Leonardo Lima da Silva

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais do Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina CEART/UDESC, instituição onde concluiu em 2013 o curso de Bacharel em Artes Visuais. Atua no campo das práticas artísticas transitando entre as linguagens da música, vídeo, fotografia, cinema com interesse prático e teórico na investigação de projetos que envolvem iniciativas colaborativas em arte que tangenciam saberes de outras campos como a filosofia. Como estudante/pesquisador no grupo de pesquisa "Arte e Vida nos Limites da Representação" CNPq/UDESC coordenado pelo Prof. Phd. José Luiz Kinceler (1961-2015), com quem participou entre 2008 e 2015 em projetos desenvolvidos em contextos específicos desenvolvendo processos criativos, colaborativos e transdisciplinares . Participou da formação de coletivos em arte e hoje é membro do coletivos Coletivo Geodésica Cultural Itinerante atuante no contexto de Florianópolis/SC. Atualmente participa do grupo de pesquisa Observatório-móvel CNPq/UDESC coordenado pela Prof(a) Dra. Nara Beatriz Milioli Tutida orientadora do projeto da dissertação que tem como título: Karú, terra-fértil, homem-forte, que nasce dos percursos e relações na cidade de São José do Cerrito/SC.

Informações coletadas do Lattes em 01/07/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Artes Visuais

2014 - Atual

Universidade do Estado de Santa Catarina
Orientador: José Luiz Kinceler;Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Artes Visuais

2008 - 2013

Universidade do Estado de Santa Catarina
Título: Tocatas Abertas: Um percursso de desejos compartilhados
Orientador: José Luiz Kinceler
Bolsista do(a): Pró Reitoria de Pesquisa e Extensão, PROEX, Brasil.

Formação complementar

2014 - 2014

Centro de Filosofia e Ciências Humanas - CFH. (Carga horária: 25h). , Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Áreas de atuação

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Música.

Organização de eventos

SILVA, L. L. . Em Processo. 2012. (Exposição).

Participação em eventos

Aprendizagem colaborativa para a gestão participativa de processos socioecológicos,ministrado pela Profa. Dra. Juliana Merçon, da Universidad Veracruzana, México. Carga horária total de 25 horas..Aprendizagem colaborativa para a gestão participativa de processos socioecológicos. 2014. (Oficina).

Genius Loci e a escultura social.Genius Loci e a escultura social. 2013. (Encontro).

8° Encontro da Universidade do Estado de Santa Catarina.GEODÉSICA CULTURAL NA ILHA. 2012. (Oficina).

Banca de qualificação de projeto de conclusão de curso promovida pela disciplina de Metodologia da Pesquisa do curso de Artes Cênicas DAC/CEART/UDESC.O território do palhaço e o espaço do outro: experiências em ambiente hospitalar e em aldeias indígenas. 2012. (Outra).

Exposição "Em Processo" (Memorial Meyer FIlho).Sem título. 2012. (Outra).

29º SEURS 2011 - ECONOMIA ECOLÓGICA, POLÍTICAS SOCIAIS E INTEGRAÇÃO LATINO AMERICANA.VIDEAR: LABORATÓRIO ABERTO DE ANIMAÇÃO E VIDEO ARTE. 2011. (Oficina).

Em Busca do Interior - Sete dias cem imagens em torno ao fogo..Relatos de convívio. 2011. (Encontro).

(des) continuidades do cotidiano: arte e democracia na contemporaneidade..Contaminação e Convívios: Seu Gentil e o Coletivo LAAVA. 2010. (Seminário).

2º SIAV - SIMPÓSIO DE INTEGRAÇÃO DAS ARTES VISUAIS. 2010. (Simpósio).

Incursões Urbanas: contexto, pensamento, ação e/ou sujeito, entorno social, ação coletiva.Incursões Urbanas. 2010. (Oficina).

Oficina de Arte e Tecnologia.Translúdicos. 2010. (Oficina).

OFICINA DE LIGHT PAINTING (32h).OFICINA DE LIGHT PAINTING. 2010. (Oficina).

Seminário Publicações de Artista. 2010. (Seminário).

Mini-curso de vídeo por Andrea Sunder-Plassmann.Mini-curso de vídeo por Andrea Sunder-Plassmann. 2009. (Oficina).

