Paulo A. Haddad - Integrante / Eliane Gonçalves Paiva lopes - Integrante / Danielle Ferreira de Guimarães - Coordenador / Luiz Felipe Nunes Menezes Borges - Integrante / Ana Cláudia Parreira de Freitas - Integrante.

  • 2008 - 2010

    Controle das leishmanioses visceral humana e canina no município de Paracatu, Estado de Minas Gerais, Brasil., Descrição: O controle de LV no Brasil tem sido baseado em uma ?tríade? de ações recomendada pela Organização Mundial de Saúde associadas à uma rigorosa vigilância epidemiológica e ao manejo ambiental: (1) tratamento dos casos humanos, (2) eliminação dos reservatórios domésticos (cães infectados) e (3) combate ao vetor utilizando-se inseticidas residuais aspergidos no domicílio e peridomicílio. As características peculiares dos reservatórios animais, vetores e a variedade de situações epidemiológicas, têm mostrado, que estratégias de controle, devem ser flexíveis e designadas especialmente para cada região. A complexidade do controle é mais evidente quando consideramos que existem lacunas no conhecimento sobre cada aspecto estudado, incluindo a distribuição geográfica do parasito, insetos vetores, fontes de infecção, fatores históricos e socioeconômicos, integração dos serviços de saúde, técnicas utilizadas para o diagnóstico, tratamento e imunoprofilaxia. No município de Paracatu (Minas Gerais), pretendemos desenvolver um estudo epidemiológico multi-institucional, abordando os casos humanos, caninos e a fauna flebotomínica. O projeto tem como instituições parceiras a UFMG, UFOP, FUNED e o CPqRR/FIOCRUZ, contando ainda com o apoio logístico da SMS/Paracatu. A LV (ou calazar) está amplamente distribuída no município, caracterizando a região como importante área endêmica, devido à presença elevada do vetor, a alta taxa de prevalência canina e a ocorrência de casos humanos, traduzindo-se em um grave problema de saúde pública. O projeto de pesquisa em questão propõe conhecer algumas das variáveis envolvidas na transmissão da LV neste município para subsidiar as ações de controle preconizadas aplicáveis nesta e em outras áreas endêmicas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Aluízio Prata - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Luciana de Almeida Silva Teixeira - Integrante / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Pesquisa - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Epidemiologia da Leishmaniose Tegumentar na Reserva Indígena Xacriabá, Minas Gerais., Descrição: Espera-se, com este projeto, obter uma melhor estimativa da ocorrência da leishmaniose tegumentar na reserva indígena de Xacriabá e contribuir para a compreensão dos fatores envolvidos na transmisão da doença na região. As informações adquiridas sobre a infeção humana, de flebotomíneos e reservatórios silvestres e sinantrópicos, permitirão a elaboração de estratégias de controle adequadas à realidade local, atendendo assim ao compromisso das instituições de ensino e pesquisa em saúde pública. Há uma crescente preocupação do governo brasileiro com as populações indígenas que vivem em diferentes reservas no país. Xacriabá é uma das maiores reservas indígenas de Minas gerais e poucos são os estudos sobre a cultura e saúde dessa população.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Mariângela Carneiro - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Paloma Helena Fernandes Shimabukuru - Integrante / Patrícia F. Quaresma - Integrante / Célia Maria Ferreira Gontijo - Coordenador / Maria Norma de Melo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais - Auxílio financeiro / Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Rhipicephalus sanguineus (Latreille, 1806): estudo de aspectos biológicos, parasitológicos e moleculares relevantes para a avaliação da capacidade vetorial na transmissão da Leishmaniose Visceral Canina, Descrição: As leishmanioses são zoonoses de importância médica e veterinária. Nas Américas, 90% dos casos de leishmaniose visceral (LV) são registrados no Brasil, sendo causada pela espécie Leishmania chagasi. Tem o cão, Canis familiaris, como o principal reservatório urbano, e o flebótomo Lutzomyia longipalpis o principal vetor da doença. Embora a transmissão natural ocorra principalmente pela picada de Lu. longipalpis, outros mecanismos de transmissão provavelmente estejam envolvidos na epidemiologia da LV canina. Uma das hipóteses seria a participação de outro vetor na transmissão e manutenção de L. chagasi na população canina, sendo a transmissão mecânica a hipótese mais aceita. Este fato se justifica devido à baixa taxa de infecção natural por L. chagasi em Lu. longipalpis e à alta prevalência de cães infectados em regiões endêmicas. Com isto o carrapato do cão, Rhipicephalus sanguineus, merece destaque devido à sua boa interação com o hospedeiro e a sua importância como transmissor de agentes patogênicos. Trabalhos na literatura dão ênfase à participação deste carrapato na epidemiologia da LV canina desde a década de 30. Recentemente, no Brasil, foi demonstrado a presença de DNA de Leishmania sp. em 15,4% de 39 estádios ingurgitados de R. sanguineus coletados em cães soropositivos, provenientes de área endêmica. A infectividade de Leishmania sp. encontrada nos carrapatos foi comprovada através de inoculação experimental de macerados de carrapatos positivos em hamsters, atingindo taxas de infectividade de 58,8%. A importância do carrapato, na epidemiologia da leishmaniose visceral canina, tem merecido destaque em discussões e indagações por parte de técnicos e pesquisadores em eventos técnicos ? científicos de áreas afins. Assim, o objetivo geral deste projeto, é avaliar a capacidade vetorial de R. sanguineus na transmissão da leishmaniose visceral canina. Para isto, serão realizados estudos referentes a aspectos biológicos, parasitológicos e moleculares relacionados à. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Múcio Flávio Barbosa Ribeiro - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Ana Cristina Vianna Mariano da Rocha Lima - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas René Rachou/Fiocruz - Auxílio financeiro.

