Marlenildo Ferreira Melo

Atualmente é Doutorando em Agronomia/Fitotecnia pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), com linha de pesquisa em Melhoramento Genético e Tecnologia em Sementes e Pós-Colheita. É Mestre em Agronomia/Fitotecnia, pela mesma universidade em 2018, com experiência em Propagação, Nutrição, Adubação e Tratos Culturais em Frutíferas de Clima Tropical e Sub-Tropical. Possui graduação em Agronomia pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (2016) e em Administração Pública pela Universidade Federal do Ceará (2015).

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Fitotecnia

2018 - Atual

Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Patrícia Lígia Dantas de Morais. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Ciência e Tecnologia de Alimentos / Subárea: Ciência de Alimentos / Especialidade: Fisiologia Pós-Colheita.

Mestrado em Fitotecnia

2016 - 2018

Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Título: Capacidade competitiva de goiabeira com plantas daninhas na fase inicial de crescimento,Ano de Obtenção: 2018
Vander Mendonça.Coorientador: Daniel Valadão Silva. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Bidens subalternans DC.; Commelina benghalensis L.; Crescimento; Nutrientes; Psidium guajava L.; Waltheria indica L.. Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Manejo e Tratos Culturais. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitotecnia / Especialidade: Produção de Mudas.

Graduação em Agronomia

2011 - 2016

Instituto Federal do Ceará - Reitoria
Título: Polinização artificial e regulador de crescimento no desenvolvimento de frutos de ateira (Annona squamosa L.)
Orientador: Keline Sousa Albuquerque Uchôa
Bolsista do(a): Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, FUNCAP, Brasil.

Graduação em Administração Pública

2011 - 2015

Universidade Federal do Ceará
Título: Políticas Públicas para Agricultura Familiar no Município de Russas
Orientador: Rosângela Soares de Oliveira

Ensino Médio (2º grau)

2005 - 2007

Colégio Estadual Governador Flavio Marcilio

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2020 - 2020

R Programming For Absolute Beginners. (Carga horária: 9h). , Udemy, U, Estados Unidos.

2016 - 2016

Conversação em língua inglesa - Pré-Intermediário, nível A2. (Carga horária: 32h). , Idiomas sem Fronteiras - Inglês, ISF, Brasil.

2016 - 2016

Citricultura. (Carga horária: 15h). , Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada, EXPOFRUIT 2016, Brasil.

2015 - 2015

Workshop de Estatística. (Carga horária: 20h). , Instituto Federal do Ceará - Reitoria, IFCE, Brasil.

2015 - 2015

Horticultura orgânica. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA, Brasil.

2015 - 2015

Empreendedorismo. (Carga horária: 40h). , Instituto Centro de Ensino Tecnológico, CENTEC, Brasil.

2015 - 2015

Preparação: da ideia ao negócio. (Carga horária: 24h). , Laboratorium Projetos Inovadores, LPI, Brasil.

2015 - 2015

Imaginação: caminho para a inovação. (Carga horária: 16h). , Laboratorium Projetos Inovadores, LPI, Brasil.

2015 - 2015

Trilha de Referênca para o Empreendedor - TREM. (Carga horária: 128h). , Laboratorium Projetos Inovadores, LPI, Brasil.

2013 - 2013

Extensão universitária em Moscas das frutas de importância econômica e quare. (Carga horária: 40h). , Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará, ADAGRI, Brasil.

2013 - 2013

Trab. na aplicação de agrotóxicos. (Carga horária: 24h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2013 - 2013

Carcinicultura. (Carga horária: 40h). , Instituto Federal do Ceará - Reitoria, IFCE, Brasil.

2013 - 2013

Curso de Inglês - English Basis. (Carga horária: 180h). , Instituto Federal do Ceará - Reitoria, IFCE, Brasil.

2013 - 2013

Produção de hortaliças. (Carga horária: 40h). , Instituto Federal do Ceará - Reitoria, IFCE, Brasil.

2013 - 2013

Língua Portuguesa: compreensão e produção de texto. (Carga horária: 40h). , Instituto Federal do Ceará - Reitoria, IFCE, Brasil.

2013 - 2013

Motores de Combustão Interna. (Carga horária: 40h). , Instituto Federal do Ceará - Reitoria, IFCE, Brasil.

2012 - 2012

Manejo de irrigação, fertirrigação e adubação foli. (Carga horária: 12h). , 19ª Semana Internacional da Fruticultura, Floricultura e Agroindústria, FRUTAL, Brasil.