Comissão julgadora das bancas

José Luiz Kinceler

Knceler, José Luiz; STOLF, M. R.; BARROS, G. S.;KINCELER, J. L.. Tocatas Abertas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Nara Beatriz Milioli Tutida

TUTIDA, Milioli Nara; STOLF, R.; OLIVEIRA, L. S.. Karú, terra fértil, homem forte. 2016. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Nara Beatriz Milioli Tutida

TUTIDA, Milioli Nara; STOLF, R.; OLIVEIRA, L. S.. Karu. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Artes Visuais) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Guilherme Antonio Sauerbronn de Barros

BARROS, G. A. S.; Kinceler, J. L.; Stolf, R.. Tocatas Abertas: um percurso de desejos compartilhados. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Maria Raquel da Silva Stolf

TUTIDA, Nara Milioli;STOLF, M. R. S. ou STOLF, Raquel; OLIVEIRA, L. S. C.. Karú, terra fértil, homem forte. 2016. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Maria Raquel da Silva Stolf

TUTIDA, Nara Milioli;STOLF, M. R. S. ou STOLF, Raquel; OLIVEIRA, L. S. C.. Karú, terra forte, homem forte. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Artes Visuais) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Maria Raquel da Silva Stolf

KINCELER, J. L.;STOLF, M. R. S. ou STOLF, Raquel; BARROS, G. S.. Tocatas Abertas: um percurso de desejos compartilhados. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Artes Visuais) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Foi orientado por

Nara Beatriz Milioli Tutida

Karú; 2016; Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Nara Beatriz Milioli Tutida;

Priscila Anversa

Desenho no campo audiovisual; 2020; Orientação de outra natureza; (Artes Visuais) - Universidade do Estado de Santa Catarina; Orientador: Priscila Anversa;

Produções bibliográficas

  • SILVA, E. L. ; SILVA, L. L. . ?Aceita esta dança??: corporalidades em um grupo de idosos. In: Fernanda Castro Manhães; Rosalee Santos Crespo Istoe; Carlos Henrique Medeiros de Souza. (Org.). Envelhecimento em foco: abordagens interdisciplinares III. 1ed.Campos dos Goytacazes: Brasil Multicultural, 2016, v. 3, p. 70-93.

  • KINCELER, J. L. ; Damé, Paulo ; ROSA, Tatiana ; SILVA, L. L. . Casa Redonda: Espaço colaborativo para a reinvenção de saberes e afetos.. In: Cirilo, José, Org; Grando, Ângela, Org.. (Org.). Mediações e enfrentamentos da arte. 01ed.São Paulo: Intermeios, 2015, v. , p. 78-88.

  • KINCELER, J. L. ; SILVA, L. L. ; Damé, Paulo ; ROSA, Tatiana ; KINCELER, L. S. . SIMULTANEIDADES AFETIVAS: O Coletivo Geodésica tinerante no Museu Victor Meirelles. In: IV Seminario Internacional sobre Arte Público en Latinoamérica, 2015, Cali-COL. Pasados presentes?:'debates'por las memorias en el arte público en Latinoamérica,. Santiago de Cali: Programa Editorial Universidad del Valle, 2015. p. 191-207.

  • SILVA, L. L. ; KINCELER, J. L. ; KINCELER, L. S. ; VILLAUVA, P. A. . O COLETIVO GEODÉSICA CULTURAL ITINERANTE E A REVOLUÇÃO DOS BALDINHOS: A HORTA VERTICAL COMO UMA PLATAFORMA DE SABERES E DESEJOS COMPARTILHADOS EM ARTE COLABORATIVA. In: 22º Encontro Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas: Ecossistemas Estéticos, 2013, Belém. Anais do 22º Encontro Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas: Ecossistemas Estéticos / Afonso Medeiros, Idanise Hamoy, (Orgs.), 2013. v. 1. p. 3093-3106.

  • SILVA, L. L. ; KINCELER, J. L. ; KINCELER, L. S. ; VILLAUVA, P. A. . A HORTA VERTICAL COMO ESCULTURA SOCIAL. In: Simpósio Internacional do Grupo de Estudos sobre Arte Pública, GEAP Latinoamérica, 2013, Chile. Tránsitos, Apropriaciones y Marginalidades del Arte del Arte Público en América Latina. Chile: RIL editores, 2013. v. 1. p. 467-482.