  • 2007 - 2009

    Estudo eco-epidemiológico da leishmaniose tegumentar americana no município de Governador Valadares, Vale do Rio Doce (Minas Gerais, Brasil), Descrição: As leishmanioses têm aumentado sua importância no contexto da saúde pública devido ao processo de urbanização, caracterizado não só pela expansão geográfica, invadindo áreas indenes, mas também pela reemergência em focos antigos. Além disso, a migração do homem e de cães, provenientes de áreas rurais para as periferias das cidades provocam a expansão da doença para os grandes centros urbanos. Estes fatores associados à uma desorganizada ocupação humana, fome, desnutrição, grande número de cães infectados, alta densidade de flebotomíneos, e ainda, um grande número de animais domésticos, baixos índices socioeconômicos, além das condições ambientais favoráveis contribuem para a alta ocorrência da doença. No Estado de Minas Gerais, o município de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, foi considerado uma área endêmica para leishmaniose tegumentar. Segundo dados fornecidos pela Diretoria de Ações Descentralizadas de Saúde (DADS) de Governador Valadares, somente neste município foram diagnosticados 55 novos casos de LTA em 2005 e até maio de 2006, 61 novos casos já haviam sido notificados. Desta forma, a escolha do município se justifica por ser uma área onde a leishmaniose tegumentar está presente, com números crescentes de casos humanos, cuja ocorrência pode levar às lesões mutilantes, perda da condição de trabalho e em alguns casos ao óbito. Neste sentido, o projeto proposto se faz oportuno e estratégico. O projeto de pesquisa em questão propõe conhecer algumas variáveis envolvidas na transmissão da leishmaniose em área endêmica. Os estudos de vetores e reservatórios potenciais em áreas urbanas poderão fornecer um quadro epidemiológico da leishmaniose na região que poderão subsidiar a escolha, pelos órgãos competentes, dos métodos de controle da doença mais adequados à situação atual, aplicáveis nesta e em outras áreas endêmicas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1

  • 2007 - 2009

    Controle da leishmaniose visceral no município de Montes Claros, norte do estado de Minas Gerais, Brasil., Descrição: No município de Montes Claros, vem sendo desenvolvido, desde 1998, um estudo epidemiológico multi-institucional, abordando os casos caninos, humanos e a fauna flebotomínica (França-Silva et al. 2003, Michalsky et al. 2004). O projeto tem como instituições parceiras a UFMG, UFOP, SES/MG e o CPqRR, contando ainda com o apoio logístico SES/MG e da SMS/MG. A LV (ou calazar) está amplamente distribuída no município, caracterizando a região como importante área endêmica, devido à presença elevada do vetor, a alta taxa de prevalência canina e a ocorrência de casos humanos, traduzindo-se em um grave problema de saúde pública. Em projeto em andamento (CBB 575/04), estamos, avaliando o impacto, sobre a fauna flebotomínica, das medidas de controle adotadas nessas áreas. Essas medidas são programadas e executadas pelo Serviço de Zoonoses local, através de dois ciclos de borrifação, de acordo com a curva de sazonalidade do vetor e a atividade residual do inseticida utilizado (piretróide). Essas duas variáveis indicam os períodos ideais para a borrifação e acabam por determinar os períodos para o levantamento da população de flebotomíneos, através de capturas programadas. O projeto de pesquisa em questão propõe conhecer algumas das variáveis envolvidas na transmissão da LV neste município, abordando as seguintes linhas de apoio prioritário: vetores (estudos da diversidade de espécies de flebotomíneos, sua distribuição geográfica, associação com o impacto ambiental, capacidade vetorial de flebotomíneos, etc; reservatórios (estudos sobre a capacidade e competência dos reservatórios para contribuir na manutenção do ciclo e transmissão da doença); controle (desenvolvimento e avaliação de estratégias de educação ambiental e em saúde, incluindo a associação de estudos entomológicos e de reservatórios, como método de controle de transmissão e associação de estudos entomológicos voltados para as práticas de educação ambiental, relevantes para prevenção e controle da doença).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2005 - Atual

