Juliana Maria Brandão Moreira

Doutora e Mestre em Antropologia (área de concentração Arqueologia), pela Universidade Federal de Minas Gerais. Bacharela e Licenciada Plena em História, pela Universidade Federal do Pará. As atividades relacionadas à Arqueologia que desenvolvi envolvem participação em escavações, coordenação de trabalho de campo, realização de trabalho de curadoria de material arqueológico e desenvolvimento de pesquisa na área de Arqueologia Histórica. Interesso-me, sobretudo, por Arqueologia da Arquitetura, Arqueologia do Passado Contemporâneo e Arqueologia da Loucura.

Informações coletadas do Lattes em 26/05/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em Antropologia

2016 - 2021

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Arqueologia da Loucura: Narrativas alternativas, cultura material e história do Hospital Colônia de Barbacena
Orientador: Andrés Zarankin
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Arqueologia da Arquitetura; Arqueologia da Loucura; Discursos de Poder; Hospital Colônia de Barbacena.Grande área: Ciências Humanas

Mestrado em Antropologia

2013 - 2015

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Arquitetura que enlouquece: Poder e Arqueologia,Ano de Obtenção: 2015
Orientador: Andres Zarankin
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências Humanas

Graduação em Bacharelado e Licenciatura Plena em História

2008 - 2012

Universidade Federal do Pará
Título: Cabanos ou Mocambeiros? Escravos negros no período da Cabanagem.
Orientador: Prof. Dr. José Alves de Souza Junior

Formação complementar

2021 - 2021

Arqueologia no Licenciamento Ambiental. (Carga horária: 8h). , VIEX, VIEX, Brasil.

2017 - 2017

Archaeologies of Ontology. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2016 - 2016

Arqueologia e História da Cultura Material na África e na Diáspora Africana. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2016 - 2016

Cultura Material: a relacionalidade entre humanos e não humanos. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2010 - 2010

Workshop de desenho arqueológico. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

, Lê Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Lê Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Arqueologia Histórica.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

Organização de eventos

BEZERRA NETO, J. M. ; HENRIQUE, M. C. ; SULIMAN, S. ; RODRIGUES, E. S. G. ; CASTRO, A. R. M. ; MOREIRA, J. B. ; JUNIOR, L. C. L. . I Jornada Oitocentista. 2011. (Outro).

Participação em eventos

II Seminário de Teoria Arqueológica Contemporânea.As coisas e a (des)construção do eu: um estudo no Hospital Colônia de Barbacena (MG). 2021. (Seminário).

VII Semana de Arqueologia UERJ. "Escavando" a loucura: Um estudo arqueológico no Hospital Colônia de Barbacena - Minas Gerais. 2021. (Congresso).

VII Reunião da SAB Sudeste. Incorporando Histórias: performatizando uma arqueologia da loucura. 2018. (Congresso).

XIX Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. O uniforme faz o louco?. 2017. (Congresso).

1 Ciclo de Debates em Arqueologia do Museu Nacional. "Um depósito de problemas sociais": Lendo discursos materiais no Hospital de Neuro-psiquiatria Infantil de Belo Horizonte (MG). 2016. (Congresso).

Mini-Curso Arqueologia da África e Teoria Contemporânea do Desenvolvimento. 2016. (Outra).

VIII Reunião de Teoria Arqueológica da América do Sul. Marieta e Josefa no prédio da loucura: Arqueologia da Arquitetura no Hospital de Neuro-psiquiatria Infantil (Belo Horizonte - Brasil). 2016. (Congresso).

V Semana de Antropologia e Arqueologia da UFMG. Espaço e Materialidade. 2016. (Congresso).

XVII Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. Um engenho, múltiplas abordagens: escrevidão negra no Engenho Murutucu (PA). 2013. (Congresso).

Balaio do Patrimônio. 2012. (Simpósio).

Ciclo de Debates em Arqueologia Histórica. 2012. (Outra).

Entre a Amazônia & Portugal: estudos de caso e métodos de pesquisa em Arqueologia. 2011. (Outra).

Seminário Oitocentos. 2011. (Seminário).

XIX Seminário de Iniciação Científica - PIBIC Tema: Interdisciplinariedade e ética na Ciência..Força negra a serviço do engenho: o uso de escravos africanos do Engenho Murutucu no século XIX.. 2011. (Seminário).

XVI Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira e XVI World Congress of UISPP. Escravos negros no Engenho Murutucu (PA) no século XIX.. 2011. (Congresso).

II Encontro Internacional de Arqueologia Amazônica. 2010. (Encontro).

