Carine Meier

Engenheira Agrônoma, pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) - Campus Frederico Westphalen (2017). Especialização em Pós Graduação em Educação Interdisciplinar- Educação Pedagógica para Educação Profissional (2018). Mestre em Agronomia, Agricultura e Ambiente, (UFSM) - Campus de Frederico Westphalen (2019). Desenvolve projetos na área de melhoramento genético, experimentação agrícola, estatística agrícola, manejo e produção de plantas. Atualmente é professora do ensino técnico profissionalizante da Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato - Centro Estadual de Referência em Educação Profissional.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Mestrado em Agronomia Agricultura e Ambiente

2018 - 2019

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN
Título: Modelos biométricos aplicados na seleção de gerações avançadas de trigo,Ano de Obtenção: 2019
Volmir Sergio Marchioro.Coorientador: Velci Queiroz de Souza. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Especialização em Educação Interdisciplinar- Educação Pedagógica para Educação Profissional

2018 - 2018

FACULDADE INTERAÇÃO SANTO AUGUSTO
Título: O manejo sustentável na produção de cana de açucar
Orientador: Estela Simões

Graduação em Agronomia

2013 - 2017

Universidade Federal de Santa Maria
Orientador: Dr. Velci Queiroz de Souza
Bolsista do(a): MEC-SISU, BOLSA PET, Brasil.

Curso técnico/profissionalizante

2010 - 2012

Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

QUALIDADE DO SOLO E AMBIENTE DE PRODÇÃO. (Carga horária: 16h). , UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN, UFSM, Brasil.

2016 - 2016

Produção de Flores de Corte, Flores de Vaso e Plantas Ornamentais. (Carga horária: 20h). , UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN, UFSM, Brasil.

2016 - 2016

Sistemas de Produção e Pastagem para Bovinocultura de Leite,. (Carga horária: 40h). , UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN, UFSM, Brasil.

2016 - 2016

Componentes Socioeconômico e Ambiental em Sistemas ILPF. (Carga horária: 30h). , UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN, UFSM, Brasil.

2016 - 2016

SEMANA ACADÊMICA DA AGRONOMIA. (Carga horária: 40h). , UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN, UFSM, Brasil.

2015 - 2015

SEMANA ACADÊMICA DA AGRONOMIA. (Carga horária: 40h). , UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN, UFSM, Brasil.

2014 - 2014

Armazenamento de cereais. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2013 - 2013

Gestão Rural 2. (Carga horária: 24h). , Celeste Gobbato, CG, Brasil.

2013 - 2013

SEMANA ACADÊMICA DA AGRONOMIA. (Carga horária: 40h). , UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN, UFSM, Brasil.

2012 - 2012

Extensão universitária em Biotecnologia. (Carga horária: 4h). , Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato, CELESTE, Brasil.

2012 - 2012

qualidade do leite e registro genealógico. (Carga horária: 10h). , Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato, CELESTE, Brasil.

2012 - 2012

Gestão rural 1. (Carga horária: 50h). , Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato, CELESTE, Brasil.

2012 - 2012

Uso de Plantas de Cobertura e Rotação de Culturas. (Carga horária: 10h). , Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato, CELESTE, Brasil.

2012 - 2012

Horticultura e Hidroponia. (Carga horária: 15h). , Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato, CELESTE, Brasil.

2012 - 2012

Políticas de comercialização da Cultura de Verão. (Carga horária: 20h). , Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato, CELESTE, Brasil.

2012 - 2012

manejo e conservação do solo. (Carga horária: 20h). , Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato, CELESTE, Brasil.

2012 - 2012

agricultura de precisão. (Carga horária: 10h). , Escola Estadual Técnica Celeste Gobbato, CELESTE, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agronomia.

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Técnico em Agropecuária.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MEIER, C. . Integração Lavoura Pecuária no Sul do Brasil, com ênfase na fauna do solo. 2016. (Outro).

MEIER, C. . INTERPET. 2016. (Outro).

MEIER, C. . Princípios Básicos em Software- CAD projetos 2D. 2016. (Outro).

MEIER, C. . VIII Simpósio em Atualização em Agronomia: com ênfase na cultura da Soja. 2016. (Outro).

