Flavia Mateus Rios

Doutorou-se na Universidade de São Paulo (USP, 2014), na qual obteve os títulos de bacharelado(2005) e de licenciatura em Ciências Sociais(2006) e mestre em Sociologia(2009). Durante o estágio doutoral, foi Visiting Student Researcher Collaborator em Princeton University, com bolsa Sanduíche da FAPESP (2013).Integrou o quadro docente da Universidade Federal de Goiás(2016-2017) onde coordenou o PIBID-Ciências Sociais. Atualmente, é Diretora do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia (ICHF/UFF) e também professora adjunta da Universidade Federal Fluminense(UFF), onde foi coordenadora do curso de Ciências Sociais- Licenciatura(2020-2021). É ex-coordenadora do Grupo de estudos e Pesquisa Guerreiro Ramos (NEGRA) e integra o programa de pós-graduação em sociologia(PPGS). Integra o Comitê Científico do AFRO/CEBRAP e do Projeto "As responsabilidades de empresas por violações de direitos durante a Ditadura" (CAAF/Unifesp). Coordena o projeto "Gestão municipal da igualdade racial e políticas inclusivas de educação e trabalho no município de Niterói: estudos e ações para sua implementação" (PDPA/FEC, 2020-2022) e o projeto " Origens e destinos: uma avaliação da política de cotas universitárias e seus efeitos no mercado de trabalho" (CNPq 2021-2024). Integra o grupo de trabalho da Advocacia Geral da União (AGU), em 2023. É associada à ANPOCS, SBS, LASA e BRASA.Tem experiência na área de Sociologia Política e da Cultura, com ênfase nos estudos sobre ação coletiva, teorias interseccionais, relações raciais e de gênero, Ditadura Militar e democracia, feminismo negros e políticas de ações afirmativas no ensino superior.

Informações coletadas do Lattes em 08/04/2024

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Sociologia

2010 - 2014

Universidade de São Paulo
Título: Elite Política Negra no Brasil (1978-2002)
Antonio Sérgio Alfredo Guimarães. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Doutorado em Sociology Department (Sanduíche)

2013 - 2013

Princeton University
Título: Elite Negra no Brasil: A influência dos EUA na política antirracista do Brasil
Orientador: em Princeton University ( Edward Telles)
com Antonio Sérgio Guimarães. Coorientador: Edward Telles. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: Movimentos Sociais; Raça; Organizações civis.

Mestrado em Sociologia

2006 - 2008

Universidade de São Paulo
Título: Institucionalização do Movimento Negro no Brasil Contemporâneo, Ano de Obtenção: 2009
Antonio Sergio Alfredo Guimarães.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Movimentos Sociais; Relações Raciais; Protestos Politicos.Grande área: Ciências Humanas

Graduação em Ciências Sociais-licenciatura

2004 - 2005

Universidade de São Paulo

Graduação em Ciências Sociais

2000 - 2004

Universidade de São Paulo
Título: Lélia Gonzalez e intelectualidade negra
Orientador: Antônio Sérgio Afredo Guimarães

Formação complementar

2020 - 2020

Textos como discursos: análise qualitativa documental. (Carga horária: 12h). , Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.

2011 - 2011

Desigualdade e Estratificação. (Carga horária: 30h). , Centro Brasileiro de Análise e Planejamento, CEBRAP, Brasil.

2009 - 2009

O Brasil (não é) para principiantes. (Carga horária: 20h). , Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais, ANPOCS, Brasil.

2009 - 2009

Desigualdade: conceito, mensuração e abordagens. (Carga horária: 120h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2009 - 2009

A sociologia de Pierre Bourdieu: teoria e prática. (Carga horária: 12h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2008 - 2008

Perspectiva de cor e raça. (Carga horária: 45h). , Escola Nacional de Ciências Estatísticas, ENCE, Brasil.

2007 - 2007

Programa de Aperfeiçoamento de Ensino. (Carga horária: 64h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2002 - 2002

(Re)Conhecendo a História da África. (Carga horária: 8h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: sociologia das relações raciais.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Fundamentos da Educação/Especialidade: Sociologia da Educação.

