Ana Luiza Resende Pires

Graduada em Engenharia Biotecnológica pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP/Assis (2010), Mestra (2013) e Doutora (2017) em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Parte do doutorado foi desenvolvido no Departamento de Engenharia Química da Universidade de Coimbra (UC), Portugal. Foi professora substituta no curso de Engenharia Química do Departamento de Engenharias e Tecnologias da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES/CEUNES). Atualmente é pesquisadora de pós doutorado no Programa de Pós graduação em Biotecnologia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES/CCS). Tem experiência na área de Engenharia Química e Processos Biotecnológicos, com ênfase no ramo de Biomateriais, como na produção e caracterização de curativos baseados em biopolímeros para liberação controlada de compostos bioativos visando ao tratamento de lesões de pele e no desenvolvimento de órgãos artificiais para xenotransplante.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Engenharia Química

2012 - 2017

Universidade Estadual de Campinas
Título: Desenvolvimento de dispositivos flexíveis, densos e porosos para liberação controlada de compostos naturais em lesões de pele
Ângela Maria Moraes. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Mestrado em Engenharia Química

2011 - 2013

Universidade Estadual de Campinas
Título: Desenvolvimento de curativos flexíveis e neutralizados de quitosana e alginato contendo AlphaSan RC200,Ano de Obtenção: 2013
Angela Maria Moraes.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Quitosana; Alginato; Curativos; Gel de silicone; lesões de pele; prata.

Graduação em Engenharia Biotecnológica

2005 - 2010

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Análise da citotoxicidade qualitativa de biomembranas poliméricas destinadas ao uso como scaffolds
Orientador: Márcia Zilioli Bellini

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2018

Pós-Doutorado. , Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil. , Bolsista do(a): FAPES/CAPES, PROFIX, Brasil. , Grande área: Engenharias

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2009 - 2009

Extração e Separação de Células Tronco da Medula. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2008 - 2008

Extensão universitária em Bioinformática. (Carga horária: 128h). , Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.

2008 - 2008

Perfil Empreendedor. (Carga horária: 4h). , Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo, SEBRAE/SP, Brasil.

2008 - 2008

Curso de Perícia Criminal (Toxicologia Forense). (Carga horária: 8h). , Integra Cursos e Eventos, INC, Brasil.

2008 - 2008

Marcadores Moleculares nas Ciências Forenses: mode. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

2006 - 2006

Vacinas Gênicas. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2006 - 2006

Biotecnologia e Neurociência. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Processos Biotecnológicos.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Bioengenharia.

Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Biomédica / Subárea: Engenharia Médica/Especialidade: Biomateriais e Materiais Biocompatíveis.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Desafio Unicamp 2016 de inovação tecnológica. 2016. (Olimpíada).

Congresso Brasileiro de Engenharia Química. Análise Comparativa das Propriedades de Membranas de Quitosana e Alginato Densas e Porosas Preparadas na Presença ou Ausência do Polímero Sintético Silpuran 2130 A/B. 2014. (Congresso).

Simpósio Nacional de Bioprocessos (SINAFERM) e o Simpósio de Hidrólise Enzimática de Biomassas (SHEB).DESENVOLVIMENTO DE CURATIVOS DE QUITOSANA E ALGINATO CONTENDO SILPURAN 2130 A/B E ALPHASAN RC2000. 2013. (Simpósio).

Congresso Latino Americano de Órgãos Artificiais e Biomateriais. Avaliação do efeito do pH e da temperatura de secagem nas características de curativos de quitosana e alginato contendo fosfato hidrogenado de zircônio, sódio e prata. 2012. (Congresso).

Simposio de Estudiantes del 2° Curso Internacional de la Red Iberoamericana de Nuevos Materiales para el Diseo de Sistemas Avanzados de Liberación de Fármacos en Enfermedades de Alto Impacto Socioeconómico (RIMADEL).Formulação de curativos flexíveis de quitosana e alginato contendo um agente anti-microbiano à base de prata. 2012. (Simpósio).

X ENCONTRO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA E BIOCIÊNCIAS.Caracterização físico-química e biológica de membranas de xantana e quitosana destinadas ao uso como suporte de adesão e proliferação celular. 2010. (Encontro).