MEIER, C. . Calculadora: Princípios Básicos da utilização da Calculadora Científica. 2016. (Outro).

MEIER, C. ; SOUZA, F. M. ; SILVA, V. R. ; ZANATTA, M. ; RIGON, C. A. G. ; MORO, D. ; BORDIN, R. ; JUNGES, U. ; LUNKES, A. . Curso Básico de Morfologia Vegetal. 2016. (Outro).

MEIRA, D. ; MEIER, C. ; BORDIN, R. ; ZANATTA, T. P. ; WERNER, C. J. ; LIBERA, D. D. ; BISOGNIN, M. ; JUNGES, U. ; SILVA, V. R. ; PILLA, R. B. ; RIGON, C. A. G. ; SCHAEFER, R. M. ; SOUZA, F. M. . Poda de videira e manejo de cobertura do solo em vinhedos. 2015. (Outro).

MEIER, C. ; MEIRA, D. ; BORDIN, R. ; ZANATTA, T. P. ; MORO, D. ; DAGIOS, R. ; ZANATTA, M. ; WERNER, C. J. ; LIBERA, D. D. ; BISOGNIN, M. ; JUNGES, U. ; SILVA, V. R. ; PILLA, R. B. ; RIGON, C. A. G. ; SCHAEFER, R. M. ; SOUZA, F. M. . Atualização em grandes culturas: Soja, Milho, Feijão e Trigo. 2015. (Outro).

SILVA, V. R. ; MORO, D. ; MEIER, C. ; ZANATTA, M. ; LUNKES, A. ; RIGON, C. A. G. ; MEIRA, D. ; BORDIN, R. ; PILLA, R. B. . Princípios Básicos do Software de construção de gráficos. 2015. (Outro).

MEIER, C. . Recursos Hídricos no Nordeste e Alternativas de Convivência com a Seca. 2015. (Outro).

BORDIN, R. ; MEIRA, D. ; MEIER, C. ; ZANATTA, T. P. ; MORO, D. ; DAGIOS, R. ; ZANATTA, M. ; LUNKES, A. ; WERNER, C. J. ; LIBERA, D. D. ; BISOGNIN, M. ; JUNGES, U. ; SILVA, V. R. ; PILLA, R. B. ; RIGON, C. A. G. ; SCHAEFER, R. M. ; SOUZA, F. M. . VII Simpósio de atualização em Agronomia: Estratégias de Conservação do Solo para Altas Produtividades. 2015. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

12ª Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale. 2018. (Encontro).

VIII SEAGRO- SEMANA ACADÊMICA DA AGRONOMIA. 2016. (Outra).

Visita e atividades Técnica.Fazenda Paiaguás SLC Agrícola, Barralcool, Fundação Mato Grosso, Sementes Adriana. 2016. (Outra).

III Encontro Nacional sobre Resistência de Plantas Daninhas aos Herbicidas. 2015. (Encontro).

Modo de Ação de Inseticidas. 2015. (Outra).

Toxicologia e Mecanismos de Ação de Inseticidas. 2015. (Outra).

VIII Curso de Capacitação e Difusão de Tecnologia em Canola. 2015. (Outra).

VII SEAGRO - Semana Acadêmica da Agronomia. 2015. (Outra).

VIII Reunião Brasileira da Comissão Brasileira de Pesquisa de Trigo e Triticale.Dissimilaridade entre Genótipos de Trigo da Região Noroeste do Rio Grande do Sul. 2014. (Outra).

VI Semana Acadêmica da Agronomia. 2014. (Seminário).

VI Simpósio de Atualização em Agronomia com ênfase em manejo e solos e irrigação. 2014. (Simpósio).

V Simpósio em Agronomia com ênfase em culturas de inverno. 2014. (Simpósio).

EJC- ENCONTRO JUVENIL DE CIÊNCIAS DE LISBOA - PORTUGAL.Análise Nutricional das Refeições de uma Escola Técnica. 2013. (Encontro).

FEBRACE- Feira Brasileira de Ciência e Engênharia. sim. 2013. (Olimpíada).

FENECIT- Feira nordestina de ciência e tecnologia. Análise da Adequação Nutricional das Refeições de Uma Escola Técnica- Um Estudo de Caso. 2013. (Feira).

