Natiele Follmann

Licenciada em Educação Física pelo Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Mestra em Educação Física pelo Programa de Pós-graduação em Educação Física - UFSM, na área de concentração Educação Física, Saúde e Sociedade. Participou como bolsista Capes/CNPq do Programa Ciência sem Fronteiras (Graduação Sanduíche), onde realizou intercâmbio acadêmico de 18 meses na Alemanha (Setembro 2014/Fevereiro 2016). Foi bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES durante o mestrado (2017/2019). Atualmente cursa graduação em Educação Física - Bacharelado na UFSM e é integrante do Grupo de Estudos Praxiológicos GEP - Brasil.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em EDUCAÇÃO FÍSICA

2017 - 2019

Universidade Federal de Santa Maria
Título: A SISTEMATIZAÇÃO DA LÓGICA INTERNA DO FUTSAL A PARTIR DA PRAXIOLOGIA MOTRIZ,Ano de Obtenção: 2019
João Francisco Magno Ribas.Coorientador: Antonio Guilherme Schmitz Filho. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Futsal; Praxiologia Motriz; Ensino-Aprendizagem; Esporte; Educação Física.

Graduação em andamento em Educação Física - Bacharelado

2020 - Atual

Universidade Federal de Santa Maria

Graduação em Educação Física

2012 - 2017

Universidade Federal de Santa Maria
Título: A área de atuação dos egressos - de 2011 a 2016 - do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM
Orientador: João Francisco Magno Ribas

Ensino Médio (2º grau)

2006 - 2008

Colégio Estadual João de Castilho

Ensino Fundamental (1º grau)

2004 - 2005

Colégio Estadual João de Castilho

Ensino Fundamental (1º grau)

1997 - 2003

Escola Municipal de Ensino Fundamental Dom Pedro II

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2016

Fakultät für Sportwissenschaft. , Technische Universität München, TUM, Alemanha.

2015 - 2015

Deutschintensivkurs für Stipendiaten des DAAD- Curso Intensivo de Alemão B1. (Carga horária: 169h). , interDaF e.V. am Herder Institut der Universität Leipzig, INTERDAF, Alemanha.

2014 - 2014

Deutschintensivkurs für Stipendiaten des DAAD- Curso Intensivo de Alemão A1. (Carga horária: 213h). , interDaF e.V. am Herder Institut der Universität Leipzig, INTERDAF, Alemanha.

2014 - 2014

Deutschintensivkurs für Stipendiaten des DAAD- Curso Intensivo de Alemão A2. (Carga horária: 203h). , interDaF e.V. am Herder Institut der Universität Leipzig, INTERDAF, Alemanha.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Alemão

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Educação Física / Subárea: Grande Área: Ciências da Saúde / Área Educação Física.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

FOLLMANN, N. ; RIBAS, J. F. M. ; MARIN, E. C. ; GOMES-DA-SILVA, P. N. . I ENCONTRO DE GRUPOS DE PESQUISA EM JOGO E EDUCAÇÃO FÍSICA & V MOSTRA LEPEC: Arte, Cultura, Ciência. 2017. (Outro).

BENEDETTI, A. P. ; FOLLMANN, N. ; SCHREINER, J. R. ; PUJOL, V. R. ; NEU, A. F. . Jogos Interséries do Colégio Técnico Industrial de Santa Matia (CTISM). 2014. (Outro).

FOLLMANN, N. . XI SEMANA ACADÊMICA - O CEFD EM QUESTÃO: O estudante pensando os rumos da universidade e da formação. 2012. (Outro).

FOLLMANN, N. . 1ª MOSTRA INTEGRADA DE PROFISSÕES. 2011. (Outro).

FOLLMANN, N. ; ANTUNES, H. S. ; MEURER, A. C. . I Jornada Acadêmica Integrada do Centro de Educação/UFSM-JAI/CE. 2011. (Outro).

FOLLMANN, N. ; FERREIRA, L.S. . Fórum Estadual de Pesquisas e Experiências em PROEJA. 2010. (Outro).

FOLLMANN, N. ; ANTUNES, H. S. . III Seminário nacional de Formação de Professores: possibilidades frente a História da Alfabetização. 2009. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

2 Simpósio do Grupo de Estudos em Futebol. 2018. (Simpósio).

Salão de Inovação e Empreendedorismo. 2018. (Outra).