  • KINCELER, J. L. ; SILVA, L. L. ; PEDEMONTE, F. A. . ARTE COLABORATIVA: O COLETIVO LAAVA COMO UMA PLATAFORMA DE DESEJOS COMPARTILHADOS. In: IV Ciclo de Investigações do PPGAV/UDESC, 2009, Florianópolis. 4º Ciclo de Investigações do PPGAV /UDESC, 2009.

  • SILVA, L. L. ; KINCELER, L. S. ; KINCELER, J. L. . OROCONGO SABER ? ARTE RELACIONAL EM SUA FORMA COMPLEXA1 - Contaminação e convívio: Seu Gentil do Orocongo e o Coletivo Laava, uma tragetória Única.. In: I Congresso de Iniciação Científica e Pós-Graduação, 2010, Florianópolis. I Congresso de Iniciação Científica e Pós-Graduação - 20º Seminário de Iniciação Científica, 2010.

  • KINCELER, J. L. ; Damé, Paulo ; ROSA, Tatiana ; SILVA, L. L. . Casa Redonda: espaço colaborativo para a reinvenção de saberes e afetos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SILVA, L. L. ; KINCELER, L. S. . Contaminação e Convívios: Seu Gentil e o Coletivo LAAVA. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • SILVA, L. L. ; PEDEMONTE, F. A. . ARTE COLABORATIVA: O COLETIVO LAAVA COMO UMA PLATAFORMA DE DESEJOS COMPARTILHADOS. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVA, L. L. . anecoica (participação na publicação sonora coletiva com o trabalho 'Se Você', desenvolvido no Seminário Especial Investigações sob(re) proposições sonoras, no PPGAV-UDESC, com coordenação de Raquel Stolf, Florianópolis). Florianópolis: Editora NAVE e selo Céu da boca, 2015 (Publicação).

Outras produções

BARROS, G. A. S. ; SILVA, L. L. ; KINCELER, L. S. . Programa Radiofonias: Tocata Aberta. 2016.

SILVA, L. L. . EM BUSCA DO INTERIOR. 2011; Tema: Um portal destinado ao compartilhamento de ideias e informações para a construção do Encontro EM BUSCA DO INTERIOR: SETE DIAS ?CEM? IMAGENS EM TORNO AO FOGO realizado entre 17/04 a 24/04 de 2011, no município de Encruzilhada do Sul (RS).. (Blog).

SILVA, L. L. ; KINCELER, J. L. ; MATIAS, H. P. . Horta Vertical Saber na Comunidade da Mangueira - RJ. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

SILVA, L. L. ; KINCELER, L. S. . VIDEAR: LABORATÓRIO ABERTO DE ANIMAÇÃO E VIDEO ARTE. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SILVA, L. L. ; KINCELER, J. L. . Oficina Prática de Edição de Vídeo. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SILVA, L. L. ; KINCELER, J. L. ; MATIAS, H. P. . Horta Vertical Saber na Mangueira. 2012. Intervenção Urbana.

SILVA, L. L. ; KINCELER, L. S. ; JORGE, L. P. . Translúdicos. 2010. Instalação.

SILVA, L. L. ; KINCELER, L. S. . G XV. 2009. Vídeo.

SILVA, L. L. ; KINCELER, L. S. ; KINCELER, J. L. ; MATIAS, H. P. ; PEDEMONTE, F. A. . Assombrações da Ilha. 2008. Vídeo.