2012 - 2012

Produção Integrada de Anonáceas. (Carga horária: 16h). , Instituto Federal do Ceará - Reitoria, IFCE, Brasil.

2011 - 2011

Diretrizes para certificação orgânica. (Carga horária: 6h). , Instituto Federal do Ceará - Reitoria, IFCE, Brasil.

2010 - 2010

Extensão universitária em Antropologia e História da Alimentação. (Carga horária: 8h). , VII Semana de História da Fafidam (UECE) - I Simpósio de Estudos Históricos, FAFIDAM, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia.

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Feira Internacional da Fruticultura Tropical Irrigada - EXPOFRUIT. Avaliação de cultivares de abacaxizeiro sob doses de fertilizante organomineral na fase de aclimatação de mudas in vitro. 2016. (Feira).

Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação. Efeito da temperatura na superação da dormência em sementes de pinha. 2015. (Congresso).

I Congresso de Agroecologia do Semiárido. Políticas públicas para a agricultura familiar no Município de Russas, Ceará. 2015. (Congresso).

I Semana de Agroecologia.FITOTEC - Grupo de Estudos em Fitotecnia. 2015. (Seminário).

I Semana de Agronomia.Produção de frutos partenocárpicos. 2015. (Seminário).

IV Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica do Ceará.Polinização manual e regulador de crescimento para desenvolvimento de frutos partenocárpicos de ateira (Annona squamosa L.) no semiárido do nordeste brasileiro. 2015. (Seminário).

Simpósio de Planejamento e Gestão da Produção de Ruminantes. 2015. (Simpósio).

VII Feira Científica e Cultural. Nação nordestina; Convicência com a seca. 2015. (Feira).

VII Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido. 2015. (Simpósio).

XX Semana Universitária da UECE.Insetário fotográfico como ferramenta pedagógica alternativa de estudo e exposição de insetos nos cursos de Agronomia. 2015. (Seminário).

IX Congresso de Pesquisa e Inovação da Rede Norte e Nordeste de Educação Tecnológica (IX CONNEPI). Polinização natural de pinheira na Chapada do Apodi, Limoeiro do Norte, CE. 2014. (Congresso).

VIII Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação da Rede de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (VIII CONNEPI). Crescimento vegetativo da ateira (Annona squamosa L.) sob diferentes tipos de formação na Chapada do Apodi, Limoeiro do Norte, CE.. 2013. (Congresso).

XI Encontro de Iniciação Científica e Tecnológica (XI ENICIT).Avaliação física de frutos de lima ácida Tahiti (Citrus latifolia Tanaka) submetida a diferentes técnicas de indução. 2013. (Encontro).

XVIII Seminário Nordestino de Pecuária (PEC Nordeste). 2013. (Seminário).

XVII Seminário Nordestino de Pecuária (PEC Nordeste). 2013. (Seminário).

19ª Semana Internacional da Fruticultura, Floricultura e Agroindústria - Frutal 2012. 2012. (Outra).

6 Seminário Empreender: vender mais e crescer com os grandes. 2012. (Seminário).

IV Seminário de Agricultura Irrigada no Vale do Jaguaribe. 2012. (Seminário).

XVI Seminário Nordestino de Pecuária (PEC Nordeste). 2012. (Seminário).

III Semana do Meio Ambiente. 2011. (Seminário).

VII Semana de História - I Simpósio de Estudos Históricos do PET. 2010. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Wilma Freitas Celedonio

MENDONCA, V.;MELO, M. F.; MENDONCA, L. F. M.. Caracterização físico-química de frutos de tangerineira 'Ponkan' (Citrus reticulada Blanco), cultivada em Mossoró/RN, sob armazenamento refrigerado. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Eduardo Castro Pereira

MENDONCA., V.; SILVA, D. V.;PEREIRA, E. C.. Capacidade competitiva de goiabeira com plantas daninhas na fase inicial de crescimento. 2018. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal do Semi-Árido.

Keline Sousa Albuquerque Uchoa

ALBUQUERQUE, K. S.; UCHOA, C. N.; SOUZA, D. V. E.. Polinização artificial e regulador de crescimento no desenvolvimento de frutos de ateira. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Agronomia) - Instituto Federal do Ceará- Campus Limoeiro do Norte.