Análise da conjuntura brasileira e suas implicações na educação: realidade e possibilidades da teoria pedagógica e do ensino da Educação Física. 2017. (Outra).

I ENCONTRO BRASILEIRO DE JOGOS TRADICIONAIS E AUTÓCTONES. 2017. (Encontro).

I ENCONTRO DE GRUPOS DE PESQUISA EM JOGO E EDUCAÇÃO FÍSICA & V MOSTRA LEPEC: Arte, Cultura, Ciência. 2017. (Encontro).

14 MERCOMOVIMENTO. 2013. (Congresso).

28ª Jornada Acadêmica Integrada da Universidade Federal de Santa Maria.Atividades Rítmicas e Expressivas: linguagem do movimento artístico nas aulas de Educação Física. 2013. (Outra).

Formação do Programa Esporte e Lazer da Cidade. 2013. (Outra).

IV Seminário em Epistemologia e Educação Física e II Seminário em Formação de Professores. 2013. (Seminário).

XII SEMANA ACADÊMICA DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Pensando o presente, construindo o futuro. 2013. (Outra).

XII SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR.ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM ESTUDO DESCRITIVO. 2013. (Seminário).

27ª Jornada Acadêmica Integrada da Universidade Federal de Santa Maria.ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA NOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL EM ESCOLAS DE SANTA MARIA. 2012. (Outra).

Apresentação do Movimento Paralímpico Brasileiro e Internacional. 2012. (Outra).

Seminário PROLICEN 2010-2011 "A Educação Básica Pública Regional no foco das Licenciaturas da UFSM". 2011. (Seminário).

XI Congresso Internacional de Educação Popular e XX Seminário Internacional de Educação Popular. 2011. (Congresso).

15ª Jornada Nacional de Educação: educação, autonomia e cidadania. 2010. (Outra).

Fórum Estadual de Pesquisas e Experiências em PROEJA. 2010. (Outra).

I Congresso de Iniciação Científica e Pós-Graduação - Sul do Brasil. 2010. (Congresso).

VI Seminário de Educação Especial: Discutindo Formação e Práticas do Educador Especial. 2010. (Seminário).

X Congresso Internacional de Educação Popular e XVIII Seminário Internacional de Educação Popular: "Vida e Educação: Buscando Alternativas Solidárias e Emancipatórias" - MOBREC. 2010. (Congresso).

XIV Simpósio de Ensino, Pesquisa e Extensão - Responsabilidade socioambiental. 2010. (Simpósio).

XV SI Educa - Seminário Internacional de Educação. 2010. (Seminário).

III Seminário Nacional de Formação de Professores: possibilidades frente a história da alfabetização. 2009. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Eduardo Ivan Friedrich

RIBAS, J. F. M.; DARONCO, L. S. E.;FOLLMANN, N.; PRANKE, G. I.. Aproximações entre o handebol e a praxiologia motriz: proposta de ensino-aprendizagem com base nas problemáticas emergentes da lógica interna do jogo. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Andressa Aita Ivo

RIBAS, J. F. M.; GUNTHER, M. C. C.;IVO, A. A.. A área de atuação dos egressos - 2001 a 2016 - do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Federal de Santa Maria.

Michel Angillo Saad

RIBAS, J. F. M.;SAAD, M. A.; Milistetd, M.. A sistematização da lógica interna do futsal a partir da praxiologia motriz. 2019. Dissertação (Mestrado em EDUCAÇÃO FÍSICA) - Universidade Federal de Santa Maria.