IV SIMPÓSIO EM ATUAÇÃO EM AGRONOMIA- ÊNFASE EM N. 2013. (Simpósio).

JAI-Jornada Acadêmica Integrada. PRODUÇÃO DE GRAMÍNEAS FORRAGEIRAS EM CULTIVO STREME E EM CONSÓRCIO NO INÍCIO DA SAFRA PRODUTIVA DE INVERNO. 2013. (Exposição).

FECITEP-FEIRA ESTADUAL DE CIÊNCIA E TÉCNOLOGIA. Análise da Adequação Nutricional das Refeições de uma Escola Técnica- Um Estudo de Caso. 2012. (Olimpíada).

Mostratec-Mostra Internacional de ciências.sim. 2012. (Simpósio).

FEBRACE-Feira de Ciência e Tecnologia-SP.Equoterapia o cavalo como instrumento de saúde e inclusão social. 2011. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Ricardo Turchetto

MEIER, C.; PAULA, G. M.; PINHEIRO, M. V. M.. Estágio Supervisionado em Agronomia II. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Robson de Souza Lima

MEIER, C.; PAULA, G. M.; PINHEIRO, M. V. M.. Estágio Supervisionado em Agronomia II. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Ronaldo Luiz Outeiro Giongo

MEIER, C.; PAULA, G. M.; PINHEIRO, M. V. M.. Estágio Supervisionado em Agronomia II. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Sabrine Dellarmelin

MEIER, C.; PAULA, G. M.; PINHEIRO, M. V. M.. Estágio Supervisionado em Agronomia II. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Valter Eduardo Balestrin

MEIER, C.; PAULA, G. M.; PINHEIRO, M. V. M.. Estágio Supervisionado em Agronomia II. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Douglas Peron Gheller

MEIER, C.; PAULA, G. M.; PINHEIRO, M. V. M.. Estágio Supervisionado em Agronomia II. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maicon Nardino

MARCHIORO, V. S.; FOLLMANN, DIEGO NICOLAU;NARDINO, M.. Modelos biométricos aplicados na seleção de gerações avançadas de trigo. 2019. Dissertação (Mestrado em Agronomia - Agricultura e Ambiente) - Universidade Federal de Santa Maria.

DIEGO NICOLAU FOLLMANN

MARCHIORO, V. S.;FOLLMANN, D. N.NARDINO, M.. MODELOS BIOMÉTRICOS APLICADOS NA SELEÇÃO DE GERAÇÕES AVANÇADAS DE TRIGO. 2019. Dissertação (Mestrado em Agronomia - Agricultura e Ambiente) - Universidade Federal de Santa Maria.

Márcia Gabriel

CARON, B. O.; BASSO, C. J.;GABRIEL, M.. Caracteres morfológicos e componentes de rendimento de cultivares de soja cultivada na Safrinha.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Bráulio Otomar Caron

Caracteres morfológicos e componentes do rendimento de cultivares de soja cultivada na safrinha; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Braulio Otomar Caron;

Volmir Sérgio Marchioro

Estágio Supervisionado em Agronomia II: realizado na Biotrigo Genética Ltda; ; 2017; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Volmir Sergio Marchioro;

