Lorena Féres da Silva Telles

Pós-doutoranda no Center for Latin American Studies (CLAS), na University of Pittsburgh, possui pós-doutorado pelo departamento de História da Unicamp, na linha de pesquisa África e Diáspora Africana, graduação em História pela Universidade de São Paulo (2007) e pela Universidade de Paris IV (2003), com mestrado (2011) e doutorado (2018) em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Suas pesquisas e publicações abordam a história das mulheres negras, africanas e descendentes, relações de gênero, gravidez, parto, amamentação, maternidade e medicina na escravidão e trabalho doméstico no pós-abolição. A pesquisa de mestrado, desenvolvida com o apoio do CNPq, abordou o cotidiano de mulheres negras e as relações de trabalho doméstico em São Paulo entre 1880 e 1920 (Libertas entre sobrados: mulheres negras e trabalho doméstico em São Paulo (1880-1920), Ed. Alameda, 2013). A pesquisa de doutorado (Teresa Benguela e Felipa Crioula estavam grávidas: maternidade e escravidão no Rio de Janeiro (1830-1888). Editora Unifesp, 2022), foi vencedora do Prêmio Sérgio Buarque de Holanda Tese em Ciências Sociais pela LASA (Latin American Studies Association), Seção Brasil/2020, e do Prêmio História Social do Programa de Pós-Graduação em História Social da USP, edição 2019. Atualmente, no âmbito do pós-doutorado, dedica-se à pesquisa das trajetórias de vida, visões de mundo e experiências da maternidade para mulheres centro-africanas e descendentes, nos cenários das médias e grandes fazendas do Sudeste cafeeiro.Email: lorenasilvatelles@gmail.com

Informações coletadas do Lattes em 23/11/2023

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em História Social

2014 - 2018

Universidade de São Paulo
Título: Teresa Benguela e Felipa Crioula estavam grávidas: maternidade e escravidão no Rio de Janeiro (1830-1888)
Maria Helena Pereira Toledo Machado. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: escravidão; mulheres negras; maternidade; gênero; trabalho doméstico.

Mestrado em História Social

2008 - 2011

Universidade de São Paulo
Título: Libertas entre sobrados: trabalho doméstico em São Paulo (1880-1900), Ano de Obtenção: 2011
Maria Odila Leite da Silva Dias.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: história de mulheres; cotidiano; abolição; pós-abolição; São Paulo século XIX; história feminista. Grande área: Ciências HumanasSetores de atividade: Educação; Atividades profissionais, científicas e técnicas.

Graduação em História

2001 - 2006

Universidade de São Paulo

Graduação em Licence- Histoire

2004 - 2005

Université Paris-Sorbonne

Pós-doutorado

2021

Pós-Doutorado. , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil. , Grande área: Ciências Humanas, Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil / Especialidade: História do Brasil Império.

Formação complementar

2016 - 2017

Programa de Aperfeiçoamento para o Ensino Superior (PAE). (Carga horária: 20h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

Organização de eventos

TELLES, L. F. S. . LASA (Latin American Studies Association) - Painel Ventres Livres ? mulheres e crianças, gênero, violência e aquisição de liberdade nas sociedades escravistas atlânticas (séculos XVIII e XIX). 2021. (Congresso).

Participação em eventos

Diálogos e trajetórias em torno do trabalho doméstico - Jornadas Feministas do Departamento de História da Universidade de São Paulo.Trabalho doméstico entre a escravidão e o pós-abolição. 2021. (Seminário).

V Congresso da CTETP (Clínica Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas da UFMG de. Raça, gênero e trabalho escravo: história e contemporaneidade. 2021. (Congresso).

Semana da Consciência Negra na FFLCH.Mulheres negras e trabalho doméstico em São Paulo (1880-1920). 2019. (Seminário).