Antonio Guilherme Schmitz Filho

SCHMITZ FILHO, Antonio Guilherme; Ribas, João Francisco Magno. FUTSAL E A PRAXIOLOGIA MOTRIZ: A SISTEMATIZAÇÃO DOS ELEMENTOS PARA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM-TREINAMENTO. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em EDUCAÇÃO FÍSICA) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Liliana Soares Ferreira

Projeto de pesquisa: O CURSO DE PEDAGOGIA NAS IES DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL E A PERSPECTIVA DA CIÊNCIA DA EDUCAÇÃO: convergências e divergências; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura Plena em Pedagogia (Noturno)) - Universidade Federal de Santa Maria, UFSM - Fipe Júnior; Orientador: Liliana Soares Ferreira;

Liliana Soares Ferreira

Bolsista FIPE/UFSM no Projeto: O Curso de Pedagogia e as multifaces do trabalho/emprego na área da educação: análises, perspectivas e desafios; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Licenciatura Plena em Pedagogia (Noturno)) - Universidade Federal de Santa Maria, UFSM - Fipe Júnior; Orientador: Liliana Soares Ferreira;

Bruna Pereira Alves Fiorin

O Curso de Pedagogia nas IES do Rio Grande do Sul e a Perspectiva da Ciência da Educação: convergências e divergências; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Pedagogia - Licenciatura Plena) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Bruna Pereira Alves Fiorin;

Bruna Pereira Alves Fiorin

O Curso de Pedagogia nas IES do Estado do Rio Grande do Sul e a Perspectiva da Ciência da Educação: convergências e divergências; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Pedagogia - Licenciatura Plena) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Bruna Pereira Alves Fiorin;

João Francisco Magno Ribas

A SISTEMATIZAÇÃO DA LÓGICA INTERNA DO FUTSAL A PARTIR DA PRAXIOLOGIA MOTRIZ; 2019; Dissertação (Mestrado em Mestrado Acadêmico em Educação Física) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: João Francisco Magno Ribas;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FAGUNDES, F. M. ; FOLLMANN, N. ; WENZEL, V. I. . Como identificar a lógica interna das práticas motrizes de interação? Uma proposta de ferramenta de análise a partir da Praxiologia Motriz. Kinesis , v. 37, p. 1-15, 2019.

  • RIBAS, J. F. M. ; LANES, B. M. ; FAGUNDES, F. M. ; BORDINHAO, L. S. ; FOLLMANN, N. ; OLIVEIRA, R. V. de ; SCHMIDT, V. A. O. ; BITENCOURT, W. D. . APROXIMAÇÕES DA PRAXIOLOGIA MOTRIZ COM O CONCEITO DE ORGANIZAÇÃO INTERNA NA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR - EDUCAÇÃO FÍSICA. PENSAR A PRÁTICA (ONLINE) , v. 22, p. 1-12, 2019.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

BUFFON, E. ; RIBAS, J. F. M. ; FOLLMANN, N. . Monitora da oficina de GINÁSTICA - FESTIVAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE SANTA M. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

FOLLMANN, N. ; ALVES, B.P. ; MANCKEL, Maria Cecília Martins ; FERREIRA, L.S. . Trabalho dos professores na escola: gestão do pedagógico?. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

FOLLMANN, N. ; ALVES, B.P. ; RIBEIRO, E.T.L. ; SIQUEIRA, G.M. ; MANCKEL, Maria Cecília Martins ; FERREIRA, L.S. . O Curso de Pedagogia e as Multifaces do Trabalho/Emprego na Área da Educação: Análises, Perspectivas e Desafios. 2010. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - 2019