Seminário Diálogos Interdisciplinares: Novas perspectivas em História. 2010. (Seminário).

XX Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. 2009. (Congresso).

XXV Simpósio Nacional de História - História e Ética. 2009. (Simpósio).

Encontro Internacional de Arqueologia Amazônica. 2008. (Encontro).

Encontro Paraense dos Estudantes de História. 2008. (Encontro).

Seminário de Memória Musical da Amazônia - Centro de Memória do Pará. 2008. (Seminário).

Seminário Pe. Antônio Vieira ? 400 anos (CCFC). 2008. (Seminário).

Simpósio Internacional Antropologia em foco: Campos interdisciplinares para o estudo do outro (UFPA). 2008. (Simpósio).

Participação em bancas

Aluno: Eduarda Lopes Machado

SOARES, F. C.; MELCHIADES, C. E. F.;BRANDÃO, J.; SILVA, A. F.. Espaços loucos: um estudo arqueológico sobre HPSP, Porto Alegre, RS. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arqueologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Comissão julgadora das bancas

Caroline Murta Lemos

ZARANKIN, A.;LEMOS, C. M.; CABRAL, M. P.; SOARES, F. C.; DUARTE, M. N.. Arqueologia da Loucura: Narrativas alternativas, cultura material e história do Hospital Colônia de Barbacena. 2021. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Maristela Nascimento Duarte

Zarankin, Andrés; CABRAL, M. P.; SOARES, F. C.; LEMOS, C. M.;DUARTE, M. N.. Arqueologia da loucura: narrativas alternativas, cultura material e história do Hospital Colônia de Barbacena. 2021. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Mariana Petry Cabral

ZARANKIN, A.; SOARES, F. C.; DUARTE, M. N.; LEMOS, C. M.;CABRAL, MARIANA. Arqueologia da Loucura: Narrativas alternativas, cultura material e história do Hospital Colônia de Barbacena. 2021. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Mariana Petry Cabral

ZARANKIN, A.PELLINI, J. R.CABRAL, MARIANA PETRY. Arqueologia da Loucura: Uma história material do Hospital Colônia de Barbacena. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Mariana Petry Cabral

ZARANKIN, A.Symanski, L.C.CABRAL, M. P.. Arqueologia da Loucura: Uma História Material do Hospital Colônia de Barbacena. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Foi orientado por

José Alves de Souza Júnior

Cabanos ou Mocambeiros: Escravos Negros no Período da Cabanagem; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Licenciatura e Bacheralado Em História) - Universidade Federal do Pará; Orientador: José Alves de Souza Junior;

Fernando Luiz Tavares Marques

Força Negra a serviço do engenho: o uso de escravos africanos no Engenho Murutucu no século XIX (2010-2011); 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Arqueologia e História de Engenhos Coloniais) - Museu Paraense Emílio Goeldi, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Fernando Luiz Tavares Marques;

Produções bibliográficas

  • BRANDÃO, J. . Marieta e Josefa no prédio da loucura. Revista de Arqueologia , v. 31, p. 239-255, 2018.

  • BRANDÃO, J. . Excavating Temporalities. HABITUS , v. 15, p. 207-219, 2017.

  • BRANDÃO, JULIANA . Arquitetura da loucura: uma leitura arqueológica do Hospital de Neuropsiquiatria Infantil (Belo Horizonte - MG). CADERNOS DE HISTÓRIA DA CIÊNCIA , v. 13, p. 27-55, 2017.

  • MOREIRA, Juliana Brandão . Arquitetura que enlouquece. REVISTA DE ARQUEOLOGIA (SOCIEDADE DE ARQUEOLOGIA BRASILEIRA. IMPRESSO) , v. 29, p. 215-218, 2017.

  • MOREIRA, J. B. ; SOARES, F. C. . Muralhas que comunicam: fortificações catarinenses como portais de acesso ao Brasil Meridional. In: Fernanda Codevilla Soares. (Org.). Arqueologia das fortificações : perspectivas. 1ed.Florianópolis: Lagoa, 2015, v. , p. 1-232.

  • MOREIRA, J. B. ; MARQUES, F. L. T. . Força negra a serviço do engenho: o uso de escravos africanos do Engenho Murutucu no século XIX.. In: XIX Seminário de Iniciação Científica - PIBIC Tema: Interdisciplinariedade e ética na Ciência, 2011, Belém. XIX Seminário de Iniciação Científica - PIBIC Tema: Interdisciplinariedade e ética na Ciência, 2011.