    Controle das leishmanioses visceral humana e canina no município de Janaúba, norte do Estado de Minas Gerais, Brasil., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em número de casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões nas regiões rurais, urbanas e na manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. Recentemente, Janaúba (15o 47' 50'' de Latitude Sul e 43o 18'31'' de Longitude Oeste) foi caracterizada pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, como área de intensa transmissão de leishmaniose visceral. A cidade está inserida no "Polígono das Secas" na micro-região da Serra Geral de Minas Gerais, estando a uma altitude de 516 metros. Nesse município estamos propondo o desenvolvimento de um projeto de Pesquisa Aplicada em colaboração multinstitucional e multidisciplinar envolvendo pesquisadores e técnicos das seguintes instituições: Instituto de Ciências Biológicas da UFMG; Escola de Farmácia da UFOP; Centro de Pesquisas René Rachou-FIOCRUZ; Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro; e com o apoio logístico da Fundação Nacional de Saúde; Secretarias Estadual de Saúde de Minas Gerais; Secretaria Municipal de Saúde de Janaúba e Centro de Controle de Zoonoses de Montes Claros. Tendo como coordenadores o Dr. Aluizio Prata na área humana, Dr. João Carlos França da Silva na área canina, Dr. Edelberto Santos Dias na área entomológica, Dr George Luiz Lins Machado-Coelho na análises epidemiológicas. O projeto conta com o apoio logístico fundamental do Sr. Jaime Costa da Silva (Técnico da DEVEP-FUNASA) e da Sra Simone Marrocos (Coordenadora SESMG) Um estudo retrospectivo, no município, revelou que o primeiro caso de calazar humano foi notificado em junho de 1999 e, ainda nessa época, foram notificados mais 03 casos. Subseqüentemente, no ano de 2000 foram notificados mais 05 casos; em 2001 foram notificados 12 casos; em 2002 foram 21 casos notificados; em 2003 o número de casos teve um crescimento significativo, fechando o ano em 35 novos casos. Em 200. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Wilson Mayrink - Integrante / Aluízio Prata - Integrante / Evaldo Nascimento - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Jaime Costa da Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Edvá Vieira de Paula - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas René Rachou - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro - Cooperação / Ministério da Saúde - Auxílio financeiro / Universidade Federal de Minas Gerais - Cooperação / Universidade Federal de Ouro Preto - Cooperação / Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro - Cooperação.

  • 2005 - Atual

    Soro-Epidemiologia da Leishmaniose Visceral Canina no Município de Janaúba, Norte do Estado de Minas Gerais, Brasil., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em número de casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões nas regiões rurais, urbanas e na manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevenção e controle da doença nas áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório da LV, no Brasil. A contínua endemicidade, o aparecimento da LV em áreas urbanas e ainda, o surgimento dessa doença como infecção oportunista entre pacientes infectados com o vírus da imunodeficiência humana, indicam que a adoção de novas estratégias são necessárias concomitantes às já consideradas clássicas para o controle dessa endemia. OBJETIVO GERAL: Estudar a distribuição da leishmaniose visceral canina na cidade de Janaúba, objetivando fornecer dados epidemiológicos para subsidiar as ações de controle da doença implementadas pela Secretaria de Vigilância em Saúde do MS. 5.1. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Quantificar a prevalência da leishmaniose visceral canina (LVC) na cidade de Janaúba, através da reação de imunofluorescência indireta (RIFI) empregando a técnica do eluato de sangue dessecado em papel de filtro. Identificar as principais áreas de risco para sistematizar o estudo entomológico. Realizar estudos de associação das possíveis correlações entre doença e procedência, sexo, idade, característica fenotípica dos cães tanto relacionada quanto ao tipo de pêlo (curto e longo), bem como, com a aptidão racial e também quanto ao tipo de ocupação. Avaliar a distribuição espacial dos casos humanos e caninos de leishmaniose visceral, bem como dos locais estabelecidos para realizar as coletas entomológicas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Wilson Mayrink - Integrante / Aluízio Prata - Integrante / Kênia Maria de Paula - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Cooperação / Centro de Pesquisas René Rachou - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2005 - Atual

    Ensaio Clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leishmune (Fort Dodge, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: Este é um Estudo Clínico randomizado, mascarado e controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leishmune em cães da raça Beagle mantidos no canil de experimentação do Laboratório de Leishmaniose e Vacinas na Universidade Federal de Minas Gerais. Tendo como objetivo primário avaliar a eficácia da vacina Leishmune (Laboratório Fort Dodge, Brasil) anti-leishmaniose visceral canina para previnir a infecção de cães por Leishmania (L) chagasi por meio de infecção desafio com Lutzomyia longipalpis infectados. Os cães Beagles serão alocados de forma aleatória em quatro coortes obedecendo a critérios de inclusão e exclusão. Os animais serão marcados por marca fria ou quente com números variando de 1 a 172 na região externa da pata posterior direita de maneira aleatória durante a triagem. A aleatorização dos números de identificação dos cães que receberão a vacina ou placebo será feita no Ministério da Saúde. Uma cópia lacrada e rubricada contendo o número de cada cão e se ele irá receber vacina ou placebo será enviada em envelopes individualizados por cão a Universidade Federal de Minas Gerais. Esse envelope com os códigos serão de conhecimento exclusivo pelo profissional vacinador (independente). Para atender a esses objetivos serão alocados cães em dois coortes com 55 animais cada para o ensaio clínico I e 31 cães para cada um dos dois coortes do ensaio clínico II. Os cães das coorte 1 e 3 serão vacinados com 1,5 mg da vacina pela via SC nos dias 0, 21, 42 e 360 e os animais das coortes 2 e 4 receberão placebo no mesmo intervalo de tempo. Os animais do ensaio clínico I serão desafiados com 30 L. longipalpis infectantes e os do ensaio clínico II serão desafiados com 107 promastigotas infectantes pela via intraperitonial 21 dias após a última dose de vacina. Os animais serão monitorados durante dois anos por avaliações clínicas, parasitológicas, exames laboratorial, sorológicas e avaliações imunológicas. Os resultados obtidos durante os ensaios clínicos serão. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Carlos França da Silva - Integrante / Roberto Teodoro da Costa - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Minas Gerais - Cooperação / Universidade Federal de Ouro Preto - Cooperação / Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2004 - Atual