    A SISTEMATIZAÇÃO DA LÓGICA INTERNA DO FUTSAL A PARTIR DA PRAXIOLOGIA MOTRIZ, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) João Francisco Magno Ribas em 17/07/2019., Descrição: O Futsal é uma prática motriz cada vez mais presente na escola e em vários outros espaços formativos, constituindo parte importante da atividade desportiva de crianças, jovens e adultos (RAMOS, SAAD, MILISTETD, 2013). A Praxiologia Motriz é uma teoria que permite desvelar a lógica de funcionamento de práticas motrizes. O objetivo desta pesquisa é sistematizar os elementos da lógica interna do Futsal, a partir da Praxiologia Motriz, para contribuir no processo de ensino-aprendizagem. Por meio de uma pesquisa teórica, realizou-se um resgate histórico da modalidade, tratando em específico de como o Futsal surgiu e quais foram as principais evoluções em suas regras. A fim de analisar o cenário das publicações científicas sobre a modalidade, foi feito um levantamento, em oito periódicos online. A partir deste, percebeu-se a necessidade de estudos que tratem sobre o Futsal e a Praxiologia Motriz, bem como sobre os conhecimentos do processo de ensino-aprendizagem deste esporte. Ao considerar o conhecimento praxiológico, essa proposta torna-se fundamental para produzir uma base que auxilie o trabalho pedagógico com o Futsal em diversos campos de atuação e utilizar esses conhecimentos no ensino é fundamental para melhorar o entendimento do jogo. O Futsal é uma modalidade com interações motrizes de cooperação-oposição, onde jogadores têm por objetivo atingir a meta adversária, fazendo o gol, ao passo que facilitam as ações para seus companheiros e dificultam as mesmas para os adversários. Entender a lógica interna do jogo tem início em saber as principais regras gerais da modalidade e em como os jogadores, a partir destas, poderão se relacionar com o espaço, o tempo, o material e os demais jogadores. Para conseguir realizar a sistematização proposta, partiu-se das ferramentas de análise da Praxiologia Motriz, o Sistema de Classificação CAI e os Universais Ludomotores. Ao ser realizada a sistematização, apresentam-se novas possibilidades de se ensinar o jogo. O ensino será pautado no jogo como um todo, onde as necessidades táticas e técnicas derivam uma da outra e acontecem dotadas de sentido. Para selecionar o que e como ensinar, o professor-treinador necessita de conhecimentos aprofundados. Objetiva-se que este trabalho chegue aos responsáveis pelos vários espaços formativos e, desta forma, aproximem-se os conhecimentos produzidos cientificamente aos conhecimentos empíricos, adquiridos no ?chão da prática?. Palavras-chave: Futsal; Praxiologia Motriz; Ensino-aprendizagem; Esporte.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Natiele Follmann - Integrante / João Francisco Magno Ribas - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2017 - 2018

    AS IMPLICAÇÕES DOS MÉTODOS DE ENSINO NÃO TRADICIONAIS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM-TREINAMENTO DOS JOGOS ESPORTIVOS COLETIVOS, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) João Francisco Magno Ribas em 11/12/2017., Descrição: A Pedagogia dos Esportes e as bases metodológicas para o processo de ensino-aprendizagem-treinamento dos Jogos Esportivos Coletivos (JECs) tem sido objeto de vários estudos na área considerando que esse procedimento tem sido pautado por conceitos do senso comum que se baseiam no aperfeiçoamento técnico para a construção do jogo (GRECO, 1998). Para superar essa questão é necessário que se aprofunde cada vez mais os métodos de ensino dos JECs não tradicionais. Método de ensino é um caminho a ser seguido para que se atinja o objetivo do processo que ao final é a aprendizagem (SHIGUNOV, 2001; LACANALLO et. al, 2007). Nos Jogos Esportivos Coletivos o método de ensino deve facilitar o ensino-aprendizagem, bem como preparar o iniciante para o processo de treinamento, sem, contudo, tornar-se irrelevante no processo de aprendizagem. Deve ainda proporcionar situações-problemas que estejam adequadas à capacidade dos jogadores, proporcionando-lhe assim, momentos de prazer e alegria. (GRECO, 1998, p 40).Neste estudo pretende-se analisar as implicações dos métodos de ensino não tradicionais no processo de ensino-aprendizagem-treinamento dos Jogos Esportivos Coletivos através de uma criteriosa revisão bibliográfica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Natiele Follmann - Integrante / João Francisco Magno Ribas - Coordenador / VAGNER AUGUSTO DE OLIVEIRA SCHMIDT - Integrante.