  • MOREIRA, J. B. ; MARQUES, F. L. T. . Força negra a serviço do engenho: o uso de escravos africanos do Engenho Murutucu no século XIX.. In: XIX Seminário de Iniciação Científica - PIBIC Tema: Interdisciplinariedade e ética na Ciência, 2011, Belém. XIX Seminário de Iniciação Científica - PIBIC Tema: Interdisciplinariedade e ética na Ciência, 2011.

  • BRANDÃO, JULIANA . As coisas e a (des)construção do eu: um estudo no Hospital Colônia de Barbacena. 2021. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • BRANDÃO, J. . A nova política brasileira de saúde mental e o que a Arqueologia tem a ver com isso. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • BRANDÃO, J. . Incorporando histórias: performatizando uma arqueologia da loucura. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BRANDÃO, J. . O uniforme faz o louco?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MOREIRA, J. B. . 'Um depósito de problemas sociais': Lendo discursos materiais no Hospital de Neuro-psiquiatria Infantil de Belo Horizonte (MG). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MOREIRA, J. B. . Marieta e Josefa no prédio da loucura: Arqueologia da Arquitetura no Hospital de Neuro-psiquiatria Infantil (Belo Horizonte - Brasil). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MOREIRA, J. B. . Quando o passado se faz presente: Arqueologia de um louco passado contemporâneo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MOREIRA, J. B. . Um engenho, múltiplas abordagens: escrevidão negra no Engenho Murutucu (PA). 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MOREIRA, J. B. ; MARQUES, F. L. T. . Força negra a serviço do engenho: o uso de escravos africanos do Engenho Murutucu no século XIX.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MOREIRA, J. B. ; MARQUES, F. L. T. . Escravos negros no Engenho Murutucu (PA) no século XIX.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • MOREIRA, J. B. . Subversão e repressão no Grão-Pará da primeira metade do oitocentos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções

MOREIRA, J. B. . Ambientes que confinam. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LIMA, A. P. ; BRANDÃO, J. . Programa de Pesquisa Arqueológica junto às Obras de Revitalização da Praça Gomes Freire, Localização: Mariana/MG. 2021. (Relatório de pesquisa).

MOREIRA, J. B. . Arqueologia da Arquitetura. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Projetos de pesquisa

  • 2010 - 2011

    Força Negra a serviço do engenho: o uso de escravos africanos no Engenho Murutucu no século XIX, Descrição: Através da análise de fragmentos de louças coletados na senzala do Engenho do Murutucu e da documentação histórica a ele referente, a pesquisa buscou compreender de que forma se dava a utilização de mão-de-obra africana no Engenho Murutucu durante o século XIX, e em que medida a presença de escravizados negros nesse engenho contribuiu para a formação sociocultural do Pará. Desse modo, objetivamos fomentar e corroborar com a discussão acerca da significativa presença de escravos negros na região Amazônica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Juliana Maria Brandão Moreira - Integrante / Fernando Luiz Tavares Marques - Coordenador., Número de produções C, T & A: 3

Prêmios

2018

Prêmio Luiz de Castro Faria - Categoria Artigo Científico, IPHAN.

Histórico profissional

Experiência profissional

2010 - 2011

Museu Paraense Emílio Goeldi

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

Outras informações:
Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC/CNPq no Museu Paraense Emílio Goeldi, sob a orientação do Pesquisador Dr. Fernando Marques, com o subprojeto "Força negra a serviço do engenho: o uso de escravos africanos no Engenho Murutucu no século XIX" (Número do processo: 125849/2010-9).

2016 - 2020

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Bolsista de doutorado, pelo PPGAN-UFMG, financiada pela CAPES.

2017 - 2017

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Estágio docente, Enquadramento Funcional: Professora

Outras informações:
Sob a supervisão e orientação do Prof. Dr. Andrés Zaranki, elaborei e lecionei a disciplina optativa "Arqueologia da Saúde", ofertada pelo Departamento de Antropologia e Arquelogia da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.

2016 - 2016

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Monitora, Enquadramento Funcional: Monitoria

Outras informações:
Através de complementação de bolsa oferecida pela PROGRAD/UFMG, venho auxiliando na disciplina "Arqueologia Urbana", ministrada pelos professores Andrés Zarankin e Fernanda Codevilla. Nela lecionei quatro aulas, tanto teóricas como práticas, sobre "Arqueologia da Arquitetura", totalizando 3 horas e 30 minutos.