Manoeli Lupatini

Relatório de estágio supervisionado em Agronomia II (AGR2065) realizado no segundo semestre de 2017 na empresa Biotrigo Genética Ltda; ; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Manoeli Lupatini;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Seleção de cultivares de cana-de-açúcar tolerantes ao frio a partir de plantas mutantes, Descrição: Importante alternativa para o setor de biocombustíveis, a cana-de-açúcar se destaca devido ao seu grande potencial na produção de etanol. Em função da dificuldade em se obter ou ampliar a variabilidade genética existente dentro dos programas de melhoramento genético de cana-de-açúcar, o uso de mutações induzidas passa a ser uma alternativa importante na geração da tão desejada variabilidade genética. O objetivo deste trabalho é de testar a variabilidade genética de indivíduos mutantes e selecionar genótipos de cana-de-açúcar adaptados às condições edafoclimáticas da Região Sul do Brasil. O presente trabalho será realizado na Universidade Federal de Santa Maria, Campus de Frederico Westphalen - RS, no Laboratório de Melhoramento Genético e Produção de Plantas (LMGPP). O genótipo que se destacou em ensaios preliminares foi a cultivar IAC 87-3396 e foi induzida a mutação através da imersão de gemas individuais em solução do agente mutagênico químico Metil Metano Sulfonado (MMS). As plantas permaneceram em casa de vegetação em leito de areia, até alcançar a altura de 0,3 metros, e em seguida transplantadas a campo, ainda no ano de 2011. Foram avaliados no ano de 2011 em cana de ano e nos anos de 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 em cana soca. Após vários anos de seleção para tolerância ao frio na questão rebrote da soca, restaram 45 mutantes. No ano de 2018 serão obtidas mudas em tubetes para cada um dos 45 mutantes e transplantadas para o campo lovo depois do inverno. Ainda em 2018 serão selecionadas as melhores linhas e colocadas novamente a campo em parcelas no ano de 2019. Em torno de 3 a 5 mutantes selecionados em 2019, serão testados em ensaios de VCU (Valor Cultivo e Uso) nos anos de 2020, 2021 e 2022, conduzidos em diferentes locais, em delineamento de blocos ao acaso com três repetições. Em todos os anos serão obtidos além dos descritores morfológicos várias outras variáveis de interesse. As constituições genéticas superiores, tolerantes ao frio, produtivas, com qualidade e adaptadas as condições edafoclimáticas a Região Sul do Brasil serão selecionadas e lançadas como novas cultivares de cana-de-açúcar.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carine Meier - Integrante / Alesxander Rigatti - Integrante / LUIS ANTONIO KLEIN - Integrante / MARCHIORO, VOLMIR S. - Coordenador / Ederson Duranti Moro - Integrante / Fabricio Fassini - Integrante / Rayra Banolas Bueno - Integrante / RODRIGO FERREIRA BELLO - Integrante / MATHIAS SACHETTI MOZER - Integrante / CAROLINE DA SILVA PETTENON - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Geração de populações de estudo e seleção de cultivares de trigo com tolerância a germinação na espiga, Descrição: A busca constante por cultivares mais produtivas, com qualidade industrial adequada, adaptadas ao ambiente regional de cultivo e com melhor tolerância as principais adversidades, como variações climáticas, ocorrência de pragas e doenças, é de fundamental importância para se buscar a autossuficiência na produção Brasileira de trigo. Este projeto tem como objetivos identificar genótipos contrastantes para tolerância a geminação na espiga, identificar genótipos superiores com tolerância a germinação na espiga, gerar cruzamentos artificiais entre genótipos contrastantes e não contrastantes, avançar e selecionar gerações segregantes, estudar a herança para a tolerância a germinação da espiga, selecionar constituições genéticas superiores, testar linhagens em ensaios preliminares, testar linhagens em ensaios de Valor Cultivo e Uso (VCU), lançar novas cultivares. Todas as pesquisas serão desenvolvidas na Universidade Federal de Santa Maria, Campus de Frederico Westphalen - RS no Laboratório de Melhoramento Genético e Produção de Plantas (LMGPP). O LMGPP possui um espaço físico com alguns equipamentos, entre eles BOD, germinador, contator de sementes, parte de uma casa de vegetação e também uma área experimental. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carine Meier - Integrante / Alesxander Rigatti - Integrante / Andrei Lunkes - Integrante / LUIS ANTONIO KLEIN - Integrante / MARCHIORO, VOLMIR S. - Coordenador / Ederson Duranti Moro - Integrante / Fabricio Fassini - Integrante / Rayra Banolas Bueno - Integrante / RODRIGO FERREIRA BELLO - Integrante / MATHIAS SACHETTI MOZER - Integrante / CAROLINE DA SILVA PETTENON - Integrante.