  • 2016 - 2016

    A ÁREA DE ATUAÇÃO DOS EGRESSOS DO CURSO DE LICENCIATURA DO CEFD/UFSM, Descrição: Esse projeto surgiu a partir de um interesse em saber em qual área de atuação os egressos do curso de Licenciatura em Educação Física do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) estão inseridos. Percebeu-se a necessidade de aprofundar o conhecimento da realidade, do meio em que estão inseridos e do modo como esses sujeitos produzem e realizam seu trabalho. Assim, o trabalho tem como objetivos específicos: analisar o currículo do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM; compreender os desafios encontrados pelos egressos no exercício da profissão; analisar as implicações da formação inicial no trabalho dos egressos. O estudo prevê: I. Análise do currículo do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD; II. Aplicação de questionários (on line) com os egressos do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD no período de 2010 a 2015, a fim de analisar as áreas de atuação destes, bem como as dificuldades no trabalho e os motivos para escolha da área em que estão inseridos; III) elaboração de um relatório para análise e socialização dos dados produzidos. Essa investigação possibilitará que se analisem a área de atuação dos egressos do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD da UFSM. Além disto, será possível um aprofundamento sobre a realidade, o meio em que estão inseridos e o modo como esses sujeitos produzem e realizam seu trabalho.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Natiele Follmann - Integrante / João Francisco Magno Ribas - Coordenador / ELCIANA BUFFON - Integrante.

  • 2014 - 2015

    ORGANIZAÇAO DO TRABALHO PEDAGÓGICO DO PROFESSOR DE EDUCAÇAO FÍSICA NA REDE MUNICIPAL DE SANTA MARIA - FASE 2, Descrição: O tema referente à organização do Trabalho Pedagógico do Professor de Educação Física no cotidiano escolar está vinculado diretamente aos resultados obtidos em outro relevante projeto de extensão, ensino e pesquisa denominado Formação Continuada - ações entre o Centro de Educação Física (CEFD) da Universidade Federal Santa Maria (UFSM) e os professores de Educação Física da Quarta Colônia - RS, projeto este que promoveu, além de resultados específicos ao tema, um espaço que agregou um grupo de professores do CEFD interessados em investigar distintos temas da Educação Física Escolar. OBJETIVO GERAL: O objetivo deste projeto é mediar um debate relativo à organização do trabalho pedagógico do professor de Educação Física da Rede Municipal de Santa Maria a partir de encontros, viabilizando a qualificação dos professores. OBJETIVOS ESPECÍFICOS - Elaborar um referencial teórico-metodológico para orientar o debate referente à organização do trabalho pedagógico do professor de Educação Física no cotidiano escolar - Construir para o grupo dimensões (ou categorias) que orientem a organização do trabalho pedagógico e da didática - Elaborar orientações gerais para uma proposta de organização do trabalho pedagógico e da didática; - Sistematizar uma bibliografia básica - Com base nestes elementos debater as orientações Curriculares do Estado do RS articulando com um debate pra a construção dos Parâmetros Curriculares do Município.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natiele Follmann - Integrante / João Francisco Magno Ribas - Coordenador / DAIANE DALLA NORA - Integrante / ELCIANA BUFFON - Integrante / DANIELA DE MOURA CLATES - Integrante / ELIZARA CAROLINA MARIN - Integrante / MARIA CECILIA CAMARGO GUNTHER - Integrante / MARISTELA DA SILVA SOUZA - Integrante / SILVESTER FRANCHI - Integrante / UBIRATAN DA ROSA VANINI - Integrante.

  • 2013 - 2013

    ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM ESTUDO DESCRITIVO, Descrição: Este projeto de investigação visa a estudar e descrever a organização do trabalho pedagógico do professor de Educação Física em escolas do sistema público de educação de Santa Maria. Tal interesse surgiu a partir de investigação realizada, em 2012, em Santa Maria, objetivando analisar como acontece, no espaço e no tempo escolar, o trabalho pedagógico de professores da Educação Básica, especialmente licenciados em Educação Física. Do mesmo modo, durante processo de formação continuada de professores da rede municipal, nos anos de 2011 e 2012, constatou-se a necessidade de aprofundar o conhecimento da realidade e do modo como esses sujeitos produzem seu trabalho. Já naquela ocasião foi identificadas dificuldades quanto ao tempo necessário para organização do trabalho pedagógico, quanto ao apoio do sistema de ensino e quanto às condições de trabalho (MARIN et alii, 2012).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natiele Follmann - Integrante / João Francisco Magno Ribas - Coordenador.

