Mariana Nastari Siqueira

Mariana Nastari Siqueira é Bacharel e possui licenciatura plena em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É mestra pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Informações coletadas do Lattes em 22/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em História

2009 - 2011

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Título: Entre o signo da mudança e a força da tradição: o conflito entre a Irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano e a Câmara, Rio de Janeiro, c. 1764-c. 1821,Ano de Obtenção: 2011
Margareth de Almeida Gonçalves.Palavras-chave: irmandade de ofício; conflito; continuidade e descontinuidade.Grande área: Ciências Humanas

Graduação em história

2002 - 2008

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Irmandades em Perspectiva: uma discussão historiográfica sobre as irmandades leigas do período colonial brasileiro
Orientador: Flávio dos Santos Gomes

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2010 - 2010

O Rio de Janeiro e o Brasil em torno de 1850. (Carga horária: 20h). , Fundação Casa de Rui Barbosa, FCRB, Brasil.

2009 - 2009

Oficina de Paleografia I. (Carga horária: 18h). , Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, UFRRJ, Brasil.

2009 - 2009

Seminário Caridade e Império (séculos XVI-XVIII). (Carga horária: 12h). , Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende PoucoLê Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil/Especialidade: História do Brasil Colônia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

X Semana de História Política/VII Seminário Nacional de História: política, cultura e sociedade..Apontamentos a partir de um estudo de caso: os confrades sapateiros do Rio de Janeiro na virada do século XVIII para o XIX.. 2015. (Seminário).

Encontro Regional de História da Anpuh-Rio: Saberes e práticas científicas.À beira do precipício: confrades sapateiros num mundo em transformação, Rio de Janeiro, c. 1764-c. 1821.. 2014. (Encontro).

IV Encontro Internacional de História Colonial.Escravidão e Antigo Regime em tempo de mudanças: o conflito entre a Irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano e a Câmara, Rio de Janeiro, segunda metade do século XVIII e início do XIX. 2012. (Encontro).

XXVI Simpósio Nacional de História.Escravidão e Antigo Regime em tempos de mudanças: o conflito entre a Irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano e a Câmara, Rio de Janeiro, segunda metade do século XVIII e início do XIX. 2011. (Simpósio).

IV Semana Acadêmica de História da UFRRJ.Entre a tradição e a modernidade: o conflito entre a Irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano e a Câmara, Rio de Janeiro, segunda metade do século XVIII e início do XIX. 2011. (Outra).

II Congresso Internacional do Núcleo de Estudos das Américas; Sistemas de Poder, Pluriculturalidade, Integração. Em torno do conflito: a Irmandade de São Crispim e São Crispiniano e o Senado da Câmara, Rio de Janeiro, final do século XVIII e início do XIX. 2010. (Congresso).

X Congresso Internacional BRASA (Brasilian Studies Association). ?Continuidade e descontinuidade: a irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano do Rio de Janeiro, segunda metade do século XVIII e início do XIX?. 2010. (Congresso).

3º Encontro Internacional de História Colonial; Cultura, Poderes e Sociabilidades no Mundo Atlântico (séc. XV-XVIII).Em torno do conflito: a Irmandade de São Crispim e São Crispiniano e o Senado da Câmara, Rio de Janeiro, final do século XVIII e início do século XIX. 2010. (Encontro).

O Rio de Janeiro e o Brasil em torno de 1850, ministrado pelo Professor Doutor Luiz Felipe de Alencastro. 2010. (Outra).

IV Congresso Internacional de História. Trabalho e devoção: o ofício de sapateiro e a Irmandade de São Crispim e São Crispiniano do Rio de Janeiro (fins do século XVIII e início do XIX). 2009. (Congresso).

IV Congresso Internacional de História. 2009. (Congresso).

Caridade e Império (séculos XVI-XVIII)), ministrado pela Professora Doutora Isabel dos Guimarães Sá (Professora associada com agregação do Departamento de Hstória da Universidade Federal do Minho). 2009. (Seminário).

II Seminário Internacional do CEO/PRONEX; "Dimensões da cidadania no século XIX". 2009. (Seminário).

XXV Simpósio Nacional de História; História e Ética.Do Reino aos Trópicos: apontamentos sobre a Irmandade de São Crispim e São Crispiniano em Portugal e no Rio de Janeiro. 2009. (Simpósio).

