Leonardo Cardoso Costa

Graduado em Ciências Humanas (2015) e em Filosofia (2019) pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Entre os anos de 2014 e 2016, foi bolsista de iniciação científica no projeto Subjetividade e religiosidade na filosofia de Schleiermacher, integrado ao Núcleo de Pesquisas sobre Filosofia Clássica Alemã (NUFCAL), sob a orientação do prof. Dr. Luís H. Dreher. Após isso, ingressou no projeto Estrutura e algumas implicações da filosofia crítica de Kant sob a orientação do prof. Dr. Humberto Schubert Coelho.

Informações coletadas do Lattes em 26/05/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Graduação em Abi - Filosofia

2015 - 2019

Universidade Federal de Juiz de Fora
Título: Prolegômenos a toda Ética Futura: uma preliminar à Crítica da Razão Prática
Orientador: Humberto Schubert Coelho

Graduação em Interdisciplinar em Ciências Humanas

2012 - 2015

Universidade Federal de Juiz de Fora
Título: Acumulação Flexível e Subjetividade Humana: uma nova investida do capital
Orientador: Luiz Antônio Peixoto

Ensino Médio (2º grau)

2009 - 2011

Colégio Meta

Ensino Fundamental (1º grau)

2008 - 2008

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MACHADO SOBRINHO

Ensino Fundamental (1º grau)

1996 - 2007

Instituto Educacional Allan Kardec

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Lê Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

, Lê Bem.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Participação em eventos

II Jornada de Estudos do Grupo Mineiro de Pesquisa em Filosofia Kantiana. 2019. (Congresso).

2 Simpósio Internacional Mente e Cérebro. 2017. (Simpósio).

I Seminário Nacional sobre Filosofia Clássica Alemã da Universidade Federal de Juiz de Fora.A filosofia crítica e a refundamentação da verdade objetiva: a superação do ceticismo clássico pelas condições a priori das faculdades do conhecimento humano. 2017. (Seminário).

XXIII Semana de Filosofia da UFJF - Estética e Filosofia da Arte. 2e. 2017. (Seminário).

XXI Seminário de Iniciação Científica - UFJF.Subjetividade, Religiosidade e Interesse Filosófico-Aportes da Obra de F.D.E. Schleiermacher. 2015. (Seminário).

XIII Simpósio Ibero-americano de Filosofia Política. 2013. (Simpósio).

Comissão julgadora das bancas

Bruno Leonardo Cunha

DREHER, L. H.; COELHO, H. S.;CUNHA, B. L.. Prolegômenos a toda Ética Futura:uma preliminar à Crítica da Razão Prática. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Filosofia) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Foi orientado por

Luís Henrique Dreher

Subjetividade, religiosidade e interesse filosófico: aportes da obra de F; D; E; Schleiermacher; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Juiz de Fora, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Luís Henrique Dreher;

Humberto Schubert Coelho

PROLEGÔMENOS A TODA ÉTICA FUTURA: UMA PRELIMINAR À CRÍTICA DA RAZÃO PRÁTICA; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Juiz de Fora; Orientador: Humberto Schubert Coelho;

Produções bibliográficas

  • COSTA, L. C. . A filosofia crítica e a refundamentação da verdade objetiva: a superação do ceticismo clássico pelas condições a priori das faculdades do conhecimento humano. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • COSTA, L. C. . SUBJETIVIDADE, RELIGIOSIDADE E INTERESSE FILOSÓFICO-APORTES DA OBRA DE F. D. E. SCHLEIERMACHER,. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Projetos de pesquisa