  • 2012 - 2012

    ORGANIZAÇAO DO TRABALHO PEDAGÓGICO DO PROFESSOR DE EDUCAÇAO FÍSICA NAS SÉRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL EM ESCOLAS DE SANTA MARIA, Descrição: Este projeto tem como tema central a organização do Trabalho Pedagógico do Professor de Educação Física nas séries finais do ensino fundamental em uma escola da rede municipal de Santa Maria, tema esse que tem sido objeto de estudo do Grupo GPELF - Grupo de Pesquisa em Lazer e Formação de Professores do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). O objetivo desta pesquisa é de debater e construir junto com os professores de Educação Física uma proposta Curricular nesta instituição de ensino, haja visto que a rede municipal irá realizar no ano de 2012 a elaboração dos Parâmetros Curriculares tendo como base o documento das Diretrizes Curriculares do Município aprovada junto ao Conselho Municipal de Educação de Santa Maria em abril de 2012. Como perspectivas metodológicas propõe-se: a) realizar um efetivo trabalho de investigação, no qual os sujeitos são entendidos como interlocutores; b) fazer uma sistematização ao longo do processo investigativo, na perspectiva de garantir e subsidiar a produção do conhecimento por parte dos sujeitos participantes do projeto no sentido de reconstruir o processo de elaboração do Currículo para a Educação Física. Sendo assim, esta pesquisa irá acompanhar e subsidiar o debate, viabilizando a produção de conhecimento dos professores e estudantes que irão participar da referida ação no contexto escolar. Consequentemente, este estudo, junto com o projeto de extensão "Organização do Trabalho Pedagógico do Professor de Educação Física na Rede Municipal de Santa Maria" irá consolidar ainda mais a inserção e parceria da UFSM com Escolas da Rede Municipal de Ensino e com a própria Secretaria Municipal de Ensino através da inserção de acadêmicos do Curso de Licenciatura em Educação Física em Escolas do sistema público municipal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Natiele Follmann - Integrante / João Francisco Magno Ribas - Coordenador.

  • 2009 - 2012

    O CURSO DE PEDAGOGIA NAS IES DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL E A PERSPECTIVA DA CIÊNCIA DA EDUCAÇÃO: convergências e divergências, Descrição: O estudo tem por objetivo analisar os movimentos de sentidos, a historicidade e as práticas que os Projetos Pedagógicos dos Cursos de Pedagogia apresentam, na expectativa de entender qual concepção de Pedagogia orienta a proposta. Tal estudo torna-se relevante porque, na atualidade, os cursos de Pedagogia são lócus de formação dos professores, gestores e especialistas que atuam na Educação Básica, constituindo-se na licenciatura com maior procura, segundo revelam as listas de aprovação nos vestibulares. A dimensão de ciência que embasa a investigação excede à perspectiva moderna do saber posto e dominante. Trata-se de uma ciência que agregue a cientificidade, a percepção compreensiva do mundo, os sujeitos e as práticas, tendo como viés a educação na contemporaneidade. Enfim, pensa-se uma ciência pautada pelos diálogos com os fenômenos da educação, a partir da interlocução com outras ciências, dada a complexidade desses fenômenos. É um modo de instaurar certa rebeldia na profissão de pedagogo-cientista, capaz de olhar a educação para além das portas e janelas da escola, imergindo no social, nos paradoxos e certezas que se sucedem cotidianamente. Com isso, os discursos de verdade que têm orientado as práticas pedagógicas se põem a descoberto, para se questionarem. É, nesse sentido, uma pedagogia que se pergunta, que se autodescobre, que tem na linguagem indagativa seu ponto primal. Uma indagação cujo cerne é o humano, a produção humana, a educação, sistematizada pela Pedagogia, cujos cenários têm confluído para compreender e dialogar sobre tudo que se relaciona aos contextos e produções educacionais. Flexibilidade, inter-relações conceituais, superação de pressupostos positivistas são características que evidenciam como se apresenta essa ciência, a Pedagogia contemporânea.Por esses motivos, o de se pensar em ciência concriativa, o estudo orientar-se-á pelas contribuições da História da Educação, da Filosofia e Sociologia da Educação, transitando por tendências e aportes teóricos que respondam às questões suscitadas pelas análises que o grupo for realizando, e tendo como aporte teórico-metodológico obras e autores cujas propostas relacionam-se à temática: Saviani (2008), Pimenta (1988), Libâneo (1998), Veiga (1997), Mazzotti (2002), Avanzini (1999), Franco (2008), Marques (1998), entre muito outros, com uma metodologia cuja linha de análise procura inscrever histórica e pedagogicamente os sentidos de Pedagogia. As principais fontes do estudo são os projetos pedagógicos (por muitos denominados de projeto político-pedagógicos) dos cursos, disponibilizados na Internet, entrevistas com coordenadores de cursos (em chats e fóruns), referências relativas à Pedagogia. O estudo espera contribuir para o conhecimento das historicidades, práticas e teorias nos cursos de Pedagogia do Rio Grande do Sul, possibilitando a apropriação, socialização e aprofundamento de saberes pedagógicos relativos à Pedagogia como ciência da educação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natiele Follmann - Integrante / Bruna Pereira Alves - Integrante / Liliana Soares Ferreira - Coordenador / Maria Cecília Martins Manckel - Integrante / Isabel Daiane Weber Machry - Integrante / Gabriel dos Santos Kehler - Integrante.