Participação em bancas

Aluno: Caroline Mariano

ABREU, M.; ROSEMBERG, A.;TELLES, L. F. S.. Mulheres de mau comportamento: crime, gênero e raça na cidade de São Paulo (1850-1900). 2022. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Júlia Rabahie

TELLES, L. F. S.; FERREIRA, L. O.; SILVA, M. R.. O parto no pós-abolição em São Paulo (1894-1925): ser mãe em disputa ? experiências e representações sobre o parto na capital paulista da virada do século. 2022. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Alanna Pereira

TELLES, L. F. S.; RODRIGUES, A.. "A vez das Minas": trabalho, propriedade e redes de sociabilidade entre africanas ganhadeiras em Salvador (1750-1830). 2023. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: SANTOS, TAINÁ

SLENES, R.;TELLES, L. F. S.. ""Branca para casar, negra para trabalhar"?: racismo e gênero na organização do trabalho em Campinas, 1876 - 1892". 2021. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Caroline Mariano

TELLES, L. F. S.; ARIZA, M.. Mulheres, higienismo e vagabundagem em São Paulo: escravas, libertandas, libertas e livres (1850 ? 1900). 2020. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Bruno Alberto Marins

TELLES, L. F. S.; REGINALDO, L.. Castigo contestado: direito senhorial, maus-tratos e a luta pela liberdade nos tribunais do Brasil Império (1849-1873). 2023. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Julia Aquino

TELLES, L. F. S.; CANELAS, L.. Um recurso para a liberdade: o uso do habeas corpus por escravizados, libertos e livres no Brasil do século XIX. 2021. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Estadual de Campinas.

Comissão julgadora das bancas

Karoline Carula

CARULA, Karoline; MACHADO, M. H. P. T.; GOMES, F. S.; SCHWARCZ, L. K. M.; WISSENBACH, M. C. C.. Teresa Benguela e Felipa Crioula estavam grávidas: maternidade e escravidão no Rio de Janeiro (século XIX). 2019. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Maria Cristina Cortez Wissenbach

DIAS, Maria Odila Leite da Silvia; BOSI, E.;WISSENBACH, M. C. C.. Libertas entre sobrados: contratos de trabalho doméstico em São Paulo na derrocada da escravidão. 2011. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Maria Cristina Cortez Wissenbach

GOMES, Flávio dos Santos;WISSENBACH, M. C. C.; MACHADO, Maria Helena Pereira Toledo; SCHWARCZ, L. M.; CARULA, K.. Teresa Benguela e Felipa Crioula estavam grávidas: maternidade e escravidão no Rio de Janeiro (século XIX). 2019. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Maria Cristina Cortez Wissenbach

GOMES, Flávio dos Santos;WISSENBACH, M. C. C.; MACHADO, Maria Helena Pereira Toledo. Mães escravas e amans de leite: maternidade e escravidão no Brasil ( Rio de Janeiro e São Paulo, século XIX). 2016. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

Maria Helena Pereira Toledo Machado

PEREIRA TOLEDO MACHADO, MARIA HELENAGOMES, F. S.; Schawrcz, L.; Carula, K.; WISSENBACH, M. C. C.. Teresa Benguela e Felipa Crioula estavam grávidas: maternidade e escravidão no Rio de Janeiro (Século XIX). 2019. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Maria Helena Pereira Toledo Machado

MACHADO, M. H. P. T.; WISSENBACH, M. C. C.;GOMES, F. S.. M:ães escravas e amas de leite: maternidade e escravidão no Brasil (rio de Janeiro e São Paulo, século XIX). 2016. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

Foi orientado por

Maria Odila Leite da Silva Dias

Libertas entre sobrados: contratos de trabalho domestico em São Paulo,1880-1900; 2011; Dissertação (Mestrado em Historia social) - Faculdade de Filosofia Letras e Ciencias Humanas da Usp, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Odila Leite da Silva Dias;

Maria Helena Pereira Toledo Machado

Teresa Benguela e Felipa Crioula estavam grávidas: maternidade e escravidão no Rio de Janeiro (Século XIX); 2019; Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Maria Helena Pereira Toledo Machado;

Produções bibliográficas

  • TELLES, L. F. S. . Gravidez e escravidão em perspectiva comparada: mulheres africanas e descendentes na cidade do Rio de Janeiro e nas fazendas cafeeiras no Sudeste (1830-1888). REVISTA DE HISTÓRIA COMPARADA (UFRJ) , v. v.16, p. 136-170, 2022.

  • TELLES, LORENA FÉRES DA SILVA . Pregnant slaves, workers in labour: amid doctors and masters in a slave-owning city (nineteenth-century Rio de Janeiro). Women's History Review , v. 1, p. 1-15, 2017.