Comissão julgadora das bancas

Angela Maria Alonso

ALONSO, A.; Guimarães, Antonio Sergio; Silvério, Valter. Institucionalização do movimento negro no Brasil contemporâneo. 2009. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.

Antonio Sérgio Alfredo Guimarães

Guimaraes, Antonio Sergio Alfredo; Alonso, A.; Gurza L, A.; SILVÉRIO, V.; SILVA, M. A. M.. Elite política negra no Brasil: relação entre movimento social, partidos e estado. 2014. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciencias Humanas (USP).

Valter Roberto Silvério

Guimarães, A.S.A;SILVÉRIO, Valter Roberto. Institucionalização do movimento negro no Brasil contemporâneo. 2009. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de São Paulo.

Foi orientado por

BRUNA AMARAL LANZILLOTTI BARRETO

#OCUPATUDO: mobilizações secundaristas e resistências à precarização da educação; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal Fluminense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Bruna Amaral Lanzillotti Barreto;

Eva Alterman Blay

Direitos Humanos e Homicídio de Mulheres; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Sociologia) - Fac; Filosofia,Letras e Ciencias Humanas- USP, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eva Alterman Blay;

Marcia Regina de Lima Silva

Creating Systemic Change: Solutions to Poverty through Accountable & Representative Policy Processes; 2009; Orientação de outra natureza - Centro Brasileiro de Análise e Planejamento; Orientador: Márcia Regina de Lima Silva;

Wania Amélia Belchior Mesquita

2015; Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Wania Amélia Belchior Mesquita;

Projetos de pesquisa

  • 2023 - 2023

    ÍNDICE DE GESTÃO DAS POLÍTICAS DE IGUALDADE RACIAL (IGPIR), Descrição: O projeto piloto do IGPIR tem por objetivo subsidiar a construção do índice da Igualdade Racial das cidades fluminenses. Trata-se de um levantamento, sistematização e a análise estatística de das bases de dados administrativas dos municípios brasileiros integrantes da Rede Global de Cidades Antirracistas, cuja a configuração compreende um grupo de gestões da igualdade racial que atuam para a institucionalização de políticas de igualdade racial nas cidades brasileiras.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Coordenador / Douglas Leite - Integrante / Tâmis Parron - Integrante / Christy Ganzert Gomes Pato - Integrante / Helbson Davila - Integrante / Henrique Rodrigues Moreira - Integrante / Talita Silva de Souza Azevedo - Integrante.

  • 2022 - 2023

    Ditadura Militar, Responsabilização de Empresas e Questões Raciais, Descrição: O projeto Ditadura Militar, Responsabilização de Empresas e Questões Raciais tem como objetivo estudar racismo institucional, violações de direitos humanos e resistências coletivas a partir do estudo de caso da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), em Volta Redonda, Rio de Janeiro. Nos marcos da agenda internacional por justiça, memória e verdade, o projeto ambiciona ainda a elaboração propostas de tipificação do racismo em contextos autoritários e modelos de reparação para coletividades negras afetadas pela ação da empresa no contexto autoritário (1964-1985). A pesquisa está vinculada ao projeto geral do CAAF/UNIFESP, que versa sobre o tema geral da Ditadura e responsabilização de empresas. O método de pesquisa é qualitativo baseado em coleta e análise de processos judiciais; Coleta e análise da imprensa empresarial, local e nacional;Coleta e análise documental no Clube Palmares (VR);Entrevista e coleta de depoimentos com trabalhadores, associados do clube palmares, militantes e sindicalistas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Coordenador / Eliege Domingos - Integrante / Helbson Davila - Integrante / Luís Felipe Nunes Silva - Integrante.