XXI CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Padronização da elaboração de membranas coacervadas de xantana e quitosana para uso em curativos de lesões de pele. 2009. (Congresso).

1° ENCONTRO PARANAENSE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS. 2008. (Encontro).

ENCONTRO DE EMPREENDEDORISMO EM BIOTECNOLOGIA. 2008. (Encontro).

I FÓRUM DE BIOTECNOLOGIA DO VALE DO PARANAPANEMA - Novos rumos para o desenvolvimento. 2006. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Lorena Andrade dos Santos

ROMERO, O. J.; RIBEIRO, D. C.; FERONI, R. C.;PIRES, A. L. R.. TRANSPORTE DE ÓLEOS PESADOS MEDIANTE AQUECIMENTO POR VAPOR: UMA ABORDAGEM ANALÍTICA E NUMÉRICA. 2018. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Carolina Lima Gomes

NASCIMENTO, A.;PIRES, A. L. R.. Um estudo do impacto de parâmetros hidráulicos na taxa de penetração: um estudo de caso em poços do pré-sal. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Petróleo) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Aluno: Luisa Garcia E

NASCIMENTO, A.;PIRES, A. L. R.. Ribeiro.Avaliação do impacto econômico na otimização da perfuração no pré-sal. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Petróleo) - Universidade Federal do Espírito Santo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Márcia Zilioli Bellini

BELLINI, M. Z.; LIMA, V. M. G.; HERCULANO, R.D.. Análise físico-química e biológica de membranas de xantana e quitosana vizando o uso curativo em lesões de pele. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Biotecnológica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Mario Roberto Marostica Junior

Maróstica Jr., Mário Roberto. DEsenvolvimento de curativos flaxíveis e neutralizados de quitosana e alginato contendo Alphasan RC 2000. 2013.

RODRIGO ALVARENGA REZENDE

MORAES, A. M.; SILVA, M. A.;REZENDE, R. A.; FOGLIO, M. A.; KOH, I. H. J.. Desenvolvimento de Dispositivos Flexíveis Densos e Porosos para a Liberação Controlada, em Lesões de Pele, de Compostoss Bioativos Extraídos de Plantas. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas.

Andreas Karoly Gombert

Gombert, Andreas Karoly. Incorporação de beta-caroteno e timol em dispositivos flexíveis de quitosana e alginato visando ao tratamento de lesões dérmicas. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas.

Valeria Marta Gomes do Nascimento

BELINI, M. Z.;LIMA, V. M. G.; OLIVA NETO, P.. Análises físico-químicas e biológicas de membrana de xantana e quitosana visando o uso como curativo em lesoes de pele. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Biotecnológica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Mariana Altenhofen da Silva

SILVA, M. A.; MORAES, A. M.; FOGLIO, M. A.; REZENDE, R. A.; KOH, I. H. J.. DESENVOLVIMENTO DE DISPOSITIVOS FLEXÍVEIS DENSOS E POROSOS PARA LIBERAÇÃO CONTROLADA, EM LESÕES DE PELE, DE COMPOSTOS BIOATIVOS EXTRAÍDOS DE PLANTAS. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas.

Angela Maria Moraes

MORAES, A. M.SUAZO, C. A. T.; KIECKBUSCH, T, G.. Desenvolvimento de curativos flexíveis e neutralizados de quitosana e alginato contendo Alphasan RC2000. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Engenharia Quimica - Unicamp) - Universidade Estadual de Campinas.

Angela Maria Moraes

MORAES, A. M.; Foglio, M. A.; Silva, M. A.; REZENDE, R. A.; Koh, I.H.J.. Desenvolvimento de dispositivos flexíveis densos e porosos visando a liberação controlada de compostos bioativos extraídos de plantas para potencial aplicação em lesões de pele. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas.

Angela Maria Moraes

MORAES, A. M.. Desenvolvimento de Dispositivos Flexíveis Densos e Porosos para Liberação Controlada de Diferentes Moléculas Bioativas em Lesões de Pele. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas.

João Ernesto de Carvalho

Carvalho, João E.. Incorporação de Beta-Caroteno e Timol em Dispositivos Flexíveis de Quitosana e Alginato visando ao Tratamento de Lesões Dérmicas. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Curso de Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas.

