Álvaro César Nascimento

Possui Doutorado (2007) e Mestrado (2003) em Saúde Coletiva pelo Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). É graduado em Jornalismo pela Universidade Federal Fluminense (1979). Servidor público, é tecnologista e pesquisador do Departamento de Ciências Sociais da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca da Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de Comunicação e Informação em Saúde, com ênfase na área da pesquisa e produção de matérias jornalísticas e artigos científicos voltados para Vigilância Sanitária, com especial enfoque na Política de Assistência Farmacêutica/ Medicamentos / Regulação da Propaganda. Atua principalmente nos temas ligados à saúde pública; vigilância sanitária; uso correto e racional do medicamento; e regulação da propaganda. É Editor de conteúdo da página eletrônica do Centro Colaborador em Vigilância Sanitária (Cecovisa) da Ensp/Fiocruz.

Informações coletadas do Lattes em 01/11/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Saúde Coletiva

2004 - 2007

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Título: PROPAGANDA DE MEDICAMENTOS. É POSSÍVEL REGULAR? Uma proposta de modelo regulatório alternativo.
Jane Dutra Sayd. Palavras-chave: Propaganda; Medicamento; Regulação; Publicidade; Ética na propaganda.Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública / Especialidade: Vigilância Sanitária. Setores de atividade: Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde.

Mestrado em Medicina Social

2002 - 2003

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Orientador: Jane Dutra Sayd
Palavras-chave: Medicamento; Publicidade; Propaganda; Regulação; Mídia; Comunicação. Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública / Especialidade: Informação. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva. Setores de atividade: Políticas, Planejamento e Gestão em Saúde.

Especialização em Nova Ordem Informativa Internacional

1986 - 1986

Instituto Internacional de Periodismo José Marti
Orientador: Carlos Mora

Graduação em Jornalismo

1975 - 1979

Universidade Federal Fluminense

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

1986 - 1986

Nova Ordem Internacional da Informação Noii. (Carga horária: 480h). , Instituto Internacional de Periodismo José Martí.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação / Subárea: Jornalismo e Editoração/Especialidade: Jornalismo Especializado (Comunitário, Rural, Empresarial, Científico).

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Palestra "Propaganda de Medicamentos - Aspectos Regulatórios".1o Ciclo de Palestras da Farmácia Universitária Estácio de Sá. 2006. (Outra).

4o Congresso de Ciências Farmacêuticas. 4o Congresso de Ciências Farmacêuticas. 2005. (Congresso).

Oficina de Trabalho sobre Regulação da Propaganda de Medicamentos no Brasil.Oficina de Trabalho sobre Regulação da Propaganda de Medicamentos no Brasil. 2005. (Oficina).

Palestra "Medicamentos: ameaça ou apoio à saúde?".Palestra para a disciplina FUNSACO do Instituto de Medicina Social. 2005. (Outra).

VI Congresso Brasileiro de Epidemiologia. VI Congresso Brasileiro de Epidemiologia. 2004. (Congresso).

Oficina Nacional de Comunicação em Vigilância Sanitária.Oficina Nacional de Comunicação em Vigilância Sanitária. 2004. (Oficina).

Mesa-redonda A indústria Farmacêutica e a Prescrição de Medicamentos.Marketing na indústria farmacêutica na grande mídia. 2004. (Outra).

3o Riopharma. 3o Riopharma - Congresso de Ciências Farmacêuticas do Rio de Janeiro. 2003. (Congresso).

1a Conferência Nacional de Assistência Farmacêutica.Informação sobre Medicamentos: publicidade, informação científica para profissionais e promoção para o uso correto. 2003. (Outra).

1a Conferência Nacional de Vigilância Sanitária. 1a Conferência Nacional de Vigilância Sanitária. 2001. (Congresso).

2o Riopharma - Congresso de Ciências Farmacêuticas do Rio de Janeiro. 2o Riopharma - Congresso de Ciências Farmacêuticas do Rio de Janeiro. 2001. (Congresso).

1o Seminário sobre a História do Medicamento e Farmacovigilância.1o Seminário sobre a História do Medicamento e Farmacovigilância. 2001. (Simpósio).