  • 2022 - Atual

    Origens e destinos: uma avaliação da política de cotas universitárias e seus efeitos no mercado de trabalho, Descrição: Lei 12.711/12 visa enfrentar os problemas de discriminação e desigualdades raciais e seus prejuízos para o país. Embora no momento de sua criação, o debate público se desse em torno das desvantagens acumuladas pela parcela negra da população nas diversas esferas sociais, a Lei instituiu ação afirmativa para acesso ao ensino superior considerando não o critério étnico-racial, mas o de classe. Estaria ela apta para promover as mudanças para as quais foi criada? Avaliar a política de cotas universitárias por ela instituída mostra-se importante por múltiplas razões, dentre as quais se destacam: (1) diversos estudos nas ciências sociais revelam que há problemas na implementação dessa política e sugerem que as metas previstas na Lei estão longe de serem alcançadas, sobretudo em cursos de maior relevância social; (2) a rica produção acadêmica sobre a política contempla os seguintes temas: o argumento moral, o desempenho dos estudantes e a trajetória dos egressos; e, embora exista no país uma tradição na avaliação do sistema de ensino superior, não há estudos que se dediquem a um exame sistematizado dessa política pública. Para suprir essa lacuna, a pesquisa buscará responder a seguinte questão: a política de cotas universitárias introduzida pela Lei 12.711/2012 tem-se mostrado um instrumento adequado para a promoção da igualdade racial? Será realizada uma pesquisa de avaliação multidimensional da política de cotas, seguindo o modelo oferecido por Draibe (2001). De um lado, serão examinados o desenho e o processo de implementação da política em diferentes universidades, e, de outro, seus resultados, impactos e efeitos, permitindo verificar se a política alcançou suas metas e se provocou mudanças não esperadas pelo legislador. Para alcançar seus objetivos, o estudo adota uma abordagem metodológica mista, com a pesquisa qualitativa e quantitativa, e a utilização de técnicas diversas, como a pesquisa documental, entrevistas, e análise multivariada de dados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Coordenador / Eliane Barbosa da Conceição - Integrante / Edilza Sotero - Integrante / Carolina Maria Costa Bernardo - Integrante / Josiane Silva de Oliveira - Integrante / Marcia Regina Ferreira - Integrante / Regimeire Oliveira Maciel - Integrante / Renilda Aparecida Costa - Integrante / Mariza Fernandes dos Santos - Integrante / Lúcia Maria Barbosa Lira - Integrante.

  • 2022 - Atual

    Protestos das margens, Descrição: Esta pesquisa tem por objetivo mapear, descrever, cartografar e analisar os protestos das margens no Brasil da segunda década do século XXI. A pergunta que norteia esse trabalho diz respeito às diversas formas de mobilização política ocorridas fora dos centros urbanos e das áreas ricas das cidades brasileiras. Espera-se com esse trabalho restabelecer a tradição perdida dos estudos urbanos e dos movimentos sociais que deixaram de analisar os protestos das periferias em favor de outras formas organizativas como associações, coletivos e sociabilidade desses territórios, de um lado, e/ou passaram a se dedicar aos protestos que ganhavam mais volume e visibilidade pública nas áreas urbanas centrais. Do ponto de vista metodológico, trata-se de uma abordagem quantitativa de coleta de eventos de protestos em todas as capitais de norte ao sul do país a partir das grandes mídias, impressos que cobrem o cotidiano e jornais alternativos. A dimensão qualitativa da pesquisa está voltada para o estudos das formas organizacionais, das e dos agentes sociais (civis e institucionais), dos eventos públicos e atividades políticas dos movimentos das mães, amigos e parentes que sofreram violência letal do Estado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Coordenador / Rafel Souza - Integrante / Mateus Almeida - Integrante / Dandara Vicente - Integrante / Felipe Alves - Integrante.

  • 2021 - 2021

    Estudo sociológico dos concluintes cotistas do CAP- UERJ, Descrição: O presente projeto de pesquisa tem por objetivo investigar as trajetórias, as experiências e as percepções dos estudantes cotistas e concluintes do Instituto de Aplicação Fernandes Rodrigues da Silveira (CAP-UERJ). Do ponto de vista metodológico, a pesquisa se vale da trajetória de vida a partir dos quadros sociológicos baseados na sociologia à escala individual de Bernard Lahire. Além do quadro de socialização, queremos observar engajamento político, formas de auto representação, quadro de valores e, por fim, avaliação de políticas públicas de ações afirmativas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Coordenador / Wania Belchior Mesquita - Integrante / Lara Prata - Integrante / Marcos Abraao Fernandes Ribeiro - Integrante / Willian Vasconcellos Ribeiro - Integrante / Raphaella Rodrigues dos Santos - Integrante.