XXV Simpósio Nacional de História; História e Ética. 2009. (Simpósio).

XIII Encontro de História Anpuh-Rio-Identidades. 2008. (Encontro).

XIII Encontro de História Anpuh-Rio-Identidades.Mini-curso "Entre fontes e experiências: apontamentos sobre o trabalho com história e cultura negras no Brasil. 2008. (Encontro).

"Rio no Real: ler a cidade com os olhos da cultura"; Real Gabinete Português de Leitura.Curso de extensão. 2006. (Outra).

"Presença de Portugal no Rio de Janeiro", Real Gabinete Português de Leitura.Curso de extensão. 2005. (Outra).

XIV Ciclo de debates em História Antiga: "Monumento, visão e memória", UFRJ. 2004. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Mônica de Souza Nunes Martins

SANTOS, B. C. C.; NEVES, L. M. B. P.;MARTINS, Mônica de Souza Nunes. Os artífices, as irmandades de ofícios e o poder no Rio de Janeiro na passagem do século XVIII ao XIX. 2020. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Margareth de Almeida Gonçalves

SANTOS, B.C.C.;GONÇALVES, M. A.; VIANA, L.; GANDELMAM, L.. Entre o signo da mudança e a força da tradição: o conflito entre a irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano dos sapateiros e a Câmara. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em História - PPHR) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Luciana Mendes Gandelman

CATÃO, Beatriz; VIANNA, L.;GANDELMAN, L. M., Luciana Gandelman; GONCALVES, M. A.. Entre o signo da mudança e a força da tradição: o conflito entre a Irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano dos sapateiros e a Câmara do Rio de Janeiro, c. 1764-1821. 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Luciana Mendes Gandelman

CATÃO, Beatriz;GANDELMAN, L. M., Luciana Gandelman; GONÇALVES, Margareth de Almeida; VIANNA, L.. Entre o signo da mudança e a força da tradição: o conflito entre a Irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano dos sapateiros e a câmara, Rio de Janeiro, c. 1764 - c- 1821. 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Luciana Mendes Gandelman

BOSCHI, C.; CATÃO, Beatriz;GANDELMAN, L. M., Luciana Gandelman. O ofício de sapateiro e a irmandade de S Crispim e S Crispiniano do Rio de Janeiro, fim do século XVIII e início do XIX.. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Beatriz Catão Cruz Santos

GONCALVES, M. A.;SANTOS, Beatriz Catão Cruz; GANDELMAN, Luciana Mendes; VIANA, Larissa. Entre o signo da mudança e a força da tradição: o conflito entre a irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano dos sapateiros e a Câmara, Rio de Janeiro, c. 1764-c. 1821.. 2011. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em História) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Beatriz Catão Cruz Santos

SANTOS, Beatriz Catão Cruz; NEVES, L. M. B. P.; MARTINS, M. S. N.. Os artífices, as irmandades de ofícios e o poder no Rio de Janeiro na passagem do século XVIII ao XIX. 2020. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Larissa Moreira Viana

GANDELMAN, L. M.;VIANA, L. M.; Beatriz Catão Cruz; Margareth de Almeida Gonçalves. Entre o signo da mudança e a força da tradição: o conflito entre a Irmamdade de São Crispim e São Crispiniano dos sapateiros e a Câmara do Rio de Janeiro, 1764-1821. 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Margareth de Almeida Gonçalves

Entre o signo da mudança e a força da tradição: o conflito entre a Irmandade de S; Crispim e S; Crispiniano dos sapateiros e a Câmara, Rio de Janeiro, c; 1764-c; 1821; 2011; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em História - PPHR) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro,; Orientador: Margareth de Almeida Gonçalves;

Beatriz Catão Cruz Santos

Entre o signo da mudança e a força da tradição: o conflito entre a Irmandade de S; Crispim e S; Crispiniano dos sapateiros e a câmara, Rio de Janeiro, c; 1764-c; 1821; Início: 2016; Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Beatriz Catão Cruz Santos

Entre o signo da mudança e a força da tradição: o conflito entre a irmandade de S; Crispim e S; Crispiniano dos sapateiros e a Câmara, Rio de Janeiro, c; 1764-c; 1821; ; 2009; Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em História) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro,; Coorientador: Beatriz Catão Cruz Santos;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . 'Aqueles que querem viver segundo o seu compromisso': permanência e transformação em meio ao conflito entre os sapateiros e a Câmara, Rio de Janeiro, c. 1764-c. 1821.. Revista do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro , v. 7, p. 45-61, 2013.