VANDER MENDONÇA

MENDONÇA, VANDERMENDONCA, L. F. M.PEREIRA, Eduardo Castro; SILVA, D. V.. Capacidade competitiva de goiabeira e plantas daninhas na fase inicial de crescimento. 2018. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

LUCIANA FREITAS DE MEDEIROS MENDONÇA

MENDONCA, V.; SILVA, D. V.;MEDEIROS, L. F.; PEREIRA, E. C.. CAPACIDADE COMPETITIVA DE GOIABEIRA COM PLANTAS DANINHAS NA FASE INICIAL DE CRESCIMENTO. 2018. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Keline Sousa Albuquerque Uchoa

Polinização manual e reguladores de crescimento no desenvolvimento de frutos de ateira; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Agronomia) - IFCE - Campus Limoeiro do Norte; Orientador: Keline Sousa Albuquerque Uchoa;

Keline Sousa Albuquerque Uchoa

Polinização artificial e regulador de crescimento no desenvolvimento de frutos de ateira; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Agronomia) - Instituto Federal do Ceará- Campus Limoeiro do Norte; Orientador: Keline Sousa Albuquerque Uchoa;

Keline Sousa Albuquerque Uchoa

Polinização Artificial e Regulador de Crescimento no Desenvolvimento de Frutos de Ateira (Annona squamosa L; ) na região do Baixo Jaguaribe; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Agronomia) - IFCE - Campus Limoeiro do Norte, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Keline Sousa Albuquerque Uchoa;

Keline Sousa Albuquerque Uchoa

Monitoria das disciplinas de genética e fisiologia vegetal do curso de agronomia; 2014; Orientação de outra natureza; (Bacharelado em Agronomia) - IFCE - Campus Limoeiro do Norte; Orientador: Keline Sousa Albuquerque Uchoa;

VANDER MENDONÇA

Capacidade competitiva de goiabeira e plantas daninhas na fase inicial de crescimento; 2018; Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Vander Mendonca;

HOZANO DE SOUZA LEMOS NETO

Efeito do ácido salicílico e do jasmonato no crescimento, fisiologia e qualidade dos frutos de tomateiro sob estresse salino; Início: 2019; Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Daniel Valadão Silva

Capacidade competitiva de goiabeira e plantas daninhas na fase inicial de crescimento; 2018; Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Daniel Valadão Silva;

Evando Luiz Coelho

Desenvolvimento de técnicas para a indução floral da lima ácida ?tahiti? no semiárido do Nordeste brasileiro; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Instituto Federal do Ceará - Reitoria, Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Evando Luiz Coelho;