    Aspectos entomológicos envolvidos na transmissão e controle da Leishmaniose Visceral no município de Montes Claros, norte de Minas Gerais., Descrição: No município de Montes Claros (MG), considerada área de intensa transmissão de leishmaniose visceral (LV) pelo Ministério da Saúde, será desenvolvido um trabalho entomológico que terá como objetivos: a) determinar a composição e distribuição de espécies na fauna flebotomínica local, após as medidas de controle, b) comparar os resultados obtidos antes e após a adoção de medidas de controle, c) avaliar o impacto das medidas sobre o comportamento das espécies (variação sazonal, preferência alimentar, endofilia e exofilia), d) correlacionar os dados entomológicos com os registros de novos casos humanos e caninos de LV, se pertinente, e) propor o aperfeiçoamento de medidas de controle da LV pelos serviços de Saúde Pública, especificamente em relação à aplicação de inseticidas, a ser baseada no comportamento local do vetor. O município será dividido em 10 bairros de captura, tendo dois pontos por bairro, no intra e peridomicílio, levando-se em consideração a ocorrência de casos humanos e/ou a presença de cães com sorologia positiva para calazar. As capturas sistemáticas serão realizadas mensalmente com armadilhas luminosas do tipo HP, durante o período de janeiro a dezembro de 2006. A aplicação do inseticida piretróide será iniciada em janeiro de 2006 no bairro Alterosa, e estendida para os demais bairros, nos meses subsequentes. Estudos prévios realizados no município por Michalsky et al. (2004) permitiram determinar áreas a serem priorizadas nas ações de controle da leishmaniose visceral na região. Nossa proposta, neste projeto, prevê o fechamento do ciclo de controle, através da avaliação do impacto das medidas adotadas sobre a fauna flebotomínica local.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 2002 - 2004

    Aspectos entomológicos associados à transmissão da Leishmaniose Visceral canina no município de Montes Claros, Minas Gerais., Descrição: Desde os anos 50, DEANE & DEANE (1956) já abordavam, com muita preocupação, a expansão e o fenômeno de urbanização da LV (ou calazar), fato hoje consolidado, com a doença já instalada definitivamente em cidades de médio e grande porte tais como Teresina, São Luís, Santarém, Recife, Salvador e Rio de Janeiro. Em Minas Gerais, a urbanização da doença vem ocorrendo em cidades como Belo Horizonte e Montes Claros (FRANÇA-SILVA, 1997; GENARO et al., 1991, 2000; SILVA et al., 2001). No município de Porteirinha, área endêmica da LV ao norte do estado, vem sendo desenvolvido, desde 1998, um estudo epidemiológico multi-institucional, abordando casos caninos, humanos e a fauna flebotomínica. O projeto tem como instituições parceiras a Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro (FMTM), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais (SESMG) e Centro de Pesquisas René Rachou (CPqRR), e como coordenadores Dr. Aluizio Prata na área humana, Dr. João Carlos França da Silva na área canina e Dr. Edelberto Santos Dias na área entomológica. O projeto conta com o apoio logístico fundamental do Sr. Jaime Costa da Silva (Técnico da DEVEP-FUNASA) e da Sra Simone Marrocos (Coordenadora SESMG) (Declarações de colaboração em anexo). Os trabalhos desenvolvidos na área humana foram baseados na interpretação de testes sorológicos e moleculares através de estudos transversais e longitudinais da população, trazendo informações a respeito do comportamento das reações imunológicas principalmente em relação ao calazar inaparente Na LV canina, amostras de sangue de cães foram coletadas trimestralmente no período de setembro/1999 a setembro/2002 para análise por imunofluorescência indireta (IFI). Títulos >1:40 foram considerados positivos. Durante o período de um ano, todos os cães soropositivos foram mantidos domiciliados. Em outubro de 2000, os cães soropositivos sobreviventes foram submetidos a eutanásia e a necróps. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Wilson Mayrink - Integrante / Aluízio Prata - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Jaime Costa da Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Edvá Vieira de Paula - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro / FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ/CENTRO DE PESQUISAS RENÉ RACHOU - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Universidade Federal de Ouro Preto - Cooperação / Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro - Cooperação / Universidade Federal de Minas Gerais - Cooperação.

