Nayra Borges Teixeira

Graduada em Pedagogia da Universidade do Estado de Minas Gerais, bolsista de iniciação científica de 2012 a 2015, ultimo projeto de pesquisa desenvolvido: A CULTURA AFRO ? BRASILEIRA ABORDADA NO MUSEU: a mediação entre sujeitos e objetos, sob coordenação da Profa. Dra. Lana Mara de Castro Siman.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Pedagogia

2012 - 2015

Universidade do Estado de Minas Gerais
Título: PERCURSO TERRITÓRIO NEGRO E MUSEU: potencialidades de concepções e práticas docentes
Orientador: Profa. Dra. Lana Mara de Castro Siman

Ensino Médio (2º grau)

2008 - 2011

Instituto de Educação de Minas Gerais

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

OFICINA DE PRODUTOS NATURAIS. (Carga horária: 4h). , Instituto Federal de Brasília, IFB, Brasil.

2014 - 2014

Oficina de Turbantes. (Carga horária: 4h). , Instituto Federal de Brasília, IFB, Brasil.

2014 - 2014

Oficina de identificação e abordagem ao racismo. (Carga horária: 16h). , Organização de Mulheres Negras Ativas, NEGRAS ATIVAS, Brasil.

2012 - 2012

Libras II. (Carga horária: 60h). , Capelania da pastoral do surdo, CPS, Brasil.

2011 - 2011

LibrasI. (Carga horária: 60h). , Capelania da pastoral do surdo, CPS, Brasil.

2008 - 2011

Curso Normal nível médio-Ed. Infantil e Ens.Fund.. (Carga horária: 4133h). , Instituto de Educação de MG, IEMG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

TEIXEIRA, N. B. ; GOMES, L. M. N. ; REZENDE, S. T. . DIA DE COMBATE AO RACISMO NA EDUCAÇÃO FaE/CBH/UEMG. 2014. (Outro).

TEIXEIRA, N. B. ; GOMES, L. M. N. ; REZENDE, S. T. . DIA DE COMBATE AO RACISMO NA EDUCAÇÃO FaE/CBH/UEMG. 2014. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

17º Seminário de Pesquisa e Extensão da UEMG.A cultura afro- brasileira abordada no museu : a mediação entre sujeitos e objetos. 2015. (Seminário).

IX Encontro Nacional Perspectivas do Ensino de Historia e IV Encontro Internacional do Ensino de História.Experiência do sentido do tempo no Memorial Minas Vale. 2015. (Encontro).

Mulheres na FaE: Comemoração e luta.Oficina de Turbante. 2015. (Outra).

16º Seminário de Pesquisa e Exensão.A CULTURA AFRO-BRASILEIRA ABORDADA NO MUSEU: A MEDIAÇÃO ENTRE SUJEITOS E OBJETOS. 2014. (Seminário).

III Semana de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça- Simpósio SERNEGRA. 2014. (Simpósio).

III Semana de Reflexões sobre Negritude, Gênero e Raça- Simpósio SERNEGRA.As implicações da memória no processo do genocídio dos jovens negros. 2014. (Simpósio).

Seminário da Pós-Graduação-Educação e Formação Humana: desafios do tempo presente. 2014. (Seminário).

15º SEMINÁRIO DE PESQUISA E EXTESÃO."PROFESSORES LEVAM SEUS ALUNOS AOS MUSEUS: ENTRE CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DE EDUCAR PELA MEMÓRIA, HISTÓRIA E OBJETOS MUSEAIS!. 2013. (Seminário).

2º SALÃO DO LIVRO INFANTIL E JUVENIL DE MINAS GERAIS: Literatura, muito prazer!". 2013. (Outra).

Apresentação de dissertação de Mestrado do mestrando Mariano Alves Diniz " Ensino de Historia e Juventude: a produção de sentidos no espaço escolar". 2013. (Outra).

ENCONTRO DE PRIMAVERA- PALESTRA " MUSEUS, HISTÓRIA E CULTURA DO NEGRO NA SOCIEDADE BRASILEIRA" COM O PROF. KABENGELE MUNAGA. 2013. (Encontro).