  • 2018 - Atual

    PROJETO GUARDA-CHUVA-MELHORAMENTO GENÉTICO DE PLANTAS, Descrição: A Região Norte do Rio Grande do Sul e Regiões próximas, se destacam pela imensa diversificação em termos de Agricultura e Pecuária. Temos nessas regiões o cultivo de soja, milho, trigo, feijão, aveia, canola, erva mate, espécies para pastejo, dentre outras. Sendo assim, o desenvolvimento de novas cultivares mais produtivas e adaptadas para estas e outras espécies é de extrema importância para o desenvolvimento regional. Os objetivos deste projeto são buscar variabilidade genética para as espécies de interesse, escolher constituições genéticas promissoras para serem trabalhadas em programas de melhoramento genético, indicar hibridações entre genitores com boa capacidade de combinação para a originar populações segregantes, gerar variabilidade genética e populações de estudo contrastantes para as espécies de interesse, gerar informações de herança de caracteres agronômicos de interesse nas espécies estudadas, gerar novas tecnologias para as espécies de interesse, selecionar constituições genéticas superiores e lançar no mercado novas cultivares mais adaptadas e produtivas. Todas as pesquisas serão desenvolvidas na Universidade Federal de Santa Maria, Campus de Frederico Westphalen - RS no Laboratório de Melhoramento Genético e Produção de Plantas (LMGPP). O LMGPP possui um espaço físico com alguns equipamentos, entre eles BOD, germinador, contator de sementes, parte de uma casa de vegetação e também uma área experimental.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carine Meier - Integrante / Alesxander Rigatti - Integrante / Andrei Lunkes - Integrante / LUIS ANTONIO KLEIN - Integrante / MARCHIORO, VOLMIR S. - Coordenador / Ederson Duranti Moro - Integrante / Fabricio Fassini - Integrante / Rayra Banolas Bueno - Integrante / RODRIGO FERREIRA BELLO - Integrante / MATHIAS SACHETTI MOZER - Integrante / CAROLINE DA SILVA PETTENON - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Análise de acessos de aveia preta e seleção de cultivares para ciclo curto e porte baixo, Descrição: Cereal de inverno cultivado mundialmente, a aveia é usada na alimentação animal e humana. A cultura da aveia preta tem se destacado como importante na cobertura do solo, bem como na produção de forragem, silagem e feno. Pelas suas várias formas de utilização, torna-se uma alternativa economicamente viável para cultivo no período de estação fria na Região Sul do Brasil. Os objetivos do projeto são analisar a variabilidade genética dos acessos, selecionar genótipos superiores nas diferentes gerações, analisar a variabilidade genética das linhas selecionadas, testar linhagens em ensaios preliminares, testar linhagens em ensaios de Valor Cultivo e Uso (VCU) e lançar novas cultivares. Todas as pesquisas serão desenvolvidas na Universidade Federal de Santa Maria, Campus de Frederico Westphalen - RS no Laboratório de Melhoramento Genético e Produção de Plantas (LMGPP). O LMGPP possui um espaço físico com alguns equipamentos, entre eles BOD, germinador, contator de sementes, parte de uma casa de vegetação e também uma área experimental.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carine Meier - Integrante / Andrei Lunkes - Integrante / LUIS ANTONIO KLEIN - Integrante / RIGATTI, ALEXSANDER - Integrante / MARCHIORO, VOLMIR S. - Coordenador / Ederson Duranti Moro - Integrante / Fabricio Fassini - Integrante / Rayra Banolas Bueno - Integrante / RODRIGO FERREIRA BELLO - Integrante / MATHIAS SACHETTI MOZER - Integrante / CAROLINE DA SILVA PETTENON - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Melhoramento Genético de Plantas e o Ambiente de Produção., Descrição: A Região Norte do Rio Grande do Sul e Regiões próximas, se destacam pela imensa diversificação em termos de Agricultura e Pecuária. Diante disso, o desenvolvimento de novas cultivares mais produtivas e adaptadas é de extrema importância para o desenvolvimento desta região. A ferramenta que nos permite essa busca de constituições genéticas superiores é o melhoramento genético de plantas. O melhoramento genético de plantas visa a geração de variabilidade genética, obtenção de populações de estudo e o desenvolvimento de novas cultivares mais adaptadas e produtivas para uma Região específica. O objetivo deste projeto é gerar variabilidade genética, populações de estudo, novas tecnologias e novas cultivares mais adaptadas e produtivas, com tolerância a fatores bióticos e abióticos para as espécies de interesse à Região Norte do Rio Grande do Sul. O projeto será desenvolvido na Universidade Federal de Santa Maria, Campus de Frederico Westphalen/RS no Laboratório de Melhoramento Genético e Produção de Plantas (LMGPP). Todas as etapas do projeto serão conduzidas utilizando metodologias adequadas e indicadas para cada processo utilizado em um programa de melhoramento genético.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Carine Meier - Integrante / Alesxander Rigatti - Integrante / LUIS ANTONIO KLEIN - Integrante / MARCHIORO, VOLMIR S. - Coordenador / Ederson Duranti Moro - Integrante / Fabricio Fassini - Integrante / Rayra Banolas Bueno - Integrante / RODRIGO FERREIRA BELLO - Integrante / MATHIAS SACHETTI MOZER - Integrante / MARCOS TOEBE - Integrante / CAROLINE DA SILVA PETTENON - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Indução de braquiária a mutação visando a obtenção e cultivares tolerantes ao frio, Descrição: A Brachiaria brizantha é cultivada a mais de 30 anos em climas tropicais e subtropicais em diversas regiões do mundo, com maior expressão e área de cultivo em regiões tropicais nas Américas. O gênero Brachiaria constitui a mais importante forrageira dos trópicos, desempenhando importante papel na produção de carne e leite no Brasil, além de viabilizar a pecuária em solos fracos e ácidos. Os objetivos do projeto são avaliar os efeitos do frio para os genótipos estudados, influência dos diferentes níveis em associação ao ganho de seleção, avaliar a variabilidade genética dos indivíduos mutantes sobreviventes às seleções aplicadas na população, testar as melhores constituições genéticas em ensaios preliminares e de Valor de Cultivo e Uso (VCU) e lançar novas cultivares. Todas as pesquisas serão desenvolvidas na Universidade Federal de Santa Maria, Campus de Frederico Westphalen - RS no Laboratório de Melhoramento Genético e Produção de Plantas (LMGPP). O LMGPP possui um espaço físico com alguns equipamentos, entre eles BOD, germinador, contator de sementes, parte de uma casa de vegetação e também uma área experimental. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carine Meier - Integrante / Alesxander Rigatti - Integrante / Andrei Lunkes - Integrante / LUIS ANTONIO KLEIN - Integrante / MARCHIORO, VOLMIR S. - Coordenador / Ederson Duranti Moro - Integrante / Fabricio Fassini - Integrante / Rayra Banolas Bueno - Integrante / RODRIGO FERREIRA BELLO - Integrante / MATHIAS SACHETTI MOZER - Integrante / CAROLINE DA SILVA PETTENON - Integrante.

