Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho

Possui graduação em Medicina Veterinária, Especialização em Clínica Médica de Pequenos Animais, Mestrado em Agroecossistemas e Doutorado em Ciência Veterinária. Atualmente é Professora Adjunta da Universidade Federal do Piauí (UFPI-CPCE), responsável pelas disciplinas Higiene Veterinária e Saúde Pública; Zoonoses e Tecnologia e Inspeção da Carne e Derivados.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciência Veterinária

2013 - 2017

Universidade Federal Rural de Pernambuco
Título: Caracterização Epidemiológica da Cisticercose Suína na Região do Alto Sertão do Estado de Sergipe
Maria Aparecida da Glória Faustino. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Agroecossistemas

2007 - 2009

Universidade Federal de Sergipe
Título: Caracterização da Atividade Suinícola Desenvolvida pelos Produtores Familiares de Queijo em Nossa Senhora da Glória, Semi-árido Sergipano,Ano de Obtenção: 2009
Cristiane Otto de Sá.

Especialização em Clínica Médica de Pequenos Animais

2006 - 2008

Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Título: Leishmaniose Visceral Canina: Revisão de Literatura
Orientador: Jeanne Souza e Silva

Graduação em Medicina Veterinária

2000 - 2004

Faculdade Pio Décimo
Título: Impactação Intestinal em Equinos (Levantamento de casos no Hospital Veterinário Dr. Vicente Borelli)
Orientador: Hildebrando Vieira Filho

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Metodologias ativas de aprendizagem. , Universidade Federal do Vale do São Francisco, UNIVASF, Brasil.

2017 - 2017

Vigilância em Saúde do Trabalhador e Trabalhadora. (Carga horária: 30h). , Universidade Aberta do SUS, UNA-SUS/UFMA, Brasil.

2017 - 2017

Vigilância, Prevenção e Controle da Hanseníase. (Carga horária: 30h). , Universidade Aberta do SUS, UNA-SUS/UFMA, Brasil.

2017 - 2017

Vigilância, Prevenção, Atenção e Controle da Leishmaniose Visceral. (Carga horária: 30h). , Universidade Aberta do SUS, UNA-SUS/UFMA, Brasil.

2017 - 2017

Ações de vigilância e prevenção de Doenças Crônicas Não Transmissíveis. (Carga horária: 30h). , Universidade Aberta do SUS, UNA-SUS/UFMA, Brasil.

2017 - 2017

Introdução à Vigilância Sanitária. (Carga horária: 100h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2016 - 2016

Atuação do Médico Veterinário no Mercado Varejista (RT). (Carga horária: 4h). , Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Pernambuco, CRMV, Brasil.

2016 - 2016

Ética Profissional e Serviços em Estabelecimentos Médico-Veterinários (RT). (Carga horária: 4h). , Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Pernambuco, CRMV, Brasil.

2014 - 2014

Diagnóstico Citológico na Clínica Veterinária. (Carga horária: 9h). , Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.

2013 - 2013

Curso de Boas Práticas em Serviços de Alimentação. (Carga horária: 24h). , Fundação Estadual de Saúde, FUNESA, Brasil.

2012 - 2012

Processo Administrativo Sanitário. (Carga horária: 24h). , Fundação Estadual de Saúde, FUNESA, Brasil.

2012 - 2012

Manejo de Felinos. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Brasil.

2010 - 2010

Curso de Inspeção Sanitária na Área de Alimentos. (Carga horária: 48h). , Vigilância Sanitária do Estado de Sergipe, VISA-SE, Brasil.

2007 - 2007

Diagnóstico Rápido Participativo. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal de Sergipe, UFS, Brasil.

2004 - 2004

III Curso Atualização em Toxicologia Veterinária. (Carga horária: 16h). , Associação de Ensino e Cultura Pio Décimo, PIO X, Brasil.

2003 - 2003

Inspeção e Tecnologia de Carnes. (Carga horária: 12h). , Associação de Ensino e Cultura Pio Décimo, PIO X, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Medicina Veterinária Preventiva.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Medicina Veterinária / Subárea: Produção Animal Sustentável.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MARINHO, G. L. O. C. ; FARIAS, M. P. O. ; SCHWARZ, D. G. G. ; ARAUJO JUNIOR, F. M. ; CORREA, P. G. N. ; CASTRO, R. J. S. ; MENESES, A. P. ; NOGUEIRA, T. S. . Mesa de discussão sobre o novo Coravírus (Covid-19). 2020. (Outro).

MARINHO, G. L. O. C. ; FARIAS, M. P. O. ; SCHWARZ, D. G. G. ; CATENACCI, L. S. . I Mostra da Medicina Veterinária Preventiva: "Alternativas de controle para arboviroses". 2019. (Exposição).

MARINHO, G. L. O. C. ; FARIAS, M. P. O. ; SCHWARZ, D. G. G. . II Mostra da Medicina Veterinária Preventiva: "Alternativas de controle para mitigação dos impactos climáticos em interface com a saúde única". 2019. (Exposição).

MACHADO, Ana Karina ; MARINHO, G. L. O. C. . Projeto Saúde na Escola. 2012. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2019. Aspectos sanitários e qualidade da carne. 2019. (Feira).

IV Encontro de Práticas de Ensino Superior. 2017. (Outra).

VII Ciclo de Palestras em Equídeos. 2017. (Outra).