Projetos de pesquisa

  • 2012 - 2013

    HORTA VERTICAL SABER ? UMA PLATAFORMA DE SABERES E DESEJOS COMPARTILHADOS EM ARTE PÚBLICA COM A COMUNIDADE DO MONTE CRISTO., Descrição: Pesquisa em parceria com a Comunidade do Monte Cristo por meio dos agentes sociais que desenvolvem o Projeto ?Revolução dos Baldinhos? tendo como destaque o cruzamento entre o uso de referentes e de processos criativos que estimulem o convívio e a produção de descontinuidades. O objetivo é desencadear a criação de novas conexões e estratégias não convencionais vinculadas a Arte Relacional em sua forma complexa. Visa propiciar que o processo criativo aconteça de forma coletiva e descentralizada a todos os participantes, de modo que a autoria seja diluída durante a realização das hortas verticais. Busca assim instaurar uma reflexão crítica nas condições de produção artística, ampliando formas de fazer arte na qual a unidade artística particular seja posta em descontinuidade em favor da atividade humana em geral. A proposta prevê articular processos criativos que se desenvolverão no acontecimento da presença, do encontro entre integrantes da equipe de trabalho provenientes da comunidade interessadas na reinvenção do cotidiano que visem a construção de hortas verticais por meio da reutilização de pneus automotivos descartados pelos consumidores. Esta servirá como dispositivo relacional para a disseminação de outros saberes artísticos que a elas poderão estar vinculadas. É um índole complexa que transita entre educação sustentabilidade e criatividade na comunidade do Monte Cristo.A partir de táticas criativas estruturadas para ativar o processo criativo colaborativo baseadas no princípio da descontinuidade, do saber que a experiência produz, e do estar juntos em espaços intensificados pela convivência, a metodologia será teórico-prática baseada no encontro, no afeto e na troca de saberes a partir da materialização do desejo individual em relação a plataforma de saber compartilhado que as hortas puderem proporcionar.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Leonardo Lima da Silva - Integrante / José Luiz Kinceler - Coordenador / Paulo Andrés Villauva - Integrante.

  • 2010 - 2011

    TOCATA SABER UMA PLATAFORMA DE SABERES E DESEJOS COMPARTILHADOS EM ARTE RELACIONAL COMPLEXA, Descrição: Considerando que cada período histórico gera seu próprio paradigma estético no enfrentamento com mundos de vida marcados por formas de representação múltiplas, atualmente provocar acontecimentos que produzam devires complexos na subjetividade individual e coletiva é de urgência vital para formas de arte que não estejam dispostas a se inserir neste panorama efêmero e líquido que nossa modernidade não tem nem mais como abarcar. Por outro se reconhecemos que a arte atual transita entre como habitar este mundo e novas formas de traduzir esta realidade, que tipo de técnica, aqui entendida por processo criativo, pode produzir sentido para um cotidiano que necessita ser reinventado ecosoficamente? Por meio de táticas criativas baseadas no princípio da descontinuidade, do saber que a experiência produz, e do estar juntos em espaços intensificados pela convivência, esta pesquisa tem como objetivo propiciar que o processo criativo aconteça de forma descentralizada a todos os participantes, de modo que a autoria seja diluída durante a realização de tocatas abertas. A partir de táticas criativas estruturadas para ativar o processo criativo colaborativo, a metodologia será teórico-prática baseada no encontro, no afeto e na troca de saberes a partir da materialização do desejo individual em relação a plataforma de saber compartilhado que as tocatas puderem proporcionar. Neste sentido cada participante poderá materializar outras faltas em relação ao que a Tocata puder projetar sobre seu imaginário. A partir das descontinuidades vivenciadas os participantes irão realizar procedimentos técnicos sensíveis que ofereçam visibilidade a outros desejos, pessoais e ou coletivos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leonardo Lima da Silva - Integrante / Lucas Sielski Kinceler - Integrante / José Luiz Kinceler - Coordenador / Francis Albrecht Pedemonte - Integrante.

  • 2009 - 2010

    OROCONGO SABER ? Arte relacional em sua forma complexa, Descrição: Descrição: A pesquisa em andamento Orocongo Saber Arte Relacional em sua Forma complexa visa potencializar processos criativos colaborativos, propondo materializar a construção de conhecimento sensível que transitem entre a produção de subjetividade e a contextualidade. Isto significa a articulação crítica-reflexiva que permita a produção de descontinuidades e acontecimentos que se desdobrem em experiências enriquecedoras no processo de convivência com Seu Gentil do Orocongo. Levando em consideração as experiências que o Coletivo LAAVA - Laboratório de Animação e Vídeo-arte podem proporcionar o desejo é trazer a presença relações criativas colaborativas que reinventem nosso cotidiano a partir da disseminação do saber fazer e tocar o Orocongo... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leonardo Lima da Silva - Coordenador.