11a Conferência Nacional de Saúde. 11a Conferência Nacional de Saúde. 2000. (Congresso).

1o Riopharma - Congresso de Ciências Farmacêuticas do Rio de Janeiro. 1o Riopharma - Congresso de Ciências Farmacêuticas do Rio de Janeiro. 1999. (Congresso).

IV Congresso Brasileiro de Epidemiologia. IV Congresso Brasileiro de Epidemiologia. 1998. (Congresso).

3o Congresso Interno da Fiocruz. 3o Congresso Interno da Fiocruz. 1998. (Congresso).

V Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. V Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. 1997. (Congresso).

10a Conferência Nacional de Saúde. 10a Conferência Nacional de Saúde. 1996. (Congresso).

2o Congresso Interno da Fiocruz. 2o Congresso Interno da Fiocruz. 1995. (Congresso).

9a Conferência Nacional de Saúde. 9a Conferência Nacional de Saúde. 1992. (Congresso).

VI Encontro Nacional dos Secretários Municipais de Saúde. VI Encontro Nacional dos Secretários Municipais de Saúde. 1989. (Congresso).

V Encontro Nacional dos Secretários Municipais de Saúde. V Encontro Nacional dos Secretários Municipais de Saúde. 1988. (Congresso).

1o Congresso Interno da Fiocruz. 1o Congresso Interno da Fiocruz. 1988. (Congresso).

IV Encontro Nacional dos Secretários Municipais de Saúde.IV Encontro Nacional dos Secretários Municipais de Saúde. 1987. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Maria Betzabé Aza Castillo

NASCIMENTO, ÁLVARO. Acceso a medicamentos relacionado a gestión institucional y situación socioeconómica de pacientes ambulatorios en el Hospital Dos de Mayo de Lima. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.

Aluno: Cláudia Du Bocage Santos Pinto

Reis, André; Gadelha, Carlos; Costa, Nilson R.; Oliveira, Euglébia A.;NASCIMENTO, ÁLVARO. O Programa Farmácia Popular do Brasil: modelo, cobertura e utilização frente à política nacional de medicamentos. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.

Aluno: Sergio Alarcon

Cruz, Marcelo S.; Vaz, Paulo R.G.;NASCIMENTO, ÁLVARO; Maciel, Elvira M.G.S.; Labra, M.E.. O diagrama das drogas: cartografia das drogas como dispositivo de poder na sociedade contemporânea. 2008. Tese (Doutorado em Doutorado) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.

Aluno: Rodrigo Santos Feijó

NASCIMENTO, ÁLVARO. A Comunicação Social para o controle do Câncer:o exemplo do Programa Nacional para Controle do colo do útero e de mama Viva Mulher. 2007. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Aperfeiçoamento/Especialização) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.

Aluno: Bibiana Custódio; Scheyla Locha Zangalli

NASCIMENTO, ÁLVARO. Propaganda de Medicamentos - Medicamento e Lucro: uma associação pouco saudável. 2005. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Aperfeiçoamento/Especialização) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Suely Rozenfeld

SAYD, Jane Dutra; CAMARGO JR, K. R.; LUIZA, V. L.; DAIN, Sulamis;ROZENFELD, S.. Propaganda de medicamentos. É possível regular?. 2007. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Roseni Pinheiro

PINHEIRO, Roseni; CAMARGO JUNIOR, Kenneth Rochel; ROSENFELD, Sueli; SAYD, Jane Dutra. se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Isto é regulação?. 2003. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Saúde Coletiva IMS) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Vera Lucia Luiza

SAYD, Jane Dutra; Carmargo, K. R.;LUIZA, Vera Lucia; Ronzendfeld, S.; Dain, S.. Propaganda de medicamentos. É possível regular?. 2007. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Vera Lucia Edais Pepe

PEPE, V. L. E.. A Persistirem os Sintomas o Médico deverá ser consultado. Isto é regulação?. 2003. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Kenneth Rochel de Camargo Jr

Rochel de Camargo, Kenneth. A persistirem os sintomas o médico deve ser consultado - isto é regulação?. 2003. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Kenneth Rochel de Camargo Jr