XII Congresso Nordestino de Produção Animal. Mesa de discussão n 8 Lutando contra a verminose. 2017. (Congresso).

XII Simpósio de Responsabilidade Técnica. 2017. (Simpósio).

Semana do Médico Veterinário. 2016. (Encontro).

Seminário de Responsabilidade Técnica Atuação do Médico Veterinário no Mercado Varejista de Alimentos. 2016. (Seminário).

Seminário de Responsabilidade Técnica Ética Profissional e Serviços em Estabelecimentos Médico-Veterinários. 2016. (Seminário).

XVI Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Federal Rural de Pernambuco. 2016. (Outra).

VIII Simpósio Integrado de Ciências da Saúde e Biológicas e VII Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2014. (Congresso).

XIV Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE. 2014. (Outra).

XIV Jornada de Ensino Pesquisa e Extensão da UFRPE. 2014. (Outra).

3 World Conference on Bioethics and Animal Rights. 2012. (Congresso).

Projeto saúde mais perto de você. 2012. (Outra).

III Fórum das Comissões Nacional e Regionais de Saúde Pública do Sistema CFMV/CRMVs. 2011. (Outra).

Fórum Regional de Vigilância Sanitária do Nordeste. 2010. (Outra).

CIPA-FAFEN. 2008. (Outra).

I Simpósio Sergipano de Responsabilidade Técnica em Medicina Veterinária e Zootecnia. 2006. (Simpósio).

II Sincorte. 2003. (Simpósio).

I Simpósio Internacional sobre o Agronegócio da Caprinocultura Leiteira. 2003. (Simpósio).

Seminário Nordestino da Pecuária de Corte. 2003. (Seminário).

Seminário Nordestino da Pecuária de Leite. 2003. (Seminário).

I Congresso Estadual da ANCLIVEPA/RS. 2002. (Congresso).

IV Congresso de Medicina Veterinária do CONESUL. 2002. (Congresso).

IV Semana do Médico Veterinário da Faculdade Pio Décimo. 2002. (Outra).

VIII Exposição de Produtos e Serviços em Medicina Veterinária (EXPOVET). 2002. (Outra).

XV Congresso Estadual de Medicina Veterinária-RS. 2002. (Congresso).

XXIX Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária (COMBRAVET). 2002. (Congresso).

Simpósio de Atualização na Agropecuária. 2001. (Simpósio).

II Semana do Médico Veterinário da Faculdade Pio Décimo. 2000. (Outra).

V Enconvet (Encontro de Médicos Veterinários e Zootecnistas do Nordeste). 2000. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Hudson Piauilino de Figueiredo Cunha

FERREIRA, G. J. B. C.; MONTEIRO, H. M. A.; FARIA, M. D.;MARINHO, G. L. O. C.. Caracterização Morfológica Macro e Microscópica do Trato Gastrointestinal de Três Espécies de Morcegos (Carollia perspiciEllata, Lophostoma silvicolum, Noctilio leporinus). 2019. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias no Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Aluno: Ranusce de Santis

FERREIRA, G. J. B. C.; MONTEIRO, H. M. A.;MARINHO, G. L. O. C.. Morfometria Intestinal e Desempenho de Frangos de Cortes Submetidos a Dietas com a Inclusão do Óleo de Buriti (Mauritia flexuosa L.). 2018. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Yasmin da Silva Cruz

CRUZ, Y. S.; FARIAS, M. P. O.; SCHWARZ, D. G. G.;MARINHO, G. L. O. C.. Descrição de Surto Agudo em Doença de Chagas no Município de Ibimirim-PE. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Dhully Lucila Coelho Sanchez

SANCHEZ, D. L. C.; FARIAS, M. P. O.; SCHWARZ, D. G. G.;MARINHO, G. L. O. C.. Relato de um felino errante positivo para Leishmania spp. no Município de Teresina-PI. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Paulo Gomes do Nascimento Corrêa

PINHEIRO, R. E. E.; CARVALHO, A. P. L. S.;MARINHO, G. L. O. C.. Avaliação da Rotulagem e Fracionamento de Produtos Cárneos Comercializados na Cidade de Bom Jesus-PI. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Silvani Dos Santos Pereira

PINHEIRO, R. E. E.; CARVALHO, A. P. L. S.;MARINHO, G. L. O. C.. Aspectos Higiênico-Sanitários De Estabelecimentos Comercializadores De Carnes No Município De Cristino Castro-PI. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Eveny Silva de Melo

PINHEIRO, R. E. E.; MOURA, S. G.;MARINHO, G. L. O. C.. Relatório de Estágio Supervisionado Obrigatório em Tecnologia e Inspeção de Mel e Derivados Realizado na Embrapa Meio Norte. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Kauê Henrique Costa Ribeiro

PINHEIRO, R. E. E.; CARNEIRO, P. T. S.;MARINHO, G. L. O. C.. Relatório de Estágio Supervisionado Obrigatório Realizado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado De São Paulo. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Isac Gabriel Cunha dos Santos

CATENACCI, L. S.; MACHADO, F. C. F.;MARINHO, G. L. O. C.. Verificação de anticorpos totais para arborvírus em equinos de importância para a saúde pública através da técnica de inibição da hemaglutinação. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Fernanda Martins Fonseca

FARIAS, M. P. O.; SOUSA, F. V.;MARINHO, G. L. O. C.. Avaliação do conhecimento de agentes de endemias sobre a leishmaniose visceral em Bom Jesus, Piauí, Brasil. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Nataly de Jesus de França Lima

FARIAS, M. P. O.; SOUSA, F. V.;MARINHO, G. L. O. C.. Estudo retrospectivo e transversal da doença de chagas no Brasil de 2007 a 2016. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Hugo de Sousa Amado

LANGUIDEY, P. H.; MENEZES, H. J. A.; MONTALVAN, Z. C. R.;MARINHO, G. L. O. C.. Uso do Creep-Feeding na Pecuária de Corte. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Associação de Ensino e Cultura Pio Décimo.