  • 2015 - 2017

    Avaliação do desempenho vegetativo e produtivo de cultivares de canola no norte do estado do Rio Grande do Sul, Descrição: A utilização da cultura da canola (Brassica napus L. var. oleífera) como uma cultura alternativa no cultivo de inverno vem aumentando anualmente. Por produzir óleo de excelente qualidade para consumo humano e animal, é também bastante utilizada atualmente para a produção de biodiesel. Adicionado a isso, a cultura da canola ganha grande destaque em sistemas de rotação de culturas, como uma excelente alternativa para o inverno. No estado do Rio Grande do Sul sua área tem aumentando, passando de uma área de 30,3 mil hectares em 2013 para 39 mil hectares 2014, com uma expectativa de aumento para o ano de 2015(CONAB, 2015). Apesar da produtividade obtida no final de seu ciclo não ser ainda de grande expressão comparada com produtividades dos países como Canadá e da União Europeia, a canola ganha destaque pela sua produção de óleo no inverno. Somado a isso, protege o solo e tem raízes profundas que auxiliam na consolidação de um sistema de plantio direto. Além disso favorece o cultivo de verão pela fixação de nitrogênio, atuando também na quebra de ciclo de doenças patogênicas de culturas de verão (EMBRAPA, 2011). Para as culturas sucessoras, a canola apresenta uma vantagem pelo efeito alelopático de sua palhada, que pode controlar e dificultar a germinação de plantas daninhas (RIZZARDI et al., 2008). Apesar de apresentar inúmeras vantagens, alguns fatores que limitam seu cultivo no norte do estado do Rio Grande do Sul é o baixo retorno econômico e a dificuldade de seu cultivo. Somado a isso, são escassas informações sobre como se desenvolve vegetativamente a cultura, para o melhor conhecimento dos estádios vegetativos para práticas culturais. Somado a isso, novas cultivares estão sendo lançadas para a safra 2015 e não é de conhecimento como estas se adequam às condições de solo e clima da região. Deste modo, fazem-se necessárias pesquisas sobre o desempenho vegetativo e produtivo de cultivares de canola na região norte do estado do Rio grande do Sul. Além disso, a avaliação de teor de proteína e de óleos das cultivares se faz também necessário para o melhor conhecimento das cultivares.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carine Meier - Integrante / DANIELA MEIRA - Integrante / Andrei Lunkes - Integrante / Roberto Bordin - Integrante / Thais Pollon Zanatta - Integrante / Daniela Moro - Integrante / Rossano Dagios - Integrante / Marcela Zanatta - Integrante / Dauana Della Libera - Integrante / Mateus Bisognin - Integrante / Uéslei Junges - Integrante / Vanderlei Rodrigues da Silva - Coordenador / Carlos Alberto Gonsiorkiewicz Rigon - Integrante / Fernanda Marcolan de Souza - Integrante.