Patrícia Lígia Dantas de Morais

Estresse hídrico em goiabeira e qualidade dos frutos; Início: 2018; Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal Rural do Semi Árido, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • RIBEIRO, J. E. S. ; COELHO, E. S. ; FIGUEIREDO, F. R. A. ; MELO, M. F. . Non-destructive method for estimating leaf area of Erythroxylum pauferrense (Erythroxylaceae) from linear dimensions of leaf blades. Acta Botanica Mexicana , v. 127, p. 1-12, 2020.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    FORTALECIMENTO DA FRUTICULTURA NA REGIÃO OESTE POTIGUAR-RN, Descrição: As riquezas naturais do Rio Grande do Norte, associada à capacidade empreendedora dos seus habitantes e à ação do governo através de políticas e projetos que incentivem essa atividade, possibilitam a descoberta constante de novas fontes de renda. A significativa diversidade climática e morfológica, por sua vez, exerce também sua contribuição para atividades como a fruticultura irrigada. A realização de pesquisas com diferentes frutíferas são imprescindíveis para a definição de quais mais se adaptam as condições climáticas de uma região potencialmente promissoras, como é o caso da região do Oeste Potiguar, RN. Assim o objetivo desta proposta será realizar a implantação e avaliação de algumas espécies frutíferas (citros, videira, figueira, goiabeira, romãzeira, abacaxizeiro, pitangueira), já estabelecidas em algumas regiões do país, na Região Oeste Potiguar-RN como alternativas destinadas aos fruticultores da Região Oeste Potiguar-RN. Serão instalados diversos experimentos no pomar da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) e na fazenda experimental Rafael Fernandes, pertencente a UFERSA, localizada no município de Alagoinha ? RN. Ações a serem realizadas: Ação I - Testar à viabilidade e adaptação de diversos frutíferas cítricas (laranjas ?Westin, Rubi?, ?Salustiana?, ?Baianinha 03?, ?Cara Cara?, Lima ?Sukkari?, ?Pera D-6?, ?Natal 112?, ?Natal FM?, ?Valência Tuxpan?, tangerinas ?Dancy? e ?Ponkan?, Tangelo ?Page?, Tangerina-Tangor ?Piemonte? e Tangor ?Murcott BRS Salibe? Laranjeira ?Mino do Céu?, Laranja ?Bahia?, e Mexeriqueira ?Rio?) nas condições edafoclimáticas da região Oeste Potiguar. Ação II ? Testar a adaptação, produção e qualidade de frutos de figueira ?Roxa de Valinhos? em diferentes tipos de cultivos nas condições edafoclimáticas da região Oeste Potiguar. Ação III - Testar à viabilidade e adaptação da romãzeira 'Wonderful' nas condições edafoclimáticas da região Oeste Potiguar, adubadas com nitrogênio e esterco bovino. Ação IV - Testar a adaptação, produção e qualidade de frutos de genótipos de pitangueira nas condições edafoclimáticas da região Oeste Potiguar. Ação V - Adubação nitrogenada e orgânica em videira na região semiárida potiguar: produção, estado nutricional e qualidade dos frutos. Ação VI - Produção e qualidade de frutos da goiabeira 'Paluma' sob sistema de poda escalonada. Ação VII - Avaliar sistemas de produção de abacaxizeiro na região Oeste Potiguar-RN. Os dados obtidos serão submetidos à análise de variância, conforme o esquema experimental adotado, sendo as médias significativas qualitativas comparadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade e para as medias quantitativas será aplicado teste de regressão. Com os resultados obtidos, espera-se a publicação de resumos expandidos em anais de congressos, artigos científicos em revista especializada com corpo editorial. Além de monografias, dissertações de mestrado e teses de doutorado. Bem como repassados aos fruticultores da região Oeste Potiguar-RN em forma de dias de campo, visitas técnicas. Essas iniciativas contribuirão para o fortalecimento da cadeia produtiva da fruticultura na região Oeste Potiguar, permitindo a diversificação da produção com culturas adaptada as condições edafoclimáticas do semiárido, melhorando a renda do produtor e contribuindo para a permanência do homem no campo com melhores condições de vida. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (8) . , Integrantes: Marlenildo Ferreira Melo - Integrante / Luciana Freitas de Medeiros Mendonça - Integrante / Vander Mendonça - Coordenador / Eduardo Castro Pereira - Integrante / Anderson Alves Araújo - Integrante / Jeferson Luiz Dallabona Dombroski - Integrante / PATRICIA LIGIA DANTAS DE MORAIS - Integrante / GLAUBER HENRIQUE DE SOUSA NUNES - Integrante / GUSTAVO ALVES PEREIRA - Integrante / WILMA FREITAS CELEDONIO - Integrante / LUANA MENDES DE OLIVEIRA - Integrante / LUILSON PINHEIRO COSTA - Integrante / WATSON OLIVEIRA FERREIRA - Integrante / FRANCIEZER VICENTE DE LIMA - Integrante / TARSO MORENO ALVES DE SOUZA - Integrante / ALEX DANILO MONTE DE ANDRADE - Integrante / ANTONIA ADAILHA TORRES SOUZA - Integrante / RAULINO CARDOSO NETO - Integrante / ELIAS ARIEL DE MOURA - Integrante / WAGNER CÉSAR DE FARIAS - Integrante / TONI HALAN DA SILVA IRINEU - Integrante / FRANCISCO SIDENE OLIVEIRA SILVA - Integrante / JOAO PAULO NOBRE DE ALMEIDA - Integrante.