MARINHO, G. L. O. C.; CAVALCANTE FILHO, M. F.; FERRAZ, M. S.; OLIVEIRA, L. X.. Presidente de banca no concurso público de provas e títulos Edital n05/2019, área da Anatomia e Histologia Veterinária. 2019. Universidade Federal do Piauí.

MARINHO, G. L. O. C.; FARIA, M. D.; TORRES, C. B. B.; SOARES, N. P. L.. Presidente de banca no concurso público de provas e títulos Edital n09/2018, área da Morfologia Animal. 2018. Universidade Federal do Piauí.

MARINHO, G. L. O. C.; GONCALVES, L. M. F.; MONTEIRO, H. M. A.. Presidente de banca do processo seletivo para contração de professor substituito, Edital n01/2019-CPCE, área da Morfologia Animal. 2019.

MARINHO, G. L. O. C.. Coordenação de processo seletivo para contratação de professor substituto edital n02/2019 UFPI-CPCE. 2019. Universidade Federal do Piauí.

GONCALVES, L. M. F.; MONTEIRO, H. M. A.; FERREIRA, G. J. B. C.;MARINHO, G. L. O. C.. Processo Seletivo para contratação de professor substituto área da Morfologia Animal, edital n3/2019 CPCE/UFPI. 2019. Universidade Federal do Piauí.

MARINHO, G. L. O. C.. Avaliadora de trabalhos científicos na forma online e pôster no 1 Encontro Acadêmico de Ciências Sociais e Agrárias do Piauí. 2018. Universidade Federal do Piauí.

RIBEIRO, A.; GONCALVES, L. M. F.;MARINHO, G. L. O. C.. Sessão de Apresentações Orais: Área II ? Saúde e Outros. 2018. Universidade Federal do Piauí.

MARINHO, G. L. O. C.. Avaliadora de trabalhos científicos em forma de e-poster na XVII Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE. 2017. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

MARINHO, G. L. O. C.. Avaliadora de trabalhos científicos na X Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UNIVASF. 2017. Universidade Federal do Vale do São Francisco.

MARINHO, G. L. O. C.. Avaliadora de trabalhos científicos em forma de e-poster na XVI Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE. 2016. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

MARINHO, G. L. O. C.. Avaliadora de trabalhos científicos na forma online na XVI Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFRPE. 2016.

MARINHO, G. L. O. C.. Avaliadora de trabalhos científicos na forma de pôster no VIII Simpósio Integrado de Ciências da Saúde e Biológicas e VII Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2014. Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

EDENILZE TELES ROMEIRO

FAUSTINO, Maria Aparecida da GloriaROMEIRO, E. T.ROMEIRO, E. T.; OLIVEIRA, A. A. F.. Caracterização Epidemiológica da Cisticercose Suína na Região do Alto Serão do Estado de Sergipe. 2017. Tese (Doutorado em Medicina Veterinária) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

EDENILZE TELES ROMEIRO

FAUSTINO, Maria Aparecida da GloriaROMEIRO, E. T.ROMEIRO, E. T.; SANTOS FILHO, J. P.. Banca de Qualificação para Doutorado. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Irinéia Rosa do Nascimento

SÁ, Cristiane Otto; Roner,M.N.B;NASCIMENTO, I. R.. VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DA UTILIZAÇÃO DO SORO DE LEITE NA ALIMENTAÇÃO DE SUÍNOS. 2009. Dissertação (Mestrado em Agroecossistemas) - Universidade Federal de Sergipe.

Gílcia Aparecida de Carvalho Silva

FAUSTINO, M.A.G.; MAIA, C.S.;CARVALHO, G.A.; ROMEIRO, E.T.; OLIVEIRA, A.A.F.; SANTOS FILHO, J.P.; SANTANA, V.L.A.. Caracterização epidemiológica da cisticercose suína na região do Alto Sertão do Estado de Sergipe. 2017. Tese (Doutorado em Ciência Veterinária) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Carina Scanoni Maia

FAUSTINO, M. A. G.;MAIA, C. S.; SILVA, G. A. C.; ROMEIRO, E. T.; CALADO, A. M. C.; SANTOS FILHO, J. P.; SANTANA, V.L.. Caracterização epidemiológica da cisticercose suína na região do alto sertão do estado de Sergipe. 2017. Tese (Doutorado em Medicina Veterinária) - Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Thais Torres Balbino

Estágio Curricular Obrigatório II; Início: 2020; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; (Orientador);

Fernanda Sharon de S

F; Oliveira; Estágio Curricular Obrigatório II; Início: 2020; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; (Orientador);

Maythanna Aparecida Sousa Barros

Caracterização epidemiológica da peste suína clássica no estado do Piauí; Início: 2020; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; (Orientador);

Yasmin da Silva Cruz

Aspectos Epidemiológicos da Hanseníase na Região Sul do Estado do Piauí; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; (Orientador);