  • 2009 - 2011

    O CURSO DE PEDAGOGIA E AS MULTIFACES DO TRABALHO/ EMPREGO NA ÁREA DE EDUCAÇÃO: análises, perspectivas e desafios., Descrição: Esta proposta de investigação permite continuar estudos realizados através de projetos de pesquisa anteriores, nos quais se procedeu à leitura do trabalho dos professores nos contextos escolares. Destes estudos outras problematizações surgiram relativas especificamente ao trabalho dos pedagogos. Os cursos de Pedagogia são, conforme se observa nas listas de inscrição para vestibular e de aprovação para ingresso na Universidade, dentre as licenciaturas, os mais procurados e os que, anualmente, geram mais egressos. Entretanto, no âmbito da escola, conforme afirmaram os gestores (professoras e professores em cargos administrativos) entrevistados durante a realização dos projetos supracitados, faltam pedagogos e um trabalho embasado pela Pedagogia. Assim, esta proposta visa a entender onde estão os pedagogos egressos dos cursos de Pedagogia da UFSM, egressos após a publicação da Lei 9394/96, ou seja, desde 1997: empregados, não-empregados, desempregados ou abdicaram da prática da Pedagogia? Quais faces assumem o trabalho /emprego na educação: part time, intensificação, fragmentação, precarização, desemprego, não-trabalho? Que sentidos atribuem à relação emprego/não-emprego para os egressos de Pedagogia que ainda não estão inseridos no mundo do trabalho? Os que ainda não estão empregados e desejam trabalhar como pedagogos, o que pensam acerca da relação entre ser portador de um diploma de Pedagogia e não estar empregado? Que outras possibilidades de emprego haveria para o pedagogo ainda sem emprego? Deste modo, esta proposta pretende, dialeticamente, entender as condições/relações de emprego/não-emprego no contexto contemporâneo, especialmente as relativas ao trabalho do pedagogo, tendo a escola como potencial ambiente de trabalho desses profissionais. Trabalhar-se-á em díades, porque não há como entender o emprego e o trabalho, no tempo presente, sem entender seus opositores, o não-emprego e o não-trabalho, pois estão em constante tensão e, dela, advêm não somente as condições de manutenção dos sujeitos, mas sua pertença, reconhecimento e o imaginário de sua profissão, elementos implicados nesta proposição de pesquisa. Utilizar-se-á abordagens qualitativas e quantitativas de pesquisa, estudo de caso e pesquisa survey, além de técnicas de entrevista e grupo de interlocução. Para a análise dos dados utilizar-se-á a análise do conteúdo. O trabalho objetiva elaborar uma sistematização sobre as categorias, revelando como estão imbricadas e intenciona, indo além, propor perspectivas de trabalho/emprego junto com os pedagogos, o que exigirá caracterizar também o contexto sócio-econômico e político.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natiele Follmann - Integrante / Bruna Pereira Alves - Integrante / Eliziane Tainá Lunardi Ribeiro - Integrante / Gabriely Muniz Siqueira - Integrante / Liliana Soares Ferreira - Coordenador.