  • TELLES, L. F. S. . 'Vagabunda incorrigível': Mulheres pobres e polícia urbana, São Paulo 1889-1896. Estudos CEDHAL , v. 1, p. p.287-316, 2011.

  • TELLES, L. F. S. . Teresa Benguela e Felipa Crioula estavam grávidas: maternidade e escravidão no Rio de Janeiro (1830-1888). 1. ed. São Paulo: editora da UNIFESP, 2022. v. 1.

  • TELLES, L. F. S. . Libertas entre sobrados: Mulheres negras e trabalho doméstico em São Paulo (1880-1920). 1. ed. São Paulo: Alameda/Fapesp, 2013. v. 1. 344p .

  • TELLES, L. F. S. . Bacias, fetos e pelvímetros: mulheres escravizadas e violência obstétrica na enfermaria de partos do Rio de Janeiro (década de 1880). In: CARULA, Karoline; ARIZA, Marília. (Org.). Escravidão e maternidade no mundo atlântico: corpo, saúde, trabalho, família e liberdade nos séculos XVIII e XIX. 1ed.Rio de Janeiro: Eduff, 2022, v. , p. 81-105.

  • TELLES, L. F. S. . Partos difíceis, fórceps e maus pressentimentos: africanas e descendentes entre médicos e senhores na cidade escravista (Rio de Janeiro, século XIX). In: NOGUEIRA, André; SILVEIRA, Anny; NASCIMENTO, Dilene; MERLO, Patrícia; FRANCO, Sebastião. (Org.). Uma história brasileira das doenças. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2022, v. 11, p. 87-108.

  • TELLES, L. F. S. . Mães e amas de leite nas malhas dos interesses escravistas: mercado urbano de aluguel, abandono e morte de bebês ingênuos no Rio de Janeiro (1871-1888). In: MACHADO, Maria Helena Pereira Toledo; GOMES, Flávio dos Santos; BRITO, Luciana da Cruz; VIANA, Iamara da Silva. (Org.). Ventres livres? Gênero, maternidade e legislação. 1ed.São Paulo: Editora da Unesp, 2021, v. 1, p. 41-61.

  • TELLES, L. F. S. . Pregnant slaves, workers in labour: amid doctors and masters in a slave-owning city (nineteenth-century Rio de Janeiro). In: MACHADO, Maria Helena P. T. (org.); PATON, Diana. (org.) ; COWLING, Camillia. (org.) ; WEST, Emily. (org.). (Org.). Mothering slaves: comparative perspectives on motherhood, childlessness, and the care of children in Atlantic slave societies. 1ed.New York: Routledge, 2020, v. 1, p. 283-296.

  • TELLES, LORENA FÉRES DA SILVA . Amas de leite. In: SCHWARCZ, Lilia; GOMES, Flávio. (Org.). Dicionário da Escravidão e da Liberdade. 1ed.São Paulo: Companhia das Letras, 2018, v. 1, p. 99-105.

  • TELLES, L. F. S. . "Inspeccionada e afiançada por médicos": amas de leite entre discursos e práticas da medicina (São Paulo, 1880-1920). In: GOMES, Flávio; PIMENTA, Tânia. (Org.). Escravidão, doenças e práticas de cura no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Outras Letras, 2016, v. 1, p. 178-208.

  • TELLES, L. F. S. . Libertas entre contratos e aluguéis: trabalho doméstico em São Paulo às vésperas da abolição. In: MACHADO, Maria Helena Pereira Toledo; CASTILHO, Celso Thomas. (Org.). Tornando-se livre. Agentes históricos e lutas sociais no processo de abolição. 1ed.São Paulo: Edusp, 2015, v. 1, p. 167-188.

  • TELLES, L. F. S. . Mulheres negras nos livros didáticos de História: questões curriculares para uma educação antirracista. In: XXV Jornada de Ensino de História e Educação do GT Ensino de História e Educação da ANPUH-RS, 2022, Virtual. O que faz o Ensino de História na luta antirracista? Anais da XXV Jornada de Ensino de História e Educação do GT Ensino de História e Educação da ANPUH-RS. São Leopoldo: Oikos. p. 46-51.