Franciel de Menêses Araújo Júnior

Fatores de Risco para Toxoplasmose em Gestantes na Região Sul do Estado do Piauí; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; (Orientador);

José Eduardo Marques da Silva

Resíduos de Matadouros: Impactos Ambientais e Formas de Tratamento; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão Ambiental) - Faculdade Internacional Signorelli; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Laira Ritenberg dos Santos Oliveira

Incidência da leishmaniose visceral canina no município de Aracaju/SE entre 1999 e 2011; 2013; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Clínica Médica de Pequenos Animais) - Equalis Ensino e Qualificação Superior; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Joelma Maria Moreira Brasil

Utilização do Teste Rápido Dpp Leishmaniose Visceral Canina no Controle da Leishmaniose Visceral; 2012; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Clínica Médica de Pequenos Animais) - EQUALIS; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Larissa Hortencia Santos Goes

Relação entre Mastite e Resíduos de Medicamentos Veterinários no Leite: Revisão de Literatura; 2011; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Defesa Sanitária e Higiene e Inspeção de P; O; A; ) - EQUALIS; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Thais da Silva Rodrigues

Perfil da Hanseníase no Município de Bom Jesus, Região Sul do Estado do Piauí; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Ana Patrícia de Lima Silva Carvalho

Aspectos da Leishmaniose Visceral Canina na Zona Urbana do Município de Bom Jesus-PI; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Flávio Gomes de Souza

Tecnologia NIR na Bromatologia e Quantificação das Principais Micotoxinas Presentes no Milho Utilizado em Rações para Aves no Estado de Goiás; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Franciel de Menêses Araújo Júnior

Prevalência do Mormo no Brasil (1999-2018); 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Fernanda Sharon de S

F; Oliveira; Prevalência e Causas de Condenação de Carcaças e Vísceras de Bovinos Abatidos sob Serviço de Inspeção Federal na Região Nordeste do Brasil (2009-2019); 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Flávio Gomes de Sousa

Percepção e Análise das Condições Higiênico-Sanitárias de Produtos de Origem Animal Comercializados em Feiras Livres no Vale do Gurguéia, Estado do Piauí; ; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina Veterinária) - Universidade Federal do Piauí; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Egídio dos Santos Neto

Manejo de Ovinos de Corte no Semi-Árido Sergipano; 2011; Orientação de outra natureza; (Curso Técnico em Agropecuária) - Centro Estadual de Eduacação Profissional Dom José Brandão de Castro; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Galdenia Lima

Sistema de Produção de Ovinos na Fazenda Experimental da EMBRAPA - Fazendinha, no Município de Nossa Senhora da Glória, SE; 2011; Orientação de outra natureza; (Curso Técnico em Agropecuária) - Centro Estadual de Eduacação Profissional Dom José Brandão de Castro; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Tonival Tavares de Freitas

Silagem de Gliricídia na Alimentação de Ovinos de Corte; 2011; Orientação de outra natureza; (Curso Técnico em Agropecuária) - Centro Estadual de Eduacação Profissional Dom José Brandão de Castro; Orientador: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Cristiane Otto de Sá

Caracterização da atividade suinícola desenvolvida pelos produtores familiares de queijo em Nossa Senhora da Glória, semiárido sergipano; 2009; Dissertação (Mestrado em Agroecossistemas) - Universidade Federal de Sergipe,; Orientador: Cristiane Otto de Sá;

EDENILZE TELES ROMEIRO

Caracterização epidemiológica da cisticercose suína na região do alto sertão do estado de Sergipe; 2017; Tese (Doutorado em Medicina Veterinária (Conceito CAPES 5)) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Edenilze Teles Romeiro;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVA, J. E. M. ; MARINHO, G. L. O. C. ; BARBOSA, I. C. ; MOTA, R. A. ; VIEIRA, R. F. C. ; STIPP, D.T. . Epidemiological Characterization of Porcine Toxoplasmosis in the ?Alto Sertão? Region of Sergipe, Northeastern Brazil.. ARCHIVES OF VETERINARY SCIENCE , v. 24, p. 32-40, 2019.

  • TENORIO, R. F. L. ; SILVA, G. R. ; MARINHO, G. L. O. C. ; ALVES, L. C. ; FAUSTINO, M. A. G. . Avaliação in Vitro do Efeito Larvicida do Extrato Aquoso das Folhas de Pitangeira (Eugenia uniflora L.) contra Nematóides Gastrintestinais de Caprinos. CIÊNCIA VETERINÁRIA NOS TRÓPICOS , v. 18, p. 171-174, 2015.

  • SILVA, J. E. M. ; MARINHO, G. L. O. C. ; ROMEIRO, E. T. ; FAUSTINO, M. A. G. ; MELO, M. A. . Comparação entre testes sorologicos para detecção de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em caprinos e ovinos abatidos em matadouro público da cidade de Patos-PB. CIÊNCIA VETERINÁRIA NOS TRÓPICOS , v. 18, p. 178-180, 2015.

  • SILVA, J. E. M. ; MARINHO, G. L. O. C. ; ROMEIRO, E. T. ; FAUSTINO, M. A. G. ; MELO, M. A. . Ocorrência de Anticorpos Anti-Toxoplasma Gondii em Caprinos e Ovinos Abatidos em Matadouro Público na Cidade de Patos-PB. CIÊNCIA VETERINÁRIA NOS TRÓPICOS , v. 18, p. 175-177, 2015.