  • 2009 - 2010

    O TRABALHO DOS PEDAGOGOS NA ESCOLA: DESAFIOS E PERSPECTIVAS, Descrição: Esta proposta de investigação permite continuar estudos realizados através de projetos de pesquisa anteriores, nos quais se procedeu à leitura do trabalho nos contextos escolares. Destes estudos outras problematizações surgiram relativas especificamente ao trabalho dos pedagogos. Os cursos de Pedagogia são, conforme se observa nas listas de inscrição para vestibular e de aprovação para ingresso na Universidade, dentre as licenciaturas, os mais procurados e os que, anualmente, geram mais egressos. Entretanto, no âmbito da escola, conforme afirmaram os gestores (professoras e professores em cargos administrativos) entrevistados durante a realização dos projetos supracitados, faltam ações profissionais mais efetivas dos pedagogos e um trabalho embasado pela Pedagogia. Assim, esta proposta visa a entender como os pedagogos, em seus discursos, revelam os sentidos que atribuem ao seu trabalho e a si como cientistas da educação e quais possibilidades e desafios apresentam no sentido de contribuir para uma efetiva práxis pedagógica na escola. Deste modo, esta proposta pretende, dialeticamente, entender as condições/relações, no contexto contemporâneo, especialmente as relativas ao trabalho do pedagogo, tendo a escola como potencial ambiente de trabalho desses profissionais, sua pertença, reconhecimento e o imaginário de sua profissão, elementos implicados nesta proposição de pesquisa. Utilizar-se-ão abordagens qualitativas e quantitativas de pesquisa, estudo de caso, além de técnicas de entrevista, narrativas de vida e grupo de interlocução. Para a análise dos dados utilizar-se-á a análise do conteúdo. O trabalho objetiva elaborar uma sistematização sobre as categorias, revelando como estão imbricadas e intenciona, indo além, propor perspectivas de trabalho junto com os pedagogos, na escola, o que exigirá caracterizar também o contexto sócio-econômico e político e, referente a este contexto, revitalizar os sentidos da escola e de sua práxis pedagógica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Natiele Follmann - Integrante / Liliana Soares Ferreira - Coordenador / Maria Cecília Martins Manckel - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação. , Av. Roraima, 1000, Camobi, 97105900 - Santa Maria, RS - Brasil, Telefone: (55) 991686536, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2017 - 2019

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2017 - 2017

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista FIPE/SENIOR/CEFD, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2016 - 2016

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista FIPE/SENIOR/CEFD, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2016 - 2016

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Jogos Esportivos Coletivos IV, Enquadramento Funcional: Monitora Voluntária, Carga horária: 4

2014 - 2016

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Capes/CNPq, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2013 - 2014

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC/CNPq, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2013 - 2013

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário/Bolsista PELC, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2012 - 2012

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Participante, Enquadramento Funcional: Bolsista de Pesquisa, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2011 - 2011

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista FIPE Júnior, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2010 - 2010

Universidade Federal de Santa Maria

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Pesquisa, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 03/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação Física e Desportos - CEFD, .,Linhas de pesquisa

  • 03/2012 - 12/2013

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação Física e Desportos - CEFD, .,Linhas de pesquisa

  • 10/2009 - 12/2011

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação, .,Linhas de pesquisa

2014 - 2014

Colégio Técnico Industrial de Santa Maria

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário

Atividades

  • 03/2014 - 12/2014

    Outras atividades técnico-científicas , DEPARTAMENTO DE ENSINO - CTISM, DEPARTAMENTO DE ENSINO - CTISM.,Atividade realizada, TREINAMENTO DE GOLEIRO DE FUTSAL NO CTISM.

  • 03/2014 - 08/2014

    Outras atividades técnico-científicas , DEPARTAMENTO DE ENSINO - CTISM, DEPARTAMENTO DE ENSINO - CTISM.,Atividade realizada, ESPORTE NO COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL (CTISM).

  • 05/2013 - 08/2014

    Outras atividades técnico-científicas , DEPARTAMENTO DE ENSINO - CTISM, DEPARTAMENTO DE ENSINO - CTISM.,Atividade realizada, XADREZ NO CTISM.

  • 03/2014 - 07/2014

    Estágios , DEPARTAMENTO DE ENSINO - CTISM, .,Estágio realizado, Estágio no Ensino Médio (Estágio Supervisionado I).