Mary Ann Foglio

FOGLIO, MA.. Desenvolvimento de dispositivos flexíveis densos e porosos para a liberação controlada, em lesões de pele, de compostos bioativos extraídos de plantas. 2017. Tese (Doutorado em engenharia Quimica) - Faculdade de Engenharia Química - UNICAMP.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Márcia Zilioli Bellini

Análises físico-químicas e biológicas de membranas de xantana e quitosana visando o uso como curativo em lesões de pele; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Biotecnológica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Marcia Zilioli Bellini;

Breno Valentim Nogueira

Início: 2018; Universidade Federal do Espírito Santo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo;

Angela Maria Moraes

Desenvolvimento de curativos flexíveis e neutralizados de quitosana e alginato contendo Alphasan RC2000; 2013; Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Angela Maria Moraes;

Angela Maria Moraes

Desenvolvimento de dispositivos flexíveis densos e porosos visando a liberação controlada de compostos bioativos extraídos de plantas para potencial aplicação em lesões de pele; 2017; Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Angela Maria Moraes;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BREDER, J.S.C. ; PIRES, A.L.R. ; AZEVEDO, F.F. ; APOLINÁRIO, P.P. ; CANTARUTI, T. ; JIWANI, S.I. ; MORAES, Â.M. ; CONSONNI, S.R. ; ARAÚJO, E.P. ; ADAMS, G.G. ; SAAD, M.J.A. ; LIMA, M.H.M. . Enhancement of cellular activity in hyperglycemic mice dermal wounds dressed with chitosan-alginate membranes. Brazilian Journal of Medical and Biological Research (on line) , v. 53, p. e8621-e8631, 2020.

  • PIRES, A.L.R. ; WESTIN, C.B. ; HERNANDEZ-MONTELONGO, J. ; SOUSA, I.M.O. ; FOGLIO, M.A. ; MORAES, A.M. . Flexible, dense and porous chitosan and alginate membranes containing the standardized extract of Arrabidaea chica Verlot for the treatment of skin lesions. Materials Science & Engineering C-Materials for Biological Applications , v. 112, p. 110869, 2020.

  • MUOZ, ANA LUISA ; MERCHÁN, WILLIAM HERNANDO ; RESENDE PIRES, ANA LUIZA ; MORAES, ÂNGELA MARIA ; GÓMEZ, LINA ANDREA . Biostimulation of venous chronic ulcers with platelet-rich plasma gel and biocompatible membranes of chitosan and alginate: A pilot study. Wound Medicine , v. 26, p. 100161, 2019.

  • PIRES, ANA LUIZA R. ; DE AZEVEDO MOTTA, LIANA ; DIAS, ANA M.A. ; DE SOUSA, HERMÍNIO C. ; MORAES, ÂNGELA M. ; BRAGA, MARA E.M. . Towards wound dressings with improved properties: Effects of poly(dimethylsiloxane) on chitosan-alginate films loaded with thymol and beta-carotene. Materials Science & Engineering C-Materials for Biological Applications , v. 93, p. 595-605, 2018.

  • LOPES, SELMA APARECIDA ; VEIGA, ITIARA GONÇALVES ; BIERHALZ, ANDRÉA CRISTIANE KRAUSE ; PIRES, ANA LUIZA RESENDE ; MORAES, ÂNGELA MARIA . Physicochemical properties and release behavior of indomethacin-loaded polysaccharide membranes. International Journal of Polymeric Materials and Polymeric Biomaterials , v. 67, p. 1-9, 2018.

  • COLPAS, PAULA TAVARES ; ALVES, PAULO CESAR MARTINS ; OLIVEIRA, CAROLINA CALIÁRI ; PIRES, ANA LUIZA RESENDE ; MORAES, ANGELA MARIA ; PUZZI, MARIA BEATRIZ . Combining cell therapy with biopolymer films improves wound healing in a juvenile dermatomyositis patient. SURGICAL & COSMETIC DERMATOLOGY , v. 10, p. 28-35, 2018.

  • BIERHALZ, ANDRÉA CRISTIANE KRAUSE ; LOPES, SELMA APARECIDA ; PIRES, ANA LUIZA RESENDE ; MORAES, ÂNGELA MARIA . Development of Polysaccharide-Based Membranes Incorporating the Bioactive Compound Aloin. International Journal of Polymeric Materials and Polymeric Biomaterials , v. 66, p. 193-202, 2016.