  • 2001 - 2005

    Avaliação da eficácia de uma vacina (fase II) contra leishmaniose tegumentar em Varzelândia, Minas Gerais, Descrição: Teste de aplicação de vacina Leishvacin contra LTA, desenvolvida na UFMG, em área endêmica da doença (Varzelândia-MG).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Wilson Mayrink - Integrante / Aluízio Prata - Integrante / Evaldo Nascimento - Integrante / Jeová vitor dos Santos - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Jaime Costa da Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Roberto Teodoro da Costa - Integrante / Simone Marrocos de Resende - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): Fundação Nacional de Saúde - Presidência - Auxílio financeiro / Centro de Pesquisas René Rachou - Cooperação / Cooperação / Universidade Federal de Minas Gerais - Cooperação / Cooperação / Universidade Federal do Triângulo Mineiro - Cooperação., Número de produções C, T & A: 2

  • 2000 - 2003

    Leishmaniose Tegumentar Americana no Município de Belo Horizonte (MG): Estudos Biomoleculares Visando a Vigilância Epidemiológica., Descrição: Os primeiros relatos da LTA em Minas Gerais relacionam a ocorrência de surtos com as atividades de desmatamento para a implantação de projetos agrícolas ou para construção de rodovias (Orsini, 1945; Martins et al., 1956; Furtado et al., 1966). Porém, a epidemiologia da doença tem sofrido alterações ao longo das últimas décadas, sendo descritos surtos em áreas de colonização antiga (Mayrink et al., 1979, Hermeto et al., 1994; Gontijo et al., 1996) como também o aparecimento de casos em áreas periurbanas (Passos et al., 1993; Gontijo et al., 1995). A partir de 1988 foram confirmados casos autóctones de Leishmaniose Tegumentar Americana na Região Metropolitana de Belo Horizonte, área até então considerada indene. Um estudo de campo em um município da região evidenciou a possibilidade da transmissão domiciliar da doença em áreas periurbanas (Passos et al., 1993). Com exceção de várias capturas pontuais, desde 1956, verificadas nos registros do Laboratório de Leishmanioses do Centro de Pesquisas René Rachou (em anexo), pouco se conhece sobre a fauna e a flutuação populacional dos vetores na região de Belo Horizonte. O aumento significativo de casos da doença nas áreas urbanas em nosso meio, associado aos poucos estudos já realizados, justificaram os nossos objetivos em estudar os aspectos clínicos e epidemiológicos da ocorrência da leishmaniose tegumentar na região de Belo Horizonte.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Alda Lima Falcão - Integrante / Reginaldo Peçanha Brazil - Integrante / Ana Rabello - Integrante / Carina Margonari de Souza - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Célia Maria Ferreira Gontijo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 1999 - 2005

    Aspectos entomológicos envolvidos na transmissão de leishmanioses no município de Varzelândia, Minas Gerais, Brasil, Descrição: Este projeto faz parte de um estudo multiinstitucional e multidisciplinar, desenvolvido em área endêmica de leishmaniose tegumentar no estado de Minas Gerais, visando a correlacionar as variáveis envolvidas na transmissão da doença.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Aluízio Prata - Integrante / Jeová vitor dos Santos - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante / Jaime Costa da Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Roberto Teodoro da Costa - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas René Rachou - Auxílio financeiro / Universidade Federal de Minas Gerais - Cooperação / Universidade Federal do Triângulo Mineiro - Cooperação / Fundação Nacional de Saúde - Presidência - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6

  • 1999 - 2005

    Epidemiologia e controle da leishmaniose visceral na cidade de Porteirinha, Minas Gerais, Brasil, Descrição: Em Minas Gerais, a urbanização da leishmaniose visceral vem ocorrendo em várias cidades de grande e médio porte. O perfil epidemiológico da doença vem se modificando rapidamente e trazendo uma enorme preocupação para os orgãos oficiais responsáveis pelo controle. Os resultados obtidos fazem parte de um estudo multi-institucional envolvendo a Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro (FMTM), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais (SESMG) e Centro de Pesquisas René Rachou (CPqRR), abordando a correlação entre os casos caninos, humanos e a fauna flebotomínica do município de Porteirinha, MG.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Ronaldo V Almeida - Integrante / Wilson Mayrink - Integrante / Aluízio Prata - Integrante / Evaldo Nascimento - Integrante / Caroline Macedo Gonçalves - Integrante / Jeová vitor dos Santos - Integrante / Daniela Paes - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Jaime Costa da Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Roberto Teodoro da Costa - Integrante / Simone Marrocos de Resende - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas René Rachou - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação Nacional de Saúde - Presidência - Auxílio financeiro / Cooperação / Universidade Federal do Triângulo Mineiro - Cooperação / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Universidade Federal de Minas Gerais - Cooperação., Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 1

  • 1997 - 1997

    Caracterização de vetores de leishmanioses- complexo flaviscutellata, Descrição: Projeto aprovado pela FAPEMIG e, posteriormente, desativado devido à restrições orçamentárias do órgão financiador.. , Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais - Auxílio financeiro.