  • 2016 - 2018

    Estrutura e Algumas Implicações da Filosofia Crítica de Kant, Descrição: Dada a importância capital da filosofia crítica de Kant na construção das mais variadas formas contemporâneas de filosofia, o retorno a seus conceitos principais e concepção é um esforço continuamente recompensador. Sintetizando e ultrapassando o problema das fontes de conhecimento, Kant logrou a refundação da filosofia em bases completamente originais, malgrado a ancestralidade da perspectiva crítica em suas formas menos sistemáticas. Projetos metafísicos e éticos atuais reconhecem a necessidade de retorno e resgate do trabalho de Kant, seja para valorizá-lo, seja para desdobrar alternativas a partir da crítica a ele, (DIERKEN, 2004; 2005) (DÜSING, 2006) não sendo impróprio considerarmo-nos no auge de uma renascença kantiana e idealista, ao menos no que concerne ao estado da filosofia na Alemanha. Igualmente amplas são as consequências ético-jurídicas da fundamentação crítico-transcendental para os problemas humanos, algo suficientemente reconhecido pela literatura. (BOBBIO, 1997) (MORRISON, 2006) Isso porque, exatamente ao contrário da psicologia empírica, a filosofia transcendental subordina os aspectos fenomênicos da vida psíquica uma "identidade transcendental? que as torne plenamente compreensíveis (CASSIRER 1922. p. 578-579), evitando-se o relativismo e o reducionismo das questões centrais da existência humana e da vida social ao determinismo biológico, histórico ou ambiental. A ética kantiana é insuficientemente compreendida em seu viés propriamente crítico, o que leva a improcedentes acusações de moralismo e formalismo. Com isso a meditação ética brasileira se vê no embaraço de não reconhecer fundamentações consistentes e pertinentes ao atual estágio pós-moderno da cultura. No âmbito do conhecimento a filosofia kantiana é a origem das divisões entre as faculdades e suas competências, sem o que autores mais recentes são mal ou dificilmente compreendidos, estimulando o conflito entre as disciplinas A par dos numerosos estudos sobre o autor, abordagens internas e conceitualmente concisas são muito raras, predominando no Brasil a veia histórico-humanística na sua interpretação. Desse modo, o objetivo geral do projeto de pesquisa foi buscar oferecer uma opção de cunho analítico ao conjunto destas análise, de modo que fosse possível estabelecer uma descrição sistemática, pormenorizada e técnica dos principais conceitos e postulados kantianos, em especial o da filosofia crítica e o da filosofia transcendental. Através de uma vasta coleção bibliográfica, tanto do próprio autor quanto de comentadores ao longo da história da filosofia, o objetivo geral do projeto, dentre alguns outros mais específicos, pode ser alcançado privilegiando a reconstrução histórica do ?problema ambiente? do final do século XVIII, em especial a crise das fontes de conhecimento e a ameaça de relativismo ético; tal como o delineamento analítico de certos elementos pertencentes a própria filosofia crítica de Kant.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Leonardo Cardoso Costa - Integrante / Humberto Schubert Coelho - Coordenador.

  • 2014 - 2016

    Subjetividade, Religiosidade e Interesse Filosófico: Aportes da obra de F.D.E Schleiermacher, Descrição: Desde o começo dos anos de 1970, aumentaram significamente no cenário contemporâneo os impulsos para uma redescoberta, especialmente da obra filosófica de Friedrich D. E. Schleiermacher (1768-1834). O esquecimento deste importante autor da filosofia deve-se, sobretudo ao descompasso na percepção de sua obra. Esta foi assaz dificultada pela demora, e finalmente pela virtual ausência, de monografias filosóficas publicadas pelo autor durante seu longo e intenso período de atividade. Tomando esses pressupostos o esforço principal aqui será o de resgatar o estudo das obras do autor, tendo como objetivo, identifica os nexos históricos e sistemáticos pressupostos para o tratamento do problema da subjetividade como religiosidade, e de sua relação com a teologia e filosofia do autor; estabelecer a viabilidade e relevância de uma abordagem especificamente filosófico-religiosa da questão da subjetividade; evidenciar a possibilidade e necessidade de diferenciar e correlacionar subjetividade em geral e subjetividade religiosa; evidenciar a partir do problema estudado no autor, as razões da insuficiência filosófica de abordagens finitistas, antimetafísicas ou meramente éticas, políticas ou "existenciais" da subjetividade; possibilitar, o desenvolvimento de um quadro teórico para o estudo filosófico e científico da religião e das religiões em geral que leve em conta a centralidade da religião/religiosidade como formadora da subjetividade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Leonardo Cardoso Costa - Integrante / Luís Henrique Dreher - Coordenador.

Histórico profissional

Experiência profissional

2019 - 2019

Universidade Federal de Juiz de Fora

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Treinamento Profissional, Carga horária: 12

Outras informações:
Central de Atendimento CGCO.

2019 - 2019

Universidade Federal de Juiz de Fora

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitoria, Carga horária: 6

Outras informações:
Monitor de Ética e História da Filosofia Moderna II, sob a orientação do professor Dr. Luís Henrique Dreher.

2017 - 2018

Universidade Federal de Juiz de Fora

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista BIC, Carga horária: 12

Outras informações:
Estrutura e Algumas Implicações da Filosofia Crítica de Kant

2016 - 2017

Universidade Federal de Juiz de Fora

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista BIC, Carga horária: 12

Outras informações:
Estrutura e Algumas Implicações da Filosofia Crítica de Kant

2014 - 2014

Universidade Federal de Juiz de Fora

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista BIC, Carga horária: 12

Outras informações:
A produção da desigualdade educacional no Brasil: uma análise a partir do modelo do Profluxo

2015 - 2016

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC, Carga horária: 20

Outras informações:
Subjetividade, religiosidade e interesse filosófico: aportes da obra de F. D. E. Schleiermacher

2014 - 2015

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC, Carga horária: 20

Outras informações:
Subjetividade, religiosidade e interesse filosófico: aportes da obra de F. D. E. Schleiermacher