  • PIRES, ANA LUIZA R. ; BIERHALZ, ANDRÉA C. K. ; MORAES, ÂNGELA M. . BIOMATERIALS: TYPES, APPLICATIONS, AND MARKET. QUIMICA NOVA , v. 38, p. 957-971, 2015.

  • PIRES, ANA LUIZA RESENDE ; MORAES, ÂNGELA MARIA . Improvement of the mechanical properties of chitosan-alginate wound dressings containing silver through the addition of a biocompatible silicone rubber. JOURNAL OF APPLIED POLYMER SCIENCE , v. 132, p. n/a-n/a, 2015.

  • BELLINI, M.Z. ; PIRES, A. L. R. ; VASCONCELOS, M. O. ; MORAES, A. M. . COMPARISON OF THE PROPERTIES OF COMPACT AND POROUS LAMELLAR CHITOSAN-XANTHAN MEMBRANES AS DRESSINGS AND SCAFFOLDS FOR THE TREATMENT OF SKIN LESIONS.. Journal of Applied Polymer Science (Print) , v. 125, p. E421-E431, 2012.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Descelularização e recelularização de válvula cardíaca porcina visando ao xenotransplante, Descrição: Órgãos artificiais advindos de animais de outra espécie para transplante em humanos (xenotransplante) vêm sendo altamente estudados devido à escassez de doadores. O uso de tecidos suínos para este fim é estabelecido como promissor, uma vez que estes apresentam tamanhos semelhantes aos dos humanos. O mercado de válvulas cardíacas suínas descelularizadas cresce consideravelmente e merece destaque no que tange às novas tecnologias que impulsionam sua viabilidade, contudo, estas podem ser degeneradas e calcificadas no corpo humano, contribuindo para uma rejeição valvar. A fim de sanar tais gargalos, o presente projeto tem como proposta a descelularização de coração suíno e a recelularização com células humanas utilizando fator de crescimento celular. Espera-se obter um biomaterial para xenotransplantes com alta taxa de regeneração e integração tecidual que possa minimizar problemas de rejeição.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . , Integrantes: Ana Luiza Resende Pires - Coordenador / Breno Valentim Nogueira - Integrante / Raquel Ahnert Aguiar - Integrante / Tadeu Ériton Caliman Zanardo - Integrante / Gabriel Henrique Taufner - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Exploração de estratégias de melhoria na cinética de liberação de AlphaSan RC2000 incorporado em membranas de quitosana e alginato, Descrição: Este projeto relaciona-se à patente de invenção submetida ao INPI através da Inova/Unicamp com protocolo de 19/10/2010 e número de processo PI1004841-3, que enfoca o desenvolvimento de um curativo à base dos polissacarídeos quitosana e alginato contendo prata como agente microbicida, na forma do composto AlphaSan RC2000. Este projeto tem por meta, investigar a factibilidade de incorporação do composto a base de prata em matrizes densas e porosas neutralizadas, rígidas ou flexíveis, e comparar suas propriedades quanto à cinética de liberação do composto visando atingir uma formulação mais atrativa, visto que muito da prata incorporada nos materiais anteriormente desenvolvidos não é efetivamente liberada mesmo após dias de contato com soluções que simulam fluidos corpóreos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Ana Luiza Resende Pires - Integrante / Ângela Maria Moraes - Coordenador / Amanda Piton de Araújo - Integrante.

  • 2014 - 2015

    Influência da adição de diferentes concentrações de Silpuran 2130 A/B nas características de membranas de quitosana e alginato, Descrição: Materiais de origem biológica são muito utilizados em aplicações médicas, podendo interagir com o organismo do paciente. Biopolímeros como a quitosana e o alginato podem ser empregados na confecção de curativos. No entanto, biomateriais com eles produzidos apresentam baixa flexibilidade e resistência mecânica, dificultando sua aplicação e armazenamento. Uma alternativa para tal limitação é a mistura dos polissacarídeos a polímeros provenientes de síntese química, que pode resultar em aumento da tensão na ruptura dos biomateriais. Assim, propôs-se neste trabalho a análise da influência de diferentes concentrações do composto siliconado Silpuran 2130 A/B nas características de membranas de quitosana e alginato.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Ana Luiza Resende Pires - Integrante / Ângela Maria Moraes - Coordenador / Liana de Azevedo Motta - Integrante.