  • 1994 - 1997

    Estudo integrado de populações de Lutzomyia whitmani: morfologia, biologia molecular e susceptibilidade à infecção por Leishmania braziliensis, Descrição: Projeto integrado (morfologia, biologia molecular e competência vetorial)de diferentes populações Lutzomyia whitmani (vetor de leishmaniose tegumentar)em relação a transmissão de LTA no Brasil.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Anna Lúcia Ramos Melloni - Integrante / Lívea Maria Lopes Gonçalves - Integrante / Reginaldo Peçanha Brazil - Integrante / Pedro Marcos Linardi - Integrante / Carina Margonari de Souza - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Consuelo Latorre Fortes Dias - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais - Auxílio financeiro / Fundação Nacional de Saúde - Presidência - Cooperação / Fundação Oswaldo Cruz - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 18 / Número de orientações: 5

  • 1993 - 1994

    Estudo clínico-epidemiológico da leishmaniose tegumentar, Descrição: Levantamento da situação da doença em Belo Horizonte, através dos casos humanos tratados no ambulatório do Centro de Pesquisas René Rachou.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Alda Lima Falcão - Integrante / Célia Maria Ferreira Gontijo - Integrante / Valéria M. A. Passos - Coordenador / Naftale Katz - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 1991 - 1993

    Phlebotomine Taxonomy Research Effort, Descrição: Avaliação do complexo flaviscutellata através de técnicas moleculares. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Peter V Perkins - Integrante / Phillip G Lawyer - Integrante., Financiador(es): Centro de Pesquisas René Rachou - Cooperação / Walter Reed Army Institute os Research/USA - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 1985 - 1989

    Estudo sistemático do subgênero Helcocyrtomyia Barretto, 1962, do gênero Lutzomyia França, 1924 (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae), Descrição: Revisão do subgênero Helcocyrtomyia através da taxonomia clássica. Tese de DOutoramento de Edelberto Santos Dias. Orientador: Prof Amilcar Vianna Martins. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Amilcar Vianna MARTINS - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 8

  • 1983 - 1993

    Estudos sobre a sistemática e distribuição geográfica dos flebotomíneos brasileiros (Diptera, Psychodidae, Phlebotominae), Descrição: O projeto visava contribuir para o conhecimento da fauna de flebotomíneos brasileiros, com coletas em diversas regiões do país. Todo o material coletado foi incorporado à Coleção de Referência de Flebotomineos Americanos do CPqRR. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Alda Lima Falcão - Integrante / João Evangelista da Silva - Integrante / Amilcar Vianna MARTINS - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 11

  • 1980 - 1982

    Reconhecimento das espécies e sinantropia dos Diptera pertencentes às famílias Calliphoridae, Sarcophagidae e Muscidae nos arredores de Belo Horizonte, Minas Gerais, Descrição: O desenvolvimento do projeto resultou em duas teses de Mestrado. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Newton Goulart Madeira - Integrante / David Pereira Neves - Coordenador / Hugo de Sousa Lopes - Integrante., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Bolsa / Universidade Federal de Minas Gerais - Cooperação., Número de produções C, T & A: 7

  • 1978 - 1980

    Levantamento da Entomofauna do Campus da UFMG, Descrição: Projeto desenvolvido como bolsista de Iniciação Científica do Conselho de Pesquisa da UFMG. Orientadora: Profa. Christina S. Mascarenhas. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Newton Goulart Madeira - Integrante / Christina S Mascarenhas - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Minas Gerais - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador.Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante.Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    Eficácia de uma vacina inativada contra leishmaniose visceral canina em condições de desafio natural à campo no Brasil, Descrição: Avaliar a eficácia da vacina Canileish (Virbac do Brasil Industria e Comércio Ltda) anti leishmaniose visceral canina em prevenir a infecção de cães desafiados por Lutzomyia longipalpis infectados com Leishmania chagasi.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / Ingrid Menz - Coordenador / Valdir Avino - Integrante / André Cutolo - Integrante.

  • 2010 - 2011

    Avaliação da sensibilidade a produtos inseticidas em fêmeas de Lutzomyia longipalpis (Diptera : Psychodidae), Descrição: Avaliar a ação de diferentes formulações de inseticidas na mortalidade de Lutzomyia longipalpis, vetor comprovado da leishmaniose visceral humana e canina nas Americas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Coordenador / Gustavo Fontes Paz - Integrante / Josiane Valadão Lopes - Integrante / Grasielle Caldas D'avila Pessoa - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2011