  • SA, C. O. ; MARINHO, G. L. O. C. ; SA, J. L. ; RONER, M. N. B. ; NASCIMENTO, I. R. ; SA, F. P. . Sustentabilidade dos sistemas de produção dos agricultores familiares e produtores de queijo em Nossa Senhora da Glória, semiárido sergipano. Revista Brasileira de Agroecologia , v. 7, p. 26-29, 2012.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

MARINHO, G. L. O. C. . Programas de Autocontrole na Indústria de Carne. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARINHO, G. L. O. C. ; OLIVEIRA, E. T. A. C. . Hanseníase: desafios e estratégias de controle para o terceiro milênio. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARINHO, G. L. O. C. . Complexo teníase-cisticercose. 2015. ((Aula ministrada para turma de graduação)).

MARINHO, G. L. O. C. . Capacitação em Higiene e Manipulação de Produtos de Origem Animal para Merendeiras de Escolas do Município de Laranjeiras. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARINHO, G. L. O. C. . Capacitação em Higiene e Manipulação de Produtos de Origem Animal para Manipuladores em Feira-livre. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

MARINHO, G. L. O. C. . Capacitação em Higiene e Manipulação de Produtos de Origem Animal para Serviços de Alimentação do Município de Laranjeiras. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Detecção de Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis e avaliação de fatores de risco em propriedades de pequenos ruminantes no Bioma Cerrado do Piauí, Descrição: O presente trabalho busca identificar Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis (MAP) em rebanhos de ovinos e caprinos em municípios do sul do Piauí, no bioma Cerrado, além de caracterizar as condições de produção desses rebanhos que poderiam influenciar no maior risco à doença. A infecção por esse agente, resulta na paratuberculose, uma enterite granulomatosa crônica que conduz à perdas progressivas na produção de leite e carne, além de ser um fator para o descarte prematuro de animais. Embora a paratuberculose tenha sido relatada em diversos estados brasileiros, ainda não foi descrita no Piauí, posicionando o estado em desvantagem em relação às demais regiões do Brasil. Desse modo, a investigação de MAP e a caracterização dessas propriedades com foco para intercorrências infecciosas é de fundamental para o avanço e sanidade dos rebanhos locais. Serão coletados fezes de animais (ovinos e caprinos) proveniente de até dez propriedades inseridas na região Chapada das Mangabeiras (Cerrado Piauiense). No momento da visita às propriedades, será aplicado um questionário aos proprietários, abordando temas desde produção até os tipos de vacinas administras nos animais. As amostras de fezes serão processadas no laboratório de Microbiologia Veterinária da UFPI/CPCE e incubadas em tubos de meio HEYM por pelo menos 18 semanas. Por meio dessa técnica, denominada "Padrão Ouro" por ser confirmatório para MAP, será possível confirmar a positividade pela coloração específica do micro-organismo. Além disso, será possível caracterizar as propriedades de pequenos ruminantes na região estudada, contribuindo para ações de medidas importantes para a manutenção da sanidade de rebanhos nesse bioma.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho - Integrante / Márcia Paula Oliveira Farias - Integrante / David Germano Gonçalves Schwarz - Coordenador / ANGELA CAMILA ORBEM MENEGATTI - Integrante.

  • 2019 - Atual

    Fatores de Risco para Toxoplasmose em Gestantes na Região Sul do Estado do Piauí, Descrição: A toxoplasmose é uma protozoonose, causada pelo Toxoplasma gondii e apresenta complicações graves quando adquirida no período gestacional. No Brasil, a incidência de toxoplasmose congênita varia entre 4 a 10 casos para cada 10 mil nascidos vivos, com apresentação clínica variável, incluindo alterações oculares, neurológicas e sistêmicas, além da possibilidade do óbito fetal/neonatal. Durante o ciclo biológico, o Toxoplasma gondii assume três formas importantes: oocisto (encontrado nas fezes dos gatos), taquizoítos (encontrado na fase aguda da doença) e o bradizoíto (encontrado em cistos teciduais). O rastreamento da toxoplasmose é recomendado pelo Ministério da Saúde para todas as gestantes suscetíveis, que apresentam antes da gestação IgG negativo ou não conhecido. Os anticorpos IgG e IgM devem ser solicitados no primeiro trimestre ou na primeira consulta do pré-natal e repetidos no terceiro trimestre se o primeiro exame for IgG e IgM negativos. Mulheres com história de infecção anterior a gestação que apresentam registro, antes da concepção, de anticorpo IgG positivo para toxoplasmose não devem realizar o rastreamento. Os fatores de risco para a ocorrência de toxoplasmose em gestantes é pouco investigado. Na região sul do estado do Piauí pouco se conhece sobre a dinâmica do processo de desenvolvimento da doença em gestantes. Dessa forma, visando otimizar as ações em saúde promovidas pelo Ministério da Saúde e executadas pelas esferas estadual e municipal, o projeto tem como propósito investigar os possíveis fatores de risco para gestantes diagnosticadas com toxoplasmose nos municípios de Bom Jesus, Cristino Castro, Santa Luz, Caracol e Guaribas na região sul do estado do Piauí.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho - Coordenador / Márcia Paula Oliveira Farias - Integrante / David Germano Gonçalves Schwarz - Integrante / FRANCIEL DE MENÊSES ARAÚJO JÚNIOR - Integrante / YASMIN SILVA DA CRUZ - Integrante / DHULLY LUCILA COELHO SANCHEZ - Integrante / MAYTHANNA APARECIDA SOUSA BARROS - Integrante.