Encontro de Primavera - RIMC- Rede Informal de Museus e Centro de Cultura da Região Metropolitana de Belo Horizonte. 2013. (Encontro).

Juventude Negra, Juventude Viva: Diálogos, Governos e sociedade Cívil. 2012. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

LANA MARA DE CASTRO SIMAN

O Projeto Território Negro como instrumento de ressiginificação: pontencialidades de novas imagens sobre o negro; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Pedagogia) - Universidade do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lana Mara de Castro Siman;

LANA MARA DE CASTRO SIMAN

A CULTURA AFRO ? BRASILEIRA ABORDADA NO MUSEU: a mediação entre sujeitos e objetos; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Pedagogia) - Universidade do Estado de Minas Gerais, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Lana Mara de Castro Siman;

LANA MARA DE CASTRO SIMAN

PROFESSORES LEVAM SEUS ALUNOS AOS MUSEUS: ENTRE CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DE EDUCAR PELA MEMÓRIA, HISTÓRIA E OBJETOS MUSEAIS; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Pedagogia) - Universidade do Estado de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Lana Mara de Castro Siman;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SIMAM, L. M. C. ; TEIXEIRA, N. B. ; GOMES, L. M. N. ; REZENDE, S. T. ; Angelo, A.L.G. . Percurso Território Negro e Museu: potencialidades de ressiginificação de concepções e práticas docentes 2015 (Trabalho de conclusão de curso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - 2015

    A cultura afro- brasileira abordada no museu : a mediação entre sujeitos e objetos, Descrição: Nos museus a luta pelo direito a memória encontra um espaço propício visto que enquanto ambiente de fruição estética provocam repulsa ou identificação e são capazes de estabelecer com o visitante um relação de encantamento e proporcionar a ampliação do conhecimento a partir das dúvidas e das novas descobertas. As relações: educação e cultura, história e memória propostas pelo museu só são possíveis de serem estabelecidas por meio de uma ponte que promova a comunicação entre o visitante e o espaço museal. Este papel é assumido pelo mediador.É de fundamental importância reconhecer a necessidade do dialogo dos diferentes espaços que compõem a cidade considerando que a educação precisa promover uma ampliação dos conhecimentos de maneira interdisciplinar dando significado ao saber. As representações e estereótipos construídos ao longo da vida em consequência da vivência e das relações sociais são confrontadas à medida que novos saberes são apresentados e geram um desequilíbrio no que já se sabe abrindo espaço para o questionamento. Com base nesse processo acreditamos na promoção da igualdade racial.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Nayra Borges Teixeira - Integrante / Lana Mara de castro Simam - Coordenador / Luiza Maria Nascimento Gomes - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.

  • 2012 - 2013

    PROFESSORES LEVAM SEUS ALUNOS AOS MUSEUS: ENTRE CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DE EDUCAR PELA MEMÓRIA, HISTÓRIA E OBJETOS MUSEAIS, Descrição: A partir dos anos 80 do século XX a relação entre Educação e Cultura, história e memória ganhou expressão crescente nos âmbitos escolares e não escolares. Nesse sentido tornou-se impensável conceber a Educação fora do campo da cultura, da história e memória. O projeto visa identificar e analisar a compreensão que professores de história e docentes de outras áreas ligadas a arte e cultura e que de forma interdisciplinar trabalham na recuperação da história e memória e que vêm construindo em sua trajetória de vida, experiências e formação docente, a respeito desta relação. Nossa pesquisa tem como referência as visitações realizadas no Museu de Artes e Ofícios por alunos e professores da escoal básica e da EJA. Nosso suposto é de que compreensão conceituais orientam as práticas pedagógicas e são por elas realimentadas, reforçando-as ou inquirindo, uma vez que se trata de práticas de natureza relacional e social de grande complexidade (TARDIF, 2006).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Nayra Borges Teixeira - Coordenador / Lana Mara de castro Simam - Integrante / Luiza Maria Nascimento Gomes - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2012 - Atual

Universidade do Estado de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 08/2012

    Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Educação, .,Linhas de pesquisa