  • 2020 - Atual

    Gestão municipal da igualdade racial e políticas inclusivas de educação e trabalho no município de Niterói: estudos e ações para sua implementação, Descrição: Descrição: O projeto de pesquisa aplicada, em convênio com a Prefeitura de Niterói, está voltado para o estudo e monitoramento da gestão municipal da igualdade racial e para o subsídio de ações de implementação de políticas racialmente inclusivas na cidade de Niterói, notadamente o apoio à efetivação da Lei 10.639/2003 e à reserva de vagas para negros e negras no serviço público municipal. O projeto tem o nome fantasia " Observatório da Igualdade Racial em Niterói" e conta com equipe interdisciplinar e na sua composição formadora temos o Núcleo de Estudos Guerreiro Ramos (Sociologia); o Cosmopolíticas (Antropologia) e o Centro de Estudos das Desigualdades Globais da UFF.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Coordenador / Luciana de Oliveira Dias - Integrante / Fillipe Alves - Integrante / Huri Paz - Integrante / Douglas Leite - Integrante / Tâmis Parron - Integrante / Raquel Guilherme de Lima - Integrante / Ana Cláudia Cruz da Silva - Integrante / Karen Souza - Integrante / Rodrigo Veloso - Integrante / Mateus Almeida - Integrante / Lara Miranda - Integrante / Julia de Oliveira Moreira - Integrante / Caio Luiz Jardim - Integrante.

  • 2019 - 2023

    Violência Política (1989-2023), Descrição: O presente projeto visa mapear os assassinatos de políticos desde o estabelecimento da Constituição Federal de 1988 até o ano de 2023. Por meio do levantamento de notícias da grande imprensa, disponíveis na internet e no acervo da Biblioteca Nacional, além de relatórios da sociedade civil organizada, será realizado um mapeamento de parlamentares (municipais e estaduais), políticos de cargo executivos (como secretários e prefeitos), além de candidatos em contextos sociais e políticos assassinados nas últimas três décadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Coordenador / Huri Paz - Integrante / Lara Prata - Integrante.

  • 2019 - 2021

    Interacoes socioestatais e processos de institucionalizacao no nivel federal: um balanco pos-2016, Descrição: Este projeto se insere no debate sobre a mutua constituicao entre repertorios de interacao socioestatal construidos historicamente e os processos de institucionalizacao de diversos setores de politicas publicas no no contexto brasileiro, e que marcaram o periodo das gestoes petistas em nivel federal (2003-2016). Nosso objetivo e estudar o periodo 2003-2018, identificando e analisando as mudancas nos repertorios de interacao socioestatal em nivel federal que se deram a partir do impeachment de Dilma Rousseff em 2016, em tres setores de politicas publicas: urbana, assistencia social e igualdade racial, e os potenciais efeitos destas mudancas na construcao institucional destes setores (Ministerios, Secretarias e IPs) e para os repertorios dos movimentos sociais envolvidos. Para tanto, buscaremos avancar na articulacao teorica entre a abordagem neoinstitucionalista e o debate sobre participacao e movimentos sociais; sistematizar a literatura sobre a construcao institucional das areas de politica urbana, assistencia social e igualdade racial no Governo Federal; mapear os repertorios de interacao socioestatal formais e informais que se constituiram e institucionalizaram nestes setores, identificando a institucionalizacao de padroes de interacao socioestatal em cada um dos setores e explorar os efeitos destas mudancas sobre os repertorios de acao dos movimentos e a construcao institucional de cada politica publica setorial estudada.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Integrante / Lizandra Serafim - Coordenador / Thiago Aparecido Trindade - Integrante / Camila Penna Castro - Integrante.