  • 2012 - 2017

    Desenvolvimento de membranas flexíveis, densas/porosas de quitosana e alginato contendo compostos naturais para o tratamento de lesões dérmicas, Descrição: Visando ampliar o espectro de aplicação de membranas de quitosana e alginato como curativos e suportes para o crescimento celular ("scaffolds"), neste trabalho foram incorporados nas membranas distintos compostos naturais empregando-se metodologias baseadas em sua adição direta à mistura polimérica, na imersão dos dispositivos prontos em um solvente contendo os agentes bioativos e por impregnação nos filmes mediada por fluidos supercríticos. Pretendeu-se ainda modelar uma equação matemática que representasse a liberação dos compostos em membranas flexíveis, densas e porosas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Ana Luiza Resende Pires - Integrante / Ângela Maria Moraes - Coordenador / Mara Elga Braga - Integrante / Ana Dias - Integrante / Hermínio Sousa - Integrante.

  • 2011 - 2013

    Desenvolvimento de membranas flexíveis e neutralizadas de quitosana-alginato contendo AlphaSan RC2000, Descrição: Polímeros biodegradáveis estão sendo amplamente aplicados na constituição de curativos para o tratamento de lesões de pele de diferentes origens, estando a quitosana e o alginato dentre os mais estudados. A associação de alginato e quitosana em curativos pode atuar de maneira positiva na absorção de fluidos das lesões, além de propiciar a incorporação de fármacos. Entretanto, a flexibilidade do dispositivo é baixa e o processo de obtenção é lento em função de etapas como a correção do pH para a neutralidade, secagem e reticulação. Neste trabalho teve-se por objetivo melhorar as propriedades mecânicas de membranas de quitosana e alginato pela incorporação de um gel de silicone comercial (Silpuran 2130 A/B), avaliar os efeitos da correção do pH em etapa única, da temperatura de secagem e também da eliminação das etapas de reticulação nas características de membranas de quitosana e alginato na presença e ausência de AlphaSanRC2000, um agente microbicida à base de prata.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Ana Luiza Resende Pires - Integrante / Ângela Maria Moraes - Coordenador.

  • 2008 - 2010

    Análises das propriedades de membranas densas e porosas de quitosana-xantana como curativos e "scaffolds" para o tratamento de lesões de pele, Descrição: Diferentes tipos de materiais poliméricos, naturais ou sintéticos, têm sido utilizados na produção de curativos e de scaffolds, que são moldes estruturais para o crescimento celular direto. Propriedades como biocompatibilidade do material, resistência mecânica, absorção de fluidos, bem como tamanho e formato de poros são de grande relevância na seleção da matéria-prima. Materiais poliméricos são atualmente empregados na medicina clínica, sendo que os biopolímeros, como o polissacarídeo quitosana têm desenvolvido especial interesse na composição de biomateriais para a regeneração tecidual. Na presença de goma xantana, a quitosana forma um complexo insolúvel em água que pode ser preparado em forma de membrana. Nesse contexto, o presente trabalho teve como objetivo a obtenção de membranas pela complexação de quitosana e xantana na presença ou não dos tensoativos Pluronic F68 e Tween 80 e a análise de seu potencial uso como curativos e "scaffolds" para engenharia de tecidos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Ana Luiza Resende Pires - Integrante / Márcia Zilioli Belini - Integrante / Ângela Maria Moraes - Coordenador / Mariana Oliveira Vasconcelos - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2017 - 2017

Universidade Federal do Espírito Santo

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 40

Atividades

  • 08/2017 - 12/2017

    Ensino, Engenharia Química, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fenômenos de Transporte I, Planejamento de Experimentos, Tópicos Especiais em Operações Unitárias I

2012 - 2017

Universidade Estadual de Campinas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Doutorado realizado no Departamento de Engenharia de Materiais e Bioprocessos da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) com trabalho visando o desenvolvimento de membranas flexíveis e densas/porosas de quitosana e alginato contendo distintos tipos de compostos naturais. Os dispositivos desenvolvidos já estão sendo aplicados em pacientes com vários tipos de lesões, sendo as aplicações realizadas por médicos e pesquisadores da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp e com aprovação do comitê de ética local. Os resultados obtidos estão se mostrando bastante promissores e melhorando a expectativa de vida dos pacientes.