  • TELLES, L. F. S. . ?Sophia, preta, mina, trinta e tantos anos, anda ordinariamente com um filho de dois anos, de nome João: maternidade, trabalho urbano e escravidão no Rio de Janeiro (1850-1888)?. In: XXX Simpósio Nacional de História (ANPUH), 2019, Recife. Anais dos Simpósios da Anpuh, 2019.

  • TELLES, L. F. S. . Escravas, laboriosas parturientes: entre comadres, parteiras e médicos na cidade escravista (Rio de Janeiro, século XIX). In: XXIX Simpósio Nacional de História (ANPUH), 2017, Brasília. Anais dos Simpósios da Anpuh, 2017.

  • TELLES, L. F. S. . Mulheres escravas, maternidade e medicina no Rio de Janeiro, século XIX. In: XXVIII Simpósio Nacional de História, 2015, Florianópolis. Anais dos Simpósios da Anpuh, 2015.

  • TELLES, L. F. S. ; CHATTERJEE, I. ; ARANA, P. V. ; MCMILLAN, L. ; ANASTASIADIS, M. ; JAYANTH, M. ; PATON, D. . Pregnancy and Slavery in Comparative Perspective: African Women and Women of African Descent in the city of Rio de Janeiro and the coffee farms of Southeast Brazil, 1830-1888/ Global Histories of Slavery. 2022. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • TELLES, L. F. S. . Gravidez, trabalho e cotidiano: mulheres centro-africanas e descendentes nas fazendas cafeeiras do Sudeste (século XIX)/ Anpuh/ 2022. 2022. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • TELLES, L. F. S. . Mulheres africanas e crioulas escravizadas, amamentação e cotidiano nas fazendas cafeeiras no Rio de Janeiro e São Paulo (1830-1888)/ ANPUH. 2021. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • TELLES, L. F. S. . Mães e amas de leite nas malhas dos interesses escravistas: mercado urbano de aluguel, abandono e morte de bebês ingênuos no Rio de Janeiro (1871-1888)/ LASA. 2021. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • TELLES, L. F. S. ; BANKOLE-MEDINA, K. ; PIMENTA, T. S. ; MARCOS, P. . Enslaved Women and Childbirth amid doctors and enslavers in Rio de Janeiro (19th century)/ Lapidus Center. 2021. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • TELLES, L. F. S. . Mulheres negras na História do Brasil: práticas de ensino para uma educação antirracista ANPUH. 2021. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • TELLES, L. F. S. . Partos difíceis e violência obstétrica: mulheres escravizadas entre médicos e estudantes de medicina ? Rio de Janeiro (1830-1888)/ VIII Colóquio de História das Doenças. 2020. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • TELLES, L. F. S. . Sophia, preta, mina, trinta e tantos anos, anda ordinariamente com um filho de dois anos, de nome João: maternidade, trabalho urbano e escravidão no Rio de Janeiro (1850-1888) ANPUH. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • TELLES, L. F. S. . Escravas, laboriosas parturientes: entre senhores, parteiras e médicos na cidade escravista (Rio de Janeiro, século XIX) / ANPUH. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • TELLES, L. F. S. . Escravas, laboriosas parturientes: entre comadres, parteiras e médicos na cidade escravista (Rio de Janeiro, século XIX) / ANPUH. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • TELLES, L. F. S. ; BELCHIOR, D. . Palestra no Seminário 'Trabalho físico e trabalho intelectual'. Sesc/Escola da Cidade. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • TELLES, L. F. S. . Gestantes, parturientes e nutrizes: reflexões sobre maternidade, trabalho e cotidiano de mulheres escravizadas no Rio de Janeiro oitocentista/ Workshop Saúde e Escravidão/ FRIOCRUZ. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • TELLES, L. F. S. . Amas de leite e mães escravas: perspectivas históricas sobre maternidade, amamentação e o cuidado de crianças no Brasil oitocentista. Ciclo de seminários ?Gênero, Trabalho, Cuidado: Pistas e Desafios?.Departamento e Programa de Pós-Graduação em sociologia da Universidade de São Paulo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • TELLES, L. F. S. . Mulheres Negras e o Trabalho Doméstico: entre o Passado e o Presente. I Encontro dos Professores de História, UNIESP.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • TELLES, L. F. S. . Mulheres escravas e maternidade nos discursos da medicina- Rio de Janeiro, século XIX. Faculdade de Medicina- UNICAMP. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • TELLES, L. F. S. . Mulheres escravas, maternidade e medicina no Rio de Janeiro, século XIX/ ANPUH. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • TELLES, L. F. S. . Slave women, breastfeeding and motherhood in nineteenth-century Brazil. Mothering Slaves: Comparative Perspectives on Motherhood, Childlessness and the Care of Children in Atlantic Slave Societies. Universidade de Newcastle. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • TELLES, L. F. S. . Seminário USP-Vanderbilt: As Américas e o mundo atlântico. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • TELLES, L. F. S. . Book Review Progressive Mothers, Better Babies: Race, Public Health, and the State in Brazil, 1850?1845. By Okezi T. Otovo. The Journal of the History of Childhood and Youth, vol. 10 no. 3, 2017, p. 455-457. Project MUSE. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2017 (Resenha).