  • 2017 - 2021

    Dinâmicas interseccionais de raça e gênero no Brasil pós 2013: entre a cultura e a política, Descrição: A literatura acadêmica nacional identifica as jornadas de junho de 2013 como um divisor de águas na esfera pública do país em relação a entrada de novos agentes, novas agendas e formas de agir na relação entre sociedade e Estado. Contudo, pouco se sabe sobre como raça e gênero se re-configuraram no bojo das transformações ocorridas desde essas grandes mobilizações sociais. Para atender as demandas empíricas e teóricas deste projeto, trabalho com o conceito de interseccionalidade a fim de investigar as dinâmicas das relações raciais e de gênero no Brasil a partir desse novo contexto político e de seus desdobramentos institucionais e civis. Destaco, para efeito de análise, as áreas da cultura e da política, em especial nos espaços de periferia e das instituições universitárias, onde tais temas têm ganhado vitalidade e de onde muitos desses agentes partem ou se reportam em temos de debate e mobilizações culturais e políticas. Em perspectiva comparada, busco entender os novos agentes, agendas e formas de ação, em contraste com a agência coletiva brasileira que emergiu no ciclo de mobilização do processo de democratização e estabelecimento democrático, das décadas de 1980 a 2000, responsável pela instucionalização das pautas de gênero e raça na agenda pública brasileira.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Coordenador / Adriel Ignácio - Integrante / Luiza Santanna - Integrante.

  • 2016 - 2019

    Laboratório Raça e espaço urbano, Descrição: A proposta de criação do Laboratório Raça e Espaço Urbano no âmbito do Departamento de Projeto da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP vem de encontro à necessidade de institucionalizar o campo de pesquisa de relações raciais no espaço urbano a partir da FAUUSP, com vistas ao estudo desses processos e à formulação de políticas de recondução, compensação e equilíbrio social a partir do recorte racial. O Laboratório, concebido em termos interdisciplinares, visa a produção de pesquisas, cursos, seminários e publicações enfocando a especificidade das dimensões racializadas da produção social do espaço no Brasil. O conjunto de métodos, técnicas e procedimentos de pesquisa desenvolvidos na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP favorecerá a construção de novas problemáticas, novos recortes e sobretudo um novo instrumental de análise, apoiado em mapeamentos cartográficos e programas de georreferenciamento de informação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Integrante / Valter Roberto Silvério - Integrante / Danilo França - Integrante / Alex Ratts - Integrante / Matheus Gato de Jesus - Integrante / Antonio Sérgio Alfredo Guimarães - Integrante / Mario Augusto Medeiros - Integrante / Ana Claudia Castilho Barone - Coordenador.

  • 2015 - 2016

    A cidadania imaginada pelas Mulheres Afro-Brasileiras: da Ditadura Militar à Democracia, Descrição: Este projeto investiga a produção intelectual e o ativismo das mulheres negras, da ditadura militar à democracia. São dois os eixos analíticos: o primeira trata-se de uma abordagem voltada para os pontos nodais e de intersecção das múltiplas formas de opressão e de formação de identidades e projetos coletivos; e a segunda envolve as estratégias e os espaços de participação e representação nas esferas civil e estatal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Coordenador.

  • 2014 - 2017

    Cinquenta anos de feminismo: 1965/2015, Descrição: Esse projeto visa investigar os novos paradigmas,desafios futuros do feminismo e dos movimentos e reivindicações de mulheres na .Argentina, no Brasil e no Chile. Trata-se de um projeto temático financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Integrante / Lúcia Avelar - Integrante / Maria Augusta Martins Rodrigues - Integrante / Eva Blay - Coordenador / Patrícia Duarte Rangel - Integrante.