  • 2014 - 2014

    Avaliação e seleção de genótipos mutantes de Lippia alba e Aloysia triphylla., Descrição: O presente projeto será desenvolvido com a finalidade geral de avaliar e selecionar genótipos mutantes de Lippia alba e a Aloysia triphylla com alta concentração de principio ativo e com produção de massa fresca superior aos genótipos nativos utilizados atualmente pelos produtores. O experimento será conduzido em delineamento inteiramente casualizado com três repetições em esquema fatorial (7 X 2), sendo sete doses (0; 0,25; 0,5; 0,75; 1,0; 1,25, 1,5% v/v) do agente mutagênico MMS (Metil Metano Sulfonado) e duas espécies medicinais: Lippia alba e Aloysia triphylla. As variáveis a serem avaliada são contagem do número de folhas de cada estaca, sendo mensurada a massa desse material em balança analítica. Logo após, o material será acondicionado em sacos de papel e colocado em estufa com circulação forçada de ar, para secagem à temperatura de 60C 2C, até obter-se a massa seca constante procedendo em seguida a mensuração. Os dados obtidos no experimento serão submetidos à análise de variância. Os fatores qualitativos como espécie e tipo de estaca serão submetidos a comparação de médias pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade de erro, enquanto que para o fator quantitativo doses do agente mutagênico serão efetuadas regressões polinomiais, afim de obter a curva de resposta e as doses ideais. Obtidas as variâncias atribuídas aos tratamentos estas serão decompostas em variâncias genéticas aditivas, de dominância e de sobredominância.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carine Meier - Integrante / RAFAEL BELLÉ - Integrante / VELCI QUEIRÓZ DE SOUZA - Coordenador / ALAN JUNIOR DE PELEGRIN - Integrante / DENISE SCHMIDT - Integrante / CARLOS BUSANELLO - Integrante / CLEITON KORCELSKI - Integrante / DAIANE PROCHNOW - Integrante.