Camargo Jr., Kenneth Rochel de. Propaganda de medicamentos: é possível regular?. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Beatriz Oliveira de Carvalho

Propaganda de Medicamentos: convivendo com o risco; Início: 2008; Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Aperfeiçoamento/Especialização) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca; (Orientador);

Fernanda Affonso de Paula

Regulação da propaganda de medicamentos: análise do processo de construção da RDC 96/08; 2010; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Álvaro César Nascimento;

Luiz Fernando de Aguiar Azevedo

Uso de informações de saúde para suporte à decisão: uma metodologia focada no consumidor da informação; 2009; Dissertação (Mestrado em Mestrado) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca,; Orientador: Álvaro César Nascimento;

Beatriz Oliveira Carvalho

Propaganda de medicamentos: convivendo com o risco; 2009; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Aperfeiçoamento/Especialização) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca; Orientador: Álvaro César Nascimento;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Jane Dutra Sayd

PROPAGANDA DE MEDICAMENTOS; É POSSÍVEL REGULAR? Uma proposta de modelo regulatório alternativo; 2007; Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social - UERJ,; Orientador: Jane Dutra Sayd;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • NASCIMENTO, ÁLVARO . Propaganda de medicamentos para grande público: parâmetros conceituais de uma prática produtora derisco. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso) , v. 15, p. 3423-3431, 2010.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO . Controle social e regulação da propaganda de medicamentos. RECIIS. Revista eletrônica de comunicação, informação & inovação em saúde (Edição em português. Online) , v. 4, p. 62-71, 2010.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO . Medication advertising in Brasil. Can it be regulated?. Ciência & Saúde Coletiva , v. 14, p. 869-877, 2009.

  • COUTO, M. H. C. ; NASCIMENTO, ÁLVARO . Assimetria das relações internacionais, propriedade industrial e medicamentos anti-Aids. Ciência & Saúde Coletiva , v. 13, p. 1869-1877, 2008.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO . Propaganda de medicamentos: como conciliar uso racional e a permanente necessidade de expandir mercado. Trabalho, Educação e Saúde , v. 5, p. 189-215, 2007.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO . Propaganda de Fármacos dirigida ao grande público. Uso correto de fármacos e propaganda: uma contradição insolúvel. Boletim Sociedade Brasileira de Vigilância de Medicamentos, São Paulo, v. 49, p. 13-15, 2006.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO ; SAYD, Jane Dutra . Ao persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Isto é regulação?. Physis. Revista de Saúde Coletiva , Rio de Janeiro, v. 15, n.2, p. 305-327, 2005.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO ; NORONHA, Ana Beatriz de . Oficina de Trabalho sobre Regulação da Propaganda de Medicamentos no Brasil. REVISA. Revista Brasileira de Vigilância Sanitária , São Paulo, v. 1, n.4, p. 313-319, 2005.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO . Ao persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado. Isto é regulação?. 1. ed. São Paulo: Sociedade Brasileira de Vigilância de Medicamentos - Sobravime, 2005. v. 1. 150p .

  • LUCCHESE, Patrícia T. R. ; NASCIMENTO, ÁLVARO ; VASCONCELOS, M. M. ; COHEN, M. M. ; GARCIA, M. . A gestão compartilhada do Sistema Único de Saúde: O diálogo na Comissão Intergestores Tripartite. Rio de Janeiro: Ensp/Fiocruz, 2003. v. 1. 220p .

  • NASCIMENTO, ÁLVARO . Rede Interagencial de Informações para a Saúde (Ripsa). A experiência brasileira em sistemas de informação em saúde. 1ed.Brasília: Editora MS, 2009, v. 2, p. 129-134.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO . 11a Conferência mostra que modelo do SUS é bom, mas ainda há muito o que fazer. Tema, Rio de Janeiro, , v. 20, p. 2 - 13, 28 fev. 2001.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO . A guerra dos Genéricos. Súmula, Rio de Janeiro, , v. 74, p. 1 - 1.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO ; NORONHA, Ana Beatriz de ; PEPE, Vera Lúcia Edais ; MOURA, Maria de Lourdes ; COHEN, Miriam ; MAYRINK, Flavio ; PONTES JÚNIOR, Durval . Projeto de Consolidação do Sub-sistema de Vigilância Sanitária no Estado do Rio. In: VII Congresso Brasleiro de Saúde Coletiva, 2004, Recife, 2004.