  • 2009 - 2011

    Creating Systemic Change: Solutions to Poverty through Accountable & Representative Policy Processes, Descrição: Descrição: Global public problems in poverty, health, education, environment and social inclusion pose deep systemic challenges. They are systemic in two key respects: a) they cannot be solved by scientific and management innovation alone, but require responses that are simultaneously economic, social, and political; and, b) the scaling up of solutions involves multiple actors in the public, private, and nonprofit sectors, acting over long time horizons. In their efforts to create systemic solutions to poverty, many civil society organizations (CSOs) are thus trying to influence actors much bigger than themselves: governments, inter-governmental organizations (IGOs), and corporations. They are doing this by inserting themselves directly into policymaking, regulation, and implementation at national and global levels, in order to leverage change that has broad impact. The growing forays by civil society organizations into policy domains pose two related challenges in democratic societies. The first is about accountability. CSOs have raised concerns about public sector problems of corruption and transparency, democratic deficits, inadequate systems of checks and balances, poor oversight and performance, and inefficiency. At the same time, CSOs themselves are increasingly being challenged on the grounds of their legitimacy in speaking for the poor that is, on the question of whom they represent. This problem of representation is especially thorny when CSOs seek entry to policy arenas (as compared to their involvement in service delivery projects), ostensibly the domain of elected representatives in democratic societies. This research project develops country cass studies in three continents: Asia (India and Bangladesh), Africa (Soudh Africa and Uganda) and America Latina (Bolivia and Brazil) .. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Integrante / Marcia Lima - Integrante / Adrian Gurza Lavalle - Integrante / Vera Schattan Coelho - Integrante / Alnoor Ebrahim - Coordenador / Laura Montinho - Integrante / Peter Spink - Integrante / Mario Aquino - Integrante / Eliane Barbosa da Conceição - Integrante / Silvia Aguião Rodrigues - Integrante / Marcus Vinícius Peinado Gomes - Integrante.

  • 2009 - 2010

    Políticas de Inclusão e Transição no Mercado de Trabalho: o caso do ProUni,, Descrição: Descrição: O projeto de pesquisa visa investigar os efeitos das mudanças recentes na estrutura econômica, por um lado, e das políticas de combate às desigualdades, por outro, na configuração das desigualdades raciais no Brasil. De forma mais específica, analisa o processo de transição ensino superior - mercado de trabalho, com especial atenção para as possibilidades de inserção no mercado de trabalho de egressos do Programa Universidade Para Todos (ProUni) do Governo Federal.Para tanto, três eixos de análise são de especial importância: (i) o mercado de trabalho para egressos do ensino superior e as possibilidades e limites dessa inserção segundo características adscritivas; (ii) evolução e expansão recente do ensino superior brasileiro, com especial atenção para a expansão do ensino privado; e (iii) processo de implantação, funcionamento e primeiros resultados do ProUni... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Integrante / Bruno Komatso - Integrante / Alexandre Abdal - Integrante / Danilo Torini - Integrante / Thiago Soares - Integrante / Marcia Lima - Coordenador.

  • 2008 - 2008

    Demandes de réparations des Afro-brésiliens, paradoxe de la citoyenneté, Descrição: Demandes de réparations des Afro-brésiliens, paradoxe de la citoyenneté, projet financé par te le Conseil de recherches en sciences humaines du Canada.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Flavia Mateus Rios - Integrante / Francine Saillant - Coordenador / Leon Padial - Integrante.

Prêmios

2023

Prêmio Sou de Niterói - Categoria Educação, Prefeitura Municipal/ Editora GLOBO.

2023

Homenagem no Dia Internacional da Igualdade Feminina, Comissão da Mulher e Direitos Humanos da Câmara de Niterói.

2019

Paraninfa da Turma Carlos Marighella, UFF.

2019

Professora Homenageada, Curso de Ciências Sociais(UFF).

2018

Homenageada pela Turma Marielle Franco, UFF.

2018

Prêmio Clóvis Moura, Rede Quilombação/ Câmara Municipal de São Paulo.

2009

Melhor Dissertação de Mestrado em Sociologia da USP, Departamento de Pós-graduação em Sociologia.

2009

Indicada para o Concurso Brasileiro ANPOCS de Obras Científicas e Teses Universitárias em Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade de São Paulo (PPGS-USP)..