  • 2019 - Atual

    Aspectos Epidemiológicos da Hanseníase na Região Sul do Estado do Piauí, Descrição: O estado do Piauí possui uma população de aproximadamente 3,2 milhões de pessoas e é considerado hiperendêmico para hanseníase, apresentando uma taxa de detecção de 33,4/100mil hab., a segunda maior da região nordeste. Dessa forma, a atenção à ocorrência da enfermidade é uma das prioridades do Plano Estadual de Enfretamento e Controle das Doenças Negligenciadas, que também abrange: Tuberculose, Doença de Chagas, Leishmaniose e Geohelmintíases. Embora seja conhecidamente crime ambiental, o consumo da carne de tatu no estado do Piauí é uma realidade entre a população, principalmente na região sul, onde já foram registrados casos de micose pulmonar associados ao contato ou consumo da carne do animal. Pesquisas desenvolvidas no estado do Espírito Santo, verificaram que o consumo da carne de tatu pode ter sido uma possível fonte do M. leprae para pacientes hansenianos, principalmente aqueles sem história de contatos com outros portadores de hanseníase antes do seu diagnóstico. A situação hiperendêmica para hanseníase no estado do Piauí, ausência de trabalhos que elucidem os aspectos epidemiológicos e fatores de risco da hanseníase nos municípios de Bom Jesus, Cristino Castro, Santa Luz, Caracol e Guaribas, região sul do estado e o esclarecimento sobre o envolvimento ou não de pacientes hansenianos e ex-hansenianos com a caça ou consumo de carne de tatu do Piauí, motivaram o desenvolvimento desse projeto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho - Coordenador / Márcia Paula Oliveira Farias - Integrante / David Germano Gonçalves Schwarz - Integrante / FRANCIEL DE MENÊSES ARAÚJO JÚNIOR - Integrante / YASMIN SILVA DA CRUZ - Integrante / MAYTHANNA APARECIDA SOUSA BARROS - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Caracterização Epidemiológica da Toxoplasmose Suína na Região do Alto Sertão do Estado de Sergipe, Descrição: A toxoplasmose é uma zoonose de ampla distribuição mundial, causada pelo Toxoplasma gondii, um protozoário coccídio intracelular obrigatório, que pode infectar o homem e outros animais de sangue quente, sendo os felídeos os hospedeiros definitivos do parasito. A ingestão de carne de porco crua e/ou mal cozida contendo cistos de bradizoítos é considerada uma importante fonte de transmissão desse parasita. Este trabalho terá como objetivo verificar a presença de anticorpos anti-Toxoplasma gondii e identificar os fatores de risco associados com a infecção em suínos criados no alto sertão sergipano e abatidos nos matadouros dessa região. A associação entre a infecção humana e suína também será avaliada. Serão coletadas e examinadas 200 amostras de sangue de suínos provenientes de criações de diferentes locais dessa região. A pesquisa de anticorpos anti-T. gondii será realizada através da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e/ou a técnica de Imunoadsorção Enzimática (ELISA) com ponto de corte de 1:64 e 1:16 respectivamente.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho - Integrante / José Eduardo Marques da Silva - Integrante / Danilo Trancler Stipp - Coordenador.

  • 2013 - 2016

    Caracterização Epidemiológica da Cisticercose Suína na Região do Alto Sertão do Estado de Sergipe, Descrição: O estado de Sergipe possui um rebanho suíno de 100.642 animais, predominando a suinocultura de subsistência entre os sistemas de produção. A atividade vem se expandindo no alto sertão do estado com a comercialização de animais vivos e abatidos, muitas vezes de forma inadequada. O objetivo do trabalho é analisar a situação epidemiológica da cisticercose na espécie suína na região do alto sertão do estado de Sergipe, através da identificação de fatores de risco e ocorrência da enfermidade em suínos; determinando a ocorrência de Cysticercus cellulosae em carcaças; identificando o número de casos de teníase e cisticercose na população humana da região e avaliando a associação entre a infecção humana e suína. O trabalho será realizado por meio de zoneamento e identificação das criações de suínos através de registros oficiais em órgãos locais, sendo aplicado questionário epidemiológico nas propriedades selecionadas por amostragem não probabilística em consentimento com o produtor. Em cerca de 10% dos animais das propriedades selecionadas será realizada a coleta de sangue no momento do abate para sorologia através do ELISA e inspeção em suas carcaças após o abate, buscando a presença de cisticercos na língua, masseter, pernil, paleta, músculos intercostais e coração. As alterações verificadas serão transcritas para uma planilha que constatará a identificação do número da amostra de sangue coletado. O trabalho será complementado através de um levantamento dos casos de teníase e cisticercose humana nos últimos cinco através das fichas de atendimento da rede de saúde pública da região.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho - Integrante / Maria Aparecida da Glória Faustino - Coordenador / José Eduardo Marques da Silva - Integrante / Edenilze Teles Romeiro - Integrante.