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Do reino aos trópicos: apontamentos sobre a Irmandade de São Crispim e São Crispiniano em Portugal e no Rio de Janeiro. In: XXV Simpósio Nacional de História: História e Ética, 2009, Fortaleza. História e Ética: Simpósios Temáticos e Resumos do XXV Simpósio Nacional de História. Fortaleza Editora: Editora, 2009. v. I. p. 36-505.

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Trabalho e devoção: o ofício de sapateiro e a Irmandade de São Crispim e São Crispiniano do Rio de Janeiro (fins do século XVIII e início do XIX). In: IV Congresso Internacional de História, 2009, Maringá. V CONGRESSO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA. Maringá: clichetec, 2009. v. I. p. 10-323.

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Apontamentos a partir de um estudo de caso: os confrades sapateiros do Rio de Janeiro na virada do século XVIII para o XIX.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . À beira do precipício: confrades sapateiros num mundo em transformação, Rio de Janeiro, c. 1764-c. 1821. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Escravidão e Antigo Regime em tempo de mudanças: o conflito entre a Irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano e a Câmara, Rio de Janeiro, segunda metade do século XVIII e início do XIX. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Entre a tradição e a modernidade: o conflito entre a Irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano e a Câmara, Rio de Janeiro, segunda metade do século XVIII e início do XIX. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Escravidão e Antigo Regime em tempos de mudanças: o conflito entre a Irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano e a Câmara, Rio de Janeiro, segunda metade do século XVIII e início do XIX. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Em torno do Conflito: a Irmandade de São Crispim e São Crispiniano e o Senado da Câmara, Rio de Janeiro, final do século XVIII e início do século XIX. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Continuidade e descontinuidade: a irmandade de S. Crispim e S. Crispiniano do Rio de Janeiro, segunda metade do século XVIII e início do XIX. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Em torno do Conflito: a Irmandade de São Crispim e São Crispiniano e o Senado da Câmara, Rio de Janeiro, final do século XVIII e início do XIX. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Trabalho e devoção: o ofício de sapateiro e a irmandade de São Crispim e São Crispiniano do Rio de Janeiro em fins do século XVIII e início do XIX. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SIQUEIRA, Mariana Nastari . Do reino aos trópicos: apontamentos sobre a Irmandade de São Crispim e São Crispiniano em Portugal e no Rio de Janeiro. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2007 - Atual

    Irmandades, Capelas e Rituais no Rio de Janeiro do século XVIII, Descrição: O projeto de pesquisa tem por objetivo contribuir para a discussão sobre a relação entre santos e devotos na sociedade colonial, no Rio de Janeiro do século XVIII, considerando as abordagens que apontam para o caráter específico desta relação e que se afastam do modelo corrente de relação mercantil , ou seja, em que a graça e a retribuição sejam mercadorias . Com isso, estabelece um diálogo entre a produção historiográfica sobre as religiosidades nas sociedades do Antigo Regime e a literatura sociológica e antropológica sobre santos, santidade, ritual etc. Dessa forma, propõe-se a análise de algumas práticas religiosas, culturais e políticas, que têm como referência a Igreja Católica e a Monarquia portuguesa, mas que ganham autonomia ou cor local na sociedade colonial escravista. Entre estas, dar-se-á prioridade: 1) às irmandades de ofícios, ou seja, aquelas em que o domínio de um ofício constitui critério de ingresso, 2) a determinadas cerimônias e rituais (procissões, vilancicos) realizados na cidade, num longo século XVIII (1700-1808), 3) e, por contraste, às capelas, que funcionavam como lócus simultâneo de colonização e agregação de homens e mulheres nas regiões qualificadas como sertão ... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Mariana Nastari Siqueira - Integrante / Beatriz catão cruz santos - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2012

Menção Honrosa no Concurso de Monografias do Arquivo da Cidade/Prêmio Prof. Afonso Carlos Marques dos Santos., Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2007 - Atual

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: colaborador

2006 - 2006

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: livre, Enquadramento Funcional: monitoria (História do Brasil I), Carga horária: 4