2014 - 2014

Universidade Estadual de Campinas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária Docente, Carga horária: 4

Outras informações:
Estágio docente (PED C) na disciplina de Bioengenharia II da graduação de Engenharia Química da Universidade Estadual de Campinas. Neste período auxiliei no planejamento e preparação dos materiais para as aulas, na elaboração e correção dos exercícios de fixação de aprendizagem, no gerenciamento de ambientes de suporte ao ensino, na elaboração e correção de provas e no atendimento extra-classe ("plantão de dúvidas"). Ainda, pude ministrar quatro aulas (total de 8 horas) que abordaram os seguintes temas: Engenharia Metabólica; Enzimas e células imobilizadas: conceitos, tecnologia e biorreatores; Modelagem de biorreatores operando em batelada, batelada alimentada e em contínuo; Esterilização e Fermentação em meio sólido: conceitos, aspectos cinéticos de transferência de massa. Supervisão: Pra. Dra. Ângela Maria Moraes

2011 - 2013

Universidade Estadual de Campinas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Neste período trabalhei no desenvolvimento de curativos flexíveis e neutralizados de quitosana e alginato contendo AlphaSan RC2000. A associação entre os polissacarídeos quitosana e alginato em curativos pode atuar de maneira positiva na absorção de fluidos das lesões, além de propiciar a incorporação de fármacos. Entretanto, a flexibilidade do dispositivo é baixa e o processo de obtenção é lento em função de etapas como a correção do pH para a neutralidade. Neste trabalho diminuiu-se o tempo de processamento do material, através da neutralização em etapa única, e melhorou as propriedades mecânicas das membranas polissacarídicas através da incorporação do agente siliconado Silpuran 2130 A/B. Além do mais, incorporou-se o agente antimicrobiano à base de prata, AlphaSan RC2000. A prata é o componente ativo e é eficaz contra um largo espectro de microrganismos, e sua utilização reduz o risco de infecção, sendo possível sua incorporação em membranas de quitosana e alginato com liberação controlada no tecido lesado.

2011 - 2011

Universidade Estadual de Campinas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária Docente, Carga horária: 4

Outras informações:
Estágio docente (PED C) na disciplina de Bioengenharia II da graduação de Engenharia Química da Universidade Estadual de Campinas. Neste período auxiliei no planejamento e preparação dos materiais para as aulas, na elaboração e correção dos exercícios de fixação de aprendizagem, no gerenciamento de ambientes de suporte ao ensino, na elaboração e correção de provas e no atendimento extra-classe ("plantão de dúvidas"). Ainda, pude ministrar duas aulas (total de 4 horas) sobre Modelagem de biorreatores operando em batelada, batelada alimentada e em contínuo. Supervisão: Pra. Dra. Ângela Maria Moraes

2013 - 2014

Universidade de Coimbra

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorado Sanduíche, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
O doutorado sanduíche no Departamento de Engenharia Química da Universidade de Coimbra durou 8 meses e, neste tempo, o foco foi o estudo sobre impregnação de fármacos mediado por CO2 supercrítico em membranas flexíveis de quitosana e alginato. Neste período pude também compreender melhor o procedimento de caracterização através de espectroscopia (FTIR-ATR e KBr) e de quantificação de compostos através de espectrofotômetro. Análises de ângulo de contato, sorção e transmissão de vapor d'água, hemocompatibilidade e trombogenicidade foram também realizados. Este projeto contou com a supervisão direta da Dra. Mara Elza Braga.

2008 - 2010

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Estágiária, Carga horária: 25

Outras informações:
Produção e caracterização de membranas densas e porosas de quitosana e xantana visando o uso como curativos e suportes para a Engenharia de Tecidos. As membranas apresentaram boa absorção e estabilidade quando expostas a diferentes fluidos e adequada propriedade mecânica. Testes de citotoxicidade "in vitro" foram realizados e os resultados foram satisfatórios, tendo-se em vista que os curativos mostraram ser de baixa toxicidade para as células da pele.