2015 - 2015

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora voluntária

Outras informações:
Lecionei uma aula juntamente com Fernanda Codevilla sobre "Arqueologia Pública', no âmbito da disciplina "Arqueologia Urbana" ofertada pelo Departamento de Antropologia e Arqueologia da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, totalizando 1 hora e 40 minutos.

2013 - 2015

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsita, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Bolsista de mestrado, pelo PPGAN-UFMG, financiada pela CAPES.

2014 - 2014

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Monitora, Enquadramento Funcional: Monitoria

Outras informações:
Através de complementação de bolsa oferecida pela PROGRAD/UFMG, realizei monitoria na disciplina "Arqueologia Urbana", ministrada pela professora Fernanda Codevilla, em parceria com o professor Andrés Zarankin. Nela, lecionei uma aula sobre o tema "Espaços e lugares urbanos", três aulas sobre "Arqueologia da arquitetura" e a aula "Arqueologia Urbana: Aula prática na Pampulha", totalizando 5 horas e 10 minutos.

2014 - 2014

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Professora, Enquadramento Funcional: Professora voluntária

Outras informações:
Lecionei uma aula sobre "Arquitetura, cozinhas e alimentação", na disciplina de "Arqueologia da Alimentação" ofertada pelo Departamento de Antropologia e Arqueologia da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, totalizando 1 hora e 40 minutos.

2013 - 2013

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Monitora, Enquadramento Funcional: Monitora

Outras informações:
Auxiliei na disciplina ?Arqueologia da Violência e do Conflito?, ministrada pelo professor Andrés Zarankin. Nela lecionei quatro aulas sobre o tema ?Arqueologia da violência no mundo pré-histórico?, e quatro aulas sobre ?Arqueologia do internamento?, totalizando 13 horas e 20 minutos.

2018 - 2018

IFMG - Campus Ouro Preto

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Substituta de História, Carga horária: 40

2020 - 2020

Peruaçu Arqueologia

Vínculo: Coordenadora de campo, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 45

Outras informações:
Coordenei as atividades de campo referentes ao acompanhamento arqueológico realizado no "Programa de Pesquisa Arqueológica junto às Obras de Revitalização da Praça Gomes Freire, Localização: Mariana/MG".

2010 - 2011

Museu Paraense Emílio Goeldi

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Atuação no subprojeto "Força negra a serviço do engenho: o uso de escravos africanos no Engenho do Murutucu no século XIX", referente ao projeto de pesquisa "Arqueologia e história de engenhos coloniais do estuário amazônico", orientado pelo pesquisador Fernando Luiz Tavares Marques.

2015 - 2015

Universidade Federal do Pará

Vínculo: Voluntária, Enquadramento Funcional: Arqueóloga, Carga horária: 30

Outras informações:
Participação em escavação realizada no Sítio-Escola Engenho do Murutucu, coordenada pelo Prof. Dr. Diogo Costa.

2009 - 2010

Universidade Federal do Pará

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 20

Outras informações:
Realização de trabalho de curadoria pelo projeto: Programa de Identificação e Salvamento do patrimônio Arqueológico na BR-163 (Guarantã do Norte/entroncamento) e BR-230 (Miritituba/Entroncamento).

2009 - 2009

Universidade Federal do Pará

Vínculo: Prestação de serviços técnicos, Enquadramento Funcional: Técnico em arqueologia

Outras informações:
Participação em etapa do trabalho de campo, na escavação, pelo projeto: Programa de Identificação e Salvamento do patrimônio Arqueológico na BR-163 (Guarantã do Norte/entroncamento) e BR-230 (Miritituba/Entroncamento) - Trechos KM 173,2 a Divisa PA/MT - Castelo de Sonhos.

2008 - 2008

Universidade Federal do Pará

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Voluntária, Carga horária: 20

Outras informações:
Salvamento Arqueológico na Área do Parque de Ciências e Tecnologia do Guamá.

2010 - 2010

Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará

Vínculo: Estágio Curricular em História, Enquadramento Funcional: Estágio Supervisionado, Carga horária: 3

Outras informações:
Este Estágio Supervisionado, disciplina obrigatória no curso de Bacharelado e Licenciatura Plena em História, da UFPA, consistiu na observação, planejamento e execução de ações pedagógicas em uma turma de sexta série do Ensino Fundamental da Escola de Aplicação da UFPA.

2021 - 2021

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Vínculo: Professora convidada, Enquadramento Funcional: Professora convidada

Outras informações:
Apresentei uma palestra sobre "A Arquitetura e os Espaços Manicomiais" no âmbito da disciplina Estudos de Cultura Material, ministrada pela Profª Dra. Camilla Agostini.