    Ensaio clínico, randomizado, mascarado, controlado por placebo para avaliar a eficácia da vacina Leish-Tec (Hertape calier, Brasil) anti-Leishmaniose Visceral Canina., Descrição: A leishmaniose visceral (LV) é uma zoonose em processo de crescimento tanto, em númerode casos quanto em expansão geográfica, exibindo elevada capacidade para desenvolvimento de novos focos de transmissões em áreas urbanas e manutenção dos níveis endêmicos em áreas de transmissão antigas. As medidas preconizadas pelo programa de controle da endemia do Ministério da Saúde incluem a eliminação de cães soropositivos como uma das estratégias de prevensão e controle da doença em áreas de transmissão, sob o pressuposto de ser o cão o principal reservatório doméstico da LV no Brasil. Além da necessária proteção conferida por uma vacina contra LV canina, é relevante considerar os efeitos da introdução de uma vacina com relação à modificação do status imunológico dos cães vacinados e a impossibilidade de diferenciar infecção de vacinação por meio de testes sorológicos convencionais, dificultando as ações de vigilância e controle. A prevensão da transmissão do parasito do cão infectado para o vetor constitui em outra condição fundamental na avaliação de eficácia e de seu emprego como estratégia de controle da LV humana. Portanto, como os ensaios clínicos preliminares de FASE I e II demonstraram que a vacina Leish-Tec além de conferir proteção não induziu uma soro conversão dos animais vacinados, faz-se necessário ainda determinar como esses parâmetros se comportam em uma população canina nativa vacinada residente em uma área endêmica se comporta com relação á: a) suscetibilidade à infecção, b) capacidade do cão infectado vacinado em infectar o vetor natural Lutzomyia longipalpis, c) ao efeito da vacina sobre a capacidade dos cães infectados permanecerem como reservatórios e d) comparar o perfil sorológico de cães naturalmente infectados (placebo) com o perfil de cães vacinados.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Ricardo Toshio Fujiwara - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante / Shara Regina Silva - Integrante / João Carlos França da Silva - Integrante / George Luiz Lins Machado Coelho - Coordenador., Financiador(es): HERTAPE CALIER - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2

  • 2008 - 2010

    Avaliação de protocolos de imunoterapia de cães naturalmente infectados pela Leishmania (Leishmania) chagasi., Descrição: Este projeto tem como objetivo avaliar um novo protocolo usando a imunoquioterapia pela combinação da droga de primeira escolha o Glucantime com Vacina e BCG em substituição a quimioterapia com Glucantime, a qual tem mostrado ineficaz na cura desta doença canina. Esta nova metodologia será usada pela primeira vezes no tratamento de cães com LVC visando contribuir com um novo protocolo de tratamento para preencher esta laguna existente atualmente nas Clínicas Veterinária, apresentando possivelmente um protocolo eficaz de tratamento da LVC.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Edelberto Santos Dias - Integrante / Evaldo Nascimento - Coordenador / João Evangelista da Silva - Integrante / Ricardo Andrade Barata - Integrante / Steven Reed - Integrante / Érika Michalsky Monteiro - Integrante., Financiador(es): INFECTIOUS DISEASE RESEARCH INSTITUTE (IDRI) - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Fundação Oswaldo Cruz, Centro de Pesquisas René Rachou. , Av.Augusto de Lima 1715, Barro Preto, 30190002 - Belo Horizonte, MG - Brasil, Telefone: (31) 33497758, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2020 - Atual

    Instituto de Pesquisa René Rachou/Fiocruz Minas

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2012 - 2017

    Universidade Federal do Triângulo Mineiro

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor colaborador na Pós Graduação

  • 2000 - Atual

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Projeto de pesquisa, Enquadramento Funcional: colaborador em projeto de pesquisa

  • 1991 - 1993

    Walter Reed Army Institute Of Research

    Vínculo: Pós-doutor, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40

    Outras informações:
    O pesquisador foi agraciado com bolsa do CNPq de pós-doutoramento.

    Atividades

    • 03/1991 - 07/1993

      Pesquisa e desenvolvimento , Walter Reed Army Institute Of Research, .,Linhas de pesquisa

    • 03/1991 - 07/1993

      Serviços técnicos especializados , Walter Reed Army Institute Of Research, .,Serviço realizado, Coleta em campo, montagem e preparo de material entomológico.

  • 2006 - Atual

    Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Bolsista de Produtividade - nível 2 - CNPq, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1994 - 1998

    Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Pesquisador bolsista, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsista de Produtividade em Pesquisa nível 2B

  • 1990 - 1993

    Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Bolsista de pós-Doutoramento, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Pós-Doutoramento no Walter Reed Army Institute of Research (WRAIR - USA)

  • 1985 - 1990

    Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Pesquisador Bolsista, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsista de produtividade em Pesquisa categorias 3C e 3 B

    Atividades

    • 03/1985 - 07/1990

      Pesquisa e desenvolvimento , Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, .,Linhas de pesquisa

  • 2007 - Atual

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Membro do Colegiado de Pesquisa do CPqRR, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Membro do Colegiado de Pesquisa do Centro de Pesquisas René Rachou/Fiocruz

  • 2006 - Atual

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Membro da Rede de Pesquisa em Leishmanioses, Carga horária: 4

    Outras informações:
    A rede de leishmanioses da Fiocruz foi criada para atender as demandas do Ministério da Saúde e Secretarias Municipais e Estaduais de Saúde.