  • 2007 - 2009

    Caracterização da Atividade Suinícola Desenvolvida pelos Produtores Familiares de Queijo em Nossa Senhora da Glória, Semiárido Sergipano, Descrição: O sistema de agricultura familiar na região do semi-árido nordestino é observado em pequenas produções, onde o caráter socioeconômico compõe o sistema de produção desenvolvido. No Alto Sertão do estado de Sergipe esse sistema pode ser verificado através da suinocultura desenvolvida em consórcio com a fabricação queijeira e a bovinocultura de leite no município de Nossa Senhora da Glória. As propriedades no município de Nossa Senhora da Glória, se caracterizam por uma agricultura de subsistência onde predomina a atividade leiteira, com a fabricação de queijo associada à suinocultura e a criação de outros animais. O desenvolvimento sustentável dos sistemas de produção dos produtores de queijo do município de Nossa Senhora da Glória, está relacionado com o equilíbrio entre os fatores sociais, econômicos, ambientais e políticoinstitucionais. Afim de se compreender melhor a complexa interação entre os sistemas de produção desenvolvidos pelos produtores de derivados do leite, este trabalho estudou a sustentabilidade nos sistemas de produção dos produtores de queijo em Nossa Senhora da Glória apresentando os índices de sustentabilidade nesses sistemas de produção sobre uma nova metodologia representada por biogramas e caracterizou a suinocultura desenvolvida em consorcio com as unidades de processamento de leite em Nossa Senhora da Glória, identificando os pontos negativos e positivos deste sistema de produção.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Glenda Lídice de Oliveira Cortez Marinho - Integrante / Cristiane Otto de Sá - Coordenador / Márcia Nunes Bandeira Roner - Integrante / Irinéia Rosa do Nascimento - Integrante / José Luiz de Sá - Integrante / José Eduardo Marques da Silva - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

1 Lungar no Concurso Cultural Muclimpi 2019, Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

2019

1 Lugar na área da saúde - modalidade oral, no IX Seminário de Extensão e Cultura da UFPI, Campus de Bom Jesus-PI, UFPI.

2019

1 Lugar geral - modalidade pôster, no IX Seminário de Extensão e Cultura da UFPI, Campus de Bom Jesus-PI, UFPI.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2018 - Atual

Universidade Federal do Piauí

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Ministra as disciplinas: Higiene Veterinária e Saúde Pública Tecnologia e Inspeção da Carne e Derivados Zoonoses

Atividades

  • 05/2019

    Extensão universitária , Campus Professora Cinobelina Elvas, .,Atividade de extensão realizada, Coordenadora de Liga Acadêmica.

  • 09/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Professora Cinobelina Elvas, .,Cargo ou função, Membro da comissão do NDE - Núcleo Docente Estruturante da UFPI/CPCE.

2013 - 2017

Universidade Federal Rural de Pernambuco

Vínculo: Doutorado, Enquadramento Funcional: Aluna de pós-graduação

Outras informações:
Bolsista CAPES

Atividades

  • 08/2014 - 07/2015

    Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio docência de 150 CH na disciplina Doenças Parasitárias dos Animais Domésticos na UFRPE, sob responsabilidade e orientação da Profª Drª Maria Aparecida da Gloria Faustino.

2007 - 2017

Prefeitura Municipal de Laranjeiras

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 30

Outras informações:
Desempenhou atividades na Secretaria Municipal de Saúde como médica veterinária generalista. Atuou no setor de Vigilância Sanitária especificamente na inspeção e monitoramento de produtos de origem animal; fiscalização e monitoramento de estabelecimentos comerciais de alimentos e serviços de alimentação; APPCC e educação em saúde.

2010 - 2013

Prefeitura Municipal de Laranjeiras

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Municipal de Saúde

Outras informações:
Participou como membro titular representando a categoria de funcionário público de nível superior prestador de serviço no Município de Laranjeiras/SE.

2009 - 2013

Prefeitura Municipal de Laranjeiras

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Vigilância Sanitária, Carga horária: 30

Outras informações:
Gerenciou ações de Vigilância em Saúde, com ênfase na Vigilância Sanitária; recrutamento e capacitações para manipuladores de alimentos no setor regulado e serviço público; ações de educação sanitária; projetos e pesquisas na área de saúde pública e atenção à saude animal no Município de Laranjeiras.

2005 - 2006

Prefeitura Municipal de Laranjeiras

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 9

Outras informações:
Desempenhou atividades nas Secretarias Municipais de Saúde e Agricultura atuando na atenção à saúde animal; inspeção e monitoramento de produtos de origem animal; fiscalização e monitoramento de estabelecimentos comerciais de alimentos e serviços de alimentação.

Atividades

  • 01/2007

    Serviços técnicos especializados , Secretária Municipal de Saúde, .,Serviço realizado, Educação em vigilância sanitária; inspeção de produtos de origem animal; saúde pública e controle de zoonoses.

  • 06/2005 - 11/2006

    Serviços técnicos especializados , Secretária Municipal de Saúde, .,Serviço realizado, Clínica médica veterinária.

2008 - 2010

Universidade Federal de Sergipe

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora Voluntária, Carga horária: 4

2009 - 2009

Universidade Federal de Sergipe

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4

Outras informações:
Colaborou com a Disciplina Higiene e Profilaxia Animal do curso de Zootecnia da Universidade Federal de Sergipe (UFS), ministrando aulas com tópicos referidos a Sanidade em Ruminantes e Equinos, durante o período de outubro a dezembro de 2009, totalizando uma carga horária de 15h/aulas.

2008 - 2008

Universidade Federal de Sergipe

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4

Outras informações:
Colaborou com a Disciplina Higiene e Profilaxia Animal do curso de Zootecnia da Universidade Federal de Sergipe (UFS), ministrando aulas com tópicos referidos a Sanidade em Ruminantes e Equinos, durante o período de janeiro a março de 2008, totalizando uma carga horária de 15h/aulas.