Outras produções

TELLES, L. F. S. ; ROTH, C. . Reportagem ?Lei do Ventre Livre: como as mulheres escravizadas davam à luz no Brasil??. BBC Brasil, 21 de setembro de 2021.. 2021. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

TELLES, L. F. S. . Tv Arte- France- Invitation au voyage. À São Paulo, un lait au goût amer. 2020.

TELLES, L. F. S. . A saúde entre dois mundos: africanos e seus descendentes. Revista Pesquisa Fapesp. Edição 261 nov. 2017. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

TELLES, L. F. S. . 'O Quarto dos fundos'- Caminhos da reportagem (TV Brasil). 2016.

TELLES, L. F. S. . A Herança escravista no trabalho doméstico. Agência Fapesp.. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

TELLES, L. F. S. . Trabalho doméstico brasileira e a herança da sociedade escravocrata. Revista Instituto Humanitas Unisinos.. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Prêmios

2020

Prêmio Tese em Ciências Sociais pela LASA (Latin American Studies Association), Seção Brasil/2020, LASA (Latin American Studies Association).

2020

Prêmio Tese em História Social do Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade de São Paulo, Departamento de Pós-Graduação em História Social, Universidade de São Paulo.

Histórico profissional

Experiência profissional

2012 - 2012

Ministério da Educação

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Parecerista, Carga horária: 5

Outras informações:
Elaboração de parecer solicitado pela Coordenação Geral de Direitos Humanos da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação, referente ao livro intitulado "Teencontrei: onde a gurizada se encontra", elaborado pelo Grupo de Trabalho da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), discutindo a diversidade sexual, o enfrentamento ao sexismo e à homofobia.

2012 - 2012

Fondation Lycée Pasteur

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de História (FundamentaI e Médio), Carga horária: 30

2008 - 2009

Centro Universitário Sant´Anna

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de Sociologia e Comunicação, Carga horária: 6

2008 - 2009

Universidade Anhembi Morumbi

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 30

Outras informações:
Pesquisadora do Centro de Pesquisas em Gastronomia Brasileira, Faculdade de Gastronomia

2007 - 2007

Centro de Estudos e Pesquisa em Educação Cultura e Ação Comunitária

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20

Outras informações:
Atividades na formação de voluntários e professores nas atividades pedagógicas propostas (Clube de Leitura, Clube de Correspondência, Clube de Rádio), para alunos de Ensino Fundamental I e II, de pesquisas sobre alfabetização infantil, preparação de material e de pautas dos encontros

2006 - 2006

Instituto Kairós de desenvolvimento social

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 8

Outras informações:
Trabalho de campo em instituições ligadas à criança e ao adolescente no município de Itapecerica da Serra.

2006 - 2006

Instituto Pensarte

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20

Outras informações:
Atividades de organização do material de estudo para cursos de Políticas Culturais oferecidos pelo instituto.

2010 - 2011

Colégio Pioneiro

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de História- Ensino Fundamental II, Carga horária: 18

2019 - 2020

Colégio Santo Américo

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de História- Ensino Fundamental II, Carga horária: 27

2013 - 2015

Colégio Miguel de Cervantes

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de História Ensino Fundamental II, Carga horária: 25

2021 - 2021

Colégio Liceu Pasteur

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de Sociologia e Filosofia, Carga horária: 3

2008 - 2009

Colégio Novo ângulo

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora de História, Carga horária: 20