  • 2002 - Atual

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Chefe do Laboratório de Leishmanioses, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Chefe do Laboratório de Leishmanioses do Centro de Pesquisas René Rachou - Fiocruz/Minas

  • 1996 - Atual

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador do Centro de Referência, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Centro de Referência em Competência Vetorial de Flebotomíneos (CRCV) do Centro de Pesquisas René Rachou/Fiocruz

  • 1993 - Atual

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador Titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2012 - 2016

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador do Programa de Pós-graduação, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Coordenador do Curso de Pós-graduação em Ciências da Saúde do Centro de Pesquisas René Rachou/Fundação Oswaldo Cruz

  • 2012 - 2012

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Vice-coordenador do Programa de Pós-graduação, Carga horária: 10

    Outras informações:
    Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde do Centro de Pesquisas René Rachou / Fundação Oswaldo Cruz

  • 2010 - 2011

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Membro do Colegiado do Curso de Pós Graduação, Carga horária: 4

    Outras informações:
    Membro do Colegiado de Pós-graduação em Ciências da Saúde do Centro de Pesquisas René Rachou/Fiocruz.

  • 1987 - 1993

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador Assistente A, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1985 - 1987

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Técnico de pesquisa, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1983 - 1985

    Centro de Pesquisas René Rachou

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Auxiliar Técnico, Carga horária: 40

    Atividades

    • 07/2004

      Direção e administração, Cpqrr, Lab Leishmanioses.,Cargo ou função, Responsável pelo Centro de Referência em Leishmaniose Visceral e Tegumentar.

    • 01/2004

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Ministério da Saúde, .,Cargo ou função, Consultor técnico junto ao Ministério da Saúde nas questões ligadas ao controle das leishmanioses no Brasil..

    • 02/2003

      Direção e administração, Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Cargo ou função, Chefe de Laboratório.

    • 02/2003

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Cargo ou função, Membro Titular do Conselho Deliberativo do Centro de Pequisas René Rachou.

    • 01/2003

      Ensino, Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Atividades de campo na pesquisa em parasitologia, Flebotomíneos Americanos, Seminários em Doenças Infecciosas e Parasitárias

    • 01/2003

      Serviços técnicos especializados , Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Serviço realizado, Responsável pela colônia de flebotomíneos.

    • 03/1983

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Linhas de pesquisa

    • 03/1983

      Serviços técnicos especializados , Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Serviço realizado, Coletas entomológicas em áreas endêmicas de leishmanioses.

    • 03/1983

      Serviços técnicos especializados , Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Serviço realizado, Coletas entomológicas.

    • 03/1983

      Serviços técnicos especializados , Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Serviço realizado, Desenhos em câmara clara de estruturas morfológicas de flebotomíneos.

    • 01/1994 - 01/2003

      Direção e administração, Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Cargo ou função, Vice-chefe de Laboratório.

    • 01/2001 - 12/2001

      Treinamentos ministrados , Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Treinamentos ministrados, Treinamento em Entomologia Básica para técnicos da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte

    • 01/1996

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Cargo ou função, Membro Eleito representante dos Pesquisadores Titulares no Conselho Deliberativo do CPqRR.

    • 08/1998 - 08/1998

      Ensino, Biologia Parasitária, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Aula- Vetores de leishmanioses

    • 01/1995

      Direção e administração, Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Cargo ou função, Coordenador do Centro de Estudos do CPqRR.

    • 01/1989

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Pesquisas René Rachou, Laboratório de Leishmanioses.,Cargo ou função, Membro Eleito da ASFOC (Associação dos Funcionários da Fundação Oswaldo Cruz/CPqRR).

  • 1983 - 1985

    Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Professor auxiliar na disciplina Biologia IV e prof. responsável na disciplina Ecologia para os cursos superiores de Ciências Biológica e Arquitetura, respectivamente

    Atividades

    • 03/1983 - 12/1985

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Ecologia

    • 03/1983 - 12/1985

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Prof. Auxiliar- Disciplina Biologia IV

  • 1982 - 1982

    Escola Estadual Geraldo Teixeira da Costa

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20

    Atividades

    • 03/1982 - 12/1982

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Biologia

  • 1981 - 1981

    Fundação Educação Para o Trabalho de Minas Gerais

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 12

    Atividades

    • 09/1981 - 09/1981

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Esquistossomose mansônica

  • 1978 - 1979

    Escola Estadual Santa Lúcia

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20

    Atividades

    • 01/1978

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Ciências

  • 1988 - 1988

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 0

  • 1983 - 1983

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 0

  • 1982 - 1982

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor convidado, Carga horária: 0

  • 1980 - 1982

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista de Mestrado, Carga horária: 0

  • 1978 - 1978

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Orientadora: Profa. Cristina Senna Mascarenhas

  • 1977 - 1977

    Universidade Federal de Minas Gerais

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Monitor concursado no Departamento de Zoologia do ICB

    Atividades

    • 03/1988 - 12/1988

      Ensino, Parasitologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Entomologia- Família Sarcophagidae

    • 08/1983 - 08/1983

      Ensino, Entomologia Médica, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Ecolgia, sinantropia, dispersão e métodos de estudo sobre Sarcophagidae

    • 03/1982 - 12/1982

      Ensino, Parasitologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Entomologia- Ordem Diptera

    • 03/1977 - 12/1977

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Monitor concursado no Departamento de Zoologia do ICB