2008 - 2008

Universidade Federal de Sergipe

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4

Outras informações:
Colaborou com a Disciplina Iniciação Científica Aplicada, do curso de Engenharia de Pesca da Universidade Federal de Sergipe (UFS), ministrando aulas durante o período de novembro a dezembro de 2008, totalizando uma carga horária de 15h/aulas.

2008 - 2008

Universidade Federal de Sergipe

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4

Outras informações:
Colaborou com a Disciplina Iniciação Científica Aplicada, do curso de Zootecnia da Universidade Federal de Sergipe (UFS), ministrando aulas durante o período de novembro a dezembro de 2008, totalizando uma carga horária de 15h/aulas.

Atividades

  • 04/2008 - 06/2010

    Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Produção Alternativa de Animais Domésticos

  • 10/2009 - 12/2009

    Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Higiene e Profilaxia Animal - Sanidade em Ruminantes e Equinos

  • 11/2008 - 12/2008

    Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Iniciação Científica Aplicada

  • 11/2008 - 12/2008

    Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Iniciação Científica Aplicada

  • 01/2008 - 03/2008

    Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Higiene e Profilaxia Animal - Sanidade em Ruminantes e Equinos

2012 - 2014

Colégio Arquidiocesano "Sagrado Coração de Jesus"

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Responsável Técnico, Carga horária: 6

Atividades

  • 02/2012 - 05/2014

    Serviços técnicos especializados , Projeto Cheirinho de Mato, .,Serviço realizado, Prestou assistência veterinária aos animais domésticos e silvestres do Projeto Cheirinho de Mato, desenvolvendo programas de prevenção e controle de enfermidades e monitoramento do bem-estar animal.

2010 - 2012

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DO ESTADO DE SERGIPE

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão de Saúde Pública

2004 - 2005

Prefeitura Municipal de Aracaju

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiaria, Carga horária: 20

Atividades

  • 10/2004 - 05/2005

    Estágios , Secretaria de Saúde do Município de Aracaju, .,Estágio realizado, Vigilância sanitária especificamente na área de inspeção de produtos de origem animal e educação sanitária.

2004 - 2004

Associação de Ensino e Cultura Pio Décimo

Vínculo: Estágio supervisionado, Enquadramento Funcional: Estagiaria, Carga horária: 40

2003 - 2003

Associação de Ensino e Cultura Pio Décimo

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiaria, Carga horária: 40

2002 - 2003

Associação de Ensino e Cultura Pio Décimo

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitora da Disciplina Patologia Especial I

Atividades

  • 07/2004 - 10/2004

    Estágios , Hospital Veterinário Dr. Vicente Borelli, .,Estágio realizado, Clínica e Cirurgia de Grandes Animais.

  • 08/2002 - 11/2003

    Extensão universitária , Hospital Veterinário Dr. Vicente Borelli, .,Atividade de extensão realizada, Monitoria na disciplina de Patologia Especial I.

  • 01/2003 - 03/2003

    Estágios , Hospital Veterinário Dr. Vicente Borelli, .,Estágio realizado, Clínica e Cirurgia de Pequenos Animais.

2008 - 2008

Clínica Veterinária City Dog

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Médica Veterinária, Carga horária: 16

Atividades

  • 02/2008 - 12/2008

    Serviços técnicos especializados , Clínica Veterinária City Dog, .,Serviço realizado, Plantonista na área de Clínica Médica de Pequenos Animais..

2010 - 2012

Centro Estadual de Educação Profissional DOM JOSÉ BRANDÃO DE CASTRO

Vínculo: Contrato temporário, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20

Outras informações:
Trabalhou com agricultura familiar camponesa desenvolvida pelos alunos pertencentes aos assentamentos da região do alto sertão.

Atividades

  • 07/2010 - 07/2012

    Ensino, Técnico em Agropecuária, Nível: Aperfeiçoamento,Disciplinas ministradas, Disciplinas: Produção de não-ruminantes; Produção de ruminantes; Zootecnia geral e Anatomia dos animais domésticos

  • 06/2011 - 06/2012

    Treinamentos ministrados , Centro Estadual de Educação Profissional Dom José Brandão de Castro, .,Treinamentos ministrados, Doenças parasitárias em ovinos e caprinos; Higiene e profilaxia na bovinocultura leiteira do semiárido sergipano; Sanidade e manejo de dejetos na produção de suínos

2017 - 2018

Universidade Federal do Vale do São Francisco

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora substituta, Carga horária: 20

Outras informações:
Ministrou as disciplinas: Anatomia Animal I e II no curso de Zootecnia e Anatomia Veterinária II no curso de Medicina Veterinária.

2017 - 2018

Universidade Federal do Vale do São Francisco

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora colaboradora

Outras informações:
Professora colaboradora do Curso de Pós-Graduação em Ciência Animal

2017 - 2018

Universidade Federal do Vale do São Francisco

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Voluntária

Outras informações:
Participou das discussões e atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Estudos em Zoonoses do Vale do São Francisco - NEZOON

2015 - 2015

Faculdade Internacional Signorelli

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

Atividades

  • 01/2015

    Outras atividades técnico-científicas , Pólo Recife, Pólo Recife.,Atividade realizada, Co-orientadora.

2015 - 2017

Universidade Federal da Paraíba

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: projeto de pesquisa