  • NASCIMENTO, ÁLVARO . A regulação pública da propaganda de medicamentos 2002-2003. In: VII Congresso Brasleiro de Saúde Coletiva, 2003, Brasília. Ciência e Saúde Coletiva. Rio de Janeiro: Abrasco, 2003. v. 8. p. 680-680.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2002

Medalha Carelli de Direitos Humanos, Associação dos Servidores da Fundação Oswaldo Cruz.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública, Departamento de Ciências Sociais. , Rua Leopoldo Bulhões, 1480 sala 923, Manguinhos, 21041-210 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil - Caixa-postal: 926, Telefone: (021) 25982525, Ramal: 2642, Fax: (021) 25982779, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 1996 - 2007

    Conselho Regional de Farmácia do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Editor de Publicações, Carga horária: 10

    Atividades

    • 01/1996

      Serviços técnicos especializados .,Serviço realizado, Redação e Edição da revista "Riopharma".

  • 1994 - 1995

    Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Processamento de Dados do Rio d

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Redator e Editor, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Sub-Editor, Redator e Repórter do "Boletim do SindPD", órgão oficial da entidade, veiculado entre os empregados da Dataprev, Serpro, Datamec e demais empresas públicas e privadas do setor. As matérias tratavam de temas sindicais, econômicos, sociais, de política da informação, tecnologia, saúde do trabalhador, organização do movimento sindical, empresas estatais, meio ambiente e mercado de trabalho.

  • 1989 - 1990

    O Globo Empresa Jornalística Brasileira Ltda

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Redator, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Repórter e Redator da Editoria de Política Nacional antes, durante e depois das primeiras eleições presidenciais diretas realizadas após o regime militar. Responsável pela série de matérias especiais (todas assinadas e publicadas aos domingos) com os dez candidatos à Presidência da República mais bem colocados nas pesquisas de opinião, enfocando suas propostas para cada setor. Entre os meses de setembro e novembro, os "presidenciáveis" debateram nas páginas de "O GLOBO" suas idéias sabre educação, segurança pública, habitação, inflação, dívida externa, transporte, meio ambiente, saúde, distribuição de renda e corrupção. Estas entrevistas eram realizadas com os então candidatos Fernando Collor, Luis Inácio Lula da Silva, Leonel Brizola, Mário Covas, Guilherme Afif, Paulo Maluf, Ulysses Guimarães, Aureliano Chaves, Roberto Freire e Ronaldo Caiado. No segundo turno das eleições, o mesmo tipo de material com a comparação de propostas de cada candidato foi publicado, comparando as idéias de Collor e Lula. Todas as matérias foram assinadas.

  • 1987 - Atual

    Fundação Oswaldo Cruz

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: TECNOLOGISTA, Carga horária: 40

    Outras informações:
    1 - Chefe da Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) da Presidência da Fiocruz entre 1987 e 1988; 2 - Coordenador, Editor, Redator e Repórter do Programa Reunião, Análise e Difusão de Informaçção sobre Saúde (Radis) da Escola Nacional de Saúde Pública da Fiocruz de 1987 a 2001, rsponsável pela edição das revistas "Tema", "Dados", "Súmula" e do "PROPOSTA - Jornal da Reforma Sanitária"; 3 - Assessor da Vice-Presidência de Desenvolvimento Institucional, Informação e Comunicação da Fiocruz (JUN/AGO DE 2001); 4 - Redator e pesquisador do "Projeto Descentralização On Line", iniciativa do Departamento de Ciências Sociais da Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (DCS/ENSP/FIOCRUZ) em parceria com a Secretaria Executiva do Ministério da Saúde, que objetiva manter gestores e profissionais de saúde permanentemente informados sobre o processo de descentralização da saúde no País (2001 - 2002).