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Universidade Federal Fluminense, Departamento de Sociologia e Metodologia em ciências sociais. , Rua Professor Marcos Waldemar de Freitas Reis, Bloco O, São Domingos, 24210201 - Niterói, RJ - Brasil, Telefone: (21) 26292230, URL da Homepage:

Experiência profissional

2015 - 2016

Instituto Federal de São Paulo

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Substituto de Sociologia, Carga horária: 40

Outras informações:
Disciplina: Dilemas Sociais e Raciais no Brasil

2015 - 2016

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutoramento, Carga horária: 20

Outras informações:
Disciplina: Sociologia Contemporânea

2010 - 2011

Centro Brasileiro de Análise e Planejamento

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador Autônomo, Carga horária: 8

2009 - 2010

Escola Estadual Alberto Levy

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de Sociologia, Carga horária: 12

2008 - 2008

Universite Laval

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Auxiliar de Pesquisa, Carga horária: 8

2005 - 2006

Universidade Federal de São Carlos

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: estágio, Carga horária: 12

2014 - 2014

Universidade de São Paulo

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Livre, Carga horária: 6

Outras informações:
Departamento de Pós-Graduação em Sociologia- FFLCH - USP Disciplina: Sociologia e Sujeitos Coletivos: Classes, Raças e Etnias

2012 - 2012

Universidade de São Paulo

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 6

Outras informações:
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - PAE - FFLCH - USP Disciplina: Métodos e Técnicas de Pesquisa II

2011 - 2011

Universidade de São Paulo

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 6

Outras informações:
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - PAE - FFLCH - USP Disciplina: Movimentos Sociais: introdução ao debate contemporâneo

2011 - 2011

Universidade de São Paulo

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 6

Outras informações:
Programa de Aperfeiçoamento de Ensino - PAE - FFLCH - USP Disciplina: Métodos e Técnicas de Pesquisa I

2007 - 2007

Universidade de São Paulo

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Livre, Carga horária: 6

Outras informações:
Curso de Ciências Sociais - graduação - FFLCH - USP Disciplina: Sociologia das Relações Raciais.

2005 - 2006

Universidade de São Paulo

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 8

Outras informações:
Curso de Extensão Universitária Programa São Paulo: Educando pela Diferença para a igualdade - Curso de Formação Continuada -SECAD/NEAB/UFSCAR

2001 - 2002

Universidade de São Paulo

Vínculo: Bolsista de In. Científica, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Iniciação Científica: Lélia Gonzalez, Intelectualidade e Ativismo Político na democratização Brasileira - FORD/CNPq

2016 - 2017

Universidade Federal de Goiás

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Servidor Público do Magistério Superior, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Coordenadora do PIBID - Ciências Sociais Disciplinas ministradas: 1) Cultura, Poder e Relações Raciais 2) Teoria Sociologia Clássica 3) Tópicos de Sociologia I

2016 - 2017

Universidade Federal de Goiás

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Coordenadora do PIBID-Ciências Sociais, Carga horária: 10

Outras informações:
Bolsista da CAPES, como coordenadora do Projeto PIBID-Ciências Sociais

2015 - 2016

Secretaria Municipal de São paulo

Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Formadora educacional, Carga horária: 10

2015 - 2015

Universidade Federal de Ouro Preto

Vínculo: Tutor, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 10

2023 - Atual

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Diretora do ICHF, Carga horária: 30, Regime: Dedicação exclusiva.

2017 - Atual

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunto C, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Disciplinas Ministradas:1) Sociologia V; 2) Sociologia das relações étnico-raciais 3) Sociologia II; 4) Pensamento Social Brasileiro5) Sociologia I 6) Teoria Sociológica Contemporânea (pós-graduação); 7) seminário de tese (pós-graduação); 8) Teorias da ação coletiva e das Desigualdades Sociais (pós-graduação).

2020 - 2021

Universidade Federal Fluminense

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenadora do Curso de Ciências Sociais Lic, Carga horária: 20