  • 2014 - 2015

    Polinização artificial e regulador de crescimento no desenvolvimento de frutos de ateira (Annona squamosa L.) na região do Baixo Jaguaribe, Descrição: A ateira (Annona squamosa L.) é uma cultura de importância econômica para o Brasil, onde comercialização das frutas geralmente é para mesa, possui grande valor agregado devido ao seu agradável sabor. Condições climáticas do Baixo Jaguaribe são ótimas para o cultivo de ateiras, além de condições edáficas e disponibilidade de água, que poderá torná-la potencial concorrente, pelas vantagens mencionadas, em relação ao submédio do São Francisco. Assim, técnicas avançadas para seu cultivo, aspectos da biologia floral e do comportamento reprodutivo da espécie e da possibilidade de desenvolvimento de frutos partenocárpicos são conhecimentos necessários para o desenvolvimento de sistemas de produção. Sua exploração econômica apresenta alguns problemas, por causa de doenças e por seu número reduzido de produções ao ano, além dos problemas de polinização pela ineficiência de polinizadores naturais e pegamento dos frutos e elevada quantidade de sementes na polpa, que tem impossibilitado sua exportação. A indução floral tem o papel de escalonar a produção, para permitir ao mercado consumidor encontrar essa valorizada fruta nas mais variadas épocas do ano. Assim, técnicas apropriadas aos padrões agronômicos não são muito informadas pela literatura. A ateira é uma planta que apresenta características bem primitivas. Assim, busca-se por meio deste trabalho, desenvolver um método melhor para exploração econômica desta cultura e testar métodos de polinização artificial e regulador de crescimento para obtenção de frutos partenocárpicos. Palavras chave: partenocarpia; pinha; polinização mannual; GA3; ácido giberélico.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Marlenildo Ferreira Melo - Integrante / Keline Sousa Albuquerque Uchoa - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Desenvolvimento de técnicas para a indução floral da lima ácida Tahiti no semiárido do Nordeste brasileiro, Descrição: A produção da lima ácida ?tahiti? no Nordeste brasileiro é favorecida pelo clima da região que é excelente para a coloração verde da fruta, item fundamental para a qualidade de exportação da lima ácida Tahiti. A proximidade dos portos e do continente europeu e o enfoque propiciado pelo estado do Ceará à fruticultura para exportação são fatores essenciais para o sucesso do cultivo desta fruta. A lima ácida Tahiti é uma planta rústica e que se adapta à condução por grandes e pequenos produtores com diferentes níveis tecnológicos. Durante os meses de novembro a julho o excesso de produção neste período, normalmente, pressiona os preços da fruta para valores que não remuneram sequer a mão-de-obra para sua colheita. Os melhores preços alcançados pela fruta concentram-se no segundo semestre do ano, portanto, informações sobre o manejo da indução floral da cultura são fundamentais São necessárias pesquisas sobre o manejo fitotécnico da lima ácida ?tahiti? visando à validação de técnicas de indução floral, poda, qualidade de frutos para exportação, entre outros. Assim, este projeto irá gerar e adaptar conhecimentos científicos e tecnológicos que serão imprescindíveis para viabilização da cadeia produtiva da lima ácida Tahiti no Nordeste do Brasil. São escassos os dados disponíveis sobre a indução floral da lima ácida ?tahiti? nas condições do semiárido nordestino sendo possível esperar que a disponibilização de suporte tecnológico para o cultivo racional da lima ácida Tahiti resultará no incremento da produção nesta região, com reflexos positivos no aumento da oferta de produtos e empregos em toda cadeia produtiva do agronegócio da citricultura, gerando benefícios socioeconômicos para a região e sociedade. Objetiva-se com este trabalho desenvolver técnicas para a indução floral da lima ácida ?tahiti? e gerar tecnologia regional para concentração da produção de lima ácida Tahiti na época de melhor remuneração ao produtor.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Marlenildo Ferreira Melo - Integrante / Fransico Cleilson Lopes Costa - Integrante / Evando Luiz Coelho - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2017 - Atual

Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2014 - 2015

Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsa de Iniciação Científica (PIBIC), Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2012 - 2013

Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsa de Iniciação Científica (PIBIC), Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 08/2014 - 07/2015

    Pesquisa e desenvolvimento , Programa Bolsa de Iniciação Científica - PIBIC, .,Linhas de pesquisa

  • 09/2012 - 07/2013

    Pesquisa e desenvolvimento , Programa Bolsa de Iniciação Científica - PIBIC, .,Linhas de pesquisa

2014 - 2014

Instituto Federal do Ceará - Reitoria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor da Disciplina Genética, Carga horária: 16, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Programa de Monitoria do IFCE Campus Limoeiro do Norte

2013 - 2014

Instituto Federal do Ceará - Reitoria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor da Discipina Fisiologia Vegetal, Carga horária: 16, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Programa de Monitoria do IFCE Campus Limoeiro do Norte

2013 - 2013

Instituto Federal do Ceará - Reitoria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor da Disciplina Genética, Carga horária: 16, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Programa de Monitoria do IFCE Campus Limoeiro do Norte.

2011 - 2012

Instituto Federal do Ceará - Reitoria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Auxílio Formação, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Monitor do Laboratório de Solos, Água e Tecidos Vegetais - LABSAT Análises Físicas e Químicas do Solo

2015 - 2015

Escola de Ensino Médio Lauro Rebouças de Oliveira

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Assistente em Administração, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.

2015 - 2015

Escola de Ensino Médio Lauro Rebouças de Oliveira

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Tutoria de Horta Escolar, Carga horária: 12

2016 - Atual

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrando em Fitotecnia