    Atividades

    • 03/2004

      Serviços técnicos especializados , Escola Nacional de Saúde Pública, Departamento de Ciências Sociais.,Serviço realizado, Coordenador da Área de Informação e Comunicação do Projeto de Cooperação Técnica "Apoio à Descentralização das Ações e Consolidação do Sistema Estadual de Vigilância Sanitária no Estado do Rio de Janeiro".

    • 10/2001 - 02/2004

      Serviços técnicos especializados , Escola Nacional de Saúde Pública, Departamento de Ciências Sociais.,Serviço realizado, Redator do Projeto Descentralização On Line (2001-2002).

  • 1986 - 1987

    Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Rio de Janeiro

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Jornalista - Redator, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Sub-Editor, Redator e Repórter do Jornal "O URBANITARIO", órgão oficial da entidade, e do Boletim "PELAS EMPRESAS", semanal, ambos veiculados entre os empregados da Eletrobrás, Furnas, Light, Nuclen, Nuclep, Feema, Companhia Estadual de Gás (CEG) e Cedae. As matérias tratavam de temas econômicos, sociais, de política energética do País (elétrica e nuclear), organização do movimento sindical, empresas estatais, meio ambiente, saúde do trabalhador, mercado de trabalho e saneamento.

  • 1982 - 1983

    Jornal Tribuna da Imprensa

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Repórter e Redator, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Repórter e redator das editorias de Cidade e Política, redigindo texto final de matérias sobre saúde, política, cultura, movimento sindical e meio ambiente.

  • 1980 - 1986

    Sindicato dos Engenheiros do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Assessor de Imprensa, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Assessor de Imprensa, Repórter, Redator e Editor Responsável pelo "BOLETIM DO ENGENHEIRO", órgão de periodicidade mensal. Elaborava matérias sobre ciência e tecnologia, engenharia naval, informática, recursos minerais, construção civil, transporte, economia, mercado de trabalho e temas ligados à engenharia nacional. Como Assessor de Imprensa, intermediava o acesso da Diretoria do Sindicato aos meios de comunicação (jornais, revistas, TVs e rádios) produzindo "releases" e organizando entrevistas coletivas. Participante das comissões organizadoras do 1º e 2º Congresso de Engenheiros do Estado do Rio de Janeiro e do 1º, 2º e 3º Encontro Nacional de Sindicatos de Engenheiros, responsável pela produção e divulgação de materiais impressos (jornais, cartazes, folders) editados antes, durante e depois dos eventos, incluindo o trabalho de redação, composição de textos, revisão, recrutamento de programador visual, arte-finalista e efetuava a secretaria gráfica de cada produto.

  • 1979 - 1979

    Multivideo Comunicação E Treinamento Ltda

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Outro (especifique) - AUTÔNOMO, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Roteirista de programas de treinamento em videocassete, incluindo roteiros técnicos sobre pintura naval, manutenção de navios e corrosão de metais. O trabalho de redação dos roteiros era antecedido por visitas a estaleiros e entrevistas com técnicos de empresas fabricantes de tintas, para levantamento de todos os dados necessários à produção do programa.

  • 1978 - 1978

    Rádio Jornal do Brasil

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 24

    Outras informações:
    Redator de textos sobre saúde, meio ambiente, política, cultura, esporte e movimento sindical.

    Atividades

    • 03/1978 - 06/1978

      Serviços técnicos especializados , Redação, Redação.,Serviço realizado, Produção de textos sobre saúde, meio ambiente, política, cultura, esporte e movimento sindical..

  • 1976 - 1977

    Fundação Getúlio Vargas

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Outro (especifique) - Arquivista, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Aprovado em concurso público realizado em 1976 para trabalhar na área de arquivo e informação da Instituição, responsável pela manutenção do acervo e busca de dados a serem utilizados nas várias publicações da FGV, além de acessar banco de dados e publicações aos pesquisadores da Instituição e de fora dela.

    Atividades

    • 11/1976 - 07/1977

      Serviços técnicos especializados , Arquivo, Arquivo Central.,Serviço realizado, Aprovado em concurso público realizado em 1976 para trabalhar na área de arquivo e informação da Instituição..