  • 2013 - 2018

    PROJETO GUARDA-CHUVA - MELHORAMENTO GENÉTICO DE PLANTAS, Descrição: Os caracteres quantitativos são os de maior interesse para o melhoramento, contudo, são os mais difíceis na obtenção de êxito, principalmente em gerações altamente segregrantes. Consequentemente, a busca de soluções para o progresso em caracteres como rendimento de grãos podem ser obtidos através da seleção indireta. Também, é necessário o conhecimento de técnicas relacionadas com o aumento da pressão de seleção visando a obtenção de indivíduos superiores em homozigose e controle dos efeitos de ambiente. A necessidade de identificar genótipos superiores determina a busca de conhecimentos sobre recombinações genéticas necessárias para a criação de constituições genéticas superiores, desta forma; a participação de diferentes formações genéticas em distintos indivíduos permite identificar a contribuição de cada genótipo na formação de indivíduos superiores. Os resultados obtidos poderão proporcionar um maior conhecimento sobre a interação Genótipo x Ambiente e o sistema de transferência de genes para os novos genótipos. A redução de constituições genéticas heterozigotas poderá proporcionar a busca de indivíduos altamente produtivos e estáveis em populações segregantes, proporcionando a criação de novas cultivares em escala comercial, com menor tempo, custo e elevada eficiência.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (9) / Mestrado profissional: (3) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Carine Meier - Integrante / DIEGO NICOLAU FOLLMANN - Integrante / DANIELA MEIRA - Integrante / VELCI QUEIRÓZ DE SOUZA - Coordenador / MAICON NARDINO - Integrante / ALAN JUNIOR DE PELEGRIN - Integrante / ANTONIO DAVID BORTOLUZZI SILVA - Integrante / IVAN RICARDO CARVALHO - Integrante / MAURÍCIO FERRARI - Integrante / DENISE SCHMIDT - Integrante / BRAULIO OTOMAR CARON - Integrante / Alesxander Rigatti - Integrante / Andrei Lunkes - Integrante / EDUARDO PELEGRINI BELLE - Integrante / ALISSON FRIZON DA SILVA - Integrante / LUIS ANTONIO KLEIN - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2013

3°- MEP- Mostra de Escolas Profissionalizantes do Rio Grande do Sul, .

2012

3° LUGAR - MEP- (MOSTRA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL), .

2012

DESTAQUE- MEIO AMBIENTE, SAÚDE e SEGURANÇA, .

2011

2 LUGAR - MEP ( MOSTRA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL), SECRETARIA DA EDUCAÇÃO-RS.

2011

4° FECITEP(FEIRA ESTADUAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA), SECRETARIA DA EDUCAÇÃO-RS.

2011

DESTAQUE: CRIATIVIDADE, SECRETARIA DA EDUCAÇÃO-RS.

2010

1° LUGAR- MEP(MOSTRA DA EDUCAÇÕA PROFISSIONAL), SECRETARIA DA EDUCAÇÃO-RS.

2010

DESTAQUE: CONTRIBUIÇÃO A CIÊNCIA, SECRETARIA DA EDUCAÇÃO-RS.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2018 - Atual

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Capes, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2015 - 2017

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista/estagiário Mec/Sesu, Carga horária: 20

Outras informações:
BOLSISTA PET - MEC/SESu

2015 - 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista/estagiário Fipe/Sênior, Carga horária: 20

Outras informações:
Fundo de Incentivo a Pesquisa - FIPE SENIOR CESNORS como bolsista do projeto PROJETO GUARDA-CHUVA - MELHORAMENTO GENÉTICO DE PLANTAS

2014 - 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista/estagiário Fipe/Sênior, Carga horária: 20

Outras informações:
FIPE Sênior como bolsista do projeto AVALIAÇÃO E SELEÇÃO DE GENÓTIPOS MUTANTES DE LIPPIA ALBA E ALOYSIA TRIPHYLLA.

2016 - 2016

Universidade de Passo Fundo

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40

Outras informações:
Professor Orientador: CARLOS ALBERTO FORCELINI. Atuação: Experimentos a Campo. Acompanhamento de experimentos a campo com a aplicação de herbicida, inseticida, fungicida. tratamento de sementes e área experimental, realização de tratos culturais, Coleta de plantas e avaliação de doenças. Auxílio na organização e realização de dias de campo.

2013 - 2013

EMBRAPA TRIGO- Empresa Brasileira de Pesquisa em Agropecuária

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 30

Outras informações:
Melhoramento Genético de Milho. paticipação do planejamento dos trados culturais na cultura do milho; Auxiliar nos blocos de autofecundação; Auxiliar nos blocos de cruzamento; Auxiliar na obtenção de dados de campo- avaliação de medidas de plantas. Orientadora: Jane Rodrigues de Assis Machado

2013 - 2013

EMBRAPA TRIGO- Empresa Brasileira de Pesquisa em Agropecuária

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 30

Outras informações:
Melhoramento Genético de Milho. paticipação do planejamento dos trados culturais na cultura do milho; Auxiliar nos blocos de autofecundação; Auxiliar nos blocos de cruzamento; Auxiliar na obtenção de dados de campo- avaliação de medidas de plantas. Orientadora: Jane Rodrigues de Assis Machado